Dia dos pais é no Ses Salines

Preparamos um menu especial para que esse dia com a família seja memorável

O seu paizão merece o melhor! Que tal presentear ele feliz com a comida do Ses Salines, melhor local de eventos em toda Curitiba. A casa foi Inspirada nas belas praias de Ibiza e conta com um espaço super aconchegante, menu feito com excelência, elaborado com ingredientes selecionados, possuindo pratos de alto padrão, servidos em eventos, mas que são vendidos a preço de custo.

No domingo de dia dos pais, o Ses Salines funcionará excepcionalmente via delivery e retirada no balcão (take away), para aqueles que representam muito afeto, proteção e amor.

O nosso menu contará com:

Beef Wellington R$45,00

Mignon grelhado revertido com um patê delicioso de cogumelos Paris, envolto com massa folhada e assada, acompanhado de um risoto especial de parmesão;

Mignon poivre vert R$40,00

Medalhão de mignon grelhado no famoso molho francês poivre vert, acompanhado de um risoto de açafrão imperdível;

Bacalhau alla vincentina R$35,00

Bacalhau em pedaços enfarinhados com parmesão, assado com um agradável refogado de cebola e aliche, coberto com leite e parmesão, acompanhado de polenta cremosa.

Não perca essa oportunidade de passar um dia inesquecível com o seu paizão, entre em contato conosco e faça a sua encomenda agora mesmo.

"Ser pai é como ter dois corações e entender que o mais importante deles bate fora do nosso corpo"

Fernando Guifer

Serviço: Ses Salines Gastronomia

Endereço: R. Pref. Ângelo Ferrário Lopes, 2156 - Hugo Lange, Curitiba – PR

Pedidos via Whatsapp: (41) 9 9972-2898

Pedidos via Ifood: Ses Salines Gastronomia

Instagram: @ses_salinesbr

Receita para comemorar o Dia da Ostra (05/08)

Celebre a data com uma receita da chef Claudia Krauspenhar, de Curitiba 1

Para celebrar o dia da Ostra, a chef ensina uma receita de molho ideal para acompanhar ostras frescas.

Raspadinha de caju

Ingredientes

2 unidades de caju descascado
60ml de cachaça envelhecida de boa qualidade
40g de açúcar
Suco de meio limão
4 talos de coentro
1 pimenta de cheiro

Modo de preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador, e leve ao freezer em um recipiente grande de vidro, para que congele bem esparramado. Abra as ostras, coloque-as em um prato com gelo para manter seu frescor. Com a ajuda de um garfo, raspe a “caipirinha” de caju congelada, até obter uma consistência em forma de “neve”. Coloque uma colher de sobremesa sobre cada ostra e decore com um broto de coentro.

Sirva imediatamente.

Sobre a chef

Claudia Krauspenhar é a chef à frente do K.sa, em Curitiba. Sua cozinha traz receitas criativas, com ingredientes frescos, sempre valorizando a relação com os produtores. Seu restaurante é referência e um dos principais endereços da cidade. Claudia cuida pessoalmente de cada detalhe, participando ativamente de todas as atividades da casa.

Sua paixão pelas panelas começou em Foz do Iguaçu, sua cidade natal, cozinhando para a família e amigos. Formada em Direito, Claudia realizou diversos eventos de gastronomia ao longo de sua trajetória pela universidade, se aprimorando, cada vez mais, em receitas e modos de preparo. Após concluir o curso, sem vontade de exercer a carreira de advogada, seguiu para Curitiba, onde cursou gastronomia no Centro Europeu e uma pós graduação em gestão da gastronomia.

A temporada na cidade se estendeu. Em 2005, após se formar, começou a trabalhar na Adega Brasil, uma renomada loja de vinhos e, de lá, foi para o Edvino, onde prestou consultoria. Em 2007, assumiu o cargo de chef do restaurante, posição que lhe rendeu o prêmio de chef revelação pela Comer & Beber Veja Curitiba 2008.

No ano seguinte foi para São Paulo fazer um curso na Escola Laurent Suaudeau e estágio no Due Cuochi-Cidade Jardim, com os chefs Ivo Lopes e Paulo Barros, e também no Vino!, com o chef Rodrigo Martins.

Ao retornar para Curitiba, abriu um pequeno restaurante em sua casa, com jantares secretos para poucos convidados. Em 2016 integrou a sociedade do Vin Bistro e, após um ano e meio, tornou-se proprietária e decidiu reformular todo o espaço. Assim nasceu o K.sa, seu atual restaurante, inaugurado em 2018. “O objetivo é que os clientes sintam o espaço como a extensão da própria casa, porque aqui trabalhamos com muito carinho e respeito pela comida e pelas emoções que ela nos traz”, diz Claudia.

Instagram @claudiakrauspenhar

Promoção China in Box destaca pratos com carne bovina

Na compra de um box grande ou pequeno de Carne com Batata Imperial, Carne com Cebola, Carne com Legumes Chop Suey ou Carne com Brócolis, o cliente ganha um box do mesmo tamanho de Yakimeshi

A rede China in Box, líder no mercado delivery de comida chinesa da América Latina, anuncia sua mais nova promoção para o mês de agosto. Atendendo aos pedidos dos consumidores, a rede lança uma oferta imperdível em quatro pratos com carne bovina do seu cardápio. Na compra do Box grande ou pequeno de Carne com Batata Imperial, Carne com Cebola, Carne com Legumes Chop Suey ou Carne com Brócolis, o cliente ganha um box do mesmo tamanho de Yakimeshi.

"Depois do sucesso das promoções envolvendo os pratos com frango, decidimos atender a um desejo dos nossos clientes e destacar alguns dos pratos com carne mais pedidos. Agora, basta o consumidor escolher um box inteiro, grande ou pequeno, de qualquer uma das quatro opções, que nós garantimos a refeição completa com o envio do famoso arroz Yakimeshi", diz Mary Kaidei, Diretora de Marketing do Grupo TrendFoods.

A ação é válida para pedidos feitos pelo site e app oficiais da marca entre os dias 3 e 31 de agosto. Promoção não cumulativa, taxa de entrega não inclusa e área de entrega restrita. Para mais informações e consultas das lojas participantes, acesse o site oficial www.chinainbox.com.br.

Sobre o China in Box

Em 1992, Robinson Shiba deixou de exercer sua profissão como dentista para se tornar empreendedor e inaugurar a sua primeira loja China in Box, no bairro de Moema, em São Paulo, voltada exclusivamente para entregas. Depois, a empresa filiou-se à Associação Brasileira de Franchising, dando início ao sistema de franquias, que em menos de dois anos já possuía 60 unidades franqueadas. Hoje, o China in Box é a maior rede do segmento de delivery de comida oriental da América Latina – com 150 unidades. A marca faz parte do Grupo TrendFoods, que conta ainda com a rede Gendai, de comida japonesa. Atualmente, o grupo tem mais de 200 unidades no Brasil.

