MCA ConcertsDona do sucesso “Suddenly I See”, KT Tunstall retorna a Curitiba

Em turnê pelo Brasil, cantora se apresentará no palco da Ópera de Arame. Os ingressos estão à venda a partir de R$ 140

Três anos após sua última visita, onde se apresentou em três capitais, KT TUNSTALL retorna a Curitiba, no domingo, dia 05 de junho, na Ópera de Arame. Os ingressos estão à venda pelo site da Symmpla, a partir de R$ 140. O show na capital tem a produção das produtoras MCA Concerts e W+ Entertainment.

Além da capital paranaense, a cantora, compositora e multi-instrumentista britânica se apresenta também em São Paulo no dia 01, quarta-feira, ao lado de Joss Stone no Espaço das Américas e em Porto Alegre no dia 03, sexta-feira, no Teatro do Bourbon Country.

A artista ganhou atenção do público em 2004, quando lançou o aclamado "Eye To The Telescope", seu disco de estreia e que vendeu mais de 5 milhões de cópias ao redor do mundo. Do trabalho, saíram os sucessos: "Black Horse & The Cherry Tree", "Other Side Of The World" e a otimista "Suddenly I See", que caiu no gosto do povo, virou presença fácil nas rádios brasileiras e foi a canção carro-chefe do filme "O Diabo Veste Prada", comédia protagonizada por Meryl Streep e Anne Hathaway. No Brasil, a música ganhou ainda mais espaço ao fazer parte da trilha sonora da novela "Belíssima", da Rede Globo e também por ser a trilha de um comercial de uma operadora de telefonia celular.

Serviço – KT Tunstall em Curitiba

Quando: 05 de junho de 2022 (domingo)

Local: Ópera de Arame (Rua João Gava, 920)

Horário: Abertura dos Portões às 19h30 / Horário do show às 20h30

Ingressos: R$ 140,00 (meia-entrada) e R$ 320,00 (inteira); de acordo com o setor e modalidade escolhidos

VIP + M&T: R$ 320,00 – ESGOTADO

PLATEIA: R$ 140,00 (meia-entrada) e R$ 280,00 (inteira)

CAMAROTE: R$ 130,00 (meia-entrada) e R$ 260,00 (inteira)

Vendas: Sympla (https://bit.ly/KTTunstallCWB)

Forma de pagamento: Cartão de Débito | PIX | Cartão de Crédito em até 12x

Classificação Etária: Livre - Maiores de 14 anos podem entrar desacompanhados

Realização: MCA Concerts e W+ Entertainment

Cônsul da Espanha é convidada especial de Concerto Espanhol da Orquestra Ladies Ensemble

A cônsul honorária da Espanha em Curitiba Blanca Hernando Barco fará um solo de dança e castanholas na apresentação do próximo fim de semana da Orquestra Ladies Ensemble, no Auditório Regina Casillo. As apresentações acontecem na sexta (27), às 20h e sábado (28), às 17h.
“O trabalho das Ladies é inspirador. Quando recebi o convite para participar hesitei, tive medo, afinal não sou musicista, sou folclorista. Mas pensei: vou perder essa oportunidade de tocar ao lado das Ladies?”, conta Blanca. “Esse momento será único na minha vida”, completa.
Filha de emigrantes espanhóis, Blanca dança desde criança os folclores aragonês e flamenco. “Fui criada no Centro Espanhol do Paraná, meus pais gostavam de ver suas tradições mantidas nas festas que eram celebradas lá. O objetivo sempre foi manter nossas tradições. Com o tempo fomos aprimorando a técnica e hoje temos um dos melhores grupos de flamenco do Brasil, dirigido por Aurelio Baggio”, diz
Blanca vai solar no Fandango do quarteto in D, de Boccherini, obra nunca executada na cidade. Outro destaque do Concerto Sinfônico Repertório Espanhol será a violonista convidada Luciana Lozada. Será a primeira vez de Luciana tocando com uma orquestra. A regência será do maestro venezuelano Roberto Ramos e a realização é do Solar do Rosário.

Serviço
Ladies Ensemble – Concerto Sinfônico Repertório Espanhol
Datas: 27 e 28 de maio de 2022
Horário: Sexta às 20h | Sábado às 17h
Local: Auditório Regina Casillo - Rua Lourenço Pinto, 500, Centro, Curitiba – PR
Ingressos: R$ 30 (inteira) / R$ 15 (meia)
Vendas pelo Disk Ingressos: (41) 3315-0808 / https://www.diskingressos.com.br/

Estacionamento gratuito no local

Crédito das fotos: Bruno Covello

A 13ª tão aguardada edição do Curitiba Country Festival

Um dos eventos mais importantes, consagrados e tradicionais da música sertaneja e popular do Brasil, traz grandes nomes à capital paranaense como Raça Negra, Zé Felipe, Cabaré (Leonardo e Bruno & Marrone), Luisa Sonza, Munhoz e Mariano, Jorge e Mateus, Irmãos (Alexandre Pires e Seu Jorge), Wesley Safadão, Maiara e Maraísa, entre outros.

Os shows acontecem neste sábado (28/05) e domingo (29/05), no Expotrade Covention Center, em Pinhais, região metropolitana de Curitiba (RMC).

Grupo Musical Le Pifolé lança álbum musical com 12 peças para pífano

A inspiração é o regionalismo da música brasileira

A sonoridade do Le Pifolé é inspiração para muitos músicos e fãs da música brasileira. O grupo musical fará o lançamento de seu primeiro álbum, em uma Live, no dia 21 de maio, no Canal Parabolé, no YouTube. O álbum contém 12 peças instrumentais, escritas para pífano – instrumento tradicional que no Brasil adquiriu contornos de linguagem muito peculiares e que reúne em torno de si uma importante tradição musical. O projeto é realizado pela Parabolé Educação e Cultura por meio do mecenato municipal com o patrocínio da Lojacorr, Positivo e Intersept.

As músicas são inspiradas em temas tradicionais executados por bandas de pífano em diferentes regiões do Brasil e composições contemporâneas para pífano. O grupo é motivado pelos regionalismos da música brasileira, e principalmente os de origem rural. Neste álbum, apresenta suas experiências com o repertório e a instrumentação das bandas de pífano, em arranjos feitos por Carlos Malta e Sérgio Albach. Integram o grupo os músicos Leandro Teixeira (pífano, voz e percussão), Leon Adam (pífano, voz e percussão), Ary Giordani (acordeom e coro), Iê dos Santos (percussão e coro), Zé Ronaldo Ribeiro (dança, percussão e coro).

Conhecido como pífaro em Portugal e piffero na Itália, na tradição do nordeste brasileiro, o pífano, ou apenas pife, é um tipo de flauta popular feita com diversos materiais como taquara, bambu, metal e até mesmo em tubo PVC. “Ele é um instrumento muito primitivo, mas com muitas possibilidades a serem exploradas. A ideia é estimular as crianças e adultos para que conheçam o instrumento e também aprendam a fazê-lo com as próprias mãos. O lançamento do CD ajuda a difundir os gêneros musicais populares e variações de estilo da música brasileira que são pouco conhecidas nos grandes centros de consumo cultural. É uma forma de democratizar o acesso para estilos que não são muito divulgados e explorados”, conta o músico Leandro Teixeira que junto com o produtor Nélio Spréa fundou a banda. Com mais de 200 apresentações realizadas, o Le Pifolé tem dois prêmios conquistados – Prêmio Funarte da Música Brasileira 2012 e Prêmio Funarte de Concertos Didáticos 2011.

A proposta do álbum é apresentar a versatilidade do instrumento pífano e isso se dará a partir do aproveitamento de temas melódicos que são executados por pifeiros tradicionais, como João do Pife, Zabé da Loca e Mestre Bia, além de releituras de composições de instrumentistas como Carlos Malta, Egildo Vieira e Edmílson do Pífano.

