Últimas apresentações dos corpos artísticos do Teatro Guaíra em 2019

Últimas apresentações dos corpos artísticos do Teatro Guaíra em 2019
Orquestra Sinfônica do Paraná e G2, companhia master de dança, encerram a programação do #FimDoAnoNoGuaíra

Nesta semana a programação especial do #FimDoAnoNoGuaíra termina com apresentações da Orquestra Sinfônica do Paraná (OSP) e do G2, companhia master de dança. No dia 15/12, 10h30, a OSP traz o maestro convidado François Lopez-Ferrer para o concerto Beethoven & Schumann. Já o G2 comemora 20 anos com os espetáculos La Cena, nos dias 10 e 11/12, às 20h30, e Blow Elliot Benjamin, dia 14/12, às 20h30 e dia 15/12, às 18h.
Os ingressos para todas as apresentações custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada) e estão disponíveis na bilheteria do teatro ou pelo Ticket Fácil.

20 anos da companhia master de dança G2
Criado em dezembro de 1999, o G2 é formado por ex-integrantes do Balé Teatro Guaíra, que se dedicam ao trabalho de pesquisa de movimento e criação coletiva para a montagem de espetáculos. Para comemorar seus 20 anos, o G2 reapresenta dois sucessos: La Cena e Blow Elliot Benjamin.

La Cena estreou em 2016 e é inspirado em O Quebra-Nozes e nos personagens de Neil Gaiman (Sandman) e de Serguei Diaguilev (Ballets Russes). O grupo trabalha na mansão do Sr. Stahlbaum e, após alguns incidentes, todos mergulham em um sono profundo que desperta os desejos mais secretos e inconfessáveis pesadelos.

Blow Elliot Benjamin foi criado em 2011 e é resultado do trabalho coletivo feito pela coreógrafa Cleide Piasecki com os bailarinos do G2 Cia. de Dança. Entre os personagens da história há um aviador que cai do céu, uma serial killer e uma cantora de ópera que morre dentro de um teatro.

Serviço
20 anos do G2
La Cena
Terça e quarta-feira, 10 e 11/12, 20h30
Auditório Salvador Ferrante – Guairinha

Blow Elliot Benjamin
Sábado, 14/12, 20h30
Domingo, 15/12, 18h
Auditório Salvador Ferrante – Guairinha

Beethoven & Schumann – Concerto da Orquestra Sinfônica do Paraná
Para encerrar a programação da Temporada 2019 que reuniu mais de 20 concertos, a Orquestra Sinfônica do Paraná apresenta no próximo domingo, dia 15/12, às 10h30, no Guairão, o concerto Beethoven & Schumann. O concerto terá regência do maestro convidado François Lopez-Ferrer, da Orquestra Sinfônica de Cincinatti.

No programa estão duas primeiras sinfonias: a de Beethoven e a de Schumann. As obras estão cronologiamente separadas por 41 anos entre suas datas de estreia. A sinfonia de Schumann é mais nova e faz referências às obras de Beethoven. Ele se inspira no ritmo obstinado de Beethoven, que foi alvo de críticas em sua primeira sinfonia, acrescentando a obra aspectos líricos.

Os compositores são considerados hoje dois dos nomes mais importantes e mais famosos na música alemã do século XIX.

Serviço
Beethoven & Schumann
Domingo, 15/12, 10h30
Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto – Guairão

+fotos: https://www.flickr.com/photos/teatroguaira/

Guaíra tem programação especial de fim de ano

Guaíra tem programação especial de fim de ano
#FimDoAnoNoGuaíra Público poderá prestigiar espetáculos de dança, música e teatro a preços populares. Há atrações para todas as idades

Dança, música e teatro marcam a programação de fim de ano do Centro Cultural Teatro Guaíra. Entre as atrações há a estreia de João e Maria, montagem especial da Escola de Dança Teatro Guaíra, com mais de 100 alunos em cena. Já a Orquestra Sinfônica do Paraná apresenta cinco concertos até o fim de dezembro, incluindo o espetáculo My Fair Lady, com 14 trechos do musical clássico, que será cantado ao vivo em português. O Balé Teatro Guaíra remonta O Lago dos Cisnes, sucesso de público e crítica em 2018, com público de 25,8 mil pessoas e 13 sessões esgotadas antecipadamente. Para fechar a temporada, o G2 Cia. de Dança celebra 20 anos apresentando dois aclamados trabalhos: La Cena e Blow Elliot Benjamin. Nos últimos anos, o grupo vem desenvolvendo uma técnica inovadora que une dança, teatro e música.

