Com inspiração surrealista, Level Club abrirá as portas em Curitiba

Com inspiração surrealista, Level Club abrirá as portas em Curitiba
A nova casa noturna, que vai ocupar um dos endereços mais consagrados da noite curitibana, pretende promover experiências únicas e criativas, potencializando sensações e propondo experiências

CURITIBA, 13/11/2019 - A partir de sexta-feira, dia 15 de novembro, a cidade de Curitiba ganhará uma nova opção de casa noturna: o Level Club, que chega com o conceito de combinar o representativo, o abstrato, o irreal e o inconsciente, promovendo experiências únicas na capital paranaense. Convidando todos a se libertarem das exigências da lógica, esquecer as fronteiras e os rótulos que separam e definem as pessoas, o Level promete desconstruir, tumultuar e inquietar as mentes curitibanas.

“O propósito do Level Club é ser subversivo, abolindo a realidade que a sociedade nos impôs como a única verdadeira”, comenta Gabriel Tomasoni, um dos responsáveis pela casa. No empreendimento, a música só terá um compromisso: atingir o seu impulso criativo, deixando todos livres para se divertirem genuinamente. Nas sextas-feiras, o Level trará o melhor da música eletrônica. Já aos sábados, a pista será embalada por ritmos marcantes, entre eles funk, reggaeton e pop.

Outro grande diferencial do clube ficará por conta das intervenções artísticas que serão realizadas durante as noites, trazendo uma energia lúdica e contagiante para o ambiente. “Queremos que o Level seja único, gerando experiências e sensações que dificilmente encontraremos em outro local da cidade. Para isso, além da música, vamos promover outras demonstrações artísticas durantes as nossas noites, tudo para que o público mergulhe de cabeça neste universo surrealista que estamos propondo”, detalha Gabriel.

Localizada no coração do Batel, na Avenida Bispo Dom José (nº 2277), a casa noturna ocupa o endereço que antes sediava o tradicional Soviet. Com o projeto arquitetônico assinado por André Henning, o Level Club tem cerca de 400m² e capacidade para 500 pessoas, que terão a oportunidade de curtir uma infraestrutura moderna e aconchegante. O espaço foi dividido em pista, camarote, mezanino e fumódromo, áreas projetadas com excelência para tornar a noite do público ainda mais especial.

No menu da casa, muitos shots, cervejas e combos. Como um diferencial atrativo, a compra de alguns combos vai envolver rituais de entrega performáticos, focados em proporcionar uma experiência única ao usuário. O Level contará com parcerias exclusivas e espaços assinados por marcas como Diageo, Heineken e LVMH. No menu de drinks autorais, combinações exclusivas, entre elas o Sky Flight, preparado com Tequila José Cuervo Prata, Bacardi Carta Blanca, Vodka Absolut, Limão Siciliano e Água de Coco; o Boss Fight, que leva Absinto, Curaçao Blue, Limão Taiti, Mel de agave e Soda; e o Pineaple’s Night, feito com Suco de Abacaxi, Cachaça Jambu, Glitter e Morango.

“Além de todo conceito e da estrutura de excelência, fomos buscar parceiros de muita qualidade para escrever a história do Level Club. Temos certeza que o público será surpreendido por uma experiência única, de altíssimo nível, que estará presente em cada detalhe do empreendimento a partir deste final de semana”, completa Tomasoni.

O Level Club vai funcionar na Avenida Bispo Dom José (nº 2277), no Bairro Batel, nas sextas e sábados. A casa abrirá as portas oficialmente nesta sexta-feira, dia 15 de novembro, a partir das 23h. Mais informações sobre as festas da semana estão disponíveis no perfil oficial do clube no Instagram (@lvlclub).

DOWLOAD DO APP NATAL BRADESCO

DOWLOAD DO APP NATAL BRADESCO
Aplicativo está disponível hoje no sistema Android e em 19 de novembro no iOS

A partir de hoje (13) os usuários do sistema Android já podem fazer o download do aplicativo Natal Bradesco. O app trará informações gerais sobre o espetáculo, figurinhas para mandar por WhatsApp e a função “Pinte o Palácio”. Ali o público encontrará uma imagem do Palácio Avenida que poderá ser colorida e enviada online.

Os desenhos enviados poderão ser projetados na fachada do Palácio Avenida durante o “Show de Luzes Bradesco”, que acontece de 2 a 19 de dezembro.

Além do “Show de Luzes Bradesco”, o aplicativo vai permitir interações do público durante as apresentações oficiais do Natal do Bradesco, de 6 a 22 de dezembro. Quem baixar o aplicativo receberá notificações para, em momentos específicos, levantar seus celulares, que vão exibir imagens sincronizadas com o espetáculo.

No sistema iOS, o aplicativo Natal Bradesco estará disponível a partir de 19 de novembro.

Interação nas agências do Bradesco
Além da participação no aplicativo, o público também pode levar seus desenhos e pinturas até uma das 25 agências do Bradesco em Curitiba e Região Metropolitana que têm as urnas do Natal.

Não há necessidade de formulários oficiais do espetáculo. Basta utilizar papéis comuns, brancos, e levá-los até uma das agências Bradesco participantes. Lá, a população deve carimbar as folhas e preencher seus dados antes de inserir a arte na urna.

Haverá uma moderação dos desenhos para garantir a aderência ao tema e as artes poderão ser projetadas na fachada do Palácio Avenida durante o “Show de Luzes Bradesco”.

Os desenhos devem ser depositados até 25 de novembro.

Sobre o Natal do Bradesco 2019
Com o tema “As Cores do Natal”, o Natal do Bradesco 2019 estreia no dia 6 de dezembro e vai até 22 de dezembro, sempre às sextas, sábados e domingos, às 20h15.

O coral do Natal do Bradesco é composto por cerca de 100 crianças, com idades entre 7 e 12 anos, de instituições de acolhimento apoiadas pelo Banco e de escolas públicas de Curitiba.

Uma das novidades do Natal do Bradesco deste ano é o “Show de Luzes Bradesco”. Entre 2 e 19 de dezembro, sempre de segunda a quinta-feira, o Palácio Avenida será iluminado por projeções diferentes a cada dia, acompanhadas de trilha natalina.

