Primavera Doce incentiva a produção e o consumode produtos de abelhas nativas

Iniciativa terá transmissões online e exposição no Mercado Municipal de Curitiba

Abelha manduri e abelha guaraipo na flor de bracatinga. Crédito: Elwino Naser.

A partir desta quarta-feira (22), população e produtores de mel poderão conhecer produtos das abelhas nativas do Paraná durante a Primavera Doce. O evento será realizado no formato híbrido, com transmissões online, exposições e oficinas gratuitas no Mercado Municipal de Curitiba. A iniciativa é voltada para o criador, cooperativas, associações, indústria de alimentos, bebidas, fármacos e o público em geral. A realização é uma parceria do Sebrae/PR com Câmara Técnica Setorial de Meliponicultura do Paraná (CT Abelhas Nativas), Associação dos Comerciantes Estabelecidos do Mercado Municipal de Curitiba (Ascesme), Mercado Municipal e a Prefeitura de Curitiba.

As atividades têm início às 13h no dia 22, com o tema “O novo elixir da saúde”. Serão responsáveis pela live as agricultoras Cristina Bernert e Gabriela Schumann, que falarão sobre seus trabalhos com a produção do mel da abelha jataí e da comercialização dos produtos in natura. A partir das 16h, a chef do Quintana Gastronomia, Gabriela Carvalho, irá tratar o porquê investir em abelhas e como elas podem servir como atrativo para novos clientes.

A partir das 13h de sexta-feira (24), a empresária Wilma Spinosa apresentará o vinagre de mel silvestre orgânico e suas propriedades na live “Modernize sua produção de vinagre”. O público também pode conferir ações no Mercado Municipal. Entre sexta-feira e domingo, estarão em exposição caixas de abelhas, fotos e produtos derivados dos animais, como mel, velas e bebidas. Além disso, oficinas sobre como criar e fazer iscas para montar seu jardim de mel estão programadas. Para mais informações, basta acessar o nossacasaviva.com.br.

A coordenadora estadual de Agronegócios do Sebrae/PR, Maria Isabel Guimarães, conta sobre o objetivo do evento. “Queremos divulgar a atividade, a qualidade e variedade de produtos das abelhas, com foco nas abelhas nativas e mostrar o seu papel na elaboração de produtos de diferentes áreas, como alimentícios, medicinais, fármacos e de beleza, além da sua importância na sustentabilidade”, projeta.

Abelha arapuá em flor de oficial-de-sala.Crédito: Elwino Naser.

A primavera é a estação mais florida do ano e embeleza toda Curitiba. Ela tem início em 22 de setembro, dia escolhido para as primeiras atividades do evento. “É nessa época que as nossas abelhas iniciam a coleta do néctar e do pólen. Esse processo é de alta importância, pois elas são responsáveis por 33% da produção agrícola mundial. Com iniciativas como essas, buscamos valorizar o trabalho dos agricultores e apicultores, pois estamos vivendo momentos preocupantes com a falta de chuva para as lavouras, o que pode comprometer a polinização”, conta Eliseu Alves Maciel, diretor do Departamento de Operação Agroalimentar da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional.

Segundo Marcos Aparecido Gonçalves, coordenador da CT Abelhas Nativas, é necessário que os produtores possuam a dimensão dos seus negócios. “Desejamos que o evento seja uma vitrine para os produtos dos criadores e que seja visto como uma oportunidade para que eles possam estabelecer contatos com mercados varejistas e outros comércios para expandir seus negócios”, finaliza.

O evento presencial será realizado de acordo com os protocolos de saúde e segurança.

Construtora de Curitiba utiliza fibras de garrafa pet para isolamento termoacústico

Átman Cabral, da MDGP, prioriza a sustentabilidade no canteiro de obras

As obras do Átman Cabral, empreendimento da Incorporadora MDGP, em parceria com a Aurora Centennial e construção assinada pela Huma Engenharia, priorizam a sustentabilidade na escolha dos materiais e processos construtivos.

Destaque para a lã feita de PET nas paredes, que substitui as de rocha e vidro, apresentando uma série de vantagens essenciais para a preservação dos nossos recursos naturais, como alta eficiência no isolamento térmico e acústico dos ambientes; é antimofo, inibindo a proliferação de fungos e bactérias, além de ser resistente a umidade; pode ser compactada sem perder as características originais, contribuindo para a redução dos custos de transporte, além de contribuir para o processo de reciclagem, dando uso às garrafas pet descartadas diariamente. “Ao contrário das mantas de outros materiais, que podem causar inflamações, irritações e problemas de saúde no instalador por conta da sua composição, a lã de PET é inofensiva, promovendo maior segurança para quem tem contato direto com ela. Além disso, trata-se de um material não inflamável”, afirma o afirma diretor da HUMA Engenharia, Thomas Gomes.

