Leite é saúde: 5 dicas preciosas para combater a osteoporose

A osteoporose é causada pela perda de massa óssea: os ossos ficam porosos e, portanto, mais frágeis. Essa condição é um fator importante de risco para as pessoas idosas, pois aumenta significativamente o índice de fraturas em acidentes sem gravidade.

 

A prevenção da osteoporose se faz com uma boa formação óssea nos primeiros 20 anos de vida e, na fase adulta, com a reposição de cálcio. O leite é a mais rica fonte natural de cálcio. Por isso ele é essencial na dieta de todas as pessoas – crianças, adolescentes, adultos e idosos.

 

A seguir, Dr. Elza Daniel de Mello, médica e nutróloga parceira de Parmalat, dá algumas dicas para se manter longe da osteoporose.

  1. Beba leite. De qualquer tipo

O leite é a mais rica fonte natural de cálcio, o elemento mais fundamental para a saúde dos ossos.

Existem no mercado diversos tipos de leite: pasteurizado, ultrapasteurizado ou UHT, nas versões integral, semidesnatado e desnatado. Todos são igualmente bons para o sistema ósseo, já que o teor de cálcio não se altera com os procedimentos industriais usados para desnatar o leite e eliminar micro-organismos.

O mesmo vale para o leite zero lactose. Nele, a lactose é desintegrada em uma reação enzimática que também não interfere no cálcio.

 

  1. Muito leite para crianças e adolescentes…

Os primeiros 20 anos de vida são a fase de constituição dos ossos. O cálcio que a criança e o adolescente ingerem é o “tijolo” do sistema ósseo – por isso a ingestão de leite tem tanta importância.

Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) recomenda que até aos 10 anos, o indivíduo deve tomar em média 500ml diários de leite. Na adolescência, a dose mínima é ainda maior: aumenta uma média de 50% para 750ml ao dia. Isso porque o crescimento se acelera, e é nesta fase que 40% da massa óssea é formada.

 

  1. …sem descuidar da idade adulta

O leite segue sendo importante para os adultos. Os ossos já estão formados e a partir daí começam a perder massa. O cálcio do leite é fundamental para a reposição dessa massa.

Mulheres grávidas e lactantes devem beber em torno de 1 litro de leite ao dia – para a própria nutrição e a do feto/bebê. Pessoas idosas também precisam de cerca de 1 litro diário.

 

  1. Dê preferência ao leite puro

Estudos indicam que alimentos adicionados ao leite, como o chocolate e o café, podem interferir na absorção de cálcio pelo organismo. Por isso, o ideal é dar preferência ao leite puro. Mas, o mais importante é consumir leite! A adição destes ingredientes pode melhorar a aceitação ao sabor. Assim, é melhor consumir o leite adicionado de chocolate ou café do que não consumir.

 

  1. Cultive hábitos saudáveis

Além do consumo do leite. É importante sempre manter hábitos saudáveis. Tenha uma alimentação equilibrada e pratique exercícios regularmente. Tome sol para estimular a produção de vitamina D, que também é essencial no processo de formação óssea.

*com divulgação

Categorias:AGÊNCIAS DE COMUNICAÇÃO, AGENDA DA SEMANA, AGENDA DO FIM DE SEMANA, Bebidas, BRASIL, COLUNA VANESSA MALUCELLI, DIVIRTA-SE, FREE LIFESTYLE, GASTRONOMIA, LANÇAMENTOS, SAÚDETags:, , , , , , , ,

VanessaMalucelliAndersen

Colunista do Site — Divirta-se Curitiba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s