Serviço:
O que: Show de Luzes Bradesco
Tema 2019: As Cores do Natal
Onde: Palácio Avenida – Centro de Curitiba/PR
Quando: 2 a 19 de dezembro (segunda a quinta-feira)
Horário: 20h15

O que: Natal do Bradesco
Tema 2019: As Cores do Natal
Onde: Palácio Avenida – Centro de Curitiba/PR
Quando: 6, 7, 8, 13, 14, 15, 20, 21 e 22 de dezembro (às sextas, sábados e domingos)
Horário: 20h15

Agências Bradesco participantes
Encontre os locais que terão urnas para receber os desenhos e pinturas do público em Curitiba e Região Metropolitana

CURITIBA

AGÊNCIA
ENDEREÇO
BAIRRO
CAJURU-UCTBA
AV.PRES.AFONSO CAMARGO, 177
JARDIM BOTÂNICO
BACACHERI-UCTBA
AV.ERASTO GAERTNER, 209
BACACHERI
R.JOÃO NEGRÃO-UCTBA
R. JOÃO NEGRÃO, 731
CENTRO
MAL.DEODORO-UCTBA
R.MAL DEODORO, 314
CENTRO
AHÚ-URB.CURITIBA
R.CEL. AMAZONAS MARCONDES, 1505
AHÚ
AV.J.GUALBERTO-UCTBA
AV. JOÃO GUALBERTO, 1487
JUVEVÊ
S.FELICIDADE-UCTBA
AV. MANOEL RIBAS, 5875
SANTA FELICIDADE
PORTÃO-UCTBA
AV.REPÚBLICA ARGENTINA, 2958
PORTÃO
CTO CÍVICO-UCTBA
AV. CANDIDO DE ABREU 427
CENTRO CÍVICO
PINHEIRINHO-UCTBA
AV.WINSTON CHURCHILL, 2296
PINHEIRINHO
CEASA-UCTBA
BR 116-KM11 22881-BOX.999/976
TATUQUARA
ÁGUA VERDE-UCTBA
AV. PRES GETÚLIO VARGAS, 2703
ÁGUA VERDE
R.CEL.DULCÍDIO-UCTBA
R. COMENDADOR ARAÚJO, 862
BATEL
R.M.V. MACEDO-UCTBA
R. MANOEL V. DE MACEDO, 2505
CIC
HAUER-UCTBA
AV. MAL FLORIANO PEIXOTO, 5500
HAUER
MONSENHOR CELSO-UCTBA
R. MONS.CELSO, 50
CENTRO
CURITIBA-CTO
R.MARECHAL DEODORO, 170
CENTRO
AVENIDA-UCTBA
AV LUIZ XAVIER, 11
CENTRO
V.PAROLIN-UCTBA
R. MAL.FLORIANO PEIXOTO, 3616
PAROLIN
SÍTIO CERCADO-UCTBA
R.IZAAC F.DA CRUZ, 3330 COM.3
SÍTIO CERCADO

REGIÃO METROPOLITANA

AGÊNCIA
ENDEREÇO
CIDADE
COLON.MURICI-USJPIN
BR 376 KM 13,7 - CENTRO
SÃO JOSÉ DOS PINHAIS
PINHAIS-CTO
AV.CAMILO DE LELLIS, 184
PINHAIS
COLOMBO-CTO
R XV DE NOVEMBRO, 158
COLOMBO
CAMPO LARGO
R.XV DE NOVEMBRO, 2351
CAMPO LARGO
ARAUCÁRIA-CTO
PÇ.DR.VICENTE MACHADO, 420
ARAUCÁRIA

Celso Coppio”Horses of Dreams”

Celso Coppio é artista visual de grande projeção nacional, internacional, e professor de Artes Plásticas. Suas obras estão presentes em diversos acervos e museus no Brasil e pelo mundo. Suas cores, luzes, sombras e formas nos levam a sonhar com as belas Paisagens e Naturezas Mortas que ele, com sua esmerada técnica e muita emoção, as transforma em lindas pinturas. Apreciar suas obras estimula as nossas emoções, faz com que aflorem em cada um que as contempla uma vontade de penetrar em seu mundo de sonhos, realidades vividas e metas alcançadas.

     Na presente exposição "Horses of Dreams", Celso comemora 50 anos de vida artística. Nela o artista abre seu coração revelando sua grande paixão por cavalos, paixão esta, que ele diz ter desde criança quando nas fazendas de sua família, no Vale do Paraíba, SP, já galopava e declarava seu amor pelo seu puro sangue Mangalarga.

     A natureza, enfim, estava já com alicerces fincados em sua alma e foi ela que sempre inspirou e motivou a arte de Celso Coppio.

     Cores, luzes, emoção, presença da comunhão interior com a alma da vida.

*com divulgação

Programação diversificada e acessível celebra o aniversário de Alfredo Andersen

Programação diversificada e acessível celebra o aniversário de Alfredo Andersen
De 18 a 26 de novembro o Museu Casa Alfredo Andersen promove oficinas, workshop, palestras e bate-papos gratuitos durante a Semana Andersen

Em comemoração ao aniversário de Alfredo Andersen, celebrado no dia 3 de novembro, o Museu Casa Alfredo Andersen promove uma série de atividades nas duas últimas semanas do mês, com oficinas, workshop, palestras e bate-papos conduzidos por professores da Academia Alfredo Andersen e artistas convidados, além da 1ª Exibição Coletiva da Academia, com a projeção dos trabalhos produzidos pelos alunos durante o segundo semestre de 2019. A programação é gratuita, mas as vagas são limitadas. Inscrições abertas na secretaria do museu.

“A Semana Andersen é, acima de tudo, um momento de confraternização para nós. Por isso buscamos uma programação diversificada e acessível, para atrair mais pessoas para dentro do museu e da academia. Fizemos questão que as atividades fossem gratuitas e voltadas para qualquer pessoa interessada nos temas, sem necessidade de conhecimento prévio em artes. Até mesmo crianças e adolescentes podem participar, desde que acompanhados dos pais ou responsáveis”, comenta o diretor do MCAA, Luiz Gustavo Vidal Pinto.

A Semana Andersen 2019 celebra o legado do artista e vai além, ao apresentar e discutir temas ligados a outros campos artísticos, como a residência artística com Alfi Vivern, a roda de conversa entre artistas e pensadores, a oficina inédita de master copy, a palestra do historiador e youtuber Robério Santos com participação de Danilo Caymmi, entre outros. “Os temas irreverentes não se distanciam da personalidade de Alfredo Andersen: desbravador, divertido e sociável, Andersen radicalizou ao mudar-se para o Brasil e casar-se com Ana, sua esposa parnanguara da tribo dos Carijós”, explica a responsável pela programação, Patrícia Mannarino.

Programação
Na segunda, dia 18/11, o artista plástico Sérgio Moura conduz a “Oficina básica de serigrafia: estampe sua bolsa”, das 14h às 17h30. Os participantes aprenderão técnicas iniciais de impressão serigráfica artística em papel e tecido e, em seguida, colocam em prática os conhecimentos adquiridos estampando uma bolsa de algodão. Todo o material será disponibilizado pelo museu.

A abertura oficial da Semana Andersen será no mesmo dia, a partir das 18h45, com a apresentação do Conservatório de Música Popular Brasileira, uma performance do ator José Plínio como Alfredo Andersen e a 1ª Exibição Coletiva da Academia Alfredo Andersen, com a projeção dos trabalhos produzidos pelos alunos durante o segundo semestre de 2019.

Já na terça-feira, dia 19/11, das 14h às 17h, a artista e psicóloga Ivana Guimarães Vieira propõe a oficina “Uma tarde de arte e terapia”. A arte terapia é um método baseado no uso de várias formas de expressão artística com finalidade terapêutica. Nessa vivência, a professora conduz os participantes a observarem trabalhos de Alfredo Andersen e a reinterpretarem por meio da técnica de giz pastel seco. Ao final, haverá uma roda de conversa. O material será disponibilizado aos participantes.

