Diretor do Butantan é entrevistado no SBT

Dimas Covas está no Poder em Foco, neste domingo (24)

Roseann, Dimas e Afonso / Covas (Divulgação/SBT)

MAIS IMAGENS NO LINK: https://photos.app.goo.gl/M2QiLfmofBgN51GB7

O diretor do Butantan, Dimas Covas, é o entrevistado do Poder em Foco neste domingo (24), no SBT. Ele fala sobre a capacidade de produção de vacinas no instituto e da expectativa para a chegada dos insumos da China. Destaca os prazos para garantir a segunda etapa da vacinação e conta que, além de atender ao Brasil, haverá também produção suficiente para exportar para outros países da América Latina.

O diretor comenta como foram as negociações com o governo federal para o uso da Coronavac no país, critica o modelo do processo de imunização com reserva de vacinas para a 2ª dose, avalia a atuação do ministro da Saúde e também a gestão da crise nos estados.

Ele revela como estão os estudos para desenvolvimento de outras três vacinas no Brasil, inclusive com previsão de produção totalmente nacional, e diz que o Butantan em breve também terá medicação para tratamento da covid-19.

Dimas Covas tem 64 anos. É médico, professor e cientista. Já desenvolveu pesquisas nas áreas de biologia molecular e células-tronco. Como diretor-presidente do Instituto Butantan foi o responsável pela parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac-Biotec na produção da Coronavac, vacina contra a Covid-19.

O Poder em Foco vai ao ar todo domingo, logo após o Programa Silvio Santos. É apresentado por Roseann Kennedy, que semanalmente recebe um jornalista convidado. Nesta semana é Afonso Benites, repórter do El País.

Dia do Síndico (30/11): Como fazer uma boa gestão e lidar com pessoas

Data homenageia síndicos de todo país; Profissão exige amplos conhecimentos das leis e habilidades comportamentais

Na vida pública, um governante precisa ter uma boa gestão dos recursos do contribuinte para não se complicar na prestação de contas com o seu eleitorado. Na administração de um bem privado, a regra é semelhante. O síndico de um condomínio que o diga.

A exemplo de um político, ele tem a responsabilidade de cuidar do patrimônio de terceiros com transparência e estar preparado para mediar conflitos e encaminhar soluções. Sua função no dia a dia de um conjunto residencial ou comercial é tão estratégica que ele ganhou seu próprio Dia Nacional do Síndico.

A data é lembrada desde 30 de novembro desde 1984, quando o então governador do Rio de Janeiro, Leonel Brizola, criou a homenagem, que nos anos seguintes se estendeu para o resto do país.

“Em um mundo por vezes tão polarizado, um profissional que trabalha pela coletividade merece todas as felicitações”, afirma Luiz Fernando Martins Alves, presidente da Associação das Administradoras de Condomínios do Estado do Paraná (AACEP) - entidade que representa mais de mil condomínios em todas as regiões do Estado.

Profissão desafiadora
Em Curitiba e Região Metropolitana, de acordo com estimativas da AACEP, existem cerca de 10 mil síndicos na ativa. No Brasil, tomando como base apenas as edificações verticais destinadas ao comércio e moradia, são pelo menos 440 mil síndicos.

A ligação natural do síndico com tarefas desafiadoras, muitas vezes estressantes, faz com que a maioria dos moradores não se interesse por assumir a função. “Onde há reunião de pessoas, há conflito. Muitos condôminos ficam ausentes, não comparecem às reuniões mensais e não se envolvem nos assuntos do condomínio. Porém, essas mesmas pessoas reclamam sem saber o que acontece no local em que residem, quais são as leis e decisões das assembleias”, conta Martins Alves.

Por falar nisso, uma parte expressiva do trabalho do síndico é atender a reclamações. No topo da lista, está o barulho, de acordo com dados da AACEP. “Reformas, barulho excessivo, festas dentro das unidades e latidos de cachorro são quase 50% do total de reclamações registradas pelas administradoras de condomínios”, informa.

Com as medidas de distanciamento social causadas pela pandemia da Covid-19, percebeu-se que a frequência dessas queixas se tornou mais corriqueira, resultado da permanência maior dos moradores em casa.

Reclamações sobre decisões que envolvem o uso de áreas comuns, como salão de festa, churrasqueira ou academia, vêm na sequência das situações mais conhecidas de conflitos.

Habilidades pessoais
Nesse ambiente que pede soluções e muito jogo de cintura a todo o momento, as habilidades comportamentais do síndico fazem diferença. O jeito certo para falar com educação, sem autoritarismo, e focar nas soluções - sem tomar partido para um dos lados – é outro destaque.

O conhecimento das leis e regulamentos internos são outras garantias a favor do bom administrador. “A organização, com criação de agenda de trabalho para execução das tarefas no prazo estabelecido, mostra que o síndico se preocupa em ser pontual em relação a suas obrigações”, explica Martins Alves.

Ele cita ainda a conscientização com a transparência nas contas e a boa comunicação junto aos moradores. Essas qualidades ajudam a zelar pelo patrimônio do condomínio, por meio de uma programação constante de manutenções.

Apesar do cenário que mostra uma relação expressiva de atribuições para quem abraça a causa de ser síndico, ele não pode tudo. Uma das principais tarefas do profissional é fazer encaminhamentos que precisam da análise dos demais moradores.

Entre as atribuições do síndico, previstas no artigo 1348 do Código Civil, está a obrigação de convocar assembleia para decidir assuntos de interesse comum a todos, além de usar esse tipo de reunião para cumprir obrigação essencial: a prestação de contas do condomínio.

Outra responsabilidade: sempre que contratar serviços que envolvam o pagamento de quantias expressivas, o síndico deve fazer pelo menos três cotações e analisar, junto ao conselho fiscal do condomínio, qual a melhor proposta do ponto de vista financeiro e do serviço prestado. Ainda em relação às assembleias, são nessas reuniões que se fixam a remuneração do síndico, seja ela por meio de um salário ou isenção de taxa do condomínio, por exemplo.

Efeitos da pandemia
Em tempos sensíveis como os de agora, em que a pandemia da Covid-19 provoca mudança profunda no dia a dia de todos, a gestão do condomínio também acaba impactada. O presidente da AACEP afirma que o comportamento dos síndicos passou a estar mais focado na limpeza, para evitar a propagação do Coronavírus em áreas comuns, e aplicação de regras para uso de equipamentos de proteção nos pontos de maior circulação de pessoas.

Um ponto importante em se tratando da pandemia, com a finalidade de evitar a paralisação da gestão do síndico, é a realização de assembleias virtuais, por meio de aplicativos de imagens, como o ZOOM, e a digitalização de documentos administrativos, boletos e comunicados, que antes eram impressos de forma mais frequente e distribuídos aos condôminos em suas caixas de correio.

“Vivemos tempos de mudanças profundas, mas o trabalho continua, e com ele, novos desafios para os síndicos e administradores poderem cumprir suas metas e obrigações em benefício dos condôminos”, afirma o presidente da entidade.

Sobre a AACEP
A Associação das Administradoras de Condomínios do Estado do Paraná (AACEP) iniciou os trabalhos em Curitiba, maio de 2016, e representa mais de mil condomínios em todas as regiões do Estado.

A entidade surgiu para aprimorar as atividades de administração e gestão condominial, prestar serviços que desenvolvem e profissionalizam o segmento, trazer mais segurança e tranquilidade a quem administra ou reside em condomínios.

Entre os assuntos que mais geram debates na AACEP, destaque para os direitos e deveres de moradores e síndicos, obrigações legais, regras de boa convivência, assuntos trabalhistas e tributários, mudanças nas leis, economia de água, uso de energias renováveis, coleta e separação do lixo, contratação de prestadores de serviços, transparência na gestão, regulamentação, tendências e profissionalização do mercado.

Sugestão de legenda
Presidente da AACEP, Luiz Fernando Martins Alves: “pandemia trouxe novos desafios aos síndicos”

Crédito das fotos
Luiz Fernando Martins Alves = José Luiz Karam Salata
Condomínio = Divulgação

Evento em Curitiba terá mais de 70 atividades culturais e acadêmicas

culturais e acadêmicas

Programação vai até o dia 7/12 com palestras e eventos gratuitos abertos a estudantes e comunidade, incluindo mutirão para atendimento pet

Mais de 70 atividades entre palestras online gratuitas, desafios e concursos acadêmicos, sorteios e ações culturais. É isso o que a comunidade poderá prestigiar nos meses de novembro e dezembro durante o Enjoy UNICURITIBA, um evento que coloca em evidência temas das mais variadas áreas do conhecimento.

