Risotolândia promove bate papo online sobre alimentação saudável na fase Escolar e convida comunidade de pais a participarem

1º Riso Talks, com a nutricionista Sarina Antoniassi, acontecerá no

dia 28.06 (terça-feira) e as inscrições são gratuitas

A Risotolândia Serviços Inteligentes de Alimentação, marca do Grupo Risotolândia que fornece alimentação para escolas públicas, vai promover no dia 28/06 (terça-feira) o 1º Riso Talks, um webinar totalmente gratuito que convida a comunidade para uma conversa importante sobre alimentação saudável na fase escolar.

O evento, que tem inscrições pelo SYMPLA, será transmitido via YouTube e toda a comunidade (pais, professores e, estudantes e profissionais de nutrição) estão convidados a participar. “Vamos falar sobre tudo que a criança precisa em fase escolar e que diz respeito à alimentação. Nós fazemos um trabalho muito bacana nas escolas e os pais também têm esse desafio em suas casas”, diz a nutricionista Sarina Antoniassi, que vai conduzir a transmissão.

Entre os temas do evento, que terá 1 hora de duração com 20 minutos finais direcionados às perguntas e respostas, estão: nutrientes e vitaminas necessários para crianças em fase escolar, trocas saudáveis que os pais podem fazer em casa para que as crianças passem a consumir alimentos mais saudáveis, seletividade alimentar (como trabalhar as escolhas da garotada), alimentos para fortalecer a imunidade nessa época de inverno e muito mais.

“Na fase escolar a alimentação exerce papel fundamental, não só para o crescimento, mas para o desenvolvimento e produtividade da criança em sala de aula. Nós já realizamos esse trabalho na Risotolândia, em parceria com as escolas, e queremos dividir esses conhecimentos e dar dicas valiosas aos pais para que fortaleçam o vínculo de seus filhos com a alimentação saudável, lembrando sempre que é nessa fase que os hábitos se formam e acabam ficando para toda a vida”, diz Giuliane Souza, gerente de MKT do Grupo Risotolândia.

· Sarina Antoniassi é Nutricionista com atuação em alimentação escolar há 9 anos. Mestre em alimentação e nutrição e especialista em nutrição em pediatria e nutrição da gestação à adolescência.

Serviço

Inscrições gratuitas aqui: https://bit.ly/risotalks2022

Conheça a Risotolândia: www.risotolandia.com.br

Lobo-guará é visto no Parque Estadual de Vila Velha/PR

Animal é considerado ameaçado de extinção

A noite desta quarta-feira, 22 de junho, contou com a presença de um visitante ilustre no Parque Estadual de Vila Velha, localizado em Ponta Grossa/PR. Um Lobo-guará foi visto na portaria principal do Parque.

Por ser uma área de preservação ambiental, o Parque torna-se refúgio deles e de outras espécies.

“Os Lobos-guará têm um perfil tímido, nada agressivo e não atacam seres humanos. O comportamento deles, quando na presença de pessoas, é fugir e se esconder. A orientação para quando alguém encontrar este animal no Parque é manter a calma e avisar nossos colaboradores”, afirma o Gestor do Parque, Leandro Ribas.

O Lobo-guará é uma das espécies que aparece constantemente na lista de vulnerável do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e, portanto, considerado em risco de extinção. Atualmente, são cerca de 14 mil lobos-guarás no Brasil.

A visita ilustre pode ser vista no link a seguir: https://youtu.be/-JiKwiRd5BA

Palladium Curitiba traz com exclusividade para as férias de Inverno a Fazenda Encantada

Crianças poderão se divertir e brincar em um ambiente que remonta cenário
típico do campo

Com exclusividade para a Capital do Paraná, o Palladium Curitiba promove entre os meses de junho e julho um evento infantil educativo que terá muita brincadeira e aprendizado para os pequenos e para toda a família. A ‘Fazenda Encantada’, que faz parte da programação de férias de inverno do shopping, ficará aberta ao público até o dia 31 de julho e tem como objetivo levar uma experiência única para crianças e pais, com diversas brincadeiras inseridas no cenário da vida no campo.
A atração está disponível no piso L1 do shopping. A palavra ‘Encantada’ traduz efetivamente o que os pequenos irão encontrar no espaço, cuidadosamente montado para levar o cenário mais próximo de um ambiente campestre. Animais que emitem sons, mexem-se e simulam a vida real estão em destaque. São ovelhas, galinhas, cavalos e vacas, todos construídos em pelúcia. No ambiente ainda, árvores em sequência simularam um pomar onde a garotada poderá interagir com seus frutos, ficando por dentro de curiosidades sobre os mesmos.
Neste cenário, se espalham as diversas brincadeiras possíveis, que vão desde a tradicional ‘amarelinha de frutas’, ‘escorrega’ que sai diretamente de dentro de uma carruagem, até um giratório gigante que comporta crianças e adultos. O espaço montado para a garotada também dispõe de balanço inclusivo para crianças com necessidades especiais.
O fato de que a maior parte da população brasileira, 84,72%, vive hoje em áreas urbanas e apenas 15,28% estão nas áreas rurais, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), motivou o Palladium a trazer um evento com essas características.
“Nossa equipe esteve empenhada em trazer uma atração que pudesse unir as delícias do campo e a importância que as brincadeiras infantis têm na vida das crianças, não deixando de levar um tom educativo ao público. Na Fazenda Encantada, os pequenos se divertem e aprendem de forma lúdica sobre temas como natureza, cuidados com animais e um pouquinho sobre a rotina da vida no campo”, diz a gerente de marketing do Palladium Curitiba, Cida Oliveira.

Porque brincar é bom! Veja o que é possível fazer na Fazenda Encantada Palladium Curitiba:
- Reconhecer árvores frutíferas e seus frutos, com atividade imantada;
- Brincar com os colegas em um cenário que conta com a miniatura de animais que vivem em fazendas;
- Subir em um giratório de cadeirinhas para adultos e crianças;
- ‘Brinquedão’ com escorrega gigante, instalado dentro de um celeiro ( típico de fazenda);
- Pular ‘amarelinha de frutas’;
- Balanço de cavalinho;
- Balanço Inclusivo para crianças com necessidades especiais;
- Descer de uma carroça por meio de um escorrega;
- Piscina de Bolinhas.

Como participar
Crianças de 02 até 12 anos de idade.
Bilheteria: R$ 20,00 – 20 minutos - acesso para todo o parque.
Horários: Segunda à sexta-feira das 11h às 23h. Sábados das 10h às 22h e Domingo/Feriado das 13h às 20h.

ONY Dinner Club & Prêmio bomGourmet, vamos votar na melhor feijoada?

Novidades

ONY Dinner Club apresenta novo chef renomado em Curitiba e noites temáticas

O outono e o mês de abril chegaram com novidades no point do momento mais badalado de Curitiba. A ONY Dinner Club, restaurante com casa noturna no charmoso bairro do Batel, começa a nova estação do ano com seu novo chef e noites temáticas especiais regadas ao melhor da alta gastronomia e da música eletrônica.

