Esquadrão da Moda, no ar aos sábados, às 21h15!

cid:image001.png@01D342B2.45BFB580

Inédito: Esquadrão da Moda repagina visual de esteticista que compra roupas no setor infantil das lojas

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=173635&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCPXP152MB3253B53E48EE6FAE3D00CBF2EB650%2540CPXP152MB3253.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCPXP152MB3253B53E48EE6FAE3D00CBF2EB650%40CPXP152MB3253.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%3E-1.1.3downloadAttachment&Message%5Buid%5D=173635&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCPXP152MB3253B53E48EE6FAE3D00CBF2EB650%2540CPXP152MB3253.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCPXP152MB3253B53E48EE6FAE3D00CBF2EB650%40CPXP152MB3253.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%3E-1.1.4
Danieli e Joandre/ Arlindo e Isabella
Foto: Gabriel Cardoso/SBT

O Esquadrão da Moda deste sábado, 11 de julho, vai repaginar o visual da esteticista Danieli, 31 anos de Poá/SP. Ela é miúda, bem baixinha e magrinha. Freqüentemente precisa provar que é maior de idade, seja no trabalho, em viagens ou quando sai para baladas e shows com o marido. O Joandre, o marido, a inscreveu exatamente por isso: ela, por já ser pequena, não passa muita credibilidade quando precisa e ainda para piorar se veste de maneira bem adolescente. Danieli passou por uma reeducação alimentar e emagreceu bastante. Hoje tem emprestado roupas da sua sobrinha de 14 anos e comprado no setor infantil de lojas de departamento: “Ela tem usado muitas blusinhas com personagens, peças infantilizadas”, diz Joandre. Dani se incomoda muito em sempre a acharem mais nova. Caberá a Arlindo e Isabella ajudá-la a escolher peças que se adequem ao seu corpo miúdo, para que Dani se adeque profissionalmente e socialmente.

Villa Country celebra 18 anos virtualmente com projeto exclusivo “Encontro de Gerações”

Villa Country celebra 18 anos virtualmente com projeto exclusivo "Encontro de Gerações"

Rionegro e Solimões, Yasmin Santos e Diego e Arnaldo comemoram a maioridade da casa no sábado, 18 de julho, às 19h.

Fotos em alta podem ser baixada no link: https://cutt.ly/opshehX

Unir talentos, gerações e pessoas apaixonadas pela música sertaneja sempre foi a grande missão do Villa Country, que comemora seus 18 anos de existência. Desta vez, de uma forma diferente, mas com o mesmo propósito. Se a maneira de conexão com o público é virtual, que seja em grande estilo com um Encontro de Geraçõesde artistas.

O projeto reunirá Rionegro e Solimões, Diego e Arnaldo, Yasmin Santos e outros convidados, às 19h, com transmissão pelo canal oficial dos artistas e é claro, da aniversariante Villa Country, no YouTube. E a escolha dos cantores não foi aleatória: Rionegro e Solimões foi a primeira dupla a pisar no palco da casa em 2002. Yasmin fez estreia e deixou sua marca. Diego e Arnaldo também sentiram o gostinho de se apresentar num dos palcos sagrados da música sertaneja.

“Se tem um lugar que a “sola da bota” estala é o Villa Country, e o bicho vai pegar nesta festa.”, comentam os anfitriões da festa. Já Yasmin Santos não contém a emoção por fazer parte da comemoração: “Tenho 20 e, nem no melhor dos meus sonhos imaginei cantar parabéns para a casa que sempre foi para mim como uma meta, porque cantar no Villa Country é um dos primeiros passos para consolidar uma carreira”. Diego e Arnaldo entendem o tamanho da responsabilidade deste encontro, “Sabe a sensação de ganhar um presente de aniversário dos outros?…rs Nos sentimos assim: Rionegro e Solimões, Villa Country e Yasmin todos juntos e misturados, é muito surreal."

A maior e mais temática casa sertaneja do Brasil já apresentou vários nomes, hoje consagrados, como Marília Mendonça, Henrique e Juliano, Cristiano Araújo e por aí vai. E chegar a maioridade mantendo a mesma qualidade e público é algo quase inédito no mundo do imediatismo, mas o Villa Country conseguiu e, seguramente ainda irá comemorar por muito mais tempo.

CURIOSIDADES SOBRE O VILLA COUNTRY

O Villa Country não é apenas uma casa noturna. Além dos melhores shows e estrutura física cuidadosamente pensada para oferecer uma experiencia totalmente diferenciada e apaixonante aos seus clientes, conta com uma rádio com programação própria transmitida via IOS e Android localizada no interior da balada e a Villa Country Band, arregimentada por Carlinhos Anhaia, responsável por todo departamento artístico e escala de shows que são exibidos na casa.  Foram mais de 5.000 apresentações e cerca de 14.000.000 de pessoas assistiram a banda, tornando-se referência nacional no estilo Country. “O Villa Country foi palco de shows históricos, muitos deles sold-out. Chitãozinho e Xororó, Edson e Hudson, Bruno e Marrone, Jorge e Mateus, Henrique e Juliano, Marilia Mendonça, pra citar alguns”, recorda. “Tivemos também muitos DVDs gravados na casa. Rionegro e Solimões – “Do Jeito da Gente” (2006), César Menotti & Fabiano - “Memórias Anos 80 & 90” (2014)e Simone e Simaria – “Bar das Coleguinhas 2”  (2020) são alguns”, pontua Carlinhos.

 

18 pontos que tornam o Villa Country a casa mais importante da América Latina
Por Carlinhos Anhaia   

1) Toda a decoração da casa veio dos Estados Unidos, das cidades do Texas e de Nashville, contribuindo com a ambientação e a temática Country.

2) Desde a inauguração, o Villa Country lançou os maiores sucessos da música Country e Sertaneja, em primeiríssima mão!

3) Pessoas que nasceram em 2002, mesmo ano de inauguração, já podem frequentar a casa!

4) Villa Country é a casa sertaneja com mais ambientes, cada um com pontos de destaque e diferenciais. A casa atende a todos os gostos, desde quem prefere sentar e conversar até quem gosta de se jogar na pista.

5) Artistas que são referência no mundo sertanejo frequentavam o Villa Country antes da fama. E muitos continuaram frequentando após a fama.

6) Todos os artistas sertanejos renomados já se apresentaram nos nossos palcos.

7) O Villa Country foi eleito a melhor balada de São Paulo pelos leitores da Revista Veja.

8) Alguns dos mais famosos DVDs do país foram gravados aqui.

9) É a casa onde se apresentam mais artistas em uma mesma noite, média de 10 por noite.

10) A casa é tão bonita que qualquer um dos ambientes pode ser um cenário para fotos e vídeos!

11) O Villa Country foi palco de lançamento das novelas América e Bang, Bang, da Rede Globo.

12) Dentro da casa, também é possível viver uma experiência gastronômica incrível no restaurante John Wayne.