Dia 20/11, das 14h às 17h, tem a “Oficina de master copy” com o artista João Paulo de Carvalho. Em belas artes, o trabalho do “copista” implica em entender a coleção de um artista. Na oficina de master copy, inédita em Curitiba, os alunos irão realizar um trabalho de pesquisa no acervo expositivo de Alfredo Andersen no Museu Casa e trabalhar uma de suas obras. Para essa atividade será necessário que os interessados tragam seu próprio material: tela, pincéis e tintas, preferencialmente a óleo.

O que a frase “você não é fotogênico” tem de verdade? Fotógrafos profissionais afirmam que o momento em que a pessoa é fotografada conta mais que a sua beleza. Essa é a proposta do “Workshop de fotografia: como fazer um retrato” que ocorre dia 21/11, das 14h às 17h, com o professor Christian Shoenhofen. Serão abordados tópicos importantes do retrato, desde sua perspectiva histórica, os retratos produzidos por Andersen, luz e perspectiva, até a realização de um pequeno retrato. Para participar, os interessados precisam levar um celular com câmera.

No mesmo dia, das 17h30 às 19h30, a “Roda de conversa: arte e encontro” reúne os artistas e pensadores de Curitiba Bruno Marcelino, Carlos Nigro, Charly, Didone, Francisco Borges Laranjal, Gleusa Salomão, Luiz Gustavo Vidal, Marcelo Conrado, Rogério Geraud e Sérgio Moura para um bate-papo que propõe o religar da arte com a vida, um momento de trocar ideias, de conversar pausadamente e escutar sem pressa.

Encerrando a Semana Andersen, dia 26/11, às 19h, o museu recebe o jornalista, professor e pesquisador Robério Santos e o músico Danilo Caymmi para a palestra “As Quatro Vidas de Volta Seca”. Autor do livro de mesmo nome, Robério se propõe a esclarecer muitos pontos da trajetória do cangaceiro Volta Seca, personagem que inspirou o livro Capitães de Areia, de Jorge Amado. Serão abordados temas como a infância do personagem, sua entrada no cangaço, a prisão e a reconstrução da vida em liberdade, e ainda composições de sucesso como Maria Bonita e Mulher Rendeira, com a participação de Danilo Caymmi.

Residência artística
A proposta da Residência Artística do MCAA é dar a oportunidade para que estudantes e admiradores de artes acompanhem de perto a produção de artistas. A cada mês um novo artista é convidado. A partir de 18 de novembro, sempre das 14h às 17h30, o artista argentino radicado em Curitiba Alfi Vivern estará no museu dando continuidade ao trabalho Submarino, apresentado na 14ª Bienal Internacional de Curitiba. Nascido em Buenos Aires, em 1948, Vivern mora no Brasil desde 1972. Seu trabalho já rodou cidades e países de diferentes continentes, da América à Ásia, e suas peças estão expostas em vários museus ao redor do mundo.

Serviço
Semana Andersen
De 18 a 26 de novembro de 2019
Programação completa: www.mcaa.pr.gov.br
Atividades gratuitas
Inscrições para as oficinas na secretaria do museu

Museu Casa Alfredo Andersen
Rua Mateus Leme, 336. Curitiba-PR
Visitação de terça a sexta-feira, das 9h às 18h. Sábado, domingo e feriado das 10h às 16h.
(41) 3222-8262 | (41) 3323-5148
maa@seec.pr.gov.br

Fotos: Créditos salvos no nome do arquivo.

Grupo oferece oportunidade rara de apreciar o repertório de Gurdjieff-De Hartmann para piano

Grupo oferece oportunidade rara de apreciar o repertório de Gurdjieff-De Hartmann para piano

Projeto “De sons e terras distantes” é realizado pelo Coletivo PIANOVERO e pianistas convidados,
que se apresentarão no próximo dia 21 de novembro, às 19h30, na Capela Santa Maria

O público de Curitiba terá, no próximo dia 21 de novembro, na Capela Santa Maria, a oportunidade rara de apreciar um conjunto significativo de peças para piano elaboradas pelo filósofo armênio Georges Gurdjieff e pelo compositor e pianista ucraniano Thomas De Hartmann. O concerto “De sons e terras distantes” será realizado pelo Coletivo PIANOVERO e pianistas convidados, que executarão cerca de 40 dessas peças compostas no início do século 20.

A pianista e diretora musical do projeto, Vera Di Domenico, explica que a descoberta desse repertório foi recente em sua vida, mas foi uma espécie de “amor à primeira audição”, o que a motivou a elaborar o projeto. Como se tratam de obras pouco conhecidas, principalmente no Brasil, a busca por partituras revelou-se difícil, mas ela acabou por conseguir boa parte do material através de contatos com um dos mais renomados intérpretes dessas peças, o pianista francês Alain Kremski, que veio a falecer aos 78 anos de idade, no último mês de dezembro, além de Niket Jones do País de Gales (seguidor dos Movimentos Gurdjieff e Osho) e Amiyo Devienne (instrutora das danças e Movimentos Gurdjieff e Osho pelo mundo todo).

“Há muitos anos, quando ainda estudava na Alemanha, havia ouvido falar desse repertório, mas só vim a conhecê-lo de fato mais recentemente. A obra é tão emocionante, bela, delicada e especial, que temos certeza de que irá tocar a todos como ela nos tocou”, afirma Vera, que no ano passado dirigiu projeto com a obra Vexations, de Eric Satie, realizada pelo Coletivo PIANOVERO, em eventos de 24 horas no Teatro Guaíra e na Oficina de Música de Curitiba.

A obra

As peças que serão apresentadas neste concerto são resultado das investigações do filósofo armênio Georges Ivanovich Gurdjieff pelo Oriente, e reúnem elementos de culturas e tradições espirituais muito antigas de regiões próximas aos mares Cáspio, Negro e Mediterrâneo, com destaque para o Sufismo. Para Gurdjieff, a música (assim como o movimento, a exemplo da dança dos dervixes sufis), desempenha um papel central em seu sistema filosófico.

De volta à Europa, na Paris do início do século 20, ele apresentou essas músicas ancestrais ao compositor e pianista ucraniano Thomas De Hartmann, que as arranjou para o piano. Era o ano de 1917 e De Hartmann, então com 31 anos de idade, era um músico de sucesso, tendo estudado com alguns dos maiores compositores russos da época, entre eles Rimsky-Korsakov.

O resultado desse encontro é uma coletânea de peças que se ancoram em tradições muito antigas e desconhecidas no Ocidente. Um repertório de grande beleza e profundidade.

“O concerto terá duração aproximada de duas horas e meia, com o objetivo de oferecer aos ouvintes uma coletânea significativa dessa obra”, completa Vera Di Domênico, que vem idealizando e dirigindo projetos temáticos de piano com seus alunos, ex-alunos e pianistas convidados desde o início dos anos 90, e já abordou repertórios como as Invenções e Sinfonias de Bach; O Mikrokosmos, de Béla Bartók; Obras a Quatro Mãos de Schubert; Sonatas e Interlúdios para Piano Preparado de John Cage, entre outros.

