Restaurante MEE, do Copacabana Palace, apresenta seu novo chef, Cassio Hara

Cassio Hara. Crédito: Tadeu Brunelli
Wagyu com palmito, shitake, shimeji, aspargos e eryngui. Crédito Tadeu Brunelli
O pan-asiático detentor de uma estrela Michelin, MEE, do Copacabana Palace, anuncia a chegada do chef Cassio Hara para comandar a casa. O chef "sansei", ou seja, terceira geração de uma família japonesa no Brasil, iniciou sua carreira na culinária japonesa há 20 anos e já passou por alguns dos melhores restaurantes asiáticos do Brasil.

No Sushi Daí, do grupo Nagayama, em São Paulo, Cassio iniciou a carreira no sushibar, passando por outros restaurantes do grupo. No Huto, também na capital paulista, participou da abertura do restaurante e chegou a comandar seu sushibar. Sua mais recente passagem foi no estrelado Jun Sakamoto (SP), onde Cassio foi chef do sushibar, sous chef e também gerente do restaurante. Outra experiência acumulada em seu currículo é a de consultor de restaurantes como o Sushi Leblon, no Rio de Janeiro.

"É uma honra estar à frente do respeitado MEE. Estou muito animado com a minha primeira experiência comandando um restaurante no Rio de Janeiro e ansioso para receber os cariocas no MEE", conta Cassio.

Com duas viagens para o Japão e experiência em diversos restaurantes internacionais, o chef adquiriu imersão e aprofundamento na culinária japonesa. Cassio preza pela tradição e escolhas clássicas na sua cozinha, tendo o Omakase como uma de suas experiências favoritas.

"Tento trazer sempre alguma memória ou marca da infância nas minhas criações, o que gosto de chamar de ‘Cozinha Afetiva’. Minha ideia no MEE é trazer cada vez mais experiências ‘raiz’ para os clientes, com pratos típicos e pouca mudança de identidade do prato original", finaliza Cassio.

Serviço:

Local: Restaurante MEE - Copacabana Palace

Endereço: Av. Atlântica, 1702 - Copacabana

Aberto de quinta à domingo a partir de 19h.

Reservas: (21) 2548-7070 ou restaurantes.cop@belmond.com

JERONIMO BURGER CHEGA À BADALADA RUA OSCAR FREIRE

O novo Jeronimo Burger acaba de abrir as portas na Rua Oscar Freire 1206 e já promete ser um dos locais mais disputados dos Jardins, região conhecida pelo comércio fashionista em São Paulo. A sinergia e a proposta do restaurante tem tudo a ver com a charmosa rua, frequentada pelo público antenado com a moda e com o melhor da gastronomia paulista.

Lançado em 2017 pelo chef e empresário Junior Durski, o nome Jeronimo é uma homenagem ao seu tataravô, o primeiro polonês a imigrar para o Brasil. A marca aposta num sistema fast casual, com preços acessíveis e atendimento rápido. O projeto arrojado, criado pela arquiteta Kethlen Ribas Durski, é um dos destaques, com arquitetura moderna, material tecnológico e mobiliário jovem, que reflete o DNA dos millennials. Um quê "industrial" marca o ambiente, com grafite-arte, urbano da artista Katia Suzue.

O novo espaço com mais de 400m²e capacidade para 142 pessoas,convida também a uma experiência tecnológica e digital, com totens de autoatendimento, onde o cliente faz o próprio pedido, além também da possibilidade de compra pelo APP, disponível para Apple Store e Google Play, com link disponível através do site https://delivery.jeronimoburger.com.br/.

A estrela do cardápio é uma das paixões dos fãs da marca! O Burger feito com quantidade perfeita de carne, sob o calor da chapa prensada de aço carbono, em altíssima temperatura, criando uma casquinha por fora e mantendo por dentro, a suculência, o sabor e as melhores características da carne. Com sabor inigualável é servido em pão brioche quentinho, queijo tipo cheddar derretido, maionese rosé clássica, alface e tomate orgânicos, além da versão mais "encorpada" - o Cheesebacon. Também fazem sucesso o Cheeseburger na versão vegetariana, com receita exclusiva, além das batatas crinkle, super crocantes e deliciosas e a Salada do Chef com alface Julienne, tomate, bacon e delicioso molho italiano.

Outro destaque que é a cara da Oscar Freire são os lanches nas versões P, M, G e GG, para todos os tipos de vontade e de grupos. Atrações à parte, tem destaque as Mini-coxinhas e Chicken Fingers, e entre as bebidas, uma das apostas é a Lemonade artesanal, nas opções: natural, morango e morango diet. Para fechar com ainda mais charme e adoçar a experiência, vale se refrescar com as delicias geladas e coloridas do cardápio de sorvetes, casquinhas, sundaes e milk-shakes. Uma boa pedida é o Jeronimo Ice de Brownie (casquinha, calda de chocolate e confete recheado de chocolate), e o Ice Mix com calda de brigadeiro, chocolate crocante em pó e rocks de chocolate, além do inesquecível sabor de Banana em Calda.

Outra sugestão que também faz sucesso são os pratos congelados para levar para casa, como a Linguicinha do Madero com arroz e feijão carioquinha, o Estrogonofe de Filé Argentino e de Frango com arroz e batata palha ia Tilápia Grelhada com purê de batatas, entre outros.

JERONIMO BURGER OSCAR FREIRE

Rua Oscar Freire, 1206. Telefone: (11) 3082-8754

Horário de funcionamento: Presencial com Café da Manhã

Salão: 7h às 21h | Aplicativo: 7h às 23h(Refeições no local até às 21h)

Delivery: 11h às 22:45h | Take Away: 7h às 23h

www.jeronimoburger.com.br

Obst., de Lênin Palhano, oferece novas criações neste Dia dos Namorados

Restaurante do premiado chef paranaense abre mais cedo neste 12 de junho, com menu à la carte e resultados de novas experiências com ingredientes de excelência

CURITIBA, 10/06/2021 – A experimentação gastronômica com foco na técnica e na qualidade dos ingredientes é a essência do Obst., restaurante do premiado chef paranaense Lênin Palhano. Com um cardápio que muda quase todos os dias, de acordo com a disponibilidade dos melhores insumos, o espaço, inaugurado no início do ano em uma casa térrea na região central de Curitiba, proporciona a sua já famosa experiência imersiva e hospitaleira neste Dia dos Namorados.

Neste sábado, 12 de junho, a casa abre mais cedo e oferece menu à la carte para os namorados, com duas possibilidades de reservas: às 12 horas e às 18 horas, somente pelo WhatsApp (41) 98822-2667. No cardápio, estão os resultados das mais recentes pesquisas de produto comandadas pelos chefs Lênin Palhano e Julia Schwabe. A equipe, que exercita a criatividade coletiva com disciplina e constância, recentemente vem explorando as possibilidades de ingredientes como milho crioulo, pinhão e mandioca, que devem estar presentes nas criações servidas nesta data especial.

Outro ingrediente que chegou ao restaurante nesta semana, causando comoção entre todos os cozinheiros, foram as trufas negras italianas, que também vêm sendo incorporadas a pratos e snacks. Além disso, Lênin Palhano acaba de voltar de mais uma de suas expedições em busca por ingredientes de excelência, desta vez pelo interior de São Paulo e Minas Gerais.

