Esquadrão da Moda, no ar aos sábados, às 21h15!

cid:image001.png@01D342B2.45BFB580

Inédito: Esquadrão da Moda repagina visual de esteticista que compra roupas no setor infantil das lojas

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=173635&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCPXP152MB3253B53E48EE6FAE3D00CBF2EB650%2540CPXP152MB3253.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCPXP152MB3253B53E48EE6FAE3D00CBF2EB650%40CPXP152MB3253.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%3E-1.1.3downloadAttachment&Message%5Buid%5D=173635&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCPXP152MB3253B53E48EE6FAE3D00CBF2EB650%2540CPXP152MB3253.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCPXP152MB3253B53E48EE6FAE3D00CBF2EB650%40CPXP152MB3253.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%3E-1.1.4
Danieli e Joandre/ Arlindo e Isabella
Foto: Gabriel Cardoso/SBT

O Esquadrão da Moda deste sábado, 11 de julho, vai repaginar o visual da esteticista Danieli, 31 anos de Poá/SP. Ela é miúda, bem baixinha e magrinha. Freqüentemente precisa provar que é maior de idade, seja no trabalho, em viagens ou quando sai para baladas e shows com o marido. O Joandre, o marido, a inscreveu exatamente por isso: ela, por já ser pequena, não passa muita credibilidade quando precisa e ainda para piorar se veste de maneira bem adolescente. Danieli passou por uma reeducação alimentar e emagreceu bastante. Hoje tem emprestado roupas da sua sobrinha de 14 anos e comprado no setor infantil de lojas de departamento: “Ela tem usado muitas blusinhas com personagens, peças infantilizadas”, diz Joandre. Dani se incomoda muito em sempre a acharem mais nova. Caberá a Arlindo e Isabella ajudá-la a escolher peças que se adequem ao seu corpo miúdo, para que Dani se adeque profissionalmente e socialmente.

Friboi patrocina Arraia do Enzo Rabelo

Neste domingo (12), a partir das 17h, empresa promoverá sua linha de espetinhos em live junina do artista mirim

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=173613&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C00f101d656ea%2524c02d0440%252440870cc0%2524%2540jbs.com.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C00f101d656ea%24c02d0440%2440870cc0%24%40jbs.com.br%3E-1.1.6São Paulo, 10 de julho de 2020 – A Friboi será uma das patrocinadoras oficiais do evento online Arraia do Enzo Rabelo, artista mirim que é filho do cantor Bruno, da dupla com Marrone. A live será realizada neste domingo (12), a partir das 17 horas, com transmissão ao vivo pelo Canal Enzo Rabelo do Youtube. Para curtir o clima de festa junina, a marca reforçará um dos produtos mais consumidos no país, os Espetinhos Friboi. Afinal, essa é uma das épocas mais gostosas e divertidas do ano, marcada pelas danças, brincadeiras, doces e muita comida típica.

Neste ano, em virtude do distanciamento social, o tradicional arraial será no formato digital. E para um arraial virtual de respeito o que não pode faltar é praticidade. Por isso, a Friboi aposta em quatro opções de espetinhos para serem degustadas durante o show, são elas: carne bovina, carne bovina com bacon, kafta e costela bovina. Com agilidade no preparo, saboroso e rico em proteínas, a linha de Espetinhos Friboi é perfeita para curtir as festas juninas.

O evento será apresentado pela youtuber Júlia Franco. Durante a transmissão, o público também contará com ativações no Instagram oficial @FriboiBrasil como parte das ações de merchandising realizadas durante o evento, além de projeções da marca na área da churrasqueira e na tela principal do show online.

Sobre a Friboi
Com mais de quatro décadas de história, a Friboi – unidade de negócios de carne bovina da JBS – revolucionou o mercado ao descomoditizar a carne bovina brasileira e construir uma marca referência no mercado. A empresa mantém algumas das marcas de carne bovina mais reconhecidas do Brasil, com um amplo portfólio de produtos, composto pela homônima e líder de mercado Friboi, Maturatta Friboi, Do Chef Friboi, Reserva Friboi, 1953 Friboi e Swift Black, que atendem a diversos públicos. Com foco na garantia de origem, na qualidade e na segurança do alimento entregue ao consumidor, desde o bem-estar animal até a entrega do produto final, a Companhia adota as melhores práticas de sustentabilidade em toda sua cadeia de valor, e monitora seus fornecedores de gado de forma constante por meio do uso de imagens de satélite, mapas georreferenciados das fazendas e acompanhamento de dados oficiais de órgãos públicos. A Friboi está presente em mais de 150 países e, atualmente, conta com 37 unidades produtivas em todo o Brasil.

Villa Country celebra 18 anos virtualmente com projeto exclusivo “Encontro de Gerações”

Villa Country celebra 18 anos virtualmente com projeto exclusivo "Encontro de Gerações"

Rionegro e Solimões, Yasmin Santos e Diego e Arnaldo comemoram a maioridade da casa no sábado, 18 de julho, às 19h.

Fotos em alta podem ser baixada no link: https://cutt.ly/opshehX

Unir talentos, gerações e pessoas apaixonadas pela música sertaneja sempre foi a grande missão do Villa Country, que comemora seus 18 anos de existência. Desta vez, de uma forma diferente, mas com o mesmo propósito. Se a maneira de conexão com o público é virtual, que seja em grande estilo com um Encontro de Geraçõesde artistas.

O projeto reunirá Rionegro e Solimões, Diego e Arnaldo, Yasmin Santos e outros convidados, às 19h, com transmissão pelo canal oficial dos artistas e é claro, da aniversariante Villa Country, no YouTube. E a escolha dos cantores não foi aleatória: Rionegro e Solimões foi a primeira dupla a pisar no palco da casa em 2002. Yasmin fez estreia e deixou sua marca. Diego e Arnaldo também sentiram o gostinho de se apresentar num dos palcos sagrados da música sertaneja.

“Se tem um lugar que a “sola da bota” estala é o Villa Country, e o bicho vai pegar nesta festa.”, comentam os anfitriões da festa. Já Yasmin Santos não contém a emoção por fazer parte da comemoração: “Tenho 20 e, nem no melhor dos meus sonhos imaginei cantar parabéns para a casa que sempre foi para mim como uma meta, porque cantar no Villa Country é um dos primeiros passos para consolidar uma carreira”. Diego e Arnaldo entendem o tamanho da responsabilidade deste encontro, “Sabe a sensação de ganhar um presente de aniversário dos outros?…rs Nos sentimos assim: Rionegro e Solimões, Villa Country e Yasmin todos juntos e misturados, é muito surreal."

A maior e mais temática casa sertaneja do Brasil já apresentou vários nomes, hoje consagrados, como Marília Mendonça, Henrique e Juliano, Cristiano Araújo e por aí vai. E chegar a maioridade mantendo a mesma qualidade e público é algo quase inédito no mundo do imediatismo, mas o Villa Country conseguiu e, seguramente ainda irá comemorar por muito mais tempo.

CURIOSIDADES SOBRE O VILLA COUNTRY

O Villa Country não é apenas uma casa noturna. Além dos melhores shows e estrutura física cuidadosamente pensada para oferecer uma experiencia totalmente diferenciada e apaixonante aos seus clientes, conta com uma rádio com programação própria transmitida via IOS e Android localizada no interior da balada e a Villa Country Band, arregimentada por Carlinhos Anhaia, responsável por todo departamento artístico e escala de shows que são exibidos na casa.  Foram mais de 5.000 apresentações e cerca de 14.000.000 de pessoas assistiram a banda, tornando-se referência nacional no estilo Country. “O Villa Country foi palco de shows históricos, muitos deles sold-out. Chitãozinho e Xororó, Edson e Hudson, Bruno e Marrone, Jorge e Mateus, Henrique e Juliano, Marilia Mendonça, pra citar alguns”, recorda. “Tivemos também muitos DVDs gravados na casa. Rionegro e Solimões – “Do Jeito da Gente” (2006), César Menotti & Fabiano - “Memórias Anos 80 & 90” (2014)e Simone e Simaria – “Bar das Coleguinhas 2”  (2020) são alguns”, pontua Carlinhos.

 

18 pontos que tornam o Villa Country a casa mais importante da América Latina
Por Carlinhos Anhaia   

1) Toda a decoração da casa veio dos Estados Unidos, das cidades do Texas e de Nashville, contribuindo com a ambientação e a temática Country.

2) Desde a inauguração, o Villa Country lançou os maiores sucessos da música Country e Sertaneja, em primeiríssima mão!

3) Pessoas que nasceram em 2002, mesmo ano de inauguração, já podem frequentar a casa!

4) Villa Country é a casa sertaneja com mais ambientes, cada um com pontos de destaque e diferenciais. A casa atende a todos os gostos, desde quem prefere sentar e conversar até quem gosta de se jogar na pista.

5) Artistas que são referência no mundo sertanejo frequentavam o Villa Country antes da fama. E muitos continuaram frequentando após a fama.