Para Monica Rischbieter, diretora do Centro Cultural Teatro Guaíra, 2019 é um ano que ficará marcado na história da instituição. “Celebramos neste ano duas datas importantes: o cinquentenário do BTG e 20 anos do G2. Isso mostra a força da dança e da cultura no Paraná. São companhias públicas, que representam a identidade do nosso estado. E comemoramos esse sucesso com nossos espectadores, que são nossa razão de existir”, afirma. Mônica explica que o Guaíra preparou essa programação especial com atrações para todos os públicos. “Temos espetáculos para a família, para quem gosta de comédia, dança ou música clássica. Queremos a população cada vez mais próxima do teatro”, finaliza.

Atrações

João e Maria

Entre os dias 22 e 24 de novembro a Escola de Dança Teatro Guaíra apresenta o espetáculo João e Maria. A montagem é baseada em um conto de fadas da cultura popular alemã e levará para o palco do Guairão 110 alunos da EDTG. Os ingressos serão vendidos ao público em geral a partir do dia 8 de novembro e custam R$ 10 e R$ 20. Haverá ainda duas apresentações especiais para a rede pública de ensino. A fábula de João e Maria foi imortalizada pelos irmãos Grimm no século XIX e narra as aventuras de dois irmãos para se livrar de uma bruxa que os capturou em uma floresta encantada.

Serviço
Escola de Dança Teatro Guaíra - João e Maria
De 22 a 24 de novembro, sexta e sábado, às 20h30 e domingo, às 18h
Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto - Guairão
Classificação: livre
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00. Lugares Numerados. Dia 08/11/19 – Início da venda aberta ao público em geral.

O Lagos dos Cisnes

O Lago dos Cisnes foi revisitado pelo BTG com linguagem moderna e conta a história de amor entre o príncipe Siegfried e Odette, transformada em animal após ser amaldiçoada. Juntos, os dois buscam no amor sua redenção. O balé mais dançado do mundo ganhou uma versão com toques de modernidade e faz chover no palco do Guairão.

Balé Teatro Guaíra – O Lago dos Cisnes
De 6 a 8 de dezembro, sexta e sábado, às 20h30 e domingo, às 19h
Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto - Guairão
Classificação: 7 anos
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00

La Cena
Com texto e direção de Cleide Piasecki, a montagem mescla dança e interpretação para contar a história de um grupo de empregados que preparam a festa de fim de ano de uma mansão.
La Cena estreou em 2016 e é inspirado nos contos e personagens de Hoffmann (Quebra-Nozes, Camundongo Rei e o Homem de Areia), de Neil Gaiman (Sandman) e de Serguei Diaguilev (Ballets Russes). O grupo trabalha na mansão do Sr. Stahlbaum e, após alguns incidentes, todos mergulham em um sono profundo que desperta os desejos mais secretos e inconfessáveis pesadelos.

Serviço
G2 Cia. de Dança – La Cena
Dias 10 e 11 de dezembro, terça e quarta, às 20h30
Auditório Salvador de Ferrante – Guairinha
Classificação: Livre
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00

Blow Elliot Benjamin

Espetáculo criado em 2011, também com texto e coreografia da diretora teatral Cleide Piasecki. É resultado do trabalho coletivo feito pela coreógrafa com os bailarinos do G2 Cia. de Dança. Entre os personagens da história há um aviador que cai do céu, uma serial killer - Jack o estripador - e uma cantora de ópera que morre dentro de um teatro. A história real de um britânico - Elliot, diagnosticado erroneamente com uma doença terminal - foi o ponto de partida para a montagem.

