Ristorantino Ópera Arte realiza jantar harmonizado com vinhos do projeto 1000 Curvas, de Portugal

O prestigiado Ristorantino Ópera Arte abre as portas nesta segunda (9) para um jantar harmonizado com vinhos portugueses do projeto 1000 Curvas, a partir das 19h.

O evento terá a presença do produtor Rodrigo Soares, que veio de Portugal para divulgar a sua vinícola e escolheu o Ristorantino Ópera Arte para realizar o jantar em parceria harmonizado, ele vai apresentar alguns de seus rótulos harmonizados com pratos da casa.

Serão provados o 1000 Curvas Oak Nature, um vinho branco de uvas chardonnay e alvarinho safra 2017, e o 1000 Curvas Blend Original de chardonnay e alvarinho também da safra de 2017. Ambos detêm o selo de Indicação Geográfica (IG) do Minho.

Para começar o jantar, o Ristorantino Ópera Arte vai preparar uma versão especial de sua focaccia de alecrim. Já de pratos principais, são três opções: o bacalhau no azeite com pimentões, legumes, ovos e azeitonas, ou a pescada amarela com risoto de limão siciliano; ou o tortelli de queijo brie e geleia de pimenta ou de costela com azeite trufado. Por fim, a sobremesa será uma panacota com calda de frutas vermelhas.

O jantar harmonizado com o menu completo e os vinhos do projeto 1000 Curvas custa R$ 250 por pessoa (serviço à parte). As reservas podem ser feitas pelo (41) 99999-3247. Outras informações estão disponíveis nos perfis no Instagram @1000curvas.wine e @etourism_viagens .

O Ristorantino Ópera Arte do Pátio Batel está localizado na Av. do Batel, 1868, no piso L3 do shopping Pátio Batel. Mais informações e reservas podem ser feitas pelo (41) 3019-6464 e (41) 99999-3247, ou ainda no Instagram @operaartepatiobatel .

EDEGA oferece até 42% de desconto em mais de 70 vinhos selecionados para as festas de fim de ano

E-commerce presenteia clientes com descontos imperdíveis em rótulos selecionados por Philippe de Nicolay Rothschild
São Paulo, 14 de dezembro de 2022 – Até o dia 16 de dezembro o e-commerce e Clube de Vinhos Edega vai oferecer até 42% de desconto em mais de 70 vinhos selecionados especialmente para as celebrações de final de ano. A curadoria dos vinhos foi feita pelo próprio presidente da empresa, o empresário francês Philippe de Nicolay Rothschild, único representante no Brasil de uma das mais tradicionais famílias produtoras de vinhos do mundo.

“Essa é uma campanha para quem não aproveitou os preços da Black Friday, possa comprar agora os vinhos para festas de final de ano e também presentear quem mais gosta.”, afirma Geovanini Neves, diretor comercial do PNR Group.

Dentre os rótulos que estão com preço promocional no EDEGA, pode-se destacar o Ramilo Vital 2019, Casa Marin Riesling Miramar 2021, Radici e Filari Langhe Arneis La Giga 2019, Ramilo Vinhas Velhas 2017, Alpasión Private Selection 2018. Completam a lista de indicações o Dominio de Fontana Sauvignon Blanc-Verdejo 2020, Val delle Rose Morellino di Scansano DOCG 2019, Dominio de Fontana Vendimia Seleccionada 2018.

Confira algumas sugestões de vinhos com até 42% de desconto para as festas de final de ano do Edega e sugestões de harmonizações com pratos típicos da época:

Para download das imagens clique aqui
SOBRE O EDEGA
Com o portfólio rigorosamente selecionado pelo empresário francês Philippe de Nicolay Rothschild, membro de uma das mais tradicionais famílias de produtores de vinho da França, o e-commerce oferece uma grande variedade de rótulos de emblemáticas regiões vinícolas do mundo. Ao acessar o www.edega.com.br, o consumidor encontra mais de 240 vinhos da França, Itália, Portugal, Espanha, Chile e de renomados produtores - alguns deles, inclusive, estão entre os melhores do mundo em suas categorias. Um belo exemplo são os grandes vinhos dos Domaines Barons de Rothschild (Lafite) e outros exemplares de vinícolas reconhecidas internacionalmente por importantes especialistas, como Domaine Weinbach (Alsácia) e Casa Marín (Chile).

SOBRE O PNR GROUP
O PNR Group, fundado em 2014 pelo empresário francês Philippe de Nicolay Rothschild, é uma importadora e distribuidora de vinhos que traz com exclusividade aos consumidores brasileiros os rótulos dos Domaines Barons de Rothschild (Lafite), os champagnes Barons de Rothschild, assim como vinhos de outros produtores selecionados pessoalmente pelo seu presidente.
Em julho de 2019 surgiram duas divisões: Edega (www.edega.com.br), um e-commerce de vinhos que disponibiliza o Clube Edega, o primeiro clube de assinatura de vinhos a oferecer total liberdade de escolha, além do atendimento de um concierge, entre outros benefícios –, e a Monvin, divisão B2B voltada para o mercado especializado.

Ponto Nero apresenta sugestão de ceia harmonizada vegana para o Natal

A marca, com portfolio vegano, lista dicas fáceis e deliciosas para que você aproveitar as festas de final de ano

Chegamos em dezembro, mês de muitas comemorações. Neste período, a magia do Natal invade os corações de todos, os quais entram no clima e se unem para comemorar a data em família (ou com amigos) com um jantar especial no dia 24 de dezembro. Para facilitar as escolhas das harmonizações na Ceia de Natal, a Ponto Nero preparou algumas sugestões incríveis de combinações veganas com a curadoria da embaixadora da empresa, Priscila Dal Lago.

ROCAMBOLE DE CENOURA COM VEGETAIS ASSADOS + SO2 FREE BRANCO
O delicioso rocambole de cenoura com vegetais assados entra em cena neste Natal. O prato é perfeito para acompanhar com o S02 Free Branco, um rótulo caracterizado pela não adição de conservantes em sua composição, visando enaltecer a qualidade da fruta. Que tal esta combinação?!

TORTINHAS VEGANAS DE NOZES, MAÇÃS E PASSAS + LIVE CELEBRATION MOSCATEL ROSÉ
Nada mais clássico do que tortinhas veganas de nozes, maçãs e passas – a cara do Natal, não é? A sugestão harmoniza perfeitamente com o Live Celebration Moscatel Rosé, um exemplar delicado e muito convidativo. A coloração dele é obtida por meio do contato com a casca da uva Moscato de Hamburgo, conferindo um delicado tom rosa pêssego.

A principal dica da embaixadora da Ponto Nero é para que o consumidor use a criatividade e inove, aproveitando esta data especial. “Nós sabemos e já testamos algumas possibilidades que funcionam bem, mas não existe regra. O mais gostoso é você criar combinações de acordo com suas preferências, possibilidades e, principalmente, curtir este momento tão especial do ano”, finaliza.

Mais informações sobre a Ponto Nero em www.pontonero.com.br e/ou em @ponto_nero.

Os produtos da marca podem ser encontrados no e-commerce do Grupo Famiglia Valduga e em redes lojistas conveniadas.

