Paraná Banco abre edital para captação de projetos de leis de incentivo fiscal com total estimado de R$ 2,5 milhões

Podem participar projetos aprovados das seguintes leis: Lei de Incentivo à Cultura, Fundo da Infância e Adolescência (FIA), Fundo do Idoso, Lei Federal de Incentivo ao Esporte, Programa Nacional de Apoio a Atenção Oncológica (PRONON) e Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (Pronas)

São Paulo, maio de 2021 - O Paraná Banco abre edital para a captação de projetos de leis de incentivo fiscal, sendo que o objetivo é investir R$ 2,5 milhões nessa área em 2021. No ano passado, foram destinados R$ 2 milhões em ações sociais, entre elas o Festival de Curitiba, que é o maior festival de teatro do Brasil.

O banco apoia projetos nos seguintes setores:

- Cultura, projetos que estimulam e facilitam o acesso da sociedade à arte local e nacional, bem como que permitam ampliar a visão de mundo, mobilizar a sociedade e transformar realidades;

- Social, ações e projetos que façam a diferença no estado do Paraná, contribuindo com soluções que tenham impacto social;

- Esporte, apoiar atletas para que cheguem mais longe e se tornem referências para as próximas gerações;

- Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia, projetos que visam à educação financeira e a inclusão digital, principalmente, voltado à terceira idade;

- Diversidade, projetos com promoção da igualdade, inclusão social, equidade, respeito e que estimulem o acesso a todos.

Para inscrever o projeto social, basta consultar o edital disponível no link http://www.paranabanco.com.br/edital e enviá-lo com os documentos solicitados. A escolha e a divulgação dos projetos aprovados serão realizadas por uma comissão interna do Paraná Banco.

O processo seletivo será composto por 3 fases: avaliação de conformidade social (análise do projeto segundo as vertentes de atuação social do banco); avaliação de conformidade técnica (análise dos documentos e informações enviados pelo candidato segundo os critérios do edital e da legislação pertinente); e realização de entrevistas online com os pré-selecionados pela comissão interna. A divulgação dos projetos selecionados será no dia 17 de dezembro de 2021.

Vale ressaltar que podem participar projetos de todo o país, desde que tenham sido aprovados por um dos seguintes programas de incentivo ou fundo: Cultura (PRONAC) (Lei 8.313/1991 − Lei de Incentivo à Cultura); Lei de Incentivo ao Esporte (Lei 11.438/2006); Fundo Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa − FMDPI (Lei Municipal nº 11.919/06, Decreto nº 1.406/06 e Resolução nº 01/12); Fundo Municipal para Criança e Adolescente, de Curitiba (Decreto Municipal 647/2004), dentre outros fundos estaduais ou municipais, em caráter residual, todos nos termos do art. 260 do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8.069/1990); Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (PRONON) e Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (PRONAS/PCD) - Lei 12.715/2012.

Sobre o Paraná Banco - Banco privado com sede em Curitiba e mais de 40 anos, o Paraná Banco atua em dois segmentos: empréstimo consignado com PB Consignado e investimentos em renda fixa e variável com o Paraná Banco Investimentos. Também oferece produtos de seguros por meio de sua controlada Junto Seguros, e gestão de recursos. Possui mais de 170 lojas físicas em todo o país e também possibilita a contratação de seus produtos por meio digital.

Por atuar em uma combinação de operações de crédito consignado e seguros, possui elevados ratings, de acordo com as agências internacionais de classificação de risco, e oferece rentabilidade superior à do mercado para os investidores.

Acesse: http://www.paranabanco.com.br/

Inspirada em poetisas latino-americanas, Maíra Lour apresenta leitura dramática audiovisual “Insensatez”

Com estreia online e gratuita às 20h do dia 26 de maio, Maíra Lour e Ailén Scandurra interpretam o texto concebido a partir de pesquisas sobre as obras de Ana Cristina César e Alejandra Pizarnik

A leitura dramática em formato audiovisual “Insensatez”, novo projeto autoral de Maíra Lour em parceria com a Flutua Produções, estreia dia 26 de maio (quarta-feira), às 20h, via Youtube. Os ingressos são gratuitos, basta se cadastrar via Sympla para receber o link: sympla.com.br/flutuaproducoes
Maíra Lour, que assina o texto e a direção do espetáculo, contracena com a atriz Ailén Scandurra. A obra é fruto de uma residência artística realizada pelo Programa Iberescena em Buenos Aires no ano de 2017 — quando Maíra investigou a vida e a obra das poetisas Ana Cristina César e Alejandra Pizarnik — e dialoga com questões de vida e morte e a fragilidade do corpo.

Ao misturar leitura dramática e audiovisual, Maíra aposta no texto como criador de imagens, e na intensidade que suas palavras imprimem no espectador somadas à versatilidade de cenas que o audiovisual proporciona. A empreitada foi totalmente pensada, organizada e pré-produzida de forma remota e online, e então gravada seguindo todos os protocolos de saúde exigidos pelas autoridades sanitárias.
Mesmo com o desejo de retornar o quanto antes às salas de ensaio e aos teatros, Maíra vê com otimismo o alcance online que a obra passa a ter dentro dessa realidade: “A leitura online pode atravessar fronteiras com bastante facilidade e encontrar diferentes públicos. Vejo um futuro virtual promissor para essa obra e também idealizo a montagem cênica do texto”, completa a artista.

Como parte do projeto, Maíra também realizou a Oficina “Corpo-Poesia” gratuita e online para 15 pessoas, dentre estudantes das artes cênicas, artistas de teatro, dança e dramaturgos(as), nos dias 04 e 05 de maio. O projeto conta com o incentivo da Lei Aldir Blanc via Programa de Apoio e Incentivo à Cultura - Fundação Cultural de Curitiba, da Prefeitura Municipal de Curitiba e do Ministério do Turismo, e realização da Flutua Produções.

Sobre Maíra Lour
Maíra Lour é diretora teatral, dramaturga e arte educadora. Diretora da Súbita Companhia de Teatro, colaboradora e orientadora do núcleo IMP de pesquisa em dança – Investigação do Movimento Particular e idealizadora do Plataforma - Espaço de Investigação Artística. Artista profundamente interessada pela intersecção entre teatro, dança e literatura. Dedica-se à pesquisa de autoras mulheres latino-americanas; mulheres diretoras de teatro, procedimentos de direção cênica; dramaturgia contemporânea; estudos do corpo dramático-poético e modos colaborativos de criação e produção.

SERVIÇO
Estreia online e gratuita da leitura dramática INSENSATEZ
Online via Youtube
Data estreia: 26 de maio (quarta-feira), às 20h
Inscreva-se gratuitamente para receber o link da estreia e ser lembrado: www.sympla.com.br/flutuaproducoes

FICHA TÉCNICA
Direção e dramaturgia: Maíra Lour
Elenco: Ailén Scandurra e Maíra Lour
Assistente de direção: Dafne Viola
Direção de produção: Gilmar Kaminski
Assistente de produção: Luana Camargo
Direção de fotografia e pós-produção: Eli Firmeza
Som direto, desenho de som e trilha sonora: Álvaro Antonio
Direção de arte: Guenia Lemos
Assistente de direção de arte: Vilson Kurz
Iluminação: Lucri Reggiani
Técnica de montagem de iluminação: Taynara Siqueira
Figurinos: Isbella Brasileiro
Projeto gráfico: Pablito Kucarz
Comunicação: Luísa Bonin e Thays Cristine - Platea Comunicação e Arte

Realização: Flutua Produções
Apoio: Pé no Palco, Alfaiataria e Padaria América

Projeto realizado com recursos da Lei Aldir Blanc através do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura - Fundação Cultural de Curitiba, da Prefeitura Municipal de Curitiba e do Ministério do Turismo.

Curitiba abre inscrições para evento nacional de batalha de rimas

Versão brasileira do famoso Red Bull Batalla terá Kamau no júri e interessados podem se inscrever de modo online

Red Bull Batalla reuniu público de 14 mil pessoas em 2019 e teve ingressos esgotados em menos de 24 horas (Crédito: Gianfranco Tripodo/Red Bull Content Pool)

Fortes nomes do rap reunidos, 14 edições históricas na conta, importante fortalecimento da cena e uma grande comunidade engajada, que somou 17 mil inscritos em um único ano - são nessas características do maior torneio de rap mundial, Red Bull Batalla, que a versão nacional do evento, o Red Bull FrancaMente, se inspira. Adaptado com exclusividade à língua portuguesa, a batalha de rimas chega à sua segunda edição no País e oferece aos fãs de rap a possibilidade de mostrarem sua arte ao Brasil inteiro. Por meio de um aplicativo exclusivo, residentes da capital paranaense podem se inscrever na competição e interagir com MCs de diferentes localidades.