As madeiras utilizadas na fachada e pergolados das coberturas são recicláveis, compostas de sobras de madeiras e polímeros plásticos. Elas não são tóxicas, não racham, não sofrem alteração de coloração e forma por ação de umidade, e não atraem cupins ou fungos. “O material apresenta baixa condutividade térmica e pode efetivamente reduzir a radiação solar e a refração, o que diminui o consumo de energia e aumenta o conforto térmico interno”, lembra Gomes.

O empreendimento possui o certificado de sustentabilidade GBC Brasil Condomínio, que atesta alto desempenho social e ambiental. “Acreditamos que a sustentabilidade é mais que uma tendência, é estar em conformidade com as necessidades de reaproveitamento e melhor aproveitamento dos recursos e materiais, priorizando um menor impacto de nossas obras no meio ambiente”, completa.

As obras do Átman Cabral começaram em maio do ano passado. Em um terreno com mais de 4 mil metros quadrados, o empreendimento conta com duas torres, com um total de 24 apartamentos, com plantas de 209 a 573 metros quadrados de área privativa. O prédio oferece área comum completa, com salão de festas, academia, piscina coberta e aquecida, quadra recreativa, rooftop gourmet, pátio central, bicicletário, playground e brinquedoteca.

Localizado na esquina das ruas Bom Jesus e Professor Arthur Loyola, próximo ao Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (IPPUC), o empreendimento de alto padrão privilegia os conceitos de bem-estar e equilíbrio e é assinado por grandes nomes como Triptyque Architecture, Escritório Burle Marx, BST Arquitetura e Studio Regina Bruni. A previsão de entrega é no segundo semestre de 2022.

Sobre a MDGP - Incorporadora com 14 anos de atuação em Curitiba, reúne profissionais experientes e com vontade de empreender de forma moderna e diferenciada, e tem à sua frente o engenheiro civil Marlus Doria, com 29 anos de experiência no mercado imobiliário. Em suas parcerias, conta com a participação da Aurora Centennial, grupo centenário de origem familiar que opera no Brasil, Estados Unidos e Europa e atua nos setores da indústria da madeira, construção civil, tecnologia e incorporação imobiliária. Saiba mais sobre a MDGP e seus lançamentos acessando www.mdgp.com.br

NPA PROMOVE MASTERCLASS COM ROTEIRISTA DA SÉRIE “MANHÃS DE SETEMBRO”

Inscrições abertas e vagas limitadas

“A Construção da Personagem e a Ética da Representatividade” é o tema da próxima masterclass (on-line) que o Núcleo de Projetos Audiovisuais de Curitiba (NPA) irá oferecer. As aulas serão ministradas por Alice Marcone, atriz e roteirista, que entre seus trabalhos está a série “Manhãs de Setembro”, destaque na Amazon Prime Vídeo. O evento é gratuito e será realizado nos dias 25/09 e 02/10, das 10h às 12h.
Nas aulas, será analisada a filmografia de diferentes épocas e gêneros, com personagens trans ou de performatividades de gênero deslocadas da cisgeneridade. A masterclass vai discutir a construção da personagem no audiovisual e os diferentes mecanismos que podem ser usados a partir de conceitos da dramaturgia, da história da arte, da teoria fílmica e literária, conforme o campo narrativo. Alice Marcone colocará esses conceitos em interlocução com autores da filosofia e dos estudos queer para analisar quais sentidos essas construções podem estabelecer, fazendo reflexões críticas sobre escolhas estéticas e suas relações com a ética da representatividade.