Sobre a Ponto Nero
A marca é reconhecida por seus espumantes que se destacam pelo design moderno, pelo frescor e pela versatilidade de apreciação. Seus produtos, premiados internacionalmente, proporcionam charme e diversão para apreciar cada momento como se fosse único. Os espumantes Ponto Nero Cult estão disponíveis nas versões Brut e Brut Rosé. Já os espumantes Ponto Nero Live Celebration são elaborados nas versões Brut, Moscatel, Glera, Brut Rosé e Moscatel Rosé. Os espumantes Enjoy englobam rótulos de edições limitadas, sempre com espírito inovador, e conta atualmente com Ponto Nero Enjoy Cabernet Franc Rosé e Enjoy Gewurztraminer, lançados com uma tiragem exclusiva de 7 mil garrafas. A marca conta ainda com os espumantes Ponto Nero SO2 Free e o SO2 Free Rosé, caracterizados pela não adição de conservantes em sua composição. E, no topo do portfólio, está o Ponto Nero Icon, elaborado 100% com a casta Chardonnay. Em 2020, a marca inova e destaca a sua característica disruptiva com o lançamento de Becas, marca de vinhos frisantes em lata nas variações Joy Blanc, Fun Rosé e Sweet Moscato. Para mais informações, acesse: Site, Facebook e Instagram.

Sobre o Grupo Famiglia Valduga       
Reconhecido mundialmente por seu padrão de excelência e sua expertise em inovação, é composto pelas empresas Casa Valduga, vinícola que está entre as 10 maiores elaboradoras de espumantes e vinhos do País e que conta com a maior cave de espumantes da América Latina; Domno se dedica a trazer com exclusividade para o Brasil os rótulos mais consagrados do mundo;  Ponto Nero  é reconhecida por seus espumantes que se destacam pelo design moderno, pelo frescor e pela versatilidade de apreciação; Casa Madeira, produtora de sucos, chás, geleias, antepastos e creme balsâmico, entre outros produtos gourmets; Brewine Leopoldina, que elabora cervejas artesanais transformando-as em experiências especiais,  desenhando o caminho perfeito entre os mundos enológico e cervejeiro; Vinotage, uma linha de cosméticos diferenciada à base do óleo extraído da uva, além da novidade Becas, marca de vinhos frisantes em lata que permite degustações saborosas, descomplicadas e em doses na medida certa.  A sede do Grupo fica em Bento Gonçalves (RS), no Vale dos Vinhedos, local onde a Família Valduga instalou-se quando chegou ao Brasil.          

BRArgentina? Na véspera da final, vinho Bien Amigos, da Ambev e Galvão Bueno

BRArgentina? Na véspera da final, vinho Bien Amigos propõe "trégua" na rivalidade entre as torcidas

Parceria entre a Bodega Argentina Dante Robino e a Vinícola Brasileira Bueno Wines propõem a união do melhor dos dois países, futebol e vinho

São Paulo, dezembro de 2022 – Já se imaginou torcendo para Argentina na final do maior campeonato de futebol do mundo? A rivalidade do jogo deste domingo fica de lado na hora de apreciar um bom vinho. Essa é a proposta do Bien Amigos, um blend com a intensidade latina que se complementa em sensações de equilíbrio da mistura da tradicional uva argentina Malbec e a uva brasileira Merlot. O vinho, uma edição limitada de 18 mil garrafas, é o resultado da parceria entre a Bodega Argentina Dante Robino, da Ambev, e a Bueno Wines, vinícola fundada pelo narrador Galvão Bueno - e que já declarou sua torcida para os hermanos - à venda na Amazon por R$ 89,90.

O número de garrafas da edição não foi uma escolha aleatória: ele representa a trajetória de Galvão Bueno atuando em Copas do Mundo. Desde sua estreia narrando Alemanha Ocidental x Austrália na Copa de 1974, até o último jogo desta edição do torneio, em andamento agora no Catar, Galvão somará pouco mais de dezoito mil dias como narrador da competição.

O blend perfeito para torcer e presentear

Uma ótima opção de presente nas festividades de fim de ano, o Bien Amigos é um vinho jovial de estrutura média, o Bien Amigos é um vinho com intensidade que se complementa em sensações de equilíbrio em boca. Criado pelas mãos dos especialistas das duas vinícolas, possui notas de frutas vermelhas maduras, destacando-se ameixa e mirtilo com toques de pimenta negra. Para apreciar ainda mais o seu sabor, recomenda-se a harmonização com assados de carne vermelha, feijoadas e finger foods a base de queijos e charcutaria.

Venda na Amazon: https://a.co/d/6EKMpzC

Fotos para divulgação: https://drive.google.com/drive/folders/1k6Nh6MzkM0VYOIlpkLyw94h5sKRzGHQu?usp=sharing

Ficha Técnica:
Terroir: Região: Campanha Gaúcha – RS
Solo: Areno Argiloso de topografia plana
Clima: Quente e subúmido
Variedade(s): Merlot e Malbec
Colheita: Manual e seletiva

Vinificação:
Identificação do perfil da uva no vinhedo;
Seleção de cachos;
Desengace total, sem esmagamento;
Enchimento do tanque de aço inoxidável por gravidade;
Maceração pré-fermentativa a frio;
Fermentação alcoólica e maceração a temperatura controlada de 18°C a 23°C;
Maceração pós-fermentativa;
Descube por gravidade e separação do vinho flor do vinho prensa;
Fermentação malolática espontânea e completa

Degustação:
Análise visual: Coloração violáceo profundo;
Análise olfativa: Notas de frutas vermelhas maduras, destacando-se ameixa e mirtilo com toques de pimenta negra;
Análise gustativa: De estrutura média, jovialidade e intensidade se complementam em sensações de equilíbrio em boca;

Serviço e Harmonização:
Harmonização: Assados de carne vermelha, feijoadas e finger foods a base de queijos e charcutaria;
Temperatura de Serviço: Entre 16º e 18ºC
Taça recomendada: Bordeaux

Aprenda a escolher vinhos para a estação do verão

Docente de Enogastronomia e Introdução aos Vinhos do Senac EAD dá dicas de harmonização com cardápios especiais

Nos últimos dois anos, o Brasil registrou um aumento substancial no consumo de vinhos, crescendo 12 posições no ranking dos países com maior mercado da bebida. A informação divulgada pela consultoria Wine Intelligence Global Compass Classification aponta que o país é o 14º colocado e os tipos mais apreciados são: tintos (92%), brancos (45%) e rosés (30%).

Desse modo, o consumo no ano passado chegou a 50 milhões de pessoas no país, registrando um crescimento de 30% em relação ao ano anterior (2020). A informação que colaborou com esse resultado estatístico foi a frequência de consumo da bebida, sendo que os respondentes afirmaram consumir o produto, pelo menos uma vez ao mês.

O sommelier e docente dos cursos de Enogastronomia e Introdução aos Vinhos, Ken Francis Kusayanagi, avalia o cenário econômico, da seguinte perspectiva: “O crescimento do consumo de vinhos no Brasil continua em alta e isto tem a ver especialmente com a popularização da bebida, bem como a sua associação com alimentos e benefícios à saúde”.

Contudo, apesar da popularização da bebida e o crescimento na produção nacional, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre a harmonização do vinho com determinados tipos de alimentos. Sendo assim, o especialista destaca as principais diferenças

- Vinhos tintos mais suaves conquistaram o paladar dos consumidores, porque tem menor acidez e tanino. Sendo assim, favorecem a harmonização com pratos leves (saladas, por exemplo) e mesmo alguns peixes mais gordos.

- Vinhos brancos, especialmente os mais frescos, se saem muito bem com receitas que usam carnes pouco gordurosas e queijos, de modo geral.

