Férias econômicas para toda família no Quality Hotel Curitiba

Fachada do Quality Hotel Curitiba
IMG_2: Piscina do Quality Hotel Curitiba
IMG_866: Entrada do Quality Hotel Curitiba
IMG_482: Quarto do Quality Hotel Curitiba

Férias econômicas para toda família no Quality Hotel Curitiba

É tempo de viajar com a família. E o Quality Hotel Curitiba, da rede HCC Hotels, está com uma superpromoção para quem quer conhecer a capital do Paraná e se hospedar com conforto e elegância.

Até o dia 29 de fevereiro de 2020, quem se hospedar em apartamento duplo, terá diárias de graça para duas crianças e ainda com tarifa superespecial: Single ou Duplo por R$285,00 a diária, em janeiro e R$295,00 a diária, em fevereiro.

É a oportunidade de aproveitar, com toda a família, de uma estrutura pensada para quem precisa de conforto e praticidade do hotel que fica em um dos bairros mais charmosos de Curitiba, o Batel.

Consulte agora mesmo nossas condições e venha desfrutar de momentos de descanso e alegria com a sua família.

Serviço:
Quality Hotel Curitiba
Alameda Dom Pedro II, 740- Batel
As reservas são feitas exclusivamente via central (41) 3340-4070

Rede HCC Hotels

“Rumo ao Natal” passa por Curitiba, Pinhais e Almirante Tamandaré

“Rumo ao Natal” passa por Curitiba, Pinhais e Almirante Tamandaré

A Maria Fumaça Mogul 11, uma das mais antigas do Brasil, é o grande destaque do projeto Rumo ao Natal, em que a locomotiva circula por nove cidades do Paraná decorada com uma iluminação natalina especial. A temporada de apresentações teve início em 26 de novembro e vai até 23 de dezembro, em um total de 25 eventos.

Até 18 de dezembro, a Mogul 11 passará pelas cidades de Pinhais, Almirante Tamandaré e Curitiba, para depois se apresentar no litoral paranaense.

Em 13 de dezembro, será realizado o espetáculo teatral Rumo ao Natal em Almirante Tamandaré, em um palco montado próximo aos trilhoas na Rua Maria Madalena, entre os números 110 e 120, previsto para as 20h30.

De 14 a 18 de dezembro, serão realizados desfiles com o trem iluminado, com previsão de início entre 20h e 20h30, nos seguintes locais:

14/12 (sábado) – Estribo Ahú (Curitiba)
15/12 (domingo) – Cachoeira (Almirante Tamandaré)
16/12 (segunda-feira) – Pinhais
17/12 (terça-feira) – Cajuru (Curitiba)
18/12 (quarta-feira) – Cachoeira (Almirante Tamandaré)

Após estas datas, a Maria Fumaça irá para o litoral paranaense (Paranaguá, Alexandra, Morretes e Antonina) onde encerrará a programação do Rumo ao Natal deste ano. Todos os eventos são gratuitos e para toda a família.

Serviço:
“Rumo ao Natal”

13/13 (sexta-feira) 20h30 – Espetáculo – Rua Maria Madalena, 110 a 120 (Almirante Tamandaré)
14/12 (sábado) entre 20h e 20h30 – Desfile – Estribo Ahú (Curitiba)
15/12 (domingo) entre 20h e 20h30 – Desfile – Cachoeira (Almirante Tamandaré)
16/12 (segunda-feira) entre 20h e 20h30 – Desfile – Pinhais
17/12 (terça-feira) entre 20h e 20h30 – Desfile – Cajuru (Curitiba)
18/12 (quarta-feira) entre 20h e 20h30 – Desfile – Cachoeira (Almirante Tamandaré)

obs: há possibilidades de atrasos ou cancelamentos em função da logística ferroviária

Entrada gratuita

Acompanhe a programação no www.facebook.com/rumoaonatal
Site: www.rumoaonatal.com.br
instagram: @rumoaonatal

“Rumo Ao Natal” é realizado pelo Ministério da Cidadania/Governo Federal e pela produtora Remix Promo. O projeto tem patrocínio da Rumo, Knorr Bremse e ABPF - Associação Brasileira de Preservação Ferroviária e apoio da Wabtec, STN, Timken, Franciscon, Grupo Souza Lima, Proudfoot, CBFA, Brado, Laguna, Brasil Facility Clean, JM, LPC Latina, Rhyno e Serra Verde Express.