Méqui encerra julho com a McDelivery Week

São descontos especiais no iFood para combos individuais e para dividir durante a última semana do mês

O fim do mês pode ganhar um gostinho ainda melhor com a última novidade do Méqui. Até o dia 31 de julho, a marca apresenta a McDelivery Week, que traz ofertas com exclusividade no iFood. Os descontos atendem desde quem quer pedir um combo para saborear sozinho a quem vai matar a #FomeDeMéqui acompanhado.

Confira as promoções da McDelivery Week:

Para 1 pessoa: McOferta Média Clássica (Big Mac, Cheddar, Quarterão ou McChicken) + 10 McNuggets + 1molho = a partir de R$33,90;
Para compartilhar: 3 sanduíches (Big Mac, Cheddar, Quarterão ou McChicken) + 10 McNuggets + 2 Bebidas = a partir de R$54,90.
Verifique os restaurantes participantes aqui. E para ficar por dentro das novidades do McDonald’s, acesse www.mcdonalds.com.br.

Sobre a Arcos Dorados

A Arcos Dorados é a maior franquia independente do McDonald’s do mundo e a maior rede de serviço rápido de alimentação da América Latina e Caribe. A companhia conta com direitos exclusivos de possuir, operar e conceder franquias locais de restaurantes McDonald’s em 20 países e territórios dessas regiões. Atualmente, a rede possui quase 2.300 restaurantes, entre unidades próprias e de seus subfranqueados, que juntos empregam mais de 100.000 funcionários (dados de 31/3/2020). A empresa também mantém um sólido compromisso com o desenvolvimento das comunidades nas quais está presente e com a geração de primeiro emprego formal para jovens, além de utilizar sua escala para impactar de maneira positiva o meio-ambiente. A Arcos Dorados está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ARCO). Para saber mais sobre a Companhia por favor visite o nosso site: www.arcosdorados.com

McDonald’s Batel, primeiro Drive-Thru do Sul do Brasil, completa 30 anos

O restaurante, que foi o 3º da marca a abrir as portas no Paraná, celebra a data "à distância" para garantir a segurança de seus funcionários e clientes

Em julho de 1990, a Av. Nossa Senhora Aparecida, rua de encontro entre os bairros Batel e Seminário, ganhou um novo “morador”: o terceiro restaurante do McDonald’s em Curitiba e no Paraná e o primeiro Drive-Thru do Sul do Brasil. O aniversário de 30 anos da unidade está sendo comemorado de uma maneira diferente para garantir a segurança e a saúde de funcionários e clientes, mas ainda assim com muita alegria. Quem passar pelo local, encontra uma faixa com os dizeres “o aniversário é de longe, mas a gente tá sempre perto de você”, convidando todos os clientes a celebrarem a data junto ao Méqui, via Drive-Thru e McDelivery.

Márcio Moreira é o franqueado responsável pelo restaurante e afirma que é muito significativo comemorar os 30 anos do empreendimento que deu início à sua jornada no McDonald’s. “Quando o Méqui chegou ao Paraná, um ano antes, já era um grande sucesso e nós quisemos fazer parte dele. Então, depois de muito planejamento, inauguramos a unidade Batel, que é um marco, principalmente para muitos curitibanos que frequentam o lugar ao longo desse período. É um privilégio podermos celebrar esse verdadeiro sucesso, mesmo que tenha que ser à distância”, conta.

Juliano Angélico atualmente é Consultor de Operações do McDonald’s, mas sua carreira teve início como Atendente, na unidade Batel, na data de inauguração. “A sensação do primeiro dia de trabalho foi única, porque era meu primeiro emprego e significava minha independência financeira. Era um misto de expectativa e alegria trabalhar na inauguração e tive a sorte de fazer isso ao lado de pessoas que são minhas amigas até hoje e se dedicaram para tornar a jornada do restaurante um sucesso”, ressalta. Dois amigos mencionados por Angélico e que estavam na inauguração do restaurante da Batel são Leda Macedo Cologis Lima, atual Gerente da unidade do Shopping Mueller e Marcos Alexander Neves, que evoluiu dentro do próprio restaurante e hoje atua como Gerente de Plantão. Juliano, que foi o primeiro funcionário ‘Destaque do Mês’ da Batel finaliza dizendo que sente muito orgulho por ter vivido diferentes fases do Méqui e ter construído sua carreira na companhia.

Uma das pessoas que rapidamente conheceu a unidade do Batel na época da inauguração é o profissional de Marketing, Rocky Santos. Ele conta que a escola onde estudava era próxima à unidade do Batel. “Lembro que quando minha mãe via a nota máxima no boletim, era de praxe sairmos para comemorar no McDonald’s, comer a refeição e ganhar um brinquedo especial do McLanche Feliz. Ainda guardo essa lembrança como sinônimo de comemoração, inclusive, levando a minha afilhada para celebrar momentos alegres no McDonald’s”, comenta.

Primeiro Drive-Thru do Sul

Moreira relata que a abertura do restaurante foi um sucesso como um todo, mas a inauguração do primeiro Drive-Thru do Sul do Brasil foi um verdadeiro marco para a equipe e para os curitibanos, que ainda não conheciam a facilidade oferecida pelo McDonald’s. Seis anos antes dessa realidade chegar a Curitiba, o primeiro Drive-Thru do Méqui no país era instalado em uma unidade de São Paulo, em 1984.

Em 2020, com a estratégia de fortalecer o Drive-Thru para garantir a segurança e praticidade de clientes e funcionários, o segmento alcançou um crescimento de até 40% na América Latina. Nos primeiros meses do ano, por conta da pandemia de COVID-19, os protocolos de segurança desse serviço foram reforçados, com a instalação de barreiras acrílicas para proteção, a utilização obrigatória de máscara por parte dos funcionários e o reforço nos cuidados com a higienização do local. Em parceria com o Sem Parar, formas de pagamento sem contato também foram estimuladas, sendo que, no Paraná, 25 restaurantes possuem essa facilidade.

31 anos de McDonald’s no Paraná... e contando

Um ano antes do McDonald’s Batel abrir as portas, foi inaugurada a unidade na Avenida Luis Xavier (Rua das Flores), que deu início à trajetória da marca no Paraná e completa 31 anos em 2020.

Atualmente, são mais de três mil funcionários, 114 quiosques e 51 restaurantes em todo o Paraná, sendo que o último foi inaugurado em Maringá, em novembro de 2019.

