Espetáculo “Rumo ao Natal” é apresentado neste domingo em Curitiba, com locomotiva iluminada

Espetáculo “Rumo ao Natal” é apresentado neste domingo em Curitiba, com locomotiva iluminada

Rumo ao Natal_3293.jpg

A Maria Fumaça Mogul 11, uma das mais antigas do Brasil, com 135 anos, circula por nove cidades do Paraná neste final de ano, decorada com uma iluminação especial de Natal. Este é o projeto Rumo ao Natal, que teve início em 26 de novembro e vai até 23 de dezembro, em um total de 25 eventos.

Neste domingo, 08 de dezembro, ela estará em Curitiba, no espetáculo teatral “Rumo ao Natal”, realizado em um palco montado nas proximidades da Estação Iguaçu, no bairro Alto Boqueirão. O enredo da história traz o Papai Noel e seus duendes diante de um problema: eles estão sem as renas, que foram libertadas para a natureza, e para entregar os presentes de Natal, eles contarão com a Maria Fumaça.

A locomotiva Mogul 11 voltou a circular após um longo processo de restauração que durou 10 anos. O espetáculo é gratuito e para toda a família, iniciando às 20h30.

Serviço:
“Rumo ao Natal” – espetáculo natalino
Endereço: Rua Hermenegildo Ormeneze, sem número - Pátio Iguaçu (Alto Boqueirão, Curitiba-PR)
Data: 08/12 (domingo), às 20h30 (obs: há possibilidades de atrasos ou cancelamentos em função da logística ferroviária).

Acompanhe a programação no www.facebook.com/rumoaonatal
Site: www.rumoaonatal.com.br
instagram: @rumoaonatal

Entrada gratuita

“Rumo Ao Natal” é realizado pelo Ministério da Cidadania/Governo Federal e pela produtora Remix Promo. O projeto tem patrocínio da Rumo, Knorr Bremse e ABPF - Associação Brasileira de Preservação Ferroviária e apoio da Wabtec, STN, Timken, Franciscon, Grupo Souza Lima, Proudfoot, CBFA, Brado, Laguna, Brasil Facility Clean, JM, LPC Latina, Rhyno e Serra Verde Express.

Cronograma com os próximos eventos:

09/12 (segunda-feira) – Desfile – Cajuru (Curitiba)
10/12 (terça-feira) – Desfile – Piraquara
11/12 (quarta-feira) – Desfile – Cachoeira (Almirante Tamandaré)
12/12 (quinta-feira) 20h30 – Espetáculo – Pinhais
13/13 (sexta-feira) 20h30 – Espetáculo – Cachoeira (Almirante Tamandaré)
14/12 (sábado) – Desfile – Estribo Ahú (Curitiba)
15/12 (domingo) – Desfile – Cachoeira (Almirante Tamandaré)
16/12 (segunda-feira) – Desfile – Pinhais
17/12 (terça-feira) – Desfile – Cajuru (Curitiba)
18/12 (quarta-feira) – Desfile – Cachoeira (Almirante Tamandaré)
20/12 (sexta-feira) 20h30 – Espetáculo – Paranaguá
21/12 (sábado) 20h30 – Espetáculo – Alexandra (Paranaguá)
21/12 (sábado) – Desfile – Alexandra até Morretes
22/12 (domingo) – Desfile – Morretes
23/12 (segunda-feira) – Desfile – Morretes até Antonina

22:07

11/11/2019
Fashion Branding abordou mudanças
e inovação no mercado da moda

O evento foi realizado pelo Sebrae/PR e reuniu cerca de 500 empreendedores paranaenses

(foto: Inove)

Marcas fortes sobrevivem mesmo diante de cenários desanimadores. A operação pode falir, mas uma marca – com suas experiências e com a simbologia que entrega para um consumidor fiel - se mantém. É por isso que em tempos de economia lenta, investir em construção de marca é um bom negócio. Principalmente no segmento da moda. Foi com essa mensagem que o consultor do mercado de luxo, Carlos Ferreirinha, abriu a tarde de palestras e painéis do Fashion Branding, evento realizado pelo Sebrae/PR para promover negócios e fomentar o setor têxtil e de vestuário autorais no Paraná.

Ferreirinha também chamou a atenção para mudanças recentes no mercado da moda que devem estar no radar de quem trabalha com essa área.

“Somos seres vivos que nos conectamos com o que está ao nosso redor. É por isso que Rihanna e Anita são fenômenos. Não é só o talento. É ser do gueto e trazer isso em sua história”, disparou o especialista, provocando a plateia com um questionamento: “Como vamos ser relevantes para a nova geração, que é hiperconectada, que busca a experiência, que quer consumo consciente e sustentável?”

Vender, vender, vender...
Mas, para chegar a isso, o pequeno empresário do setor da moda precisam aprender a conhecer seu público, seus concorrentes e o valor real de seus produtos. Para inspirar a tal alma do negócio, a tarde seguiu com um painel, com a especialista em negócios de moda Andressa Rando Favorito, com a consultora do Sebrae/PR, Adriana Kalinowski, e com o consultor Jorge Biff Netto. Andressa explorou os caminhos para triplicar resultados para marcas de moda, passeando por temas como pricing, sortimento e itens importantes para o mercado do varejo.
Adriana Kalinowski apresentou uma pesquisa sobre tendências e desafios da pequena indústria de moda no Paraná, apontando números e soluções para o público. E José Biff Netto chamou a atenção dos empreendedores para as mudanças provocadas pela transformação digital no segmento da moda.
“Mesmo com a ideia de que você precisa experimentar uma peça para ver se caiu bem em você, é uma ingenuidade pensar que as pessoas não vão comprar cada vez mais no online. Há nesse segmento um modelo de negócio muito inovador e que vem dando muito certo, que é ter apoio recíproco entre o virtual e a loja física. Um pode levar para o outro e aumentar as vendas”, explicou o especialista.
Quando o evento traz cases, fica mais fácil entender os conceitos e se inspirar. Uma das histórias enfatizou o conteúdo apresentado por Biff, sobre a necessidade de ter estratégias para o digital e o online. A marca de Maringá Perfect Way passou a ter 96% de sua operação concentrada no online, com ganhos significativos para o negócio.