Serviço:

“De sons e terras distantes”

Coletivo PIANOVERO e Pianistas Convidados interpretam a Obra de Gurdjieff-De Hartmann para piano

Onde: Capela Santa Maria - Rua Conselheiro Laurindo, 273 - Centro, Curitiba-PR

Quando: 21 de novembro de 2019

Horário: 19h30min

Ingresso: R$20 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada)

à venda na Capela Santa Maria ou pelo site aloingressos.com.br

Patrocínio: Grupo Barigui Veículos e Lumen Design

Apoio Cultural: Embaixada da Ucrânia, Consulado da Ucrânia em Curitiba, Prefeitura de Curitiba,

Fundação Cultural de Curitiba, ICAC e Capela Santa Maria, Vitral Produções, Evidência

Comunicação.

Pianistas:

Analena Bordin

André Bertoncini

Beatriz Deschamps

Eneida Holzmann

Giulia Ferreira

Grace Torres

Jeferson Ulbrich

Julia Deschamps

Julia Saggin

Karine Kawamura

Lilian Nakahodo

Lucas Dias

Matheus Fedrigo

Miguel Colhado

Monica Han

Silvio Silva Jr.

Soraia Luders

Taciana Basso

Vera Di Domenico

SHOW DO BITA –  “DENTRO DO MUNDO LÁ FORA”

SHOW DO BITA - “DENTRO DO MUNDO LÁ FORA”

SINOPSE

Depois de passar por diversas cidades, em todas as regiões do Brasil, o MUNDO BITA chega com uma nova temporada de seu show. Intitulada “DENTRO DO MUNDO LÁ FORA”, a atração vai reforçar a mensagem que é a essência do fenômeno infantil: o incentivo às brincadeiras ao ar livre, estar em contato com outras crianças e viver momentos de alegria, carinho e diversão.

Flora, que já conquistou o coração da criançada nos outros shows e tem participação constante nos clipes do MUNDO BITA, segue como a cantora nesta nova temporada. Ela é uma das protagonistas ao lado de Dan, Lila, Tito e, claro, o Bita. Diversos outros personagens terão participação no show, a exemplo da Baratinha em “Insetos”, a Vaquinha em “Fazendinha” e o Palhaço em “Palhaçada”.

“DENTRO DO MUNDO LÁ FORA” conta com 19 canções contemplando todos os álbuns do MUNDO BITA. A seleção contou com a interação do público por meio das redes sociais, que escolheu as principais canções que não poderiam faltar no espetáculo.

O SHOW DO BITA é diversão garantida para toda a família!

----

Repertório de “Dentro do Mundo Lá Fora”

• Palco de brinquedos
• Eu quero ver você me pegar
• Coragem
• Fundo do mar
• Troca roupa
• Insetos
• A amizade
• A boneca e o boneco
• A diferença é o que nos une
• Magia das cores
• Onde se fabrica o pensamento
• Trem das estações
• Palhaçada
• Viajar pelo safari
• Meu pequeno coração
• Voa voa passarinho
• Nem tudo que sobra é lixo
• Fazendinha
• Dinossauros

Orquestra Instituto GPA faz duas apresentações gratuitas, durante as comemorações de Natal em Curitiba

Orquestra Instituto GPA faz duas apresentações gratuitas, durante as comemorações de Natal em Curitiba

No sábado, dia 23/11, o grupo interpreta repertório eclético na Catedral Basílica e no dia seguinte, com participação do solista Winston Ramalho, a orquestra exibe o concerto “Especial Piazzolla” no Espaço Cultural Santa Maria

SRKWqKVdgz_o-Ey9YjEZqWQRiMRnHj8L4e5wtRSIj_bdqk7s_gR3F4Ihl9i4hyHF_Wx2JHA5fWWTrFaKFhjRbd2evYLDVfa0jytKYhLDKxW7d8LERYDE8v9JXX19aHrhpAapKqh_
Orquestra Instituto GPA Crédito: Divulgação
São Paulo, novembro de 2019 - A Orquestra Instituto GPA, composta por jovens de 12 a 21 anos, integra a programação de novembro das comemorações natalinas de Curitiba com duas apresentações especiais.

No sábado, dia 23 de novembro, às 18h30, ocorre a primeira exibição da orquestra na cidade. O público vai poder apreciar músicas populares e um medley de Tim Maia no repertório que será executado na Catedral Basílica, um marco do patrimônio histórico curitibano do século XIX.

A segunda apresentação acontece em um dos principais locais da música erudita na cidade: Espaço Cultural Capela Santa Maria. O concerto será no domingo, 24 de novembro, às 10h. Neste dia, na companhia do solista Winston Ramalho, o repertório executado é uma homenagem ao compositor e musicista argentino Astor Pantaleón Piazzolla. Dentre os destaques do concerto “Especial Piazzolla” estão algumas de suas músicas mais conhecidas como “Libertango” e “Adiós Nonino”, composta em homenagem a seu pai, em 1959.

Ambas as apresentações têm entrada gratuita e acessibilidade em Língua Brasileira de Sinais (Libras).
dnyq-aGic_UeRKa6WDRiIrvu5HWC_aT7uevcAwHYKiJWiiRFvX1n_ysaxVPVbXcAaWpg2jKeDLJCo_8jeghBB3uKCi4oPY4Z9VK6LZVYYx1JYPw3NZMIUjw4_Krsx66zt5mnfZN8
Solista Winston Ramalho Crédito: Divulgação

Com regência do maestro Daniel Misiuk e direção artística de Renata Jaffé, a Orquestra Instituto GPA é composta por alunos e alunas que se destacaram no Programa de Música e Orquestra oferecido pela organização. A iniciativa tem como objetivo contribuir no despertar da vocação musical e no desenvolvimento de talentos musicais. O Programa já beneficiou mais de 15 mil jovens, aprimorando suas habilidades e despertando vocação musical por meio de técnicas com instrumentos de cordas.

Sobre o Instituto GPA
O Instituto GPA é responsável pela atuação social do GPA e busca a ampliação de oportunidades de desenvolvimento para que as pessoas trabalham por vocação e no fomento de ações de mobilização social, que visem ao despertar da empatia, da consciência e da transformação social.

Serviço:
Data: 23 de novembro, sábado
Horário: 18h30 (60 minutos)
Local: Catedral Basílica
Rua Barão do Serro Azul 31 - Centro, Curitiba - PR
Entrada gratuita
Acessibilidade: Disponível em Libras
Lotação máxima: 480 lugares

Repertório
Tim Maia Medley ...................Arr.Hugo Ksenhuk
Rodeo ......................................Aaron Copland
Fuga y Misterio..........................Astor Piazzolla
Ponteio .....................................Claudio Santoro
Hava Naguila.............................Tradicional Judaica
Fico assim sem você.................. Abdullah e Cacá Moraes
Mourão...................................... Guerra Peixe

Data: 24 de novembro, domingo
Horário: 10h (90 minutos)
Local: Espaço Cultural Capela Santa Maria
R. Conselheiro Laurindo, 273 - Centro, Curitiba - PR
Entrada gratuita
Acessibilidade: Disponível em Libras
Lotação máxima: 276 lugares

Repertório Especial Piazzolla
Libertango.................................Astor Piazzolla
Las cuatro estaciones porteñas ....Astor Piazzolla
Fuga Y Misterio.........................Astor Piazzolla
Oblivion....................................Astor Piazzolla
Adiós Nonino............................Astor Piazzolla

Músicos

Violinos I: Gabriel de Oliveira,Luiz Demétrio Serrano dos Santos, Isabela Barbosa dos Santos, Natan de Oliveira Janczac, Ana Elise Mollica Brakemann, Izabela de Moura Lucas, João Pedro Santos Machado, Paulo Henrique dos Santos Conti, Clara Rodrigues dos Santos, Joji Kodama, Izadora de Oliveira Mouro e Thiago Emanuel Rocha Nunes

Violinos II:Daniel Maldonado de Souza, Hemily Ferreira Dias, Bruna Maria Cavaglieri de Oliveira, Thainá Teixeira Silva, Éric Nascimento Fonseca, Daniel Buczynski da Silva, Gabriela Rocha de Jesus Santos, Giovanna Rocha e Marcos Vinicius Paranhos.

