Neste ano, a maior festa à fantasia kids de Curitiba foi ao estilo drive in

A oitava edição do Viver Kids Day foi realizada na Pedreira Paulo Leminski, no evento organizado pela Viver Curitiba e pelo Shopping Mueller
No último sábado (17), mais de 200 carros estacionaram na Pedreira Paulo Leminski para curtir uma tarde com show de rock, interação com personagens infantis e diversão com os palhaços Alípio e Sombrinha na maior festa à fantasia kids da cidade. A oitava edição do Viver Kids Day, organizada pela Viver Curitiba, em parceria com o Shopping Mueller, foi ao estilo drive in.
Foram mais de 800 pessoas que passaram pelo evento e cantaram junto com a Banda Rockids, que trouxe canções clássicas do rock, com uma versão infantil. "O Viver Kids Day é uma data aguardada pelos clientes do Mueller e é tradição na programação do Shopping. Mesmo nesse ano tão complicado, decidimos oferecer uma nova forma de entretenimento para as famílias, no mês das crianças, com toda a proteção que o momento requer", relata o coordenador de marketing do Mueller, Ciro Gonçalves.
SERVIÇO:
Shopping Mueller
Local: Avenida Cândido de Abreu, 127 - Centro Cívico, Curitiba (PR)
Telefone: 41 3074-1000
Informações: www.shoppingmueller.com.br
Facebook: www.facebook.com/MuellerCtba
Instagram: @muellercwb

Série sobrenatural do Globoplay apresenta a pouco conhecida cultura ucraniana no Brasil

Comunidades do Paraná que mantêm tradições do país europeu inspiraram ‘Desalma’;
grupo folclórico de Curitiba até participou das gravações

Para quem vive no Paraná, a trama a ser mostrada pela série Desalma, que estreia na quinta-feira (22) no Globoplay, não parecerá tão distante. Proposta inédita de drama sobrenatural da plataforma de streaming, a história tem como pano de fundo as lendas, ambientes, personagens e tradições ucranianas, preservadas em diversas comunidades do estado.

A pequena Brígida, cidade fictícia da série, é inspirada em Prudentópolis, município de cerca de 50 mil habitantes do Centro-Sul paranaense, conhecido pelas suas cachoeiras gigantes, mas também por manter, proporcionalmente, a maior comunidade ucraniana do Brasil: estima-se que cerca de 80% dos seus moradores são descendentes do país europeu.

Foi na cidade que a escritora Ana Paula Maia se aprofundou nas tradições da Ucrânia. Consagrada escritora de livros, vencedora do Prêmio São Paulo de Literatura, há quatro anos ela se mudou do Rio de Janeiro para o Paraná, onde teve contato com as tradições e costumes de outros povos. Da experiência, nasceu essa sua primeira investida no audiovisual.

“Meu primeiro impacto foi na comida, até que comecei a ver os bosques, os parques da cidade, as festas típicas, os vários grupos folclóricos. Eles mantêm vivas as festas, as tradições, e quase ninguém sabe nada sobre isso. Achei isso muito impressionante e pensei que o resto do Brasil precisava conhecer o que existe ali”, contou a autora em divulgação do Globoplay.

Estima-se que quase meio milhão de descendentes de ucranianos vivem hoje no Paraná. Os antepassados aportaram no Brasil a partir do final do século XIX (1891) em busca de terras e, depois, fugindo dos horrores das duas Guerras Mundiais. Eles formaram aqui a terceira maior comunidade ucraniana fora do país – as primeiras estão no Canadá e EUA. Atualmente, mais de 20 grupos folclóricos preservam as tradições no Brasil, a maioria deles no Paraná.

Desalma vai mostrar um pouco desse povo e seus costumes. Com segunda temporada já confirmada, tem direção de Carlos Manga Jr., de Se Eu Fechar os Olhos Agora, minissérie indicada ao Emmy, e Aruanas. O elenco reúne nomes consagrados, como Cassia Kis, Claudia Abreu e Maria Ribeiro e jovens talentos, como Camila Botelho e Giovanni de Lorenzi. Nathalia Garcia, conhecida pela atuação no filme Ferrugem, é uma das atrizes paranaenses da série.

Para participar da trama, todos tiveram que aprender um pouquinho da cultura ucraniana. Um dos responsáveis por apresentar a Ucrânia ao elenco foi o especialista Andreiv Choma, integrante do Folclore Ucraniano Barvinok, de Curitiba, e que há anos se dedica ao estudo das tradições do país Europeu, de onde vieram seus antepassados.

“Estive lá durante o primeiro contato da equipe com a série. Falei do folclore ucraniano de maneira geral, mas principalmente da mitologia, das lendas, do lado místico desse mundo, muito presente em Desalma. Houve um cuidado muito grande da autora em retratar a cultura ucraniana e a produção fez questão de mostrar o que nós preservamos em detalhes”, conta.

O aprendizado se reflete nas cenas, às vezes alegres, como na apresentação de danças ucranianas por um grupo folclórico de Brígida, mas em grande parte sombrias, como na reprodução da tradicional cantiga ucraniana Marusia pela misteriosa bruxa Haia (Cassia Kis).

A música faz parte do repertório do coral do Barvinok, e já foi apresentada no Festival de Etnias do Paraná, que ocorre anualmente entre julho e agosto, no Teatro Guaíra, em Curitiba.

A história de Desalma transita entre passado e presente. Em 1988, a jovem Halyna (Anna Melo) é morta durante a milenar festa ucraniana de Ivana Kupala, banindo o evento do calendário de Brígida. Trinta anos depois, a população se prepara para trazer a celebração de volta para a cidade, mas acontecimentos enigmáticos passam a assustar a comunidade.

Choma é um dos responsáveis por incluir a festa no calendário folclórico do Paraná há quase 20 anos. O evento ocorre em julho e é organizado pelo Folclore Ucraniano Spomen, de Mallet, Centro-Sul do Paraná, cidade que recebeu a primeira leva de imigrantes ucranianos do Brasil. Em 2020, a pandemia impossibilitou a celebração, que deve ser retomada no ano que vem.

“A festa tem origem pagã e comemora o início do verão na Ucrânia. Depois, ela foi incorporada pelo cristianismo, com os festejos de São João. Diversos elementos estarão muito bem retratados na série, como a fogueira, as danças, as coroas de flores e os bonecos de palha representando os deuses do amor que ao final são jogados no fogo”, explica.

O toque de terror e suspense de Desalma vai incluir eventos sobrenaturais à noite de Ivana Kupala, conhecida por ser a mais escura do ano, atraindo os ingênuos para a floresta sombria.

A equipe da série viajou pelos três estados da região Sul para ambientar a história. Durante a pesquisa, estiveram principalmente em Mallet e Prudentópolis, cidades que inspiram a trama. Já para as filmagens de Brígida, o cenário escolhido foi o da serra gaúcha, rico em florestas, penhascos, lagos e ruínas. A segunda parte das gravações ocorreu em sets no Rio de Janeiro.

O Barvinok, de Curitiba, também estará representado em Desalma. Componentes do grupo, que em 2020 completa 90 anos de preservação da cultura ucraniana na capital paranaense, participaram das gravações da trama. Em uma das cenas, a câmera transita entre o giro do dançarino Oles Sysak e o remexer da colher no borscht, sopa tradicional ucraniana, por Anatoli (João Pedro Azevedo), um dos personagens de Brígida que é afetado pelas almas das trevas.

“Foi algo único na história do grupo e num período de muita emoção porque, na época, estávamos prestes a viajar para a Ucrânia para iniciar as comemorações de aniversário. Vai ser muito bom que o Brasil conheça um pouco mais da nossa cultura”, afirma Solange Melnyk Oresten, diretora do departamento de folclore da Sociedade Ucraniana do Brasil.

Alguns trajes ucranianos usados em apresentações pelos jovens de Brígida também saíram do guarda-roupas do Barvinok. Como ressalta Solange, a participação na série ajudou o grupo a não passar o ano “em branco”, já que os ensaios, apresentações e eventos em comemoração aos seus 90 anos foram adiados por conta da pandemia do novo coronavírus.

Para 2021, já estão confirmados vários eventos do grupo, como a segunda edição do Dia da Ucrânia em Curitiba, que deve contar com a participação de vários grupos folclóricos do país.

