SODEXO E LIV UP ANUNCIAM PARCERIA E PROMOÇÃO ESPECIAL

Consumidores que utilizam o cartão Refeição Sodexo Pass ganham frete grátis na primeira compra e descontos especiais no delivery de saladas

São Paulo, março de 2020 – Preocupada em oferecer mais comodidade e praticidade a seus consumidores, que neste momento encontram-se trabalhando remotamente devido ao período de isolamento social recomendado pelas autoridades públicas de saúde, a Sodexo Benefícios e Incentivos, referência em serviços que levam mais qualidade de vida às pessoas e organizações, acaba de anunciar parceria e uma série de promoções com a Liv Up, startup de alimentação saudável.

Confira abaixo as promoções para os consumidores Sodexo que utilizam o cartão refeição como forma de pagamento:

Frete grátis na primeira compra
Até 30 de abril, os usuários devem acessar o link https://www.sodexobeneficios.com.br/sodexo-club/promocoes/lojas-online/liv-up-1.htm, selecionar o botão “Aproveite Agora” e utilizar o cupom SODEXOLIVUP. O desconto é válido somente na primeira compra no site LIV UP ou no aplicativo “Pra Fome da Semana”. A campanha é válida em todas as regiões atendidas pela Liv Up, como São Paulo, Distrito Federal, Minas Gerais, Curitiba, Florianópolis, Rio Grande do Sul, Ceará, Goiás, Pernambuco, Bahia, entre outros.
Confira o mapa das regiões atendidas.

R$ 20 de desconto na primeira compra de saladas
Até 10 de abril, os usuários devem acessar o link https://www.sodexobeneficios.com.br/sodexo-club/promocoes/lojas-online/liv-up-3.htm, selecionar o botão “Aproveite Agora” e utilizar o cupom SODEXO20OFF. O desconto é válido somente na primeira compra de Salad Stories no app Liv Up em “Pra fome de agora”. A campanha é válida somente para São Paulo e está sujeita à disponibilidade de estoque.

Sobre a Sodexo Benefícios e Incentivos

É a empresa do grupo francês Sodexo, líder mundial em serviços de qualidade de vida. Tem em sua missão desenhar, gerenciar e entregar serviços para empresas de todos os portes, segmentos e regiões do Brasil com o objetivo de melhorar a qualidade de vida diária das pessoas e contribuir para o desenvolvimento econômico, social e ambiental das cidades, regiões e dos países em que atua.

Atende aproximadamente 103 mil clientes, que representam 5,9 milhões de usuários, com uma rede de 505 mil estabelecimentos credenciados em todo o País com serviços únicos no mercado de benefícios, gestão de despesas, incentivos e reconhecimento: Refeição Pass, Alimentação Pass, Cultura Pass, VT Pass, Combustível Pass, Gift Pass, Alimentação Pass Natal, Brinquedo Pass, Premium Pass, Wizeo, GymPass e Apoio Pass.

Delivery de cervejas e ovos trufados — “quarentena” dos curitibanos

BeerMad investe em delivery próprio com entregas programadas de growlers e latinhas,

além de antecipar a Páscoa com opções de chocolate 100% belga

Quarentena. Home Office. Crianças em Casa. Sorte dos curitibanos que têm opções para quebrar a rotina, não é mesmo? Nos últimos dias uma onda ainda mais forte de delivery invadiu a capital, com opções que deixam o tédio de ficar em casa de lado, levando alegria e momentos especiais para dentro das casas.

Enquanto o SOUQ Curitiba permanece fechado – em medidas preventivas pela saúde e segurança da população - a BEERMAD (loja de cervejas artesanais) inovou mais uma vez e criou um serviço de delivery próprio, com atendimento personalizado de sommelier e entregas agendadas.

Growlers PET de 1 ou 2 litros, além de latinhas de 473 ml (crowler) estão disponíveis para o curitibano. “A cada semana pretendemos mudar os estilos de cervejas para levar a esse público novos sabores e experiências. Além de estarmos no iFood, estamos recebendo pedidos via ‘whats’ para dar um atendimento ainda mais personificado ao nosso cliente. Mas estamos torcendo muito para que tudo isso passe rápido, né” - comenta Daiane Santos – beer sommelier da loja.

A partir de hoje (27.03) as cervejas disponíveis para delivery são Weizenbock da Alright, Ipê Amarelo da Cervejaria Blumenau Crazy Train, da Locomotive, e Dry Stout da Haenchbier. Todos os rótulos foram premiados no Festival Brasileiro da Cerveja de 2020.

Páscoa: chocolate e cerveja!

E, de olho na páscoa, a BEERMAD já está fazendo entregas dos chocolates CACAU BEER. São ovos 100% feitos de chocolate belga, trufados e maciços com os sabores dos melhores estilos de cerveja. Estão disponíveis os ovos grandes no estilo “IPA” e “DRY STOUT” – com cristais de malte - e o kit com 4 ovos sortidos: IPA, APA, PURO MALTE e STOUT.

