Master apresenta novo conceito e posicionamento “Independente do Não”

  • Valores, futuro e novos caminhos foram definidos a partir de amplo estudo de cenários, pesquisas e tendências, juntamente com benchmarking e clusterização a respeito do posicionamento de agências nacionais e internacionais, além de entrevistas em profundidade com “key people” interno
  • Trabalho contou com metodologia própria de gestão de marcas, o BrandMastering
  • Resiliência e Inteligência Coletiva são as duas frentes que permeiam novo momento
  • Kiko Vicente assume como CEO, Antonio Freitas se torna chairman e board é formado para atuar nas tomadas de decisão

Sempre na vanguarda ao que se refere às transformações da comunicação no mundo, a Master, que possui unidades de negócio em Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, apresenta novo conceito e posicionamento: “Independente do Não”.

O processo que define os novos rumos foi liderado pela equipe interna de planejamento e inteligência estratégica e envolveu uma ampla análise de cenários, pesquisas e tendências, seguido por um estudo de benchmarking e clusterização do posicionamento de 153 agências no Brasil e no mundo, bem como entrevistas em profundidade com o “key people” da Master (12 pessoas). A partir dos resultados obtidos, foram definidos seus principais valores, hipóteses de posicionamento e escolha de caminhos, em uma linha que transita em duas frentes.

A primeira delas é o fato de a Master possuir a capacidade de se recobrar facilmente, seja qual for a situação ou o desafio. Ser uma agência camaleoa por se adaptar a diferentes clientes, segmentos, trabalhos e budgets. E o fato de ser independente (não pertencer a nenhum grande grupo de comunicação) permite a entrega de um trabalho mais personalizado, com uma preocupação para que, verdadeiramente, o cliente gere mais negócios com sua comunicação. Está na essência da Master construir marcas memoráveis e promover seu relacionamento com as pessoas de forma inovadora, criativa e única por meio de ferramentas que possibilitam analisar aspectos emocionais e qualitativos. Isso é o que chamamos de Resiliência.

A segunda gira em torno da Inteligência Coletiva, que valoriza o colaborativo e empodera os seus colaboradores.  A Master não é uma agência de um único nome, mas de vários talentos. Isso contribui para a continuidade, o histórico e o jeito de trabalhar. Numa decisão coletiva, a opinião dos colaboradores têm o mesmo peso. Diferentemente do que é praticado no mercado como um todo, com agências que possuem grandes nomes em suas lideranças e uma única decisão. A cada job, novos talentos podem integrar a equipe, compartilhando diferentes olhares e trazendo frescor para os desafios.

“Ao longo de sua história, a Master nunca teve sua imagem associada apenas a alguma grande celebridade do mundo da propaganda. A força da agência sempre esteve no conjunto de sua equipe, na sua capacidade de mobilização para o desenvolvimento de trabalhos e campanhas memoráveis e com grandes resultados”, comenta Kiko Vicente, CEO da Master, e completa, “a questão da resiliência tem muito mais a ver com o conceito biológico da palavra, com nossa capacidade de adaptação a novos ambientes e situações, à sua flexibilidade e habilidade em mudar e transformar-se para atuar em novos cenários”.

Independentes, sim. Sozinhos, nunca!

Durante 11 anos, a Master fez parte de um grande grupo internacional de comunicação, um período em que avalia como muito importante e de grande aprendizado. No entanto, suas lideranças decidiram seguir por outros caminhos e retomar a independência com o objetivo de ter mais agilidade e velocidade para se movimentar e se adaptar às realidades e exigências do mercado e dos clientes. “O ‘Independente do Não’ remete à nossa independência em relação aos grandes grupos internacionais, mas não apenas isso, refere-se também sobre a capacidade de nos adaptarmos, de não aceitarmos o não como objeção, de não desistirmos frente à primeira dificuldade. De irmos além na busca pela melhor ideia, pelo melhor trabalho e, principalmente, pelo melhor resultado para nossos clientes. É sobre criatividade, impacto e métricas”, explica Vicente.

O novo posicionamento também trouxe mudanças no quadro de lideranças da Master, que a partir de agora tem Antonio Freitas como chairman, e não mais como presidente, e Kiko Vicente como CEO, anteriormente ele ocupava o cargo de vice-presidente da empresa.

Além disso, foi criado um board para atuar frente às importantes decisões da agência a respeito de todos os assuntos. Além de Freitas e Vicente, ele é composto por Joanildo Castilho (CFO) e Cícero Rohr (Diretor de Atendimento), além de Bruno Lunardon e Henrique Lovo, sócios da So What, segunda agência do Grupo Master.

As mudanças incluem ainda o lançamento de um novo site e de nova identidade visual, mais dinâmica e que remete à flexibilidade e ao poder de adaptação da agência. Além de novas sedes em Curitiba e Rio de Janeiro para promover maior integração das equipes, a fim de entregar mais, melhor e mais rápido.

Atualmente, os principais clientes da Master são: Alegra, Banco do Brasil, BNDES, Grupo Bom Jesus, Castrolanda, Copel Telecom, Correios, Governo do Paraná, Prefeitura de Curitiba, PUCPR, Grupo Tacla Shopping e Volvo Caminhões. Na So What, destaque para Bosch, Grupo Boticário e Neodent.

image001-2

Sobre a Master

Uma das maiores agências independentes do Brasil, a Master completará 30 anos em 2019 e, desde sua fundação até agora, vem apostando em profissionais com diferentes perfis em todas as suas unidades, e também em novas ferramentas e entregas cada vez mais baseadas no digital. Tem por tradição manter parcerias de longo prazo, seja com clientes ou colaboradores. Muitos de seus profissionais estão na casa há muitos anos e alguns clientes estão no portfólio da agência há décadas. Em todos esses anos, a Master desenvolveu importantes campanhas como a campanha do “Bráulio”, de 1996, que deu início à criação de toda a plataforma de comunicação de Aids no Brasil – modelo para diversos países no mundo –, que durou 15 anos e foi inteiramente planejada, criada e executada pela agência. Também criou, para o Ministério da Saúde, o personagem Zé Gotinha, sucesso nas campanhas de vacinação contra a paralisia infantil. Com Banco do Brasil, assinou, dentre muitas, a comunicação “Bom para Você, bom para o Brasil” e, para o Governo do Paraná, a icônica “Racismo Institucional”, campanha mais vista e compartilhada do Facebook em 2016.

Imagens

Credito: Nuno Papp  – Foto do board: da esq. para dir. – Cícero Rohr (Diretor de Atendimento), Joanildo Castilho (CFO), Antonio Freitas (Chairman), Henrique Lovo (sócio da So What), Kiko Vicente (CEO) e Bruno Lunardon (Sócio da So What).

*com divulgação

 

Categorias:AGÊNCIAS DE COMUNICAÇÃO, AGENDA DA SEMANA, AGENDA DO FIM DE SEMANA, BRASIL, COLUNA VANESSA MALUCELLI, DIVIRTA-SE, FREE LIFESTYLE, LANÇAMENTOS, OPORTUNIDADETags:, , , , , , , , , , ,

VanessaMalucelliAndersen

Colunista do Site — Divirta-se Curitiba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s