Prefeitura recebe doação de 200 testes rápidos para Covid-19

Prefeitura recebe doação de 200 testes rápidos para Covid-19

A Prefeitura de São José dos Pinhais recebeu na manhã desta sexta-feira (03) a doação de 200 kits de testes rápidos para Covid-19 da empresa I.G. Transmissão e Distribuição de Energia, que tem um canteiro em obras na cidade.

A doação aconteceu no Departamento de Promoção e Vigilância. O diretor do departamento, Odevair Mathias recebeu os engenheiros Johnny Nagano e Daniel Bittencourt – responsável pelas instalações localizadas no bairro Contenda.

A empresa foi notificada pela Prefeitura de São José dos Pinhais quando dezenas de colaboradores foram identificados com coronavírus. Na ocasião a empresa teve suas atividades suspensas por 14 dias e precisou se adequar a diversas recomendações sanitárias. “Nesse período prestamos assistência à empresa no sentido de orientar sobre como deveriam agir nos próximos dias, desde o isolamento dos colaboradores, até o layout e assepsia das instalações. A empresa foi monitorada, cumpriu todas as exigências impostas e voltou operar depois do período de suspensão de atividades, obedecendo as orientações”, disse Odevair Mathias, diretor do Depto de Promoção e Vigilância.

O objetivo da doação dos kits, segundo a empresa, foi o de auxiliar a Secretaria Municipal de Saúde com insumos para que continue a realizar os exames e seja permitido identificar, antecipadamente, possíveis casos de contaminação pelo novo Coronavírus. “Queremos retribuir a atenção prestada à nossa equipe de colaboradores que atua na construção de linhas de transmissão de energia aqui no município”, explica o gerente do departamento de Segurança e Meio Ambiente da I.G.-TD, Silvio Cantieri.

No mês de maio, parte dos colaboradores da empresa fez os testes rápidos com o apoio do município e alguns apresentaram resultados positivos. Para garantir a saúde dos trabalhadores e da população local, a I.G.-TD fez com que todos os colaboradores realizassem novos testes mais avançados, os chamados de RT-PCR.

Os colaboradores positivados foram isolados, cumpriram os protocolos de saúde e segurança e já se encontram aptos ao desempenho de suas atividades. A empresa também reforçou ainda mais seus protocolos de segurança, higienizou e sanitizou as áreas de trabalho, reforçou a comunicação visual com informações sobre saúde e segurança, distribuiu máscaras e álcool gel a toda sua equipe. Entre os cuidados, a empresa também continua a monitorar a temperatura corporal para proteção de seus colaboradores, aplica questionários para síndromes gripais e orienta sobre cuidados preventivos.

De acordo com o engenheiro Daniel, a situação também serviu como um aprendizado, já que as medidas de segurança sanitárias foram incorporadas pela empresa. “Fizemos as adequações necessárias e todo o trabalho de conscientização com os nossos colaboradores, já que o comportamento e os hábitos de cada um são essenciais para a prevenção”, disse Daniel.

Sugestão de legenda:

Da esquerda para a direita, Odevair Mathias - diretor do Departamento de Promoção e Vigilância de São José dos Pinhais; Johnny Nagano e Daniel Bittencourt, engenheiros da I.G. Transmissão e Distribuição de Energia, responsáveis pelas instalações localizadas no bairro Contenda

Crédito das fotos:

Paulo Szostak (Prefeitura de São José dos Pinhais)

Associação de Assistência ao Excepcional do Paraná lança vaquinha virtual para pedir ajuda em meio à pandemia

Ela irá angariar recursos para a Escola Especial Mercedes Stresser que atende 330 alunos com deficiências. Antes a arrecadação era através de eventos beneficentes que ficaram inviáveis pelo isolamento social.

Ajudar o próximo faz bem. A Associação de Assistência ao Excepcional do Paraná (AAEPR) lança vaquinha virtual para angariar recursos para ajudar neste período difícil de isolamento social a Escola Especial Mercedes Stresser, que atende 330 alunos com deficiências. Antes a arrecadação era realizada através de eventos beneficentes que ficaram praticamente inviáveis pela Covid-19. Além de estar prestando serviços pedagógicos e psicológicos, de forma virtual, a instituição continua desenvolvendo ações para captação e distribuição de cestas básicas às famílias dos alunos mais necessitados que estão precisando de ajuda em meio à pandemia.

O presidente da AAEPR, Antonio Luiz Bom, comenta que a motivação da vaquinha virtual foi em decorrência do isolamento social. “A complementação dos recursos necessários, sempre foi suprida através de eventos beneficentes como almoços, bingos, brechó, rifas, bazar, e outros, que são inviáveis neste momento. Por isso toda contribuição será bem-vinda e já agradeço o apoio de todos.”

Ele reforça ainda a importância da vaquinha para o prosseguimento do trabalho e faz ainda um convite pós-pandemia. “Estamos em busca de parcerias que viabilizem suprir estes recursos, quer seja através da divulgação da “vaquinha virtual” ou através de doações na conta da entidade. Aproveito ainda para fazer o convite para que, em época oportuna, conheçam a nossa entidade e constate a importância do serviço que ela realiza”.

Escola Especial Mercedes Stresser
A Escola Especial Mercedes Stresser foi fundada em 1961, e tem como missão: desenvolver o potencial da pessoa com deficiência intelectual e múltiplas deficiências para a igualdade de oportunidades, inclusão social e o exercício da cidadania. Ela atende atualmente 330 alunos com idades de 15 a 68 anos, dos quais 70% são carentes e recebem, além da educação, alimentação e vestuário. A escola tem o compromisso com a educação especial, em quase 60 anos de história, valorizando a eficiência, atendendo a diversidade e formando cidadãos, tendo conseguido o respeito e a credibilidade da sociedade pela responsabilidade e qualidade do atendimento.

SERVIÇO:
Vaquinha Virtual
Associação de Assistência ao Excepcional do Paraná - AAEPR
Banco do Brasil
Agência 1518-0, Conta 26645-0 – CNPJ: 76.675.552/0001-61.

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajuda-a-escola-mercedes-stresser

Três dicas para acabar com a insônia

Três dicas para acabar com a insônia

Neste momento de pandemia muitas pessoas sofrem para dormir, confira algumas dicas que vão ajudar neste processo

A insônia está em alta neste período de pandemia. O número de pessoas que estão com problemas para dormir só aumenta. Os motivos para isso acontecer são diversos, ainda mais em um momento tão delicado de incertezas. A professora de Yoga, Danieli Mangini conta que os distúrbios do sono podem ser controlados mesmo com a ansiedade a “flor da pele”. Danieli explica que trata há muitos anos de alunos que tiveram esses problemas, e que agora devido à pandemia, quase 80% da demanda é em torno da insônia e ansiedade.

