DOWLOAD DO APP NATAL BRADESCO

DOWLOAD DO APP NATAL BRADESCO
Aplicativo está disponível hoje no sistema Android e em 19 de novembro no iOS

A partir de hoje (13) os usuários do sistema Android já podem fazer o download do aplicativo Natal Bradesco. O app trará informações gerais sobre o espetáculo, figurinhas para mandar por WhatsApp e a função “Pinte o Palácio”. Ali o público encontrará uma imagem do Palácio Avenida que poderá ser colorida e enviada online.

Os desenhos enviados poderão ser projetados na fachada do Palácio Avenida durante o “Show de Luzes Bradesco”, que acontece de 2 a 19 de dezembro.

Além do “Show de Luzes Bradesco”, o aplicativo vai permitir interações do público durante as apresentações oficiais do Natal do Bradesco, de 6 a 22 de dezembro. Quem baixar o aplicativo receberá notificações para, em momentos específicos, levantar seus celulares, que vão exibir imagens sincronizadas com o espetáculo.

No sistema iOS, o aplicativo Natal Bradesco estará disponível a partir de 19 de novembro.

Interação nas agências do Bradesco
Além da participação no aplicativo, o público também pode levar seus desenhos e pinturas até uma das 25 agências do Bradesco em Curitiba e Região Metropolitana que têm as urnas do Natal.

Não há necessidade de formulários oficiais do espetáculo. Basta utilizar papéis comuns, brancos, e levá-los até uma das agências Bradesco participantes. Lá, a população deve carimbar as folhas e preencher seus dados antes de inserir a arte na urna.

Haverá uma moderação dos desenhos para garantir a aderência ao tema e as artes poderão ser projetadas na fachada do Palácio Avenida durante o “Show de Luzes Bradesco”.

Os desenhos devem ser depositados até 25 de novembro.

Sobre o Natal do Bradesco 2019
Com o tema “As Cores do Natal”, o Natal do Bradesco 2019 estreia no dia 6 de dezembro e vai até 22 de dezembro, sempre às sextas, sábados e domingos, às 20h15.

O coral do Natal do Bradesco é composto por cerca de 100 crianças, com idades entre 7 e 12 anos, de instituições de acolhimento apoiadas pelo Banco e de escolas públicas de Curitiba.

Uma das novidades do Natal do Bradesco deste ano é o “Show de Luzes Bradesco”. Entre 2 e 19 de dezembro, sempre de segunda a quinta-feira, o Palácio Avenida será iluminado por projeções diferentes a cada dia, acompanhadas de trilha natalina.

Serviço:
O que: Show de Luzes Bradesco
Tema 2019: As Cores do Natal
Onde: Palácio Avenida – Centro de Curitiba/PR
Quando: 2 a 19 de dezembro (segunda a quinta-feira)
Horário: 20h15

O que: Natal do Bradesco
Tema 2019: As Cores do Natal
Onde: Palácio Avenida – Centro de Curitiba/PR
Quando: 6, 7, 8, 13, 14, 15, 20, 21 e 22 de dezembro (às sextas, sábados e domingos)
Horário: 20h15

Agências Bradesco participantes
Encontre os locais que terão urnas para receber os desenhos e pinturas do público em Curitiba e Região Metropolitana

CURITIBA

AGÊNCIA
ENDEREÇO
BAIRRO
CAJURU-UCTBA
AV.PRES.AFONSO CAMARGO, 177
JARDIM BOTÂNICO
BACACHERI-UCTBA
AV.ERASTO GAERTNER, 209
BACACHERI
R.JOÃO NEGRÃO-UCTBA
R. JOÃO NEGRÃO, 731
CENTRO
MAL.DEODORO-UCTBA
R.MAL DEODORO, 314
CENTRO
AHÚ-URB.CURITIBA
R.CEL. AMAZONAS MARCONDES, 1505
AHÚ
AV.J.GUALBERTO-UCTBA
AV. JOÃO GUALBERTO, 1487
JUVEVÊ
S.FELICIDADE-UCTBA
AV. MANOEL RIBAS, 5875
SANTA FELICIDADE
PORTÃO-UCTBA
AV.REPÚBLICA ARGENTINA, 2958
PORTÃO
CTO CÍVICO-UCTBA
AV. CANDIDO DE ABREU 427
CENTRO CÍVICO
PINHEIRINHO-UCTBA
AV.WINSTON CHURCHILL, 2296
PINHEIRINHO
CEASA-UCTBA
BR 116-KM11 22881-BOX.999/976
TATUQUARA
ÁGUA VERDE-UCTBA
AV. PRES GETÚLIO VARGAS, 2703
ÁGUA VERDE
R.CEL.DULCÍDIO-UCTBA
R. COMENDADOR ARAÚJO, 862
BATEL
R.M.V. MACEDO-UCTBA
R. MANOEL V. DE MACEDO, 2505
CIC
HAUER-UCTBA
AV. MAL FLORIANO PEIXOTO, 5500
HAUER
MONSENHOR CELSO-UCTBA
R. MONS.CELSO, 50
CENTRO
CURITIBA-CTO
R.MARECHAL DEODORO, 170
CENTRO
AVENIDA-UCTBA
AV LUIZ XAVIER, 11
CENTRO
V.PAROLIN-UCTBA
R. MAL.FLORIANO PEIXOTO, 3616
PAROLIN
SÍTIO CERCADO-UCTBA
R.IZAAC F.DA CRUZ, 3330 COM.3
SÍTIO CERCADO

REGIÃO METROPOLITANA

AGÊNCIA
ENDEREÇO
CIDADE
COLON.MURICI-USJPIN
BR 376 KM 13,7 - CENTRO
SÃO JOSÉ DOS PINHAIS
PINHAIS-CTO
AV.CAMILO DE LELLIS, 184
PINHAIS
COLOMBO-CTO
R XV DE NOVEMBRO, 158
COLOMBO
CAMPO LARGO
R.XV DE NOVEMBRO, 2351
CAMPO LARGO
ARAUCÁRIA-CTO
PÇ.DR.VICENTE MACHADO, 420
ARAUCÁRIA

Grupo oferece oportunidade rara de apreciar o repertório de Gurdjieff-De Hartmann para piano

Grupo oferece oportunidade rara de apreciar o repertório de Gurdjieff-De Hartmann para piano

Projeto “De sons e terras distantes” é realizado pelo Coletivo PIANOVERO e pianistas convidados,
que se apresentarão no próximo dia 21 de novembro, às 19h30, na Capela Santa Maria

O público de Curitiba terá, no próximo dia 21 de novembro, na Capela Santa Maria, a oportunidade rara de apreciar um conjunto significativo de peças para piano elaboradas pelo filósofo armênio Georges Gurdjieff e pelo compositor e pianista ucraniano Thomas De Hartmann. O concerto “De sons e terras distantes” será realizado pelo Coletivo PIANOVERO e pianistas convidados, que executarão cerca de 40 dessas peças compostas no início do século 20.

A pianista e diretora musical do projeto, Vera Di Domenico, explica que a descoberta desse repertório foi recente em sua vida, mas foi uma espécie de “amor à primeira audição”, o que a motivou a elaborar o projeto. Como se tratam de obras pouco conhecidas, principalmente no Brasil, a busca por partituras revelou-se difícil, mas ela acabou por conseguir boa parte do material através de contatos com um dos mais renomados intérpretes dessas peças, o pianista francês Alain Kremski, que veio a falecer aos 78 anos de idade, no último mês de dezembro, além de Niket Jones do País de Gales (seguidor dos Movimentos Gurdjieff e Osho) e Amiyo Devienne (instrutora das danças e Movimentos Gurdjieff e Osho pelo mundo todo).

“Há muitos anos, quando ainda estudava na Alemanha, havia ouvido falar desse repertório, mas só vim a conhecê-lo de fato mais recentemente. A obra é tão emocionante, bela, delicada e especial, que temos certeza de que irá tocar a todos como ela nos tocou”, afirma Vera, que no ano passado dirigiu projeto com a obra Vexations, de Eric Satie, realizada pelo Coletivo PIANOVERO, em eventos de 24 horas no Teatro Guaíra e na Oficina de Música de Curitiba.

A obra

As peças que serão apresentadas neste concerto são resultado das investigações do filósofo armênio Georges Ivanovich Gurdjieff pelo Oriente, e reúnem elementos de culturas e tradições espirituais muito antigas de regiões próximas aos mares Cáspio, Negro e Mediterrâneo, com destaque para o Sufismo. Para Gurdjieff, a música (assim como o movimento, a exemplo da dança dos dervixes sufis), desempenha um papel central em seu sistema filosófico.

De volta à Europa, na Paris do início do século 20, ele apresentou essas músicas ancestrais ao compositor e pianista ucraniano Thomas De Hartmann, que as arranjou para o piano. Era o ano de 1917 e De Hartmann, então com 31 anos de idade, era um músico de sucesso, tendo estudado com alguns dos maiores compositores russos da época, entre eles Rimsky-Korsakov.

O resultado desse encontro é uma coletânea de peças que se ancoram em tradições muito antigas e desconhecidas no Ocidente. Um repertório de grande beleza e profundidade.