6) Todos os artistas sertanejos renomados já se apresentaram nos nossos palcos.

7) O Villa Country foi eleito a melhor balada de São Paulo pelos leitores da Revista Veja.

8) Alguns dos mais famosos DVDs do país foram gravados aqui.

9) É a casa onde se apresentam mais artistas em uma mesma noite, média de 10 por noite.

10) A casa é tão bonita que qualquer um dos ambientes pode ser um cenário para fotos e vídeos!

11) O Villa Country foi palco de lançamento das novelas América e Bang, Bang, da Rede Globo.

12) Dentro da casa, também é possível viver uma experiência gastronômica incrível no restaurante John Wayne.

13) A estrutura da casa foi pensada para gerar maior conforto à sua noite. Caixas e bares em vários pontos; chapelaria e lojinha de roupas e acessórios; bagueteria e hamburgueria, além de espetos; bilhar e camarotes no segundo andar; isso sem contar com as 2 pistas com música ao vivo, uma mais acústica, voz e violão, e outra com uma banda completa!

14) O Villa Country capricha nas festas e datas temáticas como Carnaval, Festa Junina e Halloween, desde a fachada até a caracterização da casa! Arrasta multidões com seu trio elétrico sertanejo no Carnaval; empolga com as barraquinhas de comida e brincadeiras típicas da Festa Junina, além da quadrilha tradicional; aterroriza no Halloween, com atores contratados, concurso de fantasia e premiações imperdíveis!

15) A casa tem uma banda própria, a Villa Country Band, que tem 3 álbuns próprios com várias músicas autorais!

16) O Villa Country oferece aulas de dança Country antes do show e personal dancers na pista durante a noite.

17) A história da música Country e Sertaneja no Brasil e a história do Villa Country estão interligadas, caminhando juntas! São 18 anos lançando sucessos e alavancando carreiras, fazendo grandes parcerias e mantendo o country e o sertanejo sempre vivos, desde o modão, passando pelo sertanejo 90 e até o universitário.

18) E acima de tudo, o Villa Country está há 18 anos promovendo alegria e encontros de pessoas. Aqui, muitas amizades começaram e muitos casais se formaram. Muitas pessoas tiveram momentos únicos em suas vidas na nossa casinha de madeira: despedidas de solteiro/a, primeiros encontros, pedidos de casamento, pais trazem os filhos e filhos trazem os pais. São 18 anos unindo pessoas através da música e da diversão e que venham muitos anos e muitas histórias mais!

Sobre o Villa Country:

A casa mais sertaneja do Brasil comemora sua maioridade em julho de 2020. Com um projeto visionário, a Villa Country abriu suas portas em 2002, tendo como primeira dupla a fazer um show, ninguém menos que Rionegro e Solimões. Pioneira, tornou-se referência e, seguramente, contribuiu para que a música sertaneja se tornasse a potência que é nos dias atuais. Poucas casas noturnas alcançam vida tão longa e tão cheia de boas histórias, com shows inesquecíveis dos maiores artistas do segmento no país. Com público fiel, a Villa Country recebe semanalmente cerca de doze mil pessoas - em dias de apresentações de artistas conhecidos do grande público, esse número pode dobrar.

O Villa Country é a maior e mais tradicional casa temática do Brasil, opção para quem quer curtir boa música sertaneja, que navega no country, sertanejo de raiz, moda de viola até o famoso sertanejo universitário. Sua fachada reproduz um cenário de filme de Velho Oeste. Em seu espaço, há ambientes como a Praça Sertaneja, Saloon, Praça Caipira e Praça do Cavalo, que dão charme ao local, com destaque para o Restaurante John Wayne, que além de trazer o sabor da comida texana, garante conforto para seus clientes que preferem um clima intimista.

São 12 mil m² divididos em casa de shows, restaurantes, pista de dança, mesas de bilhar, cachaçaria, loja de roupas, café, sete bares, camarotes, espaço para convenções e a rádio Villa Country FM, comprometida em tocar música de qualidade.

Muitos nomes tiveram a casa como seu placo principal em seus primeiros shows de carreira. Cristiano Araújo Zé Neto e Cristiano, Luan Santana, Jorge e Mateus foram só alguns nomes que passaram pelos palcos da balada quando estavam no início de carreira. “O Villa Country é o tipo de casa que leva a cultura sertaneja adiante. Ela abre as portas para os artistas iniciantes e os coloca na vitrine para o público. Vida longa a essa casa tão importante”, completa Rionegro.

Sobre Yasmin Santos

Vinda da periferia do Guarujá tornou-se conhecida em sue primeiro lançamento, “Saudade Nível Hard”, de lá para cá só cresce. Com pouco mais de dois anos de carreira, Yasmin dividiu o palco com Marília Mendonça, Wesley Safadão, Maiara e Maraisa e Gustavo Mioto em seu mais recente trabalho.

Sobre Diego e Arnaldo

Diego e Arnaldo foram descobertos na cena musical de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, eles contam com um público fiel, participativo, que canta e se emociona durante todo o repertório, que já inclui sucessos como: “Regras”, com mais de 70 milhões de execuções entre Spotify e Youtube; “Se Eu Te Procurar” e “Sofri Em Dobro”. Os dois seguem fazendo sucesso por onde passam, incluindo recorde de público em eventos em Palmas, Campo Grande, Cuiabá e Goiânia, além de serem figuras constantes em grandes festivais como Rio Preto Country Bulls e Ribeirão Country Festival. Em agosto de 2019 fizeram sua estreia no palco principal de Barretos e foi a realização de um sonho tanto para a dupla como para o escritório Mega Produções Artísticas. “Foi inesquecível estar naquele palco e ver todas as pessoas cantando junto com a gente”, descreve Arnaldo.

Sobre Rionegro e Solimões

Rionegro e Solimões completou no dia 1 de Abril, 31 anos de carreira levando nas costas o lema "Bote um sorriso na cara e mande embora a solidão", Rionegro e Solimões chegam a essa marca sendo uma das duplas mais respeitadas do Brasil, colecionando números extremamente satisfatórios. Entre coletâneas e registros de sucesso, eles somam mais de 300 músicas gravadas, 19 CDs e 4 DVDs.  Nestes anos, já subiram no palco mais de 7.000 vezes, venderam mais de 13 milhões de cópias e bateram recorde de público em festas de peão. Como reconhecimento, receberam dezenas de discos de ouro, prata, platina e platina dupla. Em tempo: eles foram os segundos artistas nacionais a gravarem um DVD no Brasil. O primeiro foi Caetano Veloso. Alguns de seus sucessos fizeram parte da trilha sonora das novelas Laços de Família ("Peão Apaixonado", 2000), Cabocla ("Floresce", 2004), América ("Na Sola da Bota", 2005) e A Favorita ("Vida Louca, 2008).

Live - 18 anos de Villa Country - Encontro de Gerações

Data: 18/08/2020 sábado
Horário de início: 19h
Transmissão pelos canais oficiais:

Villa Country
https://www.youtube.com/VillaCountryOficial

Rionegro e Solimões
https://www.youtube.com/user/rnegroesolimoes

Yasmin Santos
https://www.youtube.com/yasminsantosoficial

Diego e Arnaldo
https://www.youtube.com/DiegoeArnaldo

Pesquisas revelam dados sobre crise econômica causada pela pandemia e home office na quarentena

Confira duas sugestões: Crise econômica deve ser longa e duradoura / Trabalho remoto na quarentena tem causado sobrecarga

PAUTA 1

Crise econômica causada pela pandemia será longa e rigorosa como a dos anos 30, aponta relatório feito na UFPR
A pandemia de covid-19, causada pelo novo coronavírus, tem assolado o mundo inteiro e desencadeou uma crise econômica mundial que pode ser comparada à Grande Depressão, ocorrida nos 30 (século XX) após a quebra da bolsa de valores e considerada uma das mais graves recessões econômicas já vividas. É o que revela o relatório “Brasil e o mundo diante da Covid-19 e da crise econômica”, produzido pelo Programa de Educação Tutorial (PET) em Economia da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Por dois meses o grupo de estudo reuniu bibliografia, acompanhou sites e blogs e seguiu com atenção as questões econômicas procurando constituir um acervo de informações e dados que reflitam o cenário econômico nacional e mundial e que sejam úteis à sociedade. A partir destas observações, os pesquisadores concluíram que a crise deve ser mais longa e mais profunda do que muitos relatórios de instituições como o Fundo Monetário Internacional (FMI) sugerem.

Um dos motivos que leva a esse entendimento é o fato de que a recuperação das atividades econômicas será difícil, a exemplo dos ramos do turismo, dos esportes e do entretenimento. Essa situação é agravada pela transição produtiva que resultou em novas plataformas não disponíveis para toda a população. O home office, por exemplo, não é uma norma laboral a todos e muitos perderam definitivamente os seus empregos.

