Copa “Iguassu Falls Golf Club” abre temporada oficial de golfe 2020 em Foz do Iguaçu

Torneio será disputado no campo oficial do Wish Foz do Iguaçu em quatro categorias e contará com jantar comemorativo e prêmios para melhores colocados

45IDOjJTM6InYu02bj5SYyJXZ0BUasxWZjVHbh1WYzNXZuFmd6MDO2gzN0czM1IjOnVGcq5ydvxmMyATN4QjM0cTMGJTJ0cTMGJTJ3MTOyYkMlQzMyMTMf1SNx0yXt92YuIHct1SaGJTJGJTJBNTJwRHdopDM

Disputado no próximo dia 31, campeonato acontecerá no Iguassu Falls Golf Club, com saídas espaçadas para garantir a saúde e o distanciamento correto entre os participantes

O Iguassu Falls Golf Club, campo profissional de golfe profissional localizado no resort Wish Foz do Iguaçu, em Foz do Iguaçu (PR), se prepara para receber a Copa Iguassu Falls Golf Club do torneio anual Iguassu Golf Tour 2020, marcado para o dia 31 de outubro, último sábado do próximo mês.

A competição terá quatro categorias, sendo elas Net, Gross, Nearest to The Pin e Longest Drive, além de saídas espaçadas entre 12h e 13h para evitar ao máximo o contato com outros participantes e garantir a segurança e a saúde dos golfistas inscritos. Haverá ainda cerimônia de premiação e jantar comemorativo no local.

A inscrição custa R﹩200 para sócios do clube, R﹩250 para convidados, R﹩150 para o público juvenil (até 18 anos) e carts R﹩120. O valor inclui menu especial no jantar de premiação realizado após a competição. Há ainda a opção de se hospedar no Wish Foz do Iguaçu, resort anexo ao clube de golfe, com preços que variam entre R﹩616 e R﹩830 a diária com café da manhã.

A Copa Iguassu Falls Golf Club é uma realização do Iguassu Falls Golf Club e apoio do Wish Foz do Iguaçu. Informações e inscrições sobre a Copa: miguel.palhota@iguassufallsgolfclub.com.br ou (45) 3521.3414.

Fakhreddine vence Gaúcho e se sagra novo campeão do BRAVE CF; Felipe Silva perde para inglês

Riffa, Bahrein - 17 de Setembro de 2020

O Brasil tinha dois representantes importantes no card do BRAVE CF 41, realizado nesta quinta-feira (17), em Riffa, Bahrein. Mas os companheiros de equipe Daniel “Gaúcho” e Felipe Silva acabaram nocauteados e o país passou em branco no card, de quebra ainda perdendo o cinturão peso médio que possuía.

Na luta principal da noite, Daniel “Gaúcho” enfrentou o astro libanês Mohammad Fakhreddine em um combate muito disputado e repleto de ação. O brasileiro absorveu bons golpes e até ameaçou o adversário com alguns contragolpes, mas chegou ao quarto assalto bastante cansado e acabou nocauteado por Fakhreddine.

O título do libanês vem para redimir um ano marcado por tragédias pessoais e coletivas. Além da pandemia da Covid-19 e da explosão que matou centenas de pessoas em sua cidade-natal Beirute, Fakhreddine ainda teve sua casa queimada em um incêndio no início do ano, sofreu lesões e teve lutas canceladas devido a restrições de viagem. Com o triunfo, um dos maiores ídolos do MMA no Oriente Médio agora adiciona um título internacional ao seu histórico.

Também atleta da CM System, o ex-UFC Felipe Silva enfrentou o jovem britânico Sam Patterson e acabou surpreendido justamente em sua especialidade, a trocação. Com dificuldades para encurtar a distância, Felipe avançou ainda no primeiro round e entrou no raio de ação de Patterson, que se aproveitou bem e o nocauteou com um cruzado certeiro.

O card do BRAVE CF 41 ainda teve a derrota do irlandês Cian Cowley, parceiro de treinos de Conor McGregor na SBG Ireland, e que chegou a ser preso com o astro do UFC no incidente envolvendo o ônibus de Khabib Nurmagomedov em Nova York (EUA). Cowley perdeu em decisão unânime para o egípcio Ahmed Amir, que aproveitou o triunfo para pedir uma revanche contra outro brasileiro, Cleiton “Predador”, atual campeão dos leves do BRAVE CF.

