Crise, colapso ou tanto faz: o que importa é nosso papel em tudo isso

Por André Luis São Pedro Leal

Das diversas publicações que tenho lido neste momento, fora a participação nas conversas, lives e webinars, a pergunta posta que mais me inquietou foi: estamos diante de uma crise ou de um colapso? E, de fato, é uma excelente pergunta sobretudo porque a situação que se nos apresenta, além de inédita, toma de assalto uma sociedade global atônita, com crise em suas democracias e com um excesso de informação nas plataformas que nos leva mais à desinformação do que ao conhecimento.

Aqui, as respostas simplistas precisam ser afastadas porque o problema é bastante complexo. São muitas nuances, diversos aspectos envolvidos e, o mais importante, vidas sendo atingidas em cheio. Paralelo a isso, sinais do esgotamento de um modelo econômico de concentração de renda e riqueza que as gerações de hoje precisam repensar. Ou o preço negativo do WTI na cotação futura de 20 de abril indica algo diferente disto?

Outro dia ouvi que a ansiedade só traz para o presente os problemas do futuro, geralmente nos pressionando a tomar decisões de maneira errônea. Gostaria de ser propositivo na condução deste texto, contribuindo nas reflexões e fazendo menos barulho. O primeiro ponto de reflexão é que precisamos aceitar as limitações que nos envolvem e, sim, isso significa que alguns de nós perderá pessoas queridas. Muito fatalista da minha parte? Sim, até porque um de nós pode ser vítima. Além disso, o vírus não tem estrutura ética e moral para escolher quem levará.

Nova reflexão: que papel assumiremos aqui para contribuir com o pós (seja crise, seja colapso). Fato é que tudo isso passará, nenhuma novidade aqui. Seguir as recomendações médicas e das autoridades públicas neste momento de isolamento social é uma obrigação, nunca uma opção. Mas sempre virá o pós. Como vamos contribuir? Já se perguntou sobre isso? Você será chamado a contribuir. Cada um de um jeito, cada qual com o seu estilo, mas com capacidade de contribuir com o pós, seja ele com padrões alterados ou com retorno de sistemas do passado.

E, na área empresarial, fico me perguntando qual será a minha contribuição como executivo de finanças. Porque se antes o caixa era rei, agora ele é o supremo ditador do nosso cotidiano. E quando o tema é caixa, e a sua eficiência, o financeiro é chamado ao protagonismo. Verdade que o caixa é de todos, do CEO ao gestor da produção, mas é esperado que o financeiro consiga, via ferramentas de projeção e de uma visão sistêmica mais apurada, apontar quando, ou se, haverá problema. Seja capaz de aumentar o nível de tensão organizacional pela interpretação do caixa da companhia. E a contribuição não se restringe ao caixa. Como um timoneiro experiente, o financeiro precisa ajudar a organização a repensar os novos caminhos. Ousar nas proposições, mas mantendo os pés no chão sobre a capacidade de entrega delas.

E, sempre, e mais do que nunca, precisamos entender que operamos em um ambiente integrado, um ambiente em cadeia, no qual a preservação dos elos é de suprema importância para que o pós seja viável para todos. Estamos sendo chamados, em todas as esferas, a atuar não somente com responsabilidade, mas com empatia, colocando em nosso repertório palavras antigas e que estavam saindo de moda, como generosidade e bondade. Afinal de contas, sairmos todos da crise será melhor do que se só saírem alguns poucos. Pense nisso também.

*André Luis São Pedro Leal é CFO na Biotrop (investidas Aqua) e coordenador do Comitê de Finanças do Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Paraná (IBEF-PR). Na próxima quinta-feira (30/04), a partir das 18h30, irá promover junto com o Comitê de Finanças do IBEF-PR uma webinar sobre as importantes contribuições que os CFO's podem oferecer na busca de alternativas para vencer a crise, através do seu trabalho sistêmico e cooperativo. Mais informações acesse:

https://us02web.zoom.us/webinar/register/WN_CKCik75CRPKPnoBCKElPLg

SOBRE O IBEF PR

O Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças – IBEF é uma instituição sem fins lucrativos, que congrega executivos de finanças dos vários segmentos da atividade econômica do Paraná: executivos das áreas de indústria, comércio, consultorias, empresas de serviços, auditorias, instituições financeiras (bancárias e não-bancárias) e instituições governamentais.

Condomínios podem aplicar sanções a motoristas que não cumprem as regras de trânsito em seus espaços internos

Nos casos de reincidência, a sanção pode chegar até cinco vezes o valor da taxa condominial, além das perdas e danos que se apurarem.