Os encontros serão on-line e gratuitos. As inscrições estão abertas e as vagas são limitadas. Para se inscrever, basta acessar: www.tambormultiartes.com

Sobre Alice Marcone
Graduada em Psicologia pela USP, Alice Marcone roteirizou as séries "Manhãs de Setembro" para a Amazon Prime Vídeo, "De Volta aos 15" para a Netflix, "Noturnos" para o Canal Brasil e foi colaboradora de roteiro de "Todxs Nós" da HBO. Atuou nas três últimas séries citadas e foi atriz protagonista do curta-metragem "Bonde", exibido no Festival Internacional de Curta- Metragem de Clermont-Ferrand e ganhador de diversos prêmios no Brasil. Apresentou e roteirizou o reality show "Born to Fashion", no canal E! Entertainment. É a primeira mulher trans a lançar uma carreira no sertanejo, com os singles "Pistoleira" e "Noite Quente". Compôs também trilha sonora original da série "Toda Forma de Amor" dirigida por Bruno Barreto para o Canal Brasil.

Realização: Tambor Multiartes

Projeto realizado com o apoio do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura – Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura Municipal de Curitiba. Incentivo: Barigui Veículos e Heads.

SERVIÇO:

Masterclass: A Construção da Personagem e a Ética da Representatividade (on-line)
Data e Horário: 29/09 e 02/10 (sábados), das 10h às 12h
Ministrante: Alice Marcone
Inscrição: pelo site: www.tambormultiartes.com

Quanto: Gratuita, com vagas limitadas.

CONTATOS:

Produção e Coordenação

Marcelo Munhoz

41 99903 5516

Vivian Britsch

41 98414 4004

Bruna Junskowski

41 99526 0791

contato@tambormultiartes.com
https://www.facebook.com/npacuritiba/
instagram: @npacuritiba

Coquetel sem álcool: receita simples e deliciosa para os dias quentes

O Entardecer foi desenvolvido pelo José Augusto Swaiger, bartender do Obst., restaurante do premiado chef paranaense Lênin Palhano

Clique para Download
link.php?code=bDpfX19JTUdfX180JTNEWWpaakZqTWhwamNpNVNidk5tTGhKbmNsUkhRcHhHYmxOV2RzRldiaE4zY2w1V1kycFRPM2t6TTVJVE01QXpNNmNXWndwbUwzOUdiellUTmxoak5saHpZMklHTjBrVE0yWUdOalptWjBZVE0yWVdNbFptTWhkalJ5VWlNaGRqUnlVQ014a3pNeFlrTWxnRE53TVRNMkFqTXdNelh0VVRNdDhWYnZObUx5QlhidGttUnlVaVJ5VVNRelV5Y3dSSGRvcFRPOjMwOTEyOTM5Nzk6dmFuZXNzYW1hbHVjZWxsaUB0ZXJyYS5jb20uYnI6ZTg2ZTli
Clique para Download
link.php?code=bDpfX19JTUdfX18xJTNEa2pNeFl6TTRvamNpNVNidk5tTGhKbmNsUkhRcHhHYmxOV2RzRldiaE4zY2w1V1kycFRPM2t6TTVJVE01QXpNNmNXWndwbUwzOUdiMU1qTWlWMk0wSURaNVFEWjFNVFp4VW1NMkl6TmxORE4xVW1ZNVltTjBZbVJ5VWlOMFltUnlVQ014a3pNeFlrTWxnRE53TVRNMkFqTXdNelh0VVRNdDhWYnZObUx5QlhidGttUnlVaVJ5VVNRelV5Y3dSSGRvcEROOjMwOTEyOTM5Nzk6dmFuZXNzYW1hbHVjZWxsaUB0ZXJyYS5jb20uYnI6YTg0NTYz
CURITIBA, 20/09/2021 - Em qualquer dia da semana, nada melhor do que aproveitar as tardes de sol para provar drinks diferentes e sem álcool. O coquetel Entardecer, desenvolvido pelo José Augusto Swaiger, bartender do restaurante curitibano Obst., nasceu justamente com esse propósito: refrescar o fim de tarde. Um preparo delicioso, com toque cítrico e notas de chá verde fresco, para você provar hoje mesmo!

Ingredientes (rendimento: 1 drink)

- 120ml de suco de maçã

- 39ml de suco de limão

- 30ml de xarope de açúcar

- Gelo

- ½ colher de café de matcha

Modo de preparo: Em uma coqueteleira, coloque todos os ingredientes: o suco de maçã, o suco de limão, o xarope de açúcar e o matcha. Adicione bastante gelo e bata bem para misturar tudo, em seguida coe o coquetel para um copo longo com gelo também - o que vai manter ele gelado por muito mais tempo. Para decorar, você pode colocar uma fatia de laranja baía ou toranja para dar um contraste de cor. Por fim, coloque um canudo para beber seu coquetel e ajudar na mistura do matcha no seu drink.