Para os clientes que não conseguirem reservar, mas não querem perder a chance de celebrar o Dia dos Namorados no Obst., a casa irá atender além dos horários das reservas, por ordem de chegada. Se o clima curitibano contribuir, as mesas externas do restaurante também estarão disponíveis.

O Obst. funciona de terça a sexta-feira, das 18h às 23h, e aos sábados, das 14h às 23h, na Alameda Prudente de Moraes (n.º 983), no Centro de Curitiba. Neste sábado, Dia dos Namorados, o restaurante oferece dois horários para reservas: às 12h e às 18h, somente pelo WhatsApp (41) 98822-2667. Após esses horários, o atendimento será feito por ordem de chegada. Para mais informações, acesse o site oficial do empreendimento: obstlugar.com.br.

SUCESSO EM ROMA, CHEF MARCO ORSINI ABRE RESTAURANTE EM NOVO ENDEREÇO EM BH

A partir de 11 de junho, os mineiros podem comemorar, pois o Villa Celimontana Ristorante ganha novo endereço na capital. O estabelecimento que desde 2009 oferece a experiência da mais alta gastronomia italiana em Belo Horizonte, terá endereço certo na Rua Marília de Dirceu, 226, no Lourdes, Zona Sul da cidade.

A partir de 11 de junho, os mineiros podem comemorar, pois o Villa Celimontana Ristorante ganha novo endereço na capital. O estabelecimento que desde 2009 oferece a experiência da mais alta gastronomia italiana em Belo Horizonte, terá endereço certo na Rua Marília de Dirceu, 226, no Lourdes, Zona Sul da cidade.

Com estrutura aprazível, o novo empreendimento é marcado por uma arquitetura contemporânea que enaltece a arte, cultura e gastronomia da terra em que o papa reside. O local tem a capacidade para 210 pessoas sentadas em distanciamento social, uma característica que o restaurante já possuía antes mesmo da pandemia surgir. "Eu sempre fiz questão de prezar pelo distanciamento entre as mesas, pois na situação de um casal estiver conversando, e da necessidade de ter mais privacidade, as pessoas de outras mesas não iriam escutar", enfatiza o chef Marco Orsini.
O restaurante conta agora com ampla estrutura dividida em 4 ambientes que apresentam traços peculiares de costumes propagados pelos colonos italianos, são eles:

• Salão Principal Villa Celimontana: O ambiente possui 20 mesas e uma grande mesa que comporta 20 pessoas sentadas em distanciamento social. No local são oferecidas as refeições de entrada, prato principal, sobremesas e os acompanhamentos;

• Área Externa: Com mesas para 30 lugares, o espaço revela a delicadeza da decoração que homenageia a Ilha de Capri, localizada no Golfo de Nápoles, na Itália. O espaço conta com ladrilhos que lembram a cidade do mediterrâneo e vasos gigantes com pés de limão, mexerica, jabuticaba e louro, permitindo a experiência sensorial. O ambiente é perfeito para happy hour com serviços de coquetéis, vinhos e petiscos;

• Banco Bar: Este ambiente conta com um belíssimo piano de cauda para a execução de obras da música internacional, entre elas, o jazz, o soul, os clássicos de cinema, entre outros gêneros. Há também 20 lugares para um momento mais aconchegante, oferecendo conforto para se escutar uma boa música. No espaço ainda é possível acompanhar imagens e vídeos de shows, desfiles e apresentações culturais da Itália por uma tela gigante;

• Piso Superior: Com uma bonita visão do restaurante através de uma parede de vidro, o espaço é perfeito para eventos corporativos, oferecendo estrutura privativa para 60 pessoas sentadas em distanciamento social, além de equipamentos de audiovisual para a realização de workshops, congressos, confraternizações e com formatação de mesas de acordo com a necessidade de cada evento.

RECONHECIMENTO INTERNACIONAL

Dono de um jeito de cozinhar que já encantou pessoas de várias localidades do planeta, o chef Marco Orsini já preparou pratos para várias estrelas hollywoodianas, entre elas, a atriz Julia Roberts e o ator Tom Cruise. Outros famosos como o cantor Enrique Iglesias e o treinador futebolista Diego Maradona, que era amigo pessoal de Orsini, também já degustaram os pratos assinados por ele.

Natural de Roma, a cidade eterna, Marco Orsini vem de uma família que tem a gastronomia presente em seu DNA. Em terras italianas, o empresário sempre atuou no segmento gastronômico, tendo como inspiração e memórias afetivas de um histórico parque localizado próximo ao Coliseu, que representa fortemente a essência que hoje o Villa Celimontana Ristorante apresenta ao público: uma fusão milenar de culinária, música, costumes e o toque de família presente na acolhida, na alegria e no sabor.

INVESTIMENTOS NA PANDEMIA

Em contramão do cenário pandêmico, o Villa Celimontana Ristorante ganhou o investimento de aproximadamente R﹩ 1 milhão, com o propósito de aquecer o setor, fomentar a economia e gerar oportunidades. Para o empreendimento funcionar, foram contratados 40 profissionais no mercado. Já para acompanhar Orsini com o menu, os chefs Andressa Sensato e Rafael Costa reforçam o time.

Para explicar qual o motivo impulsionou a ideia de abrir um restaurante maior em plena pandemia, o chef romano diz: "A vontade de voltar à normalidade e de acreditar na economia do setor, mesmo que seja necessário respeitar as regras e protocolos por conta da pandemia foi a razão para este meu novo momento", conclui.

O Villa Celimontana Ristorante vai funcionar de terça a sábado, das 11h30 às 22h (Novo horário permitido pela Prefeitura de Belo Horizonte). Para reservas ou informações, ligue para (31) 3495-7020 ou envie uma mensagem para villacelimontanabr@gmail.com .

0=MDO3E2Mwojci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pjNzIjM2QTO5cjM6cWZwpmL39GbihzN2Y2NiRzM2UmNyMTNwQjZ4ETYhZjM0UGMxATN2IjRyUSN2IjRyUiN4AzMGJTJxQjNxEzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopjN 0=ImZzEmMxojci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pjNzIjM2QTO5cjM6cWZwpmL39GbwMjZ5cDNxE2NlFWYhNDO5QWNhZTZxgTZ4kjY0YmMxcjRyUiMxcjRyUiN4AzMGJTJxQjNxEzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopjM

Com novo nome e chef, restaurante do Hôtel Hermitage Monte-Carlo completa 1 mês de operação

Símbolo da gastronomia sofisticada no Principado de Mônaco e detentor de uma estrela Michelin, o então restaurante Le Vistamar do Hôtel Hermitage Monte-Carlo ganha o nome de seu novo chef: Yannick Alléno

Chef Yannick Alléno – crédito: Monte-Carlo Société des Bains de Mer

O restaurante Yannick Alléno à l´Hôtel Hermitage Monte-Carlo, instalado no Hôtel Hermitage Monte-Carlo, no Principado de Mônaco, completa 1 mês de operação sob o comando do chef francês Yannick Alléno no dia 19 de junho. A entrada do novo chef e a mudança de nome marcam a primeira fase de transformações programadas para acontecer no restaurante até a primavera europeia de 2022.

Detentor de uma estrela Michelin, o Yannick Alléno à l´Hôtel Hermitage Monte-Carlo une a tradição, a excelência e a modernidade da cozinha francesa com os produtos frescos e locais. O restaurante também reúne a maior adega privada do mundo.