Curitiba, abril de 2020 – Nestes tempos de pandemia em que as pessoas estão ficando mais em seus espaços residenciais é ainda mais importante a conscientização sobre segurança ao transitar dentro de ambientes como os condomínios. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB), no artigo 2º, equipara às vias terrestres as ruas dos condomínios, shoppings, espaços de estacionamento, enfim, locais onde há circulação pública, mesmo sendo ambientes privados.
Pouca gente sabe, mas os condomínios, por exemplo, podem também multar aqueles que descumprirem as regras de trânsito nos seus ambientes internos. A advogada do Secovi-PR, entidade que representa os condomínios no estado, Juliana do Rocio Vieira, conta com muita experiência na orientação desses empreendimentos nos mais diversos tipos de conflitos e diz que ao pensarmos em trânsito nos vem à cabeça a circulação de carros, em sua maioria de pequeno e médio portes, porém, a questão é mais abrangente. “O condomínio deve estabelecer regras também para os pedestres, pois, especialmente as crianças, acabam sendo vítimas frequentes de acidentes nesses espaços, e por ali circulam pessoas de todas as formas: bicicletas, patinetes, motos (moradores e entregadores), caminhões (fornecedores, mudanças e prestadores de serviços), bem como, pensar na informação aos visitantes sobre as regras internas de trânsito”, diz.
Tomando por base o CTB e Legislações Municipais, por competência atribuída pelo artigo 23 da Constituição Federal, os condomínios podem estabelecer regras específicas visando atender as necessidades para o trânsito dentro de suas dependências, como, por exemplo: limites de velocidade, demarcação de faixa de pedestres, bloqueios, áreas de estacionamentos prioritários entre outras. “Essas regras deverão fazer parte do Regimento Interno e, ocorrendo infração, poderá ser aplicada sanção pecuniária ao condômino desrespeitoso”, explica a especialista.
A advogada diz ainda que a lavratura do auto de infração, como prevista no CTB, é prerrogativa do agente de trânsito. “Caberá ao condomínio a imposição das sanções administrativas visando coibir a prática de infrações, bem como resguardar a segurança da coletividade, conforme previsões do artigo 1.348, IV, V e VII, do Código Civil, que estabelece as competências dos síndicos”, afirma.
A especialista explica que o valor das sanções administrativas deve estar previsto no Regimento Interno ou na Convenção do condomínio. “Muitos condomínios estabelecem gradação do valor de acordo com a gravidade da infração, semelhante ao instituído pelo CTB, podendo, nos casos de reincidência, chegar até o valor de cinco vezes o valor da taxa condominial, além das perdas e danos que se apurarem. Dependendo da reiteração deste descumprimento, o condômino pode ser considerado antissocial, imputando-lhe multa de até dez vezes o valor da taxa condominial, ou ainda, em situações mais graves, decidirem por sua expulsão do condomínio”, orienta.
Para Luiz Gustavo Campos, diretor e especialista em trânsito da Perkons, respeitar as leis de trânsito e os limites de velocidade, mesmo que não haja fiscalização, é dever do motorista prudente, e a atenção e os cuidados devem ser redobrados nas ruas dos condomínios. “A velocidade é estipulada considerando o contexto local, o fluxo de carros, pedestres e o perímetro. Essa máxima é válida para condomínios residenciais e shoppings, por exemplo. Por isso, andar em velocidades incompatíveis coloca em risco a vida de outras pessoas, principalmente, das crianças, que são propensas a não se preocupar com carros nas ruas em frente às suas moradias, especialmente, quando falamos de condomínios. Outra atitude que deve ser referência no trânsito seguro é dirigir de maneira defensiva, mantendo distância dos demais automóveis, a atenção ao redor e ciência de sua responsabilidade ao volante”, diz.

Como está o seu mindset durante a pandemia?

Rede Lojacorr alerta para o cuidado com a saúde mental e corporal

CURITIBA, ABRIL DE 2020 – LIDE MULTIMÍDIA – Se você é daquelas pessoas que está acumulando uma série de atividades durante o dia e mal tem tempo para pensar na sua saúde mental e corporal, pare já e leia esse texto. Durante a pandemia, os brasileiros estão aprendendo a trabalhar sem chefe em casa, mas com as mesmas metas, sendo professores dos filhos, tendo que brincar e dar atenção aos pequenos mesmo em enquanto trabalham, limpando e cozinhando. Tudo isso junto e misturado. Há também aqueles solitários que mal recebem visitas de parentes. Não é tarefa fácil dar conta dessa situação e não existe a receita de bolo! Entretanto, de acordo com especialistas em psicologia, treinamento e coach, há maneiras de driblar alguns desconfortos.

A Rede Lojacorr, maior rede de corretoras de seguros independentes do País, criou o programa de comportamento mental: “Como você se sente neste período de quarentena?”, um projeto que tem o objetivo de acolher colaboradores e familiares, com apoio e orientação psicoterapêutica à distância, que pode ser em vídeo, voz ou texto.

De acordo com Carolina Quintino (CRP 08/13621), psicóloga da Rede Lojacorr, esse é também um momento de autoconhecimento, aprendizado e crescimento, além de levar esse repertório para outros desafios da vida. Ela explica que em períodos difíceis é natural sentir ansiedade, principalmente quando sensibilizam os três pilares de sustentação humana: biológico, psicológico e social. “O Coronavírus tem sensibilizado essa estrutura deixando o biológico vulnerável, pois ainda estamos aprendendo sobre a melhor maneira de se imunizar. O psicológico porque o momento solicita novos repertórios comportamentais, expõe as pessoas a estresses, perdas ou trocas de fontes de prazer e aciona o sistema de alerta. O social, pois estamos acostumados a nos protegermos em comunidade, e neste momento, estamos em isolamento, privados do contato”, descreve.

