A IMPORTÂNCIA DOS EXERCÍCIOS FÍSICOS DURANTE A QUARENTENA

A prática moderada de atividades ajuda a manter o corpo e a mente saudáveis

Neste período de isolamento social pelo qual o Brasil está passando, assim como em todo o mundo, por conta da pandemia do Covid-19, a rotina das pessoas acaba sofrendo alterações. A prática de atividades físicas nas academias e parques acaba reduzindo, já que muitos lugares estão fechados por tempo indeterminado. Contudo, para não perder o condicionamento físico, mantendo a forma e a musculatura, inclusive auxiliando no bem-estar das pessoas neste momento, os exercícios físicos dentro de casa são opções importantes para manter o corpo e a mente saudáveis.

O professor de educação física do Santa Mônica Clube de Campo, Gabriel Nappi, recomenda que as pessoas se exercitem de algum modo durante este período de quarentena, mantendo uma rotina com hábitos saudáveis. Já existem várias modalidades de treinos rápidos e exercícios on-line disponíveis na internet que podem ajudar quem deseja iniciar alguma atividade em casa. O tempo de duração do exercício, para que ele seja efetivo, é de seis a dez minutos, sendo repetido de três a cinco vezes por semana.

O treino sempre deve começar de maneira leve, principalmente para quem não está acostumado, utilizando os próprios móveis e objetos da casa como apoio, como cadeiras, garrafas pet com água, ou até sacos de alimentos como pesos para musculação. Corredores ou ambientes com mais espaço podem ser propícios para a prática de polichinelos, abdominais, flexões, ou mini-circuitos, o importante é não ficar parado. Outra dica é procurar fazer as atividades sempre no mesmo horário, pois este hábito pode se tornar uma rotina, facilitando a integração das atividades na programação do dia, tornando-a menos maçante, declara Nappi.

Os idosos ou pessoas com mais de 60 anos também devem ser incluídos nas atividades, pois para eles as práticas promovem a manutenção da força e do equilíbrio necessários para evitar quedas e fraturas. Outros fatores trabalhados em conjunto também ajudam neste momento de distanciamento social mantendo uma vida saudável, como alimentação balanceada, boas noites de sono e hidratação.

“Com as práticas das atividades físicas, mantendo o corpo em movimento, diversos benefícios podem ser observados como o fortalecimento do sistema imunológico, necessário neste período de pandemia, contribuindo para uma mente tranquila e reduzindo o estresse e sentimentos de ansiedade que momentos como esses causam nas pessoas”, ressalta Gabriel Nappi.

10 dicas de atividades em casa para cuidar da saúde mental durante pandemia, segundo pesquisadora da UFPR

A pandemia do coronavírus colocou as pessoas diante do medo do desconhecido e da sensação de vulnerabilidade, o que pode ocasionar aumento de ansiedade e até depressão. É o que explica a pesquisadora Lidia Weber, do Departamento de Psicologia e Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná (UFPR), líder do grupo de pesquisa “Infância, Adolescência, Família e Comunidade”. A Organização Mundial de Saúde (OMS) também alerta que as incertezas provocadas pela Covid-19, doença causada pelo coronavírus, os riscos de contaminação e a obrigação de isolamento social podem agravar ou gerar problemas mentais.
Diante disso, a OMS publicou um guia para cuidar da saúde mental durante a pandemia para profissionais de saúde, crianças e idosos, líderes de equipes e pessoas em quarentena. Para pessoas em isolamento social, a orientação é ficar em contato e manter a rede de amigos e conhecidos, estar atento aos sentimentos e seguir notícias confiáveis, evitando boatos e “fake news”.

Atividades sugeridas produzem previsibilidade, diminuem a vulnerabilidade diante do desconhecido e acalmam o estresse. Ilustração: Luiza M. Nery/Agência Escola UFPR
Nesse sentido, a professora da UFPR sugere atividades em casa para para cuidar da saúde mental. “O ser humano é um ser de afeto por excelência. É o que temos de mais importante na vida: as relações afetivas. Agora precisamos ficar longe fisicamente, mas podemos desenvolver estratégias bem bacanas de proximidade”, diz Lidia.
De acordo com a pesquisadora da UFPR, todas as atividades indicadas abaixo produzem previsibilidade, diminuem a vulnerabilidade diante do desconhecido e acalmam o estresse – algumas, geram alegria, emoções e proximidade afetiva entre as pessoas. Confira:
1) Pratique autocuidado
O autocuidado refere-se ao enfrentamento do desconhecido, permite sair da vulnerabilidade do desconhecido que assusta e tomar as rédeas com as próprias mãos. Esse também é um fator de prevenção para a saúde mental, pois com autocuidado diminuímos os riscos, a ansiedade e o estresse, podendo fazer outras atividades. Pensar em coisas que podemos controlar é fundamental para o ser humano. É o que se denomina de autocompaixão, ajudar a si mesmo. E nessa crise ajudar a si mesmo é também ajudar o outro. Ter autocuidado é pensar em si mesmo e nos outros, é um fator humanitário. Isso aumenta nosso nível de esperança e positividade.
2) Ajude com o que você já faz
Como você, por meio de sua profissão, pode disponibilizar gratuitamente algo pela internet? Um vídeo com dicas de Psicologia ou de imposto de renda? Ou tocar um instrumento musical? Ensinar a fazer um bolo diferente? O que você está esperando? Somos uma só humanidade.
3) Faça cursos online gratuitos
São úteis, tiram o foco da pandemia por algum tempo e ensinam. Atualmente estão sendo disponibilizados cursos e vídeos em várias áreas, desde algo novo dentro de cada área (Psicologia, Nutrição, Artes etc.) até atividades que já eram feitas, como aulas de ginástica de academias.
4) Programe atividades de organização
Atividades de organização trazem sensação de controle e reduzem ansiedade. Aquelas gavetas cheias de coisas que não são mais usadas, o monte de roupas que pode separar para doar, as mil fotos do celular que nunca organizou etc. Com crianças, é bem interessante inventar coisas fofas, como arrumar as meias por cor, limpar os brinquedos e colocar na estante por tamanho. Para quem tem jardim, é bem especial anotar quantas vezes o passarinho pousou na árvore, tirar as pequenas ervas daninhas e alinhá-las lado a lado por tamanho etc.
5) Faça visitas online para amigos e familiares
Programe as visitas online por Skype ou chamada de vídeo. Não vale ficar só falando do drama atual. Dá para inventar brincadeiras: cada um traz uma lembrança da infância ou cada um conta uma piada ou charada (assim precisa procurar, anotar…) etc.
6) Assista a filmes e séries
Permite muitas risadas e acalma o estresse. Se você gosta de dramas, alterne dramas com comédias. Assista junto à família e depois brinque com qual personagem cada familiar é parecido.
7) Medite
A Psicologia já tem comprovado o quanto exercícios simples de meditação trazem retorno para diminuir estresse e ansiedade, mesmo em curto tempo. Podem ser 10 minutos de meditação pela manhã e à tarde. Sente-se em um espaço calmo, feche os olhos, observe mentalmente o seu corpo, respire profundamente pelo nariz, segure um pouco e solte pela boca de modo profundo. Preste atenção em sua respiração. Deixe seu pensamento solto, calmo, pense como é bom estar aqui e agora. Depois, mexa-se com tranquilidade, espreguice e dê os parabéns a si mesmo.
8) Elogie
Faça potes de elogios. Uma vez por dia cada membro da família escreve um elogio para os outros. Os bilhetes podem ser abertos no final de semana, por exemplo. Pode-se fazer o mesmo com outros membros da família que estão distantes e depois os elogios serão lidos online. Para ainda se divertir, a família pode programar peças de teatro em que as crianças fazem o roteiro e são protagonistas.
9) Exerça a gratidão
Escreva cartas de gratidão. Pelo o que você é grato em sua vida? O passarinho que viu hoje no jardim? O fato de ter uma casa para ficar em quarentena? A quem você é grato? E para você mesmo, o que você fez que tem orgulho e quer agradecer a si mesmo? Depois marque momentos para que as cartas sejam lidas para todos.
10) Faça um quadro de rotina e identifique emoções
No quadro de rotina diária, insira atividades com os membros da família, de cuidado, organização e diversão. Com crianças, tire fotos das emoções básicas de cada um dos membros: alegria, surpresa, medo, raiva, nojo, tristeza. Coloque as fotos de todos os membros da família lado a lado (se não conseguir imprimir, podem verificar digitalmente) e dê risadas. Depois das emoções primárias, tire fotos de outras emoções mais complexas: vergonha, orgulho, desprezo, culpa, melancolia, alívio, vergonha, frustração, ternura, irritação, saudade, gratidão etc. Essa atividade ajuda crianças, adolescentes e adultos a identificarem e aprenderam mais sobre as suas emoções.

