Orquestra Sinfônica do Paraná apresenta concerto com tesouros perdidos da música erudita

Obras que serão tocadas pela OSP ficaram desaparecidas por períodos de 30 a 100 anos

O próximo concerto da OSP, domingo, 21/10, às 10h30, se chama Os Tesouros Perdidos. Este nome não foi escolhido à toa pelo maestro-titular Stefan Geiger. “Neste concerto, teremos obras que ficaram desaparecidas por anos e agora foram redescobertas”, disse o maestro.

O programa do concerto, que será realizado no Guairão e terá regência do maestro convidado Raphael Haeger, inclui três obras. A mais curiosa delas talvez seja a segunda música do concerto: a Canção Fúnebre, de Igor Stravinsky. Composta em homenagem ao seu mentor e apresentada uma única vez, em junho de 1909, suas partituras se perderam em meio à Revolução Russa.

Apesar do grande interesse de muitos músicos russos em descobrir o paradeiro da obra, apenas em 2015, 107 anos depois, um bibliotecário do Conservatório de Moscou encontrou algumas partes atrás de um piano, em meio a vários outros documentos antigos. A musicóloga Natalya Braginskaya, especialista em Stravinsky, a reconheceu oficialmente como a obra perdida.

A história da Sinfonia Nº 1 em Ré Menor, de Rachmaninoff, terceira música do concerto, é parecida. Considerada um fracasso na sua época de estreia, o compositor abandonou as partituras em Moscou em 1917. Cerca de 30 anos mais tarde, a obra foi encontrada no Conservatório de Leningrado (São Petesburgo), mas só foi apresentada novamente na versão original em 1972.

Para abrir este programa de joias perdidas, foi escolhida a música Conto de Fadas de Inverno, de Josef Suk. Inspirada em um conto de Shakespeare, é uma obra que vem ganhando reconhecimento nos últimos anos, sendo considerada por alguns críticos como o auge da carreira de Suk, apesar de ter sido escrita quando ele tinha apenas 20 anos.

Os ingressos para o concerto Os Tesouros Perdidos, da Orquestra Sinfônica do Paraná, já estão à venda na bilheteria do teatro e pelo Disk Ingressos. Os valores são de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Sobre o maestro Raphael Haeger

Raphael Haeger é alemão e percussionista na Orquestra Filarmônica de Berlim desde 2004. Ele é mestre em regência pela Hanns Eisler Academy for Music e já trabalhou como maestro com as orquestras Neubrandenburger Pilharmonie, Brandenburger Symphonikern, dentre outras.

Serviço

Concerto Os Tesouros Perdidos
Domingo, 21/10, às 10h30
Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto – Guairão
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Acompanhe a OSP e o Teatro Guaíra nas redes sociais

OSP
Facebook:
facebook.com/orquestrasinfonicadoparana
Instagram: @orquestrasinfonicaparana
Teatro Guaíra
Facebook:facebook.com/teatroguairaInstagram:
@teatroguaira
*com divulgação

Categorias:AGÊNCIAS DE COMUNICAÇÃO, AGENDA DA SEMANA, AGENDA DO FIM DE SEMANA, BRASIL, COLUNA VANESSA MALUCELLI, CULTURA, DIVIRTA-SE, FREE LIFESTYLE, LANÇAMENTOS, musica, SHOWS, TEATROTags:, , , , , , , , , , , ,

VanessaMalucelliAndersen

Colunista do Site — Divirta-se Curitiba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s