Até o dia 7 de dezembro, os participantes terão acesso a conteúdos sobre saúde e qualidade de vida, produção de vacinas, empreendedorismo, inovação, novos negócios, eleições americanas, xenofobia, serial killer, educação em prevenção à Covid-19, engenharia e patologias das construções, direito de família e sucessões, educação alimentar, educação postural e relaxamento durante a pandemia etc.

As palestras ocorrem em horários variados ao longo do dia e incluem ainda temas como “Lugar de Mulher é... Onde ela quiser”, criatividade afetiva, harmonização orofacial, células-tronco, aprendizagem em tempos de pandemia, simulação e manejo de paciente com respirador, o papel da brincadeira na aprendizagem, equoterapia, estruturas em concreto armado, geração de energia, entre outros. Para conferir a programação completa e fazer a inscrição, basta acessar https://www.unicuritiba.edu.br/enjoy.html.

“Temos palestras com assuntos variados, de grande interesse da comunidade acadêmica e também do público em geral, pois abrangem temas ligados ao direito, relações internacionais, psicologia, odontologia, fisioterapia, biomedicina, engenharia, arquitetura, criminologia, medicina veterinária e outras áreas. Entendemos que é nosso papel compartilhar todo esse conhecimento. Espero que os estudantes e a comunidade participem e aproveitem ao máximo a programação e as atividades que preparamos”, diz o coordenador geral de graduação do UNICURITIBA, Dennys Robson Girardi.

Mutirão Pet-Drive

No dia 28/11, das 10h às 17h, no campus Pinheirinho, o UNICURITIBA promoverá o 1º Mutirão de Saúde Única – Pet-Drive. Na oportunidade, estudantes e professores de medicina veterinária farão o atendimento de cães e gatos para avaliações, orientações, desvermifugação e aplicação de antipulgas. Os atendimentos serão realizados na modalidade drive-in, sem a necessidade de desembarque dos carros.

O público também poderá participar de uma atividade experimental de reabilitação associada à equoterapia, um método terapêutico e educacional que conta com cavalos para uma abordagem interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiências ou necessidades especiais.

Para participar do mutirão é preciso fazer a inscrição em https://www.sympla.com.br/1-mutirao-da-saude-unica-pet-drive-unicuritiba__1043988. O ingresso solidário é um quilo de ração para cão e gato ou um quilo de alimento não perecível para cada animal que participar.

O evento integra a programação do Enjoy UNICURITIBA, um evento que coloca em evidência temas das mais variadas áreas do conhecimento. Para conferir a programação completa e fazer a inscrição, basta acessar https://www.unicuritiba.edu.br/enjoy.html.

Desafios e concursos
O Enjoy UNICURITIBA conta com atividades voltadas exclusivamente aos estudantes da instituição. Uma delas é o Desafio Comida, Afeto e Memória: A Sensorialidade Além do Prato. Organizado pelo curso de nutrição, o concurso desafia os participantes a recriarem uma receita que desperte a memória afetiva.

Outra ação é o Campeonato de Catapultas, que exige conhecimentos para o desenvolvimento, construção e testes de uma catapulta para lançamento de projéteis. O objetivo é acertar um alvo a 15 metros de distância.

O Campeonato de Robôs Móveis Autônomos é outra atração do evento. A competição exige conhecimentos de controle de motores, aplicação de sensores, montagem de protótipos e programação de microcontroladores. O projeto também visa ao desenvolvimento de kits didáticos para a participação dos estudantes no campeonato de robótica.

Simulação das Nações Unidas
Realizado pelos cursos de relações internacionais do UNICURITIBA e da UNISUL, o Modelo de Simulação das Nações Unidas (Monu) será realizado durante a programação do ENJOY. No dia 12/11, às 18h, haverá um evento prévio para apresentação do tema e sorteio dos estudantes que vão compor as delegações participantes da conferência.

Nesta edição, os estudantes vão simular a Conferência da ONU sobre os Oceanos, criada para apoiar a implementação do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável No. 14: Conservação e Uso Sustentável dos Oceanos e seus Recursos Marinhos. A simulação está marcada para o dia 19/11, a partir das 14h, e será 100% online.

SERVIÇO

· O quê: Enjoy UNICURITIBA – palestras, atividades acadêmicas e culturais
· Quando: até 7/12, em horários variados
· Quanto: gratuito
· Programação e inscrições: https://www.unicuritiba.edu.br/enjoy.html

1ª EDIÇÃO DO PR SUMMIT REÚNE GRANDES NOMES DA COMUNICAÇÃO PARA TRATAR SOBRE REPUTAÇÃO DE MARCAS E RELAÇÕES PÚBLICAS

Representantes de marcas como Coca-Cola, Heineken, Shell, Pepsico e Facebook falam sobre tendências do mercado de comunicação durante o evento online, gratuito e inédito no país

1==wMlVGO2YmOyJmLt92YuEmcyVGdAlGbsV2Y1xWYtF2czVmbhZnO0UTMxQTO5cTMyozZlBnauc3bsJDN3EjM1gjNyMjRyUiNyMjRyUCO4gTMGJTJxYDMzEzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopDN
Nos dias 27, 28 e 29 de novembro acontece a primeira edição do PR Summit, evento online e gratuito que trará talks com grandes profissionais de comunicação, dos mercados de Relações Públicas, Marketing, Branding e Eventos.

Voltado à profissionais de comunicação, empreendedores e estudantes que querem entender o papel da Comunicação e das Relações Públicas na construção de marcas fortes, o evento possibilitará que os participantes desenvolvam pensamento estratégico, entendam como construir reputação e gerar credibilidade, aprendam a construir marcas fortes e a aplicar as ferramentas de comunicação no seu dia-a-dia de trabalho, independentemente do setor e tamanho do negócio.

Nos dois primeiros dias, o público terá acesso à talks com os 22 convidados do evento, representando grandes marcas, como: Coca-Cola Brasil, PepsiCo, Heineken, Bauducco, Amazon, Shell, Jeffrey Group, Facebook e Johnson & Johnson. Já no terceiro dia, será transmitida uma masterclass ministrada por Renata Zveibel - idealizadora do projeto e fundadora da Consultoria de Estratégia de Comunicação PRable - que ensinará um passo-a-passo para desenvolver uma estratégia de comunicação para empresas em geral.

"Acredito que aprender com o erro e acerto de grandes profissionais é o caminho mais produtivo e enriquecedor para nos desenvolvermos profissionalmente. Por isso, fiz questão de escolher a dedo os entrevistados do evento", comenta a idealizadora do Summit.

Segundo pesquisa realizada pelo REPTRAK (instituto de pesquisas especializado em reputação empresarial), empresas que responderam à pandemia com ações que ajudassem a resolver algum problema da sociedade são lembradas pela população e tem a reputação melhor do que aquelas cujo posicionamento não é lembrado. Ao mesmo tempo, apenas 15% dos entrevistados lembraram de marcas que realizaram alguma ação deste tipo, o que mostra a importância das empresas e marcas prestarem atenção nos consumidores e desenvolverem estratégias que que vão ao encontro dessas necessidades, principalmente tendo em vista uma provável recessão econômica após o período pandêmico. Fato que foi reforçado pela Ragan/PR Daily (pesquisa realizada nos Estados Unidos), que apontou que o desenvolvimento de estratégias em um mundo que vive em constante mudança tem sido um dos principais desafios para as empresas atualmente.

"Em um cenário onde vemos que marketing, digital, social media e comunicação estão cada vez mais integrados, o papel das áreas de comunicação das empresas e das agências de PR vem ganhando muita relevância. A pandemia deixou ainda mais claro que esses profissionais são estratégicos para gerenciar a reputação e imagem das marcas. O PR Summit será um momento para repensar sobre a comunicação e descobrir quais são as tendências e caminhos do mercado", completa Zveibel.

