EDUARDO COSTA GRAVA NOVO DVD ESSA SEMANA EM CURITIBA

O SHOW ACONTECE NA QUINTA-FEIRA COM INGRESSOS ESGOTADOS

Eduardo Costa está começando 2020 com ritmo total com a gravação do 5° DVD da carreira nessa quinta-feira, 23, no Teatro Positivo com participações das duplas Edson & Hudson e Edy Britto & Samuel.

O cantor mineiro fala constantemente sobre a admiração que tem pela capital paranaense, “Todas as vezes que me apresento em Curitiba sinto um carinho enorme, eu tenho algo muito especial com a cidade e quando pensamos nesse projeto, de cara já pedi para que fosse gravado em Curitiba”, complementa Eduardo Costa.

Eduardo já lançou 13 CD’s e 4 DVD’s, acumulando grandes sucessos que marcaram a cena sertaneja, além de 2 DVD’s do projeto Cabaré, em parceria com o cantor Leonardo. Nesse novo trabalho serão gravadas músicas inéditas e algumas regravações, com produção musical de Eduardo Costa e Romário Rodrigues.

“Com certeza esse será um dos trabalhos mais lindos da minha carreira. Quero todos lá para viver comigo mais esse momento especial com muita moda boa e alegria”, afirma o cantor.

Serviço:

Gravação DVD Eduardo Costa
Quando: 23 de janeiro (quinta-feira)
Onde: Teatro Positivo
Horário: 21:30
Classificação: Livre
Produção: Massa Fun e Talismã

O Modalismo na MPB no Teatro Paiol

O maestro, músico e pesquisador Vicente Ribeiro vai lançar o livro O Modalismo na Música Popular Brasileira durante a Oficina de Música de Curitiba, com um sarau comentado que acontece no dia 23 de janeiro, quinta-feira, às 19 horas, no Teatro Paiol (Praça Guido Viaro, s/nº), com entrada gratuita. O autor, que também é violonista, vai se apresentar com os músicos Fabio Cardoso (piano) Thiago Duarte (baixo acústico), Thales Lemos (bateria) e os cantores Suzie Franco, Fernanda Sabbag e Lucas Franco. No programa do show serão interpretadas músicas do repertório modal dos compositores Luiz Gonzaga, João do Vale, Baden Powell, Dorival Caymmi, Edu Lobo, Tom Jobim, Gilberto Gil e Caetano Veloso, que estão no livro.
Vicente Ribeiro conta que trouxe para esse lançamento parte das composições que ele analisa na sua obra. O autor divide os compositores em quatro grupos, com abordagens distintas, do modalismo na MPB: as matrizes "nordestina" (João do Vale e Luiz Gonzaga) e "afro-brasileira" (Baden Powell e Dorival Caymmi), e as vertentes estéticas "nacionalista" (Tom Jobim e Edu Lobo) e "tropicalista" (Caetano Veloso e Gilberto Gil).
Se no livro O Modalismo na Música Popular Brasileira Vicente Ribeiro exemplifica seu trabalho comentando as partituras das canções, no Teatro Paiol, o público vai poder conhecer de forma prática o que é o modalismo durante uma apresentação que vai levar a plateia a um mergulho profundo na música brasileira. “No show passeamos por cada uma dessas quatro vertentes. O repertório do espetáculo é uma amostra do livro, que tem 30 músicas analisadas”.
A pesquisa sobre o “Modalismo na Música Popular Brasileira” de Vicente Ribeiro começa em 2005 e, desde então, ele vem se aprofundando no tema. Primeiro com o trabalho de conclusão acadêmica, depois como tese de mestrado e agora no doutorado. Mas ele explica que muitos dos autores das músicas, provavelmente, não tinham ideia do que estavam fazendo. “Principalmente Gonzaga e João do Vale, que eram compositores mais intuitivos, compondo a partir de uma tradição oral. Já compositores como Jobim, Baden, Caetano, Edu, Caymmi e Gil demonstram, em alguma medida, uma consciência do modal ou, pelo menos, a busca de uma sonoridade diferente”.
Mas o que é a música modal? Vicente explica que existe um senso comum sobre a música em geral, de que ela é construída a partir das sete notas musicais, que formam a chamada "escala maior". Mas, ele chama atenção, essa é apenas uma das possibilidades de recorte no continuum sonoro, que inclui muito mais sons além das sete notas conhecidas. Com outros recortes, a sonoridade da música pode variar bastante. “Na música modal há outras escalas, outros recortes, como o chamado modo 'mixolídio', que aparece em composições como ‘Baião’ ou ‘Juazeiro’, de Luiz Gonzaga, ‘Tropicália’ de Caetano Veloso ou 'Pato Preto', de Jobim", pontua o pesquisador.
Para o autor do livro, esses recortes diferentes fogem da escala tonal - que está presente na música clássica, no choro, no samba, e em boa parte da música pop. “O modal remete a outros 'lugares sonoros', como as músicas nordestina, celta e ibérica”. Vicente observa que, enquanto a estrutura da música tonal é mais narrativa, a música modal é mais circular. “Como as escalas modais têm recortes diferentes, elas te transportam para lugares imprevisíveis”.
Vicente Ribeiro é graduado em Música Popular pela FAP-PR e mestre em Música pela UFPR. Atua como arranjador desde 1983; por conta desta atuação, recebe indicações ao Prêmio da Música Brasileira (1993) e ao Prêmio Profissionais da Música (2019). Em 1995 inicia uma profícua parceria com o grupo Tao do Trio, produzindo e arranjando seus três álbuns; dois deles resultam na indicação do grupo ao já citado Prêmio da Música Brasileira, em 2002 e 2017. Paralelamente, atua como regente e diretor musical do Vocal Brasileirão, desde 2006, e do Grupo de MPB da UFPR, desde 2018. Sua intensa atividade como músico não o impede de dedicar-se com o mesmo afinco ao ensino de música, ministrando disciplinas teóricas e práticas em cursos de graduação e pós-graduação, bem como em cursos livres e em diversas edições da Oficina de Música de Curitiba; atua ainda como coordenador pedagógico do Conservatório de MPB, de 2004 a 2011. Atualmente realiza seu doutorado em música na UNICAMP, onde aprofunda sua investigação sobre modalismo em pesquisa acerca da produção pós-bossanovista de Tom Jobim.

