Sob o olhar de Cyborg, “Gaúcho” brutaliza e vira primeiro campeão peso médio da história do BRAVE CF

Sob o olhar de Cyborg, "Gaúcho" brutaliza e vira primeiro campeão peso médio da história do BRAVE CF

Foi uma noite inesquecível para Daniel "Gaúcho" Pereira Souza. O brasileiro escreveu seu nome na história do MMA ao se tornar o primeiro campeão peso médio da história do BRAVE Combat Federation. Na luta principal do BRAVE CF 31, na África do Sul, Daniel brutalizou o dono da casa Chad Hanekom e o nocauteou no segundo round, virando o mais novo brasileiro campeão do BRAVE CF e seguindo os passos de Cleiton "Predador", Lucas "Mineiro" e do seu companheiro de equipe Luan "Miau" Santiago.

Com um estilo de defesa de quedas e partindo para a trocação franca, "Gaúcho" chegou a estar em apuros no primeiro assalto, quando Hanekom avançou para as suas costas. O brasileiro soube ter calma, conseguiu sair da posição ruim, e ainda atordoou Chad no fim do round.

No segundo assalto, o pupilo da CM System partiu para cima e rapidamente conquistou o nocaute que o coloca na história do BRAVE CF. Após a luta, ele já aceitou o desafio de Mohammad Fakhreddine, que tem tudo para ser seu primeiro desafiante.

Além de Daniel, outros nocautes brutais tomaram conta da noite. Na presença de Cris Cyborg, embaixadora do BRAVE CF, alguns dos principais atletas do plantel da companhia deram show. Casos de Amin Ayoub, que finalizou Djamil Chan com uma guilhotina, e Kevin Ruart, que nocauteou brutalmente Ibrahim Mane.

Veja os resultados do BRAVE CF 31

CARD PRINCIPAL
Peso médio: Daniel Souza venceu Chad Hanekom por TKO - Round 2
Peso casado (58 kg): Dansheel Moodley venceu Anton Larsson por decisão unânime
Peso casado (73 kg): Amin Ayoub venceu Djamil Chan por finalização (guilhotina) - Round 3
Peso médio: Mizwandile Hlongwa venceu Jeremy Smith por decisão unânime
Peso meio-médio: Kevin Ruart venceu Ibrahim Mane por KO - Round 3

CARD PRELIMINAR
Peso pena: Tariq Ismail venceu Cedric Doyle por decisão unânime
Peso galo: Abdul Hussein venceu Martin Debeer por finalização (ninja choke) - Round 1
Peso galo: Nkosi Ndebele venceu Ian Cleary por decisão unânime
Peso meio-médio: Jason Culverwell venceu Dimitri Fogg por finalização (triângulo) - Round 2
Peso meio-médio: Eleizer Kubanza venceu Matt Raynard por KO - Round 3

“Miau” e Luana salvam noite brasileira e russo leva cinturão histórico no BRAVE CF 29

"Miau" e Luana salvam noite brasileira e russo leva cinturão histórico no BRAVE CF 29

A saída de Marcel Adur do card do BRAVE CF 29 diminuiu o número de brasileiros em ação no Bahrein, mas não tirou a emoção do histórico evento, que coroou o invicto Azamat Murzakanov como o primeiro campeão do KHK World Championship, torneio de uma noite sem limite de peso. No cage, apenas dois brasileiros conquistaram vitórias, com Luan "Miau" Santiago superando o russo Gadzhimusa Gaziev e Luana Pinheiro nocauteando Helen Harper.

"Miau", que perdeu o cinturão peso leve para Cleiton "Predador", teve uma performance comedida, controlando a luta com seu caratê e conectando bons chutes no corpo castigado de Gaziev.

Já Luana comemorou em grande estilo a primeira luta feminina da história do Bahrein. Com as mãos bastante afiadas, a campeã de judô conectou golpes duros na inglesa Helen Harper e derrubou a adversária ainda no primeiro assalto.

"Esse é só o começo. Foi uma honra mostrar o que as mulheres são capazes aqui no Bahrein, um país lindo e onde eu fui muito recebida. Quero muito voltar e vocês podem esperar mais nocautes vindo por aí", comemorou Luana.

Erick "Indio Brabo", Felipe Silva, além dos integrantes do KHK World Championship, Guto Inocente e Kleber Orgulho, acabaram derrotados, com Felipe sendo surpreendido por um gancho de esquerda de Guram Kutateladaze, quando claramente vencia a luta.

Já Guto não foi páreo para o wrestling de Azamat, que controlou a luta no curso de dois rounds na semifinal do KHK World Championship. Já Orgulho não resistiu aos duros golpes de Mohammad Fakhreddine, cansou e acabou derrotado.

