Projeto vai promover o desenvolvimento do litoral do Paraná tendo a inovação como base

Sistema Regional de Inovação visa fomentar o ambiente de negócios, atrair empresas e reter mão de obra qualificada para promover o desenvolvimento do litoral

Evento de lançamento do SRI Litoral reuniu mais de 80 representantes do ecossistema de inovação da região. Crédito: Inove Foto

Promover a inovação com o objetivo de impulsionar o desenvolvimento econômico e proporcionar a qualidade de vida para a população do litoral paranaense. Foi com esse objetivo que o Sebrae/PR e a Funespar (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Estadual do Paraná) lançaram o Sistema Regional de Inovação do Litoral, iniciativa que busca reter a mão de obra qualificada, atrair empresas e criar oportunidades de emprego na região.

Mais de 80 representantes de empresas, órgãos públicos, instituições de ensino, ONGs e associações empresariais participaram lançamento na última sexta-feira (13), em Paranaguá.

“O engajamento e essa conexão entre os atores desse ecossistema para a potencialização das ações na nossa região é um fator estratégico. Queremos promover um desenvolvimento sustentável e inovador que respeite as particularidades da região”, afirma a consultora do Sebrae/PR, Catiane dos Santos.

A formação do projeto do SRI Litoral contou com a elaboração de uma pesquisa quantitativa e qualitativa do Sebrae/PR. O estudo traz a identificação das principais necessidades da população litorânea e de propostas que visem impulsionar o ambiente de inovação e o desenvolvimento econômico.

A pesquisa apontou que 83% acreditam que a inovação pode melhorar a vida da população no litoral e 82% defendem que um ambiente inovador pode colaborar para o empreendedorismo. Além disso, foram elencadas três áreas de grande potencial da região: a aquicultura, o empreendedorismo e o turismo, especialmente com foco na sustentabilidade. A iniciativa está primeiramente voltada para as cidades de Paranaguá, Matinhos, Guaratuba, Pontal do Paraná e Morretes, mas deverá impactar a realidade de todos os municípios do litoral paranaense.

O projeto tem como um de seus principais focos envolver a sociedade, gerar aproximação e relacionamento entre empresas, universidades da região, governo, instituições públicas, privadas e de fomento, como resultado teremos a geração de oportunidades evitando o escoamento da mão de obra qualificada. Segundo a pesquisa, existem mais de 500 pesquisadores (entre mestrado e doutorado) atuando no litoral paranaense.

A diretora-presidente da Funespar, Danyelle Stringari, destacou a importância da colaboração entre os entes para o desenvolvimento de talentos para a região. “Precisamos dos setores público e privado apoiando o ensino de qualidade e a inovação. Nossa região tem grande potencialidades e queremos reter esses talentos que vão ajudar no seu desenvolvimento. Que esse seja apenas o primeiro passo”, afirma.

O Litoral do Paraná conta com três instituições de ensino superior públicas, além de particulares que devem fomentar o ambiente de inovação. Nos próximos meses, a Unespar, uma das principais da região, deve realizar a ampliação de seu câmpus em Paranaguá.

A atuação do SRI também tem como objetivo promover a aproximação entre o poder público e o poder privado e a capacitação entre os empreendedores e a população local. O trabalho visa atingir as seis hélices necessárias para a formação do ecossistema: governo, institucional, conhecimento, habitat de inovação, empresarial e capital de fomento.

“Para isso, o objetivo é fomentar a criação de novas empresas, incubadoras, aceleradoras e instituições de fomento com foco no desenvolvimento integrado. Com um ambiente completo, as empresas locais trazem renda e empregos e isso impacta positivamente em toda a região”, afirma Silvestre Labiak Júnior, professor da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, uma das instituições parceiras.

O professor também contou um pouco sobre o trabalho de criação e consolidação do SRI no Sudoeste que completou dez anos em 2019 e se tornou um dos principais polos tecnológicos do Estado.

“O SRI foi construído com o envolvimento e o interesse de todas as pessoas da região. O poder público sozinho não resolve todos os problemas, a sociedade tem que se mobilizar. E hoje temos um polo de empresas na região e um ambiente inovador que retém a mão de obra local”, explicou.