De acordo com os estudiosos, na verdade a pandemia funcionou como um gatilho para agravar a crise econômica de boa parte dos países, pois o ritmo de crescimento global já se mostrava débil. “Poucos países antes da pandemia apresentavam crescimento robusto. As medidas exigidas para frear os contágios dessocializam a vida e a economia. Os prognósticos mostram uma queda monumental e não há sinais claros de como poderá ocorrer uma recuperação”, revela Demian Castro, coordenador do projeto e professor do Setor de Ciências Sociais Aplicadas.

O Brasil é um desses países que já passava por um momento econômico desfavorável antes do coronavírus, ao apresentar recuo da produção industrial, queda dos investimentos, altos níveis de desemprego, informalidade e precarização do trabalho. “Simultaneamente, nunca o Estado esteve tão amarrado e impossibilitado de, pelo menos, articular políticas anticíclicas. Com relação à pandemia, a falta de coordenação com os governos subnacionais, a abertura prematura de atividades econômicas e a falta de uma política industrial de emergência para a cadeia produtiva da saúde colaboraram para agravar este cenário”, analisa o professor.

Crise no mundo
Assim como todos os países foram atingidos pela doença, todos também têm sentido e sentirão, por um tempo, os reflexos econômicos por ela causados. Segundo o relatório, existe uma relação direta entre a forma como os países se posicionaram perante a covid-19 e a saúde com as consequências na economia.

O documento aponta que os países que estão se saindo melhor são os que têm serviços de saúde mais preservados ou souberam prevenir com firmeza seu congestionamento; aqueles que conseguem testar mais e identificar a população de risco; os que mostram maior grau de coordenação; e os que conseguem demonstrar maior autoridade e clareza quanto aos interesses diante das pressões de grupos econômicos de origem comercial.

“Com lockdown, testagem e monitoramento rígidos, China, Coréia do Sul, Nova Zelância, Singapura, Austrália, Alemanha, Cuba, Venezuela e Argentina devem se recuperar mais rápido”, aponta Castro. Ele acredita, ainda, que Brasil e Estados Unidos adotaram um posicionamento errado ao negarem a ciência e não se aparelharem para atender a população, bem como a Índia, cuja situação está fora de controle atualmente. “Para que os impactos sejam sentidos em menor intensidade no Brasil, o país teria que promover um confinamento radical de pelo menos três semanas”.

Confira a matéria completa no site: https://bit.ly/3gLoid0

PAUTA 2
Trabalhar de casa durante a pandemia tem causado sobrecarga nos trabalhadores, revela pesquisa da UFPR
Pessoas que estão trabalhando de casa forçadas pela quarentena encontram-se mais sobrecarregadas e em um ritmo mais acelerado. Em contrapartida, a flexibilidade no horário e não precisar enfrentar o trânsito no deslocamento são os pontos positivos da modalidade. É o que revela uma pesquisa realizada pelo Grupo Estudo Trabalho e Sociedade (GETS) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) em parceria com a Rede de Monitoramento Interdisciplinar da Reforma Trabalhista (Remir).

O estudo, que teve o objetivo de compreender as condições gerais dos trabalhadores e a adaptação quanto à mudança do trabalho presencial para o trabalho remoto em razão da crise causada pela covid-19, alcançou cerca de mil respostas de profissionais dos mais diferentes segmentos, categorias e funções, contemplando, na maior parte, trabalhadores do setor público (65,12%) e com alto nível de escolaridade da cidade de Curitiba.

O aumento considerável de dias e horas de trabalho durante a pandemia foi um dos aspectos constatados nos resultados da pesquisa. Do total de trabalhadores entrevistados, 34,44% estão exercendo suas atividades laborais por mais de oito horas diárias, isso é mais que o dobro de pessoas que antes adotavam essa prática, e 17,77% trabalham os sete dias da semana. Para quase metade dos respondentes (48,45%), o ritmo de trabalho ficou mais acelerado no home office.

Giovanni Allam Taborda, analista de tecnologia da informação, não participou da pesquisa, mas também está em home office desde o início de março. Ele conta que tem passado mais horas trabalhando desde que iniciou na modalidade, pois as demandas têm chegado por diversos canais diferentes. “Além dos meios oficiais, chegam tarefas por e-mail e aplicativos de mensagem. Como trabalho na área de redes, os solicitantes geralmente precisam de uma resposta rápida”. Para ele, a atuação profissional agora está mais voltada a cumprir metas e demandas, do que apenas cumprir o horário de serviço.

A maior dificuldade apontada pelos entrevistados, nesse contexto, foi a falta de contato com os colegas de trabalho (60,55%), seguida pelo número de interrupções (54,59%) e dificuldade em separar a vida familiar da vida profissional (52,91%). Sendo que a maioria (61,15%) afirmou ter experimentado alguma dificuldade ao executar o trabalho remotamente. Nesse quesito as pessoas puderam marcar mais de uma alternativa.

Apesar da falta de contato presencial, Taborda revela que no caso dele a comunicação com os colegas melhorou, pois agora são realizadas reuniões de equipe toda semana. “Não era uma prática comum na unidade e agora virou rotina. Cada um descreve o que fez no período e as dificuldades enfrentadas. Tentamos nos ajudar nos desafios e problemas que aparecem”.

Por outro lado, a flexibilidade de horários (69,09%), não enfrentar trânsito (66,23%) e a menor preocupação com a aparência (58,61%) foram citadas como facilidades dessa forma de trabalho. Também nessa questão os respondentes tinham a possibilidade de assinalar mais do que um aspecto.

A grande maioria (87,2%) considera a qualidade do trabalho presencial melhor ou igual ao trabalho desenvolvido remotamente. Em aspectos gerais, 48,34% dos trabalhadores afirmaram que a modalidade possui tanto pontos positivos quanto negativos.

Confira a matéria completa no site: https://bit.ly/2W3BIZM

A vez dos vinhos brasileiros

Mundo descobre qualidade e se encanta com diversidade dos rótulos nacionais e reconhecimento dos vinhos tranquilos cresce nos últimos anos

O espumante brasileiro abriu as portas para o mundo. O reconhecimento da qualidade das borbulhas ‘brazucas’ é fato consumado, defendido por críticos internacionais e avalizado pelas milhares de medalhas mundo afora, se confirmando no avanço das exportações e no aumento do consumo interno. Foi com esta bebida que as vinícolas conseguiram espaço para mostrar o que vêm fazendo em relação aos vinhos tranquilos. E o que se vê nos últimos anos é um crescimento contínuo na valorização deste produto. Das 259 medalhas conquistadas em 2019, 37% foram para vinhos tranquilos, uma representatividade nunca antes alcançada.

A Associação Brasileira de Enologia (ABE), que atua focada na qualificação do enólogo e, consequentemente, na qualidade e promoção do vinho brasileiro, acompanha bem de perto esta evolução, tanto na coordenação do envio das amostras para concursos internacionais quanto pela Avaliação Nacional de Vinhos, que analisa cada safra há 28 anos, servindo de termômetro e parâmetro para os avanços do setor. “Nos últimos 10 anos fomos presenteados com safras espetaculares. Este ano, então, foi excepcional, tanto que a chamamos de ‘A Safra das Safras’. Nós, enólogos, e vinícolas, não perdemos tempo. Avançamos, evoluímos, e muito em tão pouco tempo, em tecnologia e conhecimento, aproveitando o que a mãe natureza nos deu. O resultado está aí para todos degustarem e vem agradando cada vez mais apreciadores de vinhos”, comemora o presidente da entidade, enólogo Daniel Salvador.

Ele alerta os consumidores para que descubram rótulos nacionais dos últimos anos, destacando a Safra de 2018 e agora a de 2020 que logo estará no mercado. “Se compararmos o Brasil a países do Velho Mundo, tradicionais na elaboração de vinhos como Portugal, França, Espanha e Itália, podemos dizer que evoluímos 100 anos em 10 anos. Tanto que somos convidados a participar de concursos mundiais com a chancela da Organização Internacional da Vinha e do Vinho, entidade com sede em Paris que está sob a presidência da brasileira Regina Vanderlinde. Ou seja, temos voz no mundo dos vinhos e isso nos orgulha e nos move a seguir investindo”, ressalta.

Este avanço refletiu diretamente no consumo interno, rompendo pela primeira vez a barreira dos 2 litros per capita no ano passado. Já é algo a comemorar, mas se comparado a Portugal, por exemplo, que lidera o ranking segundo a OIV, onde o consumo per capita ultrapassa os 60 litros, o Brasil tem muito para crescer. Em 2019, o consumo total no Brasil foi de 380,4 milhões de litros, destes pouco mais de 100 milhões são de vinhos finos, onde a produção nacional é de apenas 50 milhões de litros.