Pra começar, a cozinha mediterrânea contemporânea da ONY passa a ser comandada por Herculano da Costa, chef reconhecido pela excelência em sua culinária e com passagem por restaurantes estrelados de Curitiba, como C La Vie, Terra Madre, Porcini, entre outros.

Ele chega para reforçar e melhorar as opções já servidas e instigar os clientes a provarem sabores que remetem às cidades mediterrâneas. É um trabalho que tinha começado antes da abertura da ONY, mas que precisou ficar para um segundo momento após o início do atendimento.

“Agora posso trazer à ONY todo o conhecimento que adquiri ao longo dos últimos anos em restaurantes inspirados nas culinárias dos países banhados pelo Mar Mediterrâneo. A gente quer fazer o cliente se sentir realmente naqueles restaurantes na beira do mar”, conta.

Para isso, ele deu um toque mais do que especial aos pratos já servidos, como o carré de cordeiro que passa a ter o acompanhamento do aligot em mix de queijos, alho e nozes na manteiga noisette; o polvo à lagareiro com brócolis ao azeite de alho e azeitonas pretas, e o mignon ao risoto de gorgonzola e rúcula.

A eles se somam as entradas de ceviche de peixe branco marinado no limão com cebola roxa, pimenta dedo de moça, milho, salsinha e chips de batata doce; as ostras frescas trazidas do litoral e preparadas ao natural (sexta e sábado) ou gratinadas no vinagrete cítrico de maracujá, entre outras opções.

Noites temáticas

Para os amantes da alta gastronomia e da bebida de Baco, a ONY Dinner Club abre as portas nas quartas para o Open Wine, com uma seleção especial de rótulos servidos livremente a R$ 49,90 para as mulheres e a R$ 69,90 para os homens.

O Open Wine das quartas é servido junto do cardápio do restaurante a partir das 18h.

Já nas quintas é a ONY Delas, uma noite em que um menu completo de entrada, prato principal e sobremesa mais um drink é servido a R$ 69,90. Homens não ficam de fora, mas o menu sai a R$ 89,90.

Sábado especial

A vibe da boa música e melhores sabores continua na hora do almoço, mas aos sábados. No mais tradicional dia do mais típico prato nacional, o chef Herculano da Costa prepara uma ampla feijoada para quem quer curtir com boa música e gente bonita.

O amplo buffet tem os preparos no formato gourmet, com os cortes selecionados separados por tachos de carne seca, costela, linguiça, apenas feijão, arroz, e demais acompanhamentos. A feijoada é servida livremente a R$ 49,90 por pessoa, das 12h às 17h.

Para acompanhar tanto a feijoada como todas as outras refeições, a carta de drinks faz uma viagem internacional de inspirações, com novos preparos adicionados semanalmente. Entre os destaques mais recentes, estão o Maracambu, feito de cachaça de jambu e sucos de maracujá e limão com hortelã; o Konomi, que leva rum, matchá (chá verde), camomila, essência de menta e suco de limão; e o Basílico, o toque mediterrâneo de manjericão, com tequila prata, suco de limão e uva tinta.

Sobre a ONY Dinner Club

Aberta no final de 2021 no charmoso bairro do Batel, a ONY Dinner Club traz à Curitiba o conceito de restaurante e casa noturna no mesmo espaço, onde o jantar se estende para a balada. Este tipo de estabelecimento é a evolução de um formato já bastante difundido nas grandes capitais europeias, como Londres, Paris e Madrid, onde os clientes não precisam se deslocar de um lugar para o outro na mesma noite.

O objetivo é reunir em um mesmo lugar o melhor da alta gastronomia e da música eletrônica, tocado pelo chef Herculano da Costa sob a batuta dos sócios Tiago Rodrigues, Abdo Karim, Matusa Machado e Jean Christofher.

Desde a abertura da casa, às 18h, até o encerramento com o último cliente, a ONY oferece uma trilha sonora aconchegante para o jantar que vai aumentando até o início da balada em si. No cardápio, Herculano serve pratos inspirados na culinária mediterrânea com toques das cozinhas dos países banhados pelo mar.

Depois das 23h, as mesas da pista de dança são afastadas e um DJ renomado das cenas eletrônicas nacional e internacional assume o palco para uma noite de lazer e diversão.

O projeto arquitetônico da casa foi elaborado pela arquiteta Emily Trapp, que trouxe influências urbanas para dar um ar moderno ao ambiente. Artistas locais foram convidados para fazer a decoração, com grafites nas paredes e quadros em neon.

Serviço:

A ONY Dinner Club fica na Rua Comendador Araújo, 1066, no Batel, e abre diariamente em diferentes horários: quarta a sexta e domingo, a partir das 18h, e sábado, a partir das 11h30. Reservas pelo 41 99609-2999. Mais informações no @onydinnerclub .

Orquestra de projeto que faz inclusão musical de crianças e adolescentes se apresenta em Curitiba

Concerto da Filarmônica Vida e Arte reúne cerca de 60 músicos entre 10 e 60 anos que fazem parte de projeto sociocultural que transforma vidas por meio da música

O Trem da Vida será o tema da próxima apresentação do Em Cena, da Orquestra Filarmônica Vida e Arte, no dia 21 de junho, às 20 horas. Formado por cerca de 60 músicos com idades entre 10 e 60 anos, o grupo faz parte do Projeto Vida & Arte, que atua em comunidades da periferia de Curitiba e região metropolitana e oferece aulas de música gratuitas no contraturno escolar.
Para essa apresentação, com o tema O Trem da Vida, o coordenador e maestro Douglas Soares Ramos e o diretor artístico Abner Mendes idealizaram uma viagem de trem que passa pelos diversos momentos da vida. “A arte tem a capacidade de emocionar, tento sempre trazer memórias afetivas para as apresentações”, diz Abner. “Cada apresentação que a gente faz é sempre um grande desafio para o projeto. Hoje a orquestra já é madura, mesmo sendo uma orquestra de um projeto social, tem um nível musical muito bacana. E a gente sempre tenta trazer algo a mais para eles. Todo concerto tem um desafio, tem algo que os alunos têm de superar”, conta o maestro.
O concerto terá a participação especial do cantor, compositor, multi-instrumentista e pastor Rodolfo Abrantes. O Em Cena realiza dois concertos ao ano, que servem para que o público acompanhe o desenvolvimento dos alunos, e são realizados na Primeira Igreja Batista de Curitiba (PIB).

O projeto

O Projeto Vida & Arte nasceu em 2005 por iniciativa do Pastor Paulo Davi, com o objetivo de transformar vidas por meio da música. “Buscamos, além do enriquecimento cultural, o resgate social, a prevenção contra o acesso à marginalidade e violência, e a mudança na perspectiva de vida de toda a comunidade”, afirma Davi, diretor geral do Vida & Arte.