Cronograma com os próximos eventos no litoral:
20/12 (sexta-feira) 20h30 – Espetáculo – Paranaguá
21/12 (sábado) 20h30 – Espetáculo – Alexandra (Paranaguá)
21/12 (sábado) – Desfile – Alexandra até Morretes
22/12 (domingo) – Desfile – Morretes
23/12 (segunda-feira) – Desfile – Morretes até Antonina

Trem do Natal da Serra Verde Express leva alegria para crianças carentes e adultos especiais com a presença do Papai Noel

Serra Verde Express
Trem do Natal da Serra Verde Express leva alegria para crianças carentes e adultos especiais com a presença do Papai Noel

Passeio contou com muita diversão e entrega de presentes arrecadados durante todo o ano

A Serra Verde Express, maior operadora de trens turísticos do Brasil, realizou nos dias 10 e 11 de dezembro, a ação social Trem do Natal que levou 400 pessoas de trem para Morretes, entre crianças e jovens carentes, adultos especiais e acompanhantes.

Os participantes puderam conhecer todas as belezas naturais da Serra do Mar Paranaense e conhecer todo o trajeto do passeio com pontes, centenas de pontilhões, túneis e viadutos.

O passeio também ofereceu um almoço no salão paroquial ao lado do restaurante da Serra Verde Express, em Morretes, onde os participantes puderam provar o barreado, prato típico da região e conhecer um pouco da cidade turística.

Chegada do Papai Noel

O momento mais aguardado do passeio foi a chegada do Papai Noel que realizou a entrega dos presentes e de muitos sorrisos durante a viagem de volta para Curitiba.

Esse ano, o Trem do Natal contou com a ajuda de voluntários e atendeu instituições não somente de Curitiba, mas de diferentes cidades da região metropolitana. Entre as instituições participaram o Instituto Tibagi, Escola Ecumênica Juril Carnasciali, voltada para pessoas especiais, Colégio Estadual Gelvira Correa Pacheco, FAS Curitiba: CRAS Madre Tereza - U.A. Sambaqui, CRAS Xapinhal e CRAS Atuba (Unidade Asa Branca de Curitiba).

Também participaram do passeio os alunos da Escola Rural Municipal Bernhard Julg, de Piraquara, Secretaria de Serviço Social de São José dos Pinhais: CRAS Alcídio Z. Zaniolo, CRAS Cyro Pellizzari I, CRAS Francisco Quirino, CRAS José Zen e CRAS Miguel Haluch, CRAS Tupy de Araucária e Colégio Estadual Campo Contestado, do município da Lapa.

O projeto Trem do Natal acontece há mais de 15 anos e é realizado pelo Núcleo de Turismo da Holding Higi Serv, formado pela Serra Verde Express e BWT Operadora. Em 2019, contou com o apoio das empresas Rumo, Alas Vans e Restaurante da Serra Verde Express.

De acordo Adonai Aires de Arruda Filho, diretor da Serra Verde Express, o Trem do Natal já se tornou uma tradição muito aguardada, tanto pelo público, quanto pela equipe que se mobiliza durante todo o ano para que essa ação continue existindo.

“Além de promovermos esse dia de encantamento, queremos levar para essas crianças e jovens os valores de respeito ao meio ambiente e ao patrimônio histórico que pertence a todos nós”, disse o diretor da Serra Verde Express.

Os presentes doados foram arrecadados em diferentes campanhas promovidas durante 2019, principalmente na última edição da campanha Black November Solidário.

Além do Trem do Natal, a Serra Verde Express também proporcionará um passeio de trem para integrantes da aldeia indígena Tupã Nhe'é Kretã, localizada no município de Morretes. A ação contará também com entrega de presentes para 25 crianças, no dia 17 de dezembro.