- Vinhos rosés, dependendo da produção, podem harmonizar com pratos como: carpaccio, carne de onça, quibe cru, saladas e sopas frias, como o gaspacho espanhol.

- Espumantes vão bem com todos os alimentos, especialmente o brut que tem uma concentração mais baixa de açúcar, apresentando um sabor final mais seco.

Crédito da imagem: Pixabay

Dicas para não errar na combinação

Alguns cuidados são necessários quando se deseja combinar o vinho com o cardápio de um almoço, jantar ou outra ocasião especial. Nesse sentido, o docente do Senac EAD destaca pontos importantes como a temperatura e o modo de preparo dos alimentos.

“O vinho não pode ser gelado ou natural demais e o tipo de cozimento dos alimentos deve ser definido previamente. Por exemplo, se o prato principal for um peixe com molho de manga, o vinho de acompanhamento deve reforçar o frescor da proteína e da salsa. Por outro lado, se o alimento for mais condimentado é melhor optar por opções menos alcoólicas e mais jovens”, explica.

Uma dica interessante compartilhada por Ken é sobre o coringa dos vinhos: o espumante brunt. “É um produto produzido com maestria no Brasil e vai bem com diferentes preparos, seguido pelos brancos e o rosé que não é tão explorado na nossa gastronomia, mas oferecendo um excelente resultado, em termos de sabor e qualidade”, observa.

Oportunidades de trabalho com vinhos

O Senac EAD conta com cursos de Introdução ao Vinho e Enogastronomia, para atender pessoas interessadas em conhecer mais sobre o produto, ou ainda, que desejam iniciar a profissão de sommelier. As aulas são gravadas e oferecidas exclusivamente na modalidade à distância, de modo que o aluno possa escolher o melhor horário para acompanhar o curso.

De acordo com o docente, inicialmente, os participantes aprendem sobre o produto, estilos, características sensoriais, temperaturas de serviço e um pouco sobre harmonização. “São conhecimentos básicos, mas suficientes para que o aluno aprenda quais os focos de harmonização, por afinidade e contraste. Do mesmo modo, atende necessidades de conhecimento de garçons, consultores e chefs de cozinha”, conclui.

Portanto, se ficou interessado em aprender mais detalhes sobre o setor de vinhos, matricule-se nos cursos livres de Enogastronomia ou Introdução aos Vinhos. Aproveite ainda, para conhecer mais opções na área de gastronomia.

Sobre o Senac EAD
Com mais de 75 anos de atuação em educação profissional, o Senac foi pioneiro no ensino a distância no Brasil. A primeira experiência nessa modalidade se deu em 1947 com a Universidade do Ar, em parceria com o Sesc, que ministrava cursos por meio do rádio.

A partir de 2013, com o lançamento do portal Senac EAD, a instituição ampliou a sua atuação em todo o país. Hoje, oferece um amplo portfólio de cursos livres, técnicos, de graduação, pós-graduação e extensão a distância, atendendo todo o Brasil e apoiados por mais de 370 polos presenciais para avaliações.

Acesse aqui a programação completa de cursos do Senac EAD. Há também um portfólio diversificado de cursos presenciais que pode ser conferido no portal da instituição.

VINHOS DA CONCHA Y TORO PARA CELEBRAR O DIA INTERNACIONAL DA CARMÉNÈRE

Conheça 4 rótulos feitos com essa uva (e com descontos generosos) para brindar

Nesta quinta, 24 de novembro, é comemorado o Dia Internacional da Carménère, uva que ressurgiu das cinzas no Chile, após ter sido extinta pela filoxera no século 19, em Bordeaux.

Ressureição e resiliência são duas palavras que definem a essência da Carménère, cepa mais emblemática do Chile, que responde por 10% de toda a produção mundial de vinhos tintos. Depois de sua extinção em Bordeaux em meados do século 19, ela ressurgiu no Chile graças ao plantio de vinhas da espécie trazidas por imigrantes franceses. E alí cresceu e se proliferou vindo a ocupar cenário de destaque na viniviticultura chilena, passando inclusive a ter um dia e um terroir para chamar de seu.

Para celebrar a data, a Concha y Toro selecionou quatro rótulos vindos do berço do Carménère, da região do Peumo, no Vale de Cachapoal, e, em sua loja virtual www.descorcha.com/br,
irá oferecer 20% de desconto:

Carmín de Peumo, integrante da The Cellar Collection, apresenta tonalidade vermelho escuro profundo com tons violeta. No nariz, é muito elegante, complexo e mineral, com notas de amora e um toque de cassis. Preenche a boca com taninos maduros subjacentes. Profundo, concentrado, com um retrogosto longo e matizes características do terroir de Peumo. Apresenta nuances de grafite e minerais. Fácil de beber, como um assemblage moderno de Bordeaux, mas com a fineza e o toque frutado do Novo Mundo. Tem 14,5% de graduação alcóolica, e é feito com 95% de Carménère, 3,5% de Cabernet Sauvignon, e 1,5% de Cabernet Franc. (Pontuação safra 2018: 98 pts. Descorchados I 96 pts. Tim Atkin I 95 pts. La Cav I 94 pts. Robert Parker I 94 pts. James Suckling I 94 pts. Wine & Spirits I 94 pts. Vinous)
https://descorcha.com/br/inicio/50-91-vinho-chileno-carmin-de-peumo-carmenere.html#/19-formato-garrafa

Terrunyo, o primeiro vinho a ter a identidade Carménère em seu rótulo, em 1998, é o melhor embaixador de Peumo, um dos melhores terroirs para esta cepa. Profundo, de cor púrpura e escura, mostra todo o caráter da Carménère, com notas de mirtilos e bagas, cedro e violeta. Na boca é fresco e frutado. Delicado, com acidez rica e taninos doce, fruta abundante e final longo e persistente. (Pontuação safra 2019: 93 pts. Tim Atkin I 93 pts. Robert Parker I 92 pts. Vinous I 91 pts. James Suckling I 90 pts. Wine Enthusiast I 90 pts. Wine & spirits I 90 pts. Wine Spectator)
https://descorcha.com/br/inicio/52-95-vinho-chileno-terrunyo-carmenere.html#/19-formato-garrafa

Marques da Casa Concha Carménère mostra o perfil clássico do Carménère de Peumo e representa o excelente desempenho desta cepa no Chile. De cor vermelho profundo e escuro, com notas intensas de ameixas maduras, salsaparrilha preta e chocolate amargo, o vinho mostra uma estrutura tânica firme e acidez marcada. (Pontuação safra 2019: 95 pts. La Cav I 94 pts. Descorchados I 92 pts. James Suckling I 92 pts. Vinous I 91 pts. Robert Parker I 91 pts. Wine Spectator I 92 pts. Tim Atkin).
https://descorcha.com/br/inicio/34-66-vinho-chileno-marques-de-casa-concha-carmenere.html#/19-formato-garrafa

Gran Reserva Carménère, de cor púrpura intensa e escura, traz no nariz muito mirtilo, páprica grelhada e um toque de pimenta negra e branca. Apresenta boa concentração de aromas, e na boca é frutado, com sabor fresco, acidez rica, taninos doces com muita fruta, que lhe conferem um final longo. O potencial de guarda é de 5 anos, e este rótulo combina bem com queijos maduros e a típica cozinha chilena. (Pontuações Safra 2020: 93 pts. James Suckling I 91 pts. Wine Spirit 90 pts. Tim Atkin I 90 pts. Vinous I 94 pts. La Cav I 92 pts. Descorchados).
https://descorcha.com/br/inicio/1417-116-vinho-chileno-gran-reserva-carmenere.html#/19-formato-garrafa

A loja virtual da Concha Y Toro pode ser acessada pelo endereço descorcha.com/br. Para o desconto nos rótulos Carménère - Gran Reserva, Marques de Casa Concha, Terrunyo e Carmín de Peumo – basta usar o código Carmenereday. A promoção é válida para o período de 24 a 27 de novembro.