Luan Santana engrossa grito de socorro ao seu Pantanal

Cantor prepara live em chalana no Rio Paraguai, em 22/11, e leilão de figurino em prol do Movimento “O Pantanal Chama”

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=180882&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCP2P152MB0483EF07DF07E330643FE06DBD000%2540CP2P152MB0483.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCP2P152MB0483EF07DF07E330643FE06DBD000%40CP2P152MB0483.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%3E-1.2
Créditos: NICOLLE COMIS

Natural de Campo Grande e padrinho do Instituto Arara Azul há seis anos, Luan Santana amplifica o abraço de que a sua região tanto carece neste momento de queimadas recordes, que ameaçam as comunidades tradicionais, a biodiversidade pantaneira e as principais vocações do bioma, que são a pecuária e o ecoturismo.

Não é tempo de medir esforços para salvar tantos animais da morte e tanta gente que sobrevive da riqueza ribeirinha produzida pela fauna e a flora locais.
É com o conhecimento de quem nasceu e cresceu na região que o cantor prepara uma live para arrecadar fundos para o movimento “O Pantanal Chama”, da instituição SOS Pantanal, que vem distribuindo as arrecadações para diversas iniciativas em favor da recuperação da região e da prevenção a possíveis novos incidentes que castiguem aquele solo e todo o seu entorno. Zelando pela transparência, todas as doações podem ter seus destinos acompanhados pelo público e empresas dispostas a ajudar, por meio das mídias sociais e site da própria SOS PANTANAL
(www.sospantanal.org.br).

O show está agendado para 22 de novembro, em pleno Rio Paraguai, diretamente de uma chalana, com exibição ao vivo pelos canais de Luan Santana e das instituições ligadas ao movimento pelo YouTube. O cartaz será ampliado com as hashtags #MovimentoOPantanalChama, #OPantanalChama, #SOSPantanal e #UniãoPantanal no Twitter e Instagram.

Artistas da região ou não serão convidados a se juntarem a Luan neste palco excepcional, unindo esforços para potencializar as doações, como o cantor já demonstrou atrair em outros shows ao vivo durante esta pandemia.
Em suas ações anteriores, Luan alcançou quase dois milhões de visualizações simultâneas, somou mais de 17 milhões de visualizações entre YouTube e Instagram, esteve por mais de cinco dias entre os vídeos mais vistos no Brasil, Uruguai, Portugal, Paraguai , Bolívia, Argentina e Irlanda, com mais de 6 milhões de menções no Twitter, entre outros feitos na casa de milhões.
Os números de tamanho engajamento se refletiram, só para citar a primeira live, na arrecadação de R$ 370 mil, 328 toneladas de alimentos, 10 toneladas de ração para animais, milhares de unidades de máscaras e frascos de álcool em gel, sem falar nas milhares de unidades de travesseiros, lençóis, toneladas de produtos de limpeza e tantos litros d’água destinados aos mais vulneráveis durante o período de confinamento, de março para cá.
Agora, a meta é colaborar para alcançar R$ 8 milhões, sendo a live apenas uma parte de um grande planejamento de arrecadações. O público será convidado a fazer doações espontâneas a partir de R$ 5 diretamente à SOS Pantanal (que venderá também camisetas, bonés e outros itens em prol da causa, por meio de seu site, de suas redes sociais e da própria live no dia 22/110. E um detalhe: a criação das estampas de todos os produtos, com símbolo do Pantanal, traz assinatura de Luan Santana. Em breve, todos os itens estarão disponíveis na loja oficial do artista (www.luansantanashop.com.br)

VIVA O PANTANAL –

Luan prepara ainda o leilão de um de seus figurinos mais marcantes usados em seu recente DVD, “Viva”, cuja premissa era justamente a saudade do abraço presencial em detrimento dos contatos virtuais, ideia que antecedeu, e de certa forma preconizou, a pandemia. A doação será revertida para a instituiçãoARARA AZUL. A peça escolhida será a calça listrada que ele usou ao interpretar as músicas “Água com Açúcar”, “Boa Memória”, “Choque Térmico” entre outras. A peça em questão marcou ainda o momento em que o astro tira a camiseta e joga para o público, ao cantar o hit “A”.

Com 70 milhões de seguidores em redes sociais, sendo quase 30 milhões no Instagram, o cantor confia que pode fazer a diferença para uma pauta urgente naquele que é o seu berço. As doações emergenciais incluem o resgate e o cuidado de animais feridos pelo fogo e pela desnutrição de ambientes incendiados, o suporte ao combate aos incêndios, e a doação de cestas básicas à população desassistida pela tragédia.
Em médio prazo, o dinheiro contemplará também a compra de equipamentos e EPI’s para brigadistas de incêndio que têm se organizado em grupos locais da sociedade civil, assim como o treino para capacitação adequada e segura para o ofício desses profissionais, além de educação ambiental a todos. O Objetivo do instituto SOS PANTANAL é preparar os moradores locais em brigadistas permanentes como forma de prevenção a novas queimadas.
Outra sugestão prevê ainda o essencial plantio de mudas para restaurar o que for possível no bioma incendiado e o monitoramento de todo o trabalho de resgate da fauna e da flora locais.
O público será convidado ainda a assinar o manifesto “O Pantanal Chama”, disponível www.sospantanal.org.br/movimentoopantanalchama
O documento reforça o alerta às autoridades públicas sobre a atenção de que a região carece e de seu valor ambiental, não só para o planeta, mas, principalmente, para o nosso país e o nosso patrimônio perante o mundo.

CLIPE – UMA ODE AO PANTANAL

Luz, câmera e, literalmente, ação: com direção de Bruno Fioravanti, Luan Santana gravou na semana passada o clipe “Deus Salve o Pantanal”. Quando do seu lançamento, que anunciaremos em breve, toda a renda de execução em todas as plataformas será revertida à causa. Mais que um poema e uma melodia que fazem o ouvinte viajar na voz suave do cantor, imaginando aquela beleza que ele tão bem conhece e tanto quer lutar e preservar, a música integra o projeto do artista, da SOS Pantanal e de todos que enaltecem a natureza. “Queria ser chuva, mas estou em chamas, não tem flor em meu quintal, Deus Salve o Pantanal!”. Que este refrão ecoe pelo mundo como bandeira, como movimento, como manifesto, como luta, como alerta a este paraíso em chamas!

Instituições ligadas à SOS Pantanal para receber ajuda:
• G.R.A.D. – Grupo de Resgate de Animais em Desastres
• ICV – Instituto Centro de Vida Animais em Desastres
• Instituto Arara Azul
• Instituo Homem Pantaneiro (Atuação no Movimento Formação da Brigada Alto Pantanal)
• Panthera Brasil (Atuação no Movimento de prevenção e combate aos incêndios)
• Wetlands Mupan (Atuação no Movimento para suprimir as necessidades emergenciais nas comunidades do Mato Grosso do Sul)

SOS PANTANAL – quem somos?

O Instituto Socioambiental da Bacia do Alto Paraguai - Instituto SOS Pantanal é uma organização não-governamental, privada, sem vínculos partidários ou religiosos e sem fins lucrativos. Fundada em julho de 2009, tem a missão de promover o diálogo entre representantes dos diversos setores da sociedade pantaneira para um Pantanal sustentável. O Instituto promove a gestão do conhecimento e a disseminação de informações através da divulgação da natureza e cultura pantaneira, de forma a sensibilizá-los e desencadear impactos positivos para a conservação e desenvolvimento do bioma.

Cantor brasileiro começa a trilhar carreira de sucesso nos Estados Unidos

Depois de 20 anos de sucesso no Brasil, como vocalista da Soulution Orchestra, Zé Rodrigo fecha contrato com uma das principais casas de shows de Orlando, na Flórida, e oferece ingressos gratuitos para curitibanos

O cantor curitibano Zé Rodrigo é o mais novo contratado do Rock Dinner Show, considerado um dos melhores shows do circuito da International Drive, com 5 estrelas no Trip Advisor e um dos mais cotados no páreo para a escolha de melhor show de Orlando neste ano.

Atualmente, Zé Rodrigo é o único brasileiro no mercado de shows americanos da International Drive - uma espécie de Broadway da capital do entretenimento na Florida. O cantor teve sua proposta de contrato aprovada a partir da análise de seu material de mais de 20 anos de carreira no Brasil e da aprovação de seu green card pela imigração americana em tempo recorde (6 dias). “Nem eu tinha noção de que tinha feito tanta coisa até juntar todo o meu material para montar meu visto de trabalho, e fico feliz de ter isso reconhecido pela imigração americana e poder oficializar os Estados Unidos como um novo mercado de trabalho para mim”, ressalta.