Objetivo do SRI é promover o desenvolvimento econômico estimulando a atração de empresas e a retenção de mão de obra local. Crédito: Inove Foto

Ações

O processo de formação do SRI no litoral contou com a assinatura de um convênio entre o Sebrae e a Funespar e com os primeiros diálogos com as universidades locais. A intenção é que as conversas para a elaboração de ações envolvam todas as seis hélices previstas de maneira integrada, além de mapear os ativos tecnológicos e os ativos de conhecimentos da região. “Queremos envolver toda a sociedade na criação dessas ações e tangibilizá-las a fim de que produzam efeitos práticos em curto, médio e longo prazos”, ressalta a consultora do Sebrae/PR, Ana Lucia Sousa.

Também está prevista a criação de políticas públicas de fomento à região. Como primeiro passo, a Fundação Araucária, que realiza o apoio ao desenvolvimento científico e tecnológico no Estado, anunciou um investimento de R$500 mil em projetos inovadores. Há ainda a possibilidade de criação de um centro de inovação na região por parte do governo do Paraná.

Além disso, o Sebrae/PR também realizará nos dias 17 e 18 de abril o primeiro hackaton do Litoral para 60 alunos do ensino técnico e universitário. Os participantes terão dois dias para elaborar uma identidade visual e um canal de comunicação para o SRI no litoral. O melhor projeto será premiado e colocado em prática. A banca de avaliação será formada por membros da sociedade civil e permitirá candidaturas até o dia 25 de março, por meio dos e-mails asousa@pr.sebrae.com.br e robertocandido1960@gmail.com.

LANAC realiza testagem para COVID/19

O LANAC – Laboratório de Análises Clínicas, disponibiliza exames para o COVID/19. A coleta é realizada exclusivamente em domicílio, agendada com a central pelo telefone 41 3023-1749 ou pelo whatsup (41) 98737-2529, ou por solicitação hospitalar, para pacientes que passaram pelo pronto atendimento ou internados. Os exames domiciliares só serão realizados com apresentação da guia do médico.

A coleta é feita com uma haste flexível, a partir de uma amostra de secreção do nariz, por se tratar de uma infecção respiratória. Os resultados são entregues de 48 a 72 horas, podendo variar de acordo com a disponibilidade e demanda do teste. O valor do exame é R$ 370.

Prevenção

Segundo o especialista em bacteriologia do LANAC, Marcos Kozlowski, hábitos simples podem evitar o contágio de vírus e bactérias, e os mesmos servem para o COVID/19. A transmissão do virus pode ocorrer pelo ar ou contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato com objetos ou superfícies contaminadas seguido de contato com boca, nariz e olhos, e até em um simples aperto de mãos. “Os sintomas do COVID/19 são muito parecidos com um resfriado. Os pacientes apresentam febre, tosse e dificuldade para respirar”, afirma.

Cuidados básicos podem reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o COVID/19. “Lavar as mãos com frequência, antes de ingerir alimentos ou depois de usar o banheiro, depois de usar o transporte público, e sempre que estiverem visivelmente sujas, é básico para evitar infecções”, explica o especialista. “É importante higienizá-las de forma correta, com água limpa e sabonete. Esfregar a palma e o dorso das mãos e também entre os dedos, por pelo menos 40 segundos. Além disso, quando a lavagem de mãos não é possível, o uso do álcool 70% é eficiente e pode ser usado para a limpeza das mãos, pois ele tem propriedades microbicidas eficazes para eliminar os germes mais frequentes que causam infecções”, alerta.

Além disso, o especialista sugere evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas, evitar contato com pessoas doentes, ficar em casa quando estiver doente e limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência. “Se estiver resfriado, é importante cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar com um lenço, e jogar ele no lixo. Caso não tenha um lenço disponível, o indicado é segurar uma possível proliferação das secreções com o antebraço”, explica, lembrando que neste momento é indicado evitar locais com muita aglomeração de pessoas.

