Brasileiro Cleiton ‘’Predador’’ defende título peso leve no BRAVE CF 44

Distrito de Seef, Bahrein - 16 de Outubro de 2020

A organização de MMA que mais cresce mundo afora retorna à sua casa no Bahrein para dois eventos nos dia 5 e 12 de Novembro e terá presença brasileira no primeiro dos dois cards. No BRAVE CF 44, marcado para o dia 5 de Novembro, o campeão Cleiton ‘’Predador’’ Silva defenderá seu cinturão peso leve diante do franco-tunisiano Amin Ayoub na luta principal do show.

Cleiton, que representa a equipe Full House, em Belo Horizonte, conquistou o cinturão do BRAVE CF após finalizar o arquirrival Luan ‘’Miau’’ Santiago, no main event do BRAVE CF 25, que ocorreu em sua cidade natal. Os dois protagonizaram uma intensa rivalidade antes da luta e ‘’Predador’’ surpreendeu o mundo do MMA ao vencer Luan, já que era tido como azarão.

O campeão está acostumado a lutar como azarão, já que sua estreia no BRAVE CF ocorreu de maneira similar. Na ocasião, ele nocauteou o favorito Ahmed Amir em uma batalha sangrenta. Seu segundo triunfo, que lhe deu a chance pelo título, ocorreu diante do argentino Marcelo Bustos, no BRAVE CF 15, disputado na Colômbia.

Agora, Cleiton enfrentará Amin Ayoub, que vem de seis vitórias seguidas e chega credenciado por ter sido campeão de dois pesos diferentes ao mesmo tempo em uma organização árabe. ‘’Fierceness’’ tem um cartel de 14 triunfos e quatro derrotas, com oito das vitórias vindo através de finalizações.

O BRAVE CF 44 será o décimo-primeiro evento realizado pela organização em 2020. O BRAVE CF foi uma das únicas promoções de MMA que manteve o seu calendário apesar das dificuldades provocadas pela pandemia do Covid-19. Assim como nos últimos shows, o BRAVE CF 44 será realizado atrás de portas fechadas e com os mais avançados protocolos de proteção aos atletas e aos realizadores do evento.

Veja o trailer de anúncio da luta principal do BRAVE CF 44 - https://www.instagram.com/p/CGaOpC1l8sU/

BRAVE CF 41: Lucas Mineiro e Luan Miau farão revanche após primeira luta histórica

Distrito de Seef - 1 de Setembro de 2020

Uma das lutas mais marcantes envolvendo brasileiros na história do BRAVE Combat Federation, principal organização de MMA do Oriente Médio, terá seu segundo capítulo em breve.

A promoção baseada no Bahrein anunciou que os ex-campeões Luan “Miau” Santiago e Lucas “Mineiro” Martins vão se enfrentar na luta co-principal do BRAVE CF 41, evento marcado para o dia 17 de setembro, no Bahrein.

Mineiro e Miau se enfrentaram pela primeira vez em 2018, em Belo Horizonte (MG), em uma das lutas mais emocionantes daquele ano. Disputando o cinturão interino dos leves, os dois fizeram um duelo equilibradissimo, que acabou com vitória de Mineiro por nocaute técnico a apenas quatro segundos do fim do quinto round, com uma lesão no cotovelo de Miau após tentativa de queda do rival.

Daí em diante, Mineiro se tornou o campeão interino e linear dos leves do BRAVE CF e também chegou a disputar o cinturão dos penas. Miau, por sua vez, refez seu caminho até o topo da categoria e também chegou a conquistar o título da divisão até 70kg. O atleta da CM System conquistou a cinta no ano passado, com um nocaute avassalador sobre Abdul Kareem Al Selwady na Jordânia.

Com o histórico tanto de Mineiro quanto de Miau e a importância dos dois brasileiros dentro da organização é esperado que o vencedor do confronto desponte como favorito para desafiar o atual campeão da categoria de pesos leves, o também brasileiro Cleiton “Predador” Silva.

Mineiro vs Miau 2 será a luta co-principal do BRAVE CF 41, que será o primeiro de três eventos consecutivos da organização no seu país-natal, o Bahrein, numa série intitulada “Kombat Kingdom”. O card do dia 17 de setembro terá outro brasileiro na luta principal, Daniel “Gaúcho”, que defende o título dos médios contra o libanês Mohammed Fakhreddine.