Diante deste cenário de privações é muito comum desorganizar o comportamento, principalmente o alimentar. Embora essas reações sejam naturais, segundo a especialista, é possível ter outra maneira de fazer a travessia deste momento focando no autoconhecimento e ter outras ações que possam trazer mudanças positivas e favoráveis em longo prazo. Entre as sugestões da psicóloga estão: 1) estruture/escreva seu CHAVE+FE, quais são seus Conhecimentos, Habilidades, Atitudes, Valores, Emoções, Fé de propósito, de sentido de vida e Expectativas, potencialize essas características, percebe que você as têm e as terá independente das circunstâncias e isso o torna único, 2) focar no que deu certo durante o dia (escrever diariamente ao que você é grato), isso ajuda a liberar dopamina (neurotransmissor relacionado à motivação); 2) brincar com os pets (momento de ensinar alguns truques de adestramento) ou cuidar de plantas, isso pode auxiliar a reduzir o tédio e se sentir importante; 3) olhar para um lugar amplo, se está difícil porque mora em apartamento, olhe para o céu, perceba que há espaço, se a maior parte de seu corpo está em um lugar menor do que estava antes, seus olhos não precisam estar, dê amplitude a eles; 4) tudo bem se as crianças têm passado mais tempo em frente ao celular ou computador para que você consiga trabalhar, desde que seja em equilíbrio entre os 3 Cs do uso da tecnologia (Conexão com as pessoas de afeto que estão longe -aquela ligadinha por vídeo para os avós e amigos da escola- , Criação de novos conhecimentos – aula de idioma, artes e dentre muitos outros ), Consumo de entretenimento (desenhos), menos do que os outros dois e, é claro, compondo com atividades presenciais (pode ser até brincadeiras associadas a rotina da casa, preparar uma gelatina, ou de estética e higiene, hidratar o cabelo - crianças geralmente gostam de texturas como as dos cremes- separar roupas coloridas das brancas para lavar) e também aquelas espontaneamente sugeridas por elas. “Quanto ao comportamento alimentar, buscar fontes novas de satisfação pode auxiliar a reduzir o poder imediato de prazer da comida, principalmente do doce. E aí, todos os outros tópicos citados, podem ajudar juntamente com a importância de estar no aqui e agora, atento a vocês e as várias possibilidades que o momento lhe dá. Estas são algumas sugestões, o importante é você se conhecer, filtrar as informações e personalizar o seu jeito de aprender e crescer com esse período”, conta.

Marlise Ferreira, professional coach, pós-graduada em Psicologia Organizacional e analista comportamental, acrescenta ainda que a respiração consciente é muito importante para o autocontrole, pois organiza os pensamentos, alivia o estresse, amplia a consciência e contribui para a vivência do momento presente. “A respiração mais longa leva mais oxigênio para o cérebro e nos deixa menos confusos e irritados. Quando nos focamos no presente por meio da atenção que damos à nossa respiração, observamos que, lentamente, vamos tomando as rédeas de nossas emoções e acalmando a mente. Experimente agora: encha o pulmão de ar, trazendo do abdômen até o peito, sinta a ampliação nos pulmões que recebe uma maior quantidade de ar. Segure alguns segundos e solte bem devagar, deixando sair ainda mais ar do que entrou. Repita este exercício de 3 a 5 vezes e vai sentir os efeitos imediatamente”, ressalta.

A Rede Lojacorr também estabeleceu há alguns dias o programa de ginástica laboral à distância, para que o quadro de colaboradores não perdesse a rotina de cuidar da sua saúde física, mesmo em home office.

Sobre a Rede Lojacorr: A Lojacorr é a maior Rede de Corretoras de Seguros Independentes do Brasil. Por meio do seu modelo de negócios disruptivo, realiza a intermediação entre corretoras de seguros e as seguradoras, disponibilizando suporte operacional, comercial e estratégico. Fundada em 1996, a empresa se dedica para oferecer as melhores soluções em distribuição de seguros e produtos financeiros às corretoras e clientes. Presente em 22 estados e no Distrito Federal, por meio de 55 Unidades de Negócios, as 360 mil apólices ativas, foram comercializadas por 3.330 profissionais de seguros, que atuam em mais de 3600 municípios. Tendo como sede administrativa, Curitiba (PR) e sede comercial em São Paulo (SP), a Rede Lojacorr conta também com 220 colaboradores. A Rede Lojacorr está entre as empresas emergentes do Sul e é certificada pelo Great Place to Work.

Cirurgia plástica adiada? Dicas para manter a saúde no pré-operatório em casa

Os planos de quem estava prestes a fazer uma cirurgia plástica mudou, com a pandemia da COVID-19. Segundo recomendações da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), apenas as cirurgias de emergência devem ser realizadas neste período. “Pacientes que tiveram que adiar os planos por conta do novo cenário, é possível reagendar sem custo algum os protocolos e manter cuidados especiais em casa”, explica o cirurgião plástico, Bruno Legnani.

Ele alerta para pequenas atitudes que é possível tomar em casa, para não comprometer o corpo na quarentena, e ainda aguardar com saúde a nova data da operação.

