Jockey Plaza Shopping anuncia investimento para iniciativas de apoio ao varejo e medidas sociais em meio à pandemia da COVID-19

Com as lojas fechadas desde 20 de março, em decorrência ao decreto da prefeitura de Curitiba que determinou o fechamento de shoppings centers na Capital, o Jockey Plaza Shopping direcionou seus esforços em iniciativas de apoio ao varejo e para a sociedade, com intuito de minimizar os efeitos da pandemia na economia local e na sociedade. Os investimentos em campanhas sociais, incentivos aos lojistas e estruturação do estabelecimento frente à nova realidade somam R$ 4,3 milhões.

“Para o mês de abril, que passamos fechados, anunciamos aos nossos lojistas descontos e isenção de algumas cobranças, totalizando mais de R$ 4 milhões em incentivos para que as lojas, com baixo ou nenhum faturamento neste período, possam organizar suas finanças em meio à pandemia. É uma forma de juntos superarmos essa crise e fortalecer o mercado local, dado que mais de 70% de nossos lojistas são pequenos varejistas”, afirma o superintendente do shopping, Daniel Bueno.

Outros investimentos com a compra de máscaras, luvas e protetores faciais garantem a segurança e saúde dos colaboradores do shopping. O marketing produziu materiais de conscientização e conduta para todos os funcionários durante o período de trabalho e também orientou as famílias dos colaboradores com medidas de prevenção ao coronavírus. O estabelecimento está seguindo rigorosamente as orientações do Ministério da Saúde, da ABRASCE (Associação Brasileira de Shoppings Centers) e demais órgãos competentes, respeitando os últimos decretos, tanto municipais quanto estaduais, para garantir a segurança dos colaboradores diariamente.

No final de março, o Jockey Plaza Shopping lançou o projeto Juntos para o Bem: um conjunto de ações com o objetivo de contribuir para as causas sociais de instituições que fazem a diferença na sociedade. A primeira ação foi a substituição de suas campanhas publicitárias nas ruas para incentivar a doação de sangue na cidade, com investimento na locação da mídia outdoor. Foram utilizados painéis de rua em vias de grande fluxo na cidade, incentivando a população a doar sangue. Além da conscientização sobre ficar em casa para evitar o contágio do coronavírus, a campanha falou com aqueles que precisaram sair por algum motivo: “Já que está na rua, Doe Sangue.” Outras mídias contratadas pelo empreendimento foram direcionadas para a mensagem de “Fique em casa”.

Com mais de 110 mil seguidores nas redes sociais, Instagram e Facebook, e cerca de 300 mil interações semanais, o shopping também colocou seus perfis à disposição de instituições que precisam pulverizar suas ações e captar doações. O departamento de marketing faz a curadoria dessas instituições, com o objetivo de divulgar ações que estejam voltadas a minimizar problemas sociais gerados pela pandemia da COVID-19. O projeto prioriza ações de ONG’s e instituições locais que ajudam causas que surgiram a partir da pandemia e de outros problemas sociais já existentes que se agravaram nesta época.

Dentre os esforços e investimentos no âmbito social, no início de abril o Jockey Plaza se tornou ponto de doações de produtos de higiene, alimentos não perecíveis e cobertores, direcionados para a Cruz Vermelha, principal instituição de ajuda humanitária do mundo. Foram arrecadados, em menos de um mês, mais de 2 mil peças de roupas, 87 cobertores, 730 quilos de alimentos não perecíveis e mais de 500 itens de higiene.

Na Páscoa, em parceria com as lojas Cacau Show e Casa Bauducco, representantes do Jockey Plaza Shopping entregaram cestas, juntamente com cartinhas escritas pelos filhos dos colaboradores, como forma de agradecimento aos funcionários do Hospital do Trabalhador e a equipe de psicologia e enfermagem dedicada à UTI da COVID-19.

Com a expectativa de reabertura nos próximos dias, o shopping prepara uma série de medidas para viabilizar a segurança dos clientes e colaboradores, como túnel de pulverização de ozônio e tapetes de desinfecção para acesso de todas as pessoas (clientes e colaboradores) ao shopping, aferição de temperatura corporal, totens automáticos com álcool 70% para limpeza das mãos sem necessidade de toque, redução de cadeiras na praça de alimentação para garantir o distanciamento social, ticket de estacionamento descartável e rotina de desinfecção das áreas tocáveis, como guichês de pagamento do estacionamento, botões de elevador, corrimãos e maçanetas, com utilização de produtos de limpeza com ação antibacteriana.

Mudanças no sistema de funcionamento do ar condicionado do shopping passam a renovar o ar em 100% a cada 11 minutos insuflando o ar externo e retirando o ar interno ao invés de tratá-lo e devolver para o mall. “Estamos preparados para receber nossos lojistas, colaboradores e clientes dentro das normas dos órgãos competentes, para voltar ao funcionamento com total segurança para todos”, explica Bueno.

Shows de Chitãozinho e Xororó, Luiza Possi e Jefferson Moraes agitam véspera de feriado

MPB, modão e 50% de cashback são palavras de ordem para você ficar em casa curtindo boa música

A Ame Digital segue comprometida em agitar o dia a dia do brasileiro em casa. Além de patrocinar o Festival do Orgulho de Ser Live e o show online do rapper Filipe Ret, divulgados anteriormente, a empresa apresenta as lives de Luiza Possi, Jefferson Moraes e Chitãozinho & Xororó, nesta quinta-feira (30).

E o melhor: no decorrer das transmissões, um QR Code fica visível na tela, levando os usuários para uma página da doação a instituições que que estão lutando contra os efeitos do coronavírus nos lugares mais atingidos. Para incentivar os donativos, a Ame oferece 50% de cashback, com limite de R$ 10. Ou seja, quem doar R$ 20 receberá R$ 10 de volta na sua conta no app.

Confira as novas lives patrocinadas pela Ame, nesta quinta-feira (30):

Às 19h, Luiza Possi, diretamente de sua casa, agita os amantes de MPB em uma transmissão ao vivo via Youtube (https://www.youtube.com/watch?v=Uvll5g0Nabc). Durante o show da cantora, a AME incentivará doações à Cruz Vermelha Brasileira (http://www.cruzvermelha.org.br/pb/). A principal instituição de ajuda humanitária do mundo. Um dos eixos de sua missão é contribuir para a melhoria de saúde, prevenção de doenças e o alívio do sofrimento. Estão mobilizando todas as forças para combater o Coronavírus no Brasil, com distribuição de kits de higiene, triagem de pacientes em unidades básicas de saúde, atividades de prevenção da doença em lugares de maiores aglomerações junto ao poder públicos, entre outros.

Nesse mesmo horário, às 19h, os fãs do cantor sertanejo Jefferson Moraes poderão conferir em seu canal no Youtube os principais sucessos, regados a muita sofrência e parcerias (https://www.youtube.com/channel/UCwiLia8hYI2KpOFqFmGsLmg/featured). Durante a transmissão, a Ame Digital incentiva o público a doar para as entidades que estão arrecadando fundos para o combate ao coronavírus no Brasil.

E, encerrando a noite com modão, às 20h, Chitãozinho e Xororó, uma das maiores duplas sertanejas do país, canta seus hinos mais famosos em uma live transmitida pelo canal do Youtube da dupla (https://www.youtube.com/watch?v=ec73323xaBQ). Durante o show, Chitãozinho e Xororó promovem a doação a duas organizações: a Amigos do Bem (https://www.amigosdobem.org/) leva, ao Sertão Nordestino, educação e projetos que promovem o desenvolvimento local e a inclusão social, erradicando a fome e a miséria; e o Hospital de Amor (https://hospitaldeamor.com.br/), antes chamado Hospital do Câncer de Barretos, que oferece tratamento oncológico gratuito e de qualidade a milhares de brasileiros, há mais de 50 anos.