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

Brasileiro Daniel Gaúcho defende cinturão do BRAVE CF contra lenda do MMA árabe

Distrito de Seef, Bahrein - 31 de Agosto de 2020

O peso médio Daniel Gaúcho, campeão mundial do BRAVE Combat Federation, colocará seu cinturão em jogo pela primeira vez no próximo dia 17 de setembro. O adversário será o astro libanês Mohammad Fakhreddine, um dos mais populares nomes do MMA no Oriente Médio. O anúncio foi feito pela própria organização.

Gaúcho, atleta da CM System, sob a tutela de Cristiano Marcello, tornou-se campeão mundial em dezembro do ano passado, quando foi à África do Sul e bateu Chad Hanekom em sua própria casa por nocaute.

Aos 29 anos e com um cartel profissional de 8 vitórias e apenas duas derrotas, Gaúcho está em uma sequência de cinco triunfos consecutivos, quatro deles por nocaute ou nocaute técnico.

Adversário do brasileiro, o libanês Mohammad Fakhreddine é um dos pioneiros do esporte na região do Oriente Médio e, de longe, um dos mais populares nomes das artes marciais mistas na área.

Fakhreddine, cujo cartel profissional é de 13 vitórias e quatro derrotas, é ex-campeão regional em duas categorias, peso meio-médio e peso médio, e foi uma das primeiras contratações da história do BRAVE CF, onde busca desde então seu primeiro título mundial.

O duelo entre Gaúcho e Fakhreddine será a luta principal do BRAVE CF 41, o primeiro de três eventos consecutivos que a organização promoverá em seu país-natal, o Bahrein.

Devido à pandemia do novo coronavírus, o BRAVE Combat Federation tem realizado, desde julho, todos os seus eventos com portões fechados e sob um rigoroso protocolo de segurança para atletas e pessoal envolvidos. Os três cards do Bahrein também não contarão com a presença de público, mas serão transmitidos mundo afora normalmente.

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

BRAVE CF 40: Machaev brilha e se aproxima do título; rivais repetem clima quente da pesagem na luta co-principal

BRAVE CF 40: Machaev brilha e se aproxima do título; rivais repetem clima quente da pesagem na luta co-principal

Estocolmo, Suécia - 25 de Agosto de 2020

O quarto evento consecutivo do BRAVE Combat Federation na Suécia foi marcado por lutas empolgantes e viu a ascensão de uma nova estrela, o peso pena austríaco Mochamed Machaev, que venceu Shoaib Yousaf na luta principal do BRAVE CF 40.

Machaev usou suas habilidades superiores no wrestling para controlar a luta. Apesar de ter tido bons momentos na trocação, Shoaib não foi páreo para a luta agarrada do rival, com direito a um suplex de cinema no fim do primeiro round.

Com mais uma vitória garantida, Mochamed Machaev agora tem um cartel profissional de dez vitórias e nenhuma derrota. O austríaco está muito próximo de uma disputa de título pelo cinturão vago dos pesos penas do BRAVE CF.

Na luta co-principal da noite, Anton Turkalj e Ibo Aslan trouxeram toda a intensidade e rivalidade demonstrada um dia antes na pesagem para dentro do cage. Os dois fizeram questão de mostrar o quanto não se gostavam desde o primeiro momento e partiram pra cima logo após o gongo inicial.

Aslan começou melhor e até machucou Turkalj, que ficou com o nariz sangrando. O ''Last Ottoman'', no entanto, cansou-se rapidamente e foi presa fácil para o rival. No segundo assalto, Anton levou o oponente pro chão e finalizou com um mata-leão.

Após finalizar a luta, ao invés de pôr um ponto final na animosidade, como muitas vezes acontece, Turkalj pôs mais lenha na fogueira e saiu do enforcamento já xingando Ibo Aslan. Os dois tiveram que ser separados pelo árbitro Dec Larkin.

As demais lutas do card também terminaram antes do tempo regulamentar com triunfos de David Jacobsson, por nocaute no primeiro round, e de Husein Kadimagomaev e Zvonimir Kralj, ambos com nocautes no segundo round.

O BRAVE CF agora volta para casa, após seis eventos consecutivos na Europa, e se prepara para uma programação recheada de ação nos meses de setembro e outubro, nos quais vai promover três cards no seu país-natal, o Bahrein.

Confira abaixo os resultados do BRAVE CF 40:

Peso pena: Mochamed Machaev venceu Shoaib Yousaf em decisão unânime dos jurados(30-27, 30-27, 30-27);
Peso combinado (98 kg): Anton Turkalj venceu Ibo Aslan por finalização (mata-leão) a 1m57s do R2;
Peso meio-médio: David Jacobsson venceu Corneliu Lascar por nocaute técnico a 48s do R1;
Peso Combinado (72 kg): Husein Kadimagomaev venceu Sven Fortenbacher por nocaute técnico a 1m37s do R2;
Peso pesado: Zvonimir Kralj venceu Fatih Aktas por nocaute técnico a 1m14s do R2.