Chic

(Foto: Inove)

Quando ela conta que foi jornalista especialista em moda e dona da marca italiana Fiorucci no Brasil, a plateia mais jovem se surpreende. A marca mais indelével de Gloria Kalil é mesmo a sofisticação.
A autora de seis livros sobre moda e estilo, entre eles Chic, falou sobre comportamento de consumo e a evolução das marcas de moda. “Na década de 90, o jogo virou e o consumidor passou a dominar o processo. Dessa revolução, conhecemos um consumidor exigente, informatizado, volúvel e mimado”, brincou, bem humorada. Gloria Kalil deixou uma mensagem importante aos empreendedores interessados em prosperar nos próximos anos: “Não existe mais grande centro. Não existe mais essa conversa. A pirâmide da moda virou de cabeça pra baixo e a moda deixou de dominar. Quem domina é seu cliente, que busca na moda uma filosofia para o estilo dele, que combine com sua personalidade e que represente sua individualidade.”

Moda e marca
O Fashion Branding, realizado nesta quinta-feira (7), reuniu cerca de 500 empresas ligadas ao setor da moda e foi realizado pela primeira vez pelo Sebrae/PR com o propósito de estimular o desenvolvimento das pequenas empresas dos segmentos da moda e do vestuário do Paraná. Além do seminário da tarde, com palestras e painéis, o evento teve rodada de negócios com 24 empresas âncoras e dez compradores. A programação foi encerrada com uma performance no palco, um desfile coletivo surpresa, com looks compostos pelas marcas paranaenses Cyntia Fontanella, Rocio Canvas, Felini, Isabela Pagnan, Dress For Freedom, Reptilia, Chaouiche, Elyane Fiuza, Rodrigo Alarcon e Amey.

“Essa primeira edição do evento Fashion Branding foi importante para geração de negócios na indústria da moda, e foi um encontro exclusivamente empresarial que gerou conexões, novas parcerias e conhecimento inovadores relacionados ao tema branding. Abordamos todo o processo de gestão e comunicação que uma marca precisa para se fortalecer”, avaliou o diretor de Administração e Finanças do Sebrae/PR, José Gava Neto.

Para a jornalista Dani Brito, o Fashion Branding foi uma oportunidade de ressignificar a atuação no mundo do trabalho. “Achei totalmente coerente e pertinente o evento promovido pelo Sebrae/PR porque confirmou algumas intuições minhas a respeito do caminho da moda daqui para frente. No que toca a moda, a tecnologia mudou a forma de consumo e numa economia capitalista isso muda tudo.Precisamos estar abertos às mudanças, arriscar e dar chance para aprender com o erro. Olhar para novas formas de criação, produção e comunicação da moda é imprescindível para sobreviver no mercado hoje”, avaliou a jornalista.

Estudantes de Curitiba farão mutirão de limpeza em praia do Paraná

Estudantes de Curitiba farão mutirão de limpeza em praia do Paraná

Crianças de 5 e 6 anos farão a coleta e pesagem de resíduos na manhã deste sábado na Praia de Leste; à tarde, eles vão visitar o Aquário de Paranaguá

Preocupados com a vida marinha e a poluição, alunos do Colégio Marista Santa Maria, em Curitiba farão um mutirão de limpeza no próximo sábado, 9 de novembro. O trabalho será realizado na Praia de Leste, no litoral do Paraná.

A ideia surgiu após os estudantes iniciarem um projeto de investigação sobre o que fazer para que o lixo produzido pelos seres humanos não chegue até as baleias.

Durante todo o ano, as crianças realizaram pesquisas sobre as características físicas e modo de vida das baleias, chegando à conclusão de que muitas delas morrem por ingerir lixo. A partir daí, o grupo decidiu realizar a ação para amenizar os danos causados pela poluição causada pelo lixo no mar.

‘‘Esperamos que a atitude dos alunos, já desde tão pequenos, possa servir de exemplo para banhistas e frequentadores do litoral do Paraná e que conscientize a todas as pessoas sobre o descarte correto do lixo’’, disse a professora do Colégio Marista Santa Maria, responsável pelo projeto, Aline de Fátima Martins.

As crianças se encontrarão na rodoviária da Praia de Leste no sábado, às 8h da manhã. A coleta dos resíduos e limpeza começará às 8h30, seguida de uma pesagem do material para dimensionar a quantidade de lixo que é descartada incorretamente. À tarde, a turma seguirá para Paranaguá para visitar o aquário da cidade, às 14h. O cronograma foi feito em parceria com a organização internacional Sea Shepherd Brasil, que defende a preservação da vida marinha.

Sobre a Rede Marista de Colégios: A Rede Marista de Colégios (RMC) está presente no Distrito Federal, Goiás, Paraná, Santa Catarina e São Paulo com 18 unidades. Nelas, os mais de 25 mil alunos recebem formação integral, composta pela tradição dos valores Maristas e pela excelência acadêmica. Por meio de propostas pedagógicas diferenciadas, crianças e jovens desenvolvem conhecimento, pensamento crítico, autonomia e se tornam mais preparados para viver em uma sociedade em constante transformação. Saiba mais em www.colegiosmaristas.com.br.

Releitura de “Vou Atrás”, com participação de Cynthia Luz, é o próximo single de Tiê

Releitura de “Vou Atrás”, com participação de Cynthia Luz, é o próximo single de Tiê

umcvbeGU2lYotLYv9O-UGAnQIwjI7XV_sUsb6R4dMrItUmta3zwBCun8RpVwR2HXnj2RuOgmmHaZ40NiSLY_oTYucqH_LbADXx6vDkgQsxrUXqHfSkWg1G0OhwO-sQ
Capa do Single “Vou Atrás”

São Paulo, novembro de 2019 – Nesta sexta-feira, 8, Tiê celebra a chegada do álbum e DVD ao vivo “DiX” nas lojas físicas destacando o novo single de trabalho, “Vou Atrás”, com participação de Cynthia Luz. Atualmente a cantora segue em turnê pela região sudeste e sul do país com o disco comemorativo de 10 anos de carreira, lançado em setembro deste ano.