- IPA: (Indian Pale Ale): chocolate belga ao leite com 33% de cacau, marcante nota de lúpulo, além de aromas cítricos e frutados.

- APA (American Pale Ale): chocolate belga ao leite, 33% de cacau e cristais de malte, equilibrado, com delicados tons cítricos e florais e um leve toque de caramelo.

- PURO MALTE: puro malte em chocolate belga branco, cristais de malte, com sabor suave, finalizando com aromas cítricos.

- STOUT: chocolate belga de dry stout, com 40% de cacau e notáveis tons de torras de malte e café.

Serviço

Compras acima de R$ 80 tem frete grátis. Pagamento por transferência bancária ou com a máquina de cartão (nesse caso, o entregador toma todas as precauções de higiene orientadas pelos órgãos oficiais). Entregas via iFood ou Delivery próprio, pelo telefone/whats 041. 99721.4399

Valores

Kit com 4 latas: R$ 45

Litro da cerveja: R$ 28 (qualquer estilo)

Kit com 4 ovos pequenos: R$ 40

Ovos grandes: R$ 60 (unidade)

MOVIMENTO CRIADO POR STELLA ARTOIS “APOIE UM RESTAURANTE” VAI AJUDAR MAIS DE MIL ESTABELECIMENTOS AFETADOS PELO ISOLAMENTO SOCIAL

Consumidores podem comprar vouchers com 50% de desconto para usar no futuro, ajudando estabelecimentos a se manterem financeiramente durante período de crise

Homem sentado à mesa Descrição gerada automaticamente
Na foto, a chef Ieda de Matos, do restaurante Casa de Ieda, em São Paulo. Crédito: Pablo Lobo

Março de 2020 – O isolamento social impôs diversas mudanças na rotina das pessoas e das empresas – entre os segmentos impactados está o dos restaurantes, que sofrem pela paralisação ou funcionamento parcial e correm risco de fechar as portas: segundo a Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), cerca de 10% dos estabelecimentos da capital paulista devem encerrar suas atividades por conta da crise do COVID-19. Por isso Stella Artois criou o movimento “Apoie Um Restaurante”, uma corrente para unir parceiros de todo o Brasil – restaurantes, comunidade e marcas – pela sobrevivência destes negócios.

“Apoie Um Restaurante” é uma plataforma colaborativa, criada com a ChefsClub para gerar caixa para que esses estabelecimentos, em especial os menores, se mantenham em funcionamento durante a fase de baixa demanda. Acessando www.apoieumrestaurante.com.br, o consumidor escolhe um restaurante e na compra de um voucher de R$ 100 paga só R$ 50 para consumir presencialmente no futuro – é um desconto de 50%, custeado por Stella Artois e outros parceiros da ação. Entre os apoiadores do projeto está o chef Alex Atala, uma das principais vozes da gastronomia brasileira e parceiro de Stella em outros projetos.

Serão milhares de cupons para resgate em diversas regiões do Brasil, entre elas Curitiba, com o objetivo de reunir mais de 1.000 restaurantes. O valor arrecadado será 100% revertido aos estabelecimentos participantes, com potencial de injetar milhões no setor. A fintech brasileira de meios de pagamento Stone também entrou na parceria, realizando as transações sem cobrança de taxas para os restaurantes e transferindo na hora para cada um deles a verba obtida pela venda dos vouchers.

A plataforma ainda deve receber em breve uma seção pela qual empresas e pessoas físicas poderão realizar doações diretas e comprar créditos para dar de presente. #ApoieUmRestaurante é uma ação criada pela CP+B, agência de publicidade de Stella Artois no Brasil.

(COVID-19) Produtores de Cachaça doam 70 mil litros de álcool 70%

As primeiras doações estão previstas para os próximos dias e serão destinadas aos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS), inicialmente, dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Alagoas e Rio Grande do Sul

O Instituto Brasileiro da Cachaça – IBRAC, entidade nacional representativa do setor produtivo Cachaça, anuncia a doação inicial, prevista já para os próximos dias, de mais de 70 mil litros de álcool etílico hidratado a 70% vol. feita por produtores de Cachaça associados e demais empresas do setor para colaborar no combate ao COVID-19. O volume será destinado para fins de emprego nos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS) e demais órgãos públicos destinados ao atendimento da população, que poderão, por sua vez, doar estes produtos para as populações mais expostas.

A informação foi confirmada após a publicação de nota técnica da Anvisa esclarecendo procedimentos para a produção e a doação do álcool a 70% de volume.

Os serviços do SUS que receberão as doações serão, inicialmente, de cidades dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Alagoas e Rio Grande do Sul. Segundo Carlos Lima, diretor executivo do IBRAC, a expectativa é que mais empresas produtoras de Cachaça e de bebidas alcoólicas iniciem a produção de álcool etílico para doações.

