Estudantes de todo o Paraná participam de maratonas de inovação a partir desta sexta (23)

A partir desta semana, estudantes de todo o Paraná participam de duas importantes maratonas de inovação, também conhecidas como hackathons. As oportunidades são promovidas por organizações internacionais e têm como público estudantes do Ensino Médio e Superior.

Hackathon UTFPR & IFPR - Desafio Stellantis 2022

A primeira delas é o Hackathon UTFPR & IFPR - Desafio Stellantis 2022, que terá início nesta sexta (23) às 14h e seguirá até 10h de segunda-feira (26).

Voltado, exclusivamente, a estudantes do Instituto Federal do Paraná (IFPR) e da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), o desafio propõe que os competidores utilizem os softwares MatLab e Simulink, que realizam, entre outras operações, cálculos de alta complexidade, para encontrar soluções para problemas reais propostos pela Stellantis, multinacional franco-ítalo-americana do ramo automobilístico detentora de marcas como Alfa Romeo, Citroën, Fiat, Jeep, Peugeot, Maserati, entre outras.

Estão inscritos para este desafio 419 estudantes de todo o Paraná, que competem em duas categorias: cursos técnicos e cursos de graduação. Cursando ensino superior, são 121 participantes do IFPR e 114 da UTFPR.

Na categoria cursos técnicos há 184 participantes, todos do Instituto. As inscrições já foram encerradas. As três melhores equipes de cada categoria receberão premiação em dinheiro: R$ 5 mil para o 1º lugar; R$ 2,5 mil para o 2º e R$ 1,5 mil para o 3º.

A competição será totalmente on-line: os competidores do IFPR poderão escolher se resolverão o problema na residência de algum integrante da equipe ou nos laboratórios de informática do Instituto.

O Hackathon UTFPR & IFPR - Desafio Stellantis 2022 é realizado pelo IFPR, pela UTFPR e pela Opencadd em parceria com a Stellantis.

A abertura será transmitida pelo Canal da Opencadd no Youtube a partir de 14h desta sexta-feira (23).

Nasa Space Apps Challenge 2022

A segunda oportunidade é Nasa Space Apps Challenge 2022, considerado o maior hackathon do mundo, que será realizado de forma virtual e presencial, em diversas cidades do planeta, de 30 de setembro a 2 de outubro de 2022. O IFPR é parceiro do evento no Paraná.

Estudantes paranaenses, de escolas públicas ou privadas, podem participar da etapa local, realizada, presencialmente, em Curitiba, e remotamente (por videoconferência) em outras cidades do Estado. As inscrições seguem até a véspera da competição (29 de setembro). Os vencedores da etapa local seguirão para a etapa mundial e poderão acompanhar um lançamento espacial em Houston, no Texas.

No NASA Space Apps Challenge 2022, os competidores não precisarão, necessariamente, resolver problemas de códigos ou de programação, mas, sim, desenvolver projetos com o objetivo de resolver os desafios que serão propostos. Haverá 23 desafios, compreendendo temas como Inclusão, Inovação, Arte, Ciência e Sociedade, Hardware, Software, Viagem Espacial, Astronomia, Meio Ambiente, Matemática, Física e áreas correlatas, dentre os quais cada equipe deve escolher apenas um.

Contatos para esta pauta:

- Diretoria de Comunicação do IFPR (em Curitiba): comunicacao@ifpr.edu.br e (41) 3888-5261;

- Local Leads Nasa Space Apps Challenge (disponíveis para contato ou entrevistas em Curitiba, presencialmente ou por videoconferência): Jean Muksen, (41) 99261-4344, jean_muksen@chalicewell.tech ou Kaique Toffoli (11) 97159-9499.

- Coordenação do Hackathon UTFPR & IFPR - Desafio Stellantis 2022 no IFPR (disponível para contato ou entrevistas por videoconferêcia ou presencialmente em Maringá ou Paranavaí): Gilson Maekawa Kanashiro, gilson.kanashiro@ifpr.edu.br, (44) 98429-8893.

Instituto Federal do Paraná

Mandirituba recebeu o projeto musical que leva conhecimento de música erudita e concertos a escolas municipais do Paraná

Grupo passa por 10 cidades do interior levando história, oficinas e concertos didáticos para alunos e professores

O Almanaque de Música Brasileira para Crianças, idealizado pelo Duonovo e Diversa Produções, leva conhecimento de música erudita para dentro das escolas municipais do Paraná entre os dias 24 de agosto e 18 de novembro. O projeto é um incentivo da Copel, por meio do PROFICE (Programa de Fomento e Incentivo à Cultura do Estado do Paraná). Na cidade de Mandirituba, as instituições que receberam o projeto foram as Escolas Municipais Alice Machado Ferreira Lagoinha e Escola Rural Municipal Nossa Senhora do Rocio.

Após ter passado por 20 escolas públicas do Ensino Fundamental de Curitiba, capacitar 100 professores, distribuir 3 mil livros e apresentar concertos para 5 mil crianças, o Almanaque de Música Brasileira para Crianças agora vai passar por dez cidades paranaenses de até 50 mil habitantes. Nas apresentações entre os dias 10 a 19 de agosto da segunda edição do projeto, só em Mandirituba e São Mateus do Sul, o grupo já atendeu 100 professores, quatro escolas, distribuiu mais de 260 livros e apresentaram-se para cerca de 800 crianças.

O projeto tem como objetivo fortalecer a identidade sonora brasileira e, por isso, na visão da diretora editorial e produtora executiva do programa, Priscila de Morais, faz sentido atuar dentro das escolas. “Nós queremos formar novos consumidores de música erudita e contar a história dos compositores brasileiros. Nas escolas, nós conseguimos fidelizar esse público”, conta a produtora.

Mas, segundo um dos idealizadores do projeto, Francisco de Luz, o Almanaque é muito completo porque oferece oficina de capacitação musical para professores, o almanaque com a história de compositores brasileiros para crianças e, por fim, um concerto musical para os alunos.

“Eu e o Audryn Souza [também idealizador] já fizemos muitos concertos didáticos nas escolas ao longo dos anos. Isso gera muitos momentos bacanas, mas percebemos que faltava embasamento para que os alunos sentissem melhor aquilo. Foi aí que veio o almanaque. O concerto ainda é o principal, mas há um livro que conta a história da música no Brasil e uma oficina que profissionaliza melhor os professores em relação à música”, conta Francisco, que é o violonista do Duonovo, junto do trompetista Audryn.

O Almanaque, inclusive, auxilia às escolas a cumprirem as determinações da Lei 13.278/16 (substituta da 11.769/08) que determina o ensino de música e outras linguagens artísticas nas escolas de Educação Básica. Por isso, a educadora musical Ana Marques, explica que as oficinas com os professores servem para que ela possa apresentar ferramentas musicais para que eles possam trabalhar com seus alunos.

“Muitas vezes nós associamos a música com algo muito técnico, isso é verdade, mas também temos que mostrar que a música é para todo mundo. Por isso, nós ensinamos aos professores como escutar de verdade e também apresentamos muitos jogos e brincadeiras que eles podem fazer com os alunos de uma forma leve, lúdica e acessível”, conclui Ana.

Segundo os organizadores, o projeto é, portanto, um despertar. “O Almanaque serve para as pessoas conhecerem mais sobre a música brasileira e, principalmente, como passar a ouvir música com mais cuidado, estimular uma escuta atenta desde criança”, afirma o idealizador.