Sobre o LANAC:

Há 28 anos, o LANAC - Laboratórios de Análises Clínicas se diferencia por se manter, com orgulho, como empresa 100% paranaense. A empresa possui 45 unidades de atendimento em diversos bairros de Curitiba, além da Região Metropolitana, Litoral do Paraná, Ponta Grossa, Palmeira e Rio Branco do Sul. Hoje, o laboratório oferece mais de dois mil tipos de exames, além de coleta domiciliar e assessoria científica para médicos e conta com mais de 400 colaboradores. Recebe exames de 25 laboratórios, atuando como laboratório de apoio. A sede central, com 1.200 m², é o maior centro de análises clínicas de Curitiba. A empresa participa de testes de proficiência do Controle Nacional de Qualidade da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas, com nota excelente desde 1992 e mantêm a certificação ISO 9001/2015 atualizada desde 2004.

Recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) +55

Comunicado

suspendeu a agenda de shows e baladas, e abrirá somente com a operação de restaurante e de bar.

O horário de abertura será de terça a sábado, às 19h, e domingo, a partir das 17h.

Contamos com a compreensão de todos em um momento como esse, que requer o máximo de prevenção!

Em breve divulgaremos as novas agendas de shows e baladas.

Muito obrigado!

Cezar e Paulinho, Joana, Unha Pintada, Lauana Prado e Nando Cordel agitam o Boteco do Ratinho inédito nesta quarta-feira

Cezar e Paulinho, Joana, Unha Pintada, Lauana Prado e Nando Cordel
Crédito:Lourival Ribeiro/SBT

Nesta quarta-feira, 18 de março, a partir das 22h45, o “Boteco do Ratinho” tem a participação dos sertanejos Cezar e Paulinho, a cantora de MPB Joana, o arrocha do Unha Pintada, a cantora sertaneja Lauana Prado e o cantor e compositor Nando Cordel. No quadro “Música Eterna” a dupla Marcos Paulo e Marcelo homenageia a dupla Milionário e José Rico interpretando a canção “Decida”.

E ainda tem o polêmico DNA desta vez Vera X Januário.

O Programa do Ratinho vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 22h15. Site oficial: http://www.sbt.com.br/ratinho

Nova coleção Winter 2020 da Anzetutto chega ao Paraná

_F0A8100.jpg
Crédito da foto: Rodrigo Melo.
Couros nobres de python e croco, ankle boots para diferentes estilos e ocasiões, combinadas com patchwork são algumas das novidades presentes na nova coleção Winter 2020 da marca gaúcha Anzetutto. As principais tendências do mundo estão reunidas para realçar o charme, elegância e o poder feminino nas estações mais frias do ano já podem ser encontradas no Paraná.

A nova coleção da marca traz um ar urbano chic e apresenta novas possibilidades para ousar neste outono/inverno, como slingbacks e sandálias, combinados com os trends da vez, como as telas e spikes. Além disso, os queridinhos e tradicionais modelos como botas e coturnos também fazem parte da coleção que escolheu tons terrosos como inspiração.

Inspirado no visual cosmopolita de Buenos Aires, os novos modelos Anzetutto podem ser encontrados no site da marca e, no Estado do Paraná, nas cidades de Londrina, Maringá e Curitiba. Confira onde encontrar os novos modelos Winter 2020 Anzetutto: https://www.anzetutto.com.br/institucional/nossas-lojas

Comunicado Oficial SBT

cid:image011.png@01D424DC.ACE5E6A0

A Assessoria de Comunicação informa que o SBT, visando assegurar a saúde de seus colaboradores, visitantes, elenco e demais pessoas ligadas à emissora, entra em consonância com as recomendações dos órgãos de saúde a respeito de restrições de mobilidade para o Coronavírus (COVID 19) e restringirá de forma, ainda mais rigorosa, a circulação de pessoas em suas dependências. Desta forma, as gravações da Novela “As Aventuras de Poliana” foram suspensas nesta terça-feira, 17. As gravações dos programas de grade serão suspensas a partir da próxima segunda-feira, 23. Jornalismo e Fofocalizando permanecerão informando e prestando serviços. Sendo Assim, a exibição das atrações na grade de programação da emissora sofrerá alterações, a ser informada em breve. Esperamos retomar em breve com as gravações dos programas e novela.

