Com inspiração surrealista, Level Club abrirá as portas em Curitiba

Com inspiração surrealista, Level Club abrirá as portas em Curitiba
A nova casa noturna, que vai ocupar um dos endereços mais consagrados da noite curitibana, pretende promover experiências únicas e criativas, potencializando sensações e propondo experiências

CURITIBA, 13/11/2019 - A partir de sexta-feira, dia 15 de novembro, a cidade de Curitiba ganhará uma nova opção de casa noturna: o Level Club, que chega com o conceito de combinar o representativo, o abstrato, o irreal e o inconsciente, promovendo experiências únicas na capital paranaense. Convidando todos a se libertarem das exigências da lógica, esquecer as fronteiras e os rótulos que separam e definem as pessoas, o Level promete desconstruir, tumultuar e inquietar as mentes curitibanas.

“O propósito do Level Club é ser subversivo, abolindo a realidade que a sociedade nos impôs como a única verdadeira”, comenta Gabriel Tomasoni, um dos responsáveis pela casa. No empreendimento, a música só terá um compromisso: atingir o seu impulso criativo, deixando todos livres para se divertirem genuinamente. Nas sextas-feiras, o Level trará o melhor da música eletrônica. Já aos sábados, a pista será embalada por ritmos marcantes, entre eles funk, reggaeton e pop.

Outro grande diferencial do clube ficará por conta das intervenções artísticas que serão realizadas durante as noites, trazendo uma energia lúdica e contagiante para o ambiente. “Queremos que o Level seja único, gerando experiências e sensações que dificilmente encontraremos em outro local da cidade. Para isso, além da música, vamos promover outras demonstrações artísticas durantes as nossas noites, tudo para que o público mergulhe de cabeça neste universo surrealista que estamos propondo”, detalha Gabriel.

Localizada no coração do Batel, na Avenida Bispo Dom José (nº 2277), a casa noturna ocupa o endereço que antes sediava o tradicional Soviet. Com o projeto arquitetônico assinado por André Henning, o Level Club tem cerca de 400m² e capacidade para 500 pessoas, que terão a oportunidade de curtir uma infraestrutura moderna e aconchegante. O espaço foi dividido em pista, camarote, mezanino e fumódromo, áreas projetadas com excelência para tornar a noite do público ainda mais especial.

No menu da casa, muitos shots, cervejas e combos. Como um diferencial atrativo, a compra de alguns combos vai envolver rituais de entrega performáticos, focados em proporcionar uma experiência única ao usuário. O Level contará com parcerias exclusivas e espaços assinados por marcas como Diageo, Heineken e LVMH. No menu de drinks autorais, combinações exclusivas, entre elas o Sky Flight, preparado com Tequila José Cuervo Prata, Bacardi Carta Blanca, Vodka Absolut, Limão Siciliano e Água de Coco; o Boss Fight, que leva Absinto, Curaçao Blue, Limão Taiti, Mel de agave e Soda; e o Pineaple’s Night, feito com Suco de Abacaxi, Cachaça Jambu, Glitter e Morango.

“Além de todo conceito e da estrutura de excelência, fomos buscar parceiros de muita qualidade para escrever a história do Level Club. Temos certeza que o público será surpreendido por uma experiência única, de altíssimo nível, que estará presente em cada detalhe do empreendimento a partir deste final de semana”, completa Tomasoni.

O Level Club vai funcionar na Avenida Bispo Dom José (nº 2277), no Bairro Batel, nas sextas e sábados. A casa abrirá as portas oficialmente nesta sexta-feira, dia 15 de novembro, a partir das 23h. Mais informações sobre as festas da semana estão disponíveis no perfil oficial do clube no Instagram (@lvlclub).

Grupo oferece oportunidade rara de apreciar o repertório de Gurdjieff-De Hartmann para piano

Grupo oferece oportunidade rara de apreciar o repertório de Gurdjieff-De Hartmann para piano

Projeto “De sons e terras distantes” é realizado pelo Coletivo PIANOVERO e pianistas convidados,
que se apresentarão no próximo dia 21 de novembro, às 19h30, na Capela Santa Maria

O público de Curitiba terá, no próximo dia 21 de novembro, na Capela Santa Maria, a oportunidade rara de apreciar um conjunto significativo de peças para piano elaboradas pelo filósofo armênio Georges Gurdjieff e pelo compositor e pianista ucraniano Thomas De Hartmann. O concerto “De sons e terras distantes” será realizado pelo Coletivo PIANOVERO e pianistas convidados, que executarão cerca de 40 dessas peças compostas no início do século 20.

A pianista e diretora musical do projeto, Vera Di Domenico, explica que a descoberta desse repertório foi recente em sua vida, mas foi uma espécie de “amor à primeira audição”, o que a motivou a elaborar o projeto. Como se tratam de obras pouco conhecidas, principalmente no Brasil, a busca por partituras revelou-se difícil, mas ela acabou por conseguir boa parte do material através de contatos com um dos mais renomados intérpretes dessas peças, o pianista francês Alain Kremski, que veio a falecer aos 78 anos de idade, no último mês de dezembro, além de Niket Jones do País de Gales (seguidor dos Movimentos Gurdjieff e Osho) e Amiyo Devienne (instrutora das danças e Movimentos Gurdjieff e Osho pelo mundo todo).

“Há muitos anos, quando ainda estudava na Alemanha, havia ouvido falar desse repertório, mas só vim a conhecê-lo de fato mais recentemente. A obra é tão emocionante, bela, delicada e especial, que temos certeza de que irá tocar a todos como ela nos tocou”, afirma Vera, que no ano passado dirigiu projeto com a obra Vexations, de Eric Satie, realizada pelo Coletivo PIANOVERO, em eventos de 24 horas no Teatro Guaíra e na Oficina de Música de Curitiba.

A obra

As peças que serão apresentadas neste concerto são resultado das investigações do filósofo armênio Georges Ivanovich Gurdjieff pelo Oriente, e reúnem elementos de culturas e tradições espirituais muito antigas de regiões próximas aos mares Cáspio, Negro e Mediterrâneo, com destaque para o Sufismo. Para Gurdjieff, a música (assim como o movimento, a exemplo da dança dos dervixes sufis), desempenha um papel central em seu sistema filosófico.

De volta à Europa, na Paris do início do século 20, ele apresentou essas músicas ancestrais ao compositor e pianista ucraniano Thomas De Hartmann, que as arranjou para o piano. Era o ano de 1917 e De Hartmann, então com 31 anos de idade, era um músico de sucesso, tendo estudado com alguns dos maiores compositores russos da época, entre eles Rimsky-Korsakov.

O resultado desse encontro é uma coletânea de peças que se ancoram em tradições muito antigas e desconhecidas no Ocidente. Um repertório de grande beleza e profundidade.

“O concerto terá duração aproximada de duas horas e meia, com o objetivo de oferecer aos ouvintes uma coletânea significativa dessa obra”, completa Vera Di Domênico, que vem idealizando e dirigindo projetos temáticos de piano com seus alunos, ex-alunos e pianistas convidados desde o início dos anos 90, e já abordou repertórios como as Invenções e Sinfonias de Bach; O Mikrokosmos, de Béla Bartók; Obras a Quatro Mãos de Schubert; Sonatas e Interlúdios para Piano Preparado de John Cage, entre outros.

Serviço:

“De sons e terras distantes”

Coletivo PIANOVERO e Pianistas Convidados interpretam a Obra de Gurdjieff-De Hartmann para piano

Onde: Capela Santa Maria - Rua Conselheiro Laurindo, 273 - Centro, Curitiba-PR

Quando: 21 de novembro de 2019

Horário: 19h30min

Ingresso: R$20 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada)

à venda na Capela Santa Maria ou pelo site aloingressos.com.br

Patrocínio: Grupo Barigui Veículos e Lumen Design

Apoio Cultural: Embaixada da Ucrânia, Consulado da Ucrânia em Curitiba, Prefeitura de Curitiba,

Fundação Cultural de Curitiba, ICAC e Capela Santa Maria, Vitral Produções, Evidência

Comunicação.