O livro

O almanaque é um livro ilustrado que conta a história da música de concerto no Brasil através de 8 compositores desde o período colonial, quando a música de câmara chegou no país, até os dias de hoje. O livro é distribuído gratuitamente em todas as escolas que recebem as ações do projeto, acompanhado de um folheto de atividades para orientação dos professores.

No site do projeto qualquer pessoa pode baixar o livro em PDF e ter acesso aos links para ouvir gratuitamente o disco gravado pelo Duonovo, contendo músicas de Padre José Maurício, Carlos Gomes, Brasílio Itiberê, Chiquinha Gonzaga, Villa-Lobos, Camargo Guarnieri, Henrique de Curitiba e Egberto Gismonti.

Os concertos

Formado pelo violonista Francisco Luz e o trompetista Audryn Souza, o Duonovo realiza concertos interativos dentro das salas de aula de 1º a 5º ano do Ensino Fundamental, apresentando o repertório dos compositores retratados no livro.

“Por estarem em seu próprio ambiente, as crianças sentem-se confortáveis para se expressarem e conversarem com a gente. Sem necessidade de infraestrutura complexas, nós passamos um período de até 4 horas dentro das escolas, nos adaptando aos horários das turmas para fazer apresentações de até 20 minutos em cada sala”, completa Luz.

As oficinas
As oficinas possuem carga horária de 4 horas e tem como intuito instrumentalizar os professores a utilizarem o material impresso em suas aulas. São 40 vagas gratuitas com preferência aos professores das escolas onde se realizarão os concertos didáticos. Também haverá emissão de certificados para os participantes.

Confira o cronograma das ações
10/08 - Oficina “Uma escuta criativa” em Mandirituba

12/08 - Oficina “Uma escuta criativa” em São Mateus do Sul

18/08 - Concertos didáticos com Duonovo em São Mateus do Sul

19/08 - Concertos didáticos com Duonovo em Mandirituba

24/08 - Oficina “Uma escuta criativa” em Palmeira

26/08 - Oficina “Uma escuta criativa” em Prudentópolis

01/09 - Concertos didáticos com Duonovo em Prudentópolis

02/09 - Concertos didáticos com Duonovo em Palmeira

08/09 - Oficina “Uma escuta criativa” em Marialva

09/09 - Oficina “Uma escuta criativa” em Ubiratã

15/09 - Concertos didáticos com Duonovo em Ubiratã

16/09 - Concertos didáticos com Duonovo em Marialva

07/10 - Oficina “Uma escuta criativa” em Ibiporã e Cornélio Procópio

20/10 - Concertos didáticos com Duonovo em Cornélio Procópio

21/10 - Concertos didáticos com Duonovo em Ibiporã

A amizade em forma de música

Um dos nomes mais importantes da música instrumental do Paraná, o saxofonista e clarinetista Daniel Miranda – que faleceu em 2019 –, recebe uma homenagem à altura de seu talento com o CD Notas para Daniel Miranda, com o grupo Choro e Seresta. O show de lançamento acontece nesta sexta-feira, dia 26, às 20 horas, no Centro Cultural FIEP Unidade Dr. Celso Charuri - Sala Black Box (Rua Paula Gomes, 270 – São Francisco). No repertório serão apresentadas 12 obras – que tem como espinha dorsal as faixas do disco e algumas composições que ficaram de fora da gravação, mas que Daniel adorava tocar. Todas as músicas foram compostas e/ou arranjadas por renomados instrumentistas de Curitiba como Cláudio Menandro, Julião Boêmio, João Egashira, Daniel Migliavacca e Lucas Melo – que fez a direção musical do CD.
Daniel Miranda era um músico talentoso, inquieto e polivalente. Sua atuação musical na cidade foi marcada por uma trajetória impecável onde ele mantinha cadeira cativa todos os domingos com o grupo Choro e Seresta na Feirinha do Largo da Ordem, e, também, se apresentava com a Banda Lyra (que ele foi um dos fundadores) em diversos espaços públicos e solenidades da Prefeitura de Curitiba, e com várias orquestras e grupos de choro e samba da cidade. Dono de uma personalidade amável e extrovertida, o músico conquistou uma legião de amigos. O CD Notas para Daniel Miranda traduz esse sentimento de gratidão e reconhecimento: a amizade em forma de música.
Uma curiosidade deste álbum é a faixa “Luquinha”. A única composta pelo homenageado e que traz no título o apelido de seu filho Lucas Miranda. Na gravação do grupo Choro e Seresta o arranjo é do próprio Lucas num encontro musical familiar emocionante. Lucas, por sua vez, compôs para o pai, o choro “Mirandão”, que está no disco e também será apresentado no show. O Conjunto Choro e Seresta é formado atualmente por: Joãozinho do Pandeiro, Lucas Melo, Marcos Almeida, Clayton Silva e Lucas Miranda (que assina a direção musical do espetáculo). O projeto foi realizado com recursos do programa de apoio e incentivo à cultura – Fundação Cultural de Curitiba, da Prefeitura Municipal de Curitiba.
Daniel Miranda
O saxofonista e clarinetista Daniel Miranda teve importante papel na história da música em Curitiba. Fez parte de bandas de diferentes estilos e foi um dos fundadores da Banda Lyra Curitibana, além do Conjunto Choro e Seresta, participou de várias orquestras e grupos musicais, entre eles a Orquestra À Base de Sopro do Conservatório de MPB de Curitiba. Ao longo da carreira, Miranda dividiu palco com diversos músicos locais e com lendas da música brasileira que passavam por Curitiba para se apresentar como Nelson Sargento, Guilherme de Brito, Argemiro Patrocínio, Noca da Portela, Silvério Pontes e muitos outros.
Choro e Seresta
O conjunto Choro e Seresta foi criado no início da década de 70 e é o regional em atuação de maior representatividade na história do choro de Curitiba. Atualmente o Conjunto Choro e Seresta é formado por músicos que se encontram em três gerações da formação inicial. O conjunto mantém a tradição de se apresentar aos domingos na feirinha do Largo da Ordem. No repertório, além dos clássicos do gênero, o grupo busca valorizar a música curitibana como um todo, incentivando a produção musical e a apreciação da população, ressaltando e resgatando a arte local, reforçando e fortalecendo uma identidade cultural própria da Cidade.

Serviço:
Lançamento do CD Notas para Daniel Miranda com o Conjunto Choro e Seresta. Sexta-feira, dia 26 de agosto, às 20 horas, no Centro Cultural FIEP - Unidade Dr. Celso Charuri – Sala Black Box
(Rua Paula Gomes, 270 – São Francisco). Ingressos: R$15 (inteira) e R$7,50 (meia). A venda no local ou pelo Sympla:
https://www.sympla.com.br/show-lancamento-disco---notas-para-daniel-miranda__1678277
Classificação: Livre

Assessoria de Imprensa Curitiba:
RB – Escritório de Comunicação
Rodrigo Browne – (41) 99145-7027

Sugestão de BOX

Roteiro do show

01 - Malandro velho na roubada (Daniel Migliavacca)
02- Choro pro Daniel Miranda ( Cidinho 7 cordas)
03 - Sargento Miranda (João Egashira)
04 - Ebubu fulô (Julião Boêmio)
05 - Poeira D’ água (Cláudio Menandro)
06 – Mirandão (Lucas Miranda)
07 - Ahi! Cavaquinho (Erothides de Campos)
08 - No balanço (Lucas Melo)
09 - Mas eu te disse (Wilson Moreira)
10 - Luquinha (Daniel Miranda)
11 - Zequinha na Esbórnia (Julião Boêmio)
12 - Vida de músico (Luiz Otávio)