FEIRA ESTOPIM ADIADA Eventos de abril que fazem parte da programação da edição 2020 serão remarcados.

Com o intuito de colaborar com as tentativas de contenção do COVID-19 e seguindo as determinações oficiais do Ministério da Saúde e dos governos municipal e estadual a programação de abril da Feira Estopim foi adiada, isso inclui a feira que aconteceria nos dias 4 e 5 de abril, na Alfaiataria, em Curitiba / www.alfaiataria.art . A intenção é transferir a feira, o evento principal, para os dias 04 e 05 de julho, mas vai depender obviamente da evolução do vírus no país.

Foram adiadas também:

Exposição O INESPERADO SÓ TEM NOME DEPOIS QUE APARECE, com abertura prevista para dia 18/03.

Exibição do documentário IMPRESSÃO MINHA (roteiro e direção Daniel Salaroli, Gabriela Leite João Rabello) com roda de conversa sobre as feiras locais, agendada para dia 19/03.

Conversa ARTE IMPRESSA E PUBLICAÇÕES INDEPENDENTES ENTRE TÁTICAS E ESTRATÉGIAS com Nathanael Araújo, marcada para dia 02/04.

Oficinas:

PULCE – PUBLIQUE LIVROS, CRIE EDITORAS com João Varella e Oficina INTERROGAÇÕES DE GÊNERO, SEXUALIDADE, RAÇA/ETNIA NO MUNDO DAS ARTES IMPRESSAS com o antropólogo e editor Nathanael Araújo, que seriam dias 02 e 03/04.

A PINTURA É UMA COLAGEM com a artista multimídia Cintia Ribas, voltada para crianças acima de 8 anos, agendada para dia 04/04.

ANIMAÇÃO – FLIPBOOK com a artista visual e arte educadora Simara Ramos, destinada para crianças de 8 a 15 anos, agendada para dia 05/04.

MEU CADERNO QUADRADO com o encadernador, impressor e produtor gráfico Daniel Barbosa, fundador do ateliê/ editora Caderno Listrado, marcada para 23 e 24/04.

“Trata-se de uma decisão necessária e urgente no contexto que atravessamos, é preciso cuidarmos da saúde coletiva”, explica Luana Navarro, uma das coordenadoras da Estopim.

A Feira Estopim, antiga Feira da Baronesa, foi criada em 2014 pelos artistas Guilherme Jaccon e Luana Navarro. O foco segue sendo a comercialização de trabalhos impressos e publicações de artistas, coletivos e editoras independentes, com o intuito de viabilizar ao público a criação de um “acervo possível” com obras de arte de qualidade com valor acessível.

Projeto realizado com o apoio da Copel por meio do PROFICE (Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura), da Secretaria de Estado da Cultura – Governo do Estado do Paraná.

Para saber mais:

www.feiraestopim.com.br

https://www.facebook.com/feiraestopim/

ADIAMENTO dos shows de lançamento do novo álbum de Rogéria Holtz e Daniel

Devido à pandemia de Coronavírus e a necessidade de contenção da doença no Brasil, a produção decidiu pelo ADIAMENTO dos shows de lançamento do novo álbum de Rogéria Holtz e Daniel Migliavacca: "Pra Ser Feliz" que aconteceriam dias 20, 21 e 22 na Alfaiataria em Curitiba. Os shows serão remarcados para o segundo semestre e iremos comunicar a nova data via imprensa e redes sociais. Até breve!

GRAND CRU LANÇA MANIFESTO “UM BRINDE AO AGORA”

Com o mote de celebrar o cotidiano, campanha marca nova fase da importadora com mudanças em 2020 - novas atividades nas lojas da rede, descontos, ações de interatividade com os clientes e muito mais
_DSC7372.tif