Antes da decisão, uma grande festa tomou conta da Khalifa Sports City Arena, com um helicóptero trazendo o cinturão mais prestigioso da história dos esportes. O KHK belt, adornado com 6.2 kg de ouro, seria posto em jogo na final do torneio, com o vencedor ganhando US$100 mil (R$ 420 mil) e o direito de ter a posse provisória da histórica cinta.

Na grande final, Azamat foi superior e mostrou porque é um dos atletas mais completos da atualidade ao nocautear Fakhreddine brutalmente ainda no primeiro assalto.

Torres deixa luta pelo título e Adur fica sem oponente no BRAVE CF 29

Torres deixa luta pelo título e Adur fica sem oponente no BRAVE CF 29

O brasileiro Marcel Adur não terá mais a chance de se tornar o primeiro campeão peso mosca da história do BRAVE Combat Federation. Na véspera da pesagem para o evento desta sexta-feira (15), que passará ao vivo e grátis no Brasil através do site bravecftv.com, o oponente de Adur, Jose Torres, anunciou que não iria lutar por conta do estresse emocional em decorrência da perda do pai.

Bastante emocionado, "Shorty" pediu desculpas ao BRAVE CF e a Marcel, declarando que vinha sofrendo muito com a morte de seu pai, inclusive tendo ataques de pânico diários, além de outros problemas emocionais. O americano chegou a chorar ao falar sobre a perda do pai, que foi seu maior incentivador no mundo das lutas.

Da sua parte, Adur declarou estar comovido com a perda do agora ex-oponente, mas disse que ele poderia ter avisado um pouco antes. Marcel disse que estava praticamente com o peso batido e chamou a atitude de Torres de "egoísta", pois o americano esperou até a véspera da pesagem para deixar o combate.

O BRAVE CF 29 segue com 14 lutas emocionantes, sendo seis delas envolvendo brasileiros. Kleber Orgulho e Guto Inocente irão participar das duas semifinais do KHK World Championship, contra Mohammad Fakhreddine e Azamat Murzakanov, respectivamente. Além deles, Erick Índio Brabo, Luana Pinheiro, Felipe Silva e Luan "Miau" também estarão em ação. O maior show da Ásia começa às 11h30, horário de Brasília, e será transmitido para o Brasil na plataforma de streaming do BRAVE CF, o BRAVE CF TV.

Com esquadrão brasileiro, BRAVE 29 terá transmissão online e gratuita no Brasil

Com esquadrão brasileiro, BRAVE 29 terá transmissão online e gratuita no Brasil

O BRAVE 29 será o maior evento do ano para o BRAVE Combat Federation, maior organização de MMA do Oriente Médio. O card, que encabeça a edição 2019 da BRAVE International Combat Week no Bahrein, contará com um verdadeiro esquadrão brasileiro, com sete atletas tupiniquins distribuídos ao longo da programação. Para a ocasião, a promoção anunciou que disponibilizará de forma gratuita a transmissão online para todo o território brasileiro.

Para acompanhar o card do BRAVE 29 e o torneio sem limite de peso KHK World Title, os fãs brasileiros devem acessar www.bravecftv.com. Na tela inicial, então, deve-se clicar na opção subscribe. Uma vez na tela de cadastro, na opção Register, é necessário incluir alguns dados, como nome completo, e-mail válido, país de origem e senha. Com todas as informações inseridas, um e-mail de ativação será enviado para a conta do usuário (lembre-se de checar também a pasta de spam). Pronto, use suas informações de login e assista ao BRAVE 29 a partir das 11 da manhã (horário de Brasília).

O “Time Brasil” no Brave 29 é composto por: Marcel Adur, que disputa o cinturão peso mosca contra Jose Torres na luta principal; o ex-campeão peso leve Luan “Miau” Santiago, que sobe de divisão para enfrentar Gadzhimusa Gaziev; o ex-UFC Felipe Silva, que encara Guram Kutateladze; Luana Pinheiro, que tem pela frente Helen Harper; Erick “Índio Brabo” da Silva, que luta contra Tae Kyun Kim; além de Guto Inocente e Kleber “Orgulho”, que farão parte do torneio de uma noite sem limite de peso valendo 100 mil dólares e a posse do cinturão de 6,2kg de ouro puro KHK World Title.