Mais de 3,5 mil crianças e adolescentes já foram atendidos desde o início das atividades, além de muitas de suas famílias. Atualmente são 250 alunos em núcleos distribuídos em Curitiba e região metropolitana, em regiões com um baixo IDH e alto índice de criminalidade.

As aulas são ministradas por instrutores capacitados, que atendem a uma metodologia voltada não apenas para o ensino da música em si, mas também para o acolhimento do aluno, de forma a garantir seu desenvolvimento como pessoa, cidadão e elo entre a família e a sociedade.

A missão do Vida & Arte é transformar vidas e o projeto vem fazendo isso ano após ano. Cem alunos que passaram ou ainda estão em suas salas de aula já se formaram em cursos superiores. “Estou no projeto desde os 12 anos. Muitas oportunidades surgiram e hoje sou formada em Licenciatura em Música pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP)”, conta a violinista Thaís Almeida, de 22 anos.

Serviço
Projeto Vida e Arte – Concerto Em Cena – O Trem da Vida
Data: 21 de junho de 2022
Horário: 20h
Local: PIB Curitiba – Rua Bento Viana, 1.200
Ingressos: R$ 30 (inteira) / R$ 15 (meia). Nas compras antecipadas, todos pagam meia entrada. Toda a verba será revertida para a manutenção do Projeto Vida & Arte
Vendas pelo Disk Ingressos: (41) 3315-0808 / https://www.diskingressos.com.br/

Estacionamento gratuito no local

Crédito das fotos: Crossby

Para conhecer melhor
Teaser apresentação Trem da Vida: https://vimeo.com/715295441/6eb138f555
Site: https://pibcuritiba.org.br/projeto-vida-e-arte-curitiba/
Vídeo sobre apresentação de julho/2021: https://youtu.be/HV-r2kWANJY
O projeto: https://www.youtube.com/watch?v=RRFWNxYVz-c
Depoimentos: https://www.youtube.com/watch?v=6sPZZKBXEyw
Making Off: https://youtu.be/_vR7Q41aBF0

Lazer no feriado de Corpus Christi num dos mais belos cartões-postais do Paraná

Parque Estadual de Vila Velha funcionará normalmente durante os quatro dias de feriado com atrações voltadas ao contato com a natureza

Para quem deseja relaxar no feriado prolongado de Corpus Christi e aproveitar o contato com a natureza, o Parque Vila Velha é uma ótima opção.

O local funcionará em horário normal para atender aos visitantes durante os quatro dias de feriado com atrações como o circuito de Arvorismo, a descida na Tirolesa, o passeio de cicloturismo, além de todas as belezas naturais que encantam os visitantes de todo o mundo.

Localizado a apenas 90km de Curitiba, o Parque Vila Velha oferece um passeio seguro com atrações para diversão e boas opções de refeição para passar o dia.

Os ingressos dão direito a passar o dia todo no Parque, aproveitando a natureza e conhecendo os famosos Arenitos, Furnas, a Lagoa Dourada, incluindo traslado interno entre um ponto e outro. Os traslados internos são realizados pelas charmosas Jardineiras do parque (sem custo adicional) e o passeio leva, em média, quatro horas para ser concluído.

A entrada pode ser garantida antecipadamente pelo site www.parquevilavelha.com.br ou diretamente no local.

O Parque Vila Velha fica aberto das 9h às 17h. A bilheteria funciona somente até às 15 horas. Para conhecer todos os atrativos naturais e aproveitar as atrações de aventura, o local recomenda chegar antes do almoço, para saborear as delícias da gastronomia paranaense com diversos pratos típicos regionais, como a alcatra na chapa, barreado, pão no bafo, entre outras saborosas opções.

Mais informações podem ser obtidas no site www.parquevilavelha.com.br

“Harmonizando com Cerveja” revela sabores surpreendentes da rica e diversa cultura gastronômica brasileira

Na série produzida pela Alelo Filmes que estreia em junho no streaming, o sommelier de cerveja Cesar Moreira mostra o melhor da culinária, do turismo e do estilo de vida de Belém, Campos do Jordão, Recife, Blumenau, Pomerode, Joinville e Curitiba

8=cTM6UTYmFDM3ojci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pDN1EzMyEjNxQjOnBnauczM2czNwQDMzMjRyUCMzMzb0VXYGJTJwETOwUTM0UDMx8VL0ETLfpDN
Cesar Moreira, sommelier e apresentador do Harmonizando com Cerveja

Estudioso de cervejas especiais e apaixonado pela cultura brasileira, o sommelier Cesar Moreira apresenta a série Harmonizando com Cerveja, que no dia 29 de junho estreia no Looke Amazon Prime e em outras plataformas de streaming, no Brasil e em seguida em outros países. A produção da Alelo Filmes proporciona ao espectador diferentes experiências sensoriais a partir da gastronomia, do estilo de vida, da cultura e da atmosfera das cidades visitadas. A série será veiculada nas seguintes plataformas: Looke Amazon Prime, Net Now, Google Play, i-Tunes; e, na Pay TV, pelo canal Travel Box.

Criada por Cesar Moreira, Harmonizando com Cerveja tem sete episódios de 30 minutos e percorre o Brasil de Norte a Sul, passando pelo Pará (Belém), Pernambuco (Recife), São Paulo (Campos do Jordão), Santa Catarina (Blumenau, Pomerode e Joinville) e Paraná (Curitiba). “A série não é apenas para os apaixonados por cerveja, mas sim para todos que apreciam turismo, cultura e gastronomia”, diz Cesar.

Assista aqui ao trailer da série.

Os dois primeiros episódios foram gravados em Belém. A capital paraense, com sua riquíssima gastronomia amazônica e tapajônica, é o lugar ideal para aguçar os sentidos dos espectadores, com sua enorme variedade de sabores, com peixes, temperos, raízes, ervas e frutas que possibilitam harmonizações únicas. A riqueza e diversidade do Mercado Ver-o-Peso e do Mercado do Peixe com suas mais de três mil espécies, a Praça do Relógio, o Forte do Presépio são alguns dos destaques do programa, além da Casa das Onze Janelas com seu restaurante, Casa do Saulo (@casadosaulo).

O chef Saulo Jennings prepara um filé de pirarucu grelhado com molho bechamel e castanhas e banana na terra e camarões rosa. Para acompanhar, arroz com Orelha-de-Macaco, planta comestível local. Tudo isso para uma perfeita harmonização com uma cerveja belga Strong Golden Ale, de sabor marcante e levemente frutada.

Na cervejaria Amazon Beer (@amazonbeer), na Estação das Docas, Cesar prova o melhor chope da cidade, além de rótulos artesanais produzidos com ingredientes amazônicos, que dão às cervejas notas de bacuri, açaí, cupuaçu e priprioca. E não deixa de provar uma inovação: bolinho de pato com tucupi, o prato mais tradicional do Pará, harmonizado com uma cerveja Pilsen.