Pianistas:

Analena Bordin

André Bertoncini

Beatriz Deschamps

Eneida Holzmann

Giulia Ferreira

Grace Torres

Jeferson Ulbrich

Julia Deschamps

Julia Saggin

Karine Kawamura

Lilian Nakahodo

Lucas Dias

Matheus Fedrigo

Miguel Colhado

Monica Han

Silvio Silva Jr.

Soraia Luders

Taciana Basso

Vera Di Domenico

SHOW DO BITA –  “DENTRO DO MUNDO LÁ FORA”

SHOW DO BITA - “DENTRO DO MUNDO LÁ FORA”

SINOPSE

Depois de passar por diversas cidades, em todas as regiões do Brasil, o MUNDO BITA chega com uma nova temporada de seu show. Intitulada “DENTRO DO MUNDO LÁ FORA”, a atração vai reforçar a mensagem que é a essência do fenômeno infantil: o incentivo às brincadeiras ao ar livre, estar em contato com outras crianças e viver momentos de alegria, carinho e diversão.

Flora, que já conquistou o coração da criançada nos outros shows e tem participação constante nos clipes do MUNDO BITA, segue como a cantora nesta nova temporada. Ela é uma das protagonistas ao lado de Dan, Lila, Tito e, claro, o Bita. Diversos outros personagens terão participação no show, a exemplo da Baratinha em “Insetos”, a Vaquinha em “Fazendinha” e o Palhaço em “Palhaçada”.

“DENTRO DO MUNDO LÁ FORA” conta com 19 canções contemplando todos os álbuns do MUNDO BITA. A seleção contou com a interação do público por meio das redes sociais, que escolheu as principais canções que não poderiam faltar no espetáculo.

O SHOW DO BITA é diversão garantida para toda a família!

----

Repertório de “Dentro do Mundo Lá Fora”

• Palco de brinquedos
• Eu quero ver você me pegar
• Coragem
• Fundo do mar
• Troca roupa
• Insetos
• A amizade
• A boneca e o boneco
• A diferença é o que nos une
• Magia das cores
• Onde se fabrica o pensamento
• Trem das estações
• Palhaçada
• Viajar pelo safari
• Meu pequeno coração
• Voa voa passarinho
• Nem tudo que sobra é lixo
• Fazendinha
• Dinossauros

Escola de Criatividade lança “O grande livro da criatividade”

Escola de Criatividade lança “O grande livro da criatividade”

Publicação comemora dez anos de funcionamento da Escola de Criatividade

Nesta terça-feira, 12 de novembro de 2019, acontece o lançamento d’O grande livro da criatividade – 10 hábitos para despertar seu potencial criativo, escrito por Jean Sigel, Julie Fank e Lívia Kohiyama. A obra nasceu da ideia de compartilhar histórias, experiências e conhecimentos adquiridos na Escola de Criatividade, espaço que desenvolve projetos e ajuda na geração de ideias para negócios, educação e desenvolvimento pessoal. Mais do que isso, o livro convida o leitor a participar desse mundo de criatividade, disseminando a metodologia dos 10 Hábitos Criativos para mostrar que a criatividade é algo que todos têm, basta estimulá-la. O lançamento será na terça-feira (12), das 19h às 22h, no Carmina Bistrô, que fica na Rua Conselheiro Carrão, 336, no Juvevê. E os autores já avisam: “Será um lançamento nada normal”.

Serviço
Lançamento d’O grande livro da criatividade
Data: 12 de novembro de 2019
Local: Carmina Bistrô, Rua Conselheiro Carrão, 336, Juvevê, em Curitiba
Horário: das 19 às 22 horas
Entrada franca

Escola de Criatividade

GRAVAÇÃO DO ESPECIAL DE FINAL DE ANO DE ROBERTO CARLOS EM CURITIBA TEM NOVO LOTE DE INGRESSOS

Foto: Caio Girardi

GRAVAÇÃO DO ESPECIAL DE FINAL DE ANO DE ROBERTO CARLOS EM CURITIBA TEM NOVO LOTE DE INGRESSOS

O ídolo da canção latino-americana se apresenta nos dias 29 e 30 de novembro, na Ópera de Arame. O novo lote foi liberado para camarote individual.

O ídolo da canção latino-americana, Roberto Carlos, se apresenta em Curitiba nos dias 29 e 30 de novembro, na Ópera de Arame. A Rede Globo já confirmou a gravação de cenas para o Especial de Fim de Ano transmitido pela emissora e, agora, os fãs e admiradores têm motivos de sobra para comemorar: um novo lote de ingressos para camarote individual foi liberado para ambas as apresentações. De acordo com a organização do evento, a venda dos ingressos é feita pelo site da Eventim e na bilheteria oficial do shopping Pátio Batel. Eles custam R$ 500,00 (meia-entrada) e R$ 1000,00 (inteira) + taxas, sem serviços adicionais.

Os ingressos para plateia esgotaram em poucas horas, portanto, quem quiser fazer parte deste momento histórico precisa correr para garantir o lugar.

Os camarotes fechados continuam sendo vendidos para particulares ou com fins corporativos, e podem ser adquiridos pelo telefone (41) 3123-7000 e no e-mail hospitality@entreseven.com.br. O camarote fechado, que tem capacidade para 10 pessoas, tem serviços adicionais incluídos antepastos, snacks e finger foods, cerveja, vodka, whisky e espumante. Há ainda entrada exclusiva e estacionamento. Valores a serem consultados.

O artista que dispensa apresentações, o ídolo da canção latino-americana se apresenta em Curitiba, em duas noites inesquecíveis com seus fãs e admiradores. Exemplo vivo do sucesso mundial da música popular brasileira, Roberto Carlos recentemente lançou o 33º álbum da carreira, “Amor sin Límite”, com músicas inéditas em Espanhol. O novo álbum já se encontra disponível em todas as plataformas digitais.

Neste ano o artista está com uma turnê internacional que leva o nome do novo álbum “Amor Sin Límite”, nas principais cidades do mundo, já tendo se apresentado no mês de março nos Estados Unidos, nas seguintes cidades: Miami, Orlando, Nova York, Boston, Washington, Chicago, Los Angeles, San Diego, Dallas e Houston. Com sua turnê de sucesso, Roberto Carlos entrou para a lista da revista Global Concert Pulse entre os 30 artistas de maior público nos Estados Unidos. Na mesma lista estão: Elton John, Cher, a banda Kiss, entre outros grandes nomes da música mundial.

Em abril Roberto Carlos passou com sua turnê em Buenos Aires, Paraguai, e logo em seguida parte em direção à Europa onde passará por Portugal, com show extra, Madrid, Londres, onde se apresentará pela primeira vez, Paris, Bruxelas e Zurique.

No ano de 2017, Roberto conquistou o público com o seu último sucesso “Sereia”, da novela das 21h00 da rede Globo “A Força do Querer”, de Glória Perez.

O cantor, que em novembro de 2015 foi homenageado pelo Grammy Latino como personalidade do ano e lançou o CD “Primera Fila”, gravado em Londres, no Estúdio Abbey Road, desperta todo o carinho e admiração nos milhões de fãs que o acompanham pelo Brasil e pelo mundo. Um ícone da credibilidade, romantismo, da religiosidade e da família.

Roberto Carlos promete mais uma vez arrebatar os fãs com mais um show impecável ao lado de sua orquestra e coral. A realização é da DC Set Promoções e Seven Entretenimento.

A CARREIRA

Roberto Carlos nasceu em Cachoeiro do Itapemirim, uma cidade no Estado do Espírito Santo e começou a cantar na rádio aos nove anos. Na juventude sua família mudou-se para o Rio de Janeiro, onde ele formou com amigos de escola o conjunto vocal The Sputnicks, depois em um outro grupo, The Snakes, já com a presença de Erasmo Carlos, seu parceiro na maioria de sua obra. Roberto Carlos passou a se apresentar em clubes e festas tanto sozinho como no grupo, e aos poucos estava na televisão no programa "Clube do Rock", sendo anunciado ao público como o "Elvis brasileiro" ao cantar "Jailhouse rock". Roberto também cantava na boate do Hotel Plaza seguindo a linha bossa-nova de João Gilberto enquanto percorria o caminho de artista iniciante atrás de gravadora.

