Mesmo ainda sob o efeito da pandemia, rede de intercâmbio cresceu mais de 20% em 2021

Rede em 2020 faturou 20 milhões e bateu a marca de 25 mil intercambistas

Photo by Ilia Schelkanov on Unsplash

Estamos vivenciando o segundo ano de isolamento social e a crise trazida pela Covid-19. As empresas precisaram se reinventar e revolucionar para atender ao novo perfil do consumidor 4.0 que exige uma experiência de compra mesmo no online. Hoje, trabalhar com a tecnologia de forma integrada, pessoal e eficaz tem sido o caminho trilhado. Para o professor Moacir de Miranda Oliveira Junior, Diretor do departamento de Administração da FEA-USP e membro do comitê de direção do C4AI (Center for Artificial Intelligence), uma parceria IBM com a USP e a Fapesp, “existem setores e empresas que estão prosperando em plena crise e há outros setores que vão prosperar fortemente com as mudanças dos modelos mentais e comportamentais dos consumidores a partir das experiências testadas na pandemia”.

O segmento de turismo, viagens e intercâmbio teve um forte impacto, por isso a Travelmate, inovou na comunicação e fez aporte em tecnologia para seguir os atendimentos dos intercambistas e fechar novos pacotes. A agência foi fundada em 2002, por Alexandre Argenta e Eduardo Heidemann e já levou 25 mil intercambistas para realizarem o sonho de estudar fora. Mesmo na pandemia, a Travelmate faturou em 2020 mais de 20 milhões de reais, e tem a previsão de crescimento de mais de 25% em 2021. Isso porque muitos países já estão abrindo as fronteiras para os estudantes e pesquisadores brasileiros, como foi o caso dos Estados Unidos em Maio de 2021.

A comemoração em 2022 dos 20 anos da TravelMate já é celebrada por Heidemann e Argenta que celebram os 200 funcionários e as 50 unidades espalhadas pelo Brasil e exterior. “Levamos a segurança e a maturidade, e a pandemia nos tornou ainda mais resilientes e com os pés no chão! Investimos nos canais de atendimento, chat e redes sociais, trazendo as experiências dos nossos clientes como norte para nossa estratégia de comunicação. Não há receita de bolo, mas fizemos a lição de casa e levamos o nosso lema muito a sério: Sua experiência é a nossa experiência!”, pontua Alexandre Argenta.

Além disso, o primeiro semestre do ano ainda teve os pacotes de intercâmbio com os preços congelados de 2020, que fez com que o intercambista pagasse mais barato com os mesmos serviços oferecidos, impulsionando ainda mais a rede. “Tivemos que mudar nosso modus operandi para uma forma que não imaginávamos, mas sem perder a nossa essência. O jeito simples para resolver as coisas, a rapidez e a personalização de todos os atendimentos contribuíram para que o clientes ficassem e planejassem melhor seu intercâmbio. Acredito que o sonho de estudar fora se intensificou na pandemia, sentindo essa necessidade de buscar melhores oportunidades”, finaliza Eduardo Heidemann, sócio-fundador da TravelMate .

Para saber mais sobre como ter uma franquia da Travelmate e/ou fechar um programa de intercâmbio, acesse: https://www.travelmate.com.br

Sobre a TravelMate
Criada há 19 anos, a TravelMate tem como objetivo promover a educação internacional, por meio de vários programas de intercâmbio que atendem pessoas em todas as fases da vida. O foco está em proporcionar segurança, atendimento e suporte durante toda a vivência desse intercambista em outro país. Como única rede de franquias de intercâmbio e turismo comandada por Alexandre Argenta e Eduardo Heidemann, toda a equipe, das 50 unidades do Brasil, são treinadas regularmente para promover qualidade de vida aos que embarcam com a TravelMate e para que a experiência de trabalhar na TM seja satisfatória para todos(a). Foram mais de 25 mil vidas transformadas pela rede TravelMate, 25 mil projetos tirados do papel e 25 mil embarques para o exterior. A rede ainda é associada da Belta – Associação das Agências de Intercâmbio do Brasil- que existe há 26 anos e é a única associação que tem como foco certificar com o Selo Belta agências confiáveis no setor de intercâmbio, por meio de um processo cuidadoso de análise financeira, técnica e ética das agências. Atualmente, as agências especializadas Selo Belta representam 75% do mercado de educação internacional.
*com divulgação

Categorias:AGÊNCIAS DE COMUNICAÇÃO, AGENDA DA SEMANA, AGENDA DO FIM DE SEMANA, BRASIL, COLUNA VANESSA MALUCELLI, evento, FREE LIFESTYLE, LANÇAMENTOS, OPORTUNIDADETags:, , , , , , , , , ,

VanessaMalucelliAndersen

Colunista do Site — Divirta-se Curitiba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s