No restaurante contemporâneo Santa Chicória (@santachicoria), Cesar experimenta o peixe Filhote, típico da região, grelhado, com pesto de jambu (uma folha local picante), farofa de castanha e manteiga de urucum, harmonizados com cerveja Witbier, de característica cítrica, leve e refrescante.

Ainda em Belém, o sommelier acompanha o chef Allan Renato (@chefallanrenato) ao mercado na compra de ingredientes típicos para um almoço especialíssimo. Entre outras delícias, ele prepara um filé de búfalo com queijo de búfala, para ser harmonizado com a cerveja Imperial Ipa, com características frutadas e de amargor.

No Point do Açaí (@pointdoacaibelem), Cesar aprende a preparar um açaí fresco para comer com farinha de mandioca e camarão frito, receita indígena original e sem interferências, que ele harmoniza com uma cerveja English Bitter. Cesar vai ainda ao Manjar das Garças (@restaurantemanjardasgarcas), considerado um dos melhores da cidade, para uma harmonização de cerveja Stout que leva açaí na receita com uma sobremesa típica: tiramissu com cupuaçu. Para fechar a maratona gastronômica em Belém do Pará, nada melhor do que o Black Dog English Pub (@blackdogenglishpub), onde experimenta petiscos com cervejas diversas.

Com um episódio inteiramente dedicado à cultura jordanense, Cesar faz uma imersão à cidade serrana de Campos do Jordão (SP), a mais alta do Brasil, e visita a fábrica da cerveja Baden Baden (@cervejabadenbaden) para mostrar novas possibilidades de harmonização permitidas pela variedade de rótulos da marca, além de conhecer as instalações do local e contar ao público sobre os processos de produção da cervejaria.

Na Vila Capivari, conhecida por seus bares e restaurantes, Cesar conversa com Vasco, o fundador da Baden Baden, que compartilha um pouco da história da cervejaria local. Para acompanhar o bate-papo, eles escolhem uma Cristal, pilsen leve e de baixo amargor, harmonizada com pastéis de queijo e eisbein, o famoso joelho de porco da culinária germânica. Em seguida, a american IPA da casa é acompanhada de um filé mignon alto servido com molho de gorgonzola, ajudando a ressaltar o amargor e a citricidade da bebida.

Na Choperia Baden Baden (@obadenbaden), o filé mignon alto preparado com pimentas e especiarias servido com arroz com shitake é o pedido certo para acompanhar a Golden, conhecida por sua leve doçura e toque de picância graças à canela em sua composição. Para a sobremesa, é servida a Chocolate, com malte levemente tostado, o que traz um amargor, acompanhada de brownie de chocolate e sorvete de creme.

O tour na cidade mais alta do país termina na Villa Gourmet (@villa_gourmetcampos). Um mix de folhas verdes com presunto de parma é servido com a Witbier, para destacar a citricidade, leveza e refrescância da cerveja. Para finalizar, risoto de camarão acompanhado da IPA, com adição de maracujá, que potencializa ainda mais sua característica cítrica.

Blumenau e Pomerode, em Santa Catarina, foram os destinos escolhidos para o quarto episódio da série. O roteiro começa na Vila Germânica de Blumenau, cidade que é palco dos grandes festivais de cerveja do Brasil e onde acontece a maior Oktoberfest fora da Alemanha. Na Bier Vila (@biervila), Cesar abre a noite com uma Catarina Sour, estilo de cerveja que colocou o Brasil no Beer Judge Certification Program. A bebida é acompanhada de uma salada verde, uma combinação perfeita para ressaltar sua leveza e acidez. O prato seguinte é a tradicional salsicha alemã, a bratwurst, com chucrute, harmonizando perfeitamente com a leveza e o baixo amargor da Munich Helles, garantindo refrescância à refeição. Para finalizar, a famosa Hackepeter, uma carne crua bem temperada servida com broa e mostarda, acompanhada da tradicional Bock, cerveja mais neutra.

Ainda em Blumenau, Cesar visita a fábrica da cervejaria Eisenbahn (@eisenbahn) onde acompanha o processo de fabricação de uma das marcas mais icônicas do país. O almoço na Eisenbahn Bierhaus (@eisenbahn_bierhaus) é na companhia de Juliano Mendes, um dos fundadores da casa, e do mestre cervejeiro Gehrard Beutling. Para abrir o cardápio, uma salada com molho de mel e iogurte é servida junto da Weizenbier, harmonizando com as notas de banana e cravo da bebida. Em seguida, o goulash, carne ensopada típica da Alemanha, é o acompanhamento ideal para a American IPA, estilo conhecido por seu amargor pronunciado e um leve toque cítrico.

Na charmosa Pomerode, o passeio segue para uma pousada onde há a maior concentração de casas no estilo arquitetônico Enxaimel fora da Alemanha. De lá, Cesar segue para o restaurante romeno Mon Cheri Bistrot (@moncheribistrot), onde os donos, Irina e Stefan, o acompanham em mais uma jornada de harmonização. A bruschetta de polvo servida na entrada combinou perfeitamente com a Witbier, garantindo refrescância e leveza ao cardápio. Em seguida, o hambúrguer de frango, feito com pão caseiro preparado na casa, e o tradicional charuto de carne romeno destacam a picância e o leve toque doce da cerveja Golden.

O quinto episódio segue em Santa Catarina, com uma visita a Joinville, a Cidade das Flores. No restaurante Catarina Cozinha Regional (@catarinacozinha), o chef e proprietário Emerson Borba prepara um risoto de tomate com pupunha bem cremoso para acompanhar uma cerveja pilsen. Em seguida, o risoto de cogumelos porcini é servido com uma Golden Ale, uma boa combinação com a picância da canela da bebida. O almoço termina com a cerveja Chocolate junto da sobremesa feita com chocolate 70% e nata batida.

O tour continua na Opa Bier (@opabier), marca criada em 2006 para resgatar a cervejaria na cidade. No restaurante Goa Arte e Gastronomia (@goa.oficial), César harmoniza uma English Pale Ale, um estilo mais terroso e herbal, com um delicioso entrecôte preparado com pimentas verdes. Para terminar o roteiro catarinense, uma Old Ale, cerveja conhecida por maturar por mais tempo, é servida com sobremesa de chocolate meio amargo.

Ainda no Sul do país, Cesar leva os espectadores para Curitiba, a capital paranaense. A visita começa na unidade de gastronomia do Centro Europeu, onde o chef Guilhermo Spindola ensina duas receitas: uma simples porém deliciosa tatini de pão com queijo gruyere, perfeita para acompanhar uma Belgian Blond Ale; e um risoto de queijo grana padano com crispy de parma, ideal para ser saboreada com uma IPA com notas cítricas de maracujá.