Diversidade, qualidade e preço
Esta tríplice de fatores tem influenciado diretamente a quebrar paradigmas em relação ao vinho brasileiro, que passa a ser mais valorizado no mercado interno. Com a pandemia, o hábito de apreciar um vinho em casa não apenas levou o consumidor a pesquisar e comprar mais pela internet como nos supermercados, como também vem permitindo conhecer melhor o que o Brasil tem feito. “Vinho é cultura, é arte, é história, é experiência. O melhor a fazer é provar diferentes rótulos para conhecer as preferências do próprio paladar. E sugiro, ainda, fazer isso entre amigos e às cegas, evitando preconceitos e fazendo novas descobertas. Façam isso com rótulos de diferentes procedências e verão que o Brasil dos vinhos é orgulho nacional”, provoca Salvador.

Além da qualidade, a diversidade de estilos também é um chamariz para quem aprecia vinhos e busca por novidades, característica peculiar ao Brasil que, por muitos especialistas, é considerado um continente diante das variantes de solo e clima do país. Hoje, são 26 regiões produtoras em 10 estados brasileiros e cada uma com suas particularidades. E para quem diz que o vinho brasileiro é caro, o mercado mostra que existem dezenas de opções de bons rótulos a partir de R$ 20, avançando conforme a categoria. Grande parte oscila entre R$ 40 e R$ 60, com excelente relação custo-benefício.

Imagens: Divulgação ABE

Alunos de Curitiba arrecadam produtos de higiene para mulheres em situação de risco

Alunos de Curitiba arrecadam produtos de higiene para mulheres em situação de risco
A ação fez parte da Prova Solidária da Gincana organizada pelo Colégio Santo Anjo, e teve mais de 3.500 itens arrecadados
Em uma ação de solidariedade, os alunos do Colégio Santo Anjo, em Curitiba, arrecadaram mais de 3.500 itens de higiene pessoal para mulheres em situação de risco.
A arrecadação dos produtos foi um incentivo da Prova Solidária da Gincana Santo Anjo que, além de ser uma competição cheia de aprendizado, estimula a prática de diferentes virtudes.
Agora, os produtos serão destinados a duas instituições de Curitiba que atendem mulheres em situação de vulnerabilidade social. As escolhidas foram a Casa da Mulher Brasileira, que oferece apoio psicossocial a mulheres que sofreram violência, e a Pousada da Maria, que foi a primeira casa de acolhimento de mulheres em situação de risco social ou vítimas de violência doméstica do Brasil.
A equipe que mais arrecadou produtos saiu na frente da competição. Mas, o mais importante, é despertar nos alunos a vontade de ajudar e o conhecimento a respeito da realidade de centenas de mulheres na nossa cidade que precisam de ajuda.
Os itens foram levados ao Colégio Santo Anjo no dia agendado para as famílias irem buscar o material para o terceiro trimestre dos alunos. Tudo foi feito em sistema Drive Thru e com toda a segurança possível.

Sobre a Gincana Santo Anjo
Inspirado nos 10 anos de criação da ONU Mulheres, o Colégio Santo Anjo realiza, de maneira remota, a 6.ª edição da Gincana Santo Anjo.
O tema desta edição é “Mulheres que fizeram história” e participam da competição os alunos do 6.º ano do Ensino Fundamental II à 2.ª série do Ensino Médio.
Para participar dos desafios, cada sala formou uma equipe e recebeu o nome de uma personalidade feminina que marcou a história.
Os alunos participam de aulas especiais e realizam provas acerca da história de vida, feitos e atuação dentro da sociedade da mulher que representa a sua equipe. Além disso, terão atividades especiais como: criar documentários em vídeo, redações e participar de vários desafios sobre o tema.

Sobre o Colégio Santo Anjo

O Colégio Santo Anjo nasceu em Curitiba, no ano de 1999, do sonho de transformar o mundo por meio da educação. As unidades do colégio são planejadas, criativas, dinâmicas e percebem o aluno como indivíduo, desenvolvendo com excelência as suas habilidades. As quatro unidades do colégio estão localizadas nos bairros Campina do Siqueira, Mossunguê (Ecoville) e Bigorrilho, oferecendo Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio.

A eficiência na testagem da Covid19 salva vidas

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=173364&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCP2P15201MB2371109054DED73B15FF0E6593660%2540CP2P15201MB2371.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCP2P15201MB2371109054DED73B15FF0E6593660%40CP2P15201MB2371.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%3E-1.2
*Patrícia Munerato

O surto de Covid19 tem afetado social e economicamente países do mundo todo. Por ser tão complexa a situação, há muitas discussões acerca do surgimento do vírus, maneiras de retardar a propagação e as pesquisas para se descobrir a vacina. Porém, há um ponto de concordância entre as autoridades de saúde: a testagem em maior número possível do novo coronavírus é essencial para seu controle.

Em países como o Brasil, onde a doença ainda está em ascensão em diversas regiões, é fundamental realizar testes que tenham uma precisão na detecção do vírus, uma vez que um indivíduo contaminado com o Sars-CoV-2, o vírus da COVID-19, pode transmiti-lo para cerca de seis pessoas, muitas vezes antes mesmo de apresentar os sintomas mais agudos, ampliando exponencialmente a propagação do vírus, segundo o Disease Control and Prevention, o principal instituto nacional de saúde pública dos Estados Unidos.

Em relação à tecnologia, há dois tipos principais de testes atualmente disponíveis para a diagnóstico do Sars-CoV-2: o RT-PCR (sigla em inglês que quer dizer Transcrição Reversa seguida de reação em Cadeia da Polimerase) e o Sorológico.

O RT-PCR consiste em um método laboratorial de diagnóstico molecular, ou seja, que detecta a presença do material genético do vírus. A amostra utilizada é obtida da mucosa das vias respiratórias. Ele é considerado o método padrão ouro, ou seja, o melhor e mais indicado para diagnóstico da COVID-19. E em meio a uma pandemia, com a enorme quantidade de casos confirmados e suspeitos, é imprescindível recorrer a um teste com qualidade e precisão diagnóstica.

A eficiência de um teste é avaliada por dois fatores: sensibilidade e especificidade. A primeira significa a capacidade de detectar o vírus mesmo em concentrações muito baixas. Em alguns infectados, especialmente aqueles em estágio pré-sintomático, a quantidade de partículas virais (ou cópias) pode ser muito baixa. O RT-PCR detecta a partir de 10 cópias do vírus, o que minimiza resultados falsos negativos. Já o conceito de especificidade está relacionado à capacidade de diferenciar “pedaços” do vírus da COVID-19 que não sejam semelhantes a de outros vírus. Em outras palavras, garantir resultado positivo quando houver a presença do Sars-CoV-2, apenas, e negativo em sua ausência, mesmo se houver infecção por outros vírus respiratórios. O RT-PCR tem a capacidade de detectar o vírus nos primeiros dias após o indivíduo o contrair, mesmo sem apresentar sintomas.

O outro tipo de teste, mencionado acima, é o Sorológico. E como ele funciona? Por meio da pesquisa de anticorpos (IgG e IgM) produzidos contra o SARS-CoV-2 numa amostra sanguínea.

O IgM, também chamado de anticorpo de fase aguda da doença, aparece quando a doença está em curso, e só é detectável após o oitavo ou décimo dia da infecção. O IgG, conhecido como anticorpo de memória imunológica, identifica se a pessoa foi exposta ao vírus e, por isso, produziu anticorpos em resposta à infecção. Embora capaz de distinguir infecção ativa (aguda) ou prévia (memória) da COVID-19, a sensibilidade dos testes sorológicos é bastante inferior à PCR. Por isso, a recomendação da OMS – Organização Mundial da Saúde e de autoridades de saúde, para diagnóstico da doença é o RT-PCR, descritos nos principais protocolos mundiais para detecção do novo coronavírus.

Atualmente, já é possível obter um resultado muito rápido do método RT-PCR – em menos de três horas, a partir da análise da amostra. Também há disponibilidade de testes para que o Brasil possa iniciar a testagem em larga escala, com o objetivo de auxiliar os governantes a tomarem as melhores medidas com relação à flexibilização do isolamento social, com um mapeamento preciso dos casos confirmados da Covd19 no país.

*Patrícia Munerato é diretora de Análises Genéticas da Thermo Fisher Scientific, empresa líder mundial em produtos e soluções científicas com presença no Brasil.

Brasileiro Marcel Adur renova contrato com o BRAVE CF

Distrito de Seef, Bahrein - 6 de Julho de 2020

Um dos melhores pesos moscas no plantel do BRAVE Combat Federation, o brasileiro Marcel Adur acaba de ampliar seu vínculo com a principal organização de MMA do Oriente Médio, com base no Bahrein.

Um veterano do BRAVE CF, Adur tornou-se uma estrela da organização ao longo de uma extensa trajetória dentro do evento, que começou em março de 2017, quando ele fez sua estreia, vencendo o mexicano Ivan Lopez por nocaute técnico.

De lá para cá, Adur colecionou um cartel de quatro vitórias e somente uma derrota dentro do show, com três desses triunfos vindo por nocaute ou nocaute técnico. O brasileiro lutaria pelo título mundial no último mês de novembro, mas a luta diante do norte-americano José “Shorty” Torres acabou sendo cancelada após Torres se retirar do combate.