BRAVE CF anuncia três shows no ce primeira rodada de torneio com brasileiros

Distrito de Seef, Bahrein - 24 de Agosto de 2020

O BRAVE Combat Federation, maior evento de MMA do Oriente Médio, anunciou três eventos especiais de forma consecutiva em seu país-natal: o Reino do Bahrein. Os três cards em semanas seguidas contarão com a primeira rodada do torneio pelo cinturão peso mosca, além de lutas valendo o título e outros combates de primeiro escalão.
O primeiro dos três eventos será o BRAVE CF 41, que acontece no dia 17 de setembro. Uma semana depois, no dia 24, acontece o BRAVE CF 42. O último dos três cards programados será o BRAVE CF 43, marcado para o dia 1° de outubro. Os três eventos acontecerão com os portões fechados na Khalifa Sports City, principal arena de esportes do país e tradicional sede do BRAVE CF.

Ainda não foram oficializados duelos para os card, que marca o retorno da organização ao Oriente Médio após longa temporada na Europa, com múltiplos eventos na Romênia e na Suécia, mas a intenção é conduzir a rodada de abertura do torneio pelo título mundial dos pesos moscas, que vai coroar o primeiro campeão da divisão até 57kg da organização.

O BRAVE CF já anunciou o chaveamento do torneio, que terá José “Shorty” Torres enfrentando seu compatriota norte-americano Sean Santella, o brasileiro Marcel Adur encarando o ex-UFC Dustin Ortiz, Velimurad Alkhasov tendo pela frente o brasileiro Flávio de Queiroz e o americano Zach Makovsky medindo forças com o filandês Abdul Hussein.

Nos próximos dias, é esperado que o BRAVE CF anuncie a programação completa para as três noites de lutas, mas os fãs podem esperar os principais nomes da organização sendo parte de três semanas repletas de lutas de altíssimo nível.

Promo - BRAVE CF Bahrein: https://www.instagram.com/p/CERjLXOq59u/

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

BRAVE CF 39: brasileiro Felipe Lima vence com atuação dominante e grego Bachar ganha luta principal 

Estocolmo, Suécia - 16 de Agosto de 2020

Os dois representantes brasileiros no card do BRAVE CF 39, realizado na noite deste sábado na Suécia, ainda tarde no Brasil, tiveram resultados bem diferentes. Enquanto o estreante Felipe Lima teve uma atuação dominante e venceu por decisão unânime dos jurados, Rafael Macedo acabou superado depois de sofrer um corte feio na cabeça.

Primeiro brasileiro a entrar no cage montado na capital Estocolmo, o manauara Felipe Lima mostrou enorme superioridade na trocação, e garantiu inclusive alguns momentos de destaque, com belas joelhadas voadoras e golpes contundentes, diante do iraniano Farbod Irannejad. Após três rounds, Lima foi declarado vencedor de forma unânime nas papeletas dos jurados.

Já o ex-Bellator Rafael Macedo até conseguiu levar a luta para o chão, onde poderia colocar seu jiu-jitsu em prática, mas não deu conta de manter seu adversário Tobias Harila por lá. De volta em pé, Harila caçou o brasileiro pelo cage e conseguiu abrir um corte feio na cabeça de Rafael, que foi obrigado a jogar a toalha entre o segundo e o terceiro round.

Na luta principal da noite, o peso meio-médio Tahar “Fast Hands” Hadbi, da França, voltou ao BRAVE Combat Federation após mais de dois anos de ausência e acabou sentindo a falta de ritmo.

Hadbi, cuja principal característica é a velocidade, teve dificuldades para se encontrar nos primeiros minutos de luta, mas foi melhorando à medida que o combate foi passando. Porém, acabou sucumbindo à pressão do grego Giannis Bachar, que venceu por decisão unânime dos jurados.