“A música Vou Atrás é muito especial. Foi a primeira que compus com o meu companheiro André Whoong”, conta a cantora que lançou a primeira versão do single no álbum Esmeraldas (2014). “Convidamos a Cynthia para essa versão porque a música tem a ver com ela também. E ficou muito linda essa nossa parceria”, diz Tiê.

Para registrar a primeira década de carreira, Tiê gravou “DiX”, seu primeiro DVD ao vivo, no YouTube Space. O projeto traz releituras, sucessos e inéditas, totalizando 17 faixas, com produção de Paul Ralphes, direção de Clara Cavour, arte de Rita Wainer, cenário de Nina Becker, figurino de Carol Roquuete e beleza de Brenno Melo. Além de Cynthia Luz, o registro audiovisual conta também com a participação do cantor e compositor Rael.

Programação de shows

07/11 - SESI Macaé - Rio de Janeiro
08/11 - SESI Campos dos Goytacazes
09/11 - SESI Itaperuna - Rio de Janeiro
14/11 - Teatro Bom Jesus Curitiba, PR
18/11 - Teatro SESIMINAS Belo Horizonte, MG
25/11 - Teatro do Sesi Vitória, ES
30/11 - Casa Natura - São Paulo, SP
04/12 - SESI Caxias - Rio de Janeiro
08/12 - Centro de Cultura José Maria Barra (Sesi) Sesi Uberaba, MG
14/12 - Teatro do Sesi Porto Alegre, RS

Sebrae/PR promove evento com Gloria Kalil e Carlos Ferreirinha sobre inovação e negócios para a moda

Sebrae/PR promove evento com Gloria Kalil e Carlos

Ferreirinha sobre inovação e negócios para a moda

Gratuito e exclusivo para empresas do setor, programação contará com palestras de especialistas, rodada de negócios com empresas âncora e desfile

Estimular o desenvolvimento das pequenas empresas do segmento na moda e vestuário no Paraná. Esse é o propósito do Fashion Branding Sebrae, que acontece nessa quinta-feira (07), das 08h30 às 19h30, na sede do Sebrae/PR, em Curitiba. Os participantes poderão realizar negócios, assistir a palestras com especialistas sobre temas ligados a tendências, comportamento e branding, além de conferir uma performance com marcas paranaenses.

O evento é gratuito e direcionado a empreendedores de pequenas indústrias e confecções. As vagas são limitadas. No site https://www.sebraepr.com.br/fashion-branding/ é possível acessar informações e encaminhar inscrições.

Das 08h30 às 12h30, haverá rodadas de negócios em que pequenas empresas da moda e fornecedoras poderão apresentar seus produtos e realizar negócios com oito marcas âncora, sendo cinco do Paraná e três de São Paulo.

O Seminário Empresarial acontece das 13h às 18h30 e contará com uma premiação das dez empresas que mais se destacaram no Eixo Moda Indústria, trabalho do Sebrae/PR destinado a impulsionar esse segmento no estado. A partir das 18h30, dez pequenas empresas paranaenses realizarão uma performance com marcas autorais.

Entre as atrações do Fashion Brandingestarão as palestras de Gloria Kalil, jornalista e empresária e uma das mais renomadas especialistas do Brasil na área, que falará sobre comportamento de consumo e evolução das marcas de moda. Também estará presente Carlos Ferreirinha, presidente e fundador da MCF Consultoria e formador de opinião sobre o mercado e gestão de luxo e premium. Ele falará sobre a construção e consolidação de uma marca.

O setor de vestuário no Paraná é responsável pela geração de 105 mil empregos gerados na indústria e no comércio e é o 2º setor industrial que mais gera empregos no Paraná, com 55 mil vagas geradas. O segmento também está na 4ª posição no ranking nacional em estabelecimentos industriais.

Serviço
Fashion Branding Sebrae
Local: Sebrae/PR (Rua Caeté, 150 – Prado Velho – Curitiba/PR)
Data: quinta-feira – 07 de novembro
Horário: das 08h30 às 19h30
Inscrições: gratuitas através do número (41) 98746-6058

 Tiê segue com turnê do álbum “DiX”

Tiê segue com turnê do álbum “DiX”

A cantora passa pelos estados Rio de Janeiro, Minas Gerais, Porto Alegre, Espírito Santos e Paraná

tbwo5q2xFCXc9xx7Etw4L_BPWtkgzeuInugmmq5Pk3lWceLDP_jEG2RwbbBTrzghliuJcmp8nZp_faxiUHmmmpx_W7bbuoImezW3nUSAXTK_WWKjhke6DxEduWxBMD5GQsAcBdib
Crédito: Johnny Moraes

São Paulo, outubro de 2019 – Entre novembro e dezembro, a cantora Tiê viaja com a turnê do novo álbum, o “DiX”. O disco e dvd, que celebra os 10 anos de carreira, conta com canções inéditas e releituras de seus sucessos autorais. No dia 1ª de novembro, Tiê abre o Festival de Música da Fundação Lia Maria Aguiar, em Santo Antônio do Pinhal, interior de São Paulo.

Entre as apresentações, a turnê conta com shows especiais na rede SESI do interior do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Curitiba (PR), Porto Alegre (RS) e Vitória (ES). Tiê ainda sobe ao palco da Casa Natura, em São Paulo (SP), com convidado especial no dia 30 de novembro.

“Eu amo ir para a estrada, fazer shows e ter o contato com os fãs. Estou animadíssima com essa tour”, comenta Tiê.