1- Faça exercícios físicos – várias academias fazem transmissões ao vivo nas redes sociais ensinando a fazer aulas de todos os tipos em casa. Encontre uma atividade que goste e não deixe de praticar, por pelo menos, meia hora todos os dias;

2- Beba água – como nosso corpo não está em constante movimento, é difícil ficar com sede. É importante mesmo assim ingerir dois litros, no mínimo, de água por dia;

3- Alimentação saudável – Consuma verduras, frutas, proteínas e evite carboidratos refinados e açúcares. Essa é a base de toda boa alimentação;

4- Vitamina D – foi comprovado que a Vitamina D mantém o sistema imunológico forte, portanto, tome sol na sacada de casa ou na janela por pelo menos 10 minutos antes das 10h da manhã e, se indicado pelo médico, faça suplementação via oral ou injetável de vitamina D;

5- Mente sã – medite, reze, mantenha sua mente em tranquilidade, pois ela também precisa estar em equilíbrio com seu corpo.

O médico lembra que é importante encontrar um profissional que seja registrado pela SBCP. “Seguir as orientações do seu médico é essencial, ele conhece o histórico médico do paciente e indica as melhores ações para cada um, de acordo com suas particularidades”, finaliza.

Sobre Bruno Legnani:

O médico cirurgião plástico Bruno Legnani possui título de especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), tem residência médica em cirurgia plástica e microcirurgia pelo Instituto Nacional do Câncer e fellow internacional em cirurgia plástica estética na Akademikliniken, na Suécia.

Domino’s Pizza lança campanha #VemDiZapBB

Domino’s Pizza lança campanha #VemDiZapBB

Está valendo para o país todo: o pedido de pizza para a Domino’s já pode ser feito pelo Whatsapp. A maior rede de pizzarias do mundo traz nova campanha assinada pela GUT para apresentar o DOM, assistente virtual da Domino’s Pizza. O filme mostra de maneira engraçada e caricata que é tão simples pedir pizza dessa maneira que até as ‘tias do Zap’ vão entrar no grupo.

A partir desta terça-feira, dia 28 de abril, todas as lojas delivery da rede aceitarão pedidos pelo aplicativo. O novo formato de atendimento exigirá um cadastro simples e objetivo, reconhecendo os dados do cliente para agilizar o pedido. O sistema enviará cardápio, tipos de massa e sabores, além das ofertas, promoções e combos disponíveis. Para pedir, basta salvar o número 11 96333-0001.

“Pedir pizza ficou tão fácil como dar bom dia nos grupos de família do Zap”, diz o diretor de Marketing da Domino’s Brasil, Edwin Junior. “O Whatsapp é o aplicativo que todo brasileiro tem instalado no seu celular. É fácil, intuitivo e não existem barreiras para o uso, por isso, nada mais natural do que adotarmos ele também. Este será mais um canal para estarmos disponíveis aos clientes que optarem por pedir a sua Domino’s”.

Um mês de pizza grátis

A estreia traz um quiz com 20 perguntas sobre conhecimentos gerais, universo Domino’s e perguntas de tia. As primeiras 300 pessoas que acertarem todas as respostas ganharão um mês de pizza de graça. Essa brincadeira vale a partir de 17h do dia 28, no contato com o DOM.

Carlos e Jader, Jeito Moleque e Sambô agitam essa terça-feira

Ame Digital promove lives e incentiva doações com 50% de cashback a quem ajudar as instituições Amigos do Bem, Hospital de Amor e Ação da Cidadania

A Ame Digital vai movimentar esta terça-feira com três lives dedicadas aos fãs de sertanejo, pagode e rock-samba. O público poderá se divertir ao som de Carlos e Jader, Jeito Moleque e Sambô. E, de quebra, ainda poderá ajudar quem precisa, fazendo doações durante as apresentações para instituições que estão na luta contra o novo coronavírus. As apresentações fazem parte da iniciativa #AmeFazerSuaParte.

Durante os shows, um QR Code ficará visível na tela, levando os usuários para a página da doação. Como incentivo, a Ame oferecerá 50% de cashback, com limite de R$ 10. Ou seja, quem doar R$ 20 receberá R$ 10 de volta na sua conta no app.

Confira abaixo a agenda de lives da Ame Digital dessa terça-feira (28/04):

A partir das 18h, o Sambô entra no ar, direto de sua página do Youtube (www.youtube.com/watch?v=nJGatbd22EA), levando aos fãs uma mistura única entre samba, rock e diversos outros estilos musicais. Durante o show, o grupo vai estimular doações para duas organizações: a Amigos do Bem (www.amigosdobem.org), que leva ao Sertão Nordestino educação e projetos que promovem o desenvolvimento local e a inclusão social; e o Hospital de Amor (www.hospitaldeamor.com.br), antes chamado Hospital do Câncer de Barretos, que oferece tratamento oncológico gratuito e de qualidade a milhares de brasileiros.

Às 20h, o Jeito Moleque tem encontro marcado com o público, por meio da página www.youtube.com/user/oficialjeitomoleque/featured. Além de curtir sucessos como “Me Faz Feliz”, “Eu Nunca Amei Assim” e “Sem Radar”, os espectadores poderão contribuir com a Ação da Cidadania (www.acaodacidadania.com.br), que tem como objetivo mobilizar todos os segmentos da sociedade na busca de soluções para questões da fome e da miséria.

E, fechando a noite, às 21h, cantam seus sucessos a dupla Carlos e Jader. Simultaneamente à transmissão, que poderá ser conferida em https://www.youtube.com/watch?v=rvrrYZ8y42E, os artistas e a Ame Digital voltam a incentivar o público a doar para a Amigos do Bem e o Hospital de Amor.