Dia do Sorvete: Conheça sua história e saiba onde pedir em Curitiba

• Data é celebrada em 23/10

• Com o fim do inverno, tomar sorvete é alternativa para refrescar em dias quentes

• Delícia gastronômica existe há mais de três mil anos

• Moradores de Curitiba podem pedir sorvete via app de delivery 99Food

Curitiba (PR), 20 de outubro de 2021 - Não existe data melhor para comemorar o Dia do Sorvete do que 23 de setembro, quando, no Brasil, o inverno termina e a primavera inicia, dando espaço a dias com clima mais quente.

O sorvete existe há mais de 3 mil anos e acredita-se que tenha surgido na China. No Brasil, chegou em 1834, quando o país vivia o período regencial, mas apenas 40 anos depois seriam inauguradas as primeiras sorveterias em São Paulo. Item que movimenta toda uma indústria, o Dia do Sorvete foi estabelecido pela Associação Brasileira das Indústrias de Sorvete (ABIS) em 2002, a fim de promover o consumo dessa delícia gastronômica.

Antes, um produto para gente de posses. Hoje em dia, uma maravilha disponível para todos em diversos formatos, com diferentes valores e até mesmo entregue em casa via apps de delivery, como a 99Food, que conecta os consumidores aos melhores bares e restaurantes locais. Tem picolé, massa na casquinha, sundae, milkshake e gelato, que tem origem italiana e até se parece com o sorvete comum, mas na verdade é feito apenas com produtos frescos.

Em Curitiba é possível encontrar uma série de estabelecimentos que entregam sorvete em casa via o app da 99Food, como a Sorveteria Gebon Santa Cândida, a Sorveteria Bapka Bacacheri, a Freddo Gelateria, o Açaí All Inclusive e o Sorvetes Coskinha. Para conferir as opções basta fazer o download da 99Food em sua loja de aplicativos. O primeiro pedido sempre tem desconto.

###

Sobre a 99Food

A 99Food é uma plataforma de intermediação de entregas dos estabelecimentos locais de uma maneira tão simples quanto solicitar uma corrida dentro do app 99. A 99Food usa a mais alta tecnologia para conectar os sabores e cultura gastronômica do Brasil e oferecer para as pessoas uma ampla variedade de locais com opções simples, acessíveis e deliciosas para comer todos os dias. A companhia faz parte da empresa global DiDi Chuxing ("DiDi") e está disponível para usuários do aplicativo 99Food (para Android e iOS). Saiba mais em https://food.99app.com.

