Grupo de empresários se une para ajudar na recuperação da hotelaria e turismo no Brasil

 

Reconex_Identidade_Logos-07

Com foco em atender demandas do setor de forma estruturada, grupo de empresários dá vida ao Reconex, uma força-tarefa para ajudar a recuperar uma das principais indústrias nacionais

A pandemia do COVID-19 afetou toda a economia mundial, mas um dos setores mais duramente atingidos foi o de viagens, hotelaria e turismo. Pela primeira vez de forma global, a indústria do turismo, que respondia por mais de 10% do PIB mundial, 7% das exportações globais e detinha 1 em cada 10 empregos ao redor do planeta, parou. No Brasil não foi diferente. Dados do Ministério do Turismo mostram que o setor respondia por 8,1% do PIB e gerava em torno de 7 milhões de empregos em 2019. Porém, um estudo da FGV Projetos publicado em abril deste ano estima que o turismo apresentará uma expressiva queda de 39% em 2020, compondo R$ 165,5 bilhões. Em 2021, a estimativa de acordo com o mesmo estudo é de recuperação, podendo chegar a R$ 259,4 bilhões, número ainda assim 4% inferior ao registrado em 2019, quando o setor atingiu R$ 270,8 bilhões.

Para que seja possível uma retomada dos negócios, hotelaria e toda a cadeia de empresas do setor de hospitalidade terão que se reinventar para o novo normal. Não apenas hotéis, mas bares, cafés, restaurantes, espaços e serviços de eventos, entre outros negócios que figuram dentro da categoria, estão reabrindo suas portas, com desafios de sanitização, marketing, finanças, infraestrutura, comunicação, entre outros. Como garantir e transmitir segurança aos clientes e conseguir resgatar o funcionamento? E o que esperar do consumidor, que está ainda mais plural, com parte da população ativista para o isolamento e parte propensa ao consumo?

Ações coordenadas para o turismo

Para contribuir para a retomada do setor, um grupo de empresários uniu forças para atender empresas do setor nas três principais respostas que Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) identifica como vitais para que haja uma retomada das operações:

  1. proteger as pessoas (turistas e trabalhadores do setor);
  2. garantir a sobrevivências das empresas turísticas;
  3. colocar em prática mecanismos de cooperação para apoiar o setor.

Assim nasceu em Curitiba (PR) um novo modelo de negócios, o Reconex. “Trata-se de um ecossistema empresarial formado por empreendedores com diferentes expertises, unidos para oferecer serviços estruturados e personalizados às empresas do setor”, explica Danton Távora, presidente do Reconex.

As empresas membro do Reconex são independentes e atuam em áreas distintas, mas se reúnem semanalmente para trabalhar de forma coordenada e cooperada nos projetos encomendados ao grupo. O resultado são soluções ainda mais completas e já amplamente testadas.

“Acreditamos que a indústria do Turismo será vital para a recuperação econômica não apenas no Brasil, mas em todo o mundo. Somos apaixonados pela indústria de hospitalidade e poder contribuir para que essa recuperação seja feita de forma segura, profissional e sustentável é algo que nos enche de motivação. A questão aqui não é apenas fazer negócios. É algo que envolve propósito e muita experiência. Essa indústria fará diferença” completa Távora.

Ao envolver experts de áreas distintas para trabalhar de forma conjunta, o Reconex traz soluções mais criativas e eficazes para o setor. “Queremos olhar os desafios de cada empresa de uma forma mais holística e criar soluções mais assertivas e sustentáveis, com melhor custo benefício do que se conseguiria contratando fornecedores de diversas áreas, mas que não trabalhassem de forma coordenada”, pontua Távora. Além das atuações em conjunto, o grupo já está em andamento com uma pesquisa para entender os principais impactos e demandas do setor.

Há uma vasta gama de serviços oferecidos pelo Reconex, entre eles: consultoria hoteleira e assessoria para implementação dos protocolos sanitários; consultoria financeira, tributária e de crédito; gestão de riscos e contingências; consultoria em tecnologia e inovação; planejamento estratégico; assessoria para programas de sustentabilidade e compliance; branding & design; criação de conteúdo, fotografia profissional, produção de vídeos, marketing digital, relações públicas e assessoria de imprensa; representação comercial e consultoria de vendas; gestão de processos, educação executiva, treinamentos e intermediação de mão de obra, gestão de alimentos e bebidas, assessoria jurídica e arquitetura e retrofit.

Empresas membro do projeto, em ordem alfabética: Accio Comunicação, Avila$ Consultoria, Belinkers Business Skills, Bravo! Fotografia, CaetanoTech, DTávora Branding Design, Fuego Hub, Guppy Comunicação Interativa, HG Hotelaria & Destinos, Kilogram Studios, Lanton Consultoria e Gestão, Mandaji Consultoria Hoteleira, Priscilla Paggiaro Fotografia, Soma Consultoria e Implantação.

Para saber mais sobre a iniciativa, acesse: reconex.com.br

*com divulgação

 

 

Categorias:AGÊNCIAS DE COMUNICAÇÃO, AGENDA DA SEMANA, AGENDA DO FIM DE SEMANA, BRASIL, COLUNA VANESSA MALUCELLI, DIVIRTA-SE, evento, FREE LIFESTYLE, GASTRONOMIA, HOTÉIS, hoteis, LANÇAMENTOSTags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

VanessaMalucelliAndersen

Colunista do Site — Divirta-se Curitiba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s