Até o momento, as lives promovidas pela Ame, já resultaram numa arrecadação superior a R$ 1 milhão. A cada apresentação, diferentes projetos sociais e causas são beneficiados pela doação de milhares de pessoas que, de suas casas, têm ajudado a fazer a diferença no combate à Covid-19, dentro do movimento #AmeFazerSuaParte.

Sobre a Ame: A Ame (www.amedigital.com) é uma fintech e plataforma de negócios mobile criada para simplificar a maneira como as pessoas e empresas se relacionam com o dinheiro. Com pouco menos de dois anos de existência, já tem presença nas mais de 1.600 unidades da Lojas Americanas em todo o país, além dos sites Americanas.com, Submarino, Shoptime, Sou Barato e em diversos outros lojistas do mundo físico. Além de possibilitar o pagamento via celular com uso do QR Code, a Ame também apresenta o cashback, benefício no qual uma parte do dinheiro de todas as compras volta para a conta Ame do cliente. Com o app Ame Digital também é possível fazer pagamentos de contas e boletos bancários, compra de cartão de transporte, recarga de celular e depósito de dinheiro em espécie. Na versão Ame Plus, destinada para quem quer vender com o app, os lojistas podem realizar transferência de valores da sua conta Ame para sua conta bancária. Uma das primeiras iniciativas da IF - Inovação e Futuro, Ame conta com mais de 7 milhões de downloads e oferece serviços e soluções que facilitam o dia a dia das pessoas.

Ibema e BO Packaging se unem para distribuir um milhão de copos de papel para hospitais

Iniciativa abrange instituições do Paraná e São Paulo; copos serão impressos com mensagens de apoio e conscientização

Doar para hospitais do Paraná e de São Paulo um milhão de copos descartáveis de papel. Esse é o objetivo da ação promovida pela Ibema, terceira maior produtora de papelcartão do país, em parceria com a BO Packaging, principal produtora de copos e potes de papel do Brasil. Juntas, as duas empresas pretendem não somente fornecer o copo – de uso contínuo e indispensável no ambiente hospitalar – mas também levar uma mensagem de fé e otimismo ao corpo clínico e aos pacientes que enfrentam esta situação.

Nos copos de 180 ml serão impressos agradecimentos aos profissionais de saúde e também dicas de higiene, combate e prevenção ao coronavírus. “Os hospitais estão sobrecarregados para comprar insumos hospitalares e medicamentos e, naturalmente, o consumo de copo, seja para colocar a dose do remédio, seja para a ingestão de água, também representa um custo. Nós, como a primeira indústria do Brasil a lançar um papelcartão para copo, pensamos em dar nossa contribuição dentro do que a gente já faz. Por isso, fechamos uma parceria com a BO Packaging, onde nós Ibema entraremos com a doação de matéria-prima suficiente para cerca de um milhão de copos e a BO com a formação do produto em si”, afirma Leonardo Reis, Gerente Nacional de Vendas Diretas, um dos executivos à frente deste projeto.

Os copos de papel serão distribuídos no final do mês de abril. O critério de seleção das entidades levou em conta a proximidade dos hospitais com as comunidades onde os fabricantes estão inseridos – Turvo, no interior do Paraná; na capital do estado, Curitiba; e em Embu das Artes, região metropolitana de São Paulo, além de Ponta Grossa, Jaguariaíva e Arapoti, no interior de Paraná. “Vamos direcionar esses materiais para o Hospital de Campanha Nei Senter Martins, em Cascavel, que leva o nome do nosso ex-presidente, uma das vítimas desta pandemia, e também para outras instituições públicas dos dois estados, como o Hospital do Trabalhador e o Hospital Infantil Pequeno Príncipe, ambos em Curitiba”, explica Reis.

Um dos principais entusiastas e viabilizadores da ideia, Julio Jubert Caiuby Guimarães, diretor comercial da Ibema, completa: “queremos engajar, mostrar para as instituições próximas de onde atuamos que estamos juntos nesse combate. Por outro lado, sabemos que essa ação repercute também no engajamento do nosso próprio time, que está batalhando, tocando as operações, para mostrar que também somos responsáveis por ajudar a sociedade e as famílias”.

Papel: aliado no combate ao coronavírus

Além de sustentáveis, os copos de papel contam com outra importante vantagem: a COVID-19 sobrevive por aproximadamente um dia no papel, sendo que no plástico esse tempo triplica: são 72 horas, segundo dados divulgados pelo "New England Journal of Medicine". Seu uso em locais públicos, como os hospitais, quando comparado às canecas ou copos reutilizáveis, também é mais indicado: os copos de papel podem ser descartados, o que elimina a possibilidade de contágio através da saliva. Importantes redes de cafeterias, como a Starbucks, suspenderam o uso de copos reutilizáveis como maneira de prevenir a possibilidade de contágio. Os copos descartáveis de papel possibilitam ainda a personalização e impressão de mensagens, que podem auxiliar na conscientização a respeito do coronavírus.

Sobre a iniciativa, Felipe Domenech, Diretor da BO Packaging, comenta: “Há muito tempo trabalhamos com a Ibema nos temas de sustentabilidade, por isso, neste momento difícil, estamos novamente juntas. Convidamos toda a indústria de descartáveis a se unir e contribuir com o nosso know-how e recursos. Porque somente unidos sairemos vitoriosos desta crise", finaliza.