As lives promovidas pela Ame já resultaram em uma arrecadação de aproximadamente R$ 2 milhões. A cada apresentação, diferentes projetos sociais e causas são beneficiadas pela doação de milhares de pessoas que, de suas casas, têm ajudado a fazer a diferença no combate à Covid-19, dentro do movimento #AmeFazerSuaParte. Confira a iniciativa da Ame por meio do site https://www.amedigital.com/doacoes/.

Sobre a Ame: A Ame (www.amedigital.com) é uma fintech e plataforma de negócios mobile criada para simplificar a maneira como as pessoas e empresas se relacionam com o dinheiro. Com pouco menos de dois anos de existência, já tem presença nas mais de 1.600 unidades da Lojas Americanas em todo o país, além dos sites Americanas.com, Submarino, Shoptime, Sou Barato e em diversos outros lojistas do mundo físico. Além de possibilitar o pagamento via celular com uso do QR Code, a Ame também apresenta o cashback, benefício no qual uma parte do dinheiro de todas as compras volta para a conta Ame do cliente. Com o app Ame Digital também é possível fazer pagamentos de contas e boletos bancários, compra de cartão de transporte, recarga de celular e depósito de dinheiro em espécie. Na versão Ame Plus, destinada para quem quer vender com o app, os lojistas podem realizar transferência de valores da sua conta Ame para sua conta bancária. Uma das primeiras iniciativas da IF - Inovação e Futuro, Ame conta com mais de 7 milhões de downloads e oferece serviços e soluções que facilitam o dia a dia das pessoas.

Universidade Federal do Paraná cria programa para acolher sua comunidade durante pandemia de covid-19; conheça todas as frentes da iniciativa

Estima-se que entre um terço e metade da população exposta a uma epidemia pode vivenciar sofrimento psíquico, o que aponta para a importância de ações de cuidados emocionais e dos relacionamentos neste contexto. Em meio à crise mundial da pandemia do covid-19, a Universidade Federal do Paraná (UFPR), por meio do Programa ConVida oferece à comunidade interna e externa, ações preventivas e de suporte emocional para autocuidado e cuidado das pessoas próximas, apresentadas por meio do Projeto "Você Importa: cuidando de si e do outro".

O Projeto “Você importa” tem o propósito de oferecer espaços solidários, sustentados no diálogo e trocas coletivas, os quais são recursos de apoio em tempos de crise.

Por meio de canais não-presenciais e remotos, de forma acessível, interativa e dinâmica, este programa oferece suporte e acolhimento emocional para a comunidade UFPR e, em algumas das ações, também para comunidade externa.

O propósito deste projeto não é oferecer tratamento psicológico e nem acompanhamento psicoterapêutico ou psiquiátrico em saúde mental. A proposta também não se confunde com processos de coaching ou auto-ajuda. "Entendemos que neste momento de crise que atinge toda a sociedade, é importante que as pessoas encontrem suporte emocional para o cuidado de si e do outro, proporcionando senso de pertença, diminuindo a solidão e, pelo suporte coletivo, encontrando o fortalecimento da rede de apoio social e a mobilização dos recursos psicológicos pessoais para enfrentamento dos desafios neste contexto. ", explica a professora Lis Soboll, coordenadora do projeto.

O Projeto "Você Importa" prioriza abordagens iniciais coletivas, tendo em vista favorecer a capacidade de troca, o fortalecimento de laços sociais e a acesso amplo para diversos públicos. Para casos de maior vulnerabilidade também são oferecidos acompanhamento individual. Já o o projeto “Você Importa: cuidando de si e do outro” tem o propósito de oferecer espaços solidários, sustentados no trabalho colaborativo e no diálogo coletivo, como um recurso de apoio em tempos de crise.

Materiais informativos

Vídeos, entrevistas, transmissões ao vivo, conteúdo para redes sociais, podcasts, artigo de opinião: o material é produzido com fins de orientação e suporte afetivo. Estão disponíveis áudios, lives e conteúdos no perfil @ufprconvida no Instagram e no site www.convida.ufpr.br.

Diálogos virtuais sobre vida emocional em tempos de isolamento, sobre temas relacionados ao convívio com crianças e adolescentes durante o período de distanciamento social e sobre a rotina de estudos já estão disponíveis no canal do youtube ufprconvida.

Programação especial em homenagem ao Dia das Mães

Na próxima semana o Projeto "Você Importa" oferecerá uma programação especial como uma maneira de reconhecer e aproximar as mulheres e suas famílias, em homenagem ao Dia das Mães.

05/05 TERÇA
Sobrecarga das mães na quarentena
14h Live @ufprconvida
Profa. Lis Soboll (UFPR) e Geovanna Conte (YnaWeb)
15h Bate-papo online
Profa. Lis e Equipe ConVida

06/05 QUARTA
Culpa de mãe: diário de uma mãe no COVID-19
14h Live @ufprconvida
Profa. Lis Soboll (UFPR) e Profa. Ana Paula Viezzer (UFPR)
15h bate-papo on line com Profa. Lis e Profa. Ana

07/05 QUINTA
Conflitos familiares
14h Live @ufprconvida
Profa. Lis Soboll (UFPR) e Psic. Clarice Ebert (
15h Bate-papo virtual
Profa. Lis e Profa Maria Virginia Cremasco

08/05 SEXTA
Quarenta em família
10h30 Live @ufprconvida
Bate-papo online de estudantes para estudantes
Coordenação: Alunos do curso de psicologia da UFPR

08/05 SEXTA
Cuidando dos nossos idosos: uma conversa para todas as gerações
14h Live @ufprconvida
Psic. Katia Carreira (Você Importa-UFPR) e Profa. Regina (TUIUTI)
15h Bate-papo online
Psic. Katia Carreira (Você Importa - UFPR) e Equipe ConVida

Rodas de conversa on-line

Por meio da plataforma digital RPN, são realizados os encontros, com capacidade para até 100 pessoas simultaneamente – divididas em pequenos grupos. A possibilidade de compartilhar a fala e a escuta permite o diálogo sobre temas de nossas rotinas e o compartilhar de recursos pessoais de enfrentamento, informa a coordenadora. As rodas de conversa iniciaram no mês de abril, e para participar não é necessário fazer inscrição. O link de acesso será disponibilizado nos dias das rodas em nosso site www.convida.ufpr.br, e no nosso instagram @ufprconvida (lá também serão divulgadas as datas de cada roda de conversa).

Acolhimento individual

O foco do acolhimento individual à distância é nos primeiros cuidados emocionais em tempos de crise. A prioridade são os casos identificados – em ações anteriores da equipe – como de maior vulnerabilidade. “É um momento em que a vida está nos confrontado com nós mesmos, com nossos valores e nossos referenciais nesse contexto. O encontro com o outro tem o potencial de nos fortalecer e também nos dar significado. A melhor maneira de cuidarmos de nós e dos nossos próximos é nos cuidarmos juntos”, explica Lis.
Programa ConVIDA

A ação é uma iniciativa do ConVIDA, programa institucional que desenvolve ações para valorizar relações e pessoas e promover a saúde mental na UFPR. O trabalho é desenvolvido em parceria com técnicos-administrativos, docentes e alunos de graduação e pós-graduação da instituição. Egressos e profissionais parceiros oferecem contribuições nas áreas de saúde, psicologia, educação e comunicação.

A equipe do projeto "Você Importa", que conta com mais de 40 voluntários, envolvendo alunos de graduação, de pós-graduação, docentes, técnicos-administrativos e profissionais parceiros externos. Todos participam de treinamento e reuniões semanais, nas quais a equipe se apoiam mutuamente e define em conjunto os próximos passos do projeto. Vários outros docentes também integram o projeto, envolvendo seis diferentes departamentos da UFPR. Joanneliese de Lucas Freitas, Dione Menz, Maria Virgínia Cremasco, Lis Soboll e Sabrina Stefanello, coordenam as atividades. "Para a equipe tem sido também um espaço de fortalecimento e de troca muito significativo neste momento de desafio para todos. Por isso temos tanta gente envolvida" explica a coordenadora Lis Soboll.