O episódio passeia por lugares conhecidos na cidade, o Parque Barigui, o Largo da Ordem e a Rua XV de Novembro. A próxima parada da produção é na Banoffi (@banoffioriginal) onde a chef Renata Ferian, uma das responsáveis por trazer o prato de origem inglesa para o Brasil, conta como foi este processo. A sobremesa é servida de uma cerveja Quadrupel, com notas de frutas secas e especiarias.

No bar Cana Benta (@canabenta), o chef Délio Canabrava prepara seu carro-chefe, o pão com bolinho, delicioso bolinho de carne servido dentro com pão com queijo, vinagrete e um leve toque de maionese. O prato é ideal para acompanhar uma Black IPA, que tem sabor tostado. Para finalizar, o chef Cadu da Don Gentilis (@dongentilis) serve um assado de carne com papas rústicas e molho chimichurri, que combina perfeitamente com a American Red Ale escolhida para a refeição.

Para chegar até o destino final da temporada, a produção vai até o nordeste, para a capital de Pernambuco. Em Recife, Cesar passeia por cartões postais da cidade como a Praça do Marco Zero, a Rua Aurora e a Praia do Pina. No Recife Antigo, a parada é no Restaurante Venda Bom Jesus (@vendabomjesus), onde é servida uma saborosa moqueca de camarão com leite de coco e azeite de dendê, ideal para acompanhar uma cerveja Vienna Lager.

Cesar segue para o Restaurante Seu Luna (@seulunarestaurante), referência na comida típica recifense. A chef Cláudia Lima, filha de Seu Luna, não só deu continuidade ao negocio da família como o fez alcançar reconhecimento internacional - seu famoso chambaril já viajou até Barcelona, na Espanha. O prato preparado com ossobuco cozido por quatro horas e servido com arroz, pirão e legumes foi a escolha perfeita para harmonizar uma American Pale Ale da marca recifense Capunga.

A visita termina no Restaurante Parraxaxá (@parraxaxa), que oferece uma experiência tipicamente sertaneja com garçons vestidos de cangaceiros e decoração típica. O prato de escondidinho de carne de sol com manteiga de garrafa e queijo coalho combinou perfeitamente com as notas cítricas da cerveja American IPA, fechando o roteiro recifense de uma forma bastante tradicional.

FOTOS E VÍDEOS PARA IMPRENSA

FICHA TÉCNICA
Título: Harmonizando com Cerveja
Diretor: Cesar Moreira e Alex Levy-Heller
Supervisão: Alex Levy-Heller
Produção: Alelo Filmes
Distribuição: Pipa Pictures
Elenco: Cesar Moreira (Apresentador)
Classificação indicativa: Livre

SINOPSE
A série Harmonizando com Cerveja traz as melhores cervejas do mundo de uma maneira abrangente, em um universo muito mais amplo do que uma simples degustação. O sommelier de cervejas César Moreira viaja por várias cidades do Brasil e do mundo apresentando não só as características sensoriais das cervejas, mas evidenciando a gastronomia e a cultura locais, finalizando sempre com uma harmonização entre todos esses elementos.

Sobre Cesar Moreira:
Cesar Moreira é um profundo estudioso de cervejas especiais, Beer Sommelier formado pelo Centro Europeu, especializado em Harmonização e Mestre em Estilos. Também atua como consultor comercial no mercado cervejeiro, realizando lançamentos de novas marcas.

Apoio: Baden Baden
Baden Baden é uma das primeiras cervejarias artesanais do país, nascida em 1999, e tem a paixão por cerveja em seu DNA. Fundada em Campos do Jordão por quatro amigos que se aventuraram no mundo cervejeiro buscando criar receitas autorais para sua choperia, a marca tem o propósito de criar sabores e aromas que surpreendam; por isso seus líquidos já conquistaram mais de 130 prêmios nacionais e internacionais. Seus principais rótulos são: Cristal, pilsen sofisticada e com sabor equilibrado; Golden Ale, combinação marcante da canela e frutas vermelhas; IPA, sabor intenso/amargor com suco de maracujá na receita, e Witbier, cerveja de trigo muito refrescante, com laranja e semente de coentro, já eleita a melhor do mundo. A marca conta ainda com rótulos sazonais, igualmente premiados. Baden Baden é uma das marcas integrantes do segmento Craft, do Grupo HEINEKEN no Brasil.

Sobre o Grupo HEINEKEN no Brasil
O Grupo HEINEKEN chegou ao Brasil em maio de 2010, após a aquisição da divisão de cerveja do Grupo FEMSA e, em 2017, adquiriu a Brasil Kirin Holding S.A ("Brasil Kirin"), tornando-se o segundo player no mercado brasileiro de cervejas. O Grupo gera mais de 14 mil empregos e tem 14 unidades produtivas no país, sendo 12 cervejarias, localizadas em Alagoinhas (BA), Alexânia (GO), Araraquara (SP), Benevides (PA), Caxias (MA), Igarassu (PE), Igrejinha (RS), Itu (SP), Jacareí (SP), Pacatuba (CE), Ponta Grossa (PR) e Recife (PE), duas microcervejarias em Campos do Jordão (SP) e Blumenau (SC). No Brasil, o portfólio de cervejas do Grupo HEINEKEN é composto por Heineken®, Heineken® 0.0, Sol, Amstel, Amstel Ultra, Kaiser, Bavaria, Eisenbahn, Baden Baden, Devassa, Schin, Glacial, No Grau, Kirin Ichiban, Lagunitas, Blue Moon e Tiger. O portfólio de não alcoólicos inclui Água Schin, Schin Tônica, Skinka e os refrigerantes Itubaína, Viva Schin e FYs. Com sede em São Paulo, a companhia é uma subsidiária da HEINEKEN NV, a maior cervejaria da Europa.

Cirurgião ortopédico do Pilar Hospital palestrou no XII Congresso Sul-brasileiro de Ortopedia e Traumatologia

O cirurgião ortopédico do Pilar Hospital, Dr. Alexandre Pimpão, foi um dos convidados nacionais do XII Congresso Sul-brasileiro de Ortopedia e Traumatologia – Sulbra 2022, realizado na última semana (9 a 11 de junho) no Costão do Santinho Resort, em Florianópolis/SC. O evento teve como objetivo unir acadêmicos, médicos e especialistas da área para uma troca de experiência e aprendizado durante os três dias do evento.
Pimpão, com seus mais de 20 anos como cirurgião de joelho, palestrou sobre o tema e aproveitou para fazer uma vista especial ao estande da Zimmer Biomet, que apresentou aos especialistas o robô ROSA Knee System, que auxilia os médicos na realização de cirurgias de diversas patologias de joelho e está à disposição dos cirurgiões no Pilar Hospital em Curitiba (PR).

Na foto: ao centro Dr. Alexandre Pimpão com equipe da Zimmer Biomet.