Hospital de Turvo também é beneficiado

Ciente de sua responsabilidade social, a Ibema também está à frente de outras ações de solidariedade. No início de abril, a produtora doou ao hospital público Bom Pastor, localizado no entorno de sua fábrica em Turvo (PR), município que registra um dos IDHs mais baixos do estado, 100 máscaras FF2, 12 pijamas cirúrgicos, 500 toucas descartáveis, 220 litros de álcool 70, dois termômetros a laser e 600 luvas cirúrgicas – artigos de primeira necessidade. Uma outra remessa de insumos hospitalares, com três mil máscaras de tripla proteção, 15 macacões impermeáveis e 500 aventais, será entregue no dia 04 de maio para a prefeitura da cidade, que poderá, desta forma, equipar outras unidades de saúde da região.

“Estamos fazendo um trabalho de conscientização, que contempla a distribuição de panfletos com orientações de higiene - dicas que são reforçadas por um carro de som que percorre o entorno da fábrica, dia sim, dia não, alertando sobre as medidas preventivas, falando sobre as particularidades do decreto municipal e tudo o que for pertinente nesta luta contra o coronavírus”, conta Edenilson José Albino, Gerente da Planta de Turvo.

Em parceria com o Centro Comunitário administrado pela empresa, artesãs moradoras da localidade estão confeccionando máscaras de tecido, que serão distribuídas aos funcionários da fábrica e aos caminhoneiros parceiros – esses já contam com alimentação e banho fornecidos, de forma gratuita, nas duas unidades fabris da Ibema.

Foto copo Ibema BO (2).jpg

Sobre a Ibema: Gerar valor de maneira sustentável por meio da fabricação e distribuição de produtos que conquistem a preferência dos clientes, contribuindo com iniciativas que favoreçam toda a cadeia, com a dedicação e preocupação de garantir o melhor resultado para a empresa e seus clientes. Esta é a missão da Ibema, fabricante de papelcartão, que permeia a sua atuação com base no conceito de foco do cliente. A empresa, fundada em 1955, é hoje um dos players mais competitivos da América Latina. Sua estrutura é composta por sede administrativa localizada em Curitiba, centro de distribuição direta em Araucária com área útil de 12 mil m2 e fábricas instaladas nos municípios de Turvo, no Paraná, e em Embu das Artes, em São Paulo, que juntas possuem capacidade de produção anual de 140 mil toneladas. Em seu portfólio, estão os melhores produtos, reconhecidos pela qualidade e performance na indústria gráfica. A empresa, que atualmente conta com aproximadamente 800 colaboradores, possui unidades certificadas pela ISO 9001, pela ISO 14001 e pelo FSC (Forest Stewardship Council). Para mais informações sobre produtos e serviços, acesse o nosso site, disponível também nos idiomas espanhol e inglês:www.ibema.com.br.

Criação e preparo de drinks com vodka é uma atividade interessante e bastante prazerosa em tempos de quarentena

A versatilidade da bebida impressiona pelas inúmeras possibilidades de combinações

Descrição: Descrição: Descrição: https://files.pressmanager.net/clientes/e4d544025aa55416c83061a5b776b7b1/imagens/2020/04/13/dab1d0d8d7eaf53ac2dd2ee0ab5470b5_medium.jpgCom o isolamento social, imposto pelas organizações de saúde mundiais devido à pandemia de coronavírus, muitas pessoas têm recorrido à criatividade para amenizar o tédio causado pela quarentena. Há aqueles para quem a rotina não mudou muito e continuam trabalhando de suas casas, no estilo home office; há aqueles que passam o dia vendo tv ou os que consomem conteúdo on-line aproveitando para adquirirem conhecimento enquanto não podem sair de casa. As opções são muitas.

Desde que devidamente utilizada, a internet pode ser uma ótima fonte de conhecimento, no entanto é a prática que vai garantir que ele seja devidamente aprendido, como é o caso da elaboração e preparo de drinks.

A vodka é um dos destilados mais vendidos no mundo, e não apenas por ser uma bebida tradicional, mas também por ser bastante versátil. Seu sabor permite uma infinidade de combinações, indo desde misturas tropicais até elaborações mais ousadas com cremes, café, leite e chocolates, o que a tornam a bebida perfeita para quem gosta de criar drinks. “A vodka é uma bebida bastante democrática devido à sua versatilidade, pois fica ótima tanto com drinks simples, como a famosa caipiroska, quanto com os mais elaborados que levam ingredientes e bebidas importadas. Ela cabe em todos os bolsos, paladares e níveis de coquetelaria.” – explica Albert Lifschitz, sócio proprietário da Vodka Svarov.

Para quem quer investir na carreira de barman ou aperfeiçoar suas habilidades de mixologista, apostar em utensílios e kits pode ser uma boa ideia, no entanto eles são totalmente dispensáveis fora do âmbito profissional. “Para quem não pretende se tornar profissional, o melhor investimento a se fazer no preparo de drinks com vodka é em ingredientes, especialmente frutas. O resto fica por conta da criatividade.” – complementa Fernando Miguel, responsável técnico da Svarov.

Abaixo, algumas receitas clássicas de drinks com vodka para exemplificar a versatilidade da bebida e servir de inspiração.

White Russian

60ml de Vodka
30ml de licor de café
30ml de creme half-and-half

Para fazer o creme half-and-half misture partes iguais de leite com creme de leite.