A aluna Isabela Pelanda, do último ano do curso de Psicologia, tem acompanhado o projeto desde seu início como estagiária do ConVida, contribuindo ativamente nas várias ações propostas. "A oportunidade de acompanhar o projeto desde o seu início, ao lado das minhas professoras e de uma equipe muito disposta e ativa, tem sido muito gratificante e tem trazido um enorme aprendizado. É um prazer poder dedicar o tempo que estou tendo que ficar em casa para contribuir para a saúde emocional das pessoas que serão alcançadas pelo projeto” afirma Isabela, destacando a relevância desta experiência neste tempo de pandemia.

Por fim, sabemos que esse momento nos mostra a vida que nos confronta com nós mesmos, com nossos valores e referenciais. Assim, é o encontro com o outro que neste contexto tem o potencial de também nos dar significado. A melhor maneira de cuidarmos de nós mesmos e dos nossos próximos é nos cuidarmos juntos. Que tudo isso gere oportunidades de respeitarmos mais nossa condição humana e nossa possibilidade de encontros significativos de vida. Este futuro se constrói hoje, em escolhas cotidianas, que indicam o que de fato importa. Assim o Projeto "Você Importa" foi criado, pensando no cuidado de nós mesmos, das nossas relações e das nossas escolhas.

LINKS

Site do programa: www.convida.ufpr.br
Instagram do programa: @convida@ufpr.br
Canal do YouTube: ufprconvida
Leia mais notícias sobre o ConVida no Portal da UFPR: https://www.ufpr.br/portalufpr/?s=convida

--
Assessoria de Imprensa e Jornalismo
Superintendência de Marketing e Comunicação (Sucom)
Universidade Federal do Paraná (UFPR)

www.ufpr.br
+55 41 3360-5251/5008/5007/5158
+55 41 8510-2239 (WhatsApp institucional)
(Para envio de demandas ao jornalismo da Sucom/UFPR, favor usar o e-mail jornalismo.sucom@ufpr.br)

Tartuferia San Paolo anuncia o encerramento de suas atividades na capital paranaense

Após quase três anos de atividades a Tartuferia San Paolo Curitiba (primeira unidade franqueada da marca paulista Tartuferia San Paolo) anuncia o encerramento de suas atividades na capital paranaense. De acordo com os sócios proprietários, os irmãos Gaby e Kilian Schroeder, a rica experiência com a operação permitiu um maior entendimento sobre o cenário gastronômico da cidade e, diante disso, vislumbraram no mercado uma promissora oportunidade para investir em um negócio próprio. O endereço que virou referência na cidade não ficará parado por muitos dias. É ali mesmo que vai funcionar um novo restaurante que terá, além de tudo, a essência da família dos empresários em cada detalhe: o amor pela gastronomia e pela cerâmica, desde 1998. Aos profissionais de imprensa que, desde o primeiro dia de operação da Tartuferia em Curitiba, apoiaram na divulgação do restaurante, mostrando que é possível sim democratizar o consumo das trufas italianas, registramos todo o carinho e agradecimento da equipe da Tartuferia e uma agradecimento especial para a Tartuferia San Paolo pela oportunidade e pelo período de convivência que nos permitiu desenvolver a excelência para alçar outros voos. Que venham novos desafios e novas pautas, tão saborosas e exclusivas quanto as que proporcionamos ao lado da marca Tartuferia, que certamente deixará saudades por aqui.

Competição online vai premiar a melhor IPA de Curitiba

Evento terá 16 cervejarias locais numa competição “virtual”, com delivery para “degustação” e eleição dos rótulos campeões

Mais uma vez Curitiba recebe o “IPA da Galera”, evento promovido pela Beermad – bar de cervejas artesanais localizado na vila gastronômica SOUQ Curitiba. E, enquanto o estabelecimento segue com atividades suspensas em medidas preventivas ao COVID-19, a marca proporciona entretenimento on-line aos amantes das cervejas artesanais.

Muito além de premiar a melhor IPA da capital, um dos estilos mais apreciados pelos curitibanos, a ação vai incentivar o comércio local e as cervejarias da região nesse momento delicado de pandemia. “É a segunda edição do evento, mas o primeiro online a envolver as principais cervejarias da capital paranaense. Estamos realmente unidos e motivados a levar entretenimento aos ipeiros e, ao mesmo tempo, fazer a máquina rodar. Precisamos continuar, né”, comenta a beer Sommelier Daiane Santos.

A disputa pelo melhor rótulo já está acontecendo no Instagram @beermadoficial e as “batalhas”, divididas por “chaves”, vão até dia 09 de maio. Qualquer pessoa pode participar como jurado, até mesmo porque os melhores juízes de cervejas são os próprios consumidores. “Vamos fazer tudo online e no dia três de maio divulgaremos as finalistas. Entre os dias cinco e oito, as quatro IPAS escolhidas estarão no nosso TAP para serem provadas pelos “jurados”, acrescenta.

Basta pedir via delivery, ou buscar no formato TAKE AWAY, os rótulos finalistas para degustação e avaliação. As cervejas serão vendidas em growlers pets de 500 ml e vão acompanhadas de uma ficha avaliação. “A dica que eu dou é ficar atento a questões específicas como cor, aroma, sabor e amargor, por exemplo. São aspectos que realmente definem os melhores rótulos”, explica a Beer Sommelier.
Além do público geral, três participantes especiais serão escolhidos pela Beermad para ajudarem na votação. A IPA campeã será conhecida por todos através de uma live no dia 09, às 16h, com o show do curitibano Marlon Able, com o melhor do Bluegrass, country, folk e rock. Além disso o artista Marcelo – O Homem que Voa – fará um quadro ao vivo durante a transmissão do resultado. Afinal de contas, cerveja também é cultura

Outras atrações

Entre os dias seis e oito de maio, também no insta do bar, serão realizados simpósios on-line e bate papo sobre esse amado estilo de cerveja. Os “ipeiros” vão ouvir sobre a história da cerveja, harmonização com IPAs, além de acompanhar a avaliação das cervejas concorrentes, feitas pelos jurados profissionais.

No dia sete, às 20h, Luis Celso Junior vai falar sobre a história da IPA. Depois é a vez de André Santini, do CWBEER falar sobre harmonização de IPA com churrasco – combinação que a legião de brasileiros tanto ama!
Cervejas confirmadas:
Gobe Brew
Hop Paradise (IPA)
Joy Project Brewing
Cream (IPA)
Maniacs Brewing Co
Yankee (NEW ENGALND IPA)
Cervejaria Terraço
Gárgula Ipa (IPA)
Cervejaria Palta
Want Ipa (IPA)
Swamp Brewing
A vaca e o cachorro foram pro brejo ( IPA)
Ol Beer Cervejas Especiais
Thor Belgian Ipa ( BELGIAN IPA)
Cervejaria Masmorra
Maligna Ipa (IPA)
Hump Beer
Hump Beer Ipa (IPA)
Alright Brewing co.
Red Sky ( RED IPA)
Cervejaria Turbinada
Turbinada American Ipa (IPA)
Ignorus
Mutum Cavalo (IPA)
Moondri
Orange Moon (NEW ENGLAND IPA)
Van Dutch
Mosaic Ipa (IPA)
Way Beer
Ipa Loka (IPA)
Bodebrown
Cacau Ipa (IPA)

Pedidos da Competição
WhatsApp: (41) 99721-4399
Kit das finalistas: até 17h
Atendimento pelo WhatsApp: 11h às 18h.
Take Away: 13h às 18h.
Valor de entrega: R$7
Para compras acima de R$100 – frete grátis!