Para participar, os interessados devem se inscrever gratuitamente pelo site https://www.prsummit.com.br/

Programação:

Primeiro dia PR Summit -

• Abertura do PR Summit com Renata Zveibel (Founder da Prable)

• "A Adaptabilidade e a Comunicação como Reflexo do Zeitgeist" com Andrea Janér (Co-founder e CCO da Oxygen)

• "Qual o Futuro da Coprodução de Conteúdo" com André Vasco (Influencer e Produtor de Conteúdo)

• "A Construção de Reputação no Dia a Dia da Agência" com Bruna Bonafé (Atendimento da Agência PROS)

• "A Importância da Gestão da Marca Pessoal nos Dias Atuais" com Cinthia Almeida (Consultora de Marketing Pessoal)

• "Como ser uma marca Bold em um Mercado Saturado" com Daniela Cachich (VP de Marketing da Pepsico)

• "Como Trabalhar o PR com uma Abordagem Multifuncional e Criativa" com Daniela Graicar (CEO da agência PROS)

• "Qual o Papel do Funcionário como Propagador de Mensagens" com Daniela Valverde (Gerente de Comunicação Interna da Coca-Cola Brasil)

• "Quais os Passos para Construir Reputação Corporativa" com Dennis Larsen (Sócio Diretor da Consultoria Internacional Reputation Inc.)

• "Qual o Papel do PR nos Projetos das Agências de Publicidade" com Fernanda Lopes (Diretora de Comunicação Corporativa da Leo Burnett)

• "Especialista em Marketing de Influência" com Herbert Gris (Co-fundador e head de estratégia e conteúdo da Tastemakers)

• Fechamento do 1º dia do PR Summit com Renata Zveibel

Segundo dia PR Summit -

• Abertura do 2º dia do PR Summit com Renata Zveibel (Founder da Prable)

• "Como Gerenciar a Imagem de uma Grande Empresa Familiar" com Juliana Corá Bastos (Grouper de Marketing da Bauducco)

• "Do Press Relations ao Public Relations - O que Mudou?" com Leandro Matulja (Fundador da Agência Lema+)

• "Abordagem Acadêmica - A Importância da Reputação para Empresas e Marcas" com Malu Weber (Professora do Master em Comunicação Empresarial da ESPM)

• "O Papel do Brand Experience no Novo Contexto da Sociedade" com Marcelo Lenhard (Fundador e CEO da agência de brand experience Hands)

• "As Lições da Amazon sobre PR" com Marina Zveibil (Gerente de Relações Públicas na Amazon do Brasil)

• "Como Usar a Assessoria de Imprensa para Alavancar sua Marca?" com Marcio Kogut (Founder e CEO do Mycon)

• "O Futuro do PR na Construção de Reputação das Empresas" com Patrícia Ávila (Diretora Geral da agência de comunicação JeffreyGroup)

• "Descubra como a Shell constrói Reputação" com Paulo Macedo (diretor geral e relações externas da Shell América Latina)

• "Como a Visão do PR Ajuda a Estratégia de Marketing de Marcas" com Renata Costa (Consumer Marketing Manager no Facebook Brasil)

• "Entenda como BI Pode Melhorar a Performance de Ações de PR" com Roberta Catani (Head of Communication & Public Affairs na Johnson & Johnson)

• "O Poder do Discurso Centrado no Consumidor" com Vanessa Brandão (Diretora de Marketing da marca Heineken)

• "O papel das marcas na vida das pessoas" com Eric Messa (Gestor do Núcleo de Inovação em Mídia Digital e Coordenador da graduação em Publicidade e Propaganda da FAAP

• Terceiro dia PR Summit -

• Masterclass ministrada por Renata Zveibel

Sobre Renata Zveibel

Com 20 anos de experiência no mercado de Comunicação, passou por grandes empresas e agências, como Coca-Cola FEMSA, Siemens, Vivo, DPZ, Burson-Marsteller, A4 Comunicação e, nos últimos 10 anos, foi diretora de Comunicação Externa da Heineken Brasil. Hoje está à frente de sua consultoria boutique, a Prable, focada em construir estratégias de comunicação e posicionamento de marcas.

Live promove diversão e sustentabilidade em atividades para crianças

Estação Plástico Transforma, em parceria com a KidZania, oferecerá conteúdo digital para crianças aprenderem conceitos de sustentabilidade enquanto se divertem

Interface gráfica do usuário, Site Descrição gerada automaticamenteOferecer atividades lúdicas que proporcionam aprendizado sobre sustentabilidade e diversão para a garotada é a proposta da live da Estação Plástico Transforma, conteúdo digital promovido pelo Movimento Plástico Transforma, em parceria com o parque KidZania. O objetivo é trazer uma experiência digital para pais e crianças, em comemoração ao dia das crianças, além do atual cenário em que precisam permanecer mais tempo em casa, em razão do distanciamento social recomendado, como forma de combater a contaminação pela Covid-19.

Com duração de 30 a 40 minutos, a ação contará com transmissões online de atividades educativas feitas a partir da reutilização de resíduos plásticos. “A ideia é construir brinquedos, instrumentos musicais, jogos e qualquer outro objeto que a imaginação nos permita criar”, informa Fernanda Maluf, uma das coordenadoras do Movimento Plástico Transforma. “É uma maneira de utilizar os recursos digitais para reforçar conceitos como descarte correto, reciclagem e transformação de resíduos plásticos pós-consumo” diz Simone Carvalho, também coordenadora do Movimento Plástico Transforma.

A live conta com a orientação da equipe da KidZania para que o conteúdo seja adequado à faixa etária do público-alvo, crianças de 6 a 14 anos. A apresentação será da influenciadora digital Daniela Cabrera, acompanhada de uma das monitoras do parque. A transmissão de estreia acontecerá dia 15 de outubro, a partir das 16 horas, e poderá ser acessada por meio do YouTube do Movimento Plástico Transforma e por meio do Instagram da KidZania e da influenciadora convidada.

Serviço:

Live Movimento Plástico Transforma
Dia 15 de outubro, a partir das 16 horas
Gratuito
Acesso por meio dos canais:
Movimento Plástico Transforma: Youtube
KidZania: Instagram
Dani Cabrera: Instagram

Sobre a Estação Plástico Transforma
Desde sua inauguração, em janeiro de 2019, a Estação Plástico Transforma já recebeu mais de 17 mil visitantes que conheceram, na prática, o processo de reciclagem do plástico. O espaço reproduz, de forma lúdica e interativa, as principais etapas do processo de reciclagem, permitindo que as crianças participem de todo o ciclo. Ao final, as crianças entendem como o resíduo plástico é reciclado e pode ser transformado em diferentes objetos, assim como os óculos coloridos, que elas recebem de presente. Por conta da pandemia de Covid-19, o parque KidZania, local onde está a Estação Plástico Transforma, suspendeu temporariamente suas atividades presenciais.

Sobre o Movimento Plástico Transforma
O Movimento Plástico Transforma é uma iniciativa do Plano de Incentivo à Cadeia do Plástico, o PICPlast, fruto da parceria da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (ABIPLAST), e da Braskem, maior produtora de resinas termoplásticas das Américas. Desde 2017, o programa vem investindo em ações que geram agenda positiva para o uso consciente e responsável do plástico. É o caso, por exemplo, do PlastCoLab, espaço interativo, inspirado no movimento maker, que reúne inovação e tecnologia associado ao plástico. Com quatro edições realizadas em São Paulo, Porto Alegre, Salvador e Brasília, o espaço contou com mais de 36 mil visitantes.