Serviços

Live: Lançamento do álbum musical Le Pifolé

Dia: 21 de maio

Horário: 11h

Link: https://www.youtube.com/watch?v=pyaV_xziMBo

Concurso internacional de piano reúne novos talentos da América Latina

Audições finais da 13ª edição do Edna acontecem de 02 a 05 de junho, na Capela Santa Maria, em Curitiba

A etapa final de um dos concursos de piano mais tradicionais do país reunirá, de 02 a 05 de junho, 53 jovens pianistas em Curitiba. Participam das audições da 13ª edição do Concurso de Piano Profª Edna Bassetti Habith representantes de onze estados brasileiros, um representante da Bolívia e um do Paraguai. Os candidatos disputam mais de 27 mil reais em prêmios nas categorias 07 a 10 anos, 11 a 14 anos, 15 a 18 anos e 19 a 27 anos.

Além da premiação em dinheiro, o Edna também contemplará o ganhador da categoria 19 a 27 anos com uma viagem para participar do evento "Encuentros Internacionales de Piano", que acontecerá na cidade argentina de Bariloche em janeiro de 2023.

A diretora artística do Edna, Daniela Tsi Gerber, conta que o concurso pretende estimular o aluno iniciante a desafiar-se tanto na disciplina do estudo quanto na projeção da emoção e do caráter da música. “É nesse momento de palco que o pianista pode extravasar seus sentimentos em suas performances”, lembra Daniela.

A abertura oficial da 13ª edição do Concurso de Piano Profª Edna Bassetti Habith acontece na quinta-feira (02), às 20h. A noite ainda reserva a apresentação do pianista Carlos Vogt. Em seu recital, o vencedor da última edição do Edna (categoria 19 a 27 anos) tocará obras de Johann Sebastian Bach, Ludwig van Beethoven, Franz Liszt e do homenageado Camargo Guarnieri.

Calendário de Audições

Abertas ao público, as audições realizadas na Capela Santa Maria terão entrada livre. Os concorrentes serão avaliados pelos jurados José Luis Juri, Danieli Longo e Jeferson Ulbrich.

Na quinta-feira (2), das 14h30 às 19h, na sexta-feira (03) das 14h30 às 20h e no sábado (04) das 10h às 12h; 23 candidatos da categoria 19 a 27 anos realizam suas provas com duração de até 30 minutos.

No sábado (4), das 14h10 às 18h40, doze concorrentes da categoria 15 a 18 anos fazem apresentações de até 20 minutos.

A programação segue no domingo pela manhã, das 09h30 às 12h15, com as audições de até 15 minutos da categoria 11 a 14 anos. Pela tarde, das 14h00 às 15h10, se apresentam candidatos de 07 a 10 anos de idade.

Homenagem a Mozart Camargo Guarnieri (1907-1993)

Todos os anos, o Concurso de Piano Edna Bassetti Habith homenageia um grande compositor. Desta vez, o homenageado é Carmargo Guarnieri, o Mozart brasileiro. Nascido em Tietê/SP no dia 1º de fevereiro de 1907, filho de músicos, iniciou seus estudos musicais aos 10 anos com Virgínio Dias, a quem dedicou sua primeira peça. Começou a compor regularmente após a Semana de Arte Moderna, adotando em suas obras um estilo de características brasileiras. Faleceu logo após ter sido agraciado com o prêmio “Gabriela Mistral”, pela OEA (Washington), como “Maior Compositor Contemporâneo das Três Américas”.

Sobre Edna Bassetti Habith (1948-2002)

Foi professora de piano e órgão, durante 28 anos, na Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP), dedicando seu talento à missão de ensinar. Natural de Curitiba, era filha do casal Waldemiro-Almelinda Bassetti. Estudou no Colégio Nossa Senhora de Lourdes (Cajuru) onde concluiu o curso de Normalista em 1967. Em paralelo, recebeu as primeiras lições de piano com a Professora Glacy Gotardello e ingressou no curso fundamental da Escola de Música e Belas Artes do Paraná (1959), concluindo o mesmo como aluna da classe da professora Ingrid Seraphim.

Realização e apoios

Realizado pela Unicultura com apoio Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC), Habith-se, Rodoparana, Porto Camargo e Embap. O projeto foi viabilizado pela Uninter através do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba.

SERVIÇO:
Etapa final da 13ª edição do Concurso de Piano Profª Edna Bassetti Habith
Regulamento, participantes, calendário de audições e mais informações em https://concursodepiano.com.br/
Data: dias 2, 3, 4 e 5 de junho
Local: Capela Santa Maria
Endereço: Rua Conselheiro Laurindo, 273 - Centro, Curitiba - PR
Entrada Livre

Abertura Oficial e Recital com Carlos Vogt
Data: quinta-feira, dia 2 de junho
Horário: 20h
Local: Capela Santa Maria
Endereço: Rua Conselheiro Laurindo, 273 - Centro, Curitiba - PR
Entrada Livre

Recital de Encerramento e Premiação
Data: domingo, dia 5 de junho
Horário: 19h
Local: Capela Santa Maria
Endereço: Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro, Curitiba – PR
Entrada Livre

Centro Cultural Teatro Guaíra Terra Brasilis Bale Guaira – Orquestra Sinfônica do Paraná

20 de abril às 20:25 ·
Últimos detalhes desse espetáculo maravilhoso. Vocês sabiam que nossos bailarinos ensaiaram mais de 450 horas para Terra Brasilis? Vocês podem conferir parte desse esforço nesses fotões do Maringas Maciel
Esperamos vocês aqui neste fim de semana.
Serviço
Terra Brasilis
Dias 22, 23 e 24 de abril
Sexta e sábado às 20h30 e domingo às 18h
Classificação indicativa: 14 anos
Ingressos: bit.ly/baleguaira

Concerto tem música feita para mulheres interpretada por mulheres

Primeira orquestra exclusivamente feminina do Brasil, Ladies Ensemble apresenta Vivaldi, que compôs maior parte da sua obra para suas alunas
Vivaldi foi o compositor escolhido para as apresentações de 29 e 30 de abril da Ladies Ensemble, primeira orquestra profissional formada unicamente por mulheres no Brasil. Compositor e músico italiano do período Barroco, Antonio Vivaldi (1678-1741) compôs a maior parte das suas obras para mulheres: suas alunas do “Ospedalle della Pietà”, instituição veneziana que acolhia meninas órfãs. Na época, a qualidade da interpretação da orquestra feminina despertava a atenção, atraindo público de toda a Europa a Veneza.

Três séculos depois, o protagonismo feminino se repete com as 20 instrumentistas profissionais da Ladies Ensemble. Até mesmo as solistas são componentes da própria orquestra. “Comumente quando as orquestras escolhem os solistas para os espetáculos, as mulheres são preteridas, além da preferência ser por músicos convidados”, conta Fabiola Bach Akel, fundadora e diretora artística da orquestra. Para esse espetáculo, serão nove solistas do grupo: Leila Taschek, Thalita Ferronto, Okasana Meister, Anadgesda Guerra, as irmãs Jusley e Gisele Borges, Juliane Weingartner, Karina Romanó e Morgana Schvetler.

As apresentações ocorrem mensalmente em Curitiba, dentro do programa anual “Orquestra Ladies Ensemble no Auditório Regina Casillo”, viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura. A cada mês o programa muda, trazendo um novo espetáculo. A realização é do Solar do Rosário e as sessões ocorrem na sexta às 20h e no sábado às 17h. A regência será do maestro convidado Roberto Ramos.

O programa
Considerado um dos nomes mais notáveis da música clássica mundial, Vivaldi se destacou principalmente por seus 477 concertos, que influenciaram diversos músicos de períodos posteriores.

Neste espetáculo serão apresentados CONCERTO PARA 4 VIOLINOS EM B MENOR, RV 580 com as solistas Leila Taschek, Thalita Ferronto, Oksana Meister e Anadgesda Guerra; CONCERTO EM LÁ MENOR PARA DOIS VIOLINOS RV 522 com as solistas irmãs Jusley Borges Lajarin e Giselle Borges; AS QUATRO ESTAÇÕES com a Spalla da Orquestra Juliane Weingartner, na Primavera, Karina Romanó, no Verão, e Morgana Schvetler, no Outono; e a ABERTURA DA SINFONIA L´OLIMPIADE EM DÓ MAIOR, RV 725.