TIM ativa 5G em todos os bairros de Curitiba e lidera cobertura na capital

• Operadora sai na frente e tem 240 antenas 5G Standalone,
sendo 210 já ativadas neste momento;
• Número é 10 vezes maior do que a obrigação mínima estabelecida
pela Anatel para a cidade

Curitiba, 15 de agosto de 2022 – A TIM é a única operadora a oferecer cobertura 5G Standalone em todos os 75 bairros da cidade de Curitiba, conectando mais de 85% da população com a nova tecnologia, a partir do lançamento comercial, que acontece amanhã (16), com a liberação oficial da frequência de 3,5GHz pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A cobertura da TIM na capital paranaense contará com 240 antenas até o fim do ano, sendo 210 já ativadas no lançamento, antecipando a evolução da demanda do mercado. O número de sites representa 10 vezes mais do que a obrigação mínima estabelecida pela Anatel para a cidade. Além de liderar a chegada do 5G em Curitiba, desde abril de 2020 a operadora também está à frente na cobertura 4G, presente em 100% das 399 cidades paranaenses.

Para marcar a chegada da tecnologia na capital paranaense, a operadora recebe a imprensa e convidados em evento, nesta segunda-feira (15), no Museu Oscar Niemeyer (MON/Museu do Olho). Na ocasião, estão previstas demonstrações de aplicações 5G, como uma experiência de live streaming para espectadores remotos utilizando câmeras 360º, experiências imersivas com o uso de óculos de realidade virtual, além de casos de uso orientados à mobilidade urbana e segurança. Na celebração, o momento histórico da chegada do 5G na cidade ainda será simbolizado pela iluminação com luzes e fogos azuis junto ao prédio do MON e, no mesmo horário, em outros nove dos principais pontos da cidade (Estufa Jardim Botânico, Portal Polonês Mateus Leme, Obelisco Praça 19 de Dezembro, Espelho D´Água Praça 29 de Março, Ruínas Lago da Ordem, Torre do Cronômetro do Parque Náutico, Rua da Cidadania Boqueirão, Rua da Cidadania Portão e Rua da Cidadania Pinheirinho).

Desde o início de julho, a TIM vem ativando comercialmente a tecnologia 5G em capitais pelo país, de acordo com o cronograma estabelecido pela Anatel. Brasília foi a primeira cidade a receber o serviço, seguida de Belo Horizonte (MG), João Pessoa (PB) e Porto Alegre (RS), com pelo menos duas vezes mais antenas que o mínimo exigido pelas normas do leilão. No início do mês, foi a vez da cidade de São Paulo, onde a TIM marcou presença em todos os bairros da capital, assim como faz em Curitiba.

Alberto Griselli, CEO da TIM Brasil, destaca a importância da capital paranaense na estratégia da companha: “somos líderes de mercado em Curitiba desde o início da nossa operação no Estado. Portanto, esse protagonismo no 5G é natural. Estamos saindo na frente e entregando cobertura em todos os bairros, para que os clientes conheçam todas as possibilidades da nova tecnologia”, comenta. O executivo destaca ainda o potencial da região para projetos de cidades conectadas: “Curitiba foi escolhida para ser a capital brasileira no desenvolvimento do projeto ‘Cidade 5G’, em que trabalhamos o conceito de smart city a partir da implementação da nova rede. O 5G é um diferencial importante em iniciativas de segurança e mobilidade, por exemplo, e já estamos realizando diversos testes para trazer novas soluções para a capital do Paraná”, acrescenta.

Com velocidades de navegação que podem alcançar até 100 vezes mais que a rede 4G, o 5G deve impactar de forma única, principalmente, o mercado corporativo, viabilizando a chamada Indústria 4.0 e a utilização de soluções relacionadas à Internet das Coisas. A tecnologia pode estimular o crescimento de importantes setores da economia, como educação, saúde, transporte e segurança, entre outros. A TIM é pioneira em parcerias e projetos pilotos com clientes corporativos pelo país e está preparada para novas parcerias com empresas que buscam avançar em projetos de transformação digital.

Novas possibilidades para os consumidores
O cliente final poderá conhecer todo o potencial da rede 5G da TIM de forma automática, sem precisar trocar seu TIMChip: basta apenas ter um smartphone compatível com a tecnologia. Quem ainda não tem um modelo 5G consegue aproveitar os descontos vigentes nos canais de vendas da operadora.

Os clientes pós-pagos da TIM contarão ainda com um pacote para “turbinar” os planos com mais 50GB de internet, disponível a partir de 18 de agosto. Quem aderir à oferta em até três meses depois do seu lançamento terá gratuidade no uso do pacote por 12 meses. Esse booster 5G oferece ainda navegação ilimitada no Twitch, serviço de streaming de competições de eSports. O pacote evoluirá ao longo dos próximos meses, com mais conteúdos de jogos eletrônicos em parceria a AWG Games – plataforma responsável por títulos como Fortnite e GTA V, além de realidade aumentada e realidade virtual.

A TIM e a inovação no Paraná
Desde 2019, a TIM investe para fomentar um ecossistema 5G que permita a implementação da tecnologia no Brasil. Parcerias com instituições de ensino e a criação de laboratórios, por exemplo, com estudos e testes sobre 5G, ajudaram a consolidar a tecnologia por meio de projetos-piloto pelo país. A operadora, em associação com instituições tecnológicas e governos locais, implantou projetos para transformar cidades e levar o conceito de smart city para todo o Brasil, como é o caso de Curitiba.

Em abril deste ano, a operadora ativou, de forma pioneira, as primeiras antenas 5G do Paraná. Os equipamentos ficam em Curitiba, nas áreas do Parque Barigui e do Palácio Iguaçu, e foram disponibilizados na frequência 2,3 GHz SA (Standalone) para que os clientes dessas regiões já pudessem usufruir de uma experiência diferenciada, que evolui, agora, com a chegada do 5G SA em 3,5 GHz. Além disso, em março, a TIM também anunciou a escolha da capital paranaense para o desenvolvimento do projeto “Cidade 5G”. A ideia é implementar redes 5G, prevendo a evolução da tecnologia, monitoramento de redes e aperfeiçoando a experiência do usuário.

Líder do mercado no Paraná, com 51,5% de participação e mais de 7 milhões de clientes, a TIM também está à frente na cobertura 4G, presente em 100% das 399 cidades paranaenses. A operadora, agora, vem trabalhando para reforçar a presença da rede em estradas: serão cobertos 2.800 quilômetros de rodovias que passam pelo Estado, além de 362 distritos e vilas e nove resorts, com foco também no desenvolvimento turístico da região. Dos 211 novos sites 4G TIM previstos no biênio 2021-22, 103 já foram instalados e estão à disposição dos clientes TIM.
No âmbito comercial, para atender esse volume de usuários, a empresa dispõe hoje de mais de 18 mil pontos de venda, entre lojas próprias, revendas e pequeno e grande varejo.