OpusMúltipla promove workshop de mídia digital

Iniciativa reúne clientes e parceiros em evento sobre tendências, novidades e ferramentas de mídia digital

Uma imagem contendo no interior, quarto, pessoa, homem Descrição gerada automaticamente
Rodrigo Havro, presidente do Grupo OM, na 1º Opus Digital EvolutiOM

A segunda edição do Opus Digital EvolutiOM acontece na próxima terça-feira, dia 21, na sede da agência OpusMúltipla (empresa do Grupo OM Marketing & Comunicação), na capital paulista, e contará também com transmissão remota pelo canal da Opus no YouTube.

O objetivo do evento é oferecer aos clientes, prospects e parceiros um conteúdo exclusivo com foco nas novidades e tendências da mídia digital. “Fizemos uma curadoria selecionando cases do nosso repertório e do mercado que ilustram conceitos sobre a web 3.0, além da publicidade regional que reforça a riqueza da cultura brasileira” afirma a vice-presidente, Juliana Arnulf.

Uma parte da programação será dirigida aos clientes varejistas que precisam ter um domínio profundo das ferramentas digitais para estabelecer uma conexão mais direta com o consumidor e atrair mais fluxo para as lojas.

A ideia é que esse encontro seja uma oportunidade para os clientes consolidarem uma presença mais estratégica e relevante das suas marcas no meio digital contribuindo para a melhoria dos negócios.

Serviço:
Local: canal da OpusMúltipla no Youtube.
Quando: 21 de junho das 14h às 15h30 - clientes e parceiros
Acesso remoto: digital.opusmultipla.com.br/

-Evento Presencial-DOMINGO (19) ACONTECE O EVENTO“IMERSÃO QUEM APARECE ENRIQUECE”.

Neste domingo (19) será realizado o evento “Imersão Quem Aparece Enriquece”, ministrado pela Estrategista Digital Dany Angel. Em formato presencial, o encontro terá como local o auditório da Galeria Omni , na Rua Carlos de Carvalho 603, Batel, no horário das 9h00 às 18h00
Segundo a especialista, entre outros temas, a imersão vai abordar assuntos bem atuais, como “O que postar no seu dia a dia”, “Como funciona o Instagram para Negócios”, “Como atrair seu cliente ideal”, “Como fazer vídeos”, “Qual conteúdo produzir para transformar seguidores em Clientes”, “Roteiro para seu vídeo de Vendas” e “9 Maneiras de Vender pelos Stories e muito mais”. E acrescenta: “Tudo isso com apostila impressa e exercícios práticos com minha orientação”.
Dany Angel explica que “esse treinamento presencial atenderá principalmente quem tem mais de 40 anos e ainda não se adaptou ao mundo digital como também a empresária, profissional liberal que já tem sua rede social, mas não utiliza de forma profissional, por ter algumas dificuldades e que por isso ainda não tem resultados.” Para participar basta acessar o site: danyangel.com.br/imersão e fazer sua inscrição. Maiores informações (41) 998 429 328.
Dany Angel é Mentora de Negócios Digitais, Estrategista de Marketing e Vendas on-line, Especialista em Vídeos que Vendem e Consultora do Sebrae Br.
Já ajudou mais de 3. 000 mil empreendedores a alavancarem suas empresas. Também é Colunista da Revista A Empreendedora.com, apresentadora da TV Euro News. “Procuro fazer meu diferencial com a Espiritualidade atrelada aos negócios com objetivo de ativar a essência divina do ser humano”, salienta.
......................................

Festival de Blues ocupa Antonina no feriado de Corpus Christi

6ª edição do mais tradicional evento de blues do estado tem 20 atrações nacionais e internacionais e marca retomada do evento após a pandemia

O mais tradicional festival de música do litoral paranaense, o Antonina Blues Festival abre sua 6ª edição nesta quinta-feira (16) e segue até domingo (19) com mais de 20 atrações gratuitas em cinco palcos que ocupam as ruas e espaços culturais da cidade histórica (VEJA PROGRAMAÇÂO COMPLETA ABAIXO).

A baía de Antonina e seu cenário de mar, pedras, aves e montanhas são o cenário perfeito para ouvir blues e aproveitar o fim de semana prolongado pelo feriado de Corpus Christi.

Após uma interrupção de dois anos, o festival retorna e o público que vai poder assistir nomes de peso do blues nacional como Décio Caetano, Lucian Araújo, Ricardo Maranhão, a banda Hillbilly Rawhide, além da participação do bluesman norte-americano Lorenzo Thompson.

Nascido em Greenwood (Mississippi), Lorenzo já trabalhou com lendas do blues de Chicago como David Meyers e Melvin Taylor e fez participações antológicas em edições do Antonina Blues Festival.

Ação Educativa - Na quinta e sexta-feira (dias 17 e 18), o duo Mr. Blues fará duas apresentações especiais para alunos de escolas públicas no Teatro Municipal de Antonina, sempre às 14h, contando a história do gênero criado no século XIX, nos Estados Unidos

O Mr. Blues é um projeto que visita as raízes do blues desde asworksongs - canções de trabalho - aos clássicos Blues na forma de um show educativo.

Sobre o Festival - O Antonina Blues Festival surgiu em 2015 de forma independente e colaborativa por iniciativa de empresários da região. Desde então, o Festival cresceu organicamente a cada edição para se consolidar como um dos eventos culturais alternativos mais importantes do litoral ao fomentar a economia e turismo do inverno de Antonina.

O Antonina Blues Festival é viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura.

Esta edição é uma realização da Feito, Prefeitura de Municipal de Antonina, Cidades Musicais, Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura, com patrocínio de Porto Ponta do Félix, Camboa Hotéis e UWEX Design, através da Lei de Incentivo à Cultura - Governo Federal, e apoio da Livraria da Barca, Bei Sushi, Maná Panificadora, Restaurante Gusso, Ponta da Pita, Chope do Galinho, Slocum Restaurante - Clube Náutico de Antonina, Rádio Serra do Mar, Escola Maria Arminda.