A professora revela que em primeiro lugar alguns cuidados são importantes na hora de dormir. “Evitar as telas de computador e celular, é uma dica batida, mas sempre vale relembrar. Outro ponto importante são as bebidas que dão energia, como a cafeína e álcool. Cuidar da alimentação também é essencial. Por isso, evitar alimentos gordurosos como frituras e chocolates ajudam no processo. Para quem não sabe, a pimenta também acelera e ativa o metabolismo, o que pode prejudicar no sono”, analisa.

Danieli ressalta que para atingir um sono de qualidade é preciso seguir à risca algumas coisas. “Tenha uma alimentação equilibrada, beba infusões de camomila, capim, limão e hortelã. Faça o possível para dormir sempre no mesmo horário, e tente praticar exercícios físicos durante o dia, porque ajuda a regularizar o metabolismo e consequentemente o sono”, diz.

A professora reforça sobre desenvolver o hábito de meditar antes de dormir, nem que seja por alguns minutos, assim é possível limpar e tranquilizar a mente de todas as emoções e acontecimentos do dia.

Dicas de Ouro

1ª Dica
Antes de dormir anote num papel tudo que você tem que fazer no dia seguinte, assim evita ansiedade e esquecimentos.

2ª Dica
Respiração Chandra ou respiração lunar.

Você deve colocar o dedo índice entre as sobrancelhas (terceiro olho👀) e o dedo polegar na fossa nasal direita, retendo o ar. Respire somente pela fossa nasal esquerda veja o vídeo para entender melhor.

3ª Dica
Fazer a postura do yoga Viparita Karani , essa postura ajuda na circulação sanguínea, ativa a glândula tireoide, alivia estresse e ansiedade.

⚠ Não é aconselhável para as mulheres que estejam no período menstrual ficar nessa postura por mais de 3 minutos porque o fluxo sanguíneo aumenta consideravelmente.

👉Se você sofre de problemas lombares é aconselhável colocar uma manta / toalha ou almofada pequena embaixo das lombares, conforme a foto abaixo.

Dica Bônus
Uma breve meditação com o mantra: GATE GATE PARAGATE PARASANGATE BODHI SVAHA, esse Mantra ajuda a eliminar os pensamentos e tranquilizar a mente para uma noite de sono tranquila e relaxante.

Corgraf produz face shield para catadores de lixo

Em parceria com professores da PUC/PR, a gráfica fez o corte de mais de 650 máscaras para doação

Em parceria com o projeto dos professores Dalton Kai e Aguiar Selhorst Junior, dos cursos de design e engenharia da PUC Paraná, a Corgraf iniciou o corte de face shields, máscaras tipo escudo, que foram direcionadas à doação para a Associação de Catadores de Lixo de Curitiba.

Produzidas em acetato, as placas do material foram cedidas pelos professores e a Corgraf realizou o corte na Flink Print, nova empresa do grupo, adquirida em maio deste ano, que atua na impressão digital Ultravioleta (UV) em pequenos e grandes formatos, usados em mídias flexíveis ou rígidas.

Foram produzidas 650 máscaras para doação, direcionadas aos catadores de lixo. “Acreditamos no nosso papel social de contribuir com a população e, em meio à pandemia, pudemos proporcionar a fabricação dessas máscaras para garantir a segurança dos catadores”, afirma o diretor comercial da Corgraf, André Linares. A máquina de corte de face shield tem capacidade para fazer uma máscara a cada minuto. É possível também personalizar o produto com a marca de qualquer empresa.

Em abril, a Corgraf iniciou a impressão de máscaras de uso único, em papel cartão duplex 233gr e tinta atóxica, que foram distribuídas no comércio de Colombo. Até a primeira semana de junho, foram distribuídas 21 mil máscaras em lojas, farmácias, mercados, entre outros estabelecimentos locais, de forma gratuita. A faca, que foi desenvolvida pela Corgraf, já foi repassada para empresas do Paraná, Rio Grande do Sul e Ribeirão Preto, para disseminar a ideia em outras regiões.

Sobre a Corgraf:

Especialista em soluções gráficas, a Corgraf atua há 33 anos com tecnologia de ponta em impressos e acabamentos. A empresa acumula reconhecimentos regionais, nacionais e internacionais, com 20 troféus de Excelência Gráfica Fenando Pini, 163 trofeus de Excelência Gráfica Oscar Schrappe Sobrinho e sete troféus no concurso latino-americano de produtos gráficos Theobaldo de Nigris.

McDonald’s doa mais de mil refeições em seis cidades do Paraná na Campanha McObrigado

Com a meta de chegar a 100 mil doações, empresa aderiu à ação global Thank You Meal e preparou refeições especiais para os profissionais de saúde

Desde o início da pandemia provocada pelo novo coronavírus, o Mcdonald’s, operado pela Arcos Dorados no Brasil, está doando refeições aos profissionais que estão atuando na linha de frente do combate à covid-19, como forma de agradecer ao trabalho que eles têm realizado.

Em junho, no Paraná, em um período de uma semana, os profissionais de saúde de seis cidades foram reconhecidos pela marca e, juntos, receberam mais de mil refeições. Em Curitiba, o Hospital Pequeno Príncipe e o SAMU foram as instituições que receberam combos de Quarterão e acompanhamento. Já na região metropolitana, as entidades foram o Hospital São Lucas, em Campo Largo, e UPA Alto Maracanã, em Colombo. A Santa Casa de Misericórdia de Ponta Grossa também foi agraciada, assim como o Hospital Germano Lauck, em Foz do Iguaçu. Para fechar, as doações foram entregues à equipe que está sediada na Secretaria de Saúde de Cascavel e fazendo a maior parte de atendimento da covid-19 no município.

A ação faz parte da campanha global Thank you Meal, lançada nos Estados Unidos. No Brasil, o nome da campanha foi ajustado para McObrigado. “Trata-se de uma forma de levar, além de comida, solidariedade e mensagens de encorajamento para esses profissionais que têm tido uma atuação incansável e excepcional”, explica Paulo Camargo, presidente da Divisão Brasil da Arcos Dorados. Por aqui, a meta é chegar a 100 mil combos doados, o que equivale a um investimento de cerca de R$ 2,5 milhões de reais.

Até o momento, já foram realizadas mais de 65 mil doações para profissionais de saúde, instituições que atuam no combate à fome, cooperativas e caminhoneiros. Todas têm sido preparadas pelos funcionários da rede, que também estão se mobilizando para colocar recados de agradecimento juntos das refeições. No Paraná, cerca de duas mil refeições já foram doadas nas cidades de Curitiba, São José dos Pinhais, Maringá e Londrina.

