Paraná garante maior delegação na final brasileira do Mundial de Aviãozinho de Papel

afdf9c9b-c31b-4eaf-a099-acc58598f080

De oito vagas, Estado colocou três representantes na decisão nacional, que será disputada dia 18 de abril, no Rio de Janeiro

Isaac (centro) garante vaga à final nacional do Campeonato Mundial de Aviãozinho de Papel (Crédito: Lucas Barbieri)

Com check-in feito e embarque autorizado, oito pilotos já ligam as turbinas da criatividade para alçar voo na decisão brasileira do Campeonato Mundial de Aviãozinho de Papel, o Red Bull Paper Wings, respaldado pela Paper Aircraft Association. Após 20 qualificatórias nas cinco regiões do País, os quatro melhores classificados nas categorias ‘Maior Distância’ e ‘Maior Tempo de Voo’ estão prontos para a final nacional, que será disputada no próximo dia 18 de abril, no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro. De modo especial, Paraná garantiu a maior delegação nesta fase.

Dos oito finalistas, três deles competiram no Paraná. Na categoria ‘Maior Tempo de Voo’, Matheus Amarantes (21 anos) e Pedro Cruz (19), estudantes de Administração, na Universidade Positivo, e Engenharia Elétrica, na Universidade Federal do Paraná, respectivamente, garantiram vaga à final. O primeiro conseguiu manter seu aviãozinho por 7.73 segundos no ar, enquanto Cruz teve 6.50s de índice.

“No colégio, nas horas vagas, eu e meus amigos fazíamos aviões de papel. Agora, estou olhando alguns vídeos para aprimorar meus conhecimentos e testar os protótipos antes da final nacional”, comenta Amarantes.

“Eu e meu pai sempre brincávamos de montar e jogar aviõeszinhos de papel. Fazíamos competições pra ver qual modelo chegava mais longe. E ele até foi comigo na seletiva do evento. Para a final nacional, eu chego muito animado e pretendo melhorar a minha marca”, afirma Cruz.

Já o estudante de Medicina Veterinária da UniFil, Isaac Queiroz (19 anos), foi o segundo colocado no ranking geral da categoria ‘Maior Distância’ ao lançar o seu aeromodelito a 36.60m de distância, atrás apenas do recifense Richard Amorim (37.10m). Ele competiu na seletiva de Londrina, uma das primeiras nesta sexta edição do evento.

“Eu brincava com aviões de papel na escola, quando tinha uns 10 anos. No evento, então, eu já sabia algumas coisas, mas, para a final nacional, eu treinarei bem mais. A minha expectativa está bem alta”, diz o jovem.

Agora, os estudantes precisam mostrar todas as suas habilidades com dobraduras, ciência e criatividade de olho no título brasileiro. Os campeões de cada categoria carimbam passaporte à decisão mundial do evento, em maio, na Áustria, diante de outras 61 nações. Já o(a) vencedor(a) da modalidade ‘Acrobacia’, cuja disputa é 100% online via TikTok’, será conhecido no dia 22 de abril. Confira, abaixo, a lista dos finalistas:

Maior Distância:

(1) Richard Amorim (PE) – Educação Física, na Universidade Federal de Pernambuco – 37.10m

(2) Isaac Queiroz (PR) – Medicina Veterinária, na UniFil – 36.60m

(3) Erlon Cardoso (PE) – Administração, na Universidade Federal de Pernambuco – 34.17m

(4) Lucas Barbieri (RJ) – Direito, no Centro Universitário Anhanguera – 33.60m

Maior Tempo de Voo:

(1) José Silva (GO) – Engenharia de Produção, na Universidade Federal de Goiás – 9.62s

(2) Nayder Teixeira (MG) – Engenharia de Controle e Automação, na Universidade Federal de Ouro Preto – 8.28s

(3) Matheus Amarante (PR) – Administração, na Universidade Positivo – 7.73s

(4) Pedro Cruz (PR) – Engenharia Elétrica, na Universidade Federal do Paraná – 6.50s

Conheça as categorias

Aviõezinhos com área maior e asas mais largas ou os mais compactos e finos. Cada modalidade do Red Bull Paper Wings requer atributos específicos com dobraduras visando ao ajuste ideal da aerodinâmica da aeronave movida à criatividade e energia individual. Em 2022, serão três categorias especiais:

Maior distância: O vencedor desta categoria é o participante cujo avião de papel percorrer o maior trajeto, ou seja, a maior distância entre a decolagem e o ponto de chegada.

Maior tempo de voo: O vencedor desta categoria é o participante cujo avião de papel permanecer por mais tempo no ar.

Acrobacia: O participante grava um vídeo mostrando suas habilidades lançando um avião de papel com muita criatividade e originalidade, posta em seu perfil aberto ao público no TikTok, marca @redbull e adiciona as #Brasil e #redbullpaperwings. Os vídeos serão submetidos a um painel de jurados brasileiros, que vão considerar engajamento, performance do voo e criatividade para definir quem ficará com o título.

Sobre o Red Bull Paper Wings

Em sua sexta edição, o Campeonato Mundial de Aviões de Papel conta com a presença de mais de 60 países e 405 qualificatórias pelo mundo. No Brasil, as seletivas da competição passaram por Ribeirão Preto (SP), Sorocaba (SP), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Londrina (PR), Manaus (AM), Maringá (PR), Ouro Preto (MG), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP) e Salvador (BA).

O público brasileiro pode acompanhar todos os resultados e a disputa no País e no mundo por meio do site https://paperwings.redbull.com/br-pt/ .

*com divulgação

Categorias:AGENDA DA SEMANA, Bebidas, BRASIL, COLUNA VANESSA MALUCELLI, DIVIRTA-SE, ESPORTES, evento, FREE LIFESTYLE, GASTRONOMIA, LANÇAMENTOS, SHOWSTags:, , , , , , ,

VanessaMalucelliAndersen

Colunista do Site — Divirta-se Curitiba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s