“É ótimo brindar aos momentos memoráveis da vida: nosso casamento, o nascimento de um filho, uma grande conquista profissional e etc. Mas qual foi a última vez que você celebrou uma risada sem motivo, a lua cheia estampada no céu ou a alegria de chegar em casa depois de um trânsito pesado? A vida não espera um grande evento para acontecer; ela acontece aqui e agora, nas pequenas felicidades do dia a dia. E saber viver o presente é ter sempre um novo motivo pra brindar. Um brinde ao agora”. Esse é o Manifesto da nova e grande campanha 2020 da Grand Cru, maior importadora e rede de lojas de vinhos da América Latina.
Após pesquisas de mercado, a empresa viu a oportunidade de se aproximar mais do consumidor final que se interessa por vinho e quer aprender e provar maisa bebida, por meio de uma linguagem objetiva e descomplicada. Como resultado dos estudos, a importadora estreia a campanha “Um brinde ao agora”, que convida o consumidor a brindar pequenos momentos do dia a dia como situações especiais. Isso condiz com o propósito da Grand Cru de fortalecer relações humanas através do vinho.
A ação faz parte da primeira etapa do novo posicionamento de marca da empresa que propõe aos clientes refletir que a vida acontece no agora e que não é necessário fatos extraordinários para comemorar,lembrando a conexão que a marca pode ter com todos estes momentos. Assim, a Grand Cru busca aprofundar o relacionamento com seu público e descobrir novos perfis curiosos para entender o que acontece depois que se prova a primeira taça de vinho.

A campanha está presente nas mais de 80 lojas da rede, que receberão peças que prometem despertar no consumidor motivos para comemorar. Uma das ações de interatividade é oferecer ao cliente, na hora da compra do vinho, fitas adesivas que poderão ser coladas nas garrafas explicando a causa do brinde. Frases como: o que a gente vai fazer para o jantar? a família cresceu, meus amigos vão amar, temporada nova, a reunião foi ótima e contrato assinado são sugestões para mostrar ao consumidor que o vinho cai bem em todas as ocasiões.

Abaixo uma pequena seleção com curadoria da equipe de profissionais da Grand Cru, de alguns vinhos que estreiam a campanha com 30% de desconto.

DESCRIÇÃO

Desconto campanha Mkt (sellout)

preço atual

preço final

VINHO SAINT CLAIR MARLBOROUGH SUN PINOT NOIR 2016

30%

R$ 134,90

R$ 94,43

VINHO ALLEGRINI PALAZZO DELLA TORRE VERONESE IGT 2014

30%

R$ 249,90

R$ 174,93

VINHO ERRAZURIZ MAX RESERVA CABERNET SAUVIGNON 2015 375 ML

30%

R$ 79,90

R$ 55,93

VINHO SAN MARZANO IL PUMO ROSSO SALENTO 2013

30%

R$ 89,90

R$ 62,93

VINHO COBOS BRAMARE LUJAN DE CUYO CABERNET SAUVIGNON 2010

30%

R$ 379,90

R$ 265,93

VINHO ERRAZURIZ MAX RESERVA CABERNET SAUVIGNON 2015

30%

R$ 159,90

R$ 111,93

Sobre a Grand Cru
A Grand Cru é a maior importadora e distribuidora especializada em vinhos de qualidade da América Latina. Com sólida atuação multi-canais, oferece mais de 2000 rótulos do mundo todo em mais de 65 pontos-de-venda de Manaus a Porto Alegre. Além das franquias e operações próprias, tem e-commerce (www.grandcru.com.br), clube de vinhos e distribuição aos melhores restaurantes, hotéis e empórios. Com 17 anos de tradição é reconhecida como sinônimo de qualidade pela experiência única que proporciona aos apaixonados por vinhos: dos experts aos iniciantes.

PAIXÃO DE CRISTO DO GRUPO LANTERI ADIADA PARA SETEMBRO

A encenação, tradicionalmente apresentada na Sexta-Feira Santa, será realizada dia 06/09, em Araucária.

Por conta da pandemia do Covid-19 a apresentação do espetáculo “Paixão de Cristo”, do Grupo Lanteri, foi transferida para o dia 06 de setembro (domingo), véspera do feriado da Independência do Brasil. Os ensaios foram temporariamente cancelados. Como nos anos anteriores, a apresentação será no Parque Cachoeira, em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

A encenação do Grupo Lanteri é a segunda maior, ao ar livre, do Brasil, ficando atrás apenas da Nova Jerusalém, em Pernambuco, e envolve cerca de 1.200 mil voluntários entre atores, técnica e produção e atrai um público superior a 20 mil pessoas. A deste ano será a 43ª montagem da peça que teve início na Vila São Paulo/Uberaba, em Curitiba, no ano de 1978.