A Ladies Ensemble
Primeira orquestra formada só por mulheres no Brasil, a Ladies Ensemble atua desde 2009 e reúne musicistas de diferentes idades, vertentes, influências e inspirações. A orquestra é expoente em um universo com diminuta presença feminina em posições de liderança e mostra que mulheres podem ser protagonistas em uma orquestra.

O apoio a causas femininas é uma de suas missões centrais — entre elas, a conscientização sobre o câncer de mama. Para isso, produz iniciativas como o “Concerto das Rosas” — espetáculo apresentado para milhares de pessoas entre 2017 e 2018 com o objetivo de arrecadar fundos para a compra de próteses mamárias.

Hoje com “casa própria” no Auditório Regina Casillo, a Ladies Ensemble tem entre suas missões a formação de plateia, a democratização da música clássica e a formação de musicistas. Desde seu início pioneiro como noneto, em 2009, até hoje, a orquestra influencia e inspira outras mulheres a seguirem seus sonhos e paixões sem medo.

O projeto anual “Orquestra Ladies Ensemble no Auditório Regina Casillo” foi viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, do Ministério do Turismo, e conta com patrocínio das empresas BHS Corrugated, Oregon, Nórdica Veículos, Guararapes, Impextraco, Tintas Dacar, Sollo Sul, Ferragens Negrão, Transunion, Abase Vet, Grupo Barigui Veículos, Grasp, Milium, Trutzschler, Agrosul Catarinense, GV2C, Tintas Alessi, Fobras, PASA, Delta Cable, Plast & Pack, M.A. Máquinas, Dissul, Stampa Food e Perkons. A Instituição beneficiada é o Hospital Pequeno Príncipe. A realização é do Solar do Rosário, espaço particular de Arte e Cultura em Curitiba fundado em 1992. Com direção geral de Lucia Casillo Malucelli e direção musical de Fabiola Bach Akel. Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Pátria amada Brasil, Governo Federal.

Programa completo:
CONCERTO PARA 4 VIOLINOS EM B MENOR, RV 580
Neste concerto, cada solista terá o seu momento de falar e de brilhar.
Composto por 3 movimentos:
- Allegro
- Largo – Larghetto
- Allegro
O 1º e o 3º movimentos são da forma ritornelo, que em música significa retornos periódicos da melodia que se alternam com episódios contrastantes. Já o 4º movimento é lento, possui várias seções com ritmos pontilhados e repetições. O final é alegre e dançante, onde o primeiro violino predomina como solista e tem a sua oportunidade de brilhar.
Solistas: Leila Taschek, Thalita Ferronto, Oksana Meister e Anadgesda Guerra

CONCERTO EM LÁ MENOR PARA DOIS VIOLINOS RV 522
Esta obra faz parte de 12 concertos publicados em 1711, chamado L´estro armônico (A inspiração harmônica) e consolidou definitivamente Vivaldi como um dos mais importantes compositores de seu tempo.
- Primeiro movimento: ALLEGRO – inicia majestoso com toda a orquestra. A intervenção das solistas revela a beleza melódica e o caráter imitativo de melodias.
- Segundo movimento: LARGHETTO E SPIRITOSO – solene, permite às solistas explorar a expressividade e o lirismo, tão característico nas obras para violino de Vivaldi.
- Terceiro Movimento: ALLEGRO – o tema inicial passa pelos vários instrumentos da orquestra, em estilo imitativo. O virtuosismo dos violinos surge em andamento brilhante e vivo.
Solistas: Jusley Borges Lajarin e Giselle Borges – Duas irmãs

CONCERTO AS QUATRO ESTAÇÕES
Concerto composto em 1723. Ao contrário da maioria dos concertos de Vivaldi, tem um programa claro escrito na partitura do primeiro violino em forma de soneto, em que descreve cada estação do ano. Não se sabe a origem ou autoria desses poemas, mas especula-se que o próprio Vivaldi os tenha escrito.
Em todos os quatro belíssimos concertos, Vivaldi representa com os instrumentos musicais sons da natureza. As Quatro Estações é a obra mais conhecida do compositor, e está entre as peças mais populares da música barroca.
Primavera
- Primeiro movimento: Allegro – representa a vivacidade da primavera, que é anunciada por toda a orquestra: três violinos fazem o canto de passarinhos e um novo tema sugere murmúrios das águas de uma fonte, que correm docemente em cima de pedrinhas. O segundo solo do violino indica tempestade, raios, trovões e relâmpagos. A tempestade passa e os passarinhos voltam a cantar.
Solista: Spalla da Orquestra Juliane Weingartner
Verão
Terceiro movimento: Presto – descreve o protagonista deste movimento, que é a tempestade. Vamos ouvir ventos, raios, trovões até explodir em uma grande tempestade, onde a orquestra toca vibrante e forte.
Solista: Karina Romanó
Outono
Primeiro movimento: Allegro – camponeses celebram de forma festiva e alegre a boa colheita, mas acabam bebendo em excesso, o que os faz dormir.
Solista: Morgana Schvetler
Inverno
Terceiro movimento: Allegro – único movimento da obra que já começa com um solo de violino, sugerindo o caminhar sobre o gelo, a passos lentos, com medo de cair, o que acaba acontecendo. O tutti orquestral expressa o caminhar com mais decisão até chegar na casa aquecida.

ABERTURA DA SINFONIA L´OLIMPIADE EM DÓ MAIOR, RV 725
Considerada uma das obras-primas de Vivaldi, esta típica Abertura com que se iniciavam as óperas italianas no tempo do compositor, é uma obra relativamente breve e sem qualquer relação temática ou emotiva com o drama da ópera que ela antecedia. Com andamento sempre rápido, vigoroso e cheio de contrastes, súbitas mudanças, perfeito para encerrar este belo concerto.

Serviço
Ladies Ensemble – Vivaldi
Datas: 29 e 30 de abril de 2022
Horário: Sexta às 20h | Sábado às 17h
Local: Auditório Regina Casillo - Rua Lourenço Pinto, 500, Centro, Curitiba – PR
Ingressos: R$ 30 (inteira) / R$ 15 (meia)
Vendas pelo Disk Ingressos: (41) 3315-0808 / atendimento@diskingressos.com.br

Crédito das fotos: Wanderson Gonzaga

TRIBALTECH, um dos maiores festivais multiculturais do Brasil, anuncia sua 22ª edição

Com a temática Genesis, o festival terá sua primeira edição após mais de 2 anos. O evento será realizado no dia 14 de maio, na Fazenda Heimari, com 09 palcos e mais de 70 atrações.

CURITIBA, 19/04/2022 – Após 2 anos de hiato, devido aos efeitos da pandemia, um dos maiores festivais de música do país está volta: a TRIBALTECH (TT). Confirmado para o dia 14 de maio, o evento vai acontecer na cidade de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba (PR), com uma ambientação inédita e curadoria musical de excelência, abraçando vários estilos musicais e evidenciado a marca de festival mais eclético do Brasil.

Consolidado como uma das mais importantes celebrações nacionais à música, a TRIBALTECH marcou gerações e fez seu nome ecoar por todos os cantos do país, se tornando uma referência nacional com uma combinação perfeita que mescla som de qualidade, estrutura de excelência e uma atmosfera voltada a imersão visual como diferencial. Desde sua primeira edição em 2004, o festival evoluiu, ganhou novas vertentes, abriu espaço para diferentes gêneros, indo muito além da música eletrônica, e ficou marcado por sua diversidade e multiculturalidade. Agora, em 2022, a TRIBALTECH faz seu grande retorno sob a temática Genesis, que remete a criação e origem, celebrando a história e as raízes do festival, proporcionando ao público uma experiência única de música e entretenimento.

