Hoje é 22 de março e faltam 4 dias para o Festival de Curitiba

Boletim do 29º Festival de Curitiba

Serjão Loroza é MC do Mish Mash
Desta vez, o Mish Mash – evento simultâneo do Festival de Curitiba com variedades para toda a família – será apresentado no ParkCultural nos dias 5 (sexta), 6 (sábado) e 7 de abril (domingo), comandado pelo ator e humorista Serjão Loroza, o Figueirinha da série de televisão “A Diarista”. O Mish Mash terá 13 atrações internacionais e uma surpresa que irá receber o público ❤

MOSTRA 2019 – “Quandro Quebra Queima” retrata ocupações das escolas
“Quando Quebra Queima”, da Mostra 2019 do Festival de Curitiba, é uma peça construída pelos estudantes que viveram a já histórica Primavera Secundarista, movimento de ocupação das escolas que impediu o fechamento de centenas de salas de aula em São Paulo e que se espalhou por todo o Brasil em diferentes reivindicações. Telab (Unespar). 5 e 6 de abril.

MOSTRA 2019 – Musical “Elza” é uma das atrações mais premiadas da Mostra
“Elza”, que conta a história de Elza Soares, conquistou o Shell de Melhor Música e o Prêmio Reverência nas categorias Melhor Espetáculo, Melhor Direção (Duda Maia), Melhor Autor (Vinícius Calderoni) e Melhor Arranjo (Letieres Leite). Além disso, está indicado no Prêmio APCA em duas categorias: Melhor dramaturgia e melhor atriz – Larissa Luz. O espetáculo estará no Guairão nos dias 5 e 6 de abril.

INTERLOCUÇÕES: palestras e mesas redondas levam atrações da Mostra gratuitamente para o público
O Interlocuções é o segmento simultâneo do Festival de Curitiba que leva os debates do palco para espaços ainda mais amplos, com bate-papos, exposições, palestras, cursos, oficinas e lançamentos de livros. Ao todo, serão 46 atrações e, entre elas, haverá as palestras e mesas redondas “Do Convento à Sala de Concerto”, com a soprano Gabriella di Laccio, “Navalha na Carne em Perspectivas: modos plurais de pensar a cena”, “O Teatro Pelos Curitibanos” e, ainda, “Palestras Documentadas” com o Grupo Galpão, Cia. Os Satyros, Lia Rodrigues e Sérgio Blanco, em quatro diferentes dias todas com mediação de Ruy Filho. Toda a programação está no site do Festival de Curitiba e no guia impresso do evento.

Dupla etíope desafia o perigo no Mish Mash
O Mish Mash, o segmento de variedades para toda a família do Festival de Curitiba, amplia programação de 2 para 3 dias para garantir que todos possam assistir ao espetáculo de atrações circenses, musicais e teatrais. O ator e humorista Serjão Loroza será o mestre de cerimônias em todas as noites. Uma das novidades é a dupla etíope – Seife Desta Buser e Abiy Saleamlak Negash – que trará Icarian Game Act: consiste em um estilo acrobático de alta precisão técnica e risco em que uma pessoa fica deitada fazendo malabarismos com os pés com a outra fazendo acrobacias equilibradas nos membros inferiores do parceiro. 5, 6 e 7 de abril. ParkCultural.

Humorista transforma limões em limonada
O Risorama 2019 tem também algumas novidades que devem surpreender o público com temáticas importantes tratadas de forma hilariante, mas sem perder a crítica por trás da piada. Entre os destaques está A questão LGBTi que também entra na “pauta”, com o show de Junior Chicó, que, com um estereótipo improvável, arranca risadas do público ao falar com naturalidade sobre o universo gay. “Ele tem pinta de lutador de jiu jitsu, o que deixa a apresentação ainda mais engraçada”, conta o curador do Risorama, Diogo Portugal. Park Cultural. De 28 a 2 de abril.

MOSTRAS ESPECIAIS: uma mostra que é um quebra-língua
O Fringe, este ano, apresenta um recorde de 18 mostras especiais em sua programação. Uma delas é Os Cambutadefedapada, que completam 12 anos. Para celebrar, estreiam “Cobaias” e resgatam peças do repertório nessa mostra comemorativa. Entre os convidados especiais dessa festa Téssera, Bruno, Karam, Franco Calgaro, Os Marlenes e Os Gorositos.