Sobre a Arcos Dorados

A Arcos Dorados é a maior franquia independente do McDonald’s do mundo e a maior rede de serviço rápido de alimentação da América Latina e Caribe. A companhia conta com direitos exclusivos de possuir, operar e conceder franquias locais de restaurantes McDonald’s em 20 países e territórios dessas regiões. Atualmente, a rede possui quase 2.300 restaurantes, entre unidades próprias e de seus subfranqueados, que juntos empregam mais de 100.000 funcionários (dados de 31/3/2020). A empresa também mantém um sólido compromisso com o desenvolvimento das comunidades nas quais está presente e com a geração de primeiro emprego formal para jovens, além de utilizar sua escala para impactar de maneira positiva o meio-ambiente. A Arcos Dorados está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ARCO). Para saber mais sobre a Companhia por favor visite o nosso site: www.arcosdorados.com.

Rock’N’Beans: Mustang Sally lança feijoada com toque Tex-Mex

A equipe do restaurante Mustang Sally vem curtindo e refinando esta novidade desde o início deste ano. Com o desafio trazido pela pandemia, o lançamento teve de ser adiado, mas também abriu espaço para refinar os processos e entregar uma experiência ainda mais completa à mesa. A partir deste sábado, o Mustang Sally dá vida ao Rock’N’Beans, uma surpreendente feijoada que une as principais delícias típicas da culinária brasileira, com alguns itens extras da picância Tex-Mex.

De entrada, o delicioso caldinho de feijão chega acompanhado de torresmo fininho crocante e crispy de couve. No prato individual servido à mesa, arroz, couve refogada, torresmo e laranja. Para compartilhar, macaxeira na manteiga, banana da terra, linguiça petisco e milho tostado.

A experiência continua com a tradicional cumbuca repleta de uma curtida feijoada com carne seca, lombo, costelinha defumada, bacon, linguiça calabresa e paio. E para ressaltar ainda mais a mistura de sabores, a Rock’N'Beans acompanha uma deliciosa costelinha na tábua ao estilo texano. Tudo com um toque tradicional da casa: a fartura. Todos os pratos que compõe a Rock’N'Beans podem ser repetidos à vontade, com valor único de R$ 39,90 por pessoa.

O Rock’N’Beans será uma exclusividade do cardápio de almoço aos sábados, servida a partir das 11h, na unidade Mustang Sally Batel. “Há tempos conversávamos para criar um prato que misturasse os diversos elementos das três gastronomias de forma única. Com o Rock’N’Beans, esperamos trazer ao público uma feijoada incrível, com o sabor e a picância multicultural”, explica André Santos, gerente do Mustang Sally Batel.

Serviço

Rock’N’Beans: lançamento da feijoada no Mustang Sally Batel
Quando: aos sábados, das 11h às 16h
Local: Mustang Sally Batel (Rua Cel. Dulcídio, 517 - Batel, Curitiba)
Informações: (41) 3018-8118
Site: www.mustangsally.com.br
Facebook e Instagram: @mustangsallybar

Dia do Umami: conheça 6 tipos de alimentos que auxiliam em refeições saborosas e equilibradas

Peixes - papillote de salmão com aspargos e sementes de coentro
Julho de 2020 – Comemorar datas gastronômicas é uma verdadeira festa de sabor e história, e para celebrar a data mais saborosa do calendário não poderia ser diferente. No próximo dia 25 é comemorado o Dia do Umami, data em que o quinto gosto do paladar humano foi descoberto pelo professor e pesquisador Kikunae Ikeda, em 1908, no Japão.

De origem japonesa, a palavra umami significa saboroso, delicioso. Nomeado pelo cientista, o termo sempre foi muito usado no vocabulário dos japoneses ao longo de séculos. Sua escrita é uma derivação de “umai”, que significa delicioso, e “mi”, que significa "gosto".

Assim como doce, salgado, azedo e amargo, o quinto gosto também está presente naturalmente em diferentes alimentos. Além de dar um toque especial aos pratos, oferece diversos benefícios para o organismo, como a melhora da aceitação alimentar de crianças e idosos, o auxílio à manutenção da higiene bucal e à digestão de proteínas, além da redução de sódio. E nesta data, o Comitê Umami, organização responsável pela divulgação do quinto gosto no Brasil, preparou uma lista com seis grupos de alimentos que conferem o gosto umami, fáceis de encontrar, altamente nutritivos e versáteis.

Confira e desfrute de todo potencial que este gosto é capaz de oferecer:

Algas
O umami é muito presente na culinária oriental devido ao consumo de dashi, um caldo à base de algas marinhas, peixe e cogumelos. As algas são fontes de ferro, niacina (vitamina B3) e iodo, minerais muito importantes para a saúde do corpo humano. Além de serem benéficas à saúde, são muito versáteis.

Alimentos à base de soja
Além de nutritivos, são ingredientes de origem vegetal e ricos em proteínas, por isso podem ser opções mais leves para incluir no cardápio diário. O caldo de missô ou um prato que leve tofu, por exemplo, são excelentes escolhas para garantir a ingestão de nutrientes como o aminoácido triptofano, essencial para controlar os hormônios de ansiedade do organismo, e são fontes de umami. Seguindo a mesma linha, o tempeh é uma ótima opção que oferece versatilidade às receitas e proporcionam benefícios ao corpo humano.

Queijos
Um dos “queridinhos” dos brasileiros, os queijos estão entre os que mais representam o umami. Todos os queijos possuem o quinto gosto de forma bem acentuada e o parmesão é a melhor opção para senti-lo.

Quanto maior a maturação do alimento, maior a concentração natural de glutamato, e, consequentemente, de umami. Inclusive, o quinto gosto favorece a harmonização dos queijos com outros acompanhamentos, como por exemplo, o café e o vinho. Nessas combinações, as papilas gustativas produzem um volume maior de saliva, o que ameniza a adstringência e o amargor das bebidas.

Peixes e Frutos do mar
Outro grupo rico em umami são os peixes e frutos do mar. Camarão, caranguejos, sardinha e salmão são excelentes opções. Esses alimentos são ricos em proteínas, favorecendo a produção de anticorpos e dando mais energia ao corpo. Devido à forte concentração de glutamato, os frutos do mar apresentam o quinto gosto de forma mais evidente.

Carnes
A maior parte dos alimentos que são fontes de proteínas também possuem umami em sua composição. Esse é o caso das carnes, que podem ajudar a aumentar a massa muscular, oferecendo maior resistência aos músculos e deixando-os mais fortes. Igual ao grupo dos queijos, quanto maior for o tempo de maturação, maior a concentração do umami.

