FESTIVAL PLÁ – A Arte da Rua XV Lives

www.facebook.com/plafestival
MOSTRA DE ARTE DE RUA
2ª edição - Curitiba - Paraná - Brasil

Segunda edição do Festival Plá celebra arte de rua de Curitiba
Artistas da música, teatro e circo se encontram no festival cultural online que começa na próxima sexta (30)

Os artistas de rua de Curitiba se reúnem novamente para a segunda edição do "Festival Plá – A Arte da Rua XV", nos dias 30 e 31 de julho e 01 de agosto. Com apresentação do comediante Cadu Scheffer (Tesão Piá), todos os shows serão transmitidos pela página do evento no Facebook:www.facebook.com/plafestival

O Festival Plá é uma mostra de arte de rua idealizada pelo produtor Pedro Hey Branco e pelo anfitrião e homenageado, o músico Plá. Poeta, artista visual e cidadão honorário de Curitiba, Plá é famoso por apresentar suas canções na Boca Maldita desde 1984.

A primeira edição do festival aconteceu em abril e maio deste ano, com sucesso de público e belas apresentações musicais em formato de “Live”.

A segunda, batizada de "Festival Plá - A Arte da Rua XV", conta com artistas de rua como o próprio Plá e os músicos David Henn e Diego Raimundo, mas também recebe artistas convidados de outras cenas como a dupla sertaneja Willian e Renan, o músico Cris Marx Cruz e a Kilânio Orquestra de Violões com a participação especial de Troy Rosilho.

No Festival Plá há também Lives especiais com artes cênicas, artes visuais, circo e malabarismo, sempre com convidados de alto quilate. Marina Prado e Fabio Salgueiro trazem o encanto da arte do circo e malabarismo para o festival, enquanto a trupe cênica do diretor e ator Jota Eme faz uma leitura dramática inédita da peça "Homenagem Gibran Khalil Gibran".

Outros ícones da arte de rua, do centro de Curitiba, como o Homem-Aranha da Rua XV e o palhaço, sombra e mímico Chameguinho também estarão presentes nesta festa da cultura!

Dias 30 e 31 de julho e 01 de agosto você tem mais uma chance de conhecer o melhor da arte de rua curitibana. Marque na agenda!

Serviço:

FESTIVAL PLÁ - A ARTE DA RUA XV - 2ª EDIÇÃO - EVENTO GRATUITO
Apresentador convidado: Cadu Scheffer (Tesão Piá)
Programação Lives - Julho e Agosto de 2021

Dia 30/07 (Sexta-Feira)

11H - Plá (músico popular e anfitrião) – Abertura do Festival

🎼 14H - Diego Raimundo (músico popular)

🎼 16H - Willian e Renan (dupla sertaneja)

🎼 17H30 - Troy Rosilho e Kilânio Orquestra de Violões (música popular)

🧡💛 Dia 31/07 (Sábado)

🎼 11H - Davi Henn (blues)

🎼 14H - Beer (rock)

🎼 16H - Michele Mabelle (folk) e Fabio Elias (convidado)

🎼 17H30 - Cris Marx Cruz (músico popular)

Dia 01/08 (Domingo)

11H - Barões de Curitiba (música popular)
Apresentação especial: Homem-Aranha da Rua XV e Chameguinho

14H - Banda Vulgar (rock)
Apresentação especial: Homem-Aranha da Rua XV e Chameguinho

15H - Leitura da Peça "Homenagem Gibran Khalil Gibran" (teatro)
Apresentação especial: Jota Eme (diretor e ator)

16H30 - Marina Prado e Fabio Salgueiro (circo e malabarismo)

18H - Plá e "Os Malucos de Cara" (Live especial de encerramento)

Classificação – Livre
Entrada: gratuita

Fanpage oficial do Festival: https://www.facebook.com/plafestival

Assessoria de comunicação: Sandro Moser - (41) 999250211

“PROJETO REALIZADO COM RECURSOS DO PROGRAMA DE APOIO E INCENTIVO À CULTURA – FUNDAÇÃO CULTURAL DE CURITIBA E DA PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA.”

Teatro Dr. Botica reabre em Curitiba com programação para a família

Obedecendo novas diretrizes dos órgãos públicos e seguindo todos os protocolos de segurança, espaço volta a funcionar no próximo sábado (31)

O Teatro Dr. Botica de Curitiba retoma suas atividades a partir do dia 31 de julho depois de 16 meses fechado em virtude da pandemia do novo coronavírus. A reabertura foi possível depois de decreto municipal da Prefeitura, publicado neste mês, permitindo que cinemas e teatros voltem a funcionar, desde que respeitando todos os protocolos de segurança ainda em vigor durante a pandemia. A capacidade do teatro será reduzida em 50%, com o devido distanciamento entre grupos familiares. O uso de máscara é obrigatório.

A primeira atração será "As aventuras de Fuxico", que mostra a vida de um boneco de ventríloquo, que trabalha com um mágico, e resolve sair pelo mundo. Usando técnicas de ilusionismo, teatro de bonecos, músicas, ventriloquia, e sombras chinesas, o espetáculo lúdico está marcado para os dias 31 de julho e 1º de agosto.

9=UWNmBzM5ojci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pTO2QTO5kzN3kzM6cWZwpmL39GbhJDMxkDM2gjZ5YTZhNTM2IjMzMDNjhjM4QTZlZjYzkjRyUiYzkjRyUSOwgzNGJTJ1QDM0EzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopTM
Ao longo de agosto, sempre aos sábados e domingos, a criançada também poderá ver os clássicos "João e Maria" (dias 7 e 8), ‘Chapeuzinho Vermelho" (dias 14 e 15), além das peças "Espírito da Floresta" (dias 21 e 22 ) e ​"Terezinha - História de Amor e Perigo" (dias 28 e 29).

O Teatro Dr. Botica é mantido pelo Instituto Grupo Boticário, que acredita que a arte nos transforma e nos conecta com a verdadeira essência da beleza.

Serviço:

Teatro Dr Botica
Shopping Estação - Av. Sete de Setembro, 2775, Curitiba, Paraná
Sessões: Sábado e domingo, às 15h e 17h
Ingressos online e na bilheteria: R﹩ 24,00 (inteira) e R﹩ 12,00 (estudantes, idosos e crianças de 3 a 12 anos)
Informações: (41 3323-7881 / (41) 99791-5965
https://www.teatrodrbotica.com.br/pr

4=EGOxEWMyojci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pTO2QTO5kzN3kzM6cWZwpmL39Gb2gTY1ADNzkTY1EmM2MDM2EmYmNGO2ITZzYzMxADNyUjRyUCNyUjRyUSOwgzNGJTJ1QDM0EzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopTN
1=IzMhVTN3ojci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pTO2QTO5kzN3kzM6cWZwpmL39GbkNDNyUGOkBTY4YjYkFzMzEjZxUjNlFDZ2MDZjZ2N1MjRyUyN1MjRyUSOwgzNGJTJ1QDM0EzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopTO
9=YzY1gTOhpjci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pTO2QTO5kzN3kzM6cWZwpmL39GbkZjMyUmYzY2NxIGM4IWM4YWZ2IGNxQ2NjNmZwUGM4cjRyUCM4cjRyUSOwgzNGJTJ1QDM0EzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopjN
As Aventuras de Fuxico
Espíritos da Floresta
João e Maria
Sobre o Instituto Grupo Boticário

Criado em 2004, o Instituto Grupo Boticário oportuniza experiências que possibilitam o contato com a beleza das pessoas, das relações e do mundo. Nos últimos cinco anos, impactou mais de 19 milhões de pessoas em todo o país. Nossa atuação abrange a realização e patrocínios de projetos sociais, culturais e de fomento ao empreendedorismo de impacto social, além da gestão de espaços culturais, como os Teatros Dr. Botica, em São Paulo e Curitiba, e o Mundo do Perfume, também na capital paulista. Fazemos isso porque acreditamos que por meio das nossas iniciativas promovemos o desenvolvimento social que inspira atitudes positivas e propõe uma forma otimista e desafiadora das pessoas interagirem com o mundo. Para o Instituto Grupo Boticário, beleza é fazer parte.

Série de lives apresenta oportunidades de bolsas de estudos na Holanda para brasileiros

Evento on-line vai contar com participação de universidades holandesas

Dominar um novo idioma, conhecer uma cultura diferente e aprender diversas competências são só alguns dos benefícios de fazer um intercâmbio. Com o objetivo de mostrar essas vantagens e apresentar o estudo internacional aos jovens, o evento Orange Studies Week realiza uma série de apresentações on-line com universidades da Holanda. O projeto é organizado pela agência governamental Nuffic Neso Brazil.

Com o processo de vacinação em andamento, alguns países europeus estão voltando a acolher estudantes estrangeiros. Para a coordenadora do Global Integration da ACBH, Marina van der Vinne, essa então é uma oportunidade dos jovens brasileiros conhecerem formas de estudo na Holanda e também planejarem uma futura inscrição no programa de bolsas. “Espero que muitos jovens possam participar do evento e serem instigados a realizar essa experiência do intercâmbio. Além de aprender um novo idioma, o estudante pode ter integração com a cultura holandesa e também a possibilidade de estudar em instituições renomadas da Holanda”, diz.

Com mais de 2.100 cursos ministrados em inglês em diferentes áreas de conhecimento, as universidades holandesas estão entre as instituições com melhor desempenho educacional do mundo. Os três dias do Orange Studies Week serão divididos em especialidades de estudo. No dia 19 de julho serão abordadas oportunidades de estudar engenharia, economia e ciências exatas no país. Já no dia seguinte, ciências da saúde e indústria criativa. Por fim, na última apresentação, o foco serão estudantes que têm interesse nas áreas de ciências humanas e sociais. As lives ficarão disponíveis no canal do Youtube da Nuffic Neso Brazil, que já conta com diversos vídeos sobre o tema.

