Campeão do BRAVE CF “Predador” é provocado por francês e rebate: “Vai ficar no cheirinho”

Uma nova rivalidade emerge na categoria de pesos leves do BRAVE Combat Federation, entre o francês Amin Ayoub e o campeão brasileiro Cleiton "Predador". Os dois trocaram farpas publicamente nos últimos dias, com Ayoub abrindo fogo contra o detentor do título até 70kg e sendo respondido imediatamente.

Durante uma sessão do “BRAVE CF Instagram Takeover Series”, em que atletas e profissionais tomam conta das redes sociais da organização de MMA, Amin Ayoub revelou que mantém uma fotografia de "Predador" em sua geladeira para servir como motivação todos os dias.

Segundo Ayoub, a estratégia é ser obrigado a encarar o potencial rival constantemente e nunca tirá-lo de mente. “Fierceness”, como é conhecido, também disse que se sente merecedor de uma chance pelo título e pediu a vaga como próximo desafiante ao cinturão.

Questionado sobre os comentários recentes do rival francês, o campeão brasileiro tratou logo de garantir que não se sente intimidado, mas também não perdeu a chance de cutucar o adversário.

“É fácil falar de longe”, disse Predador. “Ele pode fazer isso o quanto quiser. Eu vi essa história de que ele usa uma foto minha como motivação, mas ele não vai chegar perto do meu título, essa foto será o mais próximo disso. Ele vai ficar no cheirinho só. Eu sou o campeão do BRAVE CF e assim permanecerei por muito tempo. Qualquer um pode me desafiar, mas não pense que vai sair impune. Ninguém tirará esse cinturão de mim, muito menos esse tal de Amin Ayoub”.

Amin Ayoub possui um cartel profissional de 14 vitórias e apenas quatro derrotas. O francês de Nantes vem de vitória sobre o holandês Djamil Chan em dezembro do ano passado, na África do Sul. Ele enfrentaria Luan "Miau" no Brasil em março, mas a luta acabou cancelada devido à crise internacional do Covid-19.

Já Cleiton Predador possui um retrospecto de 15 vitórias e somente duas derrotas como profissional no MMA. O atleta da Full House, em Belo Horizonte (MG), conquistou o título mundial dos leves em agosto do ano passado ao bater o compatriota "Miau" em casa.

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

BRAVE CF anuncia retorno às atividades com dois eventos na Romênia

O BRAVE Combat Federation, principal organização de MMA do Oriente Médio, anunciou que retomará suas atividades, após uma pausa forçada devido à pandemia do novo coronavírus. A promoção anunciou que fará dois eventos consecutivos, ambos ocorrendo na Romênia, em Bucareste.

O BRAVE CF 35 acontecerá no dia 20 de julho na Beraria H Arena. Uma semana depois, o cage do BRAVE retorna ao mesmo local para o BRAVE CF 36, marcado para 27 de julho. Estes serão os primeiros eventos da organização de MMA que mais cresce no mundo desde janeiro, quando a edição de número 34 aconteceu na Eslovênia.

Tão logo se agravaram os desdobramentos da COVID-19 ao redor do planeta, o BRAVE CF foi uma das primeiras organizações a pausar todas as suas atividades e, além de se engajar no combate à doença no seu país de origem Bahrein, lançou uma campanha global de conscientização.

A Romênia não é estranha ao BRAVE CF. No ano passado, em novembro, a organização realizou um card na capital Bucareste, em parceria com a organização local RXF, o evento, na ocasião, foi encabeçado pela luta de pesos leves entre John Brewin e Maciek Gierszewski, vencida pelo neozelandês por finalização. Na volta ao país do leste europeu, a parceria com a RXF se repetirá.

Os dois eventos na Romênia acontecerão sem a presença de público, com portões fechados, e seguindos os mais rígidos parâmetros internacionais de segurança, estipulado tanto pelas autoridades nacionais romenas quanto pelos órgãos de saúde internacionais.