As informações sobre passeios e eventos da Serra Verde Express estão disponíveis no site https://www.serraverdeexpress.com.br/

Sobre a Serra Verde Express:

A Serra Verde Express é a operadora oficial do trem turístico de passageiros da Serra do Mar Paranaense na ferrovia Paranaguá - Curitiba desde 1997. Em mais de vinte anos de trabalho, incrementou o turismo ferroviário do Paraná e se tornou uma das mais importantes operadoras de trens turísticos do Brasil. É considerada, hoje, referência no setor em todo o mundo e administra o único trem de luxo nacional. Anualmente, cerca de 200 mil pessoas passeiam nos trens operados pela empresa. Além do turismo ferroviário, a Serra Verde Express oferece city tour, pacotes turísticos, serviços de transfer, receptivo e eventos. Para garantir a satisfação dos visitantes a empresa investe periodicamente em melhorias, treinamentos de colaboradores e na preservação do meio ambiente. A Serra Verde Express pertence à Holding Higi Serv e tem como diretor geral Adonai Aires de Arruda Filho. O executivo é presidente da Associação Brasileira das Operadoras de Trens Turísticos Culturais (ABOTTC). Mais informações: www.serraverdeexpress.com.br.

Atendimento à imprensa – Serra Verde Express

Premiação do Concurso Paranaense de Desenho vai para crianças e jovens de Barracão, Curitiba e Paranaguá

Premiação do Concurso Paranaense de Desenho vai para crianças e jovens de Barracão, Curitiba e Paranaguá
Entrega dos prêmios para os três primeiros colocados de cada categoria foi realizada em solenidade durante abertura da exposição no Palácio Iguaçu

O Centro Juvenil de Artes (CJA) da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura (SECC) anunciou nesta quinta-feira (12/12) os vencedores do 1º Concurso Paranaense de Desenho durante solenidade no saguão de entrada do Palácio Iguaçu, local onde os 40 melhores desenhos selecionados ficam em exposição até o dia 19 de dezembro de 2019. Os primeiros lugares foram para Miguel Taborda Ribas Leocardio, de Curitiba (infantil), e Vitória Regina Seibt Da Cas, de Barracão (juvenil). Ambos ganharam um certificado, troféu, a reprodução de suas obras e a premiação maior da tarde: um aparelho de videogame Playstation 4.

O vencedor da categoria infantil, Miguel Leocardio de 8 anos, diz gostar de desenhar desde muito pequeno. “São bailarinas dançando”, explica sobre o seu desenho, que pela originalidade e traços levou o prêmio principal. Para incentivar o talento do filho, os pais o matricularam em um curso de desenho recentemente. “Ele ama desenhar, tem uma imaginação muito fértil. A gente ta muito feliz”, comentou o pai Anderson Leocadio.

Em segundo lugar ficaram Manuela Linck Rauber, de Paranaguá (infantil), e Tales Michelena Munhoz, de Curitiba (juvenil), que além do certificado, troféu e reprodução da obra, levaram pra casa uma máquina de fotografia digital. E na terceira posição, Kathellen Juliane Gonçalves da Silva, de Curitiba (infantil), e Maria Clara Bicalho Patzsch (juvenil), também de Curitiba, foram premiadas com um kit especial de desenho e receberam também certificado, troféu e reprodução das obras.

A princípio, Maria Clara Patzsch não queria se inscrever no concurso, mas incentivada pelos pais foi em frente e não se arrepende. Com o terceiro lugar na categoria Juvenil, a jovem de 14 anos gostou do desafio: “É bem divertido, vale muito a pena. A gente tem um impulso pra tentar fazer uma coisa maior, diferente dos outros”, comenta. Seu desenho selecionado, uma gralha azul estilizada, é fiel aos traços e estilo que desenvolveu desde que começou a desenhar. “Normalmente eu gosto de fugir um pouco da realidade e criar algo mais surrealista, algo que chame a atenção e que ninguém vê igual, como olhos grandes, ou criar algo novo. Eu crio muitos animais. Acho bem divertido criar espécies”, explica.