____________

PROGRAMAÇÃO

Antonina Blues Festival - 6ª Edição

Quinta-feira (16)

13h - DIDLEY DUO - Palco Gusso / Ponta da Pita

14h - DIEGO NICOLAY - Baía Douro/Estação Ferroviária

15h - GRALHA BLUES TRIO - Clube Náutico

17h30 – MARACUJINAS - Belvedere

19h30 - DOUBLE SHOT - Belvedere

21h30 - DOSE N' BLUES - Belvedere

Sexta – Feriado de Corpus Christi (17)

12h30 - DECIO CAETANO + BERNARDO MANITA LEANDRO SUPERSHINSK TRIO PROJECT - Clube Náutico

14h - MR. BLUES - Teatro Municipal para escolas de Antonina

14h - LEO FORTUNATO - Baía Douro/Estação Ferroviária

17h - LUCIAN ARAÚJO - Calçadão

18h30 - JELLY ROLL - Belvedere

20h15 - TONY CASTER AND THE BLACK MOUTH DOGS - Belvedere

21h30 - MILK AND BLUES - Belvedere

Sábado (18)

12h - DIEGO NICOLAY - Hotel Camboa

14h - MR. BLUES - Teatro Municipal -Para escolas de Antonina

14h - RED FLOOR - Belvedere

16h30 - HELINHO BRANDÃO QUINTETO -Belvedere

18h - GRALHA BLUES TRIO - Calçadão

19h30 - MR. BLUES - Belvedere

20h30 - THE BLUES FELLAS - Palco Gusso /Ponta da Pita

21h30 - MUDSLIDE BLUES – Belvedere

Domingo (19)

12h - DAVI HENN, Hotel Camboa

13h -PRISCILA NOGUEIRA E JAZZ BOP - Belvedere

15h - HILLBILLY RAWRIDE - Palco Gusso /Ponta da Pita

16H – LOREENZO THOMPSON – Local (A confirmar)

17h30 - RICARDO MARANHÃO TRIO CONVIDADO ESPECIAL ANDRÉ SILVA - Palco Gusso /Ponta da Pita

______

>> A programação completa pode ser acessada no site: www.antoninabluesfestival.com.br

>> Acesse também nas redes sociais: @antoninabluesfestival

Orquestra feminina Ladies Ensemble toca tango de Astor Piazzolla

Clássicos do compositor argentino compõem o repertório dos concertos de junho da primeira orquestra formada exclusivamente por mulheres no Brasil

Toda a expressividade do tango do compositor argentino Astor Piazzolla será interpretada pela Orquestra Ladies Ensemble nos dias 22 e 23 de junho, no Auditório Regina Casillo. A ideia do repertório escolhido é abrir uma espécie de linha do tempo, conectando desde a referência de Piazzolla – o cantor Carlos Gardel – até o músico ítalo-francês Richard Galliano, que se inspirou em Piazzolla.

Para esse concerto, o destaque é a solista Carolina Kliemann, curitibana que desde 2007 atua como violinista da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo – Osesp.

O projeto anual “Orquestra Ladies Ensemble no Auditório Regina Casillo” foi viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, do Ministério do Turismo, e conta com patrocínio das empresas BHS Corrugated, Oregon, Nórdica Veículos, Guararapes, Impextraco, Tintas Dacar, Sollo Sul, Ferragens Negrão, Transunion, Abase Vet, Grupo Barigui Veículos, Grasp, Milium, Trutzschler, Agrosul Catarinense, GV2C, Tintas Alessi, Fobras, PASA, Delta Cable, Plast & Pack, M.A. Máquinas, Dissul, Stampa Food e Perkons. A Instituição beneficiada é o Hospital Pequeno Príncipe.

A realização é do Solar do Rosário, espaço particular de Arte e Cultura em Curitiba fundado em 1992. Com direção geral de Lucia Casillo Malucelli, direção musical e artística de Fabiola Bach Akel e apoio de Casillo Advogados. Realização Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Pátria amada Brasil, Governo Federal.

https://www.diskingressos.com.br/evento/3026/25-06-2022/pr/curitiba/ladies-tocam-piazzolla-ladies-ensemble

https://www.diskingressos.com.br/evento/3025/24-06-2022/pr/curitiba/ladies-tocam-piazzolla-ladies-ensemble

Médicos paranaenses participam do Innovation Symposium

Os cirurgiões vasculares, Dr Andre Dergint, Dr Mauricio Abraão e Dr Ronei Sandrini, do Pilar Hospital, em Curitiba (PR), junto com Luiz Fernando Zimer, da Boston Scientific, conferiram todas as novidades médicas apresentadas no Innovation Symposium – Peripheral Interventions, realizado no Rochaverá Corporate Towers, em São Paulo.

Zé Neto e Cristiano se apresentam em Curitiba

Zé Neto e Cristiano, a dupla mais querida do Brasil, chega a Curitiba, no dia 07/07 na Live Curitiba, para mais um show incrível. Voltando aos palcos com muita animação, interação com o público e, claro, com as músicas que todo mundo já sabe cantar!
Atualmente entre as top 5 maiores duplas do Brasil, e a maior dupla da atualidade em shows, vendas, plataformas digitais, etc. Zé Neto (José Toscano Martins Neto) e Cristiano (Irineu Táparo Vaccari) vêm trilhando um caminho na música de forma acelerada.
Os novos lançamentos já são sucesso, como "Melhor Ser uma Saudade", single do EP "Tarja Preta". E o álbum lançado em 2021 "Chaaama", segue tocando muito nas rádios e streammings.
Em uma produção da Massa Fun, o show contará também com as clássicas "Notificação Preferida", "Largado às Traças", "Alô Ambev" e muitas outras!
Desde 2011 a dupla canta profissionalmente e hoje conta com milhares de fãs por todo o Brasil! No YouTube, já são 500 milhões visualizações com "Largado às traças" e "Seu polícia".

Ingressos a partir de R$ 60
Data: 07/07/2022
Hora: 23h
Local: Live Curitiba - R. Itajubá, 143 - Novo Mundo, Curitiba - PR, 81050-040
Classificação: 16 anos acompanhados dos pais.
Garanta já seu ingresso pelo site: https://uhuu.com/evento/pr/curitiba/ze-neto-cristiano-10212

A TRANSIÇÃO

Em íntima conexão com processos de distintas naturezas, a artista Lizete Zem realiza composições nas quais se manifestam as passagens, cujo sentido inerente vincula-se à relação entre o passado e o presente, mas também pode apontar para o atemporal.
O elemento primordial que descreve tanto seu processo quanto seu conjunto de obras consiste, portanto, na TRANSIÇÃO, que acontece por meio de diferentes aspectos.
Num primeiro sentido, transição possui caráter amplo e conceitual. Refere-se, mais precisamente, à mudança poética da obra como um todo, e muito bem marcada pelas peças de cerâmica expostas nessa mostra de 2022, no Museu Guido Viaro.
Nessas peças estão contidos resquícios de reflexões anteriores sobre os orgânicos, que trazem, em essência, as concepções de estrutura e base consistente, vinculadas à natureza corpórea e simbolizadas por formas ósseas, tons de vermelhos terrosos ou sanguíneos, assim como, pela terra propriamente dita. Agora, rompidas com quaisquer bases sólidas, as peças sugerem-se em conjunto como uma estrutura flexível e, por conseguinte, passível de ser modificada.
Mobilidade tal que surge com muita força nas pinturas mais recentes, inaugurando o trabalho pictórico com as velaturas. Em consonância com a atmosfera sutil, ao invés da terra, a base que se apresenta no chão, abaixo das composições pictóricas, consiste na esvoaçante areia, sugerindo a ideia de vínculos entre matérias mais delicadas.
Pinturas que manifestam, portanto, outros tipos de transições, diretamente evidenciadas nas relações sensíveis. Durante o processo de composição, a artista, em conexão sensível com sua obra, observa as vivas transformações cromáticas e formais ocorrentes durante a secagem da tinta a óleo, que, assim como a observação das mutações dos fenômenos da natureza, são capazes de transformá-la intimamente.
Quando finalizadas, as composições pictóricas, cada qual a sua maneira, oferecem ao espectador a possibilidade de perceber as variadas perspectivas e formas produzidas pelas passagens entre os campos cromáticos e transparentes, e, portanto, de conduzir simultaneamente quem as bem observa ao encontro com atmosferas delicadas e espaços transcendentes, como espécies de labirintos, portais, etc.
Enfim, na presença imediata do que há de mais sutilmente sensível e, por que não dizer, naturalmente mágico, indagamo-nos se seria possível algo mais nos surpreender nesta exposição: “Pergunte ao vento”...

