Porto a Porto & Festa de fim de ano!

Nesta segunda- feira aconteceu o evento de fim de ano da Porto a Porto, 18h no showroom da  empresa.

Dia de conhecer também as novidades entre elas o POUCA ROUPA lançamento no Brasil! Disponível nos melhores mercados, lojas e délicatessens do país. Vinhos jovens, modernos, frescos e elegantes. Experimente!

#veraocompoucaroupa

Lançamentos Porto a Porto 2019

Espumantes, brancos e tintos de diversos países entraram no portfólio da Porto a Porto esse ano. Confira alguns dos lançamentos!

Le Colture Sylvoz Prosecco Brut DOC

País e Região: Itália, Vêneto

Produtor: Le Colture

Uvas: Glera

Aromas e Sabores: Apresenta aromas frutados e em boca é seco, possui corpo médio e boa acidez.

Algo a mais: Espumante elaborado pelo método Charmat (segunda fermentação em tanque).

Sugestão de preço: R$ 75,00

Celebre o verão com Pouca Roupa

Com muito estilo e originalidade, a linha de vinhos portugueses Pouca Roupa encanta os jovens que estão se aproximando do mundo dos vinhos.

 

Divertido, provocador, original e sugestivo: esses são apenas alguns dos predicados dos vinhos da linha Pouca Roupa, elaborados no Alentejo, sudeste de Portugal, que acabam de chegar ao Brasil. As versões branco, rosé e tinto foram detalhadamente pensadas para o público jovem, do estilo do vinho até o rótulo da garrafa. São vinhos para os dias quentes, para brindar o verão. Os exemplares levam a assinatura do prestigiado enólogo João Portugal Ramos, referência mundial e um dos principais representantes da geração de enólogos contemporâneos.

 

“A escolha do nome Pouca Roupa deve-se ao seu significado positivo, leve e solto, curioso e diferenciado, com uma roupagem moderna que certamente irá chamar a atenção daqueles que estão iniciando no mundo dos vinhos”, diz Camila Podolak, gerente de marketing da Porto a Porto, a importadora que, ao lado da Casa Flora, traz os vinhos de JP Ramos ao Brasil. “Além de ser um termo que pode ser interpretado de várias maneiras, Pouca Roupa é o nome de uma montanha alentejana onde estão os vinhedos que originam essa linha e é uma expressão muito comum nessa região portuguesa”, completa.

 

A escolha da arte gráfica para a linha de vinhos privilegiou uma linguagem moderna com elementos que identificam a tradição e qualidade irretocável da marca. Destaque para o desenho da cápsula, que recria uma imagem das famosas mantas alentejanas.

 

Os vinhos Pouca Roupa foram indicados pela publicação Wine Enthusiast na categoria “Boa Compra 2019”. Além disso, são servidos a bordo da companhia de aviação portuguesa TAP.

O slogan da marca é “celebre o verão com #poucaroupa”.

 

Sobre os vinhos:

Pouca Roupa Branco

Na composição as uvas Verdelho, Sauvignon Blanc e Viosinho. Em boca apresenta acidez muito bem integrada com a fruta e final de boca longo e persistente. Excelente para acompanhar peixes, mariscos, carnes brancas e massas.

Sugestão de preço: R$ 50,90

 

Pouca Roupa Rosé

Elaborado com as uvas Aragonez, Touriga Nacional e Cabernet Sauvignon. Entre seus aromas destacam-se frutos vermelhos, com deliciosas notas vegetais. Em boca tem boa estrutura, é equilibrado e com saboroso final. É excelente como aperitivo, mas também para acompanhar saladas mediterrâneas e pratos orientais.

Sugestão de preço: R$ 50,90

 

Pouca Roupa Tinto

As clássicas uvas portuguesas Alicante Bouschet, Touriga Nacional e Alfrocheiro compõem esse tinto que estagia brevemente em barrica. Entre suas características, aromas de frutas vermelhas como cereja, amora e cassis, notas balsâmicas e taninos sedosos. Indicado para acompanhar carne de caça e a culinária tradicional portuguesa.