Pequenos negócios de chocolate e doces buscam alternativas para driblar a perda de clientes na Páscoa

Com a crise provocada pela pandemia do coronavírus, empresas estão investindo, principalmente, nas mídias sociais para se aproximar do público

A Páscoa, principal período de vendas para a indústria do chocolate durante o ano, se transformou, em 2020, em um dos maiores desafios já encarados pelos setores. Com a crise provocada pela pandemia do coronavírus, os empresários que esperavam um crescimento de 5% a 10% nas vendas este ano (de acordo com pesquisas do segmento), estão tendo de criar soluções alternativas para reduzir o impacto com a restrição de deslocamento dos clientes imposta em praticamente todos os estados.

A crise foi um duro golpe para a empreendedora de Curitiba, Rosana Correa, que já trabalhava com doces há dois anos, mas que começou a se dedicar exclusivamente à atividade no final de 2019. Ela já havia comprado embalagens e produtos para a produção de ovos de páscoa e outros doces, além de ter recebido as encomendas quando a pandemia atingiu o país. “Com a situação atual fiquei com receio de atender os clientes, mesmo com todos os cuidados e com a utilização de recursos como o delivery. Comecei a me preocupar com os prejuízos que teria”, afirma.

Foi quando ela descobriu a campanha nas redes sociais “Páscoa Adiada” #pascoaatéjunho, criada por confeiteiros de diferentes locais para estender os pedidos da data para o mês de junho, período que daria um fôlego para a produção dos confeiteiros. Ela resolveu aderir à campanha e o resultado foi bem recebido pelos clientes. “Muitos clientes me apoiaram. Alguns estavam pensando em cancelar os pedidos voltaram atrás e outros realizaram até mesmo mais pedidos. Acredito que dessa forma poderemos produzir com mais segurança qualidade para o nosso cliente”, ressalta a empresária. Com isso, ela espera começar a produzir os ovos em maio e assim recuperar boa parte das vendas perdidas ao longo do período de Páscoa.

A empresária Adeline Torquato, de Pinhais, região metropolitana de Curitiba, também afirmou que as vendas devem ser muito prejudicadas por conta da crise do coronavirus, especialmente por forçar uma contenção de gastos durante a Páscoa para muitas pessoas. Ela afirma que deve intensificar os informativos para a realização de encomendas e retomar o delivery de ovos e doces. “Queremos estimular a realização de mais pedidos por parte de nossos clientes para que possamos atingir um faturamento mínimo para manter as contas em dia”, explica.

Atento às necessidades específicas desses empreendedores, o Sebrae preparou um conjunto de sugestões que podem ser adotadas para reduzir as perdas com a pandemia do Coronavírus.

CUIDADOS FINANCEIROS

O momento pede que empreendedores revejam seus gastos e cuidem do controle do fluxo de caixa. Repense expectativas de vendas, evitando compras desnecessárias, inclusive para o período da Páscoa. Se trabalha com encomenda, peça mais prazo de produção para seu cliente. Se tem contas em aberto com fornecedores, renegocie prazos de pagamentos. Se necessário, reduza sua oferta (mix) de produtos, trabalhando apenas com aqueles que garantem boa margem de lucro, priorizando liquidar o estoque acumulado e não fazer compras arriscadas. A hora é de apertar os cintos.

CUIDADOS COM A PRODUÇÃO

Todo estabelecimento de alimentação deve cumprir as Boas Práticas de Fabricação (BPF) e manipulação de alimentos. No cenário atual, as BPFs devem ser revistas e implementadas por completo, caso haja falhas de operação, conforme estabelece a RDC ANVISA nº 216/04, disponível em no link. A RDC deve ser lida e compreendida, destacando-se que os responsáveis pela manipulação devem ter conhecimentos sobre contaminantes alimentares, doenças transmitidas por alimentos, manipulação higiênica dos alimentos e boas práticas. Um exemplo de cuidados é a redução de microrganismos presentes na pele em níveis seguros, durante a lavagem das mãos com sabonete antisséptico ou por uso de agente antisséptico (como o álcool 70%) após a lavagem e secagem das mãos. Luvas e máscaras também podem ser aliadas, mas devem ser substituídas com frequência. No Portal do Sebrae estão disponíveis materiais orientativos, incluindo um curso EAD de boas práticas, disponível no Portal do Sebrae.

CUIDADOS COM A SAÚDE

Esteja atento à sua saúde e das pessoas ao seu redor, seja sua família, fornecedores ou clientes. Respeite as distâncias e oriente a todos sobre as cautelas necessárias. Muitas confeitarias são formadas por empreendedores que trabalham sozinhos, ou que contam com poucos auxiliares. É fundamental que você ou seu colaborador se afaste totalmente da produção caso haja suspeita da doença ou de contato com doentes, ainda que a princípio pareça um leve resfriado. Monitore a temperatura corporal e esteja atento a tosses e falta de ar.

REPENSANDO O MODELO DE NEGÓCIO

É importante repensar o modelo de negócio nesse momento. Se a empresa trabalha com um ponto fixo, a alternativa para driblar a falta dos clientes é investir imediatamente nas mídias sociais, nas plataformas de comércio eletrônico e nos aplicativos de entrega. Comunique ao cliente (o que muitas vezes acontece por aplicativos de comunicação e redes sociais) que seu negócio está adotando todas as medidas cabíveis que prezam pela segurança e qualidade do seu produto. Atente-se para que todos os seus fornecedores e prestadores de serviço (como entregadores) também tenham todo o cuidado necessário com o coronavírus.

OPORTUNIDADES PARA CONFEITARIAS
Para a confeitaria, o momento é mais propício para produtos que sejam protegidos (embalados individualmente). Alimentos a serem compartilhados (como bolos de corte) são um possível foco de contaminação no momento de o cliente compartilhá-los com seus amigos e familiares. Além disso, o adiamento de diversos eventos e confraternização limitarão essas demandas. A confeitaria apresenta muitos produtos de tamanhos menores, e apostar nessas opções, embalando-as individualmente, é uma oportunidade. Nessa linha de produtos, entram os brownies, cupcakes, pão de mel, docinhos, bolo de amanhã, bolo no pote, dentre outros.

Comer saudável e com a família reunida à mesa é a dica de chef de cozinha para a quarentena

Professora de Gastronomia da São Judas – Unimonte ainda ensina duas receitas para fazer com as crianças

Hoje, mais do que nunca, as pessoas precisam comer saudável e juntas à mesa, de preferência no mesmo horário, para criar uma rotina. Essa é a dica da chef de cozinha e coordenadora do curso de Gastronomia da São Judas – Campus Unimonte, Maria de Fátima Gonçalves, para os tempos de isolamento social, por conta da pandemia da Covid-19.

Para a professora, é o momento de parar e se socializar com mais tranquilidade, coisa que, com a vida corrida de antes, não era possível para a maioria das pessoas. “Isso vale para a hora das refeições, que devem ser feitas mais ou menos no mesmo horário e com a família reunida”.

Outra dica de Fátima é restabelecer, por meio da culinária, o contato com as avós, um pouco comprometido pela distância recomendada entre elas e as crianças.

“É a hora de pedir para a avó a receita daquele bolo gostoso que ela faz, aprender algum segredo de seus pratos. Tudo isso é possível por meio da tecnologia. Depois, é só fazer e mostrar para ela, que vai adorar, com certeza”.

Na cozinha - Com as crianças em casa, uma outra atividade que vale a pena é leva-las para a cozinha para preparar alguma coisa com a ajuda delas. “É um bom momento para mudar o hábito alimentar dos pequenos, para que eles comam melhor, ensinando que vão ficar mais fortes”.

A seguir, receitas da professora Maria de Fátima para fazer com as crianças, sempre zelando por sua segurança na cozinha.