Origem da Carménère
Amplamente cultivada na região do Medoc, a Carménère quase deixou de existir, não fosse pelo protagonismo que recebeu do Chile, maior produtor mundial da cepa, e uma das regiões vinícolas do mundo livres da filoxera. A majestosa Cordilheira dos Andes, o imponente Oceano Pacífico, a aridez do deserto do Atacama e o gelo eterno agem como barreiras naturais intransponíveis pelas pragas. Some-se a isso verões longos e secos que conferem ao país a condição de antídoto natural contra doenças que assombram a vinha.
Estima-se que a Carménére tenha chegado ao Chile entre 1840 e 1890, misturada com outras variedades de videiras tintas trazidas por viticultores chilenos convencidos do grande potencial destas terras para o desenvolvimento do vinho. Durante décadas, a cepa foi cultivado na crença de que era uma variedade chilena de Merlot, conhecida como "merlot chileno". Em 1994, o ampelógrafo francês Jean Michel Boursiquot, visitando o país, identificou o "Merlot chileno" como Carménère. Redescobrir essa uva tinta no país teve enorme relevância na história do vinho chileno.

Vinhedo Peumo
Peumo é uma das vinhas mais antigas da Concha Y Toro e berço de seus elegantes Carménère. O vinhedo está localizado a 170 metros acima do nível do mar e se estende ao longo do rio Cachapoal, em socalcos da Cordilheira da Costa. A primeira vez que a Viña Concha y Toro plantou esta variedade foi em Peumo, onde se desenvolveu extraordinariamente e se enraizou na região. As vinhas correspondem a estacas pré-filoxera e são conduzidas em treliça vertical e cordão.

Quase 30 anos de trabalho com a Carménère foram fundamentais para o manejo adequado dessa variedade sensível. A Concha Y Toro buscou criar vinhos únicos, capazes de expressar seu lugar de origem, que refletissem fielmente a essência de um vinho associado ao terroir Peumo, considerado a melhor origem para o desenvolvimento da variedade no Chile.

Descobriu-se que a Carmenere prefere solos profundos que contêm proporções semelhantes de argila, lodo e areia. Estes solos devem proporcionar uma boa drenagem, mas ao mesmo tempo serem capazes de reter água, permitindo à uva desenvolver uma folhagem ativa, e assim, conseguir uma evolução lenta dos seus frutos sem alterar o seu processo de amadurecimento até ao dia da colheita.

O clima mais favorável inclui invernos chuvosos seguidos por uma estação seca prolongada, pois a colheita ocorre no outono. A Carménère é muito sensível à geada e prefere temperaturas mínimas e máximas que aumentam lentamente durante a primavera e depois permanecem constantes até o dia da colheita. Uma oscilação térmica acentuada durante o dia também é necessária durante o período de maturação da uva.

O trabalho no vinhedo consiste em respeitar o período de maturação da vinha, de forma a obter a máxima expressão do fruto. A Carménère exige que cada aglomerado receba o máximo de sol possível. Às vezes, os taninos maduros e a doçura do grão dão a impressão de que a uva está pronta para ser colhida, mas são os aromas da uva que determinam o momento preciso de sua colheita.

O Vinho
Para o Carménère, o dia da colheita é crucial. Se feita com antecedência, o vinho ficará rústico e desequilibrado. Se esperar o momento certo, será redondo e com um final longo. Para saber se a uva está pronta para ser colhida, ela deve ser degustada diretamente da videira, considerando apenas a casca e descartando a polpa e as sementes. Se a casca dos grãos estiver áspera ao mastigar e forem percebidas notas de páprica e pimenta, deve-se esperar.

O vinho Carménère está pronto quando se apresenta macio e maduro na boca, com notas de figos e frutas vermelhas. As cepas, colhidas à mão, bloco a bloco, chegam à adega com a maturidade exata. O trabalho na adega deve preservar as qualidades e expressividade que a fruta adquiriu lentamente na vinha, sem danificar ou alterar a identidade da casta.
Uma das características mais marcantes da cepa Carménère é a cor carmim que suas folhas adquirem no outono. Embora seja geminada com Merlot, Carménère pertence à família Cabernet. De fato, na França, Carménère é conhecido como Grande Vidure, enquanto Cabernet Sauvignon é Petite Vidure; tal denominação explica a diferença de tamanho de suas respectivas bagas.

Características
Carménère é um vinho caracterizado por uma profunda cor vermelho-violeta e suavidade. Ao contrário de um Cabernet Sauvignon ou de um Syrah, é um vinho sedoso, denso e suculento em que os taninos não incomodam. Por isso, é uma variedade muito valorizada para suavizar outras variedades com taninos mais pronunciados, mas também oferece excelentes resultados como vinho varietal. Graças ao excepcional terroir e às plantas de Peumo envelhecidas, os vinhos produzidos com a Carménère na Concha Y Toro são maduros, com frutas vermelhas e pretas, notas suaves de figo e sem as notas apimentadas que caracterizam o Carménère de outras regiões do Chile.

Sobre a Viña Concha Y Toro
Com mais de 135 anos de história, a Viña Concha y Toro é empresa líder no segmento de vinhos. Segundo dados da consultoria Wine Intelligence, atualmente é a maior exportadora de vinhos da América Latina e uma das principais marcas de vinho do mundo presente em mais de 130 países.

Sediada em Santiago do Chile, possui 12.313 hectares de vinhedos plantados nos melhores vales vitivinícolas do Chile, Argentina e Estados Unidos. Tem 13 escritórios de vendas em seus principais mercados ao redor do mundo. Em 2021, a Viña Concha y Toro tornou-se uma Certified B Corporation, concedida para as empresas comprovadamente comprometidas com a agenda ESG.

No Brasil, a VCT, filial e distribuidora do Grupo Concha y Toro, representa no país todos os produtos das vinícolas Concha y Toro, Trivento e Bonterra.

Grand Week: Grand Cru se prepara para bater recorde de vendas

Serão quatro fases de ações promocionais aproveitando o aquecimento do mercado durante o mês de Black Friday
Novembro é um mês comercialmente muito importante para a Grand Cru, maior importadora e distribuidora de vinhos finos da América Latina. Com a já consagrada “Grand Week”, a marca supera-se a cada ano, com novos desafios para alcançar recordes de vendas. Para 2022, com o aquecimento do mercado de vinhos focado nas celebrações de final de ano, somado ao aumento do consumo de vinho pelos brasileiros e à Copa do Mundo, o objetivo é elevar o faturamento da ação em 2020.

Para concluir a meta, a marca preparou quatro fases de campanha, focadas em condições de compra e benefícios para o consumidor. O mês se inicia com a Grand Week, de 04 a 15 de novembro, uma seleção de rótulos fará parte da ativação compre e ganhe nas lojas físicas e no site, na qual haverá bonificação cumulativa de vinhos por compra. A cada semana novos best sellers se somam à lista. A partir do dia 16, acontece a “Grand Friday”. Com uma forte mecânica para aceleração de vendas, a importadora inclui 25 novos rótulos na ativação compre e ganhe, além de uma seleção com 50% off na unidade.