Mapa de cobertura 5G TIM em Curitiba, presente em todos bairros:

Relação de todos os bairros de Curitiba com 5G TIM:
Abranches, Água Verde, Ahú, Alto Boqueirão, Alto da Glória, Alto da XV, Atuba, Augusta, Bacacheri, Bairro Alto, Barreirinha, Batel, Bigorrilho, Boa Vista, Bom Retiro, Boqueirão, Butiatuvinha, Cabral, Cachoeira, Cajuru, Campina do Siqueira, Campo Comprido, Campo de Santana, Capão da Imbuia, Capão Raso, Cascatinha, Caximba, Centro, Centro Cívico, Cidade Industrial de Curitiba, Cristo Rei, Fanny, Fazendinha, Ganchinho, Guabirotuba, Guaíra, Hauer, Hugo Lange, Jardim Botânico, Jardim Social, Jardim das Américas, Juvevê, Lamenha Pequena, Lindóia, Mercês, Mossunguê, Novo Mundo, Orleans, Parolin, Pilarzinho, Pinheirinho, Portão, Prado Velho, Rebouças, Riviera, Santa Cândida, Santa Felicidade, Santa Quitéria, Santo Inácio, São Braz, São Francisco, São João, São Lourenço, São Miguel, Seminário, Sítio Cercado, Taboão, Tarumã, Tatuquara, Tingui, Uberaba, Umbará, Vila Izabel, Vista Alegre e Xaxim.

Sobre a TIM
“Evoluir juntos com coragem, transformando tecnologia em liberdade” é o propósito da TIM, operadora líder em cobertura móvel e presença 4G. Pioneira em testes do 5G, está pronta também para ser protagonista da tecnologia que revolucionará diversos setores da sociedade, em linha com a sua assinatura: “Imagine as possibilidades”. Comprometida com as melhores práticas ambientais, sociais e de governança, integra importantes carteiras da bolsa brasileira, como a do Novo Mercado, do S&P/B3 Brasil ESG e do Índice de Sustentabilidade Empresarial. Está listada no Sustainability Yearbook 2022, que reúne as empresas mais sustentáveis do mundo, e foi a primeira operadora a certificação ISO 37001, de combate ao suborno. Faz parte ainda do Índice de Equidade de Gênero da Bloomberg e lidera, entre as empresas do Brasil e do setor de telecom mundial, o Refinitiv Diversity & Inclusion Index. Para mais informações, acesse www.tim.com.br.
Classificado como Público

Matinhos recebe espetáculos gratuitos de bonecos

Projeto cultural vai percorrer quatro cidades do Paraná, fazer 16 apresentações com entrada franca e ensinar a arte bonequeira

A cidade de Matinhos, no litoral paranaense, será o palco do espetáculo infantil de bonecos “No tanque do quintal tem um mar pra Juvenal”. As apresentações acontecem no Auditório da UFPR Litoral (rua Jaguariaíva, 512, Matinhos). No dia 14 de agosto, será às 16h. No dia 15 de agosto, será às 9h45, 13h45 e 15h - sempre com entrada franca.

Com realização da Companhia Analgésica e elaborado pela Pingüim Produções, a peça integra o Projeto de Circulação de Norte a Sul do Paraná 2022, que vai percorrer quatro cidades, com 16 apresentações gratuitas. Além de Matinhos, também recebem o espetáculo os municípios de Guaíra, Palmas, Jacarezinho entre setembro e novembro.

Além das apresentações, em todas as cidades haverá bate-papos com a plateia mirim e oficinas criativas sobre a arte bonequeira. “Desejamos que as crianças compartilhem suas impressões, reflexões e dúvidas sobre o que assistiram”, explica Rodrigo Hayalla, diretor do espetáculo.

“A partir das vozes dos pequenos, seus comentários e feedbacks, podemos construir uma conversa que os aproxime dos elementos artísticos que compõem a obra, as técnicas de manipulação dos bonecos e as escolhas estéticas que conduziram à criação de luz, figurinos e demais elementos”, completa.

O espetáculo
A peça dura cerca de 40 minutos. O protagonista é o menino Juvenal. Entediado com os dias seguidos de chuva, finalmente sai e brinca de bolinha de gude no quintal de sua avó até que o brinquedo cai em um tanque e de lá surge o peixe Linguado – linguaruuuudo – que o leva para o fundo dos oceanos em busca de sua bolinha.

Lá a trama se desenrola e ele encontra outros amigos como a Ostra, a Sereia, o jornalista Caranguejo, o juiz Pirarucu, o joalheiro Baiacu, entre outros.

As oficinas
Os organizadores do projeto também vão realizar – em todas as cidades - uma oficina artística com dez horas de duração, voltada aos interessados na arte bonequeira e profissionais da educação.

Denominada Pet Vira Pet, essa atividade vai reutilizar materiais descartáveis para a criar bonecos (bichos de estimação) com diversas técnicas de manipulação. Serão utilizados jornais, papéis, retalhos de tecidos, sacos plásticos, lã, tinta acrílica e outros utensílios simples para a confecção das marionetes.

“As técnicas que serão compartilhadas são extremamente simples, mas podem ser de grande utilidade para instrumentalizar os profissionais da educação em suas criações no âmbito escolar, instigando-os a propor experiências artísticas com as crianças, mesmo mediante a escassez de materiais e verbas de apoio que enfrentam em sua prática cotidiana”, destaca Hayalla.

O Projeto de Circulação de Norte a Sul do Paraná 2022 foi aprovado no Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura Profice da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultural, Governo do Estado do Paraná e tem apoio da Copel.

Serviço
O que: Espetáculo infantil de bonecos “No tanque do quintal tem um mar pra Juvenal”
Quando: Dias 14 e 15 de agosto. No dia 14, será às 16h. No dia 15, será às 9h45, 13h45 e 15h
Onde: Auditório da UFPR Litoral (rua Jaguariaíva, 512, Matinhos-PR)
Como participar: A entrada é franca
Informações: www.producoesdopinguim.com.br
Sugestão de legenda
Projeto cultural gratuito ensina a arte bonequeira em cidades paranaenses; Matinhos recebe espetáculos nos dias 14 e 15 de agosto

Crédito das fotos
Jordana Ferri

Relacionamento com a imprensa | www.producoesdopinguim.com

JIGGER PROMOVE DEGUSTAÇÃO DE WHISKIES THE MACALLAN NO DIA 10 DE AGOSTO

Com a presença do embaixador da marca no Brasil, Gianpaolo Morselli, a degustação acontece na charutaria Tesoros de Cuba

O whisky The Macallan – o single-malt mais cultuado do mundo – é a sugestão de presente da distribuidora de bebidas premium Jigger Spirits & Wines para o Dia dos Pais. Para celebrar a data, a empresa promoverá, no dia 10 de agosto, quarta-feira, às 10h, uma degustação de whiskies The Macallan na charutaria Tesoros de Cuba, com a apresentação do embaixador da marca no Brasil, Gianpaolo Morselli. Interessados em participar do evento devem adquirir um convite através no número (41) 98512-0649. A Tesoros de Cuba está localizada na Rua Comendador Araújo, 497, no Centro.

Com atuação nos estados do Paraná e Santa Catarina, a Jigger é de propriedade do empresário Rafael Ghignone. Os rótulos exclusivos do whisky podem ser adquiridos diretamente na distribuidora (Alameda Princesa Izabel, 3845 – Campina do Siqueira) ou pelo WhatsApp (41) 98787-5278.