Novos pratos do restaurante Yannick Alléno à l’Hôtel Hermitage Monte-Carlo – crédito: Monte-Carlo Société des Bains de Mer

Para celebrar a chegada de Yannick Alléno, o Hôtel Hemitage desenvolveu um programa especial para seus hóspedes e que contempla a degustação de um jantar a dois preparado pelo chef. Os hóspedes terão a oportunidade de saborear o novo menu no terraço do restaurante, apreciando a vista para o mar Mediterrâneo. O programa estará disponível até 11 de julho de 2021 e inclui acomodação para o casal em suíte com vista para o mar e o café da manhã.

Serviço
Yannick Alléno à l’Hôtel Hermitage Monte-Carlo
Local: Hôtel Hermitage Monte-Carlo
Horários: Almoço das 12h às 15h e Jantar das 19h às 23h
Informações: https://www.montecarlosbm.com/en/offers/instant-yannick-alleno

Para saber mais sobre Mônaco, acesse www.visitmonaco.com e o site www.gvanoticias.com

Sobre Mônaco

Mônaco é um destino divertido e moderno cheio de atrações culturais, opções esportivas e vida noturna agitada. Para apreciadores de viagens culturais, há museus sobre os mais diferentes e interessantes assuntos. Na lista dos principais monumentos do país figuram a Catedral de Mônaco, o Palácio Principesco e o famoso Cassino e Ópera de Monte-Carlo, que recebe concertos e apresentações prestigiadas. A gastronomia também é excelente em todo o país, com mais de uma centena de restaurantes de todos os tipos (como culinárias francesa e italiana, asiática, orgânica e muito mais), sendo sete deles premiados com estrelas Michelin. Mônaco também está investindo cada vez mais em iniciativas sustentáveis. Tanto instituições governamentais como empresas privadas estão mudando suas próprias atitudes para torná-las mais responsáveis, criando campanhas de conscientização e promovendo e patrocinando projetos que tenham como foco a proteção do meio ambiente e o desenvolvimento de sociedades marginalizadas.

Sobre a Global Vision Access

A Global Vision Access é uma empresa de comunicação e marketing em turismo, reconhecida no mercado nacional e internacional. A GVA facilita a entrada e a consolidação de destinos turísticos no mercado brasileiro, oferecendo serviços de planejamento estratégico, marketing e relações públicas e sempre se destacando com os projetos especiais que desenvolve. Fazem parte do portfólio da empresa Jordânia, Mônaco, Ilhas Seychelles e Turkish Airlines. Também inclui-se ao portfólio da GVA parcerias estratégicas com organizações e empresas de outras indústrias que buscam maximizar exposição, oportunidades de negócios e retorno sobre o investimento para cada cliente.

INSPIRAR GOURMET

Nova franquia do Grupo Inspirar já deu início aos seus cursos!

Na Faculdade Inspirar Curitiba, em um campus com 11 mil m², também está a Inspirar Gourmet - nova escola de gastronomia que já vem realizando seus cursos.

Formação profissional, aulas-show, cursos rápidos e modulares e semanas temáticas fazem parte do “cardápio” da Inspirar Gourmet.

Os Chefs

A primeira franquia da Inspirar Gourmet está nas mãos dos chefs Aguinaldo Monteiro, Kaue Henrrique Rodrigues e Larissa Guzzo.

Aguinaldo Monteiro formou-se em 2005, mas antes de concluir o curso já trabalhava com gastronomia no Brasil e na Inglaterra. Em 2012 fez o curso de Gastronomia da Universidade Positivo e em 2015 esteve na CIA (Culinary Institute of America) em Napa Valey para um curso de extensão na área. Diretor e coordenador de cursos de gastronomia desde 2014, trabalha com diferentes cozinhas, desde a clássica e mediterrânea, até a molecular e orgânica.

Kaue é apaixonado pela gastronomia e valoriza muito os ingredientes locais. Embora jovem, já passou por alguns restaurantes como o Vindouro, Grego Gyros e Carnarolli. Formou-se aos 16 anos pelo Espaço Gourmet Escola de Gastronomia, sendo um dos mais jovens chefs formados em Curitiba. Atualmente, junto com Larissa, tem a Beni Gastronomia Personalizada (eventos e consultorias).

Larissa Guzzo, de origem italiana, nascida em Pato Branco, cresceu vivendo a gastronomia da forma mais pura e simples. Aprendeu a cozinhar com sua Nonna e irmãs, criando assim uma paixão pela cozinha afetiva e campeira. Com seu nonno e seu pai se apaixonou pelo alimento vindo do quintal para a mesa. Ela é professora do Projeto Gastronomia Sustentável Electrolux. Formou-se como Chef de Cuisine e Restauranteur pelo Centro Europeu, em 2015.

Os cursos

As opções são variadas. Na agenda mais próxima tem as aulas-show e cursos de: Drinks Imperdíveis com Gin (9 de junho), Domingo em Casa (19 de junho), American Bar (9 de julho), Churrasco de Carnes Nobre (10 de julho), entre outros. Veja grade completa em www.inspirargourmet.com.br.

Serviço:

Inspirar Gourmet

João Tschannel, 880 – Vista Alegre.

Curitiba-PR

www.inspirargourmet.com.br

Chef André Raulino inaugura novo restaurante

Raulino Cozinha Autoral promete uma experiência sensorial completa, com Menu Confiance e marca própria de vinhos, cervejas e cafés

CURITIBA, 09/06/2021 – O chef e empresário paranaense André Raulino anunciou há dois meses o seu novo empreendimento junto a seu sócio Rogério Marcondes. Batizado de Raulino Cozinha Autoral, o novo espaço abre suas portas oficialmente nesta quinta-feira, dia 10 de junho, iniciando as celebrações do Dia dos Namorados.

Com capacidade para 52 lugares, o novo restaurante foi implantado em uma acolhedora casa com varanda e deck no bairro Cabral. Após dois meses de concepção e reforma total do espaço, o Raulino Cozinha Autoral chega para oferecer uma experiência sensorial completa de gastronomia contemporânea, com ênfase em alimentos frescos e preparos artesanais que enaltecem as características dos insumos.

Para a inauguração, o chef André Raulino elaborou um cardápio especial para o Dia dos Namorados, que será servido exclusivamente em três jantares, nos dias 10, 11 e 12 de junho, mediante reserva. São duas opções de menu, com valores de R$ 249 e R$ 189; o mais completo, em seis tempos, com os seguintes pratos: Berinjela no Missô, Raviolone de Ostra, Pancetta de Porco Moura, Risotto de Abóbora, Cowboy Steak no Sous Vide e, de sobremesa, Entremets.

Conceito
Como grande diferencial de sua nova empreitada, Raulino aposta no seu já consagrado Menu Confiance, formato em que o chef pode expôr todo o seu talento enquanto instiga as expectativas dos clientes com um cardápio surpresa, elaborado de forma exclusiva no ato do pedido. "Desenvolvemos e aprimoramos uma experiência extra sensorial totalmente única, onde cada mesa desfruta às cegas de pratos criados no momento do pedido, sem uma pré-concepção, por uma cozinha em plena sinergia", explica. Para o chef, além de gerar um certo "frio na barriga", a experiência do menu surpresa estreita sua relação com os clientes e revela a alma da cozinha praticada no restaurante. "Em mais de 250 execuções, teve 100% de aprovação", garante Raulino.