Campeão Daniel Gaúcho confirma defesa de título em dia de encaradas tensas no BRAVE CF 41

Manama, Bahrein - 16 de Setembro de 2020

O BRAVE Combat Federation realiza sua 41ª edição nesta quinta-feira (17), na abertura da “Kombat Kingdom”, sequência de três eventos consecutivos da organização no Bahrein. Liderados pelo brasileiro campeão dos médios Daniel Gaúcho, os 14 atletas da noite de lutas subiram na balança e bateram o peso. Nas encaradas, o clima ficou pesado e os ânimos se acirraram, aumentando o clima de tensão e expectativa no último encontro dos oponentes antes de entrarem no cage.

Estrelas da luta principal, o campeão Daniel Gaúcho e o desafiante Mohammad Fakhreddine bateram o peso com tranquilidade, ficando inclusive abaixo do limite permitido de 83,9 kg. Quando ficaram frente a frente, o libanês gritou “And New” (tradicional anúncio da vitória de um desafiante), mas Gaúcho ficou imóvel e não se mostrou abalado pela provocação.

A encarada mais agitada do dia ficou por conta do irlandês Cian Cowley, companheiro de treinos de Conor McGregor, e o egípcio Ahmed Amir, que lutam na categoria peso super leve. Os dois se estranharam e trocaram ofensas após baterem o peso.

O BRAVE CF 41 acontece no Estádio Nacional do Bahrein, de portões fechados ao público, e começa às 12h, horário de Brasília, desta quinta-feira (17). No Brasil, o card pode ser acompanhado gratuitamente por meio do site oficial www.bravecftv.com.

ASSISTA ÀS ENCARADAS DO BRAVE CF 41 - https://www.instagram.com/p/CFMURnwnU2N/

Confira os resultados da pesagem do BRAVE CF 41:

Cinturão Peso Médio - Daniel Gaúcho (Brasil) 83,6 kg vs Mohammad Fakhreddine (Líbano) 83,8 kg
Peso médio - Denis Tiuliulin (Rússia) 83,6 kg vs Ikram Aliskerov (Rússia) 83,8 kg
Peso leve - Felipe Silva (Brasil) 70,7 kg vs Sam Patterson (Inglaterra) 69,8 kg
Peso super leve - Cian Cowley (Irlanda) 74,8 kg vs Ahmed Amir (Egito/Bahrein) 75,1 kg
Peso mosca- John Cris Corton (Filipinas) 57,2 kg vs Magomed Idrisov (Rússia) 57,2 kg
Peso combinado (63kg) - Rahmatullah Yousufzai (Afeganistão) 61,9 kg vs Abdulmanap Magomedov (Rússia) 62,8 kg
Peso galo (amador) - Abdulla Alyaqoob (Bahrein) 61,2 kg vs Umed Urfonov (Tadjiquistão) 59,7 kg

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

Campeão Daniel Gaúcho se emociona ao revelar que quase largou o MMA antes de ascensão no BRAVE CF

Distrito de Seef, Bahrain - 15 de Setembro de 2020

Daniel Gaúcho este muito perto de abandonar o esporte antes de se juntar ao BRAVE Combat Federation e ter uma ascensão meteórica na categoria de pesos médios, na qual hoje ele reina supremo como campeão mundial. A dois dias de defender sua cinta contra Mohammad Fakhreddine no BRAVE CF 41, o brasileiro chegou a ficar dois anos fora de ação e já buscava outros trabalhos para se sustentar quando veio a chamada do BRAVE CF. O resto, como eles dizem, é história. O evento será transmitido online, ao vivo e grátis pelo BRAVE CF TV (www.bravecftv.com), a partir do meio-dia no dia 17 de setembro.

Atleta da CM System, em Curitiba (PR), Daniel lidou com lesões ao longo de sua trajetória e garante que seus familiares e amigos foram instrumentais para superar o momento e chegar onde chegou. Após assinar com o BRAVE CF, ele venceu Bruno Assis em Belo Horizonte (MG) de forma tão devastadora que assegurou um title shot diante do sul-africano Chad Hanekom imediatamente. Gaúcho não segura as lágrimas ao falar sobre o momento em que ouviu que disputaria o título mundial.