Veja o card completo do BRAVE CF 29:

Card principal

Cinturão peso mosca: Jose Torres vs Marcel Adur
Peso galo: Hamza Kooheji vs Nahuel Gandolfi
Peso pena: Abdul-Kareem Al-Selwady vs Dumar Roa
Peso superleve: Luan “Miau” Santiago vs Gadzhimusa Gaziev
Peso leve: Felipe Silva vs Guram Kutateladze
Peso palha: Luana Pinheiro vs Helen Harper

Card preliminar

Peso mosca: Hussain Ayyad vs Matis Zarahovs
Peso pena: Ilia Topuria vs Steven Gonçalves
Peso mosca: Amir Albazi vs Ryan Curtis
Peso galo: Ali Qaisi vs Jeremy Pacatiw
Peso galo: Kasum Kasumov vs Rany Saadeh
Peso pena: Tae Hyun Kim vs Erick da Silva

Semifinais KHK World Championship

Peso aberto: Kleber Orgulho vs Mohammad Fakhreddine
Peso aberto: Guto Inocente vs Azamat Murzakanov

Um ano após revés no Bahrein, Adur promete: “Agora vou conquistar o cinturão e defendê-lo aqui”

Um ano após revés no Bahrein, Adur promete: “Agora vou conquistar o cinturão e defendê-lo aqui”

Exatamente há um ano, Marcel Adur fez sua primeira viagem ao Reino do Bahrein em busca do título mundial peso mosca. Entretanto, as coisas não saíram bem como esperado para o brasileiro. Seu oponente, Velimurad Alkhasov, não bateu o peso e perdeu o direito de conquistar o título mesmo em caso de vitória. Além disso, Adur acabou superado em decisão unânime dos jurados após cinco rounds e amargou sua primeira derrota no BRAVE. De volta ao Bahrein, Marcel garante que desta vez tudo vai ser diferente.

“A verdade é que naquela oportunidade, quando vim aqui pela primeira vez, eu não estava realmente pronto”, Adur confessou. “Agora eu me sinto bem melhor, mais treinado e capaz de superar qualquer obstáculo que seja colocado em minha frente. Eu gostei muito de vir aqui ao Bahrein pela primeira vez ano passado e estou gostando muito desta vez também. Espero que possa conseguir um resultado melhor desta vez. Agora vou conquistar o cinturão e depois defendê-lo aqui também”, completou.

Com um cartel profissional de 15 vitórias e apenas cinco derrotas, Marcel Adur atualmente detém o recorde de nocautes na categoria de pesos mosca do BRAVE CF, com três de suas quatro vitórias na organização sendo por nocaute ou nocaute técnico. Em sua última aparição, em agosto, no Brasil, Adur bateu Marlon Derik em uma decisão dominante, garantindo uma vez mais o direito de disputar o título mundial do BRAVE.

O BRAVE 29 acontece no dia 15 de novembro, na Khalifa Sports City, em Isa Town, Bahrein. O evento encabeça a história edição de 2019 da BRAVE International Combat Week, que também conta com o mundial de MMA amador da IMMAF. Além disso, a noite também trará a primeira edição do KHK World Title, um torneio de uma noite, com quatro participantes e sem limite de peso que oferecerá ao vencedor 100 mil dólares como premiação e a posse provisória de um cinturão de 6,2kg de puro ouro, o prêmio mais valioso nos esportes atualmente.

“Exército Brasileiro” chega ao Bahrein para o BRAVE CF 29

“Exército Brasileiro” chega ao Bahrein para o BRAVE CF 29

A BRAVE International Combat Week é o aguardado anual retorno do BRAVE Combat Federation ao seu país-natal, o Reino do Bahrein. Dessa vez, no entanto, o evento poderia contar com o subtítulo “Exército Brasileiro”, dada a forte presença de atletas do Brasil na programação. Quatro dos cinco brasileiros que competirão no BRAVE 29 chegaram no Aeroporto Internacional do Bahrein juntos e prontos para fazer história em alguns dias.

Estrela da luta principal da noite, a disputa do cinturão inaugural peso mosca contra Jose “Shorty” Torres, Marcel Adur falou sobre o desafio.

“Acabei de chegar aqui ao Bahrein e tive a calorosa recepção de sempre da equipe do BRAVE. Estou ansioso por essa luta e esperando uma vitória. Vou enfrentar um atleta muito duro, o Jose Torres, mas eu já enfrentei atletas tão duros, ou até mais duros que ele. Então, espero que ele esteja pronto para um, dois, três ou cinco rounds, pois, independentemente disso, eu vou sair daqui com esse cinturão”, disse Adur.