COOKIES DE BAUNILHA

Ingredientes

· 290g de Farinha de trigo
· ½ colher de chá de Fermento em pó
· 1 Ovo
· 100g Açúcar
· ½ colher de chá de Essência de baunilha
· 100g de Manteiga sem sal
· 1 colher de sopa Syrup / mel / karo
Modo de Preparo

1. Misture, com a ponta dos dedos (ou na batedeira com o gancho), a farinha, o fermento, o açúcar e a manteiga gelada até obter uma farofa grossa. 2. Adicione o ovo e o syrup. Sove levemente até obter uma massa homogênea.

3. Leve à geladeira por 15 minutos. Abra com o rolo, corte os cookies e asse por 12 a 15 minutos. Deixe esfriar para decorar.

Pão de Queijo

Ingredientes

· 500g de polvilho doce
· 400g de queijo meia cura ralado ou parmesão
· 2 copos de leite
· 1 copo de óleo
· 3 ovos
· 1 colher de sobremesa de sal
Modo de Preparo

1. Coloque para ferver o leite, o óleo e o sal e leve a ferver.
2. Escalde o polvilho misture bem e deixe esfriar
3. Junte os ovos um a um e depois o queijo ralado.
4. Faça as bolinhas e leve para assar.

31 de Março – Dia da Saúde e Nutrição

31 de Março – Dia da Saúde e Nutrição
No Dia da Nutrição, aprenda a preparar receitas saudáveis para sua refeição
Predilecta indica dois pratos com os seus ingredientes que podem ser adotados na dieta

Salada de Milho Predilecta é um dos pratos recomendados
Clique na imagem para baixá-la em alta resolução
No dia 31 de março o Brasil celebra o Dia da Saúde e Nutrição, que tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância da saúde e da boa alimentação. A data leva as pessoas a repensarem os seus hábitos alimentares, já que tudo o que consumimos tem impacto direto em nossa saúde.
A nutricionista da Predilecta, Bianca Neves, alerta sobre a importância da escolha de alimentos saudáveis no cardápio diário: “Uma refeição saudável tem que incluir o consumo equilibrado de nutrientes necessários para ao bom funcionamento do corpo. Alimentando-se bem é possível melhorar e muito a qualidade de vida”, comenta a profissional.
Para celebrar o Dia da Saúde e Nutrição, a Predilecta preparou algumas receitas que podem ser saboreadas durante a data. Confira:
Salada de Milho Predilecta Grelhado
O milho traz nutrientes que ajudam na prevenção de doenças nos olhos, atuam no fortalecimento do sistema imunológico e ajudam a emagrecer. Que tal preparar uma deliciosa salada com ele? Veja a receita:
Ingredientes
· 1 lata de Milho em Conserva Predilecta
· ½ pimentão amarelo
· ½ cebola roxa
· 1 pimentão dedo-de-mola
· Caldo de 1 limão siciliano
· ½ colher de chá de cominho em pó
· ½ colher de chá de sal
· 6 ramos de coentro
· Azeite a gosto
· Cubos de gelo
Modo de preparo
Descasque e corte a cebola em cubos pequenos e transfira para uma tigela, junto com os cubos de gelo e cubra com água. Mantenha a cebola imersa enquanto prepara o restante dos ingredientes;
Coe o Milho em Conserva Predilecta, lave e seque o pimentão, as folhas de coentro e a pimenta dedo-de-moça;
Leve uma frigideira ao fogo médio e quando estiver bem quente, acrescente o Milho Em Conversa Predilecta e deixe-os grelhar. Quando estiver dourado, coloque os grãos em uma travessa e deixe amornar;
Descarte as sementes e corte o pimentão em cubos pequenos. Corte a pimenta dedo-de-moça ao meio, no sentido de comprimento;
Escorra a água e junte a cebola ao Milho em Conserva Predilecta. Adicione o pimentão, a pimenta, o caldo de limão e duas colheres de sopa de azeite. Tempere com o cominho e o sal. Misture as folhas de coentro e a salada está pronta!

Salada de Cogumelos Predilecta

Especiaria carrega nutrientes que auxiliam no bem-estar do corpo

Clique na imagem para baixá-la em alta resolução

O cogumelo possui alto valor proteico e ainda oferece inúmeros benefícios para a saúde. O ingrediente auxilia na prevenção ao câncer, na perda de peso, no funcionamento do intestino, ajuda no aumento da imunidade do corpo, na redução do colesterol, entre outros. Para usar este rico ingrediente, a Predilecta sugere o preparo de uma deliciosa Salada de Cogumelos. Confira a receita:
Ingredientes
1 Cogumelo Champignon em Conserva Predilecta
2 talos de salsão
Caldo de 1 limão
½ xícara de chá de queijo parmesão ralado fino
2 colheres de sopa de azeite
Sal e pimenta do reino
Modo de preparo
Lave, seque, descarte as folhas e corte o salsão em fatias finas. Reserve. Escorra o Cogumelo Champignon em Conserva Predilecta e corte eles em 4 faias, no sentido do comprimento;
Em uma tigela, misture bem o queijo parmesão ralado, o caldo de limão e o azeite para formar um molho. Junte as fatias de Cogumelo Champignon em Conserva Predilecta e o salão e misture;
Tempere com pimenta e prove antes de temperar com o sal;
Sirva a salada com torradinhas de pão italiano!

Conheça o produto:

Sobre o A Predilecta
A Predilecta é hoje um dos maiores produtores de alimentos do país. Entre os alimentos produzidos destacam-se os atomatados, condimentos, doces, conservas, molhos, massas, vegetais e goiabadas. O grupo desenvolve, produz e comercializa produtos de alta qualidade que são elaborados com equipamentos de tecnologia de ponta em conformidade com as mais rigorosas normas de processo de fabricação. Atualmente o grupo é auditado e fiscalizado pelos órgãos mais exigentes, que comprovam a qualidade e a segurança alimentar durante toda a cadeia de produção. Produz também diversos itens com marcas próprias das principais redes supermercadistas do país. O Grupo emprega hoje mais de 4 mil funcionários dentro das 4 unidades e mais de 8 mil colaboradores externos. Exporta seus produtos para mais de 58 países. São 27 anos de tradição no ramo alimentício.

Saiba mais sobre a Predilecta:
http://www.predilecta.com.br/

Aproveite o momento em casa para se cuidar

Conheça quatro passos essenciais para manter a limpeza, hidratação, sustentação e proteção da pele

Comando News - A orientação do momento para se proteger é sair de casa apenas quando necessário para evitar a disseminação acelerada do coronavírus. Por isso, a recomendação é ficar em casa o máximo possível, saindo apenas quando for estritamente necessário, sempre muito atento aos cuidados com a higiene pessoal. ”Especialistas da área de saúde afirmam que lavar as mãos com sabão pode ser mais eficaz que fazer higienização apenas com o álcool gel. O álcool gel é apenas uma alternativa quando não é possível mesmo higienizar as mãos com água e sabão”, lembra Cleyton Ogura, CEO da Belclinic Dermoativos.

Entretanto, uma das partes boas de ter mais tempo é a chance de aprimorar a rotina de autocuidados que incluem alimentação, exercícios físicos, cuidados com cabelos e pele, atividades que geram bem-estar como leitura, meditação e música. Em matéria de autocuidados, a BelClinic Dermoativos tem uma rotina de quatro passos de cuidados diários que garantem a limpeza, sustentação, hidratação e proteção da pele. Confira:

Passo 1 - Limpeza

A limpeza é o primeiro e mais importante passo a ser realizado. Sabonetes líquidos com formulações especiais como própolis que é um antinflamatório natural e chá verde que acalma e equilibra o PH da pele e proporcionam uma limpeza profunda. O ideal é lavar o colo, pescoço e rosto para preparar bem a pele para receber o tratamento que promove a firmeza.

Passo 2 - Sustentação

A partir dos 25 anos de idade a produção de colágeno e ácido hialurônico começa a diminuir. Esse processo é responsável pelo aparecimento de rugas, marcas de expressão e flacidez. Para amenizar os sinais de envelhecimento da pele é ideal utilizar séruns com ingredientes como estimulantes e antioxidantes como colágeno, DMAE, ácido hialurônico, resveratrol, e vitamina C. Esses ingredientes estimulam a atividade celular como à produção de colágeno e elastina, suavizam rugas, marcas de expressão e reduzem manchas. Além disso, proporcionam firmeza e sustentação da pele.

