La Basque Curitiba meu “Dia do Sorvete!

Para que um sorvete eleve-se com maestria a cada nota de sabor, é necessário expertise.

Em 1980, a La Basque inaugurou no Brasil uma cultura de sorvetes sofisticados e de altíssima quaIidade.

A tradição dos sorvetes internacionais e o hábito brasileiro de aproveitar os prazeres da vida foram a combinação perfeita para o início de nossas criações.

Desde então, impressionamos com sabores que vão do clássico Vanilla, passando pelo verdadeiro Pistache, até o icônico Menta Choc Chip.

Para ser original, é preciso o aprimoramento constante capaz de deixar uma marca na memória de gerações e gerações.

LA BASQUE, HÁ 40 ANOS O SORVETE PREMIUM DO BRASIL.

‘Garota da Moto’ chega nesta quinta aos cinemas de 35 cidades

PROTAGONIZADO POR MARIA CASADEVALL, LONGA DE AÇÃO TRAZ AINDA DUDA NAGLE, NARUNA COSTA, ROBERTO BIRINDELLI E KEVIN VECHIATTO NO ELENCO

Faça download de imagens AQUI

Joana (Maria Casadevall) é uma mulher corajosa que tem em sua moto a sua maior companheira. Para proteger o filho de ameaças do passado, se aventurou em duas rodas e garantiu o sustento da família como motogirl. Só que essa aparente paz está com os dias contados. Em "Garota da Moto", da Mixer Films, filme produzido por João Daniel Tikhomiroff e dirigido por Luis Pinheiro, Joana e sua família estão em risco mais uma vez. Distribuído pela Paris Filmes/Downtown Filmes, o filme entra em cartaz nesta quinta-feira, dia 23, em São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Manaus, Goiânia, Aracaju, Campinas, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza e Porto Alegre, entre outras.

Na trama, Joana sempre esteve em estado de alerta, depois de passar anos fugindo de uma perseguição sem fim. Foi graças à vida como motogirl que se viu diante de muitas histórias e de muita gente perigosa. Com o passar do tempo e com o senso de justiça aguçado, ela sempre se arriscou para salvar alguém em perigo.

Até que, em suas andanças por São Paulo, se depara com uma situação de exploração de mão de obra feminina e um possível esquema de trabalho escravo. Com pouco tempo para agir, Joana resolve fazer justiça com as próprias mãos, sem saber que aquele gesto resultaria numa nova perseguição a ela e ao seu filho.

A ação é baseada na série homônima criada por David França Mendes e João Daniel Tikhomiroff, exibida em duas temporadas pelo SBT, Fox e Amazon Prime Video. Além de Maria Casadevall, o elenco reúne ainda Kevin Vechiatto, Naruna Costa, Murilo Grossi, Roberto Birindelli, Felipe Montanari, Duda Nagle, Fernanda Viacava, Gilda Nomacce, Tiago Amaral e Thiago Freitas. Com roteiro de David França Mendes, o longa é uma produção da Mixer Films e 20th Century Fox.

Sinopse

Joana, uma jovem mãe que trabalha como motogirl, descobre acidentalmente uma fábrica em que mulheres refugiadas são exploradas como escravas. Ela enfrenta os bandidos e liberta as mulheres, mas atrai para si um novo problema. O chefe de segurança que controlava o esquema de exploração precisa provar sua eficiência depois desse fracasso. Para isso, ele decide que irá matar Joana e quem mais estiver com ela, para que sirva de exemplo. Uma emboscada é armada para quando Joana e seu filho Nico estarão participando de um mutirão na escola do menino. Joana, que é uma exímia lutadora, terá que defender não só o filho e a si mesma, mas todos na escola de um bando de criminosos fortemente armados e com ordem de exterminar quem estiver pela frente.