"Houve do setor um cuidado muito grande em fazer esse processo com o máximo de segurança possível. Por esse motivo, na semana passada pleiteamos junto à Anvisa uma autorização, em caráter emergencial e excepcional, para que os nossos associados pudessem produzir, padronizar, envasar, transportar esse álcool. No fim de semana, a ANVISA publicou uma nota técnica, que foi atualizada nesta terça-feira, esclarecendo os critérios a serem adotados por todos que queiram produzir e doar álcool a 70%.", enfatiza Lima.

Considerando que a produção de bebidas alcoólicas é regulamentada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o órgão foi devidamente comunicado pelo IBRAC sobre essa mobilização do setor e, também, para fins de orientação. O executivo do IBRAC ainda ressalta a agilidade com a qual o governo brasileiro vem tratando esses temas e informa que o Instituto está incentivando os seus associados diretos e entidades associadas a fazerem parte desta importante iniciativa.

Ouro Fino Estância Hidromineral Ouro Fino suspende visitações por tempo indeterminado

A medida foi tomada para conter a disseminação do novo coronavírus

A Estância Hidromineral Ouro Fino estará fechada para visitação por tempo indeterminado em razão da pandemia provocada pelo novo coronavírus (COVID-19). A medida começou na quarta-feira (18) como forma de precaução em relação à saúde pública e seguindo as recomendações do Ministério da Saúde e do Governo do Estado do Paraná.

Segundo o CEO da Águas Ouro Fino, Marcelo Marques, mesmo que o parque seja um local aberto, ele possui espaços de uso compartilhado que podem gerar aglomerações de pessoas. “Prezamos pelo bem-estar da comunidade local e dos nossos visitantes. Buscando evitar a disseminação do coronavírus, decidimos fechar a Estância para visitação, seguindo as orientações necessárias”, reforça Marques.

Para mais informações, entre em contato com a Estância Ouro Fino pelo telefone (41) 3648-6000 ou pelo e-mail sac@aguasourofino.com.br.

CONTATOS DE IMPRENSA

EXCOM COMUNIÇÃO
Kamilla de Almeida / Karina Trzeciak
41 99271-1281 / 41 99827-8063
kamilla@excom.com.br / karina@excom.com.br

SOBRE A OURO FINO

A Águas Ouro Fino, que envasa e comercializa água mineral natural há 120 anos, possui uma longa e expressiva trajetória. Uma empresa dedicada a hidratação saudável, bem estar e qualidade de vida, com uma área de preservação ambiental de mais de 6 milhões de m², que investe no crescimento de seus colaboradores e também em inovação, tecnologia e gestão. São nove linhas de envase e com uma fonte de água mineral natural de alta capacidade e qualidade assegurada. A sede está localizada no município de Campo Largo, região metropolitana de Curitiba.

Lellis Trattoria e Pizzaria promovem descontos especiais para delivery

Para acompanhar você e sua família nesse momento de reclusão em prol da saúde de todos os brasileiros a Lellis Trattoria e Pizzaria promovem até o dia 28 de março uma promoção especial para seu serviço de Delivery.

Para todos os pratos do serviço de entrega da Cantina 20% de desconto.

Já na Pizzaria Lellis todas as pizzas, com exceção das brotinhos, terão 30% de desconto.

Agora é só escolher seu prato predileto e pedir para o Lellis entregar na sua casa com preço especial e sabor único

Lellis Trattoria @lellistrattoria
Delivery: ifood, Rappi, ubereats ou Telefone: 3064-2727

Lellis Pizzaria @lellispizzaria
Delivery: Ifood e Rappi (11) 3062-7699

DIA MUNDIAL SEM CARNE COMPLETA 35 ANOS E SVB CELEBRA NÚMEROS RECORDES NA PROMOÇÃO DO VEGANISMO

Programa Segunda Sem Carne (SSC) registrou crescimento de 20% em relação a 2019, com mais de 80 milhões de refeições a base de vegetais servidas nos estabelecimentos parceiros.

O Dia Mundial Sem Carne é comemorado, hoje, como o maior símbolo dos benefícios da alimentação a base de frutas, verduras, grãos e legumes na saúde das pessoas. Criada em 20 de março de 1985, a data representa mais de três décadas de trabalho dos movimentos vegetariano e vegano em todo o planeta.

Para a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), os números são igualmente relevantes. Criada há pouco mais de 17 anos, a organização fechou o ano passado com núcleos ou grupos presentes em 50 cidades do Brasil, promovendo a alimentação vegetariana como uma escolha ética, saudável, sustentável e socialmente justa.

Promoção do veganismo

Mais de 1,2 mil cozinheiras(os) e 52 nutricionistas foram capacitados por meio da SSC, no último ano. Com os resultados alcançados por meio das refeições vegetais, cerca de seis toneladas de carne deixaram de ser consumidas ano. O meio ambiente foi poupado em um bilhão de litros de água, 981 mil metros quadrados de área agrícola, 331 mil toneladas de grãos (que poderiam alimentar quase cinco milhões de pessoas), além de 400 mil toneladas de gases que contribuem para o efeito estufa, que deixaram de ser emitidos na atmosfera.

