Especialistas respondem dúvidas sobre o uso de máscaras caseiras

Resumo: O uso de máscaras caseiras no combate à pandemia de Coronavírus tem trazido muitas questões sobre sua eficácia, produção e modos de uso. As precauções aumentam quando se leva em conta que, se não forem manipuladas com os cuidados devidos, podem mais atrapalhar do que ajudar. Em nota técnica, a Comissão de Acompanhamento e Controle de Propagação do Coronavírus da Universidade Federal do Paraná (UFPR) recomenda o uso de máscaras caseiras, desde que confeccionadas de modo adequado, especialmente para reduzir a transmissão do vírus por indivíduos assintomáticos.

Pessoas assintomáticas são aquelas que desenvolvem sintomas leves do vírus e que podem nem saber que estão contaminadas. A professora Lucy Ono, uma das integrantes da Comissão, explica que o grupo tem estudado todos os trabalhos sobre essa forma de transmissão. Ela cita uma pesquisa alemã, publicada na Nature, que identificou a eliminacão de uma alta carga viral por assintomáticos. “Como não estamos fazendo testes, qualquer um de nós poderia estar assintomático e transmitindo“, comenta. Assim, o uso universal das máscaras caseiras pode contribuir para diminuir a propagação por gotículas liberadas por pessoas doentes e assintomáticas para os ambientes.

A comissão lembra que máscaras cirúrgicas devem ser utilizadas por profissionais da saúde, por isso é recomendado à população em geral a utilização das máscaras caseiras, que não podem ser confeccionadas de qualquer forma.

Os especialistas responderam 8 questões sobre as máscaras. SAIBA MAIS.

Engenheiros da UFPR fazem manutenção e consertos em respiradores hospitalares

Resumo: Depois de “lave as mãos com água e sabão e use álcool gel”, uma das coisas que mais se ouve falar no contexto de pandemia da Covid-19 (coronavírus) é sobre o colapso no sistema de saúde que pode acontecer caso muitas pessoas adoeçam simultaneamente. “Não haverá leitos com respiradores para todo mundo”, é o que dizem as autoridades da área. Foi pensando nisso que o curso de especialização em Engenharia da Manutenção 4.0 da Universidade Federal do Paraná (UFPR) criou o grupo “Médicos de máquinas”, com o objetivo de, gratuitamente, colocar em funcionamento respiradores hospitalares que não estejam operando.

Os engenheiros, que são focados em máquinas da indústria automotiva e petrolífera, resolveram abraçar, mesmo sem experiência, a área hospitalar. Em seguida, a iniciativa ganhou o apoio de especialistas da área da saúde, de engenheiros clínicos do Hospital de Clínicas da UFPR e de engenheiros voluntários.

Nesta terça-feira (31), o grupo realizou os primeiros atendimentos no Hospital São Vicente e no Hospital das Nações, em Curitiba, e no Hospital de Caridade Dona Darcy Vargas, no município de Rebouças (Paraná). Esse último tinha apenas um respirador, o único da cidade, e estava estragado.

SAIBA MAIS

Cleber & Cauan lançam álbum “Resenha em Casa” nesta sexta (03)

Composto por 14 faixas, todas ganham videoclipe no canal do YouTube da dupla

Créditos: Robson Henrique e Shodo Yassunaga

Cleber & Cauan prometem animar a galera no estilo que mais gostam. A dupla lança o álbum “Resenha em Casa” nesta sexta-feira (03) pela Som Livre – ouça aqui. O projeto conta com 14 músicas, sendo seis inéditas, e “No Seu Tempo” possui a participação especial da dupla Max & Luan. Todas as faixas ganham cortes do DVD no canal do YouTube da dupla. Nesta sexta, o público já pode conferir o clipe de “Bobão” - assista aqui.

A música de trabalho intitulada “Bobão” traz a história de um amigo que chama atenção do outro por desvalorizar sua mulher, apenas ressaltando o lado negativo. A letra traz a reflexão do amigo vendo a situação: “Eu sei que é exagero o que ela faz/Com ela a paciência nunca é demais/Ela compra um sapato toda vez que sai de casa/Exagera na fatura do cartão/Mas olha esse sorriso quando ela te vê/Você está reclamando à toa/Ela se arruma para você/Seu Bobão e daí se ela chama atenção?”.

O álbum “Resenha em Casa” conta ainda com a releitura de músicas de grandes artistas como Bruno & Marrone, Leoni, Edson & Hudson e João Bosco & Vinicius. No YouTube, Cleber & Cauan já somam 400 milhões de visualizações e mais de 1,5 milhão de inscritos. No Spotify, a dupla conta atuamente com mais de 1,2 milhão de ouvintes mensais.

"Resenha em Casa" - Cleber & Cauan
Lançamento Som Livre - 03 de abril/2020

14 faixas

1) Pedaço Meu
2) Pot-Pourri: Não Olhe Assim, Por toda a Vida e Meu Calor
3) Bobão
4) 200 Reais
5) Ela que Lute
6) Pot-Pourri: Falando Sério e Porta-Retrato
7) Foi Você
8) Pot-Pourri: Hormônios, Hoje Eu Sei e Você Não Me Ensinou a Te Esquecer
9) Duas Saudades
10) Pot-Pourri: Só Pro Meu Prazer e Meu Melhor Amor
11) Pot-Pourri: Não Posso Ter Medo de Amar, Seu Amor Ainda é Tudo e Só Mais Uma Vez
12) Gostinho de Cerveja
13) Eu Gosto É De Problema
14) No Seu Tempo, em parceria com Max & Luan

Sobre Cleber & Cauan
Com apenas cinco anos de idade, Cleber já sabia que queria ser cantor e participava de festivais e eventos na sua cidade natal, Ceres, interior de Goiás. Cauan, também criança, tinha em casa a dupla formada, já que cantava por hobby com a irmã e também participava nos festivais da cidade. A rádio de Ceres proporcionava esses festivais de jovens talentos e foi num desses que os dois começaram a amizade, que não imaginavam que era para vida toda. Os dois cresceram, fizeram faculdade, mas a música falou mais alto. Em 2010, decidiram seguir cantando nos bares de Brasília e pelo interior de Goiás. Em 2015 a dupla gravou em Brasília seu primeiro DVD da carreira, intitulado “Sonho”, com participações especiais de alguns amigos, como Solange Almeida, Israel Novaes e Marília Mendonça. Em Goiânia, na capital da música sertaneja, eles gravaram o projeto intimista “Resenha” em 2017. Com música boa, muitos amigos, bate-papo descontraído e diversão garantida, o projeto “Resenha 2” foi gravado em 2018, com participações de Fernando Zor (da dupla com Sorocaba), Thaeme & Thiago e Israel & Rodolffo. Em 2019, a dupla lançou o DVD “SURREAL” gravado em um grandioso show ao vivo em Brasília. A dupla começa 2020 com muito entusiasmo e lançam pela Som Livre a novidade “Resenha em Casa”, álbum com 14 faixas.