Em sua última aparição no cage do BRAVE Combat Federation, Adur superou o compatriota Marlon Derik, em decisão unânime dos jurados. O combate foi realizado em Belo Horizonte (MG), no card principal do BRAVE CF 25, em agosto de 2019.

Mesmo sem competir desde o segundo semestre do ano passado, Adur vive a expectativa de retornar à ação e, é claro, com o cinturão de campeão mundial peso mosca como seu maior objetivo.

“Olá, pessoal, eu estou muito feliz de assinar minha renovação com o BRAVE CF. Mal posso esperar para estar de volta, lutando novamente. Meu objetivo permanece sendo o cinturão. Esse título vai estar comigo muito, muito em breve!”, comentou Marcel ao falar sobre o novo acordo.

Friboi patrocina live BBQ Mix Em Casa

Neste sábado (4), a partir das 16h, a empresa promoverá sua linha de espetinhos e dará dicas de como preparar um bom churrasco

São Paulo, 03 de julho de 2020 – Em continuidade à parceria com o BBQ Mix, a Friboi será uma das patrocinadoras oficiais do evento online BBQ Mix Em Casa, que será realizado neste sábado (4), a partir das 16 horas. A marca promete unir experiências gastronômicas e dicas de receitas de variados cortes de carnes da família Friboi preparados por assadores renomados.

Durante a transmissão da live – organizada pelo idealizador do já consagrado festival Villa Mix – a Friboi fornecerá diversos cortes da linha Maturatta Friboi para que os chefs Jimmy Ogro, Paula Labaki, Roberto Barcellos e Paulo Capanema comandem ao vivo um churrasco perfeito.

A marca também reforçará sua linha de Espetinhos Friboi, que conta com as quatro opções: carne bovina, carne bovina com bacon, kafta e costela bovina. Todos os espetinhos armazenados no freezer da marca que serão doados para uma instituição em Bela Vista de Goiás (GO).

O evento será apresentado por Flávia Viana e irá reunir grandes nomes da música sertaneja como Leonardo, Bruno e Marrone, Gian e Giovani, Os Parazim, Edson e Hudson e Davie. O público poderá acompanhar ao vivo no Canal do Villa Mix no Youtube.

O público também contará com ativações no Instagram oficial @FriboiBrasil como parte das ações de merchandising realizadas durante o evento, com diversos produtos e projeção da marca na tela principal do show online. Além disso, a marca também estará exposta nos aventais em couro sustentável Kind Leather, produzidos pela JBS Couros, que serão utilizados pelos assadores ao longo da live.

A primeira edição do BBQ Mix aconteceu no início do ano, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, e reuniu mais de 40 mil pessoas no estacionamento do local. Vinte e três mil porções de carne bovina foram servidas em oito horas. Essa é a marca que levou o BBQ Mix ao Guinness Book. E a Friboi foi a responsável por fornecer mais de 10 toneladas de Maturatta Friboi para o churrasco do evento.

Sobre a Friboi
Com mais de quatro décadas de história, a Friboi – unidade de negócios de carne bovina da JBS – revolucionou o mercado ao descomoditizar a carne bovina brasileira e construir uma marca referência no mercado. A empresa mantém algumas das marcas de carne bovina mais reconhecidas do Brasil, com um amplo portfólio de produtos, composto pela homônima e líder de mercado Friboi, Maturatta Friboi, Do Chef Friboi, Reserva Friboi, 1953 Friboi e Swift Black, que atendem a diversos públicos. Com foco na garantia de origem, na qualidade e na segurança do alimento entregue ao consumidor, desde o bem-estar animal até a entrega do produto final, a Companhia adota as melhores práticas de sustentabilidade em toda sua cadeia de valor, e monitora seus fornecedores de gado de forma constante por meio do uso de imagens de satélite, mapas georreferenciados das fazendas e acompanhamento de dados oficiais de órgãos públicos. A Friboi está presente em mais de 150 países e, atualmente, conta com 37 unidades produtivas em todo o Brasil.

Associação de Assistência ao Excepcional do Paraná lança vaquinha virtual para pedir ajuda em meio à pandemia

Ela irá angariar recursos para a Escola Especial Mercedes Stresser que atende 330 alunos com deficiências. Antes a arrecadação era através de eventos beneficentes que ficaram inviáveis pelo isolamento social.

Ajudar o próximo faz bem. A Associação de Assistência ao Excepcional do Paraná (AAEPR) lança vaquinha virtual para angariar recursos para ajudar neste período difícil de isolamento social a Escola Especial Mercedes Stresser, que atende 330 alunos com deficiências. Antes a arrecadação era realizada através de eventos beneficentes que ficaram praticamente inviáveis pela Covid-19. Além de estar prestando serviços pedagógicos e psicológicos, de forma virtual, a instituição continua desenvolvendo ações para captação e distribuição de cestas básicas às famílias dos alunos mais necessitados que estão precisando de ajuda em meio à pandemia.

O presidente da AAEPR, Antonio Luiz Bom, comenta que a motivação da vaquinha virtual foi em decorrência do isolamento social. “A complementação dos recursos necessários, sempre foi suprida através de eventos beneficentes como almoços, bingos, brechó, rifas, bazar, e outros, que são inviáveis neste momento. Por isso toda contribuição será bem-vinda e já agradeço o apoio de todos.”

Ele reforça ainda a importância da vaquinha para o prosseguimento do trabalho e faz ainda um convite pós-pandemia. “Estamos em busca de parcerias que viabilizem suprir estes recursos, quer seja através da divulgação da “vaquinha virtual” ou através de doações na conta da entidade. Aproveito ainda para fazer o convite para que, em época oportuna, conheçam a nossa entidade e constate a importância do serviço que ela realiza”.

Escola Especial Mercedes Stresser
A Escola Especial Mercedes Stresser foi fundada em 1961, e tem como missão: desenvolver o potencial da pessoa com deficiência intelectual e múltiplas deficiências para a igualdade de oportunidades, inclusão social e o exercício da cidadania. Ela atende atualmente 330 alunos com idades de 15 a 68 anos, dos quais 70% são carentes e recebem, além da educação, alimentação e vestuário. A escola tem o compromisso com a educação especial, em quase 60 anos de história, valorizando a eficiência, atendendo a diversidade e formando cidadãos, tendo conseguido o respeito e a credibilidade da sociedade pela responsabilidade e qualidade do atendimento.

SERVIÇO:
Vaquinha Virtual
Associação de Assistência ao Excepcional do Paraná - AAEPR
Banco do Brasil
Agência 1518-0, Conta 26645-0 – CNPJ: 76.675.552/0001-61.

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajuda-a-escola-mercedes-stresser

GRUPO MADERO CUMPRE A MISSÃO DE OFERECER HORTIFRÚTIS ORGÂNICOS EM 100% DOS SEUS RESTAURANTES

Produção na Fazenda Madero comemora dois anos e abastece hoje toda a rede

Toda a produção de hortifrútis orgânicos da Fazenda Madero, iniciada em Janeiro de 2018, é hoje 100% absorvida pelos restaurantes do Grupo, que também continua apoiando outros produtores de orgânicos, para complementar o fornecimento de alface, tomate, brócolis, couve-flor, morango, cenoura, limão, salsinha, cebolinha e alho, para as receitas dos pratos na Cozinha Central.

Localizada em Palmeira, no Paraná, a Fazenda Madero contou com investimentos que ultrapassam R$ 6.5 milhões em infraestrutura, estufas, câmaras refrigeradas, captação de água e irrigação de alta tecnologia, lhe rendendo a certificação do selo ORGÂNICO BRASIL, conferido pelo Instituto de Tecnologia do Paraná - TECPAR, que garante ao consumidor que os alimentos estão dentro dos preceitos e normas nacionais de produção orgânica.

“Cumprimos a promessa de oferecer aos nossos clientes, em todos os nossos restaurantes no Brasil, hortifrútis e temperos orgânicos, que não prejudicam a saúde e não causam danos ao ambiente em seu processo de produção”, comenta o chef e empresário Junior Durski.

De acordo com Durski, entre os processos para a produção orgânica é necessária a descontaminação da terra, bem como fazer barreiras vegetais e com árvores, para impedir a contaminação de plantações vizinhas. E apesar do cultivo orgânico ser em torno de 40% mais caro, o empresário não repassou os novos custos para os clientes; com a missão de atender a demanda crescente do público interessado em ingredientes orgânicos nos restaurantes.

UNICURITIBA participa de desafio para combater a fome no Brasil

Gincana nacional vai mobilizar jovens, por meio das redes sociais, para arrecadar fundos e alimentar 10 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade durante a pandemia

O Centro Universitário Curitiba – UNICURITIBA aderiu ao Desafio 10x10, uma gincana nacional que tem como objetivo mobilizar 10 milhões de jovens para combater a fome de 10 milhões de famílias brasileiras afetadas pela pandemia da Covid-19.