Com grandes referências do cenário do rap compondo a banca de jurados, os participantes terão a responsabilidade de criar seu melhor improviso para convencer Kamau, Slim e Mamuti que devem avançar de fase. Os 32 melhores MCs que passarem para as qualificatórias, serão avaliados pelos rappers no comando dessa segunda etapa: Clara Lima e Max B.O.

Na primeira edição do evento, em 2018, MC Toddy, agora conhecido como WinniT, foi o vencedor que mandou melhor na improvisação e conquistou o favoritismo de Kamau. Desde então, tem evoluído cada vez mais na cena e, neste ano, lançou o seu primeiro EP.

“Acredito que tudo o que aconteceu na minha estruturação como MC se deu muito após a participação - nem me refiro à vitória em si - no Red Bull FrancaMente e aproximação com o Kamau. Até o evento, minha mentalidade não era tão ampla se tratando de batalhas de rima e nem mesmo sobre a minha profissionalização como artista. Para esse ano, espero que todos os envolvidos venham na mesma gana de realizar mais que uma batalha, e sim um show de rimas. Ao pegar no microfone, vale lembrar que cada um é dono da sua verdade e do tamanho da sua vontade”, conta WinniT.

Saiba como participar do Red Bull FrancaMente
Nesta primeira etapa, o participante deve:

1. Baixar o aplicativo Red Bull FrancaMente, disponível para os sistemas Android e iOS
2. Criar um login para entrar na plataforma
3. Gravar um vídeo fazendo o seu improviso, com as palavras que serão sugeridas na plataforma.
4. Todas as rimas serão avaliadas pelo júri, que selecionará os 32 melhores MCs para avançar à fase de qualificatórias.
5. Após isso, os selecionados avançam na competição e serão informados dos detalhes das próximas etapas.

Fique de olho nas datas!
Em 2021, o Red Bull FrancaMente conta com fases de inscrições, qualificatórias e final nacional. Confira, abaixo, as principais datas para não perder nada do evento:

28/04 a 16/05: Inscrições
25/05: Anúncio dos classificados para a fase de qualificatórias
31/05 a 06/06: Qualificatórias regionais
24/06: Anúncio dos classificados para a fase final por meio de Live especial na Twitch
Julho: Final nacional

De onde nasceu o Red Bull FrancaMente
A Red Bull Batalla é o maior evento de rap do mundo e acontece em países de língua hispânica. Ao longo de suas 14 edições, criou uma engajada comunidade ao redor do mundo, reunindo público de mais de 14 mil pessoas em um único ano, e revelou nomes como Aczino, mexicano tetracampeão nacional do evento e o único a vencer uma final nacional fora de seu país e Rapder, atual campeão internacional, que também tornou-se referência no México. O evento ainda inspirou batalhas adaptadas ao idioma local em outros países, como Japão, França, Rússia e também o Brasil - que este ano estende o Red Bull FrancaMente à Portugal, onde os lusitanos se reunirão, no mesmo formato, para disputar no segundo semestre do ano.

E MAIS:
>Acompanhe os bastidores da 14ª edição de Red Bull Batalla, em 2020, assistindo ao documentário Imparables, disponível na Red Bull TV. Caso queira reproduzir o conteúdo em seu site, basta inserir o seguinte código embed:

Diageo cria concurso cultural para beneficiar mil bartenders

Movimento Pró-Bartender vai oferecer R$ 250 em compras de supermercado para bartenders que tenham trabalhado com carteira assinada entre março de 2020 e abril de 2021 em todo o território nacional

São Paulo, 4 de maio de 2021 - A Diageo, líder mundial em bebidas alcoólicas premium, por meio da plataforma Diageo Bar Academy Brasil, está promovendo o concurso cultural "Movimento Pró-Bartender" que vai disponibilizar R$ 250,00 em compras online em um supermercado para mil bartenders de todo o Brasil. Os interessados devem realizar o cadastro no site Diageo Bar Academy Brasil e também preencher o formulário que está no link da bio do Instagram da plataforma @diageobarac_br, respondendo a pergunta cultural "Como você vê a indústria da hospitalidade nos próximos 200 anos?".

O formulário conta com mais seis perguntas optativas relacionadas aos treinamentos online da plataforma do Diageo Bar Academy, que estarão disponíveis para acesso dos participantes. Para a seleção dos vencedores, serão levadas em conta a criatividade e a originalidade da resposta da questão cultural, sendo que em caso de empate, serão observadas as respostas corretas das perguntas optativas. O período de participação vai de 5 a 9 de maio.

Poderão participar do concurso bartenders de bares e restaurantes que tenham trabalhado com carteira assinada entre março de 2020 e abril de 2021 em todo o território nacional.

Para acessar mais informações, consulte o regulamento completo aqui .

Sobre a Diageo

A Diageo é líder mundial no segmento de bebidas alcoólicas premium, com uma coleção de marcas nas categorias de bebidas destiladas e cervejas. O portfólio inclui marcas como Johnnie Walker, Tanqueray, Smirnoff, Old Parr, Gordon’s, Baileys, Cîroc, Guinness, Ypioca, entre outras. A Diageo é uma empresa multinacional que opera em 180 países. As ações da companhia são negociadas na Bolsa de Valores de Nova Iorque (DEO) e na Bolsa de Valores de Londres (DGE). Para mais informações sobre a Diageo, seus funcionários, suas marcas e seu desempenho, visite www.Diageo.com. Saiba mais sobre consumo responsável de bebidas alcoólicas em www.DRINKiQ.com. Beba com Inteligência. Não compartilhe com menores de 18 anos.

Na Lapa, capacitações do Sebrae/PR preparam empresas do setor turístico para retomar atividades

Conduta Segura na Prevenção da Covid-19 e consultorias de sustentabilidade para empresas de hospedagem, bares, restaurantes e eventos estão disponíveis para empreendedores
O Sebrae/PR oferta capacitações para empresas do setor Turismo, segmento muito impactado pela crise da pandemia. No município da Lapa, tradicional destino de turismo histórico e cultural, as capacitações proporcionam um diferencial competitivo para as empresas além da adequação às normas vigentes.

Uma das capacitações estabelece os procedimentos para a prevenção do coronavírus, seguindo o conteúdo do Manual de Conduta Segura para os Serviços de Hospedagem na Prevenção da Covid-19. Para o consultor do Sebrae/PR, Luís Roberto Zaia, a participação de empresas garante que estejam alinhadas às normas e oferece mais segurança para os turistas.

“As consultorias são específicas na conduta segura contra a contaminação, em especial no setor de turismo, gastronomia e hospedagem. Assim, as empresas que se capacitam conseguem um diferencial competitivo, além de entregar mais valor aos clientes”, analisa o consultor.

A metodologia também está dividida em etapas. Em um primeiro momento é feito um diagnóstico da empresa, em que serão percebidas ações que devem ser corrigidas. A segunda etapa é quando os aspectos de prevenção à Covid-19 são abordados e envolve colaboradores. As próximas duas consultorias são reservadas à elaboração dos documentos e implantação dos procedimentos e, após isso, o programa se finaliza com a consultoria final, quando é apurado se todos os procedimentos foram implementados pela empresa.

Dinacir Azambuja, proprietária e chef de cozinha do Restaurante Espaço Único, na Lapa, implantou as condutas de prevenção à Covid-19 e recebeu a consultoria de sustentabilidade, além de fazer o curso de Finanças. De acordo com ela, a mudança e a introdução de protocolos eram extremamente necessários e vão continuar mesmo depois que a pandemia passar.

“As práticas de sustentabilidade foram importantes tanto na conscientização dos colaboradores, quanto na imagem da empresa. O curso de finanças auxiliou com práticas do dia a dia, principalmente com relação ao cuidado maior nesse momento de dificuldades com a queda no movimento. O mais importante é que percebemos que os clientes notaram as mudanças e se sentem seguros”, analisa Dinacir.

Sergio Vinicius de Souza Junior é gerente e proprietário da Pousada Solar da Lapa e também participou das consultorias de adequação às normas contra a Covid-19 e de sustentabilidade. O empreendedor relata que buscava informações detalhadas sobre a preparação de estabelecimentos para o combate ao coronavírus e como trabalhar com protocolos. Segundo ele, a adequação do espaço, processo e produtos foi um novo marco na rotina diária.

“No início da pandemia já havíamos mudado alguns processos, mas depois do treinamento ficou mais evidente a necessidade e a possibilidade de ‘ativarmos’ o protocolo Covid, se necessário. A equipe ficou mais segura com todas as informações, orientações e EPI´S disponibilizados e, principalmente, por saber como utilizá-los. Isso se refletiu nos hóspedes que perceberam o cuidado com a prevenção e a saúde de todos”, diz o proprietário da pousada.