Sua primeira gravação foi em 1959 pela Polydor, em 1960 gravou um novo disco de 78 RPM, e com o primeiro LP a música "Louco Por Você" estourou rapidamente. Com aparições frequentes em programas da TV, começava ali um caminho de sucesso sendo reconhecido em todo o país. Em 1963 com o lançamento do disco Splish Splash, se transforma num dos mais populares artistas jovens da época. O ano seguinte é marcado pelo lançamento de É Proibido Fumar, cheio de canções que se tornariam clássicos da música brasileira, como "O Calhambeque".

Com a explosão mundial dos Beatles, o rock estava chegando ao Brasil, manifestando-se através de um movimento que o colocaria pela primeira vez no trono de Rei: a Jovem Guarda, recordista de audiência entre os jovens e um dos maiores sucessos da TV brasileira até hoje. Em novembro de 1965 veio o LP Jovem Guarda, revolucionando a linguagem musical da época através de canções como "Quero que vá tudo pro inferno", cuja letra era ousada para época.

Tendo a companhia dos amigos e parceiros Erasmo Carlos e Wanderléa na linha de frente da Jovem Guarda, Roberto ditava a moda, inspirando roupas e adereços utilizados pelos jovens brasileiros. Em 1967 a Jovem Guarda atingia seu auge. A dupla Roberto-Erasmo, definitivamente consagrada, popularizava expressões que se tornavam referência para os jovens. E a fama de Roberto chegava à França, apresentando-se no MIDEM, em Cannes. Seu novo disco, Roberto Carlos em Ritmo de Aventura, traria mais sucessos e proporcionaria sua estreia no cinema no ano seguinte. Impulsionado pelo disco, o filme "Roberto Carlos em Ritmo de Aventura", de Roberto Farias, estrelado pelo Rei e com participações de Wanderléa e Erasmo, bateu recordes de bilheteria.

Roberto continuava ampliando seus horizontes. Foi à Itália e voltou vencedor do Festival de San Remo, onde defendeu a música "Canzone per te", de Sérgio Endrigo e Bardotti. Foi o primeiro estrangeiro a conseguir esta façanha. O ano seguinte começa com o lançamento de um novo filme "Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-Rosa", que mais uma vez arrastou multidões aos cinemas. Musicalmente, Roberto já não estava mais em ritmo de aventura. Seu madurecimento como compositor e intérprete começava a ficar evidente no novo álbum. Músicas como "Sua estupidez" e "As curvas da estrada de Santos" são uma prévia do Roberto romântico das próximas décadas.

O ano de 1970 foi marcado com a estreia de um supershow "Roberto Carlos a 200 km por hora", na maior casa de espetáculos do Rio de Janeiro. Lançou seu terceiro filme, "Roberto Carlos a 300 km por hora", o Rei virava ídolo também no exterior, principalmente nos países de língua latina. Recordista de vendas em todo o Brasil, recebendo Discos de Ouro a cada lançamento, em 1972, a cantora Ornella Vanoni chegou ao primeiro lugar das paradas europeias com versões em italiano para suas músicas.

Em 1974, Roberto Carlos gravou o primeiro especial de Natal para a Rede Globo de Televisão. Inaugurava ali uma tradição que se repete até hoje, sempre com a participação de convidados especiais, mostrando que o Rei sempre teve muito mais que "um milhão de amigos".

Roberto foi o primeiro artista brasileiro a atingir a marca de mais de um milhão de discos vendidos a cada lançamento. A década de 70 reservaria ainda mais dois momentos importantes: sua campanha em prol do Ano Internacional da Criança, através da Rede Globo de Televisão, foi um sucesso estrondoso e a música "Amigo" serviu de tema para a visita do Papa João Paulo II ao México, cantada por um coro de crianças em transmissão ao vivo para todo o mundo.

Com suas músicas regravadas por artistas como Júlio Iglesias e Ray Conniff, Roberto finalmente grava um LP totalmente em inglês. Como resultado: a CBS lhe confere o Globo de Cristal, prêmio que distingue oferecido aos artistas que atingem a marca de 5 milhões de discos vendidos fora de seu país de origem. Seus LPs foram lançados em espanhol, italiano, inglês e francês. Em Portugal e Espanha, "Cama e Mesa" chegou aos primeiros lugares das paradas.

Em 1983, com uma equipe de 110 pessoas, incluindo uma orquestra de 42 músicos, Roberto Carlos realiza o Projeto Emoções e percorre 18 cidades de 14 estados do Norte/Nordeste e Centro-Oeste do Brasil. Nos anos seguintes, Roberto Carlos conferiria novos parâmetros aos padrões de execução de músicas nas rádios. "Caminhoneiro" (1984), "Verde e amarelo" (1985) e "Apocalipse" (1986) bateram recordes consecutivos, com respectivamente 3.287, 3.577, 3.608 execuções em um só dia. Para se ter uma ideia da grandiosidade destes números, as dez músicas do LP de 1983, somadas, alcançavam 5.981 execuções.

No começo de 1986, reuniu mais de 100 mil pessoas em quatro apresentações no Ginásio do Maracanã (Rio de Janeiro) e neste mesmo ano subiu ao palco do Radio City Music Hall, em Nova York, com enorme repercussão. Em 1988, coube a ele a honra de ter sido o primeiro artista nacional da CBS com um CD lançado no Brasil. A consagração definitiva no mercado latino viria com o Grammy de Melhor Intérprete de Música Pop Latina, pelo sucesso "Se o amor se vai".

Nos anos 90 Roberto Carlos consolidou o sucesso com turnês nacionais e internacionais, lançamentos em discos com recordes de venda e em 2001 Roberto Carlos deliciou seu público com a gravação de seu disco acústico MTV. Roberto Carlos recebeu em 2002 do Presidente da República do Brasil, Fernando Henrique Cardoso, a mais importante insígnia brasileira, a comenda Ordem do Mérito Cultural na classe de Grã-Cruz.

Em 2005, Roberto Carlos iniciou o Projeto Emoções em Alto Mar, um cruzeiro anual pela Costa Brasileira em um sofisticado transatlântico, onde o artista reúne seus admiradores, amigos e jornalistas e se apresentada em show intimista todas as noites. Este cruzeiro se tornou referencia em turismo náutico diferenciado.

Em 2009, na celebração dos seus 50 anos de carreira realizou 50 shows em todo o país para uma plateia de mais de 700 mil pessoas. Foi homenageado em dois espetáculos especiais que se transformaram em especiais de TV, CD e DVD: Elas Cantam Roberto, com 20 das mais importantes cantoras brasileiras interpretando seus sucessos, e Emoções Sertanejas, com 18 artistas/duplas expressivas da música sertaneja apresentando suas canções neste estilo musical. Estes dois espetáculos tiveram a renda beneficente. E ainda foi montada uma exposição com a trajetória de sua carreira num dos mais destacados espaços para arte na cidade de São Paulo, a OCA, no Parque do Ibirapuera. Mais de 100 mil pessoas tiveram acesso a pertences pessoais do artista (roupas, presentes, troféus, prêmios, automóveis e outros objetos pessoais) e a toda a obra musical, vídeos, retrospectiva de filmes em um formato altamente tecnológico e contemporâneo.

O ano de 2010 também foi marcado pela turnê internacional de Roberto Carlos que passou por diversos países das Américas como Estados Unidos, Canadá, México, Colômbia, Guatemala, Peru, entre outros. Em Nova York foi homenageado pela gravadora Sony Music e recebeu um prêmio por mais de 100 milhões de produtos (discos, CDs, DVDs) vendidos em todo o mundo. Ainda realizou o show único "Roberto Carlos Só Para Mulheres" dia 21 de novembro no Palácio do Anhembi, em São Paulo, para uma plateia exclusivamente feminina. No final deste ano, o artista recebeu uma das maiores demonstrações de carinho no Rio de Janeiro: o tradicional especial de final de ano da Rede Globo foi transmitido da Praia de Copacabana, onde ele se apresentou para uma plateia de aproximadamente um milhão de pessoas.