Passo 3 - Hidratação

Água é vida. Uma pele bonita e saudável necessita de água. Princípios ativos biohidratantes como extratos de algas marinhas, vitaminas e resveratrol hidratam e protegem a pele das agressões de agentes externos. Esses elementos repõem de forma natural e gradativa as substâncias que estão em falta na pele, intensificando o brilho natural e provendo a proteção necessária contra os radicais livres.

Passo 4 - Proteção Solar

A proteção solar é fator indispensável para manter uma pele saudável e evitar rugas e manchas. Aliada a princípios ativos como colágeno e elastina, a proteção solar adequada impede que os raios UVA, UVB e luz azul penetrem na pele, provocando queimaduras, manchas e câncer ao mesmo tempo que a protegem.

Bônus - Como higienizar as mãos do jeito correto

A higienização das mãos é uma das principais formas de prevenir-se doenças. Isso se deve ao fato de que as mãos estão constantemente em contato com vírus e bactérias. Quando você toca, por exemplo, superfícies e até outras pessoas com as mãos e depois toca boca, olhos e nariz com as mãos contaminadas, pode-se adquirir doenças.

Muitas pessoas acreditam que o álcool em gel é tão bom quanto água e sabão higienizar as mãos. A resposta dos especialistas é bastante simples: tanto o uso de álcool em gel quanto o de água e sabão são importantes para a limpeza das mãos e prevenir a proliferação de vírus. Entretanto, o álcool em gel deve ser usado apenas quando não há como lavar as mãos de forma alguma. Caso contrário, o ideal é lavar as mãos seguindo 11 passos simples como orienta a ANVISA órgão ligado ao Ministério da Saúde:

Abra a torneira e molhe as mãos, evitando encostar na pia.
Aplique na palma da mão quantidade suficiente de sabonete líquido para cobrir todas as superfícies das mãos (seguir a quantidahttp://www.anvisa.gov.br/servicosaude/controle/higienizacao_simplesmao.pdfde recomendada pelo fabricante).
Ensaboe as palmas das mãos, friccionando-as entre si.
Esfregue a palma da mão direita contra o dorso da mão esquerda (e vice-versa) entrelaçando os dedos.
Entrelace os dedos e friccione os espaços interdigitais.
Esfregue o dorso dos dedos de uma mão com a palma da mão oposta(e vice-versa), segurando os dedos, com movimentos de vai-e-vem.
Esfregue o polegar direito, com o auxílio da palma da mão esquerda (e vice-versa), utilizando movimento circular.
Friccione as polpas digitais e unhas da mão esquerda contra a palma da mão direita, fechada em concha (e vice-versa), fazendo movimento circular.
Esfregue o punho esquerdo, com o auxílio da palma da mão direita (e vice- versa), utilizando movimento circular.
Enxágüe as mãos, retirando os resíduos de sabonete. Evite contato direto das mãos ensaboadas com a torneira.
Seque as mãos com papel-toalha descartável, iniciando pelas mãos e seguindo pelos punhos.

Sobre a BelClinic Dermoativos

Fundada em 1991 por Mutsumi Ogura, a empresa é referência em tratamento de pele, com presença em 11 estados por meio de uma rede de distribuidores. Atualmente, conduzida por Cleyton Ogura que é engenheiro formado pela Unicamp e pós-graduado em administração pela FGV-SP e palestrante.

A Belclinic tem produtos exclusivos de limpeza, firmeza, hidratação e proteção de pele. Mais informações em www.belclinicbrasil.com.br

Especialista alerta sobre a importância de se exercitar corretamente durante isolamento social por coronavírus

Ortopedista e traumatologista, Dr. Marcello Zaboroski sugere exercícios físicos para fazer em casa e fortalecer o sistema imunológico e dá dicas de alongamento para evitar lesões.

São Paulo, março de 2020 - Para tentar reduzir o contágio do novo coronavírus e casos recentes da Covid-19, o Governo do Estado e a Prefeitura têm adotado uma série de medidas que visam restringir a aglomeração e a circulação de pessoas. E a principal delas é que os brasileiros fiquem em casa.

Com essa nova rotina de isolamento social no mundo, a atividade física é essencial para ocupar a mente durante o período de quarentena e fortalecer o sistema imunológico, já que o exercício físico gera um desvio do estado de homeostase orgânica, levando a reorganização da resposta de sistema imunológico.

Mas é importante saber quais exercícios podem ser feitos em casa e os principais cuidados a serem tomados. O especialista em ortopedia e traumatologia do Hospital Vila Lobos, do Hospital São Cristóvão e diretor clínico do Instituto Ortopédico Santa Maria, Dr. Marcello Zaboroski, alerta sobre exercitar-se com responsabilidade e ressalta a importância do alongamento para não se lesionar.

“Estamos em quarentena voluntária e manter-nos saudáveis e ativos também é uma forma de fortalecer nosso sistema imunológico. Com curta duração de tempo, é fundamental evitar o sedentarismo para manter o tônus muscular, além de ajudar na circulação sanguínea. E o alongamento é essencial para evitar lesões e contraturas musculares durante a prática de atividades físicas por todos os tipos de atletas, do iniciante ao fitness.” explica o médico.

É muito importante, então, levar em consideração os diferentes perfis e faixas etárias desses “atletas caseiros”. Para idosos, gestantes e crianças são recomendados exercícios de baixo impacto, como elevação lateral dos braços, elevação frontal dos braços, abdominal, bicicleta imaginária, elevação das pontas dos pés e corrida estacionária, sempre tomando cuidado para evitar quedas e traumas, seja em tapetes, chinelos, móveis.

Já os atletas que praticam atividades físicas regularmente, mas que estão impedidos de frequentar a academia e parques, devem iniciar as atividades pelo alongamento para depois realizar sua rotina de fortalecimento, que deverá ser adaptada às restrições do lar, utilizando utensílios domésticos, como garrafas de água, sacos de mantimentos e objetos pesados para realização de exercícios de maior impacto. Entre os exercícios sugeridos estão: pular corda, flexão de braço, barra fixa, mergulho no banco, prancha no solo, agachamento, bíceps, elevação lateral e frontal de braços, abdominal, polichinelos, bicicleta imaginária, elevação de ponta de pé e corrida estacionária.

“Fazer exercício em casa pode ser o primeiro passo para quem deseja sair do sedentarismo. Outra boa dica para melhorar a resistência e a imunidade é ter uma boa alimentação. E usar aplicativos de treinos também pode ajudar a cuidar do corpo de forma mais saudável. Mas vale lembrar que antes de iniciar qualquer atividade física, a pessoa não pode ter restrições ou contraindicações médicas.”, alerta Zaboroski.

Dr. Marcello Zaboroski é médico ortopedista e traumatologista do Hospital Vila Lobos, Hospital São Cristóvão e diretor clínico do Instituto Ortopédico Santa Maria. Graduado pela Universidade de Santo Amaro. Residência medica no H.G. Vila Penteado. Com especialização em Quadril e trauma. Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia.

Centauro transmitirá treinos grátis e ao vivo para estimular exercícios em casa

Profissionais de educação física oferecerão aulas gratuitas de diversas modalidades, entre alongamento, funcional e mobilidade, para auxiliar as pessoas a se manterem em movimento, mesmo diante da pandemia de coronavírus

A partir de hoje, a Centauro promoverá treinos diários, ao vivo e gratuitos em seu canal do Instagram (@centauroesporte). Conduzidas por um grupo de profissionais de educação física, credenciados, as aulas têm o objetivo de incentivar a prática de atividades físicas, mesmo diante da pandemia de coronavírus, que tornou necessária a permanência das pessoas em suas casas.

Os treinos terão duração de aproximadamente 30 minutos, e trarão um momento especial de cuidados com a saúde e descompressão, já que o esporte é um grande agente transformador da vida das pessoas, e pode contribuir positivamente no atual cenário.

Pensando em proporcionar a todos a oportunidade de participar dos treinos, o programa acontecerá diariamente, em diferentes horários. Os interessados poderão conferir no Instagram e no Facebook da Centauro toda agenda de treinos do dia seguinte, as modalidades que serão oferecidas e o perfil do profissional que conduzirá cada atividade.

