Efrain vence bem e pede luta de título em festival de nocautes no Brave 14

O Brave Combat Federation fez sua primeira aparição na África em grande estilo. Com um evento recheado de nocautes, o Brave 14 entregou muita emoção aos fãs que compareceram a Tânger, no Marrocos. Na luta principal, o herói local emocionou milhares de marroquinos ao nocautear Danijel Kokora em apenas 32 segundos. No total, foram sete nocautes ou nocautes técnicos em nove lutas disputadas no Omnisports Indoor Club.efrain-felipe-brave14
O brasileiro Felipe Efrain foi um dos destaques do evento, vencendo Arnold Quero, também por nocaute, e depois pedindo uma luta pelo título, atualmente nas mãos de Stephen Loman.
“Esse cinturão já deveria ser meu há muito tempo. Loman, te respeito muito, você é o atual campeão, mas eu vou em busca do que é meu. Este título é meu”, desafiou Efrain.
Usando sua técnica em pé acima da média e mantendo a distância para fugir das investidas do francês, Efrain começou a conectar boas combinações no rosto de Quero, que parecia extenuado pelo corte de peso severo (ele desceu do peso pena para o peso galo recentemente).
Em poucos segundos, as mãos do brasileiro começaram a atordoar seu adversário, que finalmente sucumbiu a um golpe no fígado e ainda levou um último soco que o apagou. Quero demorou para recobrar a consciência, mas foi levado para fora do cage já acordado.
azaitar-ottman-brave14
Recordes e estreias vitoriosas
Na primeira luta da noite, o estreante Djamil Chan precisou apenas de 29 segundos para nocautear Alejandro “Pato” Martínez e quebrou o recorde de nocaute mais rápido da história do Brave. Porém, o estreante holandês precisou torcer para não ver a marca superada na mesma noite, com Efrain (40 segundos) e Azaitar (32 segundos) chegando perto.
O Brave 14 também marcou a estreia de grandes atletas contratados para o evento. O peso pena Jeremy Kennedy, ex-UFC, atropelou Danyel Pilò na luta co-principal da noite, com nocaute em dois minutos; o russo-francês Abdoul Abdouraguimov passou por cima de Sidney Wheeler também no assalto inicial e Velimurad Alkhasov conquistou a primeira vitória pelo Brave diante de Sean Santella.
O triunfo por decisão de Alkhasov o credenciou a disputar o cinturão inaugural do peso mosca. Seu adversário será o brasileiro Marcel Adur, que tem três vitórias em três lutas pela companhia.
Resultados oficiais do Brave 14
Peso meio-médio: Ottman Azaitar venceu Danijel Kokora por nocaute técnico – 32s do R1
Peso pena: Jeremy Kennedy venceu Danyel Pilò por nocaute – 2m02s do R1
Peso meio-médio: Abdoul Abdouraguimov venceu Sidney Wheeler por nocaute técnico – 3m20s do R1
Peso galo: Felipe Efrain venceu Arnold Quero por nocaute técnico – 40s do R1
Peso mosca: Velimurad Alkhasov  venceu Sean Santella por decisão unânime (3x 29-28)
Peso médio: Ikram Aliskerov venceu Joey Berkenbosch por nocaute técnico – 2m15s do R1
Peso galo: Jeremy Pacatiw venceu Keith Lee por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
Peso médio: Tarek Suleiman venceu Artur Guseinov por nocaute técnico – 4m43s do R1
Peso leve: Djamil Chan venceu Alejandro Martínez por nocaute – 29s do R1
kennedy-jeremy-brave14
*com divulgação

Categorias:AGÊNCIAS DE COMUNICAÇÃO, AGENDA DO FIM DE SEMANA, COLUNA VANESSA MALUCELLI, DIVIRTA-SE, ESPORTES, evento, FREE LIFESTYLE, LANÇAMENTOS, OPORTUNIDADETags:, , , , , , , , , , ,

VanessaMalucelliAndersen

Colunista do Site — Divirta-se Curitiba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s