13) A estrutura da casa foi pensada para gerar maior conforto à sua noite. Caixas e bares em vários pontos; chapelaria e lojinha de roupas e acessórios; bagueteria e hamburgueria, além de espetos; bilhar e camarotes no segundo andar; isso sem contar com as 2 pistas com música ao vivo, uma mais acústica, voz e violão, e outra com uma banda completa!

14) O Villa Country capricha nas festas e datas temáticas como Carnaval, Festa Junina e Halloween, desde a fachada até a caracterização da casa! Arrasta multidões com seu trio elétrico sertanejo no Carnaval; empolga com as barraquinhas de comida e brincadeiras típicas da Festa Junina, além da quadrilha tradicional; aterroriza no Halloween, com atores contratados, concurso de fantasia e premiações imperdíveis!

15) A casa tem uma banda própria, a Villa Country Band, que tem 3 álbuns próprios com várias músicas autorais!

16) O Villa Country oferece aulas de dança Country antes do show e personal dancers na pista durante a noite.

17) A história da música Country e Sertaneja no Brasil e a história do Villa Country estão interligadas, caminhando juntas! São 18 anos lançando sucessos e alavancando carreiras, fazendo grandes parcerias e mantendo o country e o sertanejo sempre vivos, desde o modão, passando pelo sertanejo 90 e até o universitário.

18) E acima de tudo, o Villa Country está há 18 anos promovendo alegria e encontros de pessoas. Aqui, muitas amizades começaram e muitos casais se formaram. Muitas pessoas tiveram momentos únicos em suas vidas na nossa casinha de madeira: despedidas de solteiro/a, primeiros encontros, pedidos de casamento, pais trazem os filhos e filhos trazem os pais. São 18 anos unindo pessoas através da música e da diversão e que venham muitos anos e muitas histórias mais!

Sobre o Villa Country:

A casa mais sertaneja do Brasil comemora sua maioridade em julho de 2020. Com um projeto visionário, a Villa Country abriu suas portas em 2002, tendo como primeira dupla a fazer um show, ninguém menos que Rionegro e Solimões. Pioneira, tornou-se referência e, seguramente, contribuiu para que a música sertaneja se tornasse a potência que é nos dias atuais. Poucas casas noturnas alcançam vida tão longa e tão cheia de boas histórias, com shows inesquecíveis dos maiores artistas do segmento no país. Com público fiel, a Villa Country recebe semanalmente cerca de doze mil pessoas - em dias de apresentações de artistas conhecidos do grande público, esse número pode dobrar.

O Villa Country é a maior e mais tradicional casa temática do Brasil, opção para quem quer curtir boa música sertaneja, que navega no country, sertanejo de raiz, moda de viola até o famoso sertanejo universitário. Sua fachada reproduz um cenário de filme de Velho Oeste. Em seu espaço, há ambientes como a Praça Sertaneja, Saloon, Praça Caipira e Praça do Cavalo, que dão charme ao local, com destaque para o Restaurante John Wayne, que além de trazer o sabor da comida texana, garante conforto para seus clientes que preferem um clima intimista.

São 12 mil m² divididos em casa de shows, restaurantes, pista de dança, mesas de bilhar, cachaçaria, loja de roupas, café, sete bares, camarotes, espaço para convenções e a rádio Villa Country FM, comprometida em tocar música de qualidade.

Muitos nomes tiveram a casa como seu placo principal em seus primeiros shows de carreira. Cristiano Araújo Zé Neto e Cristiano, Luan Santana, Jorge e Mateus foram só alguns nomes que passaram pelos palcos da balada quando estavam no início de carreira. “O Villa Country é o tipo de casa que leva a cultura sertaneja adiante. Ela abre as portas para os artistas iniciantes e os coloca na vitrine para o público. Vida longa a essa casa tão importante”, completa Rionegro.

Sobre Yasmin Santos

Vinda da periferia do Guarujá tornou-se conhecida em sue primeiro lançamento, “Saudade Nível Hard”, de lá para cá só cresce. Com pouco mais de dois anos de carreira, Yasmin dividiu o palco com Marília Mendonça, Wesley Safadão, Maiara e Maraisa e Gustavo Mioto em seu mais recente trabalho.

Sobre Diego e Arnaldo

Diego e Arnaldo foram descobertos na cena musical de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, eles contam com um público fiel, participativo, que canta e se emociona durante todo o repertório, que já inclui sucessos como: “Regras”, com mais de 70 milhões de execuções entre Spotify e Youtube; “Se Eu Te Procurar” e “Sofri Em Dobro”. Os dois seguem fazendo sucesso por onde passam, incluindo recorde de público em eventos em Palmas, Campo Grande, Cuiabá e Goiânia, além de serem figuras constantes em grandes festivais como Rio Preto Country Bulls e Ribeirão Country Festival. Em agosto de 2019 fizeram sua estreia no palco principal de Barretos e foi a realização de um sonho tanto para a dupla como para o escritório Mega Produções Artísticas. “Foi inesquecível estar naquele palco e ver todas as pessoas cantando junto com a gente”, descreve Arnaldo.

Sobre Rionegro e Solimões

Rionegro e Solimões completou no dia 1 de Abril, 31 anos de carreira levando nas costas o lema "Bote um sorriso na cara e mande embora a solidão", Rionegro e Solimões chegam a essa marca sendo uma das duplas mais respeitadas do Brasil, colecionando números extremamente satisfatórios. Entre coletâneas e registros de sucesso, eles somam mais de 300 músicas gravadas, 19 CDs e 4 DVDs.  Nestes anos, já subiram no palco mais de 7.000 vezes, venderam mais de 13 milhões de cópias e bateram recorde de público em festas de peão. Como reconhecimento, receberam dezenas de discos de ouro, prata, platina e platina dupla. Em tempo: eles foram os segundos artistas nacionais a gravarem um DVD no Brasil. O primeiro foi Caetano Veloso. Alguns de seus sucessos fizeram parte da trilha sonora das novelas Laços de Família ("Peão Apaixonado", 2000), Cabocla ("Floresce", 2004), América ("Na Sola da Bota", 2005) e A Favorita ("Vida Louca, 2008).

Live - 18 anos de Villa Country - Encontro de Gerações

Data: 18/08/2020 sábado
Horário de início: 19h
Transmissão pelos canais oficiais:

Villa Country
https://www.youtube.com/VillaCountryOficial

Rionegro e Solimões
https://www.youtube.com/user/rnegroesolimoes

Yasmin Santos
https://www.youtube.com/yasminsantosoficial

Diego e Arnaldo
https://www.youtube.com/DiegoeArnaldo

Restaurantes do Shopping Mueller voltam a atender por delivery

Clientes podem pedir pelo James, Ifood, Rappi, Uber Eats ou 99 food

Nesta quinta-feira (9), o Governo do Estado do Paraná autorizou o funcionamento dos restaurantes dentro dos shoppings para atendimento de delivery. Para a proteção dos clientes, que estão em casa neste momento de isolamento social, os restaurantes do Shopping Mueller estão atendendo através dos serviços de entrega.