SERVIÇO:
Degustação The Macallan na Tesoros de Cuba
Data: 10 de agosto
Horário: 10h
Endereço: Rua Comendador Araújo, 497 – Centro
Instagram: @jiggerspirits
Reservas para o evento: (41) 98512-0649
Compra de bebidas: pelo WhatsApp (41) 98787-5278

Clube do Malte realiza grande promoção para zerar estoque e cervejas têm até 78% de desconto

São mais de 40 mil unidades em estoque, entre nacionais e importados, vendidas abaixo do preço de custo

São Paulo, julho de 2022 -- O Clube do Malte, maior clube de assinaturas de cerveja do Brasil, realiza de 25 a 31 de julho, a principal promoção do ano. Os principais rótulos de cerveja serão vendidos abaixo do preço de custo excepcionalmente na última semana do mês, podendo ser adquiridos a partir de R$3,90. Os valores podem chegar a 78% de desconto, visando zerar os estoques para o segundo semestre.

A promoção começa na próxima segunda-feira, 25 de julho e se encerra no dia 31 do mesmo mês -- ou até quando durarem os estoques, no site do Clube do Malte. Ao todo, mais de 270 rótulos diferentes estarão disponíveis. Para aproveitar os descontos, basta acessar o site do Clube do Malte. No fim da compra, não é preciso adicionar nenhum outro código promocional.

6=MWM6ATZwE2Ylpjci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pDN0kzN4QzMyQTM6cmbw5CNzUjMkVjMmhzN3ETMkZTN1EDNiFDN2ADZmhjY1MGZmZkMlMGZmZkMlcjNzMTMGJTJ3ITOxgjM4kjMz8VL0ETLfpzM
Alguns dos principais rótulos em promoção de ‘limpa estoque’ no Clube do Malte

“É a segunda promoção que fazemos, logo na sequência da promoção do aniversário do Clube do Malte, que já oferece grandes descontos. A ideia é apresentar cervejas que o consumidor não vai encontrar em supermercados e outros estabelecimentos, por um preço de custo, em um momento que renovamos todo nosso estoque”, destaca Douglas Salvador, CEO e fundador do Clube do Malte.

As compras são válidas para todo território nacional e valem para qualquer consumidor, não somente os assinantes do Clube do Malte. Os assinantes de pacotes mensais, porém, contam com cashback, brindes e frete gratuito nas compras.
Os rótulos contam com opções nacionais e importadas. Ao lado das internacionais, a promoção é válida para rótulos como Bitburguer, Bourgogne Des Flandres Brune, Timmermans Framboise e Erdinger Weiss, entre outros. Já nas opções nacionais, Bodebrown, Dado Bier, Dogma, Ignorus, Leuven e Lohn Bier estão na lista.

Confira alguns dos principais rótulos com descontos:
- Bitburguer de R$ 14,90 por R$ 4,90
- Konig Pilsener de R$ 35,90 por R$ 12,90
- Kastel Barista Chocolate de R$ 42,90 por R$ 27,90
- Genevieve de R$ 28,90 por R$ 19,90
- St Feuillien Blonde de R$ 38,90 por R$ 26,90
- Bourgogne Des Flandres Brune de R$ 45,90 por R$ 31,90
- St Patricks Blond Ale de R$ 21,90 por R$ 10,50
- Ol Beer HOP Sounds de R$ 39,90 por R$ 21,90
- Timmermans Framboise de R$ 40,90 por R$ 24,90
- Erdinger Weiss 500ml de R$ 27,90 por R$ 17,90

Para mais informações, acesse o site do Clube do Malte

Sobre o Clube do Malte
A empresa nasceu em 2009 pela paixão do fundador, Douglas Salvador, por cerveja. Com sede em Curitiba, Paraná, aos poucos ele foi percebendo que as pessoas queriam consumir cervejas artesanais de regiões distantes, mas como são produzidas por pequenas cervejarias locais, a criação de um clube de assinatura facilitaria esse acesso. A primeira assinatura foi lançada em 2012 e, quatro anos depois, já eram 5 mil assinantes. Em 2019, resolveram ir ao mercado e realizar uma oferta pública via crowdfunding, o que resultou em R$ 1,5 milhão com 642 investidores, considerada a maior em uma só rodada. Neste mesmo ano, a empresa teve a oportunidade de adquirir a concorrente Beer, da Wine.

No ano passado, em plena pandemia, anunciou o lançamento das marcas próprias Clube do Malte e My Beer Class. Hoje em dia, o Clube do Malte é o maior clube de assinaturas de cervejas do mundo e está construindo a maior e mais engajada comunidade de apaixonados de cervejas do Brasil: já vendeu para mais de 150 mil brasileiros. Já conectou mais de 2 mil marcas de cervejas nacionais e importadas no mercado brasileiro, ao longo de seus mais de 10 anos. Dentro dessa visão de comunidade, proporciona vantagens exclusivas para os seus membros, como frete SMART(carona com o seu pedido de assinatura) e Preço Premium (valores mais baratos para quem faz parte da comunidade).

Que tal dar um break time durante a semana e almoçar num restaurante rural para saborear um Prime Rib?

Restaurante Rural Jackson Assados Que tal dar um break time durante a semana e almoçar num restaurante rural para saborear um Prime Rib?

 

O Restaurante Rural Jackson Assados é referência no preparo do Prime Rib, a parte premium da costela do porco Moura - Foto: divulgação

Além do ambiente agradável, feito para os amantes da boa mesa, natureza, paz e sossego, o Restaurante Rural Jackson Assados tornou-se referência no preparo do Prime Rib, a parte premium da costela do porco Moura, que se destaca pela maciez e suculência

Coro e Madrigal da UFPR se apresentam em Antonina

As apresentações encerram as atividades do 32ª Festival de Inverno da Universidade Federal do Paraná, que teve início dia 16 de julho com oficinas e apresentações culturais.
Depois de dois anos sem atividades, devido à pandemia do Corona Vírus, o Coro e o Madrigal da Universidade Federal do Paraná voltam ao palco. E para marcar o recomeço os dois grupos, dirigidos pelo maestro Alvaro Nadolny se apresentarão em Antonina, no sábado, dia 23, às 18h na programação do Festival de Inverno da UFPR.
O repertório dos grupos é distinto e inclui o Réquiem do compositor francês Gabriel Fauré para o Coro e Seis Quartetos do alemão Johannes Brahms para o Madrigal. As apresentações serão simultâneas, no Armazém Macedo, espaço cultural recém-inaugurado. A entrada é gratuita.
Serviço:
Concerto – Coro e Madrigal da UFPR
Réquiem de Gabriel Fauré (Coro)
Seis quartetos de Brahms (Madrigal)
Regência e Direção artística: Alvaro Nadolny.
Pianistas: Karina Ferrer Gineste da Silva e Hermes Drechsel
De 23 de julho, sábado, às 18h.
Local: Armazém Macedo, Rua Marques do Herval, 130, Antonina.
Entrada: gratuita

Curso Express de Vinhos ministrado pela sommelière Daniele Lopez, com apresentação e degustação de Cafés especiais do Norte Pioneiro

Nesta quarta-feira , 13/07 aconteceu no Hotel Mabu, o primeiro Curso Express de Vinhos e com uma apresentação e degustação de Cafés especiais do Norte Pioneiro. O curso ministrado pela sommeliere Daniele Lopez tem como objetivo proporcionar de forma rápida e objetiva o melhor conteúdo sobre o universo da enogastronomia . Durante a degustação foi servido uma tábua de antepastos com queridos da Tirolez que é o grande apoiador , feito pela Chef Paola Silva da Full House Pasta. O destaque para o brie e o queijo azul que harmonizou com os vinhos brasileiros , um do Paraná, o Tozzetti Casca Dura e o Teroldego da vinicola Unità de Serafina Corrêa, a cidade mais "Talian" do Brasil.