Restaurante Manu, considerado o 42º melhor da América Latina

O alimento será a fonte de mudança do futuro, avalia Chef Manu Buffara
À frente do Restaurante Manu, considerado o 42º melhor da América Latina, ela aposta no contato direto com produtores locais

Manu Buffara.jpg
Chef Manu Buffara é responsável pelo Restaurante Manu, em Curitiba (Foto: Henrique Schmeil)
Orgulho das raízes, da terra, da família e da cultura, estas são as principais filosofias do Restaurante Manu, comandado pela chef paranaense Manu Buffara. Foi por estas filosofias e, claro, pela comida, que o restaurante, em funcionamento desde 2011, recebeu, em 2019, o 42º lugar na lista dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina.
Desde o início, Manu tinha a intenção de tornar seu restaurante um agente transformador. “Meu papel não é apenas servir um menu degustação, eu quero oferecer experiência, informação”, explica. Para isso, a chef aposta no contato direto com os produtores locais de Curitiba, não só para a busca e compra de produtos para desenvolver seus pratos, mas para dividir experiências e conhecimentos.
É essa relação com a cidade e a população de Curitiba que inspiram a chef. Para desenvolver o menu, Manu pensa, antes de tudo, nos produtos. São eles que indicam o caminho que os pratos devem seguir. “O cozinheiro pensa no menu, no seu prato, na forma de criá-lo, para depois pensar nos produtos que precisa. Eu entendo que o movimento tem de ser inverso, devemos trabalhar junto da natureza, não devemos domá-la, ou conquistá-la. O que a natureza e a cidade me dão é o que eu quero levar para as pessoas”, reforça.
“Plantar a própria comida é como imprimir o próprio dinheiro”, com essa frase de Ron Finley, Manu descreve seu entendimento sobre a relação direta com a produção e colheita. E para isso, não é preciso grandes hortas e espaços. Na sacada do apartamento, no jardim, em pequenos vasos na cozinha, já se pode cultivar frutas, verduras e temperos para consumo no dia a dia, pequenos hábitos que, segundo a chef, já são transformadores.
Sobre o futuro da alimentação, Manu é categórica em dizer que ele depende da sociedade, do papel transformador de cada um. Para a chef, “o alimento será a fonte de mudança do futuro”. Manu Buffara vai compartilhar sua trajetória, os benefícios da hiperlocalidade e do uso de uma agricultura próxima das pessoas no Open Food Innovation Summit, maior evento da América Latina sobre inovação e tecnologia em toda a cadeia de alimentos.
SOBRE O OPEN FOOD INNOVATION SUMMIT
O maior evento da América Latina sobre inovação e tecnologia em toda a cadeia de alimentos. Organizado por Open Food Institute (https://openfoodinstitute.com/) e Inventa Evento (http://www.inventaevento.com.br/), reúne produção, indústria, tecnologias empregadas no processo e resíduos. A primeira edição aconteceu em 2019 em Porto Alegre/RS e reuniu mais de 600 participantes, entre empresários, CEOs, estudantes e painelistas. Mais em: https://www.instagram.com/openfoodinstitute/

SERVIÇO
O que: Open Food Innovation Summit 2020
Quando: 14 e 15 de outubro de 2020
Site + ingressos: bit.ly/2YRf0Gk
Estudantes: 50% desconto / Ingressos corporativos: 30% desconto

Sherwin-Williams promove evento online para lançamento do Colormix Tendência de Cores 2021 e da Cor do Ano 2021

Evento virtual acontece em 01 de outubro, com a participação de convidados especiais com Patricia Pomerantzeff, influenciadora digital do Doma Arquitetura e Pedro Franco, designer de móveis e proprietário da A Lot Of Brasil, Imira de Holanda do Studio M4 Arquitetura entre outros

2==wNmVDM1YmOyJmLt92YuEmcyVGdAlGbsV2Y1xWYtF2czVmbhZnO3MTMwEDN3czNxozZlBnauQjM3EDO5cTN0MjRyUSN0MjRyUyN2IjN0YkMlATNxQTMf1SNx0yXt92YuIHct1SaGJTJGJTJBNTJwRHdopDM

A Sherwin-Williams, líder global na fabricação, distribuição e venda de tintas e revestimentos, presente no Brasil há mais de 75 anos, realizará no dia 01 de outubro, um evento online para o lançamento da coleção de cores de tintas, Colormix 2021 e da Cor do Ano. As tendências do próximo ano serão apresentadas por Patrícia Fecci, gerente de marketing para serviços de Cor & Design da empresa e pela jornalista e curadora do blog Design do Bom, Winnie Bastian. A transmissão ao vivo passará no canal oficial da SW, no YouTube às 19h, com a participação de convidados especiais.

"A nossa nova coleção, com 40 tons dividido em quatro paletas, Santuário, Encontro, Continuidade e Fusão, celebram o ritmo da cor e foi pensado para transformar qualquer espaço em um refúgio. O ano de 2021 será marcado por azuis arrojados, verdes terrosos, vermelhos suaves, rosas e brancos quentes, que nos ajudaram a criar esse ponto central nos ambientes, que é tão vital na nossa vida cotidiana e no trabalho agora. Além disso, iremos anunciar a nossa Cor do Ano, Bronze Conectado SW 7048, um bronze sofisticado e aconchegante, que ajuda nos manter com a mente calma e estável," explica Patrícia Fecci, gerente de marketing para serviços de Cor & Design das tintas Sherwin-Williams.

Além das duas apresentadoras, o evento online também contará com convidados do segmento de arquitetura e design de interiores. Entre eles, Patricia Pomerantzeff, arquiteta e influenciadora digital do Doma Arquitetura, Pedro Franco, designer de móveis, Imira de Holanda, arquiteta brasiliense e youtuber do canal Studio M4 Arquitetura e Erika Medeiros, designer de interiores, empreendedora e criadora do @inspira_casa, o pintor e influenciador, Juliano Alcântara, parceiro da SW no SWPRO, programa de relacionamento e capacitação de pintores profissionais e Renan Altera do @ alteraarquitetura.

A transmissão gratuita terá duração de uma hora e pode ser conferida pelo público geral que deseja conhecer cores de tendências para o próximo ano, além de profissionais da área de arquitetura e decoração. Para participar e acompanhar o lançamento do Colormix 2021 é necessário realizar uma inscrição pelo link: http://colormix2021.cdnstreaming.net/

SERVIÇO

LANÇAMENTO ONLINE SHERWIN-WILLIAMS COLORMIX 2021

Data: 01 de outubro

Horário: ás 19h

Link de transmissão: http://colormix2021.cdnstreaming.net/

Sobre a Sherwin-Williams

Fundada em 1866, a Sherwin-Williams é líder global na fabricação, distribuição e venda de tintas e revestimentos. Presente no Brasil há 75 anos, a empresa atua entre os principais fabricantes do mercado brasileiro. A Sherwin-Williams produz para o segmento imobiliário, industrial, automotivo, aerossol e tinta em pó, com marcas reconhecidas como Metalatex®, Novacor®, Aquacryl®, Design®, Super Paint® e Sumaré. A empresa está comprometida em investir em pesquisa e desenvolvimento, sendo responsável por diversos produtos que se tornaram referência no mercado. Localizada no estado de São Paulo, no segmento imobiliário, a Sherwin-Williams possui escritórios e uma fábrica no município de Taboão da Serra. Também fez parte do grupo, a unidade de tintas industriais, aerossóis e tintas em pó, localizada na cidade de Sumaré. E a divisão de tintas automotivas localizada em São Bernardo do Campo. Para mais informações acesse o nosso site, em http://www.sherwin-williams.com.br e as nossas redes sociais: http://www.facebook.com/sherwinwilliamsbrasil, http://www.instagram.com/sherwinwilliamsbr e br.pinterest.com/ swbrasil .

Evento de palestrantes reúne mais de 20 milhões de seguidores nas redes sociais e tem ingressos esgotados em duas semanas

A cada dia que passa, se torna mais visível como as redes sociais podem ter força de movimentação de pessoas engajadas em um objetivo comum. O evento “Arrasta pra cima” é a prova disso, onde 20 milhões de seguidores se mobilizaram e esgotaram rapidamente os ingressos para o grande encontro de palestrantes, empreendedores e influenciadores que será nesta quinta-feira, no estádio Allianz Parque, em São Paulo.