Lutas principais ou combates adicionais para os cards não foram anunciados pela organização, mas é esperado que os anúncios sejam feitos dentro dos próximos dias. Outros eventos para o restante de 2020 também não foram confirmados, embora a expectativa seja de que o BRAVE CF cumpra sua programação original de 12 eventos ao longo do ano, embora com o calendário ajustado devido às circunstâncias internacionais.

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

SOBRE O BRAVE® CF
O BRAVE CF é a organização global de MMA que mais cresce no mundo, contando com o melhor programa de scouting do esporte. Com sede no Reinado do Bahrein, os eventos do BRAVE CF são transmitidos ao redor do globo, entregando shows ao vivo exclusivos e conteúdo de esportes de combate por demanda.
Visite bravecf.com para mais informações.

BRAVE Combat Federation anuncia criação de evento de boxe

Distrito de Seef, 18 de Maio, 2020

Maior evento de MMA do Oriente Médio, o BRAVE Combat Federation irá expandir suas fronteiras dentro dos esportes de combate. A organização anunciou a criação do BRAVE Boxing, que fará eventos de boxe profissional.

Desde sua criação em setembro de 2016, o BRAVE Combat Federation organizou 34 eventos de MMA, em 19 países - incluindo quatro shows no Brasil. Neste período, a companhia contratou mais de 200 atletas de mais e 60 nações diferentes. Os brasileiros são maioria, com 77 lutadores já tendo atuado pelo BRAVE CF, incluindo os atuais campeões Cleiton "Predador" (peso leve) e Daniel "Gaúcho" (peso médio).

Além de organizar shows em mercados tradicionais dos esportes de combate, como Brasil, Inglaterra, México e Emirados Árabes, o BRAVE CF também levou o primeiro evento internacional de MMA ao continente da África, com shows no Marrocos e na África do Sul, além de estrear em nações como Paquistão, Cazaquistão, Colômbia e Arábia Saudita.

Essas serão algumas das credenciais que o BRAVE Combat Federation trará ao mundo do boxe, com a organização, fundada por Sua Alteza Shaikh Khaled bin Hamad Al Khalida, esperando fazer um impacto imediato na nobre arte.

Presidente do BRAVE CF, Mohammed Shahid fez a seguinte declaração sobre o histórico anúncio.

"A visão de Sua Alteza Shaikh Khaled é a de desenvolver os esportes de combate em uma escala global. Agora estaremos combinando nossos esforços nos dois maiores esportes de combate. O objetivo do BRAVE CF é globalizá-los e emponderar todos os envolvidos, como lutadores, empresários, fãs, jornalistas, e promoters. Esta visão focada que tivemos para levar o MMA a outro nível será apontada agora também para o boxe".

Mais detalhes sobre a incursão do BRAVE CF no boxe serão divulgados nos próximos dias.

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

Espanhol do BRAVE CF dispara contra Gabriel “Fly” e diz: “Não tem coragem”

Distrito de Seef, Bahrein - 23 de Abril, 2020

Uma da grandes promessas do MMA europeu, o espanhol Ilia Topuria teve início perfeito em sua carreira pelo BRAVE Combat Federation. Em duas lutas, o peso pena conquistou duas vitórias, uma por finalização e outra por nocaute e ainda protagonizou uma rivalidade com o brasileiro Gabriel "Fly".

Em entrevista na Live do Instagram do BRAVE CF, Topuria criticou duramente "Fly" e se disse confuso pela postura do brasileiro que, segundo ele, era seu fã e até pediu uma foto quando os dois lutaram no mesmo card na Colômbia.

"Ele diz que a rivalidade começou na Colômbia, mas para mim ela começou duas horas antes da minha última luta, que aconteceu no Bahrein. Eu estava preparando para me aquecer quando recebi uma notificação dele no meu celular. Gabriel havia me marcado em um story do Instagram e colocado um emoji de uma galinha no meu rosto. Disse a ele que era fácil me provocar quando ele estava do outro lado do mundo, mas quando estivemos no mesmo ambiente, na Colômbia, ele não falou nada", declarou Topuria, que ainda acusou "Fly" de não ter coragem de desafiá-lo cara a cara.