SERVIÇO:

Sarau O Modalismo na Música Popular Brasileira – Lançamento do livro homônimo do maestro, músico e pesquisador Vicente Ribeiro.
Dia 23 de janeiro, quinta-feira, às 19 horas.
Teatro Paiol (Praça Guido Viaro, s/nº).
Ingressos: Entrada gratuita
Classificação etária: Livre.
Duração: 50 minutos
Informações: (41) 3229-4458.
O livro será vendido no local por R$30 (preço promocional)

Mais informações e entrevistas:
RB – Escritório de Comunicação
Rodrigo Browne
99145-7027 // 3363-7759

Sugestão de BOX

Repertório do show:

01. Quebra pedra (instrumental) – Tom Jobim
02. Juazeiro – Luiz Gonzaga
03. Baião – Luiz Gonzaga
04. Carcará – João do Vale
05. Noite de temporal – Dorival Caynni
06. Berimbau – Baden Powell/Vinicius de Moraes
07. Consolação – Baden Powell/Vinicius de Moraes
08. Upa, neguinho – Edu Lobo
09. Ode aos ratos – Edu Lobo/Chico Buarque
10. Caminho de pedra – Tom Jobim
11. Pato preto – Tom Jobim
12. Tropicália – Caetano Veloso
13. Trilhos urbanos – Caetano Veloso
14. Refazenda – Gilberto Gil

ESPETÁCULO CONTOS É ATRAÇÃO NA 37ª OFICINA DE MÚSICA DE CURITIBA

Contos da tradição oral com música executada ao vivo pela OABS (Orquestra à Base de Sopro de Curitiba) faz apresentação única na Oficina de Música de Curitiba, neste domingo (19), às 21h, no Teatro da Reitoria.