Amanhã, dia 17 de setembro, um dos maiores eventos agendados para 2020 reunirá marketing, empreendedorismo, espiritualidade e solidariedade. A organização é de alguns empresários e palestrantes, dentre eles, Diego Vergílio, Jonas Kaz, e Gustavo Gambit. É esperada a participação do ator Bruno Gagliasso, do empresário Geraldo Rufino e do terapeuta Tadashi Kadomoto neste encontro no Allianz Parque que transformará a vida de todo o público que poderá participar presencialmente.
Todos os 25 experts, empreendedores e influenciadores digitais de várias partes do Brasil, possuem muitos seguidores. A mobilização para o encontro foi tão instantânea que os ingressos para o evento se esgotaram em duas semanas. Para garantir a segurança e o distanciamento social por conta da pandemia da Covid-19, a apresentação será no sistema drive in.
Ou seja, são esperados 285 automóveis dentro do gramado do estádio para acompanhar o evento, mesmo com todas as recomendações anti-covid. Assim, aliando solidariedade e conhecimento reunidos em um único espaço, grandes nomes das mais das áreas de empreendedorismo, marketing digital, desenvolvimento profissional e pessoal, espiritualidade, cultura estarão em 6 horas de total imersão com o objetivo de impactar nações e levar os participantes para o próximo nível.
Neste momento onde a sociedade enfrenta uma profunda crise, a expectativa da organização é provar que o ditado “grandes crises revelam ótimas oportunidades” está certo, mas ressaltando como diferencial deste encontro as maneiras de como descobrir as melhores oportunidades e o caminho para sair na frente. Um dos palestrantes é Tadashi Kadamoto. Ele acredita que todas as situações, mesmo as mais terríveis têm coisas positivas. “Cabe a nós descobrir o lado positivo de cada situação. O evento mostrará como entender o cenário pós-pandemia e tirar o melhor proveito disso, sendo a maior oportunidade do século para quem quer se tornar um empreendedor de sucesso”.
Parte da renda do evento será repassada à ONG Fraternidade sem
Fronteiras, uma organização de ajuda humanitária, que nasceu no Brasil e atua
em mais 5 países, com milhares de acolhidos. “Será um grande momento
inesquecível e em prol de uma causa nobre, o movimento Arrasta para Cima está
só no começo e apoia o projeto dessa ONG, que neste momento de pandemia precisa
mais do que nunca do nosso apoio”, afirma um dos idealizadores do evento, Jonas Kaz.
O Arrasta para Cima Solidário será uma apresentação única no próximo dia 17 de setembro, amparada por uma estrutura diferenciada, com qualidade e segurança ao público. Exibição em 2 telões de 103 metros quadrados e som distribuído em mais de 400 caixas, posicionadas ao lado dos veículos, também há a opção por rádio para sintonizar o áudio. A venda de alimentos e bebidas será através de aplicativo, com a garantia de todos os cuidados nesse período de pandemia.
O time de palestrantes escalados estará assim: Gustavo Gambit, Bruno Gagliasso, Tadashi Kadomoto, Geraldo Rufino, Jonas Kaz, Davi Braga, Diego Vergílio, Carol Cantelli, Tathi Deândhela, Elainne Ourives, Jhanne Pires, Felipe Marx, Marcos Strider, Vinicius Areb, Ricardo Bellino, Dani Rigo, Ricardo Resstel, Larissa Mocelin, Rafael Martins, Rafael Albano, Aguinaldo Alberto, Sandra Regina, Rafael Magalhães, Loise Velasco e Rafa Trader.

Dicas preciosas para que a Loja crie experiências inesquecíveis ao cliente, do arquiteto Julio Takano, especialista em projetos de varejo

CEO da Kawahara & Takano Retailing e palestrante de eventos nacionais e internacionais, Takano orienta sobre como fazer o negócio renascer com criatividade, neste pós-pandemia
“A inteligência emocional é que vai diferenciar os sobreviventes”, afirma o arquiteto Julio Takano, um dos maiores especialistas do Brasil em projetos de varejo. Segundo diz não basta mais pensar apenas a loja física como todos conhecem. “O que está acontecendo com a humanidade nos últimos meses fez todos pararem para pensar. O processo do Covid-19, de imersão de mais de 100 dias, mudou o comportamento das pessoas, que se tornaram muito exigentes com o que vão fazer com seu dinheiro e também nos relacionamentos, e querem novidades e benefícios contundentes. Essa vai ser a próxima onda do varejo”. Takano está à frente da Kawahara & Takano Retailing, conceituado escritório brasileiro com história de sucesso internacional, que desenvolve arquitetura de negócios e conceitos de store design para grandes marcas, como a Tramontina.
Ao compartilhar uma visão otimista diante dos negócios, o especialista ressalta existirem formas diferentes de olhar para este novo momento. “Estamos sentidos com tanta gente sucumbindo a essa pandemia, mas por outro lado está sendo um processo de renascimento espiritual, onde muitos vão buscar um propósito”. Takano relembra a Idade Média, quando mais de um terço da população europeia sucumbiu a peste negra. E o que veio depois foi a descoberta pelo renascimento de várias áreas, da arquitetura, das artes e da música. “Justamente no momento de tanta reclusão, as pessoas floresceram”. Para Takano, estamos vivendo algo semelhante: “essa reclusão gera uma demanda reprimida por um consumo qualificado, consciente, diferenciado e inesquecível. Neste momento, quem trabalha com processo criativo e tem capacidade de construir negócios terá uma vantagem competitiva sem igual”, conclui.
Como dica primordial para o varejista, o arquiteto fala sobre a jornada do consumidor, processo pelo qual o cliente passa até tomar a decisão de compra de um produto ou serviço. Primeiramente, Takano convida o varejista a olhar sua loja como cliente e a compará-la com 10 lojas da rua, cinco de cada lado, direito e esquerdo, percebendo se a sua loja se destaque ou não, observando o alinhamento na rua do topo dos edifícios, se o seu é o mais baixo ou mais alto. “Quando começamos um projeto, se necessário, elevamos o ponto de venda para um metro e meio acima do que o edifício mais alto da rua. Essa percepção de fachada ajuda muito a se reposicionar”.
Na continuidade, vem a vitrine da loja. “Faz parte dessa jornada conhecer o estilo de vida dos clientes e oferecer na vitrine exatamente o que eles ainda nem sabem que vão precisar. Personalize quem é seu cliente e, então, comece a contar uma história para ele a partir da vitrine. A loja tem que brilhar para a rua”. Assim, segundo Takano, quando o consumidor é seduzido pela vitrine, ao entrar na loja, o próximo passo é que sinta conforto visual. Se a rua estiver ensolarada, a loja tem que acompanhar essa iluminação, não pode estar ou parecer escura. “Um bom exemplo é a boca de um túnel, que costuma ter muito mais luminária para que o motorista não perca a direção. Na loja de rua também tem que ter essa transição de uns dois metros de luz intensa, para que o cliente não tenha a percepção de que a loja está escura. Isso dá conforto, bem-estar, prazer e segurança. Principalmente agora que a loja tem que estar limpa e segura para uma compra de decisão rápida. Na jornada essa percepção visual é muito importante”.
Outra boa dica do arquiteto, é com relação a mesa de valorização de produtos, clara e iluminada, perto da entrada da loja. “E as paredes devem ter um planograma, onde são desenvolvidas as coleções, em que os produtos são como pequenas iscas expostas. O cliente vai olhando as peças, manuseando e quando percebe já andou uns 10 metros, sendo induzido a conhecer as novidades”.
Ao escolher o produto, se for roupa, o cliente segue para o provador: “Mas como provar pós-Covid-19? Já tem algumas boas soluções, como as lâmpadas UVs, que esterilizam tudo. Mas é importante esterilizar e higienizar os espaços na frente do cliente”, explica.
O próximo passo do cliente, geralmente, é o caixa, onde Takano tem mais uma dica fundamental. “É comprovado cientificamente que no caixa a temperatura corporal aumenta, por isso é importante baixar a temperatura até dois graus centigrados, deixando a área bem fresca”.
Com relação a exposição da marca, o especialista diz que deve estar presente em momentos relevantes da jornada do cliente, como fachada, caixa, crediário, área de serviços/ customização. “E ter tudo isso correto na loja de nada adianta se não tiver equipe devidamente treinada”, completa.
O expert orienta: olhe sua loja, aumente a presença dela, e lhe dê um propósito. “Quem começar a fazer planejamento na retomada, no pós-pandemia, está muito atrasado”, diz Takano. “A rotina absorve e faz com que o empresário fique operacional e menos estratégico em seu negócio. Nos dias de hoje, se o empresário continuar fazendo tudo do jeito que sempre faz, a chance de dar errado é enorme, porque o cliente não quer a mesma coisa, ele quer uma disrupção, processo em que tudo que foi feito até então parece velho instantaneamente”.
Store Design -- Segundo Takano, store design é a tradução de todo o desenho de uma loja, é uma das disciplinas que faz parte da Arquitetura de Negócio. No final de uma jornada, para inaugurar a loja, é preciso do store design, que dá a forma a um plano estratégico. “A loja tem um grande objetivo, que é criar uma experiência que tangibilize 10 minutos de férias inesquecíveis ao cliente. São memórias afetivas, que promovem a desconexão da rotina, a restauração da alma. Tudo isso, através de micromomentos de experiências, sejam visuais, olfativas ou táteis. Deve-se tratar a loja como um templo, fazendo com que o cliente resgate a energia e a autoestima. Isso é possível porque é uma ciência”, conclui.
Julio Takano – É palestrante sobre o tema do negócio do varejo e comanda grupos de viagens de negócios para os mais importantes eventos de varejo do mundo, como Web Summit 2018, NRF 2019 e Euroshop 2020 (quando também foi um dos palestrantes).