Sugestão de preço: R$ 50,90

Marquês de Borba Vinhas Velhas Branco

País e Região: Portugal, Alentejo

Produtor: João Portugal Ramos

Uvas: Arinto, Roupeiro, Antão Vaz e Alvarinho

Aromas e Sabores: Aromas de frutas cítricas com notas tostadas. Em boca possui grande frescura e mineralidade, além de deliciosa untuosidade.

Algo a mais: fermentou e estagiou em barris de carvalho durante 6 meses, ao longo dos quais se realizaram bâtonnage periódicas.

Sugestão de preço: R$ 124,90

 

Marquês de Borba Vinhas Velhas tinto

País e Região: Portugal, Alentejo

Produtor: João Portugal Ramos

Uvas: Alicante Bouschet, Aragonês, Castelão e Syrah

Aromas e Sabores: Apresenta aromas intensos de frutas escuras, folha de eucalipto e notas de especiarias. Em boca é muito equilibrado e com taninos arredondados.

Algo a mais: Fermenta em lagares de mármore com pisa a pé e estagia 12 meses em barricas de carvalho americano e francês.

Pontuação: 91 pontos no Robert Parker e 92 pontos na Wine Enthusiast.

Sugestão de preço: R$ 124,90

 

Believe in Rosé

Os rosés são uma tendência mundial. A Nieto Senetiner acompanha esse movimento com um corte moderno das uvas Malbec e Pinot Noir. As uvas, dos altos Vales de Mendoza, são colhidas precocemente, buscando um vinho leve e sedoso. Nieto Senetiner Believe in Rosé traz o estilo e elegância dos rosés da Provence, França, com a cor característica de pele de cebola, refrescante, com aromas florais, frutados e suaves toques cítricos.

 

Believe in Rosé

País, Região: Argentina, Mendoza (Vale de Uco)

Produtor: Nieto Senetiner

Uvas: 50% Malbec e 50% Pinot Noir

Aromas e sabores: Cor rosa pálida, tipo pele de cebola. Os aromas lembram maçã vermelha, flores brancas e frutas cítricas. Em boca é elegante e refrescante.

Sugestão de preço: R$57,90

Lançamento >

 

D.N.M.C. de Filipa Pato

A renomada enóloga portuguesa lança o vinho tinto o D.N.M.C., vinho de agricultura biológica, no Brasil

 

Filipa Pato e William Wouters, da Vinhos Autênticos Sem Maquilhagem, lançam no Brasil o vinho tinto Dinâmica ou D.N.M.C. Trata-se de um rótulo de agricultura biológica, elaborado com a uva Baga de diversos terroirs da região da Bairrada, no sudoeste de Portugal. “Acreditamos que as uvas de locais diferentes oferecem um vinho mais complexo, já que cada vinhedo tem a sua expressão”, diz Filipa. “Este é um verdadeiro vinho de terroir e um exemplo do caráter frutado e de taninos suaves dessa casta nativa. Cada lote é vinificado separadamente e, no final, reunimos todos eles em um único vinho equilibrado.”

 

O vinho é elaborado na Bairrada, com cuidado artesanal. As uvas são colhidas manualmente nos diversos vinhedos da região, fermentadas em tanques com pouca extração e longa maceração com as peles, para maior complexidade. Os solos são basicamente de calcário, do período Jurássico, e os vinhedos sofrem influência do Oceano Atlântico, que está distante apenas 15 km. Sobre o nome do vinho, não foi possível registrar Dinâmica, então surgiu uma abreviação criativa. “D.N.M.C. é uma expressão natural da nossa visão de práticas de viticultura e adega”, complementa a enóloga. “Explorando a expressão clássica da uva em solos calcários, respeitando a pureza da casta e a complexidade de cada parcela de terreno. É um exemplar refrescante, gastronômico e de álcool moderado (12,5%), no qual até a rolha é natural e biológica”, finaliza. Destaque também para a não utilização da cápsula para lacrar o vinho, como fazem alguns dos principais produtores de vinhos orgânicos.

 

Na degustação, apresenta intensa cor cereja. Os aromas são elegantes, com toque de frutas como morango e ameixa, nuances de alcaçuz e notas de especiarias como pimenta-do-reino, louro e tomilho. Em boca é frutado, com uma bela estrutura e textura aveludada, com um final de boca muito fresco e convidativo. Harmoniza com charcutaria, peixe grelhado, carnes brancas grelhadas e queijos curados (os mais secos e firmes). Deve ser decantado. A temperatura de consumo é 16º C. A indicação de consumo da safra 2018 é até 2025.

