Rogério KouryA Arte do Piano Popular

Pianista com forte influência da música erudita, mas especialista na música popular, está levando para os palcos do Brasil o seu novo espetáculo intitulado “A Arte do Piano Popular”, onde se apresenta em piano solo e mostra ao público de todas as idades a sua maneira singular de interpretação.
Com arranjos próprios, muita sensibilidade e leveza, resgata temas e canções que marcaram época e se eternizaram em nossas memórias. Standards de jazz, música popular brasileira, temas de filmes e musicais famosos, canções francesas e até Beatles se pode ouvir neste autêntico concerto de música popular.
Uma das principais características das apresentações de Rogério Koury, é a informalidade com que se apresenta, deixando o público à vontade até para sugerir
músicas durante sua performance.
Tom Jobim, Chico Buarque, Ernesto Nazaret, Cole Porter, Henry Mancine, Michel Legrand, Burt Bacharach, Edith Piaf, por exemplo, costumam ganhar destaques em seus programas.
O pianista tem 12 álbuns lançados que foram distribuídos em todo território nacional e hoje disponível em todas as plataformas digitais. Já tocou nas principais capitais do país, e fora do país, como Nova York e Portugal, apresentou-se em diversos programas de rádio e TV, tendo conduzido os seus próprios programas na cidade de Sorocaba por mais de 5 anos (Rádio Cruzeiro FM e TV Legislativa de Sorocaba), é professor de música com formação acadêmica.
Atualmente tem reunido milhares de espectadores e seguidores através das redes sociais, onde costuma postar seus vídeos e fazer transmissões ao vivo, tocando e interagindo com seus fãs.
A Arte do Piano Popular, o atual recital de Rogério Koury, mostra um pouco de tudo aquilo que o artista vem fazendo ao longo dos seus 30 anos de carreira, desde quando iniciou aos 15 anos de idade, excursionando com seus shows temáticos.

NPA PROMOVE MASTERCLASS COM ROTEIRISTA DA SÉRIE “MANHÃS DE SETEMBRO”

Inscrições abertas e vagas limitadas

“A Construção da Personagem e a Ética da Representatividade” é o tema da próxima masterclass (on-line) que o Núcleo de Projetos Audiovisuais de Curitiba (NPA) irá oferecer. As aulas serão ministradas por Alice Marcone, atriz e roteirista, que entre seus trabalhos está a série “Manhãs de Setembro”, destaque na Amazon Prime Vídeo. O evento é gratuito e será realizado nos dias 25/09 e 02/10, das 10h às 12h.
Nas aulas, será analisada a filmografia de diferentes épocas e gêneros, com personagens trans ou de performatividades de gênero deslocadas da cisgeneridade. A masterclass vai discutir a construção da personagem no audiovisual e os diferentes mecanismos que podem ser usados a partir de conceitos da dramaturgia, da história da arte, da teoria fílmica e literária, conforme o campo narrativo. Alice Marcone colocará esses conceitos em interlocução com autores da filosofia e dos estudos queer para analisar quais sentidos essas construções podem estabelecer, fazendo reflexões críticas sobre escolhas estéticas e suas relações com a ética da representatividade.

Os encontros serão on-line e gratuitos. As inscrições estão abertas e as vagas são limitadas. Para se inscrever, basta acessar: www.tambormultiartes.com

Sobre Alice Marcone
Graduada em Psicologia pela USP, Alice Marcone roteirizou as séries "Manhãs de Setembro" para a Amazon Prime Vídeo, "De Volta aos 15" para a Netflix, "Noturnos" para o Canal Brasil e foi colaboradora de roteiro de "Todxs Nós" da HBO. Atuou nas três últimas séries citadas e foi atriz protagonista do curta-metragem "Bonde", exibido no Festival Internacional de Curta- Metragem de Clermont-Ferrand e ganhador de diversos prêmios no Brasil. Apresentou e roteirizou o reality show "Born to Fashion", no canal E! Entertainment. É a primeira mulher trans a lançar uma carreira no sertanejo, com os singles "Pistoleira" e "Noite Quente". Compôs também trilha sonora original da série "Toda Forma de Amor" dirigida por Bruno Barreto para o Canal Brasil.

Realização: Tambor Multiartes

Projeto realizado com o apoio do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura – Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura Municipal de Curitiba. Incentivo: Barigui Veículos e Heads.

SERVIÇO:

Masterclass: A Construção da Personagem e a Ética da Representatividade (on-line)
Data e Horário: 29/09 e 02/10 (sábados), das 10h às 12h
Ministrante: Alice Marcone
Inscrição: pelo site: www.tambormultiartes.com

Quanto: Gratuita, com vagas limitadas.

CONTATOS:

Produção e Coordenação

Marcelo Munhoz

41 99903 5516

Vivian Britsch

41 98414 4004

Bruna Junskowski

41 99526 0791

contato@tambormultiartes.com
https://www.facebook.com/npacuritiba/
instagram: @npacuritiba

Projeto cultural valoriza a literatura paranaense e a oralidade

Eventos online e gratuitos pretendem incentivar o convívio familiar, o folclore estadual e resgatar as brincadeiras de infância

Resgatar as brincadeiras de infância - como as cantigas de roda, adivinhas parlendas, quadrinhas populares - valorizar o folclore paranaense e brasileiro, estimular a contação de histórias e incentivar o convívio familiar com mais regularidade e qualidade.

Esses são os principais objetivos do projeto cultural gratuito “Minha Avó Me Contou – Literatura Paranaense e Tradição Oral” - que será realizado entre 16 de agosto a 15 de novembro deste ano.

A ação foi idealizada e desenvolvida pela atriz, contadora de histórias e escritora Lilyan de Souza, junto com parceiros como o ator e contador de histórias Rafael Di Lari, o intérprete e bonequeiro Lucas Mattana, os atores Fabiane de Cezaro e Lucas Buchile - todos integrantes da Inominável Companhia de Teatro – além do músico Joelson Cruz, a artista visual Manu Assini e o produtor cultural Cristiano Nagel.

“Desejamos que haja um encontro de gerações entre avós e netos, pais e filhos e que todos se divirtam com as histórias dos livros, a oralidade, a sonoridade das palavras, a troca de afetos, o diálogo, as brincadeiras clássicas e as atividades propostas”, explica Lilyan.

Variedades literárias

Inicialmente concebido para acontecer de forma presencial, as ações foram adaptadas para o universo digital - em virtude da pandemia - e serão exibidas pelo YouTube, Instagram, Facebook, Spotify e Castbox.

“Serão 40 episódios de podcasts compostos por histórias da literatura infantil e infantojuvenil de autores paranaenses como Adriana Barretta Almeida, Alice Ruiz, Álvaro Posselt, Anderson Novello, Carol Sakura, Célia Cris Silva, Glória Kirinus, Josiane Mayr Bibas, Liana Leão, Lilyan de Souza, Márcio R. Garcia, Silviane Scliar Sasson e Sueli Araújo. Também haverá lendas e contos populares do Brasil e do mundo nas versões de Flávio Moreira da Costa, Lilyan de Souza, Maria Fernanda Campos, Neil Philip e Ricardo Azevedo. Eles serão apresentados com elementos da tradição oral e executados pelo músico Joelson Cruz”, conta Rafael di Lari.

O projeto apresenta ainda quatro textos inéditos de Lilyan de Souza, que também é escritora e mediadora de leitura. Serão duas narrativas infantis – [Neli, do tamanho de um enorme coração e Filipina e Filomena, duas gatas bem pequenas] – e outras duas lendas paranaenses [A missão divina da Gralha Azul e A lenda das Cataratas do Iguaçu: Tarobá e Naipi].

Contrapartida social

Além disso, o Minha Avó Me Contou também quer gerar outros impactos positivos na sociedade. Por isso, vai oferecer gratuitamente uma Vídeo-Oficina de Bonecos dividida em 10 episódios que ensinará a confecção e a manipulação de marionetes, em diferentes técnicas e desafios.

“Avós, pais, tios, professores, educadores e pedagogos poderão fazer, testar e se divertir com esses títeres”, fala o artista, ator e bonequeiro Lucas Mattana, que vai ministrar a atividade.

Paralelamente, haverá dois Saraus de Histórias da cultura paranaense apresentados pelos contadores de histórias Fabiane de Cezaro e Lucas Buchile, também acompanhados do músico Joelson Cruz.

Arquivo de sensações

Segundo Lilyan de Souza, o projeto será um verdadeiro “arquivo de sensações” e lembranças carinhosas. Em março de 2019, a atriz se despediu de sua avó paterna, mas as boas recordações permaneceram.

“A imagem dela sentada ao lado do fogão à lenha, contando causos e histórias variadas, fazendo advinhas, narrando rimas em parlendas e quadrinhas, cantarolando cantigas de roda, distribuindo doces e bolachas feitas em casa, construindo laços e afetos despertam memórias que aquecem o coração. Esse projeto é uma forma de homenageá-la e eternizá-la”, explica.