Outras medidas da Arcos Dorados

Acreditando na união de forças para que o país possa superar esse momento de crise, o McDonald’s decidiu apoiar micro e pequenas empresas do setor de alimentação no Brasil, abrindo turmas de formação gratuita e online voltadas a profissionais que atuam nesse segmento.

A companhia criou um curso para microempreendedores, que conta com uma grade dividida em três pilares principais: Segurança Alimentar, Higiene e Desenvolvimento Sustentável, áreas em que a companhia é reconhecida internacionalmente por sua excelência. Essas são esferas fundamentais para garantir medidas de prevenção de contaminação por microrganismos, incluindo o novo coronavírus.

Os módulos estão sendo disponibilizados por meio do site https://trilhas.info/ para que os novos interessados possam acompanhar o conteúdo.

Além disso, O McDonald’s abriu vagas gratuitas para o curso de Desenvolvimento Sustentável em Foco, que nos últimos dois anos contou com cerca de dois mil inscritos e aborda uma grade que contempla 12 temas como Compromisso Social, Energia Renovável, Diversidade & Inclusão, Economia Circular, Mudanças Climáticas e Gestão de Resíduos, entre outros. O curso é o maior programa corporativo de educação para o desenvolvimento sustentável do Brasil.

Medidas para segurança de seus colaboradores

Tendo como prioridade proteger a saúde e bem-estar de seus funcionários e clientes, a companhia implementou um comitê focado especialmente em monitorar e agir em torno de diversos assuntos relacionados ao tema. Abaixo as principais ações da marca para garantir a segurança nos restaurantes:

Todos os funcionários passaram a atender com luvas e máscaras nas interações de entrega no balcão, Drive, Quiosques e McCafé. Além disso, todos os pedidos estão sendo entregues já em embalagens para viagem.
No interior dos restaurantes, o chão recebeu a aplicação de adesivos de segurança, formando linhas que delimitam o distanciamento social exigido na aproximação dos entregadores ou de clientes.
Nos caixas do Balcão, Quiosque e McCafé, nas áreas de retirada e nas cabines do Drive-Thru foram implantadas barreiras de acrílico para reduzir o contato.
Aumento na frequência da limpeza dos balcões, equipamentos e portas e no número de dispensers de álcool em gel no salão.
As máquinas de cartão passaram a ser higienizadas após cada uso e os restaurantes estão sugerindo que os clientes do Drive-Thru façam uso de formas de pagamento à distância, como o Sem Parar.
As unidades também oferecem materiais para higienização das bolsas dos profissionais que entregam os pedidos feitos pelo McDelivery. A marca tem estimulado que esses profissionais higienizem as bolsas, lavem as mãos ou façam uso do álcool gel todas as vezes que chegam para retirar um pedido.

Sobre a Arcos Dorados

A Arcos Dorados é a maior franquia independente do McDonald’s do mundo e a maior rede de serviço rápido de alimentação da América Latina e Caribe. A companhia conta com direitos exclusivos de possuir, operar e conceder franquias locais de restaurantes McDonald’s em 20 países e territórios dessas regiões. Atualmente, a rede possui quase 2.300 restaurantes, entre unidades próprias e de seus subfranqueados, que juntos empregam mais de 100.000 funcionários (dados de 31/12/2019). A empresa também mantém um sólido compromisso com o desenvolvimento das comunidades nas quais está presente e com a geração de primeiro emprego formal para jovens, além de utilizar sua escala para impactar de maneira positiva o meio-ambiente. A Arcos Dorados está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ARCO). Para saber mais sobre a Companhia por favor visite o nosso site: www.arcosdorados.com.

Hospitais e instituições sociais recebem doações no Paraná

União entre os setores público e privado viabiliza doações para fundos da saúde e de assistência social

A curva de número de casos do novo coronavírus teve crescimento no Paraná nas últimas semanas, afetando direta e indiretamente toda a população, principalmente a mais vulnerável. Como forma de ajudar, um grupo de organizações públicas e privadas se uniu para arrecadar fundos para o combate à covid-19 no Estado. As doações já somam cerca de R$ 4 milhões, em dinheiro e em materiais, e estão sendo entregues para hospitais e outras entidades de todo o Paraná.

As primeiras arrecadações de equipamentos hospitalares já foram destinadas para o Hospital de Clínicas, Hospital do Trabalhador e Casa de Misericórdia de Jacarezinho. Comunidades de Guaraqueçaba, no litoral paranaense, e diversos asilos do município, também foram beneficiados com doações de cestas básicas, máscaras, itens de higiene e álcool em gel.

As doações somam mais de R$ 4 milhões, entre dinheiro e materiais para apoio às demandas emergenciais na área da saúde e para prestar apoio às ações e entidades sociais, como lares e asilos. Cerca de 20 instituições já foram beneficiadas. Apesar do resultado, o grupo que conduz a iniciativa reforça que as demandas continuam crescendo. “Ainda há muito o que ser feito. As instituições e o setor da saúde necessitam de muito auxílio neste momento. Quanto mais pessoas e empresas se juntarem a causa, maior será o benefício para toda a sociedade”, afirma a promotora de justiça do Ministério Público do Paraná, Karina Anastácio Faria de Moura Cordeiro.

Capacidade de atendimento

A Santa Casa de Misericórdia de Jacarezinho foi uma das instituições beneficiadas com a doação de materiais. “As arrecadações ajudaram a adquirir equipamentos e insumos muito necessários para o tratamento, aumentando assim a capacidade do hospital de atender os pacientes da região”, diz Caio Gome Tinti, analista Contábil do Hospital.

Rejane Costa de Oliveira Paredes, responsável do Instituto Lixo e Cidadania, uma organização criada para apoiar as associações de catadores de recicláveis na Região Metropolitana de Curitiba, afirma que as doações foram importantes para as famílias. “As arrecadações de máscaras e cestas básicas impactaram 72 associações e mais de 1,3 mil catadores de materiais recicláveis. Em sua maioria eles não podem parar de trabalhar. Cerca de 70% do nosso público é composto por mulheres, mães de família, que necessitam de muita proteção para continuar o seu trabalho de maneira segura”, reforça.

Como doar

Empresas, pessoas físicas e organizações podem fazer suas contribuições via depósito bancário tanto para o fundo de apoio à área da saúde, quanto para o de iniciativas sociais. As doações são feitas de forma direta e não podem ser abatidas do cálculo do Imposto de Renda. Aqueles que quiserem contribuir de forma anônima podem fazer depósito ou transferência.

Os recursos dos fundos serão administrados por um comitê gestor que fiscaliza a destinação das doações. A prestação de contas para a sociedade é feita em tempo real e com fácil acesso pelo site da Funpar.

