Campanha do Instituto TMO para compra de medicamento vai até sexta-feira (31/07)

Instituto TMO - casa-malice.jpg
Lide Multimídia - A campanha “Ajude o Instituto TMO na compra de Medicamento” está em seus últimos dias. Até 31/07 (sexta-feira) é possível contribuir para a compra da medicação Ciclosporina, necessária para os pacientes do serviço de transplante de medula óssea do Hospital de Clínicas da UFPR (HC). A campanha está em andamento na plataforma Vakinha, conhecido site destinado a financiamento de ações e projetos por meio de doações.

Para participar, é necessário entrar no site http://vaka.me/1078803 e fazer uma doação. Cada R$ 100,00 dá direito a um número para concorrer a uma pulseira de ouro branco com diamantes negros, no modelo Riviera, gentilmente doada pela joalheira Vera Guimarães. O sorteio será realizado por um sistema online, durante uma live marcada para 03/08 (segunda-feira) às 18h no instagram do @institutotmocasamalice com toda a transparência.

Sobre o Instituto TMO
Em atividade desde 1988, o Instituto TMO é uma associação de apoio sem fins lucrativos que concentra seu esforço, trabalho e dedicação a ações em prol do transplante de medula óssea, tais como ações beneficentes, jornadas e encontros nacionais, lançamentos de campanhas solidárias, além de levantar recursos para aquisição de equipamentos médicos e de insumos que beneficiam profissionais de saúde e pacientes em tratamento de TMO no HC-UFPR/EBSERH.

Para conhecer outras campanhas do Instituto TMO, basta acessar www.institutotmo.org.br/apoie

Redes sociais:
www.instagram.com/institutotmocasamalice
www.facebook.com/institutotmo

Projeto de Lei quer proibir penas alternativas para motorista embriagado

Em 2019 o consumo de álcool foi responsável por 8% dos acidentes nas rodovias federais no Brasil

Curitiba, julho de 2020 – Um projeto de Lei iniciado no Senado Federal e que agora aguarda votação na Câmara Federal quer intensificar as penalidades aos motoristas que conduzem sob efeito de álcool e causam acidentes, provocando prejuízos à vida e à saúde de pedestres e outros condutores e também à segurança pública. Mesmo que com o passar dos anos o país tenha investido na criação de leis mais rígidas nesse tema, como no caso da Lei Seca (Lei 11.705/2008), a combinação álcool e direção ainda representa um número bastante expressivo de acidentes. Apenas em 2019, conforme levantamento da PRF, o consumo de álcool foi responsável por mais de 8% dos acidentes nas rodovias. .
Segundo a Agência Senado, o Projeto de Lei 600/2019 quer proibir a aplicação de penas alternativas para o motorista que cometer crime de trânsito de homicídio culposo e lesão corporal culposa praticados sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que cause dependência. “O poder público e o processo legislativo falham quando não aprimoram os mecanismos de incentivo à educação no trânsito e quando não mantêm na prisão alguém que viola o principal bem jurídico: a vida humana. Tenho muita convicção de que isso será um divisor de águas. Acabar com a impunidade no trânsito é absolutamente necessário”, diz o senador Fabiano Contarato, autor da proposta.
Atualmente, na maioria dos casos, quem é flagrado embriagado ou com sinais de embriaguez ao volante não vai para a prisão. O motorista paga multa de R$ 2.934,70 e tem o direito de dirigir suspenso por 12 meses (art. 165, CTB). Também poderá ser responsabilizado criminalmente, a depender da quantidade de álcool no organismo ou do conjunto de sinais de alteração da capacidade psicomotora, mas a pena de detenção de 6 meses a 3 anos admite que seja arbitrada fiança no momento do flagrante e, ao final do processo, a substituição por prestação de serviços (art. 306, CTB).
Já para quem dirigir alcoolizado e provocar morte ou lesão grave ou gravíssima, não há mais a possibilidade de pagar fiança de imediato. O ato deixa de ser um crime autônomo para ser forma qualificada do homicídio culposo ou lesão corporal culposa; entretanto, ainda que tenha uma pena maior do que para aquele que não está sob influência de álcool, o fato de ser culposo continua admitindo a substituição da pena privativa de liberdade por restritiva de direitos, conforme artigo 44 do Código Penal. E é justamente por este motivo que o PL pretende alterar a legislação, a fim de garantir maior punição para tais casos.
Julyver Modesto de Araujo, mestre em Direito, consultor e professor de legislação de trânsito e comentarista do CTB Digital, destaca que este PL tem como objetivo corrigir um problema atual: “ao estabelecer que a influência de álcool constitui elemento da forma qualificada de homicídio ou lesão corporal culposos, sempre será obrigatória a substituição de pena privativa de liberdade por restritiva de direitos”, diz.
O especialista explica que a combinação das condutas de “dirigir sob influência de álcool” e “matar alguém, na direção de veículo”, que constituem crimes autônomos (respectivamente, artigos 306 e 302 do CTB) tem sido tratada, nos últimos anos, de várias formas, merecendo destaque as seguintes alterações já feitas no Código de Trânsito Brasileiro:
· de 2006 a 2008, o fato de o condutor estar sob influência de álcool constituía causa de aumento de pena (de um terço à metade) nos crimes de homicídio culposo e lesão corporal culposa. Tal inciso foi incluído pela Lei n. 11.275/06 e revogado pela Lei n. 11.705/08; e
· de 2014 a 2016, a ocorrência de morte causada por condutor com alteração da capacidade psicomotora passou a ser tratada como uma forma qualificada do homicídio culposo (sem a mesma menção no crime de lesão corporal culposa) pela Lei n. 12.971/14, o qual, entretanto, foi revogado pela Lei n. 13.281/16 (estranhamente, porém, esta forma qualificada apenas ‘mudava’ a pena privativa de liberdade: em vez de Detenção de 2 a 4 anos, para Reclusão de 2 a 4 anos, mas sem aumento na dosimetria);
· a partir de 19 de abril de 2018, quando entrou em vigor a Lei n. 13.546/17, a influência de álcool voltou a constituir qualificadora dos crimes de homicídio e lesão corporal culposos (para lesões graves ou gravíssimas).