Violas: Quézia de Souza dos Santos, Raphaela Vieira Jatobá, Yasmin de Goes Silva, Laila Abrantes da Silva, Ricardo Fernando de Andrade Filho e Nathalia dos Santos Paulino

Violoncelos: Ricardo Falcade Mendonça, Lucas Sampaio Ribeiro Martins, Milena Amaral Monteiro, Pedro Henrique da Silva Jonas, Maria Fernanda Camargo B Barros, Rafaela Sarmento da Cruz, Maria Eduarda de Oliveira Moro e João Vitor da Silva Magalhães

Contrabaixos: Yara Medeiros, Vitor Hugo Castro Oliveira, João Pedro Rocha Nunes, Marcos Antonio Gomes Jr e Thalita Delgado Bezerra

22:07

11/11/2019
Fashion Branding abordou mudanças
e inovação no mercado da moda

O evento foi realizado pelo Sebrae/PR e reuniu cerca de 500 empreendedores paranaenses

(foto: Inove)

Marcas fortes sobrevivem mesmo diante de cenários desanimadores. A operação pode falir, mas uma marca – com suas experiências e com a simbologia que entrega para um consumidor fiel - se mantém. É por isso que em tempos de economia lenta, investir em construção de marca é um bom negócio. Principalmente no segmento da moda. Foi com essa mensagem que o consultor do mercado de luxo, Carlos Ferreirinha, abriu a tarde de palestras e painéis do Fashion Branding, evento realizado pelo Sebrae/PR para promover negócios e fomentar o setor têxtil e de vestuário autorais no Paraná.

Ferreirinha também chamou a atenção para mudanças recentes no mercado da moda que devem estar no radar de quem trabalha com essa área.

“Somos seres vivos que nos conectamos com o que está ao nosso redor. É por isso que Rihanna e Anita são fenômenos. Não é só o talento. É ser do gueto e trazer isso em sua história”, disparou o especialista, provocando a plateia com um questionamento: “Como vamos ser relevantes para a nova geração, que é hiperconectada, que busca a experiência, que quer consumo consciente e sustentável?”

Vender, vender, vender...
Mas, para chegar a isso, o pequeno empresário do setor da moda precisam aprender a conhecer seu público, seus concorrentes e o valor real de seus produtos. Para inspirar a tal alma do negócio, a tarde seguiu com um painel, com a especialista em negócios de moda Andressa Rando Favorito, com a consultora do Sebrae/PR, Adriana Kalinowski, e com o consultor Jorge Biff Netto. Andressa explorou os caminhos para triplicar resultados para marcas de moda, passeando por temas como pricing, sortimento e itens importantes para o mercado do varejo.
Adriana Kalinowski apresentou uma pesquisa sobre tendências e desafios da pequena indústria de moda no Paraná, apontando números e soluções para o público. E José Biff Netto chamou a atenção dos empreendedores para as mudanças provocadas pela transformação digital no segmento da moda.
“Mesmo com a ideia de que você precisa experimentar uma peça para ver se caiu bem em você, é uma ingenuidade pensar que as pessoas não vão comprar cada vez mais no online. Há nesse segmento um modelo de negócio muito inovador e que vem dando muito certo, que é ter apoio recíproco entre o virtual e a loja física. Um pode levar para o outro e aumentar as vendas”, explicou o especialista.
Quando o evento traz cases, fica mais fácil entender os conceitos e se inspirar. Uma das histórias enfatizou o conteúdo apresentado por Biff, sobre a necessidade de ter estratégias para o digital e o online. A marca de Maringá Perfect Way passou a ter 96% de sua operação concentrada no online, com ganhos significativos para o negócio.

Chic

(Foto: Inove)

Quando ela conta que foi jornalista especialista em moda e dona da marca italiana Fiorucci no Brasil, a plateia mais jovem se surpreende. A marca mais indelével de Gloria Kalil é mesmo a sofisticação.
A autora de seis livros sobre moda e estilo, entre eles Chic, falou sobre comportamento de consumo e a evolução das marcas de moda. “Na década de 90, o jogo virou e o consumidor passou a dominar o processo. Dessa revolução, conhecemos um consumidor exigente, informatizado, volúvel e mimado”, brincou, bem humorada. Gloria Kalil deixou uma mensagem importante aos empreendedores interessados em prosperar nos próximos anos: “Não existe mais grande centro. Não existe mais essa conversa. A pirâmide da moda virou de cabeça pra baixo e a moda deixou de dominar. Quem domina é seu cliente, que busca na moda uma filosofia para o estilo dele, que combine com sua personalidade e que represente sua individualidade.”

Moda e marca
O Fashion Branding, realizado nesta quinta-feira (7), reuniu cerca de 500 empresas ligadas ao setor da moda e foi realizado pela primeira vez pelo Sebrae/PR com o propósito de estimular o desenvolvimento das pequenas empresas dos segmentos da moda e do vestuário do Paraná. Além do seminário da tarde, com palestras e painéis, o evento teve rodada de negócios com 24 empresas âncoras e dez compradores. A programação foi encerrada com uma performance no palco, um desfile coletivo surpresa, com looks compostos pelas marcas paranaenses Cyntia Fontanella, Rocio Canvas, Felini, Isabela Pagnan, Dress For Freedom, Reptilia, Chaouiche, Elyane Fiuza, Rodrigo Alarcon e Amey.

“Essa primeira edição do evento Fashion Branding foi importante para geração de negócios na indústria da moda, e foi um encontro exclusivamente empresarial que gerou conexões, novas parcerias e conhecimento inovadores relacionados ao tema branding. Abordamos todo o processo de gestão e comunicação que uma marca precisa para se fortalecer”, avaliou o diretor de Administração e Finanças do Sebrae/PR, José Gava Neto.

Para a jornalista Dani Brito, o Fashion Branding foi uma oportunidade de ressignificar a atuação no mundo do trabalho. “Achei totalmente coerente e pertinente o evento promovido pelo Sebrae/PR porque confirmou algumas intuições minhas a respeito do caminho da moda daqui para frente. No que toca a moda, a tecnologia mudou a forma de consumo e numa economia capitalista isso muda tudo.Precisamos estar abertos às mudanças, arriscar e dar chance para aprender com o erro. Olhar para novas formas de criação, produção e comunicação da moda é imprescindível para sobreviver no mercado hoje”, avaliou a jornalista.