Para doar ou saber mais detalhes sobre a campanha acesse http://www.funpar.ufpr.br/oamorcontagia/

O amor contagia

A maior campanha de arrecadação vigente no Estado do Paraná nasceu da união das promotorias de Justiça do Ministério Público do Paraná e Ministério Público do Trabalho que firmaram uma parceria com a UFPR (Universidade Federal do Paraná) e a Funpar (Fundação de Apoio da Universidade Federal do Paraná). Logo em seguida se uniram ao grupo Instituto GRPCOM, Grupo Marista, PUCPR, Instituto Positivo, a comissão do Terceiro Setor da OAB-PR e associações da sociedade civil organizadas com sede no Estado. A expectativa é que mais organizações integrem o grupo e ajudem a fortalecer ainda mais a iniciativa, intitulada como “O amor contagia” para reforçar a mensagem

A campanha conta com o apoio do Instituto Oportunidade Social, Instituto Renault, Facop. JCS Group, Instituto Purunã, Instituto Massa, Instituto Robert Bosch e das agências de comunicação 433, Vivas, Páprica, Página 1 Comunicação e Central Press

LEILÃO BENEFICENTE FATUROU MAIS DE 1 MILHÃO EM PROL DO HOSPITAL ERASTINHO

A noite de ontem 24/06 foi de felicidade para o Erastinho, o primeiro Hospital oncopediátrico do Paraná. O leilão realizado com 100% da arrecadação, em prol da finalização das obras do complexo hospitalar, faturou exatos R$ 1.272.000,00 .

“Ontem tivemos o maior evento na história do Erasto Gaertner com o Leilão Juntos pelo Erastinho! Realmente foi emocionante e superou todas as expectativas e possíveis metas. Aprendi que o impossível existe, graças ao chef Junior Durski e a todo Grupo Madero. Com o valor arrecado, praticamente finalizamos o projeto completo da entrega do primeiro hospital oncopediátrico do Sul do país. Com isso poderemos atender 600 casos novos por ano, com muito humanismo, ciência e afeto”, comemorou Adriano Lago, superintendente do Hospital Erasto Gaertner.

A iniciativa do leilão “Juntos pelo Erastinho” partiu do chef e empresário de Junior Durski, que apoia o hospital, há mais de 2 anos e decidiu leiloar os melhores vinhos de sua adega para ajudar na finalização das obras. O leilão virtual apresentou 180 vinhos de coleções raras e clássicas e em um dos lotes chegou a receber o valor de R$ 64 mil, feito por um único empresário, que arrematou 9 lotes no total.

Segundo o Junior Durski, o leilão superou todas as expectativas, alcançando um recorde de arrecadação, entre as inúmeras iniciativas beneficentes, promovidas até hoje pelo Grupo Madero. “ Através de uma grande união solidária, conseguimos reunir 231 pessoas do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espirito Santo, Maranhão, Mato Grosso e dos EUA, que hoje são também responsáveis pela finalização do hospital, que atenderá milhares de crianças. Que maravilha e que emoção ter a oportunidade de ajudar dessa forma, agradeço com muita alegria a todos que participaram, acreditaram e nos ajudam diariamente a fazer um mundo melhor”, comenta o empresário.

O valor arrecadado irá para a finalização do hospital e para a quitação de parte dos investimentos da obra. No mês de julho o hospital recebe os equipamentos e mobiliários e a entrega está prevista para Agosto.

Empresa de Curitiba fabrica totem higienizador álcool gel personalizado

A higienização das mãos é um dos principais fatores para a prevenção contra o Covid 19 em lugares públicos. A empresa Mídia Filmes de Curitiba aposta nesse nicho de mercado e passa a fabricar e distribuir totens higienizadores com álcool gel.

Acionado quando pressionado com um dos pés, o álcool 70%. é liberado no bico ejetor para a devida higienização das mãos, sem que haja a necessidade de tocar o frasco de álcool gel. Essa é a aposta da empresa Mídia Filmes de Curitiba que atua há mais de 30 anos no setor de comunicação e marketing e agora abriu uma divisão específica para fabricar os displays que, além de servir como um painel publicitário, também é utilizado na higienização preventiva e segura em ambientes de grande circulação de pessoas, tais como bares, restaurantes, supermercados, farmácias, lojas e shoppings, dentro dos mais rigorosos protocolos recomendados pela Organização Mundial de Saúde – OMS.

A troca de refil (frasco), também é realizada de forma prática, fácil e rápida, além de comportar até 1 litro de álcool gel, o que diminui consideravelmente o tempo de recarga do equipamento.

Fabricado em metal, o display possui o tamanho padrão de 1,20 x 0.30, porém a empresa disponibiliza projetos personalizados, com design específico e logomarca da empresa com impressão em PS, dentro da proposta e necessidade de cada cliente.

Serviço:

Totem higienizador álcool gel personalizado

Fabricante: Mídia Filmes Comunicação e Marketing

Dimensões 1,20 x 0.30

Contato/pedidos

Email: midiafilmes@gmail.com

Fone/WhatsApp: (41) 98464 – 1725

Curitiba - PR

Formas de pagamento:

À vista

Via transferência bancária (caixa/santanter/nubank ou boleto)

Mercado Livre (parcelado em até 12x c/ juros), PicPay.

Hospital Cardiológico Costantini alerta para a importância de cuidar do coração durante a pandemia

Equipe médica ressalta os riscos das doenças e intensifica protocolos de cuidados

Completando 22 anos em 2020, o Hospital Cardiológico Costantini alerta a população para a importância de manter os cuidados médicos durante a pandemia do coronavírus. Com receio de procurar atendimento hospitalar, os pacientes têm descontinuado os tratamentos, o que acaba aumentando os riscos de infarto e outras doenças relacionadas ao coração.

De acordo com o diretor do Hospital, Costantino Costantini, em épocas de pandemia, fatores de risco, como estresse, sedentarismo e obesidade aumentam e é preciso ter uma atenção especial com o coração. “Se a pessoa estiver com algum sintoma de infarto, como dores no peito que podem irradiar pelo braço e região do estômago, suor excessivo, tontura, falta de ar, indisposição gástrica, braço amortecido, dores nas costas ou na mandíbula, por exemplo, é necessário que ela procure atendimento médico imediatamente”, explica o médico cardiologista.

Dados internos mostram que houve uma redução de cerca de 50% em número de consultas e exames durante a pandemia. Entretanto, o Hospital afirma que intensificou todos os protocolos de cuidados necessários para a não proliferação do vírus no ambiente hospitalar e que os pacientes não podem deixar o tratamento de lado. Para se ter uma ideia, segundo números do Cardiômetro, indicador criado pela Sociedade Brasileira de Cardiologia para mostrar o número de óbitos por doenças cardiovasculares no Brasil, foram pouco mais de 189 mil mortes pelo coração em 2020, até agora.