O evento on-line será realizado nos dias 19, 20 e 21 de julho, das 12h às 14h, no YouTube.

Serviço:

Série de lives sobre oportunidades de estudo e bolsas na Holanda

Programação:

19 de julho - Engenharia, Economia e Ciências Exatas;
20 de julho - Ciências da Saúde e Indústria Criativa;
21 de julho - Ciências Humanas e Sociais;
Horário: 12h às 14h

Link: https://nufficnesobrazil.typeform.com/to/qTtpJHEm

Sobre a ACBH

A Associação Cultural Brasil-Holanda (ACBH) é uma organização formada por holandeses e descendentes de holandeses no Brasil, oriundos de diversas colônias. Visa preservar o patrimônio histórico artístico e cultural holandês e brasileiro para a posteridade. Também quer incentivar, desenvolver e divulgar as várias formas de expressão cultural. Mais informações: https://www.acbh.com.br/

Está chegando! Neste domingo (18), paranaense representa Curitiba em final nacional de batalha de rimas

Um dos principais torneios da modalidade, Red Bull FrancaMente reúne finalistas para a grande decisão com transmissão ao vivo

Unindo tecnologia e cultura, segunda edição do evento no País têm formato digital e será transmitido ao vivo por meio do Youtube (Crédito: Fabio Piva/Red Bull Content Pool)
Alguns dos mais talentosos artistas do País se reunirão em uma espécie de "ringue lírico" para a grande decisão nacional do Red Bull FrancaMente neste final de semana. Uma das principais batalhas de rimas do Brasil, o evento contará com 16 finalistas, de diferentes Estados, em busca do título da competição. No comando da decisão e da transmissão, fortes referências do rap: Kamau, Mamuti e Carol Anchieta; e um júri de peso: Clara Lima, Max B.O. e Slim, que decidirão quem será o grande vencedor desta edição. Com transmissão ao vivo por meio do canal oficial do evento no YouTube neste domingo, o público poderá acompanhar todos os duelos a partir das 17h.

Único representante curitibano em busca do título nacional, Lauro MC faz rimas carregadas de emoção. "A mensagem impacta porque há verdade e consciência no que digo. A correria impacta pelo exemplo, incentivando pessoas a não desistirem dos seus sonhos e serem produtivos mesmo tendo pouco nas mãos", avalia. Seu primeiro contato com o rap foi na adolescência, com um amigo já falecido, que não teve a chance de ver Lauro se destacar na cena freestyle, mas que serve de incentivo para ele nunca desistir.

O paranaense enfrentará artistas de Norte a Sul do Brasil, que representam Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza e Salvador. Os finalistas se destacaram, inicialmente, diante de mais de 300 MCs de todo o País que se inscreveram na disputa e, posteriormente, chamaram a atenção dos jurados durante a Seletiva Nacional do evento, que também contou com transmissão ao vivo e reuniu digitalmente um engajado público de mais de 6 mil pessoas simultâneas. Agora, os finalistas duelarão entre si e apenas um se consagrará como o grande campeão do torneio.

“Pelas seletivas, pudemos ver que o nível geral de competitividade foi bem bacana. Para a final, acredito que os MCs devem ter em mente quatro pilares: conteúdo (o que se fala), técnica (como se fala), musicalidade (flow), performance (entrega/presença de palco). Não adianta ser mestre em um dos fundamentos se não desenrolar nos outros também. É necessário equilíbrio para ser um artista completo”, conta Mamuti.
E MAIS:
>Confira, no canal do Red Bull FrancaMente, no YouTube, os melhores momentos das batalhas na Seletiva Nacional
Adaptada com exclusividade à língua portuguesa, a competição chega à segunda edição no Brasil e foi inspirada no Red Bull Batalla, evento expoente do rap no mundo que promove batalhas entre países de língua espanhola, e que já reuniu um público de mais de 14 mil pessoas. Neste ano, a versão nacional do evento trouxe novidades ao público brasileiro, como um formato mais digital e a criação de um aplicativo exclusivo, que funciona como uma rede social dos rappers e possibilita que artistas de diferentes localidades se conectem, interajam e, claro, batalhem.

O Red Bull FrancaMente conta com a parceria da TuneCore, distribuidora de músicas oficial do evento.

SERVIÇO
Red Bull FrancaMente - Final Nacional
Data: 18/07
Horário: A partir das 17h
Local: Transmissão ao vivo por meio do link: www.youtube.com/RedBullFrancaMente
Ingresso: Gratuito

De onde nasceu o Red Bull FrancaMente:
O Red Bull Batalla é o maior evento de rap do mundo e acontece em países de língua hispânica. Ao longo de suas 14 edições, criou uma engajada comunidade ao redor do mundo, reunindo público de mais de 14 mil pessoas em um único ano, e revelou nomes como Aczino, mexicano tetracampeão nacional do evento e o único a vencer uma final nacional fora de seu país e Rapder, atual campeão internacional, que também tornou-se referência no México. O evento ainda inspirou batalhas adaptadas ao idioma local em outros países, como Japão, França, Rússia e também o Brasil - que este ano estende o Red Bull FrancaMente à Portugal, onde os lusitanos se reunirão, no mesmo formato, para disputar no segundo semestre do ano.

INTERVENÇÃO CULTURAL EM CURITIBA PROMOVE A UNIÃO DA ARTE DO SKATE COM O GRAFITE

“O 8º festival de Graffiti Street of Styles - vai reunir na capital paranaense, nos dias 17 e 18 de julho, artistas de diversas partes do país, em um movimento de expressão e revolução da arte visual na Curitiba Skate Park” street_of_styles

CINDERELA ESTREIA FESTIVAL DE TEATRO INFANTIL “ERA UMA VEZ…ERAM DUAS, ERAM TRÊS”

“Na quinta, dia 15 de julho, o espetáculo faz sua estreia online. Toda a renda do festival será revertida para as crianças e adolescentes atendidos pelo Programa Dedica e na ala Pediátrica do HC. A exposição dos figurinos está fica em cartaz até o dia 30 de julho na fachada do Guairão”.

O Festival de teatro infantil “Era uma vez...Eram duas, eram três”, que este ano ganha novo formato em versão online, realizado pela Montenegro, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e apoio da Associação dos Amigos do HC estreia nesta quinta, dia 15 de julho, com o espetáculo Cinderela. A partir desta data, quem adquirir o ingresso poderá assistir ao vídeo da peça em alta qualidade com duração de 40 minutos de onde quiser, independente de horário, e ficará disponível até fevereiro de 2022. Os espetáculos produzidos com exclusividade para o Festival estão sendo gravados no palco do Teatro Bom Jesus, cumprindo todos os protocolos de segurança e prevenção a disseminação da Covid. As gravações contam com uma plateia diferenciada, formada por bonecos dos personagens pintados por pacientes do programa DEDICA, da Associação dos Amigos do HC e terão suas transmissões na plataforma Hotmart (www.hotmart.com). Na sequência acontecem as seguintes exibições: João e Maria (19.08), Chapeuzinho Vermelho (30.09) e João e o Pé de Feijão (28.10).

As produções trazem leituras contemporâneas dos clássicos com linguagens que refletem temas cotidianos de pais e filhos. Um festival de múltiplas ideias, incontáveis saberes, diversas expressões de linguagens e qualificação, com atrações que ao mesmo tempo aproximam o tradicional teatro para a infância e juventude, da produção teatral contemporânea. “Cada peça traz uma possibilidade diferente, de música e visual, construção da dramaturgia. Minha direção caminha para conectar o mundo da criança com o do adulto. Essa questão do teatro infantil ser para as crianças e para os pais também é uma das principais questões que me preocupo quando escrevo. Quem leva a criança para o teatro? O diálogo das cenas não é unilateral, somente para os pequenos, o foco também está nos pais”, conta Tiago Luz, diretor cênico do festival. Cinderela é quem abre a programação dos espetáculos. Essa adaptação, traz à cena uma inusitada abordagem sobre essa tão revisitada história. “Nossa Cinderela é um convite para que adultos e crianças, juntos, possam rir, se emocionar e construir caminhos possíveis na direção de um mundo mais justo, harmonioso e igualitário”, conta o diretor.

O conto, em suas primeiras versões, traz uma adolescente órfã abusada por sua madrasta e filhas. E a resolução dos seus problemas acontece de forma mágica. Um vestido para que Cinderela possa ir ao baile e conquistar o príncipe. Sem contar as cenas de terror. A madrasta mutila os pés de suas filhas para que caibam no sapatinho de cristal. Pombas delatoras que furam os olhos das irmãs invejosas. Todo esse contexto foi amenizado nas reproduções do século 20. Cientes disso, o festival traz uma Cinderela possível, que discute questões contemporâneas. Mas nesta abordagem passa longe do universo Disney, do estereótipo da princesa. Ela perde seu pai e a mãe se casa novamente, com um homem autoritário e dominador, com quem tem mais dois filhos. A mãe de Cinderela fica doente e entra em um estado catatônico. Cinderela cresce solitária, cuidando da mãe em uma cadeira de rodas e fazendo todo o serviço da casa. A chegada da "Fada Madrinha", uma antiga amiga de sua mãe, dá coragem e exemplo para que a menina supere seus problemas. Ao optar por esse caminho, é feita uma aproximação do conto a realidade de muitas mulheres, homens e crianças que, sejam opressores ou oprimidos, podem reconhecer sua condição e encontrar possibilidades para transformá-la. O recurso de gênero artístico do festival é a comédia, o deboche, a paródia. Nada mais adequado para tratar de assuntos tão distópicos, delicados e urgentes.