Sergio ainda comenta que a capacitação foi importante no auxílio da percepção das práticas e processos de enfrentamento do vírus, e, caso necessário, na mudança e adequação.

“Capacitações assim, nos dão mais força e ânimo para seguirmos em um momento de tantas incertezas. As ações sustentáveis não são apenas pelo reconhecimento ou por um selo e sim atitudes que são possíveis de serem adotadas independente da sua proporção. As informações são muito relevantes e nos permitiram melhorar nossos processos de forma contínua”, finaliza.

Os treinamentos são online e gratuitos. Os empreendedores que se interessarem pelos temas devem entrar em contato com a ACIAL, Associação Comercial, Industrial e Agrícola da Lapa.

Projeto cultural incentiva a ‘escuta de textos’

Peças de teatro foram gravadas em formato radiofônico e estão disponíveis para serem ‘visualizadas com os ouvidos’

O projeto “Leituras com a Inominável: dramaturgia em discussão” – que gravou leituras de oito peças de teatro e as adaptou ao formato radiofônico – está em nova fase. As primeiras produções já estão disponíveis gratuitamente ao público nos canais do YouTube, Instagram e Facebook da Inominável Companhia de Teatro.

As demais peças radiofônicas continuam com estreias toda sexta e sábado, até final de março, nas mesmas redes sociais. Além de incentivar o trabalho de artistas locais ou radicados na capital paranaense, valorizar e divulgar a dramaturgia contemporânea, a ideia é transportar o ouvinte para cenários tão distintos quanto aqueles narrados durante as gravações.

“Queremos estimular nas pessoas a escuta de textos, a imaginação, a curiosidade e a fantasia para que o público arquitete mentalmente e ‘visualize’ as histórias narradas”, explica a atriz, diretora de produção e sócia-fundadora da trupe teatral, Lilyan de Souza.

Ver com os ouvidos
Essas peças radiofônicas são chamadas de áudio-dramas e equivalem a um tipo de radionovela, mas sem as continuidades de capítulos que são comuns a esse gênero.

Contrariando a overdose visual dos tempos atuais, o projeto deixa as telas de lado e incita nas pessoas a audição, o ouvir atentamente, a percepção do que não é visto e sim imaginado.

Os atores que fizeram as leituras dramatizadas para o rádio foram Lilyan de Souza, Letícia Guazzelli, Lucas Mattana, Fabiane de Cezaro, Lucas Buchile e Rafael di Lari - membros da Inominável Companhia de Teatro.

Como forma de contrapartida social, eles e dois autores convidados por vez vão debater as obras em quatro lives descontraídas - nos dias 07, 14, 21 e 28 de abril – que poderão ser acompanhadas ao vivo pelo YouTube da Companhia.

Entre os dramaturgos confirmados estão Alexandre França, Ali Freyer, Daniela Passarinho, Iamni Reche, Juliana Partika, Léo Moita, Leonarda Glück e Sueli Araújo – todos autores curitibanos ou radicados em Curitiba.

O projeto – que surgiu pela vontade de compartilhar processos, pesquisas e reflexões da Inominável – foi aprovado pelo edital Aldir Blanc de Curitiba – Fomento e está sendo realizado com recursos do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura – Fundação Cultural de Curitiba, da Prefeitura Municipal de Curitiba e do Ministério do Turismo.

Serviço
O que: Peças de teatro que foram gravadas em formato radiofônico estão disponíveis para serem ‘visualizadas com os ouvidos’
Como assistir: Pelo canal do YouTube da Inominável Companhia de Teatro
Quanto: Gratuito

Sugestão de legenda
Foto 1: O ator Lucas Mattana durante as gravações dos áudio-dramas
Crédito da foto: Lilyan de Souza

Arte 2: As peças radiofônicas continuam com estreias toda sexta e sábado, até final de março, nas redes sociais da Inominável Companhia de Teatro
Crédito da arte: Lucas Buchile

STEPAN NERCESSIAN LANÇA PELA EDITORA TORDESILHAS LIVROS O LIVRO GARIMPO DE ALMAS

Atrizes e atores possuem, talvez, mais vidas em si do que qualquer um de nós. Transformam-se em instrumentos e levam vidas destinadas a abrigar experiências daqueles que, muitas das vezes, sequer existem – personagens são criações com origem em muitos seres, formados a partir de memórias, imagens e ideias. Uma amálgama humana, em que um homem comporta cem. É partindo dessa experiência de múltiplas vidas e vozes que Stepan Nercessian, premiado artista e ator brasileiro, conhecido por trabalhos para a televisão e cinema, se lança em outra forma de contar histórias: a narrativa de ficção.

Publicado pela editora Tordesilhas Livros Garimpo de almas é um livro de prosa experimental no qual a poesia, a memória e um olhar elegantemente desprendido do ego imperam, como o olhar que só se pode conferir à vida em nossos últimos dias. No romance, um homem é abalado pela dura imposição do tempo sobre sua estada no mundo, criando contraste entre o que foi e o que é. Nessa desilusão derradeira, Nercessian constrói um personagem real, que poderia ser qualquer um de nós.

Em sua carreira de anos como ator, Stepan Nercessian conquistou a maestria sobre seu ofício e o reconhecimento do público e da crítica, tendo recebido o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro na categoria de Melhor Ator em 2019 por seu trabalho interpretando o personagem principal no longa de Andrucha Waddington, Chacrinha: O Velho Guerreiro (2018).

Agora, em Garimpo de almas, Nercessian leva a mesma maestria ao construir vidas para o texto, fazendo das palavras e da literatura sua nova ferramenta e campo de estudo para viver vidas para além de si.

“A mente do escritor Stepan Nercessian é, antes de tudo, uma mente brasileira de colonização carioca, capaz de rir do que lhe faz mal, como nossos melhores sambistas, chargistas e escritores. O movimento do nosso autor pode ter duas direções distintas, sempre com as mesmas consequências – ou ele parte de uma desgraceira danada para rir-se dela, ou começa rindo da realidade banal para depois elevá-la a tragédia.” – CACÁ DIEGUES

Stepan Nercessian nasceu em 02 de dezembro de 1953, em Goiás. Filho de Karabet Nercessian, armênio, e dona Luiza Nercessian, cearense. Tem quatro irmãs, Armenia, Hayni, Anita e Celina. Casado com Desireé Nercessian, mora no Rio de Janeiro e tem mais de 50 anos de atuação nas artes. Premiado por suas atuações no cinema, na televisão e com passagens marcantes pelo teatro, Stepan também trabalhou como revisor e repórter no Jornal Cinco de Março, em Goiânia. Agora dedicado à literatura, promete outras obras após sua estreia com Garimpo de almas.

"Devemos ser gratos aos que realizam nossos sonhos e gratíssimos aos que sonham por nós, que nos ensinam a sonhar."

Sobre Tordesilhas

Ampliar sua atuação em outros segmentos do mercado, com ênfase nos gêneros de não ficção mais valorizados pelos leitores brasileiros, como biografias, memórias e livros de reportagem. Esse é o objetivo do selo Tordesilhas em sua nova etapa. O apuro na produção dos títulos continua sendo marca registrada do selo, assim como seu compromisso com o rigor das edições e da busca por autores renomados. Além dos clássicos, revisitados com criatividade, estão no radar da nova Tordesilhas escritores nacionais e internacionais que investiguem temas contemporâneos, capazes de nos ajudar a compreender mutações aceleradas do mundo no início do século 21.

Serviço:

Garimpo de Almas

Mês da mulher tem programação especial nos equipamentos culturais gerenciados pela Poiesis

Com saraus, curso, oficinas, shows e podcast, as atividades acontecem nas plataformas on-line

Os Museus Casa da Rosas, Casa Guilherme de Almeida e Casa Mário de Andrade, as Oficinas Culturais e as Fábricas de Cultura, equipamentos da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e gerenciados pela Poiesis, promovem, durante março, diversas atividades dedicadas ao mês da mulher.

Casa das Rosas

Uma iniciativa do Centro de Referência Haroldo de Campos da Casa das Rosas, a coleção "Poesia Aqui e Agora", que tem início com a publicação E se amputassem a poesia?, divulgará textos que refletem sobre as questões da poesia de hoje. Este evento lançará a primeira plaquete da coleção, com ensaio escrito por Diana Junkes a respeito de um poema de Paulo Ferraz. O evento será realizado no dia 12 de março, às 19h pelo Zoom e contará com uma conversa com a autora e com o poeta cujo poema é tratado no ensaio.

