Il Divo sábado no Guairão!

Il Divo sábado no Guairão!

Comemorando 15 anos de carreira grupo vocal de cantores apresenta em Curitiba sua nova turnê Timeless

Considerado o grupo de crossover clássico mais bem-sucedido na história da música internacional, o quarteto IL DIVO comemora 15 anos de carreira com a turnê mundial Timeless, com única apresentação neste sábado, às 21 horas, no Teatro Guaira (Praça Santos Andrade, s/nº). O grupo formado pelo espanhol Carlos Marin, o suíço Urs Buhler, o francês Sebastien Izambard e o americano David Miller, leva ao público curitibano uma grandiosa produção e chegam ao palco acompanhado de uma grande orquestra. Entre as músicas do set list: “Hola,” “Love Me Tender,” “What A Wonderful World, “Smile,” “All Of Me” e “Unforgettable” e muitos outros sucessos.
Nesta nova turnê, Timeless, a produção executiva e curadoria musical é feita pelo próprio IL DIVO. Eles prometem uma nova experiência ao som de clássicos antigos e atuais, cantados em quatro línguas, e uma produção cheia de emoção que proporcionará ao público uma viagem no tempo. “Este projeto representa o nosso tributo a natureza eterna de todas as músicas.” resume David Miller
Ao longo de 15 anos de carreira, o IL DIVO, evoluiu e se transformou no grupo vocal de tenores mais proeminente do mundo com mais de 30 milhões de álbuns vendidos, 160 álbuns de ouro e platina em 33 países, sendo os primeiros artistas do Crossover Clássico a ter um álbum de estreia # 1 no Top 200 da Billboard.
Em 2003, o grupo recém-formado pelo tenor suíço Urs Buhler, pelo barítono Espanhol Carlos Marin, o artista pop Frances Sébastien Izambard e pelo tenor Americano David Miller era um grupo de quatro estranhos, de diferentes nacionalidades, com um background musical muito diferente. David era um tenor treinado em conservatórios como cantor de óperas e cuja performance em Baz Luhrman’s La Boheme na Broadway havia sido aclamada pela crítica. O barítono Carlos, uma criança prodígio – “O pequeno Caruso”- gravou seu primeiro álbum aos oito anos de idade, dando início a uma carreira dividida entre a ópera e o palco. O tenor suíço Urs tocava violino, clarinete, piano, guitarra e bateria e quando adolescente fora vocalista de uma banda de heavy metal, antes de seguir pelo caminho da música clássica. Sebastien era um talentoso cantor e compositor cujo single Si Tu Savais havia alcançado o primeiro lugar nas paradas em seu país.
Apesar das diferenças, logo no cd de estréia IL DIVO em 2004, o grupo se consagrou e recebeu seu primeiro disco de platina em vários países. Com os cds: Ancora(2005), Siempre (2006), The Promise (2008) e Wicked Game (2011), o quarteto construiu uma carreira baseada na combinação vitoriosa de virtuoso e popular que culminou com a gravação em 2013 de A Musical Affair, uma celebração de grandes sucessos da Broadway e da West End. Em 2015 celebrando o amor e o romance através de ritmos latinos, o quarteto gravou seu mais recente trabalho Amor e Pasion.
Durante mais de uma década o grupo vendeu mais de 30 milhões de álbuns pelo mundo, atingiu 50 vezes o top dos charts de vendas, recebeu 160 discos de ouro e platina em mais de 33 países diferentes e já apresentou quatro turnês mundiais com grande êxito.

Serviço: Timeless – Show com o quarteto internacional Il Divo. Sábado, dia 18, às 21h00, no Guairão (Praça Santos Andrade. s/nº). Ingressos: R$680 (plateia Vermelha), R$620 (plateia Azul), R$580 (plateia Laranja), R$480 (plateia Amarela), R$400 (1º balcão Roxo), R$350 (1º balcão Verde), R$300 (2º balcão Azul Claro) e R$250 (2º balcão Laranja Claro) + R$6 (seis reais, referente a taxa de conveniência cobrada pelo Disk Ingresso. 50% de desconto no preço de inteira para beneficiados por lei. Aceita-se cartões de créditos. Não serão aceitos cheques. Ingressos na bilheteria do teatro ou nos quiosques do disk-ingressos no shoppings Mueller, Paladium e Estação, pela internet www.diskingressos.com.br ou por telefone Disk-Ingressos 3315-0808. Informações: 3304-7900 e 3304-7982. Duração: 1h30. Classificação indicativa: Livre.