Sobre a KT Retailing (https://www.ktarq.com.br/) - Arquitetura de Negócios, a arte de cristalizar indulgências. Fundada em 1992, a Kawahara | Takano Retailing, com visão estratégica em Arquitetura de Negócios, promove a integração das áreas de Marketing, Produtos, Operações e Ponto de Venda, para conceituar espaços comerciais com a mais alta rentabilidade por m2 nos segmentos de varejo onde atua na América Latina e Europa.
Constrói sólida reputação auxiliando seus clientes na construção de marcas icônicas, promovendo grande reposicionamento estratégico e cristalizando indulgências no ponto de venda para tangibilizar espaços comerciais verdadeiramente memoráveis, criando experiências sensoriais que simulem “10 minutos de férias por dia”. O escritório tem uma equipe de criação de negócios multidisciplinar, composta por Arquitetos, Designers, Artistas Plásticos, Visual Merchandisers, Estrategistas e Investidores. A equipe desenvolve Arquitetura de Negócios, criando lojas e transformando consumidores em fãs de marcas.
Entre os cases destacam-se o da Hering, cujas ações subiram nos últimos 10 anos 908% partindo de uma plataforma de 64 lojas, em 2006, para 800 lojas, em 2018. O primeiro conceito KT Retailing exportado foi em 2006, com o desenvolvimento da loja Hering no Uruguai e posteriormente na América Latina.
A maior rede de franquias de cosméticos do mundo, O Boticário teve assinatura da KT Retailing, com a criação do conceito “Beleza 365 dias do ano”, transformando 1000 lojas das 4.000 existentes. O escritório também desenvolveu projetos para grandes marcas como a TStore, da fabricante Tramontina (Brasil, Chile, Bolívia, Peru, Colômbia, entre outros), Petz, TAM Airlines, Walmart, Artex, Telhanorte, Clube Morena Rosa, Leveros, Mobly e Lowe’s México, entre outras de segmentos diversos.

Curso ensina líderes a fazer gestão mais humanizada

A consultora e especialista em liderança e gestão de pessoas, Luciane Botto, ministra o curso “Jornada Integral”. O treinamento começa amanhã (dia 1º de setembro) e vai até o dia 3 de setembro, sempre das 19h às 21h, por meio de uma plataforma online.

O curso é voltado aos líderes que desejam obter maior performance de seus times - a partir de uma gestão mais humanizada - e para os interessados em se conhecer melhor, identificar seu perfil e compreender ainda mais a relação consigo mesmo, com o outro e o mundo.

Durante os encontros virtuais serão abordados temas para entender os motivos pelos quais os indivíduos pensam e tomam decisões de formas tão diferentes, como liderar e desenvolver pessoas frente a um cenário de inúmeras transformações, como melhorar o desempenho em todas as áreas da vida, como lidar com mudanças e ser um líder melhor.

Mais informações e inscrições pelo site https://www.sympla.com.br/jornada-integral-com-luciane-botto__911930

Luciane Botto é mestre em Organizações e Complexidade pela FAE-PR, desenvolve pessoas há 15 anos, realizou treinamentos para mais de 40 mil pessoas das mais variadas empresas e profissões entre diretores, gerentes, profissionais liberais, estudantes universitários e aqueles em início de carreira.

É coautora do livro “Liderança Integral – A Evolução do Ser Humano e das Organizações” (ed. Vozes, 344 págs.).

Crédito das foto:s
Divulgação

Como potencializar as hard e soft skills e desenvolver a carreira

Especialistas vão debater o tema em live promovida pela pós-graduação do Centro Universitário Curitiba - UNICURITIBA e Ânima Educação no dia 3/9, às 20h

Assim como as hard skills – habilidades técnicas de um profissional -, as soft skills (competências socioemocionais e comportamentais) entraram na lista de exigências para quem deseja se destacar no mundo do trabalho.
Um estudo global do LinkedIn divulgado recentemente revela que as soft skills já estão entre as dez habilidades mais valorizadas. No topo da lista está a comunicação, seguida pela gestão e capacidade de resolver problemas. Liderança é outra competência altamente desejada de acordo com o levantamento, que avaliou cerca de 12 milhões de vagas disponíveis na plataforma em julho.
Para discutir a importância de desenvolver com equilíbrio as hard e soft skills, a pós-graduação do Centro Universitário Curitiba – UNICURITIBA e a Ânima Educação vão reunir dois especialistas no assunto: Andrea Iorio, palestrante, escritor, ex-diretor do Tinder e CDO na L’Oréal e Lisiane Lemos, advogada e especialista em tecnologia, reconhecida em 2018 como uma das mulheres negras mais influentes do mundo na categoria negócios e empreendedorismo e, em 2017, como uma das jovens com menos de 30 anos que fazem a diferença no Brasil.

Mudanças do trabalho
Com o tema “Hard Skills X Soft Skills”, a live será na quinta-feira (3/9), às 20h, com mediação da advogada e comentarista da rede CNN Brasil, Gabriela Prioli, embaixadora dos novos cursos de pós-graduação do UNICURITIBA. O objetivo dos encontros virtuais é ajudar estudantes a entender melhor as mudanças do mundo do trabalho e compreender como a educação qualificada e inovadora pode preparar profissionais para um novo cenário.

Para acompanhar a série de lives sobre educação e carreira, basta acessar www.ressignificar.live e fazer a inscrição. A participação é gratuita. Além do debate marcado para o dia 3/9, outros temas estão confirmados: 24/9 - Protagonismo na vida profissional e 8/10 – Networking.

SERVIÇO

O quê: live sobre “Hard Skills X Soft Skills”, com Andrea Iorio, Lisiane Lemos e mediação de Gabriela Priolli
Quando: quinta-feira, 3/9, às 20h
Quanto: gratuito
Inscrições e transmissão: www.ressignificar.live

Empresários da região sul debatem a “Importância e Futuro do Foodservice para o FLV”, mercado que movimenta R$ 101 bi/ano

Dia - 27 de agosto, quinta-feira Horário - 17h Plataforma ZOOM

O PMA Talks Brasil de agosto reúne os maiores empresários de FLV da região sul - Fernando Giansante, CEO da Grano Vegetais Congelados, uma das maiores empresas de congelados do Brasil, e Fernando Campanha, CEO do Grupo Campanha, maior produtor e distribuidor de verduras e fornecedor das maiores empresas de foodservice do país; junto com Lionel Bardin, diretor da Rijk Zwaan Brasil, quarta maior empresa de sementes hortifrutis do mundo; e Ely Mizrahi, presidente do Instituto Foodservice Brasil (IFB), setor que fatura R$ 101 bi/ano, atende 160 milhões de consumidores/mês e gera 330 mil empregos. O webinar vai discutir a Importância e futuro do Foodservice para o setor de frutas, legumes e verduras (FLV).

Os palestrantes vão apresentar números e o cenário durante a pandemia e as estratégias para o “novo normal”. A indústria de FLV é uma das maiores fornecedoras para o Foodservice.

**Imprensa – é necessária a inscrição para plataforma zoom – https://bit.ly/pma27agosto

Sobre PMA – Produce Marketing Association é uma associação global de produtos agrícolas frescos e flores, fundada em 1949, com a missão de conectar os interesses das cadeias produtivas de frutas, flores, legumes e verduras. A entidade conta com 2.900 empresas associadas, 54.000 compradores e fornecedores, em 55 países de cinco continentes. No Brasil, a entidade conta com 96 associados (produtores, distribuidores, fornecedores de produtos/serviços e varejistas).