Sobre a Som Livre

De 1969 para cá o mercado fonográfico mudou, assim como a forma de se consumir música. Hoje, 50 anos depois de sua criação, a Som Livre é muito mais do que uma gravadora, é o espelho musical do país. Uma empresa 100% nacional voltada para a música, seja qual for a sua plataforma e que reflete, através de seus lançamentos, o gosto e o hábito de consumo do brasileiro.

A Som Livre possui diversas frentes de negócios: venda física, digital, shows, licenciamento e editora. Em seu time são mais de 100 artistas e sua editora é uma das mais importantes do país, representando os direitos de compositores nacionais e internacionais. Na linha de shows, a empresa aposta em festivais de música, que acontecem por todo o país, com as marcas Festeja, Viva Mais Música e Arena Pop.

somlivre.com

facebook.com/somlivre

instagram.com/somlivre

twitter.com/somlivre

Campanha de Páscoa do Pão de Açúcar celebra as pequenas felicidades que se tornam gigantes

Marca convida cada um a descobrir novos jeitos de estar junto e valoriza as relações virtuais como forma de manter a união nesta Páscoa

Link para o vídeo - https://youtu.be/QT5kUOKR8SY

Fotos abaixo do texto

_____________________

Não há distância que nos impeça de estarmos próximos de quem amamos. E para que as famílias possam viver e celebrar a Páscoa deste ano, mesmo em meio a um cenário com tantas mudanças, o Pão de Açúcar convida cada um a descobrir novos jeitos de estar juntos em sua nova campanha para a data, como reuniões por chamadas de vídeo, por exemplo. São as pequenas felicidades que se tornam gigantes nessas horas.

Com criação da agência BETC/Havas, a ação de Páscoa tem foco no ambiente digital e traz peças que estimulam as interações virtuais, valorizando a força da conexão entre os amigos e familiares, além de atividades divertidas para dentro de casa. “Receita de família não pode faltar. Aproveita para aprender”, “Junte todo mundo na chamada de vídeo. Cabe mais gente que na mesa”, “Capriche no esconderijo do coelhinho para distrair as crianças em casa”, são alguns dos títulos dos materiais que apresentam situações corriqueiras e cotidianas de quem está se preparando para uma grande festa.

As peças trazem ícones que remetem diretamente ao universo virtual, como botões de videochamadas e telas em mosaico de pessoas que permanecem juntas, mesmo que distantes presencialmente. A campanha está presente nas redes sociais Instagram, YouTube e Facebook. Dessa forma, o Pão de Açúcar convida os seus consumidores a celebrarem a Páscoa das mais variadas formas, mas com a alegria, o amor e a união de sempre.

“O Pão de Açúcar é uma marca que sempre valorizou e buscou auxiliar na felicidade dos seus clientes. Sabemos que todos nós estamos passando por um tempo de incertezas, mas, acreditamos que juntos podemos sempre mais, e viver e celebrar a Páscoa é uma maneira de seguirmos unidos com quem amamos e compartilharmos alegria e esperança entre todos. Esse mesmo espírito também está presente em todos os nossos canais, sejam as nossas lojas físicas, onde implementamos diversas medidas para assegurarmos um ambiente seguro para todos, ou por meio de nosso e-commerce, modalidade pelo qual os nossos consumidores podem se planejar e antecipar as suas compras de supermercado”, analisa Othon Vela, Diretor de Marketing do Pão de Açúcar.

Desde o início da pandemia de Covid-19, o Pão de Açúcar tem tomado diversas medidas para garantir a tranquilidade de clientes e colaboradores. A marca foi a primeira do grande varejo a adotar um horário de atendimento exclusivo para clientes acima dos 60 anos, oferecendo uma alternativa para um caso de extrema necessidade, visto que a recomendação dos órgãos de saúde é que pessoas em grupos de risco evitem a exposição desnecessária. Na mesma linha, a rede tem continuamente lançado mão de ações como o controle de entrada dos clientes para evitar aglomerações, o reforço dos cuidados com a limpeza, a implantação de painéis de acrílico temporários para separar os operadores de caixa dos consumidores e a disponibilização de álcool em gel para todos. Os textos da campanha de Páscoa também relembrarão os consumidores a possibilidade de se planejarem e anteciparem os seus pedidos de Páscoa por meio do e-commerce da rede (www.paodeacucar.com), ou por meio do aplicativo James Delivery, que realiza as entregas no mesmo dia.

Sobre o Pão de Açúcar

Com lojas distribuídas em 13 estados do Brasil, o Pão de Açúcar oferece soluções eficientes e inovadoras para deixar a compra de seus consumidores mais fácil, prática e gostosa. Focada no segmento premium de varejo alimentar, a marca é parte do GPA, uma das maiores companhias do varejo nacional. O Pão de Açúcar é pioneiro em inciativas sustentáveis dentro do segmento supermercadista brasileiro e no lançamento de um programa de fidelidade, o Pão de Açúcar Mais, hoje com mais de 7 milhões de cadastrados. A marca está presente em supermercados (185 lojas), lojas de bairro (Minuto Pão de Açúcar, com 84 unidades), e-commerce (www.paodeacucar.com) e por meio de seu aplicativo – gratuito e disponível nas lojas App Store e Google Play.

Instituto Êxito de Empreendedorismo lança campanha para arrecadar 50 mil cestas básicas

A ação Êxito Solidário vai atuar em parceria com os projetos Transforma Brasil e Fundação Amor Horizontal, que beneficiam famílias carentes em diversas regiões do país

O Instituto Êxito de Empreendedorismo, instituição sem fins lucrativos, está empenhado em reduzir os impactos econômicos e sociais causados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no nosso país. Para isso, criou a campanha Êxito Solidário, com objetivo de arrecadar cerca de 50 mil cestas básicas que serão destinadas a pequenos empreendedores e famílias carentes em todo o Brasil.

A pandemia tem mostrado à sociedade que, além de tirar vidas, está deixando muita gente sem fonte de renda. “Nessa perspectiva, o Instituto Êxito de Empreendedorismo está intensificando sua atuação para ajudar pequenos empreendedores, profissionais liberais, autônomos, formalizados ou não, a passarem pela quarentena, imposta pelo Estado, isolados dentro de casa. A campanha também se estende a beneficiar pessoas que perderam seus empregos neste momento”, relata o presidente do Instituto, Janguiê Diniz.

As doações são ilimitadas e podem ser feitas no site www.institutoexito.com.br/doacoes. No endereço, o doador pode escolher com quantas cestas básicas quer contribuir e realizar o pagamento online. Todos os donativos arrecadados na campanha Êxito Solidário serão para comprar as cestas básicas que serão, posteriormente, entregues para as instituições sem fins lucrativos que estão realizando um excelente trabalho no Brasil: o Projeto Transforma Brasil e a Fundação Amor Horizontal, que ajudam outras instituições e beneficiam famílias carentes em diversas regiões do país. “Num momento tão difícil para o mundo, precisamos de união. Virá através da solidariedade a grande ajuda para as famílias mais vulneráveis do Brasil. Ter o Êxito nesta parceria é muito importante para o sucesso da campanha do Transforma Brasil”, complementa o presidente do Transforma Brasil, Fábio Silva.