Gravado no YouTube Space, no Rio de Janeiro, "DIX", que significa dez em francês, foi lançado no dia 6 de setembro e conta com 17 faixas, incluindo as participações de Rael e Cynthia Luz.

Programação geral

01/11 - Santo Antônio do Pinhal, SP
07/11 - SESI Macaé - Rio de Janeiro
08/11 - SESI Campos dos Goytacazes
09/11 - SESI Itaperuna - Rio de Janeiro
13/11 - Teatro Municipal São Pedro da Aldeia - Rio de Janeiro
14/11 - Teatro Bom Jesus Curitiba, PR
18/11 - Teatro SESIMINAS Belo Horizonte, MG
25/11 - Teatro do Sesi Vitória, ES
30/11 - Casa Natura - São Paulo, SP
04/12 - SESI Caxias - Rio de Janeiro
08/12 - Centro de Cultura José Maria Barra (Sesi) Sesi Uberaba, MG
14/12 - Teatro do Sesi Porto Alegre, RS

ONDE CANTA O SABIÁ – LITERATURA BRASILEIRA NO LITORAL DO PARANÁ

ONDE CANTA O SABIÁ – LITERATURA BRASILEIRA NO LITORAL DO PARANÁ
Projeto leva contação de histórias e rodas de leitura para as escolas públicas de Guaraqueçaba, Guaratuba, Matinhos, Pontal do Paraná, Antonina e Morretes.
ONDE CANTA O SABIÁ é um programa de incentivo à leitura que está circulando por escolas públicas do litoral do Paraná, realizando ao todo 120 sessões de contação de histórias, 120 rodas de leitura e 6 oficinas para educadores. Vai circular, até junho de 2020, por Guaraqueçaba, Guaratuba, Matinhos, Pontal do Paraná, Antonina e Morretes, beneficiando cerca de 10 mil alunos do Ensino Fundamental I (1ª a 5ª séries) e aproximadamente 300 professores.
O projeto é uma realização da Travessia – Arte e Educação em conjunto com a Passaredo – Educação e Arte e objetiva levar a narração e a leitura de contos tradicionais e contemporâneos brasileiros como processo de valorização da literatura oral e da cultura nacional, incentivando a leitura de livros. O foco é a relação entre Oralidade, Literatura e Incentivo à Leitura. Além disso, promove a continuidade da prática ancestral de narrar histórias, compreendendo as expressões da oralidade brasileira e os regionalismos como importante patrimônio cultural.
“É um projeto que celebra a literatura, compartilhando com as crianças os afetos, surpresas e descobertas que surgem quando uma história é contada ou um livro é aberto”, conta Michelle Peixoto, mediadora de leitura.
As sessões de contação de histórias e rodas de leitura são, de fato, um mergulho na cultura tradicional brasileira, duram cerca de 60 minutos e recriam o ambiente em que os contos populares vêm sendo transmitidos ao longo dos anos: ouvintes bem próximos do contador/mediador com total liberdade para participar e criar junto a narrativa. Canções, quadrinhas e adivinhas também fazem parte das sessões oferecidas e promovem um espaço descontraído que convida à interação e troca de impressões e experiências entre os participantes. Isso permite que a elaboração de cada indivíduo seja compartilhada, ampliando os sentidos possíveis para os textos e histórias. “Ao ouvirem as diferentes opiniões e valores eles aprendem sobre a riqueza de ouvir o outro. Ao compartilharem a leitura, por exemplo, não só criam o gosto de ler, mas passam a fazer isso de forma lúdica e crítica”, explica Michelle.
Em cada município também será realizada, em parceria com as Secretarias Municipais de Educação, Oficina de Formação de Agentes de Leitura voltada para educadores da rede pública. Elas terão como tema “Oralidade, Literatura infanto-juvenil e Leitura” e buscam estimular os educadores a serem agentes multiplicadores de leitura.
“Acreditamos que não há emancipação sem a capacidade de leitura bem desenvolvida, por isso nosso intuito com este tipo de projeto é proporcionar um conhecimento mais amplo e profundo da produção literária infanto-juvenil nacional, valorizando a diversidade cultural brasileira, fruto da multiplicidade étnica que deu origem no Brasil a um repertório particularmente rico de narrativas”, declara Vinícius Mazzon.
O repertório escolhido para a região do litoral envolve questões ligadas à natureza, poemas e contos com animais silvestres, principalmente os pássaros, além, é claro, de assuntos da cultura popular. Mário Quintana, Alice Ruiz, Zé Bernadinho e outros autores consagrados como Ana Maria Machado, Figueiredo Pimentel, Ricardo Azevedo, Ruth Rocha, Monteiro Lobato, Câmara Cascudo, Mário de Andrade, Silvio Romero e Franklin Cascaes são fontes do projeto. “Este maravilhoso e riquíssimo repertório do folclore e da oralidade popular é uma porta de entrada privilegiada para o universo da literatura escrita”, conta Vinícius.
Michelle Peixoto e Vinícius Mazzon são os idealizadores, empreendedores e mediadores do projeto. Ela é pedagoga e desenvolve trabalhos como esse há mais de 10 anos. Ele é integrante da Associação Malasartes, da Travessia – Arte e Educação e do Trio Dedo de Prosa, com os quais já circulou com apresentações de teatro e narração de histórias por diversas regiões do país.
Este projeto é uma realização da Passaredo – Educação e Arte em parceria com a Travessia – Arte e Educação e foi viabilizado com apoio da Copel por meio do PROFICE (Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura), da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura.

Rodas de Leitura e Oficinas Literárias: Michelle Peixoto
Contações de Histórias: Vinícius Mazzon

Contato:

Produção
Vinícius Mazzon
41 99622 2829
viniciusmazzon@gmail.com

SAVE THE DATE: 07/11/2019 Fashion Branding Sebrae/PR

SAVE THE DATE: 07/11/2019 Fashion Branding Sebrae/PR

O Sebrae/PR promove no dia 7 de novembro o Fashion Branding, um evento com foco no desenvolvimento de negócios para players do setor da moda do Paraná.