Confira abaixo os resultados do BRAVE CF 39:

Luta principal: Giannis Bachar venceu Tahar Hadbi por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27)
Luta co-principal: Andreas Gustafsson venceu Miro Jurkovic por nocaute técnico aos 4:10 do R3
Peso leve: Tobias Harila venceu Rafael Macedo por nocaute técnico (interrupção médica no fim do segundo round)
Peso combinado: Felipe Lima venceu Farbod Irannejad por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27)
Peso leve: Sahil Siraj venceu Davide La Torre por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)

Leonardo Macarrão renova com o BRAVE CF por mais cinco lutas

Distrito de Seef, Bahrein - 13 de Agosto de 2020

O brasileiro Leonardo “Macarrão” Mafra, que está no BRAVE Combat Federation desde o início de 2018, estendeu seu vínculo com a organização baseada no Bahrein por mais cinco combates.

Até o momento, Macarrão competiu por duas vezes no evento do Oriente Médio, com uma derrota após lesionar o joelho no meio do combate, contra Gadzhimusa Gaziev, que o deixou fora de ação por mais de um ano, e uma vitória, no seu retorno, diante do holandês Djamil Chan.

Em sua carreira, Mafra possui 15 vitórias e cinco derrotas. O catarinense, que vive e treina na Califórnia (EUA) com o mestre Rafael Cordeiro na Kings MMA, teve duas passagens pelo UFC, uma em 2012 e outra entre 2014 e 2015.

Macarrão se tornou conhecido do público brasileiro por ter sido membro da primeira edição do reality show “The Ultimate Fighter Brazil”. Membro do time de Wanderlei Silva no programa, ele entrou na casa após vencer Samuel Trindade.

Dentro do programa, ele acabou superado por Cezar “Mutante”, pupilo e membro da equipe rival comandada por Vitor Belfort e que viria a se tornar o campeão do reality show.

O BRAVE CF não divulgou a data da próxima luta de Leonardo Macarrão pela organização, embora seja esperado que o brasileiro venha a competir em algum dos eventos que a organização vai realizar até o final do ano.

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

Brasileiro Marcel Adur renova contrato com o BRAVE CF

Distrito de Seef, Bahrein - 6 de Julho de 2020

Um dos melhores pesos moscas no plantel do BRAVE Combat Federation, o brasileiro Marcel Adur acaba de ampliar seu vínculo com a principal organização de MMA do Oriente Médio, com base no Bahrein.

Um veterano do BRAVE CF, Adur tornou-se uma estrela da organização ao longo de uma extensa trajetória dentro do evento, que começou em março de 2017, quando ele fez sua estreia, vencendo o mexicano Ivan Lopez por nocaute técnico.

De lá para cá, Adur colecionou um cartel de quatro vitórias e somente uma derrota dentro do show, com três desses triunfos vindo por nocaute ou nocaute técnico. O brasileiro lutaria pelo título mundial no último mês de novembro, mas a luta diante do norte-americano José “Shorty” Torres acabou sendo cancelada após Torres se retirar do combate.

Em sua última aparição no cage do BRAVE Combat Federation, Adur superou o compatriota Marlon Derik, em decisão unânime dos jurados. O combate foi realizado em Belo Horizonte (MG), no card principal do BRAVE CF 25, em agosto de 2019.

Mesmo sem competir desde o segundo semestre do ano passado, Adur vive a expectativa de retornar à ação e, é claro, com o cinturão de campeão mundial peso mosca como seu maior objetivo.

“Olá, pessoal, eu estou muito feliz de assinar minha renovação com o BRAVE CF. Mal posso esperar para estar de volta, lutando novamente. Meu objetivo permanece sendo o cinturão. Esse título vai estar comigo muito, muito em breve!”, comentou Marcel ao falar sobre o novo acordo.

BRAVE Combat Federation anuncia criação de evento de boxe

Distrito de Seef, 18 de Maio, 2020

Maior evento de MMA do Oriente Médio, o BRAVE Combat Federation irá expandir suas fronteiras dentro dos esportes de combate. A organização anunciou a criação do BRAVE Boxing, que fará eventos de boxe profissional.

Desde sua criação em setembro de 2016, o BRAVE Combat Federation organizou 34 eventos de MMA, em 19 países - incluindo quatro shows no Brasil. Neste período, a companhia contratou mais de 200 atletas de mais e 60 nações diferentes. Os brasileiros são maioria, com 77 lutadores já tendo atuado pelo BRAVE CF, incluindo os atuais campeões Cleiton "Predador" (peso leve) e Daniel "Gaúcho" (peso médio).

Além de organizar shows em mercados tradicionais dos esportes de combate, como Brasil, Inglaterra, México e Emirados Árabes, o BRAVE CF também levou o primeiro evento internacional de MMA ao continente da África, com shows no Marrocos e na África do Sul, além de estrear em nações como Paquistão, Cazaquistão, Colômbia e Arábia Saudita.