Após temporada de sucesso em 2019, em Curitiba, realizando 20 apresentações, todas gratuitas, 14 delas para público dirigido de escolas da rede pública, privada e outras instituições, atingindo ao todo um público estimado de 3.500 pessoas, o espetáculo CONTOS da Cia Ilimitada montado em parceria com a OABS (Orquestra à Base de Sopro de Curitiba) volta a ser apresentado. Desta vez, como uma das atrações da programação da 37ª Oficina de Música de Curitiba. A apresentação única será neste domingo (19), às 21h, no Teatro da Reitoria (Rua XV de Novembro, 1299 – Centro).

A montagem reúne narrativas que fazem parte do imaginário universal, suscitam interesse, conflitos, perguntas, anseios permeados pelas complexidades da vida. São velhas histórias adaptadas que buscam instigar a imaginação e a reflexão. Como se faz para ser feliz? É a questão comum presente nas histórias escolhidas. Elas são alimento para a alma, fragmentos de mapas, sinalizam caminhos e encorajam o desenvolvimento do indivíduo.

“Ao contar essas histórias universais, rapidamente entramos em contato com nossa essência ancestral. Algo que está no centro de nossa cultura e é comum a todos. Nossos anseios e medos, nossa busca pela felicidade, nossa necessidade de revelar a verdade. Uma verdade que está dentro de todos nós e, por isso, pode ser compartilhada sem nunca ser subjugada. Por anos e anos essas histórias foram oralmente transmitidas, contadas, reinventadas e hoje temos a oportunidade de atuar como um elo, contando e semeando para que elas sigam vivas por muito e muito tempo”, explica Marcio Juliano, diretor do espetáculo.
O projeto reúne um time de artistas do cenário teatral e da música com ampla trajetória na cidade. Além da direção de Marcio Juliano, que também compõe o elenco e é o responsável pela dramaturgia, a equipe artística é formada por antigos e atuantes parceiros da Cia Ilimitada, como Sérgio Albach, regente da Orquestra à Base de Sopro, que assina a direção musical e o premiadíssimo iluminador Beto Bruel. As composições são de Davi Sartori, Gilson Fukushima e Albach. A assistência de direção e a preparação corporal é de Mônica Infante. O elenco, além dos 17 músicos da OABS, conta ainda com a atriz Glaucia Domingos e o ator Marcel Szymanski.

SERVIÇO:

Espetáculo teatral CONTOS com a Orquestra a Base de Sopro de Curitiba

Data e horário: 19/01 (domingo), às 21h

Local: Teatro da Reitoria (Rua XV de Novembro, 1299 – Centro)

Ingresso: R$30 e R$15 (meia-entrada).

*Vendas pelo aloingressos.com.br ou diariamente na bilheteria da Capela Santa Maria, das 9h às 12h e das 14h às 17h30. No Teatro da Reitoria os ingressos

poderão ser adquiridos com uma hora de antecedência.

Classificação: Livre
Duração: 60 minutos
Realização: Cia Ilimitada

Histórias do contrabaixo na Oficina de Música

O músico Glauco Sölter ministra workshop gratuito e lança seu primeiro livro, Levadas Brasileiras, que traz uma pesquisa inédita sobre o instrumento do qual é um dos expoentes

O lançamento do livro “Levadas Brasileiras”, de Glauco Sölter, é uma das atrações da 37.ª Oficina de Música de Curitiba. O evento será no próximo dia 22/01, às 14h, quando o músico, contrabaixista, arranjador, compositor e professor paranaense também ministra um workshop gratuito. Serão ofertadas 50 vagas e não é necessário fazer inscrição prévia. O workshop, aberto a todos os interessados, acontece na PUC –PR. “Vou tocar e contar sobre as histórias das linhas de baixo, dos artistas e também as minhas próprias vivências”, adianta o músico.

“Levadas Brasileiras”, lançamento da Às Editorial, apresenta uma pesquisa inédita sobre o contrabaixo brasileiro, passando por criações de dezenas de baixistas e suas obras mais representativas para traçar um perfil cronológico do desenvolvimento do instrumento. Mescla de método e livro, a publicação oferece 80 microaulas de baixo, cujo acesso será via um QR Code disponível na publicação, viabilizada pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Curitiba.