Inscrições abertas para a Colônia de Férias do Centro Juvenil de Artes

Inscrições abertas para a Colônia de Férias do Centro Juvenil de Artes

Atividades são destinadas a crianças de 7 a 12 anos no mês de dezembro

Em dezembro têm Colônia de Férias do Centro Juvenil de Artes (CJA). A equipe do Setor Educativo organizou uma série de oficinas para as semanas de 9 a 13 e de 16 a 20 de dezembro nos períodos da manhã (9h às 12h) e da tarde (14h às 17h). São duas turmas por período: de 7 a 9 anos e de 10 a 12 anos. O valor, que inclui o material didático, é de R$ 100 por semana para um período. A grade completa com as oficinas ofertadas está disponível no site www.cjap.seec.pr.gov.br.

A programação para a primeira semana, de 9 a 13 de dezembro, inclui oficinas de Arte e Movimento, Desenho, Modelagem, Pintura e Teatro. Já de 16 a 20 de dezembro serão ofertadas oficinas de Artes Visuais, Histórias e Aventuras, Modelagem, Teatro e Videoarte. “São atividades lúdicas e variadas do ensino das artes, proporcionando aos alunos uma vivência em diferentes linguagens artísticas”, explica a professora do Setor Educativo, Ana Lúcia Canetti.

Cada dia da semana será uma oficina diferente. A proposta é que a criança experimente um pouco de cada linguagem.

Inscrições

O responsável pela criança deve realizar a matrícula pessoalmente na secretaria do Centro Juvenil de Artes. É necessário levar uma cópia de um documento de identificação da criança (certidão de nascimento ou carteira de identidade) e o valor da atividade. A equipe do Setor Educativo esclarece que é possível inscrever a criança para as duas semanas, pois serão ofertadas oficinas diferenciadas. “Nós não indicamos inscrever a criança em período integral porque as atividades da manhã e da tarde são as mesmas”, alerta Ana Lúcia.

Pioneira

Primeira escola de artes para crianças e adolescentes do Brasil, o Centro Juvenil de Artes foi aberto em 1953 após esforços do pintor Guido Viaro, que sempre se dedicou para a arte-educação. Viaro acreditava que o acesso à arte deveria ser um direito de toda a comunidade.

Serviço

Colônia de Férias do Centro Juvenil de Artes

De 9 a 13 e de 16 a 20 de dezembro de 2019

Período da manhã: 9h às 12h

Período da tarde: 14h às 17h

Valor: R$ 100 por semana para um período (materiais inclusos)

Centro Juvenil de Artes

Rua Mateus Leme, 56. Curitiba/PR

Aberto de segunda a sexta-feira das 8h30 às 11h30 e das 14h às 17h

www.cjap.seec.pr.gov.br | 3323-5643

Festival de Música Sistema Fiep 

Festival de Música Sistema Fiep
Projeto incentiva trabalhadores da indústria e alunos do Sistema Fiep a revelarem seus potenciais artísticos

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=151847&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C027101d598c8%252441e27920%2524c5a76b60%2524%2540smartcom.net.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C027101d598c8%2441e27920%24c5a76b60%24%40smartcom.net.br%3E-1.1.2

O Festival de Música Sistema Fiep 2019, iniciativa do Sesi Cultura Paraná, é um projeto que acontece desde 2001 e a cada ano ganha mais força e credibilidade. A missão é incentivar os trabalhadores da indústria, seus dependentes diretos (filhos e cônjuges), e também os alunos SESI, SENAI e IEL do Estado do Paraná a participar deste desafio.
Os candidatos podem interpretar músicas brasileiras e estrangeiras de todos os estilos, valorizando a diversidade, fomentando e difundindo a produção musical e fortalecendo os colaboradores da indústria e alunos do Sistema FIEP como participantes ativos na formação cultural. São duas categorias: juvenil (14 a 20 anos) e adulta (a partir de 21 anos).
O projeto incentiva os participantes a mostrar seus talentos de uma forma profissional e prazerosa. Para Thaísa Bonato, Coordenadora de Programação Estadual, o festival já é uma tradição: “O projeto teve várias mudanças de 2001 para cá, e a valorização maior a cada ano o torna especial. É uma grande oportunidade para muitas pessoas revelar seus talentos, e até mesmo serem descobertas, já que nosso festival tem cada vez mais visibilidade”.
A primeira etapa foi a de inscrições, em que os candidatos enviaram seus vídeos. Foram 61 participantes (individualmente ou em duplas), com 50 canções, entre as quais 16 serão selecionadas para a grande final.
Marcada para dia 7 de dezembro, no teatro Campus da Indústria, a partir das 16h30, com entrada franca, a final terá muitas novidades. A mestre de cerimônias será Janine Mathias, que ainda fará um pocket show especial junto com Uyara Torrente (Banda Mais Bonita da Cidade), que será uma de nossas juradas.
O evento também conta com uma com transmissão ao vivo, pois, além da avaliação das juradas, os candidatos passam pela votação popular por meio das # de cada finalista, pela página do Facebook do SESI Cultura Paraná. Enquanto a final não chega, os finalistas terão seus trabalhos divulgados nas redes sociais do Sesi Cultura Paraná para que o público os conheça, bem como suas características e #.
Durante o evento, serão sorteados 50 pares de ingressos para o Show SESI Música Mano a Mano Trio convida João Bosco, quando o vencedor de cada categoria realizará a abertura, tendo a oportunidade de se apresentar a um grande público e diante de artistas de renome nacional. O show acontece no dia 8 de dezembro, às 19h, no Teatro Sesi Campus da Indústria.

SERVIÇO
O Sesi Cultura Paraná apresenta:

festival de música sistema fiep 2019

Data: 07 de dezembro
Horário: 16h30
Classificação: livre
Valor: gratuito
Local: Teatro Sesi Campus da Indústria
Endereço: Av. Com. Franco, 1341 - Jardim Botânico
premiação

CATEGORIA JUVENIL (14 A 21 ANOS)
1º lugar Troféu, + valor em dinheiro de R$ 1.000,00 + Abertura do show no dia 8/12
2º lugar Troféu, + valor em dinheiro de R$ 600,00
3º lugar Troféu, + valor em dinheiro de R$ 400,00
CATEGORIA ADULTO (A PARTIR DE 21 ANOS)
1º lugar Troféu, + valor em dinheiro de R$ 1.000,00 + Abertura do show no dia 8/12
2º lugar Troféu, + valor em dinheiro de R$ 600,00
3º lugar Troféu, + valor em dinheiro de R$ 400,00
Mais informações:
www.sesipr.com.br/cultura /
www.facebook.com/sesiculturapr

SESI CULTURA – Foi em 2008 que a Regional Paraná do Serviço Social da Indústria inaugurou uma área especificamente dedicada ao desenvolvimento de ações culturais ancoradas nas diretrizes previstas na Declaração Universal dos Direitos do Homem, como a diversidade, a pluralidade e a autonomia. Desde então, o Sesi Cultura Paraná tem promovido o acesso à cultura com foco em programas de formação artística e cultural, investindo em processos criativos, formação de plateia para todas as linguagens e na formação e desenvolvimento cultural com vocação local. O Circuito Cultural Sesi, o Festival Sesi Música, os Núcleos Criativos do Sesi, o Zoom Cultural, os Programas Sesi Música, Sesi Arte, Sesi Audiovisual e Sesi Artes Cênicas são exemplos de programas desenvolvidos pela Gestão Cultural do Sesi. De 2008 até 2017, mais de um milhão de espectadores tiveram acesso à cultura por meio de cerca de 8,4 mil ações culturais realizados pelo Sesi Paraná. Todas essas ações sempre tiveram como objetivo o acesso ao bem cultural para o trabalhador da indústria, seus dependentes e para a comunidade de uma forma geral, além da difusão da arte em todas as suas manifestações, valorizando a diversidade e a pluralidade do povo brasileiro.