Após dois anos no comando do restaurante Pescara Cucina Italiana – do qual também era sócio, André Raulino agora realiza o sonho de ter um espaço próprio que traduz exatamente a maneira como ele enxerga a gastronomia e a hospitalidade em geral. "No Raulino Cozinha Autoral, a gastronomia vem do salão e não o inverso. Sendo assim, buscamos oferecer um atendimento sublime e experiencial, assim como pratos criativos, sempre em simbiose com a cultura local", conta o chef.

No Raulino Cozinha Autoral, André dá continuidade às suas experiências com nuances e sabores inusitados, baseado em muita técnica e respeito máximo aos ingredientes. Trabalhando há dez anos com os mesmos fornecedores – muitos deles de orgânicos, de Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba, e da Serra da Graciosa e Morretes, no litoral do estado – o chef intensifica ainda mais sua relação com os alimentos frescos no novo restaurante, que possui uma horta própria. Cultivada pelos próprios cozinheiros, com todas as propostas orgânicas e adubo produzido no local, a horta conta com variados legumes, como mini berinjela, abobrinha Brasil, pimentões e tomate. As flores comestíveis e brotos usados na decoração dos pratos também são oriundos da horta do restaurante, que pode ser visitada pelos clientes.

A preparação artesanal dos ingredientes é outra forte característica da gastronomia do novo espaço, que possui uma parrilla argentina com brasa de madeira Bracatinga e um forno a lenha, onde a comida é preparada em cocção lenta, o que potencializa o sabor e proporciona um defumado mais delicado aos alimentos. Os clientes poderão assistir a esses processos, pois do salão é possível observar toda a preparação e execução de cada prato na cozinha, através de uma vitrine.

Vinhos, coquetéis e produtos próprios
A experiência do Raulino Cozinha Autoral é mais que completa. O restaurante possui uma carta de vinhos premium selecionada pelos sommeliers Luan Félix e Kayton Kaliberda, e outra de rótulos pouco comuns, de países exóticos, e preços acessíveis. Para os clientes que preferem coquetéis, a casa conta com um cardápio de drinks autorais criados pela mixologista Luana Beatriz.

O restaurante possui ainda uma marca própria de produtos, desenvolvidos junto a produtores locais. Um deles é o vinho Château Raulino, Merlot, Safra 2018, idealizado em parceria com a Vinícola Franco Italiano, de Fernando Rausis, em Colombo. Já a cervejaria curitibana Hump Beer idealizou três cervejas não pasteurizadas em lata exclusivamente para o Raulino Cozinha Autoral, dos tipos India Pale Ale, American Pale Ale e American Lager. Completando a linha de produtos exclusivos que poderão ser adquiridos pelos clientes, está um delicioso café maturado em barril de Amburana, com a curadoria de Marcelo Franck, da curitibana Franck's Ultra Coffee.

O Raulino Cozinha Autoral funciona na Rua Recife (nº 220), no bairro Cabral, em Curitiba, de terça a sexta-feira, das 18h30 às 23h; aos sábados, das 11h às 15h e das 18h às 23h, e aos domingos, das 11h às 15h30. Reservas pelo WhatsApp (41) 99658-9900 ou pelo e-mail raulinorestaurante@gmail.com. Para mais informações, acesse o perfil oficial do empreendimento no Instagram (@raulinorestaurante).

Receitas de pinhão mostram que gastronomia em Monte Verde (MG) vai além do fondue

O outono dá início à temporada do pinhão, semente das araucárias, típico da culinária do Sul e de parte do Sudeste do Brasil. Em Monte Verde (MG), moradores partiram de receitas tradicionais para elaborar pratos novos, como nhoque, risotos, caldo e biscoito doce, além dos tradicionais entrevero e sapecada, para valorizar ainda mais a semente e mostrar que a gastronomia local vai muito além do fondue. É comum encontrar nos restaurantes e empórios locais desde pães, hambúrgueres, risoto, pinhão em conserva, entre tantos outros quitutes.

Quem fala sobre o ingrediente é a chef de cozinha Sônia Kohen, proprietária do restaurante italiano Villa Donna, inaugurado há 12 anos, seis anos depois de ter mudado de São Paulo com o marido para o distrito de Camanducaia. "Queríamos incluir Monte Verde no roteiro da gastronomia do Sul de Minas e, para isso, passamos a realizar festivais no distrito. Até hoje, tem turista que liga no hotel para encomendar um prato que provou em alguma edição do festival. Com essa iniciativa, hoje encontramos em Monte Verde boa comida italiana, alemã, as mais diversas culinárias e tudo envolto da cultura local", afirma.

A chef ressalta que o pinhão, depois de cozido, pode ser usado de diversas formas, seja frito, em fatias ou até mesmo processado. Um dos pratos mais famosos é o entrevero, que lembra o arroz tropeiro. A semente é misturada com bacon, linguiça, calabresa, frango, carne de boi, cenoura, tomate, cebola, mandioca e arroz. Em seu restaurante, a receita que mais sai é o caldinho de pinhão, que é preparado com manteiga, vinho branco e creme de leite. O nhoque, que foi criado exclusivamente para uma das edições do festival gastronômico, não está no cardápio do Villa Donna, mas é feito sob encomenda de turistas que o experimentaram no evento e não conseguem esquecer.

Sônia diz que a beleza do pinhão está em dois momentos: quando as pinhas caem das árvores e quando é feita a sapecada. "Quando chega o outono e o inverno, você vê chuvas de pinhão embaixo das araucárias; é lindo vê-los cair. E, com eles, caem também as garras, que usamos para a fogueira", diz. A tradição manda que as garras sejam colhidas para fazer uma pilha, que será utilizada como base da fogueira. A semente é colocada ao topo, e o fogo começa pela base, numa queima rápida de dois minutos, tempo suficiente para a torra. "É um momento muito bonito, pois todos se reúnem em volta da fogueira para vivenciar aquilo. É muito comum ter moda de viola, o que embeleza ainda mais o cuidar do fogo e ver o pinhão sapecar para fora", relata.

Créditos: Tom Araújo
8==gZldjM1UjOyJmLt92YuEmcyVGdAlGbsV2Y1xWYtF2czVmbhZnO3UTNzADN0gDNyozZlBnauc3bshTNxYDN5kjNyYkMlkjNyYkMlYzN2kjRyUCOxkTMxQTNwATMf1SNx0yXt92YuIHct1SaGJTJGJTJBNTJwRHdopjN

Sapecada no Parque Oschin
Entre os dias 29 de maio e 15 de agosto, o Parque Oschin, associado MOVE, realizará um arraial em parceria com a agência e com a Associação Comercial de Monte Verde. O evento contará com a tradicional sapecada de pinhão, café tropeiro, casamento caipira, fogueira, tirolesa e outras atrações.

O local oferece playground para as crianças e diversas atividades ao ar livre, como o caminho das hortênsias, a pedra do Bento, lagos, cascatas e grutas. Aberto diariamente, o parque funciona das 10h às 18h e está localizado na rua da Mantiqueira, nº 1.460.