Cosmopolitan

60ml de Vodka
15ml de suco de limão tahiti
15ml de suco de cranberry
30ml de licor de laranja (triple sec)

Decorar com casca de laranja.

Espresso Martini

60ml de Vodka
15ml de xarope de açúcar (opcional)
15ml de licor de café
30ml de expresso (quente)
Decorar com grãos de café.

Dica: Bater o expresso ainda quente produz uma bela espuma.

www.vodkasvarov.com.br

LIDE Paraná Talks fala sobre relações internacionais de negócio em meio a pandemia 

Negócios internacionais são um forte pilar da economia do Paraná, sendo que a China é o principal parceiro comercial do estado

A pandemia do COVID-19 vem afetando a maneira como toda a população se relaciona em diversos fatores, no mundo dos negócios não é diferente. Todas as nações estão sendo impactadas com a pandemia, mas também existem oportunidades de negócio e cooperação para o enfrentamento da doença.

Nesta quarta-feira (29), o LIDE Paraná promove mais um LIDE Paraná Talks, desta vez os representantes de unidades internacionais do LIDE, abordarão juntamente com a presidente do LIDE Paraná, Heloisa Garrett, o tema "As relações internacionais de negócio em meio a pandemia." Os convidados são Juan Barberis, do LIDE Itália, Carlos Ferri, do LIDE Austrália, Fabiana Oscari-Bergs, do LIDE Alemanha, e José Ricardo dos Santos Luz Júnior, do LIDE China.

O episódio acontece ao vivo a partir das 16h, as inscrições para assistir ocorrem através do link: https://bit.ly/lide08

LIDE Paraná Talks
A websérie criada pelo LIDE Paraná tem a finalidade de auxiliar os empresários neste momento de incertezas, trazendo uma rica agenda com participação de especialistas e autoridades em diversos assuntos. A programação acontece ao vivo de maneira online em nossa plataforma de webinar onde convidados e filiados possuem acesso exclusivo e, após isso são disponibilizadas através do canal LIDE Paraná no Youtube.

Serviço
LIDE Paraná
Link de inscrições: https://bit.ly/lide08
Mais informações www.lideparana.com.br/talks

Evento cultural online da UFPR promove rede de interação com apresentações artísticas e webinários

Movimento Conexão conta com 15 atrações de artistas locais, professores, pesquisadores e estudantes, que serão transmitidas em lives nos dias 29 e 30 de abril
Cuidado coletivo. Diversidade de expressões artísticas. Reação poética, visual e sonora. Identidade. Essas são algumas das percepções que professores, pesquisadores, artistas e estudantes vinculados à Universidade Federal do Paraná (UFPR) reúnem sobre a primeira edição do “Movimento Conexão: Culturas Compartilhadas”. O evento online gratuito será nos dias 29 e 30 de abril e conta com 15 atrações, entre apresentações artísticas e webinários (seminários online) – clique aqui e confira a programação completa. As lives que começam às 15h e segue até 19h podem ser acessadas nos perfis no Facebook e no Instagram da Agência Escola de Comunicação Pública UFPR.
Já que o afeto físico está suspenso indefinidamente, o evento propõe o uso da tecnologia como o caminho ideal para fortalecer laços através da arte e da cultura. O “Movimento Conexão” é uma parceria entre a Agência Escola de Comunicação Pública e Divulgação Científica e Cultural da UFPR, o Setor de Artes, Comunicação e Design (Sacod) e a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFPR (Proec).
“O Movimento Conexão é uma resposta da UFPR ao isolamento social e à pandemia. É uma reação poética, visual e sonora que oferece conhecimento, cultura e arte”, explica o pró-reitor de Extensão e Cultura da UFPR, Leandro Franklin. O nome do evento tem como objetivo projetar para o público um movimento plural, diverso e acessível. A coordenadora da Agência Escola de Comunicação Pública da UFPR e diretora do Sacod, Regiane Ribeiro, reforça que o propósito do evento é a circulação de cultura nos mais diferentes espaços. “Como estamos no projeto piloto, a ideia de ‘culturas compartilhadas’ é associar o compartilhamento de experiências com a produção artística da comunidade”.
Durante os dois dias de evento, o Movimento Conexão contará com lives sobre teatro, dança, música, videoarte, fotografia mobile em casa, arte indígena contemporânea, entre outros. Para quem não conseguir acompanhar a programação completa, as transmissões ficarão disponíveis nos perfis oficiais da Agência Escola. Para preencher a programação, o Sacod e a Proec receberam inscrições de artistas locais, grupos artísticos, professores e pesquisadores. “O processo de curadoria foi bastante elaborativo e colaborativo. Fizemos escolhas que contemplam a diversidade de linguagens artísticas e de todos os departamentos do Setor”, enfatiza a vice-diretora do Sacod, Stephanie Dahn Batista.
Universidade e sociedade juntas
Para a realização do evento tanto a comunidade acadêmica quanto a sociedade estão envolvidas. “O evento traz as produções dos nossos alunos, docentes, técnicos e grupos artísticos, mas também aquilo que é produzido pelos artistas locais”, afirma Leandro Franklin. O pró-reitor de Extensão e Cultura ainda ressalta que o objetivo é manter acesa a ideia de que as pessoas não estão sozinhas neste momento e que por meio da arte podemos retomar um sentimento de comunidade.
Para Francisco Gomes, bolsista de Publicidade e Propaganda da Agência Escola, participar do planejamento do evento foi uma oportunidade para conhecer novos tipos de expressão artística que antes não o interessavam. “O Movimento Conexão é cultura, é ciência, é inovação e é universidade pública. Dê essa experiência a você, porque com certeza existe alguma transmissão que você vai se identificar e que vai te adicionar em algo”, convida.
Mais do que a parceria entre áreas da Universidade, o evento conta com a união de professores, estudantes, técnico-administrativos, profissionais, artistas e também do público em geral. A coordenadora da Agência Escola explica que a proposta é reunir a comunidade interna e externa em uma rede de afeto e cuidado coletivo. “Ou seja, utilizar a internet para reconectar afetos e relações sociais”.
Link da matéria no portal UFPR: https://www.ufpr.br/portalufpr/noticias/evento-cultural-online-da-ufpr-promove-rede-de-interacao-com-apresentacoes-artisticas-e-webinarios/