Das 8h30 às 19h30, o evento será dividido em três momentos: Business, Seminário Empresarial e Desfile de Marcas.

Das 8h30 às 12h, durante a manhã Business, pequenas empresas, fornecedoras do segmento do vestuário, apresentarão seus produtos e vão prospectar negócios com oito marcas âncora – cinco do Paraná e três de São Paulo.

Após o almoço, o Seminário Empresarial terá palestras de tendências, comportamento e branding, com convidados nacionais como Glória Kalil e Carlos Ferreirinha.

A partir das 18h30, haverá uma performance com coleções de dez marcas paranaenses.

Setor do vestuário do Paraná em números:

- 105 mil empregos gerados na indústria e no comércio (Rais / Fiep)

- 2º setor industrial que mais gera empregos no Paraná (55 mil) (Fiep)

- 4ª posição no ranking nacional em estabelecimentos industriais

O Fashion Branding será no dia 7 de novembro, das 8h30 às 19h30, no Sebrae/PR, em Curitiba.

9 ª Tattoo Week supera todas as expectativas de público e de tattoos

9 ª Tattoo Week supera todas as expectativas de público e de tattoos

Com um público recorde de 95 mil pessoas, 3.200 tatuadores e 200 marcas, a Tattoo Week encerrou sua nona edição este fim de semana no São Paulo Expo, com a escolha da melhor da tatuagem do evento, do tatuador Danylo Stefan, no estilo Realismo, que reproduziu o rosto do vocalista da Banda Kiss

Foi o paranaense de Curitiba, Danylo Stefan, o grande vencedor do concurso da melhor tatuagem da 9ª Tattoo Week 2019, com a obrarealista em preto e branco, que reproduz o rosto do vocalista da Banda Kiss,tatuada na perna de Elô Gabardo.

Divulgação: Danylo Stefan Divulgação: Tatuagem vencedora

Surpreso e emocionado. Esta foi a reação do tatuador, que levou dois troféus do evento: o melhor do evento e o melhor de domingo, na categoria Realismo. Também ganhou uma exclusiva motocicleta customizada anos 60, adquirindo visibilidade e prestígio mundiais.

Para Stefan, a tatuagem tem um valor sentimental único, que expressa na precisão dos traços, em estilo realista, eternizando retratos na pele dos clientes. “Sou bem sentimental. Absorvo os sentimentos e assim como as pessoas me emociono com o resultado”, revela o artista. Para ele, o Realismo em preto e branco propicia uma tatuagem com volume, em 3D, e com maior durabilidade.

Durante o evento, estima-se que foram realizadas 40 mil tattoos e piercings .

Empresário e modelo são os novos Miss e Mister Tattoo Week

A mulher tatuada mais bonita do Brasil é a modelo Brenda Bubulla, 20 anos.É de Mogi Mirim e já ganhou o título de Miss Tattoo em Araras, interior de São Paulo. A loira de olhos azuis estava em êxtase após a coroação. Ela dedica o prêmio a todas as mulheres tatuadas e a suas colegas candidatas que, segundo ela, “são todas vitoriosas. ”

Foto: Mariana Cotrim - Miss e Mister Tattoo Week 2019

Também foi eleito o Mister Tattoo Week 2019, Thiago Molina, 39 anos, empresário e influencer. Após ganhar o título, destacou que pretende divulgar a arte na pele em todos os cantos do país e desmistificá-la, quebrando preconceitos.Ele mora em São Paulo e tem 95% do corpo tatuado.

PalcoParaná abre seleção para arquivistas para a Orquestra Sinfônica do Paraná

PalcoParaná abre seleção para arquivistas para a Orquestra Sinfônica do Paraná
Profissional selecionado será o responsável por biblioteca com mais de mil obras catalogadas

O Serviço Social Autônomo PalcoParaná está com inscrições abertas para o processo seletivo para contratação de arquivista para a Orquestra Sinfônica do Paraná (OSP). Procura-se um profissional, preferencialmente formado em música, que tenha o interesse em trabalhar na biblioteca de partituras da OSP, atendendo músicos, solistas e maestros convidados da orquestra. As inscrições podem ser realizadas até o dia 04/11 no site: http://bit.ly/EditalArquivista

As provas serão teóricas e estão previstas para o dia 15 de dezembro e os resultados para o início de 2020. O regulamento do processo e mais informações podem ser encontrados no edital disponível no site da Fundatec e através do site do PalcoParaná.

A função de arquivista é extremamente importante para a orquestra. Essa pessoa é a responsável por catalogar obras, distribuir as partes para os músicos e entrar em contato com maestros para garantir que as versões das obras a serem executadas estejam corretas. Além disso, o arquivo musical é o responsável pela coleção de mais de mil e trezentas obras da biblioteca da Orquestra Sinfônica do Paraná.

Após a abertura do processo seletivo para contratação de novos músicos, a vaga para arquivista dá continuidade ao processo de crescimento pelo qual a OSP vem passando. A função de arquivista musical existe desde o início das atividades da orquestra, em 1985. O novo profissional fará parte de uma das melhores fases da OSP em toda a sua história.

Serviço
Processo Seletivo para Arquivista de Orquestra
Inscrições: até 13/11
Provas: 15/12/2019
Mais informações: http://palcoparana.org/

Quintana Gastronomia vence etapa regional e vai representar o Paraná no concurso O Quilo é Nosso

Quintana Gastronomia vence etapa regional e vai representar o Paraná no concurso O Quilo é Nosso

Grande final acontecerá nesta quarta-feira (23) em São Paulo e reunirá restaurantes de 13 estados mais o Distrito Federal

Com um risoto de plantas alimentícias não convencionais (PANCs), o restaurante Quintana Gastronomia, da chef Gabriel Carvalho, foi eleito o restaurante que vai representar o Paraná na grande final do concurso O Quilo é Nosso, que acontece nesta quarta-feira (23), na Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo. O evento reunirá os vencedores de 13 estados e do Distrito Federal.