"Para mim, faltam co***** a ele. Não tem coragem de vir falar comigo. Ele acabou assistindo à minha luta como um fã. Eu achei curioso ele ter me desafiado porque na Colômbia, ele chegou a pedir para tirar uma foto comigo. Essa luta vai acontecer, ele vai engolir suas palavras e depois, se quiser, podemos tirar outra foto", disparou o espanhol.

Topuria, assim como "Fly", é especialista em jiu-jitsu. O espanhol do Climent Club está invicto no MMA até agora com oito vitórias em oito lutas - sete delas por finalização e uma por nocaute. O brasileiro da CM System, por sua vez, tem 14 vitórias e cinco derrotas, com 13 dos triunfos sendo por finalização (e um por nocaute).

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com

BRAVE CF irá reprisar evento histórico com seis brasileiros neste sábado

Maior evento de MMA do Oriente Médio, o BRAVE Combat Federation faria seu quinto show no Brasil neste sábado. Porém, a pandemia do Coronavirus mudou os planos da organização, que adiou o evento até segunda ordem. Fãs do esporte, porém, ainda terão muita ação do conforto de suas casas. O BRAVE CF 29, que ocorreu em novembro do ano passado, será reprisado neste sábado, a partir do meio-dia (horário de Brasília), no Facebook oficial do BRAVE CF.

O evento ocorreu no dia 15 de novembro e contou com seis brasileiros, além de atletas de outros 16 países (Líbano, Rússia, Coreia do Sul, Alemanha, Jordânia, Filipinas, Iraque, Irlanda, Espanha, África do Sul, Letônia, Bahrein, Inglaterra, Geórgia, Colômbia e Argentina).

Guto Inocente e Kleber Orgulho representaram o país no KHK World Championship, um torneio com semifinais e final na mesma noite, que deu ao vencedor um cheque de US$100 mil (R$ 420 mil na época), além do direito de ser o dono provisório do cinturão KHK, adornado com 6.2 kg de ouro.

Além de Inocente e Orgulho, o Brasil foi representado por Erick "Índio Brabo", Luan Santiago, Felipe Silva e Luana Pinheiro - esta última fez história ao fazer parte da primeira luta profissional feminina da história do Bahrein.

Neste sábado, o BRAVE Combat Federation irá levar os fãs de volta àquela que foi a maior noite na história da organização.

Para ver o evento, basta acessar a página oficial do BRAVE CF no Facebook - www.facebook.com/bravemmaf.

BRAVE CF adia todos os eventos até segunda ordem

Dada a propagação global do Coronavirus (COVID-19), é com grande pesar que anunciamos o adiamento do BRAVE CF 35, do BRAVE CF 36, e do BRAVE C37 até segunda ordem.

Em alinhamento com a atual situação, a equipe do BRAVE CF se sente compelida a tomar as decisões necessárias para minimizar a propagação do vírus.

Os valores centrais do BRAVE CF - de empoderar um ao outro e crescer como uma entidade, nos guiará na face da difícil tarefa de responder ao Coronavirus (COVID-19), que a OMS (Organização Mundial de Saúde) declarou agora ser uma pandemia.

Nossos pensamentos estão com todos os afetados pelo Coronavirus (COVID-19), assim como seus amigos, familiares e entes queridos.

Queremos também expressar toda a nossa admiração aos trabalhadores do setor de saúde, às comunidades locais e aos governos ao redor do mundo por estarem na linha de frente, trabalhando para conter esse vírus. Aos homens e mulheres que tem trabalhado dia e noite para nos ajudar a chegar a um outro dia, seja através dos serviços de emergência, setores governamentais e, claro, os serviços de varejo e serviços, que precisam permanecer abertos nesses tempos difíceis.

Nós nos sensibilizamos com o vasto e crescente impacto do vírus, mas nos sentimos agradecidos com a proatividade demonstrada ao redor do mundo.