A chegada de Adur coincidiu com a de seus ex-colegas de CM System Luan “Miau” Santiago e Felipe Silva. O ex-campeão dos pesos leves Miau retorna ao Bahrein, onde competiu também em 2018, desta vez subindo para os pesos superleves, e pronto para enfrentar o russo Gadzhimusa Gaziev. Por outro lado, Felipe Silva está fazendo sua estreia no Bahrein e enfrentará o georgiano Guram Kutateladze, em uma luta adiada do BRAVE Colômbia alguns meses atrás - quando Guram se lesionou dias antes da luta e forçou uma mudança repentina no adversário de Felipe.

Juntando-se a Marcel, Luan e Felipe, Luana Pinheiro também chegou ao Bahrein, acompanhada por seu namorado, técnico e também atleta do BRAVE Matheus Nicolau. Após duas impressionantes vitórias em suas aparições no BRAVE, Luana chega ao maior card do ano na organização para enfrentar a britânica Helen Harper.

O “Exército Brasileiro” estará completo no dia 12 de novembro, com as chegadas dos três membros restantes: Erick “Índio Brabo” da Silva, que enfrentará Tae Kyun Kim no card preliminar; e Kleber “Orgulho” e Guto Inocente, que farão parte do prestigioso torneio sem limite de peso KHK World Title.

O BRAVE 29 e o KHK World Title vão acontecer no dia 15 de novembro, na Khalifa Sports City, em Isa Town, Bahrein. O card encabeçará a histórica BRAVE International Combat Week 2019, que também conta o Campeonato Mundial de MMA amador da IMMAF.

Brasileiro Daniel Gaúcho disputa cinturão inaugural do BRAVE CF na África do Sul

Brasileiro Daniel Gaúcho disputa cinturão inaugural do BRAVE CF na África do Sul

A categoria peso médio do BRAVE Combat Federation finalmente terá um campeão coroado no próximo dia 7 de dezembro. Na data, o brasileiro Daniel "Gaúcho" Souza irá a África do Sul para encarar o atleta da casa Chad Hanekom, na luta principal do BRAVE 31.

Gaúcho, cujo cartel profissional é de oito vitórias e duas derrotas, vem de uma vitória avassaladora sobre Bruno Assis no último mês de agosto, no Brasil. O atleta da CM System vem de quatro triunfos consecutivos e tem 75% de suas vitórias por nocaute ou finalização.

O adversário de Gaúcho, Chad Hanekom, é um dos mais nomes populares das artes marciais mistas sul-africanas. Pupilo de Richie Quan, "Superman" vem de duas vitórias consecutivas e contará com o apoio da torcida local para conquistar o título histórico para a África do Sul.

O BRAVE 31 acontece no dia 7 de dezembro, em Durban, África do Sul. Além do combate principal entre Gaúcho e Hanekom válido pelo título inaugural peso médio, o evento, que marca o retorno da organização ao país após um ano, contará com outros grandes nomes sul-africanos do evento, como Dansheel Moodley, Nkosi Ndebele, Dimitri Fogg, Mzwandile Hlongwa e Jeremy Smith.

Kleber Orgulho se junta a Guto Inocente em torneio sem limite de peso no Bahrein

Kleber Orgulho se junta a Guto Inocente em torneio sem limite de peso no Bahrein

Mais um brasileiro foi confirmado no KHK World Championships, torneio de MMA que acontecerá no dia 15 de Novembro, no Bahrein, durante o BRAVE CF 29. Kleber Orgulho substituirá Moise Rimbon e enfrentará Mohammad Fakhreddine nas semifinais. Caso vença, o peso meio-pesado poderá enfrentar Guto Inocente em uma revanche, já que seu compatriota está na outra chave.

Os brasileiros farão parte das duas primeiras lutas do BRAVE CF 29, que valerão para as semifinais do KHK World Championship. Os vencedores dos dois combates irão para a final, que será disputa na mesma noite, na luta principal do histórico evento.

Inocente e Orgulho se enfrentaram uma vez no circuito nacional, em 2010, quando Guto levou a melhor após uma lesão de Kleber.

Orgulho se junta a outros seis brasileiros em ação no estrelado BRAVE CF 29. Marcel Adur lidera o exército do Brasil rumo ao Bahrein. O peso mosca enfrenta Jose Torres, dos Estados Unidos, pelo título inaugural da divisão. Luan "Miau", Felipe Silva, Luana Pinheiro e Erick "Indio Brabo" também estarão em ação, além, é claro, de Guto Inocente.

Luana Pinheiro se junta à legião de brasileiros no BRAVE CF 29; veja card completo

Luana Pinheiro se junta à legião de brasileiros no BRAVE CF 29; veja card completo

O BRAVE Combat Federation, organização de MMA que mais cresce no mundo, divulgou o card completo do maior evento do ano, o BRAVE CF 29, que ocorre no Bahrein, dia 15 de novembro. Além dos já anunciados Marcel Adur, Felipe Silva e Luan "Miau" Santiago, a peso palha Luana Pinheiro também estará em ação, além de Erick "Índio Brabo" da Silva.