A partir de um corte sincrônico feito na história da literatura brasileira e mundial, Diálogos Sincrônicos, a nova série de saraus da Casa das Rosas, pretende evidenciar o diálogo entre gerações, trazendo leituras de movimentos e grupos já inseridos na tradição literária com o microfone aberto para a multiplicidade poética da atualidade. O sarau acontecerá pelo Zoom, nos dias 13 e 27 de março, das 19h às 21h. O primeiro encontro será realizado a partir da obra de Carolina Maria de Jesus e o segundo a partir da obra de Maria Firmina dos Santos. Não é necessário inscrever-se previamente.

O Slam das Minas - SP é um coletivo de artistas e poetas que nasceu em março de 2016, no mês da Mulher, para criar um espaço de voz e acolhimento para as minas, monas e manas, além de garantir uma vaga feminina para o Slam BR. Neste pocket poesia, o coletivo apresentará textos que se costuram abordando diferentes vertentes que permeiam o universo feminino, do corpo ao pensamento, da luta à liberdade, do sonho ao ser. A atividade será transmitida pela página da Casa das Rosas no YouTube no dia 20 de março, às 19h.

Casa Guilherme de Almeida

O curso Trajetórias do "Eu" feminino na literatura e no cinema se propõe a estudar o discurso que institui duas importantes personagens femininas em narrativas produzidas pela cineasta Agnès Varda e pela escritora Clarice Lispector nos anos 1960 - período em que a voz das mulheres abriu caminhos nos meios artísticos e intelectuais do mundo ocidental para reivindicar e obter maior autonomia de escolhas. As aulas acontecerão às segundas-feiras, dias 8, 15, 22 e 29 de março, das 19h às 21h pela plataforma Zoom. As inscrições estão abertas até o dia 5 de março, neste link.

Em Museu, memória e o público 60+, o núcleo de ação educativa da Casa Guilherme de Almeida entrevistará a conhecida Vovó Neuza sobre sua trajetória de vida e sobre seu trabalho de recuperação, valorização e registro de memórias pessoais. A entrevista será transmitida pelo YouTube e Facebook no dia 12 de março, às 16h30.

Casa Mário de Andrade

Nos encontros do Clube de Leitura da Casa Mário de Andrade, os participantes terão oportunidade de conhecer o movimento de mulheres cordelistas e os esforços de escritoras de cordel que se organizaram para combater a desigualdade de gênero por meio de suas obras e ações. A cada encontro, uma autora convidada fará uma breve apresentação de sua trajetória, seguida da leitura de um de seus cordéis. No dia 27 de março, a cordelista Graciele Castro lançará o cordel inédito ABC da Mulher Cordelista. A atividade será desenvolvida pelo Google Meet e os interessados deverão se inscrever neste link até o dia do evento.

Oficinas Culturais

Na live Mulheres do Gau, Natali Conceição visita o projeto Mulheres do Gau (Grupo de Agricultura Urbana), um coletivo de mulheres imigrantes nordestinas que trabalham como agricultoras no Viveiro Escola localizado na várzea do Rio Tietê, em São Miguel Paulista. A atividade, que faz parte do projeto Ocupação Sustentável: Práticas Artístico-ambientais, será transmitida pelo Instagram no dia 26 de março, sexta-feira, às 11h.

O show Pele em flor é um encontro com o poema em tempos de alerta. Influenciada pelas manifestações da cultura popular brasileira e pela literatura que nasce do povo, Heloisa de Lima costura poesia e música num manto que veste as dores e delícias do dia a dia. As composições trazem elementos da urbanidade, da religiosidade afrobrasileira, das feminilidades e sua relação com o meio. Pelo YouTube , o show será exibido no dia 27 de março, sábado às 15h.

Fábricas de Cultura

DJ Donna sempre sentiu todas as dificuldades e obstáculos de se inserir na cena Hip Hop. Com isso, percebeu a necessidade de conectar todas as mulheres através de sua arte, a música. Pelo YouTube, ela apresentará uma discotecagem especial às mulheres MCs do Rap Nacional na atividade Conexões urbanas femininas no dia 9 de março, terça-feira, às 19h.

O grupo Forró Viola, com Danuza Novaes na voz, Mica Matos no violão, Rayra Maciel na zabumba e Yasmim Matias no triângulo, apresenta um show que evidencia a figura feminina no mundo artístico ocupando os espaços da produção cultural trazendo a arte do sagrado feminino em foco. Entre triângulos e zabumba as mulheres acontecerá no dia 13 de março, sábado às 18h, pelo YouTube.

Conceição Evaristo é uma importante escritora brasileira nascida em Belo Horizonte. A atividade Tomando a voz: mulheres negras tem como objetivo a elaboração de uma breve resenha do livro "Olhos D’ Água" que, de forma muito sensível, discorre sobre desigualdade, gênero, discriminação racial e classe. A exibição será no dia 15 de março, segunda-feira às 11h, pelo YouTube.

O livro "Gasolina & Fósforo - meu corpo em chamas" é a primeira obra autoral, em formato híbrido, da jornalista e escritora Jéssica Balbino. Com poemas, prosa e contos que falam essencialmente sobre o corporalidade, dissidência, sensualidade e sexualidade, a obra é acompanhada por fotografias e reúne textos ácidos sobre como é existir habitando um corpo não padrão na contemporaneidade. Jéssica Balbino apresentará a sua obra no dia 16 de março, terça-feira às 19h, pelo IGTV .

O que é RPG? E a representatividade feminina no mundo dos jogos tem como propósito despertar o interesse do público para o mundo do RPG, com seus jogos que podem ser disputados tanto on-line quanto presencialmente, linkando o trabalho com alguns autores e livros, que influenciam e influenciaram diretamente na criação de grandes jogos deste cenário. A atividade discutirá sobre a questão da representatividade feminina no mundo dos jogos de RPG e seus derivados no dia 17 de março, quarta-feira às 15h, no YouTube.

Domênica David, a Dodô Filosofia é uma das vocais, linha de frente na Banda Filosofia Reggae. Dodô contará sobre suas experiências enquanto mulher preta, em uma banda com formação feminina composta por três irmãs lutando pelo seu espaço em uma trajetória que completa dezessete anos de palco em um cenário musical protagonizado por uma maioria branca e masculina em um dos gêneros mais marginalizados, a música Reggae. O poder do femininsmo na música será realizado pelo Facebook no dia 18 de março, quinta-feira, às 19h.

POTÊNCIAS é a apresentação de poesias e versos compostos pelas poetas Ayana e Jéssica Campos. Através das palavras, elas mostram seu universo, suas visões de mundo, suas ancestralidades, inspirando e reverberando em cada linha e letra tudo que são e tudo o que têm construído. A atividade será transmitida no IGTV no dia 19 de março, sexta-feira, às 19h.

O pocket show Releituras fora de série consiste em uma apresentação da cantora Dri Lima com releituras de músicas gravadas pelo grupo Fora de Série, o primeiro grupo feminino de samba do Brasil, onde Dri Lima foi uma das fundadoras no final da década de 80. O show, que terá a participação de Ademilson Marçal, acontecerá no YouTube, no dia 20 de março, sábado às 17h.

Também no dia 20, às 20h pelo IGTV, será apresentada a história de Pagu em Pagu, a musa dos movimentos modernistas. Pagu foi escritora, jornalista, poeta, produtora cultural e militante política brasileira. Foi celebrada como musa do movimento modernista, pela proximidade com o casal Oswald de Andrade e Tarsila do Amaral que a apresentaram ao movimento antropofágico

Com foco nas modalidades de Break e All Style (Waacking, Vouguing, Popping, Locking, etc), o Projeto BCA: Batom, Cabelo, Atitude e Dança é uma cypher com o intuito de valorizar as mulheres dentro da cena do Hip Hop, onde historicamente tiveram espaço reduzido, especialmente na dança. A atividade será realizada no YouTube, dia 21 de março, domingo às 18h.

No podcast Pode tudo! Pode tudo?, Malu Maria pergunta: as ruas são feitas para as mulheres? Com suas convidadas, será discutida a presença feminina nas grandes cidades: existe lugar e segurança para todas? Depois do bate-papo, será exibido o segundo capítulo da radionovela do podcast Pode Tudo!: "A porta aberta", de Saki, com as vozes da Equipe Biblioteca. O podcast será disponibilizado no dia 22 de março, segunda-feira às 15h, no Soundcloud.

No bate-papo de Empreendedorismo cultura, economia criativa e afroempreendedorismo, Lília Reis, atriz, produtora e coordenadora do Coletivo de Afroempreendedorismo, trará uma conversa com diversas dicas e orientações úteis sobre soluções online para que a ação do empreendedorismo não seja paralisada, já que existem técnicas de propostas e engajamento que possibilitam maiores acessos a conteúdos e vendas online, além de atividades artísticas com qualidade e monetização a partir do momento que cada pessoa empreendedora se compromete a aprender e se colocar também aberta ao aprendizado no ambiente virtual. A conversa será transmitida no IGTV no dia 23 de março, terça-feira, às 18h.