“O concerto terá duração aproximada de duas horas e meia, com o objetivo de oferecer aos ouvintes uma coletânea significativa dessa obra”, completa Vera Di Domênico, que vem idealizando e dirigindo projetos temáticos de piano com seus alunos, ex-alunos e pianistas convidados desde o início dos anos 90, e já abordou repertórios como as Invenções e Sinfonias de Bach; O Mikrokosmos, de Béla Bartók; Obras a Quatro Mãos de Schubert; Sonatas e Interlúdios para Piano Preparado de John Cage, entre outros.

Serviço:

“De sons e terras distantes”

Coletivo PIANOVERO e Pianistas Convidados interpretam a Obra de Gurdjieff-De Hartmann para piano

Onde: Capela Santa Maria - Rua Conselheiro Laurindo, 273 - Centro, Curitiba-PR

Quando: 21 de novembro de 2019

Horário: 19h30min

Ingresso: R$20 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada)

à venda na Capela Santa Maria ou pelo site aloingressos.com.br

Patrocínio: Grupo Barigui Veículos e Lumen Design

Apoio Cultural: Embaixada da Ucrânia, Consulado da Ucrânia em Curitiba, Prefeitura de Curitiba,

Fundação Cultural de Curitiba, ICAC e Capela Santa Maria, Vitral Produções, Evidência

Comunicação.

Pianistas:

Analena Bordin

André Bertoncini

Beatriz Deschamps

Eneida Holzmann

Giulia Ferreira

Grace Torres

Jeferson Ulbrich

Julia Deschamps

Julia Saggin

Karine Kawamura

Lilian Nakahodo

Lucas Dias

Matheus Fedrigo

Miguel Colhado

Monica Han

Silvio Silva Jr.

Soraia Luders

Taciana Basso

Vera Di Domenico

SHOW DO BITA –  “DENTRO DO MUNDO LÁ FORA”

SHOW DO BITA - “DENTRO DO MUNDO LÁ FORA”

SINOPSE

Depois de passar por diversas cidades, em todas as regiões do Brasil, o MUNDO BITA chega com uma nova temporada de seu show. Intitulada “DENTRO DO MUNDO LÁ FORA”, a atração vai reforçar a mensagem que é a essência do fenômeno infantil: o incentivo às brincadeiras ao ar livre, estar em contato com outras crianças e viver momentos de alegria, carinho e diversão.

Flora, que já conquistou o coração da criançada nos outros shows e tem participação constante nos clipes do MUNDO BITA, segue como a cantora nesta nova temporada. Ela é uma das protagonistas ao lado de Dan, Lila, Tito e, claro, o Bita. Diversos outros personagens terão participação no show, a exemplo da Baratinha em “Insetos”, a Vaquinha em “Fazendinha” e o Palhaço em “Palhaçada”.

“DENTRO DO MUNDO LÁ FORA” conta com 19 canções contemplando todos os álbuns do MUNDO BITA. A seleção contou com a interação do público por meio das redes sociais, que escolheu as principais canções que não poderiam faltar no espetáculo.

O SHOW DO BITA é diversão garantida para toda a família!

----

Repertório de “Dentro do Mundo Lá Fora”

• Palco de brinquedos
• Eu quero ver você me pegar
• Coragem
• Fundo do mar
• Troca roupa
• Insetos
• A amizade
• A boneca e o boneco
• A diferença é o que nos une
• Magia das cores
• Onde se fabrica o pensamento
• Trem das estações
• Palhaçada
• Viajar pelo safari
• Meu pequeno coração
• Voa voa passarinho
• Nem tudo que sobra é lixo
• Fazendinha
• Dinossauros

Inscrições abertas para a Colônia de Férias do Centro Juvenil de Artes

Inscrições abertas para a Colônia de Férias do Centro Juvenil de Artes

Atividades são destinadas a crianças de 7 a 12 anos no mês de dezembro

Em dezembro têm Colônia de Férias do Centro Juvenil de Artes (CJA). A equipe do Setor Educativo organizou uma série de oficinas para as semanas de 9 a 13 e de 16 a 20 de dezembro nos períodos da manhã (9h às 12h) e da tarde (14h às 17h). São duas turmas por período: de 7 a 9 anos e de 10 a 12 anos. O valor, que inclui o material didático, é de R$ 100 por semana para um período. A grade completa com as oficinas ofertadas está disponível no site www.cjap.seec.pr.gov.br.

A programação para a primeira semana, de 9 a 13 de dezembro, inclui oficinas de Arte e Movimento, Desenho, Modelagem, Pintura e Teatro. Já de 16 a 20 de dezembro serão ofertadas oficinas de Artes Visuais, Histórias e Aventuras, Modelagem, Teatro e Videoarte. “São atividades lúdicas e variadas do ensino das artes, proporcionando aos alunos uma vivência em diferentes linguagens artísticas”, explica a professora do Setor Educativo, Ana Lúcia Canetti.

Cada dia da semana será uma oficina diferente. A proposta é que a criança experimente um pouco de cada linguagem.

Inscrições

O responsável pela criança deve realizar a matrícula pessoalmente na secretaria do Centro Juvenil de Artes. É necessário levar uma cópia de um documento de identificação da criança (certidão de nascimento ou carteira de identidade) e o valor da atividade. A equipe do Setor Educativo esclarece que é possível inscrever a criança para as duas semanas, pois serão ofertadas oficinas diferenciadas. “Nós não indicamos inscrever a criança em período integral porque as atividades da manhã e da tarde são as mesmas”, alerta Ana Lúcia.

Pioneira

Primeira escola de artes para crianças e adolescentes do Brasil, o Centro Juvenil de Artes foi aberto em 1953 após esforços do pintor Guido Viaro, que sempre se dedicou para a arte-educação. Viaro acreditava que o acesso à arte deveria ser um direito de toda a comunidade.

Serviço

Colônia de Férias do Centro Juvenil de Artes

De 9 a 13 e de 16 a 20 de dezembro de 2019

Período da manhã: 9h às 12h

Período da tarde: 14h às 17h

Valor: R$ 100 por semana para um período (materiais inclusos)

Centro Juvenil de Artes

Rua Mateus Leme, 56. Curitiba/PR

Aberto de segunda a sexta-feira das 8h30 às 11h30 e das 14h às 17h

www.cjap.seec.pr.gov.br | 3323-5643

Festival de Música Sistema Fiep 

Festival de Música Sistema Fiep
Projeto incentiva trabalhadores da indústria e alunos do Sistema Fiep a revelarem seus potenciais artísticos

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=151847&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C027101d598c8%252441e27920%2524c5a76b60%2524%2540smartcom.net.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C027101d598c8%2441e27920%24c5a76b60%24%40smartcom.net.br%3E-1.1.2

O Festival de Música Sistema Fiep 2019, iniciativa do Sesi Cultura Paraná, é um projeto que acontece desde 2001 e a cada ano ganha mais força e credibilidade. A missão é incentivar os trabalhadores da indústria, seus dependentes diretos (filhos e cônjuges), e também os alunos SESI, SENAI e IEL do Estado do Paraná a participar deste desafio.
Os candidatos podem interpretar músicas brasileiras e estrangeiras de todos os estilos, valorizando a diversidade, fomentando e difundindo a produção musical e fortalecendo os colaboradores da indústria e alunos do Sistema FIEP como participantes ativos na formação cultural. São duas categorias: juvenil (14 a 20 anos) e adulta (a partir de 21 anos).
O projeto incentiva os participantes a mostrar seus talentos de uma forma profissional e prazerosa. Para Thaísa Bonato, Coordenadora de Programação Estadual, o festival já é uma tradição: “O projeto teve várias mudanças de 2001 para cá, e a valorização maior a cada ano o torna especial. É uma grande oportunidade para muitas pessoas revelar seus talentos, e até mesmo serem descobertas, já que nosso festival tem cada vez mais visibilidade”.
A primeira etapa foi a de inscrições, em que os candidatos enviaram seus vídeos. Foram 61 participantes (individualmente ou em duplas), com 50 canções, entre as quais 16 serão selecionadas para a grande final.
Marcada para dia 7 de dezembro, no teatro Campus da Indústria, a partir das 16h30, com entrada franca, a final terá muitas novidades. A mestre de cerimônias será Janine Mathias, que ainda fará um pocket show especial junto com Uyara Torrente (Banda Mais Bonita da Cidade), que será uma de nossas juradas.
O evento também conta com uma com transmissão ao vivo, pois, além da avaliação das juradas, os candidatos passam pela votação popular por meio das # de cada finalista, pela página do Facebook do SESI Cultura Paraná. Enquanto a final não chega, os finalistas terão seus trabalhos divulgados nas redes sociais do Sesi Cultura Paraná para que o público os conheça, bem como suas características e #.
Durante o evento, serão sorteados 50 pares de ingressos para o Show SESI Música Mano a Mano Trio convida João Bosco, quando o vencedor de cada categoria realizará a abertura, tendo a oportunidade de se apresentar a um grande público e diante de artistas de renome nacional. O show acontece no dia 8 de dezembro, às 19h, no Teatro Sesi Campus da Indústria.

