Cerca de 400 mil mudas foram plantadas ou doadas pela Engie no último ano

Só no Paraná foram produzidas e disponibilizadas 50 mil mudas

25.02.2013_Mudas de sarandis_viveiro UHIT_Foto Alexandre Dal Forno Mastella

 Uma das principais ações ambientais da ENGIE tem apresentado resultados relevantes não apenas para as localidades onde a Companhia está presente, mas também para a preservação de matas e florestas pelo Brasil. Somando as iniciativas desenvolvidas em diversos estados, cerca de 400 mil mudas de espécies nativas foram plantadas ou doadas somente no último ano – no Paraná, no mesmo período, foram cerca de 50 mil. “Essa ação reitera o compromisso da Companhia com a conservação da biodiversidade, refletido nas diversas iniciativas ambientais que a Companhia desenvolve nas diferentes regiões onde atua, entre elas o Paraná”, comenta Marcio Neves, diretor de Implantação do Gralha Azul Transmissão de Energia, que está sendo desenvolvido em 27 municípios paranaenses.

Presente no estado desde 1998, a Companhia opera também as Usinas Hidrelétricas Salto Santiago e Salto Osório, que integram a história paranaense, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico e para a conservação dos recursos naturais. Como exemplos dessa contribuição, destaca-se o plantio de 785 mil mudas no entorno dos nos reservatórios dessas usinas desde 2006. Outra iniciativa de destaque é o Programa de Conservação de Nascentes, desenvolvido com a participação de comunidades rurais, que já preservou cerca de 1.250 nascentes, envolvendo aproximadamente 1.350 famílias.

Nesse contexto também se insere o Sistema de Transmissão Gralha Azul, em implantação Estado do Paraná. “Essa obra segue os preceitos de sustentabilidade exercidos pela Companhia. Entre os 17 programas socioambientais que acompanham as obras de implantação do Sistema, há iniciativas dedicadas à conservação de espécies nativas da flora, tais como o resgate de sementes, o transplante de bromélias e orquídeas, a reposição florestal e a recuperação de áreas degradadas. São ações que se integram a outras práticas de conservação dos recursos naturais, a exemplo de monitoramento e resgate de fauna e educação ambiental”, destaca Marcio.

Para além do Paraná, as iniciativas se estendem a outros 20 estados do Brasil, onde a Companhia mantém sete viveiros, que cooperam para a manutenção dos biomas das regiões onde estão inseridos, por meio da criação de mudas de espécies nativas, doação às comunidades e ações de plantio. Além de contribuir para a conservação da biodiversidade, essa ação tem caráter de conscientização das futuras gerações, pois parte das doações são realizadas em eventos promovidos em escolas e outros ambientes comunitários.

Somam-se à essas ações os investimentos Parques e Unidades de Conservação (UC) em diversas regiões do país. Ao todo, já foram aplicados cerca de R$ 70 milhões na implantação e construção de parques e no apoio à UCs dos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

*com divulgação

 

Categorias:AGÊNCIAS DE COMUNICAÇÃO, AGENDA DA SEMANA, AGENDA DO FIM DE SEMANA, BRASIL, COLUNA VANESSA MALUCELLI, DIVIRTA-SE, evento, FREE LIFESTYLE, LANÇAMENTOSTags:, , , , , , , ,

VanessaMalucelliAndersen

Colunista do Site — Divirta-se Curitiba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s