ZEE-R.
Para a entrada no mercado americano, o cantor optou por mudar seu nome artístico para Zee-R, com o intuito de facilitar a pronúncia e o acesso ao material para as milhares de pessoas do mundo todo que conhecem seu trabalho diariamente. “Orlando é uma cidade absolutamente internacional e muitos turistas e mesmo moradores daqui mal conseguiam sequer ler o meu nome. Como são palavras com características gramaticais bastante fortes da língua portuguesa, como o acento por exemplo, tive que adequar. Devido a isso, meus próprios amigos e colegas daqui começaram me chamar por minha iniciais (Z.R.). Depois de um estudo de marca, concluímos que a grafia Zee-R era a ideial, pois atendia bem a todas as culturas e fomos em frente", explica o cantor.

PRÓXIMOS PASSOS
Para ele, agora é hora de ampliar a equipe nos Estados Unidos e pegar a estrada. “O funcionamento do mercado de entretenimento daqui é parecido com o do Brasil. Tem que pegar a estrada e trabalhar bastante. Porém, aqui o mercado é mais sólido, a economia ajuda e o valor que eles dão para a arte faz com que tudo rode de maneira mais rápida. Consegui fazer aqui, em menos de dois anos, o que não fiz nos últimos dez anos no Brasil”, revela.

CURITIBANO NÃO PAGA
O Rock Dinner Show conta com artistas do mundo inteiro e faz um tributo aos grandes nomes do Rock/Pop de todos os tempos. Para a temporada do show que começa em 4 de novembro, Zé Rodrigo promete ingressos gratuitos para curitibanos. “Eu devo o sucesso desse processo de mudança ao apoio de 20 anos do meu publico, imprensa e contratantes do Brasil, principalmente de Curitiba, que é a minha cidade. Oferecer ingressos para curitibanos que vêm passear em Orlando é apenas uma maneira de retribuir tudo isso, além de possibilitar o contato com meus conterrâneos”, finaliza. Quem estiver indo para Orlando e quiser assistir ao show, é só solicitar ingressos pelas redes sociais do cantor (Zee-R no Facebook ou Instagram - @zr.insta).

O Rock Dinner Show acontece no Orlando Forum, que fica na International Drive, 6362, em Orlando, na Florida. A estreia de Zé Rodrigo no elenco do show está marcada para dia 4 de novembro.

MAIS INFORMAÇÕES / AGENDAMENTO DE ENTREVISTAS
41 3026-2610 | 41 99273-8999 (WhatsApp) centralpress@centralpress.com.br www.centralpress.com.br

União Brasileira de Compositores convida artistas para série de lives que apoiam a campanha “Juntos Pela Música”

Russo Passapusso, do grupo BaianaSystem e Hyldon são alguns dos participantes desta semana. A programação colabora com fundo financeiro criado para auxiliar profissionais do meio musical durante a pandemia.

Desenvolvida no início do período de quarentena pela União Brasileira de Compositores com transmissões em seu perfil do Instagram, a Janela UBC é uma série de lives que conecta profissionais de diferentes áreas da indústria musical ao grande público. De 12 a 15 de outubro, receberá sempre às 16h Sandra de Sá, Russo Passapusso, Hyldon e Iuri Freiberger no link http://www.instagram.com/ubcmusica/ .

Criado pela UBC, o fundo Juntos Pela Música visa auxiliar financeiramente profissionais da indústria musical que foram severamente prejudicados pelas consequências da pandemia da Covid-19. Em seis meses de campanha, a organização arrecadou mais de R﹩ 1,7 milhão através de doações realizadas via Benfeitoria, plataforma brasileira de crowdfunding. Aqueles que quiserem continuar ajudando a iniciativa podem doar diretamente para a instituição, por meio de depósito. O valor conquistado tem sido capaz de ajudar aproximadamente 1.057 famílias pelo curso de 4 meses, e foi alcançado graças à parceria de matchfunding feita com o Spotify, que como parte de seu programa global de suporte, intitulado Covid-19 Music Relief, dobrou as doações recebidas pela UBC até agosto.

6=ImN4Q2N0ojci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pjMyIjNzYzN2YjOnVGcq5iN4gjM0MTOwMzMGJTJwMzMGJTJyADM1YkMlUDMyQTMf1SNx0yXt92YuIHct1SaGJTJGJTJBNTJwRHdopTO

Abrindo a programação da semana, na segunda-feira, 12/10, às 16h, a cantora Sandra de Sá entrevistará o produtor, compositor e cantor baiano Hyldon, responsável por sucessos como "Na Rua, Na Chuva, Na Fazenda" e "As Dores do Mundo", que foram popularizados por nomes como Kid Abelha e Jota Quest. O artista começou sua carreira musical aos 14 anos e ganhou reconhecimento na década de 1970, integrando a tríade da soul music brasileira juntamente com Tim Maia e Cassiano. A conversa faz parte do quadro "Música Preta Importa", no qual todas as segundas-feiras Sandra convida uma personalidade marcante para a cultura negra no país.

4=kjM3UWOzojci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pjMyIjNzYzN2YjOnVGcq5SN3QDN5kDN5UjMGJTJ5UjMGJTJyADM1YkMlUDMyQTMf1SNx0yXt92YuIHct1SaGJTJGJTJBNTJwRHdopzM

As entrevistas prosseguem na terça-feira, 13/10, às 16h, quando Elisa Eisenlohr, Gerente de Comunicação da UBC conversa com Iuri Freiberger sobre aceleração de carreiras artísticas e o Projeto Impulso, iniciativa da organização para auxiliar artistas, a qual oferece mentoria, capacitação, networking e um aporte monetário para seguimento do trabalho. Iuri, além de ser produtor musical desde a década de 1990, é mestre em Design Estratégica, e também tem experiência como gestor público, professor universitário e gestor de projetos.

5=MjZmljMwojci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pjMyIjNzYzN2YjOnVGcq5iN2UTNyMDO1EzMGJTJ1EzMGJTJyADM1YkMlUDMyQTMf1SNx0yXt92YuIHct1SaGJTJGJTJBNTJwRHdopjN

Quarta-feira, 14/10, é a vez do cantor e compositor baiano Manno Goés receber o duo OutroEu, composto pelos músicos Mike Tulio e Guto Oliveira. O conjunto teve início no programa Superstar, da Rede Globo, e em sua formação inicial havia outros dois integrantes. O grupo ficou em terceiro lugar da edição de 2016 do reality show, assinando com o selo SLAP. Em 2017 lançaram seu primeiro álbum, "OutroEu" e passaram a se apresentar como uma dupla, tendo participado em um single da dupla Anavitória. No ano passado passaram a fazer parte do casting da Universal Music Brasil e lançaram o EP "Encaixe", que conta com a faixa "Não Olha Assim para Mim", parte da trilha sonora da novela "Amor Sem Igual", da emissora Record.

4=AzNiFjNjpjci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pjMyIjNzYzN2YjOnVGcq5iMxgzNzcDOxQjMGJTJxQjMGJTJyADM1YkMlUDMyQTMf1SNx0yXt92YuIHct1SaGJTJGJTJBNTJwRHdopTM

Encerrando a programação desta semana, na quinta-feira, 15/10, às 16h, a cantora Paula Lima conversará com Russo Passapusso, frontman do grupo BaianaSystem. O músico é dono de uma voz e estilo marcantes que têm feito enorme sucesso ao redor do país nos últimos anos, tanto em seus trabalhos com a banda, vencedora do prêmio de melhor álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa da edição de 2019 do Grammy Latino, quanto em sua carreira solo. Desde 2008, Russo trabalhou juntamente com artistas como Margareth Menezes, Gilberto Gil, Curumin, Manu Chao e Elza Soares.

Sobre o fundo "Juntos Pela Música"

A pandemia do Covid-19 acertou em cheio a indústria da música. A proibição da realização de eventos estancou quase por inteira a fonte de renda de milhares de artistas. A crise afeta também a arrecadação de direitos autorais por execução pública, que terá queda de R﹩ 140 milhões em 3 meses, segundo o Ecad. Diante deste cenário, a União Brasileira de Compositores (UBC) e o Spotify lançam o fundo "Juntos Pela Música", que remunerará artistas que enfrentam dificuldades financeiras. O fundo nasceu com R﹩ 1 milhão, sendo R﹩ 500 mil da UBC e outros R﹩ 500 mil do Spotify, destinados a milhares de artistas afetados pela quarentena.

Para ampliar o alcance dos benefícios, as entidades abriram a campanha para doações da sociedade civil, através de uma plataforma de crowdfunding, a Benfeitoria, mas já alcançaram a meta estipulada no início do projeto, que conseguiu apoiar 1.057 famílias. Agora a campanha segue para a fase dois: aqueles que quiserem continuar contribuindo com a causa poderão fazer suas doações por meio de depósito direto para a organização, por meio da conta da UBC no Banco Santander: agência 0057, conta corrente 13005545-5, CNPJ 33.576.166/0001-00. Após a doação, solicita-se que seja enviado um comprovante para o e-mail comunicacao@ubc.org.br, para que o valor seja contabilizado.