São diversos pratos para almoço, lanche ou jantar, em que o pedido é feito virtualmente, através dos principais aplicativos de entrega. Os restaurantes que operam por delivery são: 10 Pastéis (Ifood); Aroma's Gastronomia (Ifood); Bacio di Latte (Ifood); Bubble Kill (Rappi, James e Ifood); Burger King (Ifood e Uber Eats); Camarão Express (Ifood, Rappi e James); Chef Vergé (Ifood); Dark Sugar (Whatsapp (41) 9 8870-5436); Freddo Gelateria (James e Rappi); Its Grill (Ifood); KFC (Uber Eats); Mambembe (Ifood); Maria Açaí (Ifood); Mc Donald's (Ifood, James, Uber Eats e Rappi); Mustang Sally (Ifood); Nutty Bavarian (Ifood); Outback (Ifood); Oven (Rappi, Ifood, Uber Eats e 99 food); Pecorino (Ifood); Pizza Set (Rappi e Ifood); Pop Corn Gourmet (James); Spedini (Ifood); Spoleto (Uber Eats, Rappi e Ifood); Subway (Ifood e Uber Eats); Tasty Salad Shop (James e Ifood); e Zapata (Rappi, Ifood e 99 food).

Os aplicativos de delivery podem ser baixados gratuitamente pela plataforma de download do smatphone, Apple Store ou Google Play. O Shopping Mueller disponibiliza a lista atualizada dos restaurantes no site www.shoppingmueller.com.br.

SERVIÇO:
Shopping Mueller
Local: Avenida Cândido de Abreu, 127 - Centro Cívico, Curitiba (PR)
Telefone: 41 3074-1000
Informações: www.shoppingmueller.com.br
Facebook: www.facebook.com/MuellerCtba
Instagram: @muellercwb

Bazar de Moda Beneficente do Somos + Arq. PR, em parceria com os shoppings, arrecada mais de R$39 mil

O bazar contou com a participação das lojas do Shopping Mueller, ParkShoppingBarigui e Pátio Batel, que doaram peças para serem leiloadas, além de lojas de rua e designers autorais locais. Todo o valor arrecadado será destinado para a compra de cestas básicas.

A rede “Somos + Arq. PR” irá expandir ainda mais sua atuação na cidade com a nova arrecadação. Em parceria com o Shopping Mueller, ParkShoppingBarigui e Pátio Batel, o grupo promoveu um Bazar de Moda Beneficente online que contou com peças doadas pelas lojas parceiras, além de lojas de rua e designers autorais locais, e arrecadou R$39.754,20. Todo o valor adquirido será destinado para a compra de mais de 900 cestas básicas.

Semanalmente, o grupo de arquitetos e designers se reúne para fazer a entrega de alimentos e kits de higiene para as comunidades de Curitiba e Região Metropolitana. Desde o início do projeto, já foram distribuídas 163 toneladas de alimentos, sendo 10.927 kits entregues, entre cestas básicas, itens de higiene, máscaras, álcool gel e panfletos informativos sobre o Covid-19.

De acordo com o arquiteto Jayme Bernardo, à frente do projeto no Paraná, o resultado do bazar de moda trará um impacto muito grande e importante para a cidade. “Com esse valor vamos conseguir ajudar mais de 4 mil pessoas. Agradecemos a todos que se engajaram nessa causa e ajudaram de alguma forma a fazer a diferença na vida de quem mais precisa. Juntos podemos ir mais longe e é o que estamos fazendo”.

Os interessados em colaborar com a ação, também podem realizar depósitos de qualquer valor na conta conjunta: Bradesco (237), agência 5753 e conta corrente nº 20.861-2. O CPF para a transação é 462.689.369-49, do arquiteto Jayme Bernardo. As cestas básicas têm um custo médio de R$65, mas qualquer valor está sendo arrecadado.

Sobre Somos + Arq. PR

O “Somos + Arq. PR” é uma rede de arquitetos e designers, liderados no Paraná por Jorge Elmor, Jayme Bernardo e Elaine Zanon, em uma ação nacional, buscando ajudar famílias carentes no período de pandemia. No Paraná, o grupo é formado por mais de 200 arquitetos e designers de todo o estado.

Somos + Arq. PR
Site: http://somosmaisparana.guimuller.com.br/
Instagram: https://www.instagram.com/pr.somosmais.arq/
Arrecadações:
Bradesco (237) | ag. 5753 | conta corrente 20.861-2 | CPF: 462.689.369-49

Conheça os esmaltes que são apostas para o inverno

Dos clássicos ao Tie dye, brincar com as cores virou febre no mundo todo
Tie dye
A temporada de inverno chegou e com ela, cores frias e tons escuros ganham a vez nas unhas das mulheres mais clássicas. Já para quem gosta de se jogar nas tendências, já deve ter notado que o tie dye também chegou com tudo no universo nail art. No mundo todo, 'fazer as unhas' ganhou um outro significado: usar a criatividade para expor a personalidade. Apostar sem medo nos marrons, cinzas, vermelhos puxados para o vinho e o azul escuro, já é de se esperar, mas vale lembrar que não está proibido mesclar os desenhos e artes com tons abertos, como rosa, vermelho e até com as cores mais claras.

As cores que a Haskell lançou há pouco tempo, são ideais para quem gosta de ousar e brincar com as unhas. Os produtos, além de cruelty-free, também são veganos e possuem secagem rápida. A linha conta com mais de 45 cores, além de uma base de biotina para auxiliar no fortalecimento e um extra brilho poderoso.

Encontre a Haskell:
www.haskellcosmeticos.com.br
IG: @haskelloficial

Semana da Pizza: Domino’s usa detector de mentiras para teste com consumidores

Campanha ‘Bom pra K*Alho’ inclui pizza de pão de alho no cardápio de toda as lojas

Atendendo a pedidos, pizza de Pão de Alho para todo o país! No mês em que se comemora o Dia da Pizza (10.06), a Domino’s - maior rede de pizzarias do mundo - inclui no cardápio o sabor comemorativo da sua loja 300, que foi inaugurada em março, em São Paulo. Para lançar nacionalmente essa paixão dos brasileiros, a rede promoveu um verdadeiro interrogatório – com uso de um polígrafo - a um time de consumidores. A ideia era testar e aprovar o novo sabor, mas as reações foram tão engraçadas que acabaram virando uma campanha. As cenas com o detector de mentiras estão nas redes sociais, sem cortes, mostrando como os voluntários reagiram.
“Sabe o que é melhor do que pão de alho? PIZZA DE PÃO DE ALHO! É BOM PRA K*ALHO! Tão bom que batizamos assim a nossa campanha”, diz Edwin Junior, diretor de Marketing da Domino’s Brasil. “Impossível dizer que não gostou! Não adianta mentir sobre essa delícia e o teste do polígrafo mostra justamente isso”.
Os testes acontecem em um ambiente misterioso, no melhor estilo das séries investigativas americanas, com um psicólogo forense especialista em trazer verdades. A ação foi pensada pela Avellar Media e foi gravada antes da pandemia. A pizza de pão de alho estará disponível por tempo limitado, até 31 de julho, e custa R$ 29,90 (pizza média, massa tradicional ou fina).
“Esse sabor especial foi lançado em março, somente para a loja 300, mas não queremos nenhuma outra restrição para quem já está em casa, mantendo a quarentena. Por isso, durante o mês de julho, todo mundo vai poder experimentar”, explica Edwin.
Para o CEO da Avellar, Rapha Avellar, a Domino's enxerga valor na ousadia.
"A principal tese do filme do polígrafo para a Domino's também é uma das teses que rege a Avellar: criar conversas interessantes e atrair atenção dos consumidores de forma orgânica. É sensacional trabalhar com marcas que enxergam o valor da ousadia. A Domino's é um grande exemplo disso".