“Eu fiquei muito feliz, porque por muito tempo eu pensei em desistir (chorando)... Eu fico muito emocionado, é difícil segurar porque não fui só eu, mas muita gente passa por momentos difíceis. E às vezes as pessoas desistem dos seus sonhos. Mas eu sempre tive o apoio da minha família, dos meus amigos. Dos meus técnico também, sempre me colocando pra cima, dizendo que ia dar tudo certo”, contou Daniel, que comentou também sobre a sensação de estar ficando para trás ao estar inativo e ver o sucesso dos seus companheiros.

“Eu estava sem lutar… às vezes eu sentia que estava ficando pra trás. Eu nunca… nesses dois anos eu não estava fazendo nada, sem falar o que eu passei para chegar onde eu estava. Eu lembro de quando ganhei o cinturão, eu senti como se fosse uma lição pra mim. Eu estava muito perto de abandonar tudo, trabalhar como segurança ou qualquer coisa. Antes de receber essa oportunidade que mudou minha vida completamente em seis meses”.

Agora, já estabelecido como campeão mundial no BRAVE CF, Daniel tem seu maior desafio até o momento pela frente: defender seu título contra o desafiante número um e lenda do MMA árabe Mohammad Fakhreddine na luta principal do BRAVE CF 41, que acontece no dia 17 de setembro, no Bahrein. Confiante em mais uma vitória, o campeão acredita que os ensinamentos do passado podem indicar o caminho para mais uma vitória no BRAVE CF.

“Quando eu entro lá, minha raiva, minha fúria por todo o tempo perdido, as dificuldades, volta toda. Eu uso essa energia e ponho ela nas minhas mãos para ir lá e conseguir o nocaute. Eu sou um cara bem tranquilo fora do cage, mas quando alguém quer tirar uma coisa que é minha, eu viro outra pessoa”, ele concluiu.

Veja parte da entrevista com Daniel Gaúcho - https://www.instagram.com/p/CFHjXYKIbKc/

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

Daniel Gaúcho promete vitória para ‘aposentar’ astro libanês no BRAVE CF 41

Curitiba, Brasil - 10 de Setembro de 2020

Campeão dos médios do BRAVE Combat Federation, o brasileiro Daniel Gaúcho está prestes a fazer a maior luta de sua carreira até aqui, contra o ídolo do Oriente Médio Mohammad Fakhreddine. Gaúcho reconhece a trajetória do rival, mas promete mais uma vitória e, como consequência, o fim da carreira do libanês. Cristiano Marcello Daniel Gaúcho

Luan Miau promete ‘machucar o ex-amigo’ Lucas Mineiro no BRAVE CF 41

Luan Miau promete ‘machucar o ex-amigo’ Lucas Mineiro no BRAVE CF 41

Curitiba, Brasil - 8 de setembro 2020

Luan “Miau” Santiago e Lucas “Mineiro” Martins tem sido amigos desde que se encontraram pela primeira vez, em março de 2017, no BRAVE CF 3. Na ocasião, em Curitiba, os dois estavam escalados para lutar contra adversários mexicanos
--

Felipe Silva encara britânico Sam Patterson no BRAVE CF 41, em setembro

A 41ª edição do BRAVE CF marca o retorno da principal organização de MMA do Oriente Médio ao seu país-natal, o Bahrein. O do dia 17 de setembro será realizado com portões fechados e seguindo todos os protocolos de segurança devido à pandemia da Covid-19.

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

Após queda na indústria do patrocínio esportivo, agências formam consórcio para captar recursos

Um levantamento da consultoria americana Two Circles, publicado em maio deste ano, apontou que que a indústria do patrocínio esportivo terá queda de U$ 17,2 bilhões em 2020, devido à pandemia de coronavírus.

O estudo afirma que, em 2019, o setor movimentou U$ 46,1 bilhões em todo o mundo e em 2020 o investimento não deve ultrapassar U$ 28,9 bilhões, uma queda de 37% em relação ao ano anterior.

“Com o esporte ao vivo interrompido globalmente desde março, o valor que as propriedades esportivas conseguiram oferecer às marcas parceiras foi limitado. Houve cortes de custos em setores que investem fortemente em patrocínios, apresentando também um desafio significativo na assinatura de novos negócios”, disse Gareth Balch, executivo-chefe da Two Circles.