O movimento faz parte do projeto global " Spotify COVID-19 Music Relief ". A empresa irá igualar as doações arrecadadas via crowdfunding, em parceria com a UBC, para atender os artistas. Neste caso, o Spotify se compromete a equiparar a doação em 1:1. Para cada real doado pela sociedade, a empresa doará o mesmo valor, além do aporte inicial de R﹩ 500 mil, até o limite do seu programa global de ajudas do gênero.

Atualmente, a campanha já soma mais de R﹩1,6 milhão. O valor arrecadado ajudará 1.057. 896 músicos já foram aprovados para receber o benefício de R﹩1.600, divididos em 4 parcelas.

Sobre a UBC

A União Brasileira de Compositores - UBC é uma associação sem fins lucrativos, dirigida por autores, que tem como objetivo principal a defesa e a promoção dos interesses dos titulares de direitos autorais de músicas e a distribuição dos rendimentos gerados pela utilização das mesmas, bem como o desenvolvimento cultural.

A UBC foi fundada em 1942 por autores e atua até hoje com dinamismo, excelência em tecnologia da informação e transparência, representando mais de 30 mil associados, entre autores, intérpretes, músicos, editoras e gravadoras. Para mais informações: Elisa Eisenlohr: elisa.eisenlohr@ubc.org.br / Whatsapp: (21) 99746-4047

SERVIÇO - JANELA UBC

Transmissão: http://www.instagram.com/ubcmusica/

Data: 12/10 (segunda-feira)

Horário: 16 horas

Convidados: Sandra de Sá e Hyldon

Data: 13/10 (terça-feira)

Horário: 16 horas

Convidados: Elisa Eisenlohr e Iuri Freiberger

Data: 14/10 (quarta-feira)

Horário: 16 horas

Convidados: Manno Goés e OutroEu

Data: 15/10 (quinta-feira)

Horário: 16 horas

Convidados: Paula Lima e Russo Passsapusso

Pinhais terá o maior espaço de shows com distanciamento social do Brasil

O projeto da Arena Planeta Drive-In Pinhais, instalada no Expotrade, é a evolução do modelo drive-in, que agora contará com o público dentro de áreas reservadas para até quatro pessoas. A inauguração acontece no dia 24 de outubro, com show de Maiara & Maraisa

CURITIBA, 09/10/2020 – “Chegou a hora de descer do carro e curtir bons shows da maneira que eles merecem: dançando e cantando com muita empolgação. E é lógico, sem deixar de lado a segurança e o conforto proporcionados por um espaço multicultural planejado minuciosamente”, comemora Patrik Cornelsen, diretor da Planeta Brasil Entretenimento. Um dos responsáveis pelo projeto do Planeta Drive-In, que há meses oferece entretenimento seguro para os paranaenses, o produtor acaba de anunciar a evolução do modelo drive-in: a Arena Planeta Drive-In Pinhais, que vai receber grandes shows nacionais com o público posicionado em áreas reservadas para até quatro pessoas.

O projeto, que vai ocupar o tradicional Expotrade, está alinhado com o decreto municipal publicado pela Prefeitura Municipal de Pinhais, e está liberado para implantação. A Arena Planeta Drive-In será o maior espaço de shows com distanciamento social do Brasil, com capacidade para quase 3 mil pessoas, que serão divididas em 692 camarotes (4m² cada) com distanciamento social entre eles. “O formato drive-in foi uma grande escola para nós. Aprendemos muitas coisas nos últimos meses e chegamos ao projeto ideal para a realização de shows com distanciamento social. Hoje, temos uma opção única no país, 100% aprovada pelos órgãos municipais”, detalha Nelson Bolduan, diretor do Expotrade.

Na Arena Planeta Drive-In não existirá qualquer forma de aglomeração e o modelo foi pensado seguindo as melhores referências de eventos já realizados na Europa e na Ásia. Chegando ao espaço, o público terá que respeitar os horários predefinidos para a ocupação de cada uma das áreas reservadas, mas antes disso passará por um processo de higienização e medição de temperatura. Além disso, os colaboradores envolvidos na produção serão submetidos a protocolos de higienização, exames e esterilização total, inclusive de pertences, antes do início de suas atividades. A venda de alimentação e bebida será feita via aplicativo, e os produtos serão entregues desinfectados. Até mesmo o uso dos sanitários será solicitado e agendado via aplicativo, pois apenas uma pessoa por vez será autorizada a acessar a o espaço dos banheiros. Além da limpeza tradicional, os sanitários são dotados de um moderno sistema de esterilização de ar.

Outro grande diferencial da estrutura da Arena Planeta Drive-In fica por conta de sua tecnologia pioneira, que possibilita a transmissão de tudo o que acontece no palco em incríveis telões de led, com resolução 4K. O espaço contará com três telões, que juntos irão somar mais de 230m², que irão impressionar o público pela altíssima definição. “Desenvolvemos um projeto inédito para que o público tenha uma experiência única e completa, com a estrutura de telões que levará todos para dentro do palco. Tudo isso com exibição em altíssima definição, de tirar o fôlego. Cada detalhe da Arena Planeta Drive-In foi pensado para surpreender, e temos certeza de que essa experiência será inesquecível”, comenta Anderson Blank, diretor da Led One, empresa responsável pelas tecnologias adotadas no novo espaço.

Inauguração: Maiara & Maraisa

Com inauguração confirmada para o dia 24 de outubro, a Arena Planeta Drive-In Pinhais terá uma programação repleta de grandes atrações musicais nacionais, que irão balançar quem sentia falta de curtir um bom show como nos bons tempos: dançando, cantando, brincando e tomando uma bebidinha de qualidade. Para a abertura oficial do maior espaço de shows com distanciamento social do Brasil, uma dupla que arrasta multidões pelo país: Maiara & Maraisa.

Consideradas uma das grandes referências da música sertaneja brasileira na atualidade, as irmãs mato-grossenses Maiara e Maraísa ganharam destaque com suas vozes potentes e muito talento para composição. As gêmeas cantavam em festivais desde os 5 anos de idade e passaram toda a infância e adolescência se dedicando a aulas de canto e instrumentos. Aos 18 anos, incentivadas por produtores, apostaram na música pop e gravaram o primeiro álbum sob o nome de “Geminis”. Pouco tempo depois, decidiram enfrentar o preconceito do mercado e optaram por retomar suas raízes sertanejas, se apresentando como uma dupla feminina.

Apadrinhadas pelos consagrados Jorge & Mateus, as irmãs ganharam notoriedade entre os fãs da música sertaneja com a canção “No dia do seu casamento”, lançada em 2014. O destaque nacional veio no ano seguinte com o lançamento do álbum e DVD “Ao vivo em Goiânia”. Desde então, a dupla se transformou em um dos grandes fenômenos das rádios brasileiras e arrasta multidões por onde passa, ecoando outros hits como “10%”, “Medo Bobo”, “Sorte que cê beija bem” e “Bengala e crochê”.

“Vemos um público sedento por entretenimento e bons shows, e que esperava o momento certo para voltar a curtir momentos como esses. Nos últimos meses, recebemos centenas de pedidos especiais. Pensando nisso, preparamos uma programação muito interessante, com atrações semanais para todos os gostos. Temos shows e eventos agendados até o mês de dezembro. Aos poucos, vocês ficarão sabendo de todos os detalhes”, completa Patrik Cornelsen.

A Arena Planeta Drive-In Pinhais vai funcionar no Expotrade Pinhais (Rodovia Deputado Leopoldo Jacomel, 10454), a partir do dia 24 de outubro. Os ingressos para as primeiras atrações, com vendas antecipadas e online, estarão disponíveis a partir das 20h desta sexta-feira, dia 09 de outubro, no site www.planetadrivein.com.br. Cada ingresso, que pode ser parcelado em até 3 vezes no cartão de crédito, dará direito a uma área reservada com capacidade para até quatro pessoas. Para mais informações, acesse o perfil oficial do Planeta Drive-In no Instagram (@planetadrivein).

A Secretaria da Comunicação Social e da Cultura (SECC) está disponibilizando o formulário a ser preenchido pelos representantes de espaços artísticos e culturais

Micro e pequenas empresas, cooperativas, instituições e organizações culturais para fins de operacionalização de análise para concessão de benefício de subsídio para manutenção, em atendimento ao inciso II da Lei nº 14.017 de 2020, chamada Lei Aldir Blanc.