A contrapartida social desse projeto será realizada em parceria com a Associação dos Amigos do HC, que ficará com a renda integral da bilheteria, além de apresentações exclusivas aos pacientes do DEDICA – Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, programa de enfretamento à violência infantil mantido pela associação, oficinas criativas e de contação de histórias. Ainda como parte do projeto, a construção de um novo espaço de leitura nas instalações do DEDICA está prevista para ser entregue no segundo semestre. Escolas públicas vão receber também apresentações dos espetáculos, que devem atingir um público total de 5.000 mil pessoas, entre alunos e professores.

Os ingressos para o espetáculo Cinderela estão à venda através da plataforma Hotmart (http://campanha.amigosdohc.org.br/festivaleraumavez). Podem ser adquiridos em duas modalidades: CINDERELA (ingresso digital dá acesso para assistir ao vídeo da peça + 1 livreto digital de atividades “Brincando com a Cinderela” para download ou impressão) – R$25,00 / CINDERELA – COMBO (ingresso digital + 1 mini almofada da Cinderela, que será enviada por correio para o endereço informado no cadastro do comprador com frete já incluso + 1 livreto digital de atividades “Brincando com a Cinderela” para download ou impressão) – R$60,00.

Com uma equipe de produção formada por criativos, cenógrafos, figurinistas, jornalistas, designers, fotógrafos, cinegrafistas, técnicos de som e luz, músicos, produtores, advogados, contadores, intérpretes, entre outros, o festival movimenta a cena cultural desse início de ano. Com essa terceira edição, o festival deverá ultrapassar a marca de 10 mil espectadores. “Gerar valor aos produtos culturais é a fórmula de sustentabilidade de um segmento tão sensível as oscilações da política e economia. Ao nos colocarmos como parte da máquina, gerando empregos, renda, impactos sociais e de imagem, garantimos a continuidade das produções artísticas”, afirma Carolina Montenegro, diretora da empresa, que já aprovou e executou mais de 80 projetos.

A edição 2021 do “Era uma vez...Eram duas, eram três conta com os patrocínios da Credipar, Fertipar Fertilizantes, Cattalini, Jaguáfrangos, Tecnolimp, RDP Petróleo, Servopa, Engepeças, Trützschler, Elejor, Sanepar, Banco Digimais, PASA (Paraná Operações Portuárias), Ravato, Greca Asfaltos, Impress The Decor Company, Nórdica, Quasar, Ítalo Supermercados, Magnetron Componentes Elétricos. Apoio: Teatro Bom Jesus, Teatro Guaíra, Tutu Ateliê de Sapatilhas, Kromossomos Estranhos, Espaço Fantástico das Artes, Padaria América, Atelie Miniart. Instituição Beneficiada: Associação dos Amigos do HC

O ERA UMA VEZ...ERAM DUAS, ERAM TRÊS conta com o apoio financeiro de mais de 70 empresas patrocinadoras, sendo que 70% dessas mantém seus investimentos em todas as edições do projeto. As notícias do festival computam mais de 1 bilhão de reais em mídia espontânea, somados ao plano de mídia com inserções em rádio, mobiliário urbano, impressos e internet.
MOSTRA CAMINHOS DO ENCANTAMENTO
Quem passar em frente ao Teatro Guaíra (R: Conselheiro Laurindo, s/n) em passeios a pé ou de carro vai se surpreender. O motivo? A fachada do Guairão está com a exposição “Caminhos do Encantamento”, que marca o lançamento oficial do Festival de teatro infantil. A mostra ficará em cartaz até o dia 30 de julho. Figurinos confeccionados exclusivamente para a mostra, trazem releituras dos personagens da Cinderela, Chapeuzinho Vermelho, Bruxa do João e Maria, Madrastas, Fadas e o Pé de Feijão em estruturas recicladas. Sustentabilidade, reutilização e ressignificação de materiais estão presentes no trabalho do figurinista e artista visual Gustavo Krelling, que assina a criação. “Em minha proposta flerto sempre com as artes visuais, principalmente a performance. Essas questões, por sua vez, propõem ao espectador reflexões sobre o que está vendo em cena - materiais inusitados, texturas e novas possibilidades. Acredito que dessa maneira ampliamos a discussão do espetáculo em seu aspecto visual”, afirma o artista.

Volume, cores, formas e texturas também podem ser discutidos no traje para a exposição. A riqueza está na diversidade de estilos, com resultados inusitados, criativos e de cunho autoral. Peças feitas com material que pode ganhar outra chance em expressão e estilo, evitando o descarte prematuro. Para essa exposição, o figurino da Cinderela por exemplo, que tem como objeto icônico o sapato, será produzido inteiro com restos de couro de sapatos que iriam para o lixo. Os retalhos de restos são costurados em um vestido de baile. João e Maria, João Pé de Feijão, são outros personagens que receberão figurinos nessa mesma proposta.
Sobre a Montenegro
Atuando há 11 anos, a Montenegro sempre apostou na cultura, o maior valor do Brasil. A empresa busca, com a realização de seus espetáculos, debater e desenvolver o teatro para a infância e juventude no Brasil, movimentando e valorizando o cenário artístico com as suas contribuições.

Além de colaborar com a formação artístico-pedagógica das crianças e adolescentes, a empresa oferece, através de espetáculos, exposições, oficinas, contação de histórias, encontros temáticos e rodas de conversa, toda a bagagem necessária para o fortalecimento da cultura no país.

Dias das exibições pela plataforma hotmart (www.hotmart.com):

Cinderela – a partir de 15 de julho
João e Maria – a partir de 19 de agosto
Chapeuzinho Vermelho – a partir de 30 de setembro
João e o Pé de Feijão – a partir de 28 de outubro

Serviço:
Ministério da Cidadania e Montenegro apresentam
“Era uma vez...Eram duas, eram três”
CINDERELA
Estreia: a partir de 15 de julho de 2021
Transmissão Online: www.hotmart.com
Duração vídeo da peça: 40 minutos
Vendas: http://campanha.amigosdohc.org.br/festivaleraumavez . CINDERELA (ingresso digital dá acesso para assistir ao vídeo da peça + 1 livreto digital de atividades “Brincando com a Cinderela” para download ou impressão) – R$25,00 / CINDERELA – COMBO (ingresso digital + 1 mini almofada da Cinderela, que será enviada por correio para o endereço informado no cadastro do comprador com frete já incluso + 1 livreto digital de atividades e pintura “Brincando com a Cinderela” para download ou impressão) – R$60,00.
Classificação etária: Livre. De 04 a 08 anos para o público infantil, e 08 a 12 anos para o público infanto-juvenil.
Informações: www.montenegroproducoes.com
Realização: Montenegro

Dia do Rock: 20 músicas que retratam momentos históricos

Historiadora explica a relação da música e de movimentos históricos ao longo das décadas

O dia 13 de julho é considerado o Dia Mundial do Rock. A data passou a ser celebrada em 1985, em homenagem ao Live Aid, megaevento que organizou simultaneamente apresentações em Londres, na Inglaterra e na Filadélfia, nos Estados Unidos. Dezenas de artistas e bandas famosos da época participaram com o objetivo de acabar com a fome na Etiópia. Os shows foram transmitidos ao vivo para vários países e chamaram a atenção do mundo todo para a causa humanitária. Entre os participantes estavam bandas como Queen, U2, Led Zeppelin, Scorpions e artistas como Paul McCartney, Madonna, David Bowie, Elton John e muitos outros.

Além de causas como a fome, a música sempre foi uma fonte histórica muito rica, mesmo antes de haver livros e registros oficiais. De acordo com a coordenadora de História do Colégio Marista Anjo da Guarda, Isabel Couto, qualquer gênero musical pode ser trabalhado dentro da disciplina, mas o rock tem um apelo mais forte. “Seja pelo período em que surgiu, seja por trazer à tona inúmeros movimentos contestadores. Desde os anos 60 até hoje, a música está nos trazendo reflexões do período em que ela foi produzida ou a que ela se refere”, explica.

História do Rock
Rock é um gênero musical que surgiu das camadas mais pobres de uma população extremamente excluída nos EUA e atingiu mundialmente a população. Isabel Couto conta que a riqueza musical do gênero foi sendo aumentada pelas letras provocativas, dança e linguagem corporal como um todo. “O Rock incorporou signos que puderam ser contra a ordem vigente como, por exemplo, a Guerra do Vietnã, em que a música serviu de pano de fundo para as manifestações gigantescas contra a guerra”, analisa.

A professora selecionou 20 títulos que têm ligação direta com períodos históricos importantes das últimas décadas. Confira:

Working Class Hero – John Lennon – Revolução Industrial
Another Brick In the Wall – Pink Floyd – Nazismo/Fascismo
Mother – Pink Floyd – Família – Sociologia
Money – Pink Floyd – Classes sociais – Sociologia
Kashmir – Led Zeppelin – Conflitos na Ásia
Vida de Operário – Pato Fu - Revolução Industrial
Que país é esse – Legião Urbana – Ditadura militar
Geração Coca-Cola – Legião Urbana – Crítica social?
Faroeste Caboclo – Legião Urbana – Desigualdade social
Polícia – Titãs – Instituições Sociais – Sociologia
Família – Titãs - Família – Sociologia
Televisão – Titãs – Meios de comunicação de massa
Homem Primata – Titãs – Sociedade primitiva x sociedade contemporânea
Wind of change – Scorpions – queda do muro de Berlim
Sunday Bloody Sunday – U2 – Guerra civil Irlandesa
Blackbird – Beatles – movimento por igualdade racial nos EUA
Bastille Day – Rush – Revolução francesa
War Pigs – Black Sabbath – Guerra do Vietnam
Alexander the Great – Iron Maiden – Antiguidade
Alegria Alegria – Caetano Veloso – Ditadura Militar
Sobre os Colégios Maristas: os Colégios Maristas estão presentes no Distrito Federal, Goiás, Paraná, Santa Catarina e São Paulo com 18 unidades. Nelas, os mais de 25 mil alunos recebem formação integral, composta pela tradição dos valores Maristas e pela excelência acadêmica. Por meio de propostas pedagógicas diferenciadas, crianças e jovens desenvolvem conhecimento, pensamento crítico, autonomia e se tornam mais preparados para viver em uma sociedade em constante transformação. Saiba mais em www.colegiosmaristas.com.br.

