Os benefícios da dança para crianças

 

Além do desenvolvimento motor, a dança proporciona maior disciplina, melhora na interação social e saúde mental 

Esse período do ano é aquele em que os filhos estão de férias e você começa a planejar tudo para o próximo semestre. Além da escola, é muito importante para o desenvolvimento das crianças pensar em atividades extracurriculares que contribuam na interação, estimulem a curiosidade, a autoconfiança, o pensamento, a concentração e a atenção. É a partir desse tipo de atividade feita na infância, que o ser humano interage socialmente e se prepara para a vida adulta. Dentre tantas opções que chamam a atenção dos pequenos, a dança pode ser a melhor escolha para os seus filhos. img_2063_p

Segundo Dora de Paula Soares, professora de ballet há mais de 40 anos e dona do Studio D1 em Curitiba, a dança, além de melhorar a saúde do corpo, desenvolve a disciplina, a musicalidade e a convivência social. Para a saúde física, dançar melhora a coordenação motora, o equilíbrio e a agilidade, pois trabalha com membros inferiores como coxas, glúteos, pernas, além do abdômen e braços. “Por meio dos passos coordenados, do ritmo imposto pela música e pelo deslocamento em sala de aula, a criança desenvolve a musculatura, coordenação motora, expressão corporal, além da noção de espaço. A atenção e a memória exigidas para fixar as coreografias e executá-las de forma adequada, também auxiliam nos estudos posteriormente”, acrescenta Dora. Do ponto de vista médico, a correção da postura, ganho de elasticidade e benefícios no sistema respiratório, além, é claro, do gasto calórico realizado durante as aulas, são consequências extremamente positivas da atividade. 

Quando falamos do psicológico, a dança proporciona ótimos resultados nessa fase da vida, pois contribui para o desenvolvimento da personalidade e da sensibilidade, o que estimula as crianças a colocarem para fora os sentimentos e emoções que carregam. “Estimulamos por meio das coreografias a autoconfiança infantil, fazendo com que as crianças, desde pequenas, percam a timidez e aprendam a lidar com o seu corpo. A ansiedade e o estresse também são dois pontos trabalhados por meio da música e amenizados desde cedo”, afirma a professora. 

No Studio D1, são oferecidas quatro modalidades de dança, em horários e períodos estabelecidos de acordo com o nível técnico das crianças. Jazz, sapateado, ballet e street dance podem ser realizados por crianças a partir de quatro anos e não há limite de idade superior a esta para continuar praticando.img_1284_p

Créditos: Andressa Vianna

*com divulgação

Categorias:(CINEMA/CULT/TEATRO), AGÊNCIAS DE COMUNICAÇÃO, AGENDA DA SEMANA, AGENDA DO FIM DE SEMANA, BRASIL, COLUNA VANESSA MALUCELLI, CULTURA, DIVIRTA-SE, evento, FREE LIFESTYLE, LANÇAMENTOS, OPORTUNIDADETags:, , , , , , , , , , ,

VanessaMalucelliAndersen

Colunista do Site — Divirta-se Curitiba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s