A iniciativa – que começou em 22 de junho e vai até 22 de julho - pretende transformar as redes sociais em uma grande disputa virtual e, para isso, vai contar com o protagonismo, a capacidade de mobilização e a influência dos cerca de 30 milhões de jovens da chamada Geração Z.

Idealizado pelo urbanista e premiado especialista em jogos cooperativos transformadores Edgard Gouveia Júnior, o movimento é apoiado por ONGs, artistas, influenciadores, líderes religiosos e iniciativa privada. A ideia é que cada participante mobilize o máximo de pessoas e incentive cada uma delas a doar e a influenciar um novo número de participantes.

“Essa geração inventou o Uber, o Airbnb, o Waze e está criando riquezas e valores a partir de ideias, de relacionamentos e de suas redes de contatos virtuais. Por que ninguém chamou esses jovens para ajudar a resolver a Covid, o maior desafio atual da humanidade? Eu confio na juventude e desafio esse público a contribuir neste momento fundamental para a sociedade, em que problemas como a fome foram agravados pela pandemia”, diz Edgar.

Jornada épica

Para combater a fome, que segundo Edgar Gouveia é um drama social que deve afetar 50 milhões de pessoas na América Latina nos próximos três anos, o Desafio 10X10 será uma “jornada épica coletiva” e reunirá diferentes setores em uma “competição virtual do bem”. Até o momento, 2.245 pessoas de todo país fizeram doações e foram arrecadados mais de R$ 112 mil.

O Diretor de Marketing e Comercial da Ânima, Luciano Cacace, lembra que é nos momentos de crise que o melhor do ser humano aflora. “Não podemos ficar alheios aos impactos sociais que a pandemia causou. É hora de unir esforços, mobilizar nossos estudantes, desafiar a cidade inteira a participar. Mais do que vencer a gincana, queremos contribuir para vencer um problema que atinge milhões de brasileiros”, diz.

COMO PARTICIPAR

No Desafio 10X10, áreas como Inovação & Tecnologia; Saberes (onde o UNICURITIBA se enquadra); Gamers, Nerds & Youtubers; Cine, Teatro & TV; Natureza; Esportes; Arte de Rua; Música e outras categorias vão se enfrentar em uma disputa para descobrir quem arrecada o maior valor em doações.

O desafio é simples: cada pessoa deve fazer sua doação e sensibilizar pelo menos 10 outros participantes de suas respectivas redes sociais. O ranking é exibido em tempo real na plataforma. A base da gincana é https://desafio10x10.com.br/. As doações em dinheiro devem ser feitas no site e serão convertidas integralmente em cestas básicas a serem entregues durante três meses para famílias cadastradas.

As doações possibilitarão a compra de gêneros alimentícios e de limpeza para populações em comunidades de baixa renda em todo o Brasil. Os recursos serão gerenciados pela plataforma de gestão de fundo social da Doare – Doações Online e a distribuição, realizada em parceria com as organizações CUFA, Gerando Falcões, ChildFund Brasil e Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos (WFP).

SERVIÇO

O quê: Desafio 10X10 – Gincana virtual contra a fome no Brasil
Quando: Lançado no dia 22 de junho, com duração de 30 dias
Como participar: Faça sua doação no site da campanha e mobilize seus amigos e seguidores via redes sociais
Informações: https://desafio10x10.com.br/

Bavária Sport Hotel reabre para atender turistas em Gramado

Empreendimento hoteleiro é a opção para visitantes que buscam por conforto, segurança e opções de entretenimento ao ar livre

Gramado (RS) - um dos destinos turísticos mais procurados do Brasil - voltou a receber visitantes de forma segura e confirmou alguns dos seus principais eventos para o segundo semestre. Com a reabertura de comércio, restaurantes, parques e museus, a cidade recebeu um grande número de turistas no feriado de Corpus Christi, seguido pelo Dia dos Namorados. Segundo dados da Secretaria Municipal de Turismo, 84% desse público se hospedou em hotéis. De acordo com o órgão 43% dos visitantes eram gaúchos, 36% catarinenses, 9% paranaenses e 7% paulistas.

Com mais de 40 anos de tradição, o Bavária Sport Hotel Gramado retomou suas atividades para receber os turistas que chegaram de regiões mais próximas do Rio Grande do Sul. Localizado no charmoso bairro Bavária, em meio a uma bela área verde e a poucos minutos de caminhada do centro da cidade, a unidade está operando de acordo com a capacidade permitida pelo decreto municipal.

Para o entretenimento dos hóspedes, o hotel disponibiliza uma ampla gama de atividades de lazer ao ar livre como: quadra de tênis, paddle, mini golf, jogos de croquet, xadrez gigante, tejo, resta um, jogo da velha e empréstimo de bicicletas. O restaurante da unidade, que passou por uma reforma, tem previsão de reabertura no próximo mês. O empreendimento também conta com piscina, academia, sauna, recreação, sala de jogos e serviço de massagem - temporariamente suspensos durante o período de distanciamento social.

Preservando o bem-estar dos hóspedes, os cuidados foram intensificados para garantir a saúde e segurança de todos. Os protocolos de limpeza foram reforçados, tendo o segmento hospitalar como referência. Todos os apartamentos são esterilizados com uma máquina purificadora de ar que utiliza a tecnologia da célula foto hidroionizante (PHI) e produz peróxido de hidrogênio, um oxidante muito eficaz na eliminação de fungos, bactérias, vírus e micróbios.

O Bavária Sport Hotel faz parte do grupo ICH Administração de Hotéis (Intercity Hotels, Yoo2 e hi). O CEO e fundador da rede, Alexandre Gehlen, pontua que as pessoas estão com um desejo enorme de realizar pequenas viagens após o confinamento do período de isolamento social. "De acordo com pesquisas, haverá um crescimento de viagens de curta duração, com até três horas de duração, num raio de 500 quilômetros. Muitos pretendem voltar a viajar de carro com distâncias curtas e ficar em hotéis próximos. Também buscarão conhecer pequenas cidades ou destinos com natureza. Gramado é um dos destinos mais procurados do país e o Bavária é uma escolha segura para os visitantes que querem aproveitar as belas paisagens da Serra Gaúcha, além das atrações turísticas que a região oferece", explica o diretor geral, que também é o atual Presidente do Conselho do Fórum das Operadora Hoteleiras do Brasil (FOHB).

McDonald’s doa mais de mil refeições em seis cidades do Paraná na Campanha McObrigado

Com a meta de chegar a 100 mil doações, empresa aderiu à ação global Thank You Meal e preparou refeições especiais para os profissionais de saúde

Desde o início da pandemia provocada pelo novo coronavírus, o Mcdonald’s, operado pela Arcos Dorados no Brasil, está doando refeições aos profissionais que estão atuando na linha de frente do combate à covid-19, como forma de agradecer ao trabalho que eles têm realizado.

Em junho, no Paraná, em um período de uma semana, os profissionais de saúde de seis cidades foram reconhecidos pela marca e, juntos, receberam mais de mil refeições. Em Curitiba, o Hospital Pequeno Príncipe e o SAMU foram as instituições que receberam combos de Quarterão e acompanhamento. Já na região metropolitana, as entidades foram o Hospital São Lucas, em Campo Largo, e UPA Alto Maracanã, em Colombo. A Santa Casa de Misericórdia de Ponta Grossa também foi agraciada, assim como o Hospital Germano Lauck, em Foz do Iguaçu. Para fechar, as doações foram entregues à equipe que está sediada na Secretaria de Saúde de Cascavel e fazendo a maior parte de atendimento da covid-19 no município.

A ação faz parte da campanha global Thank you Meal, lançada nos Estados Unidos. No Brasil, o nome da campanha foi ajustado para McObrigado. “Trata-se de uma forma de levar, além de comida, solidariedade e mensagens de encorajamento para esses profissionais que têm tido uma atuação incansável e excepcional”, explica Paulo Camargo, presidente da Divisão Brasil da Arcos Dorados. Por aqui, a meta é chegar a 100 mil combos doados, o que equivale a um investimento de cerca de R$ 2,5 milhões de reais.

Até o momento, já foram realizadas mais de 65 mil doações para profissionais de saúde, instituições que atuam no combate à fome, cooperativas e caminhoneiros. Todas têm sido preparadas pelos funcionários da rede, que também estão se mobilizando para colocar recados de agradecimento juntos das refeições. No Paraná, cerca de duas mil refeições já foram doadas nas cidades de Curitiba, São José dos Pinhais, Maringá e Londrina.

Outras medidas da Arcos Dorados

Acreditando na união de forças para que o país possa superar esse momento de crise, o McDonald’s decidiu apoiar micro e pequenas empresas do setor de alimentação no Brasil, abrindo turmas de formação gratuita e online voltadas a profissionais que atuam nesse segmento.