Ao mesmo tempo, a sócia-fundadora da Inominável Companhia de Teatro recomenda que as famílias não esqueçam as tradições orais, suas histórias e narrativas literárias. “Envolver crianças, jovens, adultos e idosos numa nuvem de palavras e melodias é o caminho para manter uma sociedade interessada na continuidade de suas manifestações culturais. Uma população que valoriza suas raízes e identidade se torna mais feliz e consciente”, complementa.

O projeto foi aprovado pelo edital do Fundo Municipal de Cultura 034/2020 – Apoio a Festivais, Mostras e Manifestações Culturais Tradicionais – e será realizado com recursos do Programa de Incentivo à Cultura, Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba.

Serviço

O que: Projeto cultural “Minha Avó Me Contou – Literatura Paranaense e Tradição Oral”

Quando: De 16 de agosto a 15 de novembro deste ano

Como assistir: Pelos meios digitais [YouTube, Instagram, Facebook, Spotify e Castbox] da atriz Lilyan de Souza

Quanto: Gratuito

Sugestão de legenda

Foto 1: Os atores Rafael Di Lari e Lilyan de Souza enquanto gravam os podcasts com literatura de autores paranaenses| Crédito da foto: Cristiano Nagel

Arte 2: Arte do projeto destaca as atrações como podcasts, saraus de histórias e oficinas de bonecos| Crédito da arte: Manu Assini

INTERVENÇÃO CULTURAL EM CURITIBA PROMOVE A UNIÃO DA ARTE DO SKATE COM O GRAFITE

“O 8º festival de Graffiti Street of Styles - vai reunir na capital paranaense, nos dias 17 e 18 de julho, artistas de diversas partes do país, em um movimento de expressão e revolução da arte visual na Curitiba Skate Park” street_of_styles

MOSTRA COMEMORATIVA ABRAÇÃO 20 ANOS – ONLINE

A Céu Vermelho Produções Artísticas apresenta

Apresentações online gratuitas de espetáculos teatrais

A Céu Vermelho promove entre os dias 24 a 27 de junho de 2021 a MOSTRA COMEMORATIVA ABRAÇÃO 20 ANOS/ ONLINE, patrocinado pelo PROGRAMA DE APOIO E INCENTIVO À CULTURA, FUNDAÇÃO CULTURAL DE CURITIBA. O evento é uma oportunidade de compartilhar um recorte dos trabalhos desenvolvidos pela Cia. do Abração, ao longo dos seus 20 (anos) de história, com espetáculos direcionados ao público de crianças e também espetáculos direcionados ao público de jovens/adultos.
As apresentações acontecerão no formato ONLINE, na plataforma do Youtube no canal da CIA DO ABRAÇÃO entre os dias 24 a 27 de junho de 2021, e contará com 04 apresentações, de 04 espetáculos. Destas (Dessas), 02 apresentações acontecerão em dias letivos, sendo que uma delas terá tradução simultânea em libras, direcionadas às crianças. As outras duas apresentações acontecerão no final de semana às 19h, para público de jovens e adultos.

Os links das apresentações estarão disponíveis na página da CIA. DO ABRAÇÃO: WWW.CIADOABRACAO.COM.BR a partir do dia 15/06/2021.
Além das apresentações, também haverá atividade de caráter formativo, como oficina teatral, direcionada a jovens e adultos, a partir de 14 anos, interessados no fazer teatral. Essa atividade será realizada por meio da plataforma zoom e conta com a prévia de inscrição dos interessados.
A diretora da Cia. do Abração, Letícia Guimarães, comenta que esta mostra vem nestes tempos desafiadores encontrar-se com as crianças, jovens, adultos, com as famílias, com os artistas e educadores, apostando na abertura do campo sensível e imaginativo da experiência estética e do fazer poético. “O teatro pode trazer muitas motivações para os pequenos e grandes e ajudá-los a dar sentido aos acontecimentos da vida. Estamos apostando nos valores perenes da arte enquanto forma de expressão do mundo simbólico na sua dimensão de troca. Nessa troca o belo se completa com a alegria e o prazer que emanam da convivência criativa. ” Estamos em festa. Comemorando a história de 20 anos de arte e resistência da Cia. do Abração. Temos a intenção de trazer a reflexão sobre a importância do teatro produzido continuamente por uma Companhia Curitibana, ao longo de 20 anos de história, para se chegar a valores imateriais que possam construir relações humanas subjetivas, essenciais e valorosas
O evento também proporciona ao público de escolas públicas o acesso gratuito às apresentações, neste ano, transmitidas online. Nesse aspecto, o teatro surge como fator de integração social, possibilitando às crianças, que muitas vezes nunca assistiram uma peça de teatro, um outro olhar ou até uma possibilidade de ver e rever a própria infância com mais sensibilidade.
Dentre a programação prevista, a mostra de espetáculos terá 100% de ingressos/acessos gratuitos, revertendo à população produtos culturais de qualidade.

APRESENTAÇÕES E BATE PAPO AO VIVO

De 24 a 27/06 sempre às 19h no canal da Cia. Do Abração no Youtube. Após cada apresentação haverá uma conversa ao vivo com os integrantes da companhia e convidados especiais que fizeram parte da criação de cada espetáculo. Neste momento, o público poderá participar do bate-papo através do chat da plataforma.

RESUMO DOS ESPETÁCULOS DA MOSTRA

MOSTRA PARA CRIANÇAS

SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO - DIA: 24/06, quinta-feira às 19h (espetáculo com tradução em LIBRAS)
O ESPETÁCULO MAIS PREMIADO DE 2002 no estado do Paraná.
Sinopse - O espetáculo Sonho de Uma Noite de Verão, primeiro espetáculo da Cia. do Abração, foi a grande revelação do ano de 2002 em Curitiba, angariando seis Troféus Gralha Azul – Prêmio Governador do Estado, são eles: melhor espetáculo para crianças – Cia. Do Abração, melhor diretor, melhor adereço, melhor sonoplastia, melhor atriz e atriz revelação.

No Sonho de Uma Noite de Verão, adaptado pela Cia. do Abração, quatro velhinhos, contadores de estórias, que neste momento se encontram a serviço do Sr. Milkshakespeare, utilizam-se de objetos para contar esta estória que fala dos encontros e desencontros de dois casais. A ideia de trabalhar com manipulação de objetos parte do princípio que esta é a maneira que a criança naturalmente se utiliza para criar o seu próprio imaginário, o seu lúdico “Faz – de - Conta”. Assim, os personagens da história são representados por objetos do cotidiano, como um par de sapatos altos, uma gravata borboleta, etc.
Na nossa versão, os reis da floresta brigam, não pelo seu pajem, mas pela posse do Livro dos Sonhos que, a nosso ver, pertence a todos e, o que passamos como mensagem é que quando a natureza entra em desarmonia, todos, que neste mundo vivem, brigam e se desarmonizam. Além disso, fazemos uma reflexão sobre a infância e a velhice, por isto, nossos doces velhinhos, no final da peça, acabam se tornando crianças ou libertando a criança que todos guardamos dentro de nós. Desta forma, trabalhamos com a ideia de fazer um teatro para crianças de todas as idades, sem menosprezar a inteligência de nosso público.
Duração: 50min
Classificação – Livre

LINK DA TRANSMISSÃO: https://youtu.be/UlsbnVLbRSo

O MENINO QUE AMARRAVA TUDO– DIA 25/06, sexta-feira, às 19h
Inspirado na obra homônima de Guga Cidral

Sinopse –Este foi o último espetáculo produzido pela Cia. do Abração e teve sua estreia em 2019.

Essa história é de Léo, um menino muito criativo e sensível. Filho único de uma família feliz: de Dona Dulce, a mãe e de Seu Severo, o pai. Mas Léo não era como as outras crianças...sua comunicação verbal era incompreendida. Por isso, não tinha amigos e sua própria família tinha dificuldade com ele. Léo teve um avô querido, mas seu avô já tinha morrido. Seu único refúgio era o atelier de artes de sua mãe. Neste lugar mágico, Léo encontra refúgio para suas expressões secretas. Por isso, essa história se inicia dentro das gavetas do atelier de sua mãe. Ao abrir as gavetas, o menino descobre um mundo. Um dia, tirando um soninho no seu esconderijo secreto, sonha com seu avô, que lhe faz lembrar de muitos momentos em que viveram intensamente juntos. Momentos de alegria e momentos de tristezas. Neste sonho, Léo é levado, por seu avô a inventar cordões de amarrar tudo. Tira das gavetas fitas e cordões e neles, amarra tudo: papel, fotos, brinco perdido, lápis e muito mais. Esses cordões viraram longos varais recheados de lembrança e alegria e, com eles, caminha colorindo e descobrindo o seu próprio mundo. O melhor brinquedo já inventado pelo avô e seu neto.
Quais sentimentos conseguimos amarrar? E quais queremos? A partir desses fios, Léo nos contará a sua história. Será esse fio a linha da vida? O Menino que Amarrava Tudo nos convida a embarcar no mais profundo. No "dentro de nós".

