Com mercado de luxo em alta, setor imobiliário de Curitiba ganha destaque

Enquanto a economia do Brasil tenta se reaquecer, na contramão da crise, o mercado imobiliário de alto padrão da capital paranaense vai ao encontro de um público, cuja expectativa é a ampliação da sua experiência com o luxo

           Especialistas, referendados pela Associação Brasileira das Empresas de Luxo - Abrael, afirmam que, com as restrições impostas pela Covid 19, houve uma mudança de hábito do consumidor que antes gastava mais no exterior e agora passa a gastar mais no Brasil, o que gerou mais emprego e renda. Entre 2020 e 2021, o mercado de itens de luxo do país registrou um crescimento de mais de 60%.

De forma randômica, um exemplo profícuo de como a ocasião passa a ser dominante vem de um dos palestrantes mais requisitados do país; trata-se de Carlos Ferreirinha, um especialista no mercado de luxo do país; “Com o advento da pandemia, o lar passou a ser o protagonista da vida das pessoas e, com isso, o mercado da construção civil de alto padrão voltou a ganhar força”, afirmou ele.

A MAP Imobiliária, empresa que se especializou na comercialização de imóveis de alto padrão em Curitiba, oferece uma série de empreendimentos que vão ao encontro desse público que deseja ampliar a sua experiência com o luxo, sofisticação e elegância.

Com um time de consultores de negócios imobiliários altamente capacitados, a MAP saiu na frente e hoje é uma das campeãs de vendas do segmento, sendo uma das preferidas das construtoras e incorporadoras consagradas no mercado paranaense, tais como a GT. Building, Laguna, San Remo, Swell e Piemonte.

“Com investimentos milionários e em franca expansão, o segmento premium da construção civil vai aquecer ainda mais a economia dos próximos anos e, ao que tudo indica,  veio para ficar”, enfatiza Luiz C. Belletti, personal consultor de negócios imobiliários de alto padrão da empresa.

Veja alguns empreendimentos de luxo que a MAP Imobiliária disponibiliza para o consumidor:

DenmarkHygge, (entrega prevista para agosto de 2022);

Mai Terraces, (entrega prevista para setembro de 2022);

AGE 360 (entrega prevista para janeiro de 2024);

Bioos, (entrega prevista para dezembro de 2025);

Casa Milano, (entrega prevista para abril de 2025);

Ícaro – Jardins do Graciosa, (obra 100% concluída);

Palazzo Lumini (obra 100% concluída).

Todos os empreendimentos possuem apartamentos decorados para a visitação.

Serviço:

MAP Imobiliária

Contato:

Luiz A. Belletti - Personal consultor de negócios imobiliários de alto padrão

CRECI 39541

Fone/WhatsApp (41) 9102-0553

www.mapimobiliaria.com.br

 

Saiba mais:

O exclusivo Palazzo Lumini da Construtora San Remo, localiza-se no Ecoville, região de referência em imóveis de alto padrão da capital paranaense, já está pronto para morar.

Num diálogo harmonioso entre a natureza e a arquitetura, o Palazzo Lumini foi projetado em torre única, com tecnologia de ponta, contemplando 864 m2 de área privativa, com destaque para o luxo, requinte, conforto, segurança e o bem-estar dos seus moradores.

Visite apartamento decorado. Entre em contato com Luiz A. Belletti -  Personal consultor de negócios imobiliários de alto padrão Fone/WhatsApp (41) 9102-0553

5 soluções de cabeceira para você se inspirar

Projeto Alessandra Gandolfi | Foto: Eduardo Macarios

A cabeceira é um elemento do décor que faz toda diferença no quarto, ela proporciona mais conforto e aconchego sendo a moldura da cama. Dessa forma, ela recebe um lugar especial na área intima da casa. Por ser um móvel essencial na decoração do quarto, a cabeceira está presente em diferentes estilos - como o clássico, contemporâneo, atemporal ou, até mesmo, minimalista. Para você se inspirar, selecionamos cinco soluções para destacar a cabeceira no décor. Confira:

Tramas em palha

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=238351&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C00ab01d81d13%25243a7e00b0%2524af7a0210%2524%2540primecomunicacao.com.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C00ab01d81d13%243a7e00b0%24af7a0210%24%40primecomunicacao.com.br%3E-1.3