 

Vinhos Autênticos, Sem Maquilhagem

Filipa Pato é uma das enólogas mais renomadas da atualidade e elabora vinhos com refinamento e elegância. Filha de Luís Pato, o vitivinicultor português que mostrou ao mundo o potencial da região da Bairrada e da uva Baga, ela lidera o projeto Vinhos Autênticos, Sem Maquilhagem que parte de alguns conceitos como mínima intervenção nos vinhedos e valorização da autenticidade, ou seja, vinhos que revelem a expressão do terroir onde são feitos.

 

A enóloga trabalha com vinhas velhas que estão adaptadas à Bairrada há muito tempo (algumas videiras têm mais de 130 anos e são do período pré-filoxera, não foram enxertadas e resistiram à praga). Desde 2014 converteu os vinhedos à filosofia biodinâmica e não usa herbicida desde 2009, em químicos, nem adubos, tudo é compostado com a intenção de renovar o solo e conservar a biodiversidade.

 

Dinâmica Baga

País e Região: Portugal, Bairrada

Produtor: Filipa Pato

Uvas: Baga

Aromas e Sabores: Aromas de frutas, morango e ameixa, com notas de alcaçuz e especiarias como pimenta-do-reino, louro e tomilho. Em boca é estruturado e com textura aveludada.

Algo a mais: As uvas Baga têm origem em diversos terroir; cada lote é vinificado separadamente e só depois é feito o blend.

Importante: Esse vinho substitui o FP Baga.

Sugestão de preço: R$85,90

 

 

Cave de Cairanne

 

A Cave de Cairanne está localizada ao Sul do Vale do Rhône, na região de Vaucluse (cuja capital é Avignon), próxima as denominações Châteauneuf-du-Pape, Gigondas e Vacqueyras. Fundada em 1929, reúne dezenas de produtores locais que, geração após geração, empregam técnicas tradicionais e orgânicas no cultivo dos vinhedos, espalhados por cerca de 550 hectares. As apelações são Côtes du Rhône, Côtes du Rhône Villages, Villages Plan de Dieu, Cru Cairanne e Cru Rasteau.

 

Cave de Cairanne Secret de Campane Vin de Pays de la Méditerrannée 

Região: Côtes du Rhône, França.

Uvas: 60% Grenache, 30% Vieux Carignan e 10% Cinsault.

Vinificação: 90% das uvas passam por vinificação tradicional e 10% são submetidos à maceração carbônica.

Degustação: Apresenta aromas de frutas vermelhas frescas e pimenta-do-reino. Em boca é macio e fresco, com taninos finos e final longo.

Graduação alcoólica: 13,5%.

Harmonização: ideal para carnes vermelhas, massas com molho intenso e queijos curados.

 

Cave de Cairanne Le Pas de La Beaume Côtes du Rhône

Região: Côtes du Rhône AOP, França.

Uvas: 60% Grenache, 20% Syrah e 20% Cinsault.

Produção: 90% das uvas passam por vinificação tradicional e 10% são submetidos à maceração carbônica.

Degustação: Apresenta aromas de frutas vermelhas e especiarias. Em boca é frutado, com taninos bem estruturados e boa persistência.

Teor alcoólico: 14%.

Harmonização: Ideal para carnes assadas, embutidos, omeletes e pizzas.

 

Cave de Cairanne Le Chêne Noir Côtes du Rhône

Esse vinho provém de um vinhedo localizado na cidade de Cairanne e nos arredores. As videiras são plantadas em encostas suaves e bem expostas ao sol, com solo argilo-calcário.

Região: Côtes du Rhône Villages, França.

Uvas: 50% Grenache, 30% Syrah e 20% Carignan.

Produção: 70% das uvas passam por vinificação tradicional e 30% são submetidos à maceração carbônica.

Degustação: Apresenta aromas de frutas vermelhas frescas (morango, framboesa e groselha). Graduação alcoólica: 14,5%.