Produção e Coordenação

Edson Luiz Martins

41 99935 8698

edsonluizmartins@gmail.com

Direção Geral

Aparecido Massi

41 99974 6330

massi@aparecidomassi.com.br

Sebrae/PR leva ecossistemas de inovação para o Smart City Expo Curitiba 2020

Público poderá conferir o trabalho de startups, além de assistir a palestras e realizar networking no estande da instituição

Apresentar como as soluções dos micros e pequenos negócios e os ecossistemas de inovação podem transformar as cidades e torná-las mais inteligentes. É com essa missão que o Sebrae/PR estará presente no Smart City Expo Curitiba, edição brasileira do maior evento de cidades inteligentes do mundo, que acontece em 26 e 27 de março, no Centro de Eventos Positivo.

“Queremos apresentar a nossa atuação e fortalecer o trabalho de empreendedores que trazem soluções que melhoram a qualidade de vida nas cidades com crescimento, tecnologia e sustentabilidade”, afirmou a consultora do Sebrae/PR, Adriana Kalinowski.

Para expor esse cenário, startups atendidas pelo Sebrae/PR realizarão pitches para investidores. Além disso, o público poderá conferir palestras de 15 minutos sobre temas relacionados ao desenvolvimento de novos negócios e mercado. No espaço, o participante também poderá realizar networking com os empreendedores e conhecer mais sobre os programas e soluções do Sebrae/PR.

No dia 26, às 11h15, na Plenária Principal do evento, a consultora Adriana Kalinowski e o diretor de Operações do Sebrae/PR, Julio Agostini, apresentarão, um cenário completo sobre os ecossistemas de inovação do Paraná.

O Smart City Expo Curitiba 2020 é chancelado pela FIRA Barcelona, consórcio público espanhol formado pela Prefeitura de Barcelona, Governo da Catalunha e Câmara de Comércio de Barcelona, que é o organizador do Smart City Expo World Congress, maior evento sobre cidades inteligentes do mundo. No Brasil, o evento é organizado pelo iCities, empresa curitibana especializada em soluções inteligentes, e tem o apoio da Prefeitura Municipal de Curitiba. São esperadas mais de 10 mil pessoas para esta que é a terceira edição do evento no Brasil.

SERVIÇO
Smart City Expo Curitiba 2020
Data: 26 e 27 de março de 2020
Local: Centro de Eventos Positivo
(Alameda Ecologica Burle Marx, 2518 - Santo Inácio – Curitiba)
Informações e inscrições: www.smartcityexpocuritiba.com

Coronavírus: quais os riscos de cancelamento de concursos públicos?

Filipe Ávila, Coordenador de Carreiras Policiais do AlfaCon, explica o contexto de concursos públicos no Brasil diante da expansão da doença
Na última quarta-feira (11), a Organização Mundial da Saúde declarou o surto de coronavírus (Covid-19) como uma pandemia. Já são 118 mil casos de contaminação e 4 mil mortes espalhados por 114 países. No Brasil, a disseminação do vírus tem feito autoridades regionais tomarem medidas preventivas à transmissão da doença.

Uma delas é o cancelamento do concurso de escrivão da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), que estava marcado para domingo (15). Com isso, outros estados podem pensar em realizar ações semelhantes para evitar aglomeração de pessoas, afetando o andamento de muitos concursos públicos em todo o país.