Zezé Di Camargo doa máquina de um milhão para hospital de campanha em SP

O cantor e o amigo Júlio Aidar, diretor da Sterileasy, doam usina portátil para hospital de campanha do Ibirapuera, em SP

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=168535&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CSC1P152MB0414C0D54F7833648DFE0A5EF5AA0%2540SC1P152MB0414.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CSC1P152MB0414C0D54F7833648DFE0A5EF5AA0%40SC1P152MB0414.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%3E-1.2

Máquina doada por Zezé Di Camargo e Júlio Aidar para hospital de campanha do Ibirapuera

O Lixo hospitalar cresceu, nos últimos meses, pelo menos dez vezes, e se tornou bomba relógio da Covid-19. A pandemia do novo coronavírus não tem sido um desafio apenas para os profissionais de Saúde e cientistas. Os funcionários de empresas que lidam com resíduo hospitalar contaminado precisam, mais do que nunca, de muito cuidado, uma vez que estão correndo sérios riscos de contaminação de doenças.

No Brasil, hoje, cerca de 90% dos munícipios do país não tratam o seu lixo, um dado alarmante que resulta em uma baixa qualidade de vida para os habitantes. Tendo em vista este grande problema, o cantor Zezé Di Camargo e o seu amigo Júlio Aidar se uniram para promover uma ação do bem. Juntos, o artista e o empresário fazem este ato solidário, amanhã, dia 1º de maio, na inauguração do Hospital de Campanha, no Ibirapuera, em SP. Eles vão doar uma máquina de usina portátil de reciclagem.

A máquina, que será doada em comodato, é avaliada em 1 milhão de reais. Importada, ela traz consigo, através da modernidade e inovação, a solução para o tratamento do resíduo infectante hospitalar e de laboratórios, diretamente no local de geração do tal material. Isto é, não será necessário transporte dos resíduos hospitalares contaminados.

Os resíduos hospitalares não causam só danos para os seres humanos que possuem contato, mas também caos ambiental, quando em contato desses materiais com o solo ou a água, podendo resultar em danos à vegetação, por exemplo. Ou seja, visto que o vírus está no ambiente, a infecção se espalha de forma mais agressiva.

Se os resíduos forem parar em lixões comuns, o que na maioria das vezes acontece, os patógenos e agentes infectantes estão expostos, correndo o grave risco de alguém entrar em contato com eles. Os catadores de lixo ou mesmo os profissionais do local podem ser afetados. Além disso, até mesmo os animais que possam frequentar os aterros sanitários a céu aberto estão expostos a condições de risco.

Esse tipo de situação é bastante grave, configurando uma irresponsabilidade altíssima por parte dos geradores do resíduo. Quando não se toma o devido cuidado para onde vai o resíduo hospitalar contaminado, configura-se até mesmo um crime. Mesmo que seja por acidente, colocar outras pessoas e o meio ambiente em uma situação tão perigosa é algo que não deveria jamais acontecer. Esses casos, infelizmente, não são tão raros.

"Fico curioso em saber como as autoridades ou ambientalistas estão tratando os resíduos hospitalares contaminados em seus municípios?", indaga Zezé Di Camargo, que, por preocupação, se juntou ao amigo para colaborar em um momento tão delicado mundialmente.

Dia Mundial de Higiene das Mãos reforça importância da ação para prevenir a Covid-19

Data é celebrada em 5 de maio

Em tempos de pandemia, causada pela disseminação do novo coronavírus (SARS-CoV-2), a simples atitude de lavar as mãos é uma das principais aliadas para prevenir a contaminação. De acordo com a médica infectologista Marta Fragoso, do Hospital VITA, em Curitiba, manter as mãos limpas e higienizadas não são cuidados necessários somente para pacientes e para quem trabalha na área de saúde, mas a toda população.

Dra. Marta esclarece que as mãos devem ser lavadas com água corrente, de preferência, com sabonete líquido e secadas com papel toalha - na falta, recomenda-se secá-las naturalmente. Usar toalhas de pano ou peças de roupa é proibido, já que podem contaminar novamente as mãos.

De acordo com a médica, a ação mecânica de esfregar as mãos é o que elimina as bactérias. Já a espuma dos sabonetes é responsável por remover a gordura da pele, na qual estão localizados os germes e vírus.

Na rua, quando não houver pia ou água, indica-se o uso de álcool em gel, que remove grande parte das bactérias e vírus. Já os lenços umedecidos só são eficientes se forem à base de álcool”, alerta a médica.

“Mais do que nunca, neste momento de pandemia, quando não há água e sabonete deve-se usar álcool em gel 70. A concentração de pelo menos 70% é exigida porque a presença de aproximadamente 30% de água, nessa solução, propicia a desnaturação de proteínas e de estruturas lipídicas da membrana celular, e a consequente destruição do microrganismo, com maior eficiência do que em porcentagens menores ou maiores de etanol. Nesse último caso, o álcool evapora mais rápido, diminuindo o tempo em que este fica em contato com o microrganismo, sendo, portanto, menos eficaz.

“A ação é rápida, a higienização deve ter duração mínima de 20 a 30 segundos. Uma maneira fácil de cronometrar é cantar a música ‘Parabéns pra você’ duas vezes, destaca a médica. O mesmo, vale para o álcool em gel, que deve ser esfregado nas mãos por pelo menos 20 segundos para garantir a cobertura total.

Além da Covid-19, a especialista ressalta que o ato previne conjuntivite, diarreia infecciosa, gripes, infecções respiratórias, Hepatite A e as chamadas infecções hospitalares ou infecções relacionadas aos serviços de saúde.

Quando higienizar as mãos para prevenir a Covid-19?

- Depois de assoar o nariz, tossir ou espirrar. Deve-se evitar levar a mão ao nariz ou à boca.

- Ao sair de espaço público, incluindo transporte público, terminais de ônibus, mercados, igrejas,

- Depois de tocar em superfícies fora de casa, incluindo dinheiro, botão do elevador, máquinas de cartão de crédito, corrimão...;

- Antes, durante e depois de cuidar de uma pessoa doente;

- Antes e depois de comer.

Em geral, deve-se sempre lavar as mãos:

- Depois de usar o banheiro;

- Antes e depois de comer;

- Depois de manusear lixo;

- Depois de tocar em animais e animais de estimação;

- Antes e depois de trocar as fraldas dos bebês ou ajudar uma criança a usar o banheiro;

- Quando as mãos estiverem visivelmente sujas.

Dicas básicas sobre a forma correta de higienização das mãos e também como proceder quando não há condições ideais para lavar as mãos: (duração: de 20 a 30 segundos)

1. Abrir a torneira e molhar as mãos, evitando encostar na pia.

2. Aplicar na palma da mão quantidade suficiente de sabão líquido para cobrir

todas as superfícies das mãos;

3. Ensaboar as palmas das mãos, friccionando-as entre si;

4. Esfregar a palma da mão direita contra o dorso da mão esquerda entrelaçando

os dedos e vice-versa;

5. Entrelaçar os dedos e friccionar os espaços interdigitais;

6. Esfregar o dorso dos dedos de uma mão com a palma da mão oposta,

segurando os dedos, com movimento de vai-e-vem e vice-versa;

7. Esfregar o polegar direito, com o auxílio da palma da mão esquerda,

utilizando-se movimento circular e vice-versa;

8. Friccionar as polpas digitais e unhas da mão esquerda contra a palma da mão

direita, fechada em concha, fazendo movimento circular e vice-versa;

9. Esfregar o punho esquerdo, com o auxílio da palma da mão direita, utilizando

movimento circular e vice-versa;

10. Enxaguar as mãos, retirando os resíduos dos dedos para os punhos;

11. Evitar contato direto das mãos ensaboadas com a torneira;

12. Enxugar as mãos com papel toalha;

13. Fechar a torneira acionando o pedal; com o cotovelo ou utilizar o papel toalha;

ou ainda, sem nenhum toque, se a torneira for fotoelétrica. Nunca usar as mãos.

"Se estiver na rua e não tiver água e sabonete/sabão, a opção é usar álcool em gel 70. A maneira correta de utilizar é a mesma feita ao higienizar as mãos com água e sabão", destaca Dra. Marta.