Projeto Patrícia Borba e Lya Marty, Masotti Curitiba | Foto: Patrícia Amâncio

Sim, as tramas são uma ótima solução para quem não gosta de cabeceiras embutidas na parede, a cama é realmente um móvel de destaque do espaço. No caso dessa suíte máster, que oferece a brasilidade como principal inspiração, as profissionais Patrícia Borba e Lya Marty optaram em destacar a cama, da Masotti Curitiba, que conta com tramas em palha, proporcionando mais textura e aconchego ao espaço. Assim, além do estilo único da peça, os elementos naturais fogem do comum na decoração do ambiente.

Ripado

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=238351&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C00ab01d81d13%25243a7e00b0%2524af7a0210%2524%2540primecomunicacao.com.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C00ab01d81d13%243a7e00b0%24af7a0210%24%40primecomunicacao.com.br%3E-1.4

Projeto Bruna Souza, escritório BE Studio | Foto: Eduardo Macarios

O ripado já é um acabamento de destaque na marcenaria, mas essa técnica com a cabeceira estofada é uma forma de trazer a contemporaneidade para dentro do quarto. De forma leve e clean, a arquiteta Bruna Souza, do escritório BE Studio, apresentou uma solução que une essas duas técnicas, proporcionando aconchego com um apelo estético de destaque. Para suíte máster trazer elementos da marcenaria junto à cabeceira é uma ótima forma de destacar o móvel no decor. Outra solução é usar uma cabeceira sobreposta à parede ripada.

Estofada

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=238351&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C00ab01d81d13%25243a7e00b0%2524af7a0210%2524%2540primecomunicacao.com.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C00ab01d81d13%243a7e00b0%24af7a0210%24%40primecomunicacao.com.br%3E-1.5

Projeto NK Arquitetura, Adornie Home Decor | Foto: Eduardo Macarios

As cabeceiras estofadas são as mais confortáveis e a escolha queridinha de muitas pessoas. Para quem tem crianças em casa, ela é uma ótima solução. Nesse quarto infantil, assinado pelo escritório NK Arquitetura, a cabeceira abraça a cama revestindo as duas paredes, formando um “L”. A solução para essa cabeceira foi o tecido, da Adornie Home Decor, que permitiu trazer mais conforto e personalidade a composição sóbria do quarto.

Cabeceira até o teto

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=238351&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C00ab01d81d13%25243a7e00b0%2524af7a0210%2524%2540primecomunicacao.com.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C00ab01d81d13%243a7e00b0%24af7a0210%24%40primecomunicacao.com.br%3E-1.6

Projeto Daniela Barranco | Foto: Gerson Lima

Imponentes e sofisticadas, as cabeceira que chegam até o teto oferecem mais personalidade ao quarto. Uma solução para manter a imponência, mas também trazer uma estética clean, é mesclar o estofado com a marcenaria. A arquiteta Daniela Barranco desenvolveu essa suíte máster com a cabeceira estofada junto com a laca cappuccino. Dessa forma o quarto apresenta um estilo delicado, mas contemporâneo imponente. Proporcionando momentos de relaxamento e descanso no espaço.

Nichos

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=238351&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C00ab01d81d13%25243a7e00b0%2524af7a0210%2524%2540primecomunicacao.com.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C00ab01d81d13%243a7e00b0%24af7a0210%24%40primecomunicacao.com.br%3E-1.7

Projeto Alessandra Gandolfi | Foto: Marcelo Stammer

Quando falamos em beliche muitas vezes não pensamos na cabeceira das camas. Nesse projeto assinado pela arquiteta Alessandra Gandolfi, a arquiteta desenvolveu uma meia parede com a marcenaria, criando um conforto maior para a cama de baixo e aproveitou o espaço criando um nicho de apoio. Na cama de cima, as almofadas fazem o papel da cabeceira, otimizando o espaço e trazendo mais personalidade ao quarto.

THEGROUP@FIR & BRUNO KUZUHARA & PETER GREEN & MIAMI & BRASIL

Hi Everyone,

I'd like to introduce you all to Bruno, an impressive young tennis talent I’ve been following. He’s Brazilian-American and has a very promising future. 