Ana Carolina Mondini é Dr.ª em Filosofia e Crítica de Arte – Curitiba, 2022

Com a robótica pode ser o fim das grandes incisões nas cirurgias cardíacas

Além da diferença expressiva no tamanho das incisões cirúrgicas, o tempo de recuperação de um paciente pós-cirurgia cardíaca cai de 6 semanas para 6 dias em média

Curitiba, junho de 2022 – Desde o início da pandemia, em 2020, o Brasil vem acumulando uma longa fila de espera de pacientes com doenças cardiovasculares. Os números, segundo o Ministério da Saúde, ultrapassam 60 mil pacientes que tiveram procedimentos suspensos ou adiados durante a crise com a covid-19. São milhares de pessoas. Segundo levantamento da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular (SBCCV), são realizadas, por ano no Brasil, aproximadamente 95 mil cirurgias.
Esses números mostram o impacto das doenças cardiovasculares na vida dos brasileiros. Sem contar as dificuldades das suas cardiopatias, muitos ainda precisarão encarar a intensa recuperação e o tempo de pós-operatório, que no caso das cirurgias tradicionais podem levar até seis semanas de recuperação. Mas o fortalecimento no país das cirurgias com ajuda da robótica pode ser o fim das grandes cicatrizes e de uma recuperação de 6 dias, e não mais 6 semanas. É o que explica o cirurgião cardiotorácico do Pilar Hospital em Curitiba, que que integra a holding Hospital Care, Milton Santoro.
Segundo ele, um fator limitante da cirurgia convencional sempre está relacionado com a incisão óssea. “Isso porque o coração é protegido por um arcabouço ósseo e, assim, para termos uma abordagem ampla ao coração nós precisamos realizar essa incisão óssea. E, como em qualquer circunstância semelhante a uma fratura, por exemplo, nós vamos ter de 4 a 6 semanas para uma consolidação adequada. Então isso trazia uma grande limitação para o paciente, extenso tempo de recuperação e maior risco agregado”, diz. “Atualmente, com uma abordagem mais específica, como é a cirurgia robótica, nós temos uma quantidade muito menor de trauma. Então a robótica é hoje a forma menos traumática para as cirurgias cardiovasculares com com a máxima qualidade de resultado”, avalia.
Recuperação mais rápida e menor tempo hospitalar
A experiência do cirurgião operando no robô Da Vinci do Pilar Hospital, um dos sistemas de cirurgia robótica de mais destaque e mais testado no mundo, revela que a há muitas diferenças em relação à cirurgia convencional. Para o paciente, uma imensa vantagem é a recuperação muito mais rápida, mas não só isso. “Envolve menos tempo de internação hospitalar, menos tempo na internação na UTI, menos fatores de risco inerentes ao procedimento, como sangramento, dor, e, aliado a isso, uma grande melhora estética porque não teremos grandes incisões. Com a robótica são incisões tão pequenas que, muitas vezes, podem ser camufladas até pelo local de escolha desses acessos e, principalmente, um retorno precoce à todas atividades, inclusive atividades físicas e práticas esportivas num tempo realmente surpreendente. Tem pacientes que vemos evoluir com procedimentos minimamente invasivos, com ou sem o uso da robótica, que em cinco ou seis dias está novamente indo para uma academia. Então, para o paciente é a chance de ter uma vida normal em um tempo bastante curto”, comenta.
Versatilidade que abrange qualquer procedimento cardíaco
Com a cirurgia robótica pode ser o fim do medo e do trauma que é a cirurgia cardíaca para muitos pacientes. Conforme Dr. Santoro, a cirurgia robótica para cardiopatias não oferece um tratamento diferente dos que já existem. Ela é a mesma cirurgia que sempre foi executada, agora apenas por uma abordagem diferente. “Não existe limitação da técnica relacionada com nenhuma doença. A única limitação que a cirurgia robótica vai enfrentar é em relação aos acessos. Como na cirurgia robótica nós temos que escolher uma abordagem porque não há uma grande incisão para se manipular as estruturas intracavitárias, nós temos que entrar sempre com determinado foco de abrangência para esse tratamento. Então, nesse aspecto, em alguns casos ela pode ter um pouco menos de versatilidade do que uma cirurgia convencional. Mas ela se aplica, praticamente, a todos os tipos de doenças, é só uma questão da estratégia a ser adotada: para as cirurgias congênitas, para as cirurgias valvares, principalmente, as cirurgias envolvendo a válvula mitral e para as cirurgias de coronária”, explica.
Melhor visibilidade, mobilidade e flexibilidade para o procedimento
Pode parecer que a tecnologia só auxilia os médicos. Mas não é bem assim. Quando cirurgias complexas, difíceis em situações exaustivas precisam ser realizadas os pacientes acabam assumindo um risco cirúrgico maior. A cirurgia robótica, já regulamentada pela Conselho Federal de Medicina, oportuniza uma melhora expressiva em relação à qualidade técnica da execução. “Isso porque os cirurgiões, como todos os humanos, têm limitações próprias dos movimentos e das articulações. Agora, em se tratando de um aparato robótico, essa limitação não existe, então conseguimos realizar movimentos por meio do robô que sem esse auxílio seriam extremamente arriscados ou até impossíveis. Isso se reflete numa qualidade melhor de execução e das circunstâncias enfrentadas em diversas cirurgias”, diz.
Outro benefício, segundo o especialista, é em relação à visualização ampliada. “Como nós trabalhamos com uma câmara de alta resolução com o robô, temos uma visão muito mais ampliada, com inúmeros detalhes do que está sendo feito e isso nos permite avançar em algumas técnicas de correção, com relação ao que nós faríamos com o olhar humano ou mesmo com o uso de lupas próprias para a cirurgia. Além disso, nós temos uma iluminação e um foco das estruturas perfeito, isso porque conseguimos ter todas essas vantagens ópticas com o uso do robô”, completa.