Sobre o Hospital VITA - A primeira unidade da Rede VITA no Paraná foi inaugurada em março de 1996, no Bairro Alto, e a segunda em dezembro de 2004, no Batel. O VITA foi o primeiro hospital brasileiro a conquistar, no início de 2008, a Acreditação Internacional Canadense CCHSA (Canadian Council on Health Services Accreditation). A certificação de serviços de saúde avalia a excelência em gestão e, principalmente, a assistência segura ao paciente. Além disso, o VITA é um dos hospitais multiplicadores do Programa Brasileiro de Segurança do Paciente (PBSP). Ele visa disseminar e criar melhorias inovadoras de qualidade e segurança do paciente. Integra também o grupo de hospitais da Associação Nacional de Hospitais Privados - ANAHP. O VITA oferece atendimento 24 horas e é referência nas áreas de cardiologia, cirurgia geral, neurologia, cirurgia bariátrica, medicina de urgência, urologia, terapia intensiva, traumato-ortopedia e pediatria. Além disso, dispõe de um completo serviço de medicina esportiva, prestando atendimento a atletas de diversas modalidades; serviço de oncologia; Centro Médico e Centro de Diagnósticos. Para garantir um alto nível de qualidade nos serviços prestados aos pacientes, o VITA tem investido em ampliação da infraestrutura, tratamentos com equipes multidisciplinares, modernização dos equipamentos, humanização no atendimento, qualificação dos profissionais e segurança assistencial. www.hospitalvita.com.br

Viña Concha y Toro certifica seu laboratório de pesquisa para diagnóstico do COVID-19 e doa 50 mil litros de álcool gel e desinfetante

Além de certificar seu laboratório de biologia molecular para a detecção do COVID-19, a Viña Concha Y Toro transferiu equipamentos para outras instituições para aumentar sua capacidade de diagnóstico. Além disso, doará 50 mil litros de álcool gel e desinfetante.

(Santiago, 30 de abril, 2020) - Dada a complexa crise da saúde no Chile e no resto do mundo, a Viña Concha y Toro realizou duas grandes iniciativas que fazem parte de sua contribuição ao Fundo Privado de Emergência em Saúde, promovido pela Confederação de Produção e Comércio (CPC).

O laboratório de biologia molecular do Centro de Pesquisa e Inovação (CII) de Viña Concha y Toro foi certificado pelo Laboratório de Pesquisa Biomédica da Universidade Católica de Maule (UCM) para operar sob a dependência do Serviço de Saúde Maule e realizar testes para a detecção de SARS-Cov2 ou COVID-19, como parte da rede de laboratórios articulados pelo Ministério da Ciência, Inovação, Conhecimento e Tecnologia.

Os recursos do laboratório de biologia molecular da CII destacam-se pela robotização e automação de seus processos, incluindo, entre outros, um equipamento Hamilton Microlab STARLet que processa 2.300 amostras diariamente e um qPCR Thermofisher QuantStudio 5 com capacidade de diagnóstico de 768 amostras por dia.

Eduardo Guilisasti, gerente geral da Viña Concha y Toro, explicou que “queremos aproveitar para usar nossa capacidade de colaborar, para superar conjuntamente essa crise, apoiando a prevenção e o diagnóstico precoce. Como parte de nossa contribuição para o Fundo Privado de Emergência em Saúde, juntamente com a doação de álcool em gel às autoridades, também disponibilizamos equipamentos de ponta e nossa equipe de profissionais do Centro de Pesquisa e Inovação. "Esse marco completa uma primeira etapa que também incluiu a transferência de equipamentos para extração de RNA para a UCM e o Hospital de Talca”, acrescentou.

Esta entrega inclui um gabinete de biossegurança nível 2 ESCO SC2-4E1 e a máquina MagMAX Express 96 Purification System que oferece a possibilidade de quadruplicar a capacidade de extração de amostras por dia, além da doação de kits de purificação para realizar 1.500 extrações de ARN e participação como consultores em equipes de trabalho coordenadas pela autoridade.

"Em tempos de crise, esse tipo de colaboração reafirma o significado mais profundo da aliança público-privada-acadêmica, que é o bem comum e a prosperidade do nosso país. Quero agradecer ao Ministério da Saúde, Ciências, UCM e a cada um de nossos colaboradores por nos permitir tornar isso possível ", afirmou Gerard Casaubon, diretor do Centro de Pesquisa e Inovação da Viña Concha y Toro.

Por sua vez, o ministro da Ciência, Tecnologia, Conhecimento e Inovação, Andrés Couve, destacou que a comunidade científica organizada hoje contribui para o trabalho essencial de combate a essa pandemia : “Graças à atuação de 5 escritórios regionais do Ministério da Ciência, em coordenação com equipes do Ministério da Saúde, do Instituto de Saúde Pública e da generosidade da sociedade científica, das comunidades acadêmicas e do mundo privado, hoje nosso país se destaca por a capacidade de diagnóstico do COVID-19 de maneira articulada e descentralizada”, disse.

Além do exposto, a Viña Concha y Toro fará uma doação de 50 mil litros de álcool gel e desinfetante em diferentes formatos, o que permitirá alcançar pessoas e organizações que o necessitem. Entre eles, a rede de laboratórios de diagnóstico COVID-19, redes de saúde do Ministério da Saúde e comunidades. Destes, 40 mil litros correspondem ao álcool gel fabricado com álcoois da empresa através da Winkler e 10 mil litros de desinfetante fabricados na planta de Lontué em Viña Concha y Toro e que serão entregues ao escritório de administração da região de Maule para distribuição local.

BelClinic cria promoção especial para o Dia das Mães

Marca de dermoativos e nutracêuticos lança kit promocional para ajudar filhos a cuidarem, mesmo que de longe, da beleza e da saúde das mães

Comando News - O Dia das Mães é uma das mais importante do ano, perdendo somente para o Natal. Porém, esse ano, o dia de homenagear as mães coincidirá com o período de isolamento social. Por isso, a BelClinic Dermoativos criou uma promoção especial para que os filhos, mesmo que de longe, cuidem da beleza e a da saúde das mães.

Somente no mês de maio, na compra de um kit composto com três séruns (Hyalurone + Vitamina C + outro a escolher), o cliente ganha um nutracêutico para aumento da Imunidade, Imunity com 30 cápsulas (Vitamina D3, C, A, Selênio e Zinco).

Os kits custam a partir de R$ 274,00 e podem ser adquiridos por meio da loja virtual da marca em belclinicbrasil.com.br.

Sobre a BelClinic Dermoativos

Fundada em 1991 por Mutsumi Ogura, a empresa é referência em tratamento de pele, com presença em 11 estados por meio de uma rede de distribuidores. Atualmente, conduzida por Cleyton Ogura que é engenheiro formado pela Unicamp e pós-graduado em administração pela FGV-SP e palestrante.

Orquestra Sinfônica do Paraná mergulha no mundo digital e reproduz “O Trenzinho do Caipira” de Heitor Villa-Lobos

A Orquestra Sinfônica do Paraná, por meio do Governo do Estado do Paraná, em parceria com o Instituto de Apoio a Orquestra Sinfônica do Paraná, o estúdio Trilhas Urbanas e a Banda Mais Bonita da Cidade, estreou nessa semana no Youtube, Facebook e Instagram um concerto diretamente da casa dos músicos, tocando o conhecido “O Trenzinho do Caipira” de Heitor Villa-Lobos. O artista, um compositor reconhecido por suas junções do erudito ao popular, não poderia ter sido uma escolha melhor.

Com uma melodia simples e uma orquestração impactante, a composição foi escolhida por uma razão: ela nos lembra dos tempos mais tranquilos que tanto desejamos hoje. Por fim, seguindo a tradição de junção de dois mundos proposta por Villa-Lobos, foi convidada para cantar a consagrada letra de Ferreira Gullar a artista curitibana Uyara Torrente, vocalista d’A Banda Mais Bonita da Cidade.