Informações nutricionais
Por ser rico em fibras, o consumo de pinhão pode trazer diversos benefícios, como prevenir doenças intestinais. A semente é composta por vários minerais, como cobre, zinco, manganês, ferro, magnésio, cálcio, fósforo, enxofre e sódio. Porém, merece destaque no fornecimento de potássio, mineral que ajuda a controlar a pressão arterial. Também é rico em ácidos graxos linoleico (ômega 6) e oleico (ômega 9), que contribuem para a redução do colesterol no sangue.

Confira abaixo três receitas:

Entrevero de pinhão

Ingredientes:
• 1 kg de contrafilé cortado em tiras
• 1 kg de filé de peito de frango cortado em tiras
• 250 g de linguiça calabresa cortado em meias rodelas finas
• 250 g de bacon em cubos médios (1cm x 1cm)
• 1 kg de pinhão cozido e descascado cortado ao meio, ao comprido
• 1 pé de brócolis chinês cortado em pedaços pequenos
• 1 pé de couve-flor cortado em pedaços pequenos
• Pimentão verde, amarelo e vermelho: uma unidade de cada, cortados em cubos grandes
• 500 g de cebola cortada em cubos grandes
• 500 g de tomate cortado em cubos grandes
• 3 dentes de alho bem picados
• 200 ml de caldo de carne (1/2 cubo dissolvido em água quente)
• 50 ml de shoyu

Modo de preparo:
Num disco ou numa frigideira grande, aqueça o óleo de soja e refogue as carnes, deixando-as dourar e mexendo sempre, começando pelo bacon, depois a calabresa, o contrafilé, o peito de frango.

Em seguida, adicione os vegetais, começando pela cebola, depois o alho, o tomate, os pimentões, os brócolis e a couve-flor. Quando tudo estiver bem refogado, adicione o pinhão, o shoyu e o caldo carne de carne.

Aguarde o pinhão aquecer, e está pronto.

Creme de Pinhão

Ingredientes:
• 350 g de pinhão cozido
• 30 g de cebola
• 50 ml de vinho branco seco
• 150 ml de creme de leite fresco
• 100 ml de caldo de legumes
• 20 ml de azeite extra virgem
• Sal marinho a gosto
• Pimenta-do-reino a gosto
• Brotos a gosto
• 60 g de manteiga
• Noz-moscada a gosto
• 3 talos de cebolinha

Modo de preparo:
Doure a cebola com manteiga e pinhão, coloque o vinho branco e refogue.
Coloque no liquidificador e processe com o caldo.
Leve ao fogo, tempere com sal, pimenta e noz-moscada e deixe reduzir. Acrescente o creme de leite e mexa com cuidado. Finalize com cebolinha e brotos.

Biscoito de pinhão e coco

Ingredientes:
• 120 g de farinha de trigo
• 1 colher (chá) de fermento químico
• 100 g de manteiga sem sal
• 150 g de açúcar
• 1 ovo
• 200 g de coco fresco ralado
• 100 g de pinhão cozido e triturado

Modo de preparo:
Bata a manteiga e o açúcar até a mistura ficar homogênea e lisa. Acrescente o ovo e continue batendo até misturar. Em seguida, acrescente a farinha peneirada com o fermento. Desligue a batedeira e misture o coco e o pinhão manualmente. Depois, basta formar bolinhas e assar a 180 graus por 40 minutos ou até dourar.

Sobre a MOVE
Entidade associativa, apartidária e sem fins lucrativos, a MOVE (Agência de Desenvolvimento de Monte Verde e Região) foi criada no início de 2020 para promover o desenvolvimento econômico sustentável do distrito de Monte Verde, polo turístico que pertence ao município de Camanducaia (MG). A agência atua com o objetivo de fortalecer e dar voz ao empresariado, a fim de potencializar a vocação turística local sob os seguintes escopos: hotelaria, comércio, receptivos, alimentação, ambiental, social, industrial, esportivo e artístico. Atualmente, com mais de 100 associados, a MOVE trabalha em quatro frentes: apoia e oferece auxílio estratégico a empresas, poder público e comunidade para o enfrentamento de desafios comuns; identifica, fomenta e divulga oportunidades de investimentos; promove novos negócios e parcerias; e apoia, produz e viabiliza eventos turísticos na região.

MADERO CAFÉ CONQUISTA O PÚBLICO E SE TORNA POINT DISPUTADO NA RODOVIA CASTELLO BRANCO

Com foco em cafés especiais, a nova marca oferece uma experiência inédita na parada para o cafezinho, com delícias assinadas pela chef pâtisserie Laysa Durski

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=192936&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C3f676839da311db68ea20d81164958ec%2540psallum.com.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C3f676839da311db68ea20d81164958ec%40psallum.com.br%3E-1.1.2.3

O chef e empresário Junior Durski comemora o sucesso da nova marca Madero Café, na Ecoparada Madero, com um cardápio elaborado de cafés especiais, doces, salgados, sandwiches e bebidas, que já conquistaram o paladar do público.

A famosa parada para o cafezinho já consagrou o Madero Café, como visita obrigatória de quem está em viagem pela Rodovia Castello Branco. É a primeira aposta do Grupo neste formato, voltada aos viajantes, oferecendo uma experiência única, que vai muito além do café, com um cardápio variado e delicioso de sabores ultra especiais. "Encomendamos um blend exclusivo, que nos permite oferecer um café super bem feito e especial", revela o empresário e chef Junior Durski.

O Madero Café convida a uma verdadeira viagem de sabores, com opções desde o tradicional Café Filtrado – Puro, Café Latte, Mocha, Cappuccino, até os Expressos, que ganham Caldas de Brigadeiro, Chocolate Branco, Doce de Leite ou Chantilly.

As versões geladas oferecem sabores também irresistíveis, que prometem refrescar a viagem, com destaque para o Iced Café Mocha com Calda de Chocolate Branco e o Iced Cappuccino com Calda de Brigadeiro. Além disso, as opções podem vir sempre nas versões com leite desnatado ou leite vegetal de castanha, agradando os paladares dos intolerantes à lactose e do público vegano. Há ainda os disputados sabores de Frapês, nas versões com e sem café, como o de Doce de Leite, Mocha Branco, Iogurte com Frutas Vermelhas, Vanilla, Chocolate Branco e Brigadeiro. São todos apresentados nos tamanhos P, M ou G, de acordo com a vontade.

E para deixar o momento do café ainda mais gostoso, nada melhor que um doce! Mas não qualquer doce e, sim, as delícias assinadas pela chef pâtisserie Laysa Durski, formada pela Le Cordon Bleu, em Paris. Conhecida por seu inconfundível brigadeiro, a chef oferece Muffins (de blueberry ou chocolate), Cinnamon Rolls tradicional e com doce de leite e Bolos, como de chocolate com cobertura de brigadeiro ou de amendoim, além de Alfajor, Palha Italiana, Pão de Mel e Brownie.

Outra opção que faz sucesso são os sanduíches, como o de Focaccia (mussarela de búfala com tomate e rúcula, no Pão Ciabatta), Natural de Palmito e o Natural de Frango, além de Foccacias concorridas, como a Portuguesa (presunto, queijo mussarela, tomate cereja, azeitona fatiada, molho parmegiana e cebola roxa), o Pão de Calabresa e os clássicos Pães de Queijo quentinhos.