SERVIÇO
O Sesi Cultura Paraná apresenta:

festival de música sistema fiep 2019

Data: 07 de dezembro
Horário: 16h30
Classificação: livre
Valor: gratuito
Local: Teatro Sesi Campus da Indústria
Endereço: Av. Com. Franco, 1341 - Jardim Botânico
premiação

CATEGORIA JUVENIL (14 A 21 ANOS)
1º lugar Troféu, + valor em dinheiro de R$ 1.000,00 + Abertura do show no dia 8/12
2º lugar Troféu, + valor em dinheiro de R$ 600,00
3º lugar Troféu, + valor em dinheiro de R$ 400,00
CATEGORIA ADULTO (A PARTIR DE 21 ANOS)
1º lugar Troféu, + valor em dinheiro de R$ 1.000,00 + Abertura do show no dia 8/12
2º lugar Troféu, + valor em dinheiro de R$ 600,00
3º lugar Troféu, + valor em dinheiro de R$ 400,00
Mais informações:
www.sesipr.com.br/cultura /
www.facebook.com/sesiculturapr

SESI CULTURA – Foi em 2008 que a Regional Paraná do Serviço Social da Indústria inaugurou uma área especificamente dedicada ao desenvolvimento de ações culturais ancoradas nas diretrizes previstas na Declaração Universal dos Direitos do Homem, como a diversidade, a pluralidade e a autonomia. Desde então, o Sesi Cultura Paraná tem promovido o acesso à cultura com foco em programas de formação artística e cultural, investindo em processos criativos, formação de plateia para todas as linguagens e na formação e desenvolvimento cultural com vocação local. O Circuito Cultural Sesi, o Festival Sesi Música, os Núcleos Criativos do Sesi, o Zoom Cultural, os Programas Sesi Música, Sesi Arte, Sesi Audiovisual e Sesi Artes Cênicas são exemplos de programas desenvolvidos pela Gestão Cultural do Sesi. De 2008 até 2017, mais de um milhão de espectadores tiveram acesso à cultura por meio de cerca de 8,4 mil ações culturais realizados pelo Sesi Paraná. Todas essas ações sempre tiveram como objetivo o acesso ao bem cultural para o trabalhador da indústria, seus dependentes e para a comunidade de uma forma geral, além da difusão da arte em todas as suas manifestações, valorizando a diversidade e a pluralidade do povo brasileiro.

GRAVAÇÃO DO ESPECIAL DE FINAL DE ANO DE ROBERTO CARLOS EM CURITIBA TEM NOVO LOTE DE INGRESSOS

Foto: Caio Girardi

GRAVAÇÃO DO ESPECIAL DE FINAL DE ANO DE ROBERTO CARLOS EM CURITIBA TEM NOVO LOTE DE INGRESSOS

O ídolo da canção latino-americana se apresenta nos dias 29 e 30 de novembro, na Ópera de Arame. O novo lote foi liberado para camarote individual.

O ídolo da canção latino-americana, Roberto Carlos, se apresenta em Curitiba nos dias 29 e 30 de novembro, na Ópera de Arame. A Rede Globo já confirmou a gravação de cenas para o Especial de Fim de Ano transmitido pela emissora e, agora, os fãs e admiradores têm motivos de sobra para comemorar: um novo lote de ingressos para camarote individual foi liberado para ambas as apresentações. De acordo com a organização do evento, a venda dos ingressos é feita pelo site da Eventim e na bilheteria oficial do shopping Pátio Batel. Eles custam R$ 500,00 (meia-entrada) e R$ 1000,00 (inteira) + taxas, sem serviços adicionais.

Os ingressos para plateia esgotaram em poucas horas, portanto, quem quiser fazer parte deste momento histórico precisa correr para garantir o lugar.

Os camarotes fechados continuam sendo vendidos para particulares ou com fins corporativos, e podem ser adquiridos pelo telefone (41) 3123-7000 e no e-mail hospitality@entreseven.com.br. O camarote fechado, que tem capacidade para 10 pessoas, tem serviços adicionais incluídos antepastos, snacks e finger foods, cerveja, vodka, whisky e espumante. Há ainda entrada exclusiva e estacionamento. Valores a serem consultados.

O artista que dispensa apresentações, o ídolo da canção latino-americana se apresenta em Curitiba, em duas noites inesquecíveis com seus fãs e admiradores. Exemplo vivo do sucesso mundial da música popular brasileira, Roberto Carlos recentemente lançou o 33º álbum da carreira, “Amor sin Límite”, com músicas inéditas em Espanhol. O novo álbum já se encontra disponível em todas as plataformas digitais.

Neste ano o artista está com uma turnê internacional que leva o nome do novo álbum “Amor Sin Límite”, nas principais cidades do mundo, já tendo se apresentado no mês de março nos Estados Unidos, nas seguintes cidades: Miami, Orlando, Nova York, Boston, Washington, Chicago, Los Angeles, San Diego, Dallas e Houston. Com sua turnê de sucesso, Roberto Carlos entrou para a lista da revista Global Concert Pulse entre os 30 artistas de maior público nos Estados Unidos. Na mesma lista estão: Elton John, Cher, a banda Kiss, entre outros grandes nomes da música mundial.

Em abril Roberto Carlos passou com sua turnê em Buenos Aires, Paraguai, e logo em seguida parte em direção à Europa onde passará por Portugal, com show extra, Madrid, Londres, onde se apresentará pela primeira vez, Paris, Bruxelas e Zurique.

No ano de 2017, Roberto conquistou o público com o seu último sucesso “Sereia”, da novela das 21h00 da rede Globo “A Força do Querer”, de Glória Perez.

O cantor, que em novembro de 2015 foi homenageado pelo Grammy Latino como personalidade do ano e lançou o CD “Primera Fila”, gravado em Londres, no Estúdio Abbey Road, desperta todo o carinho e admiração nos milhões de fãs que o acompanham pelo Brasil e pelo mundo. Um ícone da credibilidade, romantismo, da religiosidade e da família.

Roberto Carlos promete mais uma vez arrebatar os fãs com mais um show impecável ao lado de sua orquestra e coral. A realização é da DC Set Promoções e Seven Entretenimento.

A CARREIRA

Roberto Carlos nasceu em Cachoeiro do Itapemirim, uma cidade no Estado do Espírito Santo e começou a cantar na rádio aos nove anos. Na juventude sua família mudou-se para o Rio de Janeiro, onde ele formou com amigos de escola o conjunto vocal The Sputnicks, depois em um outro grupo, The Snakes, já com a presença de Erasmo Carlos, seu parceiro na maioria de sua obra. Roberto Carlos passou a se apresentar em clubes e festas tanto sozinho como no grupo, e aos poucos estava na televisão no programa "Clube do Rock", sendo anunciado ao público como o "Elvis brasileiro" ao cantar "Jailhouse rock". Roberto também cantava na boate do Hotel Plaza seguindo a linha bossa-nova de João Gilberto enquanto percorria o caminho de artista iniciante atrás de gravadora.

Sua primeira gravação foi em 1959 pela Polydor, em 1960 gravou um novo disco de 78 RPM, e com o primeiro LP a música "Louco Por Você" estourou rapidamente. Com aparições frequentes em programas da TV, começava ali um caminho de sucesso sendo reconhecido em todo o país. Em 1963 com o lançamento do disco Splish Splash, se transforma num dos mais populares artistas jovens da época. O ano seguinte é marcado pelo lançamento de É Proibido Fumar, cheio de canções que se tornariam clássicos da música brasileira, como "O Calhambeque".

Com a explosão mundial dos Beatles, o rock estava chegando ao Brasil, manifestando-se através de um movimento que o colocaria pela primeira vez no trono de Rei: a Jovem Guarda, recordista de audiência entre os jovens e um dos maiores sucessos da TV brasileira até hoje. Em novembro de 1965 veio o LP Jovem Guarda, revolucionando a linguagem musical da época através de canções como "Quero que vá tudo pro inferno", cuja letra era ousada para época.

Tendo a companhia dos amigos e parceiros Erasmo Carlos e Wanderléa na linha de frente da Jovem Guarda, Roberto ditava a moda, inspirando roupas e adereços utilizados pelos jovens brasileiros. Em 1967 a Jovem Guarda atingia seu auge. A dupla Roberto-Erasmo, definitivamente consagrada, popularizava expressões que se tornavam referência para os jovens. E a fama de Roberto chegava à França, apresentando-se no MIDEM, em Cannes. Seu novo disco, Roberto Carlos em Ritmo de Aventura, traria mais sucessos e proporcionaria sua estreia no cinema no ano seguinte. Impulsionado pelo disco, o filme "Roberto Carlos em Ritmo de Aventura", de Roberto Farias, estrelado pelo Rei e com participações de Wanderléa e Erasmo, bateu recordes de bilheteria.

Roberto continuava ampliando seus horizontes. Foi à Itália e voltou vencedor do Festival de San Remo, onde defendeu a música "Canzone per te", de Sérgio Endrigo e Bardotti. Foi o primeiro estrangeiro a conseguir esta façanha. O ano seguinte começa com o lançamento de um novo filme "Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-Rosa", que mais uma vez arrastou multidões aos cinemas. Musicalmente, Roberto já não estava mais em ritmo de aventura. Seu madurecimento como compositor e intérprete começava a ficar evidente no novo álbum. Músicas como "Sua estupidez" e "As curvas da estrada de Santos" são uma prévia do Roberto romântico das próximas décadas.