Serviço
G2 Cia. de Dança – Blow Elliot Benjamin
Dias 14 e 15 de dezembro, sábado, às 20h30 e domingo, às 18h
Auditório Salvador de Ferrante – Guairinha
Classificação: Livre
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00

Orquestra Sinfônica do Paraná

A OSP encerra a programação da temporada 2019 com cinco concertos distribuídos entre os meses de novembro e dezembro. No dia 10/11, às 10h30, o maestro-titular Stefan Geiger e Orquestra recebem a violinista Sarah Christian para o Concerto Heroico. O maestro Geiger encerra sua participação com a OSP em 2019 em My Fair Lady, dia 16/11, às 20h30. A Orquestra ainda apresenta os concertos América Tropical, com Sílvio Viegas; Suíte Sinfônica, com Ezequiel Silberstein, e Beethoven & Schumann, com François Lopez-Ferrer.

Serviço
Orquestra Sinfônica do Paraná
Dias 10/11, 24/11, 08/12 e 15/12, às 10h30
Dia 16/11, às 20h30
Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto - Guairão
Classificação: 7 anos
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00

Últimos concertos da OSP em 2019 com o maestro Stefan Geiger

Últimos concertos da OSP em 2019 com o maestro Stefan Geiger
#FimDoAnoNoGuaíra: o maestro-titular da OSP irá reger o Concerto Heroico, dia 10/11, e My Fair Lady, dia 16/11

No segundo domingo de novembro, dia 10/11, às 10h30, no Guairão, a Orquestra Sinfônica do Paraná apresenta os primeiros concertos de sua programação especial para o fim do ano. Com regência do maestro-titular Stefan Geiger, o Concerto Heroico, na semana seguinte, dia 16/11, às 20h30, será a vez de My Fair Lady. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada) e estão à venda na bilheteria do teatro e pelo site Ticket Fácil.

Concerto Heroico

No Concerto Heroico, os músicos da OSP se apresentam ao lado da violinista Sarah Christian, também uma das convidadas para o juri que selecionará novos músicos para a OSP em novembro. Sarah venceu concursos internacionais de violino e tocará com a OSP o Concerto para Violino nº 1, de Max Bruch.

Além da peça com a solista, completa o programa a obra Vida de Herói, de Richard Strauss. Esta música faz parte de uma série de poemas sinfônicos do compositor. Nela, Strauss transporta o conceito literário da jornada do herói para a linguagem da música sinfônica. Os cinco movimentos retratam o herói, seus inimigos, sua companheira, suas obras de paz e suas conquistas.

Quem conhece música sinfônica poderá perceber trechos de outras obras famosas de Richard Strauss em Vida de Herói. Os temas de Assim Falava Zaratrusta, Don Quixote e Macbeth aparecem como obras de paz do herói no quinto movimento do poema sinfônico.

Para a orquestra, tocar Uma Vida de Herói é um grande desafio. Ao todo, serão 92 músicos no palco. Segundo o maestro-titular Stefan Geiger, a obra exige muita técnica e preparo por parte da orquestra. “É uma obra que demanda muito de cada um dos solistas, mas acima de tudo é uma obra com senso de humor”, disse o maestro.

Nessa peça, o compositor deixou mensagens escondidas na música que faziam piadas com Edward Hanslick, um crítico musical da época e principal antagonista de Strauss No movimento em que descreve a companheira do herói, o violino solo imita a voz soprano da esposa de Strauss, discutindo com os sons graves da orquestra que representam o herói.

Serviço
Concerto Heroico
Domingo, 10/11, 10h30
Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto – Guairão
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada)
My Fair Lady

Atenção fãs da Broadway! O espetáculo My Fair Lady contará com 14 trechos do musical clássico e será cantado ao vivo em português. Os convidados Lina Mendes, Anderson Barbosa, Michel de Souza e o coro Ensemble Projeto Broadway se juntam à OSP para um espetáculo em homenagem a este ícone do teatro musical.

My Fair Lady conta a história de uma jovem florista chamada Eliza Doolittle que se torna o centro de uma aposta entre o coronel Pickering e o professor Higgins. Os dois homens apostam que conseguem fazer a pobre garota se passar por uma duquesa em uma festa da corte apenas dando-lhe aulas de fonética.