[Agenda] Hospital Cardiológico Costantini realiza seminário on-line e gratuito sobre Sarcopenia

No dia 26 de junho, o Hospital Cardiológico Costantini realiza um seminário informativo gratuito e on-line sobre o tema Sarcopenia. Derivado do grego, o termo significa “perda da carne” e refere-se à diminuição da massa e força muscular no corpo. É um processo que faz parte do envelhecimento e é um dos responsáveis pela perda da qualidade de vida na terceira idade.

As palestras terão início às 18h55 e contarão com a presença de profissionais da instituição, nutricionistas e fisioterapeutas. O evento é voltado para profissionais da área da saúde e para a comunidade, em geral. Passa assistir, basta acessar o endereço icostantini.com.br no horário de início. Não é preciso realizar inscrição prévia.

SERVIÇO:
Seminário Informativo de Sarcopenia

Data: 26/06/2020 (sexta-feira);
Horário: 18h55 às 20h45;
Local: on-line - icostantini.com.br;
Gratuito.

PROGRAMAÇÃO:

18h55-19h – Abertura (Dr. Costantino Costantini);
19h-19h15 – Sarcopenia na doença crônica: a importância do exercício resistido (Prof. PHD. Rafael Michel de Macedo – Diretor de Prevenção do Hospital Cardiológico Costantini);
19h15-19h30 – COVID-19 e Sarcopenia: o problema da inatividade física (Dr. Fernando Willington – Médico do Esporte do Hospital Cardiológico Costantini);
19h30-19h45 – Nutrição e Sarcopenia: qual o papel da proteína? (Dra. Cristiane Carvalho – Nutricionista do Esporte do Hospital Cardiológico Costantini);
19h45-20h – Avaliação do paciente sarcopênico: como eu faço? (Dra. Anna Raquel Silveira Gomes – Fisioterapeuta UFPR);
20h-20h15 – Sarcopenia na fase intra-hospitalar: o que fazer? (Fst. Me. Audrin Said Vojciechowski – Fisioterapeuta Hospital Cardiológico Costantini);
20h15-20h45 – Discussão.

LANAC inaugura área exclusiva para exames de coronavírus

Na sede central, o espaço atende alta demanda pelos testes sorológicos.

O LANAC – Laboratório de Análises Clínicas inaugura na sede central, na Rua Itupava, 998, uma área exclusiva para realização do teste sorológico para COVID-19. O espaço é isolado da área de exames do laboratório, e realiza o teste de forma rápida e segura.

Fabricado pela farmacêutica Roche, o teste de anticorpos para COVID-19, aprovado pela ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária, tem resultado previsto para o mesmo dia da coleta de sangue, realizadas até às 17h, com 99,8% de sensibilidade para anticorpos contra o Sars-CoV-2 e especificidade maior que 99,8%, o que diminui a probabilidade de falsos positivos e negativos. O valor de cada teste é de R$ 200 e não é coberto, até o momento, por planos de saúde.

Além da sede central, o exame pode ser coletado em qualquer uma das 62 unidades de coleta do LANAC, observando os horários especiais durante a pandemia. Não há necessidade de jejum ou agendamento.

Sobre o LANAC:

Há 29 anos, o LANAC - Laboratórios de Análises Clínicas se diferencia por se manter, com orgulho, como empresa 100% paranaense. A empresa possui 45 unidades de atendimento em diversos bairros de Curitiba, além da Região Metropolitana, Litoral do Paraná, Ponta Grossa, Palmeira e Rio Branco do Sul. Hoje, o laboratório oferece mais de dois mil tipos de exames, além de coleta domiciliar e assessoria científica para médicos e conta com mais de 400 colaboradores. Recebe exames de 25 laboratórios, atuando como laboratório de apoio. A sede central, com 1.200 m², é o maior centro de análises clínicas de Curitiba. A empresa participa de testes de proficiência do Controle Nacional de Qualidade da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas, com nota excelente desde 1992 e mantêm a certificação ISO 9001/2015 atualizada desde 2004.

Coronavírus: dentistas adotam novas medidas para garantir a segurança de pacientes e profissionais

Em tempos de pandemia, especialista comenta o que mudou na rotina dos consultórios odontológicos e avisa: não há motivo para pânico

Considerado essencial, o atendimento prestado pelos dentistas não pôde parar em meio à pandemia da COVID-19. “Em caso de necessidade de tratamento odontológico, o paciente não deve hesitar em ir ao dentista”, diz a cirurgiã-dentista Bruna Ghiraldini, coordenadora do Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos da S.I.N. Implant System.

Por isso, os profissionais têm adotado protocolos que visam garantir um ambiente seguro contra o coronavírus, para todos. Para começar, as consultas agora são espaçadas. Assim, as pessoas não se encontram na sala de espera.“O ideal é um intervalo mínimo de vinte minutos entre os atendimentos”,comenta a especialista. O uso da máscara passa a ser obrigatório na sala de espera, antes e após o atendimento. E vale a recomendação de ir sozinho ao consultório. “Os acompanhantes são tolerados se o indivíduo for idoso ou menor de idade ou se tiver algum problema incapacitante, como aqueles que impedem a locomoção ou deficiências em geral”, explica a Dra. Bruna. “Em outros casos, é contraindicado levar alguém junto”.

Ela acrescenta também que há novidades com relação a equipamentos de proteção individual (EPI’s). “Estamos agora seguindo protocolos de segurança mais rígidos, as chamadas condutas de biossegurança. Com isso, passamos a fazer uso do face shield, uma espécie de escudo facial, que protege contra respingos de gotículas potencialmente infecciosas. E também das máscaras modelo N95, consideradas as mais eficientes do mercado. Além disso, estamos usando aventais descartáveis, que são trocados entre um e outro paciente, além de protetores de sapato descartáveis e óculos de proteção”, explica. “E uma vez no consultório, orientamos o paciente a fazer bochechos com água oxigenada antes de iniciar o tratamento, o que evita contaminações para nós, profissionais, já que a saliva é um dos principais meios de transmissão do vírus”, alerta.

Segundo a Dra. Bruna, algumas medidas também têm que ser aplicadas no ambiente do consultório para se evitar a disseminação da COVID-19. São elas: as janelas devem ser mantidas abertas pois, ao favorecer a renovação do ar, a ventilação natural ajuda na prevenção de doenças viróticas, como é o caso do coronavírus. E está proibido o uso de ventilador ou ar condicionado, para não espalhar o vírus pelo ar. E mais: os procedimentos de assepsia das clínicas odontológicas estão sendo feitos com rigor ainda maior, entre um paciente e outro. “Utilizamos álcool em gel a 70% e desinfetantes específicos para evitarmos a contaminação cruzada, que poderia ocorrer quando uma pessoa entra em contato com um instrumento usado em outro paciente que apresenta doença contagiosa”, comenta. Por fim, a Dra.Bruna garante que não há motivo para se ter medo. “Com a adoção destes novos protocolos e equipamentos de segurança, os pacientes podem ficar despreocupados e procurar seus dentistas com tranquilidade”, conclui.