Balé Teatro Guaíra abre as comemorações dos 50 anos com A Sagração da Primavera

Balé Teatro Guaíra abre as comemorações dos 50 anos com A Sagração da Primavera

As apresentações serão nos dias 03, 04 e 05 de maio e serão acompanhadas pela Orquestra Sinfônica do Paraná

A programação especial do Balé Teatro Guaíra (BTG) para seu aniversário de 50 anos começa na próxima sexta, sábado e domingo, dias 03, 04 e 05 de maio, no Guairão. A companhia irá apresentar a montagem de A Sagração da Primavera com coreografias da portuguesa Olga Roriz, versão que veio aos palcos do Guairão pela primeira vez em 2012. As apresentações serão às 20h30 na sexta e no sábado, e às 19h no domingo. Ingressos R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada). Todas as os espetáculos contarão com a presença da Orquestra Sinfônica do Paraná (OSP).

Entre os anos de 2012 e 2014, o BTG apresentou A Sagração da Primavera por 09 estados brasileiros, alcançando mais de 30 mil espectadores. Com esta obra, a companhia recebeu um lugar de destaque no cenário nacional da dança.

"No meu ponto de vista, A Sagração da Primavera é uma das obras mais inquietantes e impactantes do repertório musical e coreográfico. A composição musical de Stravinsky e a concepção dramatúrgica e coreográfica de Olga Roriz me tocam profunda e genuinamente", diz Cintia Napoli, atual diretora do Balé Teatro Guaíra.

Esse sentimento de inquietação que a obra traz pode ser explicado, segundo Stefan Geiger, maestro-titular da Orquestra Sinfônica do Paraná, pela maneira como a música foi escrita. "Stravinsky transformou toda a orquestra em uma grande percussão. Podemos ouvir violinos imitarem o som das caixas claras e tambores, o que nos leva para dentro da época tribal na qual a história do balé se desenvolve".

O destaque para os sons da percussão faz sentido com a história de A Sagração da Primavera. A obra fala sobre um ritual pré-histórico de sacrifício ao Deus da primavera, movido pelos sons de bumbos e tambores. Uma jovem é escolhida pelos anciãos de sua tribo para dançar até a morte, na esperança de trazer boas colheitas e fertilidade ao seu povo. Essa atmosfera ritualística aparece na coreografia de Olga Roriz na forma dos movimentos carregados por fortes respirações dos bailarinos.

A versão que será apresentada nas comemorações dos 50 anos do BTG é diferente da original em vários aspectos. O mais evidente é o palco coberto com serragem e a névoa que envolve os bailarinos e ajudam a aproximar a plateia do clima primitivo que envolve a dança, a música e a história.

Outras duas mudanças acontecem com os personagens do Sábio e da Eleita. Em vez de ser um mero espectador da narrativa, o Sábio traça o percurso e prepara o terreno para o ritual de sacrifício ao deus da primavera. Já a Eleita não é mais uma vítima, e sim uma jovem mulher que se sente privilegiada por dar sua vida em troca de prosperidade ao seu povo. Para as três bailarinas que interpretarão o papel, esta é a chance de mostrar não só seus conhecimentos técnicos, mas também uma entrega total à personagem.

"Acredito que o grande desafio em dançar A Sagração da Primavera de Olga Roriz é lidar e se entregar à força expressiva imposta pela própria obra", afirma Cíntia Napoli. “Não existe outra possibilidade que não seja se entregar 100% até o final, este é o maior desafio, mas também o maior prazer em dançar esta montagem", complementa.

Mostra de Repertório - Balé Teatro Guaíra 50 anos

Além da Sagração da Primavera, o Balé Teatro Guaíra apresenta em maio os espetáculos Carmen (08/05, 20h30) e O Segundo Sopro (11/05, 20h30 e 12/05, 19h), duas grandes montagens de sucesso na história da companhia. Todas as apresentações serão abertas com trechos de O Grande Circo Místico, em memória a um dos balés mais famosos do Brasil e que foi concebido originalmente para o BTG.

Serviço:

Balé Teatro Guaíra 50 anos - Mostra de Repertório

Homenagem O Grande Circo Místico + A Sagração da Primavera -

com participação da Orquestra Sinfônica do Paraná

De 03 a 05 de maio, sexta e sábado às 20h30 e domingo às 19h

Homenagem O Grande Circo Místico + Carmen

Dia 08 maio, quarta-feira, às 20h30

Homenagem O Grande Circo Místico + O Segundo Sopro

Dias 11 e 12 de maio, sábado às 20h30 e domingo às 19h

Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto - Guairão

Classificação: Livre

Preço: R$20 (vinte reais) e R$ 10 (dez reais)