Para acesso a esse formulário, é necessário o representante legal cadastrar o espaço cultural no Sistema de Informações Culturais da SECC no endereço www.sic.cultura.pr.gov.br e o município ao qual o espaço está sediado realizar a adesão ao Sistema de Informações Culturais da SECC.

Será entregue ao gestor municipal o cadastro dos espaços culturais, a fim de auxiliar o processo de chamamento municipal para pagamento do subsídio.

Repasse
Vale relembrar que o repasse dos recursos da Lei Aldir Blanc se dará de forma descentralizada, mediante transferências da União aos Estados, aos municípios e ao Distrito Federal, preferencialmente por meio dos fundos estaduais, municipais e distrital de cultura ou, quando não houver, de outros órgãos ou entidades responsáveis pela gestão desses recursos, devendo os valores da União ser repassados da seguinte forma:
I - 50% (cinquenta por cento) aos Estados e ao Distrito Federal, dos quais 20% (vinte por cento) de acordo com os critérios de rateio do Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal (FPE) e 80% (oitenta por cento) proporcionalmente à população;
II - 50% (cinquenta por cento) aos Municípios e ao Distrito Federal, dos quais 20% (vinte por cento) de acordo com os critérios de rateio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e 80% (oitenta por cento) proporcionalmente à população.

Orientação

As dúvidas quanto ao preenchimento do formulário podem ser encaminhadas para o e-mail duvidaslab@secc.pr.gov.br

De um Filho, De um Cego busca a beleza em meio à rotina em single de novo EP

“Sibipiruna” marca uma nova fase do quarteto paranaense

Sibipiruna é uma árvore de grande porte nativa da Mata Atlântica que é muito comum em boa parte do país. Tão comum que muitas vezes sua beleza passa despercebida. Inspirando-se na poesia do dia a dia, a banda paranaense De um Filho, De um Cego lança o primeiro single de seu novo EP. Com nome dessa árvore, “Sibipiruna” está disponível em todas as plataformas de música digital.

Ouça “Sibipiruna”: https://smarturl.it/DUFDUCSibipiruna

“Minha mesa de trabalho ficava de frente pra uma parede de vidro, onde eu conseguia ver o estacionamento do local. Mas como meu andar era o 2º, as árvores do lugar eram tudo o que aparecia pra mim. Era um dia nublado, de vento, melancólico. Um dia lento. Parei pra sentir tudo - as árvores balançando, a digitação dos meus colegas de trabalho e a rotina - do começo ao fim do dia, nessa poesia que é a gente”, conta Lucas Waricoda, guitarrista e vocalista do De um Filho, De um Cego.

Além dele, completam a banda Galego Teixeira (guitarra), Guilherme Nascimento (baixo) e Pedro Dutra (bateria). Com pouco mais de 10 anos de história, o projeto que surgiu como um diário e se tornou um livro aberto sobre seus integrantes. Misturando vertentes do rock com harmonias e ritmos brasileiros, o quarteto - que hoje vê no cotidiano sua maior inspiração - surgiu de modo despretensioso como um projeto solo de Waricoda. Após dois EPs solo e a coletânea “Simplicidade”, de 2014, eles se consolidaram como banda com seu primeiro disco de inéditas “Outros Verões” (2016) e pegaram a estrada.

“Após rodar mais um pouco, paramos com a estrada para produzir um disco duplo chamado ‘Mente Andorinha’, lançado em duas partes. A primeira, ‘Mente’, foi lançada no início de 2019, e agora, a segunda parte, ‘Andorinha’, será lançada ainda em 2020. Estamos bem animados com o trabalho que, na nossa opinião, consolida a identidade da nossa banda e do nosso som, que é sincerão, tanto na mensagem quanto nas referências”, resume Lucas.

“Sibipiruna” é o primeiro single deste novo trabalho. A faixa, que conta com mixagem de Jr Tostoi (Lenine) e masterização de Carlos Freitas, está disponível em todas as plataformas de streaming de música.

Ouça “Sibipiruna”: https://smarturl.it/DUFDUCSibipiruna

Crédito: Lucas Klepa

Ficha Técnica:
Composição - Lucas Waricoda
Guitarra - Galego Teixeira
Baixo - Guilherme Nascimento
Bateria - Matheus Teixeira
Guitarra e voz - Lucas Waricoda
Gravação - Galego Teixeira no Estúdio Áudio 13
Mixagem - Jr Tostoi no Lab Tostoi – Ministereo Estúdio
Masterização - Carlos Freitas no Classic Master USA

Letra:
Assisto ao vento na sibipiruna
O sol não apareceu
Martelam firmes os dedos nas teclas (Descem pesados os olhos nas telas)
Que sinfonia (Que sincronia)
Mais outro dia brotou e morreu
Na poesia que é você e eu

Siga a banda:
https://linktree.com.br/new/deumfilhodeumcego

Plataforma ‘Com Você’ da Bradesco Seguros promove transmissão do espetáculo ‘Simples Assim’

Espetáculo estrelado por Julia Lemmertz, Pedroca Monteiro e Georgiana Góes será transmitido diretamente do canal oficial da seguradora no YouTube

São Paulo, 8 de outubro de 2020 - A plataforma ‘Com Você’ da Bradesco Seguros segue com uma programação cultural completa. Dessa vez, os entusiastas do teatro poderão conferir o espetáculo ‘Simples Assim’, sucesso baseado na obra da escritora Martha Medeiros. A peça, adaptada de forma digital, ganhou uma versão inovadora e será exibida no dia 09/10, a partir das 20h, no canal oficial da seguradora no YouTube.

Cenas do cotidiano são apresentadas por meio dos atores Julia Lemmertz, Pedroca Monteiro e Georgiana Góes, que dão vida a diversos personagens. "Trazer o espetáculo ‘Simples Assim’ para a plataforma ‘Com Você’ será, sem dúvidas, uma oportunidade para todos conhecerem essa maravilhosa história que remete ao nosso dia a dia", destaca Alexandre Nogueira - Diretor de Marketing do Grupo Bradesco Seguros.

Vale lembrar que a preocupação com a saúde e a segurança dos envolvidos é muito importante. Por isso, todos os atores e responsáveis envolvidos realizarão as cenas das suas casas.

Sobre o espetáculo ‘Simples Assim’

Baseada em duas coletâneas da escritora e cronista Martha Medeiros, "Quem Diria que Viver Iria Dar Nisso" e outra homônima à peça, "Simples Assim" lança luz sobre o modo de vida contemporâneo, com suas relações superficiais, o uso constante de tecnologias e dispositivos digitais, e um certo simplismo ao resolver problemas. Pequenas esquetes, aparentemente independentes e sem conexão entre si, compõem a montagem, ao se interligarem no final, formando uma única narrativa.

Circuito Cultural Bradesco Seguros

Manter uma política de incentivo à cultura é compromisso permanente do Circuito Cultural Bradesco Seguros. Nos últimos anos, o Grupo Bradesco Seguros orgulha-se de ter patrocinado e apoiado projetos nas áreas de música, dança, artes plásticas, teatro, literatura e exposições, além de outras manifestações artísticas.

SOBRE O GRUPO BRADESCO SEGUROS

O Grupo Bradesco Seguros, conglomerado segurador da Organização Bradesco, tem atuação multilinha em âmbito nacional nos segmentos de Seguros, Capitalização e Previdência Complementar Aberta. É composto pelas seguintes sociedades: Bradesco Seguros S.A., Bradesco Auto/RE Companhia de Seguros, Bradesco Saúde S.A., Atlântica Companhia de Seguros, Bradesco Vida e Previdência S.A., Bradesco Capitalização S.A., Mediservice - Operadora de Planos de Saúde S.A, Odontoprev S.A. e Bradesco Argentina de Seguros S.A. Além do atendimento pela rede de mais de 4,6 mil agências do Banco Bradesco, o Grupo possui cerca de 180 dependências (entre núcleos de atendimento, escritórios e sucursais) em todo o país e conta com a parceria de 27 mil corretores de seguros. Há 18 anos consecutivos, é apontado como Top of Mind pelo Instituto Data Folha.

NATAL DO BRADESCO CONFIRMADO EM NOVO FORMATO

Em 2020, banco inova e cria espetáculo virtual para celebrar seus 30 anos

Para atender as normas de distanciamento social que ainda estão vigentes em Curitiba, o Bradesco anuncia um novo formato para celebrar a 30ª edição do Natal do Palácio Avenida, um dos mais tradicionais espetáculos do país. Com o tema “A Grande História de Natal”, a apresentação será um show especial, que será gravado e então transmitido no dia 19 de dezembro no site do Natal do Palácio Avenida.