O ano de 1970 foi marcado com a estreia de um supershow "Roberto Carlos a 200 km por hora", na maior casa de espetáculos do Rio de Janeiro. Lançou seu terceiro filme, "Roberto Carlos a 300 km por hora", o Rei virava ídolo também no exterior, principalmente nos países de língua latina. Recordista de vendas em todo o Brasil, recebendo Discos de Ouro a cada lançamento, em 1972, a cantora Ornella Vanoni chegou ao primeiro lugar das paradas europeias com versões em italiano para suas músicas.

Em 1974, Roberto Carlos gravou o primeiro especial de Natal para a Rede Globo de Televisão. Inaugurava ali uma tradição que se repete até hoje, sempre com a participação de convidados especiais, mostrando que o Rei sempre teve muito mais que "um milhão de amigos".

Roberto foi o primeiro artista brasileiro a atingir a marca de mais de um milhão de discos vendidos a cada lançamento. A década de 70 reservaria ainda mais dois momentos importantes: sua campanha em prol do Ano Internacional da Criança, através da Rede Globo de Televisão, foi um sucesso estrondoso e a música "Amigo" serviu de tema para a visita do Papa João Paulo II ao México, cantada por um coro de crianças em transmissão ao vivo para todo o mundo.

Com suas músicas regravadas por artistas como Júlio Iglesias e Ray Conniff, Roberto finalmente grava um LP totalmente em inglês. Como resultado: a CBS lhe confere o Globo de Cristal, prêmio que distingue oferecido aos artistas que atingem a marca de 5 milhões de discos vendidos fora de seu país de origem. Seus LPs foram lançados em espanhol, italiano, inglês e francês. Em Portugal e Espanha, "Cama e Mesa" chegou aos primeiros lugares das paradas.

Em 1983, com uma equipe de 110 pessoas, incluindo uma orquestra de 42 músicos, Roberto Carlos realiza o Projeto Emoções e percorre 18 cidades de 14 estados do Norte/Nordeste e Centro-Oeste do Brasil. Nos anos seguintes, Roberto Carlos conferiria novos parâmetros aos padrões de execução de músicas nas rádios. "Caminhoneiro" (1984), "Verde e amarelo" (1985) e "Apocalipse" (1986) bateram recordes consecutivos, com respectivamente 3.287, 3.577, 3.608 execuções em um só dia. Para se ter uma ideia da grandiosidade destes números, as dez músicas do LP de 1983, somadas, alcançavam 5.981 execuções.

No começo de 1986, reuniu mais de 100 mil pessoas em quatro apresentações no Ginásio do Maracanã (Rio de Janeiro) e neste mesmo ano subiu ao palco do Radio City Music Hall, em Nova York, com enorme repercussão. Em 1988, coube a ele a honra de ter sido o primeiro artista nacional da CBS com um CD lançado no Brasil. A consagração definitiva no mercado latino viria com o Grammy de Melhor Intérprete de Música Pop Latina, pelo sucesso "Se o amor se vai".

Nos anos 90 Roberto Carlos consolidou o sucesso com turnês nacionais e internacionais, lançamentos em discos com recordes de venda e em 2001 Roberto Carlos deliciou seu público com a gravação de seu disco acústico MTV. Roberto Carlos recebeu em 2002 do Presidente da República do Brasil, Fernando Henrique Cardoso, a mais importante insígnia brasileira, a comenda Ordem do Mérito Cultural na classe de Grã-Cruz.

Em 2005, Roberto Carlos iniciou o Projeto Emoções em Alto Mar, um cruzeiro anual pela Costa Brasileira em um sofisticado transatlântico, onde o artista reúne seus admiradores, amigos e jornalistas e se apresentada em show intimista todas as noites. Este cruzeiro se tornou referencia em turismo náutico diferenciado.

Em 2009, na celebração dos seus 50 anos de carreira realizou 50 shows em todo o país para uma plateia de mais de 700 mil pessoas. Foi homenageado em dois espetáculos especiais que se transformaram em especiais de TV, CD e DVD: Elas Cantam Roberto, com 20 das mais importantes cantoras brasileiras interpretando seus sucessos, e Emoções Sertanejas, com 18 artistas/duplas expressivas da música sertaneja apresentando suas canções neste estilo musical. Estes dois espetáculos tiveram a renda beneficente. E ainda foi montada uma exposição com a trajetória de sua carreira num dos mais destacados espaços para arte na cidade de São Paulo, a OCA, no Parque do Ibirapuera. Mais de 100 mil pessoas tiveram acesso a pertences pessoais do artista (roupas, presentes, troféus, prêmios, automóveis e outros objetos pessoais) e a toda a obra musical, vídeos, retrospectiva de filmes em um formato altamente tecnológico e contemporâneo.

O ano de 2010 também foi marcado pela turnê internacional de Roberto Carlos que passou por diversos países das Américas como Estados Unidos, Canadá, México, Colômbia, Guatemala, Peru, entre outros. Em Nova York foi homenageado pela gravadora Sony Music e recebeu um prêmio por mais de 100 milhões de produtos (discos, CDs, DVDs) vendidos em todo o mundo. Ainda realizou o show único "Roberto Carlos Só Para Mulheres" dia 21 de novembro no Palácio do Anhembi, em São Paulo, para uma plateia exclusivamente feminina. No final deste ano, o artista recebeu uma das maiores demonstrações de carinho no Rio de Janeiro: o tradicional especial de final de ano da Rede Globo foi transmitido da Praia de Copacabana, onde ele se apresentou para uma plateia de aproximadamente um milhão de pessoas.

Começou com a sétima edição do Projeto Emoções em Alto Mar, no navio Costa Serena, e em março a homenagem da Escola de Samba Beija Flor com o enredo contando a trajetória do artista e se sagrou campeã do Desfile das Escolas do Grupo Especial. No dia 07 de setembro, concretizou o grande desafio que foi o Projeto Emoções em Jerusalém, show realizado no anfiteatro Sultan´s Pool em Jerusalém, e que se transformou em especial para a Rede Globo com direção de Jayme Monjardim. Em 2012, reafirmou seu sucesso no exterior, fazendo turnê com ingressos esgotados em diversas cidades. Foram 19 shows, passando por diversos países, como México, Peru e pelos Estados Unidos. Acaba de finalizar duas músicas inéditas que fazem parte da trilha sonora da novela "Salve Jorge", de Glória Perez: "Esse Cara Sou Eu" e "Furdúncio", lançadas num Extend Play (EP) com quatro faixas, que comprovam o sucesso de Roberto, ultrapassando a marca de 2 milhões de cópias vendidas.

Ele acaba de receber em 2014 uma homenagem pelos 12 milhões de discos vendidos no México, em toda a sua carreira e pelo primeiro lugar em 15 países com o EP "Esse tipo soy yo" pela Sony/ Itunes, além de ter gravado um DVD em Las Vegas, que será lançado no natal deste ano. Ele percorreu ao todo quatro países: Equador, México, Estados Unidos e Canadá. Os shows aconteceram em Guayaquil, Quito, Cidade do México, Veracruz, Guadalajara, Monterrey, Queretano, Puebla, Mérida, Las Vegas, San Diego, Los Angeles, San José, McAllen, Miami, Chicago, Toronto, Nova York e Boston. Somando um total de público de 127.656 pessoas que assistiram a última turnê internacional do Rei, que teve início no dia 24 de julho, no Equador e terminou em Boston no dia 4 de outubro.

Esta superprodução exigiu logística para levar 90 toneladas de equipamentos em 4 carretas de 20 metros de comprimento. 10 toneladas de backline foram transportadas via aérea do Brasil, incluindo equipamentos particulares do RC e de seus músicos. 14.743 km foram percorridos até o último show da turnê, sendo 4.343 km somente no interior do México. O jato particular do RC percorreu 16 horas e 45 minutos, sendo 11 horas somente no deslocamento no interior do México entre as cidades da turnê. 40 brasileiros fizeram parte do staff: técnica, músicos do RC, somando com outros 20 profissionais de produção do México, que viajaram para todos os shows, além de 150 pessoas em cada cidade (cenário, segurança e produção).

PRÊMIOS RECEBIDOS

- Festival de San Remo (1968);

- 03 Grammy's;

- 01 Grammy INTERNACIONAL em 1989 como melhor cantor;

- 01 Grammy Latino em 2005 como melhor álbum de musica romântica (Álbum Pra Sempre AO VIVO - Gravado no Pacaembu);

- 01 Grammy Latino em 2006 como melhor álbum de música romântica (Álbum "Roberto Carlos" 2005);

- Lifetime Achivement Award (1991 - concedido aos artistas que por mais tempo têm permanecido no topo do sucesso);

- Latin Music Awards 2006 com a música Detalhes e No Te Apartes de Mi;

- 15 Troféus Imprensa;

- Prêmio Sharp;

- Prêmio Shell;

- Prêmio Multishow de melhor cantor (2002);

- Marcas de Confiança da Readers Digest de melhor cantor (2005 e 2006);

- Prêmio Tim de 2003 e 2006 para citar apenas alguns dos prêmios recebidos.

SERVIÇO ROBERTO CARLOS CURITIBA – PR

Ópera de Arame (Rua João Gava 874)

Dia: 29 e 30 de novembro (sexta e sábado)

Início do show: 20h30min (portões abertos às 18h30min)

Bilheteria oficial: Shopping Pátio Batel (Loja 339, piso L3).