MOSTRA COMEMORATIVA ABRAÇÃO 20 ANOS – ONLINE

A Céu Vermelho Produções Artísticas apresenta

Apresentações online gratuitas de espetáculos teatrais

A Céu Vermelho promove entre os dias 24 a 27 de junho de 2021 a MOSTRA COMEMORATIVA ABRAÇÃO 20 ANOS/ ONLINE, patrocinado pelo PROGRAMA DE APOIO E INCENTIVO À CULTURA, FUNDAÇÃO CULTURAL DE CURITIBA. O evento é uma oportunidade de compartilhar um recorte dos trabalhos desenvolvidos pela Cia. do Abração, ao longo dos seus 20 (anos) de história, com espetáculos direcionados ao público de crianças e também espetáculos direcionados ao público de jovens/adultos.
As apresentações acontecerão no formato ONLINE, na plataforma do Youtube no canal da CIA DO ABRAÇÃO entre os dias 24 a 27 de junho de 2021, e contará com 04 apresentações, de 04 espetáculos. Destas (Dessas), 02 apresentações acontecerão em dias letivos, sendo que uma delas terá tradução simultânea em libras, direcionadas às crianças. As outras duas apresentações acontecerão no final de semana às 19h, para público de jovens e adultos.

Os links das apresentações estarão disponíveis na página da CIA. DO ABRAÇÃO: WWW.CIADOABRACAO.COM.BR a partir do dia 15/06/2021.
Além das apresentações, também haverá atividade de caráter formativo, como oficina teatral, direcionada a jovens e adultos, a partir de 14 anos, interessados no fazer teatral. Essa atividade será realizada por meio da plataforma zoom e conta com a prévia de inscrição dos interessados.
A diretora da Cia. do Abração, Letícia Guimarães, comenta que esta mostra vem nestes tempos desafiadores encontrar-se com as crianças, jovens, adultos, com as famílias, com os artistas e educadores, apostando na abertura do campo sensível e imaginativo da experiência estética e do fazer poético. “O teatro pode trazer muitas motivações para os pequenos e grandes e ajudá-los a dar sentido aos acontecimentos da vida. Estamos apostando nos valores perenes da arte enquanto forma de expressão do mundo simbólico na sua dimensão de troca. Nessa troca o belo se completa com a alegria e o prazer que emanam da convivência criativa. ” Estamos em festa. Comemorando a história de 20 anos de arte e resistência da Cia. do Abração. Temos a intenção de trazer a reflexão sobre a importância do teatro produzido continuamente por uma Companhia Curitibana, ao longo de 20 anos de história, para se chegar a valores imateriais que possam construir relações humanas subjetivas, essenciais e valorosas
O evento também proporciona ao público de escolas públicas o acesso gratuito às apresentações, neste ano, transmitidas online. Nesse aspecto, o teatro surge como fator de integração social, possibilitando às crianças, que muitas vezes nunca assistiram uma peça de teatro, um outro olhar ou até uma possibilidade de ver e rever a própria infância com mais sensibilidade.
Dentre a programação prevista, a mostra de espetáculos terá 100% de ingressos/acessos gratuitos, revertendo à população produtos culturais de qualidade.

APRESENTAÇÕES E BATE PAPO AO VIVO

De 24 a 27/06 sempre às 19h no canal da Cia. Do Abração no Youtube. Após cada apresentação haverá uma conversa ao vivo com os integrantes da companhia e convidados especiais que fizeram parte da criação de cada espetáculo. Neste momento, o público poderá participar do bate-papo através do chat da plataforma.

RESUMO DOS ESPETÁCULOS DA MOSTRA

MOSTRA PARA CRIANÇAS

SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO - DIA: 24/06, quinta-feira às 19h (espetáculo com tradução em LIBRAS)
O ESPETÁCULO MAIS PREMIADO DE 2002 no estado do Paraná.
Sinopse - O espetáculo Sonho de Uma Noite de Verão, primeiro espetáculo da Cia. do Abração, foi a grande revelação do ano de 2002 em Curitiba, angariando seis Troféus Gralha Azul – Prêmio Governador do Estado, são eles: melhor espetáculo para crianças – Cia. Do Abração, melhor diretor, melhor adereço, melhor sonoplastia, melhor atriz e atriz revelação.

No Sonho de Uma Noite de Verão, adaptado pela Cia. do Abração, quatro velhinhos, contadores de estórias, que neste momento se encontram a serviço do Sr. Milkshakespeare, utilizam-se de objetos para contar esta estória que fala dos encontros e desencontros de dois casais. A ideia de trabalhar com manipulação de objetos parte do princípio que esta é a maneira que a criança naturalmente se utiliza para criar o seu próprio imaginário, o seu lúdico “Faz – de - Conta”. Assim, os personagens da história são representados por objetos do cotidiano, como um par de sapatos altos, uma gravata borboleta, etc.
Na nossa versão, os reis da floresta brigam, não pelo seu pajem, mas pela posse do Livro dos Sonhos que, a nosso ver, pertence a todos e, o que passamos como mensagem é que quando a natureza entra em desarmonia, todos, que neste mundo vivem, brigam e se desarmonizam. Além disso, fazemos uma reflexão sobre a infância e a velhice, por isto, nossos doces velhinhos, no final da peça, acabam se tornando crianças ou libertando a criança que todos guardamos dentro de nós. Desta forma, trabalhamos com a ideia de fazer um teatro para crianças de todas as idades, sem menosprezar a inteligência de nosso público.
Duração: 50min
Classificação – Livre

LINK DA TRANSMISSÃO: https://youtu.be/UlsbnVLbRSo

O MENINO QUE AMARRAVA TUDO– DIA 25/06, sexta-feira, às 19h
Inspirado na obra homônima de Guga Cidral

Sinopse –Este foi o último espetáculo produzido pela Cia. do Abração e teve sua estreia em 2019.

Essa história é de Léo, um menino muito criativo e sensível. Filho único de uma família feliz: de Dona Dulce, a mãe e de Seu Severo, o pai. Mas Léo não era como as outras crianças...sua comunicação verbal era incompreendida. Por isso, não tinha amigos e sua própria família tinha dificuldade com ele. Léo teve um avô querido, mas seu avô já tinha morrido. Seu único refúgio era o atelier de artes de sua mãe. Neste lugar mágico, Léo encontra refúgio para suas expressões secretas. Por isso, essa história se inicia dentro das gavetas do atelier de sua mãe. Ao abrir as gavetas, o menino descobre um mundo. Um dia, tirando um soninho no seu esconderijo secreto, sonha com seu avô, que lhe faz lembrar de muitos momentos em que viveram intensamente juntos. Momentos de alegria e momentos de tristezas. Neste sonho, Léo é levado, por seu avô a inventar cordões de amarrar tudo. Tira das gavetas fitas e cordões e neles, amarra tudo: papel, fotos, brinco perdido, lápis e muito mais. Esses cordões viraram longos varais recheados de lembrança e alegria e, com eles, caminha colorindo e descobrindo o seu próprio mundo. O melhor brinquedo já inventado pelo avô e seu neto.
Quais sentimentos conseguimos amarrar? E quais queremos? A partir desses fios, Léo nos contará a sua história. Será esse fio a linha da vida? O Menino que Amarrava Tudo nos convida a embarcar no mais profundo. No "dentro de nós".

Duração: 50min
Classificação – Livre
Link da transmissão: https://youtu.be/ohUdHpV-cJs

MOSTRA PARA JOVENS E ADULTOS

O BANHO - DIA: 26/06, sábado às 19h
Sinopse – O espetáculo estreou em 2007, no projeto “Novelas Curitibanas”

Neste espetáculo, tratamos o “Banho” como um fato social total, constituído não apenas dos elementos materiais e do uso que dele fazemos, mas elemento de mediação das representações simbólicas, num contexto de diversidade social e cultural, onde buscamos apreendê-lo dentro da dinâmica cultural contemporânea, especialmente no que se refere às inúmeras relações que se interpõem entre o ato de banhar-se e o que o banho produz na construção das identidades pessoais e coletivas.

Somando estas ideias às diversas linguagens artísticas, construímos um espetáculo onde teatro, dança, música e artes plásticas se fundem para dar significado às ações cotidianas, aos lugares comuns, aos hábitos sedimentados. Para efeito de uma compreensão mais aprofundada da nossa própria cultura e, consequentemente, de todas aquelas com as quais entramos em contato num mundo cada vez mais globalizado e nem por isso, mais homogêneo. Assim teremos “o banho” como ato de purificação, de prazer e de renovação, mas também de construção da nossa inserção no mundo.

O Banho nos convida a conhecer um pouco da nossa cultura, da nossa diversidade e principalmente da nossa intimidade, tanto estética quanto filosófica, propondo uma reflexão sobre nossas vidas cotidianas. Prazer, cansaço, dor, alegria, brincadeira, regeneração, revitalização serão alguns dos estados do corpo e da mente presentes em nosso processo de criação e de pesquisa e que servirão de alicerce para o espetáculo.

