Movimento Todos Pela Saúde incentiva uso de máscaras durante live de Roberto Carlos

Campanha tem início esse domingo e se intensificará ao longo da semana para conscientizar a população sobre a importância do uso de máscaras de proteção

São Paulo, 19 de abril de 2020 – A Todos pela Saúde, iniciativa lançada pelo Itaú Unibanco no dia 13 de abril com o objetivo de combater o novo coronavírus e seus efeitos sobre a sociedade brasileira, inicia um grande movimento essa semana para incentivar o uso de máscaras por toda a população. A ação inicial já acontece esse domingo, durante a live do cantor Roberto Carlos, que será transmitida pelo canal oficial do artista no YouTube a partir das 19h45, e que terá ainda trechos exibidos durante o Domingão do Faustão, na TV Globo. O rei reforçará a importância do uso do equipamento de proteção para que todos cuidem uns dos outros e evitem a propagação do vírus. A hashtag #mascarasalva ilustrará a mensagem, assim como a referência ao site todospelasaude.org..

O uso de máscaras de proteção passou a ser recomendado para toda população nas últimas semanas pelo Ministério da Saúde. A medida alinha-se aos estudos médicos recentes que comprovam a alta capacidade de transmissão também entre pessoas assintomáticas, tornando indispensável o uso da máscara de proteção mesmo para quem não apresenta febre, tosse, dor de cabeça ou de garganta.

Durante os playbacks do show do cantor no YouTube, um breve vídeo de abertura vai mostrar várias pessoas Brasil afora cantando a música “Como é grande o meu amor por você” usando máscaras. Uma série de vinhetas, que serão usadas em mídia digital, também vão reforçar a mensagem de conscientização ao mostrar um coração que se protege com uma máscara. E ao longo da semana, a campanha deve se intensificar por meio de ações com influenciadores, formadores de opinião e mídia out of home.

Todos pela Saúde
A inciativa tem como objetivo o combate ao novo coronavírus e seus efeitos sobre a sociedade brasileira. O Itaú Unibanco direcionou R$ 1 bilhão para financiar as atividades da Todos pela Saúde. Os recursos aportados estão sendo administrados por um grupo de especialistas liderado pelo médico Paulo Chapchap, doutor em clínica cirúrgica pela Universidade de São Paulo e diretor-geral do Hospital Sírio Libanês. Esta equipe está definindo as ações a serem financiadas, de forma que as decisões estratégicas sejam respaldadas por premissas técnicas e científicas. O grupo se guiará por quatro eixos de atuação: informar, proteger, cuidar e retomar.