MOSTRAS ESPECIAIS: Apamonama
Uma das 18 mostras especiais do Fringe é musical, a Apamonama. Batizada com o termo Tupi-Guarani que significa mistura, a mostra reúne três novas bandas autorais de Curitiba e Região Metropolitana e propõe outro olhar para a música produzida aqui, plural, como a população da cidade. Traz diversidade de estilos e unidade na experimentação do cancioneiro popular moderno.

CONFIRA NO FRINGE

  • A Menina Que Queria Ser Estrela – A Menina Que Queria Ser Estrela é uma peça infantil baseada em diferentes mitos do folclore brasileiro. O espetáculo utiliza a lenda da Vitória-Régia para falar de sonhos e do ato de sonhar. Para a menina realizar seu sonho, ela precisa desvendar os enigmas da misteriosa Lua, o que a leva em uma divertida jornada de medo e amizade. TUC. 2, 4 e 5 de abril.
  • A Pequena Abelha e a Árvore Alta: A premiada Trupe Ave Lola de Teatro traz para o Festival de Curitiba o espetáculo “A pequena abelha e a árvore alta”, que dá continuidade a pesquisa poética da companhia, levando a cena um universo fantástico. A obra teve a sua estreia nacional no dia 14 de fevereiro e desde então, segue em cartaz na Ave Lola Espaço de Criação com apresentações lotadas e calorosa recepção do público curitibano. O espetáculo acontece na época áurea do ciclo da borracha, em Manaus de 1911, e conta a saga de três mulheres de povos distintos que trazidas pelo destino se encontram e são desafiadas a enfrentar os medos e as ameaças de uma dura realidade. Espaço Ave Lola. De 27 de março a 7 de abril
  • Caos: o espetáculo fala da imaturidade do ser humano com o poder e aborda a discussão sobre a ordem que impera nas relações. Miniguaíra, 29 de março. Teatro Cleon Jacques. 31 de março, 1 e 2 de abril.

Dois espetáculos e duas sessões do Risorama com ingressos esgotados
Neste momento, dois espetáculos da Mostra 2019 estão lotados em todas as suas apresentações: “Dogville” e “Sísifo”. Além dele, as sessões do dia 30 de março e 1 de abril, do Risorama, estão lotadas (foram abertas sessões extras nestas noites).
Dogville

ATENÇÃO PARA ALTERAÇÕES DO FRINGE
O Fringe é um evento simultâneo do Festival de Curitiba que traz a participação espontânea de companhias do Brasil inteiro. São quase 400 atrações em teatros, praças, ruas e espaços alternativos por toda Curitiba e Região Metropolitana. Por essas características – tamanho e espontaneidade -, é inevitável e até natural que algumas atrações sofram alterações. Espetáculos de rua podem ser reposicionados em áreas cobertas em caso de mau tempo. Imprevistos de produção podem causar mudanças de horário e de dias de apresentação. Lotações esgotadas acabam rendendo sessões extras. Agendas de atores podem provocar trocas de horários. E, até mesmo, por questões diversas, alguns grupos podem vir a cancelar sua participação e, nesse caso, as sessões de seus espetáculos também não acontecem. Portanto, informaremos sempre no site do Festival de Curitiba todas as alterações que acontecerem na programação do Fringe.

*com divulgação

Categorias:(CINEMA/CULT/TEATRO), AGÊNCIAS DE COMUNICAÇÃO, AGENDA DA SEMANA, AGENDA DO FIM DE SEMANA, BRASIL, COLUNA VANESSA MALUCELLI, CULTURA, DIVIRTA-SE, evento, FESTA, FESTIVAL, FREE LIFESTYLE, GASTRONOMIA, LANÇAMENTOS, PASSEIO, restaurantes, SHOWS, TEATROTags:, , , , , , , , , , , , , , , ,

VanessaMalucelliAndersen

Colunista do Site — Divirta-se Curitiba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s