No Brasil, os especialistas em marketing esportivo preveem perdas volumosas de patrocínio, tendo em vista a queda no faturamento das principais empresas patrocinadoras. A recessão de setores como as indústrias financeira, automotiva, energia, varejo e companhias aéreas representa o principal fator do déficit. Contudo, com a retomada gradual dos eventos esportivos, o mercado deverá voltar a crescer.

Agências formam consórcio e projetam captar R$ 5 milhões em 2020

Com o objetivo de captar recursos para projetos esportivos, as agências Nosso Time, Meiuca Esportes e NS Consulting uniram forças e criaram o Esporte Paraná, um consórcio de projetos habilitados pela Lei de Incentivo ao Esporte, com execução prevista a partir de janeiro de 2021. Para este ano, o consórcio espera captar mais de R$ 5 milhões em patrocínio esportivo. É o que afirma Marcelo Gomes, diretor da Nosso Time.

“Há mais de 20 anos atuando na área esportiva, nunca vivemos tantas incertezas. A pandemia causou um enorme buraco na economia mundial, influenciando de forma negativa o mercado de patrocínios. Para tentar minimizar estes efeitos, unimos forças e fizemos um pente-fino em todos os projetos incentivados do Paraná, chegando à conclusão de que, mais do que nunca, os proponentes precisam de iniciativas como a nossa para viabilizar as suas entregas. No total, são mais de R$ 5 milhões a serem captados. Por isso formamos essa coalizão, com o objetivo de usar a nossa expertise para manter vivo o esporte no país em um momento de tanta dificuldade para o setor”, afirma Marcelo.

O patrocínio é uma das estratégias mais eficazes que as empresas podem implantar para ampliar o relacionamento e construir valor junto ao público. Para Roberto Miller da NS Consulting, chegou a hora do marketing esportivo assumir o seu papel de protagonista.

“O esporte mexe com a paixão das pessoas e o patrocínio é uma das estratégias mais eficazes para ampliar o relacionamento e construir valor junto ao público. As marcas que entendem a importância disso, obtêm mais retorno quando o comprador sabe que determinada empresa patrocina um evento ou um atleta. Essa é a hora do marketing esportivo ocupar um lugar de protagonismo no mercado brasileiro. Quando tudo voltar ao normal, haverá um significativo aumento na demanda por produtos e serviços esportivos e quem já estiver surfando essa onda, certamente vai sair na frente”, explica.

A ampliação do investimento em patrocínio esportivo passa também, em grande parte, pela tecnologia e inovação. Métodos antigos de captação de recursos e gerenciamento de projetos estão sendo substituídos por novas perspectivas, onde as habilidades comportamentais, a flexibilidade nas negociações e a criatividade nas ativações de marketing serão o fiel da balança. Este é o entendimento de Diego Pereira, CEO da Meiuca Esportes.

“Apenas colocar o logotipo de uma empresa no uniforme de um time não funciona mais. A ideia é aproximar consumidores e marcas, tendo o patrocínio esportivo como o grande agente transformador dessa cadeia, beneficiando todos os envolvidos. Para isso, patrocinador e patrocinado precisam compreender as mudanças que estamos vivendo. Além de ajudar atletas, clubes e eventos esportivos, o nosso trabalho trará uma perspectiva mais positiva aos números do patrocínio esportivo no Brasil”, afirma.

Ainda segundo Pereira, as lições aprendidas com a pandemia trarão uma base sólida para o futuro do patrocínio esportivo. “A inovação virou palavra de ordem e continuará sendo por longo tempo. Neste sentido, a união das nossas empresas trará oportunidades para quem busca patrocínio esportivo e para as marcas que vão patrocinar. O nosso grande diferencial está na geração de valor de quem consegue fazer muito com pouco, adotando uma postura muito profissional no que se refere à responsabilidade social visando o bem-estar de toda a população”, finaliza.

SERVIÇO

Consórcio Esporte Paraná | Lei de Incentivo ao Esporte

Patrocínio Esportivo & Captação de Recursos

Agências: Nosso Time, Meiuca Esportes e NS Consulting.