Com as promoções ao longo de novembro, a marca visa atender o consumidor que enxerga a Black Friday como a oportunidade ideal para renovar sua adega, antecipar as compras de festas e presentes para as comemorações de final de ano. Para isso, fizeram uma rica seleção de vinhos que contam com a curadoria renomada da Grand Cru.

Tanto na “Grand Week”, quanto na “Grand Friday”, a lista de vinhos selecionados conta com os best sellers da marca. Dentre eles, a primeira fase já conta com rótulos das vinícolas Felino, Niepoort e Escorihuela Gascon. Na fase dois, entram outras vinícolas, como Nieto Senetiner, Barone Montalto e Leyda. Na terceira fase, a lista fica completa, adicionando ainda Pizzorno, Mazzei e Errazuriz. Já a “Grand Friday”, conta com vinhos Zuccardi, Erminia Perini e a linha Stardust.

Confraria Grand Cru

O clube de assinaturas da Grand Cru é reconhecido pelas vantagens que oferece aos seus participantes. Para os confrades, a “Grand Week” é antecipada, começando no dia 31 de outubro. Além disso, o desconto especial de 15% da confraria soma-se às promoções das quatro fases da campanha.

A “Grand Week” e a “Grand Friday” acontecem no site e lojas físicas, onde o cliente ainda tem a oportunidade de degustar rótulos antes da decisão de compra. A marca ainda oferece atendimento via WhatsApp, pelo número (11) 94003 0586. Para acompanhar as promoções, a importadora atualizará frequentemente sobre a "Grand Week" em suas mídias sociais, site e lojas.

Sobre a Grand Cru

Grand Cru é a maior importadora e distribuidora de vinhos premium do Brasil. Fundada em 1998, hoje possui um portfólio com mais de 1300 rótulos de todo o mundo entregue para qualquer região do país. Desde 2022 faz parte do Víssimo Group. É a única empresa do segmento com forte atuação multicanal, incluindo franquias, lojas de operação própria, live commerce, app, e-commerce, clube de assinaturas e distribuição aos melhores restaurantes, hotéis e bares, além de empórios e supermercados. São décadas de tradição sendo reconhecida como sinônimo de qualidade pela experiência única que proporciona aos apaixonados por vinhos, dos experts aos iniciantes, com selo Great Place to Work (GPTW), que reconhece a empresa como uma das melhores para se trabalhar.

Site: https://www.grandcru.com.br

Instagram:@grandcruvinhos
Facebook: https://www.facebook.com/grandcruvinhos

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCpiJ7K5VMDwZlqkdCD1cefA

Lançamento do Vinho Putos para o mercado de vinhos ontem em Curitiba!

Os humoristas Danilo Gentili , Diogo Portugal e Oscar Filho fizeram uma lançamento  com a Importadora Porto a Porto Importadora, o evento aconteceu no Curitiba Comedy Club e foi transmitido pelo canal do youtube do humorista Diogo Portugal!

 @danilogentili

@oscarfilho

@diogoportugal

@portoaporto

ICONS: A REINVENÇÃO DAS EMBALAGENS MAIS ICÔNICASDA MAISON VEUVE CLICQUOT

Para celebrar seu 250º aniversário, Veuve Clicquot lança uma coleção exclusiva das embalagens
mais emblemáticas da marca, agora reeditadas de forma sustentável

Clique Para Download
link.php?code=bDpfX19JTUdfX18xaEpqT3hnek56a0RaNkluWXUwMmJqNVNZeUpYWjBCVWFzeFdaalZIYmgxV1l6TlhadUZtZDZVVE56WURONGt6TndFak9uNUdjdUlUWTVrVFl5VVdNeWdETmtkek0wY3pZa05UWW1aRE80VVdOeVF6WTBRbVlHSlRKMFFtWUdKVEoxQVROd1FqUnlVaU0ySUROeDhWTDBFVExmcHpNOjEwNzk4NDYzNTU6dmFuZXNzYW1hbHV jZWxsaUB0ZXJyYS5jb20uYnI6ZTA5NmNmOjJh
Como a Maison de champanhe mais premiada por design criativo e inovador globalmente, Veuve Clicquot deixou sua marca no mundo, reinventando-se continuamente nos últimos 250 anos. Neste ano de comemorações, lança a Coleção Icons, apostando em propostas sustentáveis. As novas versões de Ice Jacket, Ice Box e Fridge ajudam a contar, cada uma a sua maneira, a história da conhecida Casa de Champagne.

Seguindo o DNA da Veuve Clicquot, sempre ligado ao design e a objetos funcionais, os Icons serão os objetos de desejo dos fãs da marca. São 100% recicláveis, livres de plástico e com emissões de gases de efeito estufa muito inferiores às edições anteriores, em alinhamento com os compromissos da Veuve Clicquot para reduzir em 50% suas emissões até 2030.
Clique Para Download
link.php?code=bDpfX19JTUdfX183aEpqTzFNalkwVURaNkluWXUwMmJqNVNZeUpYWjBCVWFzeFdaalZIYmgxV1l6TlhadUZtZDZVVE56WURONGt6TndFak9uNUdjdVlETXhZak15UUdaNVEyWXhVRE01RVdZaU5tWWpOV1ptbFROeE1XWmxaMllHSlRKbFoyWUdKVEoxQVROd1FqUnlVaU0ySUROeDhWTDBFVExmcERPOjEwNzk4NDYzNTU6dmFuZXNzYW1hbHV jZWxsaUB0ZXJyYS5jb20uYnI6OTAzNTA1OjJh
ICE JACKET: lançado inicialmente em 2004, elaborado em Neoprene e inspirado nos trajes de mergulho. Agora, foi recriado em colaboração com a Central Saint Martins, Universidade de Artes de Londres, sob o prisma do eco-design, com o “tricô 3D”, impressão digital tridimencional. A nova versão é feita 100% em plástico reciclado, pode ser reutilizada quantas vezes for necessário e mantém o champagne refrigerado.
(Preço médio: R$ 558,00)
ICE BOX: lançado em 2000, inspirado no origami japonês, abre como uma flor, transformando-se em um balde de gelo. Sua releitura é feita em papelão certificado pelo FSC com uma camada interna e impermeável composta de 70% de materiais reciclados, pode ser reutilizado muitas vezes. Literalmente, o balde de gelo mais sustentável da história, basta adicionar gelo e aproveitar.
(Preço médio: R$ 550,00)
Clique Para Download
0==QYyojNjZTNlJjOyJmLt92YuEmcyVGdAlGbsV2Y1xWYtF2czVmbhZnO1UzM2QDO5cDMxozZlBnauc3bsJDMjFzNlJmM4EWZmRWY5kDZxcDN0UTY1MjMkNGO4cTNGJTJ4cTNGJTJ1ATNwQjRyUiM2IDNx8VL0ETLfpzM
Clique Para Download
link.php?code=bDpfX19JTUdfX181aEpqT2xOMllpWmpZNkluWXUwMmJqNVNZeUpYWjBCVWFzeFdaalZIYmgxV1l6TlhadUZtZDZVVE56WURONGt6TndFak9uNUdjdUVUWXhjVE96TVRPbEpXWm1SR04zQXpObFpHTmhkek1rUmpOMUVqTjBnek1HSlRKMGd6TUdKVEoxQVROd1FqUnlVaU0ySUROeDhWTDBFVExmcERNOjEwNzk4NDYzNTU6dmFuZXNzYW1hbHV jZWxsaUB0ZXJyYS5jb20uYnI6OTYxYzQwOjJh