Inserir
Você enviou
Agradecimentos a todos os apoiadores e principalmente ao Hotel Mabu que tem sua agenda sempre com novidades e agora o destaque são os vinhos. Obrigada Manu hotéis, Vinícola Unità, Sanber, Tirolez queijos, Cafés do Norte Pioneiro e do Empório Café do Norte, das mulheres do café . Daí as marcações vc faz essas: @vinicolaunita @tirolezqueijos , @cafeourodonorte

Sesc PRSesc prorroga inscrições para seleção de desenhos de pontos turísticos do Paraná

Estudantes, trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e população de qualquer idade e cidade paranaense têm até o dia 8 de agosto para participar

Foram prorrogadas até o dia 8 de agosto as inscrições para a seleção de desenhos originais, feitos à mão, sobre qualquer ponto turístico do Paraná. Trata-se do projeto Entre Caminhos do Paraná, promovido pelo Sesc PR.

O objetivo da seleção é valorizar os pontos turísticos do estado, conhecer e divulgar a história e a cultura paranaenses e produzir uma coletânea com 90 desenhos escolhidos. A participação será dividida em categorias: Estudantes (alunos matriculados nos projetos de Educação do Sesc PR); Trabalhadores do Comércio de Bens, Serviços e Turismo e, Público em Geral. De cada categoria serão selecionadas 30 ilustrações. Não há restrição de idade para participar.

Os organizadores do projeto lembram que recentemente o Ministério do Turismo divulgou o novo Mapa do Turismo Brasileiro. Neste documento consta que o Paraná conta com 210 cidades e 15 regiões turísticas cadastradas e reconhecidas.

Os autores dos trabalhos selecionados, além de integrar a coletânea, também receberão troféus de participação e um exemplar do compilado das obras. Os cinco primeiros lugares em cada categoria serão premiados com hospedagem de um fim de semana no Hotel Sesc Caiobá, com direito a um acompanhante, e as despesas de deslocamento da cidade do premiado a Curitiba e, depois, a Matinhos serão custeadas pelo Sesc PR.

Para acesso ao edital clique AQUI.

SERVIÇO:

Seleção de Desenhos Entre Caminhos do Paraná

Inscrições até 8 de agosto de 2022

Divulgação dos resultados: 10 de outubro de 2022

Entrega da premiação: 4 de novembro de 2022

Informações: www.sescpr.com.br/entrecaminhosdoparana

Parque Vila Velha dá desconto para quem doar uma peça de roupa para a Campanha do Agasalho 2022

Visitantes ganham 10% de desconto no valor do ingresso até o dia 31 de julho

O Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa/PR aderiu à Campanha do Agasalho 2022, sob o lema de “Onde há calor, há mais vida!”.

Os visitantes que levarem uma peça de roupa para doação para a Campanha receberão um desconto de 10% na compra de um ingresso para o Parque.

“Essa ação tem como objetivo incentivar a doação de roupas para pessoas carentes, e por conta disso, apoiamos essa campanha e somos parceiros nesse comprometimento com a sociedade, fazendo chegar a quem mais precisa essas doações”, declara o Gestor do Parque Vila Velha, Leandro Ribas.

O que pode ser doado?

Todos os tipos de itens de vestuário feminino, masculino e infantil, cama, mesa e banho, cobertores e calçados, em bom estado de conservação, para o uso imediato.

No último fim de semana, dias 9 e 10, em ação realizada em Curitiba, foram arrecadadas cerca de 300 peças de roupas.

Sobre o Parque Vila Velha

Localizado a uma hora de Curitiba, o Parque Estadual de Vila Velha é o primeiro parque estadual criado no Paraná, em 1953, e atualmente é uma concessão do Governo do Estado do Paraná, por meio do Instituto Água e Terra, à Soul Vila Velha, uma empresa da Soul Parques.

Vale destacar que durante o mês de julho, o Parque abre todos os dias, das 9 às 17 horas. As bilheterias funcionam somente até as 15 horas. O parque indica, a chegada ainda pela manhã, para que o visitantes possam conhecer os três atrativos naturais – Arenitos, Furnas e Lagoa Dourada – se deliciar com as diversas opções gastronômicas e ainda aproveitar as atrações de aventura – Cicloturismo, Arvorismo, Tirolesa e Balonismo.

Mais informações podem ser obtidas no site www.parquevilavelha.com.br ou nas redes através do @parquevilavelha

Sesi Cultura leva espetáculo “Flamenco para Todos” para seis cidades do Paraná

Fusão de poesia, guitarra e baile flamenco encanta pela beleza e cultura espanhola
Que tal assistir a um espetáculo de Flamenco? A proposta é do Sesi Cultura Paraná, que em julho leva a atração gratuita a seis cidades do Paraná: Curitiba, Pato Branco, Guarapuava, Londrina, Santo Antônio da Platina, Londrina e Arapongas.

O espetáculo se serve da arte flamenca num diálogo contemporâneo com as obras "Poemas Del Cante Jondo" e "El Romancero Gitano" do poeta e escritor espanhol Federico Garcia Lorca, um dos maiores expoentes desta arte (1898 – 1936), numa visão do poeta sobre a dança e a cultura tradicional espanhola, misturando-se em verso, guitarra e baile flamenco.

“Flamenco Para Todos” intercala uma seleção romântica de poemas do escritor espanhol com dança e melodia numa homenagem a este autor surrealista que tanto encantou e encanta corações apaixonados, patriotas e amargurados, e que até hoje vibra com sua força latina, pulsante na língua e na cultura espanhola contemporânea tão propagada pelo mundo.

O espetáculo será apresentado ao vivo e traz em cena um ator, um violonista e duas “bailaoras” (dançarina de Flamenco), intercalando cenas entre poemas, baile e guitarra flamenca. Para não perder na sonoridade e métrica da poesia de García Lorca, o espetáculo é falado na língua espanhola original.

A montagem busca aproximar o público da dança flamenca e da sua história, costurada pela influência do poeta e dramaturgo Federico Garcia Lorca, importante nome do âmbito teatral e literário que contribuiu veementemente com o flamenco e a disseminação da cultura espanhola ao redor do mundo.

SERVIÇO:
Sesi Cultura Paraná apresenta o espetáculo de dança e teatro “Flamenco Para Todos”
Entrada franca. Ingressos devem ser retirados no local, com 30 minutos de antecedência; exceto em Guarapuava, que podem ser retirados antecipadamente na recepção do Sesi.

Dia 14/07, 19h – Curitiba
Centro Cultural Sistema Fiep – Unidade Dr. Celso Charuri
Rua Paula Gomes, 270 São Francisco – Curitiba PR
Tel.: (41) 3271 9958

Dia 15/07, 19h – Pato Branco
Centro Cultural Sesi Pato Branco
Rua Xingú, 833 – Amadori – Pato Branco – PR
Tel.: (46) 3220 5524
Contribua voluntariamente com 1kg de alimento não perecível, uma caixa de leite ou um livro.