As empadinhas são uma atração à parte! A de cebola faz companhia aos sabores tradicionais como frango, palmito e camarão. "É inspirada na receita da minha avó materna e é feita com a cebola fatiada e puxada na frigideira apenas com um pouco de sal e pimenta, o que a deixa com o sabor levemente adocicado", revela Junior Durski.

Madero Café- KM 44 | Rodovia Castello Branco – Araçariguama (SP) - Das 5h às 23h. De seg à seg
@maderocafeoficial https://ecoparadamadero.com.br/ @ecoparadamadero

Sobre o Grupo Madero
Fundado pelo Chef Junior Durski, o Grupo Madero é uma das redes de restaurantes, que mais cresce no Brasil. Impulsionada pelo compromisso inabalável com a qualidade - para consumidores e funcionários - o Grupo Madero cresceu de uma única unidade em 2005, para um portfólio multimarcas com mais de 220 restaurantes, distribuídos em mais de 80 cidades no Brasil, desenvolvido sobre uma plataforma verticalmente integrada de produção, distribuição e logística. No coração dessa plataforma está a Cozinha Central, uma unidade de produção automatizada de última geração, que produz e distribui praticamente todos os alimentos consumidos nos restaurantes.

Restaurante Pérgula, no Copacabana Palace, oferece jantar harmonizado no dia 27 de janeiro

Na próxima quarta-feira, dia 27 de janeiro, o restaurante Pérgula, no Copacabana Palace, hotel da Belmond no Rio de Janeiro, vai oferecer um jantar harmonizado com vinhos portugueses selecionados de Setúbal.

O chef do restaurante, João Melo, desenvolveu um menu especial para acompanhar os rótulos cuidadosamente escolhidos para a ocasião. Para dar início a experiência gastronômica, será servido o couvert acompanhado do Espumante Copacabana Palace. Em seguida, chega à mesa o brandade de bacalhau com mandioquinha, harmonizado com o branco Flor de Trois.

O primeiro prato fica por conta do ravioli aberto de lagostins com palmito pupunha e molho de ervas-frescas, acompanhado do rosé Brejinho da Costa Colheita. Para o prato principal, costeleta de cordeiro com molho da própria carne, servido com canelone de legumes e shitake e harmonizado com o Touriga Nacional Quinta do Piloto Sellection.

O jantar termina com um irresistível Entremet de chocolate.

Serviço:

Restaurante Pérgula - Belmond Copacabana Palace.

Endereço: Avenida Atlântica, 1.702.

Reservas pelo telefone: 21 2548-7070

Reservas por e-mail: pergula.cop@belmond.com

Data: 27 de janeiro de 2021

Preço: R﹩260,00 + 10% por pessoa

Horário: A partir das 19h (cozinha fecha às 23h)

Novo restaurante Italy Caffé Juvevê

O chef de cozinha tem passagem por renomados restaurantes internacionais e é formado pelo Centro Europeu
Com fotos

Cozinha da nona a preço acessível, essa é a proposta do novo Italy Caffé Juvevê comandado pelo chef de cozinha e empresário Vinicius Cossia, que tem apenas 28 anos, mas uma carreira com muita bagagem e diversificada experiência internacional.

O novo restaurante - que começou a atender dia 6 de dezembro do ano passado - está localizado no bairro Juvevê, na rua Rocha Pombo e tem capacidade para 110 pessoas. A cantina italiana ofereces carnes como o famoso galeto, massas frescas, pizzas em pedaços ou redondas, sanduíches, doces, sorvetes, cafés, soda italiana, sucos entre outras opções.
Devido à pandemia, o restaurante está operando com capacidade reduzida. "Estamos muito otimistas para 2021. Neste momento estamos com o prato do dia a R$ 29,90 e estamos lançando o cardápio especial para happy hour. Nossa proposta é comida de qualidade a um preço acessível", completa o chef.
Know how - Vinicius Cossia iniciou sua formação gastronômica no Centro Europeu no Curso de Chef de Cuisine - Restaurateur. Para ele, o curso do Centro Europeu contribui muito para quem tem interesse em apostar no mercado da gastronomia.
"O curso do Centro Europeu dá muita ênfase à prática, além da formação clássica e isso é super importante, porque se você não souber o básico na cozinha irá se perder. Também ajuda quem quer abrir seu próprio negócio", ressalta.
Foi pela parceria do Centro Europeu com a Culinary Arts Academy que Vinicius foi estudar na Suíça, onde se formou em Artes Culinárias pela Cezar Ritz. Na Europa, estagiou no Jeu de L’Arc e em seguida foi trabalhar em Portugal no The Ritz do Carlton Penha Longa Resort, atuando nos restaurantes do complexo inclusive no Lab by Sérgio Argola que tem estrela Michelain.

Depois de sua temporada fora, Vinicius voltou para Curitiba e trabalhou como personal Chef e agora é sócio do Italy Juvevê juntamente com proprietários do Kan - Cozinha japonesa e do Porcini Trattoria, lugares onde trabalhou no começo da sua carreira.

"Ficamos orgulhosos de fazer parte da trajetória profissional do Vinicius na gastronomia - que teve início em nossa escola e posteriormente, por meio das parcerias internacionais oferecidas aos nossos alunos - o capacitou" ainda mais, para tornar-se um empreendedor nesse segmento", declarou o diretor acadêmico do Centro Europeu, Rogério Gobbi.

Chef Guilherme Guzela prepara receita de Natal combinando frutas e carne de porco

O pernil suíno é um corte que se destaca por sua versatilidade. A variedade de opções de temperos e modos de preparo do prato permite uma combinação com frutas e legumes - fundamentais em uma dieta rica e balanceada. E, para as festas de final de ano, uma opção diferente pode surpreender a família. Que tal transformar o tradicional pernil em um prato ainda mais sofisticado? 

O chef Guilherme Guzela preparou uma receita simples com o Pernil Temperado Alegra, mas sem perder a cara de festa. Com maçãs assadas e purê de batatas, a receita mescla sabores e sentidos para uma ceia ainda mais especial.

Ingredientes:

1 pernil temperado Alegra

 600g batata

150g manteiga

100ml de creme de leite fresco ou nata 

100ml leite integral

50g queijo parmesão ralado

Sal e pimenta a gosto

Maçãs assadas

3 maçãs

Açúcar mascavo a gosto

100 g de manteiga

Modo de preparo:

Pré-aqueça o forno a 200 graus e coloque o pernil para assar por 40 minutos.

Descasque as batatas e coloque para cozinhar em 1 litro e meio de água. Quando a água começar a ferver, deixe as batatas cozinharem por 20 minutos. Retire da água e esprema, formando o purê.

Dica do chef: comece com a água fria, e adicione uma colher de sopa de sal para cada litro de água.

Coloque o purê na panela, adicione 150g manteiga, creme de leite, leite, queijo, sal e a pimenta a gosto. Mexa bem e depois reserve.

Tire a casca e corte as maçãs em 8 pedaços. Adicione 100g de manteiga e cerca de 4 colheres de sopa de açúcar mascavo. Misture bem.

Após os 40 minutos, retire o pernil do forno e coloque as maçãs ainda cruas em volta. Volte para o forno por 30 a 40 minutos.

Retire do forno, coloque em uma travessa. Coloque as maçãs de um dos lados do pernil  e o purê do outro. Por fim, regue a carne com o caramelo das maçãs.