Cereais, Verduras, Legumes e Tubérculos
O quinto gosto está presente em alguns cereais, legumes, verduras e tubérculos como aspargo, cenoura, batata, cebola, milho, brócolis, couve, rúcula e espinafre. Pratos coloridos, além de serem muito nutritivos, podem conferir o gosto umami. Dessa forma, por realçarem os sabores percebidos pelo paladar, são ótimas opções para incluir nas refeições diárias de crianças e idosos, promovendo maior aceitação alimentar.

UMAMI
É o quinto gosto básico do paladar humano, descoberto em 1908 pelo cientista japonês Kikunae Ikeda. Foi reconhecido cientificamente no ano 2000, quando pesquisadores da Universidade de Miami constataram a existência de receptores específicos para este gosto nas papilas gustativas. O aminoácido ácido glutâmico e os nucleotídeos inosinato e guanilato são as principais substâncias umami. As duas principais características do umami são o aumento da salivação e a continuidade do gosto por alguns minutos após a ingestão do alimento. Para saber mais, acesse www.portalumami.com.br e acompanhe também pelas redes sociais facebook.com/ogostoumami e instagram.com/ogostoumami.

Dia da tequila: conheça a história por trás da bebida mexicana

Quetzalli, único coquetel engarrafado com tequila do Brasil, apresenta curiosidades sobre o destilado

São Paulo, 20 de julho de 2020 - Antes do mundo ser mundo, Quetzalcóatl, um deus generoso com corpo de serpente revestido de plumas, habitava o panteão asteca. Certo dia, ele e outros deuses criadores matutavam sobre o que poderiam fazer para alegrar a vida dos humanos na terra, para que estes não se sentissem tão sós; para que dançassem, rissem e logicamente reverenciassem eles, os deuses.
No meio do brainstorm do grupo, Quetzalcóatl lembrou-se da jovem e bela Mayahuel, que habitava outro céu, o céu das águas, salpicado de estrelas e que só surgia durante a noite. Falou para os colegas que ela, por sua conhecida beleza, poderia alegrar a existência dos homens. Nenhum desses deuses nunca a havia visto, mas se animaram e concordaram com a ideia. Quetzalcóatl partiu, então, para realizar a tal missão de resgatá-la. Mas resgatar? Sim, resgatar, porque a bela vivia sob a guarda e proteção feroz de sua terrível avó, Tzintzimitl, uma deidade maligna que fazia de tudo para impedir que o sol chegasse à terra.
Durante o sono da avó Tzintzimitl, o deus voou como o vento para conversar com Mayahuel e convencê-la do plano. Quando Quetzalcóatl a encontrou, ficou um tanto abestalhado por sua beleza e não soube muito o que dizer.

Por sorte, ele não precisou se articular muito nos argumentos, pois toda a luz que o jovem deus emanava fez com que Mayahuel logo se apaixonasse também. Desceram os dois juntos à terra.
Durante a jornada, ambos os deuses, completamente apaixonados, prometeram amor eterno e, ao chegar na terra, entrelaçaram seus corpos formando uma linda árvore. Contudo, ao acordar, Tzintzimitl logo percebeu a ausência da neta e partiu em busca dela junto com suas cupinchas, os espíritos da escuridão, Tzitzimime. Ninguém sabe muito bem como, mas as Tzitzimime encontraram Mayahuel e, a mando da Avó, destruíram a planta formada, alimentando-se de todas as partes destroçadas da bela deusa.
A parte da árvore pertencente a Quetzalcóatl permaneceu intacta. Devastado por dentro, Quetzalcóatl esperou que os espíritos malignos voltassem e, então, retornando à sua forma de deus, recolheu e enterrou todos os restos e ossos espalhados de sua amada. No local do sepultamento dos restos de Mayahuel, nasceu o Metl, planta mãe, considerada divina pelos povos mesoamericanos antigos.

O mito descrito acima é apenas um dos vários que se têm conhecimento sobre o agave, a “árbol de las maravillas”. Esta planta foi um vegetal tão central para algumas culturas pré-hispânicas da Mesoamérica que é possível encontrar várias histórias, mitos e lendas envolvendo-o. No século XVI, o Frei Francisco Jiménez escreveu sobre ela: “Parece-me que apenas esta planta bastaria para prover todas as coisas necessárias à vida humana, pois os proveitos e vitalidades derivados de seu uso são quase inumeráveis”.

O conquistador Hernán Cortés em sua segunda carta enviada ao rei da Espanha, Carlos V, em 1520, menciona pela primeira vez o uso difundido do maguey para produzir açúcar e vinho, que os indígenas chegavam até a vender. Em 1524, o conquistador registra que a bebida fermentada era chamada de “pulque”. Dificilmente o método de fabricação do pulque que conhecemos hoje se manteve o mesmo dos tempos pré-hispânicos. O fato é que o maguey e todo o conhecimento e uso que os nativos faziam da planta impressionaram os europeus.

/ Conheça Quetzalli

Produzida em parceria com o bartender Leandro Martins, a receita exclusiva de Quetzalli une maracujá, limão, calda de agave, tequila da província de Jalisco (México) e chega como uma alternativa para quem quer uma nova experiência de coquetelaria rápida e prática, pronta para consumo.

A calda de agave desempenha um papel fundamental no sabor agradável, já que é um adoçante natural e com menor índice glicêmico do que outras opções muito utilizadas na fabricação de coquetéis prontos para beber, como o açúcar refinado. Além disso, nada na produção desta receita leva estabilizantes, corantes ou conservantes. Tudo é natural, sem glúten e vegano. "Nosso objetivo é mudar a forma como o brasileiro consome tequila. Queremos acabar com esse estigma que é ruim e só pode ser consumida em shots", explica Mariana Migliano, idealizadora da marca.

// Modo de consumir

Sem conservantes, corantes ou aditivos químicos, a Quetzalli é um produto da categoria high-end premixed cocktail e pode ser consumido em qualquer lugar, do jeito que quiser, puro e com gelo. O sabor é tão incrível e natural que é possível ser usado, ainda, como ingrediente para criar drinks únicos que surpreendem até os paladares mais críticos.

Onde encontrar: www.quetzalli.com.br
Adega Brunholi, Mercado de Pinheiros, Empório Sabor e Cia
Bares: Molotov Bar, Bar vermelho, Emporio sabor e cia, Boa praça faria lima, Boa praça rio de janeiro, Boa praça morumbi, Vicoboim, Vista bar obelisco

Instagram: @quetzallidrink

Sobre Dankah Brasil
Fundada em novembro de 2014, a Dankah Brasil é uma empresa do setor de produção de bebidas alcoólicas, criada com o intuito de levar o padrão de qualidade dos produtos a um novo patamar. Para isso, investe em projetos inovadores que melhoram a maneira com que as pessoas se relacionam com as bebidas alcoólicas, seja por meio de experiências sensoriais ou a partir de uma nova ótica de consumo e estilo de vida harmônico. O primeiro projeto desenvolvido pela empresa é a Quetzalli®, criada com base nesses princípios ao compartilhar sua missão, visão e valores.