A Fundação Amor Horizontal tem como propósito apoiar a infância, por meio de projetos idôneos parceiros que atendem a mais de 10 mil crianças em extrema vulnerabilidade social em São Paulo. “A alimentação e os cuidados são essenciais para o desenvolvimento saudável de uma criança. Com as doações de cestas básicas na campanha, iremos apoiar milhares de crianças e famílias que dependiam da refeição nos projetos sociais que tiveram que ser fechados", explica Carol Celico, fundadora e presidente da Fundação.

Além das doações de cestas básicas e produtos de higiene, o Instituto Êxito de Empreendedorismo está ajudando a população disponibilizando sua plataforma com mais de 300 cursos online e gratuitos, para todos que queiram se qualificar em diversas áreas durante o período da quarentena. Esses cursos têm autoria de grandes nomes do mercado nacional e são apresentados de maneira gratuita para os beneficiários. Além disso, o Instituto dispõe de um aplicativo de mentorias, que vai permitir que o beneficiário tenha contato direto com um empreendedor para receber auxílios; os Summits regionais e um nacional, que são congressos de empreendedorismo com grandes nomes do mercado nacional; o seminário mensal Facing the Giants, que conta com palestras de três sócios e é aberto ao público; bem como fundos de investimentos e muitos outros programas que estão disponíveis no site www.institutoexito.com.br.

SOBRE O INSTITUTO ÊXITO

O INSTITUTO ÊXITO DE EMPREENDEDORISMO é o resultado de um sonho que envolve empreendedores visionários dos mais variados segmentos do Brasil, e que hoje já conta mais com mais de 400 sócios, que compactuam de um mesmo propósito: fazer do empreendedorismo a turbina para alavancar vidas e histórias.

O Êxito tem a filosofia de que, independente da classe social e econômica, qualquer pessoa pode transformar suas ideias em ações que mudem e melhorem a realidade e a comunidade na qual vive. Por isso, nasceu com o objetivo de estimular o dom empreendedor dos jovens, especialmente os de escolas públicas, onde há muitos talentos escondidos e boas ideias a serem impulsionadas. Nomeada como uma instituição sem fins lucrativos, seu principal plano de ação está em oferecer uma plataforma de cursos online e gratuitos, além de diversas ações voltadas para o fomento ao empreendedorismo.

CANTORES DETALHAM MILIONÁRIO MERCADO DA MÚSICA SERTANEJA EM DOCUMENTÁRIO

O Fenômeno Sertanejo estreia no dia 9 de abril, às 22h, no canal de TV por assinatura Music Box Brazil

Nem MPB e nem rock. O sertanejo é o estilo mais laico da música brasileira, isto é, que não se furta a fusões para continuar em evidência. É o ritmo mais rentável e que movimenta cadeia econômica milionária em que investidores, nem sempre ligados à cultura, definem o que é sucesso. O assunto é tema do documentário O Fenômeno Sertanejo, com Luan Santana, Chitãozinho & Xororó, Michel Teló, Alok e Naiara Azevedo, entre outros cantores, o produtor musical João Marcello Bôscoli, compositores, empresários e especialistas. A obra estreia em 9 de abril, às 22h, no canal de TV por assinatura Music Box Brazil.

Estruturado em nove capítulos, o filme resume três mutações do sertanejo até se tornar estritamente comercial. Surge em 1929 como música caipira e regional, com o retrato dos interiores do país. Canta o sertão, Chico Mineiro, cavalo e o arreio. O sertanejo moderno em 1982 com Chitãozinho & Xororó introduzindo banda nos arranjos de Fio de Cabelo, tocando em rádios e TVs das grandes cidades. Ganha fôlego na década seguinte com Zezé di Camargo & Luciano e Leandro & Leonardo no projeto Amigos. Em 2000, o país conhece o sertanejo universitário dos pioneiros João Bosco & Vinícius.

Aumento do poder de consumo dos brasileiros, pulverização das redes sociais e pirataria de discos. Os universitários João Bosco & Vinícius se apresentam em festas estudantis de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, até que um registro amador deles se espalha por repúblicas do Estado e pelo Brasil. “Deram um nome: sertanejo universitário”, explica Bôscoli. Os consumidores são “Um público jovem, que compra ticket, que consome shows e música na internet”, define Michel Teló. A explosão de novas duplas vem nesse embalo.

O sertanejo universitário se torna música de estética urbana consumida pela grande massa e elite brasileira, embora rejeitada pela MPB. Vira um negócio e um novo termo se populariza: gestor de carreiras. Isto é, investidores que acreditam no potencial econômico do meio, lançando duplas como espécie de startups. “São pessoas físicas, às vezes empresários, que não têm muito a ver com o mundo da música, mas gostam e injetam dinheiro num projeto”, caracteriza Cuiabano, locutor anfitrião da Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos.

O debate também abordará o monopólio de grandes escritórios nos investimentos e faturamentos do meio, a mensuração de novos singles, fusões com pagode, música eletrônica e outros ritmos, o artista como um produto e o lançamento de novos talentos na dependência de investidores. Sorocaba, dupla com Fernando, refletirá sobre compras de posições em paradas de sucesso e engajamento nas redes sociais. A autoafirmação das mulheres como contraponto a letras machistas cantadas por homens no movimento Feminejo, com Maiara & Maraísa, Naiara Azevedo e Marília Mendonça.

O Fenômeno Sertanejo é uma produção da Clube Filmes com direção geral e artística de Fabrício Bitttar. “O sertanejo, com certeza, vai ficar muito tempo ainda nas paradas. Ele tem uma estrutura já montada e construída, com rádios e shows, pessoas vendendo esses eventos, uma estrutura de produção e criação de conteúdo. Há um interesse muito grande de jovens em se lançarem nesse mundo. Quer dizer, existe material humano. A gente não vê no horizonte da música brasileira uma reação da MPB e do rock”, avalia o pesquisador Edvan Antunes.

SERVIÇO
DOCUMENTÁRIO O FENÔMENO SERTANEJO
Canal de TV por assinatura: Music Box Brazil
Quando: 9 de abril, às 22h
Duração: 77: 26
Produção: Clube Filmes
Direção geral e artística: Fabrício Bittar
Classificação indicativa: Livre

SOBRE MUSIC BOX BRAZIL

O canal Music Box Brazil dedica 24 horas de programação voltada ao melhor da música brasileira. Exibe shows, videoclipes, documentários, entrevistas e programas exclusivos com os principais nomes do cenário nacional. Integra a Box Brazil, maior programadora independente de canais de TV por assinatura brasileira, que alcança diariamente 36 milhões de pessoas no Brasil. A empresa também possui outros quatro canais, sendo um deles voltado ao mercado internacional: Prime Box Brazil (dedicado a conteúdos ficcionais), Travel Box Brazil (focado no universo de viagens) e FashionTV (versão nacional do mais importante canal de moda do mundo), além do BOOM TV (canal de filmes e séries dos grandes estúdios transmitido na Angola e Moçambique). O Music Box Brazil é distribuído pelas principais operadoras, entre elas NET, Claro, Vivo, Oi e Algar. No mercado internacional, está presente nas plataformas Amazon Prime, TeleUP e Brusa.

