Homenagem a Fábio Campana marca aniversário do escritor e debate a sua obra

 

Na próxima quarta-feira, dia 10 de agosto, às 18h30, será realizada na Biblioteca Pública do Paraná uma homenagem ao jornalista, escritor, poeta e editor paranaense Fábio Campana (1942-2021). “O evento acontece no hall da Biblioteca, pois os livros eram o assunto favorito de Campana”, explica a jornalista Isabela França que, com o escritor e jornalista Marcio Renato dos Santos, organiza o evento aberto ao público. 

 

 

Autor de dez livros publicados, incluindo romances (O guardador de fantasmas, O último dia de Cabeza de Vaca e Ai), contos (Todo sangue), crônica (A árvore de Isaías) e poemas (Paraíso em chamas, As coisas simples e outros títulos), Campana fundou e dirigiu a Travessa dos Editores. 

 

Criou e coordenou as revistas Etcetera e Ideias – esta criculou de 2003 a 2021 com espaço para jornalismo, ensaios, fotografia, poesia e ficção. Ao todo, editou 120 títulos, entre livros e periódicos. A sua atuação na Travessa, como a editora era carinhosamente chamada e conhecida, teve grande importância na cena literária do Paraná e do Brasil, uma vez que o selo editorial colocou em circulação obras de Décio Pignatari, Joel Silveira, Jamil Snege, Paulo Leminski, Douglas Diegues e Nelson de Oliveira, entre outros nomes consagrados, além de traduções, como Marina, da poeta russa Marina Tsvietáieva. Como editor, Campana ainda proporcionou a estreia e o posterior desenvolvimento de percursos na literatura e na poesia para dezenas de jovens autoras e autores.

 

A data, 10 de agosto, coincide com o aniversário de Campana, nascido em 1947, em Foz do Iguaçu. Muito cedo, fixou residência em Curitiba, onde filiou-se ao Partido Comunista, a partir de 1960, e mais tarde ao PC do B, até 1981. 

 

Embora parte de sua obra perpasse o universo da política – especialmente no tocante às duas ocasiões em que foi preso, em 1966 e 1970 – a sua escrita em prosa e a sua poesia tratam de assuntos diversos e universais, e são caracterizadas por uma linguagem burilada, fruto de uma extrema sensibilidade que traduz o seu profundo interesse pela alma humana, por filosofia, história teatro, cinema e música. 

 

Jornalista e publicitário, atuou como secretário da Comunicação Social da Prefeitura de Curitiba e do Estado do Paraná, trabalhou em agências e no marketing político e foi colunista político em diversos jornais, além de publicar um blog com seu nome. 

 

Fábio Campana morreu em 29 de maio de 2021 por complicações da Covid-19.

 

SERVIÇO: 

HOMENAGEM – Bate-papo sobre a obra literária e poética de Fábio Campana

Data: 10 de agosto de 2022

Horário: 18h30 às 20h30 

Local: Hall da Biblioteca Pública do Paraná – Rua Cândido Lopes, 133, Centro de Curitiba

Entrada franca

*com divulgação

Categorias:AGÊNCIAS DE COMUNICAÇÃO, AGENDA DA SEMANA, AGENDA DO FIM DE SEMANA, BRASIL, COLUNA VANESSA MALUCELLI, CULTURA, DIVIRTA-SE, evento, FREE LIFESTYLE, LANÇAMENTOS, LIVROS - LIVRARIATags:, , , , , ,

VanessaMalucelliAndersen

Colunista do Site — Divirta-se Curitiba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s