Duração: 50min
Classificação – Livre
Link da transmissão: https://youtu.be/ohUdHpV-cJs

MOSTRA PARA JOVENS E ADULTOS

O BANHO - DIA: 26/06, sábado às 19h
Sinopse – O espetáculo estreou em 2007, no projeto “Novelas Curitibanas”

Neste espetáculo, tratamos o “Banho” como um fato social total, constituído não apenas dos elementos materiais e do uso que dele fazemos, mas elemento de mediação das representações simbólicas, num contexto de diversidade social e cultural, onde buscamos apreendê-lo dentro da dinâmica cultural contemporânea, especialmente no que se refere às inúmeras relações que se interpõem entre o ato de banhar-se e o que o banho produz na construção das identidades pessoais e coletivas.

Somando estas ideias às diversas linguagens artísticas, construímos um espetáculo onde teatro, dança, música e artes plásticas se fundem para dar significado às ações cotidianas, aos lugares comuns, aos hábitos sedimentados. Para efeito de uma compreensão mais aprofundada da nossa própria cultura e, consequentemente, de todas aquelas com as quais entramos em contato num mundo cada vez mais globalizado e nem por isso, mais homogêneo. Assim teremos “o banho” como ato de purificação, de prazer e de renovação, mas também de construção da nossa inserção no mundo.

O Banho nos convida a conhecer um pouco da nossa cultura, da nossa diversidade e principalmente da nossa intimidade, tanto estética quanto filosófica, propondo uma reflexão sobre nossas vidas cotidianas. Prazer, cansaço, dor, alegria, brincadeira, regeneração, revitalização serão alguns dos estados do corpo e da mente presentes em nosso processo de criação e de pesquisa e que servirão de alicerce para o espetáculo.

Duração: 60min
Classificação – Indicado para maiores de 16 anos. Contém cenas de nudez
Link da transmissão: https://youtu.be/g2YUySnGg7U

PELAS MÃOS DE MARIA OU AS VOZES DE SIMONE - DIA 27/06, domingo, às 19h
Sinopse - O espetáculo estreou em 2016 – ano comemorativo dos 15 anos da Companhia do Abração, e conta com a assinatura do dramaturgo Edson Bueno e da diretora Letícia Guimarães.

Pelas Mãos de Maria ou as Vozes de Simone traz à tona a reflexão sobre o papel da mulher na sociedade, as diferentes formas de participação na história, assim como opressões vividas e um resgate da memória daquelas que se sacrificaram por direitos igualitários e humanos. O enredo, ambientado em uma cidade do interior brasileiro, em plena ditadura militar dos anos 70, conta a história de três mulheres que recebem do quartel militar a peculiar tarefa de costurar uma bandeira para ser exibida em uma parada na manhã seguinte. Nesse coser da bandeira, a história busca abordar o imaginário coletivo humano, as contradições manifestadas pelas personagens, simbolizando um território de pertencimento/despertencimento comum e contraditório, mediado e interligado pelo coser daquelas mãos de Maria e entoados pelas vozes de Simone.

Duração: 60 min
Classificação – Indicado para maiores de 14 anos
Link da transmissão: https://youtu.be/Lhgyl289Lkw

Sobre a companhia

COMPANHIA DO ABRAÇÃO – CURITIBA: A Cia do Abração é um espaço de arte e cultura, fundado em 2001, por Letícia Guimarães e tem como proposta principal a pesquisa e produção teatral para todas as idades, embasados em dramaturgia própria e difundidas como espetáculos de repertório. Sua proposta estética está alicerçada na fusão de linguagens artísticas elaborada em investigações advindas de processos colaborativos. Além da dança e das artes visuais, trabalha e investiga as técnicas de manipulação de objetos, mímica, produção sonora e conhecimentos da antropologia.

ATIVIDADE COMPLEMENTAR – OFICINA TEATRAL PARA JOVENS E ADULTOS ONLINE

OFICINA: TEATRO FÍSICO – VIVÊNCIA SOBRE A PESQUISA REALIZADA PELA CIA DO ABRAÇÃO– 20 VAGAS NO TOTAL

Transmitido, do espaço da Cia. Do Abração, por meio da plataforma ZOOM.
25/06 (Sexta-Feira) Das 9:30h às 11:30h
Vagas: 20 vagas disponíveis
Público Alvo: Professores e jovens e adultos interessados
Período de Inscrições: de 07 a 21 de junho.
Inscrições através do whatsapp: (41) 99125 9595.

Ingressos à venda para a programação de julho da 1ª Mostra de Teatro On-Line APTI

A Mostra de espetáculos segue com toda bilheteria revertida em cesta básica para atender famílias de profissionais das artes cênicas do Estado de São Paulo. Carmen com Natália Gonsales e Flávio Tolezani; Teresa D’Avila com Ana Cecília Costa; Madame Blavatsky com Mel Lisboa; e o musical Meu Amigo Charlie Brown são alguns destaques da programação. As peças ficarão disponível 48h para o público a cada fim de semana.

Link para fotos - https://bit.ly/3tquSLQ

A programação da 1ª Mostra de Teatro On-Line APTI segue com todo valor arrecadado para compra de cestas básicas para a Campanha Fundo Marlene Colé. Os ingressos para a programação de julho já podem ser adquiridos pelo site www.fundomarlenecole.com.br

Entre os espetáculos disponíveis estão Como Ter Sexo A Vida Toda Com A Mesma Pessoa com Tania Bondezan; Pandas ou Era Uma Vez em Frankfurt com Nicole Cordery e Mauro Schames; Pessoa com Elias Andreato; e Amanhã Eu Vou com Lilan Blanc e Tuna Dwek. São dois espetáculos on demand por final de semana, ou seja, o público tem 48h para assistir a peça escolhida. Abaixo a programação completa.

A iniciativa da APTI-Associação de Produtores Teatrais Independentes tem como objetivo auxiliar as mais de 30 mil famílias de profissionais da cultura, do Estado de São Paulo, afetados pela pandemia do novo Coronavírus. Desde março de 2020, quando os espetáculos das artes cênicas foram interrompidos, a APTI se aliou a parceiros para ampliar a campanha do Fundo Marlene Colé de auxílio aos profissionais que ficaram sem nenhuma fonte de renda.

Programação de julho da 1ª Mostra Teatro On-Line APTI

****
Dias 3 e 4 de julho – On Demand
Como Ter Sexo A Vida Toda Com A Mesma Pessoa
Texto: Mónica Salvador. Direção: Odilon Wagner.
Com Tania Bondezan.

Annetta Poché é uma sexóloga búlgara formada na Sorbonne, que introduz ao público técnicas para a vida sexual dos casais, dando receitas insólitas para superar as diversas crises que acontecem ao longo de anos de convivência. Com a sua técnica revolucionária, ensina a manter o fogo de um relacionamento com uma única pessoa. Com humor inteligente e divertido do início ao fim o texto provoca a gargalhada do público de todas as idades.

****
Pandas ou Era Uma Vez em Frankfurt
Texto: Matei Visniec. Direção: Bruno Kott.
Com Nicole Cordery e Mauro Schames.

Adaptação do texto teatral, A História Dos Ursos Pandas (Contada Por Um Saxofonista Que Tem Uma Namorada em Frankfurt), do dramaturgo romeno, Matei Visniec apresenta um casal de desconhecidos que acorda na mesma casa. Trazem apenas fragmentos da noite anterior. Eles precisam um do outro para montar esse grande quebra cabeça de sentimentos e memórias. Esta experiência foi concebida durante a quarentena da Covid-19, com os artistas envolvidos, isolados em suas casas.

****
Dias 10 e 11 de junho – On demand
Pessoa
Texto: Fernando Pessoa. Direção e atuação: Elias Andreato.

O roteiro inventa um personagem, real em seu quarto, através da prosa e da poesia de Fernando Pessoa, do estado criativo do poeta e tem como centro O Marinheiro uma obra, minimalista, provocatória e verdadeiramente de vanguarda que nos dá a oportunidade de conhecer de onde vem a inspiração de Fernando Pessoa, que com 24 anos, escreveu em dois dias de outubro de 1913.

Acredita-se que o marinheiro descrito na obra seja o próprio Fernando Pessoa, concentrado na realidade e ação, no sonho de viver. É na verdade a primeira criação dos seus três heterônimos, Ricardo Reis, Álvaro de Campos e Alberto Caeiro, sendo estes últimos objeto da maior parte dos estudos sobre a sua vida e obra.

****
A Última Dança
Texto: César Baptista. Direção: Janaina Suaudeau, Cesár Baptista e Fernando Bueno.
Com Natalia Gonsales.

Monólogo inspirado no diário da escritora e filósofa francesa Simone Weil. Nascida em 1909 em Paris, filha de médico, aos vinte anos aluga um quartinho perto de uma fábrica, despede-se de seus pais, amigos e das aulas de filosofia para trabalhar na linha de montagem com o objetivo de escrever sobre a condição operária e a opressão social.