Glauco Sölter nasceu em Cascavel (PR) e atualmente vive entre Curitiba e São Paulo. Toca e grava regularmente com diferentes trabalhos e artistas no Brasil e exterior. Há mais de 15 anos acompanha o grande trombonista Raul de Souza. Tem seu trabalho autoral com 4 CDs lançados, além de fazer parte dos grupos "Mano a Mano Trio", "Duo Bandolaxo" e "Projeto Cataia" (com Arismar do Espírito Santo).

Serviço:
Lançamento do livro Levadas Brasileiras, de Glauco Sölter
Dia 22/01/2020 às 14h: Lançamento do livro e workshop na 37.ª Oficina de Música. PUC-PR - Auditório Tristão de Ataide – Térreo do Prédio Amarelo (R. Imaculada Conceição, 1155 - Prado Velho). Entrada franca. 50 vagas. Não é preciso fazer inscrição prévia.
O livro será vendido no local: R$40
Informações: https://oficinademusica.curitiba.pr.gov.br/curso/workshop-e-lancamento-do-livro-levadas-brasileiras-estorias-do-baixo-no-brasil/880/

Garanta seu lugar nos shows e concertos da Oficina de Música de Curitiba.

A 37ª Oficina de Música de Curitiba é uma realização da Prefeitura de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba, do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (Icac), da Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e governo federal.

O evento tem patrocínio máster da Caixa Econômica Federal, apoio cultural da Família Farinha, Comunidade Luterana Igreja de Cristo, Igreja Bom Jesus dos Perdões, Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR), Bicicletaria Cultural, Universidade Federal do Paraná, Lamusa - Laboratório de Música Sonologia e Áudio, Sistema FIEP, Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC), HOG The One Curitiba, Solar do Rosário e apoio máster do Teatro Guaíra e Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).

Bienal de Curitiba apresenta exposição coletiva sobre arte e feminismo

A inauguração da mostra vai acontecer na próxima quarta-feira, dia 15 janeiro, no Design Center

CURITIBA 10/01/2019 – Na próxima quarta-feira, dia 15 de janeiro, o Design Center abrirá oficialmente a mostra “Tipografia: Substantivo Feminino”, que integra a programação oficial da 14ª Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba. Com entrada gratuita, a exposição coletiva, que ficará em cartaz até o final do mês de março, vai abordar diversas questões sobre arte e feminismo.

A mostra traça um recorte de cartazes do acervo do “Projeto Armazém”, organizado pela curadora Juliana Crispe, com trabalhos de diversas artistas mulheres, situando um coletivo de vozes femininas que versam por distintas falas, sensações, simbologias, rituais e gritos. “A mostra apresenta uma tipografia de muitos territórios que não falam apenas por palavras, fontes e tipos, mas que se expandem e se intensificam também em imagens dentro do processo gráfico dos cartazes, no âmbito da produção da arte em reprodutibilidade”, comenta Juliana.

Na mesma data, acontece o pré-lançamento do livro “Projeto Armazém”, que apresenta textos e proposições artísticas de 13 pesquisadores envolvidos. Assinada por Juliana Crispe, Fran Favero, Daniele Zacarão, Sandra Favero, Lilian Amaral, Francine Goudel, Ricardo Corona, Helene Sacco, Amir Cador, Raquel Stolf, Marina Moros, Franzoi e Néri Pedroso, a obra apresenta, em 168 páginas, uma compreensão sobre o Armazém, idealizado em 2011 como um grande encontro entre artistas, coletivos, editoras independentes e público em torno de exposições, mostras, feiras, oficina, seminários, com obras de arte com caráter múltiplo.

A inauguração da mostra “Tipografia: Substantivo Feminino” vai acontecer na próxima quarta-feira, dia 15 de janeiro, a partir das 19h. Durante o evento, será realizada a distribuição gratuita do livro “Projeto Armazém” ao público participante. As obras ficam expostas até março de 2020, no Design Center. A visitação será gratuita. Mais informações no site www.bienaldecuritiba.com.br.

Primeiro filho de Alok e Romana Novais nasce através de parto humanizado

@alok

O pequeno Ravi veio ao mundo hoje, dia 10 de janeiro, às 8h20

Nasceu hoje, dia 10 de janeiro, às 8h20 o primeiro filho do casal Alok e Romana Novais. O pequeno Ravi veio ao mundo através do parto normal humanizado, uma maneira menos invasiva, com o objetivo de trazer aos pais momentos mais próximos ao recém-nascido.