O programa Opção Vegana (OPV) foi outro grande canal de promoção do veganismo, oferecendo consultoria gratuita e levando a alimentação a base de vegetais para mais de 1,4 mil estabelecimentos comerciais, em diversos locais do Brasil. O Curso de Capacitação em Nutrição Vegetariana, por sua vez, capacitou mais de três mil profissionais que atuam na área da saúde.

Defesa dos animais

A SVB ainda foi reconhecida, pelo segundo ano consecutivo, como uma das nove instituições sem fins lucrativos mais eficazes do mundo na defesa da causa animal. A avaliação foi feita pela Organização Internacional Animal Charity Evaluators (ACE), referência mundial no setor, e considerou o trabalho de 166 organizações que atuam no mundo.

SOBRE A SOCIEDADE VEGETARIANA BRASILEIRA

Fundada em 2003, a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) é uma organização sem fins lucrativos que promove a alimentação vegetariana como uma escolha ética, saudável, sustentável e socialmente justa. Por meio de campanhas, programas, convênios, eventos, pesquisa e ativismo, a SVB realiza conscientização sobre os benefícios do vegetarianismo e trabalha para aumentar o acesso da população a produtos e serviços vegetarianos. Para mais informações, acesse www.svb.org.br ou os nossos perfis no Instagram, Facebook e Youtube.

Mensagem a toda cadeia produtiva de Frutas, Legumes, Verduras e Flores

A Cadeia Produtiva trabalha para garantir a saúde de seus colaboradores e o abastecimento das Frutas, Legumes, Verduras e Flores.
Do campo a mesa.

Vivemos um momento sem precedentes em nossa história! Com a declaração da pandemia decorrente do COVID-19 todos nós devemos nos unir e contribuir para superarmos este momento de incertezas. A garantia da saúde de nossos familiares, amigos e toda a população é uma prioridade! Acreditamos que sairemos fortalecidos ao final deste processo.

Em conjunto, Produce Marketing Association (PMA), Associação Brasileira de Produtores de Maçã (ABPM), Associação de Produtores de Citrus de Mesa (ABCM), Instituto Brasileiro de Horticultura (Ibrahort), Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibraflor), Associação Brasileira dos Exportadores de Frutas (Abrafrutas) e Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), compartilham sua visão e posicionamento diante do cenário do COVID-19:

▪ A cadeia produtiva está comprometida e executando todos os procedimentos recomendados pelos órgãos do governo para garantir a saúde dos seus trabalhadores, desde o campo até os supermercados.

▪ A produção no campo não pode parar! Produtores, transportadores, processadores e distribuidores, todos juntos, estão comprometidos para que não ocorra falta de alimentos a população brasileira. O setor tem o compromisso de abastecer as redes de supermercados de todo o país;

▪ Teremos, no entanto, uma possível redução da capacidade de produção e processamento, justamente para resguardar os trabalhadores do campo e das casas de embalamento. O setor empenhará todos os esforços para manter o abastecimento, organizando escalas e respeitando as famílias para que possam cuidar dos seus filhos, parentes e amigos;

▪ Como no setor de saúde, o setor de alimentos de alimentos, flores e plantas ornamentais precisa do apoio de toda a população e órgãos de governo para continuar operando sem interrupções;

▪ Estamos, de forma colaborativa, comunicando o setor sobre as práticas de higiene para o combate da disseminação do vírus;

Estamos divulgando ativamente as recomendações nacionais e internacionais, tais como os Centros de Controle de Doenças (CDC) , Organização Mundial da Saúde (OMS), Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Importante destacar que não há casos clinicamente confirmados de COVID19 ligados ao consumo de produtos frescos ou alimentos vendidos nos pontos de venda tradicionais. À medida que os consumidores selecionam seus produtos, é fundamental seguir as orientações de segurança alimentar.

Sabemos que o momento é difícil, mas iremos superá-lo! Todos os associados PMA e as Associações aqui representadas contam com o apoio da sociedade, para que unidos e de forma consciente, possamos melhorar e aprender com esta experiência.

Por fim, queremos agradecer a todos aqueles que estão trabalhando para garantir que nosso setor continue operando.

CARTA DIREX MANIFESTO – 002/2020

Ref.: Efeitos do COVID-19 no

Segmento de Eventos e

Entretenimento e Pleitos do Setor

A Indústria de Eventos e Entretenimento, assim como ocorre nos principais destinos do mundo, integra uma diversa cadeia econômica e de serviços em todo o país, incluindo negócios, feiras, congressos, entretenimento e turismo.

É uma das mais importantes atividades econômicas do país, representando 13% do PIB nacional, movimentando 936 bilhões de reais na economia anualmente e gerando cerca de 25 milhões de empregos diretos e indiretos.

No Estado do Rio de Janeiro, principal porta de entrada de turistas e segundo maior destino de eventos do Brasil, o segmento engloba setores como os da cultura, do esporte, do entretenimento e demais atividades ligadas ao turismo, que, juntos, representam o segundo PIB do Estado, ficando atrás apenas da indústria do óleo e gás.