FRIDGE: lançado em 2010, imita as geladeiras dos anos 1950, incorporando a capacidade da marca em reinventar objetos cotidianos. Sua reedição é feita em colaboração com o pioneiro designer industrial SMEG, livre de plástico e feita em lata reciclável. Mantém o champagne gelado por até duas horas.
(Preço médio: R$ 579,00)
Os Icons estão à venda nos principais empórios e lojas de vinhos do Brasil.
LVMH (11) 3062-8388

Grand Cru realiza campanha Outubro Rosé em parceria com o Instituto Protea

Durante o mês de outubro, rótulos selecionados terão parte da venda revertida para a causa do câncer de mama
O mês de outubro ganha a cor rosa e, no universo da Grand Cru, maior importadora e distribuidora de vinhos finos da América Latina, os vinhos rosés se destacam nas vitrines. Em sua campanha ‘Outubro Rosé’, a marca destinará parte da venda de rótulos selecionados ao Instituto Protea - ONG que oferece tratamento gratuito às mulheres com câncer de mama em situação de vulnerabilidade social.

São mais de 20 rótulos selecionados e, em compras acima de R$500 o cliente ganha um vinho Erminia Perini tanto nas lojas, quanto nos canais digitais. “Abrir espaço para a conscientização do câncer que mais atinge mulheres é algo muito importante para nós. A campanha do Outubro Rosé traz um lindo propósito: ajudar àquelas que tanto precisam. Em mais um ano, nos unimos ao Instituto Protea, que atua há quatro anos na causa, com objetivo de colaborar com o trabalho que eles realizam com tanto carinho e seriedade”, comenta Maria Fernanda Trentini, Head de Marketing do Víssimo Group.

O Instituto Protea atua em parcerias com hospitais privados filantrópicos para dar acesso rápido e de qualidade aos pacientes em vulnerabilidade social. Quando diagnosticado precocemente e com tratamento adequado, o câncer de mama tem até 95% de chances de cura, mas atualmente 25% das pacientes brasileiras morrem em até 5 anos do diagnóstico. O conselho médico da ONG é formado por alguns dos especialistas em câncer de mama mais renomados do Brasil. Para saber mais como ajudar, acesse: https://protea.org.br/ .

Sobre a Grand Cru

Grand Cru é a maior importadora e distribuidora de vinhos premium do Brasil. Fundada em 1998, hoje possui um portfólio com mais de 1300 rótulos de todo o mundo entregue para qualquer região do país. Desde 2022 faz parte do Víssimo Group. É a única empresa do segmento com forte atuação multicanal, incluindo franquias, lojas de operação própria, live commerce, app, e-commerce, clube de assinaturas e distribuição aos melhores restaurantes, hotéis e bares, além de empórios e supermercados. São décadas de tradição sendo reconhecida como sinônimo de qualidade pela experiência única que proporciona aos apaixonados por vinhos, dos experts aos iniciantes, com selo Great Place to Work (GPTW), que reconhece a empresa como uma das melhores para se trabalhar.

Site: https://www.grandcru.com.br

Instagram:@grandcruvinhos
Facebook: https://www.facebook.com/grandcruvinhos

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCpiJ7K5VMDwZlqkdCD1cefA

ProWine2022

CEO da Família Salton fala sobre sustentabilidade no primeiro dia da
Colheita de uvas da vinícola, Família Salton | Foto: Divulgação

São Paulo, 28 de setembro de 2022 -- No primeiro dia da ProWine 2022, feira focada no segmento B2B e principal evento para profissionais do vinho, (de 27 a 29/9 12h00 às 19h00 no Expo Center Norte - SP), a Família Salton -- a mais antiga vinícola em atividade no Brasil e líder no mercado nacional de espumantes desde 2005 -- representada por seu CEO, Mauricio Salton, participou da mesa redonda com o tema central do evento, a sustentabilidade.

Durante sua apresentação, o CEO falou sobre o tema sustentabilidade como uma preocupação frequente da empresa, que desenvolve diversas ações que seguem o Pacto Global da ONU, entre elas: a diminuição de agroquímicos, a catalogação do solo, o manejo sustentável, a preservação de biomas, o inventário de emissão de gases de efeito estufa, garrafas aliviadas entre outras. Além disso, a marca apresentará em seu estande no evento três novos rótulos: Espumante Giornata, Salton Atos Branco de Maceração e Salton Paradoxo Riesling.

“O tema sustentabilidade é para a Família Salton um trabalho contínuo para manter nosso legado na elaboração de vinhos. A empresa entende que a preservação do meio ambiente é fundamental e é a melhor forma de zelar pelo futuro do negócio. Atuar com sustentabilidade, compartilhando nossas descobertas e melhores práticas com os nossos parceiros, é nosso propósito de empresa cidadã, cada vez mais comprometida com o desenvolvimento do país”, destaca Mauricio Salton, CEO da empresa.

Sobre a Família Salton

A Salton é a marca número 1 de espumantes no Brasil (Wine Intelligence, 2022), liderando a categoria no mercado nacional desde 2005 (Nielsen). É reconhecida ainda como a maior produtora de espumantes do país (Adega Ideal, 2022). Foi a primeira marca nacional a conquistar o Top 1 de vinhos no Brasil (Wine Intelligence, 2019), além de ser a marca de espumante brasileiro mais consumida e a 5º mais importada pelos Estados Unidos (Ideal Consulting, 2020). Apreciados em cerca de 30 países, seus rótulos acumulam mais de 130 premiações nacionais e internacionais, conquistadas nos três últimos anos.

Com 112 anos, é a vinícola mais antiga em atividade no Brasil. Referência em sustentabilidade, a companhia possui um Núcleo de Inovação, Pesquisa & Desenvolvimento que, em parceria com universidades, projeta soluções do campo à indústria, garantindo as melhores práticas e incentivando o desenvolvimento de toda a cadeia vitivinícola do Brasil. Suas operações são divididas em quatro unidades de negócio: a Vinícola Salton, em Bento Gonçalves-RS; a Azienda Domenico, em Santana do Livramento-RS; a Enoteca Família Salton, em São Paulo-SP; e o Complexo Presidente, em Jarinu-SP.

Gastronomia do Centro Europeu promove master class de vinhos nesta quarta-feira

O curso de Sommelier do Centro Europeu promove, nesta quarta-feira (21), às 15h, em sua escola de gastronomia, um master class de vinhos com a embaixadora da Vinícola Morandé, Keli Bergamo.
A vinícola chilena inovou na produção e comercialização de variedades mediterrânicas de uvas como Cinsault, Carignan e Garnacha, entre outras. A Morandé é reconhecida mundialmente por colheitas de alta densidade, melhorando assim a qualidade das vinhas, o que se reflete na qualidade dos vinhos.
A adega também foi precursora na produção do primeiro vinho de colheita tardia do Chile e também foi a primeira a ser reconhecida como 100% sustentável.
As vagas para o Master Class da Vinícola Morandé são limitadas e devem ser feitas pelo whatsapp (41) 98723-97 64.

Paranaense MMV participa da maior feira de vinhos da América do Sul

Importadora paranaense MMV terá um stand pela primeira vez na Wine South America, que acontece em Bento Gonçales, RS.