SERVIÇO

Casa das Rosas

Lançamento
E SE AMPUTASSEM A POESIA?
De Diana Junkes
Sexta-feira, 12 de março, das 19h às 21h
Plataforma: Zoom
Link de acesso: https://us02web.zoom.us/j/81995223931

SARAU
DIÁLOGOS SINCRÔNICOS
Carolina Maria de Jesus
Organização: Débora Garcia
Sábado, 13 de março, das 19h às 21h
Plataforma: Zoom
Link de acesso: https://us02web.zoom.us/j/83475057436

Maria Firmina dos Santos
Organização: Eliane Marques
Sábado, 27 de março, das 19h às 21h
Plataforma: Zoom
Link de acesso: https://us02web.zoom.us/j/88915618565

SARAU
SLAM DAS MINAS - POCKET POESIA
Sábado, 20 de março, das 19h às 21h
Página da Casa das Rosas no YouTube

Casa Guilherme de Almeida

TRAJETÓRIAS DO "EU" FEMININO NA LITERATURA E NO CINEMA
Segundas-feiras, 8, 15, 22 e 29 de março das 19h às 21h
Para realizar sua inscrição, clique aqui
As aulas serão transmitidas online, através da plataforma Zoom.

MUSEU, MEMÓRIA E O PÚBLICO 60+ - ENTREVISTA COM NEUZA GUERREIRO DE CARVALHO
Com Núcleo de Ação Educativa
Sexta-feira, 12 de março de 2021 | 16h30
Plataforma: YouTube e Facebook

Casa Mário de Andrade

CLUBE DE LEITURA CASA MÁRIO DE ANDRADE
Com Lucineide Vieira e Graciele Castro
27 de março, das 16h30 às 18h
Inscrições: até o dia 27 de março, https://poiesis.education1.com.br/publico/inscricao/964bc1c4246b6a9d8afaa820e8fdc519

Oficinas Culturais

LIVE: MULHERES DO GAU
Coordenação: Natali Santos.
Data e horário: 26/3 - sexta-feira - 11h às 12h
Faixa Etária: Atividade Livre
Plataforma de exibição: Instagram

SHOW: PELE EM FLOR: UM CONVITE PARA ADUBAR AS RAÍZES
Coordenação: Heloisa Vieira.
Data e horário: 27/3 - sábado - 15h
Plataforma de exibição: YouTube

Fábricas de Cultura

CONEXÕES URBANAS FEMININAS COM DJ DONNA
9/3 - terça-feira - 19h
Participação: aberta ao público
Faixa etária: livre
Plataforma: YouTube

ENTRE TRIÂNGULOS E ZABUMBA AS MULHERES
13/3 - sábado - 18h
Participação: aberta ao público
Faixa etária: livre
Plataforma: YouTube

TOMANDO A VOZ: MULHERES NEGRAS NA LITERATURA
15/3 - segunda-feira - 11h às 12h
Participação: aberta ao público
Faixa etária: livre
Plataforma: YouTube

GASOLINA E FÓSFORO - MEU CORPO EM CHAMAS
16/3 - terça-feira - 19h
Participação: aberta ao público
Faixa etária: a partir de 12 anos
Plataforma: IGTV

O QUE É RPG? E A REPRESENTATIVIDADE FEMININA NO MUNDO DOS JOGOS
17/3 - quarta-feira - 15h às 16h
Participação: aberta ao público
Faixa etária: livre
Plataforma: YouTube

O PODER DO FEMINISMO NA MÚSICA - DOMÊNICA DAVID
18/3 - quinta-feira - 19h
Participação: aberta ao público
Faixa etária: livre
Plataforma: Facebook

POTÊNCIAS - POESIAS DE AYANA E JÉSSICA CAMPOS
19/3 - sexta-feira - 19h
Participação: aberta ao público
Faixa etária: livre
Plataforma: IGTV

RELEITURAS FORA DE SÉRIE COM DRI LIMA
20/3 - sábado - 17h
Participação: aberta ao público
Faixa etária: livre
Plataforma: YouTube

PAGU, A MUSA DOS MOVIMENTOS MODERNISTAS
20/3 - sábado - 20h
Participação: aberta ao público
Faixa etária: livre
Plataforma: IGTV

PROJETO BCA: BATOM, CABELO, ATITUDE E DANÇA
21/3 - domingo - 18h
Participação: aberta ao público
Faixa etária: livre
Plataforma: YouTube

PODCAST PODE TUDO! PODE TUDO? EP.09 MARIA MALU MATOS E CONVIDADAS - COM EQUIPE BIBLIOTECA
22/3 - segunda-feira - 15h às 16h
Participação: aberta ao público
Faixa etária: livre
Plataforma: Soundcloud

EMPREENDEDORISMO CULTURAL, ECONOMIA CRIATIVA E AFROEMPREENDEDORISMO
23/3 - terça-feira - 18h
Participação: aberta ao público
Faixa etária: livre
Plataforma: IGTV

SOBRE A CASA DAS ROSAS
A Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos é um museu dedicado à poesia, à literatura, à cultura e à preservação do acervo bibliográfico do poeta paulistano Haroldo de Campos, um dos criadores do movimento da poesia concreta na década de 1950. Localizada em uma das avenidas mais importantes da cidade de São Paulo, a Avenida Paulista, o espaço realiza intensa programação de atividades gratuitas, como oficinas de criação e crítica literárias, palestras, ciclos de debates, exposições, apresentações literárias e musicais, saraus, lançamentos de livros, performances e apresentações teatrais. O museu está instalado em um imponente casarão, construído em 1935 pelo escritório Ramos de Azevedo, que na época já tinha projetado e executado importantes edifícios na cidade, como a Pinacoteca do Estado, o Teatro Municipal e o Mercado Público de São Paulo.

SOBRE A CASA GUILHERME DE ALMEIDA
Inaugurada em 1979, a Casa Guilherme de Almeida, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerenciada pela Poiesis, está instalada na residência onde viveu o poeta, tradutor, jornalista e advogado paulista Guilherme de Almeida (1890-1969), um dos mentores do movimento modernista brasileiro. Seu acervo é constituído por uma significativa coleção de obras, gravuras, desenhos, esculturas, pinturas, em grande parte oferecidas ao poeta pelos principais artistas do modernismo brasileiro, como Anita Malfatti, Tarsila do Amaral, Emiliano Di Cavalcanti, Lasar Segall e Victor Brecheret. Hoje, o museu oferece uma série de atividades gratuitas relacionadas a todas as áreas de atuação de Guilherme de Almeida, da literatura traduzida ao cinema, passando pelo jornalismo e pelo teatro. Trata-se da primeira instituição não acadêmica a manter um Centro de Estudos de Tradução Literária no país.

SOBRE A CASA MÁRIO DE ANDRADE
A Casa Mário de Andrade funciona no endereço da antiga casa do escritor Mário de Andrade, um dos principais mentores do modernismo brasileiro e da Semana de Arte Moderna de 1922. O museu abriga uma exposição permanente, que é aberta à visitação, com objetos pessoais do modernista, além de documentos de imagem e áudio relacionados à sua trajetória. O museu também realiza uma intensa programação de atividades culturais e educativas. A Casa integra a Rede de Museus-Casas Literários da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerenciada pela Poiesis.

SOBRE O PROGRAMA OFICINAS CULTURAIS
Como uma iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e gerenciado pela POIESIS - Organização Social de Cultura, o Programa Oficinas Culturais dialoga com o interior por meio de dois festivais (FLI - Festival Literário e MIA - Festival de Música Instrumental), Jornadas de Gestão Cultural, Ciclos de Estudos sobre Cultura Tradicional e Contemporaneidade, Programa de Qualificação em Artes que dá orientação artística a grupos, companhias ou coletivos de dança e teatro no interior, litoral e região metropolitana de São Paulo, e o Programa de Formação no Interior que oferece atividades formativas.
Além disso, na cidade de São Paulo, o programa realiza atividades de formação e difusão em três espaços: Oficina Cultural Oswald de Andrade (Bom Retiro), Oficina Cultural Alfredo Volpi (Itaquera) e Oficina Cultural Maestro Juan Serrano (Taipas).

SOBRE AS FÁBRICAS DE CULTURA
As Fábricas de Cultura são espaços de acesso gratuito que disponibilizam diversas atividades artísticas. Criadas com o objetivo de ampliar o conhecimento cultural por meio da interação com a comunidade, as Fábricas oferecem uma programação cultural diversificada. Nas unidades você encontrará cursos, atividades, bibliotecas e estúdios de gravação. Em 2020 e 2021, o Programa Fábricas de Cultura - instituições da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, gerenciadas pela Poiesis - conta com o patrocínio do Instituto Center Norte por meio da Lei Rouanet. O apoio contribui para a realização de atividades de formação e difusão cultural.