5'' - https://youtu.be/nCLpDjouPPM
15'' - https://youtu.be/H0JiNQO8gqc
30'' - https://youtu.be/phXKavPx4C4
60'' - https://youtu.be/b7RHX96c6Bs

Sistema de Transmissão Gralha Azul movimentará 5 mil vagas de emprego

Vagas de trabalho serão distribuídas entre municípios que receberão as obras

Curitiba, julho de 2020 - As obras do Sistema de Transmissão Gralha Azul, da Engie, estão em execução no Paraná desde o mês de setembro de 2019. Com investimento de R$ 2 bilhões, o projeto irá movimentar cinco mil vagas de emprego quando no pico de execução, ainda em 2020. Ao todo, são cinco novas subestações, cinco ampliações de subestações e quinze linhas de transmissão, o Sistema deverá estar concluído em 2021, com a operação escalonada prevista para iniciar em julho.
Com aproximadamente 1.000 km de extensão, o ST Gralha Azul passará por 27 municípios do Centro-Sul e Centro-Oriental paranaense, sendo sua maior parte na região dos Campos Gerais. Em Ponta Grossa, por exemplo, na região da Colônia Moema, entre o rio Tibagi e a estrada de terra que liga a Estrada José Kalinoski e a BR-373, está sendo construída a maior subestação do Gralha Azul, a Subestação Ponta Grossa, que receberá um investimento de aproximadamente R$ 200 milhões para sua construção. Em um terreno de quase 230 mil m², será implantado o pátio da subestação (SE), com aproximadamente 62 mil m². Essas dimensões são necessárias porque a SE Ponta Grossa será constituída por dois setores, um em 525 kV e outro em 230 kV. “Essa é uma subestação muito grande e por dar condição de escoamento a todas as demais linhas de transmissão foi a primeira a ser iniciada. As obras civis da subestação Ponta Grossa seguem em ritmo acelerado em 2020, sendo que no segundo semestre deve ser iniciada a montagem eletromecânica dos equipamentos”, informa Márcio Daian Neves, diretor de implementação do Sistema de Transmissão Gralha Azul.
Somente no município de Ponta Grossa, são mais de mil colaboradores trabalhando no momento – na implantação das linhas de transmissão e da subestação. As obras estão sendo realizadas pela construtora Tabocas, empresa especializada na construção de linhas de transmissão, e no caso das subestações, também contam com a atuação da Siemens, multinacional com grande expertise no setor elétrico. “O projeto prevê que no pico das obras teremos em torno de 5 mil trabalhadores, diretos e indiretos, distribuídos em diferentes frentes de serviços”, destaca Marcio Neves.

Vagas de trabalho serão ‘pulverizadas’ junto aos municípios que receberão as obras
As vagas estão sendo geradas de forma gradativa e ‘pulverizadas’ junto aos municípios que receberão as obras. Hoje temos mais de 2.800 trabalhadores atuando, e esse número deve crescer com o aumento do volume das obras ao longo do ano”, destaca o diretor.
As vagas de trabalho estão sendo ofertadas por agências e o processo de contratação vem sendo feito pela empresa construtora, a Tabocas. A empresa geralmente aproveita os bancos de currículos do SINE e Agências do Trabalhado locais. “A construtora está consolidando as parcerias com as agências de intermediação de mão-de-obra locais desde o início de janeiro, fazendo ampla divulgação pelos quais os candidatos podem acessar as vagas”, relata.
Quanto à qualificação dos profissionais demandados, no primeiro semestre as contratações focaram em trabalhadores da construção civil. “Já para o segundo semestre, quando se iniciam as atividades de montagem eletromecânica das linhas de transmissão e subestações elétricas, devem iniciar as contratações de eletrotécnicos e montadores, vagas que requerem um pouco mais de conhecimentos específicos”, afirma Neves.

Aumenta a necessidade de energia no Estado do Paraná

O Sistema de Transmissão Gralha Azul vem ao encontro da necessidade crescente de energia no Estado do Paraná. “O objetivo do projeto é melhorar a oferta e a qualidade de energia para o Centro-Sul do estado, principalmente. O projeto é oriundo de um estudo da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), liderado pela ANEEL, que estuda carências energéticas. Realizado em 2016, esse estudo mostra que aqui existe uma lacuna no sistema local de transmissão que dificulta o escoamento. Por exemplo: toda a geração da usina de Itaipu, atualmente, vai para São Paulo e depois volta para o Paraná. Por isso, o projeto interligará Ponta Grossa à Ivaiporã, trazendo essa energia para a subestação Ponta Grossa, de onde sairão diversas outras linhas de transmissão permitindo maior capilaridade”, explica o diretor.
O estudo da EPE mostrou que já em 2018 o Estado do Paraná enfrentaria uma grande dificuldade energética. Essa carência pode ser percebida, ao longo dos últimos anos, principalmente no setor de agronegócios e industrial, que têm sofrido grandes oscilações. “Com o sistema em operação, além do reforço energético, que trará mais qualidade e maior oferta de energia ao Estado, o ST Gralha azul também oportunizará que aquelas regiões nas quais a oferta de energia era baixa, passem a ter condições de atender às necessidades de indústrias e empreendimentos trazendo, com isso, novos negócios, geração de empregos e desenvolvimento para os municípios”, destaca Neves. “O ST Gralha Azul é sim um grande projeto, um projeto importante e necessário não só para os paranaenses, mas para os brasileiros. Com a demanda energética crescendo – e todos vemos esse impacto diariamente em nossas casas, empresas, escolas, hospitais – é preciso que o sistema de transmissão seja efetivo, seguro e confiável para garantir não só uma energia mais barata para a sociedade, mas, sim, que não falte energia e que as cidades do estado possam se desenvolver”, completa.