INFORMAÇÕES ADICIONAIS:

Site www.eventim.com.br ou 4020 0084

Classificação: 16 anos.
ABAIXO DE 16 ANOS ACOMPANHADO DOS PAIS OU RESPONSÁVEL

Guaíra tem programação especial de fim de ano

Guaíra tem programação especial de fim de ano
#FimDoAnoNoGuaíra Público poderá prestigiar espetáculos de dança, música e teatro a preços populares. Há atrações para todas as idades

Dança, música e teatro marcam a programação de fim de ano do Centro Cultural Teatro Guaíra. Entre as atrações há a estreia de João e Maria, montagem especial da Escola de Dança Teatro Guaíra, com mais de 100 alunos em cena. Já a Orquestra Sinfônica do Paraná apresenta cinco concertos até o fim de dezembro, incluindo o espetáculo My Fair Lady, com 14 trechos do musical clássico, que será cantado ao vivo em português. O Balé Teatro Guaíra remonta O Lago dos Cisnes, sucesso de público e crítica em 2018, com público de 25,8 mil pessoas e 13 sessões esgotadas antecipadamente. Para fechar a temporada, o G2 Cia. de Dança celebra 20 anos apresentando dois aclamados trabalhos: La Cena e Blow Elliot Benjamin. Nos últimos anos, o grupo vem desenvolvendo uma técnica inovadora que une dança, teatro e música.

Para Monica Rischbieter, diretora do Centro Cultural Teatro Guaíra, 2019 é um ano que ficará marcado na história da instituição. “Celebramos neste ano duas datas importantes: o cinquentenário do BTG e 20 anos do G2. Isso mostra a força da dança e da cultura no Paraná. São companhias públicas, que representam a identidade do nosso estado. E comemoramos esse sucesso com nossos espectadores, que são nossa razão de existir”, afirma. Mônica explica que o Guaíra preparou essa programação especial com atrações para todos os públicos. “Temos espetáculos para a família, para quem gosta de comédia, dança ou música clássica. Queremos a população cada vez mais próxima do teatro”, finaliza.

Atrações

João e Maria

Entre os dias 22 e 24 de novembro a Escola de Dança Teatro Guaíra apresenta o espetáculo João e Maria. A montagem é baseada em um conto de fadas da cultura popular alemã e levará para o palco do Guairão 110 alunos da EDTG. Os ingressos serão vendidos ao público em geral a partir do dia 8 de novembro e custam R$ 10 e R$ 20. Haverá ainda duas apresentações especiais para a rede pública de ensino. A fábula de João e Maria foi imortalizada pelos irmãos Grimm no século XIX e narra as aventuras de dois irmãos para se livrar de uma bruxa que os capturou em uma floresta encantada.

Serviço
Escola de Dança Teatro Guaíra - João e Maria
De 22 a 24 de novembro, sexta e sábado, às 20h30 e domingo, às 18h
Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto - Guairão
Classificação: livre
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00. Lugares Numerados. Dia 08/11/19 – Início da venda aberta ao público em geral.

O Lagos dos Cisnes

O Lago dos Cisnes foi revisitado pelo BTG com linguagem moderna e conta a história de amor entre o príncipe Siegfried e Odette, transformada em animal após ser amaldiçoada. Juntos, os dois buscam no amor sua redenção. O balé mais dançado do mundo ganhou uma versão com toques de modernidade e faz chover no palco do Guairão.

Balé Teatro Guaíra – O Lago dos Cisnes
De 6 a 8 de dezembro, sexta e sábado, às 20h30 e domingo, às 19h
Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto - Guairão
Classificação: 7 anos
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00

La Cena
Com texto e direção de Cleide Piasecki, a montagem mescla dança e interpretação para contar a história de um grupo de empregados que preparam a festa de fim de ano de uma mansão.
La Cena estreou em 2016 e é inspirado nos contos e personagens de Hoffmann (Quebra-Nozes, Camundongo Rei e o Homem de Areia), de Neil Gaiman (Sandman) e de Serguei Diaguilev (Ballets Russes). O grupo trabalha na mansão do Sr. Stahlbaum e, após alguns incidentes, todos mergulham em um sono profundo que desperta os desejos mais secretos e inconfessáveis pesadelos.

Serviço
G2 Cia. de Dança – La Cena
Dias 10 e 11 de dezembro, terça e quarta, às 20h30
Auditório Salvador de Ferrante – Guairinha
Classificação: Livre
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00

Blow Elliot Benjamin

Espetáculo criado em 2011, também com texto e coreografia da diretora teatral Cleide Piasecki. É resultado do trabalho coletivo feito pela coreógrafa com os bailarinos do G2 Cia. de Dança. Entre os personagens da história há um aviador que cai do céu, uma serial killer - Jack o estripador - e uma cantora de ópera que morre dentro de um teatro. A história real de um britânico - Elliot, diagnosticado erroneamente com uma doença terminal - foi o ponto de partida para a montagem.

Serviço
G2 Cia. de Dança – Blow Elliot Benjamin
Dias 14 e 15 de dezembro, sábado, às 20h30 e domingo, às 18h
Auditório Salvador de Ferrante – Guairinha
Classificação: Livre
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00

Orquestra Sinfônica do Paraná

A OSP encerra a programação da temporada 2019 com cinco concertos distribuídos entre os meses de novembro e dezembro. No dia 10/11, às 10h30, o maestro-titular Stefan Geiger e Orquestra recebem a violinista Sarah Christian para o Concerto Heroico. O maestro Geiger encerra sua participação com a OSP em 2019 em My Fair Lady, dia 16/11, às 20h30. A Orquestra ainda apresenta os concertos América Tropical, com Sílvio Viegas; Suíte Sinfônica, com Ezequiel Silberstein, e Beethoven & Schumann, com François Lopez-Ferrer.

Serviço
Orquestra Sinfônica do Paraná
Dias 10/11, 24/11, 08/12 e 15/12, às 10h30
Dia 16/11, às 20h30
Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto - Guairão
Classificação: 7 anos
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00

MARCIO JULIANO OUTRO SAMBA

MARCIO JULIANO OUTRO SAMBA

Marcio Juliano faz show de lançamento do seu novo disco, Outro Samba, durante o feriado, dias 15, 16 e 17 de novembro, no Ave Lola Espaço de Criação, em Curitiba.

Outro Samba é o novo disco do cantor, ator e diretor Marcio Juliano. O show de lançamento será no Ave Lola Espaço de Criação (Rua Marechal Deodoro, 1227 - Centro / próximo à Reitoria). Na sexta e no sábado (15 e 16), às 16h e no domingo (17), às 18h.

Outro Samba é o segundo disco de Marcio Juliano e fecha uma trilogia de trabalhos do artista focados no repertório da Época de Ouro, período representado por uma geração de grandes compositores brasileiros entre 1929 e 1945. Um desdobramento da pesquisa realizada pelo cantor no show “No Samba” (2016) e “Noël” (2006), em homenagem ao compositor Noel Rosa, que além de show, também teve registro em disco, o primeiro de Marcio.

O samba e suas múltiplas possibilidades foi o que guiou a escolha das 18 composições distribuídas em 11 faixas que compõem o disco. Outro Samba conta com a participação de muitos artistas da cidade e alguns de fora e ilustres como a cantora Mônica Salmaso, considerada uma das mais importantes do Brasil, em Provei (Noel Rosa e Vadico), e o lendário trombonista Raul de Souza, que gravou Na Aldeia (Silvio Caldas, Caruzinho e De Chocolat).

“Nesta oportunidade de registro convidei músicos que admiro e com quem gosto de trabalhar, tive muita sorte”, declara Marcio. Estão presentes também no álbum: Mano a Mano Trio (Com que Roupa? – Noel Rosa), a cantora Uyara Torrente da Banda Mais Bonita da Cidade (Judiaria - Lupicínio Rodrigues), o quinteto de percussão La Percutório (Pedreiro Waldemar - Wilson Baptista e Roberto Martins), o baixista Glauco Sölter (Eu Quero Um Samba - Janet de Almeida e Haroldo Barbosa).

Ao lado de Marcio Juliano, no disco e no show, músicos virtuosos, antigos companheiros de outros trabalhos: Sérgio Albach (clarone), que assina a direção musical, Daniel Migliavacca (bandolim e violão tenor), Lucas Melo (violão 7 cordas) e Luis Rolim (bateria e percussão). Albach e Migliavacca também são arranjadores de algumas composições: Provei, Com que Roupa?, Pedreiro Waldemar traz arranjos de Sérgio e Eu Quero Um Samba, Benguelê (Pixinguinha e Gastão Vianna), Na Aldeia, O Mar (Dorival Caymmi) de Daniel. Os arranjos de Boneca de Piche (Ary Barroso e Luiz Iglésias) e Nega do Cabelo Duro (Rubens Soares e David Nasser) são do músico Gabriel Schwartz e Judiaria de Gilson Fukushima. Marcio Juliano fez o arranjo de Madrugada e Amor (José Messias) e do pot-pourri Louco, em parceria com Albach.