Além disso, a marca dará 15% de desconto e frete grátis* em produtos que ajudam na prática de exercícios em casa, como colchonetes, faixas elásticas e halteres. As ofertas já podem ser encontradas aqui: https://esportes.centauro.com.br/hotsite/treine-em-casa.

Para todas as informações a respeito de prazos de entrega, trocas e políticas de segurança durante esse período, acesse: https://www.centauro.com.br/sc/de-olho-coronavirus.

*Frete grátis e cupom de desconto válidos somente para produtos da lista, vendidos e entregues pela Centauro.

TREINE EM CASA COM A CENTAURO

Quando: todos os dias

Que horas: as informações estarão disponíveis nas redes sociais da marca diariamente

Como: pelo IG da Centauro no Instagram (@centauroesporte)

Com quem: profissionais de educação física credenciados

Alimentação saudável é aliada da imunidade e do bem-estar

Rede Mundo Verde orienta como manter hábitos saudáveis e reforça o atendimento à população pelo canal Olá Nutri

A alimentação balanceada e a inclusão de alguns suplementos e shots de imunidade são importantes aliados no fortalecimento do sistema imunológico, contribuindo para a proteção contra vírus e bactérias. A pandemia de coronavírus COVID-19 e a chegada dos dias mais frescos do Outono, que começa oficialmente nesta sexta (20), tornam ainda mais necessário todo o cuidado com a alimentação.

Esta é a recomendação de Flavia Morais, diretora de Pesquisa & Desenvolvimento de Produtos do Mundo Verde, maior rede de produtos naturais e orgânicos da América Latina. “Além disso, a hidratação também é fundamental, por meio de água, chás e sucos de frutas”, destaca ela, acrescentando que o Mundo Verde conta com um canal, o Olá Nutri, dedicado a sanar dúvidas dos consumidores sobre alimentação saudável. O canal atende de segunda a sexta-feira das 10h às 17h pelo e-mail olanutri@mundoverde.com.br.

Confira abaixo algumas sugestões de alimentos e suplemento que podem ser ingeridos, além de receitas práticas para manter a imunidade lá em cima.

ALIMENTOS
Couve, Cenoura, Tomate: O betacaroteno, um antioxidante presente nesses alimentos, combate as infecções e estimula as células imunológicas.
Gengibre: É imunoestimulante, possui ação expectorante, reduz a inflamação e a dor. Com a raiz, faz-se os chás. Já o pó, pode ser adicionado em sucos e receitas diversas.
Mel: Ação bactericida e antisséptica. É um bom coadjuvante no tratamento de problemas pulmonares e da garganta. Contém substâncias que agem como antibióticos naturais. Não deve ser fervido para não perder suas propriedades. Pode ser consumido puro ou para adoçar o chá.
Goji berries: Em 100g dessas frutinhas temos 2500 mg de vitamina C, que tem ação antioxidante, além de estimular a atividade imunológica do corpo. Também é fonte de betacaroteno, relacionado a maior defesa imunológica.
Cacau: Fonte de zinco, nutriente crucial para a o bom funcionamento do sistema imunológico.

SUPLEMENTO
Spirulina: Fortalece a imunidade por possuir proteínas que são utilizadas como substrato pelo sistema imune e que ainda contribuem para formação de anticorpos, produção de vitamina A e carotenoides, que são importantes para a secreção e a proliferação de linfócitos (células de defesa).

RECEITAS MUNDO VERDE
Suchá com gengibre
Ingredientes
150 ml de água
1 colher de chá branco
½ cenoura⠀
Suco de 1 laranja⠀
½ mamão papaia
1 colher (chá) de gengibre em pó
Modo de preparo
Leve 150 ml de água ao fogo. Antes de levantar fervura, desligue e acrescente 1 colher de chá de chá branco.
No liquidificador, bata ½ cenoura, suco de 1 laranja, ½ mamão papaia e 1 colher (chá) de gengibre em pó. Após formar um líquido homogêneo, adicione o chá branco gelado, bata novamente e sirva.

Shot com própolis
Ingredientes
1 colher de café de gengibre ralado
1 limão espremido
15 gotas de própolis
2 gotas de óleo de copaíba

Shot Antiox
Ingredientes
1 limão
1 colher de chá de cúrcuma
1 pitada de pimenta preta
2 gotas de copaíba

Shot com cúrcuma
Ingredientes
½ limão espremido
5g de glutamina
½ colher de café de cúrcuma
½ colher de sobremesa de pólen

Modo de preparo
Misture todos os ingredientes e sirva.

Sobre o Mundo Verde
O Mundo Verde, maior rede de lojas especializadas em produtos naturais e orgânicos da América Latina, é referência em qualidade de vida e alimentação saudável. O Mundo Verde conta com mais de 400 pontos de venda em todo o Brasil.

Saiba mais sobre o Mundo Verde:
Site: www.mundoverde.com.br
Instagram: www.instagram.com/mundoverde_brasil
Facebook: www.facebook.com/mundoverde

COVID-19 não é transmitido por cachorros e gatos

Creches e Pet Shops devem ser evitados? Quais cuidados com os peludos diante deste cenário? Confira todas as respostas com a Dra. Daniele Zurita Perrella responsável pelos cães da Creche Pet Family

Desde que o COVID-19 chegou ao Brasil, a busca por informações a respeito do contágio por animais domésticos aumentou muito e muitas informações equivocadas e ambíguas estão sendo divulgadas.

De pronto, respondo que não há qualquer evidência de que cães e gatos possam ser infectados pelo COVID-19, bem como possam transmiti-lo para humanos. Entretanto, não é por isso que vamos deixá-los em ambiente contaminado.

Recentemente li uma matéria que está sendo amplamente divulgada de que os pets pegam Coronavirus, mas que os seus sintomas são diferentes, semelhantes a uma Parvovirose e fim. A matéria limitava-se a essa informação. Para um veterinário, essa informação não tem nada de errada. Para tutores, que não tem conhecimento de que o Coronavirus tem diversas “versões” essa informação pode ser um problema.

O Coronavirus é na verdade um grupo de vírus comum entre os animais. Em casos muito raros, ele é o que os cientistas chamam de zoonótico, que pode ser transmitido de animais para seres humanos, de acordo com os Centros dos EUA para Controle e Prevenção de Doenças.

Logo, existem vários tipos de Coronavirus, tem Coronavirus bovino, felino, canino, de galinha, diversos coronavirus em morcegos e em seres humanos, entre outros. Cada tipo de Coronavirus tem um conjunto específico de sintomas para os seus hospedeiros.

CORAVIRUS CANINO E FELINO

Nos cachorros, o Coronavirus pode aparecer de duas formas: uma com manifestação respiratória e outra entérica – essa última mais comum e que causa um quadro de diarreia.

É importante salientar que essas duas formas de Coronavirose canina são prevenidas por meio da vacinação anual, a V8 ou V10.

Já os felinos também têm seu coronavirus próprio (FCoV), que pode causar a Peritonite Infecciosa Felina, a PIF. A doença é encontrada em praticamente todo o mundo e, infelizmente, até o momento, não existem vacinas para prevenir o FCoV.

Em resumo, nos pets o sistema gastrointestinal é acometido, o que é muito semelhante a Parvovirose, causando sintomas completamente distintos dos coronavirus humanos.

Esses tipos de Coronavirus que acometem pets não são transmissíveis aos humanos e não têm relação com o covid-19.

O COVID-19 FOI TRANSMITIDO POR ANIMAIS?

Ainda é cedo para fazer afirmações a respeito do COVID-19, o que se sabe é que é uma doença zoonótica, como a SARS (síndrome respiratória aguda grave) e que o surto iniciou-se, aparentemente, no mercado de Wuhan, na China, o qual contava com uma seção de animais silvestres, onde eram vendidos animais vivos ou abatidos.

Assim que os cientistas decifraram o código genético do novo Coronavirus, os morcegos se tornaram os principais suspeitos, seja por transmissão direta aos humanos ou por meio de um animal infectado (um intermediário).

O que se pode afirmar até o momento é que do morcego – ou outro hospedeiro intermediário, para o humano o COVID-19 é uma zoonose, mas somente nesta hipótese.

Os animais domésticos, gatos e cachorros, não contraem ou transmitem covid-19.

E O CASO DO CÃO DE HONG KONG?