Na reabertura de bares e restaurantes, especialistas da Ecolab indicam medidas a serem tomadas no combate a Covid-19

A empresa disponibiliza conteúdo produzido por especialistas internacionais sobre os cuidados e protocolos preventivos de higiene e limpeza

São Paulo, julho de 2020 – A retomada das atividades, paralisadas devido à pandemia da Covid-19, já é uma realidade em muitos municípios. Em alguns, os restaurantes podem reabrir, porém com restrições no número de clientes e cuidados na higienização. Para auxiliá-los nesse momento de adaptação, a Ecolab, líder mundial em prevenção de infecções, soluções e serviços para água e higiene, mantém um portal de informações, dedicado ao tema do novo coronavírus, com recomendações de seus especialistas globais.

O portal disponibiliza, gratuitamente, webinars e conteúdos produzidos por PhDs sobre sanitização e prevenção de infecções em diversos tipos de ambiente, como por exemplo, bares e restaurantes.

“A retomada dos serviços de alimentação é um passo significativo para o pós-pandemia, assim como, os cuidados para a segurança de clientes e funcionários que devem ser redobrados e os protocolos constantemente revisitados”, explica Tatiana Schwanz, gerente de Marketing da Ecolab no Brasil para a divisão Institutional.

Veja alguns pontos de destaque:

· O primeiro ponto é reforçar a higiene pessoal: disponibilizar material, como lenços descartáveis e pontos para higiene das mãos, como álcool em gel e sabonete para as mãos;

· Utilizar produtos registrados na ANVISA e com eficácia comprovada contra vírus, germes e bactérias;

· Avaliar e analisar todos os ambientes do estabelecimento. Assim, ficará mais fácil realizar a higienização correta de cada espaço:

o Salão: higienizar mesas e cadeiras, a cada chegada de cliente, além de reforçar a desinfecção de maçanetas, batentes, corrimãos, cardápios, balcões e pontos de contato com latas de lixo;

o Cozinha: aumentar a frequência na higienização da cozinha. Além de utensílios e superfícies, é preciso higienizar também o piso e as paredes;

o Área de colaboradores: fornecer pontos com produtos para higiene das mãos, como álcool e sabonete para as mãos. Além disso, reforçar a desinfecção de pontos de muito contato, como maçanetas, corrimãos, bebedouros e latas de lixo;

o Banheiros: limpar e desinfetá-los conforme especificado no rótulo do produto utilizado e fornecer pontos de higienização para as mãos, na entrada e saída dos banheiros, à base de álcool.

· A higienização de pratos, talheres e copos deve ser redobrada. O manuseio de utensílios já utilizados também é um ponto de atenção, uma vez que o funcionário deve estar com os equipamentos de proteção individuais necessários;

· Apesar de não haver evidências sobre contaminação da Covid-19 por meio de alimentos, é importante seguir com uma boa higiene pessoal e práticas de segurança de alimentos adequadas, além de reforçar o cuidado com o manuseio;

· O estabelecimento deve estar sempre bem arejado. Em relação ao ar-condicionado, verificar se a manutenção está em dia e com os filtros limpos corretamente;

· Monitorar a saúde dos funcionários, reforçar o treinamento para a desinfecção correta do ambiente de trabalho e assegurar equipamentos de proteção individual são essenciais para garantir uma maior segurança ao estabelecimento.

Dentre as recomendações, é importante reforçar que o treinamento constante de funcionários é fundamental para prevenir a disseminação do vírus. As instalações devem garantir que os profissionais recebam informações atualizadas para manter o ambiente limpo e higienizado, seguindo as boas práticas do setor e as recomendações dos órgãos internacionais de saúde pública.

“Nossos pesquisadores estão se dedicando para oferecer soluções e programas confiáveis para combater a disseminação da COVID-19. Acreditamos que, além de oferecer nosso portfólio, compartilhar as informações que temos como especialistas mundiais em prevenção a infecções, é fundamental para combater a pandemia. Este é o momento para nos unirmos e trocarmos informações que podem ser vitais para proteger vidas”, afirma Orson Ledezma, vice-presidente e gerente geral das operações da Ecolab para o Brasil e América Latina.

Para mais informações acesse: https://pt-br.ecolab.com/pages/coronavirus

Sobre a Ecolab

Um parceiro de confiança para quase três milhões de clientes, a Ecolab é líder global em soluções e serviços para água, higiene e prevenção de infecções. Com vendas anuais de US$ 13 bilhões e mais de 45.000 associados, a Ecolab oferece soluções e serviços abrangentes, conhecimento específico e serviço personalizado para melhorar a segurança dos alimentos, manter ambientes limpos e seguros, otimizar o uso da água e energia, além de melhorar a eficiência operacional e a sustentabilidade dos clientes presentes nos setores industrial, de alimentos, saúde e hospitalidade, em mais de 170 países ao redor do mundo.

Para mais informações sobre a Ecolab, visite www.pt-br.ecolab.com.
Siga a Ecolab no Twitter @ecolab, Facebook facebook.com/ecolab ou LinkedIn Ecolab

Bloco C participa da primeira edição do Festival Sabores na Mesa Brasil

Chef Marcelo Petrarca criou menu exclusivo para os brasilienses durante o isolamento social, disponível até dia 31 de julho

Sob o comando de Marcelo Petrarca, o restaurante Bloco C segue a todo vapor na primeira edição do Festival Sabores da Mesa Brasil, em Brasília. Até o dia 31 de julho, apreciadores da cozinha afetiva do chef podem solicitar via delivery um menu exclusivo dedicado à ação. Basta fazer o pedido pelo WhatsApp e a comida será entregue em um conjunto completo de embalagens personalizadas pelo ilustrador Mauro Martins, pratos de presente e mimos especiais.

Sabores na Mesa Brasil proporciona aos clientes uma nova experiência de delivery. Para o Festival, Petrarca sugere como opções de entradas a Burrata com caviar de aceto balsâmico e tomates fresco, com uma Cerveja Stella Artois (R$ 61); Bun de pastrami com maionese de wasabi e cebola caramelizada, com duas unidades (R$ 38), ou Bruschetta de bacalhau confitado com pesto de salsinha (R$ 41). Entre os principais, Escalope de Filet ao roti com arroz biro biro e batata palha caseira, com uma Cerveja Stella Artois (R$51), Risoto de frutos do mar com azeite de limão siciliano (R$ 89), Rigatoni com boursin de salmão com queijo brie e redução de mexerica (R$ 61) ou Tortelli de rabada com farofa de Parma (R$ 52). Para adoçar, Rabanada de doce de leite caseiro (R$ 35) ou Crepe suzette com calda de baunilha (R$ 35).