Harmonização: Indicado para acompanhar carnes vermelhas, carnes de caça, massas com molho intenso e queijos curados.

Premiação: Medalha de Ouro no Decanter World Wine Awards 2018, com 95 pontos.

 

Cave de Cairanne Grande Réserve branco

Esse vinho provém de um vinhedo localizado na cidade de Cairanne e nos arredores. As videiras são plantadas em encostas suaves e bem expostas ao sol, com solo argilo-calcário.

Região: Côtes du Rhône Villages, Appellation Cairanne Contrôlée, França.

Uvas: 50% Grenache Blanc, 20% de Roussanne e o restante entre Clairette e Bourboulenc.

Degustação: Apresenta aromas florais, com notas de frutas (pêssego) e mel. Em boca é equilibrado e com boa persistência.

Harmonização: Excelente com peixes, aves, queijos e saladas.

Premiação: Best in Show no Decanter World Wine Awards 2018

 

Caves de Cairanne Grande Reserve tinto

Este vinho provém de um vinhedo localizado no município de Cairanne (em Vaucluse, na margem esquerda do rio Rhône). As videiras são plantadas nas encostas de argilo-calcário pedregoso, em declives suaves e bem expostos ao sol.

Região: Côtes du Rhône Villages, França.

Uvas: 50% Grenache, 40% Mourvèdre e 10% Syrah

Vinificação: 80% dos frutos passam por vinificação tradicional e os 20% restantes são submetidos à maceração carbônica.

Degustação: Apresenta aromas de frutas (cereja e cassis) e especiarias (pimenta-do-reino, canela e alcaçuz). Em boca possui ótima estrutura e equilíbrio.

Harmonização: Ideal para carnes vermelhas e de caça e aves.

Graduação alcoólica: 14,5%.

 

Em 2018 a importadora Porto a Porto completou duas décadas. Tudo começou em 1998, em Curitiba, na época da abertura do mercado brasileiro aos importados. Atualmente são mais de 2.000 produtos com excelente relação entre custo e qualidade que a tornam especialista e referência no cenário enogastronômico brasileiro. A empresa se preocupa em manter um portfólio completo, oferecendo aos seus clientes a maior variedade possível de itens do segmento.
A Porto a Porto representa aproximadamente 120 fornecedores internacionais de países como França, Itália, Espanha, Portugal, Alemanha, Chile, Argentina, Austrália, Nova Zelândia, entre outros. Além dos vinhos, bebidas como cervejas, destilados, sucos e águas compõem o portfólio. Entre os produtores que se destacam no catálogo estão os espanhóis da Premium Fincas (Marqués de Tomares, Nuestro e Chan de Rosas) e Pata Negra; os portugueses da Caves Messias, da Carmim e os enólogos Filipa Pato e João Portugal Ramos; os chilenos da Carolina Wine Brands (Santa Carolina e Viña Casablanca); e os argentinos da Nieto Senetiner e Alfredo Roca. Representa ainda os vinhos franceses da Domaine Denis Dubourdieu e o famoso champanhe Deutz. A Porto a Porto é responsável no Brasil pelas cervejas da marca alemã Paulaner.
O portfólio da importadora possui produtos do segmento alimentício como os da marca Paganini, responsável pela maior e melhor linha de itens italianos cuidadosamente selecionados para o consumidor brasileiro. Além dela, dezenas de outros fornecedores de alimentos importados.
Porto a Porto, o bom gosto sem fronteiras!
Av. Nossa Senhora Aparecida, 381 (3,67 km)
80440-000 Curitiba
(41) 3018-7393
Flavio Bin, especialista em vinhos
80381184_2869592273074692_2119989608128184320_n
2_b
*com divulgação

Categorias:AGÊNCIAS DE COMUNICAÇÃO, AGENDA DA SEMANA, AGENDA DO FIM DE SEMANA, BARES, Bebidas, BRASIL, COLUNA VANESSA MALUCELLI, DIVIRTA-SE, evento, FESTA, FREE LIFESTYLE, GASTRONOMIA, LANÇAMENTOS, restaurantesTags:, , , , , , , , , , , , , , , ,

VanessaMalucelliAndersen

Colunista do Site — Divirta-se Curitiba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s