Na última etapa do concurso promovido pela Associação de Bares e Restaurantes (Abrasel), cada chef terá toda a estrutura necessária para preparar a receita para uma banca de jurados, escalada pela revista Prazeres da Mesa, parceira da iniciativa. Para chegar ao resultado final que irá eleger o melhor restaurante a quilo do Brasil, o júri irá experimentar e avaliar os pratos.
Os participantes terão três horas para produção das 11 porções do prato campeão estadual, sendo dez para degustação e uma para foto que deverá prezar pela estética. Cada restaurante terá dois minutos para apresentar o prato produzido ao júri e à plateia. A decisão será transmitida ao vivo para todo Brasil nas redes sociais da Abrasel e o resultado será divulgado na quinta-feira, 24 de outubro, no Memorial da América Latina.
Premiação
O vencedor nacional receberá prêmios como placa exclusiva, divulgação em reportagens, ingressos e hospedagem para o Fórum Gestão à Mesa, da Semana da Alimentação Fora do Lar, em junho de 2020. Além disso, cada restaurante será contemplado com um ingresso para o evento Mesa Ao Vivo SP e um ingresso para o Mesa Tendências.
Disputa Regional

A escolha do representante paranaense aconteceu em uma disputa com transmissão online, na cozinha da Gold Food Service, em Pinhais. Além do Quintana Gastronomia, foram semifinalistas os restaurantes Dedo de Moça, com uma receita de pernil assado com ervas ao molho de rapadura e tamarindo, e o Sievollo, que preparou um ravioloni de batata baroa com cream cheese, molho de alho e bacon.

Com uma proposta de valorização de ingredientes locais, a chef Gabriela Carvalho apresentou aos jurados um risoto com plantas alimentícias não convencionais, a capuchinha, o ora-pro-nóbis e o peixinho. “Tenho muito orgulho por poder mostrar cada vez mais para o nosso Brasil a riqueza que a gente tem no Paraná”, disse Gabriela, emocionada ao saber o resultado.

Para o jurado Vavo Krieck, a escolha do vencedor não foi fácil. “Tínhamos três pratos diferentes, com propostas diferentes de ingredientes e sabores. O que pesou muito foi o conceito do prato e como foi criado a partir dos critérios que estavam sendo avaliados. A receita da chef Gabriela mostrou inovação e sabores surpreendentes, que não estamos acostumados”, disse.

Confira a lista de finalistas do concurso O Quilo é Nosso:
Amazonas – Kilomania - Pirarucu Pai D'égua
Bahia - Portinha Arraial - Bobó Vegano
Ceará - Verdelima Restaurante - Camarão no coco tostado com abóbora caramelizada no agridoce de goiabada
Distrito Federal - Mayer Self Service - Lombo de Bacalhau
Goiás - Évora Gastronomia - Bacalhau Tupiniquim à Cabral
Maranhão - Restaurante Feijoada Sabor - Arroz com cabrito
Minas Gerais- Restaurante Família Daniel - Pizza de couve flor
Paraná - Quintana Gastronomia - Risoto de plantas alimentícias não convencionais (PANCs)
Pernambuco - Restaurante Escola Senac - Sertão do Meu Brasil
Rio Grande do Norte - Talher Restaurante - Filé de Tilápia à rolê recheado com camarão e legumes
Rondônia - Churrascaria Costelão - Pirarucu em crosta de castanha e musseline de abóbora assada
Santa Catarina - Quatro Estações Restaurante - Suflê de gorgonzola com maçã
São Paulo - Cinque Sensi - Capeleti de Lagosta em consomê de camarão trufada
Tocantins - Restaurante Victória - Pirarucu de Fusão

Mais informações em https://www.oquiloenosso.com.br

O Boticário traz lixo para as vitrines para alertar sobre importância da reciclagem

O Boticário muda fachada e enche vitrines de lixo para alertar sobre a importância da reciclagem
Lojas de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador vão estampar a logo do programa Boti Recicla. Ação é parte da campanha para estimular a destinação adequada das embalagens vazias de cosméticos

Vitrine e fachada são os dois espaços mais nobres de uma loja. São elas que chamam a atenção do consumidor para entrar – e consumir. Mas nos próximos 20 dias, O Boticário vai abrir mão dessa ferramenta de vendas para alertar as pessoas sobre algo muito mais importante: a reciclagem do lixo. Lojas de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador terão suas entradas totalmente reformuladas, convidando as pessoas para refletirem sobre a destinação adequada de embalagens vazias de cosméticos. A logo da empresa será substituída pela marca Boti Recicla – maior programa de reciclagem do Brasil em pontos de coleta. E ao invés de produtos, as vitrines estarão cheias de frascos, potes e bisnagas vazias, coletadas ao longo das últimas semanas nas lojas.
A ação é parte de uma grande campanha sobre o assunto que O Boticário manterá até o fim do ano. E reforça a comunicação do seu programa de logística reversa, criado em 2006 – todas as mais de 3.700 lojas da marca no país são pontos de coleta de embalagens de cosméticos pós-uso. “Transformar nossa loja para trazer uma experiência de reciclagem é algo, sem dúvida, de grande impacto para um negócio como o nosso. Vamos tirar nossa marca e os produtos de lançamento da vitrine de três lojas de grande fluxo, em shoppings de muito movimento. Mas fazemos isso por algo maior. É uma forma de reforçar o compromisso do Boticário pela busca de um futuro mais sustentável e mostrar nosso amor pelo espaço em que vivemos”, explica o Diretor de Comunicação do Boticário, Gustavo Fruges.
As estimativas sobre o assunto mostram que o brasileiro produz, em média, 1 quilo de resíduos poluentes por dia. Mas apenas 58% deles são reciclados de maneira correta. “Temos muito ainda para avançar. Sabemos da força da nossa marca, tão amada pelos brasileiros. Também é nosso papel mobilizar as pessoas para melhorar o mundo em que vivemos. Estimular que elas reflitam e, principalmente, tomem atitudes mais conscientes”, completa o diretor.
As lojas do Barra Shopping (RJ), Shopping Ibirapuera (SP) e Salvador Shopping (BA) ficarão nesse formato entre os dias 22 de outubro e 10 de novembro. Além embalagens pós-consumo, cada vitrine vai trazer uma mensagem sobre o impacto gerado pelas pessoas. Em São Paulo, por exemplo, o espaço vai reunir cerca de 2 mil embalagens – o mesmo volume produzido pela população da cidade a cada segundo.
Além da mudança visual, a jornada de compra dos consumidores nesses pontos de venda também será alterada. A equipe está sendo treinadas para, a partir dessa campanha, enfatizar as práticas sustentáveis da marca em seus produtos – não só em relação à reciclagem, mas também sobre pontos como: uso de matérias-primas recicladas em suas embalagens e até mobiliários de lojas, formulações ecoeficientes e veganas e o compromisso de não testar produtos em animais.
Mobilização
Para incentivar a participação dos consumidores, até o fim do ano, quem entregar embalagens vazias para o programa Boti Recicla, terá direto a um desconto de 5%* na compra de um novo produto em uma das lojas do Boticário em todo país.
[cid:image003.jpg@01D5882B.F57B2FC0]Também marcando o início da campanha, serão instaladas impressoras 3D nas lojas de São Paulo (Shopping Ibirapuera) e do Rio de Janeiro (Barra Shopping). Elas vão mostrar, na prática, como o resíduo plástico coletado pelo programa pode ser reutilizado. Ao longo do primeiro dia de ação, serão produzidos cerca de 300 suportes para chaves – um utensílio que ajuda pessoas com dificuldades motoras a utilizar o objeto. Depois, eles serão destinados a pessoas que precisam, por meio de entidades quem apoio a causa.