Essas serão algumas das credenciais que o BRAVE Combat Federation trará ao mundo do boxe, com a organização, fundada por Sua Alteza Shaikh Khaled bin Hamad Al Khalida, esperando fazer um impacto imediato na nobre arte.

Presidente do BRAVE CF, Mohammed Shahid fez a seguinte declaração sobre o histórico anúncio.

"A visão de Sua Alteza Shaikh Khaled é a de desenvolver os esportes de combate em uma escala global. Agora estaremos combinando nossos esforços nos dois maiores esportes de combate. O objetivo do BRAVE CF é globalizá-los e emponderar todos os envolvidos, como lutadores, empresários, fãs, jornalistas, e promoters. Esta visão focada que tivemos para levar o MMA a outro nível será apontada agora também para o boxe".

Mais detalhes sobre a incursão do BRAVE CF no boxe serão divulgados nos próximos dias.

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

Daniel Kinahan confirmado como consultor especial da KHK Sports

Distrito de Seef, Bahrein - 14 de Maio, 2020

Daniel Kinahan, agente internacionalmente reconhecido no mundo do boxe, foi nomeado como consultor especial da KHK Sports, no Bahrein. Kinahan está envolvido no mais alto nível dos esportes de combate desde seus dias como um dos fundadores da MTK Global, antes de se fixar como consultor de alguns dos maiores nomes da indústria na última década. Ele foi fundamental na concretização de alguns dos maiores eventos esportivos dos últimos anos. Como consultor da Top Rank no Oriente Médio, sua perícia e conexões irão fortalecer a marca KHK Sports e expandir imediatamente seu alcance internacional.

O papel de Kinahan se estenderá a todo o portfólio da KHK Sports, que engloba a KHK MMA, KHK Boxing e a organização de MMA que mais cresce no planeta, BRAVE Combat Federation.

A KHK Sports foca no desenvolvimento dos negócios esportivos nacionais em 19 nações, trazendo relações de comércio, investimento estrangeiro direto e fortalecimento do turismo através dos esportes.

A KHK Sports é conhecida por desenvolver os negócios dos esportes de combate e organiza eventos internacionais mundo afora, além de ter em seu portfólio a maior propriedade de mídia esportiva do Oriente Médio.

A KHK Sports apoia atletas nacionais e internacionais e é responsável pelo desenvolvimento das artes marciais mistas no Bahrein em todos os níveis, incluindo o estabelecimento de uma equipe nacional e trazendo astros e eventos internacionais ao país, e encoraja o esporte como ferramenta de desenvolvimento social.

Além da KHK MMA, a KHK Sports lançou com sucesso outras iniciativas esportivas como KHK Boxing, KHK Racing, KHK Wrestling, KHK Cricket e a organização BRAVE Combat Federation, além de investir em outras áreas, como clubes de futebol da Europa.

Khalid bin Hamad Al Khalifa Sports (KHK Sports) é uma visão de Sua Alteza Shaikh Khalid bin Hamad Al Khalifa, fundador do BRAVE Combat Federation.

Sua Alteza reconhece a importância de eventos esportivos promoverem o Reinado do Bahrein internacionalmente e aprecia o tremendo valor que o Sr. Kinahan irá trazer à organização.

"O esporte tem um grande papel na formação dos nossos jovens e no futuro do mundo. Tendo uma infraestrutura que tem a capacidade de se desenvolver, o esporte promove oportunidades, independente de raça, religião ou até mesmo poder de marketing, e sim baseado em talento e na possibilidade de se criar um projeto global que possa unificar o mundo. É uma questão de esperança e de crença que o impossível não existe. Essa é a visão que queremos atingir com a KHK Sports e sabemos que podemos fazer isso com esse time", comentou Sua Alteza Shaikh Khalid.

CEO da KHK Sports e presidente do BRAVE CF, Mohammed Shahid comentou: "Eu gostaria de dar as boas-vindas ao Sr. Daniel Kinahan, que agora faz parte da família KHK. É um prazer tê-lo conosco. Seu envolvimento nos esportes de combate, seus feitos e seu conhecimento são exatamente o que precisamos para estender a visão da KHK Sports. Daniel tem a mesma visão. Vamos mudar vidas, dar oportunidades iguais, fazer sonhos se tornarem realidade e unir o mundo através dos esportes."