Preocupação Ambiental

O Sistema de Transmissão Gralha Azul foi projetado, assim como todos os projetos da Engie, com todo zelo e cuidado na preservação do meio ambiente, que além das matas nativas se preocupou também na salvaguarda das espécies de fauna e flora, bem como a proteção da cultura e história do Paraná.
A preocupação da empresa é causar o menor impacto possível. O respeito ao meio ambiente está entre os compromissos fundamentais da ENGIE, refletido em suas políticas e práticas – o que inclui o desenvolvimento de todos os seus projetos, como o ST Gralha Azul. Por isso, a Companhia conta com dezenas de profissionais, das mais diversas formações, dedicados exclusivamente à área socioambiental, de modo a garantir a conformidade legal das atividades e também a adoção de boas práticas, que ultrapassam o exigido pela legislação, em caráter voluntário.
No caso do Sistema de Transmissão Gralha Azul, por se tratar de um projeto de Utilidade Pública, a ENGIE obteve, junto aos órgãos responsáveis todas as autorizações e licenças ambientais necessárias, as quais permitem a supressão de vegetação que porventura seja necessária para a implantação do Sistema de Transmissão, onde não houver alternativa locacional. Quando necessária, essa atividade é realizada com a devida autorização do órgão ambiental, acompanhada de uma série de cuidados para minimizar o impacto ao meio ambiente, à comunidade e aos proprietários das áreas envolvidas.
Conforme preveem as licenças ambientais concedidas ao ST Gralha Azul, ao longo de toda a implantação do projeto, diversos programas ambientais estão sendo implantados nas regiões de implantação. “Como, por exemplo, o monitoramento de flora, fauna e resgate de germoplasma, resgate e monitoramento arqueológico, gestão ambiental, educação ambiental, programas ambientais que supervisionam a construção, programas de recuperação de áreas degradadas, entre outros, de forma a minimizar, mitigar ou compensar os impactos do projeto”, explica Marcio Neves. O acompanhamento dos trabalhos de recuperação é contínuo, tanto nas áreas a serem recuperadas, quanto nas áreas já em processo de recuperação.
O diretor de implementação do projeto destaca que, adicionalmente, será efetuada compensação ambiental, por meio de desenvolvimento de ação a ser definida pelo órgão licenciador em conformidade com as diretrizes previstas na Lei nº 9.985/2000, que institui o Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC). Além desta, ressalta-se também a execução de compensação ambiental estabelecida pela Lei nº 11.428/2006, denominada Lei da Mata Atlântica, que trata das compensações decorrentes da supressão de vegetação primária ou secundária nos estágios médio ou avançado de regeneração do Bioma Mata Atlântica, bem como a reposição florestal, determinada pela Lei n° 12.651/2012, que institui o Código Florestal
Entre os impactos sociais positivos do Sistema de Transmissão Gralha Azul – para além da contribuição ao desenvolvimento econômico por meio do suprimento de energia – está a geração de oportunidades de emprego nas áreas de construção civil, saúde e segurança do trabalho, ambiental e do terceiro setor, com priorização para a contratação de mão de obra local. “Cabe ressaltar também que empreendimento está sendo realizado com total transparência, principalmente junto às comunidades adjacentes por onde as linhas passam, que desde a fase de estudos puderam esclarecer dúvidas e vêm sendo informadas sobre as etapas de construção, por meio do desenvolvimento dos programas de comunicação social e sensibilização ambiental. Para tanto, foram realizadas audiências e reuniões públicas e implantadas diversos mecanismos de comunicação social, incluindo ouvidorias”, complementa o diretor.

Sobre o empreendimento da Engie no Paraná
Trata-se de uma concessão federal. A Engie venceu o Leilão de Transmissão da Aneel em 2017 e conquistou a concessão. Após, iniciou diversas etapas para obter as licenças ambientais, declarações de utilidade pública e também começou as negociações com diversos proprietários e comunidades. Essa concessão é de 30 anos e começou com a assinatura do contrato em março de 2018. Até o término do projeto, previsto para setembro de 2021, as obras devem gerar aproximadamente 5 mil empregos diretos e indiretos por meio do investimento de aproximadamente R$ 2 bilhões.

Méqui oferece promoção para o Dia Mundial do Chocolate

Para comemorar a data, consumidor poderá comprar dois McFlurry Exagero Kopenhagen pelo preço de um ou levar a sobremesa gratuita na compra de uma McOferta Média

Para celebrar o Dia Mundial do Chocolate (7/7), o Méqui preparou duas deliciosas promoções para o McDelivery via iFood ou UberEats. Para os amantes da sobremesa, a pedida é a promoção dois McFlurry Exagero Kopenhagen pelo preço de um. Já quem quer curtir um Méqui no Sofá completo, pode escolher uma McOferta Média Big Mac, Cheddar McMelt, Quarterão ou McChicken, e levar um McFlurry Exagero Kopenhagen gratuito para acompanhar.

Vale lembrar que não é à toa que a sobremesa foi escolhida para homenagear a data. Composto de mix de baunilha, pedaços de chocolate ao leite Kopenhagen, pepitas dark Kopenhagen e calda de chocolate, o McFlurry Exagero é a pedida certa para aproveitar o dia.

A promoção será válida em todas as regiões cobertas pelo UberEats e pelo iFood. Para conferir os restaurantes participantes, acesse: https://cupons.mcdonalds.com.br/ifood

https://cupons.mcdonalds.com.br/ubereats

Fique por dentro das novidades pelo site: https://www.mcdonalds.com.br.

Sobre a Arcos Dorados

A Arcos Dorados é a maior franquia independente do McDonald’s do mundo e a maior rede de serviço rápido de alimentação da América Latina e Caribe. A companhia conta com direitos exclusivos de possuir, operar e conceder franquias locais de restaurantes McDonald’s em 20 países e territórios dessas regiões. Atualmente, a rede possui quase 2.300 restaurantes, entre unidades próprias e de seus subfranqueados, que juntos empregam mais de 100.000 funcionários (dados de 31/3/2020). A empresa também mantém um sólido compromisso com o desenvolvimento das comunidades nas quais está presente e com a geração de primeiro emprego formal para jovens, além de utilizar sua escala para impactar de maneira positiva o meio-ambiente. A Arcos Dorados está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ARCO). Para saber mais sobre a Companhia por favor visite o nosso site: www.arcosdorados.com

Isolamento social aumenta prática de exercícios em casa

Especialista em fisiologia do exercício alerta para problemas na realização de atividades sem supervisão

Com academias fechadas pelo decreto municipal da SESA, devido a pandemia da COVID-19, muitas pessoas estão realizando as atividades físicas em casa. Fazer um alongamento, uma aula online e realizar exercícios por conta garantem a saúde em dia, certo? Errado. Segundo o educador físico, especialista em fisiologia do exercício da Eden Clinic, Rogerio Morizine, se o exercício for feito de maneira errada, pode fazer o efeito inverso, trazendo problemas de saúde para os praticantes.

Segundo o especialista, uma atividade realizada sem supervisão pode potencializar um erro. “Forçar o bíceps, por exemplo, de maneira errada pode ocasionar uma tendinite, epicondilite ou até mesmo uma bursite”, alerta. O especialista lembra que cada corpo possui sua individualidade biológica, e o exercício deve favorecer o padrão mecânico de cada um. “Ter uma consciência corporal é essencial para realizar os exercícios de forma correta”, afirma.

Em casa, é importante realizar alongamentos frequentes, e priorizar o alongamento das articulações de quadril, joelho e tornozelo, que dão mobilidade para o corpo. Morizine lembra que o corpo humano possui cadeias de músculos, que vão dos pés à cabeça, e forçar o tornozelo de maneira errada pode interferir nos músculos da mastigação, por exemplo.

