Grande Prêmio Canal Brasil de Curtas abre votação para eleger melhor filme do formato e oferece valor de R$ 50 mil ao vencedor

Foi dada a largada para a 14ª edição do Grande Prêmio Canal Brasil de Curtas, a principal premiação dedicada a curtas-metragens no país. Onze produções vencedoras do Prêmio Canal Brasil de Curtas – honraria concedida pelo Canal Brasil nos principais festivais de cinema brasileiro no valor de R$ 15 mil – estão no páreo pelo prêmio de R$ 50 mil. Os filmes podem ser assistidos no Canal Brasil Play (https://globosatplay.globo.com/canal-brasil/grande-premio-canal-brasil-de-curtas-2020/).
Em mais de uma década de estímulo à produção audiovisual brasileira, o Canal Brasil tornou-se um grande parceiro de novos realizadores da sétima arte nacional. Com R$ 350 mil concedidos em premiações ao longo de 14 edições – além de mais de R$ 500 mil na aquisição de curtas-metragens –, o canal laureou cineastas ainda em início de carreira e que vieram a encantar crítica e público – destaque para as premiações concedidas a Kleber Mendonça Filho por Recife Frio (2010), Noite de Sexta Manhã de Sábado (2006) e Eletrodoméstica (2005); André Ristum por Nello’s (2009); Gabriel Mascaro por A Onda Traz, o Vento Leva (2013) e Juliana Rojas por O Duplo (2012).
A votação já está aberta (http://canalbrasil.com.br/gpdecurtas) e o ganhador será escolhido por voto popular. O encerramento será dia 23 de março, às 18h, e o resultado vai ser anunciado dia 24, às 18h30, ao vivo no Instagram e no Facebook do Canal Brasil, com a repórter Maria Clara Senra e o (a) diretor (a) do curta vencedor.

LISTA DE FILMES
Outras – Direção: Ana Julia Travia – Festival: Mostra de Cinema de Tiradentes

Mini Miss - Direção: Rachel Daisy Ellis – Festival: Festival Internacional de Documentários - É Tudo Verdade

Universo Preto Paralelo – Direção: Rubens Passaro – Festival: Cine PE

Guaxuma – Direção: Nara Normande – Festival: Anima Mundi

O Vestido de Myriam – Direção: Lucas H. Rossi – Festival: Cine Ceará

Nova Iorque – Direção: Leo Tabosa – Festival: Festival de Cinema de Gramado

O Órfão – Direção: Carolina Markowicz – Festival: Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo - Curta Kinoforum

Mesmo Com Tanta Agonia – Direção: Alice Andrade Drummond – Festival: Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

Um Corpo Feminino – Direção: Thais Fernandes – Festival: Curta Cinema

Aqueles Dois – Direção: Émerson Maranhão – Festival: Mix Brasil De Cultura Da Diversidade

Plano Controle – Direção: Juliana Antunes – Festival: Janela Internacional do Cinema

Instituto TMO foi um dos finalistas do Prêmio Ozires Silva

O Instituto TMO / Casa Malice, instituição que há 31 anos desenvolve um trabalho de apoio ao transplante de medula óssea, foi um dos finalistas da 13ª edição do Prêmio Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentável, uma das celebrações mais relevantes do segmento no país. A iniciativa reconhece ideias que colaboram para uma sociedade alinhada com ações mais conscientes e sustentáveis. O evento foi realizado em 06 de fevereiro em Curitiba, no Teatro Regina Casillo. O Instituto TMO esteve presente com o projeto “Casa Malice – Acolher, Manter e Proteger”, na categoria Empreendedorismo Social, que foi selecionado como um dos 84 finalistas, entre centenas de projetos inscritos de diversas regiões do Brasil.

Foto (esq. para dir.): Maria José Mocelin (gerente administrativa), Jandira Antonietti (assistente social) e Elanie Baggio Bizinelli (Vice-Presidente de Assuntos Casa Malice) do Instituto TMO.