Duração: 60min
Classificação – Indicado para maiores de 16 anos. Contém cenas de nudez
Link da transmissão: https://youtu.be/g2YUySnGg7U

PELAS MÃOS DE MARIA OU AS VOZES DE SIMONE - DIA 27/06, domingo, às 19h
Sinopse - O espetáculo estreou em 2016 – ano comemorativo dos 15 anos da Companhia do Abração, e conta com a assinatura do dramaturgo Edson Bueno e da diretora Letícia Guimarães.

Pelas Mãos de Maria ou as Vozes de Simone traz à tona a reflexão sobre o papel da mulher na sociedade, as diferentes formas de participação na história, assim como opressões vividas e um resgate da memória daquelas que se sacrificaram por direitos igualitários e humanos. O enredo, ambientado em uma cidade do interior brasileiro, em plena ditadura militar dos anos 70, conta a história de três mulheres que recebem do quartel militar a peculiar tarefa de costurar uma bandeira para ser exibida em uma parada na manhã seguinte. Nesse coser da bandeira, a história busca abordar o imaginário coletivo humano, as contradições manifestadas pelas personagens, simbolizando um território de pertencimento/despertencimento comum e contraditório, mediado e interligado pelo coser daquelas mãos de Maria e entoados pelas vozes de Simone.

Duração: 60 min
Classificação – Indicado para maiores de 14 anos
Link da transmissão: https://youtu.be/Lhgyl289Lkw

Sobre a companhia

COMPANHIA DO ABRAÇÃO – CURITIBA: A Cia do Abração é um espaço de arte e cultura, fundado em 2001, por Letícia Guimarães e tem como proposta principal a pesquisa e produção teatral para todas as idades, embasados em dramaturgia própria e difundidas como espetáculos de repertório. Sua proposta estética está alicerçada na fusão de linguagens artísticas elaborada em investigações advindas de processos colaborativos. Além da dança e das artes visuais, trabalha e investiga as técnicas de manipulação de objetos, mímica, produção sonora e conhecimentos da antropologia.

ATIVIDADE COMPLEMENTAR – OFICINA TEATRAL PARA JOVENS E ADULTOS ONLINE

OFICINA: TEATRO FÍSICO – VIVÊNCIA SOBRE A PESQUISA REALIZADA PELA CIA DO ABRAÇÃO– 20 VAGAS NO TOTAL

Transmitido, do espaço da Cia. Do Abração, por meio da plataforma ZOOM.
25/06 (Sexta-Feira) Das 9:30h às 11:30h
Vagas: 20 vagas disponíveis
Público Alvo: Professores e jovens e adultos interessados
Período de Inscrições: de 07 a 21 de junho.
Inscrições através do whatsapp: (41) 99125 9595.

Havan presenteia público com Live sertaneja para comemorar 35 anos

A Havan completa 35 anos neste mês de junho. Para celebrar a data, a rede que conta com mais de 160 megalojas espalhadas pelo Brasil e 20 mil colaboradores, vai realizar uma Live Especial, na sexta-feira, 25, a partir das 21 horas, no canal no YouTube e no Facebook da varejista.

O ritmo da festa será a música sertaneja e programação terá show virtual dos donos do hit “Batom de Cereja”, a dupla Israel e Rodolffo. A música é o grande destaque do primeiro semestre deste ano e foi a primeira sertaneja a entrar para o Top 30 global da plataforma de streaming Spotify.
A outra atração será a dupla Marcos e Belutti, que com mais de uma década de carreira, colecionam sucessos como o hit “Domingo de Manhã”, que fez a dupla estourar em todo o país em 2014. Entre as canções confirmadas no show virtual, está o recente sucesso “Tudo Indica”.

A Live contará ainda com participações especiais do humorista, Tirullipa, atual garoto propaganda da Havan. Fenômeno nas redes sociais, ele soma mais de 26 milhões de seguidores no Instagram. A apresentadora, Lígia Mendes, que comanda o programa “Missão Impossível”, na Jovem Pan também estará presente no show virtual.

O mascote da campanha de 35 anos da Havan, o Navah, que está fazendo o maior sucesso com o público nas redes sociais e o dono da Havan Luciano, completam o time que irá comandar a festa. “É um momento de comemoração. Escolhemos nesta data dar esse presente ao nosso público, clientes, fãs, colaboradores, fornecedores. Sem a confiança de cada um, não estaríamos completando 35 anos de história e projetando tanta coisa para o futuro. Estamos só no começo e vem muita coisa boa por aí!”

SERVIÇO
O quê: Live 35 anos Havan
Quando: sexta-feira, 25 de junho de 2021
Onde: YouTube Havan - https://www.youtube.com/user/lojashavan
Facebook Havan - https://www.facebook.com/Havanoficial
Que horas: 21 horas

Ivan Lins fará Live Concerto com Orquestra Filarmônica de Rio Claro

O cantor e compositor carioca Ivan Lins volta a se apresentar acompanhado de uma orquestra no próximo dia 24 de junho, num concerto live que poderá ser acompanhado de qualquer lugar do Brasil.

Com 75 anos recém completados e mais de 50 anos de carreira, ele será acompanhado por 41 músicos da Orquestra Filarmônica de Rio Claro, que vão misturar o erudito com a música popular brasileira. A última apresentação de Ivan Lins com orquestra foi em 2018. “A orquestra contará com bom número de músicos para os tempos atuais. Serão 24 cordas, 8 madeiras, 6 metais e banda de apoio, com arranjos e regência do maestro Carlos Lima, um profissional talentosíssimo e acostumado aos shows com artistas populares", explica Fábio Engle, Spalla da Orquestra Filarmônica de Rio Claro.

O repertório foi selecionado pelo artista e contará com canções consagradas como Madalena, Começar de Novo, Vitoriosa, Chega, entre outras.

O concerto da Orquestra Filarmônica com Ivan Lins volta a colocar a cidade de Rio Claro na rota das grandes apresentações culturais do país, ajudando a movimentar a economia criativa, que hoje representa 4% do PIB do estado de São Paulo. “Considerando a situação atual do país, não é todo dia que se produz um projeto dessa magnitude, dessa complexidade, e a orquestra de Rio Claro é uma das pioneiras nisso e estando numa cidade do interior do estado é de uma importância histórica e cultural”, finaliza Carlos Lima.

Criada em 1995 pelo advogado e percussionista William Nagib Filho, já realizou concertos com grandes nomes da música popular brasileira como Chico César, Mazinho Quevedo, Renato Teixeira, João Bosco, Fafá de Belém e Zeca Baleiro. A OFRC é uma das poucas orquestras brasileiras regida pelos próprios músicos. “Tornar a cultura acessível para o maior número de pessoas sempre foi a nossa missão e eventos como esse são o nosso legado”.
O concerto live Ivan Lins e OFRC será transmitido pelo Youtube oficial da orquestra e pode ser acessado através do site www.ofrc.com.br

O concerto da Orquestra Filarmônica de Rio Claro com Ivan Lins conta com apoio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, patrocínio da Whirlpool e apoio da Astra.

Serviço: Concerto Ivan Lins e Orquestra Filarmônica de Rio Claro
Quando: 24 de junho a partir das 18h
Onde: Live - Link no site www.ofrc.com.br

Abertas inscrições para Bolsa Cultura 2021 no Museu de Arqueologia e Etnologia da UFPR

Estão abertas as inscrições, de 14 a 20 de junho de 2021, para a seleção de interessados para atuarem nos projetos de extensão universitária MAE Interativo e Plural, Museologando e Acervos em diálogo: tecendo relações entre coleções etnográficas e conhecimentos indígenas do Museu de Arqueologia e Etnlogia da UFPR (MAE-UFPR).
Para a realização das atividades, a Universidade Federal do Paraná oferece 3 vagas de Bolsa-Cultura no valor de R$ 400,00 mensais. A primeira vaga é voltada ao mapeamento dos acervos e coleções etnográficas do Paraná em parceria com o Comitê de Patrimônio e Museus da Associação Brasileira de Antropologia (ABA); a segunda para a tradução do português para o Mbya, assim como para a transcrição e escrita em língua Mbya Guarani para composição de publicações colaborativas, e a última para desenvolvimento de ferramentas para acessibilidade em exposições virtuais, vídeos e outros materiais produzidos pelo Museu de Arqueologia e Etnologia. As vagas são abertas a qualquer pessoa, independentemente de ser aluno da UFPR; no entanto serão preenchidas apenas por aqueles que atenderem aos requisitos previstos no edital.

As atividades formativas serão desenvolvidas de modo remoto, via plataforma Microsoft Teams, enquanto durarem as restrições devido à pandemia de Covid-19, conforme portarias emitidas pela UFPR. Caso as restrições sejam retiradas até o final de vigência da bolsa, as atividades presenciais serão desenvolvidas na Reserva Técnica do Museu de Arqueologia e Etnologia, localizada no campus Juvevê, em Curitiba.

As entrevistas irão acontecer nos dias 22 e 23 de junho em horário a confirmar para cada um dos inscritos. O resultado será divulgado no dia 24 de junho às 14h, no site e nas redes sociais do MAE.

Acesse o edital aqui.
As inscrições devem ser feitas pelo formulário disponível aqui.
Conheça todo o trabalho desenvolvido pelo Museu de Arqueologia e Etnologia da UFPR.

Ingressos à venda para a programação de julho da 1ª Mostra de Teatro On-Line APTI

A Mostra de espetáculos segue com toda bilheteria revertida em cesta básica para atender famílias de profissionais das artes cênicas do Estado de São Paulo. Carmen com Natália Gonsales e Flávio Tolezani; Teresa D’Avila com Ana Cecília Costa; Madame Blavatsky com Mel Lisboa; e o musical Meu Amigo Charlie Brown são alguns destaques da programação. As peças ficarão disponível 48h para o público a cada fim de semana.