Romana começou a sentir contrações durante a madrugada e entrou em trabalho de parto ao amanhecer. Em seus perfis nas redes sociais, Alok compartilhou algumas fotos do momento especial vivido pelo casal e prometeu muita dedicação e amor a sua família.

Nos últimos dias, a Internet ficou bastante movimentada após as postagens de ambos questionando o público sobre o palpite para o signo do bebê, já que poderia ser tanto capricórnio quanto aquário, o mesmo de Romana. “Será que vou ter dois aquarianos em casa?”, disse Alok.

O artista brasileiro aproveitou o momento também para informar ao público que os shows que aconteceriam hoje em Mongaguá e Porto Seguro terão que ser remarcados e pediu a compreensão do público.

Mari Righez

Site oficial

www.aloklive.com.br

Instagram

@alok

Facebook

facebook.com/livealok

YouTube

youtube.com/user/livealok

Twitter

@alokoficial

Soundcloud

soundcloud.com/livealok

Spotify

http://twixar.me/7bw3

Deezer

https://bit.ly/2KmJ7hD

Apple Music
https://apple.co/2GP7VfZ

THIAGUINHO EM NOVA VIBE

“No sábado, dia 11 de janeiro, o pagodeiro paulista traz show inédito ao Café Curaçao Guaratuba com novas canções e uma mistura de estilos para comandar a festa junto com Sob Medida e Makinada”.

Após lotar casas de shows com a turnê “Tardezinha” e rodar o país com apresentações intimistas e acústicas, o pagodeiro paulista Thiaguinho vive um novo momento em sua carreira com o show “Vibe”. Após quatro anos, no sábado, dia 11 de janeiro, ele desembarca em Guaratuba com seu novo show para apresentação inédita no Verão 2020 do Café Curaçao (R:Brejatuba, 500). Será uma grande festa, que inicia às 23horas com a banda Sob Medida e encerra no deck à beira-mar com os curitibanos da Makinada. A casa abre às 21h30.

Com o repertório recheado de grandes sucessos dos seus 17 anos de carreira, como “Caraca Muleke”, “Vamo Que Vamo”, “Deixa Acontecer”, Thiaguinho vem para o litoral paranaense apresentar as faixas do novo CD, intitulado “Vibe”. O projeto, lançado há menos de um mês, é o 10º álbum da carreira solo do cantor.

Todas as faixas do disco ganharam clipes, que estão sendo lançados a cada semana no canal oficial do artista no YouTube. Só o vídeo da música “Deixa Tudo Como Tá”, primeiro a ser divulgado pelo can tor, já acumula mais de 5 milhões de visualizações. E, se a canção tem tudo para ser a queridinha do público entre as novas do álbum, ela já é preferida de Thiaguinho.

Os ingressos estão disponíveis e variam de R$70,00 (meia-entrada) a R$220,00 (inteira), de acordo com o setor. Pista - R$130,00 (inteira) e R$70,00 (meia-entrada)/ Área Vip - R$220,00 (inteira) e R$115,00 (meia-entrada). A meia-entrada é válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue e portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer. Associados ao Clube Gazeta do Povo, Clube Disk Ingressos, clientes app Clube Prime, bônus flyer e digital possuem 50% de desconto na compra de até dois bilhetes por titular. Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. ***Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio. ****Já está incluso no bilhete a taxa de administração Disk Ingressos