Agora, em 2020, o Projeto de Lei 600/2019 foi aprovado no início do ano em votação final pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal e aguarda a análise da Câmara dos Deputados.
Para Luiz Gustavo Campos, diretor e especialista em trânsito da Perkons, segurança nas ruas e vias depende de ações e atitudes plurais. “Assim como acontece em outros campos e necessidades de uma sociedade, no trânsito também carecemos de mais informação, educação, conscientização, tecnologia e leis que efetivamente funcionem. Aliando esses pilares não há dúvidas de que o número de mortes no trânsito reduzirá drasticamente”, argumenta. “Falando especificamente do pilar legislação, temos bons exemplos vindos de países como Japão, Austrália, Holanda e Alemanha, que mantêm legislações bastante rigorosas em relação ao consumo de álcool e acidentes no trânsito o que, aliado aos demais pilares, tem contribuído para salvar vidas e diminuir a impunidade”, comenta.

Comportamos do consumidor em tempos de pandemia é tema de Webinar da Novozymes & Mintel

No próximo dia 30 de julho (quinta-feira), das 10h às 10h45, será realizada uma edição do Novozymes & Mintel Webinar, que terá como tema “Comportamentos e desafios no período da pandemia: como marcas e consumidores se conectam”. A gerente regional de Marketing da Novozymes, Leticia Araujo e Amanda Caridad, analista sênior em Beleza e Cuidados Pessoais da Mintel, abordarão esses desafios.
A participação é gratuita e as inscrições podem ser feitas clicando aqui. As especialistas falarão sobre o momento atual, as mudanças necessárias e as adaptações que as empresas precisam fazer para atender os consumidores, que estão cada vez mais conscientes e atentos à importância dos cuidados com a higiene e limpeza. Diante disso, de uma nova percepção dos consumidores, como as empresas precisam se preparar para permanecer relevantes e criar mais empatia com seus clientes.
Leticia Araujo é formada em Administração de Empresas, com pós-graduação em Marketing e especialização em Negócios Internacionais pela Harvard Extension School Cambridge - EUA. É Gerente Regional de Marketing na Novozymes desde 2014 e nos últimos 4 anos se dedica a inteligência de mercado e insights de consumidor na indústria de Household Care.
Amanda Caridad é formada em Relações Internacionais pelas Fac Rio Branco, e possui especialização em Marketing Estratégico pelo INSPER e em Marketing pela The University of Akron nos EUA. Antes da Mintel, atuou por mais de 9 anos na Evonik, sendo que nos últimos 6 anos adquiriu sólida experiência nos segmentos de Beleza, Cuidados Pessoais e do Lar, atuando como Marketing Regional LATAM.

Serviço:
Webinar Novozymes & Mintel Webinar,
Tema: Comportamentos e desafios no período da pandemia: como marcas e consumidores se conectam.
Dia: 30 de julho de 2020.
Horário: 10h às 10h45
Inscrições: gratuitas, no endereço: https://nz.engage.novozymes.com/household-care/laundry/webinar/covid-19/latin-america

McDonald’s Batel, primeiro Drive-Thru do Sul do Brasil, completa 30 anos

O restaurante, que foi o 3º da marca a abrir as portas no Paraná, celebra a data "à distância" para garantir a segurança de seus funcionários e clientes

Em julho de 1990, a Av. Nossa Senhora Aparecida, rua de encontro entre os bairros Batel e Seminário, ganhou um novo “morador”: o terceiro restaurante do McDonald’s em Curitiba e no Paraná e o primeiro Drive-Thru do Sul do Brasil. O aniversário de 30 anos da unidade está sendo comemorado de uma maneira diferente para garantir a segurança e a saúde de funcionários e clientes, mas ainda assim com muita alegria. Quem passar pelo local, encontra uma faixa com os dizeres “o aniversário é de longe, mas a gente tá sempre perto de você”, convidando todos os clientes a celebrarem a data junto ao Méqui, via Drive-Thru e McDelivery.

