Covid-19: tecnologia ajuda empresas no cumprimento de medidas obrigatórias


Entre os protocolos de prevenção estabelecidos pela Prefeitura de Curitiba estão a liberação de catracas com contato, as quais podem ser substituídas pelo reconhecimento facial com aferição de temperatura

Há poucos dias, a Prefeitura de Curitiba anunciou que a cidade passou da bandeira da cor amarela, que significa baixo risco de contaminação por coronavírus, para laranja, a qual aponta risco médio. Isso fez com que medidas ainda mais rigorosas fossem tomadas. Entre os protocolos de prevenção obrigatórios para o funcionamento das empresas que continuam abertas estão o destravamento obrigatório de catracas de acesso com contato. Para auxiliá-las nesse momento, a Quinyx Company apresenta o CAAT, controle de acesso com aferição de temperatura por reconhecimento facial.

“Além da tecnologia não depender de contato para o monitoramento de entradas e saídas, ainda realiza a medição da febre, um dos principais sintomas da doença, por meio de câmeras e sensores de infravermelho. Essa funcionalidade vai de encontro a um momento em que aferir a temperatura é essencial para evitar a contaminação, na mesma medida em que é preciso evitar o contato, como ocorre com termômetros e pistolas, por exemplo”, afirma o especialista em marketing da 18 Gigas, que representa a Quinyx no Brasil, Eduardo Atanazio.

Entre as funcionalidades do CAAT estão uma base de dados para 30 mil registros e a capacidade de reconhecer faces com ou sem máscara, o que permite aos usuários serem identificados sem retirarem o acessório, reduzindo as chances de contaminação. Isso também pode ser feito por uma configuração que não libera catracas ou similares para indivíduos sem máscara. Além disso, há a possibilidade de integração com sistemas de controle de acesso e a identificação e aferição de temperaturas a uma distância de até um 1,5 metro. É importante frisar que o cadastro prévio de pessoas só será realizado se esta for a opção do usuário”, ressalta Atanazio.

Para nerds: O CAAT conta com as conexões Wigan Input-Output para integrar com catracas ou portas giratórias, bem como Relê NF (normalmente fechado), entre outras interfaces mais comuns, como USB, RJ-45 e UBOOT.

 

Além disso, permite uso móvel para utilização em balcões de recepção, por exemplo. Basta ligar numa tomada para ele iniciar a verificação de temperatura e registro o dos acessos. Para isso, pode ser adquirido com uma base de sustentação. Outros diferenciais são a exportação de dados em tempo real, a segurança, já que o equipamento distingue faces humanas de fotos, e a possibilidade de identificação noturna, pois conta com infravermelho e luzes de LED.

 

Mais informações pelo site www.acessocaat.com.br

X - foto23 copy

*com divulgação

 

 

Categorias:AGÊNCIAS DE COMUNICAÇÃO, AGENDA DA SEMANA, AGENDA DO FIM DE SEMANA, BRASIL, COLUNA VANESSA MALUCELLI, DIVIRTA-SE, evento, FREE LIFESTYLE, LANÇAMENTOS, SAÚDETags:, , , , , , , , ,

VanessaMalucelliAndersen

Colunista do Site — Divirta-se Curitiba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s