GoodTruck é um dos ganhadores do 13º Prêmio Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentável

Projeto foi destaque na Categoria Social por suas ações de combate ao desperdício de alimentos e sensibilização sobre consumo consciente
O GoodTruck Brasil, projeto que nasceu na cidade de Curitiba (PR) a partir do sonho da Urbanista e Culinarista Gabrielle Mahamud em mudar o mundo ao seu redor, foi destaque do 13º Prêmio Ozires Silva, um dos principais prêmios de empreendedorismo sustentável do Brasil. A cerimônia aconteceu dia 6 de fevereiro e premiou projetos em diferentes categorias: Empreendedorismo Social, Empreendedorismo Ambiental, Empreendedorismo Econômico e Empreendedorismo Educacional, em três modalidades: Empresa (pequeno, médio, grande porte), Estudante e Pessoa Física.

Na categoria de Empreendedorismo Social, o GoodTruck foi avaliado a partir de pilares como: soluções criativas para problemas sociais, atividades de conscientização social e projetos para cidadania e direitos humanos. O projeto atua transformando alimentos “excedentes” em refeições saudáveis e de qualidade para pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social. Os voluntários que participam passam por treinamentos sobre sustentabilidade e consumo inteligente, além de facilitações sobre empatia e autoconhecimento. Caroline Zambão, Head de Operações do GoodTruck, ressalta que todas as ações são pensadas para que as pessoas recebam não somente alimentos, mas cuidado, dignidade e amor. “Em resumo, nosso trabalho é sobre empatia e relações humanas. O prato de comida é a ‘ferramenta’ que usamos para chegar àquelas pessoas, ouvir suas histórias, medos e sonhos. O que queremos é que eles se sintam menos invisíveis”, comenta Caroline.

Ao todo, 800 projetos foram inscritos, desses 150 foram premiados. “É uma conquista enorme receber um prêmio com tanto significado. Estamos há três anos na estrada, já envolvemos mais de 700 voluntários, servimos mais de 7.500 refeições a partir de 4,3 toneladas de alimentos resgatados no CEASA de Curitiba e também doados por empresas parceiras. São números que realmente enchem nosso coração de orgulho”, explica Gabi Mahamud.

E esses números precisam crescer ainda mais porque só no Brasil, mais de 15 pessoas morrem, ao dia, por desnutrição, sendo que o país também está entre os 10 do mundo que mais desperdiçam comida. E os dados alarmantes não param por aí, já que até 2030 haverá um desperdício, a nível global, de cerca de 66 toneladas de alimentos a cada segundo, de acordo com um estudo conduzido pelo BCG. “Queremos expandir, queremos levar o projeto para outros Estados e esse prêmio nos abre portas para isso”, conclui Gabi.

Quem quiser conhecer mais sobre o projeto, se candidatar a voluntário e acompanhar as ações realizadas, tem a rede social @goodtruckbrasil. Por lá, as pessoas podem acompanhar e conhecer melhor tudo o que envolve a iniciativa, com imagens e textos.

Crédito de fotos: Divulgação

Parceria entre Mad Jack Beer Lab e ØL Beer Cervejas Artesanais lança 1º Concurso para Mestre-Cervejeira – Edição IPA

Premiação visa incentivar mulheres a apresentar receitas próprias para a categoria IPA. Vencedora fará brassagem na fábrica da ØL Beer, além de participar de visita à fábrica e de harmonização no Mad Jack Beer Lab

A paixão por cervejas artesanais iniciou uma longa fase de estudos e resultou nas primeiras receitas do casal de mestres-cervejeiros Eduardo Vosgerau e Isadora Neier. O que começou como um hobby, com os anos de dedicação se transformou em uma atividade profissional e que hoje gera a produção semanal média de 10 mil litros na fábrica da ØL Beer, localizada em São José dos Pinhais (PR).

O casal de jornalistas Livia Santana, apreciadora do pão líquido, e Argentino Duarte, sommelier de cervejas, mestre cervejeiro e bartender, partilham inclusive o amor por cervejas. Esse interesse por água, malte e lúpulo levou Argentino Duarte a mergulhar de vez no mundo cervejeiro e, durante quase dois anos, gerenciou o bar da cervejaria 2Cabeças no Rio de Janeiro. No mesmo bar, Juliana Tavares, gerente de projetos de TI, sommelière de cervejas e amante de cervejas lupuladas, tornou-se amiga do casal em 2018. Juntos, os três resolveram viajar para Curitiba e empreender na capital da cerveja artesanal com o Mad Jack Beer Lab. Como o próprio nome já sugere, o bar é uma espécie de laboratório para criativas receitas e encontro das principais cervejas locais.