O Sr. Kinahan adicionou o seguinte: "É uma honra trabalhar com Sua Alteza Shaikh Khalid bin Hamad Al Khalifa, o Sr. Mohammed Shahid e toda a equipe da KHK Sports. Esta organização deixou uma marca impressionante nos esportes de combate e tem ambições extraordinárias de crescer internacionalmente. Eu estou animado para trabalhar com o time e realizar esses sonhos, e ajudar a transformar os esportes de combate do Bahrein em uma presença reconhecida globalmente. Nós iremos criar oportunidades para lutadores barenitas nos palcos internacionais e, ao mesmo tempo, atrair os principais nomes dos esportes para o Bahrein. Sua Alteza é um visionário em seu approach aos esportes de combate e construiu a KHK Sports com muita paixão, o que é essencial para o crescimento contínuo e a inspiração do povo do Bahrein".

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

Rivais se movimentam e desafiam Daniel Gaúcho, atual campeão do BRAVE CF

Distrito de Seef, Bahrein - 7 de Maio, 2020

Daniel Gaúcho fez história no MMA em dezembro do ano passado ao se tornar o primeiro campeão peso médio do BRAVE Combat Federation, após vitória por nocaute sobre o sul-africano Chad Hanekom, que lutava em casa no BRAVE CF 31. Naturalmente, o atleta da CM System se tornou o foco dos desafios de seus pares.

Além do próprio Hanekom ter mostrado interesse em uma revanche contra Gaúcho, o libanês Mohammad Fakhreddine e o russo Ikram Aliskerov também entraram na fila para enfrentar o brasileiro.

Gaúcho, que tem duas vitórias por nocaute pelo BRAVE CF, teve uma ascensão meteórica em 2019, ao conquistar os dois triunfos de forma avassaladora. Antes de Chad, ele havia nocauteado o compatriota Bruno Assis no BRAVE CF 25, em Belo Horizonte.

Fakhreddine e Aliskerov parecem estar disputando a "pole position" para enfrentar Gaúcho assim que o BRAVE CF retornar às suas atividades - atualmente paralisadas por conta da pandemia do Coronavirus.

"The Latest" Fakhreddine ficou perto de disputar o cinturão meio-médio do BRAVE CF em 2017, mas passou mal no corte de peso da luta inaugural pelo título e acabou sendo substituído por Carlston Harris, eventual campeão. Depois disso, Fakhro subiu ao peso médio e chegou a se aventurar no torneio sem limite de peso organizado pelo BRAVE CF e pela KHK MMA. No KHK World Championships, ele superou o meio-pesado Kléber Orgulho, mas acabou perdendo para Azamat Murzakanov na final. Mesmo assim, saiu com moral do torneio.

Já Aliskerov é o recordista de vitórias nos médios - tem cinco triunfos. Após se aventurar no meio-médio, o russo resolveu retornar à categoria até 84 kg e vem de vitória por nocaute técnico sobre Diego González. Em recente entrevista, Ikram disse que gostaria de enfrentar "Gaúcho" em um evento do BRAVE CF na Rússia.

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

UFC 249 mostra que o MMA precisa de regulamentação, diz presidente do BRAVE CF

Distrito de Seef, Bahrein - 8 de Abril de 2020

O mundo inteiro foi afetado pela pandemia do Coronavirus e a atmosfera do esporte não ficou imune a isso. Praticamente todas as grandes organizações foram obrigadas a tomar difíceis decisões e adiar ou cancelar eventos, jogos e campeonatos.

O mundo do MMA também sofreu alterações, com o adiamento de eventos se tornando uma norma ao redor do planeta. Assim também aconteceu com o BRAVE Combat Federation, maior organização de MMA do Oriente Médio. Presidente da companhia, Mohammed Shahid iniciou uma campanha online de conscientização que pretende ajudar a frear a propagação do vírus.

Outras organizações, porém, escolheram ignorar a pandemia do Covid-19 e estão colocando vidas em jogo ao "manter o show na estrada".

Com a recente confirmação de que o UFC 249 acontecerá em meio à pandemia, Shahid tocou em um assunto muito próximo ao BRAVE CF - a regulamentação do esporte.

"Todo mundo está perdendo algo com essa pandemia. Só no mundo dos esportes, temos visto jogadores de futebol aceitando cortes nos seus salários, clubes falindo, e organizações trabalhando apenas para se manter no jogo. Nós temos organizações como a UEFA e o COI adiando seus maiores campeonatos e eventos e dando exemplo ao fazerem isso"

"É nosso dever como representantes do MMA caminhar para frente, mas de um jeito que não coloque ninguém em risco. Nós precisamos dar o exemplo. Essa é um problema coletivo, não podemos mostrar ao mundo que não ligamos para isso", comentou o dirigente, frustrado com a má representação do esporte neste momento delicado.