“Gosto muito do que estes autores da Época de Ouro inauguraram no Brasil, seja na poética, na linguagem musical, na estética, na identidade e na autenticidade que deram à música brasileira. Embora a maioria vivesse na cidade do Rio de Janeiro, eles não eram exclusivamente cariocas, vinham de várias regiões do país e revelavam um retrato diverso da nossa cultura. As composições retratam um país que me interessa discutir, refletir e que, ainda hoje, abordam questões relevantes, como no caso da música O Pedreiro Waldemar que constrói um edifício e depois não pode entrar. Bem oportuna também é a reflexão de Noel Rosa na mordaz e bem-humorada composição Com que Roupa?”, conta Marcio.

Nega do Cabelo e Boneco, releitura que mescla Nega do Cabelo Duro e Boneca de Pixe foi gravada com a Orquestra à Base de Sopro de Curitiba e conta com a participação de um trio vocal feminino composto por Érica Silva (Banda Mulamba), Iria Braga e Milena Tupy. No DVD com os clipes de cada faixa, que será lançado em 2020, a atriz Cássia Damasceno (Companhia Brasileira de Teatro) faz uma participação especial nesta faixa.

O show com caráter cênico conta com interações e intervenções por meio de projeções mapeadas, com áudios sincronizados. “A ideia é revisitar uma estética muito explorada por esta geração de compositores, a do cinema”, revela Marcio que também dirige o show. A assistência de direção e iluminação é de Nadja Naira (Companhia Brasileira de Teatro).

Além do CD o álbum estará disponível em várias plataformas virtuais, inclusive no novo site do artista inaugurado para o lançamento do trabalho.

“Estar envolvido nesse trabalho é uma alegria imensa; além dos músicos fantásticos que participam, realizar mais um trabalho ao lado do Marcio Juliano é sempre um prazer. Depois de muitas parcerias, trazemos agora um repertório da época de ouro do Samba com nossa leitura, que já começa a ganhar uma assinatura própria, com ousadia, contemporaneidade, pesquisa, bom humor e lirismo”, declara Sérgio Albach.

O projeto viabilizado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura também oferece uma Oficina de Prática de Samba para instrumentistas focada no repertório do Mestre Pixinguinha. Será ministrada por Luís Rolim e Daniel Migliavacca, em novembro, dias 07, 08, 11, 12, 13 e 14, no Conservatório de MPB de Curitiba. A oficina será gratuita, mas as vagas serão limitadas. Inscrições pelo site: www.marciojuliano.com.br e pelo e-mail: marciojulianocontato@gmail.com Informações: 41 99902 5147

Acompanhe Marcio Juliano também aqui: https://www.facebook.com/marciojuliano.oficial/

Este projeto é uma realização da Cia Ilimitada e foi incentivado pela Ademilar Consórcio de Investimento Imobiliário por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

SERVIÇO:

Show de lançamento do CD Outro Samba de Marcio Juliano

Data e horário: 15 e 16/11 (sexta e sábado), às 16h

17/11 (domingo), às 18h

Local: Ave Lola Espaço de Criação (Rua Marechal Deodoro, 1227 – Centro)

Ingresso: gratuito (*distribuição de senhas 1 hora antes)

Classificação: Livre
Duração: 50 minutos
Realização: Cia Ilimitada

CONTATOS:

Produção
Marcio Juliano da Silva
marciojulianocontato@gmail.com
41 99902 5147

Assessoria de Imprensa:
Glaucia Domingos
glauciadomingos@hotmail.com
41 99909 7837

REPERTÓRIO DISCO OUTRO SAMBA - MARCIO JULIANO

1 - Eu Quero Um Samba 3’47” / Janet de Almeida e Haroldo Barbosa

2 - Boneco / Ary Barroso e Luiz Iglésias Nega do Cabelo 4’56”/ Rubens Soares e David Nasser

3 – Na Aldeia 4’19” / Silvio Caldas, Caruzinho e De Chocolat

4 - Madrugada e Amor 2’01” / José Messias

5 – Benguelê 3’38” /Pixinguinha e Gastão Vianna

6 – Provei 4’08” / Noel Rosa e Vadico

7 - Com que Roupa? 3’47” / Noel Rosa

8 - Pedreiro Waldemar 3’33”/ Wilson Baptista e Roberto Martins

9 - O Mar 3’17” / Dorival Caymmi

10 -Louco - pot-pourri 3’07”

Aos Pés da Santa Cruz / Marino Pinto e Zé da Zilda

Agora é cinza / Bide e Marçal

Preconceito / Wilson Baptista e Marino Pinto

Camisa amarela / Ary Barroso

Vocalista do Creed, Scott Stapp faz show em Curitiba na próxima semana

Vocalista do Creed, Scott Stapp faz show em Curitiba na próxima semana
O artista desembarca na cidade na próxima quarta-feira (13) com a turnê do álbum “The Space Between the Shadows”, que traz canções inspiradas em Chester Bennington e Chris Cornell, além de relembrar todos os sucessos do Creed

CURITIBA, 06/11/2019 – Após cinco anos de introspecção e foco em uma nova fase de sua vida, Scott Stapp, vocalista da banda Creed, apresentou ao mundo seu álbum “The Space Between the Shadows”. O terceiro disco da carreira solo do artista conta uma incrível história de superação envolvendo questões que ameaçavam sua saúde e colocava seus relacionamentos em risco. Com esse repertório bem pessoal e intenso, Stapp desembarcará no Brasil no mês de novembro, em turnê que contará com passagem pela cidade de Curitiba.

Promovido pela Planeta Brasil Entretenimento, o show da turnê “The Space Between the Shadows” na capital paranaense será realizado na próxima quarta-feira, dia 13 de novembro na Reconcert, casa de shows localizada dentro da Usina 5, antigo complexo industrial que se tornou expoente em eventos multiculturais da cidade. A apresentação, que promete ser épica, trará toda potência musical de uma das vozes mais marcantes do post-grunge mundial, vencedora do Grammy, principal celebração da música mundial.

Em comparação aos trabalhos solos de Scott Stapp, “The Space Between the Shadows” é um álbum muito mais autoral, que aborda temas como a restauração, a aceitação de ajuda e a reflexão sobre problemas que podem ser superados, vendo a luz nas sombras. Com o novo projeto, Scott presenteia os fãs com 12 novas canções, dentre elas “Gone Too Soon”, música inspirada em parte pelas perdas de Chester Bennington (Linkin Park) e Chris Cornell (Soundgarden), companheiros de profissão que, assim como Scott Stapp, foram acometidos pela depressão.

Scott Stapp, considerado pelos seus fãs como fonte de inspiração por lutar contra os problemas da vida, promete um show intenso e inesquecível para o público da capital paranaense. Além de canções inéditas, presentes no álbum The Space Between the Shadows, como o single “Purpose For Pain”, o público poderá curtir todos os grandes sucessos da história da banda Creed, como “Higher”, “My Sacrifice” e “With Arms Wide Open”. Capitaneada por Scott Stapp, o Creed já vendeu mais de 60 milhões de cópias em todo mundo, e seu segundo disco, “Human Clay”, está listado como um dos 200 melhores álbuns de todos os tempos no Rock and Roll Hall of Fame.

O show de Scott Stapp em Curitiba será realizado na próxima quarta-feira, dia 13 de novembro, na ReConcert (Rua Constantino Bordignon, 5 – Prado Velho), com abertura dos portões a partir das 19h. Os ingressos custam a partir de R$ 130 e estão disponíveis no site Eventim (https://bit.ly/2NFjmLi). Mais informações nas redes sociais oficiais da Planeta Brasil Entretenimento.

Show “Marcelo Jeneci – Guaia”

Show “Marcelo Jeneci – Guaia”

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=151364&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C199001d594d9%25248bed5aa0%2524a3c80fe0%2524%2540smartcom.net.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C199001d594d9%248bed5aa0%24a3c80fe0%24%40smartcom.net.br%3E-1.1.2
Marcelo Jeneci, volta as origens ao homenagear o bairro em que cresceu, Guaianazes. O terceiro álbum sucede "de graça" (2013) e traz experimentos musicais que se juntam à famosa sanfona do cantor e compositor, em uma mescla de acústicos, sintéticos e regionais que resgatam a trajetória de Jeneci ao longo de sua formação musical. No repertório, seus maiores sucessos, novas canções e entre outras. Jeneci (voz, sanfona e teclados) sobe ao palco acompanhado por Rafa Cunha (bateria e samplers).

Data: 09 de novembro
Hora: 20h
Duração: 90 minutos
Classificação: livre
Valor: gratuito
Local: Teatro Sesi de São José dos Pinhais (Pátio)
Endereço: Rua Quinze de Novembro, 1800 – Centro
Observação: espaço sujeito a lotação

“CARIOCA AO VIVO” EM DUAS SESSÕES EM CURITIBA NESTA SEXTA E SÁBADO NO GUAIRINHA

“CARIOCA AO VIVO” EM DUAS SESSÕES EM CURITIBA

NESTA SEXTA E SÁBADO NO GUAIRINHA

Márvio Lúcio, o Carioca, canta dança e interpreta versões de personagens icônicos como Moraes Moreira, Padre Fábio de Melo, Fredie Mercury, além de outros, que o comediante prefere manter em segredo, para a surpresa do público.