Após dois anos sem edições por conta da pandemia, será realizado entre os dias 21 e 23 de setembro o Wine South America 2022, o maior evento de vinhos da América do Sul, na cidade de Bento Gonçalves, umas das mecas de produção de vinhos no Brasil.

O evento reunirá mais de 6.600 compradores de 22 países, com cerca de 300 expositores vindos do mundo todo, em um evento destinado para grandes players da vinicultura sul-americana e mundial, e a expectativa é de mais de 20 milhões de reais em negócios fomentados na feira.

Além de expositores com seus produtos, o evento conta com Masterclasses, mesas redondas conduzidas por experts do mundo dos vinhos, os quais abordarão temas como o mercado de vinhos, papel das redes sociais no mundo da viticultura e, é claro, muita degustação de vinho.

“Como a última edição do Wine South America foi em 2019, tem muita coisa nova para ser vista e muito networking para ser firmado, pois o mercado de vinhos no Brasil e no mundo cresceu muito nesse período”, explica Jonas Martins, gerente da MMV, importadora de vinhos da cidade de Curitiba, que estará presente no evento.

A expectativa para a participação da MMV no evento é muito grande, afirma Martins. Essa será a primeira vez que a importadora terá um stand para a exposição de seus produtos. Em 2019, a empresa esteve presente como visitante e, mesmo assim, teve a chance de conhecer um dos produtores que, posteriormente, tornaram-se importadores no Brasil: a vinícola Bodega CarinaE.

Este ano, o principal objetivo da MMV é conhecer novos clientes, como bares, restaurantes e lojas de varejos, os quais possam ter os produtos exclusivos que a importadora traz para o Brasil. Assim, a MMV levará amostras de todo o “arsenal” de vinhos que compõem seu portfólio. Atualmente, a empresa trabalha com vinícolas do Brasil, Chile, Argentina, Uruguai, Itália e Portugal, com centenas de rótulos e tipos de vinhos que vão de opções mais “em conta”, porém com qualidade, até vinhos mais refinados e exclusivos.

Para poder reforçar o time, estarão presentes no stand da empresa dois produtores. Um deles é Carlos Meza, da vinícola La Prometida, localizada em Cauquenes, no Maule, ao sul do Chile, que produz vinhos como os cheios de personalidade intensos e extremamente marcantes, que definem o terroir e característica das uvas que formam a linha Revoltosa.

Outro participante será Manuel Valdez, da vinícola Cinco Sentidos, localizada em Palmira, Mendoza, na Argentina. Esse é o parceiro de longa data da MMV, que há 17 anos traz vinhos da Cinco Sentidos para o Brasil, marcados pelos aromas requintados e tons cativantes. Vinhos francos e verdadeiros, fornecidos com a expressão do terroir.

Ainda, Martins diz que a Wine South America também é uma grande chance para conhecer outros produtores do mundo todo. A MMV tem como essência sempre buscar produtores de menor porte e que produzam vinhos exclusivos, especialmente respeitando o processo, a excelência de produção e a paixão pela viticultura.

O evento é destinado especialmente aos profissionais de vinhos, mas existe a possibilidade de adquirir ingressos no site do evento, com preços que variam de 150 a 800 reais (para os 3 dias de evento).

Serviço

A Wine South America 2022: https://www.winesa.com.br/

Data: 21 a 23 de setembro

Horário: das 14 às 21h, com acesso até as 20h

Local: FUNDAPARQUE em Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul

MMV: Stand n.º 91

Proibida a entrada de menores de 18 anos, mesmo que acompanhados

Pratos com mignon, salmão e tilápia na estreia da Barbarella Bakery no Restaurant Week Curitiba

A temporada de festivais gastronômicos deste segundo semestre está só começando, e a badalada Barbarella Bakery Curitiba marca a sua estreia na nova edição do Restaurant Week, a partir desta segunda (5).

A bakery mais instagramável da cidade, no charmoso bairro do Batel, mostra que também é lugar para provar saborosos pratos da culinária contemporânea, com o chef Leandro Fernandes preparando os novos menus.

Egresso de alguns dos mais premiados restaurantes de Curitiba, Leandro conta o que os clientes vão encontrar nos dois menus especiais da Barbarella durante o Restaurant Week.

“Preparamos quatro menus especiais para o Restaurant Week, dois para o almoço e outros dois para o jantar. São opções que levam cortes de mignon, salmão e tilápia acompanhados de entradas e sobremesas dos quitutes mais pedidos na Barbarella”, conta.

Para os menus do almoço, a primeira opção conta com uma entrada de Tapenade de Azeitona com alcaparras, grão de bico e nozes acompanhada de deliciosas torradas de fermentação natural; a Salada de Salmão grelhado com molho agridoce de frutas vermelhas, figo caramelizado e chips de jamon de prato principal; e a indescritível Torta Banoffee de sobremesa.

A segunda opção do almoço tem um Carpaccio de Carne com molho de mostarda, rúcula, lascas de parmesão e as torradas de fermentação natural de entrada; o Mignon Grelhado do Chef com creme de espinafre e batatas prussianas de principal; e a Danish Pastry de sobremesa, que é um pão doce incrivelmente saboroso com arabesco de chocolate Ruby e sorvete de nozes.

Já os menus do jantar têm as mesmas entradas e sobremesas do almoço, mas os pratos principais são substituídos pelo Mignon ao Demiglace grelhado com mousseline de abóbora cabotiá e vegetais grelhados; ou a Tilápia grelhada ao molho de laranja com aligot de batata e aspargos grelhados.

“Queremos mostrar que a Barbarella é mais do que apenas uma Bakery, e que já é mais do que as pessoas podem pensar. Aqui, temos opções para qualquer momento do dia, desde o café da manhã, passando pelo almoço, café da tarde e jantar com menus completos preparados com os melhores produtos da mais alta qualidade”, ressalta Ana Zita Klein, chef e proprietária da Barbarella Bakery.

O menu da Barbarella Bakery no Restaurant Week está disponível a R$ 49,90 no almoço e a R$ 64,90 no jantar até o dia 25 de setembro.

Sobre a Barbarella Bakery

Inaugurada em Curitiba no final de 2021, a Barbarella Bakery é a segunda unidade da prestigiada casa de Porto Alegre premiada 11 vezes como o melhor pão da cidade.

São mais de 20 opções de preparos com fermentação natural “pain au levain” que vão dos tradicionais francês e baguete aos ícones da panificação mundial, como croissant, pain au chocolate, bagel, Viennoise, regionais, entre outros.

Como funciona desde as primeiras horas da manhã até à noite, a Barbarella Bakery tem um amplo cardápio para todos os momentos do dia. Além dos pães especiais, que podem ser comprados frescos na hora ou resfriados à vácuo para consumo posterior, também são oferecidas cerca de 60 opções de sanduíches, quiches, sopas, saladas e sobremesas.

E, como não poderia deixar de ser, a carta de bebidas tem uma ampla variedade de preparos à base de café especial com blend da casa, drinks autorais e clássicos, e uma adega com mais de 40 opções de rótulos de vinhos tintos, brancos, rosés e espumantes.

Serviço:

A Barbarella Bakery fica na Rua Comendador Araújo, 795, Batel. Abre de segunda a domingo, das 8h às 22h, com serviço presencial (estacionamento gratuito disponível) e delivery através do iFood ou no https://deliveryapp.neemo.com.br/delivery/12169/menu. Mais informações: (41) 3076-0167 e no Instagram @barbarellabakerycwb .