Filipe Ávila, Coordenador de Carreiras Policiais do AlfaCon, afirma que não há a possibilidade de cancelamento ou anulação de qualquer edital ou exame programado. “O máximo que pode acontecer são os governos postergarem um exame, uma divulgação de edital ou interromperem algum trâmite de autorização. Mesmo assim, todos os concursos previstos vão acontecer em algum momento”, explica.
Candidatos que estão acompanhando os desdobramentos da expansão do coronavírus no Brasil podem ficar com receio de terem de continuar os estudos. Segundo o especialista, neste momento é preciso manter a calma e continuar focado nos estudos. “Imprevistos acontecem e todo concurseiro está acostumado a isso. O estudante que souber lidar com a incerteza do momento e aproveitar para revisar as disciplinas que sentir maior dificuldade, estará muito na frente da concorrência”, finaliza Ávila.
Sobre o AlfaCon (www.alfaconcursos.com.br): Referência na preparação para Concursos Públicos no Brasil, o grupo atua também com a Editora AlfaCon, que produz materiais didáticos próprios, com mais de 100 títulos em catálogo. Ao longo de sua história, o AlfaCon soma mais de 112 mil aprovações para os concursos das áreas Policial, Administrativa, Tribunal e Militar. Hoje, além do online, o AlfaCon possui uma sede para estudo presencial, localizada em Cascavel, no Paraná.

CNN estreia com força de jornalismo no Brasil

São Paulo, 16 de março de 2020 – O programa de estreia da CNN no Brasil, o “CNN no Ar”, foi repleto de entrevistas exclusivas e de repercussão política, notícias de última hora e a cobertura no Brasil e no exterior, ao vivo, sobre a pandemia do coronavírus.

Ao longo de três horas e meia, foram abordados todos os principais assuntos do final de semana. Diversas equipes foram direcionadas ao factual sobre a Covid-19, com repórteres ao vivo em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Estados Unidos e Europa.

A equipe de reportagem do canal foi à zona vermelha da Itália, a 600 quilômetros de Roma, mostrar as cidades-fantasmas isoladas pela nova doença.

A CNN falou também com um brasileiro infectado pelo novo coronavírus. No início da noite, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, concedeu entrevista exclusiva à Caio Junqueira e Renata Agostini. Nela, criticou o ato do presidente Bolsonaro de cumprimentar e tirar fotos com pessoas que participavam de ato em favor de seu governo.

Outras equipes de reportagem foram espalhadas pelo Brasil para cobrir essas manifestações. Postado à porta do Alvorada para atualizar ao vivo as notícias sobre a mobilização popular, o repórter Leandro Magalhães foi abordado às 20h54 pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, com pedido foi para responder as críticas dos presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, e da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Ambos deram entrevistas exclusivas a William Waack, que entraram nas plataformas digitais às 18h e foram exibidas na TV.

Além da cobertura política, o CNN No Ar exibiu entrevista exclusiva com o ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira. Em raro depoimento, negou as acusações de corrupção, criticou os ex-presidentes Fernando Henrique e Dilma Rousseff, atacou a polícia e justiça dos Estados Unidos e acusou Bill Clinton, ex-presidente norte-americano, de perseguição pela perda do direito de sediar a Copa de 2022.

As entrevistas exclusivas com Bolsonaro, Mandetta, Guedes e Teixeira foram repercutidas por diversos veículos do país e do mundo, incluindo os maiores portais do Brasil como UOL, Globo.com e também na CNN internacional.

Sobre a CNN Brasil

A CNN Brasil é conduzida pelo grupo brasileiro de mídia, conforme acordo de licenciamento de marca estabelecido com a CNN International Commercial (CNNIC), que abrange o acesso a certas propriedades, incluindo conteúdo da CNN International. O canal de notícias 24 horas está disponível desde o dia 15 de março de 2020 para assinantes da TV paga e também nas plataformas digitais.

www.cnnbrasil.com.br

Informativo COVID-19 – Solar do Rosário

Semana passada, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o coronavírus (COVID-19) tornou-se uma pandemia. Por prudência, tomando todos os cuidados indicados pelas autoridades de saúde ressaltamos que as ações de higiene e ventilação dos ambientes do Solar do Rosário foram reforçadas e as aulas, neste momento, estão mantidas.
 
Com o intuito de diminuir possibilidades de riscos de contágio, o Solar do Rosário, comunica que optou por fechar a Galeria de Arte nos domingos em função do grande número de pessoas que circulam na feirinha do Largo da Ordem.
 
Além dessas ações, ressaltamos alguns pontos importantes:  

- Alunos e professores que tenham retornado de viagens internacionais, apresentando ou não febre e sintomas respiratórios (como tosse e coriza), são orientados a ficar em casa por 14 dias. Em caso de sintomas, procurar atendimento em serviço de saúde e também manter afastamento das atividades.