SOBRE A POIESIS
A Poiesis - Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, além de pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais, voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.

Davi Henn e Lucas Lepca esquentam o final de semana do Festival Manifest

No segundo fim de semana de shows, rock, ska e blues artesanais dão o tom do festival digital e gratuito na web

O músico e compositor Lucas Lepca, da banda Lou Dog, abre neste sábado (27/02), às 15h, o segundo final de semana do MANIFEST - Música Autoral e Novidades Independentes Festival.
A mostra de música, digital e gratuita, traz grandes artistas das cenas do rock, pop e blues autorais de Curitiba em shows exclusivos.
No domingo (28), às 11h, o show é com o “homem-banda” curitibano David Henn.
Davi Henn é uma “banda de um homem só”’. Em suas apresentações toca até 4 instrumentos ao mesmo tempo, a maioria deles construídos pelo próprio artista, e um repertório baseado no antigo blues do delta do Mississippi.
Lucas Lepca, é guitarrista, cantor e compositor. Já lançou 5 álbuns com a banda Lou Dog e na sua carreira solo faz um som que mistura rock e influências jamaicanas como o ska e o reggae.
Os shows serão transmitidos em 'livestream' pela FanPage do MANIFEST no Facebook, canal oficial do evento.
O público poderá curtir o conteúdo exclusivo sem sair do conforto e segurança de sua casa.
Nos próximos finais de semana, artistas como Giovanni Caruso (Escambau), Adriano Antunes (Syd Vinicius) compõem a escalação do festival entre outros nomes (veja toda a programação abaixo).
Idealizado em 2013 pelo produtor cultural Pedro Hey Branco e pelo músico Fábio Elias, o festival independente se tornou realidade em 2021.
Confira a programação completa:.
Dia 27/02,15h: Lucas Lepca
Dia 28/02,11h : Davi Henn
Dia 6/3,15h: Giovanni Caruso (ESCAMBAU)
Dia 7/3,11h: Cris Marx Cruz
Dia13/3,15h: Sandra Piola e Bruno Sguissardi (Anacrônica)
Dia14/3,11h: Adriano Antunes (Syd Vinícius) – LIVE
Dia 20/3,15h: Romann – LIVE
Dia 21/03,11h: Vagner Capone (Javali Banguela)
________
SERVIÇO
MANIFEST - Música Autoral e Novidades Independentes Festival
Quando: Entre 20/02 e 21/03
Onde: https://www.facebook.com/manifestmusica
Quanto: Shows gratuitos e online
* PROJETO REALIZADO COM RECURSOS DO PROGRAMA DE APOIO E INCENTIVO À CULTURA – FUNDAÇÃO CULTURAL DE CURITIBA, DA PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA E DO MINISTÉRIO DO TURISMO.

Luciano Camargo lança “Deserto Não Será Seu Fim”, canção que compõe seu projeto gospel “A Ti Entrego”

O louvor, dos consagrados André e Anderson Freire, chega em todas as plataformas digitais no dia 23 e pretende acalmar os anseios da alma

Após emocionar o público com um musical especial transmitido pela Record TV e dedicado à música gospel, Luciano Camargo segue com a divulgação do seu primeiro trabalho solo, paralelo à carreira com o irmão, Zezé Di Camargo.
Desta vez, o artista presenteia o público com o louvor “Deserto Não Será Seu Fim”, que estará disponível em todas as plataformas digitais e no YouTube a partir da próxima terça-feira, 23.
A letra, composta pelos consagrados Anderson Freire e André Freire, tem como objetivo acalmar os corações e, principalmente, os anseios da alma.
Certo de que está em seu melhor momento da carreira, Luciano destaca a mensagem de sua nova música: “Felizmente, sinto que além de agradar meu público, Deus está contente com o resultado deste projeto, e isso não poderia me deixar mais emocionado, já que é para Ele que estou cantando”, afirma.
“Tenho a plena convicção de que ‘Deserto Não Será Seu Fim’ tocará no coração do público brasileiro, que há poucos meses embarcou comigo nesta missão de propagar a fé e a mensagem de Deus através de minhas músicas”, completa o artista.

SOBRE "A TI ENTREGO"

É um sonho antigo e um projeto bastante amadurecido, tanto do ponto de vista espiritual como do artístico, o primeiro trabalho solo de Luciano Camargo, que finalmente nasce agora. Bem-vindo seja "A Ti Entrego”. Com 15 faixas dedicadas à música Gospel, o artista, que soma 29 anos de carreira ao lado do irmão Zezé Di Camargo, avisa de antemão que isso não significa uma separação do mano, mas, sim, um projeto pessoal pelo qual vem se empenhando há bastante tempo. O álbum é traduzido em EPs, com músicas que vão ganhar as plataformas em divisões mensais. Todo o desenvolvimento digital traz assinatura de João Mendes Miranda e Bruno Vaz.

CONFIRA A LETRA DE "DESERTO NÃO SERÁ SEU FIM":
(Anderson Freire/André Freire)

Deserto não será seu fim
Se com deus você iniciou
O seu final será feliz
Se a promessa você abraçou
Deus é pai do não
É dono do sim
Cante, ele tem o melhor pra mim!
Sua oração, sua adoração,
Move suas mãos

Mesmo que o céu em silêncio está
E alguém aqui se incomodar
Com o seu fervor, como ana fez,
não pare de orar

Seus joelhos podem te levar além
Do que os seus pés consigam alcançar
Se o jordão se abrir, a porta fechar, não pare de adorar!

16ª edição do Festival Multiplicidade tem liberdade como tema e é ótima opção cultural para o final de semana

Evento conta com shows, galerias virtuais e tem participação dos fotógrafos do I Hate Flash

22/01/2020 – Em formato 100% digital, pela primeira vez, o Festival Multiplicidade começou com tudo a 16ª edição, com performance musical de Tom Zé e um vídeo-mapping no Museu Nacional - que sofreu um grave incêndio em 2018 - participando do calendário comemorativo de 100 anos da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). O tema deste ano não poderia ser mais atual em tempos de pandemia, “Liberdade é pouco. O que eu quero ainda não tem nome”, frase atemporal retirada do romance “Perto do coração Selvagem” (1943), da escritora Clarice Lispector.
Além do novo formato, a curadoria, também pela primeira vez, é compartilhada entre os grandes nomes das artes e comunicação, Batman Zavareze, Carlos Albuquerque, Nico Espinoza, Nado Leal, Cleo de Paula e Amnah Asad. Mais uma novidade é a galeria virtual que reuni obras de artistas convidados explorando o tema. Entre eles estão os profissionais do coletivo I Hate Flash.
“A galera do IHF sempre, sempre mesmo, me tirou do prumo com suas propostas e linguagens autorais ao subverter nossa percepção de uma história sendo contada. Eu desejo que todos voem, se divirtam e nos encham de poéticas para afirmarmos que juntos somos muito mais fortes”, comenta sobre o IHF, o idealizador e curador do Multiplicidade, Batman Zavareze. Ele bateu um papo super bacana com jornalista Pedro Willmersdorf que está disponível no site do I Hate Flash contando mais sobre os desafios de fazer o festival em um formato totalmente novo.
“Gosto da ideia de que TUDO É TELA. Os nossos corpos, as fachadas arquitetônicas, as ruínas, as copas das árvores, o chão que pisamos, a cúpula do Planetário, o telão do cinema, a TV, o celular e o computador são as muitas telas que nos seduzem profundamente”, afirma Zavareze.
Os profissionais do IHF se jogaram no tema. “Depois de escrever cinco parágrafos e não estar nem na metade do que pensei, acho melhor reduzir à primeira coisa que veio na cabeça no dia de hoje: VACINA!”, falou o fotógrafo e sócio-fundador do coletivo, Fernando Schalepfer.
“Gosto muito da definição da Nina Simone, que diz: liberdade é não ter medo. Meu trabalho tenta retratar como seria minha vida assim, livre, sem medo”, fala a fotógrafa Fernanda Tiné. Helena Yoshioka completa: “Quando eu penso na ideia de liberdade, penso que ela é um processo, não um lugar em que se chega. A liberdade exige confiar nesse processo, se entregar sem necessariamente ver o que tem do lado de lá. Liberdade é um movimento, um mergulho”.
Nos dias 22 e 23 dez artistas nacionais e quatro internacionais vão se apresentar no canal Multiplicidade no Youtube. No dia 24, o encerramento terá a performance do artista japonês Ryoji Ikeda. Toda a programação está no canal Multiplicidade no Youtube e nas redes sociais do festival.