A dica do especialista é fazer um alongamento dinâmico. “Diferente do alongamento comum, no qual o corpo fica parado, o alongamento dinâmico envolve a movimentação de partes do corpo que, gradualmente, aumentam sua amplitude, mobilidade e lubrificação das articulações”, explica. Existem vídeos desse tipo de alongamento para quem deseja fazer em casa. “O importante é sempre ter o acompanhamento de um educador físico, para ensinar o indivíduo a realizar o movimento corretamente, com consciência corporal, para daí ele começar a praticar sozinho, em casa”, finaliza.

Sobre a Eden Clinic:

Sob o comando da médica Márcia Simões Kornin, a Eden Clinic atua no desenvolvimento de um plano de ação individualizado para cada paciente, que prioriza a saúde, longevidade e qualidade de vida, por meio do tratamento da fisiologia e harmonização hormonal. A clínica oferece equipe multidisciplinar, com o objetivo principal do equilíbrio entre o corpo e a mente, com atendimento psicológico, nutricional e estético, e também consultoria esportiva presencial e online com personal trainer, além da técnica japonesa Seitai, que realiza a harmonização da estrutura óssea, auriculoterapia, e massoterapia, com o método Renata França e de liberação miofascial.

www.edenclinic.com.br

Brasileiro Marcel Adur renova contrato com o BRAVE CF

Distrito de Seef, Bahrein - 6 de Julho de 2020

Um dos melhores pesos moscas no plantel do BRAVE Combat Federation, o brasileiro Marcel Adur acaba de ampliar seu vínculo com a principal organização de MMA do Oriente Médio, com base no Bahrein.

Um veterano do BRAVE CF, Adur tornou-se uma estrela da organização ao longo de uma extensa trajetória dentro do evento, que começou em março de 2017, quando ele fez sua estreia, vencendo o mexicano Ivan Lopez por nocaute técnico.

De lá para cá, Adur colecionou um cartel de quatro vitórias e somente uma derrota dentro do show, com três desses triunfos vindo por nocaute ou nocaute técnico. O brasileiro lutaria pelo título mundial no último mês de novembro, mas a luta diante do norte-americano José “Shorty” Torres acabou sendo cancelada após Torres se retirar do combate.

Em sua última aparição no cage do BRAVE Combat Federation, Adur superou o compatriota Marlon Derik, em decisão unânime dos jurados. O combate foi realizado em Belo Horizonte (MG), no card principal do BRAVE CF 25, em agosto de 2019.

Mesmo sem competir desde o segundo semestre do ano passado, Adur vive a expectativa de retornar à ação e, é claro, com o cinturão de campeão mundial peso mosca como seu maior objetivo.

“Olá, pessoal, eu estou muito feliz de assinar minha renovação com o BRAVE CF. Mal posso esperar para estar de volta, lutando novamente. Meu objetivo permanece sendo o cinturão. Esse título vai estar comigo muito, muito em breve!”, comentou Marcel ao falar sobre o novo acordo.

Compras pela internet ganham força durante a pandemia  e ajudam a movimentar a economia local.

Compras pela internet ganham força durante a pandemia
e ajudam a movimentar a economia local.

As vendas pela internet (e-commerce), cresceram muito durante a pandemia que enfrentamos do coronavírus. E os esforços de diversos empresários do Paraná, para que a economia não pare por completo, é incansável. Claro, que sempre respeitando as normas de segurança para conter os avanços da covid-19.
Com o último decreto publicado pelo Governo do Estado, comércios de rua e outros serviços não essenciais, estão fechados desde a última quarta-feira, 01/07, pelo período de quatorze dias.
Neste cenário, cresce cada vez mais as compras pela internet, tornando-se a melhor opção de venda, pois o consumidor recebe seu produto em casa, com o menor contato físico possível, garantindo a segurança de quem vende e de quem compra. E o melhor, movimentando a economia.
Até as pessoas que tinham resistência pelas compras online, passaram a dar uma chance a essa modalidade. Essa mudança de comportamento, é principalmente para aqueles que não tinham muita experiência na internet, e com a pandemia precisaram buscar outras opções de compra, inclusive em serviços locais.
Segundo dados do Sebrae, a visita a páginas de utensílios domésticos por exemplo, teve um aumento de 33%, e está entre as que mais cresceram durante a pandemia.
A marca paranaense Daju, que é a maior da região nos departamentos em que atua, e é referência em itens para a casa, aponta um crescimento no seu e-commerce. Segundo o diretor da marca, Roger Karsten Lorenz, os clientes da Daju, já acostumados a frequentar as lojas físicas, também demonstram satisfação pela loja virtual. “Neste momento estamos atentos as necessidades dos nossos clientes, para saná-las da melhor maneira, através do nosso e-commerce, como fazemos sempre em nossas lojas”, garante Roger.
A Daju é Especializada em cama, mesa, banho, tapetes, cortinas, sofá, utilidades, presentes, eletroportáteis, tecidos e homewear, e o cliente pode comprar através do site daju.com.br na aba “loja virtual”.
Vale lembrar que neste momento, o e-commerce não vende apenas produtos, ele envia a solução, tornando-se essencial para milhões de famílias, que estão nas duas pontas desse serviço. As que precisam comprar seus produtos, para garantir o bem estar de suas famílias, e aquelas que dependem dele para trazer o sustento delas.

Plantas exóticas invasoras são retiradas do Parque Ambiental Salto da Pedreira

SPVS apresentará um plano de restauração ecológica para a revitalização da área

A presença das plantas exóticas consideradas invasoras nas florestas nativas, campos naturais e banhados é uma das principais causas de danos à biodiversidade. São plantas com capacidade de disseminação rápida e geram uma competição com as espécies nativas por território, água, luminosidade, nutrientes, até mesmo por polinizadores e dispersores, provocando desequilíbrio e, por fim, impactos ambientais negativos. As exóticas invasoras, muitas vezes, não permitem a recuperação do ambiente natural, dependendo da gravidade do que foi causado no ecossistema em que foi inserida.

A perda da biodiversidade afeta diretamente a sociedade que depende dos benefícios providos pela natureza, como, por exemplo, para regulação do clima no planeta, manutenção do ciclo de chuvas, proteção contra desastres naturais, formação e fertilidade dos solos, controle da erosão, armazenamento de carbono, ciclagem de nutrientes, disponibilidade de água e muitos outros.

Por esse motivo, a Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS) assinou um termo de cooperação técnica com a prefeitura municipal de Rio Azul (PR), em que estabelece parceria entre as duas instituições para o desenvolvimento de ações de restauração ecológica no Parque Ambiental Salto da Pedreira, por meio do Projeto Conexão Araucária. ‘‘Uma das técnicas que será utilizada no Parque é o manejo das espécies exóticas invasoras’’, diz a coordenadora do Projeto Conexão Araucária, Vitória Yamada.

Além disso, é importante que a população, sobretudo, os moradores da região e visitantes, entendam a importância deste processo, sendo o parque um local ideal para divulgar essas informações e mostrar como se faz na prática. ‘‘A educação para as boas práticas de conservação é fase essencial no processo de restauração ecológica’’, afirma a bióloga.