Mudanças positivas para a saúde pública

Na visão da Dra. Bruna Ghiraldini, este fato histórico (pandemia da COVID-19) carrega um forte potencial para mudar o dia a dia dos consultórios odontológicos definitivamente, e para melhor. “Na década de 80, em razão do surgimento do vírus HIV, o uso de luvas por dentistas se tornou obrigatório”, comenta. “É bem possível que estes novos cuidados com o ambiente e com a paramentação dos dentistas se tornem permanentes, prevenindo novas ondas da doença e de outros vírus que possam surgir no futuro”, continua. “Este conjunto de atitudes colabora para a segurança de profissionais e pacientes, e todos saem ganhando”, conclui.

Sobre a S.I.N. Implant System:referência mundial em produtos para implantes dentários, a S.I.N Implant System tem DNA brasileiro e está no mercado desde 2003. Hoje, seu parque fabril de última geração entrega mais de 5 milhões de produtos acabados, todos os anos, a 20 países do globo – o mais recente deles é o Marrocos. Com uma trajetória de conquistas apoiada nos princípios simplicidade, inovação e nanotecnologia, a S.I.N. Sistema de Implante já é referência global. A marca atua no mercado desde 2003, oferecendo as melhores linhas de implantes dentários do mundo, além de componentes protéticos. A empresa tem como visão oferecer o que há de melhor e mais seguro na área de implantodontia, utilizando, para isso, tecnologia de ponta e equipamentos de última geração, que passam por rigoroso controle de processos. A excelência em qualidade dos produtos é garantida e comprovada por meio de certificações nacionais e internacionais. O sonho de restaurar sorrisos, iniciado com a Sra Neide e o Dr. Ariel Lenharo continua vivo. Em tempo: Ariel Lenharo foi o primeiro doutor em implantodontia do Estado de São Paulo, tendo também realizado sua pós-graduação nos Estados Unidos, no Pankey Institute. Neide e dr. Lenharo estiveram à frente da companhia até 2009, quando o controle acionário da S.I.N passou para o fundo de investimentos Southern Cross Group, equity firm líder e mais antigo dedicado ao mercado latino-americano, com mais de U$ 2,8 bilhões investidos em 38 empresas em todo o continente. Mais informações em www.sinimplantsystem.com.

Lar doce lar: a pandemia e o crescimento da categoria Casa-Jardim

Imagine a cena: você sentando em seu sofá, trabalhando no seu notebook, dá uma espiadinha e percebe que sua cortina está desbotada. Olha para o teto e vê aquela lâmpada com a fiação aparente, que está muito feia! É fato: as pessoas estão mais em casa e, com isso, redescobrem (ou descobrem) o seu lar. Antes, para muitos, a casa servia apenas como uma espécie de “hotel” (jantar, tomar banho, dormir). Porém, com o isolamento social, as pessoas têm ficado mais no local, logo, tem se preocupado em tornar seus lares mais confortáveis e bonitos.

Segundo dados da Consultoria McKinsey & Company, com a pandemia, as “casas” assumiram um novo papel: elas viraram o “centro da vida das pessoas”. Não é mais só um lugar de descanso, mas sim um espaço de entretenimento, de socialização, de cuidados pessoais, de exercícios físicos e claro, de trabalho. Portanto, este “centro” está recebendo uma atenção especial. Para provar o que estou falando, pesquisei no Google Trends as buscas que as pessoas fizeram nos últimos 12 meses, primeiramente na categoria “casa e jardim” (Figura 01) e depois em “viagens” (figura 02). Percebam que a primeira curva está em tendência clara de subida, enquanto que a segunda está em tendência de queda.

E digo mais: esse será nosso novo normal! Não estou falando que as pessoas vão deixar de viajar. É claro que, passando esta situação de pandemia, esta atividade, aos poucos, voltará a crescer. Porém, o “lar” vai continuar sendo nosso centro de atenções, pois muitas empresas e autônomos perceberam que é tão agradável como produtivo trabalhar em casa. Assim sendo, as pessoas vão continuar a ficar mais em casa, mesmo no período pós-pandemia.

Logo, se você tem uma empresa nesse setor, fique feliz, pois esta é uma ótima notícia e corra para ampliar seus negócios. Mas se não, faça uma reflexão de como a sua empresa pode se adaptar e oferecer algo que deixe a casa deste novo consumidor mais agradável, bonita e funcional.

Por exemplo, se você tem uma empresa que comercializa cosméticos, pense em algo que você possa oferecer para aumentar o bem-estar, como velas, incensos, difusores de fragrâncias, etc... Ou ainda, se você comercializa produtos para marcenaria, que tal oferecer kits prontos de pequenos armários, racks e prateleiras? Isso porque a tendência do DIY (Do it Yourself ou “faça você”) vai crescer também.

Enfim, nem sempre esta descoberta será fácil ou mesmo possível. Mas é importante que este exercício seja feito. Só alerto para um cuidado: não tente ir para um setor “muito longe” do que sua empresa já trabalha. Corre-se o risco de causar estranheza e não caber no que eu chamo de “gôndola mental” do consumidor. Um exemplo clássico foi quando a empresa Yakult, que vende leite fermentado, resolveu fazer cosméticos e, claro, não deu certo. Mas, se for o caso de optar por algo muito diferente, pense em lançar uma nova marca. Infelizmente os empreendedores neste momento, sempre terão este trade off: usar a marca forte e já conhecida para lançar novos produtos? Ou construir uma marca nova, do zero, para não “queimar” a marca atual? Minha resposta: pesquise e pergunte para seu consumidor o que ele acha. Afinal, a opinião dele é a que importa, e não a sua ou a minha!

Autora: Shirlei Miranda Camargo é tutora do Curso de Gestão Comercial do Centro Universitário Internacional Uninter.

“A vida não é ruim a não ser que as conexões estejam ruins”

Fabiano de Abreu desconstrói conceitos sobre a negatividade com base na neurociência

Para o neurofilósofo Fabiano de Abreu, a forma como nos colocamos perante a vida e aquilo que decidimos aprender e interiorizar irá refletir-se na carga positiva ou negativa da nossa vida. Tudo é uma questão de posicionamento.