Assessoria de Imprensa: Diego Pereira | 41 999.163.514 | meiucaesportes@gmail.com

Fotos: www.pixabay.com

BRAVE CF 41: Lucas Mineiro e Luan Miau farão revanche após primeira luta histórica

Distrito de Seef - 1 de Setembro de 2020

Uma das lutas mais marcantes envolvendo brasileiros na história do BRAVE Combat Federation, principal organização de MMA do Oriente Médio, terá seu segundo capítulo em breve.

A promoção baseada no Bahrein anunciou que os ex-campeões Luan “Miau” Santiago e Lucas “Mineiro” Martins vão se enfrentar na luta co-principal do BRAVE CF 41, evento marcado para o dia 17 de setembro, no Bahrein.

Mineiro e Miau se enfrentaram pela primeira vez em 2018, em Belo Horizonte (MG), em uma das lutas mais emocionantes daquele ano. Disputando o cinturão interino dos leves, os dois fizeram um duelo equilibradissimo, que acabou com vitória de Mineiro por nocaute técnico a apenas quatro segundos do fim do quinto round, com uma lesão no cotovelo de Miau após tentativa de queda do rival.

Daí em diante, Mineiro se tornou o campeão interino e linear dos leves do BRAVE CF e também chegou a disputar o cinturão dos penas. Miau, por sua vez, refez seu caminho até o topo da categoria e também chegou a conquistar o título da divisão até 70kg. O atleta da CM System conquistou a cinta no ano passado, com um nocaute avassalador sobre Abdul Kareem Al Selwady na Jordânia.

Com o histórico tanto de Mineiro quanto de Miau e a importância dos dois brasileiros dentro da organização é esperado que o vencedor do confronto desponte como favorito para desafiar o atual campeão da categoria de pesos leves, o também brasileiro Cleiton “Predador” Silva.

Mineiro vs Miau 2 será a luta co-principal do BRAVE CF 41, que será o primeiro de três eventos consecutivos da organização no seu país-natal, o Bahrein, numa série intitulada “Kombat Kingdom”. O card do dia 17 de setembro terá outro brasileiro na luta principal, Daniel “Gaúcho”, que defende o título dos médios contra o libanês Mohammed Fakhreddine.

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

Brasileiro Daniel Gaúcho defende cinturão do BRAVE CF contra lenda do MMA árabe

Distrito de Seef, Bahrein - 31 de Agosto de 2020

O peso médio Daniel Gaúcho, campeão mundial do BRAVE Combat Federation, colocará seu cinturão em jogo pela primeira vez no próximo dia 17 de setembro. O adversário será o astro libanês Mohammad Fakhreddine, um dos mais populares nomes do MMA no Oriente Médio. O anúncio foi feito pela própria organização.

Gaúcho, atleta da CM System, sob a tutela de Cristiano Marcello, tornou-se campeão mundial em dezembro do ano passado, quando foi à África do Sul e bateu Chad Hanekom em sua própria casa por nocaute.

Aos 29 anos e com um cartel profissional de 8 vitórias e apenas duas derrotas, Gaúcho está em uma sequência de cinco triunfos consecutivos, quatro deles por nocaute ou nocaute técnico.

Adversário do brasileiro, o libanês Mohammad Fakhreddine é um dos pioneiros do esporte na região do Oriente Médio e, de longe, um dos mais populares nomes das artes marciais mistas na área.

Fakhreddine, cujo cartel profissional é de 13 vitórias e quatro derrotas, é ex-campeão regional em duas categorias, peso meio-médio e peso médio, e foi uma das primeiras contratações da história do BRAVE CF, onde busca desde então seu primeiro título mundial.

O duelo entre Gaúcho e Fakhreddine será a luta principal do BRAVE CF 41, o primeiro de três eventos consecutivos que a organização promoverá em seu país-natal, o Bahrein.

Devido à pandemia do novo coronavírus, o BRAVE Combat Federation tem realizado, desde julho, todos os seus eventos com portões fechados e sob um rigoroso protocolo de segurança para atletas e pessoal envolvidos. Os três cards do Bahrein também não contarão com a presença de público, mas serão transmitidos mundo afora normalmente.

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

Filme do Alex chega em 63 países de língua inglesa pela Amazon Prime

Depois do sucesso no Brasil onde foi exibido em diversas salas de cinemas e plataformas digitais (VOD), o documentário Alex Câmera 10, que retrata a carreira do ex-jogador Alex vai ganhar o Mundo.