A rotina de operação de ambos os negócios é prova da presença feminina no mercado artesanal. No entanto, do outro lado do balcão, expressões como: “me vê uma cerveja de homem” e “quero uma cerveja para mulher, mais suave”, além das vagas para mulheres em alguns eventos cervejeiros que priorizam a beleza em detrimento do conhecimento, foram alguns dos comportamentos observados no mercado.

Pensando nisso, os fundadores da ØL Beer Cervejas Artesanais e do Mad Jack Beer Lab se uniram para dar vida ao 1º Concurso Mestre-Cervejeira – Edição IPA. O concurso é destinado a mulheres brasileiras consumidoras e apreciadoras de cerveja artesanal e que queiram compartilhar suas produções caseiras. As inscrições já estão abertas e serão aceitas até o dia 29/02/2020. As vagas, no entanto, são limitadas às 50 primeiras inscrições. Completam o time de parceiros do 1º Concurso Mestre-Cervejeira - Edição IPA a Agrária Malte e a produtora de leveduras Bio4.

“Um dos principais objetivos do concurso é desmistificar a imagem de que mulheres se limitam à cerveja pilsen e destacar a presença feminina no mercado nacional”, explica a mestre-cervejeira da ØL Beer, Isadora Neier. “Mulher no meio cervejeiro não serve para ser bonitinha e atender nos eventos. Nosso objetivo é fortalecer as mulheres nesse mercado. Além disso, definimos para primeira edição o estilo IPA justamente para desmistificar o gosto feminino no cenário cervejeiro”, complementa a sócia-proprietária do Mad Jack Beer Lab, Livia Santana.

Confira as regras do 1º Concurso Mestre-Cervejeira

• Podem participar cervejeiras caseiras de todo o Brasil.
• A cerveja inscrita deverá ser produzida em equipamento particular, não podendo ser fabricada em estabelecimentos/equipamentos comerciais.
• É vedada a participação de cervejeiras relacionadas aos patrocinadores e apoiadores do concurso.

Sobre os estilos de cerveja, serão aceitos somente os da categoria 21 do Guia de Estilo BJCP 2015, que inclui as seguintes subcategorias: IPA, American IPA, Specialty IPA, Belgian IPA, Black IPA, Brown IPA, Red IPA, Rye IPA e White IPA.

Também é possível marcar a opção: “ainda não decidi a categoria”, que está presente no formulário de inscrição. As candidatas que preencherem essa opção terão até o dia 29/2/2020 para escolherem em qual categoria participarão.

As inscrições para o 1º Concurso de Mestre-Cervejeira são gratuitas, mas os organizadores incentivam a doação de rações para cães e gatos. O ato é facultativo e pode ser feito junto com o envio das amostras de cerveja caseira. Todos os produtos recebidos serão direcionados para ONGs da região de Curitiba (PR).

Vale destacar que as inscrições estão abertas a cervejeiras de todo o Brasil, porém as amostras para julgamento devem ser enviadas para Curitiba (PR), onde ocorrerá também a premiação e a brassagem. O custo tanto de transporte quanto de participação da cerimônia de premiação deverá ser custeado pelas inscritas.

A premiação

As 10 receitas vencedoras serão divulgadas em evento especial a ser realizado no dia 28 de março, no Mad Jack Beer Lab e ganharão uma visita guiada na fábrica da ØL Beer com a Mestre-Cervejeira Isadora Neier. As 3 primeiras colocadas, além da visita guiada, ganharão uma harmonização no Mad Jack Beer Lab. E a vencedora do concurso, além dos prêmios descritos acima, produzirá um lote de aproximadamente 500 litros da receita campeã na fábrica da ØL Beer.

“Assim como nós tivemos a oportunidade de transformar nossas receitas caseiras em cervejas maduras, queremos proporcionar isso – que também é um desafio – para outras cervejeiras. E foi em uma conversa com nossos amigos do Mad Jack que a ideia surgiu: fomentar e divulgar as mulheres cervejeiras do Brasil por meio de um concurso”, revela Eduardo Vosgerau, mestre cervejeiro e sócio-fundador da ØL Beer.