Qualquer animal que esteja em um ambiente com extrema contaminação pode apresentar o vírus no organismo. Temos que tomar cuidado com a desinformação.

Quando tivemos o surto da SARS em 2003 alguns animais que estavam em ambientes contaminados apresentaram teste positivo para doença, apesar de não desenvolverem nenhum tipo de sintoma, bem como, não tivemos casos de animais domésticos transmitindo a doença para humanos, e vice e versa.

Sendo assim, a respeito do caso em questão, sigo o que a Dra. Shelley Rankin, microbiologista da Escola de Medicina Veterinária da Universidade da Pensilvânia, Filadélfia, afirmou em uma matéria recentemente publicada no jornal Science:

“No momento, não há pesquisas para apoiar a disseminação humano a animal. Amostras do cão de Hong Kong tinham um pequeno número de partículas virais presentes. Em um animal sem sinais clínicos de doença, é difícil dizer o que isso significa. Foi um caso único e aprendemos que precisamos fazer muito mais pesquisas sobre o potencial do vírus humano SARS-CoV-19 para infectar animais. ”

https://www.sciencemag.org/news/2020/03/quarantine-cat-disinfect-dog-latest-advice-about-coronavirus-and-your-pets

CUIDADOS GERAIS

Estamos diante de um vírus de baixa taxa de mortalidade (comparado ao seu antecessor, SARS), mas alta virulência.

Tosse, espirro, beijos ou abraços podem causar exposição. O vírus também pode ser transmitido ao tocar em algo que uma pessoa infectada tocou e depois em sua boca, nariz ou olhos, e é aí que surge o problema.

Pense bem, se uma pessoa infectada espirrar na mão, fazer carinho no cachorro e, depois outra pessoa entrar em contato com aquele cachorro o que pode acontecer? Bem, se essa pessoa colocar a mão na boca, olho ou nariz, há grande chance de contágio. Exatamente como pode acontecer com maçanetas e balcões.

Ainda, esse cachorro poderá sim apresentar o vírus no seu organismo, uma vez que ele pode lamber o próprio pelo ou um ambiente contaminado, o que não significa que ele apresentará sintomas.

O PET NÃO ESTARÁ TRANSMITINDO COVID-19, mas sendo um meio de transmissão, carregando vírus pelo ambiente.

É uma questão de higiene básica, se a pessoa não entender que deve usar máscaras, luvas e manter a distância adequada de outros seres vivos, não só o pet dela como toda a casa será um ambiente com alta carga viral.

Para quem está com a doença, o contato com o animal deve ser evitado, sem os famosos lambeijos. Atualmente, os pets são como um integrante da família, sendo assim, o interessante seria deixá-lo em um hotel para animais ou aos cuidados de outra pessoa durante o período de quarentena do tutor, assim, evitamos que o pet carregue o vírus por todo o ambiente familiar.

Caso não tenha essa possibilidade, é importante passar álcool em gel sempre que for brincar com eles, mexer em ração, brinquedos ou petiscos.

Os passeios não ser cortados, por uma questão de bem-estar animal – algo que não devemos esquecer, sendo assim, escolha os horários de menor movimento nas ruas, bem como evite locais aglomerados, e use produtos de higiene animal nos pelos e patas antes e depois do passeio.

CRECHES E PET SHOPS DEVEM SER EVITADOS?

Não vejo motivo para evitar esses locais. O importante é a quarentena respeitar a quarentena, então se estiver doente, deixe outra pessoa passear com o pet, levá-lo ao veterinário ou creche. Assim evita a contaminação humana.

Esses locais costumam ter protocolos de limpeza e desinfestação melhor que o doméstico, exatamente para diminuir riscos de contágios de doenças entre pets e colaboradores.

É essencial verificar que o local que você levando o seu pet é limpo e mantém um protocolo de higiene entre clientes, pets e colabores.

Na situação em que estamos, os banhos são essenciais, afinal, o vírus não gosta da limpeza.

A recomendação para as creches de cachorro é a mesma, não há contágio de covid-19 entre cães, logo, não há motivo para evitar. É importante apenas diminuir ao máximo a proximidade com humanos, para isso, a tecnologia ajuda muito.

Daniele Zurita Perrella

CRMV. 39807

Valéria Rossi

CRMV. 37203
SOBRE O PET SHOP E CRECHE PET FAMILY
Idealizado pelas especialistas em Comportamento Canino, Cleide Souza Lima e Camila Lima de Almeida, o Pet Shop e a Creche Pet Family são referência no Grande ABC. Localizados na cidade de Santo André e São Caetano do Sul, as unidades oferecem o que há de melhor para deixar o pet seguro e tranquilo e proporcionar a eles todo conforto, saúde e bem-estar.

Com um time de profissionais altamente qualificados todos os procedimentos são realizados no tempo do PET para evitar qualquer tipo de estresse ou desconforto. Além disso, as instalações são limpas e desinfetadas de acordo com as normas de boas práticas de assepsia em relação ao ambiente e os materiais utilizados.

A Pet Family também oferece aos clientes serviços e comodidades que proporcionam mais praticidade para a vida dos tutores e seus PET’s como Taxi Dog, Day Care, Estética Animal, Consultas com Veterinários, Acupuntura para Cães e Lojinha PET.

MAIS INFORMAÇÕES:

PET SHOP PET FAMILY

Rua das Caneleiras, 706 – Santo André

WhatsApp – 11 96642-1768

CRECHE PET FAMILY

Rua Marina, 1490 – São Caetano

WhatsApp – 11 99519-6375

Acesse:

www.petfamilyabc.com.br

Perfil Instagram @petfamily

Últimos dias para se inscrever na Amazing Runs Ilha do Mel

Prova que acontece nos dias 21 e 22 de março, tem distâncias para atletas iniciantes e experientes; inscrições se encerram na segunda-feira (16)

As inscrições para a Amazing Runs Ilha do Mel, organizada pela Associação Pro Correr e Global Vita Sport, se encerram na segunda-feira (16) às 23h59. A prova que acontece nos dias 21 e 22 de março, tem como cenário o parque estadual da Ilha do Mel, um dos destinos turísticos mais bonitos do Brasil. Com distâncias de 6 km, 9km, 14Km e 21Km, a ilha paranaense recebe desde atletas iniciantes e até os mais experientes para uma das provas mais charmosas do país.

Pelo sexto ano consecutivo, a Amazing Runs Ilha do Mel reúne atletas de todos os estados brasileiros e do exterior. Considerada por muitos um dos principais pontos turísticos do país e um refúgio ecológico, a ilha está localizada a menos de uma hora da capital paranaense.

Amazing Runs Ilha do Mel

Data: sábado, 21 e domingo, 22 de março de 2020
Local: Estação Ecológica e Parque Estadual Ilha do Mel, Ilha do Mel Paraná (Nova Brasília)
Largada dos percursos de 6km e 14km - sábado, dia 21 de março às 9h30
Largada dos percursos de 9km e 22km - domingo, dia 22 de março às 8h
Informações e inscrições: https://www.ticketagora.com.br/e/amazing-runs-ilha-do-mel-2020-29279
Organização e realização: Associação ProCorrer e Global Vita Sports

Quais cuidados devemos ter em casa para manter o cabelo saudável?

Especialista conta que o shampoo e até a temperatura da água são importantes

Quem tem cabelo comprido, tanto homens quanto mulheres, sabe que manter o brilho e a maciez não é uma tarefa fácil, principalmente quando há alguma tintura ou alisamento envolvido.

Tanto na escolha de produtos quanto em cuidados simples, ainda são desconhecidos para a maioria que tipo de reações o cabelo pode ter quando práticas não aconselhadas por cabelereiros são feitas, ocasionando desde fios elásticos até a quebra e perda deles.

“Algumas coisas simples, como qual a temperatura da água ou o shampoo certo para o cabelo fazem completa diferença no resultado final, por mais que você não dê a devida atenção. Uma escolha errada pode arruinar todo um processo de transição entre o cabelo alisado de volta para o cabelo afro, por exemplo”, conta Priscila Nepomuceno, cabelereira e proprietária do Studio Dellas.

Você sabe como cuidar do seu cabelo? A especialista revelou algumas dicas sobre como ter o mínimo de cuidados em casa par anão precisar correr até o salão.