Começou com a sétima edição do Projeto Emoções em Alto Mar, no navio Costa Serena, e em março a homenagem da Escola de Samba Beija Flor com o enredo contando a trajetória do artista e se sagrou campeã do Desfile das Escolas do Grupo Especial. No dia 07 de setembro, concretizou o grande desafio que foi o Projeto Emoções em Jerusalém, show realizado no anfiteatro Sultan´s Pool em Jerusalém, e que se transformou em especial para a Rede Globo com direção de Jayme Monjardim. Em 2012, reafirmou seu sucesso no exterior, fazendo turnê com ingressos esgotados em diversas cidades. Foram 19 shows, passando por diversos países, como México, Peru e pelos Estados Unidos. Acaba de finalizar duas músicas inéditas que fazem parte da trilha sonora da novela "Salve Jorge", de Glória Perez: "Esse Cara Sou Eu" e "Furdúncio", lançadas num Extend Play (EP) com quatro faixas, que comprovam o sucesso de Roberto, ultrapassando a marca de 2 milhões de cópias vendidas.

Ele acaba de receber em 2014 uma homenagem pelos 12 milhões de discos vendidos no México, em toda a sua carreira e pelo primeiro lugar em 15 países com o EP "Esse tipo soy yo" pela Sony/ Itunes, além de ter gravado um DVD em Las Vegas, que será lançado no natal deste ano. Ele percorreu ao todo quatro países: Equador, México, Estados Unidos e Canadá. Os shows aconteceram em Guayaquil, Quito, Cidade do México, Veracruz, Guadalajara, Monterrey, Queretano, Puebla, Mérida, Las Vegas, San Diego, Los Angeles, San José, McAllen, Miami, Chicago, Toronto, Nova York e Boston. Somando um total de público de 127.656 pessoas que assistiram a última turnê internacional do Rei, que teve início no dia 24 de julho, no Equador e terminou em Boston no dia 4 de outubro.

Esta superprodução exigiu logística para levar 90 toneladas de equipamentos em 4 carretas de 20 metros de comprimento. 10 toneladas de backline foram transportadas via aérea do Brasil, incluindo equipamentos particulares do RC e de seus músicos. 14.743 km foram percorridos até o último show da turnê, sendo 4.343 km somente no interior do México. O jato particular do RC percorreu 16 horas e 45 minutos, sendo 11 horas somente no deslocamento no interior do México entre as cidades da turnê. 40 brasileiros fizeram parte do staff: técnica, músicos do RC, somando com outros 20 profissionais de produção do México, que viajaram para todos os shows, além de 150 pessoas em cada cidade (cenário, segurança e produção).

PRÊMIOS RECEBIDOS

- Festival de San Remo (1968);

- 03 Grammy's;

- 01 Grammy INTERNACIONAL em 1989 como melhor cantor;

- 01 Grammy Latino em 2005 como melhor álbum de musica romântica (Álbum Pra Sempre AO VIVO - Gravado no Pacaembu);

- 01 Grammy Latino em 2006 como melhor álbum de música romântica (Álbum "Roberto Carlos" 2005);

- Lifetime Achivement Award (1991 - concedido aos artistas que por mais tempo têm permanecido no topo do sucesso);

- Latin Music Awards 2006 com a música Detalhes e No Te Apartes de Mi;

- 15 Troféus Imprensa;

- Prêmio Sharp;

- Prêmio Shell;

- Prêmio Multishow de melhor cantor (2002);

- Marcas de Confiança da Readers Digest de melhor cantor (2005 e 2006);

- Prêmio Tim de 2003 e 2006 para citar apenas alguns dos prêmios recebidos.

SERVIÇO ROBERTO CARLOS CURITIBA – PR

Ópera de Arame (Rua João Gava 874)

Dia: 29 e 30 de novembro (sexta e sábado)

Início do show: 20h30min (portões abertos às 18h30min)

Bilheteria oficial: Shopping Pátio Batel (Loja 339, piso L3).

INFORMAÇÕES ADICIONAIS:

Site www.eventim.com.br ou 4020 0084

Classificação: 16 anos.
ABAIXO DE 16 ANOS ACOMPANHADO DOS PAIS OU RESPONSÁVEL

Noturnall se apresenta com o músico americano Mike Portnoy essa semana em Curitiba

Noturnall se apresenta com o músico americano Mike Portnoy essa semana em Curitiba
O ex-vocalista do Angra, Edu Falaschi, será um dos convidados especiais

A banda Noturnall estará em turnê pelo Brasil ao lado do baterista Mike Portnoy, ex-integrante do lendário Dream Theater. Uma das apresentações acontece em Curitiba, dia 14 de novembro, véspera de feriado, no Espaço Cult, região central da cidade. Além da dupla, haverá participação especial do ex-vocalista da Angra, a maior banda de Metal do Brasil, Edu Falaschi. O show na capital paranaense é realização da Mosh Productions.

O Noturnall, ao lado de Mike, fará um repertório especial com músicas do Dream Theater. Músicas de outra ex-banda do baterista, o Adrenaline Mob, também serão tocadas. Vale lembrar que o guitarrista do Noturnall, o americano Mike Orlando, também toca nesse grupo. Uma homenagem ao Pantera também está no script. Ao lado de Falaschi, o Noturnall prestará uma grande homenagem ao maestro André Matos, músico que nos deixou esse ano.
O Noturnall, que vive uma grande fase de sua carreira com a Redemption Tour 2019, é formado por Thiago Bianchi (voz), Mike Orlando (guitarra), Henrique Pucci (bateria) e Saulo Xakol (baixo). A banda esse ano realizou uma bem sucedida turnê na Rússia, ao lado de um dos nomes mais importantes do Rock da atualidade, o Disturbed.
A abertura da noite ficará por conta de três bandas: Hellene, Castellica e Xakol, banda do baixista do Noturnall. Este show participa do projeto de inclusão social #EventoAmigoPNE: um ingresso tipo meia ou meia promo podem entrar 1 PNE + 1 acompanhante sem custo extra.
SERVIÇO
Noturnall + Mike Portnoy e Edu Falaschi em Curitiba
Data: 14 de Novembro de 2019 (quinta-feira, véspera de feriado)
Local: Espaço Cult
Endereço: R. Dr. Claudino dos Santos, 72 – São Francisco
Horário: a partir de 20h
Ingressos: a partir de R$ 50 (meia/promo)
Venda online: www.ticketbrasil.com.br
Evento no Facebook: www.facebook.com/events/701699010332311
*ingressos promocionais meia-entrada com doação de 1kg de alimento não perecível (exceto sal) ou 1kg de ração animal.

VÍDEOS
Fight the System (Live in Russia)
https://www.youtube.com/watch?v=nAkGZhbvln8

Noturnall - Scream! For!! Me!!!
https://www.youtube.com/watch?v=8zx9X4MQjfQ

Guaíra tem programação especial de fim de ano

Guaíra tem programação especial de fim de ano
#FimDoAnoNoGuaíra Público poderá prestigiar espetáculos de dança, música e teatro a preços populares. Há atrações para todas as idades

Dança, música e teatro marcam a programação de fim de ano do Centro Cultural Teatro Guaíra. Entre as atrações há a estreia de João e Maria, montagem especial da Escola de Dança Teatro Guaíra, com mais de 100 alunos em cena. Já a Orquestra Sinfônica do Paraná apresenta cinco concertos até o fim de dezembro, incluindo o espetáculo My Fair Lady, com 14 trechos do musical clássico, que será cantado ao vivo em português. O Balé Teatro Guaíra remonta O Lago dos Cisnes, sucesso de público e crítica em 2018, com público de 25,8 mil pessoas e 13 sessões esgotadas antecipadamente. Para fechar a temporada, o G2 Cia. de Dança celebra 20 anos apresentando dois aclamados trabalhos: La Cena e Blow Elliot Benjamin. Nos últimos anos, o grupo vem desenvolvendo uma técnica inovadora que une dança, teatro e música.