Tempo de Formação Teatral – 2ª Ed. – abre inscrições para oficinas e palestras gratuitas

A ação é toda online e propõe uma imersão em diferentes áreas das artes cênicas.
O período de inscrição vai até o dia 25 de janeiro, no site da Ave Lola

Curitiba, 14 de fevereiro de 2021 - Um mergulho no teatro. Essa é a inusitada proposta da Trupe Ave Lola por meio do projeto “Tempo de Formação Teatral - 2ª Ed - Minha praia é o teatro”, que acontecerá de 01 a 25 de fevereiro com uma programação formativa gratuita e online composta pelas oficinas: Interpretação e improvisação teatral, com Ana Rosa Genari Tezza; Música para teatro, com Breno Monte Serrat e Arthur Jaime; Criação e confecção de figurino e adereços, com Eduardo Giacomini e Helena Tezza; e pelas seguintes palestras: A história da iluminação no Paraná, com Beto Bruel; Gestão de projetos culturais, com Dara van Doorn e Laura Tezza.
Os interessados em participar das atividades podem se inscrever até o dia 25 de janeiro pelo site da Trupe Ave Lola. As inscrições são limitadas à quantidade de vagas disponíveis por oficina / palestra e é possível se inscrever em mais de uma atividade. No caso das oficinas, será realizado um processo seletivo composto por duas etapas.
Diante dos limites impostos pela pandemia, executar o projeto online foi a forma que a companhia encontrou para proporcionar aos participantes uma viagem online sem risco de contaminação e com muitas possibilidades de fruição artística. “A pandemia vai passar, estamos esperançosos com a vacina, mas sabemos que para a segurança de todos teremos que seguir respeitando o distanciamento social. Para suprir a necessidade de criar e de nos comunicarmos com o nosso público, as plataformas virtuais têm sido aliadas dos artistas e amantes das artes em todo o mundo”, explica a diretora teatral Ana Rosa Tezza.
Normalmente, os encontros formativos na Ave Lola ocorrem presencialmente na sede da companhia e sempre despertaram o interesse de artistas de todos os cantos do Brasil e do mundo. Com essa possibilidade de realizar as atividades no formato online, a diretora Ana Rosa Tezza acredita que essa característica será potencializada. “No mundo virtual as fronteiras são mais tênues, então na versão virtual das oficinas, poderemos incluir mais pessoas e distintas culturas no Tempo de Formação”, afirma Ana Rosa Tezza.
SOBRE A TRUPE AVE LOLA - A Ave Lola é uma trupe de teatro que possui um espaço independente em Curitiba há 10 anos e tem em sua equipe mais 20 pessoas entre produtoras, atrizes, atores, músicos, técnicos, além de artistas aprendizes que são incluídos nos processos de criação a fim de fomentar a formação de estudantes e contribuir para o amadurecimento artístico das próximas gerações.
Em sua trajetória, a companhia tem criado espetáculos teatrais inéditos a partir de pesquisas dramatúrgicas e de linguagem. A trupe também recebe artistas residentes de diferentes cantos do mundo a fim de criar um espaço de troca e ampliação de referências estéticas e filosóficas entre artistas e pensadores das artes. Constantemente, tem sido reconhecida pelo público e pela crítica e recebeu diversos prêmios pelos seus espetáculos. PROJETO REALIZADO COM O APOIO DO PROGRAMA DE APOIO E INCENTIVO À CULTURA – FUNDAÇÃO CULTURAL DE CURITIBA E DA PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA.

Serviço:
Tempo de Formação Teatral - 2ª Ed - Minha praia é o teatro | 01 a 25 de FEV/2021
Programação completa e inscrição pelo site: http://www.avelola.net.br/agenda/tempo-de-formacao-teatral-2a-ed-minha-praia-e-o-teatro/
Prazo de inscrição: 13 a 25 de janeiro de 2021
*As oficinas e palestras serão realizadas por meio de videoconferência (Zoom).
Instagram: @ave_lola
Facebook: https://www.facebook.com/avelolaespacaodecriacao/
Site: http://www.avelola.net.br/

FICHA TÉCNICA

Direção Artística e Pedagógica: Ana Rosa Genari Tezza
Oficineiros / Palestrantes: Ana Rosa Genari Tezza, Arthur Jaime, Beto Bruel, Breno Monte Serrat de Moura, Dara van Doorn, Eduardo Giacomini, Helena Tezza, Laura Tezza.
Produção: Dara van Doorn
Produção Executiva: Laura Tezza
Comunicação e Redes Sociais: Larissa de Lima
Assessoria de Imprensa: Adriane Perin | De Inverno Comunicação
Design Gráfico: Gabriel Rischbieter
Audiovisual: Larissa de Lima e Luís Fernando Nicolosi
Trilha Sonora: Arthur Jaime e Breno Monte Serrat
Realização: Ave Lola e as Meninas Produções Artísticas LTDA.

Incentivo: Bosch, Biometrix, Programa de Apoio e Incentivo à Cultura, Fundação Cultural de Curitiba, Prefeitura Municipal de Curitiba.

Ventura Shopping traz nova exposição sobre a capital paranaense

Mostra do designer e ilustrador paranaense Maycon Prasniewski acontece até março

Curitiba se destaca pela qualidade e quantidade de pontos turísticos e culturais. Ao todo, são pelo menos 40 espalhados pela cidade. O designer e ilustrador paranaense Maycon Prasniewski reuniu alguns desses locais em uma série de ilustrações em homenagem à capital. A exposição “Nossa Curitiba”, que conta com 12 obras, fica no Ventura Shopping, no bairro Portão, até o dia 31 de março.

Diante da diversidade cultural, Prasniewski apresenta em suas obras uma peculiaridade de cada ponto turístico. “Meu objetivo foi, de certo modo, fazer a minha pequena contribuição para valorizar o patrimônio local. Sobre a estética, busquei reforçar as características únicas que cada um desses lugares proporciona”, acrescenta o artista.

Todas as peças são representadas com muita delicadeza, com tons pastéis e traços modernos. “Realizei algumas obras com freehand para dar um aspecto mais humanista ao trabalho e a paleta de cores usada nos dá esta atmosfera mais lúdica e encantadora dos cenários”, comenta o artista.

Serviço

Exposição “Nossa Curitiba”, de Maycon Prasniewski

Data: até 31 de março

Local: Ventura Shopping, setor verde do shopping, em frente as Lojas Americanas

Endereço: R. Itacolomi, 292 - Portão - Curitiba - PR

Entrada gratuita

Sobre o Ventura Shopping

Considerado o maior shopping de descontos de Curitiba, o Ventura Shopping possui mais de 200 lojas, incluindo as âncoras Lojas Americanas, Havan, Casa China, Studio Z, Sorama Móveis, Fatec e Ímpar Odonto - primeira clínica odontológica em um shopping center de Curitiba. Localizado no bairro Portão, o Ventura é administrado pelo Grupo Tacla Shopping - que possui outros sete empreendimentos no sul e sudeste - e JCR Empreendimentos. Mais informações: www.venturashopping.com.br

Sobre o Grupo Tacla Shopping

Conglomerado com mais de 80 anos de tradição, experiência no varejo e referência no setor em todo país, o Grupo Tacla possui oito empreendimentos nos estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo, sendo eles: Catuaí Palladium Foz do Iguaçu (PR), Jockey Plaza Curitiba (PR), Palladium Curitiba (PR), Palladium Ponta Grossa (PR), Ventura Shopping Curitiba (PR), Itajaí Shopping (SC), Porto Belo Outlet Premium (SC) e Shopping Cidade Sorocaba (SP). Outras duas operações estão em fase de construção no Paraná: Citycenter Outlet, em Campo Largo, e Palladium Umuarama. Mais informações: www.taclashopping.com.br

Caio Coppolla e Rita Lisauskas estreiam no quadro “Liberdade de Opinião”

Comentaristas irão analisar os principais fatos políticos do Brasil e do mundo no “Visão CNN”, com apresentação de Carla Vilhena

Confira a chamada do novo “Liberdade de Opinião”: https://we.tl/t-HBxIfMAdYj

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=189548&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C013701d6e9c1%2524fd994a90%2524f8cbdfb0%2524%2540spokesman.com.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C013701d6e9c1%24fd994a90%24f8cbdfb0%24%40spokesman.com.br%3E-1.3
Caio Coppolla e Rita Lisauskas estreiam na próxima segunda-feira (18/01) _ Divulgação_CNN Brasil

São Paulo, 13 de janeiro de 2021 – A CNN Brasil já tem data marcada para a sua primeira grande estreia de 2021: a partir da próxima segunda-feira (18), os comentaristas Caio Coppolla e Rita Lisauskas assumem o novo quadro “Liberdade de Opinião”.