Núcleo de Ensino de Libras da UFPR discute mitos da acessibilidade para surdos em lives diárias de 24 a 26/8

Docentes e pesquisadores surdos falarão sobre assuntos que ficaram em evidência com a pandemia de covid-19, entre eles a chamada "máscara inclusiva"

26514_curso_de_letras_libras_da_ufpr_credito_nel_ufpr_divulgacao_5322378116099628695.jpg
Na fala de quatro docentes e pesquisadores surdos, questões da comunidade surda brasileira que se tornaram mais visíveis durante a pandemia de Covid-19 serão discutidas nas lives promovidas pelo Núcleo de Ensino de Libras (Nel) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) entre os dias 24 e 26 de agosto, pelo YouTube. A participação é gratuita e a inscrição será realizada por meio de link que será disponibilizado antes do início de cada transmissão, a partir das 19h30.

Dos quatro convidados, três são professores do curso de Letras Libras da UFPR: Jefferson Jesus, Daiane Ferreira (também vice-coordenadora do curso) e Marcelo Porto, que fará a mediação. A quarta convidada é a professora Fernanda Brito, mestra em Educação pela UFPR e professora de Libras da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

A ideia das lives é destacar o protagonismo dos pesquisadores surdos na produção de conhecimento e fortalecer a políticas de educação bilíngue para surdos, de modo que cada professor fale da sua história como estudante, docente e pesquisador da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e da educação bilíngue, que inclui a língua de sinais e a nacional.

Acessibilidade

O debate central será em torno de controvérsias que associam a acessibilidade para surdos à aprendizagem da oralidade e da leitura labial. O tema abrange, por exemplo, as chamadas "máscaras inclusivas", feitas com material transparente na parte da peça que fica na altura da boca para permitir leitura labial. “Existem preconceitos e mitos capacitistas ainda predominantes no senso comum, e um deles é o de que todos os surdos se comunicam por meio da leitura labial”, afirma a professora Sueli Fernandes, do curso de Letras Libras da UFPR. Estima-se que apenas 15% dos 2,3 milhões de surdos no Brasil sejam oralizados.

Segundo a visão predominante entre estudiosos do tema, essas percepções criam obstáculos à disseminação da Língua Brasileira de Sinais (Libras), que compõe a educação bilíngue para surdos e permite também a preservação da cultura desse grupo social. No Brasil, a educação bilíngue é considerada um direito da comunidade surda desde a aprovação da Lei nº 10.436 (Lei da Libras), em 2002. “A acessibilidade em Libras é o principal meio de acesso à comunicação e ao conhecimento, potencializando tecnologias de comunicação e informação para os surdos”, diz Sueli.

Histórico

A questão é sensível porque permeia a história da educação para surdos, marcada do século XIX até os anos 1970 por políticas de caráter clínico. As principais características dessas políticas eram a obrigatoriedade da reabilitação da fala (oralização) e o uso de tecnologias auditivas (próteses e implantes cocleares) — ainda que seus resultados não fossem efetivos na comunicação.

“O oralismo perpetuou por décadas uma concepção da identidade entre ‘deficiência auditiva e problemas de linguagem’, levando ao apagamento de produções culturais das comunidades surdas, como é o caso da proibição da língua de sinais nas famílias e nas escolas”, explica Sueli.

Nesse sentido, a professora ressalta que as transmissões terão foco na defesa da educação bilíngue como a de mais capacidade de promover a inclusão desse grupo social. Esse princípio está no centro da licenciatura em Libras da UFPR, criada em 2015 e que formou sua primeira turma em dezembro de 2019. “O curso de Letras Libras é um legado dos movimentos sociais nas duas últimas décadas pelo reconhecimentos dos surdos como minoria linguística nacional”.

Sobre o núcleo

O Nel é uma unidade da UFPR, ligada ao curso de licenciatura em Letras Libras, que atua em atividades de pesquisa e extensão no campo de ensino de Libras em Curitiba.

Uma das atividades do núcleo é a oferta de cursos gratuitos da língua. Desde 2016 uma média de 240 ouvintes aprendem Libras no núcleo por ano.

SERVIÇO
Evento “Educação bilíngue ou acessibilidade? Reflexões para além da pandemia
Quando: dias 24, 25 e 26/8, a partir das 19h30
Onde: via YouTube, no canal do NEL/UFPR (https://www.youtube.com/channel/UCoJkjjxCUqQmk_yaQIWibgA)

LINKS

Matéria no Portal da UFPR: https://bit.ly/31iZbZS

Matéria sobre o trabalho do Nel/UFPR: https://bit.ly/3l4bAJb

Evento na fanpage do Nel no Facebook: https://www.facebook.com/198957070496381/posts/1286517871740290

Assessora responsável pelo projeto de Reforma Tributária do Governo Federal dará palestra para executivos financeiros no Paraná

Assessora responsável pelo projeto de Reforma Tributária do Governo Federal dará palestra para executivos financeiros no Paraná

Convidada especial do IBEF-PR, Vanessa Rahal Canado irá discutir os principais aspectos da proposta em webinar na próxima quinta-feira (20)

Há mais de um ano sendo discutida por deputados e senadores, a proposta de Reforma Tributária no Brasil já passou por diversas modificações e ganhou recentemente mais um novo capítulo. Com tantas idas e vindas, somente no mês passado o governo federal conseguiu apresentar a primeira parte de sua proposta por meio do Projeto de Lei (PL) nº 3.887/2020. Antes mesmo da pandemia, muitas empresas já sofriam as consequências do sistema tributário no país que, diante de tanta complexidade, necessita de uma simplificação ou unificação dos tributos cobrados das organizações.

Com objetivo de debater os principais aspectos propostos no PL 3.887/2020 e esclarecer as dúvidas dos profissionais da área, o Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Paraná (IBEF-PR) convidou a Assessora Especial do Ministro de Estado da Economia e responsável pelo Projeto de Reforma Tributária do Governo Federal, Vanessa Rahal Canado para abordar o tema em um webinar na próxima quinta-feira, dia 20 de agosto, às 18h30.

O assunto considerado prioritário para a retomada da economia brasileira também contará com a contribuição do diretor tributário do Grupo O Boticário, Gustavo Bizinelli, e do vice-presidente Tax South América da Volvo do Brasil, Augusto Flores, que debaterão o tema na perspectiva do setor de varejo e da indústria. O impacto da reforma tributária no setor de serviços também será discutido no evento. Hadler Martines, sócio da PwC Brasil e membro do comitê tributário e empresarial do IBEF- PR, conduzirá o assunto. O debate será mediado pelo Sócio na Gaia, Silva, Gaede & Associados e Coordenador do Comitê Tributário e Empresarial do IBEF-PR, Frederico Rodrigues da Cunha.

A atual proposta do governo federal pretende extinguir o PIS e a Cofins e substituir pela Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS). Para o setor de serviços, a carga passaria da faixa entre 3,65% e 9,25%, para 12%, pois possui uma base de créditos reduzida. De acordo com Martines, a criação da CBS irá simplificar, fazendo com que as empresas gastem menos tempo para fazer o pagamento e recolhimento de tributos. Porém, um possível aumento da carga tributária pode diminuir a competitividade das empresas brasileiras em um momento em que a concorrência global de investimentos está cada vez maior, na medida em que a crise econômica decorrente da Covid-19 afetou países do mundo todo.

"Falaremos sobre o desafio de se fazer uma reforma tributária, que é essencial para dar mais oportunidades às empresas brasileiras, mas tomando muito cuidado em não se aumentar a carga tributária, tendo em vista especialmente a crise econômica que estamos passando. As empresas já estão trabalhando com margens reduzidas, custos elevados e muitas até com prejuízos”, explica o sócio da PwC Brasil.

O evento online acontecerá das 18h30 às 20h00, por meio da plataforma online Zoom, e recebe o patrocínio de gestão da PwC Brasil e do escritório Gaia Silva Gaede & Associados. A transmissão é gratuita e para participar é necessário inscrever-se antecipadamente.