"Nós estamos mal representados como esporte por conta de decisões como essa. Nós somos o esporte mais feroz? Somos! Temos os atletas mais duros? Com certeza. Mas essa não é a dureza que representamos como esporte, de ir contra regras e regulamentos. Nós precisamos regular o esporte de forma profissional e todos precisamos colaborar coletivamente, como um esporte. As decisões devem ser tomadas com o bem-estar das pessoas e do esporte como prioridade, e não baseadas em dinheiro".

Desde seu começo, em Setembro de 2016, o BRAVE CF organizou 24 eventos em 19 países diferentes, incluindo quatro shows no Brasil. O BRAVE CF tem trabalhado com federações locais, nacionais e internacionais para o desenvolvimento do MMA em todos os níveis, da prática amadora ao profissionalismo, além de ajudar a IMMAF a organizar o Mundial Amador por três anos seguidos no Bahrein. Para Shahid, este novo sistema é necessário para a evolução do esporte.

"É preciso introduzir um novo sistema no MMA. Nós precisamos evoluir do negócio de eventos para o negócio do esporte. Nós precisamos tratar o MMA como um esporte, e o MMA deve ser reconhecido como tal. O BRAVE CF, com a liderança e visão de Sua Alteza Shaikh Khaled bin Hamad Al Khalifa, tem liderado o movimento rumo a essa mudança".

"O dinheiro não deve ser prioridade nesse caso. Se o dinheiro for sua prioridade, você não irá conseguir desevolver o esporte. Quando você busca o desenvolvimento do esporte, tudo se aloca de forma correta, incluindo o dinheiro em si. E é isso que estamos fazendo no BRAVE CF".

Rivalidade entre “Predador” e “Miau” no BRAVE CF segue quente apesar de adiamento

Distrito de Seef, Bahrein - 6 de Abril de 2020

Dois dos melhores leves do MMA brasileiro parecem estar novamente em rota de colisão. Cleito "Predador" Silva, campeão da categoria no BRAVE CF, tinha luta marcada no retorno da organização árabe ao Brasil, quando enfrentaria Guram Kutateladze. O sueco se machucou e Luan "Miau" Santiago entrou em sua vaga, buscando vingança, já que Cleiton foi o responsável por lhe tirar o cinturão.

Os dois se enfrentaram no BRAVE CF 25, que aconteceu em Agosto do ano passado em Belo Horizonte. Na ocasião, após semanas de provocações, Cleiton rapidamente finalizou o atleta da CM System, chocando o mundo e se tornando campeão peso leve do BRAVE CF.

Eles voltariam a lutar no BRAVE CF 35, porém a pandemia do novo Coronavirus obrigou a organização a adiar o evento. Os dois, porém, seguem se provocando através das redes sociais. Cleiton declarou que gostaria de "bater de novo" em "Miau", que rebateu dizendo que, no próximo encontro entre os dois, o cinturão retornará a seu poder e que ele, Luan, é o campeão de verdade.

Desde o duelo entre os dois, Santiago se aventurou no peso superleve, categoria intermediária entre os leves e os meio-médios (limite de 74,9 kg ou 165 lbs). No BRAVE CF 29, "Miau" dominou o duro russo Gadzhimusa Gaziev, conquistando vitória na decisão dos jurados.

Cleiton, por sua vez, não luta desde o duelo contra "Miau" e garantiu que irá se preparar para todas as opções (o title shot deve ficar para Kutateladze ou Luan) quando o BRAVE CF retomar suas atividades.

Legenda da foto em anexo - Luan "Miau" e Cleiton "Predador" se encaram antes do primeiro duelo entre os dois, no BRAVE CF 25

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

BRAVE CF adia todos os eventos até segunda ordem

Dada a propagação global do Coronavirus (COVID-19), é com grande pesar que anunciamos o adiamento do BRAVE CF 35, do BRAVE CF 36, e do BRAVE C37 até segunda ordem.

Em alinhamento com a atual situação, a equipe do BRAVE CF se sente compelida a tomar as decisões necessárias para minimizar a propagação do vírus.

Os valores centrais do BRAVE CF - de empoderar um ao outro e crescer como uma entidade, nos guiará na face da difícil tarefa de responder ao Coronavirus (COVID-19), que a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou agora ser uma pandemia.

Nossos pensamentos estão com todos os afetados pelo Coronavirus (COVID-19), assim como seus amigos, familiares e entes queridos.