“Carioca ao Vivo” é um espetáculo ímpar, completamente diferente de tudo que já vimos. “Esse espetáculo faz com que eu apresente no palco tudo que eu não pude mostrar na televisão, é a minha liberdade, levo ao palco o que eu tenho vontade de fazer”, revela o humorista que conta ainda que o público faz parte do show, com muita interação.

Como não podia deixar de ser, Carioca também leva ao palco personagens políticos atuais, que fazem muito sucesso nas redes sociais dele, como Bolsonaro e Sérgio Moro.

“Atualizo as piadas sempre, isso para levar o melhor do meu humor para o público. Tudo o que estiver acontecendo no Brasil no momento vai fazer parte do roteiro do show. Vou mostrar algo que jamais mostrei nos palcos, quero inovar”, completa o humorista.

Sobre o Carioca

Márvio Lúcio é humorista, radialista e repórter brasileiro, conhecido por sua irreverência e versatilidade como ator, repórter e apresentador. São mais de 21 anos de carreira com muito sucesso, conquistando uma grande legião de fãs. Carioca prende a atenção do público com inúmeras e emblemáticas imitações. Entre os personagens mais populares: Bolsonabo (Jair Bolsonaro), Dilma Ducheff (Dilma Roussef), Amaury Dumbo (Amaury Junior), Jô Suado (Jô Soares), Falso Silva (Fausto Silva), o cantor Lelé Santos (Lulu Santos) e muitos outros.

Carioca também se dedica a um espaço mais intimista, no YouTube, para todos que admiram o trabalho do comediante. O Canal do Carioca é um misto de tudo o que o humorista apresenta na televisão, mas com muita ousadia em vídeos jamais imaginados.

Serviço:

Carioca ao Vivo

Quando: 08 e 09 de novembro (sexta e sábado)

Onde: Teatro Guairinha

Horário: 21:00

Valores: Os ingressos variam de R$ 46,00 (meia-entrada a R$ 92,00 (inteira);

Vendas: Disk Ingressos

Produção: Massa Fun, RA Produções e Non Stop

Releitura de “Vou Atrás”, com participação de Cynthia Luz, é o próximo single de Tiê

Releitura de “Vou Atrás”, com participação de Cynthia Luz, é o próximo single de Tiê

umcvbeGU2lYotLYv9O-UGAnQIwjI7XV_sUsb6R4dMrItUmta3zwBCun8RpVwR2HXnj2RuOgmmHaZ40NiSLY_oTYucqH_LbADXx6vDkgQsxrUXqHfSkWg1G0OhwO-sQ
Capa do Single “Vou Atrás”

São Paulo, novembro de 2019 – Nesta sexta-feira, 8, Tiê celebra a chegada do álbum e DVD ao vivo “DiX” nas lojas físicas destacando o novo single de trabalho, “Vou Atrás”, com participação de Cynthia Luz. Atualmente a cantora segue em turnê pela região sudeste e sul do país com o disco comemorativo de 10 anos de carreira, lançado em setembro deste ano.

“A música Vou Atrás é muito especial. Foi a primeira que compus com o meu companheiro André Whoong”, conta a cantora que lançou a primeira versão do single no álbum Esmeraldas (2014). “Convidamos a Cynthia para essa versão porque a música tem a ver com ela também. E ficou muito linda essa nossa parceria”, diz Tiê.

Para registrar a primeira década de carreira, Tiê gravou “DiX”, seu primeiro DVD ao vivo, no YouTube Space. O projeto traz releituras, sucessos e inéditas, totalizando 17 faixas, com produção de Paul Ralphes, direção de Clara Cavour, arte de Rita Wainer, cenário de Nina Becker, figurino de Carol Roquuete e beleza de Brenno Melo. Além de Cynthia Luz, o registro audiovisual conta também com a participação do cantor e compositor Rael.

Programação de shows

07/11 - SESI Macaé - Rio de Janeiro
08/11 - SESI Campos dos Goytacazes
09/11 - SESI Itaperuna - Rio de Janeiro
14/11 - Teatro Bom Jesus Curitiba, PR
18/11 - Teatro SESIMINAS Belo Horizonte, MG
25/11 - Teatro do Sesi Vitória, ES
30/11 - Casa Natura - São Paulo, SP
04/12 - SESI Caxias - Rio de Janeiro
08/12 - Centro de Cultura José Maria Barra (Sesi) Sesi Uberaba, MG
14/12 - Teatro do Sesi Porto Alegre, RS

THE SISTERS OF MERCY EM A CURITIBA

THE SISTERS OF MERCY EM A CURITIBA
“Banda britânica do pós-punk, que ficou conhecida nos anos 1980 com hits como 'Lucretia My Reflection' e 'This Corrosion', desembarca no país com a turnê que será marcada pelos clássicos da carreira. A apresentação na capital paranaense está marcada para sexta, dia 08 de novembro, na Ópera de Arame”.

The Sisters of Mercy, uma das principais bandas britânicas do movimento pós-punk oitentista, volta ao país em novembro para relembrar seus maiores sucessos da carreira. Com realização da Red Records Produções e Top Link Music, a parada em Curitiba acontece na sexta, dia 08 de novembro, na Ópera de Arame (R: João Gava, s/n), a partir das 20horas. A abertura fica por conta do power trio The Secret Society e do dj e produtor curitibano JackJack, que vai aquecer o público com muito pós-punk, goth rock e dark wave antes e após os shows no Ópera Arte. Antes da capital paranaense, a banda passa por Brasília (07.11) e depois segue para São Paulo (09.11) e Rio de Janeiro (10.11). A visita mais recente do grupo no país foi em setembro de 2016.

Formado e liderado por Andrew Eldritch, o The Sisters of Mercy caiu nas graças do público após gravar os discos clássicos "First and Last and Always" (lançado em 1985), "Floodland" (de 1987) e "Vision Thing" (1990). Músicas como "This Corrosion" e "Lucretia My Reflection" são hits icônicos do grupo, que gravou ainda canções igualmente conhecidas, como "Temple of Love" e "More".

O The Sisters of Mercy fez parte de um movimento que levou às paradas riffs que fugiam à agressividade do punk e flertavam com a música eletrônica. Bandas como The Cure, The Mission, Bauhaus , Joy Division e posteriormente Ghost criaram uma cena que influencia bandas até hoje.

Mesmo tendo lançado apenas três álbuns, a banda é um ícone da música pop “sombria”, com elementos psicodélicos, dance e punk. O cantor Eldritch tem como principal traço a voz profunda. O aspecto visual do palco é um ponto alto no show e faz um espetáculo à parte para os fãs.

O Começo

O nome da banda é o mesmo da canção de Leonard Cohen que está na trilha sonora do filme "McCabe & Mrs Miller", de 1971, dirigido por Robert Altman, e estrelado por Warren Beatty e Julie Christie (que concorreu ao Oscar de melhor atriz).

A ideia, no começo, era a mesma de inúmeras outras bandas: gravar músicas que chamassem a atenção do radialista John Peel, dono do programa de rock de maior sucesso da época.

O Sisters teve em uma das formações, no início da carreira, a presença de Wayne Hussey, que depois saiu e montou The Mission com o baixista Craig Adams.

Mais sobre The Secrety Society
Há dois anos na estrada, o power trio The Secret Society é formado por Guto Diaz, Fabiano Cavassin e Orlando Custódio. O grupo vem se consolidando como uma das maiores revelações do rock curitibano, com uma sonoridade fortemente influenciada pelo pós-punk soturno e o goth rock. O grupo foi escalado para abrir as apresentações dos britânicos na turnê na América Latina.

Os ingressos estão à venda e os valores variam de R$100,00 (meia-entrada) a R$340,00 (inteira), de acordo com o setor. Plateia Vip Premium - R$340,00 (inteira) e R$170,00 (meia-entrada) / Camarote - R$300,00 (inteira) e R$150,00 (meia-entrada)/ Pista - R$200,00(inteira) e R$100,00 (meia-entrada). A meia-entrada é para estudantes, maiores de 60 anos, professores, doadores de sangue, portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer. Descontos não cumulativos com outras promoções ou descontos. ****Há o acréscimo por bilhete referente à taxa de administração Ticket Brasil. É obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário, na compra do ingresso e na entrada do teatro. Os ingressos podem ser adquiridos através da Ticket Brasil: Online – www.ticketbrasil.com.br em até 12 vezes no cartão (Visa / Master) e nos pontos de vendas Let´s Rock (Galeria Pinheiro Lima, Praça Tiradentes, 106, loja 3 e 4 – Centro), Túnel do Rock (Rua XV de Novembro, 74 – Centro), Dr. Rock (Shopping Metropolitan - Loja 04, Praça Rui Barbosa, 765 – Centro) e Jokers (Rua São Francisco, 164 – Centro).