O regulamento para o evento já está disponível e pode ser lido neste link. Para fazer a inscrição, basta preencher o formulário: https://forms.gle/tUXuadwfydiwU5Uo6.

Sobre ØL Beer

Inspirada na cultura viking, a ØL Beer nasceu para desbravar e compartilhar novas receitas, conhecer novos sabores e ampliar a cultura cervejeira. Localizada em São José dos Pinhais (PR), a fábrica artesanal conta com estrutura de 1.200 m2 e que se destaca pela atenção à sustentabilidade, com aproveitamento de água e redução do desperdício energético e de matérias-primas. Vencedora da medalha de bronze na categoria Belgian IPA na Copa Cervezas de América 2019, a ØL Beer foca em utilizar apenas insumos de qualidade para elaborar cervejas criativas e entregar qualidade e preço competitivo para consumidores e compradores.

Sobre o Mad Jack Beer Lab

Black Jack, o enérgico gato de Juliana Tavares, foi inspiração para o nome do bar. O Mad Jack Beer Lab está localizado na Rua Mauá 827 - Alto da Glória, Curitiba (PR). O local conta com 10 torneiras de cervejas artesanais, além de petiscos e drinks. A ambientação remete a clássicos do cinema mundial, resultando em um ambiente intimista e que conta com o atendimento especializado e próximo dos proprietários. Abre de segunda a sexta-feira, a partir das 17h.

Serviço
1º Concurso de Mestre-Cervejeira - Edição IPA
Inscrições abertas no site: olbeer.com.br
Inscrições gratuitas. Pede-se a doação de rações para gatos e cachorros
Mais informações: Facebook: @cervejariaolbeer e @madjackbeer. Instagram: @cervejariaolbeer e @madjackbeer

--

Eudemar Cavalcanti vence o Worcester’s Best Chef Competition

O chef paranaense Eudemar Cavalcanti foi o vencedor da 13ª edição do Worcester’s Best Chef Competition, competição que reúne chefs dos melhores restaurantes do estado de Massachussets, nos Estados Unidos. Ele representou a churrascaria Comeketo Brazilian Steakhouse, da cidade de Leominster, sendo o único brasileiro entre os 18 chefs da edição de 2020. O evento, que foi realizado no Mechanics Hall, em Worcester (MA), neste mês de janeiro, tem como objetivo difundir e valorizar a gastronomia da região.

O brasileiro saiu vitorioso na categoria escolhida pelo público com pratos da comida brasileira. Na competição, foram servidos quase mil pratos, para o público. “Foi com muito orgulho que fomos premiados com o primeiro lugar no WBC 2020, com o prato confit de canard ao molho de mel balsâmico e mostarda, com dadinho de tapioca ao chutney de manga e pitanga e mini pimentão recheado com suflê de castanha de caju, coco e alho-poró”.

O paranaense, que é chef executivo e consultor da churrascaria brasileira nos Estados Unidos, comenta essa conquista, como uma das principais de sua carreira, com mais de 25 anos de experiência em cozinha profissional. “É imensurável a alegria em vir para os Estados Unidos, disputar com renomados chefs do mundo todo e levarmos o caneco pra casa! Agradecemos a todos os que torceram pela gente."

Chef Eudemar Cavalcanti

Proprietário e Chef de cozinha na empresa de eventos Eudemar Cavalcanti Gastronomia, possui graduação em Tecnologia em Gastronomia e pós-graduação em Gestão da gastronomia pela Universidade Positivo – Curitiba PR.

Especializou-se em Cozinha Mediterrânea em Le Roches International School of Hotel Management em Marbella – Espanha; capacitou-se na utilização dos equipamentos Electrolux Profissional – Pordenone – Itália; conta com formação técnica em Gastronomia no Grande Hotel São Pedro, Hotel Escola Senac em 1996.

O chef Eudemar Cavalcanti foi instrutor do Curso de Gastronomia do Senac – Recife/PE de 1998 a 2003, Chef de cozinha do Clube Curitibano/Buffet Deucher de 2006 a 2014 e, atualmente, é professor na Universidade Positivo no curso superior de Tecnologia em Gastronomia, na pós-graduação de Chef de Cuisine nacional e internacional, no projeto Gastromotiva. Também, é professor na Unicesumar Curitiba no curso superior de Tecnologia em Gastronomia, Chef de Cozinha, empresário no ramo de eventos gastronômicos e consultor em Gastronomia na Cidade de Curitiba e região.