Com músicas de Friederick Loewe, o musical estreou na Broadway em 1956 e teve Julie Andrews no papel da protagonista Eliza. No concerto do dia 16, a personagem será interpretada pela soprano Lina Mendes, atualmente em cartaz na montagem de O Fantasma da Ópera, em São Paulo, como Christine Daée, a protagonista.

Além de Lina, os barítonos Michel de Souza e Anderson Barbosa se juntam ao elenco respectivamente nos papéis de prof. Higgins e Alfred Doolittle, o pai de Eliza. Michel já se apresentou com grandes orquestras, incluindo a Orquestra Sinfônica da BBC no Royal Albert Hall. Já Anderson também está em cartaz em O Fantasma da Ópera, além de ter no currículo prêmios nacionais e internacionais, e passagens por teatros como o Amazonas e o Municipal do Rio de Janeiro.

No Brasil, My Fair Lady já foi encenado na íntegra em São Paulo. As versões em português das músicas que serão apresentadas no concerto da OSP são de Claudio Botelho, as mesmas utilizadas nas montagens cênicas da capital paulista. Segundo o maestro-titular da OSP, Stefan Geiger, a escolha das versões em português foi feita pensando na acessibilidade para o público.

“As músicas cantadas em português facilitam a compreensão para o público. Em uma obra como My Fair Lady, que é cheia de humor e detalhes, ter uma boa versão brasileira deixa o concerto muito mais agradável e acessível”, disse o maestro.

Serviço
My Fair Lady
Sábado, 16 de novembro, 10h30
Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto – Guairão
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada)

PalcoParaná abre seleção para arquivistas para a Orquestra Sinfônica do Paraná

PalcoParaná abre seleção para arquivistas para a Orquestra Sinfônica do Paraná
Profissional selecionado será o responsável por biblioteca com mais de mil obras catalogadas

O Serviço Social Autônomo PalcoParaná está com inscrições abertas para o processo seletivo para contratação de arquivista para a Orquestra Sinfônica do Paraná (OSP). Procura-se um profissional, preferencialmente formado em música, que tenha o interesse em trabalhar na biblioteca de partituras da OSP, atendendo músicos, solistas e maestros convidados da orquestra. As inscrições podem ser realizadas até o dia 04/11 no site: http://bit.ly/EditalArquivista

As provas serão teóricas e estão previstas para o dia 15 de dezembro e os resultados para o início de 2020. O regulamento do processo e mais informações podem ser encontrados no edital disponível no site da Fundatec e através do site do PalcoParaná.

A função de arquivista é extremamente importante para a orquestra. Essa pessoa é a responsável por catalogar obras, distribuir as partes para os músicos e entrar em contato com maestros para garantir que as versões das obras a serem executadas estejam corretas. Além disso, o arquivo musical é o responsável pela coleção de mais de mil e trezentas obras da biblioteca da Orquestra Sinfônica do Paraná.

Após a abertura do processo seletivo para contratação de novos músicos, a vaga para arquivista dá continuidade ao processo de crescimento pelo qual a OSP vem passando. A função de arquivista musical existe desde o início das atividades da orquestra, em 1985. O novo profissional fará parte de uma das melhores fases da OSP em toda a sua história.

Serviço
Processo Seletivo para Arquivista de Orquestra
Inscrições: até 13/11
Provas: 15/12/2019
Mais informações: http://palcoparana.org/

Teatro Guaíra seleciona arquivista e fisioterapeuta

Teatro Guaíra seleciona arquivista e fisioterapeuta

Profissionais vão trabalhar com músicos e bailarinos. Contratação será pelo Serviço Social Autônomo PalcoParaná

O Serviço Social Autônomo PalcoParaná está com inscrições abertas para contratação de arquivista, para a Orquestra Sinfônica do Paraná (OSP), e fisioterapeuta, que vai atuar com bailarinos e músicos. As inscrições podem ser realizadas até o dia 13 de novembro no site da Fundatec. A aplicação das provas está prevista para o dia 15 de dezembro e os resultados para o início de 2020.
O regulamento do processo seletivo e mais informações podem ser encontrados no edital disponível no site da Fundatec e através do site do PalcoParaná.

