Sintomas ocultos o Estresse Estresse


Estresse ainda é uma doença que não é facilmente identificada, principalmente quando as conquistas pessoais e profissionais parecem ser constantes. Porém, o excesso de tempo dedicado ao trabalho pode trazer consequências danosas para a saúde, para isso, a psicóloga e coach de carreira Adriana Vicco aponta alguns sintomas ocultos que o estresse pode causar no dia a dia do trabalho.

Isolamento social:
Sintomas: A vida profissional toma conta de todo o seu tempo e muitas vezes não consegue fazer uma única refeição por 40 minutos sem tocar no celular ou para contatar alguém e resolver uma pendência ou responder alguma solicitação.
O que ocorre: Além da sobrecarga de trabalho, será também demandado por reclamações da família, amigos e todos que o cercam. Não existirá válvula de escape para se libertar dos problemas, o que pode ser um grande gerador de estresse.

Doenças recorrentes:
Sintomas: Se a pessoa não para o corpo a faz parar. O estresse por excesso de trabalho se torna algo físico, e pode diminuir a imunidade fisiológica sendo assim fica mais fácil estar suscetível a gripes e resfriados, problemas estomacais e tendo inclusive frequentes dores de cabeça. Mesmo após uma longa noite de sono, a fadiga permanece.
O que ocorre: Esta é uma das maneiras que o próprio cérebro encontra para que o corpo possa se reestabelecer, incluindo a diminuição de informações que chegam ao cérebro. O excesso desse tipo de estresse é responsável pela liberação de uma substancia chamada Cortisol, ela pode causa perda de massa óssea a longo prazo.

Tristeza constante:
Sintomas: Um sentimento muito comum é a falta de alegria e nenhum sentimento de realização. Tudo parece pesado e cansativo. A vontade de fugir de tudo e de todos é constante, quer ter um isolamento sem explicação, não tem esperança, não se sente reconhecido, acha que é rejeitado e injustiçado.
O que ocorre: Há uma percepção de excesso de doação e pouco reconhecimento, se isso se junta a uma baixa liberação de serotonina, que é responsável pela sensação de bem estar e  felicidade, pode desencadear uma grave depressão.

Agressividade:
Sintomas: Explode por qualquer motivo, tem pouca capacidade de ouvir, não tem paciência de negociação,  grita, fala alto e é sarcástico.
O que ocorre: O excesso de ação agressiva também libera o Cortisol, um dos efeitos mais rápidos de serem observados é a perda da memória e aprendizado.

“Grande parte das pessoas só identificam o estresse quando ele chega a um estágio avançado, porém o nosso corpo dá sinais que podem nos ajudar a criar alternativas mais saudáveis.” Conclui a coach. Para ela, algumas dicas simples podem ajudar a evitar a entrar em um estado de estresse:  *Não Guardar Ressentimentos *Aprender a falar sobre o seu sentimento e opinião *Aprender a ouvir com mais atenção *Aprender a dizer NÃO a algumas demandas de trabalho e *Investir em esportes e principalmente em autoconhecimento, para que entenda como você é afetado com as demandas a que se expõe e como poderia melhorar o que não está bom.

Adriana Vicco é graduada em Psicologia, Pós Graduada em Administração Geral, atuou nas áreas de Recursos Humanos principalmente em Treinamento e Desenvolvimento, Proprietária da AVicco Consultores, especializada em Desenvolvimento de Pessoas e Organizações Certificação Internacional na Califónia em Coaching Inner Game com Timothy Gallwey e John Whitmore; International Coaching Certification Program in Personal and Executive Coach, formada pelo ICI – Integrated Coaching Institute que é credenciado pelo ICF – International Coach Federation. Também com formação como Coach pela Marcondes e na Metodologia PulvermacherFirth trazida para o Brasil por DA Consulting. Autora de livroSintomas ocultos o Estresse

Estresse ainda é uma doença que não é facilmente identificada, principalmente quando as conquistas pessoais e profissionais parecem ser constantes. Porém, o excesso de tempo dedicado ao trabalho pode trazer consequências danosas para a saúde, para isso, a psicóloga e coach de carreira Adriana Vicco aponta alguns sintomas ocultos que o estresse pode causar no dia a dia do trabalho.

