Restaurantes Gourmet invadem estádios brasileiros

A alta gastronomia têm se tornado tendência em estádios e arenas mundo afora

Restaurantes que privilegiam a alta gastronomia têm se tornado tendência em estádios e arenas mundo afora. O prazer de degustar uma refeição de qualidade enquanto assiste a uma boa partida de futebol ou a um show internacional super bem produzido elevou a um novo patamar a experiência de quem frequenta estes ambientes.
O Geranium, considerado hoje o melhor restaurante do mundo, segundo a lista do 50 Best, fica na Dinamarca. E adivinhe: ele está dentro de um estádio, a casa do Futebol Clube Copenhagen. O espaço é comandado pelo chef Rasmus Kofoed e tem três estrelas Michelin.
A tendência, que já se tornou comum em arenas e estádios na Europa e nos Estados Unidos, tem se consolidado no Brasil. No Allianz Parque, em São Paulo, foi inaugurado recentemente o italiano La Coppa. O restaurante é administrado pela GSH, empresa responsável por toda a área de alimentos e bebidas da arena, onde o Palmeiras manda seus jogos.
Além do La Coppa, GSH também administra no Allianz Parque outros dois restaurantes: o Braza, especializado em grelhados, e o Nagairô Sushi, de culinária japonesa. As três casas oferecem pratos de alta gastronomia e mesas com visão privilegiada para o gramado, que se transformam em grandes camarotes em dias de jogos e shows.

“Trouxemos algo que era inédito no Brasil. Tradicionalmente, os estádios eram lugares para refeições rápidas, onde você comprava uma comida ou uma bebida para se alimentar enquanto via o jogo. Nossa meta é elevar esse padrão e dar a possibilidade para que as pessoas desfrutem de um bom cardápio”, comenta Mark Zammit, CEO da GSH.
Em Recife, o Sport Club anunciou no mês de agosto o lançamento do SportBar. Com uma programação ampla e gourmetizada, a estrutura comporta 150 pessoas sentadas e terá temática toda rubro-negra para jogos dentro e fora da Ilha do Retiro, além de reservas para eventos particulares, como festas de aniversário e confraternizações, e corporativos.
Nos dias de jogos, haverá um telão especial e televisões em todos os espaços. Sócios terão 10% de desconto no consumo. O espaço será custeado integralmente por um sócio-investidor. O contrato foi firmado por cinco anos e o projeto teve orçamento de R$250 mil reais.
“Fizemos um bar para o torcedor rubro-negro chamar de seu, seja em jogos fora, em casa ou em dias comuns. O SportBar é a oportunidade do torcedor viver uma nova experiência dentro da Ilha do Retiro. É a modernização do patrimônio do Sport atrelado ao conforto do torcedor”, afirma André Fernandes, vice-presidente administrativo do clube.

*com divulgação

Categorias:AGÊNCIAS DE COMUNICAÇÃO, AGENDA DA SEMANA, AGENDA DO FIM DE SEMANA, BARES, Bebidas, BRASIL, COLUNA VANESSA MALUCELLI, DIVIRTA-SE, ESPORTES, evento, FREE LIFESTYLE, GASTRONOMIA, LANÇAMENTOS, restaurantesTags:, , , , , , , , , ,

VanessaMalucelliAndersen

Colunista do Site — Divirta-se Curitiba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s