A SOCIEDADE MUNDIAL VIVE A ACELERAÇÃO TECNOLÓGICA EM TEMPOS DE DISTANCIAMENTO SOCIAL

Vivemos um momento de intensas mudanças, com novos hábitos de consumo e necessidade de se reinventar, tanto nos negócios como na carreira. Para discutir essas mudanças rápidas que estão ocorrendo no mundo por conta da Covid-19, a Neoconnection promoveu na última quinta-feira, dia 02, uma Live com Gil Giardelli, um dos maiores difusores de conteúdos ligados à futuro, tecnologia e inovação no Brasil e no Mundo. O tema abordado foi “Sociedade 5.0 e Inovação Global. E Agora?”

Intermediada pela diretora da Neoconnection, Maria Almeida Garcia, a Live com grande interatividade do público, destacou o momento atual, em que a sociedade está conectada em um ambiente global, sem fronteiras. Segundo Gil Giardelli, as relações de trabalho, hoje home office, em grande parte, por conta da necessidade de distanciamento humano para evitar a contaminação pelo Covid-19, estão promovendo uma grande mudança de comportamento, com maior uso de tecnologia para reuniões à distância, palestras, aulas e compras on-line.

Sociedade mais tecnológica

A comunidade científica também tem explorado bastante o uso da tecnologia para se manter conectada, acompanhando e interagindo em busca de soluções para combater o novo coronavírus. Ao todo, já foram realizados mais de 26 mil estudos com o Covid-19, utilizando a Inteligência Artificial.

As indústrias e o comércio estão vivendo um novo momento, com a necessidade de rever o seu negócio, inovando os seus processos e canais. Gil Giardelli destaca que os monopólios precisam rever seus negócios, os micronegócios e a economia compartilhada ganham força na nova era.

Ele ainda ressalta que a projeção do período de distanciamento social deve ser longo, em torno de 18 meses. A sociedade vai passar por momentos difíceis, com picos de quarentena e retornos a vida normal. Será uma mudança de era, com receio de caos social em alguns países, mas depois deste período a humanidade sairá fortalecida.

Distanciamento Social X Distanciamento Digital

Com tudo isso, a tendência é que com o distanciamento social, ocorra em paralelo o distanciamento digital. “Não podemos ficar 16 horas em casa somente olhando para uma tela. Experimente a desconexão”, destacou.

Dificuldades

Ele destacou as dificuldades que as empresas vão encontrar para manter os empregos e a suas atividades, pois 80% das empresas não possuem capital de giro para sustentar as despesas por mais de 30 dias.

Ressalta que todos terão que se reinventar e contribuir para sobreviver neste período, com redução de salários, tanto por empresas como pelo poder público, incluindo o executivo, legislativo e judiciário. “É um absurdo, num momento como este, o judiciário aprovar bônus porque está trabalhando em casa”.

Realidade Virtual

Um dos setores mais afetados neste momento, o do turismo, terá que adotar novas estratégias para se manter no mercado. Ele exemplificou o uso da Realidade Virtual, amplamente utilizada na China, por 90% dos habitantes. Giardelli argumentou que os Programas de Realidade Virtual possuem uma sensação muito próxima de estar presente fisicamente. “A realidade virtual, certamente, vai ajudar muitas empresas, não só no turismo. Em Manaus, por exemplo, já existe robô ajudando a população nessa linha”.

Blockchain no Agronegócio

Um dos setores mais sólidos no Brasil, o agronegócio tem inovado bastante os seus processos com o uso da blockchain para toda a cadeia do agrobusiness. Ele destaca o case da Unilever, que implementou um projeto que monitora e fiscaliza toda a cadeia de produção, desde as sementes até a entrega nas prateleiras dos supermercados.

Roboticista

Em alta, os cursos de Roboticistas (aquele que mexe com robôs eletrônicos e humanoides), ainda são pouco ofertados. Segundo ele, existem mercados ansiosos por esta profissão, pois cada vez mais humanos devem ter interação com robôs humanoides.

Giardelli disse que engenheiros agrônomos, por exemplo, podem ter que assumir várias funções, desde operar uma máquina de colheita, até fazer relatórios de análises de dados como um analista de dados.

Na Educação

A transformação está sendo ampla na educação. O ensino à distância está ganhando força, mas ainda é preciso inovar o conteúdo. Ele cita o exemplo da Escola Eurekando de Curitiba, que trabalha com professores do Século XXI, trazendo a tecnologia para as crianças. É um modelo similar utilizado em São Paulo, a Explore. O ensino é pautado no futuro, com conteúdo criativo e ensino do empreendedorismo.

Redes Sociais Neoconnection 4.0

www.instagram.com/neoconnection4.0/

https://www.facebook.com/neoconnection4.0/

A importância da Vitamina D para o organismo

A Vitamina D é muito importante para o corpo humano, pois ajuda na absorção e fixação do cálcio, modulação da inflamação crônica, promove a manutenção dos osso e aumenta a imunidade. A maior fonte de absorção de Vitamina D – 90%, é proveniente da exposição ao sol. Por isso, aproveite ao máximo a exposição na parte da manha, preferencialmente antes das 10h da manhã, e sugerimos deixar os braços, pernas, pescoço e rosto expostos.

Além do sol, os outros 10% da Vitamina D vêm de alimentos, entre eles leite, ovos e peixes de agua fria são ótimas opções para quem procura uma fonte de vitamina D.

Na Clinica Benessere, apoiamos sempre uma alimentação saudável, equilibrada, e com os insumos necessários para deixar seu organismo em excelente estado.

Jorge & Mateus fazem live sábado no YouTube

Show “Na Garagem” começa a partir das 20h no canal da dupla

“Na Garagem” é o nome escolhido para a live que Jorge & Mateus fazem no próximo sábado, 04 de abril. O título remete a um show do início da história da dupla, que completa 15 anos de carreira em 2020. A partir das 20h, Jorge & Mateus fazem um show exclusivamente no YouTube com um repertório de tirar o fôlego, que vai de sucessos antigos a lançamentos mais recentes. O intuito da dupla é levar entretenimento musical para o público que se encontra em distanciamento social.

A live de Jorge & Mateus é uma parceria com o YouTube e faz parte da campanha #FiqueEmCasa #Comigo, uma iniciativa da plataforma para unir o mundo através de vídeos que possam ser consumidos em segurança, cada um na sua casa.