Dia 16/07, 19h – Guarapuava
Teatro Sesi Guarapuava
Rua Coronel Lustosa, 1736 – Guarapuava – PR
Tel. (41) 9 8855 6923

Dia 20/07, 19h – Santo Antônio da Platina
Teatro Sesi Santo Antônio da Platina
Rua José Vieira Gusmão, 859 (próx. BR 153, km 40) – Santo Antônio da Platina – PR
Tel.: (43) 3534 8183

Dia 21/07, 19h – Londrina
Auditório Sesi/Senai Londrina
Rua Belém, 844 (entrada pela rua São Vicente) – Londrina – PR
Tel.: (43) 9 8850 9066

Dia 22/07, 20h – Arapongas
Teatro Sesi Arapongas
Rua Guaratinga, 2247 Parque Industrial II – Arapongas – PR
Tel.: (43) 3275 8868 e (43) 9 8808 7802

FICHA TÉCNICA
Das obras El Cante Jondo & El Romancero Gitano Federico García Lorca
Direção de Produção ST produções Teatrais
Direção e Interpretação Sandro Tueros
Músico e Compositor Alê Palma
Bailaoras intérpretes criadoras Fernanda Gimenez e Tânia Moruna
Figurinos Marcelo Salles e André Posselt
Cenários Guenia Lemos
Projeto de iluminação RZLUZ
Caracterização Felipe Emmanuel Prochmann
Maquiagem Pedro Laurentino Luiz
Adereços de cena Máscaras & Fantasias
Designer gráfica Guenia Lemos
Filmagem, Montagem e Edição de vídeo BR Filmes
Direção cinematográfica Orlando Brasil
Diretor de Fotografia Paulo Silveira
Assistente de Direção Nathalia Camargo
Câmeras Edson Roberto Martins
Operador de Luz Rodrigo Ziolkowski
Técnico e montagem de luz Bruno das Almas Ferrari
Professor e criador da oficina virtual Victor Emanuel Carlim
Captação de áudio André Kloss e Joaquim Kloss
Edição e mixagem de áudio Kloss Estúdio
Cenotécnico Alfredo Gomes Filho
Costureiras Eunice Salles & Valéria Salles
Realização ST Produções Teatrais
Roteiro e Tradução ao Português Sandro Tueros
Classificação 12 anos
Duração Espetáculo 45 minutos

60ª edição do Festival Folclórico de Etnias do Paraná começa na próxima segunda-feira

De 11 a 21 de julho, Teatro Guaíra recebe apresentações de 16 grupos folclóricos com a participação de mais de 1500 folcloristas

Uma grande celebração dos povos para valorizar tradições, respeitar diferenças e enaltecer a diversidade étnica. Assim segue um dos mais longevos festivais folclóricos do país que chega a sua 60ª edição com apresentações, de 11 a 21 de julho, no grande auditório do Teatro Guaíra.

Realizado pela Associação Inter-Étnica do Paraná (Aintepar) com produção da ONG Unicultura, o Festival Folclórico de Etnias volta a ter sua versão presencial após dois anos, devido à pandemia de COVID19. Durante 11 dias acontecem 16 apresentações inéditas de danças típicas. Os países celebrados são Alemanha, Áustria, Bolívia, Brasil, Espanha, Grécia, Holanda, Itália, Japão, Polônia, Suíça, Ucrânia e pela primeira vez Luxemburgo (grupo convidado).

Os ingressos podem ser adquiridos com integrantes dos grupos folclóricos ou no site https://festivalfolclorico.com.br/ .

Histórico — Idealizado e organizado por grupos folclóricos, o Festival Folclórico de Etnias do Paraná acontece desde 1958. Em 1974, esses grupos formaram a Associação Inter-étnica do Paraná (Aintepar), entidade responsável por manter o evento ativo desde então, além de fomentar o trabalho dos grupos étnicos no estado. O evento fez parte do roteiro de reinauguração do Teatro Guaíra, depois do incêndio de 1970. Pela importante contribuição à cultura local, na década de 1980, o Governo do Paraná inseriu o Festival no calendário oficial do Estado.

A AINTEPAR (Associação Interétnica do Paraná) tem compromisso com a autenticidade e a essência do folclore, preservando as tradições que ajudaram a moldar a cultura e a identidade paranaenses. Atualmente, é composta por 18 grupos, que representam 13 etnias, povos de todo o mundo que se estabeleceram aqui no decorrer dos séculos XIX e XX e influenciaram diretamente o desenvolvimento do Estado, mas não deixaram de transmitir à sua descendência o amor pela terra de origem.

Serviço:
Festival Folclórico de Etnias do Paraná
Data: de 11 a 21 de agosto
Local: Teatro Guaíra
Ingressos: https://festivalfolclorico.com.br/

Realização: Associação Inter-Étnica do Paraná (Aintepar)
Produção: Unicultura

PROGRAMAÇÃO 2022
Segunda-feira, 11 de Julho às 20h30
Grupo Folclórico Luxemburguês Feierwon - convidado
Grupo Junak Folclore Polonês

Terça-feira, 12 de Julho às 20h30
Wisła - Grupo Folclórico Polonês do Paraná

Quarta-feira, 13 de Julho às 20h30
Centro de Tradições Brasileiras Querência Santa Mônica
Folclore Grego Neoléa do Paraná

Quinta-feira, 14 de Julho às 20h30
Folclore Ucraniano Barvinok

Sexta-feira, 15 de Julho às 20h30
Grupo Folclórico Ucraniano Poltava

Sábado, 16 de Julho às 20h30
Original Einigkeit Tanzgruppe da Sociedade Thalia
Grupo Folclórico Piccola Itália

Domingo, 17 de Julho às 19h
Grupo Folclórico Ítalo-Brasileiro Santa Felicidade

Segunda-feira, 18 de Julho às 20h30
Grupo Folclórico do Centro Espanhol do Paraná

Terça-feira, 19 de Julho às 20h30
Grupo Folclórico Nipo-Brasileiro Nikkei

Quarta-feira, 20 de Julho às 20h30
Grupo Folclórico Germânico Alte Heimat
Grupo Folclórico Italiano Anima Dantis

Quinta-feira, 21 de Julho às 20h30
Grupo Folclórico Raízes de Bolívia
Grupo Folclórico Holandês de Castrolanda

Parque Vila Velha promove voo de balão estacionário no Restaurante Madalosso, em Curitiba

Experiência acontece nos dias 9 e 10 de julho, sábado e domingo

Considerado um dos cartões postais mais belos do Estado do Paraná, o Parque Vila Velha, localizado em Ponta Grossa/PR, promove nestes sábado e domingo (9 e 10), das 11h às 16h, no Restaurante Madalosso, em Curitiba, uma experiência única, que geralmente é oferecida no Parque, o voo de balão estacionário.

A ação, que é uma parceria entre o Parque Vila Velha e o Restaurante Madalosso, é aberta ao público e o ingresso tem o valor simbólico de R$ 30,00 por pessoa mais uma peça de agasalho para a Campanha do Agasalho 2022 – Onde há calor, há mais vida! O voo ocorre com até três pessoas, tem duração aproximada de dez minutos e depende das condições do tempo.

Os ingressos podem ser adquiridos na hora, com cartão de crédito/débito, mediante doação da peça de agasalho e aceite de termo de compromisso. A experiência não é permitida para gestantes, crianças de colo e até quatro anos de idade e pessoas em pós cirúrgico.

Sobre o Parque Estadual de Vila Velha

O Parque Vila Velha é o lugar perfeito para quem gosta do contato com a natureza, pois oferece experiências únicas de lazer dentro de uma infraestrutura turística moderna e sustentável, com as melhores atrações de aventura e de contemplação da natureza, que propiciam diversão e aprendizado aos visitantes de todas as idades.