Queremos também expressar toda a nossa admiração aos trabalhadores do setor de saúde, às comunidades locais e aos governos ao redor do mundo por estarem na linha de frente, trabalhando para conter esse vírus. Aos homens e mulheres que tem trabalhado dia e noite para nos ajudar a chegar a um outro dia, seja através dos serviços de emergência, setores governamentais e, claro, os serviços de varejo e serviços, que precisam permanecer abertos nesses tempos difíceis.

Nós nos sensibilizamos com o vasto e crescente impacto do vírus, mas nos sentimos agradecidos com a proatividade demonstrada ao redor do mundo.

BRAVE CF se junta aos esforços feitos por todas as organizações para conter o avanço do vírus, e começamos uma campanha de ação e conscientização, United We Fight (Unidos Lutaremos), #BRAVECombatsCovid19, executada pela Fundação KHK Heroes.

Mais detalhes serão compartilhados em breve e estamos ansiosos por seu apoio contínuo,

Miau faz campanha por revanche contra Predador no BRAVE CF 35, em Balneário

Com Guram Kutateladze fora de combate para o BRAVE CF 35 devido a uma lesão na costela, o posto de desafiante ao título dos leves se encontra atualmente vago, a
menos de um mês para o duelo. A mudança brusca de cenários fez com que o ex-campeão Luan Miau agisse rápido e começasse uma campanha para que seja ele o
substituto de Guram, ganhando assim o direito à sua tão desejada revanche contra Cleiton Predador, seu algoz em agosto do ano passado.

Fãs e apoiadores do brasileiro invadiram a página oficial do BRAVE CF no Instagram, fazendo uma publicação da promoção questionando quem deveria ser o novo oponente de Cleiton Predador ter mais de 100 comentários em menos de uma hora. Literalmente todos eles diziam que deveria ser Luan o contemplado, recebendo assim a chance de se vingar de seu compatriota e atual campeão.

O último encontro de Cleiton Predador e Luan Miau terminou com uma finalização avassaladora de Predador ainda no primeiro assalto, para surpresa de muitos fãs e explosão de alegria de sua torcida em Belo Horizonte (MG), onde o combate aconteceu. Desde então, o campeão está ausente dos cages do BRAVE CF, aguardando sua primeira defesa de título enquanto Miau já se recuperou da derrota meses depois, batendo o russo Gadzhimusa Gaziev em combate realizado no Bahrein.

O BRAVE CF 35 marca a quinta visita da organização de MMA que mais cresce no mundo ao Brasil e acontece no dia 28 de março em Balneário Camboriú (SC). Ainda
sem uma luta principal confirmada, devido à lesão de Kutateladze, a noite terá o duelo entre os super leves Leonardo “Macarrão” Mafra e Carl “The Bomber” Booth como co-main event.

Legenda da foto - Miau e Predador se encaram antes da primeira luta, quando Luan ainda era o campeão.

Gabriel Fly se desentende com espanhol em rede social e pede “acerto de contas” no BRAVE CF

O peso pena do BRAVE Combat Federation e faixa preta de jiu-jitsu Gabriel “Fly” Miranda não faz o tipo falastrão, tão típico entre os lutadores de MMA. Porém, quando provocado, também sabe usar as redes sociais para a modalidade número um do internauta brasileiro: a “treta online”. O alvo da vez foi o espanhol Ilia Topuria, rival de divisão de Fly no BRAVE CF.

Em post no Instagram, Topuria marcou Fly apenas usando um emoji de frango e foi prontamente respondido. “Ei, anão, venha ao Brasil, após lutar contra o Morcego eu vou resolver essa parada contigo ali mesmo. BRAVE CF, faça essa luta entre esse anão e eu, pelo cinturão interino”, rebateu.

Ilia Topuria não deixou por menos, concordando em resolver dentro do cage as diferenças com o brasileiro. “Isso mesmo, BRAVE CF, faça isso! Eu quero esmagar esse moleque”. Fly ainda reforçou o desejo e propôs que a luta valha o título. “Eu não preciso de um minuto com você. Vamos, BRAVE CF, cinturão interino, Gabriel Fly e ‘Anãozinho’ Topuria”, disparou.

Com 14 vitórias e 5 derrotas, Gabriel Fly tem compromisso marcado no próximo dia 25 de março, em Balneário Camboriú, diante do compatriota e ex-Bellator Rafael
“Morcego” Silva, no BRAVE CF 35. Ilia Topuria segue aguardando seu próximo duelo. O espanhol vem de vitória sobre o sul-africano Steven Gonçalves em novembro do ano passado.