A celebração contará com a participação de artistas brasileiros e será um tributo às três décadas do evento, com muita música e resgate de histórias de pessoas que participaram ou assistiram edições anteriores do espetáculo, como ex-coralistas, equipe de produção e público.
O site do Natal, que vai ao ar em novembro, trará muitas oportunidades de interação com o público, que serão comunicadas na ocasião do lançamento. Com a transmissão do evento sendo realizada de forma online, o Banco conseguirá democratizar ainda mais o espetáculo, levando-o para todo o país.

Programa Educação: transformação social através da música
Tradicionalmente, o coral natalino é composto por crianças e adolescentes de instituições de acolhimento apoiadas pelo Programa Educação, do Bradesco, que promove desenvolvimento educacional e psicossocial através da oferta de plano de saúde e de aulas de educação musical.
A musicalização normalmente tem início no começo do segundo semestre e vai até o fim de outubro. Em novembro, começam os ensaios para o espetáculo de Natal.

Diante da importância das aulas - que contribuem para o desempenho escolar, para a interação social e para a valorização do indivíduo -, o programa se reinventou e o compromisso com as crianças foi mantido. Durante a pandemia, as aulas de educação musical estão acontecendo de maneira online com a equipe da maestrina Dulce Primo.

Serviço:
O que: Natal do Bradesco 2020
Quando: 19 de dezembro – apresentação única
Horário: 20h15
Onde: site www.nataldopalacioavenida.com.br (lançamento do site em novembro)

Orquestra Sinfônica Heliópolis e Simoninha se apresentam neste domingo em concerto online

O concerto será transmitido ao vivo, direto do auditório do MASP, por meio do YouTube do Instituto Baccarelli, neste domingo às 17h

8==gZiFzMlRmOyJmLt92YuEmcyVGdAlGbsV2Y1xWYtF2czVmbhZnO0ITM1IjMyATOzozZlBnauc3bsF2MyYDM3IWNhlzYmN2YhZTZmFmNzMDO4E2YhFmMwIWOGJTJwIWOGJTJ0ETM4YkMlYDMwMTMf1SNx0yXt92YuIHct1SaGJTJGJTJBNTJwRHdopjN
Orquestra Sinfônica Heliópolis
3==gYmR2M1QjOyJmLt92YuEmcyVGdAlGbsV2Y1xWYtF2czVmbhZnO0ITM1IjMyATOzozZlBnauc3bsJzYkRTM4kTOwMGOwEjMxMjMmRzM3YDN1MDMlNWYxQmYGJTJxQmYGJTJ0ETM4YkMlYDMwMTMf1SNx0yXt92YuIHct1SaGJTJGJTJBNTJwRHdopzN
Wilson Simoninha

São Paulo, 7 de outubro de 2020 - Com repertório que será um verdadeiro convite para reviver os bons tempos, a Orquestra Sinfônica Heliópolis (OSH), do Instituto Baccarelli - uma das organizações sem fins lucrativos mais respeitadas no Brasil por proporcionar ensino de excelência combinando três eixos: cultural, educacional e social - se apresenta neste domingo (11/10) às 17h00 com o cantor Wilson Simoninha, relembrando grandes sucesso de seu pai, Wilson Simonal e de outros compositores brasileiros, como Jorge Ben Jor e Tom Jobim.

Sem a presença de público, o concerto dá continuidade à Temporada 2020 da OSH e será transmitido ao vivo, no formato de live, por meio do canal de YouTube do Instituto Baccarelli (http://www.youtube.com/institutobaccarelli). O ingresso que dá acesso ao evento está disponível gratuitamente na plataforma Sympla.

Sob a regência do maestro Edilson Venturelli, Simoninha e a OSH vão apresentar um repertório de grandes sucessos, entre eles canções consagradas na voz de Wilson Simonal, como: Não deixe o samba morrer / O morro não tem vez, Tributo a Martin Luther King e País Tropical.

Com a orquestra reduzida, o concerto seguirá o protocolo de segurança sanitária para prevenção contra a Covid-19 desenvolvido pelo próprio Instituto Baccarelli, baseado em diversos protocolos dos meios cultural e musical.

Produzido com estrutura e qualidade de estúdio de TV, o concerto contará com sonorização e iluminação de ponta, graças a parcerias do Instituto Baccarelli com as melhores empresas do mercado, apoiadores do evento ao lado dos patrocinadores do instituto.

‘É um orgulho e uma honra para nós do Instituto Baccarelli contar com a presença do Wilson Simoninha nesses encontros entre a música clássica e a música popular que eternizam nossa arte", destaca o diretor executivo do Instituto Baccarelli e maestro da OSH, Edilson Venturelli.

Wilson Simoninha (biografia)

O cantor Wilson Simoninha já se apresentou com a Orquestra Sinfônica Heliópolis em março deste ano no palco do Teatro Municipal de São Paulo.

Músico, intérprete, produtor e empresário, o negócio de Wilson Simoninha é a música. Filho do lendário Wilson Simonal, ele se interessou por música ainda criança. Parecia certo que seu caminho era este, mas ele decidiu estudar Direito.

No entanto, no primeiro ano, abdicou de uma possível carreira nos tribunais para dedicar-se a música e a todas as suas possibilidades. A trajetória artística de Wilson Simoninha começou nos anos 80. Multifacetado e mais experiente, idealizou e coproduziu os shows que marcaram o retorno aos palcos de Jorge Ben Jor.

Já em 2000, lançou o Volume 2, seu primeiro disco. Sucesso de público e crítica, esse trabalho deu a Simoninha o prêmio de Melhor Cantor do Ano pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA). De lá para cá, participou de premiados e gratificantes projetos, como o The New Samba Revue com Patrícia Marx, Jair Oliveira, Mad Zoo e Max de Castro, a caixa Wilson Simonal na Odeon (1961-1971), o projeto MTV Apresenta; o espetáculo Soul do Brasil; a participação no álbum Nego - composto por canções americanas em versões brasileiras - de Carlos Rennó e Jaques Morelenbaum; integrou o projeto 100 anos de Ataulfo Alves e participou do disco Acesa de Alcione, no qual faz um dueto com a cantora em Chutando o Balde.

Em 2009, ao lado de seu irmão Max de Castro, Simoninha concebeu e comandou o show O Baile do Simonal, com repertório composto por sucessos gravados pelo cantor Wilson Simonal, nos anos 60. Simoninha é dono de cinco álbuns solo. O último foi lançado em 2013 - Simoninha Alta Fidelidade.

Campanha "Tocando Juntos por Heliópolis"

Durante a live, o público poderá fazer doações para a campanha #Tocando Juntos por Heliópolis organizada pelo Instituto Baccarelli, com o intuito de minimizar os efeitos da pandemia na comunidade. Com apoio de empresas que apadrinham o projeto, a campanha que já arrecadou desde abril mais de 200 toneladas de alimentos e R﹩ 830 mil distribuídos às famílias da comunidade. As doações ainda podem ser realizadas por meio do site da instituição (www.institutobaccarelli.org.br) que, atualmente tornou-se também uma plataforma para divulgar a campanha, receber e organizar as doações.

SERVIÇO

Evento online: Orquestra Sinfônica Heliópolis e Simoninha se apresentam neste domingo em concerto online

Local: Auditório do MASP - Transmissão ao vivo pelo canal do YouTube do Instituto Baccarelli - http://www.youtube.com/institutobaccarelli

Data: 11 de outubro - Domingo

Horário: 17h

Acesso ao Evento: http://www.sympla.com.br/orquestra-sinfonica-heliopolis-convida-wilson-simoninha__1007802

Sobre o Instituto Baccarelli

O Instituto Baccarelli é uma das organizações sem fins lucrativos mais respeitadas no Brasil por proporcionar ensino de excelência combinando três eixos de grande importância: cultural, educacional e social. Além disso, formou a primeira orquestra do mundo em uma favela, quebrando diversas barreiras. Com direção artística e regência de um dos maiores maestros da atualidade, Isaac Karabtchevsky, a instituição oferece

todas as atividades gratuitamente e tem sua sede na comunidade de Heliópolis, onde atua há 24 anos, como agente de transformação social por meio da arte. Mais do que dar acesso ao ensino musical, o instituto mostra um futuro com mais perspectivas àqueles que, pela desigualdade, são colocados à margem da sociedade.