Pela primeira vez sendo realizado na Fazenda Heimari, localizada na cidade Piraquara, na região metropolitana de Curitiba (PR), a TRIBALTECH vai contar com 9 palcos posicionados em um espaço completamente ao ar livre, com 150.000 m2 de área verde. Outro grande destaque do evento ficará por conta de um inédito palco de Jazz, que chega para somar aos já tradicionais estilos do festival como Rap, Black Music, Break Beat, Drum & Bass, Soul, Samba, Pop, Rock e brasilidades, além, logicamente, da música eletrônica.

Como não poderia ser diferente, a TRIBALTECH voltará com um line-up incrível, com mais de 70 artistas, entre eles muitas atrações internacionais de peso, como a DJ ucraniana Nastia, que volta ao palco da TT com sua presença contagiante e setlist envolvente; o alemão Boris Brejcha, criador do “high´tech minimal”; o DJ e produtor tunisino-alemão Loco Dice, um dos artistas mais autênticos e respeitados da música eletrônica mundial; e a francesa Anetha, que vai estrear no festival consagrada como uma das principais figuras da nova geração de DJs franceses inspirados em Trance, Electro e Techno dos anos 90. Entre os brasileiros, figuram nomes como Allen Rosa, Ricardo Verocai Quartet, Machete Bomb, Janine Mathias e Olivia, além do destacado b2b dos DJs Gromma e Biel Précoma.

Palcos e line-up completo

TRIBALTECH STAGE: AEDOS / ANN CLUE / BORIS BREJCHA / D-NOX / KANIO / LOCO DICE / MURPHY

TIMETECH STAGE: ADIEL / ANETHA / DIS:ORDER / ENRICO SANGIULIANO / NASTIA / PERC / REGAL / SNTS / STEFANO TT

3DTTRIP STAGE: 4i20 / AKASHA / BECKER / CAPITAL MONKEY / DEKEL / DOUGUE / EARTHSPACE / KADUM / LIQUID SOUL / OMIKI / REALITY TEST / TRANG

SUPERCOOL STAGE: GROMMA B2B BIEL PRÉCOMA / HOLZ² / JOHN DIMAS / RON BASEJAM / STANCCIONE / SUGAR FREE / THE GHOST

ORGANIC BEAT STAGE: DOW RAIZ / JANINE MATHIAS / MACHETE BOMB / OLÍVIA / ORQUESTRA FRIORENTA / SIAMESE FEAT. KLÜBER E MANO CAPPU / WES VENTURA

COVIL STAGE: AGRABAH / GEZENDER / LUNA TIK / MARINA DIAS / PEDRO GREGO / VERMELHO (PERFORMANCE: DI VINA KASKARIA / MARITZA LA GATA / MARIYA NERVE / MORENA COMPLETA / PAULA COSTA)

TROOP STAGE: CAETANO / DUE / EDUARD / FABIAN / LYCRA PRETA / MARC-LO / NEY FAUSTINI / ROMINA

FREESTYLE STAGE: AFTERCLAPP / ALLEN ROSA / ANAUM / CAJU / DJ MARKY / MITAY / SCHASKO

JAZZ INAHOUSE STAGE: BARBARELLA GROOVES / DEMBEATS / LOW FLY TRIO / MANDOROVÁ / RICARDO VEROCAI QUARTET / SOTAK COMFUSION FAMILY (PERFORMANCE: HESTIA FLAME)

A TRIBALTECH Genesis será realizada no dia 14 de maio, na Fazenda Heimari, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba (PR). O evento é uma parceria das produtoras Grupo T2 e Planeta Brasil Entretenimento. Os ingressos estão disponíveis no site www.ingresse.com. Mais informações no site www.tribaltech.com.br e no perfil oficial do evento no Instagram (@tribaltechofficial).

Curitiba recebe programação internacional com espetáculo e cursos sobre consciência corporal

“Amarelo”, de Elisabete Finger, abre a programação proposta pelo 20MINUTOS.MOV, plataforma de ações em dança (Foto: Alessandra Haro)

De abril a outubro Curitiba recebe uma série de ações propostas pelo 20MINUTOS.MOV, plataforma de pesquisa e criação em dança contemporânea criada pelos produtores culturais Cândida Monte e Wellington Guitti. "Há doze anos incentivamos artistas com bolsas de pesquisa e fomentamos encontros, através de cursos e eventos onde público e pesquisadores possam dialogar", ressalta Cândida.

Uma convocatória está aberta até 17 de abril para selecionar integrantes de um grupo de estudos que vai se aprofundar na Klein Technique™, técnica aplicada para o entendimento de hábitos internos do corpo. Inclusive a própria Susan Klein, criadora do método, integra a grade de oficinas. O programa conta ainda com aulas práticas e teóricas com Ronny Adams, Fábio Tavares, Mônica Infante e Cacá Nadai, além do lançamento de uma publicação com artigos sobre a técnica escritos por Susan e traduzidos em português.

(+) https://bit.ly/20minutosmov

Bravíssimo Concertos abre a temporada em Cascavel e Medianeira

Dias 28 e 29 de abril, as cidades recebem o programa “A Ópera no Mundo” com obras de Verdi, Puccini e Carlos Gomes

Em sua segunda temporada, a iniciativa da Unicultura – Universidade Livre da Cultura segue voltada para a formação de plateias de diferentes correntes musicais. Para este ano, o calendário prevê apresentações de ópera, música clássica instrumental, música medieval e música brasileira nas cidades de Medianeira, Curitiba e Cascavel.

A estreia do Bravíssimo acontece, dia 28 de abril, às 20h, no Teatro Municipal Sefrin Filho em Cascavel com o programa “A Ópera no Mundo”. Na oportunidade, o público poderá apreciar óperas da França, Itália, Polônia, Estados Unidos e Áustria. Obras de Verdi, Puccini, Carlos Gomes, entre outros importantes compositores serão interpretadas pela soprano Ornella de Luca e o tenor Vitorio Scarpi com o acompanhamento do pianista Jeferson Ulbrich.

Dia 29 (sexta-feira), é a vez de Medianeira receber a apresentação que também tem como atração a presença da professora e especialista em história da música, Liana Justus. Durante o concerto didático, a autora de 11 livros e ganhadora de dois prêmios Jabuti, passará informações contextualizadas sobre as obras e compositores do programa.

Sobre o Bravíssimo

O projeto Bravíssimo teve início, em 2019, na cidade de Medianeira. A partir da compra do primeiro piano da cidade foi desenvolvida uma programação anual de concertos didáticos de diferentes correntes musicais. Em paralelo, profissionais da música realizaram uma série de ações educacionais que proporcionaram aos alunos da rede pública de ensino contato com todo o universo musical.

Em sua segunda temporada, o projeto ganha alcance com concertos nas cidades de Cascavel, Medianeira e Curitiba. Estão previstas apresentações de ópera, música clássica instrumental, música medieval e música brasileira. Assim, o Bravíssimo segue com a sua missão de formar plateia e ampliar os conhecimentos musicais das novas gerações.

Realização, apoios e patrocinadores

Viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura do Governo Federal, Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura, o Bravíssimo tem incentivo da Supermax, Unimed Curitiba, BRDE, Frimesa, Lar Cooperativa Agroindustrial e Fertipar. Realizado pela Unicultura com apoio da Prefeitura Municipal de Cascavel, Prefeitura Municipal de Medianeira, Fundação Cultura de Curitiba, Publicar Painéis e Rede Costa Oeste de Comunicação.

Contrapartida Social

Além da apresentação musical aberta ao público, o Bravíssimo também leva para as cidades o Curso Formando Novas Plateias em Música Clássica. Com a coordenação pedagógica de Liana Justus, serão realizados exercícios de escuta e audições comparadas. Dirigidas para estudantes e professores da rede pública de ensino municipal e estadual, as atividades pretendem despertar o interesse pela música clássica e instrumental.

Ornella de Lucca - Soprano

Natural de Curitiba, iniciou seus estudos de canto com a cantora brasileira Neyde Thomas. Em 2013, transferiu-se para a Áustria, onde iniciou os seus estudos na "Universität Mozarteum de Salzburg" com a professora Barbara Bonney, onde foi aprovada em 1°lugar e lá se graduou com louvor em Bacharelado em Canto em 2018. Em Julho de 2021, abriu o festival Accademia Chigiana em Siena na Itália como solista na peça “Pulcinella” de I. Stravinsky e em Novembro do mesmo ano formou-se no Mestrado em Canto nas opções Ópera Studio e Lieder na "Universität Mozarteum de Salzburg".