O Maestro titular, Stefan Geiger, contou um pouco da razão da Orquestra não parar. “Músicos são especialistas altamente treinados, podem ser comparados a atletas profissionais que são acostumados a praticar e treinar todos os dias para atingir a performance perfeita para o público. Como eles, nós não podemos parar a nossa rotina musical para nos mantermos em forma e mais do que isso: queremos fazer música para o nosso público mesmo de casa!”, revela.

Sobre o Instituto de Apoio à Orquestra Sinfônica do Paraná - O Instituto de Apoio à Orquestra Sinfônica do Paraná (IAOSP) foi criado em novembro de 2016, por iniciativa do maestro Stefan Geiger e de entusiastas apoiadores da arte e da cultura paranaense. Entre eles estão o seu presidente, o advogado Wilson José Andersen Ballão, e seus diretores, o produtor cultural Samuel Lago e a gerente do Goethe-Institut Curitiba, Claudia Römmelt.A Série Clássicos Universais com o concerto A Sagração da Primavera marca a continuidade da atuação desta associação civil sem fins lucrativos que trabalha em prol da Orquestra Sinfônica do Paraná e da música clássica paranaense, com o objetivo de viabilizar projetos e atividades em parceria com instituições, públicas e privadas, comprometidas com a valorização e fomento da música erudita.

Sobre a Orquestra Sinfônica do Paraná - Fundada em 28 de maio de 1985, a Orquestra Sinfônica do Paraná é um dos quatro corpos estáveis do Centro Cultural Teatro Guaíra. Atualmente o maestro-titular é Stefan Geiger, eleito em 2016 pelos músicos e reeleito em 2018. A OSP é mantida pelo Governo do Estado do Paraná, uma orquestra que pertence a todos os paranaenses.

Grupo da Univali apresenta criação coletiva no Dia Internacional da Dança

Bailarinos interpretam a música “Atrás do Temporal”, do O Mimo

Itajaí – Em tempos de confinamento e pouco contato físico, é preciso criatividade para expressar os sentimentos. O Grupo de Dança da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) uniu-se, mesmo distante fisicamente, e criou uma coreografia coletiva apresentada em um vídeo (disponível em https://youtu.be/7R-4Gcwbdro), que celebra o Dia Internacional da Dança, 29 de abril.

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=168343&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CFR1PR80MB51637D67492177CD1F8441F798AD0%2540FR1PR80MB5163.lamprd80.prod.outlook.com%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CFR1PR80MB51637D67492177CD1F8441F798AD0%40FR1PR80MB5163.lamprd80.prod.outlook.com%3E-1.2
O corpo fala, em alternância de movimentos leves e bem marcados, os bailarinos interpretam a canção “Atrás do Temporal", do grupo O Mimo. Sob direção da professora Luciana Gomes Alves, coordenadora do grupo e docente dos cursos de Dança e de Educação Física da Univali, eles gravaram em suas próprias casas, em cenários diversos, que ajudam a compor a mensagem que a música traz, de leveza e esperança de que viver é mais do que sonhar e há sol atrás do temporal.

“Cada um trouxe a sua contribuição, gesto, interpretação. O nosso grupo tem várias linguagens coreográficas e essa produção é uma homenagem a todas as pessoas que, de alguma forma, estão contribuindo para deixar esses dias de pandemia melhores, desde os profissionais que atuam diretamente com a doença até as pessoas que estão em casa. É um presente também aos artistas, que, em sua maioria, não podem atuar na área no momento e ficam muito prejudicados", afirma a professora Luciana.

O Grupo de Dança Univali

O Grupo de Dança Univali é um projeto vinculado à Seção de Artes da Vice-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários, que desenvolve a arte da dança no ambiente universitário e possibilita o acesso à cultura por parte da comunidade interna e externa à universidade. O projeto também proporciona aos participantes novas linguagens corporais e formação acadêmica por meio da dança. Acadêmicos e voluntários com experiência em dança integram o grupo. Além de realizar oficinas de criação e aulas de técnica de dança, o grupo desenvolve coreografias de Jazz, Contemporâneo e Street Dance para apresentação nos eventos do calendário estadual e dos campi da Univali.

Sobre O Mimo

O projeto "Mimo" é formado pelos cantores e compositores Giana Cervi, alumna (egressa) do curso de Fonoaudiologia e docente do curso de Música da Univali, por Vê Domingos e Bruno Kohl. A proposta do trio é explorar a leveza do contato entre o artista e o público, com letras sensíveis e melodias contagiantes.

Para mais informações sobre o curso de Dança da Univali, acesse www.univali.br/danca-itajai.

Live ‘deLIVEry 360’ será apresentada pela ex-BBB Ivy Moraes e pelo ator Eri Johnson

Transmissão na sexta feira (01) terá apresentações de Naiara Azevedo, Humberto e Ronaldo, Gabriel Gava e Ícaro e Gilmar

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=168383&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCP2P152MB06747748D0CB0158D747593C9CAD0%2540CP2P152MB0674.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCP2P152MB06747748D0CB0158D747593C9CAD0%40CP2P152MB0674.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%3E-1.2
Créditos: Rafael Manson/ Marcel Bianchi

Naiara Azevedo e os artistas que integram o casting de seu escritório, a NA Produções Artísticas, farão uma live solidária, na próxima sexta-feira, dia 01/05. A ideia inovadora trás 4 shows, de diferentes artistas, em uma mesma transmissão. Em um palco 360º, Naiara Azevedo, Humberto e Ronaldo, Gabriel Gava e Ícaro e Gilmar cantarão seus maiores sucessos e grandes hits do sertanejo, a partir das 16h, e você pode conferir essa mega apresentação no canal da Naiara Azevedo no Youtube.

Para trazer mais alegria e entretenimento nessa quarentena, os cantores convidaram a ex-BBB Ivy Moraes e o ator Eri Johnson para apresentarem e mediarem os shows, que também terão interação entre os artistas. Lembrando que tudo está sendo feito dentro das normas da secretaria de saúde do estado de Goiás e mantendo o distanciamento social.

Batizada de deLIVEry 360, a ideia partiu dos artistas, que estavam estudando a melhor forma de levar entretenimento diferenciado para as pessoas que estão em casa nesse momento de pandemia, e todos poderem curtir um pouquinho de música boa. O show virtual vai contar com 4 cenários, um para cada artista, em formato 360°. Durante a transmissão, os artistas irão cantar sozinhos, mas também em parceria com os outros colegas, em seus respectivos cenários. No repertório, os artistas cantarão grandes sucessos de suas carreiras, músicas do início de estrada de cada um, além de hits que marcaram a história do sertanejo.

A transmissão terá participação de alguns influenciadores digitais, que entrarão por chamada de vídeo, para interagir com os artistas e, também, pedirem suas músicas favoritas.

Aproveitando a ocasião, você já pode marcar na agenda a live exclusiva da cantora Naiara Azevedo, que vai rolar no dia 08 de maio, sexta-feira, as 20h, uma semana depois da deLIVEry 360. Com foco total no seu mais novo projeto, o DVD SIM, Naiara está preparando um repertório mais moderno, recheado de músicas novas e dançantes. O show virtual vai ser transmitido no canal oficial da cantora no Youtube (www.youtube.com/NaiaraAzevedoOficial).

Crise, colapso ou tanto faz: o que importa é nosso papel em tudo isso

Por André Luis São Pedro Leal

Das diversas publicações que tenho lido neste momento, fora a participação nas conversas, lives e webinars, a pergunta posta que mais me inquietou foi: estamos diante de uma crise ou de um colapso? E, de fato, é uma excelente pergunta sobretudo porque a situação que se nos apresenta, além de inédita, toma de assalto uma sociedade global atônita, com crise em suas democracias e com um excesso de informação nas plataformas que nos leva mais à desinformação do que ao conhecimento.

Aqui, as respostas simplistas precisam ser afastadas porque o problema é bastante complexo. São muitas nuances, diversos aspectos envolvidos e, o mais importante, vidas sendo atingidas em cheio. Paralelo a isso, sinais do esgotamento de um modelo econômico de concentração de renda e riqueza que as gerações de hoje precisam repensar. Ou o preço negativo do WTI na cotação futura de 20 de abril indica algo diferente disto?