Croasonho celebra Dia do Croissant com oito sabores pela metade do preço

Promoção ocorre somente nesta quinta-feira, 30 de janeiro

Janeiro, 2020 - Em comemoração ao Dia do Croissant, celebrado no próximo dia 30 (quinta-feira), a Croasonho, única rede de franquias do país especializada em croissants recheados, oferecerá, pelo segundo ano consecutivo, oito sabores do cardápio com 50% de desconto. As promoções serão em três opções salgadas (Brócolis, Requeijão e Mussarela; Churrasco; e Frango com Cream Cheese e Bacon) e cinco doces (Chocolate ao Leite; Chocolate ao Leite com Morangos; Ovomaltine; Gotas de Chocolate; e Frutas Cristalizadas com Uvas-Passas). A ação é válida para os itens no tamanho M. As lojas participantes do Dia do Croissant podem ser conferidas no site: http://www.croasonho.com.br/.

Conhecido em muitos países, o croissant na tradução para o português chama-se “crescente”. A principal história de sua origem atribui a criação aos padeiros da Áustria, que impediram a invasão otomana no país, pois passavam a noite fazendo pães e, assim, a cidade “não dormia”. Dessa forma, surgiram os pequenos pães folheados em forma de meia lua, chamados de "viennoiserie". Quem levou o croissant para a França foi Maria Antonieta, uma princesa austríaca que buscava um prato para o seu casamento com o Rei Louis XIV e que lembrasse sua terra natal. Após a Segunda Guerra Mundial, o croissant passou a ser produzido em escalas ainda maiores e foi popularizado em todo o mundo, chegando ao Brasil.

Em 1997 surge a Croasonho, na Praia do Rosa, em Imbituba (SC). Com uma receita única e artesanal, aliada à criatividade e aos detalhes, rapidamente a Croasonho influenciou a percepção dos consumidores e se espalhou por todo o país.
Croasonho
A Croasonho está presente nas principais cidades do Brasil e atua no mercado com dois modelos de negócios: o de rua, presente em pontos centrais das metrópoles, e o sistema em praças de alimentação de shoppings. O grande diferencial gastronômico da marca são os Croasonhos artesanais, produzidos com massa crocante e recheios surpreendentes. Em 2019, a Croasonho registrou faturamento de R$ 140 milhões, com o atendimento nas lojas físicas e o serviço delivery. Para 2020, a previsão de crescimento da rede é de 15%.
Sobre a Halipar
A Halipar abriga mais de 400 unidades franqueadas distribuídas em 24 estados. Com a união de marcas voltadas a diferentes públicos e gostos, a holding é um dos maiores grupos do mercado nacional de franchising no ramo de alimentação. Em 2019, as quatro marcas da Holding foram premiadas com 5 estrelas no Guia de Franquias da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios, que avalia o desempenho de excelência 2018.

Principal prêmio de sustentabilidade do Paraná divulga seus finalistas

O Prêmio Ozires Silva 2020, promovido pelo ISAE Escola de Negócios, tem por objetivo trazer um olhar diferente e uma solução para os problemas de sustentabilidade do mundo

CURITIBA, 22/01/2019 - Foram meses de muita expectativa, criatividade, inscrições e análises de cases inovadores oriundos de dezenas de cidades brasileiras. Agora, o Prêmio Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentável acaba de divulgar seus finalistas. Em sua 13ª edição, que será realizada no dia 06 de fevereiro, a premiação vai reconhecer ideias que colaboram para que a sociedade fique atenta a ações mais conscientes, sustentáveis e, consequentemente, para que as pessoas vivam em um mundo melhor.

Ao longo de sua história, o evento, uma iniciativa do ISAE Escola de Negócios, de Curitiba (PR), contabiliza mais de 1.000 projetos inscritos e, aproximadamente, 200 vencedores que têm seus projetos em funcionamento em todos os cantos do Brasil. Em 2020, o prêmio será ainda mais especial, pois tem como tema “Ozires Silva”, seu grande inspirador.