Please let me know if you or someone in your circles would be interested in sponsoring him. 

Happy Holidays! 

BRUNO KUZUHARA

For more information and videos

Peter Green

The Group @ FIR

Fortune International Realty

www.TheGroupatFIR.com

www.fir.com

(305) 815-9595

Fortune International Realty | 110 Washington Ave CU-5 , Miami Beach , FL 33139

Plantas auxiliam no controle da ansiedade e mercado ganha força durante a pandemia

Em tempos de isolamento social e ao permanecer mais em casa, muitas pessoas passaram a valorizar ainda mais o contato com a natureza, a iluminação natural e o bem-estar proporcionado pelas plantas. Criar um "cantinho verde" em casa nunca foi tão desejado.

Isso porque estar em contato com as plantas ajuda no controle da ansiedade, os aromas emitidos pelas flores nos auxiliam a ter um sono mais tranquilo e a reduzir o estresse e o cansaço mental, de acordo com um estudo divulgado na revista Preventive Medicine Reports.

Cultivar plantas virou um hobby para muitas pessoas - em ambientes de trabalho ou no home-office - a vegetação contribui para a redução do nível de estresse e para o aumento do nível de concentração. Sem contar, que torna os espaços sempre mais aconchegantes.

Filipe Bender, supervisor do curso de Garden Design do Centro Europeu, explica que os jardins podem ser feitos em todos os espaços, sejam nas sacadas, em áreas externas ou internas. "Não precisa necessariamente acontecer em casas gigantes, com jardins gigantes. O garden está em interiores também, com paredes verdes, jardins verticais e pequenas hortas", afirma.

A profissão de Garden Designer está tão em alta quanto a atividade, tendo em vista que o profissional atua na elaboração de projetos aliando a estética com o meio ambiente, com o objetivo de tornar os ambientes mais agradáveis. "Com a pandemia aumentou a preocupação em relação à biofilia [harmonização das plantas com os espaços]. Hoje é muito estranho quando vamos a um café ou a um restaurante e não tem uma planta, por exemplo", ressaltou Bender.
Ele reforça ainda que a presença de vegetação natural, por mínima que seja, provoca um grande bem-estar emocional, além de melhorar a qualidade do ar e trazer mais energia.

A maior parte dos profissionais que atuam nesta área realiza o projeto de jardim levando em consideração questões como a escolha da espécie, necessidade de irrigação, privacidade e o risco de espinhos em plantas que serão colocadas em residências em que existem crianças, por exemplo.

Crescimento - Segundo o Instituto Brasileiro de Floricultura (IBRAFLOR), os produtores de plantas e flores chegaram a registrar aumento de 20% durante esse período e o setor espera um crescimento de 5% para 2021, impulsionado pelas vendas voltadas para a ornamentação das casas.

Atualmente o Brasil conta com 8,2 mil produtores de flores, cerca de 15 mil hectares de área cultivada e três mil variedades de flores produzidas no país, que figura entre os 15 maiores produtores do mundo, ainda de acordo com o Ibraflor.

Além disso, um belo jardim traz valorização a um imóvel. "Quando fazemos um belo jardim em uma casa o valor cresce muito. hoje as pessoas querem muito esse garden. Quando um casal se muda para uma casa a primeira preocupação é o jardim, não é só por questão estética, mas também por questão emocional".

Curso de Garden Design - O Centro Europeu oferece o curso de Garden Design, com três meses de duração, e que - após as aulas - permite a entrada imediata do aluno no mercado de trabalho. "Ensinamos questões teóricas e práticas, no final do curso o aluno desenvolve um projeto real que pode ser para uma casa, um restaurante ou uma escola primária", explica o supervisor.

Entre os temas abordados estão questões básicas de jardinagem, tipologia das plantas, software de projetos e questões financeiras em relação ao mercado de trabalho. "Hoje há um espaço muito bom para esse mercado porque ainda não tem tanta concorrência e o público está valorizando muito", ressalta.

Para inscrever-se no curso, que começa no dia 24 de março, com aulas presenciais duas vezes por semana, acesse: www.centroeuropeu.com.br

Link do estudo citado: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S2211335516301401