Outro dia ouvi que a ansiedade só traz para o presente os problemas do futuro, geralmente nos pressionando a tomar decisões de maneira errônea. Gostaria de ser propositivo na condução deste texto, contribuindo nas reflexões e fazendo menos barulho. O primeiro ponto de reflexão é que precisamos aceitar as limitações que nos envolvem e, sim, isso significa que alguns de nós perderá pessoas queridas. Muito fatalista da minha parte? Sim, até porque um de nós pode ser vítima. Além disso, o vírus não tem estrutura ética e moral para escolher quem levará.

Nova reflexão: que papel assumiremos aqui para contribuir com o pós (seja crise, seja colapso). Fato é que tudo isso passará, nenhuma novidade aqui. Seguir as recomendações médicas e das autoridades públicas neste momento de isolamento social é uma obrigação, nunca uma opção. Mas sempre virá o pós. Como vamos contribuir? Já se perguntou sobre isso? Você será chamado a contribuir. Cada um de um jeito, cada qual com o seu estilo, mas com capacidade de contribuir com o pós, seja ele com padrões alterados ou com retorno de sistemas do passado.

E, na área empresarial, fico me perguntando qual será a minha contribuição como executivo de finanças. Porque se antes o caixa era rei, agora ele é o supremo ditador do nosso cotidiano. E quando o tema é caixa, e a sua eficiência, o financeiro é chamado ao protagonismo. Verdade que o caixa é de todos, do CEO ao gestor da produção, mas é esperado que o financeiro consiga, via ferramentas de projeção e de uma visão sistêmica mais apurada, apontar quando, ou se, haverá problema. Seja capaz de aumentar o nível de tensão organizacional pela interpretação do caixa da companhia. E a contribuição não se restringe ao caixa. Como um timoneiro experiente, o financeiro precisa ajudar a organização a repensar os novos caminhos. Ousar nas proposições, mas mantendo os pés no chão sobre a capacidade de entrega delas.

E, sempre, e mais do que nunca, precisamos entender que operamos em um ambiente integrado, um ambiente em cadeia, no qual a preservação dos elos é de suprema importância para que o pós seja viável para todos. Estamos sendo chamados, em todas as esferas, a atuar não somente com responsabilidade, mas com empatia, colocando em nosso repertório palavras antigas e que estavam saindo de moda, como generosidade e bondade. Afinal de contas, sairmos todos da crise será melhor do que se só saírem alguns poucos. Pense nisso também.

*André Luis São Pedro Leal é CFO na Biotrop (investidas Aqua) e coordenador do Comitê de Finanças do Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Paraná (IBEF-PR). Na próxima quinta-feira (30/04), a partir das 18h30, irá promover junto com o Comitê de Finanças do IBEF-PR uma webinar sobre as importantes contribuições que os CFO's podem oferecer na busca de alternativas para vencer a crise, através do seu trabalho sistêmico e cooperativo. Mais informações acesse:

https://us02web.zoom.us/webinar/register/WN_CKCik75CRPKPnoBCKElPLg

SOBRE O IBEF PR

O Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças – IBEF é uma instituição sem fins lucrativos, que congrega executivos de finanças dos vários segmentos da atividade econômica do Paraná: executivos das áreas de indústria, comércio, consultorias, empresas de serviços, auditorias, instituições financeiras (bancárias e não-bancárias) e instituições governamentais.

Condomínios podem aplicar sanções a motoristas que não cumprem as regras de trânsito em seus espaços internos

Nos casos de reincidência, a sanção pode chegar até cinco vezes o valor da taxa condominial, além das perdas e danos que se apurarem.

Curitiba, abril de 2020 – Nestes tempos de pandemia em que as pessoas estão ficando mais em seus espaços residenciais é ainda mais importante a conscientização sobre segurança ao transitar dentro de ambientes como os condomínios. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB), no artigo 2º, equipara às vias terrestres as ruas dos condomínios, shoppings, espaços de estacionamento, enfim, locais onde há circulação pública, mesmo sendo ambientes privados.
Pouca gente sabe, mas os condomínios, por exemplo, podem também multar aqueles que descumprirem as regras de trânsito nos seus ambientes internos. A advogada do Secovi-PR, entidade que representa os condomínios no estado, Juliana do Rocio Vieira, conta com muita experiência na orientação desses empreendimentos nos mais diversos tipos de conflitos e diz que ao pensarmos em trânsito nos vem à cabeça a circulação de carros, em sua maioria de pequeno e médio portes, porém, a questão é mais abrangente. “O condomínio deve estabelecer regras também para os pedestres, pois, especialmente as crianças, acabam sendo vítimas frequentes de acidentes nesses espaços, e por ali circulam pessoas de todas as formas: bicicletas, patinetes, motos (moradores e entregadores), caminhões (fornecedores, mudanças e prestadores de serviços), bem como, pensar na informação aos visitantes sobre as regras internas de trânsito”, diz.
Tomando por base o CTB e Legislações Municipais, por competência atribuída pelo artigo 23 da Constituição Federal, os condomínios podem estabelecer regras específicas visando atender as necessidades para o trânsito dentro de suas dependências, como, por exemplo: limites de velocidade, demarcação de faixa de pedestres, bloqueios, áreas de estacionamentos prioritários entre outras. “Essas regras deverão fazer parte do Regimento Interno e, ocorrendo infração, poderá ser aplicada sanção pecuniária ao condômino desrespeitoso”, explica a especialista.
A advogada diz ainda que a lavratura do auto de infração, como prevista no CTB, é prerrogativa do agente de trânsito. “Caberá ao condomínio a imposição das sanções administrativas visando coibir a prática de infrações, bem como resguardar a segurança da coletividade, conforme previsões do artigo 1.348, IV, V e VII, do Código Civil, que estabelece as competências dos síndicos”, afirma.
A especialista explica que o valor das sanções administrativas deve estar previsto no Regimento Interno ou na Convenção do condomínio. “Muitos condomínios estabelecem gradação do valor de acordo com a gravidade da infração, semelhante ao instituído pelo CTB, podendo, nos casos de reincidência, chegar até o valor de cinco vezes o valor da taxa condominial, além das perdas e danos que se apurarem. Dependendo da reiteração deste descumprimento, o condômino pode ser considerado antissocial, imputando-lhe multa de até dez vezes o valor da taxa condominial, ou ainda, em situações mais graves, decidirem por sua expulsão do condomínio”, orienta.
Para Luiz Gustavo Campos, diretor e especialista em trânsito da Perkons, respeitar as leis de trânsito e os limites de velocidade, mesmo que não haja fiscalização, é dever do motorista prudente, e a atenção e os cuidados devem ser redobrados nas ruas dos condomínios. “A velocidade é estipulada considerando o contexto local, o fluxo de carros, pedestres e o perímetro. Essa máxima é válida para condomínios residenciais e shoppings, por exemplo. Por isso, andar em velocidades incompatíveis coloca em risco a vida de outras pessoas, principalmente, das crianças, que são propensas a não se preocupar com carros nas ruas em frente às suas moradias, especialmente, quando falamos de condomínios. Outra atitude que deve ser referência no trânsito seguro é dirigir de maneira defensiva, mantendo distância dos demais automóveis, a atenção ao redor e ciência de sua responsabilidade ao volante”, diz.

Como está o seu mindset durante a pandemia?

Rede Lojacorr alerta para o cuidado com a saúde mental e corporal

CURITIBA, ABRIL DE 2020 – LIDE MULTIMÍDIA – Se você é daquelas pessoas que está acumulando uma série de atividades durante o dia e mal tem tempo para pensar na sua saúde mental e corporal, pare já e leia esse texto. Durante a pandemia, os brasileiros estão aprendendo a trabalhar sem chefe em casa, mas com as mesmas metas, sendo professores dos filhos, tendo que brincar e dar atenção aos pequenos mesmo em enquanto trabalham, limpando e cozinhando. Tudo isso junto e misturado. Há também aqueles solitários que mal recebem visitas de parentes. Não é tarefa fácil dar conta dessa situação e não existe a receita de bolo! Entretanto, de acordo com especialistas em psicologia, treinamento e coach, há maneiras de driblar alguns desconfortos.