Para Monica Rischbieter, diretora do Centro Cultural Teatro Guaíra, 2019 é um ano que ficará marcado na história da instituição. “Celebramos neste ano duas datas importantes: o cinquentenário do BTG e 20 anos do G2. Isso mostra a força da dança e da cultura no Paraná. São companhias públicas, que representam a identidade do nosso estado. E comemoramos esse sucesso com nossos espectadores, que são nossa razão de existir”, afirma. Mônica explica que o Guaíra preparou essa programação especial com atrações para todos os públicos. “Temos espetáculos para a família, para quem gosta de comédia, dança ou música clássica. Queremos a população cada vez mais próxima do teatro”, finaliza.

Atrações

João e Maria

Entre os dias 22 e 24 de novembro a Escola de Dança Teatro Guaíra apresenta o espetáculo João e Maria. A montagem é baseada em um conto de fadas da cultura popular alemã e levará para o palco do Guairão 110 alunos da EDTG. Os ingressos serão vendidos ao público em geral a partir do dia 8 de novembro e custam R$ 10 e R$ 20. Haverá ainda duas apresentações especiais para a rede pública de ensino. A fábula de João e Maria foi imortalizada pelos irmãos Grimm no século XIX e narra as aventuras de dois irmãos para se livrar de uma bruxa que os capturou em uma floresta encantada.

Serviço
Escola de Dança Teatro Guaíra - João e Maria
De 22 a 24 de novembro, sexta e sábado, às 20h30 e domingo, às 18h
Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto - Guairão
Classificação: livre
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00. Lugares Numerados. Dia 08/11/19 – Início da venda aberta ao público em geral.

O Lagos dos Cisnes

O Lago dos Cisnes foi revisitado pelo BTG com linguagem moderna e conta a história de amor entre o príncipe Siegfried e Odette, transformada em animal após ser amaldiçoada. Juntos, os dois buscam no amor sua redenção. O balé mais dançado do mundo ganhou uma versão com toques de modernidade e faz chover no palco do Guairão.

Balé Teatro Guaíra – O Lago dos Cisnes
De 6 a 8 de dezembro, sexta e sábado, às 20h30 e domingo, às 19h
Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto - Guairão
Classificação: 7 anos
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00

La Cena
Com texto e direção de Cleide Piasecki, a montagem mescla dança e interpretação para contar a história de um grupo de empregados que preparam a festa de fim de ano de uma mansão.
La Cena estreou em 2016 e é inspirado nos contos e personagens de Hoffmann (Quebra-Nozes, Camundongo Rei e o Homem de Areia), de Neil Gaiman (Sandman) e de Serguei Diaguilev (Ballets Russes). O grupo trabalha na mansão do Sr. Stahlbaum e, após alguns incidentes, todos mergulham em um sono profundo que desperta os desejos mais secretos e inconfessáveis pesadelos.

Serviço
G2 Cia. de Dança – La Cena
Dias 10 e 11 de dezembro, terça e quarta, às 20h30
Auditório Salvador de Ferrante – Guairinha
Classificação: Livre
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00

Blow Elliot Benjamin

Espetáculo criado em 2011, também com texto e coreografia da diretora teatral Cleide Piasecki. É resultado do trabalho coletivo feito pela coreógrafa com os bailarinos do G2 Cia. de Dança. Entre os personagens da história há um aviador que cai do céu, uma serial killer - Jack o estripador - e uma cantora de ópera que morre dentro de um teatro. A história real de um britânico - Elliot, diagnosticado erroneamente com uma doença terminal - foi o ponto de partida para a montagem.

Serviço
G2 Cia. de Dança – Blow Elliot Benjamin
Dias 14 e 15 de dezembro, sábado, às 20h30 e domingo, às 18h
Auditório Salvador de Ferrante – Guairinha
Classificação: Livre
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00

Orquestra Sinfônica do Paraná

A OSP encerra a programação da temporada 2019 com cinco concertos distribuídos entre os meses de novembro e dezembro. No dia 10/11, às 10h30, o maestro-titular Stefan Geiger e Orquestra recebem a violinista Sarah Christian para o Concerto Heroico. O maestro Geiger encerra sua participação com a OSP em 2019 em My Fair Lady, dia 16/11, às 20h30. A Orquestra ainda apresenta os concertos América Tropical, com Sílvio Viegas; Suíte Sinfônica, com Ezequiel Silberstein, e Beethoven & Schumann, com François Lopez-Ferrer.

Serviço
Orquestra Sinfônica do Paraná
Dias 10/11, 24/11, 08/12 e 15/12, às 10h30
Dia 16/11, às 20h30
Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto - Guairão
Classificação: 7 anos
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00

MARCIO JULIANO OUTRO SAMBA

MARCIO JULIANO OUTRO SAMBA

Marcio Juliano faz show de lançamento do seu novo disco, Outro Samba, durante o feriado, dias 15, 16 e 17 de novembro, no Ave Lola Espaço de Criação, em Curitiba.

Outro Samba é o novo disco do cantor, ator e diretor Marcio Juliano. O show de lançamento será no Ave Lola Espaço de Criação (Rua Marechal Deodoro, 1227 - Centro / próximo à Reitoria). Na sexta e no sábado (15 e 16), às 16h e no domingo (17), às 18h.

Outro Samba é o segundo disco de Marcio Juliano e fecha uma trilogia de trabalhos do artista focados no repertório da Época de Ouro, período representado por uma geração de grandes compositores brasileiros entre 1929 e 1945. Um desdobramento da pesquisa realizada pelo cantor no show “No Samba” (2016) e “Noël” (2006), em homenagem ao compositor Noel Rosa, que além de show, também teve registro em disco, o primeiro de Marcio.

O samba e suas múltiplas possibilidades foi o que guiou a escolha das 18 composições distribuídas em 11 faixas que compõem o disco. Outro Samba conta com a participação de muitos artistas da cidade e alguns de fora e ilustres como a cantora Mônica Salmaso, considerada uma das mais importantes do Brasil, em Provei (Noel Rosa e Vadico), e o lendário trombonista Raul de Souza, que gravou Na Aldeia (Silvio Caldas, Caruzinho e De Chocolat).

“Nesta oportunidade de registro convidei músicos que admiro e com quem gosto de trabalhar, tive muita sorte”, declara Marcio. Estão presentes também no álbum: Mano a Mano Trio (Com que Roupa? – Noel Rosa), a cantora Uyara Torrente da Banda Mais Bonita da Cidade (Judiaria - Lupicínio Rodrigues), o quinteto de percussão La Percutório (Pedreiro Waldemar - Wilson Baptista e Roberto Martins), o baixista Glauco Sölter (Eu Quero Um Samba - Janet de Almeida e Haroldo Barbosa).

Ao lado de Marcio Juliano, no disco e no show, músicos virtuosos, antigos companheiros de outros trabalhos: Sérgio Albach (clarone), que assina a direção musical, Daniel Migliavacca (bandolim e violão tenor), Lucas Melo (violão 7 cordas) e Luis Rolim (bateria e percussão). Albach e Migliavacca também são arranjadores de algumas composições: Provei, Com que Roupa?, Pedreiro Waldemar traz arranjos de Sérgio e Eu Quero Um Samba, Benguelê (Pixinguinha e Gastão Vianna), Na Aldeia, O Mar (Dorival Caymmi) de Daniel. Os arranjos de Boneca de Piche (Ary Barroso e Luiz Iglésias) e Nega do Cabelo Duro (Rubens Soares e David Nasser) são do músico Gabriel Schwartz e Judiaria de Gilson Fukushima. Marcio Juliano fez o arranjo de Madrugada e Amor (José Messias) e do pot-pourri Louco, em parceria com Albach.