A companhia criou um curso para microempreendedores, que conta com uma grade dividida em três pilares principais: Segurança Alimentar, Higiene e Desenvolvimento Sustentável, áreas em que a companhia é reconhecida internacionalmente por sua excelência. Essas são esferas fundamentais para garantir medidas de prevenção de contaminação por microrganismos, incluindo o novo coronavírus.

Os módulos estão sendo disponibilizados por meio do site https://trilhas.info/ para que os novos interessados possam acompanhar o conteúdo.

Além disso, O McDonald’s abriu vagas gratuitas para o curso de Desenvolvimento Sustentável em Foco, que nos últimos dois anos contou com cerca de dois mil inscritos e aborda uma grade que contempla 12 temas como Compromisso Social, Energia Renovável, Diversidade & Inclusão, Economia Circular, Mudanças Climáticas e Gestão de Resíduos, entre outros. O curso é o maior programa corporativo de educação para o desenvolvimento sustentável do Brasil.

Medidas para segurança de seus colaboradores

Tendo como prioridade proteger a saúde e bem-estar de seus funcionários e clientes, a companhia implementou um comitê focado especialmente em monitorar e agir em torno de diversos assuntos relacionados ao tema. Abaixo as principais ações da marca para garantir a segurança nos restaurantes:

Todos os funcionários passaram a atender com luvas e máscaras nas interações de entrega no balcão, Drive, Quiosques e McCafé. Além disso, todos os pedidos estão sendo entregues já em embalagens para viagem.
No interior dos restaurantes, o chão recebeu a aplicação de adesivos de segurança, formando linhas que delimitam o distanciamento social exigido na aproximação dos entregadores ou de clientes.
Nos caixas do Balcão, Quiosque e McCafé, nas áreas de retirada e nas cabines do Drive-Thru foram implantadas barreiras de acrílico para reduzir o contato.
Aumento na frequência da limpeza dos balcões, equipamentos e portas e no número de dispensers de álcool em gel no salão.
As máquinas de cartão passaram a ser higienizadas após cada uso e os restaurantes estão sugerindo que os clientes do Drive-Thru façam uso de formas de pagamento à distância, como o Sem Parar.
As unidades também oferecem materiais para higienização das bolsas dos profissionais que entregam os pedidos feitos pelo McDelivery. A marca tem estimulado que esses profissionais higienizem as bolsas, lavem as mãos ou façam uso do álcool gel todas as vezes que chegam para retirar um pedido.

Sobre a Arcos Dorados

A Arcos Dorados é a maior franquia independente do McDonald’s do mundo e a maior rede de serviço rápido de alimentação da América Latina e Caribe. A companhia conta com direitos exclusivos de possuir, operar e conceder franquias locais de restaurantes McDonald’s em 20 países e territórios dessas regiões. Atualmente, a rede possui quase 2.300 restaurantes, entre unidades próprias e de seus subfranqueados, que juntos empregam mais de 100.000 funcionários (dados de 31/12/2019). A empresa também mantém um sólido compromisso com o desenvolvimento das comunidades nas quais está presente e com a geração de primeiro emprego formal para jovens, além de utilizar sua escala para impactar de maneira positiva o meio-ambiente. A Arcos Dorados está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ARCO). Para saber mais sobre a Companhia por favor visite o nosso site: www.arcosdorados.com.

Campanha apoiada pelo cantor Gusttavo Lima junto da associação Bem Protege promete ajudar brasileiros desempregados a ter uma nova fonte de renda

Na live “Buteco São João” realizada na última sexta-feira, dia 26, o cantor sertanejo e embaixador da Associação de Proteção Veicular (Bem Protege), Gusttavo Lima, junto do empresário e diretor da associação, Gleidson Soares, anunciaram uma parceria em prol da campanha “Embaixador Bem Protege”.

Criada pela associação em conjunto com o artista, a campanha tem o objetivo de gerar renda extra aos brasileiros por meio de uma rede de indicação, na qual os participantes podem captar novos clientes interessados em adquirir a proteção veicular e faturar por cada venda realizada. “Na campanha, o interessado se cadastrará através de um sistema intuitivo de indicação online e será remunerado por suas vendas. Para cada cliente captado, o cadastrado ganha até R$ 200. Quanto maior for o número de clientes indicados, melhor será o valor do faturamento mensal”, explica Gleidson Soares.

Ainda segundo o empresário, a campanha visa atingir o maior número possível de pessoas, para que as mesmas tenham a oportunidade de produzirem suas próprias rendas, atuando no mercado de proteção veicular. “Este segmento fornece serviços a apenas 30% da frota total de veículos do país, ou seja, existe um enorme espaço para novos colaboradores. Em um momento em que o Brasil registra o recorde negativo de 856 mil empresas fechadas e um aumento progressivo dos índices de desemprego, ações como estas se mostram essenciais. Juntos, poderemos acelerar na direção de um Brasil menos desigual, em que o crescimento individual e coletivo siga o mesmo caminho”, ressalta.

Bem Protege

A Bem Protege - Proteção Veicular é uma associação com foco em gestão de benefícios, que são oferecidos aos seus associados por meio do Programa de Reposição de Perdas (PRP) contra colisões, roubos, furtos e incêndios. Com mais de 10 anos de trajetória, a associação fornece cobertura em todo o território nacional.

BBQ MIX – o maior churrasco do mundo está de volta em sua casa

Audiomix reúne Leonardo, Edson e Hudson, Bruno e Marrone e os Parazim num evento de dar água na boca

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=172925&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCP2P15201MB233910BB64ADC8FE03BA5A6DBE6F0%2540CP2P15201MB2339.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCP2P15201MB233910BB64ADC8FE03BA5A6DBE6F0%40CP2P15201MB2339.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%3E-1.2

Música com a maior qualidade e grandes vozes, sabores e diversão. Em linhas gerais é assim que podemos definir o “BBQ MIX em Casa”, que acontece dia 4 de julho a partir das 17h, diretamente no canal do Youtube de cada um dos artistas participantes. A saber, vamos aos nomes que vão fazer o público dançar e comer ouvindo o melhor show: Leonardo, Bruno e Marrone, Os Parazim, Edson e Hudson. A transmissão contará ainda com a participação de grandes assadores, para dar tom e tempero ao evento: Jimmy Ogro, Paula Labaki e Roberto Barcellos. O público poderá acompanhar o ao vivo também no canal oficial, rádio e aplicativo do VillaMix Festival.

DO GUINESS PARA A LIVE:

A nova edição do “BBQ Mix” promete relembrar o evento que reuniu mais de 40 mil pessoas no estacionamento do Estádio Serra Dourada, em fevereiro. Para compor esse momento, os artistas Bruno e Marrone, Leonardo, Edson e Hudson e Os Parazim vão apresentar os principais sucessos que divertiram o público no maior churrasco do mundo, título concedido pelo Guinness World Records, na ocasião. Durante a transmissão, os churrasqueiros Jimmy Ogro, Paula Labaki e Roberto Barcellos vão preparar cortes mantendo o sabor e originalidade do BBQ Mix, dialogando diretamente com os artistas em um bate papo sobre técnicas e preparo. “Nesta live, queremos gerar muita interação e reviver o evento que marcou a todos em fevereiro com uma estrutura e experiência únicas. O público que não esteve no BBQ poderá sentir um pouco do que foi o maior churrasco do mundo”, garante Marcos Araújo, idealizador do projeto.

Já a estrutura da live tem sido idealizada de forma extremamente consciente, com o intuito de evitar a aglomeração dos profissionais presentes para a produção do ao vivo. Por esse motivo, o local da transmissão também não será divulgado, certificando a segurança de todos os envolvidos nesta ação beneficente. O público que prestigiar o “BBQ Mix em Casa” poderá realizar doações para instituições filantrópicas por meio do PicPay, empresa parceira da transmissão.

O festival promoveu, nos últimos meses, o projeto “VillaMix Esperança” e também quatro edições do VillaMix em Casa com renomados artistas brasileiros, ambas ações conquistaram surpreendentes números de usuários simultâneos, que prestigiaram as lives e também realizaram doações. Ao todo, foram arrecadados: 2.119,000 em dinheiro para as instituições Hospital de Amor de Barretos, ONG Amigos do Bem, Santa Casa de Misericórdia de Goiânia e AACD, além disso, mais de 100 mil toneladas de alimentos, mais 4 mil cestas básicas e 558.000 insumos

CARDÁPIO E HISTÓRIA:

Os Parazim

Dedicação e determinação. São essas palavras que definem os irmãos Thiago e Samuel. A dupla nascida em Araguaína (TO), tanto acreditou em seu potencial que atraiu essas boas vibrações para carreira. Em 2008, incentivados pelos pais, fizeram a primeira apresentação em um encontro da igreja. Os jovens araguainenses de origem humilde, desde pequenos, já realizavam apresentações em escolas, bares e quadrilhas, evidenciando o nato talento. Em 2009, por meio de um convite, Thiago e Samuel se apresentaram em um centro de exposições no Pará e o resultado não poderia ter sido outro: o público se afeiçoou! Abriu os braços e os corações, apoiando a dupla que, em homenagem ao estado, adotou o codinome: “Os Parazim”. Thiago e Samuel ainda não imaginavam que essa primeira apresentação seria responsável por proporcionar oportunidades na carreira musical e, ainda, o início de uma bela trajetória para dupla.