Segundo estudo da Fundação Getúlio Vargas, entre 2018 e 2019, para cerca de 150 projetos de eventos de entretenimento prioritários, selecionados pelo Governo e com forte indução no turismo, houve um impacto econômico de 13,6 bilhões de reais na economia, gerando cerca de 350 mil empregos e propiciando uma arrecadação de novos impostos de aproximadamente 800 milhões de reais.

É notório que no Rio de Janeiro, o impacto pelos imediatos cancelamentos dos eventos e demais medidas restritivas para o setor do turismo em função da pandemia de COVID-19 já representam, um prejuízo enorme para a Indústria como um todo, para a sua cadeia produtiva e para a economia fluminense em geral.

Esta crise sem precedentes para o setor, sem dúvida alguma, trará relevantes impactos financeiros e econômicos, por períodos prolongados e que serão de extrema dificuldade, tanto para a população, quanto para o empresariado, o que coloca em risco não somente o cenário presente mas também o futuro da indústria de eventos de entretenimento e dos diversos segmentos do setor do turismo como um todo.

Dessa forma, a APRESENTA RIO (Associação dos Promotores de Eventos do Setor de Entretenimento e Afins do Estado do Rio de Janeiro), entidade que atualmente conta com 170 empresas associadas, entre empresas e profissionais do segmento, vem, pela presente, solicitar a intervenção do Governo para a apreciação, discussão e concessão dos seguintes pleitos, com o objetivo de auxiliar a sobrevivência e a manutenção de toda a cadeia produtiva da Indústria de Eventos e Entretenimento, ligadas ao turismo, durante os tempos de extrema crise que vivemos:

(i) Acesso imediato à linhas de crédito específicas, junto a bancos públicos, ao BNDES, às instituições de fomento e/ou ao Fundo de Cultura (federal, estadual ou municipal), para capital de giro das empresas da Indústria de Eventos e Entretenimento, sem juros, carência de pagamento de, pelo menos 12 (doze) meses e pagamento parcelado, sem juros ou correção, em até 24 (vinte e quatro) meses.

(ii) Diferimento do recolhimento dos impostos e contribuições aplicáveis à nossa atividade (notadamente IR, Simples Nacional, CSLL, PIS, COFINS, INSS, ICMS, ISS e IPTU), pelo menos, até 31 de dezembro de 2020, de modo que os mesmos voltem a ser pagos em 2021, de forma parcelada, em até 24 (vinte e quatro) meses, sem juros, multas ou correção monetária – inclusive para empresas que estejam inscritas no SIMPLES e em regimes de tributação diferenciados.

(iii) Diferimento de impostos (federais, estaduais e municipais) que estejam sendo pagos via parcelamento ou para empresas que recorram ao parcelamento de tributos nos próximos 90 (noventa) dias – inclusive para empresas que estejam inscritas no SIMPLES e em regimes de tributação diferenciados.

(iv) Instituição de regime de tributação diferenciado temporário, com aplicação de alíquota fixa adequada à realidade do momento e necessidade das empresas, para impostos federais, estaduais e municipais – inclusive para empresas que estejam inscritas no SIMPLES e em regimes de tributação diferenciado.

(v) Considerar o segmento dos eventos e entretenimento, em relação à apuração do PIS e da COFINS, no regime da cumulatividade.

(vi) Para os contribuintes sujeitos ao regime do Lucro Real, por apuração anual, suspensão dos pagamentos das estimativas mensais – o montante total será recolhido quando do ajuste anual.

(vii) Desoneração da folha de pagamento para os empregadores da cadeia produtiva da Indústria de Eventos e Entretenimento, com isenção do recolhimento de INSS e FGTS pelos próximos 180 (cento e oitenta) dias.

(viii) Para os empregadores que optarem pela concessão de férias coletivas de 60 (sessenta) dias, concessão de redução no recolhimento do INSS, em 33% (trinta e três por cento) – tanto da parte do empregador, como a do empregado.

(ix) Regime temporário extraordinário simplificado para suspensão de trabalho por falta de recursos financeiros (lay off), para empresas que apresentem uma queda de receita igual ou superior a 30% (trinta por cento), de forma que os trabalhadores da respectiva empresa recebam 2/3 (dois terços) de suas remunerações pelo período de vigência do regime temporário

(x) Suspensão das contrapartidas sociais, para os casos de recebimento de verbas incentivadas, no âmbito da legislação federal, estadual e municipal, até 31 de dezembro de 2020 e a não paralisação dos processos de concessões dos benefícios fiscais para os diversos projetos culturais e esportivos ao longo do ano, assim como permitir a prorrogação dos prazos para captação, execução e prestação de contas no período da crise e, especialmente, após o seu término, como incentivo à sua retomada.

Temos convicção que somente com o auxílio do Poder Público conseguiremos atravessar esse momento de turbulência, reiteramos, sem precedentes e, por este motivo, urgimos para que sejam tomadas as medidas necessárias para o atendimento dos pleitos acima – todos eles essenciais para a sobrevivência do setor nos próximos meses, para a manutenção do trabalho das pessoas envolvidas na Indústria de Eventos e Entretenimento, que compõe, assim como outras atividades, a diversa cadeia do turismo em todo o país.