O filme já está sendo exibido em 63 países de língua inglesa, entre eles, Estados Unidos, Inglaterra, Canadá, Austrália, Nova Zelândia e África do Sul. A Amazon Prime possui 150 milhões de assinantes em todo o mundo, estima-se que 1/3 disso, mais de 50 milhões estão nessa área de abrangência.

“O futebol brasileiro sempre encantou o Mundo e agora muitos países poderão ver essa homenagem que fizemos ao Alex, um dos maiores camisas 10 dos últimos tempos, ídolo no Brasil e na Turquia”, disse o diretor executivo do filme, Adriano Rattmann.

O próximo passo será a exibição do filme na Turquia, onde Alex jogou por sete temporadas defendendo o Fenerbahçe e é considerado o maior jogador estrangeiro de todos os tempos.

“Estamos definindo os últimos detalhes de legendagem e parceiros locais para iniciar a exibição”, concluiu Rattmann.

No Brasil o filme continua disponível em várias plataformas.

Alex Câmera 10 – O filme

O filme Alex Câmera 10, de Adriano Rattmann e Cauê Serur, começou a ser produzido quando o Alex retornou da Turquia e optou, entre várias propostas, em jogar seus últimos anos de carreira pelo time que o revelou.

A obra mostra desde a chegada do jogador com calorosa recepção da torcida alviverde com mais de 10 mil pessoas no estádio Couto Pereira e acompanha o jogador pelos dois últimos anos da carreira desfilando seu futebol de Norte a Sul do país em 2013 e 2014.

No roteiro, momentos marcantes como o primeiro título com a camisa do Coritiba, um tetracampeonato estadual, algo que não acontecia há 40 anos; o gol 400 e o jogo mil da carreira, além da linda homenagem em seu jogo de despedida.

O filme também acompanhou o craque nas homenagens recebidas no Palmeiras e no Cruzeiro, e na Turquia, onde Alex reencontrou fãs com grandes histórias de idolatria.

“O filme é um presente ao futebol reunindo grandes personagens e com uma forma diferente de contar uma boa história", disse Cauê Serur, diretor.

No elenco, grandes nomes do futebol brasileiro como Zico, Pepe, Juninho Pernambucano, Neto, Gilberto Silva, Dirceu Kruger, Afonsinho, Sicupira, Juca Kfouri, Mauro Betting, PVC, Djalminha, Aristizabal, Dirceu Lopes, Evair, entre outros.

A distribuição do filme Alex Câmera 10 teve investimento do FSA/BRDE/Ancine e Estado do Paraná.

Ficha Técnica:
“ALEX CAMERA 10 - Turquia ao Brasil, a Despedida do Futebol” - direção executiva de Adriano Rattmann e cinematográfica de Cauê Serur (93 minutos)
Distribuição – Moro Filmes
Distribuição digital - O2 Play

Disponível nas plataformas no Brasil
Vivo - R$ 9,90 aluguel
iTunes - R$ 14,90 compra | R$ 7,90 aluguel
Google Play - R$ 14,90 compra | R$ 6,90 aluguel
NOW - R$ 14,90 aluguel
Amazon - apenas para assinantes
Youtube Filmes: R$ 24,90 compra | R$ 6,90 aluguel

Personal Trainer promove treinos gratuitos com o intuito de motivar as mulheres a cuidarem da saúde e do corpo