BRAVE CF se junta aos esforços feitos por todas as organizações para conter o avanço do vírus, e começamos uma campanha de ação e conscientização, United We Fight (Unidos Lutaremos), #BRAVECombatsCovid19, executada pela Fundação KHK Heroes.

Mais detalhes serão compartilhados em breve e estamos ansiosos por seu apoio contínuo,

CABMMA estará presente na nova edição do UFC Brasília

A Comissão Atlética Brasileira de MMA conta como é atender aos atletas

O retorno do UFC em Brasília ocorrerá esse sábado, 14 de março. Haverá sessões de autógrafos e espaço para interações com fãs, já o combate no ringue começa às 18h.

Desde 2012, a Comissão Atlética Brasileira de MMA regula eventos na área. Para lutas de UFC, a organização costumava trazer a própria equipe, porém, agora com o auxílio da CABMMA, não é mais preciso.

Diversos profissionais foram convidados a participar, incluindo Daniel Carvalho, médico ortopedista esportivo. Essa organização realiza atividades médicas e de arbitragem nos eventos de MMA.

“Em todos os eventos nacionais televisionados pelo canal combate, entre eles o UFC, que é mais famoso, é exigido que nós chancelemos”, explica o Dr.

Daniel se especializou em medicina esportiva na USP em 2007 e sua principal função na CABMMA é fazer a avaliação dos atletas, desde antes do evento, para liberá-los a lutar, no dia anterior, antes da pesagem, e no dia do próprio evento, acompanhando-os.

“A equipe de avaliação e acompanhamento conta com 6 médicos e um coordenador geral, que não têm ligação próxima com nenhum dos atletas”, afirma.

Em 2016, nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, Daniel foi convidado a fazer parte do comitê médico de boxe, regulado pela Associação Internacional de Boxe – AIBA.

Para UFC e outras modalidades de combate, como Jiu jitsu, Muay thai e Boxe, a Comissão Atlética Brasileira de MMA é uma referência em atendimento.

Serviço: Ortopedia do Esporte

Dr. Daniel Carvalho

(41) 30266959 e WhatsApp (41) 97020013

@drdanielcarvalhoesporte

www.ortopediadoesporte.com.br

Endereço: Av. Sete de Setembro, 6496 – Seminário, Curitiba, PR.

Miau faz campanha por revanche contra Predador no BRAVE CF 35, em Balneário

Com Guram Kutateladze fora de combate para o BRAVE CF 35 devido a uma lesão na costela, o posto de desafiante ao título dos leves se encontra atualmente vago, a
menos de um mês para o duelo. A mudança brusca de cenários fez com que o ex-campeão Luan Miau agisse rápido e começasse uma campanha para que seja ele o
substituto de Guram, ganhando assim o direito à sua tão desejada revanche contra Cleiton Predador, seu algoz em agosto do ano passado.

Fãs e apoiadores do brasileiro invadiram a página oficial do BRAVE CF no Instagram, fazendo uma publicação da promoção questionando quem deveria ser o novo oponente de Cleiton Predador ter mais de 100 comentários em menos de uma hora. Literalmente todos eles diziam que deveria ser Luan o contemplado, recebendo assim a chance de se vingar de seu compatriota e atual campeão.

O último encontro de Cleiton Predador e Luan Miau terminou com uma finalização avassaladora de Predador ainda no primeiro assalto, para surpresa de muitos fãs e explosão de alegria de sua torcida em Belo Horizonte (MG), onde o combate aconteceu. Desde então, o campeão está ausente dos cages do BRAVE CF, aguardando sua primeira defesa de título enquanto Miau já se recuperou da derrota meses depois, batendo o russo Gadzhimusa Gaziev em combate realizado no Bahrein.

O BRAVE CF 35 marca a quinta visita da organização de MMA que mais cresce no mundo ao Brasil e acontece no dia 28 de março em Balneário Camboriú (SC). Ainda
sem uma luta principal confirmada, devido à lesão de Kutateladze, a noite terá o duelo entre os super leves Leonardo “Macarrão” Mafra e Carl “The Bomber” Booth como co-main event.