Além disso, é importante também ressaltar que, diferentemente de outros segmentos da nossa economia, para as quais o Governo já sinalizou com possíveis medidas de auxílio (como as companhias aéreas, por exemplo) a Indústria de Eventos e Entretenimento não é composta apenas de grandes empresas e conglomerados. Temos empresários de todos os portes e que atendem os anseios de todas as classes sociais, com grande capilaridade – o que torna nosso pleito ainda mais legítimo.

Os cancelamentos dos eventos já geraram, de imediato, uma série de prejuízos econômicos e afetaram uma cadeia que contempla milhares de empregos diretos e indiretos. Por esta razão, ressaltamos, neste momento, também as nossas preocupações quanto às atuações dos órgãos de proteção, controle, fiscalização e defesa do consumidor, dentre outros. É fundamental atentar para as questões que envolvem, por exemplo, o necessário respaldo jurídico por conta dos adiamentos dos eventos, dos pacotes de viagens e da aquisição prévia de ingressos para as atividades turísticas e de entretenimento em geral, sem que haja a necessidade de devolução dos recursos já efetuados, permitindo os respectivos reagendamentos.

Por fim, gostaríamos de nos colocar à disposição para discutir cada ponto contido no presente Ofício, bem como para realizar reuniões de trabalho (ainda que remota, por conta do COVID-19) para a implementação urgente dessas medidas, que julgamos absolutamente imprescindíveis para a manutenção de nossas atividades em tempos de crise mundial.

Certos da especial sensibilidade e atenção para com o tema em referência e pela urgência que o momento traz, renovamos aqui nossos mais sinceros protestos de elevada estima e consideração, pelos quais cordialmente subscrevemo-nos.

APRESENTA RIO - Associação dos Promotores de Eventos do Setor de Entretenimento e Afins

ABEOC - Associação Brasileira de Empresa de Eventos

AMPRO - Associação de Marketing Promocional

ABRAPE - Associação Brasilileira de Promotores de Eventos

UBRAFE - União Brasileira de Promotores de Feiras

RioCVB - Rio Convention & Visitors Bureau

ABREVIN - Associação Brasileira das Empresas de Vendas de Ingressos

FECOMERCIO RJ - Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio de Janeiro

FBHA - Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação

ABRASEL - Associação Brasileira de Bares e Restaurantes

ABIH - Associação Brasilileira da Indústria de Hoteis

HOTÉIS RIO - Sindicato de Hotéis e meios de Hospedagem do Município do Rio de Janeiro

SINDRIO - Sindicato de Bares e Restaurantes do Rio de Janeiro

ABAV-RJ - Associação Brasileira de Agências de Viagens do Rio de Janeiro

ForEVENTOS - FORUM DO SETOR DE EVENTOS

INTERARTIS BRASIL - Associação da Gestão Coletiva dos Artistas Intérpretes do Setor Audiovisual do Brasil

APTR - Associação dos Produtores de Teatro do Rio de Janeiro

UNEDESTINOS - União Nacional de Convention & Visitors Bureau e Entidades de Destinos

SINDEPAT - Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas.

BITO - Associação Brasileira de Turismo Receptivo Internacional

FC&VB-RJ - Federação de Convention & Visitors Bureaux do Estado do Rio de Janeiro

ADIBRA - Associação das Empresas de Parques de Diversões do Brasil

Lellis Trattoria Delivery

Nesse período de quarenta o restaurante italiano Lellis Trattoria oferece um serviço de Delivery com seus melhores pratos, massas e filet à parmegiana, sem alteração nenhuma no valor. É possível fazer o pedido entrando em contato diretamente com o restaurante ou nos principais aplicativos de Delivery (Ifood, UberEats e Rappi). Há também um Delivery exclusivo para pedidos de pizza sendo possível conferir o cardápio diretamente no site.