Márcio Moreira é o franqueado responsável pelo restaurante e afirma que é muito significativo comemorar os 30 anos do empreendimento que deu início à sua jornada no McDonald’s. “Quando o Méqui chegou ao Paraná, um ano antes, já era um grande sucesso e nós quisemos fazer parte dele. Então, depois de muito planejamento, inauguramos a unidade Batel, que é um marco, principalmente para muitos curitibanos que frequentam o lugar ao longo desse período. É um privilégio podermos celebrar esse verdadeiro sucesso, mesmo que tenha que ser à distância”, conta.

Juliano Angélico atualmente é Consultor de Operações do McDonald’s, mas sua carreira teve início como Atendente, na unidade Batel, na data de inauguração. “A sensação do primeiro dia de trabalho foi única, porque era meu primeiro emprego e significava minha independência financeira. Era um misto de expectativa e alegria trabalhar na inauguração e tive a sorte de fazer isso ao lado de pessoas que são minhas amigas até hoje e se dedicaram para tornar a jornada do restaurante um sucesso”, ressalta. Dois amigos mencionados por Angélico e que estavam na inauguração do restaurante da Batel são Leda Macedo Cologis Lima, atual Gerente da unidade do Shopping Mueller e Marcos Alexander Neves, que evoluiu dentro do próprio restaurante e hoje atua como Gerente de Plantão. Juliano, que foi o primeiro funcionário ‘Destaque do Mês’ da Batel finaliza dizendo que sente muito orgulho por ter vivido diferentes fases do Méqui e ter construído sua carreira na companhia.

Uma das pessoas que rapidamente conheceu a unidade do Batel na época da inauguração é o profissional de Marketing, Rocky Santos. Ele conta que a escola onde estudava era próxima à unidade do Batel. “Lembro que quando minha mãe via a nota máxima no boletim, era de praxe sairmos para comemorar no McDonald’s, comer a refeição e ganhar um brinquedo especial do McLanche Feliz. Ainda guardo essa lembrança como sinônimo de comemoração, inclusive, levando a minha afilhada para celebrar momentos alegres no McDonald’s”, comenta.

Primeiro Drive-Thru do Sul

Moreira relata que a abertura do restaurante foi um sucesso como um todo, mas a inauguração do primeiro Drive-Thru do Sul do Brasil foi um verdadeiro marco para a equipe e para os curitibanos, que ainda não conheciam a facilidade oferecida pelo McDonald’s. Seis anos antes dessa realidade chegar a Curitiba, o primeiro Drive-Thru do Méqui no país era instalado em uma unidade de São Paulo, em 1984.

Em 2020, com a estratégia de fortalecer o Drive-Thru para garantir a segurança e praticidade de clientes e funcionários, o segmento alcançou um crescimento de até 40% na América Latina. Nos primeiros meses do ano, por conta da pandemia de COVID-19, os protocolos de segurança desse serviço foram reforçados, com a instalação de barreiras acrílicas para proteção, a utilização obrigatória de máscara por parte dos funcionários e o reforço nos cuidados com a higienização do local. Em parceria com o Sem Parar, formas de pagamento sem contato também foram estimuladas, sendo que, no Paraná, 25 restaurantes possuem essa facilidade.

31 anos de McDonald’s no Paraná... e contando

Um ano antes do McDonald’s Batel abrir as portas, foi inaugurada a unidade na Avenida Luis Xavier (Rua das Flores), que deu início à trajetória da marca no Paraná e completa 31 anos em 2020.

Atualmente, são mais de três mil funcionários, 114 quiosques e 51 restaurantes em todo o Paraná, sendo que o último foi inaugurado em Maringá, em novembro de 2019.

Sobre a Arcos Dorados

A Arcos Dorados é a maior franquia independente do McDonald’s do mundo e a maior rede de serviço rápido de alimentação da América Latina e Caribe. A companhia conta com direitos exclusivos de possuir, operar e conceder franquias locais de restaurantes McDonald’s em 20 países e territórios dessas regiões. Atualmente, a rede possui quase 2.300 restaurantes, entre unidades próprias e de seus subfranqueados, que juntos empregam mais de 100.000 funcionários (dados de 31/3/2020). A empresa também mantém um sólido compromisso com o desenvolvimento das comunidades nas quais está presente e com a geração de primeiro emprego formal para jovens, além de utilizar sua escala para impactar de maneira positiva o meio-ambiente. A Arcos Dorados está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ARCO). Para saber mais sobre a Companhia por favor visite o nosso site: www.arcosdorados.com.