“Gosto muito do que estes autores da Época de Ouro inauguraram no Brasil, seja na poética, na linguagem musical, na estética, na identidade e na autenticidade que deram à música brasileira. Embora a maioria vivesse na cidade do Rio de Janeiro, eles não eram exclusivamente cariocas, vinham de várias regiões do país e revelavam um retrato diverso da nossa cultura. As composições retratam um país que me interessa discutir, refletir e que, ainda hoje, abordam questões relevantes, como no caso da música O Pedreiro Waldemar que constrói um edifício e depois não pode entrar. Bem oportuna também é a reflexão de Noel Rosa na mordaz e bem-humorada composição Com que Roupa?”, conta Marcio.

Nega do Cabelo e Boneco, releitura que mescla Nega do Cabelo Duro e Boneca de Pixe foi gravada com a Orquestra à Base de Sopro de Curitiba e conta com a participação de um trio vocal feminino composto por Érica Silva (Banda Mulamba), Iria Braga e Milena Tupy. No DVD com os clipes de cada faixa, que será lançado em 2020, a atriz Cássia Damasceno (Companhia Brasileira de Teatro) faz uma participação especial nesta faixa.

O show com caráter cênico conta com interações e intervenções por meio de projeções mapeadas, com áudios sincronizados. “A ideia é revisitar uma estética muito explorada por esta geração de compositores, a do cinema”, revela Marcio que também dirige o show. A assistência de direção e iluminação é de Nadja Naira (Companhia Brasileira de Teatro).

Além do CD o álbum estará disponível em várias plataformas virtuais, inclusive no novo site do artista inaugurado para o lançamento do trabalho.

“Estar envolvido nesse trabalho é uma alegria imensa; além dos músicos fantásticos que participam, realizar mais um trabalho ao lado do Marcio Juliano é sempre um prazer. Depois de muitas parcerias, trazemos agora um repertório da época de ouro do Samba com nossa leitura, que já começa a ganhar uma assinatura própria, com ousadia, contemporaneidade, pesquisa, bom humor e lirismo”, declara Sérgio Albach.

O projeto viabilizado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura também oferece uma Oficina de Prática de Samba para instrumentistas focada no repertório do Mestre Pixinguinha. Será ministrada por Luís Rolim e Daniel Migliavacca, em novembro, dias 07, 08, 11, 12, 13 e 14, no Conservatório de MPB de Curitiba. A oficina será gratuita, mas as vagas serão limitadas. Inscrições pelo site: www.marciojuliano.com.br e pelo e-mail: marciojulianocontato@gmail.com Informações: 41 99902 5147

Acompanhe Marcio Juliano também aqui: https://www.facebook.com/marciojuliano.oficial/

Este projeto é uma realização da Cia Ilimitada e foi incentivado pela Ademilar Consórcio de Investimento Imobiliário por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

SERVIÇO:

Show de lançamento do CD Outro Samba de Marcio Juliano

Data e horário: 15 e 16/11 (sexta e sábado), às 16h

17/11 (domingo), às 18h

Local: Ave Lola Espaço de Criação (Rua Marechal Deodoro, 1227 – Centro)

Ingresso: gratuito (*distribuição de senhas 1 hora antes)

Classificação: Livre
Duração: 50 minutos
Realização: Cia Ilimitada

CONTATOS:

Produção
Marcio Juliano da Silva
marciojulianocontato@gmail.com
41 99902 5147

Assessoria de Imprensa:
Glaucia Domingos
glauciadomingos@hotmail.com
41 99909 7837

REPERTÓRIO DISCO OUTRO SAMBA - MARCIO JULIANO

1 - Eu Quero Um Samba 3’47” / Janet de Almeida e Haroldo Barbosa

2 - Boneco / Ary Barroso e Luiz Iglésias Nega do Cabelo 4’56”/ Rubens Soares e David Nasser

3 – Na Aldeia 4’19” / Silvio Caldas, Caruzinho e De Chocolat

4 - Madrugada e Amor 2’01” / José Messias

5 – Benguelê 3’38” /Pixinguinha e Gastão Vianna

6 – Provei 4’08” / Noel Rosa e Vadico

7 - Com que Roupa? 3’47” / Noel Rosa

8 - Pedreiro Waldemar 3’33”/ Wilson Baptista e Roberto Martins

9 - O Mar 3’17” / Dorival Caymmi

10 -Louco - pot-pourri 3’07”

Aos Pés da Santa Cruz / Marino Pinto e Zé da Zilda

Agora é cinza / Bide e Marçal

Preconceito / Wilson Baptista e Marino Pinto

Camisa amarela / Ary Barroso

Vocalista do Creed, Scott Stapp faz show em Curitiba na próxima semana

Vocalista do Creed, Scott Stapp faz show em Curitiba na próxima semana
O artista desembarca na cidade na próxima quarta-feira (13) com a turnê do álbum “The Space Between the Shadows”, que traz canções inspiradas em Chester Bennington e Chris Cornell, além de relembrar todos os sucessos do Creed

CURITIBA, 06/11/2019 – Após cinco anos de introspecção e foco em uma nova fase de sua vida, Scott Stapp, vocalista da banda Creed, apresentou ao mundo seu álbum “The Space Between the Shadows”. O terceiro disco da carreira solo do artista conta uma incrível história de superação envolvendo questões que ameaçavam sua saúde e colocava seus relacionamentos em risco. Com esse repertório bem pessoal e intenso, Stapp desembarcará no Brasil no mês de novembro, em turnê que contará com passagem pela cidade de Curitiba.

Promovido pela Planeta Brasil Entretenimento, o show da turnê “The Space Between the Shadows” na capital paranaense será realizado na próxima quarta-feira, dia 13 de novembro na Reconcert, casa de shows localizada dentro da Usina 5, antigo complexo industrial que se tornou expoente em eventos multiculturais da cidade. A apresentação, que promete ser épica, trará toda potência musical de uma das vozes mais marcantes do post-grunge mundial, vencedora do Grammy, principal celebração da música mundial.

Em comparação aos trabalhos solos de Scott Stapp, “The Space Between the Shadows” é um álbum muito mais autoral, que aborda temas como a restauração, a aceitação de ajuda e a reflexão sobre problemas que podem ser superados, vendo a luz nas sombras. Com o novo projeto, Scott presenteia os fãs com 12 novas canções, dentre elas “Gone Too Soon”, música inspirada em parte pelas perdas de Chester Bennington (Linkin Park) e Chris Cornell (Soundgarden), companheiros de profissão que, assim como Scott Stapp, foram acometidos pela depressão.

Scott Stapp, considerado pelos seus fãs como fonte de inspiração por lutar contra os problemas da vida, promete um show intenso e inesquecível para o público da capital paranaense. Além de canções inéditas, presentes no álbum The Space Between the Shadows, como o single “Purpose For Pain”, o público poderá curtir todos os grandes sucessos da história da banda Creed, como “Higher”, “My Sacrifice” e “With Arms Wide Open”. Capitaneada por Scott Stapp, o Creed já vendeu mais de 60 milhões de cópias em todo mundo, e seu segundo disco, “Human Clay”, está listado como um dos 200 melhores álbuns de todos os tempos no Rock and Roll Hall of Fame.

O show de Scott Stapp em Curitiba será realizado na próxima quarta-feira, dia 13 de novembro, na ReConcert (Rua Constantino Bordignon, 5 – Prado Velho), com abertura dos portões a partir das 19h. Os ingressos custam a partir de R$ 130 e estão disponíveis no site Eventim (https://bit.ly/2NFjmLi). Mais informações nas redes sociais oficiais da Planeta Brasil Entretenimento.

Show “Marcelo Jeneci – Guaia”

Show “Marcelo Jeneci – Guaia”

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=151364&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C199001d594d9%25248bed5aa0%2524a3c80fe0%2524%2540smartcom.net.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C199001d594d9%248bed5aa0%24a3c80fe0%24%40smartcom.net.br%3E-1.1.2
Marcelo Jeneci, volta as origens ao homenagear o bairro em que cresceu, Guaianazes. O terceiro álbum sucede "de graça" (2013) e traz experimentos musicais que se juntam à famosa sanfona do cantor e compositor, em uma mescla de acústicos, sintéticos e regionais que resgatam a trajetória de Jeneci ao longo de sua formação musical. No repertório, seus maiores sucessos, novas canções e entre outras. Jeneci (voz, sanfona e teclados) sobe ao palco acompanhado por Rafa Cunha (bateria e samplers).