Link para fotos - https://bit.ly/3tquSLQ

A programação da 1ª Mostra de Teatro On-Line APTI segue com todo valor arrecadado para compra de cestas básicas para a Campanha Fundo Marlene Colé. Os ingressos para a programação de julho já podem ser adquiridos pelo site www.fundomarlenecole.com.br

Entre os espetáculos disponíveis estão Como Ter Sexo A Vida Toda Com A Mesma Pessoa com Tania Bondezan; Pandas ou Era Uma Vez em Frankfurt com Nicole Cordery e Mauro Schames; Pessoa com Elias Andreato; e Amanhã Eu Vou com Lilan Blanc e Tuna Dwek. São dois espetáculos on demand por final de semana, ou seja, o público tem 48h para assistir a peça escolhida. Abaixo a programação completa.

A iniciativa da APTI-Associação de Produtores Teatrais Independentes tem como objetivo auxiliar as mais de 30 mil famílias de profissionais da cultura, do Estado de São Paulo, afetados pela pandemia do novo Coronavírus. Desde março de 2020, quando os espetáculos das artes cênicas foram interrompidos, a APTI se aliou a parceiros para ampliar a campanha do Fundo Marlene Colé de auxílio aos profissionais que ficaram sem nenhuma fonte de renda.

Programação de julho da 1ª Mostra Teatro On-Line APTI

****
Dias 3 e 4 de julho – On Demand
Como Ter Sexo A Vida Toda Com A Mesma Pessoa
Texto: Mónica Salvador. Direção: Odilon Wagner.
Com Tania Bondezan.

Annetta Poché é uma sexóloga búlgara formada na Sorbonne, que introduz ao público técnicas para a vida sexual dos casais, dando receitas insólitas para superar as diversas crises que acontecem ao longo de anos de convivência. Com a sua técnica revolucionária, ensina a manter o fogo de um relacionamento com uma única pessoa. Com humor inteligente e divertido do início ao fim o texto provoca a gargalhada do público de todas as idades.

****
Pandas ou Era Uma Vez em Frankfurt
Texto: Matei Visniec. Direção: Bruno Kott.
Com Nicole Cordery e Mauro Schames.

Adaptação do texto teatral, A História Dos Ursos Pandas (Contada Por Um Saxofonista Que Tem Uma Namorada em Frankfurt), do dramaturgo romeno, Matei Visniec apresenta um casal de desconhecidos que acorda na mesma casa. Trazem apenas fragmentos da noite anterior. Eles precisam um do outro para montar esse grande quebra cabeça de sentimentos e memórias. Esta experiência foi concebida durante a quarentena da Covid-19, com os artistas envolvidos, isolados em suas casas.

****
Dias 10 e 11 de junho – On demand
Pessoa
Texto: Fernando Pessoa. Direção e atuação: Elias Andreato.

O roteiro inventa um personagem, real em seu quarto, através da prosa e da poesia de Fernando Pessoa, do estado criativo do poeta e tem como centro O Marinheiro uma obra, minimalista, provocatória e verdadeiramente de vanguarda que nos dá a oportunidade de conhecer de onde vem a inspiração de Fernando Pessoa, que com 24 anos, escreveu em dois dias de outubro de 1913.

Acredita-se que o marinheiro descrito na obra seja o próprio Fernando Pessoa, concentrado na realidade e ação, no sonho de viver. É na verdade a primeira criação dos seus três heterônimos, Ricardo Reis, Álvaro de Campos e Alberto Caeiro, sendo estes últimos objeto da maior parte dos estudos sobre a sua vida e obra.

****
A Última Dança
Texto: César Baptista. Direção: Janaina Suaudeau, Cesár Baptista e Fernando Bueno.
Com Natalia Gonsales.

Monólogo inspirado no diário da escritora e filósofa francesa Simone Weil. Nascida em 1909 em Paris, filha de médico, aos vinte anos aluga um quartinho perto de uma fábrica, despede-se de seus pais, amigos e das aulas de filosofia para trabalhar na linha de montagem com o objetivo de escrever sobre a condição operária e a opressão social.

A partir dessa vivência, Simone deixa uma espécie de diário relatando o seu dia a dia na fábrica: a fome, as labaredas, os ruídos ensurdecedores, os acidentes, as doenças, as ordens, o medo, o esgotamento, o envelhecimento, a infelicidade, o emburramento.

Dias 17 e 18 de julho – On demand
Teresa D’Ávila
Texto: Juan Mayorga. Direção: Elias Andreato.
Com Ana Cecília Costa

Adaptação do premiado texto A Língua em Pedaços do espanhol Juan Mayorga e conta a vida de Teresa D’Avila, que de dentro no seu claustro monástico, responde e enfrenta o Inquisidor, arauto da poderosa Igreja Católica, que a acusa de subversão e heresia.

****
Amanhã Eu Vou
Texto: Clovys Torres. Direção: Cristina Cavalcanti.
Com Lilan Blanc e Tuna Dwek

Duas mulheres são as únicas sobreviventes de um planeta totalmente corroído pela peste e pelas queimadas. Elas dependem uma da outra para continuarem a viver, mesmo sendo de temperamentos opostos: uma sonha e idealiza um futuro, enquanto a outra nem dorme e deseja sair daquele lugar inóspito; elas conversam sobre a vida, ou a falta de vida.

Dias 24 e 25 de julho - On demand
Carmen
Texto: Luiz Farina. Direção: Nelson Baskerville.
Com Natalia Gonsales, Flavio Tolezani e Vitor Vieira.

Carmen e José vivem uma trágica paixão. Na trama, ele narra o seu amor por Carmen e o motivo que o levou a prisão. E ela, através do seu olhar, narra o seu ponto de vista em relação à história. Baseado na novela de Prosper Mérimée publicada em 1845, no qual Georges Bizet se inspirou para criação da ópera Carmen

****
Crioulos
Texto e direção: Caio D’Aguilar.
com Anderson Negreiro, Ilu Malanda, Caio D'aguilar, Fernanda Ross, Kenan Bernardes, Alberto Pereira Jr e Carlos De Niggro.

O espetáculo mescla temas históricos da negritude, a partir de uma narrativa ficcional, uma viagem que aborda desde fantasmas da Ku Klux Klan, Gorilas, à temas como os efeitos da segregação racial, pela narrativa e ótica do personagem - Crioulo - um jovem que perde seu pai, um ativista das causas sociais, morto por policiais milicianos num conflito racial.

Com situações cômicas e ácidas a partir de histórias que revisitam décadas de preconceito, violência, conflitos de raças e identidade, Crioulos é uma crítica mordaz a respeito das questões raciais, tão presentes nos dias de hoje. Sucesso de público e crítica, a peça teve estreia antes da Pandemia, abordando justamente as semelhanças entre as lutas da Cultura Negra do Brasil e Estados Unidos.

Dias 31 de julho e 1º de agosto – On demand
Madame Blavatsky
Texto: Claudia Barral. Direção: Marcio Macena.
Com Mel Lisboa.

Madame Blavatsky, ou Helena Petrovna Van Blavatskaya, foi uma escritora e médium russa do século 19, fundadora da Sociedade Teosófica. Na peça, Helena retorna encarnada no corpo de uma atriz/médium para revisitar a sua história e esclarecer alguns pontos controversos da sua biografia, nos possibilitando investigar os limites entre verdade e fingimento ou realidade versus ficção, que são caros ao teatro assim como ao misticismo.

****
Meu Amigo Charlie Brown, o Musical
Baseado nas Tirinhas de Charles Schulz. Um Musical de Clark Gesner. Versão Brasileira: Mariana Elisabetsky.
Com Leandro Luna, Tiago Abravanel, Paula Capovilla, Mateus Ribeiro, Mariana Elisabetsky e Guilherme Magon. Swings: Douglas Tholedo e Tecca Ferreira.

A dramaturgia e as músicas propõem o encontro do menino Charlie Brown com o mundo que o cerca, e sua constante busca pelo significado das coisas e dos sentimentos. O universo de Charlie Brown se caracteriza pelo humor delicado e melancólico, com personagens inteligentes, sensíveis, mordazes e criativos que provocaram uma revolução no mundo das histórias em quadrinhos. Afinal, o protagonista é um menino cheio de preocupações e com algumas frustrações; Schroeder vive debruçado ao piano e tem Beethoven como herói; Lino não desgruda de seu cobertor; Lucy tem uma banca de analista; Sally, a irmã mais nova de Charlie Brown, vive num dilema escolar e Snoopy é absolutamente extraordinário. Todos os personagens refletem sobre a simplicidade e a complexidade do cotidiano, além de questionarem e tentarem entender tudo que os rodeia.

Serviço:
1ª Mostra de Teatro On-Line APTI
De 15 de maio a 1º de agosto
Ingressos: R$25, R$50 e R$100 (o cliente escolhe quanto quer pagar)
Vendas: www.apti.org.br/mostra-de-teatro

Informações: www.apti.org.br
Instagram: @apti_sp

Sobre Marlene Colé
A carreira de Marlene Colé nas artes começou cedo. Ainda jovem integrou o Grupo de danças folclóricas de Solano Trindade, fundado nos anos 70 em Embú das Artes, e mais adiante se tornou cantora da noite, tendo participado do show da inauguração do Teatro Nacional em Brasília.

De origem humilde, com o passar dos anos, para se sustentar começou sua carreira como camareira e nessa atividade trabalhou para uma legião de atores, atrizes e produções teatrais pelo Brasil a fora.
Quando morreu, em 2016, fazia parte da equipe de camareiras do Teatro Municipal de São Paulo, além de trabalhar em outras produções.

Marlene Colé não tinha parentes. E quando faleceu tinha alguns recursos em sua conta bancária, fruto de suas economias. Um grupo de amigos solidários de Marlene, entre artistas e técnicos que conviveram com ela, resolveu criar, com esses recursos o FUNDO MARLENE COLÉ, para apoiar artistas e técnicos que estivessem passando por necessidades, honrando assim o nome de Marlene que sempre foi muito preocupada em ajudar o próximo.