Reforma tributária: momento de convergência

Dia: Quinta-feira, 20/08

Horário: Das 18h30 às 20h00

Evento online e gratuito, transmitido pela plataforma Zoom.

Inscrição: https://us02web.zoom.us/webinar/register/WN_sWmO7FT9Rx2O8a2KLsNavg

CONTATOS DE IMPRENSA IBEF-PR

EXCOM COMUNICAÇÃO

Kamilla de Almeida / Julia Nascimento / Cecile Kruger

41 99271-1281 / 41 99226-4557 / 41 98848-2726

kamilla@excom.com.br / julia.nascimento@excom.com.br / cecile@excom.com.br

SOBRE O IBEF-PR

O Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Paraná (IBEF-PR) é uma instituição sem fins lucrativos, que congrega executivos de finanças dos vários segmentos da atividade econômica do Paraná: executivos das áreas de indústria, comércio, consultorias, empresas de serviços, auditorias, instituições financeiras (bancárias e não-bancárias) e instituições governamentais.

Através de seus comitês de Finanças, Compliance e Riscos, Tributário e Empresarial, Inovação e Desenvolvimento de Executivos, o IBEF-PR realiza vários eventos, discussões e compartilha conhecimento para contribuir com o desenvolvimento dos profissionais de finanças do Paraná.

ECONOMISTAS DE REFERÊNCIA NACIONAL ESTARÃO REUNIDOS NO 24º ENESUL PARA DEBATEREM A ATUAL POLÍTICA ECONÔMICA

O economista Antonio Corrêa de Lacerda, presidente do Cofecon, apresentará a palestra magna com o tema “O papel do Estado no Desenvolvimento Regional”.

Economistas de referência nacional e regional estarão reunidos nos dias 27 e 28 de agosto, por meio de plataforma on-line, para debaterem temas atuais da política econômica, durante a 24ª edição do Encontro de Economistas da Região Sul (ENESUL). O evento será promovido pelo Conselho Regional de Economia do Paraná (CoreconPR) e terá como tema principal “O papel do Estado no Desenvolvimento Regional”. Voltado para economistas, estudantes dos cursos de ciências econômicas e a população em geral, ele tem o objetivo de contribuir para o desenvolvimento da sociedade.

Os economistas vão expor suas visões a respeito do tema, previamente oferecidas em textos, especialmente elaborados e ao alcance dos participantes. Serão avaliações e análises do trabalho na esfera pública para o desenvolvimento integrado de uma micro ou macrorregião.

No dia 27 de agosto, às 15h acontece a Solenidade de Abertura do ENESUL com os presidentes regionais, o Economista Carlos Magno Andrioli Bittencourt, presidente do CoreconPR, o Economista José Júnior de Oliveira, presidente do CoreconRS e a Economista Ivoneti Ramos, presidente do CoreconSC.

No mesmo dia às 15h20, acontece a palestra magna com o presidente do Conselho Federal de Economia (Cofecon), o economista Antonio Corrêa de Lacerda com tema “O papel do Estado no Desenvolvimento Regional” e às 16h ocorre o Painel I: Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas e Programas Sociais.

No dia 28 de agosto, às 15h, acontece o Painel II: A importância do Desenvolvimento Regional na superação das Desigualdades. E às 16h30 o Painel III: Os municípios como protagonistas do Desenvolvimento Regional.

O encontro contará com a participação de universidades e das principais instituições de pesquisa dos setores público e privado dos três estados da região Sul, para abordar, discutir e refletir sobre os temas definidos na programação, os quais remetem à economia nacional e à sociedade brasileira.

Em virtude da pandemia, que inesperadamente assolou todo o planeta, o evento também teve que se adequar e se reinventar no formato para sua realização, seguindo as instruções e recomendações dos órgãos competentes da saúde pública. Excepcionalmente nesta edição as atividades não serão presenciais, devendo as apresentações ocorrerem na forma de videoconferências e com assistência virtual dos participantes, porém procurando manter a mesma dinâmica das edições anteriores nos demais aspectos.

Sobre o ENESUL

O ENESUL surgiu de uma discussão regional de temas do interesse da categoria dos economistas, que se reúnem anualmente, no segundo semestre de cada ano, em eventos de âmbito nacional como: o Congresso Brasileiro de Economistas (CBE), em anos ímpares, e o Simpósio Nacional dos Conselhos de Economia (SINCE), em anos pares. Assim, para subsidiar as discussões no âmbito nacional, os Encontros Regionais são realizados a cada ano anterior ao do evento nacional. O ENESUL é promovido anualmente, em sistema de rodízio, entre os Conselhos Regionais de Economia do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

SERVIÇO:
24ª edição do Encontro de Economistas da Região Sul (ENESUL)

Data: 27 e 28 de agosto de 2020

CRONOGRAMA:

Dia 27/08/2020 (quinta-feira)

15:00h às 15:20h – Solenidade Abertura do 24º ENESUL – Com mensagens dos Presidentes dos Conselhos Regionais – Econ. Dr. Carlos Magno Andrioli Bittencourt, Presidente do CoreconPR, Econ. Ms. José Júnior de Oliveira, Presidente do CoreconRS e Econ. Ms. Ivoneti Ramos, Presidente do CoreconSC.

15:20h às 16:00h – PALESTRA MAGNA – O papel do Estado no Desenvolvimento Regional.
Palestrante: Econ. Dr. Antonio Corrêa de Lacerda – Presidente do Conselho Federal de Economia – (Cofecon).

16:00h às 17:30h – Painel I: Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas e Programas Sociais.
Palestrante CoreconPR: Econ. Dra. Augusta Pelinski Raiher (UEPG/Ponta Grossa)
Palestrante CoreconRS: Econ. Dr. Felipe Garcia Ribeiro
Palestrante CoreconSC: Econ. Dr. Marcos Vinicio Wink Junior
Moderadora: Econ. Dra. Mirian Beatriz Schneider (CoreconPR / Unioeste Toledo)

Dia 28/08/2020 (sexta-feira)

15:00h às 16:30h – Painel II: A importância do Desenvolvimento Regional na superação das Desigualdades.
Palestrante CoreconPR: Econ. Dr. Jandir Ferrera de Lima (UNIOESTE Toledo)
Palestrante CoreconRS: Econ. Dr. Flavio Vasconcellos Comim
Palestrante CoreconSC: Econ. Ms. Eduardo Alexandre Corrêa de Machado
Moderador: Econ. Dr. Luís Alberto Ferreira Garcia (CoreconPR / Unioeste Cascavel)

16:30h às 18:00 – Painel III: Os municípios como protagonistas do Desenvolvimento Regional.
Palestrante do CoreconPR: Econ. Dr. José Guilherme Silva Vieira (UFPR)
Palestrante CoreconRS: Econ. Dr. Mário Jaime Gomes de Lima
Palestrante CoreconSC: Econ. Ms. Waldemar Bornhausen Neto
Moderadora: Econ. Dra. Cíntia Rubim de Souza Netto (CoreconPR / Universidade Positivo)
18:10 às 18:20 – Encerramento e considerações finais (Presidentes Regionais).

Informações no hotsite do evento: http://enesul.coreconpr.gov.br/
Inscrições:
https://www.sympla.com.br/24-enesul—encontro-de-economistas-da-regiao-sul__907724

LIDE Futuro Paraná promove mentoring com a CEO da Hinode, Marília Rocca

Na próxima quinta-feira (13), às 18h30, O LIDE Futuro Paraná, iniciativa do LIDE Paraná para promover a aproximação de jovens lideranças, realizará mais um mentoring, evento que recebe a presença de grandes líderes para incentivarem os novos e futuros líderes.

A convidada é a CEO da Hinode, Marília Rocca. Durante o evento, a executiva compartilhará detalhes de sua trajetória, relatos de experiências, histórias inspiradoras, desafios, superação e lições de carreira. O evento, exclusivo para filiados do LIDE Futuro, promoverá um ambiente propício à integração e troca entre os participantes.

O mentoring é uma das modalidades do LIDE FUTURO, braço de atuação do LIDE Paraná que é formado foi jovens lideranças empresariais que atuam em diferentes áreas de atuação, desde sucessores de grandes grupos empresariais, e empreendedores. Para conhecer mais sobre a atuação do LIDE Futuro, acesse o site oficial www.lideparana.com.br.