*Promoção não cumulativa e válida na entrega de qualquer embalagem de cosmético vazia, no período de 21/10 à 25/12, em todas as lojas O Boticário do Brasil. Compras realizadas no e-commerce e na venda direta não participam. Desconto não se aplica à itens promocionados, perfumarias das marcas Lily, Elysée, Botica 214, The Blend, Zaad e Malbec e em Kits. Desconto será aplicado no item de maior valor do boleto.

Sobre o Boti Recicla
O Boti Recicla foi criado em 2006 e é hoje o maior programa de reciclagem de embalagens do país em pontos de venda. Os coletores estão em todas as mas de 3.700 lojas do Boticário em todo país, onde os consumidores podem devolver suas embalagens de cosméticos vazias. Elas são recolhidas e doadas para cooperativas de reciclagem parceiras, localizadas em vários estados.

Sobre O Boticário   

O Boticário é uma empresa brasileira de cosméticos, unidade de negócios do Grupo Boticário. Inaugurada em 1977, em Curitiba (Paraná), a marca tem a maior rede franqueada de cosméticos do país com mais de 3.700 pontos de venda, em 1.750 cidades brasileiras, e mais de 900 franqueados. Presente em 15 países, há mais de 40 anos desenvolve produtos com tecnologia, qualidade e sofisticação – seu portfólio tem mais de 850 itens de perfumaria, maquiagem e cuidados pessoais.

Esta mensagem, incluindo os seus anexos, destinatários e remetentes, contém informações destinadas a indivíduo e propósito específicos, e é protegida por lei. Caso você não seja o citado indivíduo, deve apagar esta mensagem e avisar imediatamente o remetente. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes nesta mensagem, sem autorização expressa do remetente. As informações contidas nesta mensagem e em seus anexos podem ser confidenciais e são de responsabilidade de seu autor, não representando ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte das empresas do Grupo Boticário.

Sábado (26) tem festa da Liqüe em Curitiba (PR) no Ópera Concept Hall

Sábado (26) tem festa da Liqüe em Curitiba (PR) no Ópera Concept Hall
O renomado club de música eletrônica que marcou a história do país volta à cena curitibana por uma noite.

No próximo sábado, dia 26 de outubro, a noite curitibana recebe a famosa festa da Liqüe, o evento que promete relembrar momentos do club que marcou a história do país quando o assunto era música eletrônica. A Liqüe marcou presença por sete anos na capital paranaense e foi reconhecida como uma das casas noturnas mais importantes do Brasil.

A festa será realizada no Ópera Concept Hall, em Santa Felicidade, a partir das 23h, e já está com os últimos ingressos à venda pelo link do Blue Ticket. No line up da noite, grandes nomes que já passaram pelo palco da balada voltam a comandar as pick ups. Entre eles estão: a lenda de Chicago, o cantor, compositor, DJ e produtor Ron Carroll, conhecido como uma das estrelas mais respeitadas desde que explodiu na cena eletrônica mundial; Fabio Serra e Pedro Almeida, representando os sons de São Paulo; os anfitriões Edo Krause e Pic Schmitz, os eternos residentes do club; e a vocalista Sophia Stedile representando as divas da house music. O clássico time de Curitiba que sempre marcou presença na Liqüe também comanda a noite. São eles: Rô Trombini, Dedi Buschle, Pedro Borges, Hubenz, Paulo Antônio e Bruno Thibes.

Os ingressos também estão à venda no +55 Bar, na Av. Vicente Machado, 866. Para mais informações, os contatos são: (41) 3322-0900 | (41) 99247 3322 (WhatsApp).

Sobre a Liqüe

Considerada uma das casas noturnas mais importantes do Brasil por sete anos - de 2006 a 2013, a Liqüe reuniu o melhor da música eletrônica e house com suas badaladas festas. Palco de importantes DJs, marcou a cena noturna curitibana enquanto funcionou na Av. Vicente Machado, 866 – onde hoje está o +55 Bar.

Em 2017, foi a vez da Liqüe Welcome Back, uma festa sucesso de público que deu origem à label party anual. Em 2018, a Liqüe Annual Party reuniu curitibanos admiradores do club e em 2019 a festa volta com tudo com experiências únicas para o público.