Para mais informações, acesse http://www.institutobaccarelli.org.br

Orquestra Brasileira de Música Jamaicana faz live de lançamento do projeto “OBMJazz na Casa de Francisca”

Live acontece no dia 16/10, às 21h, nos canais de YouTube, Facebook e Twitch da banda

5=IWZyMjYzojci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pzM4QDM1MzNxITM6cWZwpmLzkDMzkDN2kDMyYkMlkDMyYkMlgzMxkjRyUCOxczN0QDM3UzMf1SNx0yXt92YuIHct1SaGJTJGJTJBNTJwRHdopjN

Foto: Fábio Ponce

A OBMJ - Orquestra Brasileira de Música Jamaicana, uma das mais importantes e influentes bandas instrumentais do Brasil, apresenta seu novo trabalho, "OBMJazz ao vivo na Casa de Francisca", show gravado numa noite mágica em fevereiro de 2020 na célebre Casa de Francisca, localizada no coração do centro de São Paulo. O espetáculo, uma homenagem ao jazz e à música jamaicana, passeia pelos famosos standards de jazz americanos, vai até a Jamaica dos anos 1960 e flerta com bandas atuais de ska do cenário mundial.

No repertório do show, versões de ska, reggae e rocksteady das obras de nomes como Quincy Jones, Herbie Hancock, Paul Desmond, Don Drummond, The Skatalites, Melbourne SKA Orchestra, Western Standard Time, entre outros.

Para o lançamento oficial do show, a OBMJ realizará uma live no próximo dia 16 de outubro, sexta-feira, às 21h, com transmissão pelos canais de Facebook , Twitch e YouTube .

Antes da estreia oficial do show completo, a OBMJ lançou dois clipes: "Rain or Shine" ( assista aqui ), composição do trombonista jamaicano Don Drummond e gravada pelos lendários Skatalites na década de 1960, e "Soul Bossa Nova" ( assista aqui ), clássico absoluto de Quincy Jones, em uma roupagem rocksteady.

"Podemos dizer que é um show dedicado ao Skajazz, num formato mais intimista, diferente dos grandes bailes que a OBMJ é conhecida por apresentar", explica Sérgio Soffiatti, guitarrista e produtor musical da OBMJ.

Os detalhes chamam a atenção: a iluminação monocromática do show segue a estética em referência às capas de disco clássicas da Blue Note, dialogando diretamente com a comunicação visual do projeto, concebida por Laercio Lopo. A soma é feita elegantemente com a formação da banda no palco, que traz as tradicionais estantes de big bands. "É um formato único de show de skajazz no Brasil", finaliza Felippe Pipeta, trompetista e um dos criadores da OBMJ.

Sobre a OBMJ

200A Orquestra Brasileira de Música Jamaicana como o nome sugere, reproduz de maneira inteligente e divertida, versões de grandes clássicos da música brasileira em ritmos jamaicanos criados nas décadas de 50 e 60.

Ska, Rocksteady e o Early Reggae são alguns dos dançantes ritmos que permeiam na Orquestra. Criada originalmente pelo músico e produtor Sergio Soffiatti e pelo trompetista Felippe Pipeta, a OBMJ tem como objetivo principal fazer o público dançar.

É difícil traduzir em palavras o entusiasmo do público ao dançar "O Guarani", clássico da música erudita brasileira transformado em Ska, ou "Águas de Março", uma bossa nova do mestre Tom Jobim, tocada em Early Reggae. Mas a OBMJ não toca só versões, desde o seu primeiro disco músicas autorais fazem parte do repertório da banda, como "Ska Around the Nation", a música mais conhecida da banda.

Os integrantes da Orquestra Brasileira de Música Jamaicana são: Sergio Soffiatti (guitarra e vocais), Felippe Pipeta (trompete e flugelhorn), Ruben Marley (trombone e backing vocals), Igor Thomaz (sax barítono e sax alto), Fernando Bastos (sax tenor e flauta), Otavio Nestares (Trompete e Flugelhorn), Fabio Luchs (bateria e backing vocals), Lincoln Bretha (baixo) e Pedro Cunha (piano e órgão). Acesse o site da banda e saiba mais: http://www.obmj.com.br/

Felipe Cavalliere fará live solidária em prol do Hospital Erastinho nesta quinta-feira (08)

Renda arrecadada no evento online será totalmente destinada ao principal hospital oncopediátrico do Sul do Brasil

Na próxima quinta-feira (08) o cantor Felipe Cavalliere realizará sua terceira live solidária, a partir das 20h, no canal oficial do artista no Youtube. O evento virtual terá toda a renda arrecadada doada para o Hospital Erastinho, em Curitiba, que é a maior referência no Sul do Brasil no tratamento oncopediátrico.

 “Eu sempre me envolvi em trabalhos voluntários e gosto muito de realizar esse tipo de ação. Encontrei nas lives uma forma de ajudar os que precisam e ainda levar entretenimento para tantas famílias que se mantém em casa num momento tão delicado que estamos vivendo de pandemia”, conta Felipe Cavalliere.

Durante a apresentação, o artista disponibilizará um canal de arrecadação para que o público possa fazer as doações via QR Code. O valor será destinado ao Hospital Erastinho construído especialmente para o tratamento e o combate do câncer infanto-juvenil e a primeira instituição exclusivamente oncopediátrica do Paraná, inaugurada recentemente.

A apresentação virtual contará com canções do repertório do cantor, como “É Amor que Fala”, além de releituras de sucessos sertanejos, indo dos aclamados modões aos hits atuais. O passeio musical ainda vai reservar uma grande surpresa aos fãs do jovem artista. Além da corrente do bem, ao final da live, Felipe Cavalliere fará o lançamento de seu novo single, “Primeiro KM”. Felipe apresentará a novidade ao vivo e logo após a música será disponibilizada em todos os aplicativos de música e também no Youtube.

Felipe Cavalliere já realizou duas outras lives durante essa quarentena. Na primeira, arrecadou mais de 7 toneladas de alimentos e produtos de higiene, que foram destinados às famílias impactadas pela crise econômica do coronavirus. O cantor fez pessoalmente as entregas dos produtos, ficando muito emocionado em poder ajudar o próximo num momento tão difícil. Na segunda live, Felipe destinou todas as arrecadações em prol de uma garota que tem câncer e não podia arcar com a cirurgia.

“Essa pandemia vem servindo de lição para humanidade parar de olhar o seu próprio umbigo e olhar também às pessoas ao seu redor. Agradecer pelo que tem e ajudar com o que você pode”, opina Felipe. Com apenas 18 anos, o cantor espera também engajar o público de sua idade. “Os jovens precisam se mobilizar, pois têm as ferramentas para movimentar o mundo por meio das redes sociais, por exemplo que são o maior canal de comunicação e de grande conexão. A juventude tem tudo para mudar o planeta. Só depende da gente e a nossa geração precisa dar essa virada”, finaliza.

LIVE SOLIDÁRIA FELIPE CAVALLIERE EM PROL DO HOSPITAL ERASTINHO

DATA: Quinta-feira (08/10)

HORÁRIO: A partir das 20h

LINK PARA ACESSAR A LIVE:  https://youtu.be/027K7k9MOOY

Acompanhe mais informações nas redes sociais de FELIPE CAVALLIERE:

Instagram: www.instagram.com/felipecavalliere

Facebook: www.facebook.com/felipecavalliere

Twitter: https://twitter.com/FCavalliere

Youtube: www.youtube.com/FelipeCavalliere

 

Saiba mais sobre o HOSPITAL ERASTINHO:

Instagram: www.instagram.com/hospitalerastinho

Facebook: www.facebook.com/hospitalerastinho

Site: www.erastinho.com.br

Hospital Erastinho,

PUCPR promove live musical com Alexandre Nero

Festival “Revele Seu Talento” terá edição 2020 em formato virtual,

com show transmitido ao vivo para o público

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=180079&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CDM6PR02MB65110EC0108353ECFF88D85E990A0%2540DM6PR02MB6511.namprd02.prod.outlook.com%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CDM6PR02MB65110EC0108353ECFF88D85E990A0%40DM6PR02MB6511.namprd02.prod.outlook.com%3E-1.2

Há 18 anos, um dos maiores festivais universitários de música do Brasil tem despertado talentos entre jovens estudantes do Estado. O “Revele Seu Talento” é um evento promovido anualmente pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). A ação já lançou no cenário nacional nomes como Tiago Iorc e, a cada edição, oferece ao público de Curitiba shows musicais gratuitos com a participação de artistas renomados. Este ano, a iniciativa expande suas fronteiras com uma edição virtual, que conta com a apresentação do cantor e ator Alexandre Nero no dia 9 de outubro.

O novo formato da 18ª edição do “Revele Seu Talento” surge por medida de segurança diante da pandemia da COVID-19. A seleção dos jovens artistas foi toda realizada por meio da avaliação de vídeos inscritos no site oficial (reveleseutalento.pucpr.br) e apreciados por uma banca especializada de maneira remota.