SERVIÇO:
THIAGUINHO - VERÃO 2020 CAFÉ CURAÇAO GUARATUBA
Local: Café Curaçao Guaratuba (Av. Brejatuba, 500)
Quando: 11 de janeiro de 2020 (Sábado)
Horários: Abertura dos portões: 21h30 / Início dos shows: Sob Medida: 23h / Thiaguinho: 1h30 / Makinada: 3h
Valores: variam de R$70,00 (meia-entrada) a R$220,00 (inteira), de acordo com o setor.
Pista - R$130,00 (inteira) e R$70,00 (meia-entrada);
Área Vip - R$220,00 (inteira) e R$115,00 (meia-entrada).
A meia-entrada é válida para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue e portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer. Associados ao Clube Gazeta do Povo, Clube Disk Ingressos, clientes app Clube Prime, bônus flyer e digital possuem 50% de desconto na compra de até dois bilhetes por titular.
**Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei.
***Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.
****Já está incluso no bilhete a taxa de administração Disk Ingressos.
PONTOS DE VENDA: Disk Ingressos (Loja Palladium - de segunda a sexta, das 11h às 23h, aos sábados, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h, - e quiosques instalados nos shoppings Mueller e Estação - de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h), Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22h, e aos domingos, das 9h às 18h), e pelo portal www.diskingressos.com.br, bilheteria do Café Curaçao (das 10 às 21h) e postos oficiais .
Forma de pagamento: Dinheiro e cartões Visa/Mastercard (débito e crédito) Censura: 16 anos (de12 a 16 anos somente com os pais ou acompanhado por um responsável maior de 18 anos.
Informações p/ o público: 41 33150808 / 41 34723204/ www.maisumadaprime.com.br /www.curacaoguaratuba.com.br.

Programação de férias do Museu Paranaense foca nos povos originários do Paraná

preparou uma programação especial para o público infantil durante os meses de janeiro e fevereiro de 2020. A partir do dia 9 de janeiro até 20 de fevereiro, todas as quintas-feiras, das 14h30 às 16h, o Departamento Educativo do museu realiza visitas medidas às exposições relacionadas aos povos originários do Paraná além de atividades como contação de histórias, brincadeiras indígenas e curiosidades sobre palavras de origem indígena. A programação é gratuita e destinada a crianças de 6 a 10 anos acompanhadas de um adulto. Inscrições no site www.museuparanaense.pr.gov.br.
ETNOLOGIA INDÍGENA – Desde o início de suas atividades no século XIX, o Museu Paranaense teve como objetivo formar, organizar e expor um acervo que expressasse as características do território e da população paranaense. Naturalmente, o interesse pelas populações indígenas, os primeiros habitantes do território, se refletiu no acervo e nas primeiras exposições da instituição, conforme registrado no guia do Museu Paranaense publicado em 1900.
Em relação à etnologia indígena, tem sido dada atenção especial ao estudo do acervo imagético da coleção Vladimir Kozák, pesquisador responsável pelo registro em filmes, fotografias e desenhos de diversos grupos indígenas brasileiros entre as décadas de 1940 e 1950. Desde 2017, esse recorte do acervo de Kozák ligado aos indígenas é patrimônio documental da humanidade e do Brasil pelo Programa Memória do Mundo da UNESCO.
SERVIÇO
Programação de férias no Museu Paranaense | Povos Originários
De 9 de janeiro a 20 de fevereiro de 2020
Toda quinta-feira, das 14h30 às 16h
Faixa etária: 6 a 10 anos (acompanhadas de um responsável)
Inscrições gratuitas: www.museuparanaense.pr.gov.br
Museu Paranaense
Rua Kellers, 289, São Francisco – Curitiba/PR
Visitação de terça a sexta-feira, das 9h às 17h30.
Sábado, domingo e feriado, das 10h às 16h.
www.museuparanaense.pr.gov.br | (41) 3304-3300

Foto
Crédito: Amanda Sanches/Museu Paranaense
Legenda: Kadjaj (Gambá com filhotes). Escultura em cerume de abelha. Década de 1950. Coleção Vladimir Kozák. Museu Paranaense.

Chemical Surf e Pimpo Gama estão no line up do Mindbreaker que acontece neste sábado no Summer Park Guaratuba

Eles estão entre as atrações confirmadas da 39ª edição do festival de música eletrônica, que chega primeira vez ao Litoral Paranaense.

O festival mais badalado da cena eletrônica paranaense, o Mindbreaker, chega pela primeira vez ao Litoral Paranaense neste sábado, dia 11 de janeiro, na arena de shows do Summer Park Guaratuba. O evento, que está na 39ª edição, reunirá um line up de peso com vários DJs de renome. Serão mais de 10 horas de festa para os apaixonados por música eletrônica. O destaque é para o duo de maior expressão da música eletrônica brasileira, que vem ganhando cada vez mais evidência na cena internacional, o Chemical Surf, formado pelos irmãos Lucas e Hugo Sanches. Outra presença confirmada, bastante aguardada pelo público, é o gaúcho Pimpo Gama. Os portões serão abertos às 14h e a previsão de início dos shows é às 15h. Os ingressos estão à venda pelo Disk Ingressos.