www.lellis.com.br

@lellistrattoria

@lellispizzaria

COMUNICADO da ANR, ABRASEL, ABF e IFB CORONAVÍRUS

A Associação Nacional de Restaurantes (ANR), a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL), a Associação Brasileira de Franchising (ABF) e o Instituto Food Service Brasil (IFB) acompanham com muita apreensão a evolução do coronavírus em nosso país. As entidades fazem parte de um setor fundamental da economia – bares e restaurantes – com faturamento superior a R$ 400 bilhões e que emprega cerca de 6 milhões de brasileiros. Mais de 1 milhão de pontos comerciais em todo o país integram as associações, entre marcas independentes, redes e franquias, empresas líderes em seu segmento e que atendem milhões de pessoas diariamente.
O desafio pelo qual passa nosso país, seja em relação à saúde pública como na condução da economia, não tem precedentes em nossa história. Poupar vidas e preservar empregos com medidas práticas adotadas por governos, pelas empresas e pelos cidadãos é missão fundamental e prioritária nesse momento.
Diante desse cenário, as entidades têm feito gestões no Governo Federal, estados e municípios para minimizar os efeitos do coronavírus na economia. Entre as medidas que estão sendo pleiteadas ao Ministério da Economia e ao Governo Federal estão:
1) Garantir que a atividade de delivery de refeições esteja incluída, nesse momento, no conceito de serviço essencial para a sociedade, independentemente da localização (shoppings centers, lojas de ruas, rodoviárias, aeroportos, lojas de conveniências etc) e sem limitação de horário de funcionamento;
2) Financiamentodeimpostosdevidosedoperíododacrise(apartirdemarço de 2020) para um prazo de até 120 meses, a partir de janeiro de 2021;
3) Edição de nova Medida Provisória ou inclusão no texto da MP do Contrato Verde e Amarelo, em regime de exceção por conta da crise, sobre a redução da jornada de trabalho e salário, sem qualquer entrave ou burocracia, por meio de acordo entre empresas e trabalhadores;
4) No mesmo contexto, permitir a flexibilização das regras para concessão de férias individuais e coletivas;
5) Permitir a desoneração da folha de pagamentos com a migração de funcionários para um regime especial, como o Contrato Verde e Amarelo ou MP específica para a contenção da crise;
6) Criação de linhas especiais de crédito para fomentar a recuperação das empresas;
7) Com relação aos lojistas, pretendemos contribuir, direta ou indiretamente, na negociação com os operadores de shopping centers e pleitear a redução dos valores do custo total de ocupação durante os meses de crise, em função de a pandemia ser considerada uma crise humanitária, configurando um caso de força maior.
Paralelamente, as entidades também reivindicam junto aos governos estaduais:
1) Suspensão dos pagamentos de ICMS (em 2020) e pagamentos financiados em até 120 meses a começar em janeiro de 2021;
2) Criaçãodelinhasdecréditosespeciaisdestinadasafinanciararecuperação das empresas;
Seguimos confiantes de que o país irá superar mais esta crise com a adoção de medidas urgentes pelo Governo e pelas próprias empresas para a retomada do crescimento.
DIRETORIAS
ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE RESTAURANTES (ANR)
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE BARES E RESTAURANTES (ABRASEL) ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FRANCHISING (ABF)
INSTITUTO FOOD SERVICE BRASIL (IFB)

7º Circuito de Sanduíches continua por delivery

Comunicado

A Curitiba Honesta, organizadora do 7° Circuito de Sanduíches de Curitiba, comunica que, visando a segurança dos consumidores, em função da disseminação do Coronavírus (COVID-19) nos últimos dias, o evento terá continuidade exclusivamente através de delivery. Para isso, todos os 36 bares participantes estão se adequando para o melhor atendimento de seus clientes.

Pedidos poderão ser feitos pelo aplicativo I-Food ou outros aplicativos similares. Os sanduíches custam R$ 17,90 cada.

Além disso, o Circuito de Sanduíches, que terminaria dia 29 de março, será prorrogado para o mês de abril (em datas a serem confirmadas), também por delivery, para os participantes que desejarem continuar com o evento, sempre contando com o apoio e a divulgação oferecidos pela Curitiba Honesta.

Essa é a forma encontrada pela Curitiba Honesta para apoiar os bares e restaurantes parceiros neste momento difícil.

Sérgio Medeiros
Curitiba Honesta

Conheça a curitibana que tatuou o Coelho da BeerMad em troca de R$ 1 mil em cervejas artesanais

Apaixonada por tatuagens e cervejas artesanais, Gleyce Mendes Teixeiras foi a contemplada pelo
sorteio que presentou a curitibana com uma tatuagem de R$ 500 + consumação no bar

No último final de semana o SOUQ Curitiba recebeu o Festival Flash Day Tattoo, que aconteceu nos dias 14 e 15 de março na Vila Gastronômica. Uma das grandes atrações foi, sem dúvida, a tatuagem do coelho da BeerMad – marca do bar da cervejas artesanais do SOUQ, que foi sorteada nas redes sociais do bar em troca de uma consumação de R$ 1 mil em cervejas artesanais, no período de 5 meses. A ação rendeu mais de 5.300 comentários no instagram.
A ganhadora do sorteio, que já está tatuada pelas mãos do @dinossaurotattoo, foi a curitibana Gleyce Mendes Teixeira, de 26 anos. Profissional de comunicação visual, ela conta que desde muito nova gostou de tatuagens. “Acho que lá pelos 12 percebi o amor por tatuagens, mas foi aos 18 – com a maior idade – que pude começar a fazer. Aí não parei mais, é mesmo um caminho sem volta .... e eu amo”, disse ela.