Isolamento social:
Sintomas: A vida profissional toma conta de todo o seu tempo e muitas vezes não consegue fazer uma única refeição por 40 minutos sem tocar no celular ou para contatar alguém e resolver uma pendência ou responder alguma solicitação.
O que ocorre: Além da sobrecarga de trabalho, será também demandado por reclamações da família, amigos e todos que o cercam. Não existirá válvula de escape para se libertar dos problemas, o que pode ser um grande gerador de estresse.

Doenças recorrentes:
Sintomas: Se a pessoa não para o corpo a faz parar. O estresse por excesso de trabalho se torna algo físico, e pode diminuir a imunidade fisiológica sendo assim fica mais fácil estar suscetível a gripes e resfriados, problemas estomacais e tendo inclusive frequentes dores de cabeça. Mesmo após uma longa noite de sono, a fadiga permanece.
O que ocorre: Esta é uma das maneiras que o próprio cérebro encontra para que o corpo possa se reestabelecer, incluindo a diminuição de informações que chegam ao cérebro. O excesso desse tipo de estresse é responsável pela liberação de uma substancia chamada Cortisol, ela pode causa perda de massa óssea a longo prazo.

Tristeza constante:
Sintomas: Um sentimento muito comum é a falta de alegria e nenhum sentimento de realização. Tudo parece pesado e cansativo. A vontade de fugir de tudo e de todos é constante, quer ter um isolamento sem explicação, não tem esperança, não se sente reconhecido, acha que é rejeitado e injustiçado.
O que ocorre: Há uma percepção de excesso de doação e pouco reconhecimento, se isso se junta a uma baixa liberação de serotonina, que é responsável pela sensação de bem estar e  felicidade, pode desencadear uma grave depressão.

Agressividade:
Sintomas: Explode por qualquer motivo, tem pouca capacidade de ouvir, não tem paciência de negociação,  grita, fala alto e é sarcástico.
O que ocorre: O excesso de ação agressiva também libera o Cortisol, um dos efeitos mais rápidos de serem observados é a perda da memória e aprendizado.

“Grande parte das pessoas só identificam o estresse quando ele chega a um estágio avançado, porém o nosso corpo dá sinais que podem nos ajudar a criar alternativas mais saudáveis.” Conclui a coach. Para ela, algumas dicas simples podem ajudar a evitar a entrar em um estado de estresse:  *Não Guardar Ressentimentos *Aprender a falar sobre o seu sentimento e opinião *Aprender a ouvir com mais atenção *Aprender a dizer NÃO a algumas demandas de trabalho e *Investir em esportes e principalmente em autoconhecimento, para que entenda como você é afetado com as demandas a que se expõe e como poderia melhorar o que não está bom.

Adriana Vicco é graduada em Psicologia, Pós Graduada em Administração Geral, atuou nas áreas de Recursos Humanos principalmente em Treinamento e Desenvolvimento, Proprietária da AVicco Consultores, especializada em Desenvolvimento de Pessoas e Organizações Certificação Internacional na Califónia em Coaching Inner Game com Timothy Gallwey e John Whitmore; International Coaching Certification Program in Personal and Executive Coach, formada pelo ICI – Integrated Coaching Institute que é credenciado pelo ICF – International Coach Federation. Também com formação como Coach pela Marcondes e na Metodologia PulvermacherFirth trazida para o Brasil por DA Consulting. Autora de livros

*com divulgação

Categorias:BRASIL, COLUNA VANESSA MALUCELLI, DIVIRTA-SE, FREE LIFESTYLE, SAÚDETags:, , , , , , ,

VanessaMalucelliAndersen

Colunista do Site — Divirta-se Curitiba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s