Os irmãos que são grandes expoentes da nova geração do estilo musical estão marcando presença em grandes festivais nacionais e internacionais como Rock In Rio, Lollapalooza, Ultra Music Festival, EDC e Beyond Wonderland, e com isso alcançando expressão em diversas partes do mundo com suas turnês. Com uma legião de fãs, eles que somam mais de 100 milhões de execuções em plataformas de streaming, vão agitar o público com seus maiores hits, como “Hey Hey Hey”, “Rockstar” e “I Wanna Do”.

O Chemical Surf figura entre as maiores gravadoras do mundo e é, sem dúvida, um dos nomes em destaque da música eletrônica no "spotlight", arrastando muitos fãs para suas apresentações.

Sobre Mindbreaker

O Mindbreaker nasceu em 2014, como um festival local, criado por artistas da região de Curitiba, e devido ao grande sucesso a cada edição, tem crescido e se consolidado no cenário musical. A organização tem investido em atrações de peso e já receberam nomes como Illusionize, Cat Dealers, de Ashibah, Dashdot e Future Class, Visage Music, Zelig, Dual Channels, MKJAY, Audio Loops b2b Gustavo Koch e Alex Meirelles.

SERVIÇO:
39ª edição Mindbreaker na arena de shows do Summer Park Guaratuba
DATA: 11 de janeiro de 2020.
HORÁRIO: Abertura a partir das 14h. / Previsão do show 15h.
CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 16 anos.
INGRESSOS: Lote 01 - a partir de 50,00 (Meia-entrada) PISTA. / 100,00 (Inteira) PISTA. +Taxa administrativa.
https://www.ingressonacional.com.br/evento/15712/

Acompanhe a programação:

Para acompanhar a programação completa, siga a Arena Summer Park Guaratuba nas redes sociais:
Instagram.com/guaratubasummerpark
Facebook.com/guaratubasummerpark

INGRESSOS PARA O INÉDITO SHOW DE BONNIE TYLER EM CURITIBA COMEÇAM A SER VENDIDOS

Cantora apresenta a nova turnê Between The Earth and The Stars comemorando 50 anos de carreira no Teatro Positivo.

Uma noite emocionante para relembrar os velhos tempos! Dona de uma das vozes mais conhecidas dos anos 70 e 80, a cantora galesa Bonnie Tyler desembarca na capital paranaense no dia 17 de maio, às 20 h, no Teatro Positivo, com o show da turnê comemorativa dos 50 anos de sua carreira lançando o álbum Between the Earth and the Stars. Neste show, contemporâneo e ao mesmo tempo nostálgico, a diva estará revivendo sucessos como a balada Total Eclipse Of The Heart, It’s A Heartache e outros. O novo álbum também possui três emocionantes duetos com Rod Stewart, Cliff Richard e Francis Rossi. O show realizado pela Orth Produções, estão com os ingressos sendo vendidos pelo Disk Ingressos.

Tyler que depois seis anos retornou ao estúdio para a gravação deste novo álbum relata o processo de concepção “Eu já me apresentei em todo o mundo e ainda amo subir ao palco e divertir meus fãs fantásticos! Era a hora certa de voltar ao estúdio, mas queria marcar 50 anos de atuação com algo realmente especial. E fiz exatamente isso: o novo material em Between the Earth and the Stars está incrível!"

E é com a turnê deste novo álbum que a musa está percorrendo vários países do mundo celebrando o jubileu de sua carreira, que marcou na memória das pessoas verdadeiros clássicos, saudosos, embalando muitos jovens romances. Além da enérgica, desesperada e intensa “Total Eclipse Of The Heart”, seu maior sucesso, outros hits inesquecíveis e que marcaram época tem a característica de sua voz rouca e potente, a balada Holding Out For a Hero, usada como trilha sonora nos filmes Footloose e Sherek 2. Além de Lost in France seu primeiro single e Here She Comes, que foi até indicada ao Grammy. Em 1987, a cantora já no auge da fama, fez um dueto com o cantor brasileiro Fábio Júnior na canção “Sem Limites para Amar”.