Vitorio Scarpi, tenor

Iniciou seus estudos com o Maestro e também tenor, Alexandre Mousquer em 2017. Considerado um jovem talento, Vitorio coleciona em seu currículo diversos títulos e premiações dos maiores concursos de canto do país e do exterior.

Melhor tenor do concurso Brasileiro de canto “Maria Callas”, melhor tenor no concurso Linus Lerner da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, melhor intérprete de canção de câmera no “Concurso Carlos Gomes” de Campinas, primeiro lugar no concurso “Revele seu talento” da PUCPR em 2019, vencedor do Concurso Bixiga Canta, promovido pela Orquestra Jovem do Bixiga. Também foi primeiro lugar geral do concurso internacional de canto lírico “Galina Pysarensko, na cidade de Novyi Horod, na Rússia, e vencedor do concurso de canto Lírico da cidade de San Luis Potosí, no México.

Jeferson Ulbrich - Pianista

O pianista e mestre em música, Jeferson Ulbrich, atua como solista e camerista no Brasil e no exterior. Como pedagogo, orienta remotamente jovens pianistas em São Paulo, Curitiba, Frankfurt, Main, Kronberg e Berlim (Alemanha). Foi integrante do Trio Klang (piano, clarinete e violoncelo), orientado pelo regente Aylton Escobar em São Paulo, e solista da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Ao lado da pianista Despina Apostolou gravou o CD On the way. Times. Lands com repertório solo e para piano a quatro mãos. Em 2017, foi pianista acompanhador da música para o filme mudo alemão Das fidele Gefängnis (1917) no Deutsches Filmmuseum em Frankfurt am Main (Alemanha).

Serviço:
CASCAVEL
Abertura do Bravíssimo Temporada 2022 - “A Ópera no Mundo”
Data: quinta-feira, 28 de abril de 2022
Horário: 20h
Local: Teatro Municipal Sefrin Filho
Endereço: Rua Rio de Janeiro, 905 – Centro Cascavel PR
Ingresso: gratuito, retirada na secretaria do teatro de segunda a sexta-feira das 8h às 12 e das 13h30 às 17h30
http://bravissimo.art.br
https://facebook.com/bravissimoconcertos
https://instagram.com/bravissimoconcertos

MEDIANEIRA
Data: sexta-feira, 29 de abril
Horário: 20h
Local: CPC Arandurá Medianeira
Endereço: Av. Brasil, 899-1029
Ingressos: gratuito, retirada na secretaria do teatro de segunda a sexta-feira das 8h às 12 e das 13h30 às 17h30

PROGRAMA

CARLOS GOMES (1836-1896) – ABERTURA DA ÓPERA O GUARANI

STANISLAW MONIUSZKO (1819-1872) – ÓPERA HALKA
ÁRIA DE TENOR - SZUMIA JODLY NA GÓR SCZYCIE
(OS ABETOS FARFALHAM NO TOPO DA MONTANHA)

GIACOMO PUCCINI (1858-1924) – ÓPERA LA BOHÈME
ÁRIA PARA SOPRANO – QUANDO ME'N VO (QUANDO ESTOU PASSANDO)

FRANCESCO CILEA (1866-1950) – ÓPERA L’ ARLESIANA
ÁRIA PARA TENOR – E LA SOLITA STORIA DEL PASTORE (A HISTÓRIA DO PASTOR)

GIUSEPPE VERDI (1813-1901) – ÓPERA RIGOLETTO
ÁRIA PARA SOPRANO – CARO NOME CHE IL MIO COR (DOCE NOME QUE FEZ MEU CORAÇÃO)

GEORGE BIZET (1838-1875) – ÓPERA OS PESCADORES DE PÉROLAS
ÁRIA PARA TENOR – JE CROIS ENTENDRE ENCORE (EU CREIO AINDA OUVIR)

DOUGLAS MOORE (1893-1969) – OPERETA THE BALLAD OF BABY DOE
ÁRIA PARA SOPRANO – WILLOW SONG (CANÇÃO DO SALGUEIRO)

DUETOS
GAETANO DONIZETTI (1797-1848) – ÓPERA DON PASQUALE
DUETO PARA TENOR E SOPRANO TORNAMI A DIR CHE M’AMI (VOLTE PARA DIZER QUE ME AMA)

FRANZ LEHÁR (1870-1948) – OPERETA A VIÚVA ALEGRE
DUETO PARA TENOR E SOPRANO DEINE LIPPEN SCHWEIGEN (SEUS LÁBIOS SILENCIOSOS)

Semana com grandes atrações no Jokers

Música Celta, Jazz, Rock Acústico e música pop. Essa semana está cheia de atrações na casa mais eclética de Curitiba, o Jokers (R. São Francisco, 164 – Centro Histórico). Na terça a atração é o multi-instrumentista medieval Carlos Simas ao lado da violinista Íris Knopholz com o melhor da música celta. Na quarta o DNA Trio traz os grandes standards do gênero. Na quinta o músico Ivan Hafon (Confraria da Costa) faz o lançamento do clipe "Inferno particular". Na sexta o duo Men in Black (Ricardo Mutant Cox e Roger Patitucci) faz um show com muito country rock e clássicos no formato acústico. E no sábado o músico Kako Louis lança seu novo álbum e apresenta o clipe da música "BR101 Nossa estrada".
Conhecida por abrigar vários gêneros musicais – a tradicional casa noturna de Curitiba que em 2022 comemora 21 anos de atividade, apresenta durante o ano uma variedade de atrações tanto no salão principal quanto no seu palco principal. Os lugares são limitados, com reservas antecipadas pelo telefone (41) 3324-2351.
A abertura do Jokers é às 18h, de segunda a sexta-feira, e às 21h nos sábados, com os shows iniciando às 19h30. A casa oferece o Happy Jokers das 18h. até as 20h30 com mais de 100 produtos com 50% de desconto. De quinta a sábado o cliente pode utilizar o estacionamento Gralha Azul – ao lado do Jokers que fica aberto durante o funcionamento da casa.

Confira a programação até o dia 16 DE ABRIL:

TERÇA 12 ABR, 20 horas – Terça Celta com Carlos Simas (multi-instrumentista medieval - gaita de fole, flautas e cordas) e Iris Knopholz (violino). Ingressos R$10.

QUARTA 13 ABR, 20 horas– DNA Trio – show de jazz com o trio. No repertório Standards do jazz. Ingressos R$10.

QUINTA 14 ABR, 20 horas – Helfonic (projeto solo de Ivan Hafon-Confraria da Costa). Lançamento do clip "Inferno particular". Ingressos R$10.

SEXTA 15 ABR, 20 horas –Men In Black - Ricardo Mutant Cox e Roger Patitucci, trazem muito country rock e clássicos no formato acústico. Ingressos R$10.

SÁBADO 16 ABR, 21 horas – Kako Louis (lançando álbum e clip da música "BR101 Nossa estrada"). Ingressos a R$20.

Jokers – R. São Francisco, 164 – Centro Histórico
Reservas e informações: (41) 3324-2351. www.jokers.com.br
Atenção: de quinta a sábado o estacionamento Gralha Azul - ao lado do Jokers estará atendendo durante o funcionamento da casa – R$20 o período.

Agenda Tarsila indica: Balé Teatro Guaíra apresenta o espetáculo ‘Terra Brasilis’, em Curitiba

Iniciativa ocorrerá de 22 a 24/04/2022

A Semana de Arte Moderna de 1922 faz 100 anos em 2022 e, para comemorar este marco cultural, a Agenda Tarsila, pioneira e maior plataforma dedicada ao movimento modernista, indica evento que ocorre em Curitiba.