Sobre a Alegra

A indústria de alimentos Alegra é a união das cooperativas de origem holandesa, Frísia, Castrolanda e Capal, que constituem o grupo Unium. Uma empresa que combina condições de trabalho ideais aliando tecnologia, equipamentos de última geração, preocupação com o bem-estar dos animais e sustentabilidade em seu parque industrial, sempre primando pela excelência em seu produto final, que utiliza as melhores carnes suínas.

Em 2017, a marca conquistou o reconhecimento internacional quanto às Práticas de Bem- estar Animal no abate, tornando-se a primeira planta brasileira a receber essa

Lênin Palhano, chef mais premiado de Curitiba, anuncia seu primeiro restaurante próprio na cidade

O projeto do Obst., que vai funcionar na charmosa Alameda Prudente de Moraes, reúne outros grandes nomes do mercado gastronômico paranaense e promete surpreender com um conceito único e autêntico

CURITIBA, 26/11/2020 - O premiado chef paranaense Lênin Palhano, um dos grandes nomes da gastronomia brasileira, acaba de anunciar seu primeiro empreendimento próprio na cidade de Curitiba. Batizado de Obst., o novo espaço, uma parceria de Lênin com o sommelier José Vinícius Chupil e o empresário Marcelo Muggiati Vaz, abrirá as portas oficialmente no próximo dia 09 de dezembro, prometendo um conceito inédito na capital paranaense.

O novo espaço, com capacidade para 55 lugares, foi implantado em uma aconchegante casa térrea, na charmosa Alameda Prudente de Moraes, região central de Curitiba, divisa entre os bairros Mercês e Batel. Com portas e janelas que dão diretamente para a calçada arborizada, onde também haverá mesas, o Obst. chega para oferecer uma experiência gastronômica com produtos de alto nível de forma descomplicada, informal e divertida, apostando em uma interação direta entre os principais personagens do empreendimento e o público. O Obst. contará, por exemplo, com um balcão dentro da cozinha, semelhante aos de restaurantes orientais, com lugar para quatro pessoas, onde o serviço, com valor fechado, será feito "às cegas", sem escolha de cardápio. "O cliente vai poder nos ver trabalhando, enquanto servimos um menu surpresa, com o que tivermos de melhor naquele dia", explica Lênin.

Conceito

Após sete anos no comando do Nomade – restaurante de sua concepção, que funciona no sofisticado Nomaa Hotel – e dezenas de prêmios, Lênin resolveu aproveitar o período de isolamento social para colocar em prática sua vontade de empreender. "O Obst. surgiu da minha vontade de ter um projeto meu. Após 15 anos de profissão, achei que era um bom momento. Fui sacudido por essa ideia durante a pandemia. Foi quando tive tempo e energia para executar algo que já estava na minha cabeça há uns dois anos", conta.

Com apenas 34 anos de idade, Lênin Palhano tornou-se na última década um dos principais nomes do cenário gastronômico nacional, graças a uma proposta culinária multicultural e seu livre trânsito entre diversas técnicas. A brilhante trajetória, coroada com inúmeros prêmios, é fruto de um trabalho incessante, de uma pesquisa minuciosa e de uma quase obsessão pela perfeição do que é servido. E é justamente essa obstinação que dá nome ao novo projeto: Obst. (pronuncia-se óbsti). "Eu queria um nome imponente, sério, mas que causasse uma certa dúvida e despertasse a curiosidade. Tem muito a ver comigo e com os profissionais envolvidos. As pessoas vão entender quando chegarem lá", explica.

À frente do Obst., Lênin dará continuidade a elementos que caracterizam a identidade de seu trabalho, como a valorização e a busca pelo preparo ideal de cada ingrediente, além da utilização de produtos frescos e de pequenos produtores. Porém, nesta nova fase, com uma ênfase mais sutil ao viés regional e de forma ainda mais autoral e criativa. "Apesar de eu sempre ter tido liberdade total, a operação hoteleira exigia um grande envolvimento em todo o serviço de refeições. Eu agora vou poder trabalhar com mais criatividade e tempo para desenvolver as minhas pesquisas."

No que depender da chef Julia Schwabe, Lênin terá tempo de sobra para seguir seus estudos. Seu braço direito no Nomade, a jovem de 28 anos agora será a chef de cozinha do Obst., comandando todo o serviço no dia a dia. A preocupação na formação de novos chefs de cozinha é uma das características do trabalho de Lênin, que se enche de orgulho ao falar de Julia e de Luan Honorato, seu ex-sous-chef, que o substituiu no posto de chef do Nomade. "É uma felicidade enorme saber que o Nomade agora está nas mãos de um chef jovem como o Luan, que começou como auxiliar e teve sua formação praticamente toda no lá no restaurante", ressalta.

Inspirado em alguns de seus restaurantes favoritos de ambientes descolados e menus não convencionais – entre eles, o Tickets (dos irmãos Albert e Ferran Adrià, em Barcelona, na Espanha), o Nit (do chef catalão Oscar Bosch, em São Paulo) e o badalado A Casa do Porco (do casal Jefferson e Janaína Rueda, também em São Paulo) – Lênin tenta trazer o mesmo tipo de leveza e despojamento a seu primeiro empreendimento. "Eu quis criar um lugar que eu acho que não existe em Curitiba. Onde eu gostaria de estar e onde me sentisse bem como me senti quando estive nesses restaurantes", conta.

A começar pelo conceito aberto do Obst., que segundo o chef, não pode ser definido como um restaurante ou um bar, mas sim um ambiente que reúne ambas as coisas e que oferece uma experiência gastronômica de excelência, mas descontraída. "Vai ser tudo mais leve, solto e casual", descreve. Essa liberdade também se reflete no cardápio, que é flutuante e estará em constante transformação, seguindo a disponibilidade dos melhores ingredientes. Outra novidade é a ausência dos tradicionais pratos principais individuais: todo o menu é voltado ao consumo compartilhado de porções, algumas para comer com as mãos, ao estilo Tapas, que podem ser combinadas entre si ou saboreadas separadamente.

Entre os ingredientes de mais destaque no cardápio do Obst., segundo Lênin, está "o mar", referindo-se ao contato próximo que mantém com produtores especializados em pesca e cultivo de ostras, mariscos e vieiras, em Santa Catarina. Os produtos e técnicas paranaenses, objetos de uma vasta pesquisa do chef, continuam presentes no Obst., que vai expandir os limites até São Paulo, Minas Gerais ou até onde for preciso na busca pelo ingrediente ideal. Mas o chef faz questão de frisar que continua a praticar uma gastronomia sem rótulos ou especialidades. "É uma culinária sem fronteiras, que busca servir os melhores e mais diversos produtos, com foco na técnica", define. Lênin tranquiliza os clientes mais saudosos, adiantando que eles que vão encontrar no Obst. o famoso "Porquinho na Couve" (consagrada entrada servida no Nomade). Mas o chef também alerta para que eles se preparem para uma experiência menos convencional que de costume. "O cliente precisa botar na cabeça que não vai comer nhoque ou bacalhau. Precisa só saber que vai comer bem, em um bom ambiente, com bons vinhos e bons drinks."