Data: 09 de novembro
Hora: 20h
Duração: 90 minutos
Classificação: livre
Valor: gratuito
Local: Teatro Sesi de São José dos Pinhais (Pátio)
Endereço: Rua Quinze de Novembro, 1800 – Centro
Observação: espaço sujeito a lotação

Maglore celebra 10 anos de carreira em Curitiba

Maglore celebra 10 anos de carreira em Curitiba

nCPmZ303L0ySi8KG4EJBgLnqX297kOiStf9sZr52ylepfiPkIUoqXpblxjMBnnGJC-lSeyoYqvvDfg2NQaKp-nhOlkA4FwtNnOQygC9bMJFCL3udPaUdkLRCT3Q-drS9iOnL1QZz
Foto: Azevedo Lobo

Com um registro ao vivo na bagagem e uma década de estrada, de dor, de amor e contas pra vencer, de ser inteiro e não ser pela metade, a banda baiana Maglore prepara um show especial no qual repassa músicas de toda sua discografia. No dia 29 de novembro (sexta), o quarteto chega ao Czar Bar, em Curitiba, para dar continuidade às comemorações dos 10 anos da banda. Os ingressos já estão disponíveis.

“É o momento de celebrar tudo o que vivemos nos últimos anos, como os nossos quatros discos, os singles lançados, as turnês e as parcerias”, conta o cantor e compositor Teago Oliveira. “A banda se estabeleceu num local muito legal do cenário e foi intenso fazer isso pelas vias da música independente”, pensa.

No show, a Maglore passa por todos os álbuns da carreira, além do trabalho em estúdio mais recente, Todas As Bandeiras (2017). No setlist, destaca-se “Não Existe Saudade no Cosmos”, composição de Teago Oliveira que ficou conhecida por ter sido gravada por Erasmo Carlos no seu disco mais recente, ...amor é isso (2018). “Foi uma surpresa enorme, a gente achava que essa música tinha uma cara de anos 1970 e Erasmo sempre foi uma referência pra banda”, diz Teago. “Motor”, faixa do quarteto recentemente regravada por Gal Costa e que também já ganhou uma versão da cantora Pitty, é outro destaque.

Serviço:
Arnica Apresenta: Maglore
Data: 29 de novembro
Local: Czar Bar
Endereço: Rua Frederico Cantarelli, 68 - Mercês, Curitiba - PR
Abertura da casa: Às 20h
Ingressos: A partir de R$25 (meia-entrada solidária), no primeiro lote

Propulsão Local cria rede de impacto e integra 50 negócios em evento neste fim de semana

Propulsão Local cria rede de impacto e integra 50 negócios em evento neste fim de semana
Representantes de cinquenta negócios criativos e sustentáveis de Curitiba e Região Metropolitana, junto com profissionais de comunicação, tecnologia e design, se encontram nessa sexta-feira, 08, n’O Locavorista, às 18h. O evento será uma oportunidade de conexão entre os participantes e faz parte da maratona de 14 dias oferecida pelo Propulsão Local, projeto gratuito para o fortalecimento de empreendimentos locais, criativos e sustentáveis.

Desde o dia 28 de outubro as iniciativas estão passando por um intenso programa de reestruturação e desenvolvimento de soluções, focado em comunicação e tecnologia. Nesse processo atuam 150 profissionais, entre designers, redatores, fotógrafos, vídeo-makers e programadores. Juntos, empreendedores e especialistas, desenvolveram um pacote precioso que têm, entre os produtos, reposicionamento de marca, website, ensaio fotográfico, loja virtual, clipe audiovisual e podcast.

Após doze dias de criação conjunta, inicia o período de encontro e apresentação dos resultados. “O foco, a partir da sexta à noite, nessa atividade de conexão n’O Locavorista, e na programação de sábado e domingo, é em atividades formativas e de fortalecimento desta rede. Realmente a gente está entendendo o Propulsão como uma entrega, mas também como um processo de conexão e fortalecimento desses negócios locais”, explica Rachel Callai Bragatto, jornalista e uma das idealizadoras do projeto.

Dias de conexão

No final de semana, o Propulsão Local terá rodadas de apresentação dos cinquenta sites criados, além de oficinas, rodas de conversa e celebrações. Uma programação para que os empreendedores e profissionais fortaleçam a rede e possam dar continuidade ao que foi criado no percurso.

“Fechando essa maratona de desenvolvimento, nesta semana, a nossa outra grande entrega, além dos produtos desenvolvidos, é a própria rede. A conexão entre esses negócios, a troca entre eles, e a conexão entre os negócios e os profissionais que podem atender e trabalhar para uma melhoria na comunicação dessas iniciativas. Um processo que teve um início com o Propulsão e agora segue com a conexão”, analisa a idealizadora.

A programação de final de semana começa com yoga, no sábado de manhã, e termina com uma grande celebração ao pôr do sol, no domingo, com a presença de amigos e familiares dos participantes. Bem ao estilo do que Bragatto conta que foi o dia-a-dia do Propulsão: “Embora bastante intensivo e exigente em termos de tempo e energia de trabalho, foi também muito leve. As pessoas estavam felizes de estar fazendo parte, a equipe estava trabalhando com muita disposição, encantada pelos projetos que estava conhecendo e os negócios encantados com a equipe de primeira que os atendiam. Então a gente vai celebrar tudo isso”.

Diversidade

Uma das preocupações dos idealizadores foi selecionar entre os 235 inscritos, projetos que representassem da melhor maneira possível a diversidade social da Grande Curitiba. Dos cinquenta negócios contemplados, 54% são liderados por mulheres, 10% por negros e pardos, 16% por LGBTTI, 2% por indígenas, 2% por pessoas com deficiência e 2% por refugiados. Quanto à localização, são sediados em oito cidades da Região Metropolitana e 20 bairros da capital.

Os organizadores entendem que esta representatividade não corresponde ao extrato social, mas a vêm como uma conquista para esta primeira edição. O compromisso pode ser aprimorado na medida em que um público maior seja atingido. “Os dados mostram que tem uma demanda represada muito grande deste tipo de atendimento. Estamos atendendo um quinto daqueles que se inscreveram e suspeitamos que existam muito mais projetos que não souberam da iniciativa. Há uma demanda muito grande por esse tipo de formação e desenvolvimento”, conta Bragatto.

As áreas temáticas contempladas incluem agroecologia urbana, internet das coisas, tecnologia 4.0, moda, objetos de design, artistas e produtores culturais, cosméticos orgânicos, entre outros. A maior parte pertence aos setores de alimentos e bebidas (26%), moda (12%), arquitetura e urbanismo (12%), patrimônio, artes e expressão culturais (12%) e sustentabilidade (8%).

Confira a lista dos selecionados:

Negócio
Temática
A Ostra Bêbada
Alimentos e bebidas
Alecrim Urbano
Produção Cultural
Ambiens Sociedade Cooperativa
Arquitetura e urbanismo
Amora Mia Buttons
Negócio Social
Amuscária Fungi
Alimentos e bebidas
AOPA - Associação Paranaense de Agroecologia
Alimentos e bebidas
Ar Livre - Vivências na Natureza
Educação
Aria 41 Arquitetura e Sustentabilidade
Arquitetura e urbanismo
Art Alle
Design
Bazar da Aldeia
Arte
Bicicletaria Cultural
Negócio Social
Bloco Base
Arquitetura e urbanismo
Bosque águas claras soluções ambientais
Arquitetura e urbanismo
Cacaúba Chocolates
Alimentos e bebidas
Casa Quatro Ventos - Movimento e Arte
Produção Cultural
Chácara Aguro
Alimentos e bebidas
Coalhada Artesanal Preciosa
Alimentos e bebidas
CSA CEAFIM
Alimentos e bebidas
Cupido das Finanças
Negócio Social
Dança Livre a Dois
Patrimônio e artes
Desafinado Café
Alimentos e bebidas
diznopeito
Negócio Social
Ébano Essentials
Sustentabilidade
Eco Angels Educação Sustentável
Educação
Escola da Política
Educação
Estúdio Yby
Design
Fervol Colagens
Patrimônio e artes
Flower Power Artes
Design
Hello Soluções em Lot. e Engenharia
Tecnologia
Kria Kombucha
Alimentos e bebidas
Luan Valloto
Moda
Marco Gural - Agroecologia urbana
Alimentos e bebidas
MATTE N' ROLL
Alimentos e bebidas
mCmE - minha Causa . meu Estilo
Moda
Milho Guerreiro Confecções Ltda
Moda
Mucha Tinta Produções Culturais
Produção Cultural
Oficina de Fine Arts
Sustentabilidade
Padaria Local
Alimentos e bebidas
Projeto Compostar Curitiba
Sustentabilidade
Raissa Fayet
Patrimônio e artes
Rodrigo Zin
Patrimônio e artes
Sabiá Laranjeira
Produção Cultural
Plátano
Paisagismo
Sevena Quimonaria
Moda
SIAMESE
Patrimônio e artes
Seven8
Mídia
Tüz Cerâmica Criativa
Patrimônio e artes
Verdelaranja - hortas urbanas e design
Arquitetura e urbanismo
Yasmin Comida Árabe
Alimentos e bebidas
Zyklus Construções Sustentáveis
Arquitetura e urbanismo

Sobre o Propulsão Local
O Propulsão Local é uma iniciativa do Coletivo Soylocoporti e da Rede Livre, em parceria com Lab1299, Instituto LocalBIz, Terraço Verde e uma rede de profissionais, organizações e negócios. Saiba mais em http://propulsaolocal.com.br

Cotidiano Leitor traz a I Festa Literária com diversas ações culturais gratuitas

Cotidiano Leitor traz a I Festa Literária com diversas ações culturais gratuitas
Evento será de 15 a 17 de novembro com grandes escritores e ilustradores do cenário mundial

Escrita feminina, literatura afro-indígena e livro ilustrado são os temas macros escolhidos para inaugurar a I Festa Literária do Cotidiano Leitor. Serão três dias intensos de evento, de 15 a 17 de novembro, no Museu Oscar Niemeyer, com uma série de experiências literárias. Entre as atividades, estão programadas uma feira do livro, oficinas, workshop, exposições, sarau literário, leitura de poemas, narração de histórias, performance, roda de leitura e diálogos com autores e ilustradores premiados e reconhecidos internacionalmente. Todas as atividades são gratuitas.

Marina Colasanti, uma das mais premiadas escritoras brasileiras e detentora de vários prêmios Jabutis, e a poeta, atriz, jornalista e cantora Elisa Lucinda, com diversos livros publicados e atuação no teatro cinema e televisão, estão entre os destaques no primeiro dia de evento, 15 (sexta-feira). A partir das 16h, no Auditório Poty Lazzarotto, elas participam da roda de conversa “Escrita Feminina: lugar de escuta e lugar de fala”.

No dia 16, a roda de conversa será com os premiados ilustradores Odilon Moraes e Roger Mello, com a temática “Discursos da imagem na Literatura Infantil brasileira”. Já para o dia 17, os convidados Daniel Munduruku e Cidinha da Silva falam sobre “Literatura Afro-brasileira e Indígena”. Daniel é filho do povo indígena Munduruku e como educador social e ativista ministra palestras e seminários destacando o papel da cultura indígena na formação da sociedade brasileira. Cidinha possui forte engajamento com a causa negra e com questões ligadas às relações de gênero.

A realização da Festa Literária é do Governo do Paraná por meio da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura, com a produção executiva do Instituto Dom Miguel e apoio de prefeituras. O evento faz parte do Projeto Cotidiano Leitor, com atividades baseadas no Plano Estadual do Livro, Leitura e Literatura (PELLL), que busca promover a democratização do acesso ao livro, estimular o interesse por narrativas literárias e formar uma sociedade leitora.

OUTROS DESTAQUES - Entre as diversas ações culturais programadas, estão as exposições de fanzine e de tapetes de autoria de alunos dos Centros de Socioeducação (Censes). Estes centros foram criados pela Secretaria da Justiça, Família e Trabalho e atuam com o objetivo de ajudar os adolescentes em conflito com a lei, que cumprem medidas socioeducativas. Eles desenvolvem atividades educacionais e têm ações de qualificação profissional.

Também faz parte da programação o workshop Escrita Independente em tempos de internet e diversas oficinas. Entre elas: Confecção de Personagens de papel; Ilustração para adultos; Origami; Criação de Personagens; Educação Inclusiva e Literatura Infantil Juvenil; Música; Pintura e Ilustração; Bonecas Abayomi; Criação Literária; e Autoedição.

Serviço
Festa Literária do Projeto Cotidiano Leitor
Dias: 15, 16 e 17 de novembro de 2019
Horário: das 10h às 18h
Local: Museu Oscar Niemeyer (R. Mal. Hermes, 999 - Centro Cívico)

Crédito fotos
Marina Colasanti: Marcos de Paula/Estadão
Cidinha da Silva, Daniel Munduruku, Elisa Lucinda, Odilon Moraes e Roger Mello: Divulgação

--

1º Usina Summer Sessions trará o melhor do reggae nacional para Curitiba

1º Usina Summer Sessions trará o melhor do reggae nacional para Curitiba
O festival, que será realizado no mês de dezembro, na Usina 5, terá como grande atração a banda brasiliense Natiruts
CURITIBA, 08/11/2019 – Celebrar a chegada do Verão com grandes nomes da música brasileira em um ambiente acolhedor e repleto de energia positiva. Essa é a proposta do Usina Summer Sessions, festival inédito que vai reunir o melhor do reggae nacional na cidade de Curitiba. Com produção da Planeta Brasil Entretenimento, Zeroneutro e CWB Brasil, o evento acontece no dia 14 de dezembro, na Usina 5, antigo complexo industrial que se tornou expoente em eventos multiculturais na cidade.
A grande atração do 1º Usina Summer Sessions será a banda brasiliense Natiruts, grande expoente do reggae nacional, que retorna a Curitiba para apresentar a turnê de seu novo álbum: “I Love”. Repleto de amor e mensagens positivas, “I Love” é o oitavo disco de canções inéditas do Natiruts, que traz novidades sonoras nunca exploradas pelo grupo. Além do trabalho recente, o show contará com grandes hits dos mais de 20 anos de história da banda brasiliense, entre elas “Na Positiva”, “Dois Planetas”, “Andei Só”, “Presente de um beija-flor” e “Meu Reggae é Roots”.
Outra atração de peso do 1º Usina Summer Sessions será a banda curitibana Djambi, uma das pioneiras do reggae no Sul do Brasil. Formada em 1995, a Djambi é uma das pioneiras do estilo musical no Sul do Brasil, e construiu uma carreira sólida com sete álbuns gravados e muitos hits que ganharam o país, entre eles a música “Barca Pra Ilha”, de 2002. Também de Curitiba, a Machete Bomb vai apresentar seu som bem peculiar, que mistura rock, samba e hip-hop, no Usina Summer Sessions. A banda que já dividiu o palco com grandes nomes da música nacional, entre eles O Rappa e Criolo, promete um show marcante, com composições carregadas de críticas sociais.
Completando a intensa programação musical, o Usina Summer Sessions contará ainda com shows das bandas Bloco Luz Alta, com o melhor da surf music diretamente da Praia do Rosa, e Sr. Banana, grupo curitibano de rock, reggae, dancehall, ska e reggaeton, que tocará acompanhado por Vince Black, guitarrista, cantor e compositor jamaicano, ex-integrante da renomada banda Black Uhuru.

O Usina Summer Sessions será realizado no dia 14 de dezembro, na Usina 5 (Rua Constantino Bordignon, 05 – Prado Velho), com portões abertos a partir das 15h. Os ingressos custam a partir de R$ 40 e estão disponíveis no site www.eventim.com.br. Mais informações nas redes sociais oficiais da Planeta Brasil Entretenimento, da Zeroneutro e da CWB Brasil.