A nova turnê passará por cinco cidades do Brasil: Goiânia, Porto Alegre, São Paulo, Florianópolis e Curitiba. A estrela pop do País de Gales demonstrará no alto de seus 68 anos, toda sua potência e força evocando seus principais clássicos dançantes e românticos além de novidades de seu novo álbum.

SERVIÇO:
Bonnie Tyler apresenta turnê comemorativa dos 50 anos de carreira
DATA: 17 de maio de 2020 (domingo)
HORÁRIO: Abertura do Teatro: 19 h / Início show: 20 h.
LOCAL: Teatro Positivo, Grande Auditório (R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300)
Classificação etária: 12 anos
Realização: Orth Produções

Ingressos:

Pontos de venda: Disk Ingressos (Call Center 41 3315-0808), nos quiosques dos shoppings Mueller e Estação, na loja Disk Ingressos do shopping Palladium. E pelo site do Disk Ingressos.
https://www.diskingressos.com.br/evento/963/17-05-2020/pr/curitiba/bonnie-tyler

Valores:
1º Lote Setor Azul: a partir de 160,00 (meia-entrada) e R$310,00 (Inteira)
*Já está incluso o valor da tava administrativa.

Pontos de venda:
Shopping Estação
Endereço: Av. Sete de Setembro, 2775
Telefone: 41-3315-0808

Shopping Mueller
Endereço: Av. Cândido de Abreu, 127
Telefone: 41-3315-0808

Shopping Palladium
Endereço: Avenida Presidente Kennedy, 4121 - Lj3088
Telefone: 41-3315-0808

Bilheteria Teatro Positivo - Curitiba
Endereço: Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300
Telefone: 41-3315-0808

A meia-entrada é válida para Doadores de Sangue devidamente comprovados, Estudantes devidamente comprovados, Idosos conforme Lei, PNE, Portador de Câncer e Professor.* IMPORTANTE: Serão exigidos os documentos e comprovantes que constam nas respectivas leis. ** OS DESCONTOS NÃO SÃO CUMULATIVOS.

Descontos de 50% para Clube Disk Ingressos & Uningressos, Assinantes Gazeta do Povo.

Armandinho, Maneva e Sr. Banana embalam o sábado do Summer Park Guaratuba

Para atrair boas energias e positividade para o ano que se inicia, nada melhor do que ouvir o bom e velho reggae. E, a programação do Summer Park Guaratuba está mais do que especial neste sábado, dia 4 de janeiro, às 20 horas, quando o cantor Armandinho e as bandas Maneva e Sr. Banana se apresentam no palco Summer House.

Armandinho promete animar os fãs, fazendo um passeio por grandes sucessos como Outra Vida, Ursinho de Dormir, Semente, Casa do Sol, Pela Cor do Teu Olho e muitos outros.

O show acontece no Summer Park Guaratuba, inaugurado no dia 28 de dezembro, oferecendo diversos atrativos para os turistas e moradores, em estrutura de 14 mil metros quadrados, com espaço voltado para exposições, oficinas culturais, área gastronômica, parque de diversões com brinquedos para todas as idades, além de ampla área de estacionamento (capacidade de até 453 carros).

Armandinho, Maneva e Sr. Banana
SERVIÇO:
DATA: 04 de janeiro de 2020
HORÁRIO: abertura da casa (19h) e início do espetáculo (20h).
LOCAL: Rua Antonio Rocha, 480, Guaratuba - PR, 83280-000
CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 16 anos
INGRESSOS: Lote 1 - a partir de 50,00 (Meia-entrada) PISTA / 100,00 (Inteira) PISTA. +Taxa administrativa.
https://www.ingressonacional.com.br/evento/15710/armandinho---maneva---sr-banana

Acompanhe a programação:

Para acompanhar a programação completa, siga a Arena Summer Park Guaratuba nas redes sociais:

Instagram.com/guaratubasummerpark
Facebook.com/guaratubasummerpark