No último domingo (29), fãs de Jorge & Mateus pediram na Internet uma live da dupla para aproveitarem o período de isolamento social. Após a repercussão, os cantores anunciaram que atenderam ao pedido e todos foram a loucura. Somente no Instagram, a dupla ganhou cerca de 1 milhão de seguidores em 24h. No Twitter, 16 dos 30 assuntos mais comentados eram relacionados a Jorge & Mateus.

Os donos dos hits “Tijolão” e “Propaganda”, seguem trabalhando o último álbum “T.E.P”, lançado pela J&M Produções e Som Livre recentemente nos aplicativos de música. Para o repertório da live, a dupla vai levar em consideração alguns pedidos dos fãs que estão chegando desde então através das redes sociais. Para mais informações basta ficar ligado nas redes oficiais de Jorge & Mateus.

Confira fotos de divulgação aqui.

Sobre a Som Livre

De 1969 para cá o mercado fonográfico mudou, assim como a forma de se consumir música. Hoje, 50 anos depois de sua criação, a Som Livre é muito mais do que uma gravadora, é o espelho musical do país. Uma empresa 100% nacional voltada para a música, seja qual for a sua plataforma e que reflete, através de seus lançamentos, o gosto e o hábito de consumo do brasileiro.

A Som Livre possui diversas frentes de negócios: venda física, digital, shows, licenciamento e editora. Em seu time são mais de 100 artistas e sua editora é uma das mais importantes do país, representando os direitos de compositores nacionais e internacionais. Na linha de shows, a empresa aposta em festivais de música, que acontecem por todo o país, com as marcas Festeja, Viva Mais Música e Arena Pop.

somlivre.com

facebook.com/somlivre

instagram.com/somlivre

twitter.com/somlivre

Atividades continuam suspensas no Santa Mônica Clube de Campo

Seguindo ainda as determinações das autoridades de saúde dos três níveis de Governo (Municipal, Estadual e Federal), diante da escalada exponencial do COVID-19, a Diretoria do Santa Mônica Clube de Campo, comunica que continuará suspensa todas as suas atividades culturais, sociais, esportivas e de lazer até 20 abril de 2020. As tarefas internas administrativas e de manutenção ocorrerão dentro do plano de emergência já existente.

O Presidente do Santa Mônica Clube de Campo, Gilberto Foltran, conta com a compreensão e colaboração de todos em acatar mais essa dura, porém necessária, determinação. Ele também ressalta que essas medidas são para o bem-estar dos associados e que os cuidados e manutenção do clube continuam, para receber os moniquenses, quando tudo se normalizar.

A Diretoria.

Cacau show aposta em linha infantil variada para movimentar a Páscoa

Ovos de chocolate com bola da Juventus de Turim, do Manchester City, ovo com fone de ouvido, ovo com avental ou com chapéu da linha Masterchef e o ovo com pantufa são apenas algumas das opções da linha infantil que a Cacau Show preparou para a Páscoa 2020 e são as apostas para superar o difícil momento imposto pela quarentena devido ao Coronavírus.

“Sabemos da dificuldade que as pessoas têm em sair de casa para procurar chocolate. Mas ao mesmo tempo existe a expectativa de toda criança em ganhar algo na Páscoa. Acreditamos que nossas opções bem variadas para o público infantil pode atender essa demanda”, explica o proprietário de duas filiais da Cacau Show, no Shopping Água Verde e no Bigorrilho, Erlon Ribas.

A principal novidade vem da parceria da fabrica de chocolate com a Champions League que permitiu a produção e comercialização dos ovos de futebol de clubes em alta como a Juventus, de Cristiano Ronaldo, e o Manchester City, de Gabriel Jesus que são comercializados a R$ 66,90 e acompanham uma mini bola.

As duas franquias estão fazendo entregas gratuitas para compras através do whatsapp a partir de R$ 30,00.

Serviço:

Cacau Show – Bigorrilho – Rua Padre Anchieta, 2177 – (41) 32339042 / (41)-99723-7488 whats

Cacau Show – Shopping Água Verde – Av. República Argentina, 1927 – (41) 3342 4442/ (41) 99885-0530 whats

McDonald’s doa refeições para caminhoneiros no Brasil

Ação teve início em Bauru e será ampliada para mais regiões no país

Desde a descoberta do novo Coronavírus, a população no mundo inteiro tem contado com a dedicação e o trabalho incansável de inúmeros profissionais essenciais. São trabalhadores que contribuem para o bem-estar de todos, como os profissionais de saúde, entregadores e os caminhoneiros, que percorrem longas estradas para garantir o abastecimento de diferentes mercadorias nos estabelecimentos.

No Brasil, o McDonald’s realizou a entrega de aproximadamente 15 mil refeições para profissionais da saúde em mais de 28 cidades e está estendendo agora também essa iniciativa para caminhoneiros em diversas localidades. A ação teve início em Bauru, no interior de São Paulo, com o suporte da Polícia Militar Rodoviária e da Concessionária ViaRondon, na última segunda-feira, 30 de março. Ao longo dos próximos dias, a ação seguirá em Bauru e também será ampliada para outras regiões do interior de São Paulo, Rio de Janeiro e Tocantins, a partir de apoio dos Franqueados da rede no país.

A iniciativa faz parte do programa Bom Vizinho, um projeto de voluntariado e apoio à comunidade que tem mais de 15 anos de atuação, contabilizando mais de 100 mil ações. Por meio do programa, o McDonald’s busca utilizar sua escala e relevância para promover o bem. O incentivo ao voluntariado entre seus colaboradores, formados em sua grande maioria por jovens altamente engajados em contribuir de forma positiva nas regiões onde a companhia atua, já é uma tradição na companhia. Entre as iniciativas já realizadas, há desde a arrecadação de agasalhos, plantio de mudas, visita a asilos até a atual ação de doação de comida.

Medidas para segurança de seus colaboradores

Tendo como prioridade proteger a saúde e bem-estar de seus funcionários e clientes, a companhia implementou um comitê focado especialmente em monitorar e agir em torno de diversos assuntos relacionados ao tema.

A empresa estabeleceu um protocolo especial para a operação de seus serviços que serão mantidos, como Delivery e Drive-Thru, incluindo a demarcação de áreas de distanciamento social nos restaurantes, disponibilização de produtos para higienização das bolsas dos entregadores e lavagem de mãos, cuidado no condicionamento de produtos, além do reforço dos protocolos de higiene em todos os restaurantes da rede, como aumento na frequência da limpeza de equipamentos, ampliação do número de dispensers de álcool em gel, entre outras ações.

Além disso, entre as iniciativas já implementadas pela empresa, está o home office ou licença remunerada para seus colaboradores que pertencem ao grupo de risco, em todos os setores, inclusive restaurantes, e a recomendação de trabalho remoto para todos os funcionários da sede administrativa.

Apoio a micro e pequenos empreendedores

Acreditando na união de forças para que o país possa superar esse momento causado pelo novo Coronavírus, o McDonald’s decidiu apoiar micro e pequenas empresas do setor de alimentação no Brasil, abrindo turmas de formação gratuita e online voltadas a profissionais que atuam nesse segmento.