Festival de Carne de Onça chega à quinta edição

Evento comemora 5 anos do petisco como patrimônio cultural imaterial de Curitiba

Servida na maioria dos bares e botecos curitibanos, a famosa Carne de Onça é tradição há mais de 80 anos. A receita leva carne bovina crua (não é do felino, ninguém precisa se preocupar!), servida sobre fatias de broa e coberta de cebola e cebolinha. O prato está completando cinco anos como Patrimônio Cultural Imaterial de Curitiba e para comemorar a data, a Curitiba Honesta, portal de gastronomia que realizou as pesquisas para elevar o prato a patrimônio, promove a quinta edição do Festival de Carne de Onça, de 21 de setembro a 10 de outubro. Participam 30 bares da cidade, servindo suas versões para o tradicional petisco ao valor fixo de R$ 19 a porção.
Segundo Sergio Medeiros, editor do portal Curitiba Honesta, “o objetivo do festival é principalmente ajudar o setor de gastronomia em sua retomada e cada vez mais fortalecer a carne de onça como nosso patrimônio cultural”. A Curitiba Honesta realiza anualmente vários festivais gastronômicos, entre eles também o Festival do Pão com Bolinho (também muito típico da cidade), Circuito do Sanduíche, Festival do Pêéffe e Circuito de Pizzas.
A Carne de Onça lembra três receitas internacionais muito conhecidas: o Hackepeter alemão, o Steak Tartare francês e o Quibe Cru libanês. Porém, como é servido em Curitiba, é algo próprio da cidade. A iguaria curitibana é feita da seguinte forma: uma fatia de broa preta, coberta com carne bovina moída (normalmente patinho), cebola branca cortada fininha, cebolinha verde picada, temperada com sal, pimenta do reino e regada com bom azeite de oliva extravirgem. No Festival, cada cozinheiro traz sua versão, com temperos e ingredientes que agregam sabores, mas tem tirar a essência do prato.
O 5º Festival de Carne de Onça tem o patrocínio da Gold Food Service, Roots Cerveja Artesanal e o Apoio do Instituto de Turismo de Curitiba, Curta Curitiba e Abrasel-PR.
Origem da “Carne de Onça”
A carne de onça tornou-se Patrimônio Cultural e Imaterial Curitiba em setembro de 2016. A pesquisa e encaminhamento foram feitos por Sérgio Medeiros, um entusiasta da gastronomia curitibana. Na pesquisa, Medeiros descobriu a verdadeira história da carne de onça.
Na década de 40, existia um time que foi várias vezes campeão paranaense, o Britânia. Seu diretor era o Cristiano Schimidt. Além do time, ele era dono de um bar na Marechal Deodoro, chamado Toca do Tatu – seu apelido. Para comemorar as vitórias do Britânia, o Schimidt, que não pagava bicho, fazia uma baciada de carne crua e colocava sobre fatias de broa, junto com cebola branca e cebolinha picadas, e servia para os jogadores. Um belo dia, Duia, o goleiro, reclamou: “Poxa, Schimidt, você só serve essa carne aí que nem onça come!”. Pronto! Estava criado o nome do petisco que todos os clientes da Toca do Tatu começaram a pedir e que hoje é servida nos bares da cidade.
Participantes
Confira os participantes do 5° Festival de Carne de Onça de Curitiba:
1) A Ostra Bêbada
2) Academia das Cervejas
3) Armazém Santa Ana
4) Bar do Dante
5) Barbaram
6) Baroneza
7) Bodesza
8) Brasil Craft Food
9) Burguer Bar
10) Canabenta
11) Cartolas
12) Charles Burguer
13) Dom Cervantes
14) Green Gate
15) Hamburgueria Água Verde
16) Hamburgueria das Américas
17) Jabuti
18) Jackson Assados
19) Maia Box & Oba Gastronomia
20) Mas Será o Benedito?
21) Mavy Pub – São José dos Pinhais
22) Mavy Pub Mondri – São José dos Pinhais
23) Quermesse
24) Quintal 68
25) Rancho da Joaninha (delivery)
26) Silzeus
27) The Barbecue
28) Ushuaia
29) Wit Bar
30) Zeppe Focacceria

Para conhecer todos as receitas e endereços, basta acessar o site www.curitibahonesta.com.br.
Serviço:
5° Festival de Carne de Onça de Curitiba
De 21 de setembro a 10 de outubro de 2021
#festivaldecarnedeonça
Informações: www.curitibahonesta.com.br
Instagram @curitibahonesta
Facebook: https://www.facebook.com/curitibahonesta

Mobiliário seguro e totalmente personalizado é aposta da Romanzza para o setor da saúde

Criada especialmente para ambientes médicos, a linha Romanzza Med alia segurança, tecnologia e design

Com o objetivo de deixar o ambiente hospitalar mais seguro e diminuir possíveis contaminações de superfícies de mobiliários, a Romanzza - indústria de mobiliário planejado - acaba de lançar a Romanzza Med, com produtos criados em parceria com a Promedical, empresa com mais de 27 anos de experiência em projetos de saúde.

Romanzza MED.jpg

Todo o mobiliário está em conformidade com as normas RDC-50, capítulo 6, que detalha as condições ambientais e de controle de infecções, da Anvisa. O resultado: móveis com diferenciais técnicos para ambientes da área da saúde, mas repletos de design e opções de montagem. Feito 100% sob medida, cada ambiente permite que arquitetos e designers apliquem em seus projetos uma solução durável, tecnicamente estável e esteticamente incomparável ao que se usa rotineiramente em clínicas e hospitais.

“A linha Romanzza Med também possui um componente bactericida denominado Microban, que coíbe a proliferação de microorganismos nocivos capazes de causar contaminações. O Microban é recomendado em consultórios, clínicas, hospitais e laboratórios e oferece maior segurança para os profissionais de saúde e seus pacientes”, explica Norton Ramos de Mello, membro da Sociedade Brasileira de Engenharia Biomédica, e que atuou como consultor da marca na criação da linha.

Inovação e diferenciais

Outro destaque da Romanzza Med - que pode ser personalizada para clínicas, consultórios e hospitais - é a cola PUR, uma técnica alemã que evita a proliferação de bactérias em superfícies. “Destaco, ainda, a durabilidade da textura e coloração dos móveis, mesmo com aplicações de degermantes – produtos utilizados na higienização de superfícies – que são muito abrasivos”, pontua Mello, contando que a linha foi criada sob a ótica da engenharia biomédica.