Vemos muitas propagandas de produtos que prometem ser “sem amônia”, mas o que a amônia realmente causa no cabelo para ser evitada?

Focado em quem tem descoloração no cabelo, seja para um tom colorido, loiro ou ruivo, a amônia pode comprometer a cor, pois tira o fundo que já existe no cabelo. Em partes naturais, quando produtos com amônia são usados, você pode notar partes do cabelo com reflexos vermelhos ou castanhos mais claros, é um sinal de que a amônia teve sua parte em mudar a cor.

Como a água da lavagem pode influenciar o cabelo?

Pessoas que tomam banhos muito quentes costumam ter descamação ou casca facilmente, assim como o aumento da oleosidade e ressecamento. Em casos mais extremos, pode haver vermelhidão e irritação no couro cabeludo, apenas pela temperatura elevada da água.

Quando o cabelo tem tintura ou irá recebê-la, o ideal é usar água morna, pois ajuda a abrir a cutícula e é um meio-termo entre as temperaturas. A água bem gelada, conta Priscila, é a melhor opção quando se procura bastante brilho. Infelizmente, não é comum por conta do banho gelado, que pode ser desconfortável para a maioria da população.

Qual shampoo usar?

Independente do tipo de cabelo, o principal é usar uma linha sem sal. Se você alisa o cabelo, por exemplo, ou faz outros procedimentos de cuidado no salão, ao chegar em casa e usar um produto que carrega sal, provavelmente irá estragar todo o trabalho feito.

O sal na composição do shampoo é feito apenas para fazer espuma e dar a impressão de que estamos ficando mais limpos. Ao usar um sem sal, é possível perceber que ele não fará tanta espuma assim, mas o benefício para os fios é bem maior. É possível verificar a existência do componente no próprio rótulo na hora da compra, a maioria das linhas populares são carregadas desse mineral. O resultado é a falta de brilho, perda da maciez e ressecamento.

Essa dica, além de fazer com que o cabelo fique mais bonito, ainda pode fazer com que tinturas e progressivas durem muito mais tempo.

Quais cuidados são necessários com os produtos que temos em casa?

Cremes específicos, como máscaras de hidratação, têm químicas que influenciam o cabelo e nos fazem ter o resultado que desejamos, mas é preciso se atentar ao manuseá-los.

Quando você abre a embalagem, não deve colocar a mão dentro, ou seja, sua pele não deve entrar em contato direto com o produto que está dentro do pote. Para pegar, é aconselhável usar uma colher de plástico – outros materiais também podem contaminar, ou luvas.

Ao colocar sua pele em contato com o creme, irá perder a maior parte do valor que ele tem, o que diminui seus resultados. O ideal é pegar sem contaminar, e então já passar rapidamente nos cabelos, podendo utilizar as mãos. Por isso é comum que linhas especiais para salão venham com válvulas pump, assim você nunca toca no produto que ficou ali dentro, apenas no que irá usar.

Quando cortar o cabelo?

Todos os dias, fios caem e fios novos irão aparecer, por isso, passamos a ter o cabelo em camadas, com diferentes comprimentos. O problema é quando parece que há muito cabelo perto do couro cabelo, e nas pontas, parece ralo. Isso acontece porque as pontas não foram tratadas como deveriam.

O ideal é cortar de três em três meses. Quando é feito regularmente, a cabelereira pode tirar apenas meio dedo, sem comprometer o comprimento que o indivíduo deseja, mantendo a saúde do fio e, em alguns meses, o resultado será um cabelo uniforme, apesar das camadas.

Chapinha e babyliss, como fazer em casa?

“Não faça”, afirma Priscila. Os aparelhos foram criados para serem manuseados no salão. A maioria das pessoas não sabe exatamente quais fatores podem influenciar o uso, como a umidade ou o momento certo de usar ou não, quando é preciso tratar primeiro.

É comum vermos vídeos onde alguém tenta usar e acaba cortando uma parte dos fios fora, provavelmente por estar molhado e acabar “fritando” o cabelo, o que ocasiona a quebra. Deixe esse trabalho para o cabeleireiro.

“50% do cuidado é feito pelo profissional, os outros 50% é o cuidado da pessoa para manter. Isso irá decidir se os tratamentos duram ou não”, constata a especialista.

Muitas vezes, detalhes simples podem fazer grande diferença no cabelo e na vida de quem busca fios saudáveis.

Serviço: Studio Dellas

Priscila Nepomuceno

Cabelereira

9.9835-6576

Ébano Pereira 44, 6 andar, sala 602, Centro, Curitiba, PR.

Pessoas com diabetes precisam de atenções especiais, no Carnaval

Pessoas com diabetes precisam de atenções especiais, no Carnaval
Sociedade Brasileira de Diabetes orienta como curtir a folia de forma segura e comenta os equívocos mais comuns durantes os festejos
Às vésperas do início da maior festa do mundo, a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) alerta para cuidados que pessoas com diabetes precisam atentar a fim de evitar episódios de mal estar ou comprometimento da saúde durante o carnaval. Nesse sentido, a nutricionista Dra. Silvia Ramos, coordenadora do Departamento de Nutrição, Exercício e Esportes em Diabetes da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), listou as principais circunstância que geram mais dúvida ou exposição a situações de risco.

Prepare o corpo antecipadamente: Gripes, infecções e viroses podem descompensar a diabetes. Assim, a especialista indica ao folião e foliã verificarem seu estado de saúde previamente e sempre levarem consigo uma identificação de que tem diabetes e as medicações que faz uso.

Beba com moderação: Antes de cair na diversão, a recomendação é que a pessoas com diabetes converse com seu médico para conferir se, de acordo com seu estado de saúde, é possível o consumo de álcool. Em caso positivo, essa ingestão requer um cuidado duplo, visto que, inicialmente, causam uma hiperglicemia e depois podem gerar uma hipoglicemia como rebote.

A Dra Silvia orienta a não ultrapassar duas latas de cerveja, duas taças de vinho ou uma dose de bebida destilada. No caso de refrigerantes e bebidas açucaradas, moderação é fundamental. Ela recomenda também “tomar água ao longo do dia e, nos momentos de folia, intercalar com a bebida se for fazer o uso”.

Avalie sua glicemia periodicamente: Ao considerar possível consumo de álcool associado a atividade física (como dançar e pular), é importante levar um glicosímetro e fazer a medida da glicemia capilar com frequência.

Alimente-se regularmente: “Outra dica é manter a frequência da alimentação em relação aos horários. Se está acostumado a comer a cada três horas, mantenha. Fazer um lanche em casa evita que façamos escolhas que podem alterar demais a glicemia. Mas é importante levar um lanche ou fazer escolhas que possam ajudar neste equilíbrio quando há a ingestão da bebida alcoólica – como frutas, barra de cereais, castanhas, picolé de frutas ou sanduiches, por exemplo”, explica a nutricionista da Sociedade Brasileira de Diabetes.

Hidrate-se: A desidratação pode aumentar a glicemia. Então, para que a folia seja completa, é indicado reforçar o consumo de água, também em função do calor e perda de líquidos por meio do suor.

O que fazer em caso de mal estar: Se durante os festejos ocorrer algum mal estar, a primeira medida é medir a glicemia capilar. De acordo com os valores obtidos, a especialista a orienta:

Hipoglicemia (menor que 70mg/dL): fazer correção com açúcar, refrigerante normal, balas, suco de frutas nas quantidades indicadas para cada pessoa. Após 15 minutos, verificar se a sua glicemia voltou ao normal. Em caso positivo, fazer um pequeno lanche e voltar a aproveitar a festa. “Mas, atenção, meça com maior frequência a glicemia capilar”.

Hiperglicemia (maior que 180mg/dL ou de acordo com orientação médica): descansar um pouco e hidratar-se com água é uma boa solução. Além disso, para aqueles que fazem uso da insulina rápida ou ultrarrápida pode ser feita a correção.

Sobre a SBD
Filiada à International Diabetes Federation (IDF), a Sociedade Brasileira de Diabetes é uma associação civil sem fins lucrativos, fundada em dezembro de 1970, que trabalha para disseminar conhecimento técnico-científico sobre prevenção e tratamento adequado do diabetes, conscientizando a população a respeito da doença e melhorando a qualidade de vida dos pacientes. Também colabora com o Estado na formulação e execução de políticas públicas voltadas à atenção correta dos pacientes, visando a redução significativa da doença no Brasil. Conheça nosso trabalho: www.diabetes.org.br.