Se exercitar em casa foi um hábito que muitos brasileiros adquiriram durante a pandemia. Mesmo com as academias em pleno funcionamento, muitos ainda optaram em realizar as atividades em casa, seja com personais trainer ou em grupos de treinamento, ou até mesmo nas aulas que as próprias academias vêm promovendo.
Com a demanda alta, a personal trainer Viviane Freitas, além de atender seus alunos de forma individual – seja presencial ou online, passou a oferecer aulões gratuitos para que as mulheres não desanimem e busquem entrar em forma, não apenas para o tão sonhado biquini do verão, mas para melhorar a autoestima.
“Percebi que muitas mulheres me procuravam para saber mais sobre os treinos, mas ou faltava iniciativa de começar a treinar, ou o valor das aulas não encaixava no orçamento. Criei essas aulas gratuitas, como forma de mostrar que todos podem entrar em forma, basta ter força de vontade”, ressalta Viviane.
Os treinos, mesmo acontecendo de forma online, possuem adaptações para todos os níveis. “O importante é a pessoa iniciar a atividade física e respeitar o seu limite, e fazer o que é capaz para progredir dentro do seu tempo” enfatiza Viviane.
Os treinos acontecem todas as quintas-feiras às 10h, pelo perfil @vivifreitas.personal no Instagram. Todas as dúvidas a respeito dos exercícios e da forma de executá-los são respondidos durante a live, ou em mensagem do aplicativo. A partir do dia 31 de agosto seraão abertos grupos no WhatsApp e Telegram para interagir melhor com as alunas que buscam se cuidar mais e melhorar a autoestima.

Nas fotos: Personal Vivi Freitas
Crédito das Imagens : Valterci Santos

BRAVE CF 40: Machaev brilha e se aproxima do título; rivais repetem clima quente da pesagem na luta co-principal

BRAVE CF 40: Machaev brilha e se aproxima do título; rivais repetem clima quente da pesagem na luta co-principal

Estocolmo, Suécia - 25 de Agosto de 2020

O quarto evento consecutivo do BRAVE Combat Federation na Suécia foi marcado por lutas empolgantes e viu a ascensão de uma nova estrela, o peso pena austríaco Mochamed Machaev, que venceu Shoaib Yousaf na luta principal do BRAVE CF 40.

Machaev usou suas habilidades superiores no wrestling para controlar a luta. Apesar de ter tido bons momentos na trocação, Shoaib não foi páreo para a luta agarrada do rival, com direito a um suplex de cinema no fim do primeiro round.

Com mais uma vitória garantida, Mochamed Machaev agora tem um cartel profissional de dez vitórias e nenhuma derrota. O austríaco está muito próximo de uma disputa de título pelo cinturão vago dos pesos penas do BRAVE CF.

Na luta co-principal da noite, Anton Turkalj e Ibo Aslan trouxeram toda a intensidade e rivalidade demonstrada um dia antes na pesagem para dentro do cage. Os dois fizeram questão de mostrar o quanto não se gostavam desde o primeiro momento e partiram pra cima logo após o gongo inicial.

Aslan começou melhor e até machucou Turkalj, que ficou com o nariz sangrando. O ''Last Ottoman'', no entanto, cansou-se rapidamente e foi presa fácil para o rival. No segundo assalto, Anton levou o oponente pro chão e finalizou com um mata-leão.

Após finalizar a luta, ao invés de pôr um ponto final na animosidade, como muitas vezes acontece, Turkalj pôs mais lenha na fogueira e saiu do enforcamento já xingando Ibo Aslan. Os dois tiveram que ser separados pelo árbitro Dec Larkin.

As demais lutas do card também terminaram antes do tempo regulamentar com triunfos de David Jacobsson, por nocaute no primeiro round, e de Husein Kadimagomaev e Zvonimir Kralj, ambos com nocautes no segundo round.

O BRAVE CF agora volta para casa, após seis eventos consecutivos na Europa, e se prepara para uma programação recheada de ação nos meses de setembro e outubro, nos quais vai promover três cards no seu país-natal, o Bahrein.

Confira abaixo os resultados do BRAVE CF 40:

Peso pena: Mochamed Machaev venceu Shoaib Yousaf em decisão unânime dos jurados(30-27, 30-27, 30-27);
Peso combinado (98 kg): Anton Turkalj venceu Ibo Aslan por finalização (mata-leão) a 1m57s do R2;
Peso meio-médio: David Jacobsson venceu Corneliu Lascar por nocaute técnico a 48s do R1;
Peso Combinado (72 kg): Husein Kadimagomaev venceu Sven Fortenbacher por nocaute técnico a 1m37s do R2;
Peso pesado: Zvonimir Kralj venceu Fatih Aktas por nocaute técnico a 1m14s do R2.