Os cursos contam com uma grade dividida em três pilares principais: Segurança Alimentar, Higiene e Desenvolvimento Sustentável, áreas em que a companhia é reconhecida internacionalmente por sua excelência. Essas são esferas fundamentais para garantir medidas de prevenção de contaminação por microrganismos, incluindo o novo Coronavírus.

A primeira turma contou com mais de 740 inscritos e teve início na última sexta-feira, 27/03, com o módulo básico de Segurança do Alimento. As inscrições para a próxima aula, que apresentará o módulo avançado de Segurança do Alimento e Higiene, ainda podem ser realizadas por meio do site https://trilhas.info/. A gravação de cada módulo está sendo disponibilizada na plataforma, para que os novos interessados possam acompanhar o conteúdo.

Confira a agenda das próximas aulas ao vivo:

02/04 – Segurança do Alimento e Higiene – Módulo Avançado

06/04 – Desenvolvimento Sustentável – Módulo I

08/04 – Desenvolvimento Sustentável – Módulo II

Sobre a Arcos Dorados

A Arcos Dorados é a maior franquia independente do McDonald’s do mundo, tanto em vendas totais do sistema quanto em número de restaurantes. A Companhia é a maior rede de serviço rápido de alimentação da América Latina e Caribe, com direitos exclusivos de possuir, operar e conceder franquias de restaurantes McDonald’s em 20 países e territórios, incluindo Argentina, Aruba, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Curaçao, Equador, Guiana Francesa, Guadalupe, Martinica, México, Panamá, Peru, Porto Rico, St. Croix, St. Thomas, Trinidad & Tobago, Uruguai e Venezuela. A Companhia opera ou franqueia mais de 2.200 restaurantes McDonald’s com mais de 90.000 funcionários e é reconhecida como uma das melhores empresas para se trabalhar no América Latina. A Arcos Dorados está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ARCO). Para saber mais sobre a Companhia visite a seção de Investidores de nosso site: www.arcosdorados.com/ir.

Delivery de pizzas em Curitiba é feito por super heróis

A ideia é da Liga dos Heróis Pizzaria

Já imaginou o Homem Aranha ou então o Super Homem entregando uma pizza quentinha na sua casa? Pois isso já é realidade em Curitiba. A Liga dos Heróis Pizzaria, pizzaria toda tematizada nos desenhos em quadrinhos, diante do cenário que se instalou frente ao novo Corona Vírus, inaugura seu sistema delivery a partir de 4 de abril. Toda a comunicação das embalagens segue o tema da casa e traz estampados os heróis exclusivos do lugar, Velox, Méri Star e Mister Massa. O cardápio, como não poderia deixar de ser, traz pizzas com nomes de vários personagens e se divide entre Tradicionais, Salgadas e Doces.

O Super Homem aqui é uma pizza de calabresa; a Mulher Maravilha é Marguerita; Incrível Hulk leva carne seca com queijo coalho; Velox é feita à base de abobrinha; Capitão América é à base do prato típico paranaense, barreado. Somadas às demais, elas completam o menu com 12 opções. Entre as doces, tem a Coringa que mistura chocolate branco e chocolate preto e a que divide opiniões, Dr. Caos, feita com chocolate e alho, ao todo são cinco sabores. As tradicionais tem preço de R$ 39,90 e as especiais R$ 49,90, ambas servem 10 fatias. A pizza doce tem preço único de R$ 29,90 com seis pedaços. A área de entrega assiste 18 bairros com taxa única de R$ 10.

“Esse já era um projeto, porém, adiantamos o processo devido aos últimos acontecimentos. Desde o decreto do Governo do Estado, estamos com as portas fechadas e ativar o delivery foi uma forma de nos mantermos ativos”, explica Fernanda Polichuk Vendramin, proprietária da casa. Todas as pizzas vem acompanhadas de um chaveiro de herói surpresa para as famílias colecionarem. A distribuição será feita até durarem os estoques. Os pedidos podem ser feitos pelos telefones 41 99193 1888 e 41 3319 0803 ou pelo whatsapp 41 99144 5678. “Nossa entrega será feita por motoboy e também por ciclistas, então as pessoas não estranhem se olharem pela janela de suas casas e verem super heróis circulando”, se diverte Fernanda.

Bairros Atendidos
Ahú, Alto da Glória, Alto da XV, Batel, Bigorrilho, Bom Retiro, Cabral, Centro, Centro Cívico, Cristo Rei, Hugo Lange, Jardim Botânico, Jardim Social, Juvevê, Mercês, Prado Velho, Rebouças, São Francisco.

Serviço
O que: Liga dos Heróis Pizzaria – Delivery
Pedidos: 41 99193 1888 e 41 3319 0803 ou pelo whatsapp 41 99144 5678
Funcionamento: de terça a domingo da 18h30 às 23h30

Crédito de foto: Priscilla Fiedler

UFPR produz álcool para atender demanda de diferentes regiões

·
· UFPR participa da produção de máscaras de proteção ao Coronavírus em impressoras 3D

Solicitações de entrevista dependem da disponibilidade das fontes, mas o material abaixo pode ser livremente utilizado. Também dispomos de vídeos gravados pelos envolvidos no projeto, que podem ser solicitados via e-mail.

Valorize a ciência! Valorize o saber técnico e o conhecimento científico!

_________________________________________________________________________________

UFPR participa da produção de máscaras de proteção ao Coronavírus em impressoras 3D

Resumo: Laboratórios da Universidade Federal do Paraná (UFPR) estão participando de uma ação integrada para a impressão de equipamentos utilizados como proteção de equipes de saúde à frente da pandemia de Coronavírus. As impressoras 3D da instituição produzem estruturas para as máscaras, recurso indispensável para o atendimento de casos suspeitos e confirmados do vírus.

Segundo o professor José Eduardo Padilha de Sousa, vice-diretor do campus da UFPR em Jandaia do Sul, um grupo da instituição dividiu o trabalho por regiões, em seus diversos campi, justamente para suprir demandas locais. Na sua unidade, por exemplo, são duas impressoras trabalhando diariamente, 24 horas por dia, com capacidade de produção de 20 máscaras.

Padilha conta que a equipe trabalhou para otimizar o processo, aliando o conforto necessário aos equipamentos à velocidade da impressão.

SAIBA MAIS

FALE COM O CIENTISTA: professor Márcio Carboni, Expressão Gráfica - 41 99971-3641

________________________________________________________________

UFPR produz álcool para atender demanda de diferentes regiões

Laboratórios e equipes da Universidade Federal do Paraná (UFPR) estão atuando na produção de formulações de álcool, produto essencial para prevenção e controle da pandemia do Coronavírus. No campus de Jandaia do Sul, por exemplo, somente em um dia foram produzidos 700 litros do álcool 70% glicerinado. Em Palotina, foram 125 litros da formulação teste. Setenta litros do produto também serão doados, nos próximos dias, para redes de banco de sangue do estado via Pró-reitoria de Administração (PRA).