De acordo com a coordenadora do projeto, as plantas exóticas invasoras podem surgir de modo acidental ou serem introduzidas propositalmente em propriedades ou áreas públicas. ‘‘Muitas são introduzidas por seu valor econômico, como é o caso do pinus, da ameixa-amarela, da uva-do-japão, para citar alguns exemplos, mas podem até ser trazidas por meio de solos, materiais contaminados ou plantas presas em rodas de veículos’’, afirma.

É relevante ressaltar que cada espécie tem seu potencial de invasão, ou seja, dependendo de suas características elas podem ser mais ou menos agressivas em cada ambiente. Algumas frutíferas, nas quais a dispersão de suas sementes depende de animais, podem ter menor alcance do que aquelas que espalham suas sementes pelo vento, como o pinus. No entanto, é importante garantir que o ciclo das espécies nativas seja completo, eliminando a concorrência com invasoras.

Após a retirada das espécies exóticas invasoras, que já está sendo feita pela prefeitura de Rio Azul, por conta da estação do ano que ajuda a ter menor dispersão, a SPVS vai apresentar o Plano de Restauração Ecológica, que prevê o plantio de mudas de espécies nativas, incluindo raras e ameaçadas de extinção, como a Araucária e a imbuia. O plano, que já está quase finalizado, deve ser aprovado pela prefeitura da cidade e, só então, colocado em prática pela instituição, revitalizando o local e trazendo o equilíbrio da biodiversidade novamente. O plantio acontecerá no período da primavera, por ter maiores chances de sucesso no desenvolvimento das espécies.

Para quem deseja contribuir para evitar a contaminação com espécies exóticas invasoras, Vitória Yamada recomenda: ‘‘Antes de plantar uma espécie em sua propriedade, conheça a origem e evite as invasoras’’, diz. ‘‘É preciso destacar que nem toda planta exótica é uma invasora, mas plantar nativas é sempre a melhor opção’’, conclui.

Esta iniciativa conta com financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e apoio da empresa JTI como principal parceiro no desenvolvimento das atividades.

Aprenda a fazer o Puchero, tradicional receita espanhola servida no Enjoy Punta del este

O puchero é um prato típico de inverno e ganhou fama e notoriedade principalmente na América do Sul, no Uruguai e Argentina. A receita é de origem espanhola e foi popularizada nessas regiões pelos imigrantes. Na França, o puchero poderia ser o cassoulet, na Itália, o bollito, e no Brasil seria mais parecido com o nosso cozido.

Independente da nomenclatura, a receita faz sucesso nas baixas temperaturas. Em geral, o prato entra no cardápio do restaurante Las Brisas, no Enjoy Punta del Esete, no mês de agosto. Mas enquanto aguardamos a reabertura do famoso resort uruguaio, vale conferir a receita do prato e tentar prepará-lo em casa.

O Puchero tradicional inclui, ossobuco, músculo, rabada, frango, linguiça, bacon, verduras e legumes cozidos, e de fundo, um caldo bem forte e temperado com especiarias e sal a gosto.

Veja como preparar:

Puchero uruguaio

- 1 kilo de Rabo de Boi

- 1 kilo de Ossobucco

- 500 gr. peito de boi

- 3 talos de alho poró

- 3 talos de aipo

- 1 ramo de salsa

- 2 Cebolas

- Sal a gosto

- ½ peito de Frango

- 4 cenouras

- 6 Batatas

- 4 unidades de Batata-doce

- ½ kilo de Abóbora cabotiá

- ½ kilo Abóbora moranga

- 500 gr. de feijão

- 4 unidades de Milho

- 300 grs de bacon

- Pimenta do reino

- 3 unidades de chorizo

Modo de prepraro

Lave e corte o alho-poró, o aipo, a cebola, a cenoura, a batata, a abóbora cobotiá, a abóbora japonesa, a batata e a batata-doce.

Em uma panela grande com água fria, coloque o peito de boi e o ossobuco, junto com o olho-poró, o aipo, a cebola e a salsa. Adicione o frango. Cozinhe a chorizo de porco por 20 minutos e reserve.

Depois de cozida as carnes, adicione a batata, a batata doce, o milho, a linguiça de porco e o bacon. Adicione o feijão e cozinhe por mais 20 minutos.

Aproveite o puchero!

Sobre o Enjoy Punta del Este

Localizado em Punta del Este, um dos mais belos destinos da América Latina, o Enjoy Punta del Este Casino & Resort foi inspirado nos grandes hotéis cassino de Las Vegas. O resort, que iniciou suas operações em 1997, dispõe de 294 apartamentos, todos com vista para o mar, projetados para acomodar os mais diversos perfis de hóspedes. Entre eles, estão as 41 suítes de varanda ampliada, de onde pode ser observado um panorama privilegiado de todo o litoral da região.

O hotel oferece serviços completos, desde Spa, Fitness Center, piscinas cobertas e outdoor, bares e restaurantes, grande estrutura para eventos e convenções para até 5.000 pessoas. Entre as atrações está a boate Ovo Restaurante& Nightclub, e um parador na praia chamado Ovo Beach, com uma proposta gastronômica e de entretenimento única. Além do cassino, que é considerado o maior e mais importante da América Latina, com uma superfície total de 4.000m², dois clubes Vip’s para clientes exclusivos e a única sala de Texas Hold’emPoker da região.

Para a comodidade dos hóspedes, o resort também possui centro de recreação para crianças, reserva de carros e passeios.

Bond Metal Estruturas Metálicas

Somos uma empresa especializada em Estruturas Metálicas e atuamos fortemente no mercado atendendo todo o Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro e oferecemos serviços de fabricação, instalação e manutenção de:
- Quadras poliesportivas completas;
- Coberturas Metálicas;
- Barracões;
- Mezaninos;
- Escadas de Incêndio/Metálicas;
- Corrimões e guarda corpos;
- Torres Metálicas (Iluminação e Telecomunicações);
- Tapumes;
- Alambrados (GRADIL) e telas;
- Outdoors (estrutura metálica);
- Concertinas;
- Estruturas de reforço metálico;
- Portões e painéis.
Assista a "Inauguração Campo de Futebol - Volvo - Viking" no YouTube: https://youtu.be/lS4ywFv-IjQ
Faça-nos uma visita ( no nosso site em "galeria"), ou consulte-nos. Teremos o maior prazer em atendê-lo.
Atenciosamente,
bondmetal.com.br
(41) 3239-2244 / (41) 9 9689-0197

CFO: Da governança ideal para a governança que precisamos

Muita gente vem se perguntando para que serve, afinal de contas, a governança corporativa. Pois várias empresas reconhecidas como modelo por seus pares, se envolveram em escândalos recentes ou vem sofrendo abalos nesta crise atual.

Então vem a pergunta: a governança não resolve todos os meus problemas? Eu, com quase 20 anos de experiência na área e anteriormente em finanças, afirmo, meu caro e ingênuo leitor: não! Ela nem foi desenhada para isso; como costumo dizer: não existe uma governança Tabajara (lembram-se? Seus problemas acabaram; comprem produtos Tabajara...). O que aprendemos no mundo empresarial e de consultoria é que se você automatiza um processo problemático, a única certeza é que os erros ocorrerão mais rapidamente, pois agora o processo é mais curto. Você não conserta um problema automatizando-o; logo, não pode “melhorar” uma empresa simplesmente porque instalou um conselho consultivo ou de administração.