A partir dessa vivência, Simone deixa uma espécie de diário relatando o seu dia a dia na fábrica: a fome, as labaredas, os ruídos ensurdecedores, os acidentes, as doenças, as ordens, o medo, o esgotamento, o envelhecimento, a infelicidade, o emburramento.

Dias 17 e 18 de julho – On demand
Teresa D’Ávila
Texto: Juan Mayorga. Direção: Elias Andreato.
Com Ana Cecília Costa

Adaptação do premiado texto A Língua em Pedaços do espanhol Juan Mayorga e conta a vida de Teresa D’Avila, que de dentro no seu claustro monástico, responde e enfrenta o Inquisidor, arauto da poderosa Igreja Católica, que a acusa de subversão e heresia.

****
Amanhã Eu Vou
Texto: Clovys Torres. Direção: Cristina Cavalcanti.
Com Lilan Blanc e Tuna Dwek

Duas mulheres são as únicas sobreviventes de um planeta totalmente corroído pela peste e pelas queimadas. Elas dependem uma da outra para continuarem a viver, mesmo sendo de temperamentos opostos: uma sonha e idealiza um futuro, enquanto a outra nem dorme e deseja sair daquele lugar inóspito; elas conversam sobre a vida, ou a falta de vida.

Dias 24 e 25 de julho - On demand
Carmen
Texto: Luiz Farina. Direção: Nelson Baskerville.
Com Natalia Gonsales, Flavio Tolezani e Vitor Vieira.

Carmen e José vivem uma trágica paixão. Na trama, ele narra o seu amor por Carmen e o motivo que o levou a prisão. E ela, através do seu olhar, narra o seu ponto de vista em relação à história. Baseado na novela de Prosper Mérimée publicada em 1845, no qual Georges Bizet se inspirou para criação da ópera Carmen

****
Crioulos
Texto e direção: Caio D’Aguilar.
com Anderson Negreiro, Ilu Malanda, Caio D'aguilar, Fernanda Ross, Kenan Bernardes, Alberto Pereira Jr e Carlos De Niggro.

O espetáculo mescla temas históricos da negritude, a partir de uma narrativa ficcional, uma viagem que aborda desde fantasmas da Ku Klux Klan, Gorilas, à temas como os efeitos da segregação racial, pela narrativa e ótica do personagem - Crioulo - um jovem que perde seu pai, um ativista das causas sociais, morto por policiais milicianos num conflito racial.

Com situações cômicas e ácidas a partir de histórias que revisitam décadas de preconceito, violência, conflitos de raças e identidade, Crioulos é uma crítica mordaz a respeito das questões raciais, tão presentes nos dias de hoje. Sucesso de público e crítica, a peça teve estreia antes da Pandemia, abordando justamente as semelhanças entre as lutas da Cultura Negra do Brasil e Estados Unidos.

Dias 31 de julho e 1º de agosto – On demand
Madame Blavatsky
Texto: Claudia Barral. Direção: Marcio Macena.
Com Mel Lisboa.

Madame Blavatsky, ou Helena Petrovna Van Blavatskaya, foi uma escritora e médium russa do século 19, fundadora da Sociedade Teosófica. Na peça, Helena retorna encarnada no corpo de uma atriz/médium para revisitar a sua história e esclarecer alguns pontos controversos da sua biografia, nos possibilitando investigar os limites entre verdade e fingimento ou realidade versus ficção, que são caros ao teatro assim como ao misticismo.

****
Meu Amigo Charlie Brown, o Musical
Baseado nas Tirinhas de Charles Schulz. Um Musical de Clark Gesner. Versão Brasileira: Mariana Elisabetsky.
Com Leandro Luna, Tiago Abravanel, Paula Capovilla, Mateus Ribeiro, Mariana Elisabetsky e Guilherme Magon. Swings: Douglas Tholedo e Tecca Ferreira.

A dramaturgia e as músicas propõem o encontro do menino Charlie Brown com o mundo que o cerca, e sua constante busca pelo significado das coisas e dos sentimentos. O universo de Charlie Brown se caracteriza pelo humor delicado e melancólico, com personagens inteligentes, sensíveis, mordazes e criativos que provocaram uma revolução no mundo das histórias em quadrinhos. Afinal, o protagonista é um menino cheio de preocupações e com algumas frustrações; Schroeder vive debruçado ao piano e tem Beethoven como herói; Lino não desgruda de seu cobertor; Lucy tem uma banca de analista; Sally, a irmã mais nova de Charlie Brown, vive num dilema escolar e Snoopy é absolutamente extraordinário. Todos os personagens refletem sobre a simplicidade e a complexidade do cotidiano, além de questionarem e tentarem entender tudo que os rodeia.

Serviço:
1ª Mostra de Teatro On-Line APTI
De 15 de maio a 1º de agosto
Ingressos: R$25, R$50 e R$100 (o cliente escolhe quanto quer pagar)
Vendas: www.apti.org.br/mostra-de-teatro

Informações: www.apti.org.br
Instagram: @apti_sp

Sobre Marlene Colé
A carreira de Marlene Colé nas artes começou cedo. Ainda jovem integrou o Grupo de danças folclóricas de Solano Trindade, fundado nos anos 70 em Embú das Artes, e mais adiante se tornou cantora da noite, tendo participado do show da inauguração do Teatro Nacional em Brasília.

De origem humilde, com o passar dos anos, para se sustentar começou sua carreira como camareira e nessa atividade trabalhou para uma legião de atores, atrizes e produções teatrais pelo Brasil a fora.
Quando morreu, em 2016, fazia parte da equipe de camareiras do Teatro Municipal de São Paulo, além de trabalhar em outras produções.

Marlene Colé não tinha parentes. E quando faleceu tinha alguns recursos em sua conta bancária, fruto de suas economias. Um grupo de amigos solidários de Marlene, entre artistas e técnicos que conviveram com ela, resolveu criar, com esses recursos o FUNDO MARLENE COLÉ, para apoiar artistas e técnicos que estivessem passando por necessidades, honrando assim o nome de Marlene que sempre foi muito preocupada em ajudar o próximo.

Atualmente A gestão do Fundo Marlene Colé está a cargo da APTI-Associação de Produtores Teatrais Independentes, com sede na Capital Paulista e conta com as instituições SATED-SP (Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos e Diversões do Estado de São Paulo), Cooperativa Paulista de Teatro e Coletivos de Circo, a parceria com a APTR (Associação de Produtores Teatrais) e o apoio do Artigo 5º, Sympla, Lista Fortes Brasil e Unibes.

Para maiores informações acesse o site:
www.fundomarlenecole.com.br

Redes sociais:
www.facebook/fundomarlenecole
Instagram: @fundomarlenecole

Claro transmite o show “Kleiton e Kledir 40 anos”

Clientes da operadora vão poder acompanhar o espetáculo pelo canal 500, amanhã (3), a partir das 21h

São Paulo, junho de 2021 - Em comemoração às mais de quarto décadas de carreira da dupla gaúcha Kleiton e Kledir, a Claro vai transmitir, nesta quinta-feira (3), o show "Kleiton e Kledir 40 anos" diretamente do Teatro Claro Rio, simultaneamente no canal 500 da Claro TV e no canal oficial do teatro no YouTube, a partir das 21h.

O show será repleto de histórias, canções e trará uma retrospectiva dos melhores momentos vividos pela dupla de irmãos ao longo dos anos de carreira. Em seu repertório musical, grandes sucessos como "Deu pra ti", "Maria Fumaça", "Vira virou", "Paixão" e "Nem Pensar" serão alguns dos destaques.

O espetáculo não irá contar com a presença de público e seguirá todos os protocolos de segurança necessários.

Mostra contemporânea de cinema do Mia Cara começa quinta-feira

Diferente do panorama clássico do festival, filmes ficam disponíveis gratuitamente por 24h

A recente produção cinematográfica italiana ganha espaço no festival Mia Cara. Realizada em parceria com o Cine Passeio, a mostra contemporânea exibirá seis filmes. A curadoria é de Marden Machado.

Para ver a Mostra de Cinema do Mia Cara 2021 basta acessar o site do Cine Passeio em www.cinepasseio.org, inscrever-se na programação e assistir. Diferente da mostra clássica, que entrou em cartaz no dia 27 de maio e fica com todos os títulos disponíveis até o dia 02 de junho, a mostra contemporânea, que acontece de 03 a 09 de junho, apresentará um filme por dia, os quais poderão ser acessados na plataforma streaming do Cine Passeio durante 24h. Todos os filmes exibidos no festival podem ser vistos gratuitamente.

Segundo Marden Machado, a ideia para a seleção dos filmes para o Mia Cara 2021 foi apresentar obras diferenciadas do cinema Italiano, tentando fugir dos clichês, com produções menos populares entre o público em geral, porém não menos importantes. “Muitas pessoas associam o cinema italiano com comédias ou filmes mais românticos, por exemplo, porém o país conta com grandes produções dentro dos mais diversos temas, então acreditamos que também seja importante destacar esta pluralidade”, ressalta o jornalista e crítico de cinema.