Legenda da foto - Miau e Predador se encaram antes da primeira luta, quando Luan ainda era o campeão.

Adversário de Predador se lesiona e está fora da disputa de cinturão no BRAVE CF 35

A bruxa atacou novamente o card do BRAVE CF 35, marcado para o dia 28 de março no Brasil. Desta vez, o sueco Guram Kutateladze, escalado originalmente para enfrentar o brasileiro Cleiton Predador pelo título mundial peso leve, se contundiu e abandonou o duelo em Balneário Camboriú. A informação foi confirmada por dirigentes do BRAVE CF.

De acordo com fontes próximas à situação, Guram Kutateladze sofreu uma fratura nas costelas durante suas últimas sessões de sparring antes da viagem ao Brasil. O
prazo estimado para recuperação do sueco, no entanto, não foi informado por sua equipe ou pela direção do BRAVE CF.

Com apenas duas semanas para o início da semana de luta em Balneário Camboriú (SC), a promoção ainda não anunciou quais são seus planos, mas está buscando um novo adversário para o atual campeão.

O BRAVE CF 35 marcará a quinta edição do BRAVE Combat Federation no Brasil, fazendo do país o mais visitado pelo evento que mais cresce no mundo ao lado do Bahrein, país-sede da organização.

O fight card, marcado para 28 de março, será palco das duas primeiras lutas válidas pelo torneio peso mosca da organização, ambas válidas pelo grupo A: Flávio de Queiroz vs Malcolm Gordon e Jose “Shorty” Torres vs Matheus Nicolau.

--

Ex-campeão Luan ‘Miau’ agora enfrenta Issa Isakov no BRAVE CF 35, em Camboriú

O ex-campeão dos leves do BRAVE Combat Federation,, Luan “Miau” Santiago já tem data marcada para voltar ao cage da maior organização de MMA do Oriente Médio, mas terá um novo oponente pela frente. O brasileiro foi anunciado como adversário do belga Issa Isakov, em luta a ser realizada em março, no BRAVE CF 35, agendado para Balneário Camboriú. Ele enfrentaria Amin Ayoub, da França, mas teve seu adversário mudado após Ayoub sofrer uma lesão.

Um dos atletas mais ativos do elenco do BRAVE CF, Luan Miau irá para sua oitava luta no evento originado no Bahrein. Em sua mais recente aparição, em novembro do ano passado, Miau superou o russo Gadzhimusa Gaziev em decisão dos juízes e voltou ao caminho das vitórias após perder seu título em meados de 2019.

Em sua carreira profissional, o soteropolitano radicado em Curitiba, onde treina na academia CM System sob a batuta do mestre Cristiano Marcello, tem um cartel de 15 vitórias e apenas quatro derrotas.

Coincidentemente, Issa Isakov, novo adversário de Miau, fez sua estreia profissional apenas alguns meses antes da última aparição do brasileiro, mas isso não quer dizer que o belga não tenha conseguido compensar o tempo perdido. Foram seis lutas em apenas seis meses, com cinco vitórias e uma derrota, incluindo uma estreia impressionante no BRAVE CF, com vitória por finalização sobre o libanês Rami Hamed.

Além disso, Isakov é um dos mais condecorados atletas amadores na história recente da IMMAF (Federação Internacional de Artes Marciais Mistas), tendo conquistado diversas medalhas em torneios continentais e mundiais, além de possuir um cartel amador de 15 vitórias e apenas quatro derrotas.

O BRAVE 35 acontece no dia 25 de março, em Balneário Camboriú. O evento marca a quinta visita da maior organização de MMA do Oriente Médio ao país, fazendo com que o Brasil empate com o Bahrein (casa do BRAVE) como nação com mais edições realizadas na história.

A luta principal da noite, a primeira realizada pelo organização no Brasil fora de Curitiba (PR) ou Belo Horizonte (MG) marcará a primeira defesa de cinturão do campeão dos pesos leves Cleiton “Predador” Silva, diante do sueco Guram Kutateladze.