“Este é um balé para ser sentido”. É com essa frase que o diretor do Balé Teatro Guaíra, Luiz Fernando Bongiovanni, convida o público para assistir ao próximo espetáculo da companhia, Terra Brasilis. A apresentação terá duas obras: uma de Alex Soares e outra de Jorge Garcia. Os dois são nomes de destaque da nova geração de coreógrafos contemporâneos no país. Terra Brasilis tem, então, uma relação antropofágica com a música Barroca de compositores como Vivaldi e Boccherini.

O coreógrafo Jorge Garcia, por exemplo, usa obras consagradas de Vivaldi – As Quatro Estações – para discutir o país contemporâneo, com figurinos e acessórios que remetem aos canaviais brasileiros. As obras de Jorge Garcia e Alex Soares se complementam no palco. Jorge trabalha com o grupo completo de bailarinos para dialogar com a ideia de coletividade, seja ela uma representação simbólica de coletivos rurais, seja de imigrantes de qualquer parte. Já o trabalho de Alex Soares parte de um conjunto homogêneo e massificado de bailarinos para discutir a construção de singularidade dos sujeitos. A comemoração dos 200 anos da Independência do Brasil e dos 100 anos da Semana de Arte Moderna de 1922 foram a base para a programação anual do Balé Guaíra. Para mais informações, acesse Agenda Tarsila.

tXPFj7plF3X3hNo8ca3vaRTkfFaRnEJjN6R_SmJm6ivS1LK2sv34Ntlif4_-X633oX9wBxzV0_ODPqOsW5bsK4nTef-IZxVFk1qSFtFmRMgadA9yDKKdyAUcsGQ4Mg
Crédito: Divulgação

Sobre a Agenda Tarsila
A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo lançou, em setembro do ano passado, a Agenda Tarsila, um braço fundamental do projeto “Modernismo Hoje”, concebido pela pasta para celebrar o legado da Semana de Arte Moderna de 1922. A iniciativa é um guia especial e único sobre a temática. Além de acompanhar a programação, o público poderá conferir a história do movimento modernista, curiosidades, galerias de fotos, entrevistas exclusivas com familiares, artistas contemporâneos e pesquisadores dos principais personagens que lançaram tendência no Movimento Modernista. O projeto também disponibiliza conteúdo nas redes sociais (Instagram, Twitter, Facebook, TikTok e Youtube) com diversas novidades envolvendo o centenário. Toda a gestão e produção da Agenda Tarsila é realizada pela Organização Social Amigos da Arte.

MOSTRA TECER SÃO CHICO

Evento online reúne espetáculos de teatro e música com acesso gratuito.
O lançamento será nos dias 08/09/10 de abril, pelo Youtube.
downloadAttachment&Message%5Buid%5D=242764&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCO6PR22MB29311A384D270E341380EAC1A1E59%2540CO6PR22MB2931.namprd22.prod.outlook.com%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCO6PR22MB29311A384D270E341380EAC1A1E59%40CO6PR22MB2931.namprd22.prod.outlook.com%3E-1.1.2
Banda Kaiçara - Foto: Fran Ferreira

Promover a arte e a cultura de São Francisco do Sul/SC e o intercâmbio entre artistas da região e de fora é a finalidade da Mostra Tecer São Chico, que vai reunir e exibir pelo Youtube (Canal Tecer Teatro), de abril a julho, espetáculos de teatro e música. A abertura do evento será dia 08 de abril (sexta), às 20h.
A primeira atração será a Banda Kaiçara, que mescla a cultura africana do reggae com a cultura hip hop, através do rap e da cultura francisquense. A banda é composta pelos músicos: Piassava, Mario Negreth e Reuel D'Silva. Suas composições sociopolíticas também exaltam o meio ambiente e as belezas naturais de São Chico.
A atriz Fabiana Ferreira, da Tecer Teatro, de Curitiba, é a idealizadora e também responsável pela curadoria da Mostra juntamente com a atriz Jeanine Rhinow. Dos cinco espetáculos da programação, três foram convidados e dois selecionados pelas atrizes. “O objetivo da Mostra é fomentar a cultural local, ao mesmo tempo promover o intercâmbio entre artistas de diferentes localidades para levar ao público de São Francisco do Sul, espetáculos e ações formativas de qualidade e, especialmente, recomendadas aos alunos da rede pública de ensino, contribuindo para a formação de crianças e jovens. Estamos reunindo artistas experientes com conteúdo e linguagens singulares, bem como representativos da cultura local com qualidade artística e técnica”, conta Fabiana.
A programação de lançamento da Mostra segue no dia 09 de abril (sábado), às 19h, com o espetáculo cênico musical Planeta Lixo da banda Nave Drassa, de São Francisco do Sul. Por meio das artes cênicas, da performance e das artes visuais seus integrantes multiartistas comunicam com músicas autorais, conteúdos urgentes. Os integrantes são: Fabiana Ferreira (voz, percussão, escaleta e performances); Mario Negreth (voz, percussão, harmônica e performances); Kelwin Grochowicz (violão nylon, violão aço e violão de 12 cordas); Tiago Constante (violoncelo e voz).

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=242764&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCO6PR22MB29311A384D270E341380EAC1A1E59%2540CO6PR22MB2931.namprd22.prod.outlook.com%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCO6PR22MB29311A384D270E341380EAC1A1E59%40CO6PR22MB2931.namprd22.prod.outlook.com%3E-1.1.3
Banda Nave Drassa – Foto: Fran Ferreira

No mesmo dia, o espetáculo Kaza, monólogo da atriz Fabiana Ferreira com direção de Cristine Conde, da Tecer Teatro, será exibido às 21h. Kaza trata de pessoas em situações de extrema adversidade, que subitamente perdem tudo o que têm, tudo o que construíram, retratando o drama dos refugiados. É sobre ter que partir, sobre perda e, em como sobreviver a essas experiências.

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=242764&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCO6PR22MB29311A384D270E341380EAC1A1E59%2540CO6PR22MB2931.namprd22.prod.outlook.com%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCO6PR22MB29311A384D270E341380EAC1A1E59%40CO6PR22MB2931.namprd22.prod.outlook.com%3E-1.1.4
Espetáculo Kaza/Tecer Teatro – Foto: Fran Ferreira

No domingo, dia 10 de abril, às 17h, a programação inclui a peça Jardim, um solo poético voltado para crianças da Tecer Teatro. O espetáculo alcança pessoas de todas as idades e conduz o espectador a uma viagem pela existência, contemplando a vida, a passagem do tempo, numa atmosfera de sonho. Aborda questões sobre o viver e o morrer, a partir da natureza, tendo um jardim abstrato como espaço para vivenciar tais processos: nascer, brotar, crescer, dar frutos, voltar a ser semente. A peça, que tem no elenco a atriz Fabiana Ferreira e conta com direção de Cristine Conde, traz como referência o poeta Manoel de Barros, provoca os sentidos, estimula o gosto pela palavra, promove conexões e convida a criança a um mergulho em infinitas possibilidades.
downloadAttachment&Message%5Buid%5D=242764&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCO6PR22MB29311A384D270E341380EAC1A1E59%2540CO6PR22MB2931.namprd22.prod.outlook.com%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCO6PR22MB29311A384D270E341380EAC1A1E59%40CO6PR22MB2931.namprd22.prod.outlook.com%3E-1.1.5
Espetáculo Jardim/Tecer Teatro - Foto: Fran Ferreira

No domingo ainda, às 19h, a atração é o espetáculo Palavras ao Vento do Grupo Gaia, de São Francisco do Sul, um monólogo com direção e atuação de Néia Herivera baseado na obra de Fernando Pessoa. Cosme Aquino assina a cenografia e Luiz Felipe a sonoplastia e figurino.
downloadAttachment&Message%5Buid%5D=242764&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCO6PR22MB29311A384D270E341380EAC1A1E59%2540CO6PR22MB2931.namprd22.prod.outlook.com%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCO6PR22MB29311A384D270E341380EAC1A1E59%40CO6PR22MB2931.namprd22.prod.outlook.com%3E-1.1.6
Espetáculo Palavras ao Vento/Grupo Gaia – Foto: Fran Ferreira