BRAVE CF anuncia três shows no ce primeira rodada de torneio com brasileiros

Distrito de Seef, Bahrein - 24 de Agosto de 2020

O BRAVE Combat Federation, maior evento de MMA do Oriente Médio, anunciou três eventos especiais de forma consecutiva em seu país-natal: o Reino do Bahrein. Os três cards em semanas seguidas contarão com a primeira rodada do torneio pelo cinturão peso mosca, além de lutas valendo o título e outros combates de primeiro escalão.
O primeiro dos três eventos será o BRAVE CF 41, que acontece no dia 17 de setembro. Uma semana depois, no dia 24, acontece o BRAVE CF 42. O último dos três cards programados será o BRAVE CF 43, marcado para o dia 1° de outubro. Os três eventos acontecerão com os portões fechados na Khalifa Sports City, principal arena de esportes do país e tradicional sede do BRAVE CF.

Ainda não foram oficializados duelos para os card, que marca o retorno da organização ao Oriente Médio após longa temporada na Europa, com múltiplos eventos na Romênia e na Suécia, mas a intenção é conduzir a rodada de abertura do torneio pelo título mundial dos pesos moscas, que vai coroar o primeiro campeão da divisão até 57kg da organização.

O BRAVE CF já anunciou o chaveamento do torneio, que terá José “Shorty” Torres enfrentando seu compatriota norte-americano Sean Santella, o brasileiro Marcel Adur encarando o ex-UFC Dustin Ortiz, Velimurad Alkhasov tendo pela frente o brasileiro Flávio de Queiroz e o americano Zach Makovsky medindo forças com o filandês Abdul Hussein.

Nos próximos dias, é esperado que o BRAVE CF anuncie a programação completa para as três noites de lutas, mas os fãs podem esperar os principais nomes da organização sendo parte de três semanas repletas de lutas de altíssimo nível.

Promo - BRAVE CF Bahrein: https://www.instagram.com/p/CERjLXOq59u/

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

Rolando Ferreira na NBA Store Curitiba: ‘Orgulho de fazer parte da história da NBA no Brasil’

Ex-pivô da Seleção Brasileira, primeiro brasileiro a jogar na liga americana atuando pelo Portland Trail Blazers, visitou a primeira loja do sul do Brasil, tirou fotos e distribuiu autógrafos aos fãs
Curitiba (PR) - Inaugurada esta semana, a NBA Store Curitiba (Jockey Plaza Shopping) recebeu um convidado muito especial na noite da última quinta-feira, dia 20. Rolando Ferreira, ex-pivô da Seleção Brasileira, primeiro brasileiro a jogar na NBA atuando pelo Portland Trail Blazers (1988-1989), fez uma visita à primeira loja do sul do país, onde tirou fotos e distribuiu autógrafos aos fãs. Rolando, que é curitibano (outro curitibano que passou pela NBA foi Rafael 'Bábby' Araújo), disputou os Jogos Olímpicos de Seul-1988 e Barcelona-1992 e foi medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis-1987.

- Foi uma grande surpresa, especialmente pelo número de pessoas que compareceram, apesar do momento que estamos vivendo. Isso mostra que Curitiba tem um público que gosta muito de basquete e que a cidade merecia um empreendimento deste porte e qualidade. Tenho muito orgulho de fazer parte da história da NBA no Brasil e ser um exemplo para tantos jovens que sonham com um futuro no basquete - afirmou.

A NBA Store Curitiba é a oitava loja física da liga no Brasil, tem 135m² e os fãs vão encontrar uma enorme variedade de produtos oficiais, licenciados e exclusivos em um ambiente totalmente customizado. O Brasil é, atualmente, o principal mercado de varejo da liga no mundo fora dos Estados Unidos, com sete lojas físicas (Rio de Janeiro-RJ, Niterói-RJ, São Paulo-SP, Santo André-SP, Campinas-SP, Mogi das Cruzes-SP e Ribeirão Preto-SP), o NBA Store Truck (primeira unidade móvel da NBA no mundo) e a LojaNBA.com (e-commerce que está ativo desde 2012). No início de agosto, o case 'NBA Stores Brasil' foi vencedor do 'Licensing International Excellence Awards 2020', considerado o principal prêmio do segmento de licenciamento do mundo.

Para mais informações sobre as iniciativas da NBA no Brasil, acesse as redes sociais da liga no país: Facebook (Facebook.com/NBABrasil), Instagram (@NBABrasil), Twitter (@NBABrasil), TikTok (@NBA_Brasil) e Youtube (@NBABrasil).