Gabriel Fly se desentende com espanhol em rede social e pede “acerto de contas” no BRAVE CF

O peso pena do BRAVE Combat Federation e faixa preta de jiu-jitsu Gabriel “Fly” Miranda não faz o tipo falastrão, tão típico entre os lutadores de MMA. Porém, quando provocado, também sabe usar as redes sociais para a modalidade número um do internauta brasileiro: a “treta online”. O alvo da vez foi o espanhol Ilia Topuria, rival de divisão de Fly no BRAVE CF.

Em post no Instagram, Topuria marcou Fly apenas usando um emoji de frango e foi prontamente respondido. “Ei, anão, venha ao Brasil, após lutar contra o Morcego eu vou resolver essa parada contigo ali mesmo. BRAVE CF, faça essa luta entre esse anão e eu, pelo cinturão interino”, rebateu.

Ilia Topuria não deixou por menos, concordando em resolver dentro do cage as diferenças com o brasileiro. “Isso mesmo, BRAVE CF, faça isso! Eu quero esmagar esse moleque”. Fly ainda reforçou o desejo e propôs que a luta valha o título. “Eu não preciso de um minuto com você. Vamos, BRAVE CF, cinturão interino, Gabriel Fly e ‘Anãozinho’ Topuria”, disparou.

Com 14 vitórias e 5 derrotas, Gabriel Fly tem compromisso marcado no próximo dia 25 de março, em Balneário Camboriú, diante do compatriota e ex-Bellator Rafael
“Morcego” Silva, no BRAVE CF 35. Ilia Topuria segue aguardando seu próximo duelo. O espanhol vem de vitória sobre o sul-africano Steven Gonçalves em novembro do ano passado.

Lucas Mineiro volta ao peso leve e encara russo no BRAVE CF 35, no Brasil

Ex-campeão dos pesos leves do BRAVE CF, o brasileiro Lucas “Mineiro” Martins está de volta à categoria que o consagrou na organização - após rápida passagem pelos pesos penas em 2019. A volta de Mineiro aos 70,3 kg ocorrerá no retorno da maior organização de MMA do Oriente Médio ao Brasil, em março.

O adversário de Lucas Martins será o russo Abdul-Rakhman Makhazhiev. “Soulman”, como também é conhecido, vem de uma vitória rápida em sua estreia na organização, em
dezembro do ano passado, no Quirguistão. Na ocasião, Makhazhiev finalizou Sanzhar Azhibaev ainda no primeiro assalto e ampliou seu cartel profissional para nove vitórias e
cinco derrotas.

Com 20 vitórias e apenas cinco derrotas em sua carreira, Lucas Mineiro chegou ao BRAVE CF ainda nos primórdios da organização e rapidamente se estabeleceu como um dos principais nomes do evento. Em sua mais recente aparição do cage do BRAVE CF, Mineiro desceu de peso e desafiou Bubba Jenkins pelo título mundial, em julho de 2019. Na ocasiãoo brasileiro acabou superado pelo rival norte-americano, em combate realizado na cidade de Londres (Inglaterra).

O BRAVE 35 acontece no dia 25 de março, em Balneário Camboriú. O evento marca a quinta visita da maior organização de MMA do Oriente Médio ao país, fazendo com que o Brasil empate com o Bahrein (casa do BRAVE) como nação com mais edições realizadas na história.

A luta principal da noite, a primeira realizada pelo organização no Brasil fora de Curitiba (PR) ou Belo Horizonte (MG), marcará a primeira defesa de cinturão do campeão dos pesos leves Cleiton “Predador” Silva, diante do sueco Guram Kutateladze.

BRAVE CF 35 terá duas quartas de final do torneio peso mosca, com Nicolau e Adur em ação

A organização do BRAVE Combat Federation, principal evento de MMA do Oriente Médio, confirmou as duas primeiras lutas para o torneio que definirá seu primeiro campeão peso mosca e os duelos, que acontecerão no BRAVE CF 35, evento marcado para março em Balneário Camboriú, contarão com os brasileiros Matheus Nicolau e Marcel Adur.