As gravações dos cinco espetáculos da Mostra foram feitas no Casarão das Palmeiras, patrimônio histórico localizado no centro de São Francisco do Sul, e ficarão disponíveis no Youtube até 12 de julho. “Frequento São Chico há mais de 30 anos. Tenho verdadeira paixão por suas belezas naturais e também pelo patrimônio histórico. Fiquei muito atraída com a possibilidade de fomentar a arte e a cultura por aqui, devido a minha experiência em Curitiba como produtora e artista. Tenho muito a contribuir, inclusive no fomento das políticas públicas de cultura do município. Trabalhar numa cidade pequena tem suas dificuldades, mas por outro lado tenho consciência do quanto pode ser transformador, a médio e longo prazo. A chegada da Tecer Teatro em São Chico impulsionou a busca por profissionalização de artistas, técnicos e produtores, principalmente na área do teatro e o reflexo pode ser visto no número cada vez mais crescente de atividades artísticas e culturais disponibilizadas à comunidade”, comemora.
A classificação dos espetáculos varia conforme o trabalho, mas a ideia é atingir principalmente os adolescentes. “Queremos chegar nos alunos e professores da rede pública de ensino. Como todas as atividades são de acesso gratuito e estão sendo amplamente divulgadas, esperamos contar com a adesão do público que poderá se emocionar e se identificar com as histórias contadas poeticamente através de sons, imagens e movimentos. Esperamos que a Mostra possa incentivar a formações de apreciadores e fazedores de arte e cultura na cidade”, vislumbra. “A 2ª Mostra Tecer São Chico já está a caminho. Estamos com o projeto aprovado na Lei Federal de Incentivo à Cultura e nos organizando para buscamos empresas que queiram patrocinar a próxima edição”, conta.
Visando a acessibilidade, todos os espetáculos da Mostra serão interpretados em Libras e contarão com audiodescrição, atendendo tanto pessoas com deficiência auditiva quanto visual.
Além dos espetáculos, a Mostra vai oferecer ainda oficinas e vivências artísticas, as atividades presenciais serão disponibilizadas gratuitamente aos alunos da rede pública de ensino de São Francisco do Sul. A oficina “Universo Rítmico” com Mario Negreth, visa a criação de instrumentos musicais percussivos feitos com resíduos recicláveis. Já as vivências arte educativas com Fabiana Ferreira e Tiago Constante tem como objetivo despertar nas crianças e nos jovens o interesse pela música e pela dança.

A Mostra Tecer São Chico é um projeto aprovado na Lei Federal de Incentivo à Cultura com patrocínio da ArcelorMittal Vega, Full Port e Logimodal, e realização do Ministério do Turismo e Tecer Teatro.

Sobre a Tecer Teatro
Em seus 18 anos de atividades a Tecer Teatro desenvolve espetáculos, ações formativas, mostras, festivais de artes e produções audiovisuais, realizando um trabalho arte educativo de inclusão, democratização do acesso à arte e fomento da economia criativa, através de seus projetos, em sua maioria de acesso gratuito, muitos deles realizados em cidades pequenas.
Desde que foi criada desenvolve pesquisa em teatro para crianças buscando meios de viabilizar o acesso prioritário de crianças e jovens ao teatro e as atividades culturais.

SERVIÇO:
MOSTRA TECER SÃO CHICO
Data: 08 de abril a 12 de julho
Local: Canal Tecer Teatro / Youtube : https://www.youtube.com/channel/UCr8Brw9DPpx9aJFwjp4pw1w
Acesso Gratuito
Programação de Lançamento:
08/04 (sexta) - 20h
Banda Kaiçara – Show Caiçara
Duração – 45 minutos
Classificação – Livre

09/04 (sábado)
19h
Banda Nave Drassa – Espetáculo cênico musical Planeta Lixo
Duração – 40 minutos
Classificação – 12 anos

21h
Tecer Teatro - Espetáculo Kaza
Duração – 40 minutos
Classificação – 10 anos

10/04 (domingo)
17h
Tecer Teatro – Espetáculo Jardim – um solo poético para crianças
Duração – 30 minutos
Classificação – Livre

19h
Grupo Gaia – Espetáculo Palavras ao Vento
Duração – 20 minutos
Classificação – 10 anos

Obs: a partir do dia 11 de abril todos os espetáculos estarão disponíveis para acesso no canal.

SAIBA MAIS:
http://mostratecersaochico.blogspot.com/

Avant-première de “Carmen encontra Butterfly”

A orquestra Ladies Ensemble convida para a avant-première do espetáculo “CARMEN ENCONTRA BUTTERFLY” no Auditório Regina Casillo, no dia 16 de março (quarta-feira), às 20h. A pré-estreia é exclusiva para convidados e imprensa.

O concerto cênico-musical tem a orquestra Ladies Ensemble, a soprano japonesa Masami Ganev no papel de Cio-Cio San e a mezzo soprano paulista Mere Oliveira no papel de Carmen. A regência é de Priscila Bonfim, maestrina assistente do Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

As sessões abertas ao público ocorrem nos dias nos dias 17, 18 e 19 de março, às 20h. Os ingressos custam R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada) e estão à venda pelo serviço Disk Ingressos.

Avant-première de Carmen encontra Butterfly
Dia 16 de março, às 20 horas.
Auditório Regina Casillo (R. Lourenço Pinto, 500 — Centro — Curitiba)
Estacionamento no local.

‘MADAGASCAR, UMA AVENTURA MUSICAL’ CHEGA A CURITIBA EM 5 SESSÕES

Depois do grande sucesso no Rio de Janeiro e São Paulo, o Musical estará em cartaz entre os dias 11 e 13 de março, no Teatro UP Experience (Pequeno Auditório do Teatro Positivo).

O próximo final de semana promete ser de muita diversão para o público infantil da capital paranaense com “Madagascar, Uma Aventura Musical”, espetáculo adaptado do cinema para os palcos, onde os astros a Zebra Marty, o Leão Alex, Glória (uma hipopótamo fêmeo) e Melman (uma girafa macho), estarão em uma grande aventura para divertir seus pequenos fãs, na adaptação que ganhou uma versão brasileira e fez temporada de grande sucesso em São Paulo e no Rio de Janeiro.

A superprodução, inicialmente prevista para ficar em cartaz até o dia 27 de março, teve que limitar a temporada em virtude de outros compromissos assumidos pela produção em outras cidades e será apresentada em Curitiba nos dias 11, 12 e 13 de março, em cinco sessões, no Teatro UP Experience (Pequeno Auditório do Teatro Positivo), com direção de Marllos Silva, versão de Daniel Salve, cenografia de Renata Borges, direção musical de Natan Bádue e direção associada de Carina Gregório. A produção é da Touché Entretenimento. “Banco Renault” apresenta o espetáculo, que tem como “Patrocinador”, Bauducco e “Apoiador”, Giovanna Baby e Abbraccio.

O espetáculo chega a Curitiba com elenco totalmente escolhido por audições: Leandro Massaferri (Alex), Léo Araújo (Marty), Martina Blink (Glória), Rhuan Santos (Melman), Júlio Oliveira (Rei Julien), Giovanna Sassi (Capitão/ensemble), Estevão Souza (Kowalsky, Melmann cover, ensemble), Willian Sancar (recruta, Marty cover, ensemble), Leonardo Rocha (Rico, Julien cover, ensemble), Thadeu Torres (Mason, Alex cover, ensemble), Danilo Santana (Maurice, ensemble), Amanda Doring (senhora do metrô, ensemble), Leticia Vasconcelos (repórter, cover Glória), Bia Passos (Zookeper, ensemble), Luiza Francabandiera (swing, dance captain), Talihel (swing). A montagem na capital paranaense terá adaptações técnicas do seu formato original em virtude da infraestrutura do teatro.