A cerimônia de premiação e a abertura da exposição contaram com a presença de várias crianças e adolescentes que tiveram seus desenhos selecionados, acompanhadas por seus familiares e professores. As escolas também foram homenageadas pela comissão organizadora do concurso, que entregou um certificado para aquelas em que os alunos tiveram desenhos selecionados. Uma cópia dos troféus de primeiro, segundo e terceiro colocados também foi entregue para as escolas dos alunos premiados.

Para o diretor-geral da Secretaria de Estado da Comunicação e da Cultura, Fabrício Ferreira, a arte pode ser transformadora na vida das crianças. “Eu acredito que a cultura é o grande mote para a construção do caráter de uma criança. Nós temos relatos de professores que quando a criança está envolvida com essa parte artística, ela se transforma dentro da escola e consegue absorver muito mais os conteúdos. É uma outra criança quando tem o envolvimento com as artes.”

Emocionado em sua fala durante a abertura do evento, o diretor do Centro Juvenil de Artes, Luiz Gustavo Vidal Pinto disse que estava muito feliz com o resultado do concurso e que as crianças “são a semente do amanhã”. Lembrou que o Centro Juvenil é a primeira escola de artes para crianças do Brasil, com mais de 65 anos. “É uma pérola do Estado do Paraná, onde colocamos nosso amor e nosso carinho no ensino das artes e à cultura.”

SELEÇÃO – Não foi tarefa fácil selecionar os 40 melhores desenhos em meio a quase 600 inscritos, comentou uma das juradas que integrou a Comissão Julgadora, formada pelos artistas plásticos Alfi Vivern, Ariana Labre e Luiza Urban. “A gente prezou bastante por pensar o tema e a personalidade do desenho. Não só a questão técnica, mas de você ver uma pessoa desenhando e pensando por si só, e não muito presa ao tema ou a influências de outras pessoas”, explica Luiza Urban, que integrou a comissão e já foi aluna do Centro Juvenil de Artes por muitos anos. Hoje atua como ilustradora, expõe e comercializa seu trabalho. Recentemente ilustrou o livro “Mosaicos”, lançado em agosto deste ano.

Os 40 desenhos selecionados são de crianças e adolescentes de 20 cidades paranaenses: Apucarana, Assaí, Barracão, Colombo, Curitiba, Dois Vizinhos, Fazenda Rio Grande, Goioerê, Iretama, Mandaguari, Maringá, Nova América da Colina, Paranaguá, Paula Freitas, Pinhais, Pinhão, Piraquara, Santo Antônio da Platina, São José dos Pinhais e Sertanópolis. “A gente sempre foi conversando sobre as temáticas que apareciam nos desenhos e conseguíamos identificar um pouco do Paraná e de onde vinham as pessoas. E depois descobrir que selecionamos gente de vários lugares foi bem gostoso”, acrescenta Luiza.

SERVIÇO
Exposição do 1º Concurso Paranaense de Desenho do Centro Juvenil de Artes
Período expositivo: de 12 a 19 de dezembro de 2019
Local: Saguão de entrada do Palácio Iguaçu. Praça Nossa Senhora de Salette, s/n - Centro Cívico. Curitiba – PR
Horário de visitação: Segunda a sexta-feira das 8h30 às 18h
Entrada gratuita

Crédito das fotos: Kraw Penas/SECC
Legendas na pasta zipada de fotos

Ellas: o universo das vozes femininas com AVEduo

Ellas, o novo espetáculo do AVEduo, tem cerca de 80 minutos de duração. Para Viviana Mena essa é uma oportunidade para o público reencontrar parte do repertório dessas três grandes interpretes da música de todos os tempos. “Muita gente de uma geração anterior a minha se lembra de Eydie Gormé, americana filha de espanhóis que fez muito sucessos nos anos 50/60 cantando boleros mexicanos com o Trio Los Panchos. O mesmo vale para Ella Fitzgerald que teve uma longa carreira e fez uma verdadeira escola de interpretação dentro do jazz. Sem contar com a Elis um divisor de águas na minha carreira. Ela me ensinou a respirar e me deu liberdade para cantar”, finaliza.