Serviço:
Festival Mia Cara 2021 - edição on-line
Data: 24 de maio a 6 de junho
https://www.facebook.com/miacaraoficial https://www.instagram.com/miacaraoficial/
YouTube: bit.ly/miacaraoficial
Site: www.miacara.com.br
WEB RADIO OFICIAL - https://www.inmystream.app/player2/enit.html

Programação:
03/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
A Melhor Juventude - Parte 1
*O filme será exibido em duas partes.
Título original: “La Meglio Gioventù”
Direção: Marco Tullio Giordana
Ano de produção: 2003
Elenco: Luigi Lo Cascio, Alessio Boni, Adriana Asti, Sonia Bergamasco, Fabrizio Gifuni e Maya Sansa
Gênero: Drama
País de produção: Itália
Áudio:Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 366 min
Faixa etária: 16 anos
Distribuidora: Arteplex
04/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
A Melhor Juventude - Parte 2
*O filme será exibido em duas partes.
Título original: “La Meglio Gioventù”
Direção: Marco Tullio Giordana
Ano de produção: 2003
Elenco: Luigi Lo Cascio, Alessio Boni, Adriana Asti, Sonia Bergamasco, Fabrizio Gifuni e Maya Sansa
Gênero: Drama
País de produção: Itália
Áudio:Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 366 min
Faixa etária: 16 anos
Distribuidora: Arteplex

05/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
Dogman
Título original: “Dogman”
Direção: Matteo Garrone
Ano de produção: 2018
Elenco: Marcello Fonte, Edoardo Pesce, Adamo Dionisi, Francesco Acquaroli, Aniello Arena e Mirko Frezza
Gênero: Drama
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 103 min
Faixa etária: 16 anos
Distribuidora: Arteplex

06/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
A Vida em Família
Título original: “La Vita in Comune”
Direção: Edoardo Winspeare
Ano de produção: 2017
Elenco: Gustavo Caputo, Antonio Carluccio, Claudio Giangreco e Celeste Casciaro
Gênero: Comédia
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 110 min
Faixa etária: Livre
Distribuidora: Pagu Pictures

07/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
Emma e as Cores da Vida
Título original: “Il Colore Nascosto delle Cose”
Direção: Silvio Soldini
Ano de produção: 2017
Elenco: Valeria Golino, Adriano Giannini, Anna Ferzetti, Mattia Sbragia e Valentina Carnelutti
Gênero: Romance
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 115 min
Faixa etária: 14 anos
Distribuidora: Arteplex

08/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
Martin Eden
Título original: “Martin Eden”
Direção: Pietro Marcello
Ano de produção: 2019
Elenco: Luca Marinelli, Marco Leonardi, Pietro Ragusa, Chiara Francini, Aniello Arena e Gaetano Bruno
Gênero: Drama
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 129 min
Faixa etária: 16 anos
Distribuidora: Pagu Pictures

09/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
O Caravaggio Roubado
Título original: “Una Storia Senza Nome”
Direção: Roberto Ardò
Ano de produção: 2018
Elenco: Micaela Ramazzotti, Alessandro Gassman, Laura Morante, Jerzy Skolimowski, Renato Carpentieri e Antonio Catania
Gênero: Suspense
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 110 min
Faixa etária: 14 anos
Distribuidora: Pagu Pictures

Mostra contemporânea de cinema do Mia Cara começa quinta-feira

Diferente do panorama clássico do festival, filmes ficam disponíveis gratuitamente por 24h

A recente produção cinematográfica italiana ganha espaço no festival Mia Cara. Realizada em parceria com o Cine Passeio, a mostra contemporânea exibirá seis filmes. A curadoria é de Marden Machado.

Para ver a Mostra de Cinema do Mia Cara 2021 basta acessar o site do Cine Passeio em www.cinepasseio.org, inscrever-se na programação e assistir. Diferente da mostra clássica, que entrou em cartaz no dia 27 de maio e fica com todos os títulos disponíveis até o dia 02 de junho, a mostra contemporânea, que acontece de 03 a 09 de junho, apresentará um filme por dia, os quais poderão ser acessados na plataforma streaming do Cine Passeio durante 24h. Todos os filmes exibidos no festival podem ser vistos gratuitamente.

Segundo Marden Machado, a ideia para a seleção dos filmes para o Mia Cara 2021 foi apresentar obras diferenciadas do cinema Italiano, tentando fugir dos clichês, com produções menos populares entre o público em geral, porém não menos importantes. “Muitas pessoas associam o cinema italiano com comédias ou filmes mais românticos, por exemplo, porém o país conta com grandes produções dentro dos mais diversos temas, então acreditamos que também seja importante destacar esta pluralidade”, ressalta o jornalista e crítico de cinema.

Serviço:
Festival Mia Cara 2021 - edição on-line
Data: 24 de maio a 6 de junho
https://www.facebook.com/miacaraoficial https://www.instagram.com/miacaraoficial/
YouTube: bit.ly/miacaraoficial
Site: www.miacara.com.br
WEB RADIO OFICIAL - https://www.inmystream.app/player2/enit.html

Programação:
03/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
A Melhor Juventude - Parte 1
*O filme será exibido em duas partes.
Título original: “La Meglio Gioventù”
Direção: Marco Tullio Giordana
Ano de produção: 2003
Elenco: Luigi Lo Cascio, Alessio Boni, Adriana Asti, Sonia Bergamasco, Fabrizio Gifuni e Maya Sansa
Gênero: Drama
País de produção: Itália
Áudio:Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 366 min
Faixa etária: 16 anos
Distribuidora: Arteplex
04/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
A Melhor Juventude - Parte 2
*O filme será exibido em duas partes.
Título original: “La Meglio Gioventù”
Direção: Marco Tullio Giordana
Ano de produção: 2003
Elenco: Luigi Lo Cascio, Alessio Boni, Adriana Asti, Sonia Bergamasco, Fabrizio Gifuni e Maya Sansa
Gênero: Drama
País de produção: Itália
Áudio:Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 366 min
Faixa etária: 16 anos
Distribuidora: Arteplex

05/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
Dogman
Título original: “Dogman”
Direção: Matteo Garrone
Ano de produção: 2018
Elenco: Marcello Fonte, Edoardo Pesce, Adamo Dionisi, Francesco Acquaroli, Aniello Arena e Mirko Frezza
Gênero: Drama
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 103 min
Faixa etária: 16 anos
Distribuidora: Arteplex

06/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
A Vida em Família
Título original: “La Vita in Comune”
Direção: Edoardo Winspeare
Ano de produção: 2017
Elenco: Gustavo Caputo, Antonio Carluccio, Claudio Giangreco e Celeste Casciaro
Gênero: Comédia
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 110 min
Faixa etária: Livre
Distribuidora: Pagu Pictures

07/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
Emma e as Cores da Vida
Título original: “Il Colore Nascosto delle Cose”
Direção: Silvio Soldini
Ano de produção: 2017
Elenco: Valeria Golino, Adriano Giannini, Anna Ferzetti, Mattia Sbragia e Valentina Carnelutti
Gênero: Romance
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 115 min
Faixa etária: 14 anos
Distribuidora: Arteplex

08/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
Martin Eden
Título original: “Martin Eden”
Direção: Pietro Marcello
Ano de produção: 2019
Elenco: Luca Marinelli, Marco Leonardi, Pietro Ragusa, Chiara Francini, Aniello Arena e Gaetano Bruno
Gênero: Drama
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 129 min
Faixa etária: 16 anos
Distribuidora: Pagu Pictures

09/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
O Caravaggio Roubado
Título original: “Una Storia Senza Nome”
Direção: Roberto Ardò
Ano de produção: 2018
Elenco: Micaela Ramazzotti, Alessandro Gassman, Laura Morante, Jerzy Skolimowski, Renato Carpentieri e Antonio Catania
Gênero: Suspense
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 110 min
Faixa etária: 14 anos
Distribuidora: Pagu Pictures

MON estará aberto também às segundas-feiras

O Museu Oscar Niemeyer (MON) tem uma novidade aos seus visitantes: a partir de 24 de maio, passará a abrir também às segundas-feiras. A iniciativa tem o objetivo de oferecer mais uma opção para que o público visite o local em segurança, dentro do rígido protocolo sanitário que, entre outras questões, determina a limitação de pessoas para garantir o distanciamento seguro durante a pandemia.

De acordo com a determinação da Superintendência de Cultura do Paraná, o MON estará fechado neste sábado e domingo (22 e 23/5).

“A ideia é oferecer um dia a mais da semana como opção para que o público visite o MON em segurança e tranquilidade”, explica a diretora-presidente da instituição, Juliana Vosnika.
Ela lembra que um dos itens do rigoroso protocolo sanitário aprovado pela Secretaria de Estado da Saúde prevê público reduzido e limites individuais em cada sala expositiva, de acordo com o tamanho de cada uma.