Um veterano com cinco lutas, e quatro vitórias, sob a bandeira do BRAVE CF, Marcel Adur irá para sua terceira tentativa de conquistar o título mundial da organização, com as duas anteriores tendo sido canceladas por motivos alheios ao brasileiro. Em 2018, a luta contra Velimurad Alkhasov não valeu o cinturão pois o russo não bateu o peso oficial. Já em 2019, foi a vez de José “Shorty” Torres, seu adversário na ocasião, sair do card já na semana da luta, devido a problemas pessoais, forçando assim o cancelamento do combate.

Agora, Adur, de 28 anos e um cartel profissional de 15 vitórias e 5 derrotas, retorna a seu estado-natal Santa Catarina, para um duelo válido pelas quartas de final do torneio de pesos mosca do BRAVE. O adversário da vez será o canadense Malcom Gordon. Conhecido como “Malcom X”, tem um histórico de 12 vitórias e apenas três derrotas e é atualmente considerado o peso mosca número um pelo ranking de seu país de origem.

Já o ex-participante da quarta edição do reality show “The Ultimate Fighter: Brasil” Matheus Nicolau voltará a sua categoria de origem, após estrear como peso galo no BRAVE no último mês de agosto, vencendo o compatriota Felipe Efrain em Belo Horizonte (MG). O chaveamento do torneio mundial peso mosca colocou o brasileiro frente a frente com o também ex-UFC Jose “Shorty” Torres.

O BRAVE 35 acontece no dia 25 de março, em Balneário Camburiú. O evento marca a quinta visita da maior organização de MMA do Oriente Médio ao país, fazendo com que o Brasil empate com o Bahrein (casa do BRAVE CF) como nação com mais edições realizadas na história. A luta principal da noite marcará a primeira defesa de cinturão do campeão dos pesos leves Cleiton “Predador” Silva, diante do sueco Guram Kutateladze.

Promessas e veterano do MMA brasileiro são confirmados no BRAVE CF 35

O retorno do BRAVE Combat Federation ao Brasil segue a todo vapor. O maior evento de MMA do Oriente Médio fará um show no país pela quinta vez no dia 28 de março, em Balneário Camboriú, Santa Catarina. Neste fim de semana, a organização do evento divulgou mais duas grandes lutas. No peso pena, Gabriel "Fly" recebe o veterano Rafael "Morcego, que fará sua estreia no BRAVE CF; enquanto entre os galos Daniel "Willycat" enfrenta o alemão Rany Saadeh.

Gabriel "Fly" tem se destacado em sua categoria desde que assinou com o BRAVE CF, em 2018. Pupilo de Cristiano Marcello na CM System, ele tem duas vitórias na companhia, ambas por guilhotina. Ele terá o grande teste de sua carreira diante de "Morcego", que fez seu nome em eventos americanos e orientais e tem 38 lutas profissionais, com 31 vitórias e apenas sete derrotas.

Daniel, por sua vez, chega à sua primeira luta pelo BRAVE CF no Brasil credenciado por uma grande atuação em sua estreia. Lutando no Quirguistão, "Willycat" dominou e finalizou Nizambek Zhunus com um armlock no primeiro assalto. Agora, o pupilo de Diego Lima na Chute Boxe irá enfrentar Rany Saadeh, que já foi campeão europeu, mas vem de derrota na sua estreia.

O BRAVE CF 35 marcará a quinta vez da organização de MMA que mais cresce no mundo em território brasileiro. Em 2017, a promoção fez dois shows em Curitiba, além de dois eventos em Belo Horizonte, um em 2018 e outro em 2019. O Brasil se tornará, ao lado do Bahrein, a casa mais frequente do BRAVE CF. A estreia em Balneário Camboriú será liderada pela primeira defesa do cinturão de Cleiton "Predador", que enfrenta o sueco Guram Kutateladze entre os leves.