Grande apreciadora de cervejas (seus estilos preferidos são Weiss e Red Ale) ela não pensou duas vezes ao participar da promoção nas redes sociais e, assim que o resultado foi divulgado não perdeu tempo: tatuou o coelho da marca – inspirada na história de Alice no país das Maravilhas, no domingo dia 15 – em pleno festival – e já aproveitou para degustar alguns dos rótulos artesanais engatados nas torneiras da BeerMad naquele dia.
“Eu conheço bem a história de Alice, mas eu me identifiquei mesmo com coelho. Ele é como eu: meio louco e único. Quando quero fazer algo, vou lá e simplesmente faço. Não me preocupo com o que os outros vão pensar ou falar de mim. Para mim foi muito fácil a tatuagem, pois teve uma conexão bacana com a figura do coelho. Eu já tinha ouvido falar do tatuador, mas não conhecia o trabalho. Adorei os traços e estou muito satisfeita – de quebra, vou tomar cervejas. Consegui unir as duas paixões nessa promoção”, diz Gleyce.

Sobre o espaço
A BeerMad está no SOUQ CURITIBA. Por lá, além do bar de cervejas, são mais de 30 opções da gastronomia internacional para harmonizar com as 10 opções diferentes no TAP do bar, além de outros rótulos disponíveis em latas e garrafas, todos selecionados pela Beer Sommelier da marca – Daiane Santos. O SOUQ tem cobertura, estacionamento, música ao vivo de terça a domingo, espaço kids monitorado por pedagogas e é Pet Friendly.

Serviço:
Av. Iguaçu, 4399 - Vila Izabel, Curitiba – PR
Terça a sexta: 17h às 23h
Sábado: 11h às 23h
Domingo: 11h às 22h

Mulheres aceleram no kart com a piloto Kaká Magno e compartilham suas histórias de superação

Ação promovida pela Insano Energy Drink e Águas Ouro Fino reuniu mulheres com diferentes trajetórias de superação em uma iniciativa com a piloto patrocinada pelas marcas.

Insano Energy Drink e a Águas Ouro Fino realizaram na quarta-feira (4), em Curitiba, uma ação em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Um grupo de mulheres com histórias de superação foi convidado para correr de kart com a piloto Kaká Magno. O evento, nomeado ‘Mulheres Rumo ao Pódio’, tinha como objetivo enaltecer aquelas que venceram em áreas diferentes da vida como profissão, família, saúde, maternidade, entre outras.

Com objetivo de incentivar a adesão feminina ao esporte, as marcas já patrocinavam há mais de 2 anos a piloto de kart Kaká Magno, que até pouco tempo competia em uma categoria com homens. No ano passado, Kaká foi convidada para ser embaixadora do Troféu Ayrton Senna de Kart 2020, uma categoria criada somente para mulheres chamada de Fórmula 4 feminina.

Para o CEO da Ouro Fino, Marcelo Marques, a ação tinha como objetivo enaltecer a força e a capacidade das mulheres para enfrentar qualquer situação. “Foi uma interação muito divertida, no qual conseguimos reunir tantas mulheres incríveis que vestiram o macacão, entraram no kart e aceleraram muito, mostrando que, cada uma com sua história, têm força e garra para correr atrás dos seus sonhos e objetivos”, completa Marques.

Uma piloto paranaense

Quebrando barreiras no esporte, a curitibana Kaká Magno está no automobilismo há 10 anos e sua história de superação começou vencendo o preconceito na pista de um esporte predominantemente masculino. “As mulheres podem fazer o que elas quiserem, podem estar onde elas quiserem e ninguém pode impedir isso. Por isso a minha mensagem a todas as mulheres hoje é: não desistam nunca dos seus sonhos”, reforça Magno.

Kaká já participou de importantes competições pelo Brasil e pelo mundo, como Mercedes Challenge, na categoria 250, e o campeonato internacional dirigido a mulheres na Alemanha, com chancela da FIA. Em 2019 foi o vice-campeonato Sul-Brasileiro de Kart, realizado em setembro de 2019.

Para este ano, a piloto tem grandes planos. Recentemente foi convidada a participar de uma categoria de destaque na Europa somente para mulheres denominada como Fórmula Griiip G1 Series, uma classe de alto nível que terá sua temporada na Itália.

CONTATOS DE IMPRENSA

EXCOM COMUNIÇÃO
Kamilla de Almeida / Karina Trzeciak
41 99271-1281 / 41 99827-8063
kamilla@excom.com.br / karina@excom.com.br

SOBRE A OURO FINO

A Águas Ouro Fino, que envasa e comercializa água mineral natural há 120 anos, possui uma longa e expressiva trajetória. Uma empresa dedicada a hidratação saudável, bem estar e qualidade de vida, com uma área de preservação ambiental de mais de 6 milhões de m², que investe no crescimento de seus colaboradores e também em inovação, tecnologia e gestão. São nove linhas de envase e com uma fonte de água mineral natural de alta capacidade e qualidade assegurada. A sede está localizada no município de Campo Largo, região metropolitana de Curitiba.

Recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) +55

Comunicado

suspendeu a agenda de shows e baladas, e abrirá somente com a operação de restaurante e de bar.

O horário de abertura será de terça a sábado, às 19h, e domingo, a partir das 17h.

Contamos com a compreensão de todos em um momento como esse, que requer o máximo de prevenção!

Em breve divulgaremos as novas agendas de shows e baladas.

Muito obrigado!