A atração será exibida dentro do “Visão CNN”, apresentado pela âncora Carla Vilhena, que vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 12h45 às 15h30. A entrada no ar do “Liberdade de Opinião” será sempre às 14h30.

Os comentaristas têm visões de mundo e posições políticas antagônicas. Enquanto Coppolla tem se notabilizado como uma referência para o pensamento conservador brasileiro, Lisauskas é uma jornalista conhecida por seu posicionamento progressista.

Cada um deles analisará os principais fatos do dia dialogando com a apresentadora do “Visão”, Carla Vilhena.

O modelo seguirá o mesmo padrão do “Liberdade de Opinião” que já é exibido com grande sucesso pela CNN Brasil desde o ano passado dentro do programa “Novo Dia” e conta com as participações dos jornalistas Alexandre Garcia e Sidney Rezende, além da apresentação do âncora Rafael Colombo.

Nova contratada

A nova contratada da CNN, Rita Lisauskas tem larga experiência em TV. Ela foi repórter da Record TV entre 2015 e 2016; apresentadora do Portal Terra entre 2013 e 2014; repórter especial do Jornal da Band entre 2012 e 2013; apresentadora do RedeTV! News durante 8 anos e do Leitura Dinâmica entre 2001 e 2003. Rita também foi repórter e apresentadora da TV Centro América, afiliada da Rede Globo em Cuiabá (MT) em 2000; e do Canal Rural, do Grupo RBS, entre 1998 e 2002. Antes de assinar com a CNN, ocupava, desde 2014, o cargo de jornalista multimídia do jornal “O Estado de S.Paulo”.

Sobre a CNN Brasil

A CNN Brasil é conduzida pelo grupo brasileiro de mídia NovusMídia, conforme acordo de licenciamento de marca estabelecido com a CNN International Commercial (CNNIC), que abrange o acesso a certas propriedades, incluindo conteúdo da CNN International. O canal de notícias 24 horas está disponível desde o dia 15 de março de 2020 para assinantes da TV paga, no canal 577, e também nas plataformas digitais.

Em setembro de 2020 lançou a CNN Rádio, em parceria com a Rede Transamérica, para levar conteúdo jornalístico para 196 cidades brasileiras, com alcance potencial de 55 milhões de ouvintes.

Em outubro do mesmo ano criou uma nova unidade de negócios dentro de sua estrutura: a CNN Eventos. Seguindo o modelo consolidado realizado pela CNN americana, o projeto vai realizar fóruns, summits e debates para diversos segmentos do mercado. www.cnnbrasil.com.br

Espetacular mostra de artes para crianças chega a sua quinta edição

Em 2021 o evento será virtual e reunirá artistas de 21 países

A Espetacular – Mostra Internacional de Artes para Crianças trouxe, a cada ano, atrações artísticas do mundo para Curitiba. Esta 5ª edição, entre 8 e 17 de janeiro de 2021, no entanto, não é sobre trazer, mas sobre conectar: a arte, artistas e crianças - e do mundo todo!

Serão 40 atrações de diversas linguagens, apresentadas em ambiente digital, que reunirão artistas de 21 países. Além de atrações gravadas em vídeo, algumas produzidas especialmente para a Mostra, que ficarão disponíveis durante todo período do evento, serão realizados quatro encontros ao vivo, entre 11 e 14 de janeiro. Uma atração à parte são as playlists de música, com seleções feitas por crianças e artistas para crianças pequenas, pré-adolescentes, adolescentes e para a família toda.

Todo o evento será gratuito, traduzido para português e inglês e acessível a surdos e pessoas com deficiência auditiva (Língua Brasileira de Sinais).

A programação pode ser acessada no site da Mostra (www.mostraespectacular.com.br) e desde o dia 04 o acesso à plataforma está disponível para o público poder conhecer em detalhes a programação, destacar seus favoritos e se organizar, para aproveitar ao máximo a experiência.

“Nesses quatro anos a Mostra Espetacular tem ganhado corpo. O entendimento sobre o que estamos cultivando a cada edição vai se revelando ano após ano, a cada passo. Vamos transpondo obstáculos e é incrível a força que as coisas têm quando elas precisam acontecer. A Mostra está cada vez mais autêntica e única”, celebra a produtora Michele Menezes, que é diretora artística e também assina a curadoria ao lado de Bebe de Soares, da Alemanha.

São inúmeras pessoas, grupos artísticos, agitadores culturais, que emprestam talento e força de vontade para este encontro. Somados ao público, que abraça com carinho tudo que é proposto, criou-se uma comunidade de pessoas que ampara e cultiva a existência deste projeto com as duas mãos. “Hoje a Mostra Espetacular é uma criança de cinco anos, linda, artista, faladeira e entendemos que deveríamos aproveitar este ano atípico para transpor as barreiras geográficas, conectando crianças e artistas do mundo todo - o que não seria possível em uma edição presencial”, completa Michele, idealizadora do projeto.

“Buscamos ideias e ações artísticas e formativas que demonstrem uma utilização do ambiente virtual de forma diferenciada e que promovam reflexões importantes, além de projetos que proponham um componente offline ao público, algo digital que provoque algo real”, completa Bebe.

Por um lado, aquela forte experiência das artes vivas fica um pouco comprometida neste momento que vivemos. Mas, como em toda e a cada edição, também neste começo de década, a Mostra convida as pessoas a estarem juntas e a viverem experiências que ficarão na memória. Afinal, este é o DNA da Mostra Espetacular e isso não vai mudar nessa edição. Muito pelo contrário: o isolamento vai tornar essa vivência ainda mais marcante.

História - A Mostra Espetacular é um dos eventos artísticos para crianças mais importantes do Brasil. Nasceu em 2015, é realizada pela Pró Cult (produtora curitibana) e integra a FIBRA (Rede de Festivais Internacionais Brasileiros para Crianças e Jovens), que reúne os maiores festivais internacionais para este público do país. Esta edição está sendo realizada com o apoio do Programa de Apoio de Incentivo à Cultura - Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba, com Incentivo da Celepar e da Maternidade Santa Brígida.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

http://bit.ly/MostraEspetacular_programacao

Acompanhe nas redes:
SITE: www.mostraespectacular.com.br
INSTAGRAM E FACEBOOK: @mostraespetacular

Empresas de Curitiba podem destinar impostos para projetos culturais

Por meio de renúncia fiscal é possível direcionar parte do IR e ISS para a produções curitibanas

Pequenas, médias e grandes empresas têm uma ótima oportunidade de investir em iniciativas artísticas sem custo algum. Até o próximo dia 30 de dezembro é possível direcionar até 20% do ISS (Imposto Sobre Serviço) e 4% do Imposto de Renda devido para projetos culturais. Essa possibilidade existe graças ao Programa de Apoio e Incentivo à Cultura/PAIC (Chamado de Lei Municipal de Incentivo) criada com a finalidade de apoiar e incentivar manifestações culturais e artísticas curitibanas. Por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura as empresas podem abater até 4% do Imposto de Renda devido no ano.

Para o diretor da ONG Unicultura, Ricardo Trento, ao incentivar projetos que promovam o acesso do público às manifestações culturais, a empresa atua em prol de uma sociedade mais inclusiva. “O setor cultural continua sendo um dos mais afetados pela pandemia do Covid-19. Com o incentivo por meio da renúncia fiscal, a empresa auxilia o setor e ainda agrega valor ao negócio por meio de uma ação de comunicação integrada de marketing”, lembra Trento.

Entre as principais vantagens que a comunicação integrada de marketing pode trazer para as empresas estão: a diversificação dos canais de comunicação com o público, a consolidação da imagem institucional com visibilidade positiva da marca ou negócio e a fidelização do consumidor que se identifica com os projetos apoiados.

Projetos e plantão de atendimento

Para auxiliar as empresas, a Unicultura criou um plantão para esclarecer dúvidas e orientar os interessados sobre quais projetos podem ser patrocinados. O atendimento pode ser acessado pelo número 9 8489-4404 ou no link unicultura.com.br/seja-um-patrocinador/.

Entre as ações culturais desenvolvidas pela ONG estão projetos nas áreas de música, dança, folclore, circo, arte popular e patrimônio cultural. Em 2021, a Unicultura realizará o a 60ª edição do Festival Folclórico de Etnias do Paraná, o inédito Largo das Óperas, Trupe da Saúde, a 13ª edição do Concurso de Piano “Edna”, entre outros projetos.

Sobre a Unicultura
Desde 2008, a Universidade Livre da Cultura desenvolve projetos de arte e cultura, nas diversas linguagens artísticas. A ONG atua desde o momento da concepção até a finalização da prestação de contas.

Serviço:
Como patrocinar a cultura por meio de Renúncia Fiscal
Plantão de Atendimento: 41. 9 8489-4404
Site:https://www.unicultura.com.br/