Campeã de judô e com duas vitórias em duas lutas pelo BRAVE CF, Luana fará história no Bahrein ao enfrentar a inglesa Helen Harper. Elas farão parte da primeira luta feminina profissional de MMA no reinado. Pinheiro vem de triunfo no BRAVE CF 26, quando finalizou Yasmeli Araque. Antes, ela havia vencido a compatriota Elaine "Pantera", em Belo Horizonte, no BRAVE 11.

Erick, por sua vez, descerá do peso leve para o peso pena para enfrentar Akhmed Magomedov. "Índio Brabo", que treina com Darren Till na Inglaterra, tem quatro lutas pelo BRAVE CF, com duas vitórias e duas derrotas. Ele tentará se recuperar do revés para Guram Kutateladze, diante de Magomedov.

Além dos dois, o Brasil será representado por Marcel Adur, que enfrenta Jose Torres, ex-UFC, pelo título inaugural peso mosca. Luan "Miau" Santiago sobe para o peso superleve para enfrentar Gadzhimusa Gaziev, enquanto Felipe Silva mede forças com Guram Kutateladze.

O BRAVE CF 29 terá, no total, 15 lutas, e 12 delas foram confirmadas pela organização. As outras três farão parte do torneio sem limite de peso, o KHK World Championship, que terá semifinais e final na mesma noite e premiará o vencedor com um cheque de US$100,000 (mais de R$415 mil), além da posse provisória do cinturão KHK, adornado com 6.2 kg de ouro.

Veja o card completo do BRAVE CF 29:

Card principal
Peso mosca: Jose Torres vs Marcel Adur
Peso galo: Hamza Kooheji vs Nahuel Gandolfi
Peso pena: Abdul-Kareem Al-Selwady vs Dumar Roa
Peso superleve: Luan "Miau" Santiago vs Gadzhimusa Gaziev
Peso leve: Felipe Silva vs Guram Kutateladze
Peso palha: Luana Pinheiro vs Helen Harper

Card preliminar
Peso mosca: Hussain Ayyad vs Matis Zarahovs
Peso pena: Ilia Topuria vs Steven Gonçalves
Peso mosca: Amir Albazi vs Ryan Curtis
Peso galo: Ali Qaisi vs Jeremy Pacatiw
Peso galo: Dean Garnett vs Rany Saadeh
Peso pena: Akhmed Magomedov vs Erick da Silva

Luan “Miau” e Felipe Silva são confirmados em card estrelado do BRAVE CF no Bahrein

Luan "Miau" e Felipe Silva são confirmados em card estrelado do BRAVE CF

no Bahrein

Dois dos maiores strikers do MMA brasileiro estarão em ação no mês que vem. Tanto Felipe Silva quanto Luan Santiago, que treinam na CM System, foram confirmados como atrações do BRAVE CF 29, evento que ocorre no dia 15 de novembro, no Bahrein. Ex-campeão peso leve da organização, “Miau” Santiago subirá de categoria para enfrentar Gadzhimusa Gaziev, enquanto Silva medirá forças com Guram Kutateladze.

Luan conquistou o cinturão fora de casa, ao conectar linda cotovelada giratória sobre Abdul-Kareem Al-Selwady, em abril deste ano, na Jordânia. Em sua primeira defesa de cinturão, porém, foi surpreendido pelo arquirrival Cleiton “Predador”, que o finalizou na luta principal do BRAVE CF 25, disputado em Belo Horizonte. Agora, “Miau” tenta a sorte na divisão superleve diante do russo Gaziev, que já venceu Leonardo “Macarrão” e o libanês Mohammad Fakhreddine, este último comum dos maiores nocuates do ano passado.

Já Felipe Silva, ex-UFC, teve sua estreia marcada para o BRAVE CF 26, na Colômbia, contra Guram Kutateladze. O georgiano, no entanto, se machucou, Felipe venceu Dumar Roa, e finalmente enfrentará o rival, em busca de uma chance pelo cinturão de “Predador”.

O BRAVE CF 29 fará parte do BRAVE International Combat Week, maior festival de lutas da Ásia, que terá também o Mundial Amador da IMMAF, e o KHK World Championship, um torneio sem limite de peso, com semifinais e finais acontecendo na mesma noite e como parte do BRAVE CF 29.

Trailer da BRAVE International Combat Week - https://www.instagram.com/p/B3pKLP4IQL6/