Arquivista

Para o arquivista de partituras, procura-se um profissional com ensino médio completo que tenha o interesse em trabalhar na biblioteca de partituras da OSP, atendendo músicos, solistas e maestros convidados da orquestra.

A função de arquivista é extremamente importante para a orquestra. Essa pessoa é a responsável por catalogar obras, distribuir as partes para os músicos e entrar em contato com maestros para garantir que as versões das obras a serem executadas estejam corretas. Além disso, o arquivo musical é o responsável pela coleção de mais de mil e trezentas obras da biblioteca da Orquestra Sinfônica do Paraná.

Após a abertura do processo seletivo para contratação de novos músicos, a vaga para arquivista dá continuidade ao processo de crescimento pelo qual a OSP vem passando. A função de arquivista musical existe desde o início das atividades da orquestra, criada em 1985. O novo profissional fará parte de uma das melhores fases da OSP em toda a sua história.

Fisioterapeuta

O fisioterapeuta deve ter graduação em Fisioterapia. O profissional vai trabalhar com músicos e bailarinos e deve ter disponibilidade para atuar durante as aulas de dança e ensaios musicais, com carga horária de 30 horas semanais. A seleção terá prova teórico-objetiva e prova de redação. Serão corrigidas as provas de redação de todos os candidatos classificados na prova teórico-objetiva. A inscrição custa R$150.

Serviço

Processo Seletivo para arquivista de partitura e fisioterapeuta

Inscrições: até 13/11

Provas: 15/12/2019

Mais informações: http://palcoparana.org/

https://www.fundatec.org.br/portal/concursos/index_concursos.php?concurso=543

Última semana de inscrições para as audições para novos músicos da Orquestra Sinfônica do Paraná

Última semana de inscrições para as audições para novos músicos da Orquestra Sinfônica do Paraná
Período de inscrições vai até 14 de outubro pelo site da Fundatec

O Serviço Social Autônomo PalcoParaná realiza em novembro audições para músicos do violino, viola, violoncelo, flauta, oboé, fagote, clarineta e trombone para a Orquestra Sinfônica do Paraná (OSP). As inscrições estão abertas pelo site da Fundatec até o dia 14 de outubro. O período de provas será de 04 a 17 de novembro no Teatro Guaíra, em Curitiba.

No total, 12 novos músicos serão chamados para integrar a OSP. Os demais candidatos que receberem nota 7,0 ou superior, farão parte do cadastro de reservas e poderão ser chamados para compor a orquestra nos próximos dois anos.

Todas as vagas são para músicos de fileira, no entanto, para as vagas para flauta, oboé e fagote procuram-se profissionais com nível técnico e artístico de “principal”, ou seja, capazes de assumir pequenos solos dentro das peças orquestrais. No caso específico da flauta, há o interesse também por músicos que tenham boa capacidade técnica para o piccolo.

Todos os candidatos que forem aprovados nessas vagas poderão participar de audições internas para a posição de solista de seus instrumentos. Caso aprovados, eles passarão a ser remunerados de acordo com suas novas funções. Esta opção mostra o interesse da OSP por profissionais que desejem construir uma carreira dentro da orquestra.

Nos últimos anos, a Orquestra Sinfônica do Paraná vem ampliando seu repertório e crescendo em nível técnico. As audições para novos músicos são uma evidência deste crescimento tão importante para a cultura no Estado do Paraná.

Para ficar por dentro de curiosidades, imagens históricas e momentos dos bastidores, siga a OSP nas redes sociais: facebook.com/OrquestraSinfonicaDoParana e @orquestrasinfonicaparana no Instagram. Acompanhe também o Teatro Guaíra no facebook.com/TeatroGuaira e no Instagram @teatroguaira.
Serviço
Audições para novos músicos para a Orquestra Sinfônica do Paraná
Inscrições: até 14/10
Bancas: de 04 a 17/11, no Teatro Guaíra
Mais informações e edital: http://palcoparana.org