O amplo espaço físico de 35 mil metros quadrados faz com que o MON, maior museu de arte da América Latina, seja uma das opções mais seguras de lazer durante a pandemia.
“É importante que o Museu continue sendo um espaço vivo e atuante e que a arte levada até o público possa ter um papel inspirador”, comenta Juliana. “Além de conteúdo, o Museu oferece aos visitantes leveza, entretenimento e descontração de maneira muito segura”, diz.

Outra medida adotada foi a substituição de todo o material impresso, como guias e folders, por versões digitais, disponíveis por QR codes. O protocolo completo de segurança do MON está disponível aqui: bit.ly/protocolomon.

Conteúdo
Várias exposições estão em cartaz atualmente no MON. São elas: “A Travessia do Desastre”, de François Andes; “Schwanke, uma Poética Labiríntica”; “Ásia: a Terra, os Homens, os Deuses – Segunda Edição”; “Japonésia”, de Naoki Ishikawa; “O Mundo Mágico dos Ningyos”; “Luz ≅ Matéria”; “África, Mãe de Todos Nós”; “Museu em Construção”; “Espaço
Niemeyer”; “Cones” e obras do Pátio das Esculturas.

Sobre o MON
O Museu Oscar Niemeyer (MON) pertence ao Estado do Paraná. A instituição abriga referenciais importantes da produção artística nacional e internacional nas áreas de artes visuais, arquitetura e design, além da mais significativa coleção asiática da América Latina. No total, o acervo conta com aproximadamente 7 mil peças, abrigadas em um espaço superior a 35 mil metros quadrados de área construída, sendo 17 mil metros quadrados de área para exposições, o que torna o MON o maior museu de arte da América Latina. Os principais patrocinadores da instituição, empresas que acreditam no papel transformador da arte e da cultura, são: Copel, Sanepar, Grupo Volvo América Latina, Vivo e Moinho Anaconda.

Serviço:
Museu Oscar Niemeyer
Aberto ao público: de segunda a sexta, das 10h às 18h
www.museuoscarniemeyer.org.br

Paraná Banco abre edital para captação de projetos de leis de incentivo fiscal com total estimado de R$ 2,5 milhões

Podem participar projetos aprovados das seguintes leis: Lei de Incentivo à Cultura, Fundo da Infância e Adolescência (FIA), Fundo do Idoso, Lei Federal de Incentivo ao Esporte, Programa Nacional de Apoio a Atenção Oncológica (PRONON) e Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (Pronas)

São Paulo, maio de 2021 - O Paraná Banco abre edital para a captação de projetos de leis de incentivo fiscal, sendo que o objetivo é investir R$ 2,5 milhões nessa área em 2021. No ano passado, foram destinados R$ 2 milhões em ações sociais, entre elas o Festival de Curitiba, que é o maior festival de teatro do Brasil.

O banco apoia projetos nos seguintes setores:

- Cultura, projetos que estimulam e facilitam o acesso da sociedade à arte local e nacional, bem como que permitam ampliar a visão de mundo, mobilizar a sociedade e transformar realidades;

- Social, ações e projetos que façam a diferença no estado do Paraná, contribuindo com soluções que tenham impacto social;

- Esporte, apoiar atletas para que cheguem mais longe e se tornem referências para as próximas gerações;

- Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia, projetos que visam à educação financeira e a inclusão digital, principalmente, voltado à terceira idade;

- Diversidade, projetos com promoção da igualdade, inclusão social, equidade, respeito e que estimulem o acesso a todos.

Para inscrever o projeto social, basta consultar o edital disponível no link http://www.paranabanco.com.br/edital e enviá-lo com os documentos solicitados. A escolha e a divulgação dos projetos aprovados serão realizadas por uma comissão interna do Paraná Banco.

O processo seletivo será composto por 3 fases: avaliação de conformidade social (análise do projeto segundo as vertentes de atuação social do banco); avaliação de conformidade técnica (análise dos documentos e informações enviados pelo candidato segundo os critérios do edital e da legislação pertinente); e realização de entrevistas online com os pré-selecionados pela comissão interna. A divulgação dos projetos selecionados será no dia 17 de dezembro de 2021.

Vale ressaltar que podem participar projetos de todo o país, desde que tenham sido aprovados por um dos seguintes programas de incentivo ou fundo: Cultura (PRONAC) (Lei 8.313/1991 − Lei de Incentivo à Cultura); Lei de Incentivo ao Esporte (Lei 11.438/2006); Fundo Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa − FMDPI (Lei Municipal nº 11.919/06, Decreto nº 1.406/06 e Resolução nº 01/12); Fundo Municipal para Criança e Adolescente, de Curitiba (Decreto Municipal 647/2004), dentre outros fundos estaduais ou municipais, em caráter residual, todos nos termos do art. 260 do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8.069/1990); Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (PRONON) e Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (PRONAS/PCD) - Lei 12.715/2012.

Sobre o Paraná Banco - Banco privado com sede em Curitiba e mais de 40 anos, o Paraná Banco atua em dois segmentos: empréstimo consignado com PB Consignado e investimentos em renda fixa e variável com o Paraná Banco Investimentos. Também oferece produtos de seguros por meio de sua controlada Junto Seguros, e gestão de recursos. Possui mais de 170 lojas físicas em todo o país e também possibilita a contratação de seus produtos por meio digital.

Por atuar em uma combinação de operações de crédito consignado e seguros, possui elevados ratings, de acordo com as agências internacionais de classificação de risco, e oferece rentabilidade superior à do mercado para os investidores.

Acesse: http://www.paranabanco.com.br/

Inspirada em poetisas latino-americanas, Maíra Lour apresenta leitura dramática audiovisual “Insensatez”

Com estreia online e gratuita às 20h do dia 26 de maio, Maíra Lour e Ailén Scandurra interpretam o texto concebido a partir de pesquisas sobre as obras de Ana Cristina César e Alejandra Pizarnik

A leitura dramática em formato audiovisual “Insensatez”, novo projeto autoral de Maíra Lour em parceria com a Flutua Produções, estreia dia 26 de maio (quarta-feira), às 20h, via Youtube. Os ingressos são gratuitos, basta se cadastrar via Sympla para receber o link: sympla.com.br/flutuaproducoes
Maíra Lour, que assina o texto e a direção do espetáculo, contracena com a atriz Ailén Scandurra. A obra é fruto de uma residência artística realizada pelo Programa Iberescena em Buenos Aires no ano de 2017 — quando Maíra investigou a vida e a obra das poetisas Ana Cristina César e Alejandra Pizarnik — e dialoga com questões de vida e morte e a fragilidade do corpo.

Ao misturar leitura dramática e audiovisual, Maíra aposta no texto como criador de imagens, e na intensidade que suas palavras imprimem no espectador somadas à versatilidade de cenas que o audiovisual proporciona. A empreitada foi totalmente pensada, organizada e pré-produzida de forma remota e online, e então gravada seguindo todos os protocolos de saúde exigidos pelas autoridades sanitárias.
Mesmo com o desejo de retornar o quanto antes às salas de ensaio e aos teatros, Maíra vê com otimismo o alcance online que a obra passa a ter dentro dessa realidade: “A leitura online pode atravessar fronteiras com bastante facilidade e encontrar diferentes públicos. Vejo um futuro virtual promissor para essa obra e também idealizo a montagem cênica do texto”, completa a artista.

Como parte do projeto, Maíra também realizou a Oficina “Corpo-Poesia” gratuita e online para 15 pessoas, dentre estudantes das artes cênicas, artistas de teatro, dança e dramaturgos(as), nos dias 04 e 05 de maio. O projeto conta com o incentivo da Lei Aldir Blanc via Programa de Apoio e Incentivo à Cultura - Fundação Cultural de Curitiba, da Prefeitura Municipal de Curitiba e do Ministério do Turismo, e realização da Flutua Produções.

Sobre Maíra Lour
Maíra Lour é diretora teatral, dramaturga e arte educadora. Diretora da Súbita Companhia de Teatro, colaboradora e orientadora do núcleo IMP de pesquisa em dança – Investigação do Movimento Particular e idealizadora do Plataforma - Espaço de Investigação Artística. Artista profundamente interessada pela intersecção entre teatro, dança e literatura. Dedica-se à pesquisa de autoras mulheres latino-americanas; mulheres diretoras de teatro, procedimentos de direção cênica; dramaturgia contemporânea; estudos do corpo dramático-poético e modos colaborativos de criação e produção.