“O Dr. Ozires Silva é, sem dúvida alguma, um dos nomes mais inspiradores da humanidade. Seu potencial de inovação e empreendedorismo inspira e continuará motivando muitas gerações. É uma grande honra tê-lo como patrono do nosso prêmio, que se transformou em uma das grandes celebrações do empreendedorismo sustentável no Brasil”, comenta o idealizador do prêmio e presidente do ISAE, Norman de Paula Arruda Filho.

O Prêmio Ozires Silva 2020 será dividido em três categorias (Empreendedorismo social, Empreendedorismo ambiental, Empreendedorismo econômico e Empreendedorismo educacional) com subdivisões em três diferentes modalidades: Empresa (pequeno, médio, grande porte), Estudante e Pessoa Física. No total, a premiação contou com 84 projetos aprovados, que seguiram para avaliação da banca de jurados, formada por especialistas em suas áreas de atuação e comprometidos com as categorias de empreendedorismo contempladas pelo prêmio.

“O Prêmio Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentável surgiu como uma forma de celebrarmos e destacarmos no cenário nacional projetos que contribuem de alguma forma para o desenvolvimento sustentável do planeta. Durante mais de uma década, temos nos surpreendido positivamente com a capacidade de inovação de centenas de brasileiros que pensam e trabalham diariamente por um mundo melhor. E para nossa edição de 2020, não será diferente. Mais uma vez estamos impressionados com a qualidade dos projetos inscritos”, destaca Norman de Paula Arruda Filho.

Confira a lista completa dos projetos finalistas:

Graduação: Reutilização de resíduos de pedras ornamentais; Sustentabilidade na construção civil: Uso de resíduos de construção; InPakta; Projeto Acolhida; Programa Crescer; Amet; e Construção de casas emergenciais com blocos celulares.

Médio Porte: Plantio Online; Programa Avançar; Ler e Pensar; RPC Game; Televisando; Autoestima e Empoderamento por meio da Sustentabilidade; Coral Rouxinol; Projeto Agentes de Proteção; e Somos todos Unilehu.

Médio-Grande e Grande Porte: Corredor Ecológico; Dana - Borracha 100% reciclada; Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil no Maior Hospital de Minas Gerais; Projeto GOTA – SENAI GAMA-DF; AbeLinhas do Conhecimento: conscientização ambiental nas escolas municipais de Curitiba; Casa Inteligente – Senai 4.0; EMM - Espaço Matemática Maker; AMPLIAR; Programa 1.000 Mulheres - Construindo Negócios de Impacto Social; Educar para Transformar; e Quero-colo.

Micro e Pequeno Porte: Curso de Mecânica Básica de Bicicleta; Programas Nacionais de Coleta e Reciclagem; Bendita.Co - Espaço de desenvolvimento do artífice; ARIGAF - Transformando o Futuro; Desafio Zero Descartável; Empreendedorismo Sustentável – da teoria à prática; Jornada Exponencial; Casa Malice – Acolher, Manter e Proteger; Coworking Social Y; Programa Impulso; e Projeto Legado.

Pessoa Física: Mili-Eco - Reciclagem de fardamento militar - pela paz e sustentabilidade; Tampinha do Bem - Curitiba; Música é Esperança; Qual o valor da água para você?; Trabalhando as habilidades socioemocionais através da literatura; Conexão Rosa Guarapuava; e GoodTruck Brasil.

Pós-graduação: Efetividade de estratégias ressignificantes no ensino aprendizagem; Vivência Digital e inclusão social - a vida online em Querência do Norte-PR; e Oficinas com jogos de tabuleiro modernos para idosos com depressão.

Os grandes vencedores da 13ª edição do Prêmio Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentável serão conhecidos no próximo dia 06 de fevereiro, em uma cerimônia que será realizada no Edifício Eugênio Casillo, em Curitiba. Mais informações no site www.isaebrasil.com.br/premio ou pelo telefone (41) 3388-7817.

