Coronavírus: dentistas adotam novas medidas para garantir a segurança de pacientes e profissionais

27ef9e8a6418fd92fdaa36fe83376f67

Em tempos de pandemia, especialista comenta o que mudou na rotina dos consultórios odontológicos e avisa: não há motivo para pânico

 

Considerado essencial, o atendimento prestado pelos dentistas não pôde parar em meio à pandemia da COVID-19. “Em caso de necessidade de tratamento odontológico, o paciente não deve hesitar em ir ao dentista”, diz a cirurgiã-dentista Bruna Ghiraldini, coordenadora do Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos da S.I.N. Implant System.

Por isso, os profissionais têm adotado protocolos que visam garantir um ambiente seguro contra o coronavírus, para todos. Para começar, as consultas agora são espaçadas. Assim, as pessoas não se encontram na sala de espera.“O ideal é um intervalo mínimo de vinte minutos entre os atendimentos”,comenta a especialista. O uso da máscara passa a ser obrigatório na sala de espera, antes e após o atendimento. E vale a recomendação de ir sozinho ao consultório. “Os acompanhantes são tolerados se o indivíduo for idoso ou menor de idade ou se tiver algum problema incapacitante, como aqueles que impedem a locomoção ou deficiências em geral”, explica a Dra. Bruna. “Em outros casos, é contraindicado levar alguém junto”.

Ela acrescenta também que há novidades com relação a equipamentos de proteção individual (EPI’s). “Estamos agora seguindo protocolos de segurança mais rígidos, as chamadas condutas de biossegurança. Com isso, passamos a fazer uso do face shield, uma espécie de escudo facial, que protege contra respingos de gotículas potencialmente infecciosas. E também das máscaras modelo N95, consideradas as mais eficientes do mercado. Além disso, estamos usando aventais descartáveis, que são trocados entre um e outro paciente, além de protetores de sapato descartáveis e óculos de proteção”, explica. “E uma vez no consultório, orientamos o paciente a fazer bochechos com água oxigenada antes de iniciar o tratamento, o que evita contaminações para nós, profissionais, já que a saliva é um dos principais meios de transmissão do vírus”, alerta.

Segundo a Dra. Bruna, algumas medidas também têm que ser aplicadas no ambiente do consultório para se evitar a disseminação da COVID-19. São elas: as janelas devem ser mantidas abertas pois, ao favorecer a renovação do ar, a ventilação natural ajuda na prevenção de doenças viróticas, como é o caso do coronavírus. E está proibido o uso de ventilador ou ar condicionado, para não espalhar o vírus pelo ar. E mais: os procedimentos de assepsia das clínicas odontológicas estão sendo feitos com rigor ainda maior, entre um paciente e outro. “Utilizamos álcool em gel a 70% e desinfetantes específicos para evitarmos a contaminação cruzada, que poderia ocorrer quando uma pessoa entra em contato com um instrumento usado em outro paciente que apresenta doença contagiosa”, comenta. Por fim, a Dra.Bruna garante que não há motivo para se ter medo. “Com a adoção destes novos protocolos e equipamentos de segurança, os pacientes podem ficar despreocupados e procurar seus dentistas com tranquilidade”, conclui.

Mudanças positivas para a saúde pública

Na visão da Dra. Bruna Ghiraldini, este fato histórico (pandemia da COVID-19) carrega um forte potencial para mudar o dia a dia dos consultórios odontológicos definitivamente, e para melhor. “Na década de 80, em razão do surgimento do vírus HIV, o uso de luvas por dentistas se tornou obrigatório”, comenta. “É bem possível que estes novos cuidados com o ambiente e com a paramentação dos dentistas se tornem permanentes, prevenindo novas ondas da doença e de outros vírus que possam surgir no futuro”, continua. “Este conjunto de atitudes colabora para a segurança de profissionais e pacientes, e todos saem ganhando”, conclui.

Sobre a S.I.N. Implant System:referência mundial em produtos para implantes dentários, a S.I.N Implant System tem DNA brasileiro e está no mercado desde 2003. Hoje, seu parque fabril de última geração entrega mais de 5 milhões de produtos acabados, todos os anos, a 20 países do globo – o mais recente deles é o Marrocos. Com uma trajetória de conquistas apoiada nos princípios simplicidade, inovação e nanotecnologia, a S.I.N. Sistema de Implante já é referência global. A marca atua no mercado desde 2003, oferecendo as melhores linhas de implantes dentários do mundo, além de componentes protéticos. A empresa tem como visão oferecer o que há de melhor e mais seguro na área de implantodontia, utilizando, para isso, tecnologia de ponta e equipamentos de última geração, que passam por rigoroso controle de processos. A excelência em qualidade dos produtos é garantida e comprovada por meio de certificações nacionais e internacionais. O sonho de restaurar sorrisos, iniciado com a Sra Neide e o Dr. Ariel Lenharo continua vivo. Em tempo: Ariel Lenharo foi o primeiro doutor em implantodontia do Estado de São Paulo, tendo também realizado sua pós-graduação nos Estados Unidos, no Pankey Institute. Neide e dr. Lenharo estiveram à frente da companhia até 2009, quando o controle acionário da S.I.N passou para o fundo de investimentos Southern Cross Group, equity firm líder e mais antigo dedicado ao mercado latino-americano, com mais de U$ 2,8 bilhões investidos em 38 empresas em todo o continente. Mais informações em www.sinimplantsystem.com.

*com divulgação

Categorias:AGÊNCIAS DE COMUNICAÇÃO, AGENDA DA SEMANA, AGENDA DO FIM DE SEMANA, BRASIL, COLUNA VANESSA MALUCELLI, DIVIRTA-SE, FREE LIFESTYLE, LANÇAMENTOS, SAÚDETags:, , , , , , , ,

VanessaMalucelliAndersen

Colunista do Site — Divirta-se Curitiba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s