Atualmente A gestão do Fundo Marlene Colé está a cargo da APTI-Associação de Produtores Teatrais Independentes, com sede na Capital Paulista e conta com as instituições SATED-SP (Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos e Diversões do Estado de São Paulo), Cooperativa Paulista de Teatro e Coletivos de Circo, a parceria com a APTR (Associação de Produtores Teatrais) e o apoio do Artigo 5º, Sympla, Lista Fortes Brasil e Unibes.

Para maiores informações acesse o site:
www.fundomarlenecole.com.br

Redes sociais:
www.facebook/fundomarlenecole
Instagram: @fundomarlenecole

MON leva “O Mundo Mágico dos Ningyos” a São José dos Pinhais

O Museu Oscar Niemeyer (MON) leva a São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, a exposição “O Mundo Mágico dos Ningyos”, uma versão da que está em cartaz no Museu. A mostra poderá ser vista a partir de 11 de junho, no Museu Atílio Rocco.

“Uma das maiores coleções de arte asiática da América Latina, que pertence ao acervo do Museu Oscar Niemeyer (MON) graças a uma generosa doação feita pelo professor Fausto Godoy, apresenta-se aqui num novo recorte”, explica a diretora-presidente do MON, Juliana Vosnika.

“O Mundo Mágico dos Ningyos” traz para perto do público a singular coleção de bonecos japoneses que, naquele país, extrapola o lúdico infantil. Muito mais do que brinquedos, são objetos de forte simbologia, revelam os costumes e a cultura do Japão.

Fausto Godoy, que assina a curadoria da exposição, explica que os Ningyos ocupam um lugar diferente na sociedade japonesa, em relação aos bonecos no Ocidente. “Para nós, eles são brinquedos, enquanto no Japão são objetos cheios de significados milenares, que evocam uma atmosfera mágica e ritualística”, diz. “São muito valiosos, frágeis e guardados como tesouros de família.”

Tradicionalmente, os Ningyos são presentes utilizados para desejar longevidade, saúde e fertilidade aos recém-nascidos. Também são exibidos pelas famílias em datas especiais e a eles se atribui a missão de proteger e purificar as casas que os recebem.

O significado da palavra Ningyo é “forma humana”: nin (humano, gente) e gyo (forma). “Esses objetos aqui apresentados atravessaram os últimos 200 anos do Japão e mostram um viés pouco explorado, mas extremamente rico, da alma e da cultura japonesas”, comenta Godoy.

Sobre o MON
O Museu Oscar Niemeyer (MON) pertence ao Estado do Paraná. A instituição abriga referenciais importantes da produção artística nacional e internacional nas áreas de artes visuais, arquitetura e design, além da mais significativa coleção asiática da América Latina. No total, o acervo conta com aproximadamente 7 mil peças, abrigadas em um espaço superior a 35 mil metros quadrados de área construída, sendo 17 mil metros quadrados de área para exposições, o que torna o MON o maior museu de arte da América Latina. Os principais patrocinadores da instituição, empresas que acreditam no papel transformador da arte e da cultura, são: Copel, Sanepar, Grupo Volvo América Latina, Vivo e Moinho Anaconda.

Serviço:
“O Mundo Mágico dos Ningyos”
Período expositivo: 11 de junho a 18 de julho
Museu Atílio Rocco (Rua Quinze de Novembro, 1.660)
www.museuoscarniemeyer.org.br

Cantora italiana Carla Cocco encerra Festival Mia Cara 2021

Artista enaltece a realização do evento destacando a troca cultural e união promovidas através da música

Em show inédito, gravado em um pequeno teatro nos arredores de Roma, a cantora italiana Carla Cocco encerra a nona edição do Mia Cara 2021. Assim como o restante da programação do festival, o público poderá acompanhar a performance por meio das redes sociais do evento. O show será transmitido dia 6 de junho, às 20h, e ficará disponível no YouTube e Facebook do Mia Cara após a exibição.

No espetáculo, que a artista carinhosamente chamou de Mio Caro Brasile, serão reverenciados ícones da MPB como Toquinho, Maria Gadú, Chico Buarque de Hollanda e sua irmã, Miúcha. “O Brasil é uma parte de mim, sou muito apegada à sua terra, à sua cultura e aos seus artistas e sinto imensa alegria em atuar como uma ‘cola musical’ entre as duas culturas”, revela Carla.

Além dos nomes nacionais, também serão homenageados grandes personalidades da música Italiana, como Sergio Endrigo, Ennio Morricone e Ornella Vanoni. “Espero poder trazer um pouco da nossa Itália para o Brasil, e que toda a emoção e amor que colocamos na organização deste show também chegue até o público”, diz. Acompanhando a artista no palco, se apresentam os músicos Stefano Indino, acordeonista de Massimo Ranieri, Nicola Piovani e Fiorella Mannoia, bem como Andrea De Luca, no violão, representante na Itália da Asher Guitars.

Tornar a arte viva
Além de comentar o show em si, Carla Cocco também aproveitou para ressaltar a importância da realização do festival em meio à pandemia. “Penso que a organização do evento é uma grande oportunidade para todos. Em vez de desistir da arte, da música, foi encontrada uma nova maneira de vivê-la e torná-la viva. Não devemos desistir de esperar que esse momento passe e, neste meio tempo, precisamos encontrar uma nova maneira de viver e nos relacionar com o mundo. Para nós, músicos, este convite foi muito emocionante, um pequeno retorno a nossa vida que parecia ter parado há mais de um ano”, desabafa a cantora.

Projeto social na África
No sentido de aproximar diferentes culturas, a artista também faz um paralelo ao seu projeto “Africa Sarda”, associação que fundou em 2017, em uma em uma pequena comunidade da Zâmbia, por meio da qual ela se propõe a oferecer educação musical para crianças e adolescentes. Com o projeto, Carla conseguiu arrecadar o dinheiro que investiu na criação de um estúdio de gravação e escola de música. “ A música é o veículo fundamental e universal que une povos e culturas. É um abraço, um aperto, principalmente em um momento difícil como esse que todos temos em comum”, conta.

Da mesma forma que se sente tão ligada à África, através do Mia Cara 2021, Carla também espera reafirmar os laços que a unem com o Brasil. “É uma iniciativa muito importante, principalmente para mim que fui precursora ao abordar a cultura brasileira através da música no exterior. Estamos aproximando nossas culturas, é uma troca. “Espero muito que toda a nossa vontade de estar com vocês, fisicamente, chegue, talvez no próximo ano. Para nós seria muito especial”.

Rica programação
Nas duas semanas de duração, a nona edição levou para todo o Brasil uma rica programação cultural, ações de gastronomia e turismo e uma grande homenagem ao escritor Dante Alighieri. Com patrocínio do Banco BRDE, Sanepar, Copel, Celepar, Detran, Havan e Fomento Paraná. A realização do evento é feita pelo Consulado Geral da Itália em Curitiba e pela ONG Unicultura com apoio do Comites Curitiba, Festval, GME, Angelina Caron, Prefeitura Municipal de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba, Instituto Curitiba de Arte e Cultura - Icac, Sociedade Garibaldi, Centro Europeu, Mozzarellart, Santa Maria Papéis, Carti Mais, Gardenia Orchidea, Família Martinelli, UFPR e ENIT.

MIA CARA - SHOW DE ENCERRAMENTO | Programação:

06/06 | Transmissão pelo YouTube e Facebook Mia Cara
“Mio Caro Brasile”: Espetáculo musical com interpretação e comentários da cantora italiana Carla Cocco, acompanhada dos músicos Stefano Indino (acordeão) e Andrea De Luca (violão).
Horário da transmissão: 20h
Repertório:
“La Casa” (A Casa) – Sergio Endrigo;
“4/3/43” (Minha História) – Lucio Dalla;
“Você Abusou” – José Carlos Figueiredo, António Carlos M. Pinto e José Ubaldo A. Brito;
“Io So Che Ti Amerò” (Eu sei que vou te amar) – Vinicius De Moraes e Tom Jobim;
“Tritezza” (Tristeza) – Vinicius De Moraes;
“Io Che Amo Solo Te” – Sergio Endrigo;
“Roma Nun Fa La Stupida Stasera”– Pietro Garinei, Sandro Giovannini e Armando Trovajoli;
“Anema e Core” – Salve D’esposito e Tito Manlio;
“La Voglia, La Pazzia, L'Incoscienza, L'Allegria” (Se Ela Quisesse) – Toquinho;
“Nuovo Cinema Paradiso” – Ennio Morricone;
“Nel Blu Dipinto Di Blu” (Volare) – Domenico Modugno.

Serviço:
Festival Mia Cara 2021 - edição on-line
Data: 24 de maio a 6 de junho
https://www.facebook.com/miacaraoficial
https://www.instagram.com/miacaraoficial/
YouTube: bit.ly/miacaraoficial
Site: www.miacara.com.br
WEB RADIO OFICIAL - https://www.inmystream.app/player2/enit.html

Claro transmite o show “Kleiton e Kledir 40 anos”

Clientes da operadora vão poder acompanhar o espetáculo pelo canal 500, amanhã (3), a partir das 21h

São Paulo, junho de 2021 - Em comemoração às mais de quarto décadas de carreira da dupla gaúcha Kleiton e Kledir, a Claro vai transmitir, nesta quinta-feira (3), o show "Kleiton e Kledir 40 anos" diretamente do Teatro Claro Rio, simultaneamente no canal 500 da Claro TV e no canal oficial do teatro no YouTube, a partir das 21h.