A esperada final, sempre coroada com um show gratuito de celebração, se transformou em uma live com cara de programa de auditório comandado pelo ator global e cantor Alexandre Nero – que também se apresenta musicalmente. No teatro, apenas os vencedores revelam seus talentos, subindo ao palco um por vez e acompanhados de um trio musical que seguirá um protocolo de distanciamento e segurança. A plateia, se transformará em um telão onde aparecerão familiares e amigos que acompanharão o evento de suas casas.

A Orquestra da PUCPR, que sempre abrilhantou o evento, não ficará de fora. O grupo composto por estudantes e músicos da comunidade participará com a apresentação, em primeira mão, de um vídeo gravado com cada componente de sua casa.

“Em tempos difíceis, a arte se faz ainda mais necessária. E, diante do fato de as mídias sociais já fazerem parte do dia a dia desses jovens, a iniciativa ganhou um fôlego ainda maior”, enfatiza André Turbay, Diretor de Cultura e Esporte da PUCPR.

A live musical que vai apresentar os vencedores da 18ª edição do Revele Seu Talento e contará com a participação de Alexandre Nero acontece no dia 9 de outubro, às 20h, e será transmitida ao vivo do palco do TUCA (Teatro da PUCPR). O público em geral poderá acompanhar pelo canal oficial da PUCPR no youtube: https://www.youtube.com/user/canalpucpr

SERVIÇO

Grande Live de Celebração do

XVIII Revele Seu Talento – edição virtual

Data: dia 9 de outubro

Hora: 20h

Local: https://www.youtube.com/user/canalpucpr

Participação especial: Alexandre Nero

Incertezas e revelações em meio à pandemia ganham mostra de colagens virtual na “Galeria Recorte”

Incertezas e revelações em meio à pandemia ganham mostra de colagens virtual na “Galeria Recorte”

A exposição coletiva “Colagens Pandêmicas” revela visão e sentimento de artistas, de todo o país e do exterior, durante isolamento provocado pela maior crise de saúde dos últimos tempos

São Paulo, outubro de 2020 – A Galeria Recorte, espaço multicultural localizado na região do Baixo Augusta, em São Paulo, lança a sua primeira exposição digital "Colagem Pandêmica", no próximo dia 7 de outubro, a partir das 19h, em seu site www.galeriarecorte.com.br.

No começo da pandemia, a Galeria Recorte fez um convite para que os colagistas produzissem obras sobre o tema. O objetivo era fazer um registro artístico que mostrasse a visão e o sentimento dos artistas vividos durante o período de isolamento social imposto de uma forma tão abrupta e inesperada.

Além do desconhecimento em relação à COVID-19, a desinformação, o negacionismo, a incompetência do governo, as ameaças aos povos indígenas e à população negra, a restrição da liberdade, a angústia, a esperança, e os questionamentos do próprio "EU" foram temas dessas obras.

“Tivemos, de uma hora para a outra, de fechar a galeria justamente no momento em que as pessoas perceberam o quanto a arte é importante em suas vidas. Decidimos fazer essa exposição virtual também como uma forma de garantir um espaço aos artistas e de valorizá-los. No site, as pessoas poderão ver e comprar as obras”, afirma Anna Gadelha, idealizadora da Galeria Recorte.

A seleção foi feita por artistas e pessoas ligadas à arte convidades especialmente para esse desafio. A tarefa foi árdua, pois foram recebidas mais de 200 obras, de artistas de todas as partes do Brasil e do mundo.

SOBRE A GALERIA RECORTE

A Galeria Recorte é um espaço multicultural localizado na região do Baixo Augusta, em São Paulo, que reúne arte e bem-estar. Única galeria de arte no Brasil voltada exclusivamente para obras que utilizam a técnica de colagem, foi idealizada pela arquiteta e empresária Anna Gadelha e Lucas Ribeiro “Pexão” e e tem a curadoria de Michele Micheletto. A galeria tem como principal característica apresentar artistas que estão despontando no mercado independente de arte. Inspirada em espaços híbridos pelo mundo, o local também conta com um café, uma barbearia e um salão de cabeleireiros.

SERVIÇO

EXPOSIÇÃO "COLAGEM PANDÊMICA"

Local: Galeria Recorte

Endereço: Rua Augusta, 829, Consolação

Abertura: a partir das 19h do dia 7 de outubro de 2020

Visitação pelo site: www.galeriarecorte.com.br

Acesso gratuito

Facebook e Instagram: @galeriarecorte

Contato: 11 3368-9824 / 98200-0805

Zé Felipe apresenta seus grandes sucessos pela plataforma ShowIn

Filho do cantor Leonardo, o artista faz show romântico e intimista, com apresentação de Virgínia Fonseca

15MmYzAjZ6InYu02bj5SYyJXZ0BUasxWZjVHbh1WYzNXZuFmd6EjM5MDOxITM5EjOnVGcq5CM3kjM3UzN0cTMGJTJ0cTMGJTJyADM1YkMlUDMyQTMf1SNx0yXt92YuIHct1SaGJTJGJTJBNTJwRHdopzN

A intimidade com a música vem de berço. Filho do cantor Leonardo e sobrinho de Leandro, Zé Felipe vem se firmando cada vez mais como um dos grandes destaques da nova cena Sertaneja. No próximo dia 18 de outubro, domingo, o artista volta a fazer um show ao vivo em Goiânia, cantando seus grandes sucessos, e desta vez a live será exclusiva do ShowIn. A plataforma, recém-lançada no mercado, é fruto da parceria entre o cantor e compositor Orlando Morais e o empreendedor e investidor Dio Trotta.

Em formato intimista, a apresentação contará com suas canções mais marcantes, que falam de amor e conversam com o romântico e o sertanejo, como "My Baby", uma parceria do cantor com Naiara Azevedo e Furacão Love, "Tiro Certo", gravada com participação de Gusttavo Lima, "Help", "Saudade de Você", entre outras.

A live contará com a apresentação da YouTuber Virgínia Fonseca, que estará com ele no palco.

Família de músicos e turnê com o Leonardo deram início à carreira

Nascido em uma família de músicos, o interesse de Zé Felipe pela arte começou cedo. Desde criança, via seu avô tocando viola, seu irmão em início de carreira e seu pai, Leonardo, e seu tio, Leandro, recebendo reconhecimento internacional pelos grandes feitos na cena sertaneja. Viajando em turnê com o pai e participando de alguns de seus shows, Zé Felipe teve certeza de que queria seguir carreira na música e em 2014 lançou seu primeiro disco "Você e Eu". Em 2016, ele lançou seu segundo CD intitulado "Proibido É Mais Gostoso" com 14 faixas, que ocupou o top 10 nas rádios do Brasil. Desde então, o cantor já gravou sucessos com nomes como Ludmilla e conta com as participações da dupla Pedro Paulo & Alex e do MC Menor no DVD "Na Mesma Estrada". O projeto é o primeiro DVD de Zé Felipe e também seu primeiro trabalho ao vivo.

Em 2018, o cantor lançou pela Som Livre uma parceria com Naiara Azevedo e Furacão Love, "My Baby", que acumula mais de 41 milhões de visualizações, além de outros dois singles "Banheira de Espuma" e "Amor Todo Dia". Zé Felipe possui mais de 2 milhões de inscritos em seu canal de YouTube, que acumula em torno de 445 milhões de visualizações. No Spotify, o cantor possui mais de 450 mil ouvintes mensais.

SOBRE O SHOWIN

Fruto da parceria entre o cantor e compositor Orlando Morais e o empreendedor e investidor Dio Trotta, o ShowIn surge no mercado em meio a um cenário de explosão de lives, possibilitando a remuneração através de vendas de ingressos, com variadas opções de preços e formatos. A plataforma apresenta, sempre ao vivo, grandes e pocket shows, teatro, poesia, palestras, stand up comedy, aulas de gastronomia, de yoga, meditação, dança, espetáculos infantis, esportes e muito mais.

O valor dos ingressos e o tamanho das salas de exibição são definidos para cada evento e as transmissões por streaming são acessíveis pelo site, em qualquer computador ou tablet. E também pelo celular, através dos aplicativos disponíveis na Apple Store e no Google Play. Dentro da plataforma, o usuário pode adquirir ingressos, além de comprar e doar Winns, a moeda oficial do ShowIn.

SERVIÇO
ZÉ FELIPE AO VIVO - EM GOIÂNIA
Data: 18 de outubro
Horário: 19h
Ingressos: a partir de R$18
Transmissão: http://www.showin.tv/