A Rede Lojacorr, maior rede de corretoras de seguros independentes do País, criou o programa de comportamento mental: “Como você se sente neste período de quarentena?”, um projeto que tem o objetivo de acolher colaboradores e familiares, com apoio e orientação psicoterapêutica à distância, que pode ser em vídeo, voz ou texto.

De acordo com Carolina Quintino (CRP 08/13621), psicóloga da Rede Lojacorr, esse é também um momento de autoconhecimento, aprendizado e crescimento, além de levar esse repertório para outros desafios da vida. Ela explica que em períodos difíceis é natural sentir ansiedade, principalmente quando sensibilizam os três pilares de sustentação humana: biológico, psicológico e social. “O Coronavírus tem sensibilizado essa estrutura deixando o biológico vulnerável, pois ainda estamos aprendendo sobre a melhor maneira de se imunizar. O psicológico porque o momento solicita novos repertórios comportamentais, expõe as pessoas a estresses, perdas ou trocas de fontes de prazer e aciona o sistema de alerta. O social, pois estamos acostumados a nos protegermos em comunidade, e neste momento, estamos em isolamento, privados do contato”, descreve.

Diante deste cenário de privações é muito comum desorganizar o comportamento, principalmente o alimentar. Embora essas reações sejam naturais, segundo a especialista, é possível ter outra maneira de fazer a travessia deste momento focando no autoconhecimento e ter outras ações que possam trazer mudanças positivas e favoráveis em longo prazo. Entre as sugestões da psicóloga estão: 1) estruture/escreva seu CHAVE+FE, quais são seus Conhecimentos, Habilidades, Atitudes, Valores, Emoções, Fé de propósito, de sentido de vida e Expectativas, potencialize essas características, percebe que você as têm e as terá independente das circunstâncias e isso o torna único, 2) focar no que deu certo durante o dia (escrever diariamente ao que você é grato), isso ajuda a liberar dopamina (neurotransmissor relacionado à motivação); 2) brincar com os pets (momento de ensinar alguns truques de adestramento) ou cuidar de plantas, isso pode auxiliar a reduzir o tédio e se sentir importante; 3) olhar para um lugar amplo, se está difícil porque mora em apartamento, olhe para o céu, perceba que há espaço, se a maior parte de seu corpo está em um lugar menor do que estava antes, seus olhos não precisam estar, dê amplitude a eles; 4) tudo bem se as crianças têm passado mais tempo em frente ao celular ou computador para que você consiga trabalhar, desde que seja em equilíbrio entre os 3 Cs do uso da tecnologia (Conexão com as pessoas de afeto que estão longe -aquela ligadinha por vídeo para os avós e amigos da escola- , Criação de novos conhecimentos – aula de idioma, artes e dentre muitos outros ), Consumo de entretenimento (desenhos), menos do que os outros dois e, é claro, compondo com atividades presenciais (pode ser até brincadeiras associadas a rotina da casa, preparar uma gelatina, ou de estética e higiene, hidratar o cabelo - crianças geralmente gostam de texturas como as dos cremes- separar roupas coloridas das brancas para lavar) e também aquelas espontaneamente sugeridas por elas. “Quanto ao comportamento alimentar, buscar fontes novas de satisfação pode auxiliar a reduzir o poder imediato de prazer da comida, principalmente do doce. E aí, todos os outros tópicos citados, podem ajudar juntamente com a importância de estar no aqui e agora, atento a vocês e as várias possibilidades que o momento lhe dá. Estas são algumas sugestões, o importante é você se conhecer, filtrar as informações e personalizar o seu jeito de aprender e crescer com esse período”, conta.

Marlise Ferreira, professional coach, pós-graduada em Psicologia Organizacional e analista comportamental, acrescenta ainda que a respiração consciente é muito importante para o autocontrole, pois organiza os pensamentos, alivia o estresse, amplia a consciência e contribui para a vivência do momento presente. “A respiração mais longa leva mais oxigênio para o cérebro e nos deixa menos confusos e irritados. Quando nos focamos no presente por meio da atenção que damos à nossa respiração, observamos que, lentamente, vamos tomando as rédeas de nossas emoções e acalmando a mente. Experimente agora: encha o pulmão de ar, trazendo do abdômen até o peito, sinta a ampliação nos pulmões que recebe uma maior quantidade de ar. Segure alguns segundos e solte bem devagar, deixando sair ainda mais ar do que entrou. Repita este exercício de 3 a 5 vezes e vai sentir os efeitos imediatamente”, ressalta.

A Rede Lojacorr também estabeleceu há alguns dias o programa de ginástica laboral à distância, para que o quadro de colaboradores não perdesse a rotina de cuidar da sua saúde física, mesmo em home office.

Sobre a Rede Lojacorr: A Lojacorr é a maior Rede de Corretoras de Seguros Independentes do Brasil. Por meio do seu modelo de negócios disruptivo, realiza a intermediação entre corretoras de seguros e as seguradoras, disponibilizando suporte operacional, comercial e estratégico. Fundada em 1996, a empresa se dedica para oferecer as melhores soluções em distribuição de seguros e produtos financeiros às corretoras e clientes. Presente em 22 estados e no Distrito Federal, por meio de 55 Unidades de Negócios, as 360 mil apólices ativas, foram comercializadas por 3.330 profissionais de seguros, que atuam em mais de 3600 municípios. Tendo como sede administrativa, Curitiba (PR) e sede comercial em São Paulo (SP), a Rede Lojacorr conta também com 220 colaboradores. A Rede Lojacorr está entre as empresas emergentes do Sul e é certificada pelo Great Place to Work.

Cirurgia plástica adiada? Dicas para manter a saúde no pré-operatório em casa

Os planos de quem estava prestes a fazer uma cirurgia plástica mudou, com a pandemia da COVID-19. Segundo recomendações da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), apenas as cirurgias de emergência devem ser realizadas neste período. “Pacientes que tiveram que adiar os planos por conta do novo cenário, é possível reagendar sem custo algum os protocolos e manter cuidados especiais em casa”, explica o cirurgião plástico, Bruno Legnani.

Ele alerta para pequenas atitudes que é possível tomar em casa, para não comprometer o corpo na quarentena, e ainda aguardar com saúde a nova data da operação.

1- Faça exercícios físicos – várias academias fazem transmissões ao vivo nas redes sociais ensinando a fazer aulas de todos os tipos em casa. Encontre uma atividade que goste e não deixe de praticar, por pelo menos, meia hora todos os dias;

2- Beba água – como nosso corpo não está em constante movimento, é difícil ficar com sede. É importante mesmo assim ingerir dois litros, no mínimo, de água por dia;

3- Alimentação saudável – Consuma verduras, frutas, proteínas e evite carboidratos refinados e açúcares. Essa é a base de toda boa alimentação;

4- Vitamina D – foi comprovado que a Vitamina D mantém o sistema imunológico forte, portanto, tome sol na sacada de casa ou na janela por pelo menos 10 minutos antes das 10h da manhã e, se indicado pelo médico, faça suplementação via oral ou injetável de vitamina D;

5- Mente sã – medite, reze, mantenha sua mente em tranquilidade, pois ela também precisa estar em equilíbrio com seu corpo.

O médico lembra que é importante encontrar um profissional que seja registrado pela SBCP. “Seguir as orientações do seu médico é essencial, ele conhece o histórico médico do paciente e indica as melhores ações para cada um, de acordo com suas particularidades”, finaliza.

Sobre Bruno Legnani:

O médico cirurgião plástico Bruno Legnani possui título de especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), tem residência médica em cirurgia plástica e microcirurgia pelo Instituto Nacional do Câncer e fellow internacional em cirurgia plástica estética na Akademikliniken, na Suécia.