O Festival é patrocinado pela Stela Artois, Claro, e o BRB. Clientes do Banco de Brasília ganham 5% de desconto no total da compra, sendo necessário apresentar o cartão BRBCARD, como meio de pagamento, na hora da entrega ou retirada do pedido no restaurante. Além do Bloco C, o Festival Sabores na Mesa Brasil oferece experiências de 9 restaurantes da alta gastronomia de Brasília: ‘A Mano, Aroma, Authoral, Casa Baco, Chicago Prime, Conca Cozinha Original, Dona Lenha, IVV Swine Bar e Universal.

Sobre o Chef

Gaúcho de Pelotas, Marcelo Petrarca chegou em Brasília com 10 dias de idade. Formou-se em gastronomia pelo IESB e depois de graduado mudou-se para a Espanha, onde cursou a Escola de Hotelaria de Sevilha e atuou na cozinha do grande Martín Berasategui em seu restaurante homônimo, um dos melhores do mundo. Em seguida, foi para Milão, na Itália, onde trabalhou com Carlo Cracco. De volta a Brasília, retornou ao Zuu, onde já havia atuado, para comandar a casa por cerca de dois anos. Em 2015 abriu o restaurante Bloco C, e um ano depois, o bufê Bloco C em casa, destinado a eventos. No mesmo ano, inaugurou o Reverso, restaurante dentro do hotel Blue Tree Premium Jade, e em 2018, o restaurante Lago, todos em Brasília. Todas os seus 3 restaurantes são detentores de prêmios importantes da gastronomia, assim como o próprio Chef, várias vezes apontado como o Melhor do Ano.

Restaurantes do Shopping Mueller voltam a atender por delivery

Clientes podem pedir pelo James, Ifood, Rappi, Uber Eats ou 99 food

Nesta quinta-feira (9), o Governo do Estado do Paraná autorizou o funcionamento dos restaurantes dentro dos shoppings para atendimento de delivery. Para a proteção dos clientes, que estão em casa neste momento de isolamento social, os restaurantes do Shopping Mueller estão atendendo através dos serviços de entrega.

São diversos pratos para almoço, lanche ou jantar, em que o pedido é feito virtualmente, através dos principais aplicativos de entrega. Os restaurantes que operam por delivery são: 10 Pastéis (Ifood); Aroma's Gastronomia (Ifood); Bacio di Latte (Ifood); Bubble Kill (Rappi, James e Ifood); Burger King (Ifood e Uber Eats); Camarão Express (Ifood, Rappi e James); Chef Vergé (Ifood); Dark Sugar (Whatsapp (41) 9 8870-5436); Freddo Gelateria (James e Rappi); Its Grill (Ifood); KFC (Uber Eats); Mambembe (Ifood); Maria Açaí (Ifood); Mc Donald's (Ifood, James, Uber Eats e Rappi); Mustang Sally (Ifood); Nutty Bavarian (Ifood); Outback (Ifood); Oven (Rappi, Ifood, Uber Eats e 99 food); Pecorino (Ifood); Pizza Set (Rappi e Ifood); Pop Corn Gourmet (James); Spedini (Ifood); Spoleto (Uber Eats, Rappi e Ifood); Subway (Ifood e Uber Eats); Tasty Salad Shop (James e Ifood); e Zapata (Rappi, Ifood e 99 food).

Os aplicativos de delivery podem ser baixados gratuitamente pela plataforma de download do smatphone, Apple Store ou Google Play. O Shopping Mueller disponibiliza a lista atualizada dos restaurantes no site www.shoppingmueller.com.br.

SERVIÇO:
Shopping Mueller
Local: Avenida Cândido de Abreu, 127 - Centro Cívico, Curitiba (PR)
Telefone: 41 3074-1000
Informações: www.shoppingmueller.com.br
Facebook: www.facebook.com/MuellerCtba
Instagram: @muellercwb

Que tal comemorar o dia da pizza com uma legítima pizza D.O.C. da Carmela Pizzeria?

Nossa estrela desta categoria é a Margherita D.O.C, que leva em sua fabricação massa de fermentação longa natural, com farinha italiana do tipo 00, molho de tomates artesanal produzido com tomates pelados importados da Itália, generosos pedaços de burrata, além de delicados tomates cerejas e manjericão basílico.

Para uma pizza ser considerada D.O.C., ela deve seguir à risca as tradições dos mestres pizzaiolos da região de Nápoles, na Itália. Entre as principais está a produção da massa, que deve ser feita de forma lenta, com farinha de qualidade 00, de alto refinamento, o que deixa a massa leve e permite que ela seja fina na construção da pizza. O molho de tomates também deve seguir uma receita simples, com tomates italianos, cebola e alguns condimentos passados de geração em geração entre os italianos.

Na Carmela Pizzeria seguimos fielmente a receita italiana, trazendo qualidade e um sabor inesquecível para sua pizza.

Você pode pedir sua pizza da Carmela através de nosso app (http://onelink.to/carmela) ou online (https://deliverydireto.com.br/carmela-pizzeria/carmela-pizzeria), e tem 25% de desconto no primeiro pedido utilizando o cupom PROMO25. Caso prefira, pode também realizar seu pedido através do telefone (41) 3085-0800.

Da massa ao recheio: comemore o Dia da Pizza preparando uma receita saborosa

Pizza Marguerita é uma ótima pedida para celebrar a data em casa e surpreender a todos
PIZZA MARGUERITA
Julho de 2020 – Por sua versatilidade, a pizza talvez seja a melhor comida para compartilhar e agradar os mais variados paladares. Além de democrático, o prato se adapta a diferentes ocasiões e pode ser consumido individualmente ou em um evento social.

Por ser um dos pratos mais pedidos, a pizza ganhou um dia especial no calendário, sendo comemorado no dia 10 de julho. O Brasil conheceu a pizza no século XIX, quando os imigrantes italianos trouxeram essa deliciosa iguaria. Rapidamente popularizada em solo nacional, seus recheios foram adaptados ao gosto do cliente e a possibilidade de variação é extensa.

Para celebrar esta data em grande estilo, o Comitê Umami, organização responsável pela divulgação do quinto gosto, separou a receita de uma das pizzas mais tradicionais: sabor Marguerita. Além da muçarela, o recheio pede tomatinhos em rodelas, rico em umami, e o molho de tomate ainda confere um sabor extra, deixando a pizza ainda mais deliciosa. É uma festa de umami no prato!