SERVIÇO
Estreia online e gratuita da leitura dramática INSENSATEZ
Online via Youtube
Data estreia: 26 de maio (quarta-feira), às 20h
Inscreva-se gratuitamente para receber o link da estreia e ser lembrado: www.sympla.com.br/flutuaproducoes

FICHA TÉCNICA
Direção e dramaturgia: Maíra Lour
Elenco: Ailén Scandurra e Maíra Lour
Assistente de direção: Dafne Viola
Direção de produção: Gilmar Kaminski
Assistente de produção: Luana Camargo
Direção de fotografia e pós-produção: Eli Firmeza
Som direto, desenho de som e trilha sonora: Álvaro Antonio
Direção de arte: Guenia Lemos
Assistente de direção de arte: Vilson Kurz
Iluminação: Lucri Reggiani
Técnica de montagem de iluminação: Taynara Siqueira
Figurinos: Isbella Brasileiro
Projeto gráfico: Pablito Kucarz
Comunicação: Luísa Bonin e Thays Cristine - Platea Comunicação e Arte

Realização: Flutua Produções
Apoio: Pé no Palco, Alfaiataria e Padaria América

Projeto realizado com recursos da Lei Aldir Blanc através do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura - Fundação Cultural de Curitiba, da Prefeitura Municipal de Curitiba e do Ministério do Turismo.

Curitiba abre inscrições para evento nacional de batalha de rimas

Versão brasileira do famoso Red Bull Batalla terá Kamau no júri e interessados podem se inscrever de modo online

Red Bull Batalla reuniu público de 14 mil pessoas em 2019 e teve ingressos esgotados em menos de 24 horas (Crédito: Gianfranco Tripodo/Red Bull Content Pool)

Fortes nomes do rap reunidos, 14 edições históricas na conta, importante fortalecimento da cena e uma grande comunidade engajada, que somou 17 mil inscritos em um único ano - são nessas características do maior torneio de rap mundial, Red Bull Batalla, que a versão nacional do evento, o Red Bull FrancaMente, se inspira. Adaptado com exclusividade à língua portuguesa, a batalha de rimas chega à sua segunda edição no País e oferece aos fãs de rap a possibilidade de mostrarem sua arte ao Brasil inteiro. Por meio de um aplicativo exclusivo, residentes da capital paranaense podem se inscrever na competição e interagir com MCs de diferentes localidades.

Com grandes referências do cenário do rap compondo a banca de jurados, os participantes terão a responsabilidade de criar seu melhor improviso para convencer Kamau, Slim e Mamuti que devem avançar de fase. Os 32 melhores MCs que passarem para as qualificatórias, serão avaliados pelos rappers no comando dessa segunda etapa: Clara Lima e Max B.O.

Na primeira edição do evento, em 2018, MC Toddy, agora conhecido como WinniT, foi o vencedor que mandou melhor na improvisação e conquistou o favoritismo de Kamau. Desde então, tem evoluído cada vez mais na cena e, neste ano, lançou o seu primeiro EP.

“Acredito que tudo o que aconteceu na minha estruturação como MC se deu muito após a participação - nem me refiro à vitória em si - no Red Bull FrancaMente e aproximação com o Kamau. Até o evento, minha mentalidade não era tão ampla se tratando de batalhas de rima e nem mesmo sobre a minha profissionalização como artista. Para esse ano, espero que todos os envolvidos venham na mesma gana de realizar mais que uma batalha, e sim um show de rimas. Ao pegar no microfone, vale lembrar que cada um é dono da sua verdade e do tamanho da sua vontade”, conta WinniT.

Saiba como participar do Red Bull FrancaMente
Nesta primeira etapa, o participante deve:

1. Baixar o aplicativo Red Bull FrancaMente, disponível para os sistemas Android e iOS
2. Criar um login para entrar na plataforma
3. Gravar um vídeo fazendo o seu improviso, com as palavras que serão sugeridas na plataforma.
4. Todas as rimas serão avaliadas pelo júri, que selecionará os 32 melhores MCs para avançar à fase de qualificatórias.
5. Após isso, os selecionados avançam na competição e serão informados dos detalhes das próximas etapas.

Fique de olho nas datas!
Em 2021, o Red Bull FrancaMente conta com fases de inscrições, qualificatórias e final nacional. Confira, abaixo, as principais datas para não perder nada do evento:

28/04 a 16/05: Inscrições
25/05: Anúncio dos classificados para a fase de qualificatórias
31/05 a 06/06: Qualificatórias regionais
24/06: Anúncio dos classificados para a fase final por meio de Live especial na Twitch
Julho: Final nacional

De onde nasceu o Red Bull FrancaMente
A Red Bull Batalla é o maior evento de rap do mundo e acontece em países de língua hispânica. Ao longo de suas 14 edições, criou uma engajada comunidade ao redor do mundo, reunindo público de mais de 14 mil pessoas em um único ano, e revelou nomes como Aczino, mexicano tetracampeão nacional do evento e o único a vencer uma final nacional fora de seu país e Rapder, atual campeão internacional, que também tornou-se referência no México. O evento ainda inspirou batalhas adaptadas ao idioma local em outros países, como Japão, França, Rússia e também o Brasil - que este ano estende o Red Bull FrancaMente à Portugal, onde os lusitanos se reunirão, no mesmo formato, para disputar no segundo semestre do ano.

E MAIS:
>Acompanhe os bastidores da 14ª edição de Red Bull Batalla, em 2020, assistindo ao documentário Imparables, disponível na Red Bull TV. Caso queira reproduzir o conteúdo em seu site, basta inserir o seguinte código embed:

Diageo cria concurso cultural para beneficiar mil bartenders

Movimento Pró-Bartender vai oferecer R$ 250 em compras de supermercado para bartenders que tenham trabalhado com carteira assinada entre março de 2020 e abril de 2021 em todo o território nacional

São Paulo, 4 de maio de 2021 - A Diageo, líder mundial em bebidas alcoólicas premium, por meio da plataforma Diageo Bar Academy Brasil, está promovendo o concurso cultural "Movimento Pró-Bartender" que vai disponibilizar R$ 250,00 em compras online em um supermercado para mil bartenders de todo o Brasil. Os interessados devem realizar o cadastro no site Diageo Bar Academy Brasil e também preencher o formulário que está no link da bio do Instagram da plataforma @diageobarac_br, respondendo a pergunta cultural "Como você vê a indústria da hospitalidade nos próximos 200 anos?".

O formulário conta com mais seis perguntas optativas relacionadas aos treinamentos online da plataforma do Diageo Bar Academy, que estarão disponíveis para acesso dos participantes. Para a seleção dos vencedores, serão levadas em conta a criatividade e a originalidade da resposta da questão cultural, sendo que em caso de empate, serão observadas as respostas corretas das perguntas optativas. O período de participação vai de 5 a 9 de maio.

Poderão participar do concurso bartenders de bares e restaurantes que tenham trabalhado com carteira assinada entre março de 2020 e abril de 2021 em todo o território nacional.

Para acessar mais informações, consulte o regulamento completo aqui .

Sobre a Diageo

A Diageo é líder mundial no segmento de bebidas alcoólicas premium, com uma coleção de marcas nas categorias de bebidas destiladas e cervejas. O portfólio inclui marcas como Johnnie Walker, Tanqueray, Smirnoff, Old Parr, Gordon’s, Baileys, Cîroc, Guinness, Ypioca, entre outras. A Diageo é uma empresa multinacional que opera em 180 países. As ações da companhia são negociadas na Bolsa de Valores de Nova Iorque (DEO) e na Bolsa de Valores de Londres (DGE). Para mais informações sobre a Diageo, seus funcionários, suas marcas e seu desempenho, visite www.Diageo.com. Saiba mais sobre consumo responsável de bebidas alcoólicas em www.DRINKiQ.com. Beba com Inteligência. Não compartilhe com menores de 18 anos.

Na Lapa, capacitações do Sebrae/PR preparam empresas do setor turístico para retomar atividades

Conduta Segura na Prevenção da Covid-19 e consultorias de sustentabilidade para empresas de hospedagem, bares, restaurantes e eventos estão disponíveis para empreendedores
O Sebrae/PR oferta capacitações para empresas do setor Turismo, segmento muito impactado pela crise da pandemia. No município da Lapa, tradicional destino de turismo histórico e cultural, as capacitações proporcionam um diferencial competitivo para as empresas além da adequação às normas vigentes.

Uma das capacitações estabelece os procedimentos para a prevenção do coronavírus, seguindo o conteúdo do Manual de Conduta Segura para os Serviços de Hospedagem na Prevenção da Covid-19. Para o consultor do Sebrae/PR, Luís Roberto Zaia, a participação de empresas garante que estejam alinhadas às normas e oferece mais segurança para os turistas.

“As consultorias são específicas na conduta segura contra a contaminação, em especial no setor de turismo, gastronomia e hospedagem. Assim, as empresas que se capacitam conseguem um diferencial competitivo, além de entregar mais valor aos clientes”, analisa o consultor.

A metodologia também está dividida em etapas. Em um primeiro momento é feito um diagnóstico da empresa, em que serão percebidas ações que devem ser corrigidas. A segunda etapa é quando os aspectos de prevenção à Covid-19 são abordados e envolve colaboradores. As próximas duas consultorias são reservadas à elaboração dos documentos e implantação dos procedimentos e, após isso, o programa se finaliza com a consultoria final, quando é apurado se todos os procedimentos foram implementados pela empresa.