"Muito se fala em pensamento negativo, que atraem “coisas ruins”. Já ouvi falar em energia, universo paralelo, até telepatia. Na realidade essas são informações com base num cognitivo pois as consequências são reais mas esses motivos populares não estão corretos", refere Abreu.

Este tipo de condicionamento é muitas vezes discutido e desconstruído. Há quase uma universalidade de pensamento no que toca ao querer saber as razões da felicidade ou falta dela na nossa vida.

“Meus estudos sempre foram relacionados ao resultado da fórmula, no real motivo, na verdadeira razão e todas essas afirmativas populares estão erradas.

O pensamento negativo atrai coisas ruins devido a neuroplasticidade e um mecanismo de defesa para não mergulhar nessa atmosfera negativa, é o que chamo de neurofilosofia, ou seja, entender o cérebro para criar uma melhor filosofia de vida. ", explica o neurofilósofo.

A repetição, o processo instaurado da forma como decidimos viver estrutura e molda o nosso pensamento.

Como nos explica Fabiano de Abreu, "O que mais fazemos, molda o nosso cérebro. Se enxurrarmos nosso cérebro de negatividade, ele será moldado para uma atmosfera de negatividade. O tipo de pensamento e atividade a que mais nos expomos é o que molda o nosso cérebro e, por conseguinte, a nossa personalidade. Quando enchemos o nosso cérebro de negatividade, vemos o mundo e a vida de forma negativa. O que pensamos, fazemos e sentimos influenciam-se entre si. Armazenamos informações e criamos conexões de acordo com o comportamento. O que fazemos e dizemos influencia a forma como o nosso cérebro é moldado.".

Desta forma, nós próprios e as nossas ações, somos agentes ativos naquilo que atraímos e buscamos.

"A pessoa pode criar uma atmosfera negativa em todas as suas nuances. Um exemplo, quando queremos comprar aquele modelo de carro, o vemos em todos os lugares, temos uma percepção diferente de antes de querê-lo. Isso acontece porque criamos uma atmosfera referente ao interesse em si, o carro, e passamos a reparar mais.", refere.

Nós focamos a nossa atenção naquilo que queremos e, exatamente porque essa atenção se desdobra, tudo isso parece ter mais impacto e estar mais presente.

"É igual com a negatividade, quando vivemos uma vida de negatividade, filmes, leituras, informações negativas geram comportamentos negativos e essa negatividade vinda de todos os lados cria uma atmosfera pesada através de conexões cerebrais que resultam em uma ampla negatividade. A pessoa tem como resposta a negatividade dentro dessa atmosfera mesmo que o mundo exterior não esteja dentro da sua atmosfera. Pelo simples fato deles não estarem na mesma atmosfera, na mesma conexão e acontecem assim alguns fenômenos como: as conexões são distintas não havendo percepção, a conexão do outro não se interessa pela sua, a sua conexão não enxerga a do outro e, ações negativas refletem em rejeição natural à negatividade mantendo assim a conexão negativa. Vou explicar de maneira gráfica e animada; imagine dois campos de futebol, no campo do lado esquerdo, cada jogador que colocamos, é algo negativo em nossa vida. No campo direito, cada jogador é um pensamento ou ação positiva. Se enchemos o campo esquerdo de jogadores e no direito temos apenas alguns poucos, onde há mais interação? No campo dos jogadores negativos no lado esquerdo ou no campo dos jogadores positivos no lado direito? Ou seja, o lado esquerdo passará a ter uma maior interação negativa criando uma sociedade de atmosfera negativa na vida da pessoa. Por isso, se a atmosfera está negativa, precisamos mudar os hábitos ou essa atmosfera nos leva à tristeza e doenças como a depressão. Uma alimentação saudável para estimular a neuromodulação e a neuroplasticidade como o reforço das sinapses, são resultados da mudança de hábitos e ações que regulam a produção de hormônios neurotransmissores e é a melhor solução para um melhor bem estar", conclui Abreu.

Fabiano de Abreu é membro da Mensa, associação de pessoas mais inteligentes do mundo. Como escritor possui 9 livros. No meio acadêmico, além de jornalista é bacharelado em Neurociência pela Emil Brunner World University, nos EUA. Pós universitário em Neurociência na Universidade de Harvard, nos EUA, Psicanalista e Neuropsicanalista pela Sociedade Brasileira de Psicanálise Clínica e SBPC, mestre em Psicanálise, especialização em psicopedagogia, neurociência em cognição e comportamento humano, todos pelo Instituto Gaio da Unesco, especialização em neuroplasticidade na Brain Academy de Bruxelas, Pós em neuropsicologia na Cognos em Portugal, pós em Nutrição Clínica, Riscos Psicossociais pela Traininghouse em Portugal, Idealismo filosófico e visões do mundo - Universidade Autônoma de Madrid, Introdução à Filosofia da Passagens Escola de Filosofia, História de La Ética pela Universidad Carlos III de Madrid, MBA em Psicologia Positiva - Autorrealização, Propósito e Sentido de Vida - PUC RS, Registro Intel Reseller Tecnology - Especialista em tecnologia; IP:10381444, Registro FENAJ: 0035228/RJ, Registro Jornalista Internacional IFJ: BR16791, Membro Mensa número: 1625BR.

GRUPO MADERO PROMOVE LEILÃO EM PROL DO PRIMEIRO HOSPITAL ONCOPEDIÁTRICO PARA TRATAMENTO DE CÂNCER INFANTIL DO PARANÁ

Dou-lhe uma, dou-lhe duas, dou-lhe três! O empresário e chef Junior Durski, através do Grupo Madero, promoverá leilão beneficente, em prol da finalização da construção do Erastinho – o primeiro hospital oncopediátrico do Paraná.

Entre os itens selecionados que vão a leilão, estão 180 garrafas de vinhos da adega pessoal de Durski, já considerada a Melhor do Brasil pelo Guia Brasil 4 Rodas, Best of Award of Excellence por três anos, pela revista internacional Wine Spectator, além de ter conquistado o título de Hors- Concours de Curitiba, pelos mais de 2500 rótulos com 100 safras de 26 países.

Batizado de “Juntos pelo Erastinho”, o leilão virtual acontecerá no dia 24 de junho e além dos selecionadíssimos vinhos, em 30 lotes de 6 garrafas cada, os participantes também poderão arrematar um lote inteiro de itens de coleção do Madero Sports Bar, 3 jantares no premiado Restaurante Durski com menu especial para 25 pessoas (vinhos diversos e Champagne – de segunda à quinta, de junho à 31 de novembro) . Todo o valor arrecadado será revertido, para a construção do Hospital Erastinho. O Grupo Madero também está doando 10 mil cupons de R$ 15,00 do Jeronimo Burger, para o hospital vender e poder arrecadar mais R$ 150 mil reais.