O show será repleto de histórias, canções e trará uma retrospectiva dos melhores momentos vividos pela dupla de irmãos ao longo dos anos de carreira. Em seu repertório musical, grandes sucessos como "Deu pra ti", "Maria Fumaça", "Vira virou", "Paixão" e "Nem Pensar" serão alguns dos destaques.

O espetáculo não irá contar com a presença de público e seguirá todos os protocolos de segurança necessários.

Mostra contemporânea de cinema do Mia Cara começa quinta-feira

Diferente do panorama clássico do festival, filmes ficam disponíveis gratuitamente por 24h

A recente produção cinematográfica italiana ganha espaço no festival Mia Cara. Realizada em parceria com o Cine Passeio, a mostra contemporânea exibirá seis filmes. A curadoria é de Marden Machado.

Para ver a Mostra de Cinema do Mia Cara 2021 basta acessar o site do Cine Passeio em www.cinepasseio.org, inscrever-se na programação e assistir. Diferente da mostra clássica, que entrou em cartaz no dia 27 de maio e fica com todos os títulos disponíveis até o dia 02 de junho, a mostra contemporânea, que acontece de 03 a 09 de junho, apresentará um filme por dia, os quais poderão ser acessados na plataforma streaming do Cine Passeio durante 24h. Todos os filmes exibidos no festival podem ser vistos gratuitamente.

Segundo Marden Machado, a ideia para a seleção dos filmes para o Mia Cara 2021 foi apresentar obras diferenciadas do cinema Italiano, tentando fugir dos clichês, com produções menos populares entre o público em geral, porém não menos importantes. “Muitas pessoas associam o cinema italiano com comédias ou filmes mais românticos, por exemplo, porém o país conta com grandes produções dentro dos mais diversos temas, então acreditamos que também seja importante destacar esta pluralidade”, ressalta o jornalista e crítico de cinema.

Serviço:
Festival Mia Cara 2021 - edição on-line
Data: 24 de maio a 6 de junho
https://www.facebook.com/miacaraoficial https://www.instagram.com/miacaraoficial/
YouTube: bit.ly/miacaraoficial
Site: www.miacara.com.br
WEB RADIO OFICIAL - https://www.inmystream.app/player2/enit.html

Programação:
03/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
A Melhor Juventude - Parte 1
*O filme será exibido em duas partes.
Título original: “La Meglio Gioventù”
Direção: Marco Tullio Giordana
Ano de produção: 2003
Elenco: Luigi Lo Cascio, Alessio Boni, Adriana Asti, Sonia Bergamasco, Fabrizio Gifuni e Maya Sansa
Gênero: Drama
País de produção: Itália
Áudio:Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 366 min
Faixa etária: 16 anos
Distribuidora: Arteplex
04/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
A Melhor Juventude - Parte 2
*O filme será exibido em duas partes.
Título original: “La Meglio Gioventù”
Direção: Marco Tullio Giordana
Ano de produção: 2003
Elenco: Luigi Lo Cascio, Alessio Boni, Adriana Asti, Sonia Bergamasco, Fabrizio Gifuni e Maya Sansa
Gênero: Drama
País de produção: Itália
Áudio:Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 366 min
Faixa etária: 16 anos
Distribuidora: Arteplex

05/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
Dogman
Título original: “Dogman”
Direção: Matteo Garrone
Ano de produção: 2018
Elenco: Marcello Fonte, Edoardo Pesce, Adamo Dionisi, Francesco Acquaroli, Aniello Arena e Mirko Frezza
Gênero: Drama
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 103 min
Faixa etária: 16 anos
Distribuidora: Arteplex

06/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
A Vida em Família
Título original: “La Vita in Comune”
Direção: Edoardo Winspeare
Ano de produção: 2017
Elenco: Gustavo Caputo, Antonio Carluccio, Claudio Giangreco e Celeste Casciaro
Gênero: Comédia
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 110 min
Faixa etária: Livre
Distribuidora: Pagu Pictures

07/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
Emma e as Cores da Vida
Título original: “Il Colore Nascosto delle Cose”
Direção: Silvio Soldini
Ano de produção: 2017
Elenco: Valeria Golino, Adriano Giannini, Anna Ferzetti, Mattia Sbragia e Valentina Carnelutti
Gênero: Romance
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 115 min
Faixa etária: 14 anos
Distribuidora: Arteplex

08/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
Martin Eden
Título original: “Martin Eden”
Direção: Pietro Marcello
Ano de produção: 2019
Elenco: Luca Marinelli, Marco Leonardi, Pietro Ragusa, Chiara Francini, Aniello Arena e Gaetano Bruno
Gênero: Drama
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 129 min
Faixa etária: 16 anos
Distribuidora: Pagu Pictures

09/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
O Caravaggio Roubado
Título original: “Una Storia Senza Nome”
Direção: Roberto Ardò
Ano de produção: 2018
Elenco: Micaela Ramazzotti, Alessandro Gassman, Laura Morante, Jerzy Skolimowski, Renato Carpentieri e Antonio Catania
Gênero: Suspense
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 110 min
Faixa etária: 14 anos
Distribuidora: Pagu Pictures

Mostra contemporânea de cinema do Mia Cara começa quinta-feira

Diferente do panorama clássico do festival, filmes ficam disponíveis gratuitamente por 24h

A recente produção cinematográfica italiana ganha espaço no festival Mia Cara. Realizada em parceria com o Cine Passeio, a mostra contemporânea exibirá seis filmes. A curadoria é de Marden Machado.

Para ver a Mostra de Cinema do Mia Cara 2021 basta acessar o site do Cine Passeio em www.cinepasseio.org, inscrever-se na programação e assistir. Diferente da mostra clássica, que entrou em cartaz no dia 27 de maio e fica com todos os títulos disponíveis até o dia 02 de junho, a mostra contemporânea, que acontece de 03 a 09 de junho, apresentará um filme por dia, os quais poderão ser acessados na plataforma streaming do Cine Passeio durante 24h. Todos os filmes exibidos no festival podem ser vistos gratuitamente.

Segundo Marden Machado, a ideia para a seleção dos filmes para o Mia Cara 2021 foi apresentar obras diferenciadas do cinema Italiano, tentando fugir dos clichês, com produções menos populares entre o público em geral, porém não menos importantes. “Muitas pessoas associam o cinema italiano com comédias ou filmes mais românticos, por exemplo, porém o país conta com grandes produções dentro dos mais diversos temas, então acreditamos que também seja importante destacar esta pluralidade”, ressalta o jornalista e crítico de cinema.

Serviço:
Festival Mia Cara 2021 - edição on-line
Data: 24 de maio a 6 de junho
https://www.facebook.com/miacaraoficial https://www.instagram.com/miacaraoficial/
YouTube: bit.ly/miacaraoficial
Site: www.miacara.com.br
WEB RADIO OFICIAL - https://www.inmystream.app/player2/enit.html

Programação:
03/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
A Melhor Juventude - Parte 1
*O filme será exibido em duas partes.
Título original: “La Meglio Gioventù”
Direção: Marco Tullio Giordana
Ano de produção: 2003
Elenco: Luigi Lo Cascio, Alessio Boni, Adriana Asti, Sonia Bergamasco, Fabrizio Gifuni e Maya Sansa
Gênero: Drama
País de produção: Itália
Áudio:Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 366 min
Faixa etária: 16 anos
Distribuidora: Arteplex
04/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
A Melhor Juventude - Parte 2
*O filme será exibido em duas partes.
Título original: “La Meglio Gioventù”
Direção: Marco Tullio Giordana
Ano de produção: 2003
Elenco: Luigi Lo Cascio, Alessio Boni, Adriana Asti, Sonia Bergamasco, Fabrizio Gifuni e Maya Sansa
Gênero: Drama
País de produção: Itália
Áudio:Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 366 min
Faixa etária: 16 anos
Distribuidora: Arteplex

05/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
Dogman
Título original: “Dogman”
Direção: Matteo Garrone
Ano de produção: 2018
Elenco: Marcello Fonte, Edoardo Pesce, Adamo Dionisi, Francesco Acquaroli, Aniello Arena e Mirko Frezza
Gênero: Drama
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 103 min
Faixa etária: 16 anos
Distribuidora: Arteplex

06/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
A Vida em Família
Título original: “La Vita in Comune”
Direção: Edoardo Winspeare
Ano de produção: 2017
Elenco: Gustavo Caputo, Antonio Carluccio, Claudio Giangreco e Celeste Casciaro
Gênero: Comédia
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 110 min
Faixa etária: Livre
Distribuidora: Pagu Pictures

07/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
Emma e as Cores da Vida
Título original: “Il Colore Nascosto delle Cose”
Direção: Silvio Soldini
Ano de produção: 2017
Elenco: Valeria Golino, Adriano Giannini, Anna Ferzetti, Mattia Sbragia e Valentina Carnelutti
Gênero: Romance
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 115 min
Faixa etária: 14 anos
Distribuidora: Arteplex

08/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
Martin Eden
Título original: “Martin Eden”
Direção: Pietro Marcello
Ano de produção: 2019
Elenco: Luca Marinelli, Marco Leonardi, Pietro Ragusa, Chiara Francini, Aniello Arena e Gaetano Bruno
Gênero: Drama
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 129 min
Faixa etária: 16 anos
Distribuidora: Pagu Pictures

09/06 | Cine Passeio Virtual | Gratuito
O Caravaggio Roubado
Título original: “Una Storia Senza Nome”
Direção: Roberto Ardò
Ano de produção: 2018
Elenco: Micaela Ramazzotti, Alessandro Gassman, Laura Morante, Jerzy Skolimowski, Renato Carpentieri e Antonio Catania
Gênero: Suspense
País de produção: Itália
Áudio: Italiano
Legendas em português. Colorido
Tempo de duração: 110 min
Faixa etária: 14 anos
Distribuidora: Pagu Pictures