Torneio de poker em Curitiba terá R$ 440 mil em prêmios

Torneio de poker em Curitiba terá R$ 440 mil em prêmios

Competição marca comemoração de dois anos do Batel Poker Clube

Entre os dias 9 e 17 de dezembro, Curitiba vai receber o campeonato de poker promovido pelo Batel Poker Clube em comemoração aos dois anos da casa. O Batel Poker Clube fica localizado no complexo Lounge Batel e conta com 18 mesas para o jogo.

Com patrocínio das marcas Chevrolet (VALESUL) e da Ducati, os prêmios somam R$ 440 mil, incluindo três carros 0km e uma moto Ducati 959 Panigale. Os torneios abrangerão diversas categorias, do amador ao profissional, todos com excelente jogabilidade e entradas (buy-in) de FREE à R$ 1.200,00.

"Essa marca de dois anos é muito especial para nós e o torneio comemorativo foi a forma que encontramos de tornar essa data especial também para os amantes do poker", ressalta o gerente geral do Lounge Batel, Claudio Vianna.

Confira abaixo a programação:

Programação:

Segunda-feira

9/12, às 15h30 - Satélite 5 vagas garantidas sem taxa de entrada

9/12, às 19h - Grand Prix 1st Lap 60K GTD dia único. Buy-in R$ 100 + R$ 10

Terça-feira

10/12, às 15h30 - Satélite 5 vagas garantidas sem taxa de entrada

10/12, às 19h30 - 200K Ducati Grand Prix 1A. Buy-in R$ 280 + R$ 20

Quarta-feira

11/12, às 15h30 - Satélite 5 vagas garantidas sem taxa de entrada

11/12, às 19h30 - Ducati Grand Prix 1B. Buy-in R$ 280 + R$ 20

11/12, às 19h30 - Damas do Poker 3K GTD. Buy-in R$ 90 + R$ 10

Quinta-feira

12/12, às 15h30 – Satélite 5 vagas garantidas sem taxa de entrada

12/12, às 19h30 - 11/12, às 19h30 - Ducati Grand Prix 1C. Buy-in R$ 280 + R$ 20

Sexta-feira

13/12, às 14h - Satélite High Roller Hyper Turbo. Buy-in R$ 40 + R$ 10

13/12, às 19h30 - Ducati Grand Prix 1D. Buy-in R$ 280 + R$ 20

13/12, às 20h - High Roller Dia 1. Buy-in R$ 1.150 + R$ 50

Sábado

14/12, às 14h - Satélite High Roller Hyper Turbo. Buy-in R$ 40 + R$ 10

14/12, às 15h30 - 200K Ducati Grand Prix 1E. Buy-in R$ 280 + R$ 20

14/12, às 19h30 - 200K Ducati Grand Prix 1F. Buy-in R$ 280 + R$ 20

14/12, às 19h - High Roller Dia 2 Final. Buy-in R$ 1.150 + R$ 50

Domingo

15/12, às 15h30 - 200K Ducati Grand Prix 1G. Buy-in R$ 280 + R$ 20

15/12, às 19h30 - 200K Ducati Grand Prix 1H Turbo. Buy-in R$ 280 + R$ 20

15/12, às 22h - 200K Ducati Grand Prix 1I Turbo. Buy-in R$ 280 + R$ 20

Segunda-feira

16/12, às 15h - 200K Ducati Grand Prix 1J Turbo. Buy-in R$ 280 + R$ 20

16/12, às 17h - 200K Ducati Grand Prix 1K Hiper Turbo. Buy-in R$ 280 + R$ 20

16/12, às 20h30 - 200K Ducati Grand Prix Dia 2

16/12, às 21h - Freezeout 10K. Buy-in R$ 140 + R$ 20

Terça-feira

17/12, às 15h30 - Satélite Freeroll Final Lap X Buy in + Add on

17/12, às 19h - Final Lap 60K GTD. Buy-in R$ 100 + R$ 10

17/12, às 20h30 - 200K Ducati Grand Prix Dia Final

17/12, às 18h:30 – Torneio Surpresa

Quarta-feira

18/12, às 04h00 – Ring Game Premiado – Sorteio de um carro 0 KM

Programação sujeita a alteração.

Serviço

Batel Poker Clube

Endereço: Rua Coronel Dulcídio, 918 – Batel / Curitiba - PR

Contato: (41) 99283-6006 | Insta: @batelpokerclube | www.facebook.com/batelpokerclube