Dinacir Azambuja, proprietária e chef de cozinha do Restaurante Espaço Único, na Lapa, implantou as condutas de prevenção à Covid-19 e recebeu a consultoria de sustentabilidade, além de fazer o curso de Finanças. De acordo com ela, a mudança e a introdução de protocolos eram extremamente necessários e vão continuar mesmo depois que a pandemia passar.

“As práticas de sustentabilidade foram importantes tanto na conscientização dos colaboradores, quanto na imagem da empresa. O curso de finanças auxiliou com práticas do dia a dia, principalmente com relação ao cuidado maior nesse momento de dificuldades com a queda no movimento. O mais importante é que percebemos que os clientes notaram as mudanças e se sentem seguros”, analisa Dinacir.

Sergio Vinicius de Souza Junior é gerente e proprietário da Pousada Solar da Lapa e também participou das consultorias de adequação às normas contra a Covid-19 e de sustentabilidade. O empreendedor relata que buscava informações detalhadas sobre a preparação de estabelecimentos para o combate ao coronavírus e como trabalhar com protocolos. Segundo ele, a adequação do espaço, processo e produtos foi um novo marco na rotina diária.

“No início da pandemia já havíamos mudado alguns processos, mas depois do treinamento ficou mais evidente a necessidade e a possibilidade de ‘ativarmos’ o protocolo Covid, se necessário. A equipe ficou mais segura com todas as informações, orientações e EPI´S disponibilizados e, principalmente, por saber como utilizá-los. Isso se refletiu nos hóspedes que perceberam o cuidado com a prevenção e a saúde de todos”, diz o proprietário da pousada.

Sergio ainda comenta que a capacitação foi importante no auxílio da percepção das práticas e processos de enfrentamento do vírus, e, caso necessário, na mudança e adequação.

“Capacitações assim, nos dão mais força e ânimo para seguirmos em um momento de tantas incertezas. As ações sustentáveis não são apenas pelo reconhecimento ou por um selo e sim atitudes que são possíveis de serem adotadas independente da sua proporção. As informações são muito relevantes e nos permitiram melhorar nossos processos de forma contínua”, finaliza.

Os treinamentos são online e gratuitos. Os empreendedores que se interessarem pelos temas devem entrar em contato com a ACIAL, Associação Comercial, Industrial e Agrícola da Lapa.

Projeto cultural incentiva a ‘escuta de textos’

Peças de teatro foram gravadas em formato radiofônico e estão disponíveis para serem ‘visualizadas com os ouvidos’

O projeto “Leituras com a Inominável: dramaturgia em discussão” – que gravou leituras de oito peças de teatro e as adaptou ao formato radiofônico – está em nova fase. As primeiras produções já estão disponíveis gratuitamente ao público nos canais do YouTube, Instagram e Facebook da Inominável Companhia de Teatro.

As demais peças radiofônicas continuam com estreias toda sexta e sábado, até final de março, nas mesmas redes sociais. Além de incentivar o trabalho de artistas locais ou radicados na capital paranaense, valorizar e divulgar a dramaturgia contemporânea, a ideia é transportar o ouvinte para cenários tão distintos quanto aqueles narrados durante as gravações.

“Queremos estimular nas pessoas a escuta de textos, a imaginação, a curiosidade e a fantasia para que o público arquitete mentalmente e ‘visualize’ as histórias narradas”, explica a atriz, diretora de produção e sócia-fundadora da trupe teatral, Lilyan de Souza.

Ver com os ouvidos
Essas peças radiofônicas são chamadas de áudio-dramas e equivalem a um tipo de radionovela, mas sem as continuidades de capítulos que são comuns a esse gênero.

Contrariando a overdose visual dos tempos atuais, o projeto deixa as telas de lado e incita nas pessoas a audição, o ouvir atentamente, a percepção do que não é visto e sim imaginado.

Os atores que fizeram as leituras dramatizadas para o rádio foram Lilyan de Souza, Letícia Guazzelli, Lucas Mattana, Fabiane de Cezaro, Lucas Buchile e Rafael di Lari - membros da Inominável Companhia de Teatro.

Como forma de contrapartida social, eles e dois autores convidados por vez vão debater as obras em quatro lives descontraídas - nos dias 07, 14, 21 e 28 de abril – que poderão ser acompanhadas ao vivo pelo YouTube da Companhia.

Entre os dramaturgos confirmados estão Alexandre França, Ali Freyer, Daniela Passarinho, Iamni Reche, Juliana Partika, Léo Moita, Leonarda Glück e Sueli Araújo – todos autores curitibanos ou radicados em Curitiba.

O projeto – que surgiu pela vontade de compartilhar processos, pesquisas e reflexões da Inominável – foi aprovado pelo edital Aldir Blanc de Curitiba – Fomento e está sendo realizado com recursos do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura – Fundação Cultural de Curitiba, da Prefeitura Municipal de Curitiba e do Ministério do Turismo.

Serviço
O que: Peças de teatro que foram gravadas em formato radiofônico estão disponíveis para serem ‘visualizadas com os ouvidos’
Como assistir: Pelo canal do YouTube da Inominável Companhia de Teatro
Quanto: Gratuito

Sugestão de legenda
Foto 1: O ator Lucas Mattana durante as gravações dos áudio-dramas
Crédito da foto: Lilyan de Souza

Arte 2: As peças radiofônicas continuam com estreias toda sexta e sábado, até final de março, nas redes sociais da Inominável Companhia de Teatro
Crédito da arte: Lucas Buchile

STEPAN NERCESSIAN LANÇA PELA EDITORA TORDESILHAS LIVROS O LIVRO GARIMPO DE ALMAS

Atrizes e atores possuem, talvez, mais vidas em si do que qualquer um de nós. Transformam-se em instrumentos e levam vidas destinadas a abrigar experiências daqueles que, muitas das vezes, sequer existem – personagens são criações com origem em muitos seres, formados a partir de memórias, imagens e ideias. Uma amálgama humana, em que um homem comporta cem. É partindo dessa experiência de múltiplas vidas e vozes que Stepan Nercessian, premiado artista e ator brasileiro, conhecido por trabalhos para a televisão e cinema, se lança em outra forma de contar histórias: a narrativa de ficção.

Publicado pela editora Tordesilhas Livros Garimpo de almas é um livro de prosa experimental no qual a poesia, a memória e um olhar elegantemente desprendido do ego imperam, como o olhar que só se pode conferir à vida em nossos últimos dias. No romance, um homem é abalado pela dura imposição do tempo sobre sua estada no mundo, criando contraste entre o que foi e o que é. Nessa desilusão derradeira, Nercessian constrói um personagem real, que poderia ser qualquer um de nós.

Em sua carreira de anos como ator, Stepan Nercessian conquistou a maestria sobre seu ofício e o reconhecimento do público e da crítica, tendo recebido o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro na categoria de Melhor Ator em 2019 por seu trabalho interpretando o personagem principal no longa de Andrucha Waddington, Chacrinha: O Velho Guerreiro (2018).

Agora, em Garimpo de almas, Nercessian leva a mesma maestria ao construir vidas para o texto, fazendo das palavras e da literatura sua nova ferramenta e campo de estudo para viver vidas para além de si.

“A mente do escritor Stepan Nercessian é, antes de tudo, uma mente brasileira de colonização carioca, capaz de rir do que lhe faz mal, como nossos melhores sambistas, chargistas e escritores. O movimento do nosso autor pode ter duas direções distintas, sempre com as mesmas consequências – ou ele parte de uma desgraceira danada para rir-se dela, ou começa rindo da realidade banal para depois elevá-la a tragédia.” – CACÁ DIEGUES

Stepan Nercessian nasceu em 02 de dezembro de 1953, em Goiás. Filho de Karabet Nercessian, armênio, e dona Luiza Nercessian, cearense. Tem quatro irmãs, Armenia, Hayni, Anita e Celina. Casado com Desireé Nercessian, mora no Rio de Janeiro e tem mais de 50 anos de atuação nas artes. Premiado por suas atuações no cinema, na televisão e com passagens marcantes pelo teatro, Stepan também trabalhou como revisor e repórter no Jornal Cinco de Março, em Goiânia. Agora dedicado à literatura, promete outras obras após sua estreia com Garimpo de almas.

"Devemos ser gratos aos que realizam nossos sonhos e gratíssimos aos que sonham por nós, que nos ensinam a sonhar."

Sobre Tordesilhas

Ampliar sua atuação em outros segmentos do mercado, com ênfase nos gêneros de não ficção mais valorizados pelos leitores brasileiros, como biografias, memórias e livros de reportagem. Esse é o objetivo do selo Tordesilhas em sua nova etapa. O apuro na produção dos títulos continua sendo marca registrada do selo, assim como seu compromisso com o rigor das edições e da busca por autores renomados. Além dos clássicos, revisitados com criatividade, estão no radar da nova Tordesilhas escritores nacionais e internacionais que investiguem temas contemporâneos, capazes de nos ajudar a compreender mutações aceleradas do mundo no início do século 21.

Serviço:

Garimpo de Almas