Com total apoio da família, os dois irmãos sempre lutaram por uma estabilidade na estrada musical, tendo como referência Zezé Di Camargo e Luciano, Chitãozinho e Xororó e Amado Batista. Durante uma apresentação em Pacajá, outra vez no estado do Pará, os meninos conheceram Gabriel Gava, apresentaram as composições feitas e, pouco tempo depois, o cantor gravou a música “Te amar nunca mais”. Thiago e Samuel sentiam que esse seria apenas o primeiro passo para uma valorosa carreira, mas que o futuro também seria sinônimo de desafios. Sabendo disso, os irmãos resolveram ir à Goiás investir no trabalho que estava sendo realizado e tendo como motivação o principal fator: ajudar a família!

Durante as apresentações, os contatos com os responsáveis pelo cenário musical goiano se fortaleceram. A dupla se aprimorava, mantendo os traços do sertanejo raiz juntamente com a originalidade do Pará. Grandes intérpretes começaram a se interessar e gravar suas composições, sendo elas, Propaganda (Jorge e Mateus), Notificação Preferida (Zé Neto e Cristiano), Regime Fechado (Simone e Simaria), Despedida (Wesley Safadão), entre outras.

Os Parazim difundiam então o seu talento em Goiânia. Foi ali que o empresário Marcos Araújo, responsável pela AudioMix, empresa especializada na gestão da carreira de artistas e também produtora exclusiva do VillaMix Festival, notou a vocação e a habilidade dos jovens com a música. Assim, Thiago e Samuel receberam em Junho de 2019, o convite para atuar no casting de artistas agenciados pela empresa. No mesmo mês, a dupla realizou a gravação do primeiro DVD, dirigido pelo renomado Maestro Pinocchio com a produção de Marquinho Boose, na 9a edição do VillaMix Goiânia. O grande público presente no evento se embalou com 15 músicas, sendo 14 autorais e inéditas, reservadas durante a trajetória dos cantores para este momento.

Diante disso, Thiago e Samuel prometem continuar energizando o público com essa nova etapa na construção de suas carreiras, mantendo a particularidade das composições e a essência da dupla com a singularidade de unir e mesclar estilos musicais, que vão do forró até o funk. “Os Parazim” asseguram que levarão alegria para os quatro cantos do Brasil, com músicas dançantes e a originalidade do som do Pará, não se esquecendo do batidão das aparelhagens de bass e um beat eletrônico. E como diriam os irmãos: “fazendo um trem diferente!”

Leonardo – o rei das Lives

Leonardo tomou gosto pelas lives. Esse novo estilo de apresentação, que não tem hora pra acabar, conquistou o coração do cantor, que acabou batizado pela mídia como Rei das Lives. Mas isso não é o que importa para Emival Eterno Costa, ou melhor, Leonardo, um cara simples e boa gente de Goianápolis (GO), que encanta, há décadas, o Brasil com sua voz e seu carisma. Além da primeira live solo, que aconteceu sábado passado (27/6), ele participou de praticamente todas as lives promovidas pela Audiomix e já apresentou os shows virtuais “Cabaré”, com Eduardo Costa, “Pai e filho”, com Zé Felipe, “Amigos” ao lado de Chitãozinho e Xororó e Zezé Di Camargo e Luciano.

No “BBQ Mix”, Leonardo promete agitar a galera com o show "Canto, bebo e choro", que representa um projeto onde interpreta sucessos de grandes nomes da música sertaneja, entre eles "Ponto Negro", de Chitãozinho & Xororó, "Pare Com Isso", de João Mineiro & Marciano e “Devolva a passagem”, canção de Ronaldo Adriano e Zé do Rancho de 1977, regravada em 1996 pela dupla Leandro & Leonardo, entre muitas outras. Para marcar a data, o artista fará ainda uma homenagem especial ao seu irmão Leandro, que nos deixou há 22 anos.

Edson e Hudson- O ‘amor rasgado’, as modas sofridas, além das canções bem humoradas, sempre foram características de Edson e Hudson, dupla que comemora 25 anos de carreira dedicados à indústria fonográfica. Para celebrar o momento tão especial, os irmãos lançaram o sétimo DVD da carreira, intitulado Amor + Boteco. Nele, Edson e Hudson revisitaram as histórias pessoais e musicais, regravando grandes clássicos dos anos 90 e 2000, além dos próprios sucessos e as novas composições.

Edson e Hudson possuem uma das histórias mais bonitas do sertanejo. Nasceram em família circense e foi no circo onde tudo começou.

Em 2000, revolucionaram a indústria da música. ’Azul’ foi a primeira de uma sequência interminável de sucessos. Os riffs inconfundíveis da guitarra de Hudson, unidos à potência, afinação e extensão vocal de Edson, confirmam os números expressivos conquistados ao longo da carreira: mais de 12 milhões de cópias vendidas, dezenas de premiações e indicações ao Grammy, cerca de 6 mil apresentações realizadas para um público estimado em 46 milhões de pessoas e mais de 500 músicas gravadas. Hits? São dezenas! Galera Coração, Foi Deus, Porta-Retato, Jura, Te Quero Pra Mim, Foi Você Quem Trouxe, dentre tantos outros, se transformaram em hinos, cantados em coro pelos fãs em todo o Brasil.

Citações

“Será uma grande apresentação. Vamos reunir grandes sucessos que é para o público cantar do início ao fim. BBQ Mix, estamos chegando! O chão vai tremer e o bicho vai pegar” (Edson)

“Estamos felizes e muito ansiosos. Muito obrigado pelo convite! É bom o pessoal em casa estar preparado, pois temos hora só para começar. BBQ Mix, juntos e misturados nessa live que promete” (Hudson)

Bruno e Marrone - “...seu guarda eu não sou vagabundo, não sou delinqüente, sou um cara carente eu dormi na praça, pensando nela”. Esse foi o refrão mais cantado no ano 2000. Enquanto a música ecoava pelo país, uma pergunta surgia: Quem canta aquela “música da praça”? Passados alguns anos, não restava nenhuma dúvida, os cantores de “Dormi na Praça” e de dezenas de sucessivos hits são Bruno & Marrone. Em 2020 completam 34 anos de carreira, têm 23 CD’s e 9 DVD’s gravados.

História que, para muitos, parece recente, mas não é. Vinícius e José Roberto, nomes de batismo dos dois, se conheceram por uma das obras que só o destino é capaz de causar. O cantor Leonardo, amigo comum dos dois, apresentou. Marrone tinha um sonho de formar uma dupla, mas ainda não tinha encontrado o parceiro ideal.

Bastou um encontro, um violão e uma canção para que se cumprisse o que alguém, seguramente, escreveu. Isso mesmo, quais seriam as reais chances de um balconista de farmácia conhecer um filho de trabalhadores rurais, sem frequentarem os mesmos lugares e, nem mesmo, terem amigos em comum? O que na verdade os uniu foi o sonho de ambos, seguir carreira como cantores.

Temperamentos diferentes, humores e opiniões também. A pura tradução da tão conhecida lei da física de que os opostos se atraem. Diríamos mais: se atraem e se completam! E foi isso que fez e faz com que Bruno & Marrone estejam juntos há mais de 30 anos. Eles se tornaram irmãos de alma.

Toda essa união não seria suficiente se eles não tivessem determinação e paciência. No fundo Bruno & Marrone sabiam que o dia deles chegaria. Esperaram 10 anos para gravar o primeiro CD. Enquanto isso, cantavam pelos bares da vida. Conheciam pessoas, sentimentos e situações que fariam de Bruno um dos maiores compositores da história da música sertaneja.

Os anos de espera deram maturidade, sabedoria e finalmente a grande chance de vencer. Depois de portas e portas fechadas, decidiram tomar as rédeas da carreira. Regravaram, “Dormi na praça”, canção gravada no primeiro álbum, e sinalizaram para a gravadora que seria essa a faixa de trabalho. Não deu outra! De 2000 para cá, Bruno & Marrone venderam mais de dez milhões de CDs, seus DVD's encabeçam a lista dos mais vendidos. Ganharam um Grammy Latino, suas músicas invadiram as rádios e conquistaram o país de Norte a Sul. Não seria justo citar alguns sucessos. Porque faltariam muitos outros, pode apostar.

Hoje a realização de Bruno & Marrone tem forma de multidão de fãs. Fãs que lotam os shows e fazem da dupla recordista de público por onde passa, fãs de todas as idades. Fãs que levaram Bruno & Marrone às lágrimas em Goiânia, ao cantarem no palco principal da Exposição Agropecuária. Bruno & Marrone figuram entre os maiores expoentes do mercado fonográfico no Brasil.