As macas e poltronas tem tecidos impermeáveis e antibactericidas, que evitam manchas e odores e tornam tudo mais higiênico. Materiais como granito e mármore devem ser evitados nesses ambientes, por serem altamente porosos. Por isso, a Romanzza Med usa o Corian, que pode ser moldado sem que haja emendas aparentes, deixa o ambiente asséptico, de fácil higiene e limpeza e baixíssima porosidade.

Reveev apresenta um novo conceito de dormir

Projeto assinado por Viviane Busch faz um convite a energização e tranquilidade

DSC03395 copy (Copy).jpg

Um espaço de reconexão, relaxamento e tranquilidade. Essa é a proposta da arquiteta Viviane Busch para um casal moderno e sofisticado. Setorizado em quatro espaços, o quarto possui área para descanso, vestir, home office e meditação. “Minha proposta é aguçar os sentidos dos moradores e, para isso, escolhi texturas agradáveis, som relaxante e um aroma especial”, conta a arquiteta, que destaca a Cama Origem, da Reveev, como ponto principal do espaço.
Assinada por Felipe de Medeiros e Susane Raiter, a Cama Origem será uma das estrelas da coleção 2022 da Reveev. Com linhas curvas e uma proposta orgânica, ela possui acabamento em tecido texturizado verde oliva e cabeceira com almofadas em couro natural off white. “Para nós, essa peça representa bem a personalização e a riqueza de detalhes que podemos oferecer”, conta Klaus Diether Glatz, CEO da Reveev. Além de moderna e confortável, a cama possui muita tecnologia, uma característica da Reveev, com carregador por indução/USB e fita LED dimerizável, sensível ao toque. Todo o conjunto de dormir se adequa ao espaço pensado por Viviane Busch, que propôs um lugar onde o sono é prioridade, com intenção de uma energização interior, próprio para deixar as tensões de lado e simplesmente relaxar.

Energia e meditação

Uma das sugestões da arquiteta foi separar uma área para meditação e energização. Para isso, ela trouxe um cristal de 1,5m e 250kg, que veio especialmente de Ametista do Sul, para estabilizar qualquer energia. Na área de meditação, a Reveev propôs um futon em couro que conversa com a cabeceira da cama. No restante do mobiliário, destaque para as peças da Natuzzi e Jader Almeida, e as obras de Juarez Machado e Veralu.

marcelo_stammer03386 copy (Copy).jpg

Colchão e saúde

O avanço da indústria de colchões vem permitindo uma série de diferenciais com o objetivo de elevar o conforto na experiência do dormir. Um bom colchão é capaz de gerar saúde por meio de materiais selecionados e processos fabris diferenciados. É o caso do Treviso, da Reveev, escolhido para o projeto de Viviane Busch. O colchão, feito com látex natural belga na sua camada de conforto, garante a sensação máxima de relaxamento e aconchego, mantendo a sustentação. O tecido superior, feito em malha Tencel Purotex, possui fibras naturalmente macias e duas vezes mais suaves ao toque que o algodão, além das qualidades absorventes que controlam a umidade, mantendo a pele fresca e seca durante a noite.

Outro diferencial é o tratamento Purotex, que contém probióticos naturais liberados pelos movimentos do dormir. Esses probióticos atuam contra os alérgenos e impedem o desenvolvimento e a proliferação de ácaros, bactérias e fungos.

Sobre a Reveev

A Reveev nasceu em 2009, com o intuito de ressignificar o universo das camas e colchões. Uma marca jovem, que conversa facilmente com o handmade e a tecnologia. Com sede em São Bento do Sul, Santa Catarina, a Reveev transcende o tempo e ultrapassa a sua primeira década valorizando detalhes e o acabamento de um produto tão presente na vida das pessoas. “Prezamos pela tradição do trabalho artesanal na fabricação dos produtos e, como uma empresa jovem, estamos atentos ao que há de mais novo em tecnologia do sono para elevar a experiência dos clientes, oferecendo colchões com molejos diferenciados e camas com forte apreço pelo design e zelo pelos detalhes, com diversas opções de revestimentos e personalizações para combinar com o ambiente que nossos clientes e arquitetos planejam”, explica Klaus Diether Glatz, CEO da empresa.