Lançamento vinho chileno Qué Bella, rótulo exclusivo Adega Condor

Cara amiga, temos um convite especial para você 😍 Na próxima quinta-feira (1º/9), vamos lançar o Qué Bella, o nosso vinho chileno de importação exclusiva da Adega Condor, que foi desenvolvido especialmente para agradar o paladar feminino.

Convite recebido, presença confirmada,

Vinho chileno Qué Bella, degustar os rótulos, participar de bate-papo inspirador com mulheres protagonistas e com representantes da vinícola TerrAustral.

Evento aconteceu no Dizzy Café Concerto, com a presença da sommelière Debora Breginski e seleto grupo de convidadas.

Rua Treze de Maio,894 -São Francisco, Curitiba-Pr

Fiz algumas imagens  para você meu leitor:

@redecondor

@wbccomunicacao

@deborabreginski

Cinco vinhos para celebrar o dia internacional da Cabernet Sauvignon

Data desta cepa emblemática cai no primeiro dia de setembro. Veja aqui 5 vinhos para você celebrar, de 100 a 1000 reais, alguns deles com origem em Puente Alto, Chile

Todos os anos, na quinta-feira anterior ao Dia do Trabalho, nos Estados Unidos, é celebrado o Dia Internacional da cepa Cabernet Sauvignon. Este ano, a data cai em 1º de setembro, oportunidade para saborear tintos de qualidade e sabor profundo de frutas vermelhas, que definem o estilo desta uva, sinônimo de classe e requinte. Sendo uma das variedades de uvas tintas mais conhecidas, é cultivada em todas as principais regiões produtoras de vinho do mundo.

O Chile é berço de grandes Cabernets Sauvignon, ocupando hoje status de grandeza e projeção internacional. Nesse cenário, destaca-se o terroir de Puente Alto, que dá origem a premiados tintos com a cepa, alguns deles chegando a obter 100 pontos na crítica mundial, caso de Don Melchor 2018. Jancis Robinson, famosa crítica, refere-se a esta região como a “Pauillac” chilena. Por isso, reunimos aqui 5 expressões distintas do Chile, quatro delas com origem em Puente Alto, com vinhos a partir de 100 reais até 1.100 reais, para celebrar o longevo legado da Cabernet Sauvignon.

Gran Reserva Cabernet Sauvignon é produzido no Vinhedo Palo Santo, localizado a 180 metros acima do nível do mar, e se estende ao longo de encostas e terraços próximos à ribeira sul do rio Tinguiririca. A cor é violeta escuro e profundo, e em boca, apresenta notas de cereja, amora e um toque de pimenta negra. De textura suave, quase sedosa, apresenta taninos suaves, que aparecem no seu final prolongado. Tem potencial de guarda de 5 anos, e harmoniza bem com carnes vermelhas, comida mexicana e queijos. Preço: 109,90. Onde comprar: Supermercados Pão de açúcar.

Marques de Casa Concha Cabernet Sauvignon é produzido pelo aclamado enólogo Marcelo Papa, com as cepas Cabernet Sauvignon (91%), Syrah (5%)e Cabernet Franc (4%). É cultivado em vinhedos próximos à Cordilheira dos Andes – Puente Alto, a 650 metros, e Pirque, a 570 metros, e ganha, portanto, forte influência do clima mediterrâneo semi-árido da cordilheir Combina bem com carnes vermelhas e de caça, na grelha ou assadas, com molhos intensos ou toques de acidez feitos com tomate ou vinho, ou ervas como alecrim, tomilho e louro, e é perfeito também para acompanhar a maioria dos queijos. Preço: 169,90; Onde comprar: www.descorcha.com.br

Gravas del Maipo Cabernet Sauvignon integra The Cellar Collection, e tem a chilena Isabel Mitarakis como enóloga. Não há como falar de Gravas sem realçar a extraordinária diversidade do solo e do clima do Chile, que dá vida a este vinho altamente pontuado, complexo e elegante. Gravas homenageia a Cordilheira dos Andes e os cascalhos escondidos, provenientes de solos deslocados, moldados e submetidos à erosão, ano após ano, na milenar bacia do Maipo. Este vinho mostra ótima intensidade aromática, notas de frutas vermelhos e especiarias. Equilibrado na boca, apresenta grande intensidade e profundidade, acompanhada por notáveis taninos que lhe dão corpo e elegância. Preço: R$ 500,90; Onde comprar: www.vivino.com.br

Marques de Casa Concha Heritage estreia com a safra 2020, com o blend típico de Bordeaux que busca expressar fielmente o terroir de onde surgiu toda aquela tradição e herança vitivinícola. As uvas são provenientes de uma seleção meticulosa dos vinhedos El Mariscal e Don Melchor, em Puente Alto. É composto principalmente por Cabernet Sauvignon (84%), Cabernet Franc (12%) e Petit Verdot (4%). Cada uma destas variedades confere uma característica específica ao lote final, que irá variar de ano para ano em função da colheita.“ É um vinho que reflete fielmente a elegância de Puente Alto e que incorpora toda a herança dessa origem, mas com um selo distinto e novo”, afirma Marcelo Papa, Enólogo e Diretor Técnico da Concha y Toro. Preço:R$ 619,00; Onde comprar: www.descorcha.com.br

Don Melchor 2019 - Don Melchor, o primeiro vinho ícone da indústria chilena, lança sua safra 2019, que também é um verdadeiro reflexo de sua origem, Puente Alto, e do rigoroso trabalho liderado pelo Diretor Técnico e Enólogo da Viña Don Melchor, Enrique Tirado, por entender cada detalhe do terroir e obter a melhor expressão dele. A safra 2019 é composta por 92% Cabernet Sauvignon, 5% Cabernet Franc, 2% Merlot e 1% Petit Verdot, e passou 15 meses em barricas de carvalho francês, 72% novas e 28% de segundo uso. Preço: R$ 1099,00; Onde comprar: www.descorcha.com.br

História da Cabernet Sauvignon

No século 17, um cruzamento acidental de Cabernet Franc e Sauvignon blanc deu ao mundo o primeiro gosto do que mais tarde se tornaria um tinto ícone para os amantes do vinho e vinicultores. Então, em 1800, o Cabernet Sauvignon viu seu primeiro aumento de popularidade, principalmente na França. Os vinicultores procuravam constantemente variedades resistentes às mudanças climáticas e fáceis de cultivar. O sabor rico e de frutas escuras que caracterizava a maioria dos vinhos Cabernet Sauvignon tornou-se muito procurado pelos entusiastas do vinho, e a uva rapidamente alcançou o status de uva nobre.

A região vinícola de Bordeaux tornou-se o centro da produção de Cabernet Sauvignon. Hoje em dia, esta casta é produzida pela maioria das regiões produtoras de vinho. França, Itália, EUA e muitos países da América Latina, em especial, o Chile, estão entre os principais produtores de Cabernet Sauvignon. Em 2009, guru de marketing e aficionado de Cabernet Sauvignon, Rick Bakas organizou o primeiro Dia Internacional de Cabernet Sauvignon. O objetivo da celebração é reunir a comunidade de aficionados e enólogos do Cabernet..

O vinho tinto é talvez uma das bebidas mais antigas conhecidas pelo homem. Não é à toa que Plínio, o Velho, um historiador romano, cunhou a frase "In Vino Veritas", que significa "No vinho, há verdade". Embora hoje entendamos a história desta variedade e como ela foi criada, o fascínio e a mística do vinho Cabernet Sauvignon não diminuiu.