Além dos atrativos naturais, como os Arenitos, Furnas e Lagoa Dourada, opções de aventura estão à disposição dos visitantes, como por exemplo a Tirolesa mais linda do Brasil, o Arvorismo em um bosque de Araucárias o Cicloturismo contemplativo de belas paisagens e o voo em Balão Estacionário.

Dentre as opções gastronômicas, o Parque conta com restaurante e armazém no Centro de Visitantes com vários pratos típicos paranaenses, um container para lanches nas Furnas e um café na Lagoa Dourada (aberto somente nos finais de semana e feriados). Energia para antes, durante e depois dos passeios pelo Parque.

Durante o mês de julho, o Parque funciona todos os dias, das 9 às 17 horas. As bilheterias funcionam somente até as 15 horas.

Serviço – Voo de balão estacionário

Onde? Restaurante Família Madalosso - Av. Manoel Ribas, 5875 - Santa Felicidade, Curitiba - PR, 8

Quando? Sábado e domingo – 9 e 10 de julho, das 11h às 16h

Ingressos: R$ 30,00 por pessoa mais uma peça de agasalho, adquiridos na hora conforme ordem de chegada.

Centenário de Lolô Cornelsen vai resgatar a história da arquitetura no Paraná com grande evento e pré-lançamento de livro

No próximo dia 07 de julho, data em que Lolô completaria 100 anos, o Museu Oscar Niemeyer vai receber grandes nomes da arquitetura, personalidades, parentes e amigos em uma grande celebração do legado deixado pelo “Homem Asfalto”

CURITIBA, 30/06/2022 – O centenário de um dos nomes mais relevantes da arquitetura brasileira, Ayrton João Cornelsen, o Lolô Cornelsen, será celebrado com um grande evento na cidade de Curitiba. Na próxima quinta-feira, dia 07 de julho, dia em que Lolô Cornelsen completaria 100 anos, arquitetos renomados, personalidades, parentes e amigos do homem que ajudou a construir o Paraná que conhecemos e que conta com projetos emblemáticos espalhados pelo mundo vão se reunir no Museu Oscar Niemeyer para uma programação repleta de homenagens e boas lembranças.

O evento, que terá entrada gratuita, contará com uma série de atividades especiais dedicadas a Lolô Cornelsen, que faleceu em 5 de março de 2020, na capital paranaense, com destaque para a mesa redonda com grandes profissionais do mercado; exibição de filmes, fotos e áudios; e pré-lançamento do livro “Lolô Cornelsen – Vida e Obra”. “Queremos destacar as obras do Lolô e, antes de tudo, um homem muito à frente de seu tempo. Ele está diretamente ligado ao desenvolvimento do Estado do Paraná, além de ter mostrado todo o seu talento em outras áreas, como a do automobilismo. Não podemos esquecer também de sua sensibilidade e técnicas incríveis para o desenvolvimento de projetos residenciais até hoje celebrados por profissionais da arquitetura. Lolô Cornelsen foi único e merece todo o carinho nesta data tão especial, em que completaria 100 anos”, destaca a arquiteta e produtora cultural Consuelo Cornelsen, filha de Lolô.

A mesa redonda “Reflexões sobre a obra do Lolô”, mediada por Rafaela Tasca, vai receber os arquitetos Salvador Gnoato, Marcos Bertoldi, Guilherme Macedo e Fernando Canalli. Durante a conversa, serão relembrados grandes projetos do arquiteto que impactaram a visão de profissionais e repercutem até hoje. Obras em audiovisual também vão celebrar a carreira de Cornelsen, com destaque para os vídeos “Lolô Maravilha”, de Acir Guimarães, e “Lolô – Sem Palavras”, de Iko e Hiran Pessoa de Mello, e o áudio “Lolô – Últimas Palavras”, de Airton Pissetti.

Outra grande atração do evento será o pré-lançamento do livro “Lolô Cornelsen – Vida e Obra”, obra assinada por Guilherme Macedo e Josehenrique Zuchi. Os projetos arquitetônicos mais relevantes de Lolô até suas contribuições para o desenvolvimento social e econômico do oeste e sudoeste do Paraná são retratados no livro, que será lançado oficialmente ainda em 2022. Macedo pesquisou sobre Cornelsen ainda na faculdade, trabalhou em um escritório na icônica Residência Belotti, projetada pelo arquiteto, e chegou a conhecer Lolô, contato que o estimulou a reunir as principais obras do celebrado curitibano. “Ele é muito diverso e sempre acaba surpreendendo a gente”, comenta Macedo. “A ideia do livro é tentar alinhar a produção de Lolô, conseguir juntar num material mais robusto toda a trajetória dele que, até então, se encontrava de forma pontual e muito isolada”, complementa.

Para Guilherme Macedo, o centenário resgata a relevância de Cornelsen destacando a variedade de seus projetos e toda influência que teve, tem e que ainda pode ter na arquitetura paranaense e brasileira. “Acredito que o principal ponto seja mostrar essa diversidade de coisas e momentos que a gente pode passar, que a gente não precisa ficar refém de um só tipo de arquitetura ou só um tipo de trabalho”, destaca. “Ele fazia algo que vinha de dentro para fora dele, queria fazer aquilo independente do que os outros pensassem, porém sempre pensava no outro. É o maior aprendizado que ele pode ter deixado: buscar ser eficiente de forma sustentável, inventiva e econômica, pensando sempre num Paraná melhor”, completa Macedo.

A pluralidade de Lolô

Curitibano, Ayrton João Cornelsen nasceu em 07 de julho de 1922. Formado pela Universidade Federal do Paraná em Arquitetura e Engenharia Civil, foi construindo uma carreira sólida muito cedo. Um dos últimos representantes do modernismo brasileiro, o arquiteto ganhou a alcunha de “Homem Asfalto”: foi diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná, no qual, desde 1950, foi responsável pela pavimentação de mais de 400 quilômetros de rodovias que interligam o Paraná.

Participando diretamente da elaboração de cidades e planejamentos urbanísticos no oeste e sudoeste do estado, contribuiu diretamente para o desenvolvimento do Paraná. Projetos como a Rodovia do Café, a revitalização da Estrada da Graciosa e o ferry-boat de Guaratuba o elevaram ao reconhecimento nacional. Convidado pessoalmente por Juscelino Kubitschek par representar o Brasil no exterior, chegou a estruturar de hospitais e escolas a campos de golfe e hotéis pela Europa, África e pelas Américas.

A paixão pelos esportes o levou a atuar diretamente na área: foi jogador do Athletico Paranaense, conquistando três campeonatos (amador em 1943 e 1944, e com o time principal, em 1945). Foi criador do escudo “CAP” que estampou os uniformes do clube até 2019. A rivalidade entre clubes, ele deixou somente em campo: foi idealizador do projeto original do estádio Couto Pereira, do Coritiba, e da Vila Olímpica do Vasco da Gama, no Rio de Janeiro (RJ).

O “Homem Asfalto” também deixou seu nome em residências modernistas espalhadas por Curitiba e, como não poderia ser diferente ao analisar seu apelido, nas pistas de corrida, assinando os projetos de importantes autódromos pelo mundo: Autódromo Internacional de Curitiba, Autódromo de Jacarepaguá (Rio de Janeiro), Autódromo de Luanda (Angola) e Autódromo de Estoril (Portugal).

O evento “Centenário de Lolô Cornelsen” será realizado no Museu Oscar Niemeyer (R. Mal. Hermes, 999 – Centro Cívico), no dia 07 de julho (quinta-feira), a partir das 20h, com entrada gratuita.