“Madagascar – Uma Aventura Musical” é inspirado na animação realizada pela Dreamworks, em 2005, e desenvolvido pela divisão teatral do estúdio (DreamWorks Theatricals), escrito por Kevin Del Aguila, com músicas originais e letras de George Noriega e Joel Someillan. O espetáculo conta a divertida história dos animais criados no Zoológico de Nova York, que organizam um plano de fuga, com o objetivo de conhecer o que existia fora dos muros do local que sempre viveram. Entretanto, algo dá errado e eles embarcam em um navio e acabam acidentalmente na ilha que dá nome ao espetáculo. O sucesso do filme foi tamanho que deu origem a duas continuações no cinema e ao musical.

Renata Borges, Diretora Executiva da Touché Entretenimento, que já trouxe ao país grandes musicais, como “Cinderella” (de Rodgers & Hammerstein´s), “Sim! Eu Aceito”, “Como Eliminar Seu Chefe” e por último, “Peter Pan, O Musical”, todos originais da Broadway, ressalta a importância de se incentivar a cultura. “É fundamental o patrocínio do Banco Renault e de todos os patrocinadores de Madagascar que enxergam a cultura como uma ferramenta de mudança positiva, apostando em conteúdo para toda a família, de uma forma leve, que consegue atingir todas as classes sociais”, celebra.
“Incentivamos a cultura, pois acreditamos que investir nessa iniciativa é essencial para transformar o presente e o futuro das pessoas. Patrocinar esse musical é muito importante para o Banco Renault, obedecendo todos os protocolos de segurança. Arte é essencial! “, afirma Elizandra Costa, Gerente Executiva de Gestão Clientes do Banco Renault.

A ficha técnica do musical traz ainda Fause Haten (figurinos), Vivien Fortes (coreografia), Bruno Junqueira (efeitos especiais), Anderson Bueno (visagismo), Gabriel D’Angelo (designer de som) e Cris Fraga (stage manager). O próprio Marllos Silva assina o designer de luz e Russinho é o designer de luz. A preparação de atores é de Inês Aranha.

Touché Entretenimento
Tendo à frente Renata Borges, a Touché Entretenimento (antiga Fábula Entretenimento) vem se consolidando como uma das grandes produtoras de musicais do país: “Sim! Eu Aceito” – com Diogo Vilela e Sylvia Massari; “Como Eliminar Seu Chefe”, além das superproduções “Cinderella, O Musical”, que foi vista por mais de 100 000 pessoas, entre Rio de Janeiro e São Paulo e fez turnê por Porto Alegre, Florianópolis, Natal, Fortaleza, Recife, Brasília e Belo Horizonte. Retorn. O sucesso foi tamanho que o espetáculo retornou a São Paulo com apenas um ano de intervalo e atualmente está em cartaz no Rio de Janeiro; e “Peter Pan, O Musical”, que foi visto por mais de 200 mil pessoas, entre Rio de Janeiro e São Paulo.

Serviço:
‘Madagascar, Uma Aventura Musical’
Local: Teatro UP Experience - (Pequeno Auditório do Teatro Positivo)
R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 - Campo Comprido
Temporada - de 11 a 13 de março de 2022
** Na entrada do teatro será exigido o comprovante de vacinação para todos acima de 12 anos de idade. Abaixo de 12 anos não será obrigatório.

Sessões:
11 de março – sexta - 20h
12 de março – sábado - 15h e 19h
13 de março – domingo - 15h e 19h

Ingressos:
Fileiras de A a E – R$ 160,00 a meia-entrada e R$320,00 a inteira
Fileiras de F a J - R$ 140,00 a meia-entrada e R$280,00 a inteira
Fileiras de L a P – R$ 60,00 a meia-entrada e R$120,00 a inteira
Fileiras de Q a U - R$ 50,00 a meia-entrada e R$100,00 a inteira
Terá mais a taxa administrativa Disk Ingressos: R$ 12,00
Meia-entrada:
** A meia-entrada é válida para Doadores de Sangue devidamente comprovados, Estudantes devidamente comprovados, Idosos conforme Lei, PNE, Portador de Câncer e Professor.
** IMPORTANTE: Serão exigidos os documentos e comprovantes que constam nas respectivas leis.
** OS DESCONTOS NÃO SÃO CUMULATIVOS.
Pontos de venda: Disk Ingressos (Call Center 41 3315-0808). Site do Disk Ingressos: www.diskingressos.com.br

Classificação etária: Livre
Duração: 85 minutos
Produção: Touché Entretenimento (nacional) e Orth Produções (local)

UP Experience Maestro venezuelano assume orquestra infantil em Curitiba

A Orquestra Infanto Juvenil Alegro (OIA), do Paraná, acaba de anunciar seu novo maestro. Roberto Ramos, nascido em Caracas, na Venezuela (VE), começou a tocar percussão e a cantar no coro da escola aos cinco anos, sem nenhuma pretensão. Na época, a família morava nos Estados Unidos. Formado pela Universidade Experimental Nacional das Artes (UNEARTE) e mestre pela Universidade Federal de Rio Grande do Norte (UFRN), o maestro está no Brasil desde 2018. “Quando eu tinha 12 anos voltamos para Venezuela, onde iniciei minha trajetória musical, por meio de um projeto social conhecido como El Sistema. Ali, comecei a tocar em orquestras, festivais, ensambles, solista entre outras atividades”, lembra o maestro.

A OIA é uma organização musical que tem como objetivo ensinar crianças e jovens entre 8 e 17 anos que moram em Curitiba e nas cidades vizinhas com uma educação musical de qualidade, e que leva em conta os desafios regionais existentes na educação de músicos e musicistas - um assunto muito importante devido à ausência de orquestras nesta faixa etária, segundo o fundador do projeto, Edward Matkin.

A Associação Musical Alegro, mantenedora da OIA, é um modelo atípico dentro dos chamados “projetos sociais”, visto que ela apoia diferentes núcleos de ensino de música existentes em Curitiba e Região Metropolitana por meio de diversas ações, aumentando o potencial musical desses núcleos e os inserindo dentro do contexto orquestral, seja na Orquestra Infanto Juvenil Alegro (OIA) ou na Orquestra Jovem Alegro (OJA), formada atualmente por bolsistas de todo o país.

“Estou muito feliz em fazer parte de um projeto pioneiro na capital. Esta é a primeira Orquestra Infantil completa do país, com instrumentos de cordas, sopros e percussão. Para as crianças e adolescentes, isso é fantástico, pois se tem observado que as crianças e jovens investem boa parte de seu tempo em celulares, tablets, vídeo games, entre outros componentes eletrônicos - o que não considero que seja negativo, visto que essas atividades fazem parte de nossa sociedade contemporânea -, porém, quando observamos que eles passam tempo demais conectados, devemos estar alertas e procurar alternativas para investir o tempo em atividades como a música”, ressalta o maestro.

Para participar do processo de seleção, que é gratuito, a criança deve estar estudando algum instrumento musical, gravar um vídeo tocando, preencher o formulário de inscrição e aguardar os resultados. O edital será lançado no início de março. Os ensaios serão aos sábados, das 9h às 12h, na sede da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), na Cidade Industrial de Curitiba. O transporte de ida e volta de vários locais da capital não terá custo nenhum para o estudante. Os alunos que iniciarem o projeto já têm data para três apresentações sob a supervisão dos professores: Karina Romanó (cordas); Fabricio Ribeiro (madeiras); Roberto Ramos (metais e maestro) e Camila Cardoso (percussão).

Por meio do incentivo cultural da UP Experience, ao longo de 2022, todos os concertos da Associação Musical Alegro serão realizados no Teatro Positivo. A parceria é uma maneira de trazer para o maior teatro do Paraná uma iniciativa que dá a crianças e adolescentes a oportunidade de aprender música, ao mesmo tempo que oportuniza à sociedade apreciar concertos de altíssima qualidade.

SERVIÇO

Concertos 2022 Associação Musical Alegro

27 de junho – Grande Auditório Positivo

14 de novembro – OJA + OIA - Grande Auditório Positivo

14 de dezembro – Grande Auditório Positivo

Endereço Teatro Positivo - campus Ecoville (R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5.300)

Informações: www.alegromusic.org/ e @teatropositivo

Instagram: @alegromusica ou Facebook: Associação Musical Alegro.