Em texto, o professor do departamento de Ciências Exatas do campus Jandaia do Sul, Simão Nicolau Stelmastchuk, explica que a iniciativa começou com o desejo de atender a região do Vale do Ivaí e norte Pioneiro com a produção de Álcool 70% para a higienização das mãos. Como o álcool em gel estava em falta ou era vendido por preços muito acima da média, adotou-se uma formulação eficiente, aprovada pela Agência de Vigilância Sanitária da Regional de Apucarana.

ENTREGA-PAM-1-1-800x389.jpeg
Segundo o professor e pesquisador do Laboratório de Espectrometria de Massas da UFPR, Eduardo Meurer, o álcool 70% glicerinado é o produto ideal para desinfecção, e sua diferença para o popular álcool em gel, hoje em falta no mercado, é basicamente a sensação de conforto do usuário. “O álcool em gel é fabricado com Carbopol, um polímero que muda a consistência do produto e que encarece a produção”, explica. “As pessoas costumam gostar mais desse para as mãos, mas o líquido é mais eficiente, pode estar em frascos de pulverização, tem melhor espalhabilidade, além de ser muito mais barato”.

A produção em Jandaia do Sul está em um ritmo intenso, chegando a ocupar três turnos, que envolvem duplas de professores e acadêmicos, para respeitar a recomendação de isolamento e distanciamento social.

Produtores rurais se adaptam às mudanças de consumo de alimentos devido à pandemia

É preciso buscar novos canais de venda e repensar formas de relacionamento e atendimento do cliente

Crédito: Divulgação

Apesar de não haver risco de desabastecimento de alimentos no País em virtude da pandemia do novo Coronavírus, os pequenos produtores rurais enfrentam o desafio de chegar até o cliente que, por prevenção, mudou os hábitos de consumo e basicamente tem se alimentado dentro de casa. Com a perda dos principais canais de venda, que são as feiras, bares e restaurantes fechados, temporariamente, os donos de pequenos negócios rurais devem buscar novos canais de comercialização e repensar formas de relacionamento e atendimento ao cliente.

Diante de um momento de crise, é preciso soluções para o negócio e enxergar novas possibilidades, que incluem a realização de parcerias, sejam elas por meio de associações ou cooperativas, para fazer as entregas (delivery) e aumentar o mix de produtos. Além disso, é importante encarar a situação como uma oportunidade de se aproximar do cliente, ouvindo demandas e, assim, fidelizá-lo para que se lembre do seu negócio depois que a crise passar.

Por exemplo, como muitos profissionais estão trabalhando em casa em regime de home office, pode ser uma oportunidade para agregar valor ao produto entregando-o em porções menores, já acondicionadas em kits específicos, como um kit de frutas, kit de folhosas e raízes. Também vale incluir um brinde na hora da entrega ou até mesmo uma sugestão de receita.

Marilini Della Valentina, produtora de verduras e legumes em Umuarama, noroeste do Paraná, vem recebendo pedidos e realizando entregas para os moradores da cidade. Para isso, ela montou um grupo com clientes para divulgar seus produtos pelo whatsapp e tem buscado ampliar o número de clientes. Ela manteve os preços cobrados na feira em que participava, antes da pandemia do Coronavírus. Há a isenção de taxa de entrega para compras acima de R$20.

Segundo ela, as entregas têm sido essenciais para o sustento de sua família. “Temos diversos custos com as nossas produções e essa foi a saída que a gente encontrou para conseguir se manter e conseguir ter algum lucro”, afirma ela.

Juanice Boszcz Brongel, que produz cogumelos, tomates e morangos para molhos e geleias na cidade de Contenda, região metropolitana de Curitiba, também tem investido em entregas para seus clientes, que incluem moradores e alguns estabelecimentos do município e da capital paranaense. Ela percebeu a queda da demanda e, por conta disso, resolveu ajudar outros produtores locais.

“A gente tem estocado alguns alimentos de cinco produtores da região que não estavam conseguindo vender em feiras ou no Ceasa. Dessa forma, eles não perdem aquilo que já plantaram e a gente busca realizar a venda desses produtos também para os nossos clientes. É uma maneira de ajudá-los em um momento tão difícil”, afirma.

Para que os produtos não estraguem, são armazenados dentro das próprias instalações da empresa. Ela também ressalta o cuidado com que o trabalho é feito. “Temos feito tudo de maneira muito organizada, observando os padrões de segurança e higiene para oferecer mais qualidade aos clientes”, ressalta.

O Sebrae recomenda que este momento de quarentena também seja uma oportunidade para os pequenos produtores rurais reunirem a família para discutir e planejar o empreendimento rural com ações de curto, médio e longo prazo. Além disso, devem rever os investimentos da produção para a próxima safra e, se os recursos estiverem apertados, reprogramar a produção, plantando em menos áreas da melhor forma possível sem esquecer da qualidade do processo produtivo.

Atento às necessidades específicas desses empreendedores, o Sebrae preparou um conjunto de sugestões que podem ser adotadas para minimizar os prejuízos com a pandemia do novo Coronavírus:

• Estabeleça novos canais de comercialização, principalmente de pequenos mercados locais. Existe uma tendência de os consumidores buscarem esse pequeno negócio;

• Explore plataformas de comercialização e/ou vitrine de produtos online para encontrar novos clientes. O Sebrae criou a plataforma Mercado Azul para anúncio de produtos e serviços;

• Utilize as redes sociais para divulgar seus produtos e agendas de entregas, criando uma rotina semanal. Ao divulgar a lista de produtos disponíveis, separe-os por grupos de alimentos para melhor visualização;

• Estabeleça um dia e horário da semana para realizar as entregas aos clientes, sempre evitando a aglomeração e o contato físico com as pessoas neste momento. Não se esqueça que é preciso disponibilizar os produtos de forma segura e em condições adequadas de higiene e transporte;

• Utilize a criatividade para o condicionamento do seu kit de produtos por cliente fidelizado para facilitar as entregas. Para isso, realize um planejamento prévio dos produtos que cada cliente deseja consumir, semanalmente.

Atendimento Sebrae/PR

Desde que as medidas oficiais previstas para combater a pandemia do Coronavírus foram anunciadas, o Sebrae/PR promove uma força-tarefa para atender, digitalmente e sem custos, empreendedores de micro e pequenas empresas em todo estado. O contato pode ser feito pelo portal do Sebrae/PR. Nele é possível acessar canais como whatsapp, 0800 570 0800 e telefones regionais, onde o empresário tem acesso orientações, consultorias, exemplos de empreendedores que encontraram soluções inovadoras no momento de crise, além de cursos online com conteúdos diversos.