Tenha a experiência do começo ao fim e faça uma deliciosa pizza Marguerita. Confira:

INGREDIENTES

3 xícaras (chá) de farinha de trigo (330 g)

1 xícara (chá) de leite (200 ml)

2 colheres (sopa) de óleo

1 tablete de fermento biológico

1 colher (chá) de sal

1 colher (chá) de glutamato monossódico (AJI-NO-MOTO®)

1 xícara (chá) de polpa de tomate (200 ml)

600 g de muçarela fatiada

2 tomates pequenos cortados em rodelas finas (260 g)

20 folhas de manjericão

MODO DE PREPARO

1.Faça a massa: em um recipiente grande, coloque o leite, o óleo, a farinha de trigo e o fermento. Tempere com o sal e o glutamato monossódico (AJI-NO-MOTO®);

2.Amasse com as mãos até ficar homogêneo. Modele duas esferas e deixe descansar por 5 minutos. Sobre uma superfície limpa e enfarinhada, com auxílio de um rolo, abra as massas até formar discos de 28 cm de diâmetro;

3.Transfira para 2 fôrmas redondas (28 cm de diâmetro) e leve ao forno médio (180 graus), preaquecido, por 10 minutos para pré-assar a massa. Retire do forno;

4.Sobre as massas, espalhe a polpa de tomate, disponha as fatias de muçarela e decore com as rodelas de tomate e o manjericão;

5.Leve ao forno médio (180 graus) por 10 minutos, ou até derreter o queijo. Retire do forno e sirva em seguida.

Dicas: 1. Ao pré-assar os discos de pizza, não deixe dourar para que, depois de pronta, a massa da pizza não fique dura demais. 2. Caso prefira, congele uma das pizzas para comer em outro dia. Para isso, deixe um dos discos de pizza pré-assados esfriar completamente, cubra com a polpa de tomate, a muçarela e as rodelas de tomate, e embrulhe com filme plástico dentro da própria forma (ou utilize um disco de papelão próprio para alimentos para a pizza não ficar torta). Leve ao congelador por até 2 meses. Para descongelar e assar, retire o filme plástico, acomode a pizza em uma forma (caso use a base de papelão) e leve ao forno médio (180 graus), preaquecido, por cerca de 25 minutos, ou até aquecer e o queijo derreter. Decore com folhas de manjericão e sirva em seguida.

UMAMI
É o quinto gosto básico do paladar humano, descoberto em 1908 pelo cientista japonês Kikunae Ikeda. Foi reconhecido cientificamente no ano 2000, quando pesquisadores da Universidade de Miami constataram a existência de receptores específicos para este gosto nas papilas gustativas. O aminoácido ácido glutâmico e os nucleotídeos inosinato e guanilato são as principais substâncias umami. As duas principais características do umami são o aumento da salivação e a continuidade do gosto por alguns minutos após a ingestão do alimento. Para saber mais, acesse www.portalumami.com.br e acompanhe também pelas redes sociais facebook.com/ogostoumami e instagram.com/ogostoumami.

GRUPO MADERO CUMPRE A MISSÃO DE OFERECER HORTIFRÚTIS ORGÂNICOS EM 100% DOS SEUS RESTAURANTES

Produção na Fazenda Madero comemora dois anos e abastece hoje toda a rede

Toda a produção de hortifrútis orgânicos da Fazenda Madero, iniciada em Janeiro de 2018, é hoje 100% absorvida pelos restaurantes do Grupo, que também continua apoiando outros produtores de orgânicos, para complementar o fornecimento de alface, tomate, brócolis, couve-flor, morango, cenoura, limão, salsinha, cebolinha e alho, para as receitas dos pratos na Cozinha Central.

Localizada em Palmeira, no Paraná, a Fazenda Madero contou com investimentos que ultrapassam R$ 6.5 milhões em infraestrutura, estufas, câmaras refrigeradas, captação de água e irrigação de alta tecnologia, lhe rendendo a certificação do selo ORGÂNICO BRASIL, conferido pelo Instituto de Tecnologia do Paraná - TECPAR, que garante ao consumidor que os alimentos estão dentro dos preceitos e normas nacionais de produção orgânica.

“Cumprimos a promessa de oferecer aos nossos clientes, em todos os nossos restaurantes no Brasil, hortifrútis e temperos orgânicos, que não prejudicam a saúde e não causam danos ao ambiente em seu processo de produção”, comenta o chef e empresário Junior Durski.

De acordo com Durski, entre os processos para a produção orgânica é necessária a descontaminação da terra, bem como fazer barreiras vegetais e com árvores, para impedir a contaminação de plantações vizinhas. E apesar do cultivo orgânico ser em torno de 40% mais caro, o empresário não repassou os novos custos para os clientes; com a missão de atender a demanda crescente do público interessado em ingredientes orgânicos nos restaurantes.

Aprenda a fazer o Puchero, tradicional receita espanhola servida no Enjoy Punta del este

O puchero é um prato típico de inverno e ganhou fama e notoriedade principalmente na América do Sul, no Uruguai e Argentina. A receita é de origem espanhola e foi popularizada nessas regiões pelos imigrantes. Na França, o puchero poderia ser o cassoulet, na Itália, o bollito, e no Brasil seria mais parecido com o nosso cozido.

Independente da nomenclatura, a receita faz sucesso nas baixas temperaturas. Em geral, o prato entra no cardápio do restaurante Las Brisas, no Enjoy Punta del Esete, no mês de agosto. Mas enquanto aguardamos a reabertura do famoso resort uruguaio, vale conferir a receita do prato e tentar prepará-lo em casa.

O Puchero tradicional inclui, ossobuco, músculo, rabada, frango, linguiça, bacon, verduras e legumes cozidos, e de fundo, um caldo bem forte e temperado com especiarias e sal a gosto.

Veja como preparar:

Puchero uruguaio

- 1 kilo de Rabo de Boi

- 1 kilo de Ossobucco

- 500 gr. peito de boi

- 3 talos de alho poró

- 3 talos de aipo

- 1 ramo de salsa

- 2 Cebolas

- Sal a gosto

- ½ peito de Frango

- 4 cenouras

- 6 Batatas

- 4 unidades de Batata-doce

- ½ kilo de Abóbora cabotiá

- ½ kilo Abóbora moranga

- 500 gr. de feijão

- 4 unidades de Milho

- 300 grs de bacon

- Pimenta do reino

- 3 unidades de chorizo

Modo de prepraro

Lave e corte o alho-poró, o aipo, a cebola, a cenoura, a batata, a abóbora cobotiá, a abóbora japonesa, a batata e a batata-doce.

Em uma panela grande com água fria, coloque o peito de boi e o ossobuco, junto com o olho-poró, o aipo, a cebola e a salsa. Adicione o frango. Cozinhe a chorizo de porco por 20 minutos e reserve.