BRAVE CF 36: Stoute triunfa na luta principal e promessas brilham com vitórias marcantes

Bucareste, Romênia - 28 de Julho de 2020

O segundo show consecutivo na Romênia do BRAVE Combat Federation, maior organização de MMA do Oriente Médio, foi marcado por uma mistura de prospectos e veteranos.

Na luta principal da noite, o veterano canadense Todd Stoute cuidou rápido do estreante Cristian Constantinov, conseguindo uma vitória ainda no primeiro assalto e aproximando-se de uma chance pelo título na categoria peso meio-pesado.

Na luta co-principal, Kevin Ruart foi o responsável pela primeira derrota da carreira de Ion Surdu, com uma combinação brutal, que nocauteou o rival. Na entrevista pós-luta, Ruart aproveitou o bom momento e desafiou o campeão peso meio-médio Jarrah Al Selawe.

Outro nome importante do BRAVE CF que também garantiu mais uma vitória dentro da organização foi “Magic Man” Maciej Gierszewski. O polonês voltou ao palco de sua última derrota como profissional, onde perdeu para John Brewin, e superou Bogdan Mihai com uma atuação dominante.

O duelo entre Mochamed Machaev e Ciprian Maris também foi bastante unilateral, com o invicto Machaev vencendo sem muitos sustos e garantindo sua oitava vitória consecutiva como profissional. Com uma atuação brilhante na luta em pé, Machaev fez com que Maris sequer retornasse para o terceiro assalto, conquistando a vitória por nocaute técnico.

Já no combate que abriu a noite, duas das mais comentadas promessas do MMA europeu se encontraram e o resultado foi surpreendente para muitos. Matiss Zaharovs usou o wrestling defensivo para entregar a primeira derrota da carreira de Bilal Tipsaev.

O BRAVE Combat Federation, a organização de MMA que mais cresce no planeta, volta a ação já no próximo sábado, 1º de Agosto, com a estreia da promoção na Suécia. O BRAVE CF 37 será realizado em Esctocolmo e terá como luta principal entre Fernando Flores e Michael Deiga-Sheck.

Confira abaixo os resultados do BRAVE CF 36:
Peso combinado (104 kg): Todd Stoute venceu Cristian Constantinov por TKO (R1)
Peso meio-médio: Kevin Ruart venceu Ion Surdu por KO (R1)
Peso combinado (72 kg): Maciej Gierszewski venceu Bogdan Mihai por TKO (R1)
Peso pena: Mochamed Machaev venceu Ciprian Maris por TKO (R2)
Peso galo: Matiss Zaharovs venceu Bilal Tipsaev por TKO (R3)

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

Comunicação eficaz é tema de Master Class da ESIC Internacional

No dia 30 de julho, às 19h, a ESIC Internacional promove a Master Class Comunicação Eficaz: Aprenda a identificar seu perfil de comunicação e vença as barreiras nas conexões e nos negócios, com Giselle Suardi.
Especialista em comunicação e networking, Giselle Suardi tem experiência em televisão e apresentação de eventos, e ensina pessoas a descobrirem o melhor da sua comunicação para ter sucesso nos negócios.
O evento é online e gratuito, e as vagas são limitadas, mediante inscrição pelo link pages.esic.br/masterclass-comunicacao-eficaz.

Sobre a ESIC Internacional:

A ESIC é uma Business School Internacional especializada em Gestão de Negócios e Marketing. Com mais de 50 anos de experiência, possui matriz em Madrid e Barcelona, 10 campus na Europa, campus brasileiro em Curitiba, acordos e convênios nos 5 continentes, especialmente E.U.A., Índia e China. A instituição atua em oito áreas: Graduação, Pós-Graduação (Master e MBA), Executive Education (cursos avançados e sob medida para empresas e formação in company), Módulos e Missões Empresariais Internacionais, ESIC Idiomas (Escola de idiomas Internacional), Colégio Internacional, Simuladores/Competições Empresariais Globais e ESIC Editora (com tradição em publicações renomadas, atualizadas e especializadas em Gestão de Negócios e Marketing). Para garantir respaldo internacional aos certificados de seus alunos, a ESIC está entre o seleto grupo que segue os padrões do Executive MBA Council (Conselho Internacional de MBAs), é membro da EFMD (European Foundation for Management Development), AACSB (Associationto Advance Collegiate Schools of Business of USA), AMBA (International Association of MBAs) e CLADEA (ConsejoLatinoamericano de Escuelas de Administración)