Beto Carrero anuncia espetáculo ao vivo com mais de 50 artistas e gera revolta nas redes sociais

O “O Sonho do Cowboy”, maior musical da América Latina, será apresentado ao vivo nesta sexta-feira, dia 3 abril, às 20 horas, pelas redes sociais do parque Beto Carrero. Fãs do espetáculo e artistas de todo o país tem se manifestado nas redes sociais contra a exibição, que contraria as recomendações do governo e expõe os artistas a riscos de saúde em troca de likes para a empresa. “Que exemplo está sendo passado às pessoas em casa?” “Utilizar da fragilidade de profissionais num momento em que podem perder seus empregos é algo que passa do ridículo”, “Mais uma empresa que se aproveita do poder do capital para explorar seus funcionários, que aproveita a situação grave, pisa em cima da OMS e coloca uma mordaça em seus funcionários”, são alguns dos comentários do público, incluindo dos atores protagonistas do espetáculo na montagem original.

O autor, dramaturgo, diretor e coreógrafo do musical “O Sonho do Cowboy”, Maicon Clenk, discorda da atitude e reforça que não possui qualquer envolvimento com a exibição. Além disso, ele ressalta que o “Beto Carrero World” não poderia utilizar a obra, tampouco veicular a apresentação, pois não possui autorização para sua exibição e comercialização, tendo inclusive feito um registro da obra na Biblioteca Nacional, na tentativa de apropriação. Maicon Clenk é o autor da obra que estreou em 2010 e foi diretor artístico geral do parque entre os anos de 2009 a 2011.

Segundo os advogados do autor, o parque não possui o direito de transmitir a obra, muito menos de exibi-la desrespeitando a lei autoral e o autor. O parque utiliza ilegalmente duas obras do autor que são objeto de ações judiciais para apuração dos danos causados por exploração ilegal, plágios, modificações não autorizadas, venda de produtos e omissão de créditos. O Tribunal de Justiça do Paraná em Curitiba proibiu com uma liminar, ainda em 2013, o Beto Carrero World de apresentar o espetáculo fora das diretrizes do autor e da lei, porém, quando a multa ultrapassava a casa dos 15 milhões de reais por descumprimento, o processo foi transferido para a comarca de Piçarras em Santa Catarina, onde o juiz desconsiderou a decisão do Tribunal Paranaense.

O processo segue a passos lentos aguardando avaliação, inclusive com fatos no mínimo curiosos como o desaparecimento de provas do cartório local. Um novo pedido emergencial de interrupção total das exibições do “O Sonho do Cowboy” foi protocolado pelos advogados do autor e aguarda decisão. “Os danos aos artistas e o descumprimento às determinações de saúde são questões exclusivas que responderá unicamente o Beto Carrero World, JB World. Nesta quinta feira, dia 02, protocolamos uma petição de urgência que visa proibir a exibição do espetáculo também pela internet devido à falta de regularização”, disse o advogado do autor, Marcio Andraus.

O espetáculo musical “O Sonho do Cowboy”, no Parque Beto Carrero World já foi assistido por mais de dez milhões de pagantes desde sua estreia, em 2010. A plateia lota um teatro com capacidade para quatro mil pessoas, que adquire ingressos de até duzentos reais para frequentar o parque e chega a pagar quarenta reais extras por um lugar VIP no espetáculo. Só em 2019 o parque recebeu mais de 2 milhões de pessoas.

Mercedes-Benz celebra os 120 anos da menina que deu origem ao nome da marca

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=165841&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253Ce5fd4b5b2fe24188be86350d2e7d5e6c%2540DE35S004EXC63.wp.corpintra.net%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3Ce5fd4b5b2fe24188be86350d2e7d5e6c%40DE35S004EXC63.wp.corpintra.net%3E-1.5

Data da publicação: 02/04/2020

Há 120 anos, o nome de uma menina de onze anos de idade se tornou a síntese dos carros e deu nome à primeira marca de automóveis de luxo do mundo. Em 2 de abril de 1900, a Daimler-Motoren-Gesellschaft decidiu chamar seus automóveis de Mercédès, em homenagem à filha de Emil Jellinek.

O empresário austríaco, que morava em Nice, na França, trocou veículos Daimler e os registrou em eventos de corrida. O primeiro automóvel com este nome - o Mercedes 35 PS – gerou comoção na semana de corrida de Nice, já em março de 1901. Isso não se deu apenas pela sua tecnologia altamente avançada para a época- que permitiu vencer várias corridas por lá – mas, também, pelo seu design excepcionalmente elegante. O Mercedes 35 PS é considerado o protótipo do automóvel moderno e, com sua arquitetura progressiva, tornou-se um modelo para toda a indústria automobilística. Paul Meyan, então secretário-geral do Automobile Club of France, disse após a semana da corrida: "Entramos na era da Mercedes".

A partir de então, as letras curvas de "Mercédès" passaram a decorar os radiadores dos veículos de passeio da Daimler. O nome foi registrado como marca comercial em 23 de junho de 1902 e protegido legalmente em 26 de setembro daquele mesmo ano. Desde então, o nome da marca - que foi alterado para Mercedes-Benz após a fusão das empresas Daimler e Benz, em junho de 1926 - tem sido uma expressão do compromisso com a sofisticação e a inovação. Como nenhuma outra empresa automotiva, a Mercedes-Benz combina beleza e elegância com desempenho e tecnologia. Além disso, o segredo do sucesso do atual design da Mercedes-Benz é o encontro perfeito entre inteligência e emoção.

A única marca de automóveis com um nome feminino

Até hoje, a Mercedes-Benz é a única marca automotiva que leva um nome feminino. "Mulheres como Mercédès Jellinek ou Bertha Benz moldaram a história de sucesso da Mercedes-Benz desde o início”, diz Bettina Fetzer, diretora de Marketing da Mercedes-Benz AG. "Com nossa iniciativa She’s Mercedes, fundada em 2015, estamos construindo essa tradição para nossas inúmeras clientes mulheres. O futuro da Mercedes-Benz combinará sustentabilidade e luxo em todo o mundo, de maneira fascinante", conclui a diretora.

Desde 2016, a Mercedes-Benz tem sido eleita a marca de automóveis de luxo mais valiosa do mundo e é a única marca europeia entre as 10 melhores no ranking "Best Global Brands 2019" da Interbrand, renomada empresa de consultoria de marcas dos EUA.

Download do Press Release
https://www.mercedes-benz.com.br/resources/media/releases/gallery/thumb/20200402_c4d98af249304c728154e38df57d2cfd_19c0762-013.jpg https://www.mercedes-benz.com.br/resources/media/releases/gallery/thumb/20200402_48ae7ba6d9284aa39bbd877167034e80_abre-2.jpg https://www.mercedes-benz.com.br/resources/media/releases/gallery/thumb/20200402_0859570eabca442b8ae6e94abb97d384_11c1159-08.jpg

Confira o link: https://www.mercedes-benz.com.br/institucional/imprensa/releases/automoveis/2020/4/21727-mercedes-benz-celebra-os-120-anos-da-menina-que-deu-origem-ao-nome-da-marca

Visite o nosso site: https://www.mercedes-benz.com.br/

Siga nosso perfil no Facebook e Instagram: @MercedesBenzBrasil