Sesc da Esquina retoma exibições gratuitas de cinema e divulga programação

fbdf42ba47c6cc5c4c0ac6776d812265

Após dois anos de suspensão das sessões, em virtude da pandemia, o Sesc da Esquina retoma a programação sistemática de cinema e divulga a programação gratuita para os próximos meses.

A proposta do Sesc PR com a exibição de filmes é proporcionar ao público de trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo, dependentes e para toda a comunidade, o acesso a importantes filmes da cinematografia brasileira e mundial, além de promover a circulação de filmes que não encontram espaço no circuito convencional de distribuição e exibição.

Além dos filmes – selecionados na edição de 2021 da Mostra Sesc de Cinema –, a programação também leva ao público debates e oficinas sobre cinema.

Todas as sessões serão realizadas no Teatro do Sesc da Esquina, na Rua Visconde do Rio Branco, 969.

Os  interessados em agendamentos de grupos escolares e institucionais devem entrar em contato pelo e-mail sac.esquina@sescpr.com.br.

Aurora-007

Confira a programação:

ABRIL

Vida dentro de um melão

(Cataguases-MG / 2020 / 18 min. / Curta-metragem / Ficção / Direção: Helena Souza Neves Frade da Cruz).

Uma garota filma o seu redor. Fantasiada de bicho, o desconhecido te assopra quando o coração quer voar.

Aurora – A rua que queria ser um rio

(São Paulo-SP / 2021 / 10 min. / Curta-metragem / Animação / Direção: Radhi Meron).

Se as ruas pudessem falar, o que diriam? Aurora é uma triste e solitária rua de uma grande cidade. Em um dia de chuva forte, ela relembra sua trajetória, sonha com o futuro e se pergunta: é possível uma rua morrer?

Vento viajante

(Vitória-ES / 2020 / 6 min. / Curta-metragem / Animação / Direção: Beatriz Lindenberg).

Um dia, o vento decidiu viajar para o Nordeste. Pelo caminho, fez muitas descobertas, amigos e deixou saudades.

Data: 27 de abril

Horário da sessão: 13h30

Classificação indicativa: Livre

MAIO

O bem virá

(Recife-PE / 2020 / 79 min. / Documentário / Direção: Uilma Queiroz).

Treze mulheres, treze ventres, treze esperanças, uma foto. E uma busca pelas mulheres que, em 1983, em uma seca no sertão do Pajeú pernambucano, lutaram pelo direito à sobrevivência, num contexto em que ser mulher era se limitar à função de administrar a miséria.

Data: 4 de maio

Horários das sessões: 13h30 e 19h

Classificação indicativa: Livre

Miúda e o guarda-chuva

(São Paulo-SP / 2019 / 70 min. / Animação / Direção: Amadeu Alban).

Miúda é uma menina míope e imaginativa, que cuida de sua planta carnívora de estimação com muito amor e formigas fresquinhas. Às vésperas de completar sete anos, Miúda deseja apenas que a planta lhe chame pelo seu nome, mas a planta exige cada vez mais formigas. Estas, cansadas de serem comida de planta, bolam um plano que envolve poesia, guarda-chuvas e uma máquina do tempo.

Data: 18 de maio

Horários das sessões: 13h30 e 19h

Classificação indicativa: Livre

JUNHO

Kevin

(Minas Gerais / 2021 / 80 min. / Documentário / Direção: Joana Oliveira).

É a primeira vez que Joana, uma brasileira, visita sua amiga Kevin em Uganda. Elas se tornaram amigas há vinte anos quando estudaram juntas na Alemanha e faz muito tempo que não se veem. A partir desse encontro, o filme tece a fina trama que é uma conversa entre duas amigas: as histórias do passado, os desejos, os caminhos trilhados, os diferentes modos de encarar a matéria do vivido e um elo de amor e sororidade que resiste à distância e ao tempo.

Data: 15 de junho

Horário das sessões: 13h30 e 19h

Classificação indicativa: 10 anos

No rastro das cargueiras

(Brasília-DF/ 2020 / 71 min. / Documentário / Direção: Carol Matias).

Bibi atravessa a cidade equilibrando pilhas de metal e plástico em cima da sua cargueira. Essas bicicletas de carga adaptadas por ele e outros catadores cearenses revertem o “lixo rico” de Brasília em oportunidade de reciclagem popular, autônoma e limpa, tentando abrir caminho para uma vida melhor na capital brasileira. “No rastro das cargueiras” apresenta as técnicas, as paisagens e as histórias de um grupo de catadores-ciclistas no contrafluxo do consumo urbano e em luta pelo direito à cidade.

Data: 29 de junho

Horário das sessões: 13h30 e 19h

Classificação indicativa: 10 anos

*com divulgação

Categorias:(CINEMA/CULT/TEATRO), AGÊNCIAS DE COMUNICAÇÃO, AGENDA DA SEMANA, AGENDA DO FIM DE SEMANA, BRASIL, COLUNA VANESSA MALUCELLI, FREE LIFESTYLE, LANÇAMENTOS, TEATROTags:, , , , , , ,

VanessaMalucelliAndersen

Colunista do Site — Divirta-se Curitiba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s