Vinhos e coquetéis

Para harmonizar com tamanha variedade de opções, Lênin tem a seu lado como sócio no Obst. o também laureado sommelier José Vinícius Chupil (ex-La Varenne), que garante uma carta de vinhos dinâmica, em que prevalece a qualidade, a safra e a diversidade. Ao todo, a casa servirá cerca de 45 rótulos, que vão variar na mesma medida (ou quase!) que as mudanças de cardápio. "Estamos trabalhando com total autonomia e independência, o que nos possibilita ter acesso a uma variedade enorme de países, regiões e estilos de vinhos", conta Chupil.

Segundo o sommelier, que também faz sua estreia como empresário ao lado de Lênin, muitos desses vinhos estarão disponíveis em taça, para que o cliente tenha a oportunidade de provar diversos rótulos, de destaques nacionais a grandes produtores internacionais. Espumantes também estarão presentes na carta e, durante os próximos meses, de verão, os espumantes nacionais terão um destaque especial. Ao final do período de um ano, Chupil estima que cerca de 400 rótulos terão sido servidos no Obst.

Além de uma excelente carta de vinhos, o Obst. terá um bar de drinks sob o comando do jovem prodígio Zé Augusto Swaiger (ex-Officina Restô Bar), de 28 anos. Zé, único finalista paranaense no concurso nacional Bacardí Legacy, em 2018, já havia trabalhado durante três anos com Lênin no bar do Nomade e foi a escolha natural do chef para liderar a coquetelaria do Obst. Recém-chegado de uma temporada como barman no Bistrô Felissimo, na Praia Brava, em Balneário Camboriú, Zé traz para os coquetéis do Obst. o frescor e o descompromisso da praia, em equilíbrio com uma estética mais sóbria. Além de clássicos da coquetelaria, a carta do Obst. é composta por drinks de sua autoria que estão entre os preferidos de seus clientes, entre eles, Punch Clarificado, Grand Cru e Anna Karenina. "Gosto muito de usar técnicas diferenciadas, como clarificação, carbonatação e experimentação com diferentes tipos de acidez. Além disso, tenho trabalhado na criação de coquetéis que na aparência são inofensivos, devido à simplicidade, mas que no sabor surpreendem e são marcantes", revela Swaiger.

Serviço

O Obst. vai funcionar a partir do dia 9 de dezembro, na Alameda Prudente de Moraes (nº 983), no Centro de Curitiba. Funcionamento de terça a sexta-feira, das 18h às 23h e aos sábados das 14h às 23h. Para mais informações, acesse o perfil oficial do empreendimento no Instagram (@obst.lugar).

Thyane Dantas bate um papo com o chef Henrique Fogaça

No Brasil o nome de Henrique Fogaça é um dos mais comentados no mundo da gastronomia. A frente de restaurantes renomados, também é jurado do programa Master Chef Brasil da Band há 7 anos.

Descontraído e cozinhando exclusivamente para Thyane, o chef falou sobre o início da carreira, música, projetos sociais e sobre sua filha Olívia que é portadora de uma síndrome rara e ainda desconhecida.

No vídeo, o chef ainda exalta a importância da consciência pelo próximo: " O ego é o grande problema do ser humano" comenta.

O bate papo vai ao ar amanhã no IGTV de Thyane as 20 horas (Instagram: @thyane)

Chef pâtissier Flávio Duarte ensina receita de biscoitos natalinos que podem ser vendidos por até R$ 5,00; Confira a receita

Opção para decorar, presentear e servir nas festas de fim de ano. Custo baixo e produção fácil, biscoitos decorados podem ser renda extra

O ano de 2020 não foi fácil. Além de todos os problemas causados pela pandemia do coronavírus, uma crise econômica no país provocou desemprego e queda na renda de muitas famílias. Mas, como todos os anos, a chegada do Natal e do Réveillon simbolizam a renovação da esperança e do desejo de recomeçar. E, que tal recomeçar garantindo uma renda extra nesses últimos meses do ano fazendo biscoitos natalinos?

“É uma boa opção para quem deseja presentear, usar os produtos como artigos de decoração em árvores de natal e ainda complementar os banquetes das festas do período. São fáceis, lindos e deliciosos”, garante o chef pâtissier Flávio Duarte. “Uma receita rende, em média, 20 biscoitos que podem ser vendidos de R$ 3 a R$ 5”, sugere.

*Confira a receita dos Biscoitos Natalinos por Flávio Duarte*

Massa
80 gramas de manteiga sem sal
35 gramas de açúcar de confeiteiro
01 grama de sal
12 gramas de ovos
45 gramas de farinha de amêndoas
80 gramas de farinha de trigo
04 gramas de fermento em pó

Modo de fazer
Junte todos os ingredientes na batedeira e com a raquete bata até que todos os ingredientes estejam devidamente homogeneizados (Importante não bater muito para não desenvolver o glúten).
Abra a massa com 4mm de espessura, corte em discos e deixe no refrigerador por uns 30 minutos.
Asse em forno pré aquecido a 170 graus, por aproximadamente 10 minutos.
Para decorar use glacê real.

Tradicional restaurante curitibano passa a funcionar durante o almoço com menu executivo completo por R$ 59

Com cardápio assinado pelo renomado chef Dudu Sperandio, o Ernesto Ristorante oferece um cardápio exclusivo com couvert, entrada, prato principal e sobremesa

CURITIBA, 29/10/2020 – Com quase dez anos de história na capital paranaense, o Ernesto Ristorante, comandado por Dudu Sperandio, apresenta uma cozinha italiana moderna, que traz uma somatória de experiências do chef curitibano por cidades como Milão e Londres, além de outros lugares do mundo, como a paradisíaca Ilhas Bermudas. Nessas oportunidades profissionais, o chef, um apaixonado pela gastronomia italiana, sempre buscou conhecer novas técnicas e insumos diferenciados para aprimorar suas receitas, oferecendo gastronomia de excelência em Curitiba. Agora, o Ernesto passa a funcionar durante o almoço com um delicioso menu executivo com sequência de quatro pratos pelo preço fixo de R$ 59 por pessoa.

Com couvert, entrada, prato principal e sobremesa, o novo cardápio, servido de terça a sexta, tem opções para agradar todos os gostos. Para iniciar, a casa oferece pão artesanal, berinjela marinada e manteiga de vinho, seguido de um mix de folhas com alcachofra, tomatinho cereja, abobrinha grelhada e molho Ceaser. Já os pratos principais são o Entrecote ao molho de pimenta acompanhado de purê de batatas e arroz branco; o Strogonoff de mignon acompanhado de arroz branco e batata chips; o Fettuccine artesanal ao molho de grana padano e camarões; e o Mignon ao molho mostarda acompanhado de arroz branco e batata chips. Todos os preparos podem ter feijão cremoso da casa servido como acompanhamento.

Para fechar a refeição com muito estilo, duas sobremesas incríveis e tradicionais da casa: pudim de leite condensado da vovó ou mousse de chocolate. É sempre bom lembrar que o restaurante está seguindo todas as normas de segurança e distanciamento estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde. Aos sábados e domingos, a casa funciona durante o almoço com seu cardápio normal.

O Ernesto Ristorante fica na Rua Myltho Anselmo da Silva (n° 1483), no bairro Mercês. O menu executivo é servido durante o almoço, de terça a sexta, a partir das 12h. Além disso, aos sábados e domingos, também a partir das 12h, a casa abre para o almoço com seu cardápio tradicional. As reservas podem ser feitas pelo telefone (41) 4141-5477. Para mais informações, acesse o site www.dudusperandio.com.br.