- Evitar o contato direto na hora de cumprimentar, como beijo, abraço e aperto de mão e sigam a etiqueta da tosse:   

• Utilizar lenço descartável para higiene nasal;  

• Cobrir o nariz e a boca com lenços/papéis descartáveis quando tossir ou espirar;  

• O lenço utilizado deve ser descartado;  

• Caso não haja lenço ou toalha de papel disponível, ao espirrar ou tossir é preferível cobrir o nariz e a boca com a manga da camisa

- Evitem contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;  

- Não compartilhar copos, canudos, toalhas, talheres, alimentos, maquiagem e protetores labiais, canetas, lapiseiras, borrachas, brinquedos, celulares, etc;  

-  Higienizem com frequência os pertences pessoais (copos, garrafas plásticas, mochilas, lancheiras, toalhas, estojo de escova de dente e outros materiais);

Desrespeitar o isolamento na pandemia do Coronavírus é crime e pode render prisão

Já no começo de fevereiro, entrou em vigor a lei que determina as medidas para o enfrentamento da emergência de saúde pública em razão do Coronavírus (Lei 13.979/20). Diante da pandemia, as principais medidas dizem respeito à contenção da transmissão pelo bem da coletividade, por meio do isolamento e da quarentena. O Ministério da Saúde, a fim de operacionalizar as disposições da lei, trouxe regulamentação específica na Portaria 356, de 11 de março de 2020.

O isolamento, que será determinado por prescrição médica ou recomendação do agente de vigilância, por prazo máximo de 14 dias, prevê a separação de pessoas doentes ou contaminadas, ou de bagagens, meios de transporte, mercadorias ou encomendas postais afetadas, de maneira a evitar a contaminação ou a propagação do coronavírus.

A quarentena, por sua vez, diz respeito à restrição de atividades ou separação de pessoas suspeitas de contaminação das pessoas que não estejam doentes, ou de bagagens, contêineres, animais, meios de transporte ou mercadorias suspeitos de contaminação, com o propósito de evitar a possível transmissão ou a propagação do coronavírus. De acordo com a Portaria, a medida de quarentena será determinada por ato do Secretário de Saúde do Estado, Distrito Federal, Município ou Ministro de Estado da Saúde, com o prazo de até 40 dias, podendo ser estendida, se necessário.

As medidas têm causado dúvidas: afinal, há alguma penalização para quem desrespeitá-las?

A resposta é afirmativa. Os fatos devem ser analisados de acordo com as previsões existentes no Código Penal Brasileiro a saber, inicialmente, nos artigos 131 (Perigo de contágio de moléstia grave) e 132 (Perigo para a vida ou saúde de outrem). E, ainda, especificamente, nos artigos 267 (Epidemia), e 268 (Infração de Medida Sanitária Preventiva), denominados crimes contra a saúde pública. A sanção a ser aplicada varia de acordo com a conduta do sujeito que a violou. No entanto, a título de esclarecimento, registre-se que a pena pela prática do crime de epidemia pode variar de 10 a 15 anos de reclusão. Já no caso de infração de medida sanitária preventiva, a pena pode ter aumento de um terço, se o agente é funcionário da saúde pública ou exerce a profissão de médico, farmacêutico, dentista ou enfermeiro.

Levando-se em consideração que o Coronavírus é contagioso, sendo transmitido pelo ar ou pelo contato direto, qualquer pessoa que descumpra dolosamente, ou seja, intencionalmente as determinações legais, se comprovado, estará sujeita às penas da lei.

Assim, em caso de flagrante, a polícia procederá a prisão e a denúncia será oferecida pelo Ministério Público, iniciando-se o processo criminal, uma vez que compete ao Estado a proteção da coletividade.

Diante de tal pandemia o momento é de reflexão e expansão da consciência quanto à responsabilidade individual e coletiva, valorizando a saúde, a integridade e a preservação da vida de forma solidária e humanitária.

Autora: Débora Veneral é advogada, professora universitária e diretora da Escola Superior de Gestão Pública, Política, Jurídica e de Segurança do Centro Universitário Internacional Uninter.