Bienal de Curitiba vai homenagear os países BRICS em exposição no Palácio Itamaraty

Bienal de Curitiba vai homenagear os países BRICS em exposição no Palácio Itamaraty
A convite do Ministério das Relações Exteriores, a mostra será a primeira da Bienal reunirá obras dos cinco países homenageados

CURITIBA 11/11/2019 – Em sua 14ª edição, a Bienal Internacional de Curitiba, maior evento de arte contemporânea do Brasil, propõe uma homenagem aos membros do grupo BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), com uma participação destacada de artistas contemporâneos desses países em sua composição. A homenagem coincide com a realização da 11ª Cúpula do BRICS, que este ano será sediada no Brasil, com a presença de Chefes de Estado e Chefes de Governo dos países membros.

A convite do Ministério das Relações Exteriores, a Bienal vai ocupar o Palácio Itamaraty, em Brasília, a partir da próxima quarta-feira, dia 13 de novembro, com obras que contemplam renomados artistas contemporâneos dos cinco países membros do BRICS. Será a primeira mostra do evento que reunirá obras dos cinco países homenageados. Entre os trabalhos estarão fotografias, esculturas, pinturas e instalações.

Entre os artistas convidados e confirmados na exposição estão as artistas brasileiras Juliana Stein, Eliane Prolik, Guita Soifer e Mariana Canet; o russo Sergei Tchoban; Jitish Kallat, representando a Índia; Yanbei, que vai representar a China; e Anton Momberg, representando a África do Sul.

Sobre os artistas:

Juliana Stein | Brasil: A artista gaúcha atua na fotografia desde o final dos anos noventa, destacando em seus trabalhos a relação entre imagem e experiência poética. Seu trabalho fez parte de diversas exposições no Brasil e no exterior, como a 55ª Bienal Internacional de Veneza; 29ª Bienal de São Paulo; CroneGallery, em Berlim; ShangARTGallery, em Xangai; e CarreauduTemple, em Paris.

Eliane Prolik | Brasil: Durante sua carreira, a artista integrou os coletivos Bicicleta, Moto Contínuo e Escultura Pública. Também participou de grandes exposições nacionais, como a Bienal de Curitiba 2015; 19ª e 25ª Bienal de São Paulo; I Bienal Mercosul, no Rio Grande do Sul; e Bienal Brasil Século XX.

Guita Soifer | Brasil: A artista curitibana multimídia transita por práticas artísticas múltiplas entre apropriação, fotografia, pintura, escultura, gravura e videoarte. Os objetos de seu trabalho remontam tempos vividos e devaneios que dividem o mundo.

Mariana Canet | Brasil: Após tirar fotos documentais em Cambodia, Sri Lanka e Vietnã, a artista percebeu que fotografar o abstrato, o indefinido e o ilimitado era sua paixão verdadeira. Participou de diversas exposições nacionais e internacionais e já publicou dois livros sobre o seu trabalho: “Reflexos” (2014) e “Abstrato” (2017).

Sergei Tchoban | Rússia: Arquiteto e artista que vive e trabalha em Berlim e Moscou. Em suas obras, explora estruturas reais e imaginadas de metrópoles, em conjunto com sua arquitetura futurista e herança histórica. Alguns de seus desenhos são de cidades capturadas do diário de um viajante imaginário, além de visões urbanas com fantásticas pontes de vidro.

Jitish Kallat | Índia: Artista multimídia, seus trabalhos atravessam diferentes distâncias focais e escalas de tempo, como meditações sobre o presente transitório e histórias que sobrepõem o passado ao presente através de citações de enunciados históricos importantes.

Yanbei | China: O artista é influenciado pela arte ocidental moderna e contemporânea do final dos anos oitenta. Em 2014 se mudou para Portugal com sua família, onde começou sua nova etapa de criações de arte, tentando estabelecer sua própria identidade cultural e escolha artística.

Anton Momberg | África do Sul: O trabalho de Momberg apresenta uma natureza meticulosa, com esculturas que confrontam a dinâmica da era de produção em massa. O artista participa de inúmeras exposições coletivas em Everard Read, Cidade do Cabo, e faz parte de exposições coletivas regulares em Port Elizabeth desde 1980.

A mostra no Palácio Itamaraty, em Brasília, vai ser inaugurada na próxima quarta-feira, dia 13 de novembro. As obras ficarão em cartaz até o mês de março de 2020, com entrada gratuita para o público visitante. Mais informações no site www.bienaldecuritiba.com.br.

Summit Sua Carreira em 2020 reúne heads e influencers de gigantes internacionais

Summit Sua Carreira em 2020 reúne heads e influencers de gigantes internacionais

O grande auditório do Teatro Positivo vai receber no dia 03 de dezembro, às 19h30, o Summit Sua Carreira 2020, com talks de Heads e influencers das gigantes Amazon, Google e LinkedIn, que sobem ao palco para falar sobre o profissional do momento e as profissões na era digital e da inteligência artificial. É um evento jovem, disruptivo, inovador e que propõe uma visão clara sobre as estratégias para alavancar o crescimento profissional.

Os participantes terão a oportunidade de ter acesso a informações qualificadas, de profissionais que estão em constante contato com as transformações de mercado, podendo contribuir com o mais enriquecedor conteúdo, para que os espectadores possam dar um Start na sua carreira logo no início do ano.

Este Summit voltado para Carreira tem o objetivo de apresentar as novas tendências e oportunidades do mercado de trabalho, com Heads e influencers que entendem do assunto e vivenciam a inovação.

Com realização da Neoconnection e Universidade Positivo, o Summit Sua Carreira 2020, será em formato Talk, com palestras de 20 minutos, reunindo Gil Giardelli (especialista em inovação), Daniel Cleffi (Head da Google), Erika Tabacniks (Head LinkedIn), Tais Targa (influencer LinkedIn) e Paulo Cunha (Head da Amazon).

O que esperar:
- Como planejar para ter uma carreira de sucesso em 2020;
- Entenda o que pensam os Heads e influencers das principais marcas digitais;
- Dicas de como você tem que se preparar para decolar na sua carreira;
- Qual o perfil que as empresas buscam no momento de contratar;
- Os principais desafios para se tornar um profissional disputado pelo mercado.