A obra com previsão de término já em julho de 2020 está a todo vapor! Serão 4.800m2, com 39 leitos de internação privativos e semi-privativos, consultórios e espaço recreativo com brinquedoteca e infraestrutura tecnológica de referência oncológica para crianças e adolescentes, no Sul do Brasil.

O interesse e envolvimento com o hospital começou em 2018, quando o empresário Junior Durski, através do Grupo Madero, tornou-se benfeitor das obras e melhorias do Complexo Hospitalar Erasto Gaertner e há 2 anos vem participando ativamente com aportes de mais de R$ 1 milhão, através de eventos e ações. A paixão e o envolvimento pelo hospital é tanta, que em dezembro de 2018 a cozinha ganhou o nome de Espaço Maria Durski, em homenagem a mãe de Junior.

“É com grande satisfação e alegria no coração, que eu e o Grupo Madero abraçamos este projeto de angariar fundos, para a finalização da construção do Erastinho – o primeiro hospital oncopediátrico do Paraná. Acredito que a união e a solidariedade juntas, são capazes de transformar sonhos em realidade”, explica Junior Durski.

O hospital estará também recebendo investimentos de aproximadamente R$ 24 milhões na estrutura, por meio de recursos advindos do convênio com o Governo do Paraná e também de doações da sociedade organizada.

“A família Erastiana está em festa! Com muita alegria e carinho, queremos registrar o nosso agradecimento ao chef Junior Durski e ao Grupo Madero pela organização desse leilão. Nesta reta final do Erastinho, ainda nos faltam 2,5 milhões para a entrega da obra e esse evento será estratégico, para a conclusão desse importante projeto para Curitiba, para o Paraná e, porque não, para todo o Brasil. Agradecemos imensamente a todos que apoiaram, patrocinaram e ajudaram na organização, assim como os que irão participar e de uma maneira muito direta, farão parte da construção do primeiro hospital oncopediátrico do Sul do país”, comemora Adriano Lago, superintendente do Hospital Erasto Gaertner.

A dinâmica do leilão, que pretende arrecadar R$ 700 mil, funcionará pelo WhatsApp através do Grupo “Leilão Beneficente Hospital Erastinho”. Os itens terão lance mínimo determinado pelo leiloeiro com valores múltiplos de R$ 500,00. O participante com o maior lance deverá fazer o depósito ou transferência bancária, direto na conta do hospital(que emitirá um recibo) e enviar o comprovante no grupo, até às 12h de sexta-feira, 26/06.

Electrolux doa cinco mil máscaras protetoras para Prefeitura de Curitiba

A entrega dos equipamentos foi realizada na quarta-feira (17) pela vice-presidente de RH da Electrolux na América Latina, Valéria Balasteguim, ao prefeito Rafael Greca, na sede da prefeitura.

A Electrolux do Brasil, líder no mercado de eletrodomésticos, tem buscado ampliar, cada vez mais, suas iniciativas de suporte à sociedade diante do cenário do Covid-19. Visando colaborar para suprir a demanda dos municípios onde atua, a companhia disponibilizou nesta quarta-feira (17) cinco mil máscaras de proteção facial para a Prefeitura de Curitiba, que serão utilizadas pela Guarda Municipal e funcionários públicos que trabalham na distribuição de kits de alimentação para estudantes da rede municipal de ensino.

A produção dos EPIs doados ao setor público acontece através de uma parceria com a Agência Curitiba de Desenvolvimento, que imprime face shields em suas impressoras 3D no Fab Lab Cajuru, espaço que funciona como um laboratório de fabricação digital e prototipagem. “Em um momento difícil e inédito para todos nós, queremos com essas doações reforçar a conduta humana e sustentável da Electrolux. Acreditamos que superaremos este momento atuando nos pilares público, social e privado”, comenta Valéria Balasteguim, Vice-Presidente de Recursos Humanos da Electrolux América Latina.

Além desta ação direta à prefeitura, a companhia vem se dedicado na fabricação de 4 mil máscaras protetoras por semana em sua fábrica de Curitiba que abastecem a cidade, assim como Manaus (AM) e São Carlos (SP), onde a Electrolux também possui operações. Além da produção, a empresa doou mais de 600 produtos, entre refrigeradores, purificadores de água e eletroportáteis, para dar suporte à 9 hospitais da região. Entre eles, está o Hospital de Clínicas de Curitiba, referência no tratamento da doença, além de outras unidades da rede pública de saúde, como o Hospital do Trabalhador, Hospital Zilda Arns, Hospital Erasto Gaertner e Hospital Pequeno Príncipe.

A iniciativa deu início ainda no mês de março, a partir da mobilização dos colaboradores da Electrolux, que começaram a produção das máscaras utilizando impressoras 3D. “Começamos fabricando 300 máscaras por semana, como uma iniciativa dos nossos colaboradores, e agora estamos produzindo 4 mil unidades graças a adesão de parceiros, como a Agência Curitiba de Desenvolvimento, o que possibilitou ampliar a produção, e consequentemente, as doações”, finaliza Valéria.

Presente na casa de mais de 100 milhões de consumidores e prezando pelo bem-estar dos seus mais de 7 mil colaboradores, a Electrolux tem se dedicado e atentado a dar suporte às necessidades das comunidades locais, incentivando que as demais empresas continuem contribuindo como puderem, neste momento, onde a colaboração e solidariedade são essenciais.

A empresa também tem mantido seu compromisso de seguir entregando produtos essenciais ao bem-estar de milhões de pessoas que agora precisam ficar em suas casas. Para isso, manteve o serviço de entrega nas áreas sem restrições, sempre com o cuidado de proteger todas as pessoas envolvidas no processo. Orientando às assistências técnicas para adotar os mais rígidos padrões sanitários de prevenção à Covid-19 durante os atendimentos aos nossos consumidores, e o atendimento aos clientes nos canais online, chat, telefone e e-mail, com readequação da escala de trabalho dos atendentes, garantindo a solução para atendimento às demandas.

Sobre o Grupo Electrolux

A Electrolux é uma empresa global líder de eletrodomésticos que transforma a vida para o melhor há mais de 100 anos. Nós reinventamos as experiências de sabor, cuidado e bem-estar para milhões de pessoas, sempre se empenhando para estar à frente da sustentabilidade na sociedade por meio de nossas soluções e operações. Através de nossas marcas, que incluem a Electrolux, AEG, Anova, Frigidaire, Westinghouse e Zanussi, vendemos mais de 60 milhões de produtos para cozinhas domésticas e profissionais, em mais de 120 mercados, todos os anos. Em 2019 a Electrolux teve um faturamento de 119 bilhões de SEK e empregou 49 mil pessoas pelo mundo. Para mais informações, acesse: www.electroluxgroup.com.