Depois de cozida as carnes, adicione a batata, a batata doce, o milho, a linguiça de porco e o bacon. Adicione o feijão e cozinhe por mais 20 minutos.

Aproveite o puchero!

Sobre o Enjoy Punta del Este

Localizado em Punta del Este, um dos mais belos destinos da América Latina, o Enjoy Punta del Este Casino & Resort foi inspirado nos grandes hotéis cassino de Las Vegas. O resort, que iniciou suas operações em 1997, dispõe de 294 apartamentos, todos com vista para o mar, projetados para acomodar os mais diversos perfis de hóspedes. Entre eles, estão as 41 suítes de varanda ampliada, de onde pode ser observado um panorama privilegiado de todo o litoral da região.

O hotel oferece serviços completos, desde Spa, Fitness Center, piscinas cobertas e outdoor, bares e restaurantes, grande estrutura para eventos e convenções para até 5.000 pessoas. Entre as atrações está a boate Ovo Restaurante& Nightclub, e um parador na praia chamado Ovo Beach, com uma proposta gastronômica e de entretenimento única. Além do cassino, que é considerado o maior e mais importante da América Latina, com uma superfície total de 4.000m², dois clubes Vip’s para clientes exclusivos e a única sala de Texas Hold’emPoker da região.

Para a comodidade dos hóspedes, o resort também possui centro de recreação para crianças, reserva de carros e passeios.

O desafio da Tarte Tatin

Repetidamente premiada como a Melhor Culinária do Mar, a Oceania Cruises reúne chefs estrelados em sua equipe e agora ensina alguns de seus segredos, desafiando você a copiar
downloadAttachment&Message%5Buid%5D=172704&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C006701d64bc3%2524e75a77a0%2524b60f66e0%2524%2540pressto.com.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C006701d64bc3%24e75a77a0%24b60f66e0%24%40pressto.com.br%3E-1.3
downloadAttachment&Message%5Buid%5D=172704&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C006701d64bc3%2524e75a77a0%2524b60f66e0%2524%2540pressto.com.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C006701d64bc3%24e75a77a0%24b60f66e0%24%40pressto.com.br%3E-1.2

Diz a lenda que em 1889, em Lamotte-Beauvron, uma pequena localidade do Vale do Loire, as irmãs Stephanie e Caroline Tatin, por engano, num dia de muito movimento no hotel da família, esqueceram de colocar a massa na forma ao preparar a torta de maçãs. Aflitas, teriam colocado a massa por cima das frutas. Invertendo a ordem, acabaram por inventar esta que é uma das mais famosas sobremesas da gastronomia francesa. Verdade ou lenda, pouco importa. Fato é que esta é uma especialidade também a bordo dos navios da Oceania Cruises e neste momento, em que ainda não podemos usufruir pessoalmente das delícias a bordo, o chef David Shalleck, da Oceania, compartilha sua receita da Tarte Tatin, um clássico perfumado com manteiga, maçã e açúcar, para fazer em casa. E não se esqueça de compartilhar fotos dos seus resultados na postagem da receita da nossa página do Facebook usando a hashtag #OLifeCookingChallenge.

Tarte Tatin
Serve 6-8 porções

6 colheres de sopa de manteiga sem sal

6 colheres de sopa de açúcar mascavo escuro

1/4 de colher de chá de canela em pó

1/8 colher de chá de noz-moscada moída

1 1/2 colheres de chá de raspas de limão

3 maçãs vermelhas (cerca de 750g)

1 pedaço de massa folhada de 25 x 25 cm²

Creme de leite, iogurte grego ou sorvete de baunilha

Como fazer
Pré-aqueça o forno a 200ºC. Derreta a manteiga em uma frigideira grande e antiaderente em fogo muito baixo. Em uma tigela média, misture o açúcar, a canela, a noz-moscada e as raspas de limão. Coloque a manteiga na mistura de açúcar. Descasque as maçãs e divida em duas partes; depois corte cada uma em seis fatias iguais. Coloque as maçãs na tigela e misture delicadamente para cobri-las com a mistura de açúcar. A mistura de açúcar pode se aglomerar um pouco, o que é bom, pois derreterá durante o cozimento.
Disponha as fatias de maçã em uma única camada na parte inferior da frigideira( com cabo de metal para ir ao forno) e use uma espátula de borracha para que qualquer mistura residual de açúcar da tigela e espalhe sobre as maçãs. Cubra as maçãs com a massa folhada. Coloque os cantos da massa na lateral da frigideira para que as maçãs fiquem completamente escondidas. Faça pequenos furos na massa com um garfo ou ponta de uma faca. Asse por 30-35 minutos até que a massa cresça e fique marrom claro por cima.
Deixe esfriar por 10 a 15 minutos e inverta cuidadosamente em um prato. Sirva quente ou em temperatura ambiente com uma porção de creme batido (ou sorvete) ao lado.

Alta gastronomia e David Shalleck
Gastronomia– e de alta qualidade – é uma das principais características da Oceania Cruises, reconhecida internacionalmente por ter a melhor cozinha do mar e que, além de oferecer refeições gourmet em todos os seus navios, ainda mantem, no Riviera e Marina, The Culinary Center, a única escola de culinária personalizada e verdadeiramente prática no mar.
David Shallek, que ensina esta receita de Tarte Tatin, é autor do aclamado livro Mediterranean Summer, de memórias culinárias de viagem e especialista residente do Culinary Center em culinária mediterrânea, tendo vivido e viajado extensivamente pelo Mediterrâneo fazendo estágios em restaurantes e como chef particular de uma família italiana a bordo de seu veleiro. Além de seu trabalho no mar, David foi o produtor de culinária de várias séries culinárias de televisão, como 'Made in Spain, com o chef Jacques Pépin e o chef José Andrés. Ele também competiu na equipe do Chef Cat Cora na série Iron Chef America da Food Network. As aulas do chef Shalleck contam com sua experiência e inspiração, ambas profundamente enraizadas no Mediterrâneo.

Sobre a Oceania Cruises
A Oceania Cruises é linha de cruzeiros líder, focada em culinária e destino do mundo. Os seis navios pequenos e luxuosos da linha oferecem uma experiência de férias incomparável, com a melhor culinária no mar e itinerários ricos em destinos que cobrem o mundo. As viagens habilmente elaboradas fazem escala em mais de 450 portos pela Europa, Alasca, Ásia, África, Austrália, Nova Zelândia, Nova Inglaterra-Canadá, Bermudas, Caribe, Canal do Panamá, Tahiti e Pacífico Sul e épicas viagens ao redor do mundo de 180 dias
www.oceanicruises.com