Ficha técnica

Diretor: Luis Pinheiro
Direção Artística: João Daniel Tikhomiroff
Roteiro: David França Mendes
Diretor de Fotografia: Paulo Mendes da Rocha (Lito)
Diretor de Arte: Marcus Figueroa
Montador: Letícia Giffoni
Produtores: Eliane Ferreira, Hugo Janeba, Michel Tikhomiroff, João Daniel Tikhomiroff
Produção Executiva: Eliane Ferreira e Adriana Marques
Produtor Executiva: Romulo Marinho Jr

Elenco:

Maria Casadevall como Joana
Kevin Vechiatto como Nico
Naruna Costa como Ribeiro
Murilo Grossi como Reynaldo
Roberto Birindelli como Guimarães
Felipe Montanari como Marley
Duda Nagle como Peixoto
Fernanda Viacava como Val
Tiago Amaral como Bactéria
Thiago Freitas como Tulio

Sobre a Mixer

Por seu conteúdo, dentre muitos prêmios nacionais e internacionais, a Mixer Films acumula quatro indicações no International Emmy Awards, cinco Grandes Prêmios do Cinema Brasileiro com os filmes ‘Besouro’ e ‘Corações Sujos’, dois Prêmios FIESP-SP de Cinema com ‘Confia em Mim’; e em 2019 o prêmio máximo da Academia Brasileira de Cinema com Melhor Série Ficção; nomeada e premiada nos mais importantes festivais como: Berlim, Taormina (Melhor Filme), PAFF Los Angeles (Melhor Filme), Toronto Reelworld (Melhor Direção), Londres, Madri, Miami, Moscou, Buenos Aires (Melhor Série Ibero-americana) e outros.

Produziu mais de 50 séries para TV e plataformas de streaming, como HBO, Globo, SBT, Netflix, Discovery, GNT, Multishow, Cartoon, Cultura etc. Sucessos internacionais como ‘O Negócio’ (HBO), ‘Mothern’ (GNT), ‘Escola de Gênios’ (Globo/Globoplay), ‘A Garota da Moto’ (SBT/Fox), ‘Rio Heroes’ (Fox Premium), ‘Águias da Cidade’ (Discovery Channel), ‘O Escolhido" (Netflix), entre outros.

A Mixer Films foi fundada em 2003, introduzindo no Brasil as "salas de roteiristas" para criação e desenvolvimento de roteiros para cinema, TV e todas as telas. De sua origem, como Jodaf Produções, fazendo comerciais de TV, seguiu como Mixer, e totalizou 47 Leões no Festival de Cannes, sendo a mais premiada do Brasil e segunda do mundo.

Sobre a Paris Filmes

A Paris Filmes é uma empresa brasileira que atua no mercado de distribuição e produção de filmes, destacando-se pela alta qualidade cinematográfica. Além de ter distribuído grandes sucessos mundiais como as sagas "Crepúsculo" e "Jogos Vorazes", o premiado "O Lado Bom da Vida", que rendeu o Globo de Ouro®️ e o Oscar®️ de Melhor Atriz a Jennifer Lawrence em 2013 e "Meia-Noite em Paris", que fez no Brasil a maior bilheteria de um filme de Woody Allen, a distribuidora também possui em sua carteira os maiores sucessos do cinema nacional, como as franquias "De Pernas Pro Ar", "Até Que a Sorte nos Separe" e "DPA - O Filme". Nos últimos anos a empresa esteve à frente de importantes lançamentos como "John Wick", "La La Land - Cantando Estações", "A Cabana", "Extraordinário", "Nada a Perder" e "Turma da Mônica - Laços". Para os próximos lançamentos, a companhia aposta em um line-up diversificado, que inclui títulos como "Marighella", "Turma da Mônica - Lições", "A Sogra Perfeita", "Detetives do Prédio Azul 3 - Uma Aventura no Fim do Mundo", as sequências de "John Wick" e "Jogos Vorazes", entre outros

Sobre a Downtown Filmes

Fundada em 2006, a Downtown Filmes é a única distribuidora dedicada exclusivamente ao cinema brasileiro. Desde 2011, ocupa a posição da distribuidora número 1 no ranking de filmes nacionais. De 2006 até hoje, vendeu mais de 50% de todos os ingressos de filmes brasileiros lançados. Até janeiro de 2020, a Downtown Filmes lançou 147 longas nacionais, que acumularam mais de 157 milhões de ingressos vendidos e contando...

Entre os maiores sucessos da distribuidora estão "Minha Mãe É Uma Peça 1, 2 e 3", estrelados por Paulo Gustavo; "De Pernas Pro Ar 1 e 2", e "Loucas Pra Casar", com Ingrid Guimarães; "Chico Xavier", "Elis", "Fala Sério, Mãe!" com Ingrid Guimarães e Larissa Manoela, "Os Farofeiros" com Mauricio Manfrini e Cacau Protásio, "Minha Vida em Marte" com Paulo Gustavo e Monica Martelli, "Cine Holliúdy 1 e 2" e "Simonal".