“Macarrão” retorna a Balneário Camboriú e enfrenta inglês no BRAVE CF 35

Natural de Balneário Camboriú, Leonardo "Macarrão" terá a oportunidade de lutar em sua cidade natal pela primeira vez em seis anos. O peso superleve está escalado para o BRAVE CF 35, evento que ocorre no dia 28 de março na cidade catarinense. O brasileiro enfrentará o inglês Carl Booth na luta co-principal do show.

"Macarrão" vem de vitória pela organização de MMA que mais cresce no mundo. No BRAVE CF 25, disputado em agosto do ano passado em Belo Horizonte, ele dominou o holandês Djamil Chan, vencendo-o por decisão unânime e espera que novo triunfo sobre um gringo o deixe mais perto de uma disputa pelo cinturão de Eldar Eldarov.

"Fizemos um esforço a mais para ter o Leonardo no card, pois devemos isso à cidade. Ele é um grande astro de Balneário Camboriú, e levou o nome da cidade para o mundo todo. No BRAVE CF, não tem luta fácil e o "Macarrão" vai pegar uma pedreira, que é o Carl Booth, ex-desafiante ao cinturão da categoria de cima. Vai ser uma grande luta", comentou Marcos Ferraz, gestor do BRAVE CF no Brasil.

Booth, por sua vez, fará sua estreia entre os superleves. Ele vem de duas vitórias seguidas nos meio-médios, e escolheu descer de peso ao invés de esperar uma terceira luta contra o atual campeão Jarrah Al-Selawe. "The Bomber" vem de triunfo dominante sobre o ex-UFC Hayder Hassan na luta principal do BRAVE CF 32, que foi disputado no Quirguistão.

O BRAVE CF 35 marcará a quinta vez que a maior organização de MMA do Oriente Médio aterrisa no Brasil. Com a estreia em Balneário Camboriú, o país se torna a maior casa do BRAVE Combat Federation, junto ao Bahrein.

O show terá como atração principal a primeira defesa de cinturão do campeão peso leve Cleiton "Predador", que enfrenta o sueco Guram Kutateladze, algoz dos brasileiros Erick "Índio Brabo" e Felipe Silva. Também está confirmado para o evento o retorno de Luan "Miau" - o ex-campeão enfrenta o francês Amin Ayoub.

Ex-campeão Luan “Miau” enfrenta francês Amin Ayoub no BRAVE CF 35

Luan "Miau" Santiago é mais um grande nome confirmado para o retorno do BRAVE Combat Federation ao Brasil. O ex-campeão peso leve receberá o francês Amin Ayoub no card principal do BRAVE CF 35, evento que ocorre em Balneário Camboriú, no dia 28 de março. A informação foi divulgada por oficiais da organização nesta sexta-feira.

Dono do Nocaute do Ano no BRAVE CF em 2019, "Miau" conquistou o título em abril diante de Abdul-Kareem Al-Selwady, desferindo uma cotovelada giratória que viralizou mundo afora. Meses depois, porém, ele perdeu o cinturão para o arquirrival Cleiton "Predador" no BRAVE CF 25, em Belo Horizonte.

Em novembro do ano passado, Luan subiu de categoria e se aventurou no superleve, onde conquistou expressiva vitória sobre o russo Gadzhimusa Gaziev no Bahrein, fechando o ano no positivo.

Agora, ele retorna ao peso leve para seguir na caçada a "Predador". Para isso, porém, Santiago terá que passar pelo perigoso Ayoub. Ex-campeão regional em duas categorias, "Fierceness" vem de seis vitórias seguidas e estreou no BRAVE CF com vitória por finalização sobre Djamil Chan na África do Sul.

O BRAVE CF 35 marcará a quinta vez no Brasil da organização que mais cresce no mundo do MMA. O evento será encabeçado pela primeira defesa do cinturão de Cleiton "Predador", que enfrenta Guram Kutateladze. Nos próximos dias, o BRAVE Combat Federation deve divulgar mais nomes de peso para o primeiro show em Balneário Camboriú, após duas visitas a Belo Horizonte e duas a Curitiba.

Veja o trailer do duelo Santiago vs Ayoub - https://www.instagram.com/p/B8RAQIDHuZg/