Costumo dizer que o conselho de administração dá o tom (para o bem e para o mal) de uma organização; se for composto por profissionais de alto calibre e experiência, mas também com liberdade para trabalhar e sem interferências políticas ou familiares, pode, sim, ser a solução para os seus problemas; mas não estou afirmando que todas as empresas devem instalar um conselho de administração ou consultivo, para funcionar melhor.

Tampouco estou dizendo que todas precisam das mesmas respostas, afinal, as perguntas são diferentes para cada uma; é possível que a solução para uma empresa seja a retirada da família da gestão; para outra, pode ser simplesmente a profissionalização da família; outra ainda pode se beneficiar da simples instalação de um conselho consultivo; ou seja: aquela velha máxima ainda é válida: não existe um sapato que sirva a todos os tipos e formatos de pé.

É possível, portanto, que uma organização precise de mais gestão, outra de mais governança, outra de otimização de processos; outra pode se beneficiar da troca de pessoas; outra ainda pode ver sua performance melhorar com a adoção de algumas poucas práticas de governança; enfim, e sem querer recorrer a um chavão conhecido, mas neste caso ele é aplicado: cada caso é um caso, ou como dissemos no título: não existe uma governança ideal, que sirva a todos, mas uma governança que você precisa em sua organização, neste momento. Até porque em outro estágio as respostas serão outras e as perguntas ou demandas, certamente também serão diferentes

Em resumo, procure instalar as práticas necessárias que sua organização demanda neste momento de crise e não a que ela vai precisar no futuro, pois como se sabe: o curto prazo (sobrevivência) vem antes do longo prazo (crescimento e estabilidade).

Carlos Alberto Ercolin é professor da disciplina de Governança Corporativa e Conflitos de Agência do Programa CFO UP IBEF-PR, na Universidade Positivo; é professor também de vários programas de pós-graduação no Brasil, Argentina e Caribe; coordenou o Capítulo PR do IBGC; é Conselheiro de Administração e Fiscal em várias empresas.

O Programa CFO UP IBEF-PR

O Programa CFO tem como objetivo aperfeiçoar os profissionais de áreas como Economia, Ciências Contábeis e Administração em especialistas nos assuntos voltados a finanças, negócios e liderança. Uma parceria entre o Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (IBEF) e a Universidade Positivo, o curso será totalmente online em 2020, com módulos dedicados para a formação de Chief Financial Officer (CFO).

Matrículas abertas

Aulas ao vivo

Inscrições: até o dia 11/07

Início das aulas: em 16/07

Descontos: 30% de desconto para alunos ou ex-alunos da Universidade Positivo e 10% de desconto para associados do IBEF-PR

Faça já a sua inscrição no site:

https://universidade.up.edu.br/cursos_livres/cfo-up-ibef/

SOBRE O IBEF-PR

O Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Paraná (IBEF-PR) é uma instituição sem fins lucrativos, que congrega executivos de finanças dos vários segmentos da atividade econômica do Paraná: executivos das áreas de indústria, comércio, consultorias, empresas de serviços, auditorias, instituições financeiras (bancárias e não-bancárias) e instituições governamentais.

Através de seus comitês de Finanças, Compliance e Riscos, Tributário e Empresarial, Inovação e Desenvolvimento de Executivos, o IBEF-PR realiza vários eventos, discussões e compartilha conhecimento para contribuir com o desenvolvimento dos profissionais de finanças do Paraná.

VINHO POR UM ANO INTEIRO

Ação lançada no Dia do Vinho Brasileiro vai premiar cinco apreciadores de vinhos, um deles com 12 caixas de vinho, 72 garrafas das 26 regiões produtoras brasileiras

Apreciadores de vinhos de diversas regiões do país estão compartilhando suas histórias com o vinho brasileiro para concorrer a 72 garrafas das 26 regiões produtoras existentes no Brasil. Isso mesmo, serão 12 caixas, uma por mês entregue em casa, com rótulos que contemplam toda diversidade de terroirs. Outras quatro pessoas ganharão ingresso para participar da Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2020.

Para participar é simples e divertido. Basta postar um vídeo de até 1 minuto no próprio perfil do Instagram com a #euamovinhobrasileiro e seguir @associacaobrasileiradeenologia no Instagram. A ação, válida até 5 de julho, foi lançada oficialmente no Dia do Vinho Brasileiro (7 de junho), às 18h, em uma live no canal Vinhos de Bicicleta, no youtube, com a participação da sommelier argentina Cecília Aldaz, apresentadora do programa ‘Um Brinde ao Vinho’ do Mais Globosat; do chef, empresário e apresentador francês Olivier Anquier e do sommelier brasileiro Rodrigo Ferraz. O encontro foi acompanhado por 3.164 pessoas. O vídeo já soma mais de 6,5 mil visualizações, do Brasil e do exterior. O sorteio será via app e o resultado será divulgado no dia 5 de julho nas redes sociais da Associação Brasileira de Enologia.

O Brasil possui 26 regiões produtoras de vinhos em 10 estados brasileiros (BA, ES, GO, MT, MG, PR, PE, RS, SC e SP). Os 72 rótulos contemplarão toda esta diversidade de estilos com vinhos e espumantes em diversas categorias. Muitos deles exibirão medalhas conquistadas e reconhecidas pela sua qualidade. Até o final de 2019, os vinhos e espumantes brasileiros já haviam arrematado mais de 4.500 premiações em concursos internacionais realizados no mundo todo.

O sorteio também contemplará outras quatro pessoas que ganharão um ingresso para participar da Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2020 –, podendo degustar a representatividade da Safra das Safras no grande momento do vinho brasileiro que acontecerá dia 7 de novembro, em Bento Gonçalves. Esta é a maior degustação de vinhos de uma safra do mundo.

Junto com a ABE, também participam da ação a Agavi, Comissão Interestadual da Uva, Fecovinho, Fenavinho, Ibravin – Vinhos do Brasil, Sindinho RS e Uvibra, que convidam as vinícolas, confrarias, enólogos, sommeliers e apreciadores em geral a compartilhar a campanha em suas redes sociais. A ação foi desenvolvida pela Agência Gringa e Conceitocom Brasil.

COMO CONCORRER
· Postar um vídeo de até 1min no próprio perfil do Instagram falando da sua relação com o vinho brasileiro.
· Marcas com a hasgtag #euamovinhobrasileiro
· Seguir a Associação Brasileira de Enologia no Instagram

Período: de 7 de junho a 5 de julho de 2020
Sorteio via app: dia 5 de julho de 2020
Divulgação: dia 5 de julho de 2020 nas redes sociais da Associação Brasileira de Enologia

PREMIAÇÃO
1º - 12 caixas de vinhos brasileiros, uma caixa por mês, ou seja, 72 garrafas sem repetição de rótulos contemplando as 26 regiões produtoras do país de 10 estados
2º a 5º - Ingresso para a Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2020