Serviço:
Liqüe Annual Party 2019
Opera Concept Hall
Endereço: Rua Via Veneto, 505 - Santa Felicidade
Venda dos ingressos: https://site.blueticket.com.br/evento/27273 | +55 Bar - (41) 3322-0900 | (41) 99247 3322 (WhatsApp)
Instagram: https://www.instagram.com/liqueparty/

Bruno & Barretto gravarão o quarto DVD na capital do Paraná

Bruno & Barretto gravarão o quarto DVD na capital do Paraná Bruno & Barretto gravarão o quarto DVD na capital do Paraná

Curitiba será palco para o novo projeto da dupla paranaense, que será gravado no dia 25 de outubro na LIVE Curitiba

A dupla Bruno & Barretto já tem data e local para o registro de seu próximo DVD. No dia 25 de outubro, sexta-feira, Curitiba (PR) vai receber a gravação do quarto álbum da carreira dos cantores que há quatro anos saíram do interior do Paraná para ganhar os quatro cantos do Brasil.

A casa de shows Live Curitiba foi o local escolhido para o segundo registro em vídeo da dupla em seu Estado natal. “Temos muito orgulho do nosso Estado e depois de gravar lá no quintal de casa – em Londrina – chegou a vez de prestigiar a nossa capital”, conta Bruno.

Casos de sarampo avançam 1.044% no Paraná

Casos de sarampo avançam 1.044% no Paraná
Em 30 dias, os registros da doença em território paranaense cresceram assustadoramente segundo dados da Sesa

CURITIBA, 11/10/2019 – A Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa) acaba de divulgar um novo Informe Epidemiológico referente aos casos de sarampo. Cada vez mais alarmantes, os casos avançaram 1044% em apenas 30 dias, entre 10 de setembro e 10 de outubro. Agora, o Paraná já registra 103 casos confirmados da doença em 2019. Segundo o informe, a Região Metropolitana de Curitiba concentra quase a totalidade dos casos. Apenas em Curitiba, 80 pessoas estão infectadas.

O sarampo é uma doença considerada de contágio fácil, similar ao da gripe, com a transmissão feita por meio de tosse, fala ou contato íntimo. Outro fator que agrava as chances de epidemia é que um paciente contaminado pode transmitir o vírus para, em média, 18 pessoas. Entre os principais sintomas do sarampo estão manchas vermelhas na pele, tosse persistente, manchas brancas na parte interna da bochecha e irritação nos olhos. “As vacinas são consideradas um dos grandes avanços da medicina e salvam vidas todos os dias há mais de 200 anos. Doenças como o sarampo, já vencidas, retornam em surtos por conceitos equivocados de ‘movimentos antivacinas’, gerando um retrocesso na saúde”, explica o Dr. Aier Adriano Costa, clínico geral e coordenador médico da Docway.

A doença pode ocasionar febre, convulsões, infecções, conjuntivite, perda de apetite, diarreia e, em casos mais graves, até lesão cerebral e infecções no encéfalo. A enfermidade é considerada de maior risco para crianças menores de 5 anos, podendo causar meningite, encefalite e pneumonia. “Em casos mais graves, o sarampo pode ocasionar até a morte do paciente. Em locais onde a vacinação ainda não está implantada nos sistemas de saúde, a doença está entre as principais causas de morte de crianças de até 5 anos de idade”, afirma o médico.

Sem um tratamento específico, a única prevenção garantida é a vacinação. “A doença pode ser prevenida por meio da vacina tríplice viral contra sarampo, caxumba e rubéola. Uma dose gera imunidade em aproximadamente 93% dos vacinados. O emprego de duas doses possui eficácia de proteção em torno de 97%”, explica Deivis Junior Paludo do grupo Diagnósticos do Brasil. De acordo com a Sociedade Brasileira de Imunização e o Ministério da Saúde, a primeira dose deve ser aplicada aos 12 meses de vida e a segunda aos 15 meses, que pode ser substituída pela vacina tetravalente. “A vacina contra o sarampo é altamente efetiva e com certeza a melhor forma de prevenir a doença”, confirma o Dr. Aier.

Apesar de, na maioria dos casos, o diagnóstico do sarampo ser feito por meio de avaliação clínica, o especialista do Diagnósticos do Brasil ressalta que está disponível no mercado nacional o exame que identifica a doença. “Ele é realizado por meio da sorologia, que detecta a presença de anticorpos IgM e IgG específicos, com resultados em até 10 dias úteis”, explica Deivis.

Em 2016, o Brasil recebeu o certificado de erradicação do sarampo, emitido pela Organização Pan-Americana de Saúde, mas o título foi retirado em fevereiro deste ano após a verificação do surto ocorrido em 2018. O motivo da epidemia da doença é extremamente preocupante, pois se resume à redução da cobertura vacinal, proporcionando um ambiente populacional menos protegido ao vírus. Na cidade de São Paulo, por exemplo, a cobertura vacinal chegou a ser em torno de 100%, em 2014, mas caiu para 90% no ano passado.

“A vacina contra o sarampo integra o calendário nacional de vacinação, e é de extrema importância que a população retome seus cuidados em segui-lo à risca. Afinal, esta é a única maneira comprovada de se prevenir contra essa e muitas outras doenças que podem ter consequências graves”, reforça Deivis. O Ministério da Saúde indica que crianças de seis meses a um ano de idade, que vão se deslocar para municípios que apresentem surto ativo de sarampo, devem ser vacinadas contra a doença pelo menos 15 dias antes da data da viagem.

Adultos que ainda não foram imunizados contra o sarampo, também devem seguir as indicações das autoridades: pessoas de até 29 anos devem receber duas doses para a imunização. “Para a população entre 30 e 49 anos, o indicado é que recebam uma dose da vacina tríplice viral. A exceção fica para pessoas imunodeprimidas, acima 50 anos ou mulheres grávidas, que não devem tomá-la”, completa o Dr. Aier.