SERVIÇO:
THE SISTERS OF MERCY
Abertura: The Secrety Society e dj JackJack
Quando: 08 de novembro de 2019 (Sexta-feira)
Local: Ópera de Arame (R. João Gava, s/n)
Horários: Abertura do teatro: 19h /Início dos shows: a partir das 20h
Duração do show: cerca de 90min
Ingressos: os valores variam de R$100,00 (meia-entrada) a R$340,00 (inteira), de acordo com o setor.
Plateia Vip Premium - R$340,00 (inteira) e R$170,00 (meia-entrada) / Camarote - R$300,00 (inteira) e R$150,00 (meia-entrada);
Pista - R$200,00(inteira) e R$100,00 (meia-entrada).
A meia-entrada é para estudantes, maiores de 60 anos, professores, doadores de sangue, portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer.
Descontos não cumulativos com outras promoções ou descontos.
****Há o acréscimo por bilhete referente à taxa de administração Ticket Brasil.
É obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário, na compra do ingresso e na entrada do teatro.
Forma de Pagamento: Dinheiros e cartões de crédito/débito Visa e Mastercard.
Pontos de Venda: Ticket Brasil: Online – www.ticketbrasil.com.br em até 12 vezes no cartão (Visa / Master) e nos pontos de vendas Let´s Rock (Galeria Pinheiro Lima, Praça Tiradentes, 106, loja 3 e 4 – Centro), Túnel do Rock (Rua XV de Novembro, 74 – Centro), Dr. Rock (Shopping Metropolitan - Loja 04, Praça Rui Barbosa, 765 – Centro) e Jokers (Rua São Francisco, 164 – Centro).
**Entrega em domicílio com taxa de entrega.
Classificação etária: 14 anos. Menores de 8 anos acompanhandos pelos pais ou resposnável legal
Informações p/ o público: (11) 49495330
Realização: Red Records Produções e Top Link Music

Súbita inaugura Alfaiataria com o Projeto Habitat

Súbita inaugura Alfaiataria com o Projeto Habitat Companhia apresenta, com entrada franca, seu mais recente trabalho no

 novo espaço cultural da cidade

 

Encerrando o ano, e a primeira parte da celebração de seus 12 anos, a Súbita Companhia de Teatro inaugura, no dia 7 de novembro, o palco do mais novo espaço cultural da cidade, a Alfaiataria, com a apresentação gratuita de cincos solos que compõem o projeto Habitat.  “Mulher, como você se chama?”, com Janaína Matter, “T Ao Cubo”, com Cleydson Nascimento, “Uma História Só”, de Conde Baltazar, “O Arquipélago”, com Pablito Kucarz e “Foi Assim Que o Oceano Invadiu a Minha Casa”, com Helena de Jorge Portela estarão em cartaz entre os dias 7 de novembro e 1.º de dezembro. A cada noite duas peças serão apresentadas, às 20h e às 21h.  

Trabalho mais recente da Súbita, que estreou em fevereiro, o Projeto Habitat representa bem o momento vivido pela companhia. Para a diretora da Súbita, Maíra Lour, “é gratificante ter a chance de mostrar a versatilidade dos atores e a diversidade temática e de propostas estéticas e cênicas que estamos trabalhando”.

A atriz Janaina Matter, fundadora da Súbita e uma das sócias da Alfaiataria, festeja a chance de celebrar dois momentos tão importantes: o aniversário da companhia e o início da Alfaiataria. Para ela, conseguir fazer as ações que a Súbita fez ao longo de 2019, atendendo a um público diverso, na capital e pelo interior do Estado, além de promover um encontro internacional, é uma grande vitória. “Estrear a Alfaiataria com os solos do Habitat, um projeto que foi construído por todos nós da Súbita, é um momento de alegria em dobro!”, diz ela. “Porque é um espaço que pretende ser físico e simbólico também, um lugar que nos inspire a continuar esse grande movimento de encontros que é o Teatro e do qual a Súbita já parte”, pontua. Janaína observa que este é um momento de muita potência do Teatro e das artes como um todo. “E conseguirmos colocar a nossa assinatura neste momento da História em que é tão necessário se fazer presente, também enquanto sociedade, é imprescindível”, considera.

 Tiê segue com turnê do álbum “DiX”

Tiê segue com turnê do álbum “DiX”

A cantora passa pelos estados Rio de Janeiro, Minas Gerais, Porto Alegre, Espírito Santos e Paraná

tbwo5q2xFCXc9xx7Etw4L_BPWtkgzeuInugmmq5Pk3lWceLDP_jEG2RwbbBTrzghliuJcmp8nZp_faxiUHmmmpx_W7bbuoImezW3nUSAXTK_WWKjhke6DxEduWxBMD5GQsAcBdib
Crédito: Johnny Moraes

São Paulo, outubro de 2019 – Entre novembro e dezembro, a cantora Tiê viaja com a turnê do novo álbum, o “DiX”. O disco e dvd, que celebra os 10 anos de carreira, conta com canções inéditas e releituras de seus sucessos autorais. No dia 1ª de novembro, Tiê abre o Festival de Música da Fundação Lia Maria Aguiar, em Santo Antônio do Pinhal, interior de São Paulo.

Entre as apresentações, a turnê conta com shows especiais na rede SESI do interior do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Curitiba (PR), Porto Alegre (RS) e Vitória (ES). Tiê ainda sobe ao palco da Casa Natura, em São Paulo (SP), com convidado especial no dia 30 de novembro.

“Eu amo ir para a estrada, fazer shows e ter o contato com os fãs. Estou animadíssima com essa tour”, comenta Tiê.

Gravado no YouTube Space, no Rio de Janeiro, "DIX", que significa dez em francês, foi lançado no dia 6 de setembro e conta com 17 faixas, incluindo as participações de Rael e Cynthia Luz.

Programação geral

01/11 - Santo Antônio do Pinhal, SP
07/11 - SESI Macaé - Rio de Janeiro
08/11 - SESI Campos dos Goytacazes
09/11 - SESI Itaperuna - Rio de Janeiro
13/11 - Teatro Municipal São Pedro da Aldeia - Rio de Janeiro
14/11 - Teatro Bom Jesus Curitiba, PR
18/11 - Teatro SESIMINAS Belo Horizonte, MG
25/11 - Teatro do Sesi Vitória, ES
30/11 - Casa Natura - São Paulo, SP
04/12 - SESI Caxias - Rio de Janeiro
08/12 - Centro de Cultura José Maria Barra (Sesi) Sesi Uberaba, MG
14/12 - Teatro do Sesi Porto Alegre, RS

BADBADNOTGOOD desembarca em Curitiba na próxima semana

BADBADNOTGOOD desembarca em Curitiba na próxima semana
A incrível banda canadense, fenômeno do jazz mundial, se apresenta pela primeira vez na capital paranaense no dia 06 de novembro, na Ópera de Arame

CURITIBA, 04/11/2019 – A badalada banda canadense BADBADNOTGOOD, considerada uma das principais referências do jazz contemporâneo, tem retorno confirmado ao Brasil nesta semana. A turnê contará com um show inédito na cidade de Curitiba e outro em São Paulo. Na capital paranaense, a banda se apresenta na Ópera de Arama, no dia 06 de novembro, e promete uma combinação explosiva que incorpora Soul, Funk e Gospel às suas improvisações no Jazz.

Formada pelos músicos Chester Hansen (baixista), Matthew Tavares (teclado), Leland Whitty (saxofone) e Alexander Sowinski (bateria), a BADBADNOTGOOD conquistou o status de ser um dos nomes mais celebrados pela crítica ao redor do mundo. Conhecida por suas interpretações contemporâneas e colaborações com artistas como Kendrick Lamar, Thundercat, Flying Lotus, Mary J. Blige, Snoop Dogg, Bonobo, Daniel Caesar, Kaytranada e Odd Future, a banda chega ao país com sua turnê mundial, que conta com passagens pelas maiores cidades do planeta e grandes festivais musicais.

Com cinco álbuns lançados na carreira (BBNG - 2011, BBNG2 - 2012, III - 2014, Sour Soul - 2015 e IV - 2016), a BADBADNOTGOOD derruba gêneros e se destaca como uma das bandas mais inovadoras do século XXI. Em 2015, o álbum Sour Soul, gravado em parceria com o rapper Ghostface Killah, proeminente membro do supergrupo Wu-Tang Clan, elevou a BADBADNOTGOOD para o patamar dos artistas mais cultuados do mundo.

Show de abertura

Outro grande atrativo da passagem da BADBADNOTGOOD será o show de abertura: a banda curitibana Marrakesh. O grupo está entre os maiores nomes do cenário independente nacional. Formada por Bruno Tubino (vocal e guitarra), Lucas Cavallin (vocal e guitarra), Nicholas Novak (baixo), Volobodo (sintetizadores e guitarra) e Matheus Castella (bateria), a Marrakesh ganhou destaque nacional com o EP “Vassiliki” (2014), que apresenta uma combinação autêntica e exótica do indie rock e blues psicodélico.

Com o enorme sucesso, o quinteto foi convidado para tocar no renomado festival Primavera Sound, em Barcelona (Espanha), em 2017. Essa experiência resultou, também, na criação de um documentário sobre a banda: Marrakesh in Barcelona / Primavera Sound. O álbum mais recente do grupo, “Cold as Kitchen Floor” (2018), foi lançado logo após a participação no festival e conta com inspirações do pop e do eletrônico, abusando da experimentação nos instrumentos e vocal.

A apresentação do BADBADNOTGOOD, com abertura da banda Marrakesh, acontece no dia 06 de novembro, na Ópera de Arame, com abertura dos portões a partir das 19h. Os ingressos custam a partir de R$ 140,00 e estão disponíveis no site www.eventbrite.com.br e no Alquimia Boutique Bar (Rua Brigadeiro Franco, 1193).