Produtos naturais e veganos ganham destaque nas prateleiras da Americanas em todo o País

Companhia amplia segmento de alimentos à base de soja, integrais e veganos. As mais de 1.600 lojas do país já contam com produtos da categoria

Para estimular a mudança dos hábitos de consumo dos brasileiros, em busca de uma vida e alimentação mais saudáveis, a Americanas expande a oferta de produtos naturais, integrais e veganos nas mais de 1.600 unidades físicas em todo o País. De acordo com estudo do Instituto Ipsos, de 2019, 65% dos brasileiros consideram a saúde e o bem-estar físico como os itens mais importantes para alcançar a felicidade, o que influencia diretamente na mudança dos hábitos alimentares.
Apostando nesta transição, a Americanas vem disponibilizando diversos produtos de marcas renomadas deste segmento, como a Flormel, Greenpeople, Mãe Terra e Roots to Go, incluindo a sua linha própria de bebidas e alimentos relacionados ao bem-estar, a Leven. Entre eles estão os populares chips à base de soja e de lentilha da Leven, com sabores variados, certificados pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB). Veganos, os snacks possuem a garantia de estarem livres de qualquer ingrediente de origem animal, desde a etapa de desenvolvimento até sua comercialização final.
Criada pela Americanas em 2015, a marca Leven oferece uma diversidade de produtos como chips de soja, barras de nuts e snacks de granola, entre outras opções de alimentos leves, desenvolvidos com base no padrão de consumo das gerações atuais e futuras.
O sortimento traz ainda itens para diferentes gostos e necessidades, como o mix de castanhas Joy, o chips de coco sem açúcar da Flormel e o chips de batata-doce e mandioca da Roots to Go. Além deles, os amantes da pipoca também têm uma alternativa saudável: a pipoca orgânica Nupoca, da Mãe Terra, é encontrada nos sabores cacau, lemon peper, azeite e sal e açúcar mascavo com coco.
Com a expansão do departamento, a Americanas busca reforçar seu posicionamento na promoção da saúde e do bem-estar para todos, além de estimular melhores práticas de consumo consciente.

Sobre Americanas

A Americanas está presente no dia a dia dos brasileiros há mais de 90 anos, oferecendo tudo que os clientes precisam, a toda hora e em qualquer lugar. Por meio de sua plataforma física com diversos formatos de lojas, sua plataforma digital (via B2W Digital, com as marcas Americanas.com, Submarino, Shoptime e Sou Barato) e a Ame, fintech e plataforma de negócios mobile, são mais de 20 milhões de produtos disponíveis, dentre nacionais, importados e de marcas exclusivas, em mais de 40 categorias. A Americanas é democrática, inclusiva e oferece aos clientes a melhor experiência de compra e os melhores serviços, que incluem serviços financeiros. Para garantir a entrega mais rápida do Brasil, a marca conta com uma logística inteligente, que engloba 15 centros de distribuição em São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Minas Gerais, Santa Catarina e uma equipe altamente qualificada.

5 cuidados para um Verão mais saudável

Segundo especialista, com o aumento das temperaturas os cuidados com a saúde precisam ser redobrados

CURITIBA, 08/01/2020 – O Verão é sem dúvidas a estação mais aguardada do ano pela grande maioria da população. Praia, piscina e viagens animam os brasileiros. Porém, segundo o Dr. Aier Adriano Costa, coordenador da equipe médica do Docway (www.docway.co), devido ao aumento das temperaturas, radiação solar e desidratação alguns cuidados com a saúde devem redobrados. Para facilitar essa tarefa, o médico separou algumas dicas especiais para que o Verão seja tranquilo para todos.

Beba muita água: segundo o médico, nesta época do ano nosso organismo tende a perder mais líquidos e sais minerais, já que transpiramos em maior quantidade para manter a temperatura do corpo controlada, o que pode causar distração. “Consuma pelo menos 2 litros de água e evite o excesso de bebidas alcoólicas ou refrescos muitos doces, já que eles podem acelerar o processo de desidratação”, explica.

Alimentação rica em frutas, verduras e legumes: é sempre bom optar por uma alimentação mais leve (menos energética) e por alimentos ricos em vitaminas e ricos sais minerais, que fornecem um reforço necessário para o nosso organismo, evitando várias doenças.

Evite o sol entre das 10h às 15h: esse é o período de maior radiação solar, por isso é bom evitar ficar expostos ao sol durante esse horário, já que os riscos de queimaduras e câncer de pele aumentam.

Use protetor solar: utilize o protetor sempre 20 minutos antes de sair de casa. Além disso, ele deve ser reforçado a cada duas horas, principalmente se você estiver na praia ou na piscina.

Abuse dos acessórios: chapéus, bonés e óculos são muito bem-vindos. Sapatos abertos e roupas leves também são aliadas, de preferência as roupas claras, que ajudam a evitar a radiação solar, evitando doenças.

Para finalizar, o Dr. Aier Adriano Costa lembra que os cuidados com idosos, crianças e pessoas com problemas cardíacos e pressão alta devem ser ainda maiores, já que eles estão mais suscetíveis aos problemas causados pelas altas temperaturas. “Aproveite o Verão para se divertir, melhorar seus hábitos e praticar atividades físicas. Mas não esqueça da saúde, principalmente se fizer parte de grupos de risco, que exigem cuidados ainda maiores”, completa o Dr. Aier Adriano Costa.

Vila Urbana oferece almoço saudável para quem frequenta o Centro de Curitiba

Vila Urbana oferece almoço saudável para quem frequenta o Centro de Curitiba
O complexo gastronômico, localizado em plena Marechal Deodoro, se destaca pela diversidade gastronômica e preços acessíveis

CURITIBA 24/10/2019 – Se alimentar adequadamente na correria do dia a dia é um grande desafio. Entretanto, nos últimos anos, os brasileiros têm se preocupado cada vez mais com a alimentação, buscando preparos saudáveis, balanceados e saborosos. Pensando nisso, o complexo gastronômico Vila Urbana, localizado no coração da capital paranaense, em plena Marechal Deodoro, conta com operações especializadas em comida saudável. Para te ajudar a encontrá-las, preparamos uma lista com 4 opções de almoço e lanche para quem frequente o Centro da cidade.

Poke to Wok: O famoso prato havaiano leva, originalmente, peixe cru fatiado com molhos à base de shoyu e acompanhamentos. No Poke to Wok você pode montar seu poke como quiser! Uma opção saudável e deliciosa é o Poke Leve Light, que leva salmão ou atum, mix de folhas, quinoa, cenoura, rabanete, tomate cereja, chips de banana, milho torrado, gergelim e cebolete.

Verde Perto: É claro que a tradicional salada não poderia ficar de fora dessa lista. E se engana quem pensa que comer folhas todos os dias pode ser enjoativo. A operação possui dez bowls diferentes de saladas prontas e ainda oferece a opção de monte como quiser, além de diversas variedades de sopas, açaís, brusquetas, massas fit, crepiocas e muito mais! O Verde Perto é realmente especializado em alimentação saudável.

La Salgatteria: A La Salgatteria tem uma linha formada por seis opções de coxinhas fit e low carb. Os sabores disponíveis são: batata doce com mignon; batata doce com frango; beterraba com frango; mandioquinha com pernil; espinafre com frango; e batata doce com frango cremoso. Além das típicas coxinhas, a operação oferece também algumas opções de salgados integrais, como o pastel assado de brócolis e ricota e o de carne bovina com temperos naturais.

Egg Omeleteria: A omelete é uma refeição muito poderosa e nutritiva, isso porque o ovo é fonte de proteínas e vitaminas A, B e D, além de ser rico em minerais como ferro, cálcio, entre outros. Para um almoço saudável, saboroso e proteico, aposte nos pratos da Egg Omeleteria. Uma deliciosa opção é a Jardineira de Legumes, que leva cenoura, couve flor, milho, palmito, brócolis e queijo branco.

O complexo gastronômico Vila Urbana está localizado na Rua Mal. Deodoro (nº 686), no Centro de Curitiba. O empreendimento funciona diariamente a partir das 11h. Mais informações nas redes oficiais da Vila Urbana.