PALESTRANTES

Gil Giardelli - Especialista em Inovação
Daniel Cleffi - Head of Google for Education Latam
Tais Targa - Influencer LinkedIn
Erika Tabacniks - Head LINKEDIN
Paulo Cunha – Head Of Public Sector South America

Serviço: Summit Sua Carreira em 2020
Data: 03 de dezembro de 2019, terça-feira
Horário: 18h30 (abertura do teatro) e 19h30 (início das palestras)
Local: Teatro Positivo (grande auditório) - Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 - Campo Comprido – Curitiba – PR
Classificação etária: Livre
Realização: Neoconnection e Universidade Positivo

Ingressos: R$ 35,00 a meia-entrada e R$ 70,00 a inteira.
A meia-entrada é válida para Doadores de Sangue devidamente comprovados, Estudantes devidamente comprovados, Idosos conforme Lei, PNE, Portador de Câncer e Professor.

Descontos de 50% para Clube Gazeta; Clube Disk Ingressos&Uningressos; Inscritos OAB, Associados Santa Mônica Clube de Campo, Programa de Benefícios do Teatro Positivo e Ex-alunos da Universidade Positivo.

Pontos de venda: Disk Ingressos (Call Center 41 3315-0808), nos quiosques dos shoppings Mueller e Estação, na loja Disk Ingressos do shopping Palladium. E pelo site do Disk Ingressos.

INFORMAÇÕES: 41 3315-0808, diskingressos.com.br ou fb.com/neoconnection4.0

Escola de Criatividade lança “O grande livro da criatividade”

Escola de Criatividade lança “O grande livro da criatividade”

Publicação comemora dez anos de funcionamento da Escola de Criatividade

Nesta terça-feira, 12 de novembro de 2019, acontece o lançamento d’O grande livro da criatividade – 10 hábitos para despertar seu potencial criativo, escrito por Jean Sigel, Julie Fank e Lívia Kohiyama. A obra nasceu da ideia de compartilhar histórias, experiências e conhecimentos adquiridos na Escola de Criatividade, espaço que desenvolve projetos e ajuda na geração de ideias para negócios, educação e desenvolvimento pessoal. Mais do que isso, o livro convida o leitor a participar desse mundo de criatividade, disseminando a metodologia dos 10 Hábitos Criativos para mostrar que a criatividade é algo que todos têm, basta estimulá-la. O lançamento será na terça-feira (12), das 19h às 22h, no Carmina Bistrô, que fica na Rua Conselheiro Carrão, 336, no Juvevê. E os autores já avisam: “Será um lançamento nada normal”.

Serviço
Lançamento d’O grande livro da criatividade
Data: 12 de novembro de 2019
Local: Carmina Bistrô, Rua Conselheiro Carrão, 336, Juvevê, em Curitiba
Horário: das 19 às 22 horas
Entrada franca

Escola de Criatividade

“MAC-PR realiza a mesa-redonda “O engajamento artístico na ditadura e na contemporaneidade”

"MAC-PR realiza a mesa-redonda “O engajamento artístico na ditadura e na contemporaneidade”

Evento integra a programação da exposição “Pequenos gestos: memórias disruptivas”

Acontece nesta quarta-feira (13/11), no Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC-PR), às 19 horas, a mesa-redonda “O engajamento artístico na ditadura e na coontemporaneidade”, com Caroline Schroeder e Emanuel Monteiro, evento que integra o ciclo de ativações da exposição “Pequenos gestos: memórias disruptivas”. O artista e professor Emanuel Monteiro aborda dois aspectos fundamentais desde a perspectiva da exposição: a exigência colonial da branquidade que engessa o artista negro em uma única forma de ativismo, e também faz um convite para a ampliação de noções e perspectivas do "lugar de fala". Já a pesquisadora Caroline Schroeder fala sobre seu compromisso em reescrever e inscrever criticamente, para além da pouca complexidade de discursos dicotômicos observados na historiografia sobre a relação entre arte/censura, artista/instituição durante a ditadura militar.

A ideia da mesa é explicitar o compromisso comum da plataforma curatorial e institucional do MAC-PR em construir e apresentar outras narrativas a partir e desde o seu acervo. Pensar uma contemporaneidade dialética que – como propõe o curador nigeriano Okwui Enwezor, morto em abril deste ano – possibilite uma ressignificação da história da arte, da arte moderna e contemporânea a partir das exigências do pensamento anticolonial na atualidade. Sem negar, excluir ou inviabilizar, tensionar e ampliar a base fundacional da história da arte e o modus operandi de suas instituições, pensada ainda hoje desde uma perspectiva branca, masculina e eurocêntrica.

A exposição “Pequenos gestos: memórias disruptivas”, aberta em 8 de outubro, é resultado da intensa pesquisa feita pela curadora Fabrícia Jordão no rico e diverso acervo do MAC-PR, que hoje reúne em torno de 1.800 obras.

A mostra se estrutura em três núcleos. Um deles, de caráter mais alegórico, revolve em torno da questão identitária brasileira, passando por percepções exóticas e simplificadoras da cultura nacional, muitas vezes vista por meio do olhar estrangeiro, embotado de clichês. Outro núcleo contém obras que compartilham entre si abordagens geopolíticas, propondo discussões a respeito de fronteiras e território. O terceiro, por sua vez, está voltado a questões de viés ambiental, ecológico, tão presente nos debates da contemporaneidade.

Focada em contranarrativas de criadores que questionam ou contrariam discursos hegemônicos, a curadora afirma que “em cada um dos três conjuntos de obras é possível perceber gestos que interrompem as narrativas que normatizam e naturalizam opressões e violências na constituição de uma identidade nacional”.

Fabrícia Jordão é doutora e mestre em Artes Visuais pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (USP). Professora titular do Departamento de Artes da Universidade Federal do Paraná (UFPR), é responsável pelas disciplinas de curadoria, mediação e educação.

Foram selecionadas para a mostra obras de 21 artistas que integram a coleção do MAC-PR: Alice Yamamura (PR), Antonio Henrique Amaral (SP), Aprígio Fonseca e Frederico (PE), Beto Schwafaty (SP), Carla Vendrami (PR), Danúbio Gonçalves (RS), Dulce Osinski (PR), Eduardo Freitas (PR), Estevão Machado (MG), Glauco Menta (PR), German Lorca (SP), José Carlos Sade (PR), Jorge Francisco Soto (Uruguai), Liz Szczepanski (PR), Marcelo Conrado (PR), Plínio César Bernhardt (RS), Rogério Ghomes (PR), Vera Chaves Barcellos (RS), Vera Rodrigues (SP) e Vilmar Nacimento (SC).

Serviço

Ciclo de ativações da exposição “Pequenos gestos: memórias disruptivas”

Ativação 1: Mesa-redonda | O engajamento artístico na ditadura e na contemporaneidade

Com Caroline Schroeder e Emanuel Monteiro

13 de novembro de 2019, às 19h

Participação gratuita

MAC no MON | Miniauditório

Rua Marechal Hermes, 999. Centro Cívico. Curitiba/PR

www.mac.pr.gov.br | (41) 3323-5328

IG: mac_parana | FB: macparana

O MAC-PR está em reforma. Durante o período de restauro de sua sede, inaugurada em 1974, o museu está funcionando no MON, com programação nas salas 8 e 9.