Sorriso Maroto, Fitdance e Livinho são os convidados do TVZ dessa semana, na TV e no digital

Hoje, dia 27, pagode e funk vão tomar conta da noite no Multishow. Bruno Cardoso, do grupo Sorriso Maroto, apresentará, diretamente de sua casa, às 19h, os clipes que serão exibidos no TVZ. Pouco antes, às 18h30, ele vai participar de um bate papo com Lexa na live Aquecimento TVZ, no Instagram do Multishow. Os fãs poderão interagir com a hashtag #SorrisoMarotoNoTVZ.

As terças no TVZ são dias de dança e exercício ao som dos maiores hits, e dia 28 não poderia ser diferente! Fabio Big Boss, do grupo Fitdance, vai marcar presença na atração da TV com aulas de coreografia para a galera de casa. Já na quarta, dia 29, os fãs vão poder rebolar até o chão com os maiores sucessos de funk do momento. A apresentação dos clipes do TVZ deste dia ficará por conta de Livinho, conhecido por seus hits “Ela Vem” e “Hoje Eu Vou Parar Na Gaiola”. O cantor também participará da atração no Instagram do canal, a partir das 18h30. A interação com o programa será por meio da hashtag #LivinhoNoTVZ.

LIVE AQUECIMENTO TVZ COM LEXA
Às 18h30, logo antes do TVZ, no Instagram do Multishow

TVZ COM SORRISO MAROTO
Hoje, dia 27, às 19h, no Multishow

TVZ COM FITDANCE
Terças, às 19h, no Multishow

TVZ COM LIVINHO
Quarta, dia 29, às 19h, no Multishow

Sobre o Multishow
O Multishow tem a diversão como sua essência e leva ao assinante o melhor do entretenimento, com muito humor, música e viagem. São diferentes formatos de conteúdo, que vão desde transmissões ao vivo dos maiores festivais do mundo até programas protagonizados pelos maiores humoristas e músicos do país. Desde 2009 está entre os 10 canais mais assistidos do horário nobre da TV por assinatura. O Multishow ultrapassa os limites da televisão e produz também conteúdo exclusivo para a web. Vídeos, reportagens sobre a programação e transmissões fazem parte de seu site e suas redes sociais. O público pode assistir ao Multishow quando e onde quiser. Na plataforma Globosat Play é possível ver a programação na íntegra pelo computador, celular ou tablet.

www.multishow.com.br
www.globosatplay.globo.com/multishow/
facebook.com/multishow
instagram.com.br/multishow
twitter.com/multishow
Música Multishow: www.youtube.com/multishow
Humor Multishow: www.youtube.com/humormultishow

Hospital Santa Casa passa a oferecer exames exclusivos do LANAC

O laboratório é responsável pela demanda hospitalar e ambulatorial da instituição, com expectativa de realizar 80 mil exames/mês

O LANAC – Laboratório de Análises Clínicas iniciou este ano o atendimento ambulatorial, hospitalar e pronto atendimento da Santa Casa de Curitiba. A empresa disponibilizou 35 colaboradores exclusivos para atender a rotina hospitalar e ambulatorial do hospital e a expectativa com esta demanda é realizar um total de 600 mil exames/mês.

A Santa Casa de Curitiba tem 140 anos de história, com mais de 400 médicos, 234 leitos, 186 leitos de unidades de internação e 48 de UTIs. O hospital realiza mais de 14 mil internações por ano e quase 10 mil cirurgias, com 24 especialidades médicas no total.

O LANAC é responsável também pelo atendimento ambulatorial, hospitalar e pronto atendimento de outros sete hospitais de Curitiba: Hospital das Nações, Hospital Pilar, Instituto de Neurologia de Curitiba – Hospital INC, Hospital do Rocio, Hospital Vita Curitiba e Hospital Vita Batel, prestando atendimento de urgências e emergências.

Empresa 100% paranaense, o LANAC possui quarenta e cinco postos de coleta em Curitiba e Região Metropolitana, litoral do Paraná e Santa Catarina. Hoje, o laboratório oferece mais de dois mil tipos de exames, além de coleta domiciliar e assessoria científica para médicos e conta com mais de 480 colaboradores. Ainda, recebe exames de 25 laboratórios, atuando como laboratório de apoio. A sede central, em Curitiba, com 1.200 m², é o maior centro de análises clínicas de Curitiba.